Issuu on Google+

Boletim de III Ano

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de São Roque

Boletim de Notícias do Galeão

Outubro e Novembro

2010

Peixoto: O Professor

O boletim de Noticias do Galeão na 1º edição 2010/11 decidiu entrevistar o professor Nuno Peixoto.

Boas, boas não tem, tem as condições possíveis. A partir do momento em que nós não temos um pavilhão para podermos leccionar a nossa disciplina, quando as condições climatéricas não o permitem, quer dizer 1– Há quantos anos dá aulas? que são aulas que se estão a perder. Podemos sempre combater isso com outro tipo de abordagem nas aulas de Educação Física, fazendo as Eu já trabalho há 11 anos sem parar. aulas teóricas, até mesmo a realização de trabalhos ou até mesmo a reali2- Em quantas escolas já trabalhou? zação de outras modalidades, tipo o bilhar, o qual também é considerado um desporto. Agora que as condições não são as melhores, é uma verdaEu já trabalhei em 2 escolas nos Açores e 4 na Madeira e num clube. Na de. escola da Matriz, na Ponta Delgada, na escola de Povoação na ilha de São Miguel, Santa Cruz, na escola da Camacha, aqui ,agora, em São Roque e 6- Qual é a sua opinião sobre comportamento dos alunos? Colégio Esperança e o clube de Vólei do Funchal. Os alunos em geral ao nível do comportamento não são maus. Há casos pontuais, como nas outras escolas, como em todos os países. Como todas as crianças, passamos por fases boas e menos boas. Cabe-nos como professores encarar e canalizar essas atitudes para depois os aluDeu bastante trabalho. É um projecto em que estão envolvidos alguns nos terem noção da atitude mais correcta e mudarem sua atitude na professores e achamos que a sala tinha um tratamento diferente, ia ficar escola. com a cara lavada e também sabemos as dificuldades que a escola atravessa em termos financeiros. Então o grupo de professores que lá traba- 7-Os alunos são aplicados nas suas aulas? lhava disponibilizou-se, mais o Senhor Petito, a pintar a sala e a melhorar São aplicados nas minhas aulas, porque eu faço para que os meus alunos alguns dos seus espaços. se apliquem. Não gosto que os alunos vejam a disciplina de Educação 3-Sabemos que a sala multidisciplinar foi remodelada durante as férias. Deu muito trabalho?

Física como uma disciplina “menor”. Faço ver aos meus alunos que esta disciplina é tão ou mais importante do que as outras e faço com que eles Acho o mesmo que as outras. Acho que a escola é um lugar privilegiado se apliquem e sintam aquilo que estão a fazer. para os alunos em vários níveis. Quando vim para esta escola o que me disseram é que era uma escola problemática com casos graves em ter8-Também sabemos que tem o núcleo de Futsal e que treina os mos especiais. Por isso cheguei com um pé atrás. Mas com o que eu me juvenis. Gosta de os treinar? deparei foi com uma escola diferente, que tem crianças que querem pra- Gosto, gosto muito de os treinar. Foi um projecto que comecei quando ticar desporto, que gostam e que se empenham. Estou muito contente e cá cheguei. Comecei com uma equipa no início de infantis e iniciados e os gosto muito de estar cá . meus infantis mais novos na altura são os meus juvenis este ano e este 4- O que acha desta escola?

5– Acha que a escola tem boas condições para a pratica desportiva?

Nesta Edição Peixoto: O Professor

1

Começo das aulas!

2

Implantação da República

2

Escola com inúmeros estagiários

2

Cacifos do melhor que há!

3

Gabinete do aluno

3

Bufetes escolares

3

Dj na Multidisciplinar!

3

Projecto Viver com Saúde

3

Projecto Comenius

4

Trabalhos de Área de Projecto

4

ano as regras do desporto escolar mudaram no escalão juvenis. Os atletas federados já não podem praticar esta mesma modalidade no desporto escolar e este ano vou ter que encontrar e reformular a equipa. Fazer com que ela volte a jogar com outros atletas porque a maior parte dos atletas que estavam na equipa eram federados e será um trabalho completamente novo este ano. 9-Temos jogadores capazes de singrar no mundo do futebol? O mundo do futebol é complicado, não são todos que conseguem entrar num clube, mas sem dúvida que aqui na escola temos alunos com capaci- Ficha Técnica : Coordenadores: Docentes dade para isso. Agora se chegarão ao Bruno Mendonça e Nélio topo ou não?! Isso já faz parte da cami- Velosa nhada onde é preciso ter boa “cabeça” e Colaboradores / redactores bom acompanhamento e aí a escola tam- e membros do Clube-O Galeão de Notícias : Tiago bém pode ajudar. Soares e Hugo Gil do 6º6; 10- Gosta mais de ser professor de E. Física, ou ser treinador de futsal?

