Issuu on Google+

1


Edgar Alves Consexto 2014


4

A Consexto é uma empresa certificada, de atuação internacional, que se diferencia pela oferta de serviços personalizados que conjugam as áreas de tecnologia, arquitetura e design de produto. Tendo em conta o crescimento, a evolução e o impacto da ciência, projetam e executam espaços e produtos personalizados que beneficiam de uma estética e criatividade diferenciadora conjugada com soluções tecnológicas vanguardistas. Dedicam, essencialmente, o seu trabalho a todos os que valorizam funcionalidade, comodidade, qualidade e eficiência no dia-a-dia, quer a título pessoal, profissional, público ou privado.

1. Fachada do edifício


5

1.


6

O laboratório da Consexto está localizado na Avenida da Boavista, uma das principais avenidas da cidade do Porto, em Portugal. Foi selecionado um espaço completamente em bruto, com cerca de nove metros de altura e apenas uma laje sem qualquer acesso. O conceito da Consexto passou por dar uma identidade à fachada envidraçada, através de painéis acústicos forrados a espelho e chapa lacada perfurada, que fizessem simultaneamente a ligação com o interior e exterior do espaço. Para além de refletirem toda a envolvente, quando fechados espelham também o plano interior, com uma espécie de ramificação e ligação dos três pisos que simbolizam os diferentes serviços da empresa. No rés-do-chão, uma porta de acesso biométrico abre-se para a loja e zona de serviços de design de produto. No primeiro piso, uma parede móvel faz a transição de sala de cinema profissional para uma mesa de reuniões com touch screen embutido. Ao mesmo tempo, uma estante de catálogos desce do terceiro nível (zona de escritórios) para apoio às reuniões, tudo isto de forma automática e programada de acordo com as diferentes necessidades diárias do gabinete. Tendo em conta o crescimento, a evolução e o impacto da ciência, a ideia da Consexto foi projetar e executar um espaço de trabalho e showroom com produtos personalizados que interagisse com soluções tecnológicas vanguardistas adaptadas de forma simples, cómoda e eficiente ao dia-a-dia de cada um.1 1. dados retirados do site oficial da empresa Consexto


2.

3.

4.

5.

2. Sala de Receção\ Loja\ Serviços de design do produto 3. Sala de Reuniões \ Sala de Cinema 4. Sala de Reuniões \ Sala de Cinema 5. Escritório


8

“A Gestalt procura conhecer a importância dos padrões visuais e descobrir como o organismo humano vê e organiza a dinâmica visual. Os componentes físicos e o psicológico são relativos, todo padrão visual tem uma qualidade dinâmica que não pode ser definida apenas intelectual, emocional ou mecanicamente, através de tamanho, direção, forma ou distância. Esses estímulos visuais são, na verdade, forças psicofísicas que modificam o espaço e ordenam ou perturbam o equilíbrio; criando a perceção de um design, de um ambiente ou de um objeto. No entanto, por mais abstratos que possam ser os elementos psicofisiológicos da sintaxe visual, é possível definir seu caráter geral. O seu significado coloca o intelecto em curto-circuito, estabelecendo o contato diretamente com as emoções e os sentimentos.” (João Gomes, Gestalt do Objeto, 2000)

6. Imagem sensorial criada com as linhas das ramificações desenhadas no vinil


6. 6.


10

Traçando uma linha vertical ao centro no laboratório Consexto verifica-se que toda a estrutura em bruto do edifício possui uma configuração que dá origem a formulações visuais iguais e, naturalmente, a sensação de equilíbrio axial, que vulgarmente é designado por simetria. O mesmo acontece se traçarmos uma linha horizontal entre a primeira e a segunda vitrine. Partindo do eixo x, obtemos uma imagem com o reflexo fiel, funcionando exatamente como um espelho. A utilização de agrupamentos simetricamente organizados tendem a ser compreendidos com maior facilidade do que agrupamentos assimétricos. Porém, a sua utilização poderia resultar em algo desinteressante, sem o domínio de alertar a atenção dos indivíduos que percorrem a Avenida da Boavista.

7. Espaço físico sem intervenção


11

7.


12

8.


13

9.


