Issuu on Google+

Ano 2 Edição V

28:

Estou formado. E

agora?

36: Faculdade

pública ou privada?

CAROLINE | VANILO Veste Vert Et Rouge Marke-up Valéria Coiffeur


C a r ta ao l e i to r A Formando Evento completou seu 1º ano. Neste tempo recebi feedback honesto sobre nosso trabalho de alunos que liam a revista e de clientes que anunciaram conosco, o que nos faz identificar nossos erros e acertos, pelo quais poderei melhorar. Foto: Vanessa Calvão

O aluno que vai se formar está passando por uma batalha grande, é fim de curso, não sabe como vai seguir a carreira; se vai trabalhar na sua área; não tem experiência para montar uma festa e não sabe negociar com fornecedores. Isso sem falar na apresentação do trabaho de conclusão de curso. Ufa! Tudo é bem cansativo e muitas vezes desesperador, foi pensando neles que a Formando tem como objetivo tirar as dúvidas dos formandos e mostrando que eles não estão só em suas lutas diárias. Sendo assim sempre procuramos abordar temas que são sugeridos por eles no e-mail de contato e proporcionar um momento de conforto. Ano passado fizemos uma feira para os Formandos, este ano teremos outros eventos e vocês serão convidados, não deixem de participar! Estes eventos proporcionam a vocês contatodireto com fornecedores e oportunidades de fechar bons negócios. Agradeço mais uma vez Sinceramente,

DIREÇÃO GERAL Roberta Barretto EDITORA CHEFE Mirele Costa TEXTOS E REVISÃO Dayse Karol DIAGRAMAÇÃO Jesiel Claudino PRODUÇÃO GRÁFICA Gráfica Moura Ramos COLABORARAM NESTA EDIÇÃO Fotos: Wellington Carvalho, Marco Mota (82. 9113.9351 | marco-mota1@hotmail.com COMERCIAL 82 8899.3213 | 8817.1674 contato@formandoevento.com.br

Os direitos da Formando Evento, são reservados a Vitrine Editora, é proibida sua reprodução total ou parcial sobre qualquer forma ou denominação sem expressa contratação com a Vitrine. Esta publicação em sua 5º Edição tem uma tiragem de 6.000 exemplares, com 50 vendidas em bancas e 5.950 entregue gratuitamente em faculdades, consultórios médicos e centros de beleza. Rua Jangadeiros Alagoanos, 1162, Galeria Espaço Paz, 1º andar - sala 03 | Pajuçara - Maceió/AL A Vitrine não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos e anúncios.


10: 14:

O mesmo salão de sempre Jogue fora o teste vocacional Dinheiro ou vocação

Tendência: Maquiagem e penteado para o inverno 2011

27:

16:

Observatório: Roupas para o dia a dia na faculdade Formando em foco: Alagoano é destaque no mercado chinês

40:

12:

32:

Circulando: Eread 2011

NOSSA CAPA

CAROLINE I VANILO

Veste Vert Et Rouge Marke-up Valéria Coiffeur Fotografia Wellington Carvalho


Falo Mesmo

6: Vanilo Soares - Advogado - “Estava no final da graduação quando tive o prazer de conhecer a REVISTA FOMANDO EVENTO. A verdade é que ela trouxe, e traz, muitas facilidades para nós formandos, que até então não conhecemos desse mundo de formaturas. Foi de grande contributo, que a REVISTA FOMANDO EVENTO, veio para nos orientar na hora de contratar a empresa de organização, passando pelas empresas de fotografia, até quanto as lojas de alugueis de roupa. Além disso, é o maior catálogo de empresas do ramo de formatura que eu já vi. Portanto, tive a revista como minha guia. Quanto a minha formatura? Foi um sucesso, é claro!!!” Thuanny Souza - Universitária - VOCÊ QUE ESTÁ PARA SE FORMAR E NÃO SABE COMO FAZER SUA FESTA ACONTECER; A REVISTA FORMANDO É A ESCOLHA CERTA,NELA VOCÊ ENCONTRA TUDO O QUE PRECISA, A COMEÇAR PELO CONVITE;TEM VESTIDOS MARAVILHOSOS PARA ALUGAR,MELHORES LOCAIS BUFFET ,FOTOGRAFOS,MESTRES DE CERIMONIAS ETC..ETC TUDOOOOOOOOOOOOOO,VOCÊ VAI ECONOMIZAR BASTANTE E TERÁ A FESTA QUE SUA FORMATURA MERECE.COMPRE A REVISTA NOS PONTOS DE VENDA ESPALHADOS EM MACEIÓ ; APROVEITE!.

