Page 1

balanรงo social 2008

riosulense.com.br


02

PALAVRA DO PRESIDENTE


03

2008

um palco cheio de desafios

O ano de 2008 foi um palco de desafios para a Riosulense. Grandes projetos como a conclusão da Fundição II e a compra dos equipamentos necessários exigiram significativos investimentos. Também focamos em treinamentos e na modernização dos processos de gestão em todos os setores e no fortalecimento da instituição visando a sustentabilidade da empresa no futuro. Um panorama otimista pelos avanços substanciais tecnológicos e comerciais nos primeiros meses do ano foi entremeado pela necessidade de reajustes e adequações diante da nova ordem econômica mundial instalada no último trimestre do ano. Mesmo com uma história de seis décadas, e já habituada às oscilações da economia mundial, a Riosulense permaneceu atenta diante deste quadro, se ajustou e buscou o equilíbrio necessário para manter a sua sustentabilidade. Além do cumprimento de seus acordos comerciais nacionais e internacionais e da satisfação de seus clientes, a Riosulense permaneceu com seu papel social diante de seus públicos internos e externos e da comunidade em geral. A transparência e a clareza de suas ações nesse ano que misturou progressos e exigiu maturidade, criatividade e uma visão focada no seu papel dentro dos contextos econômico, tecnológico, social e humano deram o tom para a transposição de todos os desafios. Sendo assim, 2008 foi o ano em que a Riosulense foi testada e aprovada pela consistência da construção de sua sustentabilidade, que envolveu investimentos em tecnologias, qualidade operacional e gestão estratégica de pessoas. Sabemos que muitos outros desafios virão e estamos prontos para encará-los com a mesma energia empregada até agora. Porque, além de sua história e da força de sua marca, a Riosulense possui um capital humano que fortalece sua base: as pessoas que fazem parte de sua história. Composto por seus acionistas, clientes, representantes, instituições oficiais e associativas, fornecedores, parceiros, colaboradores e comunidade local e regional, esse patrimônio dá o real suporte a sua existência.

João Stramosk

Presindente

riosulense.com.br


04

A diretoria “Um ano atípico onde não houve tempo para o desânimo ou insegurança. A ampliação da fábrica e da capacidade de produção da Riosulense em um primeiro momento e as exigências de uma nova ordem econômica mundial no final do ano, exigiram agilidade, foco e muita pesquisa de mercado. A quebra de paradigmas mercadológicos, o acompanhamento dos movimentos internos e externos dos mercados, a busca de novos negócios, as tomadas de decisões diante da adaptação às novas demandas foram exercícios de crescimento que solidificaram a Riosulense”.

Luis Antonio Stramosk

Diretor Superintendente

“Os esforços empreendidos na gestão da Riosulense resultaram em estratégias que possibilitaram a superação de importantes e difíceis desafios em 2008. De um lado, grandes investimentos para torná-la competitiva e de outro, o trabalho de ajuste à uma nova ordem mundial. E, nesse período de transição a organização pôde, apesar dos resultados abaixo das expectativas do último trimestre, fortalecer sua imagem pela manutenção da qualidade de seus produtos, cumprimento de prazos e transparência na relação com seus clientes. A adaptação aos novos tempos modernizou e solidificou a Riosulense em sua competência na gestão, tornando-a mais flexível, permitindo uma resposta rápida diante dos novos cenários.”

Nilo Meneghelli

Diretor Administrativo e Financeiro

“Investimentos na ampliação de sua estrutura física e tecnológica, adequação às demandas internas com capacitação e treinamento, programas de melhorias contínuas e uma gestão com um mesmo foco, uma mesma linguagem e um mesmo objetivo trouxeram crescimento à Riosulense em 2008. Além do seu fortalecimento, a Riosulense ampliou sua capacidade de atender às rígidas exigências mercadológicas e as necessidades de seus clientes e se projetou para a realização de novos negócios. Uma conquista coletiva e o passaporte para novos desafios.”

Luciano Marcial Dalla Nora

Diretor Industrial


05

ExperiĂŞncia aliada a planejamento...

solidez para o futuro

riosulense.com.br


06

Agilidade e flexibilidade em fundidos e usinados.

Ser uma empresa com solidez financeira, proporcionando um retorno que satisfaça ao acionista e permita um crescimento sustentável.

Gerar produtos com agilidade e flexibilidade, buscando a satisfação dos usuários e a preservação sustentável da empresa.


07

Valores Riosulense CAPITAL HUMANO

Pessoas satisfeitas e com sentimento de realização pessoal e profissional.

CLIENTES

Garantir a plena satisfação dos clientes internos e externos.

ACIONISTAS

Garantir a remuneração do capital investido na companhia, gerando valor para o Investidor.

AUTO-SUSTENTABILIDADE

Garantir resultados com solidez financeira.

MEIO AMBIENTE E COMUNIDADE

Respeito, preservação e promoção.

TECNOLOGIA

Trabalhar em sistemas de parcerias, para gerar soluções que aumentem a competitividade das empresas envolvidas.

riosulense.com.br


08

GESTÃO PARA O FUTURO

A sustentabilidade não se constrói apenas com o cumprimento de metas anuais e o alcance dos objetivos previstos no seu planejamento estratégico. A ratificação da imagem da Metalúrgica Riosulense S/A é o resultado de sua história de 63 anos e da sua adaptação permanente para o futuro, que visa cumprir seu papel social, econômico e tecnológico junto aos seus clientes, acionistas, fornecedores, colaboradores e comunidade em geral.


