Issuu on Google+

%HermesFileInfo:A-1:20100621:

JULIO MESQUITA 1891 - 1927

RUY MESQUITA Diretor

Segunda-feira 21 DE JUNHO DE 2010 R$ 2,50*

estadão.com.br

ANO 131. Nº 42615 EDIÇÃO DE 0H15

Seleção faz três e está nas oitavas Com dois gols de Luís Fabiano e um de Elano, a seleção brasileira bateu a Costa do Marfim por 3 a 1 e obteve a classificação antecipada para as oitavas de final da Copa – Drogba marcou o gol dos africanos. O árbitro francês Stephane Lannoy não puniu com cartão jogadas violentas dos jogadores da Costa do Marfim. Elano deixou o campo machucado. Kaká foi expulso e não enfrenta Portugal, na sexta-feira. Nos outros jogos de ontem, Itália e Nova Zelândia empataram (1 a 1) e o Paraguai venceu a Eslováquia (2 a 0). PÁG. E1

ANTERO GRECO Aseleçãoinvestiuparaganhar comfolga e sem desperdício. Será assim sempre que tiver o jogo sob controle. PÁG. E5

FRANZ BECKENBAUER KAI PFAFFENBACH/REUTERS

Esta Copa é atípica. Muitas das equipes de países pequenos se equipararam às grandes, que estão mais fracas. PÁG. E10 Jogos de hoje 8h30

Desencantou. Jogadores comemoram com Luís Fabiano: no segundo gol, o mais belo, ele ajeitou a bola com a mão: ‘Foi uma mão santa involuntária’, brincou

Brasileiro troca dívida em cheque especial por cartão Hoje o limite da conta é fonte de 34% dos empréstimos realizados pelas famílias, ante 60% há dez anos Após vários anos como principal linha de crédito dos brasileiros, o endividamento pelo cheque especial tem perdidoespaço.DadosdoBancoCentralmostram que o uso dessa opção nunca foi tão baixo. O limite da conta é fonte de 34% dos empréstimos realizados pelas famílias,ante60% hádezanos.Osclientesvêmmigrandoparaocartãodecrédi-

to, que tem o maior juro entre as operações bancárias: 238,3% ao ano, ante 161,3% do cheque especial. Para a Federação Brasileira dos Bancos, a mudança no perfil de endividamento ainda não preocupa, mas “pode haver problema” seo ritmo persistir. Brasileirostêm hoje 586,6 milhões de cartões, média de três por habitante. ECONOMIA / PÁGS. B1 e B3

Negócios

Depois da fusão Com a integração adiantada, o ItaúUnibanco promete uma atuação agressiva para

ampliar sua participação no mercado, e mira a internacionalização, diz o presidente do banco,Roberto Setubal (foto). A meta é ser forte na América Latina até 2015. ANDRE LESSA/AE

EITAN ABRAMOVICH/AFP

Ministro de Uribe é eleito na Colômbia

Brasil desiste da mediação Irã-Ocidente

O candidato governista Juan Manuel Santosfoieleitoontemonovopresidenteda Colômbia,informa aenviada especial Renata Miranda. Ex-ministro da Defesa de Álvaro Uribe, ele obteve 69% dos votos, com 96,7% das urnas apuradas. Santos prometeu um governo de união nacional. INTERNACIONAL / PÁG. A8

Comemoração. Juan Manuel Santos com a mulher, Maria Clemencia

O chanceler Celso Amorim declarou ao jornal britânico Financial Times que, devido à aprovação das sanções da ONU, o Brasil não pretende mais adotar “uma posição proativa” como interlocutor das negociações entre as potências ocidentais e o país persa. INTERNACIONAL / PÁG. A11

VISÃO GLOBAL Guinada turca Para Bernard Zand, a Turquia desistiu da relação com o Ocidente.

FÁBIO GIAMBIAGI Uma lei para os gastos públicos Há um processo que precisa ser revertido: a despesa primária do governo aumenta, mas a capacidade de investimento permanece limitada.

MATTHEW SHIRTS A Copa dos americanos Não são poucos os que me perguntam por que os americanos não gostam de futebol. Mas eles querem participar cada vez mais da Copa.

INTERNACIONAL / PÁG. A10

ECONOMIA / PÁG. B2

CADERNO 2 / PÁG. D10

7 8 9 10 11 12

Portugal x Coreia do Norte

11h00

Chile x Suíça

15h30

Espanha x Honduras

Serra cobra desculpas de Dilma por dossiê O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, disse que Dilma Rousseff (PT) deveria ter pedido desculpas e afastado assessores acusados de envolvimento na montagem de suposto dossiê contra ele. Durante gravação do programa Roda Viva, da TV Cultura, ele atribuiu a Dilmaafabricação dodocumento:“Não sei se ela tinha (conhecimento), mas ela é responsável”. NACIONAL / PÁG. A4

Filarmônica de Hannover hoje em SP CADERNO 2

Posts, tweets e fotos com geolocalização LINK

Ficha Limpa vai pegar, diz presidente do TSE NACIONAL / PÁG. A7

Tempo na capital NOTAS & INFORMAÇÕES

23˚ Máx. Aumento de nuvens 16˚ Mín. e chuva HOJE: 68 PÁGINAS * VER TABELA NA PÁGINA A3

ESTADO SOB CENSURA HÁ 325 DIAS. PÁG. A6

O novo aeroporto A concessão para empresas privadas pode evitar o caos aéreo no futuro próximo. PÁG. A3


A2 Espaço aberto %HermesFileInfo:A-2:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

PUBLICAÇÃO DA S.A. O ESTADO DE S. PAULO

Fundado em 1875

Av. Eng. Caetano Álvares, 55 - CEP 02598-900 São Paulo - SP Caixa Postal 2439 CEP 01060-970-SP . Tel. 3856-2122 (PABX) Fax Nº (011) 3856-2940

Julio Mesquita (1891-1927) Julio de Mesquita Filho (1927-1969) Francisco Mesquita (1927-1969) Luiz Carlos Mesquita (1952-1970)

José Vieira de Carvalho Mesquita (1959-1988) Julio de Mesquita Neto (1969-1996) Luiz Vieira de Carvalho Mesquita (1959-1997)

O Brasil, o Irã e o Protocolo Adicional

Código Florestal

✽ ●

✽ ●

JOSÉ GOLDEMBERG as últimas semanas a atenção da imprensa foi dominadapela votação das sanções contra o Irã, no ConselhodeSegurançadaOrganização das Nações Unidas. Essa nova rodada de sanções (a quarta) tem por objetivo forçar o Irã a abandonar o enriquecimento de urânio em níveis que lhe permitam, com facilidade, construir armas nucleares. O Brasil votou contra as sanções após ter tentado, com a Turquia, negociações com o Irã, que foram consideradas uma tática iraniana de continuar a ganhar tempo. A atuação brasileira foi considerada bem-intencionada por alguns, ingênua por outros, mas deu ao presidente Lula a oportunidadedetentarse projetar no cenário internacional. O episódio acabou de forma um pouco humilhante, com o isolamento do Brasil e da Turquia no Conselho de Segurança e com declarações paternalísticas da secretáriade Estado norte-americana, Hillary Clinton, consolando o Itamaraty pela derrota sofrida. Enquantoissoocorria,tevelugar em Nova York a conferência dos membros do Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP),quesereúneacada cinco anosecujaagendaeratentaracelerar o desarmamento nuclear, objetivo central do TNP. Nessa reuniãoficarammaisclarasasrazões por que o Brasil se aproximou do Irã, o que é incompreensível para a maioria dos observadores, exceto por razões ideológicas: ambos os países se opuseram à adoção compulsória do Protocolo Adicional da Agência InternacionaldeEnergiaAtômica (AIEA). OqueéoProtocoloAdicional? O TNP foi o resultado de uma barganhadiplomática,queocorreu há mais de 40 anos, pela qual os países que não tinham armas nucleares, em 1967, renunciaram à sua posse. Em retorno, receberam o “direito inalienável” de usar energia nuclear para fins pacíficos(artigo IV do TNP), paraoquepoderiamrecebertecnologia dos países que, na época, tinham armas nucleares (Estados Unidos, União Soviética, Inglaterra, França e China). Por sua vez, as potências nucleares comprometeram-se a “negociar em boa-fé” (artigo VI do TNP) medidas que levassem ao desarmamento nuclear. A transferênciadetecnologiasemateriaisnucleares para os países não-nucleares, contudo, deveria estar em conformidade com as regras de salvaguardas estabelecidas

N

(artigos I e II do TNP) pela AIEA.Éaquiqueseoriginaoproblema: as regras adotadas originalmente pela AIEA não se mostraram suficientes para impedir que vários países não-nucleares, como Índia, Paquistão, Israel e Coreia do Norte, tivessem acessoàs tecnologias necessárias para fins militares e desenvolvessem armas nucleares. Por essa razão, mais recentemente, a AIEA propôs novas regras, contidas no Protocolo Adicional. De acordo com as velhas regras, a agência poderia inspecionar apenas atividades nas “instalações declaradas” pelo país,demodoqueinstalaçõessecretas não poderiam ser fiscalizadas. O Irã usou e abusou dessas regras durante anos, como se sabe, e por essa razão existem sérias suspeitas de que deseje efetivamente construir armas

Só um nacionalismo retrógrado poderia levar a pensar que o TNP viola a soberania nacional nucleares. Pelo Protocolo Adicional, podem ser inspecionadas quaisquer instalações, não só as declaradas, mas também as que fornecem equipamentos e outros produtos (como minas de urânio e equipamentos para usinas de enriquecimento) às instalações nucleares propriamente ditas. Apesar da pressão crescente, Brasil e Irã não aceitaram o Protocolo Adicional, que foi objeto de uma das decisões unânimes da reunião das partes do TNP, em Nova York, em maio. Em relação ao Brasil, suspeitas quanto à intenção de produzir armamentos nucleares não existiam até recentemente, sobretudo porque foi feito, em 1992, um acordo com a Argentina para inspeções mútuas que é considerado exemplar e deu aos dois países grande credibilidade internacional. Apesar disso, o Brasilrecusa-seaaderiraoProtocoloAdicional,levantandoabandeira da soberania nacional e argumentando que inspeções intrusivas poderiam levar à violaçãodesegredosindustriais. Esse argumento só é empregado por grupos mal informados sobre a natureza real das inspeções, que podem perfeitamente proteger tais segredos (se existirem). O verdadeiro significado do TNP não é dividir o mundo entre “os que têm armas nucleares” e os “que não têm”. Ambos os grupos têm responsabilidades na busca de um futuro sem armas nucleares. Por mais distante que esse objetivopossaparecer,nãohádúvidasdequeprogressosestãoocorrendo: o número de ogivas nucleares dos Estados Unidos e da Rússia, que chegou a ser supe-

rior a 40 mil em cada um desses países,é hoje menor do que 2mil em cada, e novas reduções são previstas nos próximos anos. É por esses motivos que associar-se ao Irã não atende, a nossover,aosinteresses permanentes do Brasil. As declarações recentes do vice-presidente da República e do secretário de Assuntos Estratégicos,adecisãodo ministroNelson Jobim de introduzir na Estratégia Nacional de Defesa a proibição de aderir ao ProtocoloAdicionaleosilêncio dopresidente da República sobre o tema encorajam as desconfianças de que o Brasil tem intenções de desenvolverarmasnuclearescomo forma de exercer a soberanianacional. Nofundo,essasdeclaraçõeseaposiçãodoItamaraty no Conselhode Segurança estão nos conduzindo à situação de que o “Irã de hoje é o Brasil de amanhã”. Só um nacionalismo estreito e retrógrado poderia levar-nos a pensarque o TNP viola a soberania nacional, pois o seu conteúdoéanálogoaoartigo21daConstituição federal, que determina que“todaaatividadenuclearem territórionacionalsomente será admitidaparafinspacíficos”.Assegurar nossa soberania não vai decorrer da posse de armas nucleares, mas de um desenvolvimento nacional, científico e tecnológico autêntico. ✽ PROFESSOR DA USP, FOI SECRETÁRIO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PRESIDÊNCIA DA REPUBLICA

DENIS LERRER ROSENFIELD evocênãoleu,recomendo a leitura da apresentação do parecer do deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP) ao Projeto de Lei n.º 1.876/99, relativo ao Código Florestal. Além de um texto muito bem escrito, você poderá ficar vacinado contra as hipocrisias que têm sido ditas a propósito dele. O deputado insere-se na melhor tradição brasileira de defesa da soberania nacional. O parecer não é favorável ao “desmatamento”, como tem sido veiculado,mas a favor do desenvolvimento sustentável baseado numa agricultura pujante, seja ela de assentados, agricultores familiares, pequenos, médios e grandes. Hoje, é como se as palavras agricultura e pecuária estivessem ganhando sentido pejorativo. Faltaria somente explicar como os brasileiros–eoshabitantesdoplaneta – vão comer, salvo se a opção for destinar à miséria os cidadãos do País. O Código Florestal de 1965, elaborado durante o regime militar, obedeceu a um ritual própriodademocracia,pormeiode um projeto de lei e de discussões no Congresso Nacional. Desde então, no entanto, ele foi objeto,nodizerdodeputado,de “absurdasalterações”queodesfiguraram completamente: “É

S

SINAIS PARTICULARES LEO MARTINS

Anelka

paradoxal que em plena democracia ele tenha sido completamentealteradopordecretos,portarias, resoluções, instruções normativas e até por uma medida provisória que virou lei sem nunca ter sido votada.” Emregimeautoritário,procedimentos democráticos, legislativos,foramobservados, enquanto em regime democrático se aprofundou atendência, de cunho autoritário, de impor regulamentações por atos administrativos emanados do Poder Executivo. A pauta ambientalista avançou por atos administrativos graças a uma legislação infralegal que deformoualeiexistente.Nestaperspectiva, os modernos ambientalistaspreferemnãoseguirosritos democráticos, advogando por legislar via atos administrativos, à revelia do Poder Legislativo. Por causa dessas medidas, a

Por que não lutam as ONGs internacionais por reserva legal e APPs nos EUA e na Europa? “legislação põe na ilegalidade mais de 90% do universo de 5,2 milhões de propriedades rurais no país”. A situação é tanto mais grave do ponto de vista constitucional em razão de esses atos administrativos terem efeito retroativo. Nunca é demais lembrar que só no nazismo as leis tiveram efeito retroativo. Quem plantou, no passado, de acordo comlegislaçãovigente,legalmente, portanto, torna-se, por um atoadministrativo,ilegal!Potencialmente, se não efetivamente, um “criminoso”. “Homens do campo, cumpridores da lei, que nuncahaviamfrequentadoostribunais ou as delegacias de polícia,viram-se,derepente,arrastados em processos, acusações e delitos que não sabiam ter praticado.Houvecasosdesuicídio,de abandono das propriedades por aqueles que não suportaram a situação em que foram colhidos.” OPaístemsidoobjetodeespetáculosmidiáticosglobais,protagonizados por diretores de cinema, atores e atrizes, que tornam anaturezabrasileira,emespecial a Amazônia, objeto de seu maior apreço. Cabe aqui a pergunta, suscitada pelo deputado, citando o padre Antônio Vieira: “Estão aqui em busca do nosso bem ou dos nossos bens?” Se fossem minimamente coerentes, deveriam lutar pela recomposição das florestas nativas em seus respectivos países. O diagnóstico do parecer é preciso. Os EUA destruíram “quase completamente” as suas florestas nativas, enquanto na Europa a destruição foi completa. O Brasil, por sua vez, responde por quase 30% do que restou de toda a coberturavegetaloriginaldo planeta. Logo, os ambientalistas deve-

Américo de Campos (1875-1884) Nestor Rangel Pestana (1927-1933) Plínio Barreto (1927-1958)

riamlutarpela recomposiçãodas florestasnativasnosEUA,noReinoUnido,naHolanda,naFrança, na Alemanha, na Itália. Por que nãoofazem?Seráporqueosinteresses da agricultura desses países seriam contrariados? Poderiam retirar os subsídios agrícolas da pecuária europeia e americana e, portanto, diminuir a produção de gases produzidos pelos rebanhos. Por que se imiscuem na pecuária brasileira, deixando a europeia e a americana intactas? Poderiam não produzir mais tanta uva, com incentivos para a produção de vinhos. Diminuiriam oproblema das encostas e poderiam ver florescer florestas nativas, com sua flora e sua faunaoriginárias.Nãodeveriavaler a criação de “florestas” que são verdadeiros bosques e parquesparaoscidadãosfazerempiqueniques nos fins de semana! Vamos tomar a sério a reconstituiçãodasflorestasnativas!Oresto é mero exercício de hipocrisia. Ademais, no Brasil, vieram a ser de uso corrente conceitos como os de “reserva legal” – (áreas que deveriam ser preservadas, nas propriedades, para a conservação da natureza, de 20% no Sul e Sudeste, 35% no Centro-Oeste e 80% na Amazônia – e áreas de preservação permanente (APPs), como encostas de morrosemargensderios.Anormada “reserva legal” não existe em nenhum outro país, muito menos nos desenvolvidos, que financiam, “paradoxalmente”, as ONGs internacionais. A legislação das APPs deles é muito menos rigorosadoqueanossa.Cabenovamente a pergunta: por que essas ONGs que tanto dizem prezar a natureza não fazem os mesmos movimentos nos EUA e nos países europeus, lutando pela criaçãodareservalegaleporumaaplicaçãomuito maisampla erigorosa das APPs? Vale aqui e não vale lá? A que interesses respondem? No Brasil, se toda a legislação atual for aplicada, como querem essas ONGs nacionais e internacionais,váriasáreasdecultivo,como as de banana e café no Sudeste, arroz, uva e tabaco no Sul, a pecuárianoPantanalenaAmazônia Legal, soja no cerrado, as florestas plantadas e a cana-de-açúcar,entreoutras,ficarãoinviabilizadas. Áreas já consolidadas há décadas, se não séculos, deverão serdesativadas,comreflexosevidentes na mesa dos brasileiros e na economia nacional. A comida ficarámaiscaraeoPaís,deexportador, tornar-se-á importador de alimentos e produtos agrícolas. Os países patrocinadores dessas ONGs ficarão muito agradecidos. E os “ambientalistas” gritarão vitória. Vitória de quem? ✽ PROFESSOR DE FILOSOFIA NA UFRGS. E-MAIL: DENISROSENFIELD@ TERRA.COM.BR

Fórum dos Leitores COPA DO MUNDO Brasil 3 x 1 Costa do Marfim

O Brasil no ataque voltou a ser soberano,/ com 3 x 1 de Luis Fabiano e Elano,/ derrotando a Costa do Marfim em solo africano. ANTONIO BRANDILEONE abrandileone@uol.com.br Assis

Ao perceber que a Costa do Marfim havia aberto a porta do açougue, o irresponsável Dunga devia ter retirado o Kaká de campo. Deu no que deu.

líder disse que “foi apenas um toquinho de mão”. O comentarista, ex-jogador, observou: “O juiz perguntou se ele colocou a mão na bola e ele apenas sorriu. Numa Copa ele vai dizer que foi mão?” É triste mais essa herança.

LUIZ N. COLLAZZO LOUREIRO loureiroefabiana@gmail.com São José dos Campos

SERGIO S. DE OLIVEIRA ssoliveira@netsite.com.br Monte Santo de Minas (MG)

GUTO PACHECO daniguto@uol.com.br São Paulo

Antes de cada Copa, desde 1982, falam-se maravilhas do futebol africano. Ao término da competição os resultados mostram claramente que isso não passa de um mito e ninguém mais toca no assunto, até a seguinte, quando a ladainha recomeça. Até quando essa falsa teoria, sem nenhuma base na realidade, continuará sendo divulgada? O maior problema é que, por motivos estritamente políticos, o número de vagas para os países da África não para de aumentar. Corremos o risco de que um dia, por causa do cada vez mais reduzido número de participantes de outras partes do mundo, um deles acabe conseguindo um terceiro ou quarto lugar, o que será considerado por muitos

Patriotada Kaká

Coisa igual em jogo de futebol nunca vi: o treinador expulsar o atleta do time que “administra”. Dizendo melhor, se o mudo anão não entendeu: Dunga, você é o responsável pela expulsão do Kaká, por não tê-lo substituído como lhe competia diante dos acontecimentos dos poucos minutos anteriores. PEDRO L. DE CAMPOS VERGUEIRO pedrover@matrix.com.br São Paulo

Contra o Brasil, alguns jogadores da Costa do Marfim não foram elefantes, mas perfeitos asnos. SÉRGIO BARBOSA sergiobarbosa@megasinal.com.br Batatais

Crise moral

A crise moral que está se perpetuando no País é preocupante. O segundo gol da seleção teve dois toques visíveis de mão do Luis Fabiano. O narrador da emissora

Interessante a noção de patriotismo do brasileiro. Quando há Copa do Mundo, o pessoal coloca a Bandeira do Brasil em tudo que é lugar, até pinta as ruas. Mas quando há eleição, sem dúvida o evento mais importante do ano, ninguém sai ostentando nossa Bandeira. O País explode de escândalos, amplamente noticiados, e o povo não se manifesta. Parece que as pessoas perderam a capacidade de se indignar e confundem patriotismo com patriotada.

Mito africano

prova de que tinham razão. Se alguém ainda acredita nessa bobagem, sugiro que compare o desempenho nesta Copa dos cinco sul-americanos com o dos seis africanos. Até agora, após as partidas de ontem, foram 23 pontos conquistados contra 7. MARIO SILVIO NUSBAUM mario_silvio@hotmail.com São Paulo

Nobel de Literatura, 4 x 0

Em tempos de campos de futebol na Copa do Mundo 2010, na África do Sul, é interessante divulgar o escore de uma partida, em outro campo, o da literatura, entre a África e o glorioso país do carnaval e do futebol. A partida acusa um escore de 4 x 0! Vejamos: 1) Prêmio Nobel de Literatura de 1986, Wole Soyinka, nigeriano; 2) 1988, Naguib Mahfouz, egípcio: 3) 1991, Nadine Gordimer, sul-africana; 4) 2003, John

Maxwell Coetzee, também sulafricano. A Academia Brasileira de Letras foi fundada em 1897, no Rio de Janeiro, por Machado de Assis. Em 113 anos não produziu um único Nobel de Literatura! Assim, enchendo o peito de brasilidade, grito em alto e bom som: abaixo a tetracampeã africana de literatura! Viva o pentacampeão de futebol! Somos pentacampeões, entendem, srs. africanos? Mais do que vocês! Viva o futuro hexacampeão, Brasil! A Copa do Mundo 2010 é nossa!!! BRAZ JULIANO bjuliano@uol.com.com.br São Paulo

Quase igual

A Copa de 2010 tem a Bafana Bafana. A de 2014 terá o Afana Afana. Enquanto a seleção brasileira fatura a Costa do Marfim, os políticos faturam nas costas do Brasil. E a diferença é de goleada!


%HermesFileInfo:A-3:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Conselho de Administração Presidente

Membros

Aurélio de Almeida Prado Cidade

Fernão Lara Mesquita, Francisco Mesquita Neto, Júlio César Mesquita, Patricia Maria Mesquita e Roberto C. Mesquita

Notas e Informações A3

Opinião

Informação

Administração e Negócios

Diretor de Opinião: Ruy Mesquita Editor Responsável: Antonio Carlos Pereira

Diretor de Conteúdo: Ricardo Gandour Editor-Chefe Responsável: Roberto Gazzi

Diretor Presidente: Silvio Genesini Diretor de Mercado Leitor: João Carlos Rosas Diretor Financeiro: Ricardo do Valle Dellape Diretora Jurídica: Mariana Uemura Sampaio

estadão.com.br A versão na Internet de O Estado de S. Paulo

Notas & Informações

O novo aeroporto Diante da notória dificuldade técnica do governo de elaborar e executar com recursos públicos um programa que reduza a ineficiência do sistema aeroportuário brasileiro e da quase impossibilidade de privatização da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) – estatal que controla o sistema –, a concessão de novos aeroportos para empresas privadas pode ser o caminho para atender à demanda crescente e evitar o caos aéreo no futuro próximo. O Estado informou, na semana passada, que o governo pretende conceder a particulares a operação de novo aeroporto de São Paulo, mas muitas incertezas precisam ser eliminadas para ampliar a participação do capital privado no sistema. É preciso definir um marco regulatório que garan-

ta a prestação de serviços adequados à população e assegure condições operacionais aceitáveis para a concessionária e para as empresas usuárias. Questões ambientais surgirão à medida que o projeto avançar. Apesar dos obstáculos, ele já atrai investidores. O Estado mostrou, na terça-feira passada, que uma empresa brasileira com experiência internacional na construção e operação de aeroportos já manifestou interesse em operar a terceira unidade que deverá atender a capital paulista e anunciou que dispõe até mesmo de local onde ela poderá ser construída. Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) constatou que, nos mais importantes aeroportos brasileiros, a demanda por pousos e decolagens supera a capacidade operacional. Nos momentos de pico, o Aeroporto Internacional de Guarulhos recebe 65 pedidos de pouso e decolagem por hora, mas só po-

de atender a 53 em perfeitas condições de segurança. Congonhas chega a receber 34 pedidos de pousos e decolagens por hora, mas sua capacidade é para 24 operações por hora. As promessas feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2007, depois da tragédia em Congonhas com o avião da TAM, de definir “em 90 dias” o local do novo aeroporto de São Paulo não foram cumpridas. A inoperância do governo torna ainda mais grave a situação do sistema. A privatização, integral ou fatiada, da Infraero, para lhe dar maior competência gerencial e aumentar sua capacidade de investimentos, esbarra numa questão prática. Ela opera 67 aeroportos, mas só uma minoria é rentável e atrairia investimentos privados. Os demais não podem simplesmente ser desativados, pois têm papel importante em suas regiões, ou ter seus prejuízos transferidos para o Tesouro, ou seja, para os contribuin-

tes. Hoje, as unidades rentáveis asseguram a operação das demais. A concessão de aeroportos para empresas privadas – que se responsabilizariam pelas obras e pela operação, de acordo com um modelo ainda a ser definido – pode permitir a ampliação do sistema e evitar o agravamento do problema no futuro. Dependendo do modelo escolhido, pode até mesmo assegurar o perfeito atendimento da demanda dos próximos anos, mesmo que o País venha a sediar grandes eventos internacionais. A Camargo Corrêa, que, por meio de subsidiárias, opera aeroportos no Chile, Colômbia, Honduras e Curaçao e é sócia da empresa que opera o de Zurique, na Suíça – considerado um dos mais eficientes do mundo –, formou sociedade com outra construtora, a Andrade Gutierrez, para disputar a construção e operação do novo aeroporto de São Paulo. Tem terreno no município de Caieiras, a 35 quilô-

metros do centro da capital – mesma distância do Aeroporto de Guarulhos – para a unidade. Já surgem objeções às intenções das duas empresas. Companhias aéreas temem tarifas operacionais muito altas, administradores públicos falam da necessidade da concessão de autorização para a construção do novo aeroporto. São manifestações prematuras. O modelo de transferência do terceiro aeroporto paulistano para o setor privado – se por meio de concessão, que asseguraria maior controle das operações pela agência reguladora, ou de autorização, que transferiria todos os riscos para a empresa privada e lhe daria autonomia para fixar tarifas – nem começou a ser discutido, assim como não está definido o local em que ele será construído. Mas essa é uma ideia que, se transformada em realidade, contribuiria muito para melhorar o sistema aeroportuário do País.