6 | formando

Edla Roberta - Estudante de Economia Adoro acompanhar todas as edições da revista formando evento trata-se de uma revista para todos que desejam que sua formatura seja perfeita e que no final das contas é o que você mais espera. A revista sempre tira todas as minhas dúvidas e curiosidades e sempre vem cheia de bom gosto e atitude para os leitores. Mel Mota - Universitaria - A revista Formando Evento, adquere muitos conhecimentos sobre tudo que esta relacionado a uma melhor estrutura sobre os formandos, dar dicas e conta passo a passo como tudo pode dar certo no dia mais esparedo da sua vida, a sua formatura. Cícera Iva Pereira - Psicóloga - A Revista Formando está movimentando o mercado alagoano com suas ideias inovadoras, criativas e a forma mais eficaz para fazer com que um momento muito importante na vida das pessoas torne-se de fato um grande evento. Sou leitora assídua e apesar de já ter realizado minha formatura a leitura sempre acrescenta algo de novo para minha permanência no mercado de trabalho além de ampliar o conhecimento de diversas Empresas. Valeu Revista Formando! Andrea Eufrazio - Hoteleira - Adorei a ultima edição! A página do Pacote de serviços e a dos tipos de convites me deram uma luz para o que estou procurando. Sou formada em Administração com habilitação em hotelaria, apesar de ja ter me formado sou leitora pois assim conheço os profissionais da área de evento e posso montar outras festas inclusive a de um aninho do meu filho. Continuem mostrando o que há de melhor no ramo, é de muita utilidade para qualquer tipo de evento.


www.formandoevento.com.br

O Mesmo Salão de Sempre Por Dayse Karol Sem dúvida um dos itens mais importantes da festa de formatura é o local do baile. A festa mais esperada pelos formandos e convidados permeia de sonhos os participantes. A noite mágica, ponto culminante que deve encerrar com “chave de ouro” as solenidades de despedida das turmas. E é onde se concentra a maior parte dos gastos: o buffet, a decoração, as bandas, as apresentações e o desfile de figurinos caprichados. Por isso, o local deve apresentar um bom espaço, ser aconchegante e proporcionar conforto aos formandos e seus convidados. Tudo isso para que a noite seja inesquecível, à altura da importância da ocasião.

de fechar contrato, e a opção escolhida acaba sendo mesmo o SESC. Por que será que isso ocorre?

Em Maceió existe uma carência de salões que disponham de espaço suficiente para comportar os formandos e seus convidados. Especialmente em se tratando de grandes turmas. As comissões de formatura realizam uma verdadeira peregrinação e acabam optando quase sempre pelo mesmo lugar: o Ginásio do SESC, no bairro do Trapiche.

E isso fica bem claro durante as reuniões de turma. Quando o assunto é o número de convidados, ninguém concorda em reduzir sua lista. Isso sem contar que para diluir gastos, muitas turmas acabam se juntando a outras para reduzir os valores a serem pagos com o pacote da festa. Por essa razão, é muito comum festas com mais de quarenta formandos.

Embora existam opções que oferecem mais conforto, como o Espaço Pierre Chalita e o Armazém Uzina, ambos no bairro do Jaraguá, parece haver um consenso na hora

Agora façamos os cálculos: quarenta formandos, cada um com direito à vinte senhas, dá no mínimo oitocentas pessoas. Isso sem levar em consideração as pessoas

10 | formando

Realmente o espaço acaba sendo o diferencial do salão. De nada adianta conforto e sofisticação, se o lugar não comporta os convidados dos formandos. Não dá para limitar ainda mais as senhas de convidados. O número padrão de 20(vinte senhas) já não atende às enormes listas de pessoas queridas que não podem faltar, e reduzir a quantidade de senhas extras disponibilizadas para compra não satisfaz às necessidades deste público tão exigente.


Fotos web, meramente ilustrativas

que vão trabalhar no evento, como garçons, fotógrafos, cinegrafistas, pessoal de apoio, serviços gerais, mestres de cerimônias, recepcionistas, pessoal das bandas e os convidados extras. No mínimo o espaço deve comportar mil pessoas. É muita gente circulando num evento desse porte.

