Page 1


Nesta amostra, as primeiras página do 2º volume da colução SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS, Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura, de Lucia Legan.


Soluções Sustentáveis Uso da Água na Permacultura Lucia Legan

Uma publicação

Em parceria com

LOGOMARCA PARCEIRO

Patrocínio

LOGOMARCA PATROCÍNIO

LOGOMARCA PATROCÍNIO

LOGOMARCA PATROCÍNIO

Apoio LOGOMARCA APOIO

LOGOMARCA APOIO

LOGOMARCA APOIO

LOGOMARCA APOIO

LOGOMARCA APOIO


Legan, Lucia Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura/ Lucia Legan. Pirenópolis, GO: Mais Calango Editora. Pirenópolis, GO: Ecocentro IPEC - Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado, 2007. ISBN 978-85-60707-06-5 1. Agricultura e Tecnologias relacionadas 2. Desenvolvimento Sustentável 3. Educação ambiental

1ª Edição, Pirenópolis - Goiás, 2007

É proibida a duplicação ou reprodução desta publicação, no todo ou em parte, sob quaisquer formas ou por quaisquer meios (eletrônico, mecânico, gravação, fotocópia, distribuição na internet e outros), sem permissão expressa da autora.

Ecocentro IPEC www.ecocentro.org cursos@ecocentro.org

Mais Calango Editora www.maiscalango.com.br contato@maiscalango.com.br

Caixa Postal 45 Pirenópolis, GO CEP 72980-000

Caixa Postal 45 Pirenópolis, GO CEP 72980-000

Diagramação e projeto gráfico: Felipe Horst Ilustrações: Laila Soares Revisão: Lia Bock Fotografias: André Soares, Felipe Horst, Laila Soares, Lucia Legan e Arquivo Ecocentro IPEC Arte de capa: Felipe Horst Fotografias de capa: André Soares, Felipe Horst e Noa Peled

4 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


Índice Água no planeta Bacia hidrográfica Ética da Permacultura e água Água e o corpo humano Água em casa Água no jardim Água cinza Sabão gel Potes de água Tanque de pneu Laguinhos Dinamizadores Água na agricultura Árvores criando água Agroflorestas Valas de infiltração Terraços Captação de água da chuva Reservatórios de água potável Água negra Bioséptico Açudes Aqüicultura

4 6 7 9 10 13 16 20 22 23 25 29 32 34 39 40 43 44 45 54 55 57 60

Bibliografia

64

5 Ecocentro IPEC


Água no planeta A água que você bebe é reciclada. Sempre! Isso porque, a mesma água que existia na Terra há milhões de anos continua aqui, evaporando e precipitando novamente. Por isso, devemos ser gratos ao mágico ciclo da água. O processo começa com o sol, que executa um papel central na reciclagem da água do planeta. Quando é aquecida pelos raios solares a água evapora e fica nesse formato até as partículas irem se juntando e se condensando novamente. Nesse processo formam-se as nuvens. Quando a nuvem se torna pesada, não podendo segurar mais água, acontece a chuva e a água volta para a superfície da terra.

Quando o ar quente sobe da superfície terrestre ocorre a rápida formação de nuvens e dentro delas circulam fortes ventos. São estas correntes de ar que criam cargas elétricas positivas e negativas e é a descarga dessa energia que forma os relâmpagos. O barulho que ouvimos e chamamos de trovão, acredite, vêm do deslocamento de ar dos relâmpagos.

6 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


A água está continuamente se movendo em foma de vapor, líquido e gelo. Um de seus encantos é justamente essa constante mudança de forma.

A Terra é um sistema fechado, como um terrário. Isso significa que não ganha ou perde muita matéria, incluindo água. Poucas substâncias terrestres escapam da atmosfera para o espaço. Água com certeza não é uma delas. Outra informação interessante sobre a água é que ela nunca é pura. Como ela é um solvente universal, contém grande quantidade de componentes orgânicos e inorgânicos. Sólidos, gases e matéria dissolvida sempre fazem companhia para o H2O. O controle da composição química das águas naturais acontece pela chuva, erosão, dissolução, evaporação e sedimentação. A química da água reflete a química do solo e das rochas por onde ela correu ou penetrou antes de chegar a um lago ou córrego.

