Page 1


De Vargas à Dilma

UMA BREVE HISTÓRIA

2


Presidentes

3


MANIFESTAÇÕES NO BRASIL “MODERNO”


CONTRA A DITADURA

A PASSEATA DOS 100 MIL


PASSEATA DOS CEM MIL • Onde: Rio de Janeiro • Quando: 26 de junho de 1968 • Antes da Passeata dos Cem Mil, já havia ocorrido manifestações estudantis nas ruas – sempre reprimidas pela polícia, com mortes de estudantes e a prisão de mais de 300 pessoas


PASSEATA DOS CEM MIL • Depois de dias sangrentos, a manifestação foi permitida – vigiada por mais de 10 mil policiais – era composta por estudantes, artistas, religiosos e intelectuais pelas ruas do centro da cidade do Rio de Janeiro – protestos contra a ditadura e contra a privatização do ensino


PASSEATA DOS CEM MIL • Iniciou às 14 horas, com cerca de 50 mil pessoas – O número que dobrou em 1 hora. – Após a passeata, houve uma reunião entre o então presidente Costa e Silva e os universitários Franklin Martins e Marcos Medeiros, na qual foi solicitada a libertação de estudantes presos e o fim da censura.

• No mês seguinte, o governo militar proibiu qualquer manifestação pública no país, o que gerou a prisão e mortes de vários estudantes. • Em 21 de agosto de 1968, o projeto de lei de anistia aos estudantes foi rejeitado pelo Congresso. • A legalização da repressão ocorreu através do AI-5, Ato Institucional nº 5, em 13 de dezembro de 1968.


Alfredo Sirkis, político. Cacá Diegues, cineasta. Caetano Veloso, cantor e compositor. César Benjamin, político. Chico Buarque de Holanda, cantor e compositor. Clarice Lispector, escritora. Dilma Rousseff, política e economista. Edu Lobo, cantor e compositor. Fernando Gabeira, político. Gilberto Gil, cantor e compositor. Grande Otelo, ator. José Dirceu, líder estudantil. Luís Travassos, líder estudantil. Marieta Severo, atriz. Milton Nascimento, cantor Nana Caymmi, cantora. Nara Leão, cantora. Orestes Quércia, político. Paulo Autran, ator. Tancredo Neves, político.

Tônia Carrero, atriz. Vera Silvia Magalhães, líder estudantil Vladimir Palmeira,líder estudantil. Wellington Moreira Franco, político. Zuenir Ventura, jornalista.


PELA REDEMOCRATIZAÇÃO

DIRETAS JÁ


DIRETAS JÁ • Foi um dos movimentos de maior participação popular da história do Brasil • Teve início em 1983, no governo de João Batista Figueiredo • Propunha eleições diretas para o cargo de Presidente da República. • A campanha ganhou o apoio dos partidos PMDB e PDS, e em pouco tempo, a simpatia da população, que foi às ruas para pedir a volta das eleições diretas.


DIRETAS JÁ • Em 1984, haveria eleição para a presidência, mas seria realizada de modo indireto, através do Colégio Eleitoral. • Para que tal eleição transcorresse pelo voto popular, ou seja, de forma direta, era necessária a aprovação da emenda constitucional proposta pelo deputado Dante de Oliveira (PMDB – Mato Grosso).


DIRETAS JÁ • A eleição direta sinalizava mudanças também econômicas e sociais. • Foram realizadas várias manifestações públicas. Mas dois comícios marcaram a campanha, dias antes de ser votada a emenda Dante de Oliveira. – Rio de Janeiro, no dia 10 de abril de 1984 – São Paulo, dia 16 de abril.

DIRETAS JÁ! mais de um milhão de pessoas – Aos gritos de

lotou a praça da Sé, na capital paulista.


DIRETAS JÁ • No dia 25 de abril de 1984, o Congresso Nacional se reuniu para votar a emenda Dante – A população não pode acompanhar a votação dentro do plenário – Os militares temendo manifestações reforçaram a segurança ao redor do Congresso Nacional • Tanques, metralhadoras e muitos homens sinalizavam que aquela proposta não era bem-vinda.


DIRETAS JÁ • Para que a emenda fosse aprovada, eram necessários 2/3 dos votos. A expectativa era grande. Foram 298 votos a favor e 65 contra e 3 abstenções (outros 112 deputados não compareceram). Para ser aprovada, a proposta precisava de 320 votos. • Com o fim do sonho, restava ainda a eleição indireta, quando dois civis disputariam o cargo. Paulo Maluf (PDS) e Tancredo Neves (PMDB) foram os indicados. Com o apoio das mesmas lideranças das Diretas Já, Tancredo Neves venceu a disputa.


MANIFESTAÇÕES PÓS REDEMOCRATIZAÇÃO

DOS CARAS-PINTADAS AOS MPL


O Impeachment de Fernando Collor (1990-1992)

21


CARAS-PINTADAS • Multidões de jovens que saíram às ruas de todo o país com os rostos pintados em protesto – Inúmeras denúncias de desmando político do então presidente Fernando Collor de Mello. – As denúncias, que se intensificaram por todo o mês de maio de 1992 • culminaram com a formação do Movimento pela Ética na Política, composto por 18 entidades civis, como centrais sindicais, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).


CARAS-PINTADAS • A juventude começou a tomar as ruas em agosto. – A primeira manifestação aconteceu no dia 11, em uma passeata marcada em frente ao Masp que reuniu cerca de 10 mil pessoas.

• No dia 14, Collor foi à televisão para convocar a população a vestir verde e amarelo e a sair pelas ruas no domingo, 16, em resposta aos que o atacavam. – Mas aquele dia ficou conhecido como "domingo negro" --os jovens saíram às ruas vestindo roupas negras e pintando o rosto da mesma cor em sinal de luto contra a corrupção.


Porém...

25


PRIMAVERA BRASILEIRA? REVOLTA DO VINAGRE? REVOLTA DOS R$ 0,20?

A NOVA MARCHA DOS CEM MIL? (17 DE JUNHO DE 2013)


A NOVA MARCHA DOS CEM MIL? (JUNHO DE 2013)

• Onda de manifestações iniciada após o movimento paulistano Passe Livre ganhar adeptos através das redes sociais – Novas tecnologias + informação + insatisfação


A NOVA MARCHA DOS CEM MIL? • • • • •

Quais os desdobramentos sociais? Qual o futuro da política convencional? Quais os ganhos reais da sociedade? Quais as interpretações dos governantes? Quais as reações dos líderes?


A NOVA MARCHA DOS CEM MIL? • Resultados práticos – Manutenção/redução de tarifas de transporte público em mais de 60 cidades – Manutenção dos preços dos pedágios (SP) – Pres. Dilma anuncia 5 medidas • Pacto pela responsabilidade fiscal • Pacto pela reforma política (plebiscito) – Corrupção como crime hediondo

• Pacto pela saúde (importação de médicos) • Pacto pelo transporte público • Pacto pela educação pública

Manifestações no Brasil  

Resumo da aula sobre as manifestações no Brasil

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you