De nada adianta conforto e sofisticação, se o lugar não comporta os convidados dos formandos. Não dá para limitar ainda mais as senhas de convidados.

E as pessoas não podem ficar amontoadas. O espaço entre as mesas deve ser suficiente para a circulação dos convidados, garçons e profissionais que trabalham no evento. Também deve haver uma distância entre o palco e as mesas para que as pessoas possam dançar e aproveitar a festa. Tudo isso deve ser levado em conta na hora da escolha do salão. A decisão depende muito do número de formandos. Quanto menor a turma, menor será a quantidade de convidados e menor será a necessidade de espaço. Para esses casos, a escolha de locais diferentes e mais sofisticados acaba sendo permitida como diferencial de conforto e requinte. Porém, para as turmas maiores o leque de opções é bem reduzido. Não há como priorizar detalhes em detrimento do espaço. Esse te acaba sendo o item mais importante a ser observado. E na hora da assinatura do contrato, o Sesc acaba sendo a opção “unânime” das turmas que precisam de um salão grande o suficiente para garantir uma festa animada e cheia de gente. formando | 11


Educação

12: FABRICIO MEDEIROS Formado em Administração de Empresas, MBA em Gestão Empresarial pela FGV com extensão internacional em business pela University Of Califórnia. MBA em Marketing também pela FGV, mais de 10 anos de experiência profissional em cargos de liderança em empresas como AmBev e Net Serviços. Atualmente, além de palestrar e ministrar treinamentos de vendas e marketing em diversas empresas, escreve artigos para Blogs e diariamente alimenta seu site (www.fabriciomedeiros.com. br) com notícias do mundo corporativo. Fabricio também comanda a gerência nacional de vendas do grupo Pimentel Lopes, Multidoor. contato@fabriciomedeiros.com.br www.fabriciomedeiros.com.br @fabricioambr

12 | formando

JOGUE FORA O TESTE VOCACIONAL. A pergunta que não quer calar: sabe quando surgiu o teste vocacional? 1930, isso mesmo geração Y, em 2013 ele completará 80 anos. Eu nunca fiz esse teste, e você? Tem muito aluno fazendo dois cursos ao mesmo tempo na faculdade porque simplesmente o teste vocacional apontou muitas possibilidades. Que tipo de teste é esse que diz ao entrevistado que ele pode ser advogado, jornalista, administrador, contador e assistente social? Profissões tão iguais e ao mesmo tempo tão diferentes. Essa salada de escolhas embaralham ainda mais as inúmeras dúvidas já existentes nas mentes dos recém-formandos. O sistema que nos cerca também é responsável por criar essa dúvida cruel, pelo menos 90% dos alunos que saem do ensino médio costumam seguir três pilares: 1 – imposição dos pais que querem escolher suas carreiras, 2 – Teste vocacional, 3 – cursos da moda vomitados pela imprensa. Eu não segui nenhum desses três pilares, eu simplesmente fui deixando a vida me levar e no final deu certo, mas eu não terminaria esse artigo dando a vocês esse conselho simplório, eu realmente analisei toda minha trajetória profissional e entrevistei vários amigos que estão hoje em posição de destaque no mercado. Durante

nossas conversas houve um consenso: seríamos médicos e advogados e não executivos de vendas e marketing como somos hoje. É incrível como o glamour de algumas profissões pode simplesmente arrebatar seu cérebro para uma jornada distante daquilo que eu chamo de DNA vocacional. Imagine ser o terceiro filho de pais médicos e nunca ter gostado de sangue? Pior, imagine ter feito 8 semestres de um curso e dizer a sua mãe que escolheu errado? Eu quero sinceramente e desejo que isso não aconteça com vocês, mas nada está perdido, existe, sim, solução. Meu conselho: olhem para o passado ao invés do presente, suas atitudes, quando criança e durante a adolescência, já revelarão indícios de qual profissão você poderá exercer. Eu explico: um jovem que gosta de falar muito, extrovertido, palhaço, jamais será um bancário de sucesso. Você consegue apartar a briga dos seus pais e amigos? É bem provável que seja um diplomata, um político. Sabe aquela menina da sala que todo mundo conversa e pacientemente escuta o problema dos outros? São gigantes as chances dela se tornar uma excelente psicológica ou assistente social. Quem decora as festas, quem organiza as festas? Quem é o tesoureiro do grêmio escolar? O revolucionário? A fofoqueira? São perguntas simples que levam a enormes certezas. Estudem muito e quebrem a banca!