O sucesso das penas alternativas

As remessas de lucros

riado há mais de duas décadas com o objetivo de desafogar as prisões e reduzir as taxas de reincidência criminal, o sistema de penas alternativas implantado no Brasil vem apresentando resultados tão bons que a Organização das Nações Unidas (ONU) o classificou como uma das “melhores práticas” para a redução da superlotação carcerária, recomendando sua adoção pelos países-membros, principalmente os da América Latina. Há duas semanas, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) encerrou uma campanha de conscientização social sobre a importância das penas alternativas para a redução da violência. Segundo as últimas estatísticas do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, no ano passado 671.078 pessoas receberam esse tipo de condenação – cerca de 20% a mais do que em 2008. Se todos tivessem de cumprir penas privativas de liberdade, o sistema prisional não suportaria, pois já abriga 420 mil presos, vivendo em espaço que comporta menos de 295 mil. Além disso, há 56 mil detentos em delegacias policiais e mais de 150 mil mandados de prisão para ser cumpridos. Em 1995, quando as varas criminais das Justiças estaduais passaram a aplicar as penas alternativas de modo sistemático, pouco mais de 80 mil pessoas foram condenadas. A

stá acontecendo com as multinacionais europeias o mesmo que ocorreu com as norte-americanas no período mais agudo da crise de crédito internacional – suas subsidiárias brasileiras estão remetendo para as matrizes todo o dinheiro que possam, seja ou não lançado contabilmente como lucro ou dividendos. Para isso, algumas delas estão vendendo ativos para empresas brasileiras, ou de outros países que querem entrar em nosso mercado ou ampliar seus negócios aqui. De janeiro a abril, as remessas de lucros foram de US$ 8,078 bilhões, dos quais US$ 4,4 bilhões ou 54,5% de responsabilidade de companhias europeias. Como as empresas brasileiras que operam no exterior remeteram para cá US$ 147 milhões, o déficit nessa conta é de US$ 7,931 bilhões, total que supera os investimentos estrangeiros diretos no período, US$ 7,880 bilhões (líquido). Isso seria motivo de apreensão. Mas o Brasil já superou a fase em que alguns setores identificavam nas “transferências internacionais” as raízes de nossos males econômicos. Elas são livres e devem continuar livres, desde que não resultem de atividades ilícitas e cumpram as obrigações tributárias, estando em conformidade com as leis em vigor. Mas o País está sofrendo, sim, o impacto da crise fiscal que se abate sobre os países da zona do euro e que, pelo menos até agora, não se refletiu nas exportações para nenhum país eu-

C

FLAVIO MARCUS JULIANO opegapulhas@terra.com.br São Paulo

TELEFONIA Blindagem da Oi

É de deixar perplexo e indignado quem lê no Estado de sábado sobre o socorro, travestido de blindagem, à Oi. Muito menos pela receptividade demonstrada pelo presidente Lula ao pleito dos empresários – o que poderíamos esperar dele, que é fã da estatização e, pelo jeito, também do amparo à incompetência privada – e muito mais pela cara de pau de quem pede esse “pequeno favor” a Lula. Afinal, trata-se de uma empresa que desde os tempos em que era Telemar está pouco preocupada com os consumidores, cidadãos brasileiros que a tornaram campeã nas demandas judiciais por serviços mal prestados, título que aparentemente nunca a inco-

maioria dos condenados é muito jovem – 70% na faixa etária entre 18 e 24 anos. “A ideia é evitar que esses jovens aumentem a quantidade decriminososdealtapericulosidade. A prisão não recupera e a pessoasaicom potencialde praticar crime bem maior que antes”, diz o juiz Walter Nunes, membro do Conselho Nacional de Justiça. Procurandoestimulararessocializaçãode quem foi condenado por um crime considerado “leve”edebaixopotencial ofensivo, como furto, consumo de entorpecentes, rixas e delitos de trânsito, as penas alternati-

Ajudam a desafogar prisões superlotadas e reduzem os índices de reincidência no crime vas têm curta duração e envolvem – entre outras sanções – a obrigatoriedade de doação de umdeterminadonúmerodecestas básicas ou de prestação de serviços comunitários, multas pecuniáriaseinterdiçãotemporária de direitos, mas sem privação de liberdade. Quemfoicondenadopordirigir bêbado, por exemplo, recebe a assistência de um psicólogo e de um assistente social, é encaminhado a um grupo de Alcoólicos Anônimos e ainda tem devisitarhospitaispara se conscientizar das consequências que os acidentes causam àssuas vítimas. No caso da obrigatoriedade deprestaçãodeserviçosàcomunidade, muitos condenados se adaptam de tal modo às ativida-

modou, e nos últimos anos vem sucateando a planta de telefonia pública, não dando manutenção aos telefones e muito menos colocando cartões telefônicos à disposição da população nas áreas onde opera. E sem ser molestada pela Anatel, que deveria multá-la, até fechá-la, se fosse o caso. Obviamente, não é interessante para a Oi manter um serviço essencial à população, em especial a de baixa renda, mas pouco rentável em comparação com a telefonia móvel, por exemplo. E é disso que o presidente, que se diz defensor dos pobres do Brasil, deveria ocupar-se, ou seja, que a empresa cumpra primeiro suas obrigações com a população, não socorrer empresas amigas. E viva o livre mercado, a concorrência, quem não tem competência tem de quebrar mesmo. Depois, basta (re)incorporá-la à Telebrás. EUIZER DOMINGOS FORNER euizer@ig.com.br Extrema (MG)

desquetêm deexecutarque,depois de cumprir a pena, acabam sendocontratadospelas entidadesonde serviam,oqueédecisivo para sua reintegração social. Atualmente, existem 20 varas especializadas em penas alternativas em funcionamento em todo o País. E 389 centrais e núcleos de monitoramento, coordenadospelo Departamento Penitenciário Nacional, controlam o cumprimento das penas, com a colaboração de uma rede de cerca de 12 mil escolas, hospitais,organizações não-governamentais (ONGs), movimentos sociais, entidades comunitárias e institutos mantidos por centros universitários e até por empresas particulares. Além de ajudar a desafogar prisões superlotadas, as penas alternativas têm reduzido os índices de reincidência criminal. Uma pesquisa realizada pelo grupo de criminologia da Faculdade de Direito da Universidadede Brasília entre condenados a penas alternativas, por crime de furto e roubo no Distrito Federal, revelou que a reincidência entre eles é de 24,2% – ante umataxade54%entre oscondenados que cumprem pena em penitenciária. No caso dos crimesmais leves,comorixaedelitos de trânsito, a reincidência caipara1,6%,segundoasestatísticas do Conselho Nacional de Justiça. Paraosjuízescriminais,aspenas alternativas poderiam ser aplicadas em maior número de casos, não fossem as deficiênciasnaestruturanecessáriaàfiscalização de seu cumprimento. Esse é um dos desafios que as autoridades têm de enfrentar.

“Esse Bolsa-Família que o candidato Serra promete ampliar e fortalecer não é o mesmo que o PSDB tachou de assistencialista e eleitoreiro, várias vezes?” ROGÉRIO PROENÇA RIBEIRO / ARARAS, SOBRE A ELEIÇÃO roger_fani@hotmail.com

“Se Lula já está sondando nomes para o Ministério de Dilma, está mais do que provado que, caso ela vença, é ele que vai governar” ROBERT HALLER / SÃO PAULO, IDEM robelisa@click21.com.br

E

ropeu. A situação é mais séria na Espanha e em Portugal, que figuram hoje como grandes investidores no Brasil. É significativo que as transferências de lucros para a Espanha tenham atingido cerca de US$ 1,1 bilhão no quadrimestre, um aumento de 80% com relação ao mesmo período do ano passado. Já os investimentos espanhóis no Brasil tiveram um recuo de 74% de janeiro a abril. É normal esperar que, com a aceleração do ritmo de atividade no Brasil, as empresas instaladas no País obtenham maiores ganhos e que as subsidiárias das múltis remetam mais

Subsidiárias no Brasil de empresas europeias ajudam suas matrizes a enfrentar a crise lucros para o exterior, o que tem sido também favorecido pela sobrevalorização do real. E essa tendência se acentua quando os países que aqui mais investem passam por crises. Como mostrou reportagem do Estado (15/6), as remessas de lucros cresceram mais de dez vezes desde 2000, atingindo o pico de US$ 33,8 bilhões em 2008, sob influência direta das turbulências da economia nos EUA, que desembocaram na crise de 2008/2009, com repercussões globais. Isso,naturalmente,causaproblemas para o balanço de pagamentosdo Brasil.Comum superávit comercial bem mais baixo que nos últimos anos e com fortepressãosobreacontadeserviços e rendas, que se agrava com

Avenida Engenheiro Caetano Álvares, 55 6º andar, CEP 02598-900 Fax: (11) 3856-2920 E-mail: forum@grupoestado.com.br

VOCÊ NO ESTADÃO.COM.BR TEMA DO DIA

TOTAL DE COMENTÁRIOS NO PORTAL:

Brasil vence Costa do Marfim e se classifica

1.634

Seleção fez 3 a 1 com gols de Luís Fabiano e Elano; jogo ficou tenso no final e Kaká foi expulso ● “A seleção melhorou como equipe e individualmente. Kaká apanhou sem revidar. Qualquer um ficaria irritado com o juiz.” ANA CLÁUDIA

● “Depois do rachão contra a Coreia do Norte, a jabulani foi tratada com carinho pelos nossos jogadores.”

“Após decisão do TSE, caiu a ficha do senador Dornelles (PP-RJ). Ainda bem...” FRANCISCO ZARDETTO / SÃO PAULO, SOBRE A FICHA LIMPA fzardetto@uol.com.br

o maior peso do déficit do item remessa de lucros e dividendos, o déficit em transações correntes pode superar US$ 76,1 bilhões este ano, como estima o Banco Central. Tudo vai depender do saldo da conta de comércio, que está em recuperação. O Brasil não tem motivo para adotar restrições, ainda que burocráticas, ao fluxo internacional de capitais, mesmo porque é um de seus grandes beneficiários. Os investimentos diretos das empresas europeias podem cair,assuasremessaspodemaumentar, mas não é irrealista esperarqueoinvestimentoestrangeiro cresça no segundo semestre deste ano, podendo alcançar US$ 36 bilhões em dezembro, como é a expectativa do mercado. Como mostrou um estudo do professor Antonio Corrêa de Lacerda, da PUC, o Brasil é, entreosBrics,opaís quemais recebeu investimentos diretos estrangeiros em relação ao PIB. Deve-se ter emcontatambém que hoje são dezenas as empresasbrasileirascom braçosnoexterior. Se hoje os lucros remetidospara o Paíspor essas companhias são relativamente pequenos,eles tendemacrescer,reduzindoodéficit noitemderemessas de lucros e dividendos. As reservas internacionais, que já alcançam US$ 251,64 bilhões (posição em 14/6), constituem uma poderosa defesa contracrisesinternacionaisdeliquidez. Mas isso não basta. O Brasil estará tanto mais protegido se moderar o crescimento da economia e conseguir manter as contas do setor público em ordem. E não é isso que o governo está fazendo.

PAULO PANOSSIAN

● “O gol com toque de mão é gol da sacanagem. É mais gostoso! Coisa de brasileiro, argentino e francês.” ANTÔNIO GUILHERME CAMPOS SANTOS

As cartas devem ser enviadas com assinatura, identificação, endereço e telefone do remetente e poderão ser resumidas. O Estado se reserva o direito de selecioná-la para publicação. Correspondência sem identificação completa será desconsiderada. Central de atendimento ao leitor: 3856-5400 – falecom.estado@grupoestado.com.br Central de atendimento ao assinante Capital: 3959-8500 Demais localidades: 0800-014-77-20 www.assinante.estadao.com.br Classificados por telefone: 3855-2001 Vendas de assinaturas: Capital: 3950-9000 Demais localidades: 0800-014-9000 Central de atendimentos às agências de publicidade: 3856-2531 – cia@estado.com.br Preços venda avulsa: SP: R$ 2,50 (segunda a sábado) e R$ 4,00 (domingo). RJ, MG, PR, SC e DF: R$ 3,00 (segunda a sábado) e R$ 5,00 (domingo). ES, RS, GO, MT e MS: R$ 5,00 (segunda a sábado) e R$ 6,50 (domingo). BA, SE, PE, TO e AL: R$ 6,00 (segunda a sábado) e R$ 7,50 (domingo). AM, RR, CE, MA, PI, RN, PA, PB, AC e RO: R$ 6,50 (segunda a sábado) e R$ 8,00 (domingo) Preços assinaturas: De segunda a domingo – SP e Grande São Paulo – R$ 64,90/mês. Demais localidades e condições sob consulta.


A4 %HermesFileInfo:A-4:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Nacional

estadão.com.br Ao vivo. Acompanhe sabatina de José Serra às 11h http://blogs.estadao.com.br/radar-politico/

Sucessão. Candidato tucano à Presidência voltou a atribuir à adversária petista fabricação de documento contra ele, cobrou uma atitude mais categórica do presidente Lula e negou que sua equipe de campanha use a mesma estratégia para atingir adversários

Serra cobra desculpas de Dilma por dossiê e diz que petista é responsável André Mascarenhas ESTADÃO.COM.BR

Fausto Macedo

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, afirmou que a petista e sua adversária na disputa, Dilma Rousseff, deveria ter pedido desculpas e afastado imediatamente os assessores acusados de envolvimento na montagem de um suposto dossiê contra o tucano. Durante gravação do programaRoda Viva,da TV Cultura,anteontem, ele novamente atribuiu a Dilma a fabricação do documento. “Não sei se ela(Dilma) tinha (conhecimento), mas ela é responsável”, disse. O programa vai ao ar hoje, a partir das 22h. Para Serra, o dossiê supostamente encomendado pela equipe da petista é material “requentado”. “Quem não gosta de ouvir fofoca”, respondeu ao ser questionado se os dossiês seriam um mal necessário nas campanhas. “OPTtemdivulgadoissohámuito tempo em seus blogs”, disse. “Quando se fala em dossiê, é bom que se diga fajuto.” Ele negou que sua campanha useamesmaestratégiaparaatingiradversários. Ontem,no intervalo do jogo do Brasil com a Costa do Marfim, que assistiu em uma quadra esportiva na zona leste, Serra foi categórico ao cobrar do governo Lula investigação. “Tinha que ter uma comissão de sindicância, é o mínimo que se espera”, disse. Pouco antes, Geraldo Alckmin, candidato tucano ao governo do Estado, já havia apontado para o Planalto. “Ogovernofederalprecisaexplicar como é que o sigilo da Receitaé quebrado.A sociedade brasileira espera explicações.” Apesar de os petistas negarem a produção do dossiê, o PSDB insiste em responsabilizar a candidatadoPTpeloepisódio.“Aprincipal responsabilidade por esse novo dossiê é da candidata Dilma Rousseff. Disso eu não tenho dúvida, assim como o principal responsável pelo dossiê dos aloprados foi o Aloizio Mercadante e como a principal responsabilidade por dossiês em 2002 foi do Ricardo Berzoini”, disse Serra no primeiro comentário público

É gol!

Primeira fila. Serra assistiu ao jogo do Brasil em evento da militância tucana, na zona leste paulista

TUCANO FESTEJA, MAS ERRA PALPITE Presidenciável chega atrasado, assiste ao jogo com Alckmin e Kassab na zona leste e, atordoado pelas vuvuzelas, providencia comemoração contida sobre o episódio, no início do mês, logo depois das denúncias publicadas pela revista Veja. Na época, os tucanos decidiram que partiriam para o contraataque.“Vamosparaabriga”,disse o presidente do PSDB, Sérgio Guerra,quetambémécoordenador da campanha de Serra. Os tucanos tentam colar em Dilma a autoria do documento relembrando o caso do dossiê com gastos do cartão corporativo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e de sua mulher Ruth Cardoso. O documento, que indicaria gastos pessoais irregulares na gestão FHC, teria sido elaborado pela Casa Civil, quando Dilma era ministra. Privatização. Na entrevista ao

‘Escolhemos esperar até o fim’, afirma presidenciável sobre o vice O presidenciável tucano José Serra não conseguiu escapar da pergunta sobre a escolha de seu vice. Até agora, o PSDB ainda

MARCIO FERNANDES/AE

não definiu quem vai compor a chapa com Serra. “Não trouxe o vice. O vice vai ser anunciado no fim do mês.

E

m meio à tormenta dos dossiês e a correria de campanha, José Serra tirou a tarde de ontem para um compromisso mais ameno no Itaim Paulista, extremo leste da cidade, limite com Ferraz de Vasconcelos. Na quadrafechadade umaassociação esportiva ele assistiu ao segundo jogo do Brasil na Copa, contra os Elefantes da Costa do Marfim. A bola rolava havia dez minutos quando o tucano acomodou-se na primeira fila, em uma cadeira de plástico, ao lado de Geraldo Alckmin, candidato ao governo do Estado, do prefeito Gilberto Kassab, e nomes do segundo escalão tucano. À sua frente, o telão de 200 polegadas e os fotógrafos e câmeras de TV que perseguiam suasreaçõesa cadalance.“Dois a um para o Brasil”, arrisca. Errou o palpite e ainda saiu de lá com as orelhas ardendo de tantavuvuzelaqueos500convidados não pararam de assoprar um instante só por todo o galpãoabafado.Foifestadamilitância, que reuniu os 19 diretórios do PSDB na região mais excluída da metrópole. Roseli Geraldo, da agremiação em Guaianases, não queria que o evento ganhasse ares de campanha. Mas ganhou. Para a criançada, que fez fila, pipoca e algodão doce.

No último dia 7, o PT ingressou na Justiça de São Paulo com interpelação à José Serra. O partido quer que o tucano explique as acusações à Dilma

Rousseff no episódio do dossiê. Serra já declarou em mais de uma ocasião que a presidenciável petista é responsável pela elaboração do suposto dossiê. Na semana passada, o delegado da PF aposentado Onézimo Sousa confirmou, em depoimento a parlamentares, que PT pediu o dossiê.

Roda Viva, Serra falou também sobre economia, segurança e educação, além de ter defendido a união civil de homossexuais, mas não o casamento, e se posi-

cionadocontraadescriminalização da maconha. Ao abordar a privatização, assunto sensível ao PSDB, o tucano procurou mostrar em que

pontos tentará marcar diferenças com as políticas do governo Lula. Questionado se levaria para o resto do País a política de privatizaçãode estradas doEstado de São Paulo, demonstrou considerar a possibilidade. “Mas uma coisa eu garanto: se for feito, vai ser bem feito”, afirmou. O presidenciável defendeu o modelopara osaeroportosbrasileiros e criticou a concessão de empréstimos de bancos públicos para a fusão de empresas privadas, que classificou como o “modelo de privatização” do governo Lula. Ao responder sobre as tarifas elevadas dos pedágios em São Paulo, atacou os rivais. “Você está apenas retransmitindo o que diza oposição”, respondeuSerra

Não tem demora. Tem o prazo até o fim do mês, então nós escolhemos esperar até o fim”, disse ele. Depois, brincou:“Já que ninguém perguntou, eu digo, o vice vai ser a Argentina”, fazendo referência à Copa do Mundo. Como vem fazendo sempre que tem a oportunidade, o tuca-

no atacou o loteamento de cargos no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. “Eu não acredito que seja um mal necessário para o País o loteamento de cargos”, diz, ao ser questionado se é possível governar sem alianças com políticos mal intencionados.

“Eu estou combatendo essa ideia (do mal necessário)”, afirmou. Serra aproveitou também para atacar o loteamento a Fundação Nacional de Saúde e nos Correios.No final, defendeu que a Lei de Responsabilidade Fiscal sejaestendida paratodasasesferas da União. / A.M. e F.M.

PARA LEMBRAR

PT entrou na Justiça contra tucano

QuandoLuís Fabiano desencanta e enfia a bola nas redes do adversário Alckmin dá um salto, lépido!, e Lu aplaude. Serra, mais contido, levanta-se como em cerimônia oficial, ergue as mãos para os céus e depois bate palmas. Meia hora de jogo. Serra e Alckmin emendam conversa ao pé do ouvido, embora fustigados pela arruaça. Aos 32, Guilherme Afif, do DEM, rouba a cena. Um tanto fora do peso, enfiado em camiseta verde do escrete nacional, faz arriar as pernas finas da cadeira e vai ao chão de cimento. Não foi nada, só o susto. Logo vem o pessoal do cerimonial, três deles, cada um com uma cadeira reforçada nas mãos. Cismado, Serra põe-se de pé e olhaparaasua.Assessoriaarruma assento novo para o chefe. Na segunda etapa, aos oito, umelefante ameaça a metabrasileira. Serra leva as duas mãos à cabeça – no intervalo ele havia declaradoque CostadoMarfim é time fraco. Faz muito calor, o tucano enxuga o suor com um lenço. Um copo de água lhe é servido. Protesta por impedimento quando Drogba, o astro inimigo, anota de cabeça. Perguntam a ele se trocaria o time. “Não vou dar uma de técnico, senão o Dunga vai opinar sobre campanha presidencial.” / F.M. ao apresentador do programa. “Esse é o trololó petista, que tem muito pouco a falar sobre São Paulo”, completou. Economia. Serra procurou diminuiraresponsabilidadedogoverno Lula no avanço econômico do País. Para ele, a alta taxa de crescimentonoprimeirotrimestre de 2010 é resultado da expansão reduzida dos últimos anos. “No ano passado crescemos 0%”, lembrou o ex-governador, para quem há um processo de ‘desindustrialização’ no Brasil. Citou a indústria da celulose, setor em que, segundo ele, o país exporta matéria-prima para importar o produto final. Indagado sobre de quem é a culpa, disse: “É do atual governo. Mas muitos deles não sabem disso. O presidente Lula não sabe. Ele vai levando”, afirmou. O presidenciável tucano tambématacou o loteamento decargos no governo federal, comentou sobre a escolha do vice que vai compor a sua chapa e ainda defendeu a ampliação da Lei de Responsabilidade Fiscal para todos os níveis da administração federal (leia texto ao lado).

TASSO MARCELO/AE-19/6/2010

Marina vai ao Pará e participa de festa da Assembleia de Deus

PV confirma Montserrat Martins ao governo no RS ● O PV gaúcho oficializou ontem

Depois de participar de convenções em SP e RJ, candidata comemorou 99 anos da igreja, mas evitou falar de política no ato Carlos Mendes ESPECIAL PARA O ESTADO / BELÉM

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, teve um presença discreta na capital paraense,anteontem ànoite,onde compareceu para comemorar, no estádio Mangueirão, os 99 anos de fundação da Assembleia de Deus. Ele chegou ao Pará depois de

participar das convenções estaduais do PV, em São Paulo e no Rio. Marina permaneceu menos de uma hora no estádio e saiu apressada, sem falar com os jornalistas. A mesma atitude de evitar a imprensa ela teve em São Paulo, depois da convenção do PV que oficializou Fábio Feldmann ao governopaulista. Evangélica, ela disse apenas que esteve em Belém para um “ato de fé”. No palco onde estavam pastores, a governadora Ana Júlia Carepa (PT) e outros convidados, Marina evitou falar de política e foi econômica com as palavras: “É uma festa da Assembleia de

Deus no lugar onde tudo começou. Eu faço parte desta igreja e vim aqui para celebrar com os irmãos. Estou muito feliz”, afirmou a presidenciável do PV. A Assembleia de Deus parece dividida na eleição presidencial. No Pará, segundo os pastores da igreja, a maioria dos fiéis demonstrasimpatiapeloscandidatos José Serra e Dilma Rousseff. “Eu prefiro o Serra”, disse o obreiro Raimundo Costa. Um amigo dele, Seráfico Temístocles Favacho, completou que prefere Dilma, mas não pelos méritos da candidata do PT e sim “porque é a indicada pelo presidente Lula”.

o nome do médico Montserrat Martins como candidato ao governo do Rio Grande do Sul. No encontro, realizado na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, cerca de cem partidários aprovaram também Luis Carlos Evangelista como candidato a vice-governador. Foram aprovadas ainda as nominatas de pré-candidatos a deputado estadual, com 51 nomes, e de deputado federal, com 21. Por causa de nomes inscritos na última hora para concorrer à vaga ao Senado, a executiva do partido deve ser reunir hoje para definir o candidato. / LUCAS AZEVEDO, ESPECIAL PARA O ESTADO

Maratona. Depois de SP e RJ, Marina ainda foi para Belém


%HermesFileInfo:A-5:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Nacional A5


A6 Nacional %HermesFileInfo:A-6:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Os ‘nanicos’ que querem suceder a Lula Candidatos de partidos pequenos que também disputam Presidência propõem ampliar Bolsa-Família, taxar bancos e liberar a economia Luís Fernando Bovo Ricardo Chapola

Reduzir o peso do Estado na economia, desocupar propriedades acima de 1.000 hectares para reforma agrária, socializar a educação, aumentar o valor do Bolsa-Família, priorizar a medicina preventiva, auditoria independente das contas públicas. Essas são algumas das propostas de oito candidatos “nanicos” que também disputam a Presidência.

O estadão.com.br e a TV Estadão entrevistaram oito candidatos. Eles apresentaram suas propostas, avaliaram a gestão Lula e comentarem sobre os principais concorrentes Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB). Entre os “nanicos” que disputam a sucessão de Lula, há nomes conhecidos e respeitados, como Plínio de Arruda Sampaio (PSOL). Há outros que já são conhecidos dos eleitores por conta desuaspropostas, comoLevy Fidélix (PRTB) e o seu aerotrem,

Rui Pimenta (PCO)

estadão.com.br TV. Veja a entrevista com Rui Pimenta estadao.com.br/e/pco

Levy Fidélix (PRTB)

TV. Veja a entrevista com Mario de Oliveira estadao.com.br/e/ptdob

lançar como candidato não foi a aspiraçãodavitória,mas,sim,para promover politicamente a classe operária. Pensamento oposto tem Oscar Silva (PHS), que faz planos para o caso de ser eleito. “Há muita insatisfação comosíndicesdesegurança,saúde e educação e, por esta razão, que o PHS tentará trabalhar em cima destas propostas.” Eymael destaca que o importante é o investimento no setor público, comonos planos decarreira e políticas salariais compe-

titivas. Américo de Souza (PSL) já possui um plano de governo naslivrarias,intitulado “UmNovo Brasil”. Para ele, é essencial uma reforma tributária para re● Recusa

Ivan Pinheiro (PCB) e Ciro Moura (PTC) não compareceram para as entrevistas na TV Estadão. Foram procurados entre 26 de maio e 18 de junho. Agendaram a conversa, mas desmarcaram.