09

E essa busca se dá pela soma de ações que se complementam e se ajustam às demandas nacionais e internacionais com o objetivo de satisfazer as exigências de seus clientes e, dessa forma, permitir a manutenção de sua marca, a empregabilidade de seus colaboradores, a capacidade de desenvolvimento de novos projetos e os benefícios sociais desencadeados pelas suas atividades. Para pensar o futuro a Riosulense estabeleceu projetos que permitem o seu fortalecimento com a excelência de seus produtos, com a capacitação e comprometimento de suas equipes de trabalho. Inovar e direcionar sua gestão estratégica e das pessoas envolvidas no seu processo, foi o foco da Riosulense em 2008. A Gestão do futuro da Riosulense desafiou crises, inovou, unificou discurso e visão corporativa com o mesmo foco: satisfazer seus clientes que, através dos produtos da Riosulense, deram andamento a seus projetos com qualidade e segurança.

riosulense.com.br


10

Investimentos e inovação


11

Investir é Dar sustentabilidade ao futuro

Além da visão que toda organização persegue através do lucro e da competitividade mercadológica, a Riosulense projeta seu foco na capacitação das pessoas e, desta maneira, nos benefícios que a sustentabilidade de seus negócios garantem a todos os stackholders. A adoção de tecnologias cada vez mais avançadas, a evolução dos sistemas de gestão, o aprimoramento dos mecanismos de controle de qualidade e a redução dos impactos ambientais, visam principalmente a melhoria da qualidade de vida das pessoas. O cumprimento de todos os negócios, a garantia do trabalho, renda e aprimoramento dos colaboradores, a redução de impactos ambientais energéticos, a geração das contribuições tributárias foca nas pessoas, acionistas, colaboradores, fornecedores e comunidades do entorno local e regional. Essa visão atinge os clientes, seja através de suas empresas ou no indivíduo comum, anônimo que utiliza veículos montados ou recuperados com os produtos Riosulense.

riosulense.com.br


12

INVESTIMENTOS & INOVAÇÃO


13

A busca da SUSTENTABILIDADE ultrapassa dados meramente contábeis e está embutida numa crença maior, cujos valores fortalecem a Riosulense ao apostar no Ser Humano e na sua capacidade de transformação do planeta pelo trabalho e renda, educação e saúde, justiça e segurança e que significam uma vida melhor. Para cumprir com esta visão, em 2008, a Metalúrgica Riosulense investiu R$ 27,7 milhões na ampliação de sua área fabril com a construção da Fundição II e, com isso, ampliou sua capacidade de fundidos em 40 por cento. Isso atendeu as metas definidas pelo planejamento estratégico para o próximo quinquênio. Estes investimentos vieram acompanhados de outras medidas visando a modernização e adequação da Gestão Corporativa às novas demandas e momentos da economia mundial, já que a empresa está inserida neste contexto global.

riosulense.com.br


14

Uma nova fábrica, uma realidade! A Riosulense se estrutura para acompanhar os movimentos do panorama mundial onde está inserida e solidifica seus valores - Capital Humano, Clientes, Comunidade, Acionistas, Meio Ambiente, Tecnologia e Auto-Sustentabilidade. A conquista desta sustentabildiade estará completa quando, pela concretização real dos investimentos realizados em 2008, todos os stackholders e as comunidades dos bairros localizados no entorno da fábrica e também da microrregião do Alto Vale do Itajaí, tenham uma mesma visão e se beneficiem de forma equânime do projeto, seja através da geração de trabalho e renda, capacitação e profissionalização de colaboradores, geração de impostos, manutenção da qualidade e novas oportunidades de negócios. A globalização dos negócios e o novo formato das relações corporativas derrubaram paradigmas e reformataram o papel social das empresas. A Riosulense absorveu esses novos conceitos e se fez pioneira nessa visão difusa e multiplicadora de benefícios que substituiu o conceito ortodoxo do tripé lucro, empregos e impostos. Investiu na ampliação da nova planta ou Fundição II com 10 mil metros quadrados, modernizou e aperfeiçoou o processo de fundição da empresa a começar pela melhoria das condições do ambiente de trabalho dos colaboradores, nos aspectos ergonômicos, de segurança, luminosidade, e com isso um layout mais funcional.

INVESTIMENTOS & INOVAÇÃO


15

A antiga fundição, hoje denominada Fundição I, com área de 3.500 m² será devidamente reformada e destinada à expansão da usinagem dentro de um cronograma com previsão de término no decorrer de 2010. Várias melhorias físicas imputarão mais qualidade a ambiência funcional e laboral pelas adequações ergonômicas realizadas e os treinamentos oferecidos também fizeram a diferença.

A aquisição de novos equipamentos e tecnologias e os treinamentos realizados na Unidade II permitiram a implantação de sistemas que geram a simulação virtual completa do processo de fundição dos produtos, em menor tempo e agiliza os cálculos de custos. A empresa também investiu na linha de moldagem semi-automática e novos centros de usinagem, assim como na aquisição de tornos CNC, que ampliaram a produtividade em 30%.

A nova proposta de gestão transformou colaboradores em parceiros. A Riosulense adotou uma nova filosofia de trabalho, onde todos tem a visão no mesmo foco e os processos tem a participação coletiva. Isso fortalece o trabalho de equipe e as decisões tomadas em conjunto direcionam as ações para o mesmo objetivo - a sustentabilidade da organização, sua rentabilidade e empregabilidade.

riosulense.com.br


16

Ampliação da Capacidade Produtiva

Os substanciais investimentos da Riosulense em 2008 permitiram a ampliação da sua produtividade. Índices de crescimento de aproximadamente 16%, a quebra de recordes de produção de fundidos e a otimização de todos os sistemas contribuíram para as melhorias dos processos. Todas estas conquistas não se deram apenas com a ampliação do parque fabril, e decorrem, principalmente, dos investimentos realizados em paralelo. A capacitação das pessoas, seja nos treinamentos e aperfeiçoamentos operacionais ou nos novos programas de gestão garantiram o alcance de suas projeções numéricas.

INVESTIMENTOS & INOVAÇÃO


17

Esses investimentos foram extensivos à comunidade local e regional ultrapassando os benefícios indiretos às famílias dos funcionários. As parcerias em pesquisas, o apoio a eventos corporativos, científicos, culturais e desportivos, o incentivo ao incremento dos setores de prestação de serviços a clientes e terceirizados mostram os avanços da Riosulense na conquista da sustentabilidade. Mesmo com as atribulações financeiras globalizadas registradas no final de 2008 no setor automobilístico, a Riosulense não desviou de seu foco na busca da excelência de seus produtos, na manutenção de seus mercados e em paralelo, a prestação de serviços a seus clientes, nas adaptações às novas demandas e exigências tecnológicas.

riosulense.com.br


18

Fortalecimento da comunicação

As melhorias focadas na satisfação dos clientes oportunizaram benefícios aos colaboradores e demais públicos internos e externos. Um exemplo foi o fortalecimento do sistema de comunicação organizacional, via Revista Institucional e revista dos colaboradores, site, eventos e feiras, palestras técnicas e outras ações em consonância com as novas propostas de gestão da organização.