www.formandoevento.com.br

Profissão,

Dinheiro e Vocação

Por Dayse Karol As crianças desde cedo já se perguntam: o que vou ser quando crescer? A pergunta persiste em acompanhar as pessoas até a fase adulta. A dúvida é grande,e com elas os receios,os desafios, os sonhos, as incertezas. Optar por estabilidade e segurança ou simplesmente por vocação, nessa hora pais e familiares insistem em opinar. Cada um diz uma coisa, e a confusão parece aumentar. Mas o que fazer quando bate a insegurança? É comum adolescentes ficarem divididos quanto à carreira a seguir. Para essas situações, as escolas oferecem os famosos testes vocacionais, que traçam o perfil de cada estudante e identificam as afinidades de áreas. A escolha da profissão é um passo importante e determinante na vida de um estudante. Ela garante o sucesso ou a frustração do profissional. Por isso é importante levar em consideração em primeiro lugar a afinidade do aluno com a área de atuação. De nada adianta escolher um curso porque está na moda, tem muitas vagas no mercado de trabalho ou confere status. Agora imagine um engenheiro que não gosta de cálculos; um médico 14 | formando

que tem pavor a sangue; um jornalista que não sabe escrever; um advogado que não gosta de ler... Impossível desempenhar uma atividade bem feita. E assim, a remuneração vai ficar a desejar e você vai acabar se frustrando. Para evitar desperdício de tempo e de investimentos, os estudantes devem procurar identificar suas afinidades e talentos. Em seguida devem visitar as faculdades, se inteirar da rotina de estudos, da grade curricular e fazer uma pesquisa de mercado de trabalho e campo de atuação. Assim ele reduz uma grande probabilidade de fazer uma escolha errada e entra no ensino superior ciente de sua escolha e da realidade de sua profissão. E pode descobrir uma infinidade de atuações dentro da área escolhida. Porém o que vai determinar o sucesso na profissão é a paixão e o prazer pelo trabalho, a busca incessante por novos conhecimentos e técnicas. Isso sim faz a diferença no mercado. O casamento perfeito: o talento e a vocação. O brilho nos olhos e a vontade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos na sala de aula. Dessa forma teremos profissionais realizados e requisitados, se destacando em meio à multidão.

14:


formando | 15


Tendência

16: maquiagens e penteados para o inverno 2011

A maquiagem tem passado sempre por constantes alterações, nunca deixando de ressaltar a beleza e delicadeza feminina. A maquiagem inverno 2011 vem com tendências: olhos gatinho, olho esfumados, sombras coloridas e brilhantes ( roxo em destaque), batons nudes e gloss, são ideais para adotar um visual sensual e intenso. Prometendo atender todos os gostos femininos. Olhos esfumados não é novidade, já faz um bom tempo que está em alta, são presenças garantidas na beleza inverno 2011. Não sabe esfumar? Então vamos lá saia do óbvio, use duas cores de sombras, na hora de esfumar elas se misturam criando um belo efeito. Lembrando sempre de usar o pincel de esfumar. Outra grande tendência de make nesse inverno será “olhos tudo, boca nada”, esse tipo de maquiagem agrada uma grande quantidade de mulheres, onde se destaca os olhos deixando os lábios leves. Sombras brilhantes, coloridas, olhos gatinho esfumados, cílios postiços, muito delineador e muita, muita máscara para cílios, são os principais elementos pra esse tipo de make. Lembrando q os lábios deve estar sempre natural com aparência saudável, um batom rosinha, laranja, vermelho ( passe o batom depois retire o excesso com um guardanapo de papel nos lábios, depois espalhe o que sobrou do batons lábios) ou simplesmente use a boca nude, sabendo q existe nude para todo tipo de pele. Agora você que gosta de olho tudo e boca também, não precisa se preocupar, a maquiagem do inverno será bem democrática, seu make preferido também faz parte dessa beuty democracia.