7 Ecocentro IPEC


Bacia hidrográfica Todo mundo vive em uma bacia hidrográfica. Isso porque o termo dá nome a uma área de terra onde a água corre para um ponto. Pode ser grande ou pequena. Pode se estender desde as mais altas montanhas até o mar. Pode ser em um pequeno vale, onde a água é drenada para um córrego ou açude. Em outras palavras bacia hidrográfica é uma região onde rios e córregos se conectam funcionando como um sistema unificado de transporte de água. O termo também é utilizado com referência a um rio, córrego, lago ou oceano em particular. As bacias hidrográficas podem ter várias formas: • Fechada em um corpo d’água (ex. lago). • Aberta e drenada para o mar. • Aberta múltipla, quando é drenada para o mar através de mais de uma fonte. Uma bacia hidrográfica é definida topograficamente por pontos de interrupção ou picos (como cristas de montanhas) que a separam da bacia seguinte.

As pessoas são parte de muitos ecossistemas aquáticos e o que fazemos no nosso dia a dia afeta estes ecossistemas. Como toda a vida depende da água, os humanos compartilham a responsabilidade de vencer desafios ambientais que ameaçam os habitats aquáticos. Para trabalhar com os problemas é ideal que comecemos descobrindo de onde vem a nossa água e para onde vai depois que a utilizamos. Que córregos, rios, lagos ou áreas costeiras estão em sua bacia hidrográfica?

8 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


Ética da permacultura e a água Apesar de sua importância, mais de um bilhão de pessoas no mundo não têm acesso à água limpa e milhares morrem por dia com a falta da água. No mundo natural, muitos de nossos mais importantes aqüíferos estão sendo dragados e a metade das áreas alagadas foi perdida no processo de desenvolvimento. Há uma dimensão política para a água que não pode ser deixada de lado. Quase todas as maiores bacias hidrográficas no planeta são compartilhadas por duas ou mais nações. Assim, a água se torna uma fonte de conflitos internacionais e uma questão de segurança, chamando atenção para a globalização e a privatização desse bem precioso. Os problemas que dizem respeito a água no mundo jorram de nossa incapacidade de resolver as necessidades básicas do ser humano e de nossa falta de habilidade para equilibrar as necessidades do homem com as necessidades do meio natural. É com uma ciência de design que a Permacultura define uma ética para orientar o comportamento do designer e nortear um caminho de restauração dos sistemas degradados. Bill Mollison estabelece três parâmetros fundamentais para a ética da Permacultura: • O cuidado com o planeta Terra deve ser fundamento ético de qualquer atividade humana. • O cuidado com as pessoas e as demais espécies que habitam este planeta estabelece o respeito intrínseco pela vida. • A partilha dos excedentes deve servir ao planeta e às pessoas. A abundância só existe quando se faz uma partilha justa dos excedentes.

9 Ecocentro IPEC


Água limpa é prioridade em qualquer sistema permacultural. Em muitas regiões a água é um recurso escasso, e até mesmo onde é suficiente não é coletada e distribuída de forma eficiente. Estima-se que 80 litros de água por dia seriam suficientes para uma pessoa viver com qualidade, mas hoje as populações de países ricos gastam em média mais do que o dobro disso. Destes 80 litros, apenas 6 litros devem ser de água potável, o restante desta água é utilizado para a limpeza. Ao mesmo tempo em que o uso sustentável deste recurso é adiado, nunca a poluição dos sistemas aquáticos atingiu níveis tão altos. E é a própria ação humana que compromete seriamente a qualidade da água para o consumo humano. A criação de grandes áreas impermeabilizadas nas grandes cidades, a contaminação dos lençóis freáticos com fertilizantes e agrotóxicos químicos, a poluição dos rios pelas indústrias e pelo esgoto doméstico são hoje as principais causas de nossos problemas com a água. Substâncias químicas tóxicas despejadas em um sistema aquático podem alterar o gosto, o odor e a cor da água. Os peixes e a vida silvestre podem passar por uma série de problemas que incluem a redução da fertilidade, deformidades genéticas, danos ao sistema imunológico, aumento da incidência de tumores e até a morte. A entrada no terceiro milênio nos coloca de frente para novos desafios. Um dos problemas chave é o decréscimo dos níveis de água limpa juntamente com o crescimento da população humana que utiliza este recurso.