Oscar Silva (PHS)

ver e eliminar vários impostos e tributos, como IPVA e IPTU. Ele também defende o aumento do benefício do Bolsa-Família. Zé Maria (PSTU) acha importante que a classe trabalhadora tenha representantes na disputa e que sejam propostos projetos socialistas no País. Fidélix, além da antiga proposta do aerotrem, pretende taxar os bancos para ampliar o Bolsa-Família. Mario de Oliveira (PT do B) quer liberaraeconomia,reduzindoao mínimo a intervenção do Estado.

Plínio de A. Sampaio (PSOL)

PROPOSTAS

PROPOSTAS

PROPOSTAS

PROPOSTAS

O programa do partido é formado fundamentalmente pelas reivindicações tradicionais do movimento operário brasileiro e internacional. Defende a superação do capitalismo pelo socialismo.

Seu primeiro ato seria abolir a lei de mercado. Defende uma reforma econômica-financeira. Construção do aerotrem, taxar os bancos e ampliar o valor pago aos beneficiários do Bolsa-Família.

Oferecer serviços de qualidade aos cidadão. Enxugar os gastos do Estado. Implantação de um sistema de saúde que leve o atendimento particular a todos os cidadãos. A medicina preventiva também será prioridade.

Priorizar a educação e a reforma agrária. Propriedades acima de mil hectares, produtivas ou não, poderão ser desocupadas para futura reocupação. Outra medida é a socialização da educação.

Mario de Oliveira (PT do B)

estadão.com.br

ou por conta de seus jingles, como é o caso de José Maria Eymael (PSDC) – “ê, ê, Eymael”. Plínio não poupou críticas a Dilma e Serra. Segundo ele, as propostas de ambos, no fundo, dizem a mesma coisa e “têm raiz neoliberal”.“Apesar dasdiferentes nuances feitas pelos adversários, nenhuma delas resolverá os problemas reais que acometem nosso País”, afirmou. Rui Pimenta (PCO) admite que não há chances de vencer. Ele afirma que o propósito de se

estadão.com.br TV. Veja a entrevista com Levy Fidélix estadao.com.br/e/prtb

José Maria Eymael (PSDC)

estadão.com.br TV. Veja a entrevista com Oscar Silva estadao.com.br/e/phs

Américo de Souza (PSL)

estadão.com.br TV. Veja a entrevista com Plínio A. Sampaio estadao.com.br/e/psol

Zé Maria (PSTU)

PROPOSTAS

PROPOSTAS

PROPOSTAS

PROPOSTAS

Reduzir o peso do Estado sobre a economia. Projeto principal tem como base a liberação total da economia do País, com a menor intervenção estatal possível, reduzindo tributos e desonerando impostos, visando crescimento.

Novo modelo de gestão, fundamentada em 5 ferramentas: fim de cargos de gestão, plano de carreira, auditoria independente das contas públicas, melhorar o serviço público e fazer do tributo um instrumento de desenvolvimento.

Elevar a produção industrial brasileira e aumentar os empregos oferecidos. Fazer uma reforma tributária urgente, eliminando vários impostos, como o IPVA e IPTU. Ampliar o valor do benefício pago no Bolsa-Família.

A prioridade é mudar a estrutura econômica do País. Estatização de empresas que exploram recursos naturais, do sistema financeiro e a nacionalização da terra. Também livrar a dependência do Brasil ao capital internacional.

estadão.com.br TV. Veja a entrevista com José M. Eymael estadao.com.br/e/psdc

estadão.com.br TV. Veja a entrevista com Américo de Souza estadao.com.br/e/psl

estadão.com.br TV. Veja a entrevista com Zé Maria estadao.com.br/e/pstu

AYRTON VIGNOLA/AE-17/6/2010

PP oficializa Russomanno, que ataca o PSDB Apesar de o seu partido integrar base tucana no Estado, candidato diz que vai mostrar o que chama de ‘burrice gerencial’ Moacir Assunção Gabriel Manzano

Pré-candidato do PP de Paulo Maluf ao governo do Estado, o deputado federal Celso Russomannovaienfrentarnestadisputa duas candidaturas de peso, que representam, respectivamente, o governo estadual e o federal: o ex-governador Geraldo Alckmin(PSDB), que temliderado com folga as últimas pesquisas de intenção de voto, e o senador Aloízio Mercadante (PT), que aparece em segundo. Diante de adversários tão poderosos, com enormes coligações, ele tem a mostrar apenas

conversas com partidos nanicos como o PHS e o PTC, mas garantequevaiaoconfronto.OPP realizahojea convençãoparaoficializar o nome de Russomanno. Apesar de o seu partido integrar a base de apoio do PSDB na Assembleia Legislativa, afirma que vai mostrar o que chama de “burrice gerencial” dos tucanos, há 16 anos à frente do Estado, principalmente nas áreas de segurança pública, educação e saúde, temas que pretende atacar. “Há duas candidaturas fortes, reconheço. Ambas contam com a máquina federal e estadual, o que atrai recursos e coligações. Entretanto, se eles são o pão do sanduíche, eusouo recheio, portanto o melhor para São Paulo. Sou o novo e tratarei de forma diferente dos problemas que nos atingem, colocando temas que jamais foram discutidos em campanhas”, afirmou. Ele diz que o PP caminha para a neutralidade entre as candida-

● Propostas

CELSO RUSSOMANNO CANDIDATO DO PP AO GOVERNO DE SP

“Vamos aplicar melhor o orçamento, que ultrapassa os R$ 125 bilhões. Eu já fiz as contas e concluí que é possível fazer mais com os mesmos recursos, apenas aplicando-os de forma mais inteligente” “Sou contra a progressão continuada, que vejo como uma forma de aumentar vagas, sem construir escolas. Isso tira totalmente a autoridade do professor e o estímulo para os bons alunos”

turas de Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), com liberdade de ação para os Estados. “Em São Paulo, tenho aparecido bem nas pesquisas, o que nos deixa

animados.” Nas eleições de 2008, Russomanno tentou sair para prefeito, mas houve uma disputa judicial com o presidente do partido, o deputado Paulo Maluf,que acabousendo ocandidato. Mas o deputado diz que as feridas estão cicatrizadas. “As feridas cicatrizaram, senão seria um problema sério. Tivemos problemas no passado, não por questões ideológicas, mas de espaço político no partido. Hoje, Maluf é um entusiasta da minha campanha, com a qual está muito animado”, disse ele. Aliança. No Estado, o PP integra a base do PSDB, mas Russomanno não vê conflitos em tratar de temas sensíveis aos tucanos, como saúde, segurança e educação. “Não citarei pessoas, mas vou mostrar os problemas. Nestas áreas há muitas coisas a serem contestadas”, afirmou. “Nãoseinvesteemmedicinapreventivae,emconsequência,lota-

Alvos. Russomanno aponta problemas em várias áreas mos hospitais, pagando duas vezes pelo mesmo serviço. Gastamos muito e mal com saúde, somente preocupados em tratar doenças em vez de montar equipes do Programa Saúde da Família, por exemplo, para trabalhar com a prevenção.” O deputado também dispara contra a educação. “Sou contra a progressão continuada, que vejo como uma forma de aumentar vagas, sem construir escolas. Isso tira totalmente a autoridade

doprofessor e o estímulo para os bons alunos. Também não concordo com a política de oferecer bônus, que não se incorporam ao salário dos professores.” Outra área que será alvo das críticasdeRussomannoé asegurança pública. “A polícia de São Paulo é a que pior paga no Brasil e, por causa dos baixos salários, o policialé obrigadoa fazer bicos para complementar a renda. No anopassado,morreram200policiais no trabalho extra.”

CRISTIANO COUTO/HOJE EM DIA

‘Estado’ está sob censura há 325 dias Desde o dia 29 de janeiro, o Estado aguarda uma definição judicialsobre o processo que o impede de divulgar informações a respeito da Operação Boi Barrica, pela qual a PF investigou a atuaçãodoempresárioFernandoSarney. A pedido do empresário, que é filho de José Sarney (PMDB-AP), o jornal foi proibido pelo TJ-DF em 31 de julho do ano passado de noticiar fatos relativos à operação da PF. Em18 de dezembro, Fernando Sarneyentrou compedidodedesistência da ação. Mas o jornal não aceitou o arquivamento. No dia29 dejaneiro,o advogadoManuelAlceuAffonsoFerreiraapresentoumanifestaçãoemque sustenta a preferência do jornal pelo prosseguimento da ação, para que o mérito seja julgado.

Patrus vai ouvir a mãe antes de aceitar ser vice de Costa Ex-ministro disse que decide até quarta se vai compor a chapa com peemedebista para disputar governo Jozane Faleiro ESPECIAL PARA O ESTADO BELO HORIZONTE

O ex-ministro do Desenvolvimento Social e do Combate à Fome Patrus Ananias, cotado para ser vice na chapa de Hélio Costa (PMDB) ao governo de Minas, afirmou ontem que até quarta-feira irá definir sua candidatura. “Se o processo

continuar como vem se dando, tudo indica que nós vamos estar juntos, só não quero formalizar ainda esta questão porque quero ouvir algumas pessoas. A minha mãe é uma delas e, certamente, a mais importante.” Ele e os principais líderes do PT e PMDB estiveram reunidos ontem, no 23.º Encontro Estadual doPT, em Contagem (MG). Aclamado pelos petistas no evento,Hélio Costadissequetodos rezarão nos próximos dias para que Patrus receba a bênção da mãe e possa, então, compor a chapa. Para agradar ainda mais seu quase vice, o candidato afirmou que a área social será uma das prioridades de seu governo.

Parceria. Costa e Patrus No encontro, as lideranças lançaram o movimento “Dilmélio”, uma tentativa de neutralizar o “Dilmasia”, criado pela base aliada do atual governador do Estadoquebuscaareeleição,Antonio Anastasia (PSDB).


%HermesFileInfo:A-7:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

ENTREVISTA

Ricardo Lewandowski, Presidente do TSE

‘Pode ter certeza que a lei vai pegar’ Presidente do TSE afirma que Lei da Ficha Limpa é um desejo da sociedade, que quer a moralização dos costumes políticos Felipe Recondo / BRASÍLIA

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, avisa: “O eleitor pode ter certeza de que a Justiça Eleitoral aplicará a Lei da Ficha Limpa com o máximo rigor. Ela vai pegar, pois corresponde ao desejo manifestado pela sociedade brasileira de moralização dos costumes políticos.” O ministro afirma não ver possibilidades de o Congresso alterar a lei para as próximas eleições. E diz que a lei pode tirar do cenário político “aqueles que têm um passado reprovável e os que pretendem ocupar um cargo eletivo apenas para benefício próprio”.

aplica integralmente às eleições gerais deste ano, alcançando inclusive condenações pretéritas. O eleitor pode ter certeza de que a Justiça Eleitoral aplicará a Lei da Ficha Limpa com o máximo rigor. Ela vai pegar, pois corresponde ao desejo manifestado pela sociedade brasileira de moralização dos costumes políticos. ● O senhor acha o Congresso pode mudá-la para as próximas eleições?

A grande maioria dos políticos é constituída por pessoas idealistas, trabalhadoras e honestas. Apenas uma pequena minoria – embora bastante conspícua – de políticos ímprobos é que será alcançada pela Lei da Ficha Limpa. Não creio que o Congresso irá revogá-la ou abrandá-la, mesmo porque ela foi aprovada por uma ampla maioria na Câmara e no Senado. ● Que efeito essa lei vai provocar

● O eleitor pode esperar de fato que políticos com ficha suja estarão fora das eleições ou a Justiça eleitoral será flexível? Em suma, a lei vai pegar?

A lei complementar 135/2010 (Lei da Ficha Limpa) é bastante clara ao declarar inelegíveis para qualquer cargo aqueles que se encontrem nas situações nela contempladas. O pronunciamento do TSE foi bastante incisivo no sentido de que ela se

na cultura política nacional?

Eu espero que essa lei contribua para afastar do cenário político aqueles que têm um passado reprovável e os que pretendem ocupar um cargo eletivo apenas para benefício próprio, atraindo, em contrapartida, candidatos que possuam real vocação para servir o bem comum. ● A lei permite que o candidato que tiver o registro negado con-

corra às eleições mesmo assim. Não corremos o risco de ter uma eleição sub judice?

Isso já acontece com a legislação eleitoral vigente. O candidato com registro indeferido, que tenha obtido uma liminar na Justiça, pode prosseguir com a campanha, mas por sua conta e risco. Nada mudou substancialmente quanto a esse aspecto. ● Como garantir que a lei gere o mesmo efeito em todo o País? Não há risco de ela ser aplicada de formas distintas pelos TREs?

O TSE é a instância máxima no tocante à interpretação da legislação eleitoral. O seu pronunciamento sobre o tema deve pautar a ação de todos os TREs e juízes eleitorais, bem como a dos candidatos e partidos políticos em todo o País. ● Há riscos de o STF suspender a eficácia da lei para estas eleições?

Qualquer questão constitucional pode ser submetida à apreciação do Supremo. Lembro, contudo, que o TSE baseou-se em precedentes do próprio STF, o qual, ao pronunciar-se sobre a lei complementar 64/1990 (Lei das Inelegibilidades), que dispunha sobre matéria semelhante, decidiu por sua aplicabilidade imediata.

Nacional A7

RIO GRANDE DO SUL

DISTRITO FEDERAL

SÃO PAULO

PSB e PSOL fecham candidaturas estaduais

PMDB, PT, PSB e PDT confirmam aliança

Vice de Mercadante só será anunciado sábado

O PSB gaúcho aprovou, durante convenção estadual no sábado, a coligação com o PT. O encontro aprovou a indicação de Beto Grill como vice na chapa com o candidato ao governo Tarso Genro. Também no sábado, o PSOL realizou sua convenção estadual para oficializar a candidatura de Pedro Ruas ao governo, com Marliane Ferreira dos Santos como vice. O partido oficializou ainda dois nomes para o Senado: Bernadete Menezes e Luiz Carlos Lucas.

O PMDB do Distrito Federal confirmou no sábado a aliança com o PT na disputa pelo governo. A aliança entre as duas legendas foi aprovada por 97 dos 122 votos. Tadeu Filippelli ocupará a vaga de vice na chapa encabeçada pelo petista Agnelo Queiroz, ex-ministro dos Esportes. A aliança conta ainda com o PSB e com o PDT, que indicarão os candidatos ao Senado: o deputado federal Rodrigo Rollemberg (PSB) e o senador Cristovam Buarque (PDT).

O pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, senador Aloizio Mercadante, disse que o nome do candidato a vice de sua chapa será anunciado apenas na convenção estadual do PT, marcada para sábado, dia 26. O PT estuda três nomes para a vaga. Dois nomes são do PDT: Major Olímpio e Manoel Antunes. O terceiro nome é do senador Eduardo Suplicy (PT). Algumas alas dentro do PT rejeitam os nomes dos aliados e querem uma chapa puro-sangue.


A8 %HermesFileInfo:A-8:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

estadão.com.br

Internacional

Blog. Leia a entrevista com Juan Manuel Santos http://blogs.estadao.com.br/radar-global

Vitória arrasadora. Ex-ministro da Defesa, Santos recebe maior número de votos da história colombiana e derrota o opositor Antanas Mockus por uma diferença de mais de 40 pontos; favoritismo, fortes chuvas e Copa do Mundo fazem abstenção chegar a 55%

Eleito com folga, candidato de Uribe promete governo de união na Colômbia ARIANA CUBILLOS/AP

● Resultado reconhecido ● O ESTADO

NA

Juan Manuel Santos

COLÔMBIA

PRESIDENTE ELEITO

“Mockus foi um rival de alto nível, que fez a Colômbia pensar no valor da vida, transparência e legalidade. Compartilhamos essas bandeiras e o convido a, juntos, mantê-las no alto”

Renata Miranda ENVIADA ESPECIAL / BOGOTÁ

Confirmando o favoritismo e as pesquisas de intenção de voto, o candidato governista Juan Manuel Santos foi eleito ontem o novo presidente da Colômbia, com 69% dos votos, prometendo um governo de “unidade nacional”. Com mais de 9 milhões de votos, Santos obteve a maior votação na história da Colômbia, superando as vitórias de seu mentor político Álvaro Uribe em 2002 e 2006. Em um segundo turno marcado pela abstenção, seu rival, Antanas Mockus, do Partido Verde, obteve 27% de apoio, com 99,77% das urnas apuradas. “Orelógio hojemarcauma nova hora, chegou a hora da unidade nacional”, afirmou Santos a milhares de partidários no Coliseu El Campín, em Bogotá. “Os colombianosvotaramporunidade e hoje sou o presidente eleito de todos.” O governista elogiou Mockus e convidou o opositor a participar de seu projeto de unidade. Santos também agradeceu o apoio de Uribe e prometeu dar continuidade às suas políticas. O novo presidente da Colômbia aproveitou o discurso para enviarumamensagemàcomuni-

Antanas Mockus CANDIDATO DERROTADO

“Desejo a (Juan Manuel) Santos o maior dos êxitos para o bem de nosso querido país”

Vencedor. Santos comemora vitória entre seu vice, Angelino Garzon, e sua mulher, Maria Clemencia, no centro de Bogotá dade internacional, garantindo melhorar as relações com os países vizinhos, como Venezuela e Equador. “Vocês podem ter certeza de que em meu governo encontrarão um aliado e um sócio.” Sobre o combate à guerrilha, Santos disse que “se esgotou o tempo das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia)”, prometendo “dureza e toda firmeza” na luta contra a insurgência. Mockus, ex-prefeito de Bogotá, felicitou seu rival pela vitória. Ele disse também que, apesar de

suaderrota naseleições,seu partido consolidou-se como “uma força política independente”. O resultado das eleições é um claro reconhecimento do legado do presidente Álvaro Uribe, um dos líderes mais populares da América Latina que, em oito anosdegoverno,melhoroudrasticamente a segurança do país. Em pronunciamento na TV, Uribe felicitou Santos e agradeceu o Exército pela segurança durante o processo eleitoral. Como seu ministro da Defesa, Santos recebeu parte dos crédi-

tospelos impressionantes resultados da política de Segurança Democrática e é visto como o símbolodecontinuidade das populares medidas do governo. Apesar da proximidade com o presidente, Santos promete fazer mudanças na Casa de Nariño. Analistas, porém, acreditamqueapós avitóriade seuherdeiro político, a presença de Uribe no próximo governo deve ser

forte(maisinformaçõesnestapágina). A governabilidade de Santos também está garantida, com umabase de apoiode232 dos268 deputados da Câmara, ou 86% do total de cadeiras da Casa. Abstenção. “Altos níveis de votação melhoram sensivelmente os índices de governabilidade”, disse o articulista Edulfo Peña no jornal El Tiempo. “Uma maioria significativa de votos dá ao presidentemaisautoridadediante dos demais atores políticos.” Estima-se que apenas cerca de

45% dos colombianos foram às urnas escolher entre Santos e Mockus. Uma das principais preocupaçõesdestesegundoturno era tentar reduzir o número deabstenções–ovotonaColômbianãoé obrigatórioena primeira fase da eleição, 50% do eleitorado decidiu ficar em casa. O baixo comparecimento às urnas foi atribuído ao desânimo causado pela grande diferença de votos entre os dois candidatos no primeiro turno. As autoridadestambém temiamque osjogos da Copa do Mundo e a chuva desestimulassem os eleitores. “É um grande avanço para o nosso país que os maiores problemas desta eleição sejam as partidas de futebol e a chuva”, disse o candidato governista depois de ter votado pela manhã na capital. Ele elogiou o apoio do Exército para realizar as eleições.

PONTOS-CHAVE ● Vizinhos

O novo presidente terá a difícil tarefa de normalizar as relações com Venezuela e Equador, abaladas após um ataque aéreo contra um acampamento das Farc em território equatoriano

Combate à guerrilha foi prioridade de Uribe e seu sucesso em acuar rebeldes é determinou sua alta popularidade. Santos afirma que se recusará a negociar com a guerrilha

CARLOS GARCIA RAWLINS/REUTERS–12/5/2010

Farc

Economia

O novo presidente terá de desenvolver políticas que melhorem a economia da Colômbia – que está saindo da recessão – e incentivem a criação de empregos. O desemprego no país é de 12,4%

Narcotráfico

O combate ao tráfico de drogas é um dos desafios do futuro líder. Apesar da ajuda dos Estados Unidos, a Colômbia continua sendo o primeiro produtor mundial de cocaína

HENRY ROMERO/ REUTERS–7/8/98

Violência foi menor que em outras eleições No entanto, 16 morreram, entre policiais, soldados e guerrilheiros. Também foram apreendidas 74 bombas caseiras BOGOTÁ

Apesar da aparente calma na votação observada em Bogotá, outras regiões do país registraram alguns episódios de violência. Pelo menos seis guerrilheiros, sete policiais e três soldados morreram ontem em confrontos. Segundo o governo, seis re-

beldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) morreram após a Força Aérea bombardear um acampamento do grupo guerrilheiro no Departamento (Estado) de Meta, no sudoeste do país. Aregiãoéconsideradaestratégica para o cultivo da folha de coca e para a produção de cocaína. Outro ataque das Farc contra uma patrulha do Exército quetransportavamaterialeleitoral na mesma área deixou três soldados mortos. Emumincidenteseparado,setepoliciais morreramemumataque contra o veículo que os

Cenário: Renata Miranda

Com Santos, Uribe continuará bem próximo do poder

M

uitos pensaram que, após oito anos demandato,opresidente ÁlvaroUribe finalmente se afastaria do poder após a proposta de referendo sobre um terceiro mandato presidencial consecutivo na Colômbia ter sido rejeitada pela Corte Constitucional, em fevereiro.

transportava perto da fronteira com a Venezuela. Segundo o governo do Departamento de Norte de Santander, oito policiais que estavam no mesmo comboio desapareceram depois do ataque, atribuído a integrantes doExércitodeLibertaçãoNacional (ELN). Em um isolado povoado da mesma região, guerrilheiros queimaram material eleitoral, prejudicando a votação. A violência, no entanto, foi menor do que em outras eleições e o ministro da Defesa, Ga● Chuvas

A forte chuva que atingiu boa parte do país, principalmente grandes cidades como Bogotá, Cali e Barranquilla, desanimou muitos colombianos a ir às urnas para eleger o sucessor de Uribe

No entanto, a vitória do candidato governista, Juan Manuel Santos, nas eleições presidenciais de ontem, pode reverter o cenário e manter um dos líderes mais populares da América Latina bem próximo do processo de tomada de decisões na Casa deNariño, sede dogoverno da Colômbia. Analistaspreveemumarelação tensaentre Uribe e Santos, que terá de lutar para dissociar sua imagem do governo atual. “Ainda é difícil saber que papel Uribe terá em um futuro governo de Santos, mas com certeza ele desempenhará alguma função – direta ou indiretamente”, afirmou ao Estado o cientista político Felipe Botero, da Universidade dos Andes. “Uribenão querque seu sucessormude aspolíticas adotadas por ele.” O carro-chefe do mandato de Uribe foi a políti-

brielSilva, afirmou queo processo é o mais pacífico e tranquilo emtrês décadas–em grandeparte, graças aos cerca de 350 mil militares que foram mobilizados para cuidar dasegurança durante o segundo turno. O ministro do Interior e Justiça, Fabio Valencia, ressaltou o “climadetranquilidade”geralno país, “apesar de algumas escaramuças” e de uma torre de energia ter sido derruba em Nariño, supostamente por rebeldes. Valencia destacou que, comparadas com outras ocasiões, houve 50% de aumento da tranquilidade. Militares colombianos apreenderam na noite de sábado 74 explosivos artesanais que, segundo afirmaram, seriam usados pelas Farc para sabotar as eleições em Cali e outras regiões. Pelo menos 300 centros de votação tiveram de ser mudados de lugar por ameaças. / R. M.

Seleção brasileira rouba atenção de eleitores BOGOTÁ

O jogo do Brasil contra a Costa do Marfim pela Copa do Mundo ontemroubouaatençãodoseleitores colombianos, muitos dos quais deixaram de votar no segundo turno por causa das partidas do Mundial da África do Sul. Muitas pessoas compareceram aos centros de votação usando a camisa da seleção brasileira. No entanto, enquanto quase não havia filas para depositar o voto, torcedores amontoavamsena frentede televisoresem bares e restaurantes que exibiam os jogos. “Assistir às partidas da Copa

ca de Segurança Democrática, que intensificou o combate às guerrilhas e obteve a desmobilização degruposparamilitares,dandoaolídercolombiano mais de 70% de aprovação. “Se Santos ganhar, Uribe vigiará cada passo de seu governo, criticando com liberdade o que não for de seu agrado”, disse a colunista do jornal El Tiempo María Jimena Duzán. De acordo com Botero, a presença – e a influência – de Uribe no governodeSantosseriasemelhanteàdoex-presidente argentino Néstor Kirchner na administração de sua mulher, Cristina. Eleito em 2002, Uribe tentou aprovar a primeira reeleição em referendo no ano seguinte. Foi derrotado, mas não desistiu. Em 2004, o projeto passoucomoemendaconstitucional noCongresso. Seu segundo mandato começou em 2006 e foi

do Mundo é muito bom, o esporte une as pessoas, mas é muito melhor (ver os jogos) depois de votarecumprirodeverdemocrático”, disse o presidente Álvaro Uribe logo depois de depositar seu voto em um centro de votação na Plaza Bolívar, em Bogotá. NorbertoMesa,de27anos,porém, acredita que os jogos não devem afetar a eleição. “Todo mundo sabe que (Juan Manuel) Santos vai ganhar, então nem tem como o jogo influenciar o resultado final”, disse Mesa, que assistia ao jogo em uma galeria do centro da capital. “Votei mais cedo para poder ver a partida com mais calma.” / R. M.

marcado por altos índices de popularidade – em 2008, ele chegou a ter 91% de aprovação –, apesar de uma série de escândalos de corrupção e de escutas ilegais. Oprojetodereferendopara permitira segunda reeleição foi impulsionado por seu partido, que em março de 2008 entregou um documento com 260 mil assinaturas pedindo ao Congresso que analisasse a proposta. Apesar de toda a polêmica, no entanto, Botero não descarta a possibilidade de Uribe voltar como candidato em 2014. “Mesmo assim, temos de ver como Santos desenvolverá seu governo”, ressaltouBotero.“Se ele conseguirmanter apopularidade e tiver o mesmo êxito que Uribe teve, provavelmente vai querer tentar mais de um mandato.”


%HermesFileInfo:A-9:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

ARGENTINA

Para novo chanceler, Brasil é ‘prioridade’ Após assumir o cargo na sextafeira, o novo chanceler argentino, Héctor Timerman, reforçou a importância da boa relação com o Brasil. “É prioritária”,

afirmou o ministro, que substitui Jorge Taiana. Ele ainda mostrou sua intenção de continuar “nesse caminho com forte coincidência de interesses”.

Internacional A9

IRAQUE

CHINA

GUERRA AO TERROR

IRÃ

Atentados deixam 33 mortos e 50 feridos

Inundações causam 132 mortes no sul do país

Al-Qaeda adverte sobre novos ataques aos EUA

Enforcado acusado de ser líder rebelde

Pelo menos 33 pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas ontem na explosão de dois carros-bomba no bairro de AlMamun, a oeste de Bagdá.