Os penteados do inverno, assim como as maquiagens, são bem democráticos.Nesta tendências de tranças, rabo de cavalo e coques o inverno 2011faz uma mistura com todos eles.vejamos as mais pedidas: - As tranças continuam dominando também no inverno, a trança mais pedidas sem dúvidas é a trança lateral para o frio e os dias de chuva é perfeito, pois deixa o cabelos sempre arrumados. - A trança embutida também é uma das preferidas, ideal pra cabelos compridos. O efeito é belíssimo, aposte em cabelos longos para esse inverno. - Os coques com volume. Com cabelos desfiados no topo da cabeça e presos em coques. Além de tudo isso a dica mais importante e sempre na moda, é cuidar bem dos cabelos, assim como o verão o inverno também castiga os fios e é necessário um cuidado diário, pois com os cabelos mal tratados você nunca fica na moda e não há penteado que funcione com os fios mal tratados. Por Júnior Gavazzi


www.formandoevento.com.br

18:

Caroline - Odonto | CESMAC Vanilo - Direito Bianca - Publicidade | Nassau Clรกudia - Psicologia | CESMAC

18 | formando

Carolynne Veiga | Enfermagem


editorial de moda

vestidos Vert et Rouge acess贸rios Vert et Rouge cabelo e maquiagem Val茅ria Coiffeur fotografias Wellington Carvalho


vestidos Vert et Rouge acess贸rios Vert et Rouge cabelo e maquiagem Val茅ria Coiffeur fotografias Wellington Carvalho

20 | formando


21:

formando | 21


Decorando Sonhos

... não há limites para inovar. Cada festa é única, embora o tema possa ser repetido.

22 | formando

Sem dúvida a decoração é um dos detalhes mais importantes de uma festa. É ela quem dá o toque principal, compõe o visual e traduz o tema da festa. Em se tratando de formatura, a decoração personifica o cenário escolhido pela turma. E não há limites para inovar. Cada festa é única, embora o tema possa ser repetido. Tudo vai depender da criatividade e dos valores a serem empregados. Das tradicionais às inovadoras, o quesito originalidade sempre está presente. Flores, luzes, tecidos, esculturas, perfomances e até mesmo balões ajudam a criar uma atmosfera diferente e atraente. Até mesmo materiais alternativos como produtos recicláveis podem ser usados e garantir sofisticação e inovação à sua festa. Tudo vai depender de como o decorador vai conduzir o processo de criação. Para tanto, várias reuniões são agendadas com a comissão para definir detalhes como tema, material a ser usado e valores a serem gastos. Nessa hora a participação da turma conta e muito. Sempre surgem ideias criativas que podem ser aproveitadas pelo decorador.

22: E as novidades no mercado são muitas. As feiras de formaturas movimentam o setor. As empresas especializadas investem em inovações, cores, brilho e movimento. Isso sem contar nos materiais alternativos, ecologicamente corretos que além de reduzir custos ainda conferem um toque especial à festa. As novidades tecnológicas também avançam com tudo nessa área. Efeitos áudio-visuais são criados a partir de estruturas que misturam jogos de luzes, efeitos sombriados e ambientes variados num só espaço. Lembrando que a decoração inclui os demais eventos como cerimônias religiosas, aula da saudade e colação de grau. E que portanto é o item que mais pesa no orçamento da turma. Uma dica valiosa aos estudantes é acompanhar algumas festas, conversar com outros formandos e comparar fotos e estilos. Além disso, o contrato deve ser minucioso e especificar cada material e a quantidade a ser usada. Assim dá para economizar e garantir que a sua festa seja um verdadeiro arraso.


Fotos: Marco Mota

Observat贸rio

27:


www.formandoevento.com.br

Estou Formado. E agora? Por Dayse Karol

O sonho da graduação enfim se concretizou. Depois de anos de estudos, expectativas e investimentos chegou o momento tão esperado de receber o canudo. A alegria parece estar completa. Seus amigos e familiares reunidos compartilham a satisfação da conclusão de um curso em nível superior. E olha que foi tudo preparado com o máximo de cuidado: a escolha do curso, da faculdade, do tema do trabalho de conclusão, do anel, das roupas e da lista de convidados. Nada faltou. Nada? E o emprego? Você já tem? É. Chegou a hora de enfrentar o mercado de trabalho. Com o canudo na mão, tudo parece ser mais fácil. Mas nem sempre é assim. O grande problema da maioria dos novos graduados é a inserção no mercado de trabalho. E essa preocupação deve começar ainda no início da faculdade. Não adianta achar que como num passe de mágica, você estará empregado no dia seguinte ao da formatura. Para serem absorvidos pelo mercado, os novos profissionais devem buscar a capacitação ainda nos primeiros anos da faculdade. Por isso a importância dos estágios, que conferem prática e colocam o futuro profissional de frente com a rotina de trabalho. Tudo isso sem contar com a participação em projetos de pesquisa e de extensão, que além de enriquecerem 28 | formando