10 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


Água e o corpo humano As qualidades e propriedades exclusivas da água são o que a fazem tão importante para a vida. As células do nosso corpo são cheias de água. Curiosamente nosso cerebro é 75% água, o coração 75%, pulmão 86%, rim 83%, sangue 83% e músculos 75%. A grande capacidade da água de dissolver substâncias permite que nossas células utilizem nutrientes, minerais e substâncias químicas valiosas para processos biológicos. Os carboidratos e proteínas que nosso corpo utiliza como alimento são metabolizados e transportados na corrente sangüínea pela água. Não menos importante é a capacidade da água de transportar materiais residuais para fora de nossos corpos. Diariamente muitas pessoas no mundo morrem de doenças que poderiam ser erradicadas com o simples acesso à água potável. É preciso lembrar que, mesmo ações individuais podem fazer diferença. Todo o esforço para proteger a qualidade da água é válido.

11 Ecocentro IPEC


Água em casa A maior parte da poluição da água vem de substâncias químicas jogadas pelos seres humanos no ambiente. E embora isto seja um fato reconhecido, pouco está sendo feito para reverter o processo de poluição e conservar as fontes naturais de água. Mas é importante ficar claro que essa poluição não é exclusiva das grandes indústrias. Ela acontece também em casa. Um terço de toda a água doméstica da maioria dos países é poluida no vaso sanitário. E as águas da pia da cozinha, do tanque de roupas e dos chuveiros não ficam livres de culpa: elas poluem os oceanos. O desperdício também contribui. Se pensarmos apenas no gasto de um único lar pode parecer insignificante, mas, somado o impacto de todas as casas vemos um desperdício gigante. Alguns dos elementos desperdiçados em casa mais prejudiciais ao ambiente são: fósforo, nitrogênio, níveis de pH, óleos, alvejantes e corrosivos químicos.

Conserto em encanamentos podem economizar mais de 200 litros de água por dia.

12 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


Cuide da água do planeta: • Use detergentes que especifiquem no rótulo não serem agressivos ao meio ambiente. • Retire bem a comida de seu prato antes de lavá-lo, para que esta comida não chegue aos rios, e use esta comida em compostos ou minhocários. • Prefira produtos de limpeza líquidos ao invés de produtos em pó. Os pós têm em média dez ou vinte vezes mais sais do que os produtos líquidos. • Como consumidor, utilize seu poder de escolha para selecionar produtos menos prejudiciais ao ambiente, assim, forçaremos os fabricantes a mudarem. • Use as máquinas de lavar pratos e roupas apenas quando estiverem cheias ou adeqüe a quantidade de água para a quantidade de produtos que está lavando. Desligue a torneira para escovar os dentes e fazer a barba.

Tome banhos curtos e instale uma ducha eficiente para evitar desperdício.

13 Ecocentro IPEC


• Para lavar pratos na mão, encha a pia ou uma bacia com água ensaboada. Depois, enxugue rapidamente na água corrente, mas sem abrir demais a torneira. • Crie a consciência da necessidade de conservação da água em seus filhos. Evite brinquedos que necessitem muita recarga de água. • Ajude o meio ambiente dizendo “NÃO” às sacolas plásticas. Crie suas próprias “sacolas verdes” e saia para fazer compras com elas. • Fique atento e siga todas as regras de conservação e redução do consumo de água que existem na sua região.

Use uma vassoura para limpar garagens, varandas e calçadas. Isso pode economizar muita água.

• Não jogue pontas de cigarro ou qualquer tipo de lixo na estrada, pois com as chuvas, ventos e enxurradas eles vão acabar nos rios. • Arrume vazamentos de óleo e radiador do seu carro, assegurando que substâncias perigosas não sejam levadas a sistemas aquáticos. • Lave o carro com um balde ao invés de usar a mangueira, isto pode economizar até 100 litros de água! • Conserve água sempre. Isso significa economizar mesmo quando outros estão pagando a conta, como em um hotel, por exemplo. • Tente fazer uma coisa por dia que resulte em economia de água. Não se preocupe se a economia é mínima. Todas as gotas contam.

