Page 1

O AVENTURAS Jornal mensal da EB1/PE Estreito da Calheta EDIÇÃO 147 MARÇO 2019 Responsáveis

(50 AVENTURAS)

Direção: Ricardo Padrão—Coordenação: Maria José Nunes—Revisão: Nélia Inácio Jornalistas: 3.º e 4º ano—Colaboração: Professores e alunos da escola

Informação sobre as atividades dinamizadas no decurso da Semana da Matemática e resultado do concurso Eco-jogos matemáticos. (páginas 3 e 4)

Conheça as peripécias da viagem do 4.º ano a Lisboa e veja algumas fotos dos sítios por onde andaram. (página 2)

O Clube Europeu comemorou o Dia da Árvore através da realização de atividades alusivas ao tema. (página 5)

1


Ficha Técnica EB1/PE Estreito da Calheta

Telefone: 291 824 176 Fax: 291 824 179 eb1peecalheta@gmail.com

ER223—Estreito da Calheta n.º 183 9370-237 Calheta

http://eb1peecalheta.webstarts.com/ www.facebook.com/ escola.estreitodacalheta

Nota: Na compra deste jornal está a contribuir para a compra de material para a escola.

Viagem à Capital Apesar de não ter começado muito bem, tudo se resolveu e os alunos do 4.º ano da nossa escola conseguiram viajar até Lisboa. No dia 26 passearam por Santa Cruz e regressaram às suas casas, pois o vento não permitiu a viagem aérea. Durante os dias 27 e 28 de março, visitaram o Jardim Zoológico de Lisboa, passearam pelo Terreiro do Paço, visitaram o Oceanário, passearam pelo Parque das Nações, andaram de avião, de metro e de ascensor, pernoitaram na Pousada da Juventude onde estavam hospedados alunos de outros países (Espanha, Itália e França), receberam a visita de alguns familiares e colocaram em prática muitos dos conhecimentos adquiridos na escola. Foram três dias cheios de emoções e novas experiências que serão recordados para sempre. Um agradecimento muito especial à Câmara Municipal da Calheta e Clube Desportivo e Recreativo dos Prazeres, pelo apoio no transporte, à Junta de Freguesia do Estreito da Calheta pelo apoio no seguro, ao Sacharum Hotel pela t-shirt, a todos os pais em especial à senhora Isabel Ramos, às assistentes Fátima e Rosária pelo apoio logístico e a toda a comunidade escolar que colaborou para a concretização desta viagem.

2


Entre os dias 18 e 22 de março, a escola comemorou a Semana da Matemática através da realização de diversas atividades lúdicas relacionadas com esta disciplina, procurando desenvolver, ainda mais, a curiosidade e vontade de aprender dos seus alunos. As crianças demonstraram saber bem a lição quando usaram linguagem matemática para apresentar a peça de teatro “Uma peça

sobre

núme-

ros” (1.º, 2.º e 3.º anos), a dança “A lição de contar” (3.º ano) e a declamação de poemas da obra “Tantos animais e outras lengalengas de contar” de Manuela Castro Neves (4.º ano). Não podemos deixar de agradecer aos utentes do Centro Social do Estreito da Calheta e à turma do 4.º ano da EB1/PE da Calheta que, no dia 18 de março, assistiram ao nosso espetáculo!

A atividade “Entra no jogo” foi um dos primeiros desafios lançados aos alunos. Estes tiveram a oportunidade de interagir com colegas da EB1/PE da Calheta e com os seus pares na realização de jogos matemáticos de grupo, quebra-cabeças e solitários.

3


Recebemos também, dia 19 de março, a Dr.ª Cristina Lopes, a Dr.ª Sónia Abreu e a Dr.ª Sónia Martins, professoras da Universidade da Madeira, que exploraram o uso das tecnologias, mais precisamente os Robots e as suas potencialidades na aprendizagem da Matemática. Após programarem os seus Robots, os alunos puderam testá-los e fazer corridas na sa-

la de aula.