28: o currículo do estudante ainda garante visibilidade a quem procura um lugar ao sol. O problema é que a rotina de estudos, as festas, a desmotivação e a velha mania do brasileiro em deixar tudo para a última hora, acabam por criar estudantes acomodados com a realidade e despreocupados com o futuro de sua carreira. E ainda tem aqueles estudantes que precisam trabalhar para pagar seus estudos e se sustentar, sendo obrigados a exercer atividades totalmente incompatíveis com os seus estudos, mas que não podem se dar o luxo de trocar um trabalho “estável” por um estágio, onde a remuneração nem sempre oferece um mínimo necessário para as despesas de deslocamento do estudante. E o que dizer dos cursos que oferecem aulas durante vários turnos? Fica complicado estudar em horários irregulares e conciliar a rotina com um estágio. Para esses casos, a solução para a aquisição da prática, é sem


revista formando 5ª edição

dúvida a busca por projetos de pesquisas e de extensão. Como é o caso dos cursos das áreas de saúde, em que os estudantes às vezes passam o dia inteiro nas faculdades. Porém nem todos os estudantes estão dispostos a enfrentar uma jornada dupla, e até tripla, para vivenciar a prática de suas profissões. Até porque os estágios não são nenhum mar de rosas. Carga horária exaustiva, acúmulo de funções e responsabilidades e desrespeito por parte dos colegas já formados, acabam contribuindo para a desistência dos aspirantes. Existe luz no fim do túnel. E é crescente o número de empresas que apresentam um plano de estágio bem definido, concedendo oportunidades de conhecimento em diversos setores e ainda possibilidade de ascensão e de contratação. Essas empresas ainda oferecem remuneração compatível, a chamada bolsa auxílio e benefícios que

garantem tranqüilidade e oportunidades de construção de uma carreira sólida. Para tanto vale a pena ficar de olho nos quadros de aviso das faculdades e sempre conferir as vagas oferecidas pelas empresas especializadas em encaminhar estagiários, como é o caso do CIEE (Centro Integrado Escritório Escola) e IEL (Instituto Euvaldo Lodi) que possuem um vasto banco de empresas cadastradas e vagas disponíveis para todas as áreas. Certamente o caminho é longo. Mas o segredo para o sucesso é começar cedo, de preferência logo nos primeiros anos da graduação. Cursos de idiomas e atualizações são um diferencial a mais na hora da contratação. É preciso estar antenado com as exigências do mercado e estar pronto para atendê-las. Com critério, bom senso e criatividade dá para contornar as dificuldades e garantir o “lugar ao sol” na carreira prossional.


Presentes de formatura

30:

CARICATURAS

Em forma de bonequinos, almofadas e até mesmo de chaveis, estão sendo muito usados como lembranças do formando para os seus convidados.

O FREAKS?

Segundo o dicionário inglês/português, a palavra freak significa: aberração, extravagância, fenômeno, fantasia, singularidade, acesso súbito de loucura, capricho. Por quê dar Freaks? Para expressar sua loucura, extravagância e singularidade ao mundo. Pois viver e fantasiar é preciso. Preço: entre R$ 35,00 e R$ 300,00 www.freaks.com.br

CARRO

Geralmente os país ou padrinhos dão de presente ao formando ou ao recem chegado a faculdade carros. O que os deixam bem entusiasmados. 30 | formando