INVESTIMENTOS & INOVAÇÃO


19

A linguagem clara e transparente junto aos seus diversos públicos da Riosulense definiu sua linha de conduta na discussão de temas pontuais e rotineiros na busca de soluções simples, e garantiu a conquista de sua maioridade organizacional ao quebrar paradigmas, replanejar e redirecionar programas e ações visando seu fortalecimento. A melhoria contínua, a redução dos impactos ambientais, o uso racional da energia renovável, a adaptação dos processos, dentro dos critérios e padrões internacionais dos clientes, foram as molas propulsoras para o crescimento individual e coletivo das equipes da Riosulense. Essas ações se refletiram na comunidade pois os avanços tecnológicos fortaleceram a marca Riosulense que ampliou seus mercados e, dessa forma, a circulação de capital, a geração de trabalho e renda e ações sociais diretas e indiretas.

riosulense.com.br


20

CLIENTES & RELACIONAMENTO

O respeito e a transparência no relacionamento da Riosulense com seus públicos sempre foi prioridade na sua história e na preservação de seus mercados. A qualidade das relações com seus clientes e a clareza de suas estratégias comerciais para os segmentos automotivos onde atua fazem parte das rotinas da sua equipe. O roteiro de visitas permanentes pela equipe Riosulense, a atuação dos representantes e a busca do aperfeiçoamento contínuo no atendimento de pré e pós-vendas, assim como a presença em eventos e parceria com associações automotivas são metas da organização. Perseguir a melhoria dos seus sistemas de comunicação fez parte das estratégias estabelecidas para 2008. E esses mecanismos atenderam, antes de tudo, as necessidades dos clientes e estabeleceram estratégias específicas em respeito às particularidades de relacionamento para cada segmento.

INVESTIMENTOS & INOVAÇÃO


21

O programa de “Gestão de Relacionamento com Clientes” implantado em 2008, tem como objetivo sistematizar uma série de atividades direcionadas aos clientes em toda a cadeia automotiva do segmento de reposição.

Nos segmentos de exportação e montadoras foi intensificado o sistema de visitas aos clientes nacionais e internacionais, assim como o reforço no convite para que estes conheçam o parque fabril da Riosulense. Vale ressaltar ainda o aprimoramento dos programas (softwares) de troca de informações entre clientes e fábrica a fim de agilizar e manter a credibilidade de dados. Outro projeto desencadeado em 2008 e direcionado ao segmento de reposição foi a implantação do programa Gestão de Relacionamento com Clientes, baseado na filosofia de CRM Customer Relantionship Managment.

riosulense.com.br


22

Dentro desse programa a Riosulense desenvolve um banco de dados único, cuja coleta se embasa em diversas fontes - pesquisas, representantes, contatos gerais com cliente. Unificadas, essas informações são compartilhadas com todas as áreas da empresa e significam ferramentas para estratégias de ação com o foco da satisfação do cliente. E isso dá suporte para uma visão conjunta e equilibrada. O programa de Gestão de Relacionamento com Clientes está subdivido em dois projetos que vão atender públicos distintos dentro do mesmo segmento. O denominado “Central de Atendimento ao Cliente”, é um serviço pro ativo que tem o intuito de reforçar o relacionamento entre fábrica e cliente direto, isto é, os distribuidores da marca Riosulense em todo país. Num trabalho paralelo destinado a todos os distribuidores permanece a atuação da Força de Vendas, cuja equipe de representantes reforça o atendimento in loco de maneira fundamental e estratégica. PROGRAMA Gestão de Relacionamento com Clientes Central de Atendimento Riosulense

Programa de Fidelização de Clientes Finais

DISTRIBUIDORES

APLICADORES

DADOS x ESTRATÉGIAS

SATISFAÇÃO DO CLIENTE

INVESTIMENTOS & INOVAÇÃO


23

Já o programa de “Fidelização de Clientes Finais” visa a aproximação do aplicador final. Esta aproximação é realizada através de nossa força de vendas (representantes), com visitas in loco e através de contatos periódicos diretamente da fábrica ao aplicador. Estes trabalhos realizados, com distribuidores ou aplicadores, dão a Riosulense subsídios que, transformados em estratégias de mercado, alcançaram um dos seus principais objetivos: a satisfação do cliente. Outra ação desenvolvida em 2008 para fortalecer o relacionamento com todos os clientes foi o Programa de Palestras Técnicas Riosulense. Realizadas em parceria com Distribuidores e Conarem - Conselho Nacional de Retíficas e Motores, totalizou 49 Palestras destinadas a um público de quatro mil participantes em todo país. A proposta das Palestras Técnicas Riosulense é levar aos seus clientes e aplicadores finais a adoção de práticas corretas na aplicação final dos produtos MR o que garante maior aproveitamento e, consequentemente, melhor resultado final e satisfação do cliente. Os eventos também oportunizaram trocas de ideias, sugestões e a ampliação do diálogo, o que fortalece o relacionamento entre empresa e cliente.