Na quinta feira, dia 21 de março, a Dr.ª Helena Teixeira e o Dr. José Laurindo de Góis Nóbrega Sobrinho, do Grupo de Astronomia da Universidade da Madeira, demonstraram como a Matemática é fundamental para a descrição e compreensão do Universo. Iniciaram as atividades com a palestra “Uma viagem pelo Sistema Solar”, na qual os discentes se mostraram muito atentos e participativos. Seguiu-se a realização de dois projetos, em que os alunos observaram a aplicação de alguns conceitos matemáticos. Os alunos de 1.º e 2.º ano construíram um Relógio de Sol e as turmas do 3.º e 4.º ano reproduziram o modelo do Sistema Solar à escala. Foi já perto da hora de almoço quando o Professor José Laurindo montou o telescópio para realizarmos uma sessão de Observação do Sol, chamando sempre à atenção para os cuidados a ter com a observação solar. O apuramento dos alunos vencedores do concurso Eco-jogos Matemáticos foi das últimas atividades da semana. Ao longo destes dias, a comunidade educativa pôde ver os jogos, elaborados com a colaboração dos encarregados de educação, expostos na escola e no Facebook. Todo este material didático será uma mais valia para o desenvolvimento do raciocino matemático das nossas crianças, incentivando-as a utilizar a matemática de uma forma divertida.

4


No decorrer deste mês, os alunos que frequentam o Clube Europeu puderam ouvir e aprender coisas sobre alguns países da Europa através de um globo interativo. Este globo “fala” connosco através de uma caneta especial onde nós apontamos para um país e para a informação que queremos saber, como por exemplo o continente a que pertence o país escolhido, a população, a capital, a moeda que é utilizada, a língua que é falada, os produtos típicos de lá, curiosidades, etc. Ouvimos ainda o hino nacional dos países que escolhemos. Para assinalarmos o Dia Mundial da Árvore, conversámos sobre a importância das árvores e fizemos alguns trabalhos. Através de imagens, a turma do 1º ano criou a seguinte história: “O Salvador e a laranjeira Era uma vez, um senhor chamado Salvador, que era agricultor. Certo dia, o Salvador foi pôr uma semente na terra na esperança que ela se fizesse numa linda laranjeira. Passados alguns dias, a laranjeira começou a crescer com a ajuda do sol que lhe deu muita vitamina D. Mas, a laranjeira também precisava de água para crescer saudável e feliz. Então, ela bebeu muita água que as nuvens trouxeram. A árvore cresceu muito e ficou muito bonita cheia de flores. As flores acabaram por dar origem a lindos frutos, as laranjas. Um dia, o Salvador foi ver a sua árvore e reparou que ela estava repleta de saborosas laranjas. Ele sentiu-se muito contente e não resistiu a prová-las.” A turma do 2º ano enumerou alguns benefícios das árvores:  Fornecem oxigénio  Diminuem a temperatura  Produzem flores, frutos e sementes  Reduzem os ventos  Servem de base para chás e medicamentos  Retêm a água das chuvas  Embelezam as ruas  Fazem sombra  Dão-nos materiais como a madeira, a resina...  Servem de abrigo e alimento a animais Chegámos à conclusão que devemos tratar muito bem das árvores e de toda a natureza, pois a natureza não precisa das pessoas, mas as pessoas precisam da natureza... para VIVER! Cabe a todos nós mudar de atitude para podermos viver num mundo melhor, com mais espaços verdes e sem poluição!!! PRESERVA A NATUREZA! O Clube Europeu

5


VII Concurso de Carnaval “Flow disfarça-se de…” A nossa escola participou na sétima edição do concurso infantil para disfarçar o macaco FLOW, no âmbito da celebração do Carnaval. O objetivo era incutir hábitos de participação das nossas crianças em concursos, estimular a sua imaginação e a capacidade criativa, tendo como pano de fundo a difusão da alegria e folia associadas à época de Carnaval. Os alunos do 1.º ciclo juntaram-se em grupos e, nas aulas de Plástica, aplicaram diversas técnicas para disfarçar o conhecido macaquinho. O trabalho selecionado concorreu no escalão 2 destinado a crianças do 1º e 2.º anos e não é que conseguiu o 4.º prémio “Disfarce favorito do público” no Facebook?! Parabéns ao João e ao António da turma do 2.º ano e obrigada a todos os que votaram em nós!