José Carlos; Fábio Gomes; Igor Ponte da turma 9º1; ; Clube das Ciências.


Boletim de Notícias do Galeão

Continuação da entrevista ... Porquê? Gosto dos dois. Acho que ser professor para mim é muito mais gratificante. Ser treinador são coisas completamente diferentes, tocam-se em alguns pontos comuns. Adoro ambas, com uma diferença; no futsal só lá está quem quer, enquanto nas aulas de Educação Física têm de estar porque é obrigatório, só com essa variante, mas de resto adoro ambas. Porque os meus pais são professores de Edução Física reformados e eu desde novo queria ser professor. Pelo envolvimento que temos com os alunos, pela diferença que temos em relação aos professores de outras disciplinas, também pela vestimenta, pela indumentária que usamos. Estamos muito mais perto dos alunos e conseguimos ter um relacionamento mais próximo e diferente e tentar fazer perceber o que todos nos professores tentamos passar para todos os alunos.

11-Se pudesse mudar de profissão mudava? E se mudava qual era a carreira que queria seguir? Não

mudava,

gosto

muito

do

que

faço.

Igor Filipe 9º1

Igor Ponte e José Carlos 9º1

O Começo das Aulas Aqui mostramos a opinião de um dos nossos membros do Clube acerca desta escola. Este é o meu último ano nesta escola, espero e acho que a escola se desenvolveu muito, desde o meu primeiro ano cá. A experiência obtida nesta escola foi muito boa, com bons colegas e com “alguns” bons professores. Aprendi muitas coisas aqui que me irão ajudar no resto da formação para o meu futuro. Algumas matérias eram fáceis e outras nem por isso, mas, lá consegui com muito esforço e dedicação ir passando ano após ano até chegar ao 9ºano. Infelizmente, este ano tivemos uma prenda chamada “crise nas fotocópias e noutra coisas”. Mas, esperemos nós que a crise se fique pelas fotocópias que são essenciais para o bom funcionamento das aulas. Espero que a escola continue como está e que possa recuperar da “crise”, para que os alunos que estão cá e os próximos que cá estiverem gostem e que se lembrem da escola que os formou desde o 5º ano e que os acolheu de braços abertos. José Carlos e Fábio Gomes 9º1

Comemoração da Implantação da República! No dia 6 de Outubro comemorou-se a Implantação da República na nossa escola. Nesta ocasião participou quase toda a escola . Como nós sabemos no dia anterior, no dia 5 de Outubro, é que foi o dia da Implantação da República. Na nossa escola a turma do 5º2 cantou o hino nacional de Portugal e também se plantou uma árvore no pequeno jardim rodeado pelas mesas de “ping-pong” antigas. Até os professores deixaram os seus alunos saírem mais cedo para acompanharem a celebração desta efeméride que já tem cem anos. Bem haja a República! Mas não nos podemos esquecer que também vivemos em Monarquia muitos séculos.

Tiago Soares 6º6

Boas Vindas ao Novo Ano Lectivo! Após umas merecidas férias, professores, alunos e demais funcionários iniciam mais um ciclo lectivo nas escolas. Ora, como a nossa escola não é uma excepção, todos nós “arregaçámos mangas” para levar o nosso Galeão a bom porto. A maioria dos elementos está a dar continuidade ao seu trabalho nesta escola, mas surgem sempre algumas caras novas, mais precisamente os mais pequenos que vêm do 1º ciclo, mas também alguns maiorzitos, no caso de professores oriundos de outras escolas, como também alguns que vão iniciar a sua vida profissional. É sobre estes últimos que nos debruçamos, os professores estagiários que iniciam a sua prática pedagógica nas suas respectivas áreas disciplinares. Assim, temos 6 estagiários na disciplina de Matemática, 4 em Educação Física e 3 em Informática. Temos ainda 4 professores a fazer a sua profissionalização em serviço, 1 na disciplina de História e 3 em Biologia. O “Galeão” deseja a todos um bom ano lectivo, com uma saudação especial aos novos professores. Bruno Mendonça