As fortes chuvas que afetam o sul da China há uma semana já mataram 132 pessoas, 86 continuam desaparecidas e 860 mil tiveram de deixar suas casas.

O porta-voz da Al-Qaeda nascido nos EUA, Adam Gadahn alertou que o grupo lançará mais ataques e matará mais americanos do que nas ações anteriores.

O Irã enforcou Abdulmalik Rigi, acusado de ser líder do grupo insurgente sunita Jundalá. Rigi assumiu a culpa por atentados, mortes e roubos.

Chávez denuncia complô para matá-lo CARACAS ● Temor financeiro

Em pronunciamento em rede nacional na noite de sábado, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, denunciou, mais uma vez, a existência de um suposto complô nacional e internacional para matá-lo. “Foram reativados os planos para me assassinar fora do país e dentro do país, estou nas mãos de Deus e do povo”, disse. “Outra vez, estão buscando mercenários na América Central e na Colômbia.” Chávezacusouseusopositores de mobilizar militares golpistas para planejar atentados contra seu governo e de levantar dinheiro para custear seu assassinato. “Estão procurando um foguete que será lançado contra um avião ou helicóptero, mas, de qualquer modo, viveremos, assumi isso como uma responsabilidade”, asse-

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, garantiu ontem que não assumirá o controle de novos bancos privados, exortando venezuelanos a não retirar suas aplicações financeiras

gurou o presidente. Esta não é a primeira vez que Chávez denunciaplanoscontraele.Emjunhode 2009 não foi à posse do presidentedeElSalvador,MauricioFunes, dizendoquetinhacanceladoaviagem por causa da descoberta de um plano para matá-lo. A tensão entre a Venezuela e a Colômbia aumentou no final do ano passado após Bogotá firmar umacordodecessãodebasesmilitares com os EUA. Chávez dissequeasbases seriam usadas para um ataque contra a Venezuela. / AFP

Liberal é o mais votado na Polônia, indica pesquisa VARSÓVIA

O candidato liberal Bronislaw Komorowski foi o mais votado nas eleições presidenciais deontemna Polônia, segundo pesquisas de boca de urna, mas não deve obter os votos suficientes para evitar um segundo turno, no dia 4. As eleições foram antecipadas por causa da morte do presidente Lech Kaczynski em um acidente de avião na Rússia no dia 10 de abril. A TVN24 atribui a Komorowski 45% dos votos, enquantoseu principalrival, o conservador Jaroslaw Kaczynski, irmão gêmeo do ex-presidente. Por sua vez, a TV pública indi-

ca que o liberal teria obtido 41% dos votos e Kaczynski, 36%. Komorowski é pró-União Europeia e membro do partido Plataforma Cívica. Ele prometeu trabalhar com o governo do primeiro-ministroDonald Tusk para adotar o euro em cinco anos, encerrara impopular missão militar da Polônia no Afeganistão e promover amplas reformas de mercado. Kaczynski é um conservador cujos principais objetivos são combater a criminalidade e a corrupção, reduzir as reformas de mercado a fim de preservar o Estadode bem-estarsociale promover os valores da Igreja Católica. / AP e REUTERS

Resorts e hotéis selecionados Iberostar Bahia Resort

2 adultos............................... 10x 579,60 reais 2 crianças ................................................. grátis Família com 4 pessoas.... 10x 579,60 reais

Com sistema Tudo Incluído Na Praia do Forte - BA - Roteiro de 8 dias/7 noites Um grandioso e luxuoso empreendimento localizado à beira-mar em meio ao paraíso natural da Praia do Forte com muito luxo, requinte e completo lazer. Incluídos no preço: passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, hospedagem com sistema all inclusive e completa assistência da equipe CVC.

Total R$ 5.796, Preço para saídas 26 e 27/junho.

Costa Brasilis Resort De 19 a 27 de junho, você compra pacotes na CVC e as crianças viajam grátis. São diversos destinos e hotéis por todo o Brasil com hospedagem gratuita para até duas crianças de até 12 anos no período das Férias de Julho*. Tudo em até 10x sem juros e sem entrada.

Praia de Santo André - BA - Roteiro de 8 dias/7 noites Próximo a Porto Seguro, num santuário preservado de Mata Atlântica. Em estilo colonial, une sofisticação, simplicidade e conforto. Um ambiente de tranquilidade, diversão e lazer. Incluídos no preço: passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/ aeroporto, hospedagem com café da manhã, passeio em Porto Seguro com visita à passarela do álcool e completa assistência da equipe CVC.

Hotel Ponta Mar

Em Fortaleza - CE - Roteiro de 8 dias/7 noites Localizado na Praia de Meireles, de frente para o mar. Possui piscina, bar e restaurante. Os apartamentos são amplos e equipados com TV, ar-condicionado, frigobar e tefefone. Incluídos no preço: passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/ aeroporto, hospedagem com café da manhã e completa assistência da equipe CVC.

2 adultos...............................10x 239,60 reais 2 crianças ................................................. grátis Família com 4 pessoas.... 10x 239,60 reais Total R$ 2.396, Preço para saídas 26 e 27/junho.

2 adultos............................... 10x 279,60 reais 2 crianças ................................................. grátis Família com 4 pessoas.... 10x 279,60 reais Total R$ 2.796, Preço para saídas 26 e 27/junho.

Atendimento nas lojas diariamente, das 9 às 20 horas e nos shoppings, das 10 às 22 horas. São Paulo Capital: Centro-Consolação............2103-1222 9 de Julho/Rua Amauri .....3074-3500 Alto da Lapa .....................2594-5758 Anália Franco Shop. .........2108-5300 Boavista Shop. .................5547-6477 Bourbon Shop. .................3892-6868 Brás-Mega Polo ................2886-3800 Butantã Shop. ..................3722-1188 Freguesia do Ó-Extra.........3932-0740 Frei Caneca Shop. ............3472-2010 Hiper Carrefour Ipiranga....2062 3922

Ibirapuera Shop. ..............2107-3535 Indianópolis-Walmart........2578-1969 Interlagos Shop. ...............5563-6300 Itaim-Extra........................3078-6443 Itaquera Shop. .................2026-6200 Jaguaré-Extra....................3297-8282 Liberdade .........................3209-0909 Mooca Shop. Capital....... 2068-1000 Morumbi Shop. ................2109-4300 Paulista-Top Center...........3266-7202 Real Parque-Pão de Açúcar .3755-0070 Santana Shop. .................2208-2470

Santana-Voluntários da Pátria.2367-1774 Santo Amaro-Cenesp.........3747-7122 Socorro-Extra Fiesta..........5524-9222 Tatuapé Shop. Metrô.........2094-5888 Villa-Lobos Shop. .............3024-0088 Vila Olímpia Shop.............3045 8677 Grande São Paulo: Granja Viana.....................4702-0306 Guarulhos Shop. Inter .......2086-9720 Guarulhos-Poli ..................2475-0321 Mauá Plaza Shop. ............4519-4700 Mogi das Cruzes Shop. .....4799-2166

Mogi-Extra Mogilar............4790-2050 Osasco-Continental Shop. .3716-3300 Osasco-Super Shop...........3653-5300 Sto.André-ABC Plaza Shop. .4979-5006 Sto.André-Rua das Figueiras.4432-3288 São Caetano-Av Goiás.......3636-3450 S.B Campo-Extra Anchieta .4368-0440 S.B Campo-Metrópole.......2191-3500 Taboão Shop. ...................4787-8212 Tamboré Shop. .................2166-9797 São Paulo Interior: Americana ........................3645-1210

Araçatuba.........................3621-2575 Araçatuba Shop. ..............3607-4080 Araraquara Jaraguá Shop..3331-3858 Araras ..............................3541-4484 Atibaia..............................2427-6597 Barretos............................3321-0320 Bauru Shop. .....................2106-9494 Birigui...............................3211-2050 Campinas-D. Pedro Shop...2102-0199 Campinas-Iguatemi Shop. .2117-3500 Campinas-Jardim Chapadão .3396-7002 Caraguá Praia Shop. .........3882-2004

Catanduva Shop. ..............3525-2097 Franca Shop. ....................3707-0700 Guarujá-La Plage ..............3347-7000 Itatiba ..............................4524-5536 Itu - Plaza Shopping ........4022-7275 Jundiaí..............................4521-9288 Jundiaí Maxi Shop. ...........2136-0800 Mogi Guaçu ......................3818-6993 Paulínia Shop. ..................3833-5544 Poços de Caldas ...............2101-8100 Porto Ferreira ...................3585-6551 Rib. Preto - Independência.2101-0048 Ribeirão-Santa Úrsula.......2102-9646

Ribeirãoshopping. ............4009-1403 Rio Claro Shop. ................3525-6262 Rio Preto-Walmart.............2137-7000 Santos..............................3257-7000 Santos-Balneário ..............3281-9000 São Vicente-Extra..............3579-9000 Sorocaba-Esplanada.........3414-1000 S. J. Campos-Colinas.........3913-6700 S. J. Campos-Vale Sul........3878-7000 São João da Boa Vista ......3631-1109 Tatuí ................................3259-3999 Tiête .................................3282-8501 Valinhos Shop. .................3929-7700

Acesse cvc.com.br e veja a loja CVC ou o agente de viagens mais perto de você. Prezado cliente: preços publicados são para o pacote familiar com 3 ou 4 pessoas conforme mencionado acima, válidos para saídas de São Paulo em voos fretados exclusivos CVC. Preços, datas de saídas e condições de pagamentos sujeitos a reajustes e

mudanças sem prévio aviso. Oferta de lugares limitada e reservas sujeitas a confirmação. Preços válidos para compras até 1 dia após esta publicação. Parcelamento promocional em até 10x sem juros com a 1a parcela no ato da compra e as demais mensais com cheque ou cartão. Passeios não incluem ingressos.Taxas de embarque cobradas pelos aeroportos não estão incluídas nos preços e deverão ser pagas por todos os passageiros, inclusive as crianças. Promoção válida para compras no período de 19 a 27/junho de 2010 com embarques entre 26/junho/2010 a 1o/agosto/2010. Promoção válida para até 2 crianças de até 12 anos desde que acompanhadas de 2 adultos pagantes hospedados no mesmo apartamento, conforme disponibilidade de apartamentos triplos e quádruplos de cada hotel participante. *As crianças pagam apenas as taxas de embarque.


A10 Internacional %HermesFileInfo:A-10:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

VISÃO GLOBAL

estadão.com.br Radar Global. Veja no blog os links das notas blogs.estadão.com.br/radar-global

vendo um novo “eixo do mal”.

Como a Turquia desistiu de sua relação com o Ocidente Erdogan buscou a integração com a União Europeia, mas Alemanha e França não deixaram; hoje ele dá o troco ✽ ●

BERNHARD ZAND DER SPIEGEL

BAPTISTÃO/AE

a cúpula da União Europeia (UE) em Copenhague, em dezembro de 2002, o então chanceler alemão, Gerhard Schroeder, e o presidente francês, Jacques Chirac, estavam sentados numa sala com Recep Tayyip Erdogan, um recém-chegado na Europa. O alemão e o francês tinham más notícias para o homem, que acabava de alcançar uma vitória eleitoral histórica na Turquia. O premiê turco esperava receber uma data concreta, 15 anos após a Turquia apresentar seu primeiro pedido formal para o início das negociações sobre o acesso de seu país ao bloco europeu. Era o reforço que Erdogan buscava para recuperar a Turquia. Mas ele soube de Schroeder que a UE não estava preparada para começar aquelas negociações ainda, e Erdogan teria de esperar mais um pouco. Erdogan sentou-se em sua cadeira e disse: “Hop hop!” Chirac não compreendeu a expressão turca, que se

N

traduz numa combinação de “espere aí” e “vocês devem estar malucos”. Mas ele havia servido como prefeito de Paris por tempo suficiente para reconhecer que aquele homem tinha o pavio muito curto e não aceitava bem uma decepção. Os estadistas europeus, ele informou a seu colega turco, tinham suas diferenças. Mas eles também haviam estabelecido maneiras de discutir essas diferenças. Erdogan não disse nada. Não era um bom começo. Distância de Israel. Agora, sete anos depois, Erdogan realmente recuperou a Turquia. Ele incomodou todos os que um dia ousaram lhe tratar como um simplório religioso. Colocou contra a parede os antes todo-poderosos militares turcos, desmoralizou o establishment republicano e transformou seu país sobre o Bósforo, antes conhecido por seus golpes e crises, num “tigre” anatólio. Enquanto a vizinha Grécia enfrenta uma bancarrota nacional, a economia turca deve crescer mais de 5% este ano. Ao mesmo tempo, o país está assu-

O mito do ‘Isso nunca mais’ Ensino do Holocausto não deve se limitar à memória da tragédia; devemos usá-lo para evitar novos genocídios ✽ ●

KOFI ANNAN THE INTERNATIONAL HERALD TRIBUNE

oje, muitos países da Europa e América do Norte exigem que os alunos do segundo grautenhamaulassobre o Holocausto. Por quê? Por causa da sua importância histórica, é claro. Mas também porque, no nosso mundo cada vez mais diverso e globalizado, os educadores e legisladores entendem que o ensino do Holocausto é um mecanismo vital para os estudantes aprenderem a valorizar a democracia e os direitos humanos, para encorajar esses jovens a rejeitar o racismo e promover a tolerância em suas próprias sociedades. Essa, com certeza, já era minha ideiaem2005quando, comosecretário-geral das Nações Unidas, reco-

H

Websfera

mendei à Assembleia-Geral que aprovasse resolução lembrando o Holocausto. Ela incluía um apelo por “medidas para mobilizar a sociedade civil em busca do ensino e a memória do Holocausto, com o objetivo de prevenir atos futuros de genocídio”. É evidente que o ensino do Holocausto teria esse propósito e esse efeito. Mas é surpreendentemente difícil encontrar programas de ensino em sala de aulaqueconseguiram,comsucesso,vinculara história doHolocaustoà prevenção do conflito étnico e do genocídio do mundo de hoje. Naturalmente, é sempre difícil comprovar essa prevenção. Mas o mínimo que se pode dizer é que o “Isso nunca mais!”, gritado por tantos nos anos posteriores a 1945, vem caindo no vazio com o passar das décadas. O Holocaus-

O melhor da internet

DER SPIEGEL

Obama será o Jimmy Carter do século 21? Poderá o presidente Barack Obama reduzir a dependência americana de combustíveis fósseis? Analistas alemães acredi-

tam que não. Em seu último discurso sobre a mancha de óleo no Golfo do México – o maior desastre ambiental da história dos EUA – , ele defendeu “uma chance” para energias limpas. Mas não trouxe nenhuma ideia nova nem cronogramas. Para cientistas, Obama corre o risco de tornar-se o “Jimmy Carter do século 21” – um presidente com belos ideais, mas apenas um mandato. Após a fala de Obama, a British Petroleum (BP), responsável pelo vazamento, decidiu pagar US$ 20 bilhões pelos danos causados.

mindo um papel que a Turquia moderna nunca desempenhou: o de uma potência regional ruidosa e arrogante que está provocando um clamor internacional ao desprezar um princípio fundamental de sua política externa. É uma mudança de curso histórica. “Os turcos sempre seguiram numa única direção”, disse Mustafa Kemal Ataturk, o fundador da república turca. “Para o Ocidente.” Agora, porém, após sete anos com Erdogan, a Turquia está mudando sua direção para o Leste. O indício mais óbvio dessa mudança é sua relação com Israel. Nos anos 40, a Turquia foi um refúgio para judeus perseguidos da Europa e, em 1949, foi o primeiro país islâmico a reconhecer o Estado judeu. Trata-se de uma aliança de conveniência e valores que as elites seculares de ambos os países sustentaram, a qual existe há quase 60 anos. Mas a aliança desfez-se há duas semanas, após meses de provocações mútuas e o incidente sangrento envolvendo a flotilha ao largo da costa israelense. Erdogan acusou Israel de “terrorismo de Estado”, retirou seu embaixador e afirmou que o mundo “agora per-

cebe a suástica e a Estrela de Davi juntas”. A reviravolta reflete-se também na relação com o Irã, país que Ancara via com suspeita desde a Revolução Islâmica de 1979. Uma placa que foi colocada na fronteira turco-iraniana em 1979 diz: “A Turquia é um Estado secular.” É uma declaração da oposição da Turquia à teocracia no vizinho Irã. Mas no dia 9 o embaixador turco ergueu a mão no Conselho de Segurança da ONU e votou contra o pacote de sanções com o qual Washington, Londres, Paris e Berlim – e até Moscou e Pequim – esperam barrar o polêmico programa nuclear do Irã. O Ocidente está chocado. Um país que cobriu o flanco sudeste da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) por 60 anos e ficou ao lado dos Estados Unidos e da Europa, com o segundo maior exército da Aliança – da Guerra da Coreia à do Afeganistão – é, de repente, um amigo dos mulás? O Departamento de Estado dos Estados Unidos chama isso de um “desapontamento”, enquanto alguns em Israel, Estados Unidos e Alemanha já estão pre-

to continua sendo um caso único na sua combinação de recursos organizacionaise técnicossofisticados com fins impiedosamente cruéis. Mas casos de genocídio em grande escala, de brutalidades desumanas continuam se multiplicando – do Camboja ao Congo, da Bósnia a Ruanda, do Sri Lanka ao Sudão. Hoje, poucos países, mesmo aqueles que exigem que seus alunos tenham aulas sobre o Holocausto, dão aos professores os conhecimentos e capacitação necessários para ensinar a tragédia de maneira a permitir que os adolescentes – geralmente representantes de uma ampla variedadede etnias eculturas numa única sala de aula – aprendam a vincular aquele genocídio às tensões que enfrentam nas suas próprias vidas. Com certeza, é necessário um melhor e maior aprendizado dos professores.

Guerra e talvez repensar alguns de seus princípios. Será que os programas enfocando a ideologia e o sistema nazista, e particularmente a horrível experiência das suas milhões de vítimas, oferecem umaresposta eficaz, ouprofilática, contra os desafios que enfrentamos hoje? É fácil nos identificarmos com as vítimas.Mas,sequisermos impedirgenocídios futuros, não será também importante entender a psicologia dos seus autores e espectadores – compreender o que leva inúmeras pessoas, no geral “normais” e decentes na companhia da sua própria família e amigos, a suprimir

Identificação. Mas sabemos qual deve

ser o conteúdo desse aprendizado? Se nosso objetivo, ao ensinar alunos sobre o Holocausto cometido por nazistas, é fazercomqueeles pensemmaisprofundamenteemresponsabilidade cívica,direitos humanos e os perigos do racismo, então precisamos relacionar o Holocausto com outros casos de genocídio e com as tensões e conflitos étnicos no nosso próprio tempo e espaço. Isso permitirá a eles não só aprender o que foi o Holocausto, mas tirar importantes lições dele. Com certeza chegou o momento de levantar questões mais sérias sobre o ensino “tradicional” da tragédia da 2.ª

É difícil achar programas de ensino capazes de vincular o Holocausto com a atualidade sua natural empatia humana com pessoaspertencentesaoutros gruposeparticipar,assistir etestemunharseuextermínio sistemático? Não devemos nos concentrar mais nos fatores sociais e psicológicos que levaram a esses atos de brutalidade e indiferença, de modo a conhecer os sinais de alerta e procurar observá-los em nós mesmos e nas nossas sociedades? Os atuais programas de ensino fazem o necessário para revelar os perigos inerentes aos preconceitos e estereótiposreligiosos eraciais einocular os estudantes contra eles? O ensino da história do Holocausto emsaladeaularelacionasuficientemente esse fato às causas que dão origem ao racismoe aos conflitos étnicos contem-

‘Empurrado’ à leste. De quem é a culpa pela virada da Turquia? De Erdogan? De Israel? Dos europeus? Quem perdeu a Turquia? Se o país encavalado no Bósforo parece estar se movendo para leste, diz o secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, isso “se deve ao fato de que ele foi repetidamente empurrado por alguns na Europa que se recusam a dar à Turquia o tipo de vínculo orgânico com o Ocidente que ela tradicionalmente almejou”. O argumento de Gates é difícil de refutar. No Acordo de Associação de 1963, os países da UE ofereceram à Turquia uma clara perspectiva de integração e Ancara fez seu primeiro pedido em 1987. Mas, mesmo depois de as negociações começarem, em 2005, Bruxelas continuou criando obstáculos para a Turquia enquanto países do antigo bloco oriental eram aceitos um após outro. Erdogan continuou se aferrando, contudo, à perspectiva de integração na UE. E com esse trunfo na mão, reformou seu paíscomo nenhum outro premiê turco havia feito antes. Ele assumiu riscos, abrandou as relações com os curdos e,em geral, tentou impressionar os europeus. Estava determinado a entrar na história como o turco que trouxe seu país para o “clube cristão”. Mas aí, a meio caminho entre a chegada ao cargo da chanceler alemã Angela Merkel, em 2005, e a do presidente francês Nicolas Sarkozy, em 2007, o entusiasmo de Erdogan arrefeceu. Se há uma questão em que aqueles dois líderes concordam é na sua oposição à integração da Turquia na UE. Erdogan compreende que não tem uma chance na Europa neste momento e está redirecionando sua energia para o leste. Não é uma maneira particularmente magistral de aliviar a frustração política, mas tampouco é surpreendente. / TRADUÇÃO DE CELSO M. PACIORNIK

✽ É REPÓRTER ESPECIALIZADO NA POLÍTICA DO ORIENTE MÉDIO

porâneos? E o Holocausto não deve ser estudado em todo o mundo, não só na Europa, na América do Norte e emIsrael,juntamentecomoutroscasos trágicos de barbárie humana? Tais questões estarão no centro de uma conferência que vai se realizar estemêsnoSeminárioGlobaldeSalzburgo, na Áustria, sobre o tema “A Prevenção Global do Genocídio: Aprendendo com o Holocausto”. Os organizadores esperam que nasça daíumprogramaanualparaprofessores em todo o mundo. Certamente não é um problema cuja solução será única e servirá para todos. O ensino da história do Holocausto numa sala de aula na Ucrânia será obviamente diferente do que é dado em Israel. Na verdade, é provável que ele varie amplamente mesmo entre diferentes distritos de uma cidade europeia. Mas as noções e os exemplos podem ser compartilhados de maneira que todos se beneficiem, e parece apropriado o fato de a Áustria – que forneceuem grandenúmero tantovítimasquantoperpetradoresdas atrocidades nazistas – ser a anfitriã deum programa como esse. / TRADUÇÃO DE ANNA CAPOVILLA

✽ É EX- SECRETÁRIO-GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS E PRESIDENTE HONORÁRIO DO CONSELHO CONSULTIVO DO PROGRAMA DE PREVENÇÃO DO GENOCÍDIO E ENSINO DO HOLOCAUSTO

Rodrigo Cavalheiro FINANCIAL TIMES

BBC

Crime movimenta US$ 130 bi por ano

Menopausa afeta 2% dos homens

O crime organizado moviEla é rara, mas existe. Pelo menta anualmente menos 2% dos homens US$ 130 bilhões, dos passam pela menoquais US$ 105 miCRESCEU EM UM pausa, segundo estulhões envolvem do do New England ANO O ACESSO À WEB ENTRE cocaína e heroína. Journal of Medicine. MENORES DE 11 O maior fluxo é o A conclusão vem da NO BRASIL análise da testostede drogas da Améri- ANOSFONTE: IBOPE ca do Sul para a do rona de 3.369 homens Norte. Tráfico de recom 40 a 79 anos. Alcursos naturais, falsificaguns sintomas: falta de conção de produtos e pirataria são centração, ansiedade e sentias novas tendências do crime. mento de “inutilidade”.

27%

THE GUARDIAN

COSTA-RIQUENHAS

Obra de Shakespeare reaparece após roubo

US$ 2 milhões serão investidos em casas popu-

Raymond Scott garantia ter comprado os originais de uma peça de Shakespeare de um major cubano. Ao tentar vendê-los a uma biblioteca americana, descobriu-se que a obra de 387 anos, avaliada em US$ 4 milhões, sumira havia 12 anos da Universidade de Durham, na Grã-Bretanha. A Justiça britânica agora processa Scott por roubo e mutilação da obra, que tinha rabiscos recentes.

lares na Costa Rica, em vez dos US$ 6 milhões prometidos

US$ 40 mil custou um criticado calçadão em homenagem ao ex-presidente da Costa Rica Juan Arias FONTE: ACNUR


Internacional A11

%HermesFileInfo:A-11:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Israel cede a pressões e reduz ainda mais bloqueio a Gaza JERUSALÉM

O governo israelense anunciou ontem novas medidas para aliviar seu bloqueio contra a Faixa de Gaza e disse que em breve permitirá a entrada no território palestino de todo o tipo de produtos, exceto ar-

mas e materiais que possam ser usados para fabricá-las. Um comunicado do gabinete do premiê Binyamin Netanyahu indicou que Israel publicará “o quanto antes” uma lista dos produtos proibidos e todos os outros que não estejam na lista poderão ser enviados a Gaza, blo-

queada por Israel desde meados de 2007, quando o grupo radical palestino Hamas tomou o controle do território. Segundo o comunicado, a medidapermitiráaentradadematerial de construção sob supervisão de organizações internacionais. Israel já havia levantado na

quinta-feira a proibição de algunsprodutosdepoisdeserpressionada pelo ataque à Frota da Liberdade, que pretendia furar o bloqueio e denunciar a situação no território. A ação militar contra a frota humanitária, no dia 31 de maio, deixou nove ativistas turcos mortos.

Brasil desiste de papel de interlocutor entre Irã e potências

No entanto, a comunidade internacional considerou as medidas insuficientes para melhorar as condições de vida dos 1,5 milhão de moradores de Gaza. Israel proibia a entrada no território de cimento, alegando que ele poderia ser usado em armas ou na construção de bunkers. Mas o

Férias de julho em

Bonito

O paraíso das águas claras e do turismo ecológico. Agora em voos diretos aos domingos,uma exclusividade CVC.