14

Em prol da simetria existente na edificação; da disposição organizada pelo todo de cada vitrine; pela abundância da cor branca que simboliza paz, calma e pureza, e do cinzento que reflete estabilidade, sucesso e qualidade, o espectador nutre a presença de harmonia perante as vitrines do edificado. Esta intuição é essencialmente invocada pela concordância e uniformidade entre as vitrines que compõem o edifício, e pelas linhas de continuidade disseminadas no vinil. Se unirmos todos os pontos que dão forma ao vinil colado ao longo das três vitrines obtemos inúmeras linhas diagonais que se unem entre si. O princípio da proximidade, ou seja, o reconhecimento de formas por estímulos provocados por efeitos visuais, dão origem neste caso a ramificações que dispersam-se pelo envidraçado. As linhas diagonais e naturalmente as formas irregulares apresentadas pelo vinil provocam inconscientemente a impressão de desequilíbrio e espontaneamente a sensação de ser algo transitório e instável. Se observarmos o edifício com as três vitrines em exposição, isto é, com as portadas forradas a espelho fechadas da segunda e da terceira vitrine, as linhas de boa continuação prolongam-se do rés-do-chão em direção ao cimo, dando ao espectador a indicação do percurso visual que deverá seguir. Porém, o peso e a direção visual altera-se à noite quando as portadas da vitrine do meio e da superior estão abertas e as luzes do rés chão ligadas. Durante esse período, a imponência das luzes artificiais do rés-do-chão, ofuscam o vinil presente nesse piso, e consequentemente o peso visual e as linhas de boa continuação auferem um novo sentido. De modo a que todos os elementos presentes nas duas vitrines superiores organizem-se com a finalidade do rés do chão obter uma atração visual mais forte.


15

10.


Além da direção do olhar ser influenciado pelo contraste ou pelas linhas de boa continuação, a tensão visual é também maximizada pelo mecanismo incontrolável do ser humano, nomeadamente, o facto de o olho favorecer a zona inferior esquerda de qualquer campo visual. Em proveito dessa medida a vitrine do piso de entrada possui no canto inferior esquerdo breves informações e os contatos do laboratório. 16

A posição do vinil na vitrine do rés do chão encontra-se esquematicamente colocada com a finalidade de fornecer ao leitor a ilusão de profundidade e tridimensionalidade. Numa perspetiva frontal, as aberturas, em forma de trapézio, existentes na parede do rés-do-chão paralela ao envidraçado, combinadas com as linhas do vinil invocam a perceção que o elemento em segundo plano surge como sendo a sombra do elemento mais próximo do observador. Essa sensação, traduzida por profundidade manifesta-se similarmente nas sucessivas oposições de tons nos vários trapézios embutidos nas paredes da segunda vitrine. O facto de o espectador possuir leitura do eixo z em todo as divisórias, tanto numa perspetiva frontal ou lateral, obtêm automaticamente a ideia de profundidade. Contemplada ainda pela escassez de elementos próximos das vitrines superiores.

10. Canto inferior esquerdo do Piso de Entrada 11\12. Rés-do-Chão\ Entrada\ Loja


11. 12.


18

A abundância da cor branca nas paredes interiores adquire também determinada importância nessa impressão. Na medida em que o olho humano assimila os objetos com cores escuras ou garridas mais próximos do que os objetos de cor clara. Os mesmos trapézios e aberturas presentes na parede de fundo do rés-do-chão e do segundo piso para além da sensação de profundidade estabelecem contrastes de cores uniformemente contínuos e sequenciais que refletem ritmo e movimento.

13\14. 1º Piso\ Sala de Reunões\ Sala de cinema


13. 14.


20

Apesar de ser explícito que o edifício possui harmonia, em prol da simetria existente na edificação; da disposição organizada pelo todo; e da sua palete de cores, são vários os constituintes que analisados individualmente agregam um forte domínio de tensão. Todos os componentes que invocam a ideia de movimento, causado essencialmente pela perceção de desequilíbrio e instabilidade, são focos de tensão. Nomeadamente neste edifício, o vinil na sua totalidade e os trapézios embutidos nas paredes. Dado que na união das linhas diagonais existentes no vinil, o ser humano produz fechamento sensorial em forma de triângulo e de trapézio, persistem ao longo das três vitrines vinte e sete ângulos,no momento em que as portadas se encontram fechadas, que denotam a noção de incisão e rigidez e consecutivamente de tensão.