Formando em foco

32: Alagoano é destaque no mercado chinês Por Dayse Karol

Tudo começou meio sem planejamento. Wesley, um rapaz simples de Alagoas, morador do Vergel do Lago, um bairro da periferia da capital Maceió, conhecido por seus indicadores de violência, de repente ganhou o mundo. A vontade de morar fora do Brasil sempre foi presente no cotidiano dele. E depois da faculdade tudo virou realidade. Entre idas e vindas até chegar à China o caminho foi longo. Wesley destaca a importância de estar preparado para enfrentar qualquer situação: “Não esperava tamanho sucesso logo após a faculdade, na verdade, nunca esperei o sucesso, mas estava preparado para o que veio, isso é o mais importante, estar sempre preparado para tudo, sucesso e fracasso”, afirma Preparação, motivação e organização são as regras deste empreendedor. Para ele é primordial ter domínio das variáveis incontrolá32 | formando

veis, as chamadas situações que requerem coragem e impulsionam as ações e estar focado em metas bem definidas. “É sempre bom estar preparado qualitativamente, tanto no que se vai trabalhar quando o idioma, falar outras línguas é um dever!”, relata. Ainda segundo Wesley, os objetivos têm que ser maiores que as dificuldades, já que a decisão de morar fora além de causar impacto requer muita coragem e superação. E ele conta o segredo de seu sucesso na China: “Foco no bom relacionamento e na empatia cultural, isso é o suficiente para se dar bem em qualquer ambiente”, conta. E engana-se que este profissional de sucesso escolheu a carreira por status ou oportunidade de trabalho. Fazer o que gosta é, na verdade, o primeiro passo para conquistar o que se quer, “se você não faz o que gosta, o sucesso estará

muito mais longe que se pensa, desta forma escolha estudar o que te faz bem, e na hora H seja o que você realmente é, pois se não gostarem de você, isso quer dizer que naquele lugar você não iria ser feliz”, considera. Atualmente trabalhando em jogos sociais, nas áreas de business e marketing, Wesley visita vários países. E pensa que ele está satisfeito? Os objetivos do rapaz são bastante ousados. No momento, profissionalmente, quero passar uns 2 anos a mais na China, depois penso em EUA, ou mesmo Brasil, depende de como estes países estarão daqui há dois anos. Quero ser um referencia na minha área, é nisso que estou focado no momento.


34: www.formandoevento.com.br

Por Dayse Karol A comissão de formatura contratou todos os serviços: escolheu a empresa organizadora, o buffet, o salão, a decoração, as bandas, a iluminação. Cuidou de todos os detalhes. Tudo devidamente estipulado e checado. Mas e o gerador? Isso também foi verificado? Imagine a situação: os formandos arrumados, os convidados chegando, a banda tocando, tudo impecável e no meio da festa falta energia. E agora? Agora é acender velas e rezar para todos os santos para que não se trate de um apagão como o que aconteceu recentemente. Por que se for, adeus festa: a bebida logo vai esquentar, o calor vai derreter a maquiagem e o baile vai se tornar um conto de fadas igual ao da Cinderela, onde o feitiço literalmente acaba à meia noite. Ficou assustado não é mesmo? Mas para evitar esse tipo de situação basta se precaver e alugar um bom gerador. Várias empresas disponibilizam esse tipo de serviço, que pode ser contratado inclusive junto à empresa organizadora do evento. O importante é checar todos os itens do contrato e negociar. 34 | formando

GERADOR: SEM APAGÃO EM SUA FORMATURA O gerador deve ter a capacidade de gerar energia compatível com o tamanho do salão e dos itens que estão sendo usados na festa. Deve estar abastecido e pronto para entrar em funcionamento imediatamente, em caso de pane elétrica. O preço do aluguel varia bastante. Depende da empresa e do tamanho do gerador. Por isso uma boa pesquisa é sempre recomendável. Vale a pena até incluir no próprio pacote de som e iluminação. Afinal, ninguém quer uma parada na produção. Com um bom gerador instalado todos curtem a festa sem preocupações. É um investimento importante que garante o brilho e o encanto da festa a noite toda. Com ele, a única energia com que você vai ter que se preocupar, é a sua. E ninguém vai ter que sair correndo por causa do escuro.


www.formandoevento.com.br

Faculdade Pública ou Privada?

Foto web, meramente ilustrativa

Por Dayse Karol De fato depois de escolher qual carreira a seguir, o passo decissivo é definir em que faculdade estudar. As opções são muitas. E decidir entre uma e outra requer a observação de detalhes importantes. Especialmente agora que existem diversas modalidades de ensino: presencial, semi-presencial e à distância. Tudo vai depender do perfil do candidato. Existem aqueles que fazem o vestibular pela primeira vez, aqueles que apenas querem complementar seus estudos e os que buscam mudar de carreira. Para cada situação existe uma opção mais adequada.