Seguindo sua meta de aproximação com seus clientes diretos e indiretos no segmento de reposição, a Riosulense utilizou da estratégia de participação em Feiras Regionais. Desta maneira em 2008, a Riosulense se fez presente em eventos nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiânia em 2008. Com resultados excelentes alcançou seus objetivos de estar próximo de seus públicos - sejam representantes, distribuidores ou aplicadores finais e promover trocas que fortalecerão, cada vez mais, a sinergia entre todas as partes de seu processo industrial até o usuário final de suas peças e componentes.

riosulense.com.br


24

QUALIDADE OPERACIONAL


25

Inovar para fortalecer

o foco Ao focar em Gestão de Pessoas a Riosulense investiu em mudanças estruturais para unificar a visão de todos os colaboradores e planejar a sua sustentabilidade com a conquista da qualidade pela motivação e envolvimento de todos no cumprimento de metas e objetivos. O aprimoramento do processo produtivo, através da capacitação e motivação das equipes, para uma linguagem e visão alinhada dos conceitos e metas, permitiu avanços significativos em 2008. As inovações implantadas desencadearam um crescimento de produtividade apesar dos resultados decrescentes registrados no final do ano em função da crise mundial. Além dos investimentos na ampliação de sua área física a empresa se municiou de muitas ferramentas e programas de qualificação, treinamento e motivação de todos os colaboradores. A atuação focada nas melhorias contínuas e para uma consciência coletiva direcionada para a qualidade operacional teve o suporte de substanciais investimentos e no treinamento das equipes.

riosulense.com.br


26

A proposta inicial foi, através desses mecanismos, convocar o colaborador a ser parceiro e capaz de interagir nas diversas áreas da empresa na busca de maior produtividade e qualidade dos produtos através da cooperação mútua. Uma das ferramentas introduzidas nesse processo foi o sistema KAIZEN que garante o maior aproveitamento e produtividade dos equipamentos. Para tal, implantou uma gestão integrada com a participação multissetorial e multidisciplinar com autonomia de todos os colaboradores nas soluções rotineiras da empresa. Essas equipes buscam soluções para ampliar o aproveitamento das máquinas, dos espaços, ergonomia, segurança, ambiente de trabalho que proporcionem índices operacionais compatíveis com as demandas e metas definidas. A implementação de um sistema KAMBAN Piloto para controle de redução de estoques agilizou a introdução da produção puxada, base do Lean manufacturing, outra ferramenta implementada pela Riosulense.

QUALIDADE OPERACIONAL


27

Melhorias contínuas nos processos

Também foram ampliadas as auditorias de produto para garantir e fortalecer a confiabilidade da produção conforme as normas préestabelecidas pelos clientes. As melhorias também chegaram as embalagens com sistemas desenvolvidos pela Engenharia da Empresa para atender as necessidades dos clientes. Essas novas ferramentas substituíram rotinas que buscavam o aperfeiçoamento dos sistemas e a melhoria da qualidade. O conjunto destas ações resultou em conquistas de produtividade, qualidade e redução de custos tornando a Riosulense mais competitiva.

riosulense.com.br


28

Qualidade e comprometimento total As questões ambientais também foram incluídas nos planos de ação da Riosulense em 2008. O início de estudos para o fornecimento de produtos específicos para motores ecologicamente corretos e direcionados para novas matrizes energéticas, como o biodiesel e os geradores à eletricidade, ampliou oportunidades de negócios e fortaleceu o comprometimento da Riosulense com o futuro do planeta. Tecnologias de ponta, profissionais habilitados e uma marca forte no mercado deram experiência e a certeza de que a empresa amadureceu e se fortaleceu através de seus novos mecanismos de gestão voltados para a sustentabilidade de suas atividades. Dessa forma, os mercados de Reposição, Montadoras e Exportação foram atendidos dentro dos compromissos assumidos. Os projetos de melhorias contínuas, trabalhados em paralelo às novas demandas, deram-se pelo comprometimento da Riosulense com seus acionistas, colaboradores, clientes e parceiros. A fim de assegurar a qualidade dos seus produtos a Riosulense reforçou, em 2008, os programas de FMEA (Análise de Efeito e Modo de Falha), MSA (Analise de Sistemas de Medição), CEP (Controle Estatísticos de Processo) e também iniciou as atividades de projetos Seis Sigmas. Com esta sistemática serão aplicadas ferramentas de estatística, experimentos práticos, análise detalhada das causas dos problemas, objetivando redução de falhas. Essas metodologias não atuam de forma isolada. São necessários envolvimento, disciplina e dedicação de todos os colaboradores.

QUALIDADE OPERACIONAL


29

A Riosulense iniciou programas de capacitação com o curso de Green Belts. Os colaboradores que se destacaram pela implantação de projetos de melhoria serão selecionados para Black Belts e passarão a dedicar tempo integral ao Seis Sigma. Para 2009 o objetivo é dar continuidade a este projeto e até 2010 capacitar todos os gestores de acordo com a metodologia das ferramentas Lean e Seis Sigma. Pois, em conjunto com as ferramentas de qualidade já utilizadas, contribuirão para aumentar o conhecimento em novas metodologias para a conquista de metas mais desafiadoras. Esta proposta iniciou com a adoção de novas ferramentas de gestão voltadas para a sensibilização, motivação e mudanças comportamentais que permitiram a manutenção do Certificado ISO/TS 16949:2002.

riosulense.com.br


30

GESTÃO ESTRATÉGICA E SUSTENTABILIDADE


31

Novos projetos novos mercados

O ano de 2008 iniciou com excelentes perspectivas de rendimentos para todo setor automotivo e a Riosulense se beneficiou deste panorama otimista. Diante das expectativas promissoras investiu na expansão de seu parque fabril, na aquisição de novos equipamentos, inovou na capacitação e treinamento de seus colaboradores e obteve retornos concretos tanto em produtividade quanto no fortalecimento de sua marca. E esse quadro promoveu até o início do último trimestre um retorno com níveis e lucratividade dentro das metas projetadas. Com a queda no ritmo desencadeada pelas oscilações da economia global, que se fez sentir em todos os setores e, principalmente, no automotivo, a Riosulense adotou novas estratégias e redirecionou suas diretrizes.

riosulense.com.br


32

E, ao fazer isso, conseguiu manter o retorno necessário dos investimentos realizados e, paralelamente, estabelecer as metas e atividades planejadas para 2009 a despeito da situação econômica que desestabilizou a economia mundial.