Amorim diz que País não terá mais ‘posição proativa’ com Teerã; EUA comemoram recuo

Pacotes de 8 dias BRASÍLIA

Desapontado com a aprovação de novas sanções da ONU contraoIrã,o Brasildesistiude exercer um papel de interlocutor entre as potências ocidentais e o país persa. A revelação foi feita pelo chanceler brasileiro, Celso Amorim, em entrevista ao jornal britânico Financial Times, publicada ontem. “Não vamos novamente ter uma posição proativa (em relação à negociação iraniana), a não serquesejamossolicitados”,disse Amorim. Segundo o ministro, oBrasil acabou prejudicado “por fazer coisas que todos afirmavamserpositivas”.“Aofinal,descobrimos que tem gente que não sabe receber ‘sim’ como resposta”, alfinetou o chanceler. Uma autoridade americana que pediu anonimato comemorou a declaração de Amorim. “Não vejo o Brasile a Turquia em uma posição de exercer essa me-

diação”, disse ao Financial Times. “Por terem votado contra as sanções da ONU, eles não são mais realmente neutros.” De acordo com o Itamaraty, o Brasil foi incentivado pelo próprio presidente Barack Obama a selar o acordo de 17 de maio, que previa a troca na Turquia de 1.200 quilos de urânio iraniano por 120 quilos de combustível nuclear. Obama teria afirmado – por meio de cartas vazadas à imprensa pelo governo brasileiro – que o compromisso seria um sinal positivo, embora insuficiente para fazer os EUA desistirem de novas sanções a Teerã. Mas, após o pacto ser firmado, a diplomacia americana adotou posiçãooposta. Washingtonjustificou seu ceticismo em relação ao acordo afirmando que a rápida ampliação dos estoques iranianos de urânio praticamente anulava o impacto da troca sobre o avanço de Teerã em direção à bomba. / AP

material é essencial para a reconstrução da infraestrutura e das casas destruídas na guerra em Gaza, entre dezembro de 2008 e janeiro de 2009. Em Washington, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, saudou as novas medidas de Israel e disse que o país respondeu aoschamadosdacomunidadeinternacional. Ele informou que Netanyahu se reunirá no dia 6 emWashington com o presidente Barack Obama. / REUTERS

Localizada na região da Serra da Bodoquena, no Mato Grosso do Sul, Bonito encanta os visitantes com sua beleza natural surpreendente. Você vai ter a oportunidade de caminhar pelas matas, mergulhar em águas transparentes e explorar lugares únicos. Afinal, Bonito oferece cenários paradisíacos como rios de água cristalina, grutas, cachoeiras, além da exuberância da fauna e da flora.

Saídas 27/junho, 4, 11, 18 e 25/julho. Incluídos nos preços: Passagem aérea São Paulo/Bonito/São Paulo voando em um moderníssimo jato Embraer E-175, 7 noites de hospedagem com café da manhã, traslado aeroporto/hotel/aeroporto, passeio na Gruta do Lago Azul, Mergulho Superficial no Rio Sucuri, passeio de bote no Rio Formoso e visita a Praia da Figueira.

Passeios: Só na CVC você tem incluso no roteiro 4 maravilhosos passeios, confira: Gruta do Lago Azul: Um passeio belíssimo! A beleza de um lago de águas intensamente azuladas de mais de 80m de profundidade. Formações geológicas, no teto e piso da gruta de várias formas e tamanhos. Mergulho Superficial no Rio Sucuri: Visita à nascente do Rio Sucuri e flutuação por 1.800m de águas cristalinas,

onde pode se avistar uma diversidade de peixes multicoloridos e plantas aquáticas. Passeio de Bote ao Rio Formoso: Uma grande aventura em botes de borracha com capacidade para 12 pessoas, num percurso de 6 km até a Ilha do Padre. Nas margens do rio é possível avistar a rica fauna local. Praia da Figueira: Conheça a praia de Bonito com água doce e transparente repleta de peixes, areia branca, com bar molhado, pula-pula, flutuação, caiaques, biribol, frescobol, redário e muito mais à sua disposição (ingressos a parte).

Promoção de Lançamento 10x R$ 109 A partir de

,80

À vista R$ 1.098. Preço para saída 27/junho.

Atendimento nas lojas diariamente, das 9 às 20 horas, nos shoppings, das 10 às 22 horas, ou no seu agente de viagens. São Paulo Capital: Paraíso ................................2146-7011 Aclimação............................2362-7780 Alphaville.............................4191-9198 Anhanguera-Extra.................3831-1312 Aricanduva Shop. ................2728-2626 Brooklin...............................5532-0888 Campo Limpo Shop. ............5513-8484 Center Norte Shop. .............2109-2611 Central Plaza Shop. .............2914-3355 Eldorado Shop. ...................3815-7878 Fradique Coutinho ...............3596-3470 Faria Lima............................3031-3106 Ibirapuera Shop. .................2108-3500 Jabaquara-Pão de Açúcar ....5015-7933 Jaçanã-Sonda......................2243-2020 Jardim Sul Shop. .................2246-0444 João Dias-Extra....................5851-0035

Light Shop. .........................3255-5323 Market Place Shop. .............2135-0777 Morumbi Shop. ...................2146-7200 Pátio Higienópolis Shop. .....3667-8622 Penha Shop. .......................2135-0700 Plaza Sul Shop. ...................2105-7600 Praça da Árvore ...................2577-0507 Pte. Rasa-Hiper Negreiros ....2046-2668 Pacaembu ...........................2691-9521 Raposo Shop. .....................2109-0199 Santa Cecília .......................2367-2853 Santa Cruz-Shop. Metrô .......5571-7100 São Judas............................2858-0599 Shopping D..........................3313-8340 SP Market Shop...................2103-1900 Tatuapé - Apucarana............2093-2093 Vila Carrão-Sonda................2362-8978 West Plaza Shop. .................2117-2888

Grande São Paulo: Diadema Shop. ...................4057-8600 Guarulhos-Bonsucesso.........2498-6022 Guarulhos Shop. .................2425-0533 Osasco Plaza Shop...............3652-3600 Osasco Shop. União.............3652-1600 Ribeirão Pires ......................4828-1868 Santo André-Centro..............2191-8700 Santo André Shop. ABC.........2105-6100 S.B.Campo-Prestes Maia . 4330-0966 Suzano Shop. ......................2148-4600 São Paulo Interior: Araraquara - Shop. Lupo ......3322-7676 Araras - Leme ......................3554-7800 Bragança Paulista................4034-3020 Campinas - Barão Geraldo...3249-0232 Campinas-Centro .................2102-1700 Campinas-Extra Abolição......3271-2004

Campinas Shop. ..................3229-8899 Galleria Shop. Campinas......3206-0343 Campinas-D.Pedro Shop ......3756-9939 Campinas – Shop. Prado......3276-3680 Caieiras ...............................4442-3114 Ibitinga................................3341-8210 Indaiatuba...........................3318-1000 Itapevi - Shopping ..............4143-7979 Itapira .................................3813-2426 Itapetininga .........................3373-2144 Itupeva-Outlet Premium.......4496-7111 Jaboticabal Shop. ...............3203-3008 Jaú Shop. ............................3622-0288 Jundiaí Paineiras Shop. .......3395-3688 Limeira Shop. ......................3404-8899 Marília Aquarius...................2105-3888 Matão..................................3382-2771 Mogi Mirim ..........................3814-6060

Piracicaba ...........................3433-9066 Piracicaba Shop. .................3413-5557 Praia Grande-Litoral Plaza ...3491-8000 Ribeirão-Novo Shop. . ..........2101-6400 Ribeirão Preto-Centro...........3289-1011 Plaza Shopping Itu...............4022-7275 Rio Preto-Centro ..................2137-5910 Rio Preto Shop. ...................3121-1450 Rio Preto-Plaza Avenida .......2137-0070 Salto....................................4602-2022 Santa Bárbara-Tivoli ............3626-5553 São Carlos - Centro .............3307-7180 São Carlos-Iguatemi.............3307-8686 S.J Campos-Center Vale........2139-6700 Sumaré................................3883-8888 Taubaté Shop. .....................3411-5000 Vinhedo ..............................3876-3788

Prezado cliente: preço por pessoa em apto duplo e hospedagem com café da manhã na Pousada Água Azul. A oferta de lugares é limitada e as reservas estão sujeitas a confirmação. Preços, datas de saídas e condições de pagamento sujeitos a reajuste e mudança sem prévio aviso. Oferta válida para compras até um dia após a publicação.

Acesse cvc.com.br


A12 %HermesFileInfo:A-12:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Vida

estadão.com.br Veja. Fotos mostram como Júpiter muda de aparência blogs.estadão.com.br/herton-escobar

/ AMBIENTE / CIÊNCIA / EDUCAÇÃO / SAÚDE / SOCIEDADE

Saúde. Óbitos de bebês prematuros cresceu 30% de 1997 a 2006. Dados apontam falha no pré-natal. Estudo realizado por governo federal e cientistas da USP, UFMG e UnB também aponta redução de complicações decorrentes de falta de imunização e desnutrição

Dobra número de mortes de bebês afetados por doenças maternas FABIO MOTTA/AE-2/6/2010

Clarissa Thomé / RIO

● Lado bom

Em dez anos, dobrou o número de mortes de fetos ou recém-nascidos afetados por doenças maternas, como a hipertensão arterial, hipertensão gestacional, eclâmpsia einfecções urinárias – passou de 555 para 1.150. O número de mortes de bebês prematuros no Brasil cresceu quase 30% – passou de 2.774 óbitos em 1997 para 3.675 em 2006. “Os dados apontam para falha no pré-natal. Nós tivemos evidências de que aumentou o número de consultas, mas isso não tem sido suficiente do ponto de vista da qualidade”, afirma a coordenadora de Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Ministério da Saúde, Deborah Carvalho Malta. Os números aparecem na pesquisa “Mortes Evitáveis em Menores de 1 Ano”, publicada na revista Cadernos de Saúde Pública, da Fundação Oswaldo Cruz. O trabalhofoifeito emparceriaentre o Ministério da Saúde e pesquisadores das universidades de

No período de 1997 a 2006:

35,2%

foi a queda na mortalidade de crianças menores de 1 ano de idade

37%

foi quanto caíram as mortes consideradas evitáveis

27,7%

foi quanto diminuíram as mortes relacionadas à atenção adequada ao recém-nascido

Final infeliz. A diarista Valéria Lopes Corrêa, de 36 anos, sofreu com pressão alta durante a gestação e o bebê nasceu morto São Paulo, Federal de Minas Gerais e de Brasília. Já se sabia que a mortalidade infantil vinha caindo (ocorreram 71.400 mortes de menores de 1 ano em 1997, ante 47.629 em 2006), mas não se conhecia onde havia falhas. Pela primeira

Análise: Helen Campos Ferreira

Entrada da gestante no sistema não deve ser postergada

O

serviço público, nas Unidades Básicas de Saúde, ainda não tem cobertura laboratorial que permita cumprir todos os protocolos que são preconizados pelo Ministério da Saúde para o pré-natal. Então, quando se tem evidência de uma gravidez de risco, a gestante, quer seja ela portadora de uma morbidade clara ou portadora de uma morbida-

vez, investigou-se a relação das “mortes evitáveis” – o grupo coordenado por Deborah reuniu 30 pesquisadores e trabalhou quatro anos para chegar a um consenso e estabelecer a lista. As mortes evitáveis são aquelasquese podemreduzir pelava-

de a ser investigada, demora para obter a consulta na rede referenciada e demora para conseguir fazer os exames. Claroque agentenãosebaseia apenasnaanálise laboratorial para avaliar a condição de gestação de risco. A clínica é soberana. Mas hoje a gente sabe que, se tiver fatores de risco verificados precocemente, é grande a possibilidade de reduzir a mortalidade infantil. Existe um grupo de exames básicos, como glicemia, VDRL (para sífilis), ultrassom precoce, tipo sanguíneo, valores de enzimas hepáticas, que revelam fatores de risco. A rede básica deveriatercondiçãodeatenderessamulherimediatamente. Mas não é isso o que acontece. Uma mulher com glicemia alta – o que pode significar diabetes gestacional – leva em média de 30 a 40 dias para chegar ao serviço referencia-

cinação; adequada atenção na gestação e no parto; diagnóstico e tratamento de doenças como pneumonia,meningite;ecombate a diarreias e subnutrição. Ao fazer essa classificação, descobriu-sequeomaiorproblema está na atenção à mulher du-

ranteagravidez,apesardonúmero maior de consultas de pré-natal – levantamento aponta que o aumento foi de 86,4% entre 2003 e 2008. “Possivelmente porque as mulheres não foram bem cuidadas para uma infecção urinária, uma gestação de alto

do, que vai acompanhar a gravidez de risco. Para ela conseguir fazer exames mais complexos, como a medição da taxa de glicose oral e sérica (ela toma reagente e colhe o sangue de tempos em tempos) leva mais tempo ainda. A cada dia o quadro se agrava e o impacto será após o nascimento da criança. São entraves que a gente não consegue resolver no pré-natal. É preciso que os municípios invistam em unidades de referência para a gestação de risco, que tenham laboratórios ágeis e que não se postergue tanto a entrada da gestante no sistema. ✽ PROFESSORA DO DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM MATERNO-INFANTIL E PSIQUIÁTRICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE; DOUTORA EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA PELA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

● Atenção

Entre as mortes de bebês consideradas evitáveis no período estudado, houve crescimento apenas naquelas relacionadas à adequada atenção à mulher na gestação. O aumento foi de 28,3% – de 4.738 para 6.282.

Diarista perdeu um filho, apesar do pré-natal RIO

A diarista Valéria Lopes Corrêa, de 36 anos, estava entre o sétimo e o oitavo mês de gravidez do segundo filho, em setembro de 1999, quando entrou em trabalho de parto. Havia sido uma gestação conturbada, com brigas com o excompanheiroeoscilaçãodapressão arterial. Quando o menino nasceu, ela não ouviu o choro.

risco que não foi bem acompanhada”, explica Deborah. Para atacar o problema foi desenvolvido um CD-ROM com a Lista Brasileira de Causas de Mortes Evitáveis por Intervenções do SUS, que permite fazer a análise de como está a situação dos municípios. O material foi enviadoparaassecretariasmunicipais para que cada prefeitura possa avaliar as áreas que precisam de maior investimento. Avanços. A pesquisa mostrou ainda que as mortes por causas evitáveis passaram de 50.952 em 1997 para 33.064 em 2006 – queda de 37%. A redução por ações de imunização foi de 75% – de 189 óbitos para 46, dentro do período estudado. Houve ainda redução de 56,5% das mortes relacionadas às ações de atenção à saúde. Também houve queda de 47,7% das mortes relacionadas ao diagnóstico e tratamento de doenças como meningite, pneumonia e infecções agudas.

Estava morto. “Fiz o pré-natal direitinho, fiz ultrassonografia, o médico media a barriga, parecia que estava tudo bem. Só que eu me aborrecia, passei mal à beça, a pressão subia muito. Mas diziam que tudo estava normal”, conta. A diarista mal viu o filho. Estava internada quando ele foi enterrado. “Eu só fazia chorar. Não podia ver criança nem bebezinho na rua. Fiquei pele e osso”, lembra. Três anos depois, engravidou novamente. Fez o pré-natal em outra unidade de saúde. “Morria de medo de perder a neném”, contaela,queémãedetrêsmeninas: Taiane, de 16 anos, Beatriz, de 7, e Vitória, de 3. / C.T.

Desnutrição cai 62% entre menores de 5 anos RIO

LIGUE AGORA E FAÇA SEU PLANO DENTAL. (11)

3061-1000

SAC:

0800-021-2583.

SAC (DEFICIENTE AUDITIVO): 0800-021-1001.

As mortes por diarreia aguda de crianças com menos de 5 anos caíram pela metade no País entre 2003 e 2008. Segundo dados doMinistériodaSaúde,foramregistradas 2.913 mortes em 2003 e 1.410 em 2008. “O combate à desnutrição de crianças é imprescindível tanto para erradicar a fome quanto para diminuir a mortalidade infantil”,avaliaAnaBeatriz Vasconcelos, coordenadora de Alimentação e Nutrição do ministério. O aumento da cobertura do Programa Saúde da Família é apontado pelo governo federal como um dos principais motivos para a redução da subnutri-

ção infantil. Números do Sistema Único de Saúde (SUS) indicam que a desnutrição em crianças menores de 5 anos caiu 62% de 2003 para 2008. Nas Regiões Norte e Nordeste, que têm os maiores porcentuais de desnutrição infantil, foi registradaaqueda maisacentuada. Em 2008, as taxas nessas regiões ficaram entre 5% e 8%. De acordo com o ministério, equipes do Programa Saúde da Família acompanhavam 31,3% dos habitantes da Região Norte (4,2 milhões de pessoas) em 2003 e 50,8% (7,7 milhões) em 2010. No Nordeste, a cobertura passou de 50,5% (24,6 milhões) para 71,6% (38 milhões) no mesmo período. / FELIPE WERNECK


%HermesFileInfo:A-13:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

PLANETA

}

FAMINTOS

Vida A13

estadão.com.br

Filhotes de melro-preto (Turdus merula), mais conhecido como blackbird, pedem alimento no hospital veterinário de Ramat Gan, em Israel. O local, próximo a Tel Aviv, é especializado no tratamento de animais selvagens feridos.

Ouça. Refugiados do clima aumentam no mundo todo estadão.com.br/planeta BAZ RATNER/REUTERS

GABRIELE GENTILE/AP–7/6/2006

Arquipélago de Galápagos terá fiscal para meio ambiente O Arquipélago de Galápagos, que ficou famoso por ter ajudadoonaturalistaCharlesDarwinaelaborarateoriadaevolução, terá um fiscal para verificar crimes ambientais. Ele irá operar a partir da Ilha Isa-

Antártida causa 10% do aumento no nível do mar LONDRES

Cerca de 10% do aumento no nível do mar foi causado pelo derretimento do gelo na região ocidental da Antártida, segundo cientistas britânicos que identificaram a geleira da Ilha Pine como fonte principal do fenômeno. É o que mostra estudo na Nature Geoscience. Os pesquisadores usaram um veículo submarino não tripulado para chegar até a base do gelo flutuante e fizeram medições submarinas, que revelaram uma basesubmarinade dimensão entre 300 e 400 metros. No entanto, nas últimas décadas a geleira seseparou dabase,segundo o estudo. Isso permitiu que águas quentesoceânicasprofundaspudessem fluir sobre a crista submarina e ficassem sob a camada degelo.Essaságuasquentes,descobertassob o gelo flutuante, estão derretendo a geleira. / EFE

ARQUEOLOGIA

Cidade de 3,5 mil anos é localizada no Egito Uma missão de arqueólogos austríacos localizou uma cidade soterrada há mais de 3,5 mil anos, na província egípcia de Sharqiya, no Delta do Nilo. A cidade, descoberta a partir de prospecções geofísicas feitas por meio de radares, fazia parte de Avaris, capital egípcia entre os anos 1664 e 1569 a.C. Nas imagens captadas pelas equipes de pesquisa é possível identificar ruas, casas, templos e túmulos. / EFE BIOLOGIA AFP PHOTO / DMITRY KOSTYUKOV-10/7/2008

Cientistas sublinham ‘lado humano’ da baleia As baleias (na foto, uma beluga) têm faculdades que, até pouco tempo, eram atribuídas só a humanos. Segundo cientistas, elas têm consciência, sofrem e têm uma cultura social. “Por nossas observações, sabemos que muitas baleias grande apresentam os comportamentos mais complexos do reino animal”, afirma Lori Marino, neurobióloga da Universidad Emory em Atlanta, nos EUA. Os pesquisadores sublinham as semelhanças na esperança de evitar a liberação da caça do animal. / AFP ECOLOGIA

Catalunha estuda proibição de touradas Legisladores locais poderão abolir as touradas na Catalunha. A proibição tornará a comunidade autônoma a primeira região da Espanha a banir a prática, considerada pelos seus opositores como um esporte sangrento e cruel. Defensores das touradas, no entanto, afirmam que a proibição só foi proposta para ressaltar a autonomia administrativa da região. / L. A. TIMES

Iguana. Vista na Ilha Isabela bela,amaiordoarquipélagolocalizado a cerca de mil quilômetros a oeste da costa do Equador.

Em 1978, Galápagos se tornou Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco. Mas, em 2007, foi considerada patrimônio em perigo – o local sofre com espécies invasoras que competemcomanimaisdaregiãoetambém tem turismo intenso. O Parque Nacional Galápagos anunciou na semana passada que iniciará uma campanha para recuperar a população do tentilhão Camarhynchus heliobates, criticamenteameaçadodeextinção. Será feita uma tentativa de reprodução com nove aves.

OCUPAÇÃO

EVENTO

Assentados pagarão por dano ambiental

Economia florestal é tema de encontro

O Juiz Federal Heraldo Garcia Vitta, da 2.ª Vara Federal de Bauru (SP), condenou dez ocupantes de ranchos irregulares no assentamento do Incra Fazendas Reunidas, em Promissão, a ressarcir em dinheiro os danos ambientais causados por construções irregulares na área de preservação permanente do assentamento. O valor a ser pago ainda será definido.

Começa amanhã em São Paulo, na Fecomercio, o Madeira 2010, para discutir a economia de base florestal e os desafios ligados a agricultura e preservação. A candidata à presidência Marina Silva (PV-AC) e o deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP), relator da proposta de revisão do Código Florestal, farão palestras. /AFRA BALAZINA e ANDREA

5.600

VIALLI, com EFE

Consumo de água

Quanto é gasto em litros:

por carro

1.500

por computador

4a7

por 1 litro de cerveja


A14 Vida %HermesFileInfo:A-14:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

} 3,4

DE ZERO A DEZ

EDUCAÇÃO

SÃO PAULO

5,9 mil

é a nota da educação infantil do País em pesquisa do BID

propostas foram feitas para o Plano Municipal de Educação, discutido na presença do secretário Alexandre Schneider (foto) MARCIO FERNANDES/AE LEONARDO SOARES/AE

De geração em geração, a escola permanece Colégios tradicionais de São Paulo abrigam por décadas membros das mesmas famílias Mariana Mandelli

Os 140 anos do Colégio São Luís, na zona central de São Paulo, estão plenamente entrelaçados com os últimos 140 anos da família Toledo Ridolfo. Aos47, o advogado José Olinto, ex-aluno da escola, lembra, entre tantas recordações, que, por mais de 127 anos, todos os homens da família estudaram lá. “Até a década de 1970, o São Luís só aceitava meninos. Se minhamãenãotivesse ingressado depois, a história de nossa família teria parado ali”, lembra. “Além disso, meu avô, que também estudou lá, pediu a mão de minha avó nas escadarias da igreja do colégio.” O Padre Faria, que deu aula para José Olinto, celebrou seu casamento e batizou seus filhos, que hoje são a quinta geração da família a ingressar no colégio. O motivo da escolha de um mesmo colégio por décadas, segundo as famílias, é unânime: os valores transmitidos pela instituição. Na opinião da psicóloga Ida Kublikowski, doNúcleode FamíliaeComunidade da pós-graduação da PUC-SP, os pais se sentem se-

guros ao escolher um ambiente familiar para os filhos. “É uma formademantertradiçõesevalores, uma espécie de certeza de que as crianças vão vivenciar as boas experiências que eles tiveram”, afirma. “Tradição não é letra morta: tem muita vida.” Os métodos pedagógicos e a preocupação em inovar o currículotambém sãofatores levados em conta. “É importante que a instituição seja antenada, porque as crianças acabam passando mais tempo lá que em casa”, afirmao advogadoOctavioMoura Andrade, de 33 anos, ex-aluno do Santo Américo. O pai de Octávio se formou em 1968 no colégio. Agora, são os filhos do advogado, Victoria, de 10 anos, e Guilherme, de 4, que lá estudam. Para Octavio, o Santo Américo conseguiu estar

“Educar é transmitir valores. Porém, o grande desafio da educação é inserir os valores comuns de uma cultura no projeto de liberdade de cada um.” Ida Kublikowski PSICÓLOGA DA PUC-SP

De pais para filhos. Os avós e pais de Thiago Maccaferri, de 3 anos, estudaram no Franciscano Nossa Senhora Aparecida

sempre à frente de seu tempo. “Em 1989, eu já tinha aula de informática, com uns computadores que hoje são arcaicos. Meus filhos agora têm aula de robótica, por exemplo.” Tempo. Nas escolas que vivenciaram o conturbado século 20, as transformações pedagógicas e estruturais foram grandes. “No meu tempo, mulher não podia pintar a unha e homem não podiausarcalçajeans naescola”, lembra o engenheiro mecânico Mário Gerd Liebrecht, de 67 anos,ex-alunodotradicionalColégio Visconde de Porto Seguro, fundado em 1878. Entre seus avôs, pais, filhos, tios, sobrinhos e primos, ele calcula quepassaram pelaescola no mínimo 15 familiares seus. A família de Mário, de origem alemã, escolheu o Porto Seguro justamente para preservar as tradições, já que a escola tem raízes no país europeu.

Vínculo. A amizade que nasce entre as famílias e os funcionários dos colégios, segundo os pais, dá a tranquilidade de que seusfilhosnãoserão tratadoscomo “números de matrícula”, mas sim como crianças com nome e sobrenome. “A maioria dos meus amigos de hoje ainda é a turma do colégio”, conta a publicitária Andréa Maccaferri, de 33 anos. Ela e o marido, Paulo Maccaferri, de 36, estudaramnoColégioFranciscano Nossa Senhora Aparecida, fundado em 1937. O filhinho dos dois, Thiago, de 3 anos, já está matriculado lá. “Queremos que o Thiago aprenda e carregue esse valor de amizade com ele”, afirma Andréa. Os pais de Paulo, Solange e Ricardo,de64e70anos,respectivamente, e avôs de Thiago, também foram alunos do Consa. O vínculo da família com a escola requer cuidados para não funcionar comopressão, já que o

UMA RELAÇÃO CONSTRUÍDA EM DÉCADAS ●

Tradição

Muitas famílias acabam permanecendo na mesma escola porque afirmam que a instituição consegue manter valores e disciplina. ●

Amizade

O vínculo que nasce entre a escola e as famílias também é outro aspecto de destaque. As boas memórias dos tempos de colégio motivam os pais a matricularem os filhos na mesma instituição em que estudaram.

sobrenome é velho conhecido da direção. É o que aconteceu com a orientadora pedagógica Tiyomi Misawa, de 60 anos, do Colégio Santa Maria. Ela estudou na escola nos anos 1960 e matriculouasduasfilhas.Seune-

Cobrança

O fato de os mesmos professores darem aula para membros de uma mesma família por gerações pode pressionar os novos alunos a terem um desempenho melhor que o de seus antecessores. ●

Inovação

Em instituições antigas, as adaptações pedagógicas e curriculares, somadas a reformas de infraestrutura, são essenciais.

to, Victor, de 12, hoje estuda na escola. Alguns professores dele deram aula para sua mãe. “Ele não se sente pressionado, mas não dá para negar que sinta uma cobrança maior, que é natural.”

ENTREVISTA

Joaquim José Soares Neto, presidente do Inep

‘O Enem é um instrumento bastante efetivo de política pública’ Luciana Alvarez

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio 2010 começam hoje e vão até 9 de julho. O candidato deve se inscrever pela internet (enem.inep.gov.br). Neste ano, o estudante deve optar por uma língua estrangeira, inglês ou espanhol, no ato da inscrição. As provas serão aplicadas nos dias 6 e 7 de novembro. O presidente do

Inep, Joaquim José Soares Neto, falou ao Estado por e-mail. ● Quantas inscrições o Inep espera receber?

Esperamos um grande número, mas preferimos não apontá-lo e esperar pelo andamento do processo. ● A nota do Enem de 2009 conti-

nuará válida para as próximas edições do Sisu?

Essa é uma definição a ser feita

pelo Ministério da Educação. Tecnicamente, as notas do Enem são comparáveis ao longo das edições. ● O estilo de questão será o mes-

mo de 2009? A TRI continuará valendo?