VII Mostra de Espantalhos, Calheta 2019 Foi proposto à nossa escola que construísse um espantalho. Os objetivos desta atividade passaram por sensibilizar a comunidade escolar e local para a tradição da execução de espantalhos e a sua importância noutros tempos; recuperar e dinamizar uma tradição que tem perdido expressão na Madeira; estimular o sentido estético, a criatividade no domínio das várias formas de expressão plástica; exprimir e encorajar a capacidade de improvisação e utilização de materiais de desperdício. Os nossos alunos meteram mão à obra e da sua imaginação nasceu a “Mamã Espanta Tudo”. A nossa criação já faz parte da exposição de espantalhos na Quinta Pedagógica e terrenos nos arredores da freguesia dos Prazeres. Esperamos que seja uma atração turística no concelho da Calheta! 6


Biblioteca “Boas Aventuras” EDUCAÇÃO LITERÁRIA Uma flor chamada Maria de Alves Redol foi a nova história que começamos a ler na Biblioteca. Esta conta-nos a história de uma flor que quis ser menina e assim passou a chamar-se Maria. Ela foi para escola e aprendeu algumas letras. Vive em casa do Chim que tem um cão que gosta muito da Maria… Ainda não acabamos, por isso não sabemos o final. Por agora, já pesquisamos e preenchemos uma pequena ficha biográfica sobre o autor e imaginamos uma capa para o livro. Fiquem atentos que no próximo mês contaremos como acabou a história! Alunos do 2º ano

Uma arca que guardará? Ouro? Brinquedos? Roupas? Um tesouro? Iremos descobrir assim que acabarmos de ler a obra A arca do tesouro – um pequeno conto musical de Alice Vieira. Começamos por descobrir um pouco sobre a vida e obra da autora. Depois fizemos um jogo para tentar descobrir sobre o que falaria a história através de um poema com lacunas…o resultado foi interessante, pois poucos de nós o relacionaram com um tesouro! Fiquem atentos, pois no próximo mês revelaremos qual o tesouro! Alunos do 3º ano

Intervalo literário Este mês foi importante, pois celebramos o Dia da Árvore e o da Poesia. Este foi assinalado com a leitura de poemas. Assim, o aluno Tiago do 3º ano leu o poema “Dia da Árvore” de José Jorge Letria e os alunos Luís e Lia, também do 3º ano, leram o poema “A Cor das vogais” de Vergílio Alberto Vieira e uma criação da turma respetivamente. 7


Olá a todos! Mais um mês passou e cá estamos de novo com mais umas notícias “fresquinhas”! Mas não são “fresquinhas” por estar frio, não!!!! Por acaso sabiam que até já entrámos numa nova estação do ano, um pouco mais quentinha??? E isso foi no dia 20 de março! Viva a Primavera!! Este mês começou da melhor maneira: com muita diversão!!!!! Pois foi!!! Logo no primeiro dia festejamos o Carnaval. Estávamos ansiosos!!!! Viemos para a escola mascarados de todas as formas e feitios, porque este ano, ia mesmo ser um cortejo trapalhão!!!! No nosso 1º ano tínhamos piratas, cowboys, princesas, tubarões, o Batman e até um misterioso Incrível Hulk!! Mas depressa descobrimos Ah!!!Ah!! Era o Gustavo!!!! Foi muito divertido. Desfilámos pelas ruas da freguesia ao som da música de uma aparelhagem que uma carrinha transportava. Assim era mais animado e ainda deu para dançar!!!No fim ainda tivemos direito a umas deliciosas malassadas!!!