GESTÃO ESTRATÉGICA E SUSTENTABILIDADE


33

Esse panorama de indefinições e mudanças incessantes levou a Riosulense a focar com mais ênfase em estratégias voltadas para o mercado independente de reposição nacional. Os investimentos para concretizar a complementação de algumas linhas foram ampliados, estudos para o lançamento de novos produtos ganharam ainda mais atenção, para ampliar o portfolio de produtos oferecidos com a marca MR. Mesmo que o último trimestre não tenha atendido as expectativas iniciais, o ano de 2008 foi palco de grandes conquistas para todo mercado automotivo, e principalmente, para o segmento de montadoras, onde a Riosulense se encontra como fornecedora das principais marcas instaladas no país e exterior.

riosulense.com.br


34

Neste processo de adequação ao cenário mundial um dos maiores desafios da organização foi adaptar seus objetivos de negócios e investimentos às novas demandas de mercado do setor automotivo. Com isso, solidificou seu esforço na manutenção da parceria com os atuais clientes e deu sustentabilidade aos projetos em andamento. Estudos de novas oportunidades de negócios voltados a nichos diferenciados - para os quais a empresa já possui a tecnologia necessária, despontam como alternativas para 2009. Com isso, a Riosulense apostou no desenvolvimento de linhas de produtos para mercados que não estão totalmente atrelados ao segmento automobilístico o que permite que atue em diferentes negócios e mercados.

GESTÃO ESTRATÉGICA E SUSTENTABILIDADE


35

Diversificação nos negócios para

ampliar possibilidades A Riosulense deu, em 2008, continuidade as suas estratégias de promover estudos de novos mercados. O panorama mundial ampliou esse esforço com novos contatos e pesquisas voltadas para novos negócios. Com um foco centrado na excelência de seus produtos e na manutenção da liderança nos mercado onde atua, um trabalho de equipe apostou na criatividade, inovação e na consistência da marca Riosulense para diversificar.

Foco centrado na excelência de seus produtos Dessa forma, 2008 foi palco de estudos para lançamento de novos itens que vão agregar valor ao pacote fornecido pela Riosulense e que será implementado em 2009. O fechamento de contratos com grandes clientes nos mercados internos e externos foram promissores e levaram a Riosulense ao topo do Hemisfério Norte, onde passou a abastecer uma grande montadora de motores da Finlândia.

riosulense.com.br


36

Gestão Corporativa O modelo atual de gestão da Riosulense, cujo projeto foi desencadeado em 2006 e culminou em 2008, oportunizou um controle cada vez maior, tanto nas questões corporativas quanto na transparência das informações de indicadores e metas definidos e alcançados. Esse processo que iniciou com a qualificação dos gestores e teve como conseqüência o fortalecimento da empresa, pois direcionou ações de melhorias constantes em todos os setores da companhia. Em 2008 essa ferramenta chegou a todas as linhas de supervisão e garantiu um maior entrosamento e uma comunicação mais efetiva entre os gestores.

GESTÃO ESTRATÉGICA E SUSTENTABILIDADE


37

A adoção desse modelo de gestão permitiu a toda corporação uma visualização sistematizada das estratégias, objetivos e metas em todos os níveis e contribuiu para resultados finais de produtividade elevada. No caminho desse processo, a governança corporativa mereceu atenção com a formatação de um novo modelo que culminará com a migração da gestão da empresa para a adoção de preceitos da governança corporativa.

riosulense.com.br


38

MEIO AMBIENTE

A preocupação da Riosulense com as questões ambientais e o direcionamento de projetos e ações que permitam a efetiva implantação da ISO 14001 mereceu atenção em 2008. O treinamento de funcionários para serem auditores internos permanentes garantiu o fortalecimento de uma visão corporativa que atende às exigências dessa certificação, que faz parte do planejamento estratégico da empresa. A aquisição de um novo recuperador de areia para a Fundição II e a implantação do projeto KAIZEN resultou na reutilização de 95% da areia utilizada. Um controle dos dejetos industriais e o início da construção de uma nova Estação de Tratamento de Água ETA - fazem parte dos investimentos na área ambiental.

GESTÃO ESTRATÉGICA E SUSTENTABILIDADE


39

Não foram ações isoladas, projetos únicos. A Riosulense manteve em 2008 vários programas de melhoria continua como: ELO (Empresa Limpa e Organizada), CICE (Comissão Interna de Conservação de Energia), Coleta Seletiva, Plantio Comemorativo, Semana Interno do Meio Ambiente, dentre outras ações pontuais desenvolvidas periodicamente pelos colaboradores da empresa.

riosulense.com.br


40

Parcerias Inteligentes

A parceria com a APREMAVI - Associação de Preservação do Meio Ambiente do Alto Vale do Itajaí, ícone da educação e preservação ambiental catarinense foi um dos pontos de destaque de 2008. A APREMAVI garante a coleta de sementes, produção de mudas e reposição de espécies nativas na região para recuperação de áreas degradadas, dando coerência às suas práticas no quesito defesa e preservação do ecossistema. Eventos internos e externos permitiram o debate e fortalecimento dos conceitos preconizados pela Riosulense. A parceria da Riosulense é direcionada à manutenção do Parque Mata Atlântica 2000, localizado no município de Atalanta / SC, próximo a cidade de Rio do Sul, onde está situado o parque fabril da Riosulense.

(www.apremavi.org.br)

GESTÃO ESTRATÉGICA E SUSTENTABILIDADE


41

Projetos Comunitários

A Educação Ambiental interna e das comunidades locais e regionais desenvolvida por Organizações governamentais e não governamentais tiveram o apoio da Riosulense. A empresa patrocinou a produção de uma Cartilha de Educação Ambiental editada pela Secretaria de Desenvolvimento Regional do Governo do Estado de Santa Catarina. O material foi distribuído a todos os alunos da rede de ensino fundamental dos municípios de Rio do Sul, Lontras, Aurora, Laurentino, Agronômica, Agrolândia, Rio do Oeste, Pouso Redondo, Atalanta, Trombudo Central e Presidente Nereu. Essa ação permitiu a construção de um novo olhar para a exploração racional e sustentável do meio ambiente, promoveu a disseminação de idéias junto às famílias rurais e urbanas e criou novos conceitos e adoção de novos comportamentos ecologicamente mais responsáveis.

riosulense.com.br


42

INCENTIVOS E VALORES

Num mundo globalizado onde a inclusão dos grupos em desvantagem ocorre pela participação da iniciativa privada, a Riosulense cumpre seu papel social. E faz isso através de ações fomentadoras de valores que preparam para a cidadania integral pelo mérito do estudo, da capacitação para o trabalho e pela responsabilidade. Um dos caminhos que fortalece a crença desses valores é o apoio ao esporte como preparação e descoberta de valores promissores. A adoção de hábitos saudáveis, do treinamento físico e mental, da disciplina, do desafio à superação de limites e metas, da valorização do ser humano integral e inserido no seu contexto ambiental são atributos do esporte. Os resultados obtidos comprovam essa visão e dão sustentabilidade aos programas sociais de incentivo ao esporte da Riosulense.

