Page 53

e gerando scripts. Além disso, é importante preparar uma massa de dados relevantes utilizando dados de ambiente de produção. A grande dica aqui é: procure diversificar sua massa de dados, mas sem exageros. Na fase de testes de carga, definir a volumetria coerente com seus acessos é a chave para o sucesso. Isso pode ser feito ao utilizar ferramentas de disparo que escalem facilmente. Para garantir a recorrência, esses testes devem estar estabelecidos em agenda, alinhados com a expectativa da área de negócio e serem intensificados perto da data. Chegar à volumetria correta é algo bem desafiador e demanda algumas rodadas de execução de testes para se chegar ao consenso de que a carga disparada é a ideal para simular seu evento. Vá com calma, faça contas, e você chega lá! Otimizações técnicas Garantir que os sistemas e a infraestrutura estejam saudáveis é essencial na sua preparação.

Faça então um checkup completo dos seus sistemas, revise seus tempos de cache de páginas e conteúdos estáticos e reforce sua segurança com ferramentas de prevenção de ataques. Caso você conte com uma infraestrutura On Premise, revise seus links, servidores e storages (lembre-se de fazer isso durante seus testes de carga). Caso utilize uma infraestrutura Cloud, revise suas políticas de auto scaling e analise o comportamento de sua aplicação em uma infraestrutura elástica. Um ponto importante quando o assunto é Cloud: dimensione seu ambiente juntamente com seu parceiro (seja ele AWS, Azure, Google ou outros); o Cloud não é infinito, e já tivemos históricos recentes no Brasil de gargalos de servidores próximos à Black Friday de 2015. Não se esqueça, também, de revisar seus bancos de dados e sua arquitetura, trabalhando sempre em otimizações de front end, compressão de imagens, css, javascripts etc. OUTUBRO 2017

53

O e-commerce conquistou a indústria!  
O e-commerce conquistou a indústria!  
Advertisement