No dia 18, foi a vez de treinarmos a andar de patins. Ainda temos muito que aprender, mas alguns de nós até já conseguem andar bem. Pois, é verdade, se não íamos agarrados ao corrimão…Pumba!!! Chão!!! E toca a levantar de novo. Mas para o final da aula até já estávamos melhorzinho!!!!

O dia 21 de março foi um dia muito especial. Vocês sabiam que se comemora o Dia da Árvore neste dia! Pois é, as árvores são uns seres vivos muito importantes. Aprendemos isso com as aulas do Prof. Arnaldo!!! São elas que nos fornecem o oxigénio para nós podermos respirar, e não só!!! Então, para comemorar este dia fomos plantar uma árvore no jardim da escola. A árvore era um cipreste! Vocês conhecem? Ela ainda está pequenina, mas com os cuidados que aprendemos, que devemos ter com as plantas, ela vai crescer e tornar-se numa árvore adulta! Ao voltar para a sala ainda aproveitámos e colhemos umas nêsperas que já estavam madurinhas.

8


Nesse dia ainda tivemos uma outra surpresa!!! Aprendemos a construir um relógio de sol com cartolina. Ficámos a saber que esta era uma maneira que os antigos tinham de poder medir o tempo, pois antigamente não havia relógios. Como o sol vai rodando durante o dia, assim já podiam saber em que posição estava e perceber que hora seria. Estes senhores eram mesmo inteligentes, hein!!! E por falar em sol, no final, ainda pudemos observar o sol! Mas não pensem que olhamos diretamente para o sol, não!!! Assim queimávamos as nossas ricas vistinhas!!! Ui!!! Os senhores do grupo de astronomia da Universidade da Madeira trouxeram um aparelho próprio para poder ver o sol sem problemas…e, claro, também podemos olhar para as estrelas e planetas com ele!!!! Foi muito interessante observar o sol, aquela bola enorme cor laranja que nos aquece todos os dias!!!! Ups, bola não… O Prof. Arnaldo ia logo corrigir-nos, e pedir para chamarmos de esfera, pois já aprendemos o nome de alguns sólidos. Ficámos a saber, também, que na superfície do sol há tempestades e ventos solares!!!! Por falar em vento. Ficámos tristes, pois o nosso colega Lucas foi escolhido para o seu batismo de voo, oferecido pela Força Aérea para um conjunto de 30 meninos da Madeira que nunca tinham andado de avião. E que azar!!! O dia escolhido foi o 26 de março, um dia muito ventoso no aeroporto, e já não foi possível o nosso colega ter esta experiência. Fica para a próxima!!! E assim nos despedimos de todos vós. Esperamos que tenham gostado das nossas novidades!!!

Projeto Interdisciplinar do 1º ano com a Biblioteca Olá amiguinhos! Vamos contar-vos as histórias que ouvimos este mês relacionadas com as letras que aprendemos! Aprendemos a letra “s” e ouvimos um poema de António Mota que se chamava “Sal, sapo, sardinha”. Falava de um sapo que se quisesse nadar ficava salgado e a sardinha se ficasse ao sol suava sem parar. Era um poema muito engraçado e fácil de memorizar. No final fizemos a ilustração do mesmo.

Descobrimos também a letra “h” da palavra “histórias” e foi mesmo isso que ouvimos Doce história de uma violeta, poema de Matilde Rosa Araújo d’ O livro da Tila. Mas antes ouvimos uma música que falava de muitas histórias de encantar e ficamos a saber que o poema que íamos escutar fazia parte do primeiro livro de poemas que Matilde Rosa Araújo escreveu para crianças. Ilustramos uma capa para o livro e dramatizamos o poema. Foi muito divertido e diferente. 9