GESTÃO ESTRATÉGICA E SUSTENTABILIDADE


43

ATLETISMO, XADREZ E NOVAS VIDAS Um dos projetos apoiados pelos programas de responsabilidade social da Riosulense é a Escola de Atletismo da Fundação Municipal de Desporto de Rio do Sul, que atende 50 jovens e crianças. O patrocínio de transporte, alimentação e equipamentos esportivos abriu portas à descoberta e desenvolvimento de grandes talentos esportivos. Conquistas em eventos locais, nacionais e internacionais dão sustentabilidade ao seu desenvolvimento integral e se baseiam no trinômio "educação, esporte e saúde" que é a base da construção de um cidadão equilibrado e produtivo e influenciam toda a família e comunidade. Quando a Riosulense aposta no desenvolvimento desses jovens, reforça sua confiança num planeta mais justo, equânime e capaz de se transformar pela consciência coletiva. Outro exemplo é o papel da Riosulense na vida da jovem enxadrista Vanessa Feliciano, 17 anos, de Rio do Sul, que faz parte da equipe brasileira de Xadrez e disputará a Olimpíada da modalidade, na Alemanha em novembro deste ano. A sua referência e o incentivo a este jogo motivou centenas de alunos nas escolas públicas, trazendo como conseqüência o desenvolvimento de aptidões e talentos. O patrocínio a pilotos e eventos automobilísticos nos âmbitos estadual e nacional reforça a valorização ao esporte, à competição e incentiva a pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias dentro do setor automotivo. Trabalhar com essa visão multifacetada imprime na marca Riosulense a ótica globalizada de suas ações na satisfação dos interesses difusos da sociedade.

riosulense.com.br


44

GESTテグ DE PESSOAS


45

A sustentabilidade de uma organização passa, necessariamente, pela sua capacidade de focar tanto em tecnologias e equipamentos quanto em pessoas e nos processos de gestão que transformam as suas atividades em oportunidades de crescimento coletivo. Quando a Metalúrgica Riosulense definiu em 2008 o foco de seu planejamento estratégico apostou no desenvolvimento da empresa e das pessoas que, direta ou indiretamente, se beneficiam de suas atividades. Pois, independentemente dos investimentos em máquinas, equipamentos e tecnologias somente as pessoas podem oportunizar e garantir que os objetivos organizacionais sejam alcançados. Para tal, a Riosulense apostou no desenvolvimento das lideranças e na sua transformação em agentes coletivos das mudanças organizacionais. A capacitação e desenvolvimento de seus colaboradores beneficiou e reforçou os valores relacionados a inclusão social pelo trabalho, na prática da preservação ambiental e no respeito ao coletivo. Ao intensificar sua atuação no desenvolvimento de seu capital intangível, por considerar este a base fundamental para sustentar o crescimento da organização, a Riosulense cumpre com sua função social junto com seus públicos internos e externos, os stakeholders, promovendo a Sustentabilidade do negócio e da comunidade.

riosulense.com.br


46

Um novo foco

Para alcançar seus objetivos a MR inovou no processo de gerenciar seus Recursos Humanos, parte imprescindível de seu capital. Inicialmente, transformou cada colaborador num parceiro da empresa através da consciência de que os objetivos pessoais e da organização têm o mesmo significado quando se objetiva qualidade, crescimento, sustentabilidade, empregabilidade e mercado. E isso só se alcança quando todos têm a mesma visão e conceito.

Mudanças conceituais foram alinhadas em todos os níveis hierárquicos através de programas específicos de desenvolvimento para criar uma nova linguagem de aproximação, sensibilização e mudança comportamental.

GESTÃO DE PESSOAS


47

Compartilhar a gestão e quebrar barreiras fizeram do novo modelo uma ferramenta capaz de ampliar as perspectivas de crescimento de todos e, consequentemente, da empresa. O Programa oportunizou às lideranças da Metalúrgica Riosulense conhecerem novos modelos de gestão e a aplicação dos que mais se adaptaram às demandas, com o princípio básico de aproximar para a maior participação e dessa forma, oferecer desafios e metas em busca de resultados .

A adoção de novos métodos de gestão, Projetos Seis Sigma, Kaizens, dentre outros, conduziram a empresa para uma mudança cultural, envolvendo cada vez mais seus colaboradores nas decisões e melhoria contínua, ampliando os resultados positivos e desenvolvendo uma nova visão global e sistêmica do negócio.

riosulense.com.br


48

Ferramentas utilizadas Se a participação transformou cada colaborador num parceiro da empresa, o projeto de Contrato de Resultado Individual foi ação inovadora, cujas metas permitem a empresa alcançar os resultados definidos em seu planejamento estratégico.

Gestores e colaboradores compartilham as metas a serem alcançadas e, dessa forma, passam a ser responsáveis pelos resultados da organização. Esse caminho possibilita a participação e está ligado à Avaliação Gerencial Mensal - o acompanhamento contínuo dos resultados que envolve diretoria e gerências e, posteriormente, discutida com suas equipes. O processo permite discutir metas, estratégias e a avaliação dos resultados, facilitando a correção das rotas com agilidade e rapidez necessárias. Outra ferramenta importante para desenvolver gestores foi o Job Rotation (Rodízio de função) que, em 2008, foi implantada como projeto piloto em dois setores: Tuchos-Usinagem e Metrologia e será estendida a diversos setores em 2009. O objetivo principal é desenvolver as competências para o fortalecimento da Visão do Negócio, trabalho em equipe, negociação, flexibilidade e visão sistêmica.