9. Fachada do Edifício


21

9.


22

Em determinados casos a tensão é útil para comunicar uma ideia, ou apelar ao interesse do observador. A aglomeração dos cubos, que contêm fotografias e ilustrações, presentes no piso da entrada respeita notoriamente a lei da semelhança e o princípio da proximidade. Encontram-se, portanto, agrupados e próximos uns dos outros para que sejam vistos como uma unidade e hipoteticamente sejam de memorização mais fácil para o leitor. Este acoplamento de volumes transforma-se num elemento de tensão por causar uma espécie de desarmonia e da desarticulação na vitrine; pelo ruído visual resultado do desalinhamento na posição e sobreposição das caixas; por ser o único elemento detentor de detalhes com cores quentes; e por se encontrar extremamente perto do envidraçado.

15. Expositores no Rés-do-Chão


23

15.


Pode considerar-se também a porta de entrada um integrante de tensão devido às suas dimensões, à frieza do material de construção e dos componentes eletrónicos sofisticados. 24

O terceiro piso, sala de trabalho, detêm similarmente elementos com determinado poder de tensão. Ao analisar a vitrine sem a presença da equipa, visualiza-se uma mesa, uma estante e três cadeiras (uma de cor quente e duas de cor fria). Em horário de trabalho, naturalmente alguém sentar-se-á nessas cadeiras e ficarão obrigatoriamente de costas para o exterior devido à disposição da sala. As próprias cores das cadeiras já detêm tensão pois fogem da conformidade de paleta neutra persistente ao longo de todo o edificado, porém o auge de tensão nessa sala é alcançado pela indelicadeza dos trabalhadores posicionarem-se de costas para o espectador.

16. Fachada do Edifício


25

16.


26

17.


18.

19.


28

Sendo a Consexto uma empresa certificada, de atuação internacional, que se diferencia pela oferta de serviços personalizados que conjugam as áreas de tecnologia, arquitetura e design de produto são poucos os erros encontrados. No entanto, as vitrines poderão ser melhoradas na resolução de dois pontos de tensão negativos. Primeiramente, os cubos instalados no piso da entrada deverão ser substituídos por um cilindro em aço inox com aproximadamente 25 cm de diâmetro com a função de projetar hologramas em 3D das mesmas figuras e ilustrações inseridas nos diversos cubos. Esta alteração eliminará com o ruído visual e sobreposição de elementos na vitrine do rés-do-chão, e hipoteticamente apresentará as mesmas informações presentes nos cubos utilizando apenas um expositor. Esta inovação será certamente um elemento mais atrativo e posicionar-se-á no conceito da marca. Sendo o conjunto de imagens projetadas poderão ser facilmente alteradas de modo a conseguirem atrair novos clientes e fazer com que os antigos se interessem pelas

17. Porta de Acesso Biométrico 18\19. Piso 2\ Sala de Trabalho


novidades. A escolha de aço inox para a estrutura do cilindro recai sobre o material refletir toda a sua envolvente quando a luz incide neste, deixando de deter um elevado peso visual. Além disso, o prateado, a cor do aço inox, está associado ao moderno, às novas tecnologias, à novidade, à inovação. Posteriormente, a disposição da sala de trabalho (terceiro piso), deverá ser modificada, em função da porblemática dos trabalhadores posicionam-se de costas para a vitrine, e consequentemente para o observador. Esta postura indelicada poderá ser facilmente corrigida alterando, se possível, a organização das cadeiras ou da própria mesa de trabalho. Por último, e não focando neste caso as vitrines, a Consexto deverá, num futuro próximo, preocupar-se com a imposição de elementos sinaléticos. Uma vez que o edifício encontra-se recuado em relação aos deslumbrantes edifícios que definem a linha da Avenida da Boavista é inequivocamente necessário recursos de sinalização que encaminhem o visitante ao espaço sem qualquer dificuldade.

29


Consexto