A Teoria de Resposta ao Item (TRI) continuará a ser utilizada. A TRI busca medir o conhecimento a partir do comportamento observado em testes e permite que as médias obtidas

nos exames sejam comparáveis ao longo dos anos. Quanto ao estilo de questões, nossa ideia é aprimorar cada vez mais a estrutura da prova. ● Que nível de proficiência em língua estrangeira será cobrado?

O conteúdo cobrado está previsto na Matriz de Referência do Enem 2009, dentro da área de linguagens, códigos e suas tecnologias. A prova de língua estrangeira moderna vai abranger associação dos vocábulos e expressões de um texto ao seu tema; a utilização dos conhecimentos e de seus mecanismos como meio de ampliar as possibilidades de acesso a informações, tecnologias e culturas; a relação de um texto, as estruturas linguísticas, sua função so-

Emoção e aplauso na cremação de Saramago FRANCISCO SECO/AP

Cortejo fúnebre do escritor foi ovacionado no centro de Lisboa; admiradores levaram cravos vermelhos Lucas Nobile

O corpo de José Saramago foi cremado ontem, pouco depois das 9 horas (horário de Brasília), no cemitério do Alto de São João,nacapitalportuguesa,diante da presença de familiares e amigos. Após o funeral, realizado na prefeitura de Lisboa, onde o caixão do escritor foi visitado desde sábado à tarde por milhares de pessoas, o cortejo fúnebre percorreu o centro da capital en-

Cravos. Flores simbolizam revolução de abril de 1974 tre muitos aplausos. Duranteacerimôniadecremação, a viúva do escritor, a espanhola Pilar del Río, declarou que morreu “um homem bom, uma

excelente pessoa e um escritor magnífico” e acrescentou que só deveriam chorar “os que não o conheceram”. O caixão, coberto com a ban-

deira portuguesa, entrou no crematório em meio à ovação de mais de dez minutos das pessoas que se aglomeravam diante das portas, levando cravos vermelhos, símbolo da revolução portuguesa de 25 de abril de 1974. A filha do primeiro casamento de Saramago, Violante, e os dois netosdo escritor também acompanharam a cerimônia ao lado de intelectuais e autoridades portuguesas e espanholas. A vice-presidente do governo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega, que liderava a delegação,fezumbreve discursode homenagem na cerimônia realizada na prefeitura. Ex-presidentes como Jorge Sampaio e Mário Soares e mui-

QUEM É ✽ Joaquim José Soares Neto, atual presidente do Inep, é ex-diretor do Cespe. Graduou-se em física molecular pela UnB, com mestrado na própria universidade e doutorado na Dinamarca.

cial e o reconhecimento da produção cultural como representação da diversidade cultural. ● Por que um estudante deve

prestar o Enem?

Com a reformulação, os principais objetivos foram: democratizar o acesso às vagas federais de ensino superior, possibilitar

tos políticos da esquerda portuguesa, incluindo a direção do Partido Comunista no qual o escritor militou até sua morte, assistiram aos atos, presidido pelo prefeito Antonio Costa. Ausências. Os meios de im-

prensa portugueses destacaram as ausências de políticos importantes, como o presidente daRepública, Aníbal Cavaco Silva, e o atual presidente do Partido Social Democrata (PSD) e líder da oposição, Pedro Passos Coelho. Ainda não houve uma declaração oficial sobre onde ficarão as cinzasdoescritor.Desdeanteontem se cogitava a possibilidade de elas serem divididas entre a aldeia de Azinhaga, no Alentejo, onde Saramago nasceu, e Lanzarote, nas Ilhas Canárias, já que o escritor havia manifestado que gostaria de ter suas cinzas depositadasnapropriedade ondemorava desde 1993. / Com EFE

a mobilidade acadêmica e induzir a reestruturação dos currículos do ensino médio. ● Acredita que o Enem está consolidado no País?

Sim. O exame vem evoluindo quanto a seus objetivos e formas de utilização – no início, prestava-se basicamente à autoavaliação, mas hoje é um instrumento de política pública com dois focos: a avaliação da escolaridade básica e a avaliação para o acesso ao ensino superior. O Enem é mais democrático, pois destaca tanto o mérito quanto a impessoalidade e a isenção do processo de seleção. Por isso, pode ser considerado um instrumento bastante efetivo da política pública.

● Legado

JOSÉ SARAMAGO ESCRITOR PORTUGUÊS E NOBEL DE LITERATURA

“Ser demitido foi a maior sorte da minha vida. Foi o início da minha vida como escritor.” “Ninguém melhor se engana que quando consente que o enganem os outros.” “Perdoai-me se vos pareceu pouco isto que para mim é tudo.”

DENISE ANDRADE/DIVULGAÇÃO -28/11/2008


O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Negócio

Finanças pessoais

Câmbio

GP vende sua parte na Imbra, do ramo dentário

Preço dos imóveis sobe em SP; especialistas sugerem compra

BC diz que manterá o yuan em nível estável

Pág.B10

Pág .B4

Pág.B8

Economia estadão.com.br

& NEGÓCIOS

FREDERIC J. BROWN/AFP

B1 %HermesFileInfo:B-1:20100621:

Brasileiro troca cheque especial por cartão Fernando Nakagawa / BRASÍLIA

Após reinar por anos como principal linha de crédito dos brasileiros, o cheque especial tem perdido adeptos. Dados do Banco Central mostram que, proporcionalmente, o uso dessa opção nunca foi tão baixo. Hoje, o limite da conta é fonte de 34% dos empréstimos realizados pelas famílias. Há dez anos, eram 60%. Masatrocaembuteumproblema grave: os clientes têm migrado para uma opção ainda mais cara, o cartão de crédito – que tem o maior juro entre as operações bancárias. Em abril, 26,8% detodo o créditoda pessoa física foitomadono dinheirode plástico, novo recorde. Bancos admitem que “pode haver problema” se a expansão continuar no atual ritmo por muito tempo. Como meio de pagamento, a migração do cheque para o dinheiro de plástico é um movimento esperado e que aconteceu em praticamente todos os países. Mas, no Brasil, a troca tem uma particularidade: gerou mudança no perfil do endividamento das famílias. É aí que mora o problema, já que o juro do cartão é muito maior do que o praticado no cheque: o uso do limite da conta cobra 161,3% ao ano; o rotativo do cartão cobra 238,3%. Em outras palavras, os brasileiros trocam um juro caro por outro mais caro ainda. A Federação Brasileira dos Bancos(Febraban)dizqueamudança do perfil de endividamento não traz preocupação por enquanto, mas admite que “pode haverproblema” se o atualritmo continuar por muito tempo. “Estamos em um período de aprendizado de bancos e clientes. Na medida em que o mercado cresce, o instrumento de crédito é ajustado à sua finalidade. Imagino que existem clientes que usam as operações de forma incorreta. As instituições sabem que, se isso continuar por muito tempo, podemos ter problemas lá na frente”, afirma o economista-chefe da Febraban, Rubens Sardenberg. “Mas acho que isso não vai acontecer”, minimiza. Na carteira. Mais seguro que o

cheque e mais prático que carregar cédulas e moedas, o cartão nadou de braçada nos últimos anos. Hoje, brasileiros carregam 586,6 milhões de plásticos que têm as funções crédito, débito e de loja. É só olhar na carteira: já são três para cada habitante. Separados, os que funcionam apenas no crédito somam 142,2 milhões, quase um por brasileiro. Em tempos de otimismo e crescimento da economia, esses cartões passaram a ser utilizados como nunca: em abril, R$ 17,1bilhões foramusados no créditorotativo,financiamentoparcelado e em saques em caixa eletrônico. Segundo a Associação Brasileira de Cartões de Crédito (Abecs), abril teve 224,4 milhões de operações ou 87 transações no cartão a cada segundo. Enquanto isso, a vantagem do cheque cai mês a mês. Em abril, brasileiros usaram R$ 21,9 bilhões do limite da conta corrente. Apesar de ainda ser a principal operação de crédito de pessoa física no Brasil – com 34,4% das concessões, a trajetória é cadente e o patamar, o menor da série iniciada em 2000. Bancos já se preocupam com inadimplência nos cartões

Pág. B3

7 8 9 10 11 12


B2 Economia %HermesFileInfo:B-2:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Proposta para o gasto ✽ ●

FÁBIO GIAMBIAGI

A

despesa primária do governo central terá passado de 13,7%, em 1991, para 22,7% do Produto Interno Bruto (PIB), nos últimos 12 meses, até abril. As transferências a Estados e municípios foram de 2,7% do PIB, em 1991, e de 4,1%, no período de maio de 2009 a abril de 2010; e o investimento em 1991 foi de 1,2% do PIB – igual ao do período maio/abril. Deduzidos tais itens, conclui-se que a despesa corrente passou de 9,8% para 17,4% do PIB em 19 anos. Como corolário, houve uma limitação do investimento e um aumento da carga tributária federal bruta, que passou de 14,6%, em 1991, para 24,1% do PIB, nos 12 meses concluídos em abril. Reverter esse processo é a chave para ganhar espaço para

ampliar o investimento. Para isso, sugere-se que o próximo governo envie ao Congresso Nacional a seguinte proposta de Lei Complementar: “O Congresso Nacional decreta: Artigo 1.º – A partir do exercício financeiro de 2012 e até o término do exercício de 2021, a despesa corrente da União não poderá exceder, a cada ano, em valores absolutos, o teto a ser obedecido em 2011, corrigido a cada ano pela variação acumulada do Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), ou o que venha a substituí-lo, verificada no período de dezembro de 2011 a dezembro do ano imediatamente anterior, acrescido de uma variação real composta de 3% ao ano, nos cinco anos de 2012 a 2016, e de 3,5% ao ano, nos cinco anos de 2017 a 2021. Artigo 2.º – O teto para 2011 citado no Artigo 1.º deve ser de R$ X. Artigo 3.º – Para efeito do disposto no Artigo 1.º, considera-se o conceito de “despesa corren-

te” como sendo aquele adotado pela Secretaria do Tesouro Nacional(STN) nocálculodoresultado primário do governo central por ela divulgado mensalmente em obediência ao dispostona Lei de Diretrizes Orçamentárias(LDO), incluindo osPoderesExecutivo, LegislativoeJudiciário; as despesas do INSS; as transferências do Tesouro ao Banco Central (BC) e despesas do BC; as despesas com pessoal e encargos sociais; despesas do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT); subsídios e subvenções econômicas; benefícios assistenciaisdaLeiOrgânicadaAssistência Social (Loas) e Rendas Mensais Vitalícias (RMV); e outras despesas de custeio, e excluindo as despesas pagas de investimento e o conjunto das transferências para Estados e municípios (constitucionais, Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico – Cide – e demais transferências legais). Artigo 4.º – As despesas com pessoal e encargos sociais mencionados no Artigo 3.º, a partir

do exercício financeiro de 2012 e até o término do exercício de 2021, não poderão exceder a cada ano, em valores absolutos, o teto a ser obedecido em 2011, corrigido a cada ano pela variação acumulada do IPCA-15, ou o que venha a substituí-lo, verificada no período de dezembro de 2011 a dezembro do ano imediatamente anterior, acrescido de uma variação real composta de 1,5% ao ano, nos cinco anos

Uma sugestão de Lei Complementar que crie espaço para ampliar o investimento de 2012 a 2016, e de 2% ao ano, nos cinco anos de 2017 a 2021. Artigo 5.º – O teto para 2011 citado no Artigo 4.º deve ser de R$ Y. Artigo 6.º – Para efeito do disposto no Artigo 4.º, considerase o conceito de “despesas com pessoal e encargos sociais” como sendo aquele adotado pela Secretaria do Tesouro Nacional

no cálculo do resultado primário do governo central por ela divulgado mensalmente em obediência ao disposto na Lei de Diretrizes Orçamentárias, incluindo as despesas com servidores ativos e inativos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e astransferências a unidades subnacionais para pagamento de pessoal, e excluindo a parcela patronal da Contribuição Previdenciária da Seguridade Social dos servidores públicos federais. Artigo 7.º – Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.” O projeto deve ser completado por um artigo estabelecendo penalidades em caso de seu descumprimento. Um exemplo ajuda a perceber a potencialidade da proposta. Suponha-se que as despesas correntes e de pessoal em 2011 sejam de 17,5% e de 5% do PIB, o que significa que as despesas correntes sem pessoal sejam de 12,5% do PIB. Assumindo que durante dez anos o PIB aumen-

te 4,5% ao ano, os tetos propostos fariam os porcentuais caírem para 17,2% e 4,9%, respectivamente, em 2012. Em um ano, não é muito, mas a regra, em dez anos, mesmo com o relaxamento previsto a partir de 2017, implica reduzir a despesa corrente para 15,5% e a de pessoal, para 3,8% do PIB, diminuindo a parcela dos gastos correntes sem pessoal para 11,7% do PIB. Se o PIB crescer 4,5% ao ano, isso é consistente com um aumento real da despesa corrente sem pessoal de 3,8% ao ano. A redução de dois pontos do PIB da despesa corrente em dez anos permitiria ao governo decidir a melhor forma de utilizar tal espaço. O ganho fiscal seria expressivo, sem que haja qualquer “arrocho” do gasto, uma vez que ele continuaria crescendo – ainda que a uma taxa inferior à da economia. ✽ ECONOMISTA, É AUTOR DO LIVRO 'REFORMA DA PREVIDÊNCIA' (ED. CAMPUS)

Humor S.A.

Por um acordo de dupla tributação Brasil-EUA

Cadê esse socialismo que nunca emplaca?

✽ ●

✽ ●

HENRIQUE RZEZINSKI

E

m 31 de março de 2007 os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e George W. Bush encontraram-se em Camp David para reunião de cúpula entre os dois países. O comunicado do encontro estabeleceu a meta de o Brasil e os Estados Unidos “redobrarem o trabalho conjunto para a conclusão de um acordo sobre dupla tributação”. Pela terceira vez em cinco décadas, autoridades brasileiras e americanas foram instruídas a negociar o acordo. No entanto, passados três anos, parece não haver perspectiva positiva para a sua conclusão no curto prazo. Desde o fim da 2.ª Guerra Mundial, o tema das barreiras ao comércio e aos investimentos decorrentes da política tributária tem recebido atenção menor do que a necessária. Em contraste com outros itens da agenda do comércio internacional, não há acordo multilateral sobre a matéria. De fato, as partes contratantes do antigo Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio (Gatt) e os países-membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) trataram o assunto apenas de maneira superficial, dadas a sua complexidade e sensibilidade política. Contudo, é quase desconhecido o fato de que a primeira disputa comercial no âmbito do Gatt foi sobre política tributária. Em 1948, o Paquistão contestou benefícios concedidos pela Índia. Quatro anos depois foi a vez de a França contestar a lei brasileira do imposto de consumo, considerada discriminatória. De lá para cá, sucederamse períodos de calmaria, seguidos de outros de intensa disputa comercial. A bem-sucedida liberalização do comércio internacional fez com que o Imposto de Importação perdesse importância como obstáculo às transações comerciais e como instrumento de política pública. Temas como barreiras não-tarifárias, de-

fesa comercial e política cambial passaram a ganhar crescente destaque. No entanto, as barreiras tributárias permaneceram largamente intocadas. Em razão desse movimento histórico,ospaíses interessados emeliminaresse tipodeimpedimento às suas exportações e investimentos passaram a negociar acordos bilaterais de escopolimitado:osAcordosparaEvitar a Dupla Tributação (ADTs). Os Estados Unidos, por exemplo, têm se dedicado a negociar ampla rede de ADTs, que já conta com 59 acordos e abrange 67 países. Dos Brics, apenas o Brasil não tem acordo com os americanos. A China negociou o seu em 1984; a Índia, em 1989; e a Rússia, em 1992. O México e a África do Sul também negociaram, respectivamente, em 1992 e 1997. Entre os demais membros do G-20, apenas a Arábia Saudita e a Argentina não o fizeram.

São óbvios os benefícios econômicos, políticos e estratégicos de um ADT entre os dois países O principal objetivo dos ADTs é a eliminação da dupla tributação entre os signatários. No entanto, os acordos servem também como instrumento para coibir evasão fiscal, reduzir barreiras a investimentos e evitar tratamento discriminatório contra empresas com operações no exterior. Em razão do crescente investimento de empresas brasileiras nos Estados Unidos, faz sentido econômico para o Brasil negociar um ADT com esse país. As dificuldades hoje existentes na tratativa bilateral – que dizem respeito a aspectos como tributação de juros, dividendos e royalties; preços de transferência; e solução de controvérsias – são todas passíveis de resolução se houver disposição política para tal. Além disso, a suposta perda de receitas pelo Fisco brasileiro em decorrência da assimetria de investimentos entre os dois países – que tenderia, no curto prazo, a drenar recursos

do Brasil para os Estados Unidos – deve ser vista sob perspectiva de longo prazo. Em 2000, para cada US$ 1 de investimento brasileiro nos Estados Unidos, havia US$ 22,2 de investimento americano no Brasil. Em 2008 essa relação era de apenas US$ 1 para US$ 4,4. Na prática, portanto, a dinâmica empresarial se encarregará de eliminar a assimetria, garantindo equilíbrio na repartição de receitas. Por fim, o governo e o setor privado brasileiros devem atentar para as tendências da política tributária americana. De um lado, um número crescente de Estados tem procurado alterar sua legislação para alargar a base de contribuintes. De outro, o Congresso dos Estados Unidos vem aumentando sua disposição em aprovar legislação que impeça a triangulação de benefícios tributários via ADTs – tática que os especialistas chamam de treaty shopping. Há projetos de lei em tramitação que, se aprovados, impedirão que empresas brasileiras usem subsidiárias ou empresas relacionadas em terceiros países para remeter receita ao Brasil, de modo a evitar a dupla tributação decorrente da falta de acordo entre os dois países. Como se observa, os benefícios econômicos de um Acordo para Evitar a Dupla Tributação entre o Brasil e os Estados Unidos são óbvios. Somam-se a eles benefícios políticos e estratégicos. Nos últimos anos, a agenda bilateral evoluiu de forma substantiva em diversas áreas, mas pouco em matéria do marco regulatório de comércio e investimentos. O único instrumento formal dessa relação é o Sistema Geral de Preferências, que, embora importante, se trata de programa unilateral americano. Já é hora de o País adensar essa relação. O ADT é o primeiro passo. ✽ PRESIDENTE DA BRAZIL INDUSTRIES COALITION E DA SEÇÃO BRASILEIRA DO CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL-EUA E VICE-PRESIDENTE PARA ASSUNTOS CORPORATIVOS DA BG BRASIL

MARCO ANTONIO ROCHA

M

uitos políticos, quase todos, se dizem socialistas, até os de direita. Dezenas de partidos políticos no mundo ostentam no nome a palavra socialista. O socialismo é bandeira de inúmeros governantes – há décadas. Por que, então, não há nenhum regime socialista solidamente instalado e consolidado? Haveria uma boa explicação sobre por que o socialismo não emplaca? Há países ditos “socialistas” que não passam de ditaduras mesmo: de um só homem, como é o caso de Cuba; de um partido, como a China; de uma quadrilha, como a Coreia do Norte; de um bufão, como a Venezuela ou o Irã. É isso, então, o socialismo? Uma ditadura? Ou uma bouffonerie? Claro que não, dirão os socialistas de toda parte. Então, por que não existe? Todos os socialistas são contra o capitalismo na economia e contra o liberalismo na política, e parecem constituir maioria por toda parte. Então, o capitalismo já deveria ter sido extinto ou estar em extinção. Mas é o capitalismo que existe em tempo real e parece cada vez mais forte. Por quê? E o liberalismo, por que funciona? Na semana passada, Dilma Rousseff encontrou-se em Paris com a secretária-geral Martine Aubry, do Partido Socialista (PS) francês, o maior partido da esquerda francesa. Desde Leon Blum, na década de 30, o PS francês já governou a França diversas vezes, sem nunca ter implantado o socialismo, ou algum regime que pudesse ser inequivocamente reconhecido como socialista. Por quê? Por que não é um partido revolucionário? Por que não sabe exatamente como implementar o socialismo? Por que não é socialista a não ser no nome? A propósito, Dominique StraussKahn, do Partido Socialista francês, é também diretor-ge-

rente do Fundo Monetário Internacional – o maior guardião, segundo a esquerda, do capitalismo internacional. São fatos que justificam a suspeita de que todos os socialistas, quando estão no poder, praticam mesmo o bom e velho capitalismo. E até o administram melhor, em muitos casos, do que os capitalistas empedernidos. As duas senhoras – Dilma e Martine – apareceram em belas fotos, trocando beijos e abraços. Em reunião fechada devem ter renovado mútuas juras de lutar pelo socialismo, de combater o capitalismo e o neoliberalismo. A líder socialista francesa assegurou que há grande identidade política entre o PS e o PT. Deve haver, pois é suposto que Dilma seja socialista, já que militou numa agremiação guerrilheira de esquerda. Se bem que aquele era um grupo que, antes de mais nada, lutava para derru-

Se tantos políticos e governos fazem fé no regime, por que não o implantam de fato? bar a ditadura militar. Não se sabe se a guerrilheira Dilma já era socialista. Na verdade, parece que nem petista é. Depois de Martine, Dilma foi se encontrar com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, um empedernido capitalista, cuja maior fama nasceu do fato de ser casado com Carla Bruni. Martine combate Sarkozy e garante que vai derrotá-lo nas eleições de 2012 – com apoio da brasileira Rousseff: “Dilma nos disse que virá fazer a nossa (campanha), a do nosso candidato socialista”, disse ela à imprensa, assegurando que também fará campanha por Dilma no Brasil. Temos aí a possível formação de uma nova internacional socialista – a Quinta Internacional, Dilma-Martine. Talvez por isso o encontro de Dilma com Sarkozy foi bastante frio e menos socialista. O presidente Sarkozy só quer vender aviões, mais nada. O socialismo, desde Saint-Simon, Fourrier, Louis Blanc, Ro-

bert Owen, Marx, Engels, nos séculos 18 e 19, até chegar em Florestan Fernandes no Brasil do século 20, parece um ovo: não ofende ninguém, é bonito de se olhar, harmônico e encerra uma boa promessa. Dos ovos reais, a gente sabe que saem aves ou répteis. Do socialismo não se sabe o que pode sair, porque ainda não rompeu a casca. Isso facilita a vida dos políticos. Podem se declarar socialistas à vontade. Não os compromete, pois ninguém sabe do que se trata – mas parece que é uma coisa legal. Já o capitalismo, não. Todos nós vivemos dentro dele. Sabemos que não é nada legal. Conhecemos todos os seus defeitos que os socialistas apontam: a busca do lucro pelo lucro; a vil exploração do trabalho humano – contida, um pouco, pelas leis trabalhistas; a volúpia em transformar em mercadoria vendável até o coração dos namorados e das mães. Tudo isso é odioso e visível. Torna fácil odiar o capitalismo e preferir o que é contra ele. É fácil também aspirar ao reino dos céus, quando se vive cercado das misérias da Terra. Bem o sabem os profiteurs dos Evangelhos que infestam as redes de TV. De qualquer forma, na política é assim que la nave vá. Não se deve ser realista, dizendo que se vai fazer apenas o que for possível, apresentando as dificuldades e as propostas para superá-las. Nem adianta fazer belos discursos: a ordem é twittar, dizer cretinices pomposas em 140 toques. Churchill não poderia ter twittado seus chamamentos ao povo inglês contra Hitler – tinham mais de 140 toques. Dá mais lucro (político) twittar sonhos, como “construir o futuro”, fazer o “Brasil de todos”, “marchar para o socialismo”. É o encanto da magia. Lula é o mago sedutor. Dilma, a auxiliar de palco, tentando ser sedutora sob as luzes da ribalta. Haja! ✽ JORNALISTA E-MAIL: MARCOANTONIO.ROCHA@ GRUPOESTADO.COM.BR


%HermesFileInfo:B-3:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Economia B3 MÔNICA BENTO/AE–13/3/2010

Bancos temem que farra do cartão vire inadimplência Instituições tentam educar clientes emergentes que não estão acostumados com as operações e podem ser levados ao calote Fernando Nakagawa / BRASÍLIA

O boom das operações com juro no cartão de crédito acendeu a luz amarela nos bancos. O temor principal é que o recorde de operações se transforme em uma explosão da inadimplência caso mude o rumo da economia. Há, porém, outro fenômeno que surpreendeu banqueiros: o usododinheiro deplástico pelos clientes de menor renda. Parte dessesconsumidoresestreantes nomercadotem enfrentado dificuldadeementenderofuncionamento desse meio de pagamento. A situação preocupa instituições financeiras. Boa parte dos milhões de cartões emitidos nos últimos anos foram para o bolso de clientes da chamadanovaclassemédia.Muitos nunca haviam tido contato com o meio de pagamento. A estreia desses consumidores, que foiamplamentecomemoradapelo mercado, tem trazido alguns empecilhos aos bancos. Casosnãofaltam.Háconsumidores que acham que só precisam pagar o valor descrito no campo “pagamento mínimo”. Outros sacam dinheiro do cartão para ajudar em compras que têm financiamento mais barato, como material de construção ou carro usado.

Panamericano cria um cartão novo em cinco minutos ● Cinco minutos. Esse é o tempo

para o cliente preencher uma ficha, apresentar documentos e sair com um cartão de crédito novinho no bolso. O que parecia impossível há pouco tempo, acontece todos os dias em estandes de venda na entrada de dois mercados de bairros de classe média baixa de São Paulo – um no Jaraguá e outro no Lauzane Paulista. Agressiva, a ação descrita acima é do Banco Panamericano. Foi criada para os consumidores da chamada nova classe média, que representa metade da população brasileira.

Para atrair os clientes, o banco não cobra anuidade nos cartões emitidos nos supermercados e oferece limites distintos para compras à vista e a prazo, o que incentiva o parcelamento. Para conseguir entregar o cartão em cinco minutos, o banco teve de instalar máquinas que gravam o nome do cliente na hora. Pesquisa realizada pelo Datapopular mostra que esses clientes da classe C já respondem por 61% dos cartões de crédito em circulação no Brasil. Para efeito de comparação, as classes A e B carregam 15,8% dos plásticos emitidos. Mesmo com tamanha presença entre os clientes da nova classe média, ainda há muito espaço para crescer. Apenas 60% das pessoas da classe C têm cartão em seu nome. / F.N.