Olá amigos! Sentiram a nossa falta? Cá estamos outra vez

para

vos

contar

novidades

“fresquinhas”. No mês de fevereiro, tivemos uma semana repleta de brincadeiras divertidas alusivas à semana temática do carnaval. Disfarçámo-nos à trapalhão, com mascarilhas, sapatos diferentes e até de piratas! Vejam lá se não estávamos todos catitas?! Além de outras atividades, pintura, histórias, jogos mímicos. No final desta semana tão animada, tivemos o nosso cortejo pelas ruas do Estreito da Calheta com muita cor, música e animação! Por fim, claro que não podiam faltar as tão esperadas malassadas. Tamanha folia abre sempre o apetite! O mês de março chegou e com ele vieram outras festividades! O dia do pai foi ansiosamente aguardado, pois preparámos uma agradável surpresa para o nosso papá! Pintámos uma caneca e elaborámos um lindo postal com a nossa mão. Os nossos papás podem agora tomar o café bem quentinho com um toque especial! A festividade da Páscoa também foi assinalada com muita expectativa, pois as nossas educadoras disseram que o coelhinho da páscoa poderia vir à nossa sala… E não é que veio mesmo? Era tão fofinho! Mas antes disso, tivemos oportunidade de aprender a confecionar e provar uma iguaria típica da Páscoa, o folar! No final ficou uma delícia! Aproveitamos para desejar a todos uma santa e doce Páscoa! 10


Em março, quando regressamos das férias do Carnaval, recebemos a visita da Equipa de Animação do DSEAM que fez um teatro de sombras chinesas para nós assistirmos – Os 7 cabritinhos e o Lobo Mau! Foi muito divertido!

Depois abordamos o Dia do Pai. Fizemos imensos trabalhos acerca do tema…. desenhos sobre o pai, o “ABC do Pai” e claro uma fantástica prenda para oferecer aos nossos pais – um dominó para nos divertirmos e jogarmos com ele. Ficou muito bonito e os papás adoraram!

Fizemos uma visita à horta para plantar milho e regarmos as batatas-doces que plantamos anteriormente. Aprendemos o que é o compostor e porque é que fazemos a compostagem.

Começamos a falar acerca da Páscoa…. Fizemos o nosso cesto da Páscoa para levar as amêndoas que o coelhinho vai trazer – utilizamos uma técnica nova que nunca tínhamos trabalhado – colamos um fio num balão coberto de cola branca, depois tiramos o balão e ficamos com o cesto que foi decorado com um coelhinho.

Em conjunto com os meninos da outra sala confecionamos um folar de Páscoa – é uma receita de um bolo salgado típica de Portugal Continental, é o que se come lá na Páscoa. Ficou delicioso!!!

Tivemos uma surpresa muito grande – o Coelhinho da Páscoa veio fazer uma visita à nossa sala! Gostamos muito de o receber e de lhe fazer festinhas. Para não nos esquecermos dele pintamos um coelhinho para decorar a porta da nossa sala. Foi uma visita espetacular!!

E por este mês é tudo! Para maio trazemos mais novidades! Até à próxima!! 11


A minha visita de estudo aos bombeiros No dia 15 de fevereiro, a turma do 4º ano fez uma visita de estudo ao quartel dos bombeiros. Quando lá chegaram viram onde os bombeiros praticam desporto para estarem preparados para quando fazem salvamentos. Depois foram ver a cozinha dos bombeiros, e também onde podem descansar, quando estão de serviço. Logo de seguida foram ver a parte mais importante do quartel, que é onde está um senhor que atende as chamadas de emergência, ou seja, a central. Mais tarde, foram ver uma ambulância e o que havia lá dentro. No outro veiculo que viram havia máquinas que serviam para abrir carros quando as pessoas estão lá dentro entaladas. Foi um passeio muito interessante e que ajudou a compreender a importância do trabalho dos bombeiros.

Joana do 4.º ano

ANIVERSARIANTES Março/abril Parabéns a todos...

Leonor Osvaldo, Pedro José Ana Sofia Leonor, António Andreia, Laura, Tiago Soraia

Pré 3/4 Pré 4/5 1.º ano 2.º ano 3.º ano 4.º ano

DESTAQUES AVENTURAS Páscoa, Pequenos Ídolos, ... Email

Website

Facebook

Canal Meo

12

Profile for O Aventuras

Jornal março 2019  

Jornal março 2019  

Advertisement