Page 64

ESTRATÉGIAS

SUAS ESCOLHAS NO E-COMMERCE DEPENDEM DO SEU NEGÓCIO! Rosangela Mattje é profissional com formação em Tecnologia da Informação e pós em Estratégia de Negócios e Pessoas. Trabalha há mais de 17 anos nas áreas de soluções em Ti e comunicação, análise e gestão de requisitos e negócios, comunicação digital, comércio eletrônico, gerenciamento de projetos, vendas e atendimento. Fundadora da startup Mattje Consultoria em E-commerce (Tecnosinos – Unisinos/RS), atualmente divide seu tempo entre a consultoria e o desenvolvimento de produto de gestão para e-commerce. Rosangela Mattje Consultora de E-commerce

E

rosangela@mattje.com.br

64

ECBR

Esses dias, questionaram minha opinião com relação a uma determinada plataforma de e-commerce. A resposta imediata foi: qual o contexto e as necessidades do seu negócio? Pois é, a coisa não é tão simples quanto parece! Temos que olhar para o negócio e em que ponto ele se encontra. Existem N fornecedores que podem te ajudar a comercializar seu produto ou serviço em canais web, mas, você que é dono do negócio, sabe a quem recorrer para suprir as necessidades? Indo além, você sabe quais são as necessidades? A falta de conhecimento e planejamento na hora de iniciar um negócio virtual leva a escolhas erradas ou, pelo menos, a escolhas não tão assertivas quando se investe em um mercado no qual o que mais se escuta é “o custo é menor quando se coloca uma loja virtual”. O custo até pode ser menor (em qualquer negócio), se o dinheiro tiver sido bem investido desde o início. E, para isso, precisa-se de conhecimento do negócio, do mercado e possuir uma visão ampla do seu negócio dentro desse mercado. Podemos listar algumas considerações bastante relevantes que devem ser planejadas no negócio quando se pensa em e-commerce: Budget: Quanto você possui para investir em uma estrutura virtual de e-commerce? Existem algumas ferramentas em que você até pode começar de forma gratuita, mas o que chamo de “coeficiente de viração” deve ser grande. Ou seja, o “faça você mesmo” tem que rolar ou você chama alguém para ajudar na implementação (alguém com conhecimento). Quando o investimento é maior, existem ferra-

mentas ótimas que podem te ajudar a alavancar o negócio. Além disso, você poderá contratar profissionais competentes e até mesmo formar uma equipe. Conhecimento: Buscar conhecimento a respeito do mercado em que quer se inserir é um ponto fundamental, mas, acima de tudo, saber como o seu negócio se “encaixa” nesse mercado. · O assunto do momento (apesar da crise e acredito que também por causa dela), é que o e-commerce está crescendo de forma espantosa. Mas você possui conhecimento desse mercado? Ainda é vendida a ideia de que qualquer negócio pode ser vendido através da web, e concordo! Mas, para isso, existe toda uma operação específica do mercado de e-commerce que você precisa conhecer para que tenha sucesso. Vá atrás de informação e transforme isso em conhecimento, ou procure alguém que te ajude a fazer isso! Consolide esse conhecimento, participe de fóruns, eventos, meetups, grupos de Facebook, o que for, mas busque conhecimento e se pergunte se isso serve para o seu negócio; · Seu concorrente pode utilizar uma certa estratégia que nem sempre pode ser a melhor para o seu negócio. Não entre na onda e olhe para o seu negócio! Se ele está fazendo assim, o que eu vou fazer para me diferenciar? A Internet está cheia de negócios “caixinha”, mas o que realmente chama a atenção é a diferenciação! · Seus clientes irão ajudar você a definir muitas das coisas que você precisa, mas, para isso, você precisa saber quem são! Descreva a “persona” ou o “público-alvo” do seu negócio;

O e-commerce conquistou a indústria!  
O e-commerce conquistou a indústria!  
Advertisement