Troca. Consumidores estão trocando o cheque especial pelo cartão, apesar do juro maior empréstimos para períodos curtos que funcionam como um táxi, que é usado para distâncias menores. “Você iria de táxi de São Paulo a Recife?”, questiona o comercialexibidoemhorárionobre. O Itaú tem publicado pequenascartilhasemrevistas popula-

res com dicas simples para evitar descontrole de gastos como “usar comandas individuais em bares”. “A intenção é evitar transformar o cliente em uma arma. As instituições entenderam que se o consumidor usar o crédito de forma inadequada ou tiver uma

vida financeira desorganizada, a vítima será o próprio banco”, diz RodrigoDelClaro,diretordaCrivo, consultoria de análise de risco que presta serviço ao sistema bancário. “Os recados são para os novos clientesdasclassesCeD.Osbancos estão com medo de inadim-

plência desse pessoal”, completa Del Claro. Explicação psicológica. Já que o juro não explica a troca do cheque pelo cartão, alguns especialistas passaram a buscar outras razões para o fenômeno. O professor de finanças pessoais do

DO CARO PARA O MAIS CARO AINDA

Educando o cliente. Aparente-

mente, a situação parece boa para os bancos já que o cartão cobra o maior juro do mercado. Mas a natureza dos casos tem causado desconforto nos bancos que temem que o uso inadequado cartão possa comprometer tanto o cliente a ponto de o consumidor perder a capacidade de honrar a dívida. Assim, a operaçãoquedariaumgrandelucro vira prejuízo. Para tentar evitar o problema, bancos passaram a ser mais agressivos na tentativa de “educar” clientes. O Santander iniciou campanha que explica que toda compratemumalinhadecréditoadequada. Diz, por exemplo, que há

Participação na concessão de crédito às pessoas físicas EM PORCENTAGEM DOS EMPRÉSTIMOS REALIZADOS NO MÊS

Célia Froufe / BRASÍLIA

Com o fim da exclusividade entre credenciadoras e bandeiras, a partir da próxima quinta-feira, os representantes do setor de cartões de crédito assumiram junto ao governo três compromissos: não enviar cartões sem autorização explícita do cliente; remeter ao consumidor um contratodeadesão aoserviço, destacando em negrito as principais cláusulas do documento; não incentivar o pagamento da fatura com base no valor mínimo. Esses compromissos estão previstosnoestatuto daAssociação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), mas ainda não contam com 100% de adesão das empresas do setor. A Abecs terá até o final do mês uma reunião com o diretordoDepartamentodeProteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justi-

CHEQUE ESPECIAL

CHEQUE ESPECIAL

CARTÃO DE CRÉDITO

21,9 17,1

25

50

TAXA MÉDIA ANUAL

Volume de operações EM BILHÕES DE REAIS

CARTÃO DE CRÉDITO

60

20

34,4

40

26,8

20

0

10

5

10

ABR 2001

ABR 2010

0

ABR 2001

ABR 2010

FONTES: BANCO CENTRAL, ASSOC. BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE CARTÕES DE CRÉDITO E SERVIÇOS (ABECS) E ASSOC. NACIONAL DOS EXECUTIVOS DE FINANÇAS (ANEFAC)

ça, Ricardo Morishita, quando vai reafirmar esses compromissos. “O que a Abecs solicita a seus associados é que sempre seja lembrado de forma explícita ao consumidorque a opçãopelo valor mínimo embute o pagamento de juros na próxima fatura”, alertao conselheirodeéticaeautorregulação da Abecs, Denilson Molina. Morishita não quis comentar os compromissos, mas a Agência Estado apurou que, na avaliação do diretor do DPDC, precisa haver um ajuste entre a conduta prometida e a prática revelada por ações que prejudicam o consumidor – apesar do estatuto do setor. Molina admite saber que o próprio governo avalia os três compromissos como sendo os “pontos críticos” do segmento de cartões de crédito. “Por isso valea penadestacá-los, independentedoestatutoedaautorregulação”, argumentou. Cobranças indevidas. De acor-

do com dados do DPDC, há mais de500milhõesdecartõesde crédito e débito no País. Pelo menos 77% das reclamações contra o setor, que é o maior alvo indivi-

PRESTE ATENÇÃO...

1. 2.

Autorização. As opera-

doras assumiram o compromisso de não enviar cartões sem autorização dos clientes

Contratos. As empresas também se comprometeram a remeter ao consumidor um contrato de adesão ao serviço destacando em negrito as principais cláusulas

3.

Fatura. O cliente

também não deve ser incentivado, pelas operadoras de cartões, a pagar apenas o valor mínimo da fatura dual decríticas nos órgãos dedefesa do consumidor do País, dizemrespeito acobrançasindevidas. O grande problema dos cartões, apontado por especialistas, é de que não há um órgão regulador para monitorar o setor, a exemplo do que ocorre nas áreas de telefonia ou energia. OConselhoMonetário Nacional (CMN) deve estipular ainda este ano que o Banco Central fique a cargo da regulamentação das tarifas cobradas para o uso do dinheiro de plástico. Deve ficar só para o próximo governo, no entanto, a aprovação de um dos projetos de lei que tramitam no Congresso sobre a regulamentação do setor.

238,30%

Cartão de crédito

161,30%

Cheque especial

42,90%

Crédito pessoal

26,90%

Crédito consignado

23,50%

Financiamento de veículo

10,25%

Selic

Em 12 meses, uma dívida de R$ 1.000,00 se transforma em...

15

30

Cartões não devem incentivar pagamento mínimo da fatura Representantes do setor de cartões de crédito assumiram compromisso antes das mudanças que ocorrem a partir de quinta

O crédito mais caro

l Brasileiro troca cheque especial pelo cartão de crédito

A Abecs pretende divulgar o seucódigodeautorregulamentação até o fim deste mês. Muitos são céticos, no entanto, em relaçãoamudanças efetivas.Mas admitem que, a vida dos empresários e clientes pode melhorar alguma coisa porque a partir do próximodia 1ºosestabelecimentoscomerciaispoderãousarapenas uma máquina (POS, sigla em inglêspara point of sale) para várias bandeiras (Visa, Mastercard, American Express, por exemplo). A competição mais acirrada por clientes já começou, bem como o surgimento de propagandaem váriasmídias sobreascredenciadoras (como Redecard e Cielo, que é a ex-VisaNet). Lojistas. A Confederação Na-

cional de Dirigentes Lojistas (CNDL) está orientando lojistas de todo o País a não assinar contratosdefidelizaçãocomcredenciadoras de cartões de crédito. O presidente da entidade, Roque Pellizzaro Júnior, afirma que a expectativa é de forte queda no valor dos aluguéis das máquinas utilizadas para o pagamento a partir de julho, quando acaba o fim da exclusividade das credenciadoras sobre as bandeiras de cartão de crédito. “Acredito que o valor do aluguel tende a chegar a zero, porque a função da credenciadora não é ganhar com isso. A locação é uma atividade-meio e não a atividade-fim”, disse em um seminário sobre cartões de pagamento no Rio na semana passada. / COLABOROU GLAUBER GONÇALVES

R$ 3.383

Cartão de crédito

R$ 2.613

Cheque especial

R$ 1.429

Crédito pessoal

R$ 1.269

Crédito consignado

R$ 1.235

Financiamento de veículo

R$ 1.102,50

Título que paga Selic INFOGRÁFICO/AE

Insper, Ricardo José de Almeida, afirmaquemuitosclientespreferem “reservar” o limite do cheque especial para emergências. “Quando o cliente não tem dinheiro para pagar o cartão, opta em usar o rotativo porque quer manter o limite da conta corrente para emergências. O raciocínio é que o cartão nem sempre é aceito em uma urgência, como no médico ou em uma oficina”, diz. Há ainda a percepção de que usar o rotativo ou sacar dinheiro do cartão são ações “menos graves”queenxergar o saldonegativo da conta. É um efeito meramente psicológico. “Infelizmente, clientes não olham os juros. Porque a escolha racional seria optar pelo menos alto, que, nesse caso, é o cheque”, lamenta. Para o especialista, o movimento é preocupante. “É um dinheiro caro, o mais caro disponívelnos bancos. Emuma situação dereversão da econômica, o juro alto pode, facilmente, transformar a dívida que aparentemente é administrável em uma bola de neve incontrolável”, diz.


B4 Economia %HermesFileInfo:B-4:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

FINANÇAS PESSOAIS

}

Se aborrecer pra quê?

Preço de imóvel não para de subir em SP e mercado vê mais altas nos próximos anos Entre comprar agora ou esperar eventual queda dos preços, maioria dos especialistas não tem dúvida: recomenda a primeira opção NILANI GOETTEMS/AE–15/6/2010

Roberta Scrivano

Quem está procurando imóvel para comprar em São Paulo sabe que os valores estão amargos. A dúvida é: esperar os preços baixarem ou comprar antes que subam mais? Especialistas são unânimes na recomendação da compra imediata e alertam que quem esperar poderá pagar valores ainda mais altos. Os ‘culpados’ pelo avanço nos preços são a falta de grandes terrenos disponíveis – até as regiões que antes eram menosprezadas estão valorizadas – e a forte demanda da população, que está com salários mais altos e tem crédito cada vez mais fácil (ler mais na página ao lado). Para se ter uma ideia do tamanho dessa demanda, de janeiro a março, foram vendidos, só na cidade de São Paulo, 8.461 imóveis novos, além deoutros4.676usados. Tratase de um crescimento de cerca de 2% sobre o trimestre anterior. E as projeções do setor para as vendas são tão elevadas quanto os números obtidos no período passado. “Por pelo menos mais cinco anos, a demanda vai continuar nesse ritmo e, pelo mesmo período, o preço dos imóveis continuará no embalo de forte alta”, afirma Denise Labate Vasconcellos, professora do Mackenzie e especialista em mercado imobiliário. Apesar dos preços elevados, especialistas salientam que nunca antes na história AÇÕES

R$ 1,5 bi

Lançamentos

Em março, segundo a Embraesp, foram lançadas 3.959 moradias em São Paulo, 140% a mais do que em fevereiro

Foi o valor global de vendas dos imóveis na capital paulista em março, melhor número desde 2004

42,6%

Mais vendidos

Os imóveis de três dormitórios lideram as vendas das novas moradias. Nos usados, os imóveis acima de R$ 200 mil foram os líderes nas vendas do mês de março, independentemente do número de quartos, com 55,06% do total comercializado

Dos imóveis novos vendidos em março têm três dormitórios

Preços

Ainda de acordo com a Embraesp, o preço do metro quadrado dos imóveis de dois dormitórios subiu 42,89% no primeiro quadrimestre deste ano quando comparado ao mesmo período do ano passado ● Bairros Segundo o Secovi, os bairros mais saturados, que terão cada vez menos ofertas, são Itaim, Pinheiros, Perdizes e Tatuapé. De outro lado, Morumbi, Penha e Itaquera são apontadas como as regiões que devem ter cada vez mais novos lançamentos e com preços um pouco mais baixos

Saturação. Lançamentos em Perdizes, Itaim, Moema e Pinheiros serão cada vez mais escassos doPaísocréditoimobiliárioestevetãoacessívelàpopulação.“Então, é preciso aproveitar também essa situação, caso não se tenhaovalornecessárioparaefetuar a compra à vista”, comenta

Silvio Paixão, professor da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi). A Caixa é, com larga folga, a líder na concessão de crédito

imobiliário, com mais de 90% do total de financiamentos fechadosnosúltimos 12meses, segundo dados do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP).

PRINCIPAIS ÍNDICES DA BOVESPA NA SEMANA (%)

NO ANO (%)

1,31 0,66 1,79 2,26 2,95

-6,05 -7,22 -2,98 -3,64 -1,65

Ibovespa IBX (50 ações mais negociadas) IGC (Governança Corporativa) ITAG (Tag Along Diferenciado) IEE (Energia Elétrica)

● Vivo PN caiu 5,2% na sema-

na em meio à expectativa sobre a possível compra, pela Telefónica, de participação detida pela Portugal Telecom na operadora brasileira. Os acionistas portugueses devem decidir no próximo dia 30 se aceitam a oferta de 6,5 bilhões de euros.

RITMOACELERADO

EXPANSÃO

VIVO PN

BOLSAS INTERNACIONAIS NA SEMANA % NO ANO %

-5,20%

56,0

R$ 51,00

54,0 52,0 50,0 48,0 11/6

18

Dow Jones Nasdaq Frankfurt Tóquio Londres

2,35 2,95 2,80 2,99 1,69

0,22 1,79 4,36 -5,23 -2,99

MAIORES ALTAS NA SEMANA

%

MAIORES ALTAS EM 12 MESES

9,59 8,22 7,59 7,34 6,95

CESP PNB COSAN ON GOL PN TELEMAR ON NATURA ON

MAIORES BAIXAS NA SEMANA

DURATEX ON GOL PN LOJAS RENNER ON MMX MINERAÇÃO ON LLX LOG ON

%

VIVO PN TELESP PN TELEMAR N L PNA TELEMAR PN VALE ON

%

131,24 127,64 119,31 111,46 106,90

MAIORES BAIXAS EM 12 MESES

PETROBRÁS ON B2W VAREJO ON TELESP PN LIGHT ON PETROBRÁS PN

-5,20 -4,77 -4,32 -2,62 -2,47

RANKING DA SEMANA maio.

Índice Ibovespa*

4.330

4.340

ÍNDICE

4.330 4.310 4.300

1.550

4.290 4.280

1.540

4.270

MAIORES POR PATRIMÔNIO

MAIORES POR RENTABILIDADE

MÊS (%)

DIA (%)

ANO

PL (R$ MILHÕES)

COTA (R$)

Safra DI Credito Priv. FI Refer Vic Fg 2 Cred PrIV FI Ref Itaú Perfil Refer DI FI Western Asset Sovereign II Selic Ref FI Bnpp Match DI FI Refer Cred Priv

0,52 0,52 0,52 0,51 0,51

0,04 0,04 0,05 0,04 0,04

4,28 4,30 4,02 3,95 4,03

4.170.415,28

110,18

24.624,22 523.738,64 1.481.349,87 102.533,74

1,08 133,32 1186,14 118,96

MÊS (%)

DIA (%)

ANO

PL (R$ MILHÕES)

COTA (R$)

1,91 1,75 1,63 1,61

0,06 0,03 0,03 0,04

7,00 5,54 6,80 7,24

182.554,74 886,93 54.732,56 42.221,27

1,34 8,73 1,93 1425,77

1,60

0,03

7,36

12.226,57

3,18

MAIORES POR RENTABILIDADE

MÊS (%)

DIA (%)

ANO

PL (R$ MILHÕES)

COTA (R$)

Oak FI Multimercado* Maple FICFI Multimercado* Bradseg Fundo Invest Multim* Js FI Mult Cred Priv Inv Ext* Xp Max FI Multimercado*

9,32 9,32 7,95 6,46

-1,47 -1,47 -0,57 -0,05

-24,50 -24,55 -0,60 8,72

51.483,02 51.486,98 77.130,24 927.800,82

0,94 0,91 143,37 90,28

5,62

-0,01

15,72

1.967,66

1,15

Renda Fixa MAIORES POR RENTABILIDADE

Unibanco Master FI RF Ima B 5+ HSBC FI RF Cred Priv Pro Amem* Icatu Hartford Ipc R Fixa FI* Western Asset Prev Inflation Plus RF FI* HSBC FI RF Mississipi*

MÊS (%)

Gwi Dividendos FI Em Ações* Gwi Pipes FI De Ações* Bird Fdo Invest Aç Invest Exteri* FI Ações Proprietario 10* Vinci Prioritario FI Ações*

9,36 8,44 7,86 7,08 6,95

DIA (%)

ANO

PL (R$ MILHÕES)

COTA (R$)

-0,29 -17,92 -0,58 -34,92 -0,10 8,12 -0,88 3,98 2,02 11,24

2.743,20 30.806,31 1.014.421,39 17.233,60 303.151,44

8543,21 9383,04 1050,99 103,98 111,24

MÊS (%)

DIA (%)

ANO

PL (R$ MILHÕES)

COTA (R$)

1,70 1,66 1,60 1,59 1,57

0,05 0,04 0,09 0,04 0,04

7,10 7,13 7,21 7,22 7,12

292.622,57 74.831,03 19.334,50 2.030.346,60 120.257,07

10,94 1,39 1,15 1,46 1403,57

COTA (%)

4,10 4,15 4,02 4,05 3,97

20.431.050,38 17.443.116,59 15.279.107,31 14.371.773,78 8.524.119,13

7,91 65,60 3,77 73,38

MÊS (%) ANO(%)

0,49 0,5 0,49 0,48 0,49

12,12

DIA (%)

PL (R$ MILHÕES)

COTA (%)

0,04 0,03 0,04 0,04

0,44 0,48 0,42 0,44

3,90 4,10 3,69 3,95

20.806.134,55 11.410.399,79 10.930.239,39 8.308.915,20

9,54 10,40 7,16 1,19

0,03

0,39

3,45

8.307.363,61

8,36

MÊS (%) ANO(%)

MÊS (%)

DIA (%)

0,90 0,89 0,88 0,88 0,88

-0,55 -0,55 -0,55 -0,55 -0,55

MAIORES POR RENTABILIDADE

MÊS (%)

Alfa II FMP FGTS VRD Caixa FMP FGTS Vale II Alfa III FMP FGTS VRD Alfa I FMP FGTS VRD BB FMP FGTS Vale Migração

-5,06 -5,07 -5,08 -5,09 -5,09

ANO

PL (R$ MILHÕES)

COTA (R$)

-16,61 -16,66 -16,58 -16,65 -16,75

9.927,55 55.314,59 12.209,55 91.646,51 39.825,12

364,17 107,81 11,12 10,76 10,60

DIA (%)

ANO

PL (R$ MILHÕES)

COTA (R$)

-1,75 -1,74 -1,75 -1,76 -1,75

-3,88 -3,89 -4,01 -3,86 -3,97

58.028,47 1.458.636,93 10.568,84 5.839,84 12.320,76

1210,60 11,63 1166,42 1198,55 10,30

Previdência Vale FGTS

FIC FI Multim Petros Master* Safra Global FI Mult Cred Priv* FIC FI Multim Petros Moder* Select 1 FIC FI Multi. Prev.* Fprf2 Albatroz FI Multim Prev*

DIA (%)

0,04 0,04 0,04 0,05 0,05

PL (R$ MILHÕES)

COTA (%)

4,27 3,99 4,26 7,03 7,34

10.156.412,11 7.414.202,81 4.271.237,97 3.891.461,63 3.486.035,23

4795,26 5380,16 3,76 2,93

MÊS (%) ANO(%)

PL (R$ MILHÕES)

COTA (%)

2.299.583,36 1.025.398,28 1.014.421,39 866.255,43 779.806,67

55,20 121,24 1050,99 1,68

0,48 0,45 0,46 1,15 1,23

6,12

Fundo de ações livre Geração L. Par FIA* Tempo Capital Principal FI Aç* Bird Fdo Invest Aç Invest Exteri* Geração FIA Programado* Tempo Capital FIC FI Ações*

DIA (%)

-0,07 -0,25 -0,10 0,12 -0,26

2,2 2,19 7,86 2,41 2,08

-3,82 -8,11 8,12 -8,86 -8,87

119,49

MAIORES POR PATRIMÔNIO

Bradesco FI RF Master Previdência Bradesco FIC RF VGBL FIX Realprev FI Renda Fixa Brasilprev TOP TPF FI RF Caixa FI Previnvest RF Gestão

DIA (%)

0,03 0,02 0,04 0,04 0,03

MÊS (%) ANO(%)

PL (R$ MILHÕES)

COTA (%)

4,24 2,83 4,22 4,13 4,18

42.608.983,63

9.816.677,67

1,76 2,62 174,92 1,75 1,78

MÊS (%) ANO(%)

PL (R$ MILHÕES)

COTA (%)

-16,77 -16,68 -16,86 -16,89 -16,92

1.247.526,56

390.603,27

10,46 10,71 10,22 10,13 101,05

MÊS (%) ANO(%)

PL (R$ MILHÕES)

COTA (%)

1.458.636,93

11,63 11,06 11,73 11,53 115,55

0,48 0,32 0,51 0,47 0,48

14.842.141,92 13.318.637,13 12.300.590,72

MAIORES POR PATRIMÔNIO

Caixa FMP FGTS PetrobráS III Caixa FMP FGTS Petrobrás IV Caixa FMP FGTS Petrobrás II Bradesco FGTS Petrobrás Itaú Petrobrás FMP FGTS

DIA (%)

-0,55 -0,55 -0,55 -0,56 -0,55

0,85 0,86 0,84 0,86 0,86

1.037.354,25 733.341,05 684.780,59

Previdência Vale FGTS

* ESSES FUNDOS INDICAM A COTA DE ABERTURA DE ONTEM, MAS OS DADOS SOBRE RENTABILIDADE E PATRIMÔNIO LÍQUIDO REFEREM-SE AO DIA

11/6

18

Fundos* 1 1 1 1 1 1 1

ÍNDICE

1.520 1.510

11/6

18

Aplicações

Ibovespa ativo Ibovespa Set. energia IBX IBX ativo Renda Fixa DI

2,13 1,28 0,95 0,71 0,58 0,24 0,19

1 1 1 1 1 1 1

Ibovespa Euro ** CDI CDB médio Poupança Ouro Dólar **

1,31 0,30 0,19 0,17 0,13 0,00 -2,01

131,24 É a variação da ação Duratex ON nos últimos 12 meses

* ÍNDICE CALCULADO PELA AE, A PARTIR DA RENTABILIDADE MÉDIA DOS MAIORES FUNDOS DA ANBID **DADOS DO BANCO CENTRAL

Multimercados Multiestratégia

Previdência Petrobrás FGTS

Previdência Petrobrás FGTS Real FMP FGTS Petrobrás III Itaú Desenv. Petrobrás FMP FGTS Bradesco FGTS Private III Petrobrás Bradesco FGTS Private IV Petrobrás FMP FGTS Unibanco C PETR

PL (R$ MILHÕES)

Previdência renda fixa

Previdência renda fixa

MAIORES POR RENTABILIDADE

Caixa FI Master RF L Prazo* Bram FI RF Caixa FIC Personal RF L Prazo* Caixa FI Master PeRF RF Lp* Caixa FIC Executivo RF L P*

MAIORES POR PATRIMÔNIO

MAIORES POR RENTABILIDADE

0,05 0,04 0,04 0,04 0,04

MÊS (%) ANO(%)

Renda Fixa

MAIORES POR PATRIMÔNIO

Fundo de ações livre

Itaú Flexp Vertice IMAB5 Mais RF FI Icatu Hartford FI IPCA RF Previdência Fram Capital Previdência FI RF LP Brasilprev TOP Atuarial FI RF Icatu Hartford Aposent Inflaçãp RF FI

BB Top DI FI Refer DI Lp* Santander FI Refer DI Bram FI Refer DI Rubi Itaú Referenciado DI FI HSBC FI Referenciado DI Lp MAIORES POR PATRIMÔNIO

Multimercados Multiestratégia

MAIORES POR RENTABILIDADE

4.230 DIA (%)

1.520

1.530

4.240

Referenciado DI

1.580

1.560

4.250

Referenciado DI

Setorial telecom.* 1.570

4.320

4.260

FUNDOS

Usados ou novos. Para o presidente do Creci-SP, Augusto Viana, os imóveis usados podem ser melhor negócio para quemprocurapreçosmaisbaixos e imóveis com metragem maior. “Nos usados, é possível negociar o preço, nos novos, não”, diz. “Além disso, os antigos são bem mais espaçosos que os novos”, emenda. João Cristana, presidente do Secovi, no entanto, lembra que, normalmente, os usados exigem algum tipo de reforma. “Tem de incluir esse custo no planejamento.” Ricardo José de Almeida, professor do Insper (ex-Ibmec SP), completa dizendo que, geralmente, os novos atendem mais “os desejos dos compradores”. “As estruturas são mais inovadoras e os novos têm áreas externas bem elaboradas”, diz. O professor do Insper recomenda também boa pesquisa entre os imóveis. “No lançamento do empreendimento é muitomaisbarato”,reforça.Isso quer dizer que, quem chegar primeiro, pagará menos. “Por isso, é preciso ficar bem atento aos movimentos do mercado.”

● Na semana, o dólar recuou 2,05%, a menor cotação desde 4 de

%

-10,28 -8,79 -6,22 -5,21 -3,81

Por meio de comunicado, o banco estatal informa que foram “ampliados prazos para até 30 anos, cotas de financiamento de até 90% (do valor do imóvel) e, em alguns casos, até 100%”.

“Portanto, sob a ótica do financiamento imobiliário, o momento é favorável à aquisição de imóvel. No entanto, considerando que o mercado está bastante aquecido tanto pelo lado da oferta quanto do lado da demanda, é recomendávelqueocompradorpesquise o universo de imóveis em oferta”, diz a Caixa.

MAIORES POR PATRIMÔNIO

Caixa FMP FGTS Vale II Caixa FMP FGTS Vale I BB FMP FGTS Vale do Rio Doce Bradesco FMP FGTS Vale Itaú FMP FGTS Vale

DIA (%)

-1,74 -1,75 -1,76 -1,76 -1,76

-5,07 -5,14 -5,16 -5,17 -5,16

-3,89 -4,20 -3,95 -4,09 -4,05

747.848,04 566.928,06 486.953,56 357.003,83

FONTE: ANBIMA

ENTENDA: REFERENCIADO DI - INVESTE, NO MÍNIMO, 95% DA CARTEIRA EM TÍTULOS QUE ACOMPANHAM O CDI OU A SELIC. RENDA FIXA - MANTÉM, NO MÍNIMO, 80% DA CARTEIRA EM TÍTULOS FEDERAIS. CURTO PRAZO - INVESTE EM TÍTULOS DE ATÉ 375 DIAS QUE ACOMPANHAM O CDI OU A SELIC E TENHAM PRAZO MÉDIO DE ATÉ 60 DIAS. MULTIMERCADOS COM RENDA VARIÁVEL - APLICA EM DIVERSOS ATIVOS (COMO DÓLAR, OURO E AÇÕES). AÇÕES LIVRE - NÃO ACOMPANHA ÍNDICES DE AÇÕES E NÃO SE VOLTA A SETOR ESPECÍFICO. IBX - ACOMPANHA O ÍNDICE BRASIL. IBX ATIVO - BUSCA SUPERAR O ÍNDICE BRASIL. IBOVESPA - BUSCA A VARIAÇÃO DO IBOVESPA. IBOVESPA ATIVO - BUSCA SUPERAR O IBOVESPA. CAMBIAL S/ AVALANCAGEM - APLICAM CAMBIAL C/ ALAVANCAGEM - IDÊNTICO AO ANTERIOR, ADMITE ENDIVIDAMENTO.

TESOURO DIRETO * VENCIMENTO

NTN-B

15/8/2012 15/5/2015 15/8/2020 15/8/2024 15/5/2035 15/5/2045 NTN-B-principal 15/5/2015 15/8/2024 LTN 1/1/2011 1/1/2012 1/1/2013 LFT 7/3/2013 7/3/2015

ANO (%)

6,77 6,65 6,35 6,31 6,30 6,28 6,64 6,26 11,32 12,26 12,35 0,00 0,00

R$

1.937,67 1.888,70 1.919,73 1.915,44 1.871,95 1.868,50 1.406,92 818,24 943,76 837,27 744,66 4.262,03 4.262,03

ENTENDA: NOTA DO TESOURO NACIONAL SÉRIE B (NTN-B) - PAGA VARIAÇÃO DO IPCA E JUROS FIXADOS NA COMPRA (PREFIXADO). OS JUROS SÃO PAGOS TODO O SEMESTRE. NOTA DO TESOURO NACIONAL SÉRIE B (NTN-B) PRINCIPAL - PAGA A VARIAÇÃO DO IPCA E JURO PREFIXADO. O JURO E O PRINCIPAL SÃO PAGOS NO VENCIMENTO. LETRA DO TESOURO NACIONAL (LTN) - JURO PREFIXADO COM RECEBIMENTO SEMESTRAL. NOTA DO TESOURO NACIONAL SÉRIE F (NTN-F) - RENTABILIDADE DEFINIDA, ACRESCIDA DE JURO PREFIXADO. JUROS SEMESTRAIS. LETRA FINANCEIRA DO TESOURO (LFT) - RENTABILIDADE DA SELIC E RESGATE NO VENCIMENTO.