14 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


Água no Jardim O projeto permacultural tem o objetivo de coletar, reter e reciclar a maior quantidade de água possível antes que ela evapore ou passe pela propriedade. Quando desenhar sua horta, deixe de 10 a 15% do espaço para a cultura da água. No planejamento de sua propriedade identifique as fontes de água, analise a qualidade e a quantidade e reserve um local para o armazenamento (açudes, tanques, canais de infiltração). Sempre que possível utilize as inclinações do terreno a seu favor e crie um fluxo com a ação da gravidade até os pontos de uso. Um jardim com eficiência de água não significa um sistema de irrigação eficiente. Isso tem a ver tanto com o solo, as plantas, o clima, quanto com a água. Irrigar somente quando suas plantas necessitam de umidade, por exemplo, é a chave para a conservação da água e também para plantas saudáveis. A maioria das pessoas tende a utilizar muita água no jardim. Algumas dicas ajudam a economizar água e tornar seu sistema realmente eficiente. • Reduzir o consumo de água. • Usar a água da maneira eficiente colocando cobertura no solo. • Utilizar a água cinza no jardim. • Aumentar a capacidade do solo para captar a água da chuva. • Coletar água de chuva.

15 Ecocentro IPEC


Redução do consumo de água As três atitudes importantes para reduzir a água no jardim são: conhecer seus microclimas, criar quebra-ventos e agrupar as plantas de acordo com suas necessidades. Microclimas Um microclima é uma condição ambiental em uma determinada área. Microclimas podem ter uma grande diversidade e são afetados mais por fatores locais do que climáticos. Observar mudanças sutis na temperatura e plantar espécies que favorecem estas condições pode ajudar o jardineiro a reduzir a demanda de água.

O ar passa sobre o açude e refresca a casa

Quebra-ventos Ventos quentes ou frios causam ressecamento e erosão do solo. O uso de quebra-ventos pode diminuir a velocidade do ar e proteger a umidade do solo. Quebra-ventos bem planejados modificam o clima e seguram a água na terra. Eles também fornecem sombra, alimento para animais e forragem para abelhas. A maior parte dos lugares possui padrões de vento previsíveis. Isto pode ser notado através da observação da formação das árvores, de rajadas de vento ou simplesmente sentindo a brisa no rosto. Uma vez que a direção for registrada, um simples quebra-vento com pneus e plantas resistentes pode ser criado.

16 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


Agrupe plantas pela necessidade de água Outra forma de economizar água é agrupar as plantas em núcleos relativos às suas necessidades. Assim você pode reduzir a irrigação em algumas zonas onde há espécies adaptadas à aridez. Plantas que preferem sombra devem estar na sombra ou nunca estarão satisfeitas. Veja algumas plantas que não precisam de muita água: babosa, alecrim, lavanda, trigo sarraceno, oliveiras, tâmaras, caroba, romã e amêndoas. Plantas com folhas de cor cinza ou prata, por exemplo, aguentam bem ventos quentes e secos. Informe-se sobre as espécies que quer plantar e faça um design eficiente. Use a água da maneira eficiente Existem muitas dicas interessantes para ajudar a reduzir a quantidade de água utilizada no jardim. Um erro comum na horta é irrigar demais. De fato, colocar muita água em seu jardim pode prejudicar suas plantas. Muitas vezes, aguar demais resulta num sistema de raízes rasas, já que elas não precisam se aprofundar para conseguir água. A consequência são plantas vulneráveis. Você pode treinar suas plantas com bons hábitos de irrigação. Isso começa com regar com pouca freqüência, mas profundamente. Ou seja: bastante água duas ou três vezes por semana é melhor do que um pouco de água todos os dias. Aguar profundamente estimula um bom desenvolvimento do sistema radicular. Retire as ervas daninhas dos canteiros, pois elas competem com as plantas por água e nutrientes. Irrigue as árvores separadamente dos outros jardins, pois elas precisam de mais água. A irrigação deve ser feita nos períodos mais frescos do dia. Evite irrigar as plantas nos dias de muito vento.

17 Ecocentro IPEC


Água cinza Substitua a água da torneira usada para regar, por água cinza. A água cinza é aquela que sai das pias, do banho e da lavagem de roupas. Têm sabão, fibras e outros resíduos, mas não tem fezes humanas. Esta água pode ser filtrada, purificada e reutilizada para irrigação do jardim depois de passar por um filtro biológico simples de construir. Bioremediação é um método cada vez mais popular para tratamento da água. Algumas plantas aquáticas são usadas para remover nutrientes e reduzir a concentração de fósforo e nitrogênio do esgoto bruto ou das instalações de tratamento de efluentes. As plantas aquáticas são também capazes de absorver substâncias, inclusive poluentes. Uma estratégia assim é muito útil, especialmente em zonas áridas ou em períodos de seca para não deixar as plantinhas morrerem de sede. Se você quiser reutilizar a água cinza da máquina de lavar roupa direto no jardim, tente. Essa água tem poucas substâncias indesejadas como patógenos e gordura. Mas use sabão com pouco sódio, pois o sódio agride as plantas e degrada o solo. Criar um sistema de reciclagem de água cinza não é complicado: uma série de tanques são construídos para agir como uma sequência de filtros. A medida em que a água passa pelos tanques vai sendo gradativamente purificada pela ação biológica dos micro-organismos e das plantas introduzidas ali. Este tratamento simula sistemas naturais onde uma associação de plantas e micro-organismos faz o papel de ”filtragem” do efluente. Verifique todas as possibilidades de economia de consumo de água antes de decidir o sistema de tratamento para água cinza.