GESTÃO DE PESSOAS


49

Desenvolvimento de Competências

A empresa, para atender as demandas do seu Planejamento Estratégico em inovação, flexibilidade e resultados, definiu outras competências, além das organizacionais e das individuais. Planejamento e organização, desenvolvimento do negócio, iniciativa, trabalho de equipe, comunicação, negociação, flexibilidade, criatividade e comprometimento, são as competências que promovem a interrelação entre as estratégias organizacionais e determinam a vantagem competitiva da empresa e dos colaboradores, que juntos, alcançam seus objetivos agregando valor aos indivíduos e ao negócio. A gestão desse processo foi impulsionada pelos programas SEIS SIGMA, CONTRATO DE RESULTADO INDIVIDUAL, KAIZEN, JOB ROTATION, dentre outros que permitiram maior aproximação, envolvimento e comprometimento dos colaboradores e a delegação das responsabilidades de acordo com suas habilidades. Essas ferramentas de desenvolvimento utilizadas no trabalho de equipes multifuncionais permitiram o alinhamento de ações individuais e coletivas, pois todos são corresponsáveis pelo resultado final.

riosulense.com.br


50

Gestão de Desempenho

A Gestão de Desempenho, implantada em 2006, através de ações anuais, mensuram conhecimento, habilidades e atitudes dos colaboradores e oportunizaram a avaliação do desempenho do colaborador e, consequentemente, da empresa. As comparações dos dados coletados nesse período permitiram o acompanhamento da evolução do patrimônio humano, que, junto com os investimentos tecnológicos e de gestão, permitiram a evolução da organização. A produtividade decorreu da qualidade da mão-de-obra e da sinergia para os resultados.


51

A comunicação interna entre gestores e colaboradores, com feedback formal, permitiu que estes conhecessem os parâmetros de seu desenvolvimento, sentiram-se valorizados e reconhecidos, e contribuiram para o aprimoramento de suas buscas como indivíduos parceiros da organização. O Programa de Recrutamento Interno é mais uma oportunidade de ascensão e crescimento profissional. Motivado, assume a responsabilidade e desenvolve competências e habilidades, pois sabe que poderá crescer dentro da organização.

riosulense.com.br


52

Educação e capacitação A medida que o colaborador vislumbra possibilidades de crescimento, investe mais em sua educação formal, profissionalização e capacitação. Com o levantamento dos 'Gaps' (diferença entre a competência atual e a desejada dos colaboradores), através da avaliação de desempenho, a empresa apresenta ações de desenvolvimento individual que facilita seu crescimento pessoal e profissional. A Riosulense, através do Centro Educacional Metalúrgica Riosulense e em parceria com o SESI, oferece os seus colaboradores, familiares e terceirizados o ensino fundamental e médio. Esse incentivo da Riosulense abriu um leque de possibilidades a todos os colaboradores. Ampliou sua empregabilidade e suas chances como cidadãos participativos, críticos e aptos a novos conceitos e desafios, assim como a desenvolver novas habilidades. E renovados, estimulam e oportunizam às suas famílias interagir, crescer junto e conquistar novos espaços dentro da sociedade, mudando a cultura. Assim como incentiva o crescimento, a empresa também possui uma política de inclusão social clara e democrática. Todos recebem tratamento igualitário e garantia de acessibilidade empregatícia e mobilidade dentro da planta industrial.

GESTÃO DE PESSOAS


53

Gestão da Diversidade A Riosulense implantou ainda o programa de Gestão da Diversidade que, dentre seus objetivos, inclui a contratação de pessoas com deficiências. O programa é uma parceria com o SESI e oferece oportunidades de trabalho a indivíduos com perfil físico diferenciado. No entanto, o programa também incentiva o respeito e a aceitação às diferenças através do respeito por idéias, posturas, religiosidade, opção sexual e características intelectuais.

Benefícios Quando atrai, retém e agrega valor aos seus colaboradores a Riosulense oferece vários programas que garantem sua segurança, qualidade de vida, perspectivas de crescimento e, acima de tudo, reconhecimento e valorização e inclusão social. A Metalúrgica Riosulense investiu em 2008 R$ 6.129.000,00 em programas e benefícios a seus colaboradores. As ações vão desde recrutamento, capacitação e educação, promoção e valorização da saúde e integridade física através de Planos de Saúde extensivos a família, seguro, ambulatório e Brigada de Segurança, restaurante, transporte, lazer e incentivos.

riosulense.com.br


54

Conclus達o


55

Ao investir em tecnologias para a ampliação de produtividade e sustentabilidade organizacional, a Metalúrgica Riosulense S.A. reforça a sua visão de promover o desenvolvimento social, econômico, científico e permitir o crescimento integral de todos os seus públicos sejam eles os internos quanto os externos - fornecedores, terceirizados e serviços. Como geradora de trabalho e renda a Metalúrgica Riosulense agrega valor às suas ações de responsabilidade social ao ser a segunda maior empresa pagadora de tributos no município de Rio do Sul e, dessa forma, multiplicar benefícios sociais através dos serviços públicos voltados para educação, saúde, segurança, lazer, esportes, cultura. Essa contribuição tangível, porque se expressa em números, é superada pela quebra de paradigmas, no acesso ao trabalho profissional, na busca da qualidade de vida pela mudança de valores disseminadas através de suas ações internas, que podem ser contabilizadas como benefícios.

riosulense.com.br


56

Quando apostou na gestão de pessoas e incentivou o crescimento profissional de seus colaboradores a Riosulense não vislumbrou apenas a melhoria e rentabilidade de suas ações. Investiu no equilíbrio social desencadeado pela evolução coletiva proporcionada pela sua sustentabilidade projetada para o futuro: o crescimento da organização, o fortalecimento de sua marca e sua capacidade de empregabilidade responsável. Investir em colaboradores é uma rotina histórica da Riosulense e um dos seus diferencias. Proporcionar uma nova visão do trabalho capacitado, da cidadania pela inserção intelectual, cultural e esportiva através de conceitos e valores disseminados no seu entorno pela coerência de suas práticas é um fato intangível, mas perceptível. Investir em pessoas pela educação e pela busca de um futuro perpetuado pela capacidade de crescimento individual e coletivo é um avanço que fez diferença. Sendo assim, o que torna a Riosulense mais forte e com mais sustentabilidade para planejar em longo prazo é acreditar no capital humano, que cresce em valor e capacidade de trabalho pela consciência e pelo comprometimento. A Riosulense S.A. Cumpriu em 2008, a despeito dos revezes inerentes ao momento econômico mundial, o seu papel junto a comunidade local e regional. Implementou e respeitou os direitos difusos não só nos termos sociais, mas também ambientais e, dessa forma justificou o discurso que deflagra ao longo de sua história, o respeito às pessoas que desencadeia produção e crescimento responsável e sustentável.