Página 2


Boletim de Notícias do Galeão

Cacifos “Novos da Peça Velha” A escola neste ano que agora se inicia brindou alguns professores com uns “novíssimos” cacifos. Foram adquiridos 30 cacifos, dos quais só nove é que funcionam. De fonte segura, o Boletim de Notícias do Galeão soube que foram “ comprados” à escola dos Ilhéus. O que nos vale é que possuímos um grande mestre, habilitado para o conserto destes cacifos “novos da peça velha” Em tempo de vacas magras, no poupar é que está o ganho. O problema que se levanta, para quando uns cacifos para os alunos? Podem ser “novos” como estes! José Carlos 9º1

Os Alunos já têm direito a “Gabinete” Para este ano lectivo temos algo de novo na nossa escola. Um gabinete do aluno. À primeira vista poderá parecer uma nova sala, onde os alunos terão à sua disponibilidade computadores e outro tipo de matérias que lhes podem auxiliar no seu estudo diário. Mas não é! Este novo gabinete tem como objectivo receber aqueles alunos que “ gostam muito de trabalhar nas aulas” e que “adoram estar sentadinhos na sala de aulas a aprender”. Este novo espaço, com um professor sempre ao dispor, tem como objectivo receber os alunos que se portam mal nas aulas e onde deverão deixar por escrito o motivo pelo qual lá foram dar.

Fábio Gomes 9º1

O Dj da nossa multidisciplinar

Bufetes escolares

Na sala multidisciplinar já há Dj desde a segunda semana de aulas . Na terceira semana, na Quarta-feira a música foi dos anos oitenta e foi orientada por um professor que nesse dia orientava a sala multidisciplinar. Normalmente costumam ser músicas de rock orientadas pelos alunos. Nos intervalos alguns alunos dançam hip-hop para uma plateia sempre muito entusiástica e interventiva. Para quando o folclore madeirense?

Os bufetes escolares vão-se realizar na cantina da nossa escola. De 8 a 12 de Novembro: iogurte, frutos secos e castanhas; de 6 a 10 de Dezembro: sopa e sandes com vegetais, de 17 a 21 de Janeiro: água e chá, de 14 a 18 de Fevereiro: sumos naturais e tartes com vegetais, de 14 a 18 de Março: fruta e saladas à base de vegetais e/ou frutos, de 23 a 27 de Maio: leite e batidos. Agora é só aderir e pensar na saúde do nosso rico corpo, pois uma boa alimentação é sempre um caminho para uma vida saudável.

Tiago Soares 6º6

Hugo Gil 6º6

Bufetes escolares O Projecto Viver Com Saúde é um projecto ambicioso que pretende chegar a toda a comunidade educativa da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de São Roque. Deste Projecto fazem parte três professoras da nossa Escola, a professora Cristina Martins, a professora Margarida Quintal e finalmente a professora Rute Fernandes. Na base do nosso trabalho está a promoção de hábitos de vida saudável e é sempre com este objectivo em mente que, organizamos e promovemos inúmeras actividades. Podem participar nas nossas actividades os alunos, os professores, os assistentes operacionais e os encarregados de educação. Os objectivos mais importantes deste projecto são: - Promover hábitos de vida saudável; - Organizar actividades que promovam a actividade física e minimizem o sedentarismo; - Enfatizar a importância da alimentação saudável. - Avaliar a Aptidão Física dos alunos do 3.º ciclo e dos CEF’s de Mecânica e Empregado Comercial; - Avaliar o estado de saúde geral dos alunos do 7.º ano (através de um protocolo com o cento de Saúde de São Roque); - Colaborar com o Projecto da Universidade da Madeira PANPAs (Programa de Actividade física e Nutrição Para Adolescentes). Este ano o Projecto Viver Com Saúde decidiu aliar-se ao Clube de Alimentação Saudável e ao PANPAs na organização das comemorações do Dia Mundial da Alimentação. Esta comemoração aconteceu no dia 18 de Outubro e foi um dia muito animado em que os alunos do 6.º ano tiveram a oportunidade de participar num conjunto de actividades divertidas, através das quais aprenderam um pouco mais sobre a alimentação saudável. Estas actividades foram patrocinadas pela Qualifrutas e pela Flow. Página 3 Curiosidade: O Viver Com Saúde também está no Facebook!