18 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


Efluentes da pia da cozinha devem passar por uma caixa de gordura (tratamento preliminar) antes de entrar no sistema de biorremediação. Para tornar o sistema de filtragem ainda mais eficiente, pode-se introduzir uma camada de cinza (cascas de arroz, aveia ou trigo queimadas). Depois passa por uma seqüência de tanques impermeáveis contendo um substrato poroso (areia, cascalhos e pedras) e plantas adaptadas a solos encharcados. Isso serve como um filtro preliminar para partículas maiores.

Se você encontrar mexilhões vivos, coloque-os no último tanque! Estes animais fazem uma filtragem excelente da água e são um bom indicador de como o sistema está operando. Coloque peixes e aproveite a beleza das plantas flutuantes. Agora a água está novamente limpa e pronta para irrigar o pomar!

19 Ecocentro IPEC


As plantas executam uma tarefa muito importante nos tanques intermediários. Absorvem os “poluentes” dissolvidos na água transformandoos em biomassa e liberando parte da água em forma de vapor. Suas raízes digerem grande parte dos resíduos encontrados na água cinza. Além disto, abrigam bactérias e outros micro-organismos que fazem a digestão de nutrientes e a limpeza da água. Assim, o excesso de minerais, bem como alguns patógenos humanos, são removidos, tornando a água segura para reutilização na irrigação do solo. Plantas utilizadas em sistemas de purificação de água cinza Nome comum

Nome científico

Alface-d’água

Pistia stratiotes

Azola

Azolla caroliniana

Camalote

Pontederia rotundifolia

Capim do pântano

Schoenoplectus lacustris

Cruz-de-malta

Ludwigia sedoides

Íris

Iris pseudacorus

Junco comum

Phragmites australis

Lagartixa

Sagittaria guayanensis

Orelha-de-onça

Salvinia auriculata

Papirus

Cyperus papirus

Taboa

Typha latifolia

As microscópicas algas verdes e amarelas convertem a energia solar em moléculas complexas, que podem ser passadas para outros dentro da cadeia alimentar. Os mesmos princípios se aplicam às florestas, campos ou oceanos. Os micro-organismos criam a base para a vida no planeta Terra, são eles que sustentam os seres humanos e todas as outras coisas vivas.

20 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura


Regras básicas para o uso da água cinza • Dê prioridade ao uso da água cinza limpa. • Confira sempre o fluxo do sistema. A água cinza não deve ser armazenada ou exposta, pois pode causar mau cheiro. Se armazenada por muito tempo ela pode reproduzir patógenos. • Não use aspersores quando irrigar com água cinza reciclada, pois desta forma a água pode se acumular próximo à casa e deixar o odor desagradável. É melhor irrigar por gravidade, deixando que a água penetre no solo. • Faça uma rotação das áreas de irrigação com água cinza, evitando o acúmulo de sais no solo. • Confira o sabão que está utilizando. Prefira os que não têm Boro e evite água sanitária (Cloro). Prefira sabão não tóxico. • Use detergente líquido ao invés de sabão em pó. • Evite utilizar água cinza em plantas que preferem solo mais ácido, pois a água é alcalina. • É importante filtrar a água da cozinha para remover óleos e gorduras. • Não reutilize água usada para lavar roupas e panos usados em trabalho com materiais químicos. Com um encanamento criativo um sistema de irrigação subterrâneo utilizando a água cinza pode molhar o jardim sem nenhum esforço.

21 Ecocentro IPEC


22 Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura

Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura  
Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura  

Livro Soluções Sustentáveis - Uso da Água na Permacultura, 2º volume da coleção SOLUÇÕES SUSTENTÁVEIS.

Advertisement