57

METALÚRGICA RIOSULENSE S.A. DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO DO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO 2008 (Em Milhares de Reais)

Receitas Vendas de mercadorias, produtos e serviços Outros resultados

149.767.925 149.344.177 423.748

Insumos adquiridos de terceiros

(65.235.474) Matérias-primas consumidas (41.884.673) Materiais, energia, serviços de terceiros e outras despesas operacionais (23.350.801)

Valor Adicionado Bruto Depreciações e amortizações Valor Adicionado Líquido Valor Adicionado Recebido em Transferência Receitas financeiras e variações cambiais Valor Adicionado Total a Distribuir Distribuição do valor adicionado Pessoal Remuneração direta Benefícios FGTS Participação no resultado Impostos, taxas e contribuições Federais Estaduais Municipais Remuneração de capitais de terceiros Juros, variações cambiais e monetárias Despesas de aluguéis e arrendamento Remuneração de capitais próprios Prejuízo do exercício Valor Adicionado Total Distribuído

84.532.451 (5.270.970) 79.261.481 4.640.523 4.640.523 83.902.005

32.721.834 25.346.874 5.419.633 1.697.634 257.693 24.397.325 13.912.435 10.441.435 43.455 44.380.421 43.490.571 889.849 (17.597.575) (17.597.575) 83.902.005

riosulense.com.br


58

BALANÇO SOCIAL ANUAL / 2008 EMPRESA: METALÚRGICA RIOSULENSE SA

1 - Base de Cálculo

2008 Valor (Mil reais)

Receita líquida (RL) Resultado operacional (RO) Folha de pagamento bruta (FPB) 2 - Indicadores Sociais Internos Alimentação Encargos sociais compulsórios Previdência privada Saúde Segurança e saúde no trabalho Educação Cultura Capacitação e desenvolvimento profissional Creches ou auxílio-creche Participação nos lucros ou resultados Outros Total - Indicadores sociais internos 3 - Indicadores Sociais Externos Educação Cultura Saúde e saneamento Esporte Combate à fome e segurança alimentar Outros Total das contribuições para a sociedade Tributos (excluídos encargos sociais) Total - Indicadores sociais externos 4 - Indicadores Ambientais Investimentos relacionados com a produção/ operação da empresa Investimentos em programas e/ou projetos externos Total dos investimentos em meio ambiente

Valor (mil) % sobre FPB 2.351 7,23% 7.162 22,03% 5 0,02% 2.016 6,20% 489 1,51% 162 0,50% 0 0,00% 98 0,30% 0 0,00% 258 0,79% 750 2,31% 13.291 40,89% Valor (mil) % sobre RO 96 -0,55% 6 -0,03% 0 0,00% 68 -0,39% 0 0,00% 75 -0,43% 246 -1,40% 31.521 -179,12% 31.766 -180,51% Valor (mil) % sobre RO 5.151 -29,27% 28 -0,16% 5.179 -29,43%

2007 Valor (Mil reais)

115.719 (17.598) 32.509 % sobre RL 2,03% 6,19% 0,00% 1,74% 0,42% 0,14% 0,00% 0,08% 0,00% 0,22% 0,65% 11,49% % sobre RL 0,08% 0,01% 0,00% 0,06% 0,00% 0,07% 0,21% 27,24% 27,45% % sobre RL 4,45% 0,02% 4,48%

Valor (mil) % sobre FPB 2.331 8,31% 6.730 23,98% 5 0,02% 1.714 6,11% 468 1,67% 139 0,50% 0 0,00% 124 0,44% 0 0,00% 151 0,54% 788 2,81% 12.450 44,36% Valor (mil) % sobre RO 106 3,12% 28 0,83% 0 0,00% 42 1,24% 0 0,00% 86 2,53% 262 7,72% 28.189 830,80% 28.451 838,52% Valor (mil) % sobre RO 2.068 60,95% 36 1,06% 2.104 62,01%

107.022 3.393 28.067 % sobre RL 2,18% 6,29% 0,00% 1,60% 0,44% 0,13% 0,00% 0,12% 0,00% 0,14% 0,74% 11,63% % sobre RL 0,10% 0,03% 0,00% 0,04% 0,00% 0,08% 0,24% 26,34% 26,58% % sobre RL 1,93% 0,03% 1,97%

Quanto ao estabelecimento de “metas anuais” para minimizar resíduos, ( ) não possui metas (X) cumpre de 51 a 75% ( ) não possui metas (X) cumpre de 51 a 75% o consumo em geral na produção/ operação e aumentar a eficácia na ( ) cumpre de 0 a 50% ( ) cumpre de 76 a 100% ( ) cumpre de 0 a 50% ( ) cumpre de 76 a 100% utilização de recursos naturais, a empresa 5 - Indicadores do Corpo Funcional Nº de empregados(as) ao final do período Nº de admissões durante o período Nº de empregados(as) terceirizados(as) Nº de estagiários(as) Nº de empregados(as) acima de 45 anos Nº de mulheres que trabalham na empresa % de cargos de chefia ocupados por mulheres Nº de negros(as) que trabalham na empresa % de cargos de chefia ocupados por negros(as) Nº de portadores(as) de deficiência ou necessidades especiais

2008

2007 1.146 287 1 6 60 48 0,00% 58 8,57% 15

CONCLUSÃO

1.070 447 2 12 49 47 0,00% 38 0,00% 15


59

riosulense.com.br


riosulense.com.br

RIOSULENSE | Balanco Social 2008  

Balanco Social 2008

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you