Page 8

Orthodontic Science and Practice. 2010; 3(10).

Estevão, E.L.L.; Wolford, L.M.

157

Figura 15C - Oclusão vista frontal mostrando resultado obtido com o refinamento ortodôntico, após 4 anos de pós-operatório.

Figura 14B - O traçado predictivo mostra a maxila sendo segmentada e aumentada no sentido vertical, a espinha nasal anterior removida e a porção posterior da maxila sendo reposicionada superiomente para aumentar o plano oclusal. A mandíbula está sendo levemente avançada no sentido antihorário e o mento aumentado verticalmente e diminuído no sentido ânteroposterior. O avanço total do mento foi de 4 mm.

A paciente é vista após 4 anos de tratamento com uma melhora da estética facial, função e autoestima, bem como eliminação das algias e cefaleias (Figuras 15A-E).

Figura 15A - Foto frontal da face com 4 anos de pós-operatório, mostrando uma maior harmonia nas proporções faciais.

Figura 15D - Oclusão vista lado direito, após 4 anos de pós-operatório, mostrando resultado após dentisteria para fechamento dos espaços edêntulos dos segundos pré-molares.

Figura 15E - Oclusão vista lado esquerdo, após 4 anos de pós-operatório, mostrando resultado após dentisteria para fechamento dos espaços edêntulos dos segundos pré-molares.

Discussão

Figura 15B - Foto mostrando um perfil mais normocefálico, resultado da alteração do plano oclusal no sentindo horário. Os lábios estão mais evidentes e proporcionalmente o nariz e o mento ficaram mais harmônicos.

No primeiro caso apresentado, a paciente era portadora de uma inclinação transversal acometendo a maxila e a mandíbula. Para que seja possível corrigir esse tipo de discrepância e obter uma harmonia e simetria facial é obrigatório a cirurgia combinada. Sem dúvida, é uma cirurgia de difícil resolução, extremamente sensível à técnica, e somente cirurgiões mais experientes devem operar casos como esse. A reabsorção condilar idiopática presente na ATM esquerda foi tratada com sucesso, conforme descreveram Wolford e Cardenas(3), reposicionando o disco articular da ATM esquerda e reparando o ligamento posterior com a técnica Mitek Anchor descrita por Mehra e Wolford(4) e Wolford et al.(5). Apesar da hipoplasia mentoniana observada no caso inicial (figura 7C), não foi necessário a mentoplastia devido ao fato da rotação no sentido anti-horário do plano oclusal, que normalmente projeta o mento anteriormente. É evidente uma melhora

Artigo Deformidades Dentofaciais: Enfoque para o Ortodontista - parte II  

Este artigo mostra casos operados que foram tratados ortodonticamente e depois tiveram a cirurgia ortognática realizada para correção das de...

Artigo Deformidades Dentofaciais: Enfoque para o Ortodontista - parte II  

Este artigo mostra casos operados que foram tratados ortodonticamente e depois tiveram a cirurgia ortognática realizada para correção das de...

Advertisement