Projecto Comenius na Letónia Recebemos do professor Sandro Nóbrega este texto que aborda a viagem relizada por ele e pela professora Tânia Gordinho à Letónia ao abrigo do programa Comenius. “Let’s give nature a hand”: encontro do projecto Comenius na Letónia. Entre os dias 13 a 17 de Outubro, os professores Tânia Gordinho e Sandro Nóbrega deslocaram-se à Letónia para mais um encontro entre professores do projecto Comenius “Let’s give nature a hand”.Os docentes chegaram a Riga, capital da Letónia, por volta das 22h 30 da noite, sendo recebidos pela professora coordenadora do projecto Comenius da escola parceira daquele país, que os levou a Jürmala, cidade onde se localiza a escola.Dia 14, logo pela manhã, os professores deslocaram-se para a escola, tendo sido recebidos pelos alunos e por professores, que nos prepararam um momento cultural com danças típicas e um lanche com gastronomia típica. Seguiu-se a primeira reunião de trabalho, onde foi feito novo balanço dos últimos encontros e das actividades já realizadas, numa tentativa de melhorar e preparar as deste ano lectivo.Na parte da tarde, após o almoço, o grupo foi conduzido numa visita guiada à parte histórica de Riga, indo depois jantar num restaurante típico. No outro dia, os professores foram ao museu da cidade de Jürmala, onde se realizou a segunda reunião de trabalho. Na parte da tarde, os docentes realizaram uma visita a um dos parques naturais da cidade. No dia 16, o grupo dirigiu-se à escola anfitriã para ver a apresentação de um pequeno trabalho de alguns alunos que focava as preocupações ambientais. Na parte da tarde, o grupo foi conduzido a outro parque natural para observar alguns animais característicos daquelas paisagens, seguindo-se um jantar de despedida com professores da escola parceira.Fica para já a informação de que os alunos das várias escolas irão encontrar-se on line através de um programa de conversação. No mês de Novembro, os alunos das várias escolas irão realizar postais de Natal alusivos ao projecto para enviar aos seus colegas das outras escolas. Os docentes irão trabalhar com os respectivos alunos com vista a ensaiar um hino oficial do projecto, de modo a ser efectuado um DVD final com a contribuição de todos. Mais novidades serão ocasionalmente divulgadas no site da Escola (www.sroque.org) e no site do projecto (http://sites.google.com/site/ Clube Europeu e o Projecto Comenius “Let’s give nature a hand” O Clube Europeu continua as actividades previstas para o ano lectivo 2010-2011. Os professores Tânia Gordinho e Sandro Nóbrega, coordenadores do projecto “Let’s give nature a hand”, apoiado pela Agência Nacional e pelo programa Aprendizagem ao Longo da Vida, lançaram um desafio às turmas 6º5 e 6º6: produzir desenhos de duas espécies em perigo que habitam o nosso arquipélago, o Lobo Marinho e a Cagarra. A actividade contou com a preciosa colaboração das professoras Elisabete Gonçalves e Filomena Lopes. Serão seleccionados dois desses desenhos para ilustrar dois meses do calendário europeu que está a ser preparado pelos nossos alunos e por alunos de escolas de Itália, Grécia, Letónia, Espanha e País de Gales. Eis aqui algumas das obras de arte.

Trabalhos de Área de projecto 2009/2010 Mais uma vez a nossa escola expôs no átrio principal da nossa escola os trabalhos elaborados pelas diversas turmas no âmbito da área curricular não disciplinar de ��rea de Projecto do ano transacto . Aqui apresentam-se somente alguns exemplos dos inúmeros trabalhos expostos. De ressalvar a qualidade de muitos deles, que por razões de espaço não podemos apresentá-los a todos. A bem da verdade esta área tem muita relevância, pois engloba a generalidade das disciplinas curriculares e ensina os alunos a elaborarem um projecto, ao contrário do que pensam os nossos governantes, que querem acabar com a Área de Projecto, não lhe vendo grande importância, no que toca à formação dos alunos. A ver vamos no que isto dá!

Nélio Velosa


Galeão Notícias Ou/Nov 2010