Foto meramente ilustrativa

As universidades públicas atraem principalmente os jovens recéns saídos do ensino médio e se tornam a primeira opção de pessoas que não dispostas a investir no pagamento de mensalidades de faculdades particulares. Já as instituições particulares, disponibilizam mais vagas e acabam atraindo um público que prefere fugir da concorrência ou que não passaram no vestibular, e ainda aqueles que simplesmente optaram por investir em um ensino particular.

36: Porém, antes da matrícula, é importante o estudante observar e pesquisar a situação da instituição. É importante avaliar o conceito da faculdade junto ao MEC, as instalações, a titulação dos professores (se são mestres e doutores), a grade curricular, as instalações como laboratórios, auditórios e estúdios para aulas práticas e a proposta de projetos de pesquisa e extensão.

O estudante também deve ficar atento à licença de funcionamento e reconhecimento do curso. Até porque ninguém deseja passar anos estudando e investindo numa formação superior e depois da colação de grau descobrir que o diploma não tem validade alguma. Ninguém merece! Observados esses requisitos, é só fazer a matrícula e mãos á obra. O segredo é ter entusiasmo e “meter a cara” nos livros. Participar ativamente da vida acadêmica valoriza a formação e estimula o estudante a aliar seus conhecimentos teóricos à vida prática. O importante é a formação de profissionais competentes e preparados para encarar o mercado de trabalho e contribuir para a criação de uma sociedade consciente e atuante.


Formando conta tudo

38:

Thaise Carvalho, formanda de Direito da Estácio de Sá. Usou no baile um luxuoso vestido com duplo efeito longo e curto da estilista alagoana Martha Medeiros. “ Foi uma surpresa para todos que meu vestido longo se transformasse num estiloso vestido curto, dancei a noite toda, foi um sucesso.” Thaise Carvalho. Make Up deslumbrante da Fios de Cabelo, destacou ainda mais a beleza da formanda. E para fecha com chave de ouro o figurino, uma bela sandália da Arezzo, com o conforto indispensável para esse tipo de evento.

Dica Formando: Um vestido clássico evita surpresas desagradáveis ao rever seu álbum de formatura futuramente, roupas da moda acabam ficando “brega” com o passar dos anos.

Vestido:

Martha Medeiros

Sapato:

Arezzo

38 | formando


Circulando

40: (22) e sábado (23) três palestras foram realizadas em cada dia,sendo no segundo, ainda apresentado o Case do Programa da Record News, “Fala Sério”.

Eread Maceió recebe quase duas mil pessoas Para os participantes a descrição do evento foi: SUCESSO Um sucesso! Essa foi a frase mais comum na saída do último dia do XV Encontro Regional dos Estudantes de Administração (EREAD). O evento que contou com quase dois mil participantes, aconteceu de 21 a 24 de abril, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió, Alagoas. Na noite de abertura, o Encontro contou com a presença da publicitária, ganhadora do programa APRENDIZ, da Rede Record, Marina Erthal. 40 | formando

“Aprendia dar o meu melhor todos os dias, isso é necessário sempre”, foi essa frase, da publicitária, que impulsionou o inicio da programação científica. A manhã do 2º dia EREAD- Maceió começou com a programação científica de vento em poupa. Nas salas temáticas aconteceram os mini-cursos “Redes sociais e Networking pessoal”, com Samir de Sena e “Marketing pessoal e novas mídias: diálogos possíveis”, com o professor Nelsio Abreu. O Teatro Gustavo Leite ficou movimentado em todos os dias do evento. Nas tardes de sexta-feira

Aparte científica do EREAD Maceió foi encerrada na noite de sábado (23) com as palestras de Lucas Rossi, autor do blog Estagiário Y, repórter da revista VOCÊS/A e responsável por escrever reportagens e administrar as redes sociais, do periódico; e Gil Giardeli que palestrou sobre a era digital, uniu imagens e palavras de efeito, despertando nos encontristas o sentimento de repensar seus valores e suas prioridades. Uma apresentação composta por 300 slides pôde ser contemplada e aplaudida de pé ao final, não poderia ter havido encerramento melhor para o XV EREAD. Durante o XV Encontro foi escolhida, ainda, a sede para o XVI Encontro Regional dos Estudantes de Administração. Porto Seguro, na Bahia ganhou de 7 x 5, contra São Luís, do Maranhão.



Revista Formando evento