* TÍTULOS A VENDA

CÂMBIO

MOEDA

Dólar comercial* Dólar turismo* Euro comercial* Euro turismo* Franco suíço** Peso argentino** Libra esterlina** Iene** Peso chileno** Rublo** Yuan** Dólar australiano** Dólar canadense** Dólar Hong Kong**

POUPANÇA

COMPRA (R$)

1,7700 1,7000 2,1953 2,1570 1,5998 0,4521 2,6282 0,0196 0,0033 0,0572 0,2601 1,5433 1,7361 0,2288

* COTAÇÃO AE / ** COTAÇÃO BC

VENDA SEMANA (R$) (%)

1,7720 1,8600 2,1965 2,2870 1,6011 0,4528 2,6299 0,0196 0,0033 0,0573 0,2602 1,5443 1,7374 0,2289

-4,63 -3,98 -0,25 -3,38 1,14 -3,47 -1,21 -2,64 -2,32 -2,00 -3,45 1,99 0,07 -2,84

1º/6 a 1º/7 2/6 a 2/7 3/6 a 3/7 4/6 a 4/7 5/6 a 5/7 6/6 a 6/7 7/6 a 7/7 8/6 a 8/7 9/6 a 9/7 10/6 a 10/7 11/6 a 11/7 12/6 a 12/7 13/6 a 13/7 14/6 a 14/7 15/6 a 15/7 16/6 a 16/7 17/6 a 17/7 FONTE: BC

TR

TBF

0,0589 0,0845 0,0679 0,0812 0,0422 0,0688 0,1121 0,1014 0,1054 0,0858 0,0636 0,0522 0,0793 0,1131 0,1086 0,1152 0,0936

0,7293 0,7551 0,7684 0,7818 0,7325 0,7693 0,7929 0,8121 0,7861 0,7964 0,7640 0,7426 0,7799 0,8339 0,8194 0,8260 0,7742

POUPANÇA

0,5592 0,5849 0,5682 0,5816 0,5424 0,5691 0,6127 0,6019 0,6059 0,5862 0,5639 0,5525 0,5797 0,6137 0,6091 0,6158 0,5941


%HermesFileInfo:B-5:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

}

FINANÇAS PESSOAIS Seu Dinheiro

Economia B5 estadão.com.br

Leia mais. Colunas anteriores de Fábio Gallo www.estadão.com.br

Pergunte ao Gallo Envie sua pergunta. Elas serão publicadas às segundas-feiras – seudinheiro.estado@grupoestado.com.br

THOMAS LOHNES/AP

Comprar ação de empresa dos EUA é boa opção para diversificar carteira ● Brasileiros poderão comprar ações de empresas americanas na Bovespa. Como o sr. avalia essa possibilidade? Recomenda?

Para o leitor entender melhor: BDR (sigla que vem do original em inglês Brazilian Depository Receipts) são certificados representativos de ações de companhias abertas com sede no exterior e emitidos por instituição depositária no Brasil. Existem três níveis de BDRs patrocinados: I (negociados em balcão), II e III. Os níveis II e III são negociados no mercado de ações da Bovespa pelo sistema eletrônico Mega Bolsa. A empresa estrangeira neste caso passa a ser duplamente listada porque suas ações estão sendo negociadas na bolsa estrangeira e no Brasil. O investimento em BDRs tem como atrativo primeiramente permitir que o investidor local possa aplicar em empresa estrangeira sem ter de transferir recursos para o exterior, não há necessidade de fazer operações de câmbio ou mesmo manter contas de custódia no exterior, portanto, simplificando e trazendo agilidade. As BDRs possibilitam a diversificação das carteiras com ações estrangeiras, além das nacionais. Adquirir BDRs depende da estratégia traçada para cada carteira. Mas são uma opção interessante para a diversificação da carteira e pelo fato de trazerem mais opções de investimento para nosso mercado, sem a

necessidade de realizarmos investimentos estrangeiros. ● A Copa do Mundo tem alguma influência sobre o mundo financeiro?

Eventos como a Copa do Mundo e outros de grande magnitude sempre afetam o ambiente como um todo. O mundo financeiro não é exceção à regra. No entanto, as análises realizadas sobre o comportamento da economia e o desempenho na Copa do Mundo mostraram que não há relação causa e efeito. Até porque, se o Brasil tivesse sucesso econômico tal como em Copas, sem dúvida, estaríamos muito melhor. Basta uma breve consulta no relatório “The World Cup and Economics 2010”, assinado por Jim O’Neill, economista-chefe da Goldman Sachs, que menciona que, na história das Copas Mundiais, por exemplo, tivemos 2,5 mais sucesso que a Argentina e 5 vezes mais que a Inglaterra. De outro lado, devemos entender que nesse relatório não foi analisado como o desempenho no futebol afetaria a economia. O fato é que eventos como Copa e Olimpíadas levam a uma série de investimentos pesados. Algumas previsões no Brasil para 2014 e 2016 indicam gastos com investimentos acima de R$ 100 bilhões. Outro aspecto que não pode ser deixado de lado é que o comportamento das pessoas é afetado pelos humores do mercado. Um ambiente de esperança, otimismo e alegria, como o de Copa, leva as pessoas a um nível me-

Clima de Copa. Operador da Bolsa de Frankfurt: Copa reduz nível de preocupação e pode ajudar os negócios nor de preocupação com gastos, o que pode gerar um ambiente de consumo maior. Basta verificar, em nosso caso, neste ano, o crescimento das vendas de TVs tela plana. As TVs de LED estão em falta. Tudo isso por conta da antecipação de consumo que houve no primeiro trimestre. ● Vou sair de férias no próximo mês, mas não estou com muito dinheiro para viajar. Antecipar o 13º salário é uma boa opção?

A situação narrada pelo leitor é muito comum. Isso porque a maioria das pessoas e das famílias não mantém um planejamento financeiro. Preparar o orçamento familiar ou pessoal é útil justamente para que possamos viver melhor, com mais tranquilidade. Ele é importante em casos como esse,

porque, ao nos organizarmos financeiramente, temos a oportunidade de definir nossos objetivos, como comprar uma casa, um carro novo ou as nossas férias. Tenho um amigo que já viajou o mundo todo. Eu o questionava: como você consegue fazer essas viagens? A resposta dele sempre foi: “Me preparo ao longo do ano todo para isso. Economizo em vários itens de consumo, mas não abro mão das viagens.” No caso do nosso leitor, as férias já estão na porta. Assim, a primeira dica é organizar-se. Prepare o seu orçamento, programe muito bem os gastos da viagem, verifique as economias possíveis e, caso o adiantamento do 13.º salário seja necessário, use dessa opção. Mas mantenha bem organizada as suas contas porque pode ser

que essa parcela de 13º faça falta lá na frente. Não vale chegar ao início do próximo ano endividado e colocar a culpa no mês de janeiro, que sempre é carregado de muitos gastos. Por último, lembre-se sempre de perguntar quando estiver de frente a qualquer gasto: “Eu quero ou preciso disso?” Se a resposta for “eu preciso”, não há muito que fazer. Caso seja “eu quero”, você somente pode realizar o gasto se estiver com um bom planejamento financeiro e, assim, não ficar endividado. Boas férias! ✽ FÁBIO GALLO É PROFESSOR DE FINANÇAS DA FGV E DA PUC-SP

Construtoras buscam terrenos em bairros distantes Nos lugares mais disputados, como o Itaim, escassez de espaço já limita o lançamento de empreendimentos Roberta Scrivano Aiana Freitas

A ausência de terrenos com características propícias para erguer um prédio na região central de São Paulo está levando as construtoras a buscar oportunidades emregiõesmais distantes.

Bairros que antes eram periféricos começam a surgir mais requintados. A zona leste de São Paulo é um exemplo que se enquadra no perfil. Ubirajara Spessoto, diretor de incorporaçõesdaCyrela,concordaque jánãohátantadivisão física nos bairros. Ele diz até que também não existe mais divisão entre os 38 municípios que compõem a região metropolitana de São Paulo. “É indiferente para mim,dopontode vistamercadológico, se vou empreender em São Paulo, Osasco, Guarulhos ou São Bernardo. A divisão física existe mais”, diz.

O executivo também garante que não há falta de demanda em nenhum dos novos polos. BairroscomoPerdizes,Pinheiros, Moema e Itaim são os que, segundo as construtoras, terão cada vez menos lançamentos de novos imóveis, apesar de ainda haver forte demanda por essas regiões. “E esses locais são os que têm os preços mais altos”, dizCarlosEduardoFerraro,diretor da construtora Obracil. A demanda e o ritmo de novas ofertas têm sido tão ligeiros que, parao diretor da Cyrela, nos próximos 20 ou 25 anos, a tendência é não haver divisão física entre

Preço. Questionado sobre se ospreçosnacapitalpaulistacontinuarão em alta, Ferraro, da Obracil,diz queatendênciaéhaver uma estabilização. “Estamos chegando ao topo dos preços. Acredito que subirá ainda um pouco mais, mas não vamos passar muito do atual limite”, diz. Eleexplicaqueafortevalorização(segundoaEmbraesp,noprimeiro quadrimestre deste ano,

Reajuste do aluguel (Junho)

inflação (%)

INSS

São Paulo, Jundiaí e Campinas. “Não tratamos a cidade de São Paulo separada das outras cidades que formam a Grande São Paulo”, avalia.

os preços dos imóveis de dois dormitórios subiram 42,8%quando comparado ao mesmo período de 2009) se explicapelofatodaausênciadelançamentos das construtoras an● Oferta

UBIRAJARA SPESSOTO DIRETOR DA CYRELA

“Já é indiferente, do ponto de vista mercadológico, se vou empreender em São Paulo, Osasco, Guarulhos ou São Bernardo”

tes de 2006. “De repente, houve um boom de oferta de imóveis e de crédito, o que impulsionou a alta dos preços, sobretudo em São Paulo.” Os especialistas garantem que, apesar do cenário atual, o mercadoestá longe deficar saturado.“Hámuitasregiões paraserem exploradas”, diz Ferraro. “Temos 5,2 milhões de lares na GrandeSãoPaulo.Seconsiderarmos que 20% disso é subhabitação, teremos 4,2 milhõesde lares aproximadamente. Se o mercado crescer 2% apenas, já são 80 mil unidades novas por ano”, afirma Spessoto.

Suas Contas Imposto de Renda na fonte BASE DE CÁLCULO (R$)

Até 1.499,15 De 1.499,16 até 2.246,75 De 2.246,76 até 2.995,70 De 2.995,71 até 3.743,19 Acima de 3.743,19

ALÍQUOTA

PARCELA A DEDUZIR

– 7,5 15 22,5 27,5

Isento 112,43 280,94 505,62 692,78

Deduções: R$ 150,69 por dependente; pensão alimentícia integral; contribuição ao INSS. Aposentado com 65 anos ou mais tem direito a uma dedução extra de R$ 1.499,15 no benefício recebido da previdência pública ou privada.

IGP-M (FGV) 1,0418 IGP-DI (FGV) 1,0438 IPC (FIPE) 1,0493

IPCA (IBGE) 1,0522 INPC (IBGE) 1,0531 ICV (DIEESE) 1,0562

OBS.: FATORES VÁLIDOS PARA CONTRATOS CUJO ÚLTIMO REAJUSTE OCORREU HÁ UM ANO

Salário mínimo (Junho)

R$ 510,00

ÍNDICES

MAIO

ANO

12 MESES

IPCA(IBGE) INPC (IBGE) IGP-M (FGV) IPA-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC (FGV) IPC-FIPE ICV- DIEESE

0,43 0,43 1,19 1,49 1,57 20,6 0,21 1,81 0,22 0,15

3,09 3,50 4,79 5,31 5,12 5,12 3,86 4,48 3,06 3,19

5,22 5,31 4,18 3,45 4,38 4,38 5,28 6,07 4,93 5,62

TRABALHADOR DOMÉSTICO

TRABALHADOR ASSALARIADO*

AUTÔNOMOS

MÊS DE COMPETÊNCIA: Maio Salário de contribuição

Alíquota

Até 1.024,97 De 1.024,98 a 1.708,27 De 1.708,28 a 3.416,54 * Empregador

OBS.: Válida para salários pagos a partir de fevereiro de 2010. Pagamento até 15/6/2010.

8% 9% 11% 12%

Alíquota

Máx. (R$)

Mín. (R$)

Empregado 8 a 11 Empregador 12 Total 20 a 23

40, 80 61,20 102,00

375,82 409,98 785,80

Base

De 510.00 até 3.416,54

11%

Preocupar-se com a saúde, a família, o futuro e o patrimônio é absolutamente normal. O que não é normal é você precisar de uma seguradora e isso virar um aborrecimento. Esta é a diferença quando você escolhe a SulAmérica. Você conta com 114 anos de experiência de quem procura fazer tudo de um jeito cada vez mais rápido, claro e fácil. Desde o momento da escolha até a hora que você precisa. A SulAmérica se preocupa com tudo para você não ter que se chatear com nada.

SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos. Se aborrecer pra quê? Consulte seu corretor de seguros.

sulamerica.com.br/seaborrecerpraque

56,10

** Contribuinte individual que trabalha por conta própria (antigo autônomo), sem relação de trabalho com empresa ou equiparada. Códigos: Individuais: 1163 mensal e 1180 trimestral. Facultativos:1473 mensal e 1490 trimestral.

Agilidade e transparência. É impressionante como duas palavras conseguem evitar tanto aborrecimento. Seguro e previdência são para resolver os aborrecimentos e não para ser mais um. S�� uma seguradora que tem o compromisso de trazer mais transparência e agilidade pode afirmar isso para você.

A pagar

20% De 102, 00 até 683,31

Autônomo (plano simplificado)**

510,00 No Estado de São Paulo, o valor mínimo de contribuição é de R$ 102,00 e o máximo de R$785,80. Outros Estados têm piso salariais próprios

Alíquota


B6 Economia %HermesFileInfo:B-6:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

FINANÇAS PESSOAIS

}

estadão.com.br Leia mais. Blog ‘No Azul’ sobre finanças pessoais blogs.estadão.com.br/no-azul

Seu Futuro

A semana

Cresce interesse da 3ª idade por cursos de educação financeira Para especialistas, há opção de investimentos conservadores para esse público além da caderneta de poupança Roberta Scrivano

A expectativa de vida do brasileiro cresce a cada ano e, junto com ela, o interesse da terceira idade pela educação financeira. Os cursos para esse nicho

da população, no entanto, ainda sãobemescassos.Háalgumasiniciativasisoladas,comoumacartilha lançada no ano passado pelo governo de São Paulo – que é entregue gratuitamente nas unidades da Defensoria Pública– e uma ou outra palestra. Especialistas em finanças salientamaimportânciadeosvelhinhos despertarem cada vez mais o interesse pessoal pela administração responsável e elaboração dos investimentos. “A terceira idade tem caracte-

rísticaspeculiares.Porisso,precisamprocurar orientações específicas para as finanças”, diz Marcos Silvestre, economista e coordenador do Centro de Estudos de Finanças Pessoais & Empreendedorismo. A principal peculiaridade de quem já vive a aposentadoria, segundo Silvestre, é a renda mensal. “Não há incremento de renda, tampouco a expectativa de haver um aumento significativo ou coisas desse tipo”, afirma. Partindo desse cenário, tanto Silvestre quanto Mauro Calil,

pessoal da terceira idade, como eu, fazer esse tipo de atualização.Dámaissegurança paracontinuar.” O curso da Unifesp não aborda especificamente o tema ‘finanças pessoais’, mas dona Miriamsalientaqueasaulasestimulam os velhinhos a procurar informações dos mais variados temas.“Écolocaracabeçaparafuncionar”, afirma. Foi nesse embalo que dona Miriam, com a ajuda do filho e do marido, começou, aos poucos, a reverter um porcentual do que já tinha guardado na poupança em CDI. “Eu já me informei e sei que ações não são para quem tem idade avançada como eu, mas eu queria algo mais elaborado”, diz. Dona Miriam está casada há

De olho no orçamento

‘DÁ MAIS SEGURANÇA PARA CONTINUAR’ Aposentada fez faculdade para 3ª idade, na qual estudou temas como direito do idoso e saúde

D

ona Miriam Bassanese completa 70 anos em 2010 e há quatro se formou na faculdade da Terceira Idade, administrada pela Universidade Federal de São Paulo (Uninesp). O curso, que custa R$ 30 por mês e é disponibilizado para pessoas com mais de 55 anos, é uma “espécie de

atualização para os velhinhos”, segundo define dona Miriam. “Lá, aprendemos sobre vários temas contemporâneos, como conhecimentosgerais,saúde, direito do idoso e informática”, diz. Mesmo alguns anos depois de obtero diploma,dona Miriamlembracomdetalhesdostemasabordadosnodecorrerdocurso. “É muito importante para o

educador financeiro, afirmam que o aposentado precisa entender alguns investimentos que poderão trazer melhores rendimentos no mês. “Segurança e conservadorismo são a regra número um”, indica Calil. Massegurançaeconservadorismo não são sinônimo apenas de cadernetapoupança.“TesouroDiretoéumaexcelenteopção,sobretudo porque é fácil lidar e o rendimento é mais interessante do que a caderneta”, completa Silvestre. Aliquidez tambémé importante, já que os velhinhos precisam ter acesso fácil ao dinheiro, caso precisem de verba para alguma emergência. Os papéis do Tesouro podem ter liquidez semanal, mensal ou semestral. No caso da poupança, é diário. Cálculos de Silvestre mostram

que tirar recursos da poupança e aplicá-los no Tesouro podem resultar em ganhos até 25% maiores. “Se o aposentado tem R$ 1 milhãonapoupança,orendimento mensal será de R$ 5,5 mil. Nos papéis NTN-B com vencimento para 2045, esse rendimento sobe para R$ 7,5 mil.” Para quem tem imóveis e compõe a renda com o valor dos aluguéis , Calil afirma que a venda do bemea aplicaçãodovalortotalno próprio Tesouro Direto, em fundos de investimentos imobiliários (se o gosto do aposentado for mesmo pelos imóveis) ou ainda em debêntures é mais interessante. “Nos três casos (Tesouro, fundo imobiliário e debêntures), a rentabilidade quase sempre é maior do que o aluguel”, explica o educador financeiro.

EPITACIO PESSOA/AE

Segunda, 21 Emprego: Dados/Caged (mai.). Hungria: decisão do Banco Central sobre juros. ● Terça, 22 Arrecadação Federal (maio). Inflação: IPCA-15 (junho). BC: Transações Correntes (maio). BC: Investimento Estrangeiro Direto (maio). Zona do Euro: Transações Correntes (abril). Zona do Euro: Confiança do Consumidor (junho). Alemanha: Índice de Expectativas de Negócios (junho) ● Quarta, 23 Inflação: IPC-S (prévia de junho). FGV: Sondagem do Consumidor (junho). BC: Nota sobre Operações de Crédito (maio). EUA: Decisão do Federal Reserve (Fed) sobre juros. Reino Unido: ata do Banco Central da Inglaterra. Zona do Euro e Alemanha: Índice Gerente de Compras (junho). ●

Na escola. ‘É colocar a cabeça para funcionar’, diz dona Miriam 45 anos e conta que nunca trabalhou. “Na minha época, as coisas para as mulheres eram diferentes. Meus pais me deixaram uma boa herança e, depois de casada, só o marido trabalhou”, detalha.

Justamenteporficarmaistempo em casa, sempre fez planilhas com os gastos e os ganhos da casa. “Planejamento financeiro sempre foi obrigatório em casa”, comenta, orgulhosa. / R.S.

Quinta, 24

Reunião do CMN. Inflação: IPC-Fipe (prévia de junho). IBGE: Taxa de Desemprego (maio). Tesouro: Relatório da Dívida Pública Federal (maio). EUA: Encomenda de Bens duráveis (maio). ●

Sexta, 25 Inflação: INCC-M (junho). EUA: PIB final (1º trimestre). EUA: Sentimento do Consumidor (junho). França: PIB final (1º trim.).

º 3 FINANCAS Seminário ANBIMA de

CORPORATIVAS

Adaptar-se para evoluir, essa é a nossa meta. Pode ser a sua também. Venha descobrir como as companhias tradicionais e com longo histórico de mercado se mantiveram em alta diante das crescentes demandas de investidores.

30 de junho de 2010 – Hotel Unique Inscrições somente até o dia 23 de junho Acesse www.eventosanbima.com.br Patrocínio:

Apoio de Mídia:

Realização:


%HermesFileInfo:B-7:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Economia terá ‘pouso suave’, dizem analistas Crescimento deve desacelerar para um ritmo anual entre 3,5% e 5% no ano que vem Fernando Dantas / RIO

A economia brasileira deve fazer um “pouso suave” depois do superaquecido início de 2010, na visão predominante entre os analistas. Isso quer dizer que, embora não deva ser nada desastroso, o cenário a partir do final do ano – e, especialmente, em 2011 – será bem menos propenso à euforia. Afinal, a economia deve desacelerar de um ritmo anual entre 7% e 8% para algo entre 3,5% e 5%, os juros devem subir bastante, a inflação permanecerá ainda num nível elevado e o déficit em conta corrente pode crescer. Além disso, 2011 pode ser o anoemqueonovogovernoaproveitará para tentar conter o ritmo de crescimento do gasto público, o que significa segurar o reajuste do funcionalismo e do salário mínimo (que indexa milhões de benefícios previdenciários e sociais), mexendo no bolso de boa parcela da população. “O Brasil vai ter de trazer essa economia aquecida para um nível de crescimento mais razoável, para poder controlar a inflaçãoeodéficitexterno”,dizoeconomista Armando Castelar, do Gávea Investimentos. Ao contrário de outros momentos do passado, porém, quando o País era obrigado a frear violentamente em função de crises, desta vez a desacelera-

çãotemtudopara serum processo civilizado, na aposta da maioria dos analistas. “Pouso forçado é coisa do passado, quando o Brasil tinha problemasdesolvência;hoje,nósparecemosmaisospaísesdesenvolvidos de antigamente, já que os desenvolvidosagoratêmproblemas parecidos com os que a gentetinhano passado”,resumeAndré Loes, economista-chefe do HSBC no Brasil. OPaíscresceu 2,7%no primeiro trimestre, em relação ao último de 2009 (tirando a variação sazonal), o que significa um ritmo anualizado de expansão de 11,2%. Para os próximos trimestres, a maior parte das projeções é de uma cadência bem mais modesta, equivalente a algo entre 4% a 5% ao ano. Por questões estatísticas,mesmocomessadesaceleração, o crescimento anual devefecharentre7%e8%,segundo boa parte das estimativas do mercado financeiro. “Jáhásinaisdealguma desaceleração neste segundo trimestre, com boa chance de evoluirmos para um pouso suave”, comenta Ilan Goldfajn, economista-chefe do Itaú-Unibanco. A produção industrial de abril, por exemplo, apresentou recuo de 0,7% ante março, descontada a influência sazonal. Essa oscilação momentânea da atividade, porém, não vai demover o Banco Central de prosseguir na escalada de aumentos da Selic, a taxa básica de juros, para garantir que a inflação do IPCA, o índice oficial, caminhe

mais intensa, em 2011. ● Bola de cristal

7% a 8%

é o ritmo atual de crescimento econômico, que deve diminuir para algo entre 3,5% e 5%

12,25%

é a taxa básica de juros prevista para outubro pelo HSBC, um aumento de 2 pontos porcentuais sobre os 10,25% de hoje

13%

é a previsão para a taxa Selic do Itaú-Unibanco, para 2011

de volta na direção do centro da meta de 4,5% ao longo de 2011. Em maio, o IPCA acumulava uma variação de 5,22% em 12 meses, e a mediana das projeções de mercado para 2010 é de 5,64%. O HSBC estima que a Selic saia do nível atual de10,25% para 12,25% em outubro, o que representa um ciclo de alta de 3,5 pontos porcentuais a partir do nível mais baixo, de 8,75%, que vigorou até abril. Já o Itaú-Unibanco projeta uma Selic de 11,75% no final de 2010, e mais algumas altas adicionais em 2011, que levariam a taxa básica para 13% – um ciclo de elevações de 4,25 pontos porcentuais. O efeito desse aperto monetário, porém, não é imediato, e deve começar a ser sentido no final dosegundo semestre e, de forma

Política fiscal. Uma forte preocupação dos analistas é com a combinação de política monetária e fiscal que este e o próximo governo aplicarão para colocar a economia numa trajetória de crescimento mais equilibrada. “O meu medo é de um ajuste de má qualidade, que deixe um papel muito forte para a política monetária, e pouco para a política fiscal”, diz Castelar. Há um moderado otimismo entre os economistas de que, sendo o ano inaugural de um novo (ou uma nova) presidente, 2011 se preste a um ajuste nas despesas públicas. O Itaú-Unibanco, baseado no desempenho daarrecadação,jáelevousuaprojeção de superávit primário (exclui juros) em 2010 de 2,7% para 3%, e para 3,3% em 2011. Muitos analistas notam que a questão fiscal no Brasil mudou. Hoje, não se trata mais de garantir a solvência do setor público, mas sim de reduzir o seu consumo – o que é o mesmo que aumentarapoupança–para permitir que o crescimento do investimento não pressione demais a demanda. Um fator de possível incertezamencionado portodososanalistaséaevolução dasituaçãoeuropeia e seu impacto na economia global. A maioria, porém, acha que o Brasil só seria mais seriamente afetado no caso de uma crise de proporções extremas, o que não é considerado o mais provável.

Economia B7

TEC TOY S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº 22.770.366/0001-82 NIRE 13.300.004.673 ATA DA 18ª. A SSEMBLÉIA G ERAL O RDINÁRIA REALIZADA NO DIA 30 DE ABRIL DE 2010. 1. DATA, HORA E LOCAL: 30.04.2010, às 8:00 horas, na sede social, na Capital do Estado do Amazonas, na rua Aruanã 145 – A Distrito Industrial 2. COMPOSIÇÃO DA MESA: Presidente – ROBERTO FAVERO. Secretário – EUDES RICARDO MORAES M ARTINS 3.PRESENÇA: Acionistas representando quorum legal para instalação e deliberação, conforme assinaturas apostas no Livro de Registro de Presença de Acionistas. 4. PUBLICAÇÕES : Demonstrações Financeiras referentes ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2009, publicadas no “”Diário Oficial do Estado do Amazonas””, no jornal “Diário do Amazonas” e no jornal “O Estado de São Paulo” em 25 de março de 2010. Editais de Convocação publicados no “”Diário Oficial do Estado do Amazonas””, no jornal “Diário do Amazonas” e no jornal “O Estado de São . Paulo” em 15, 16 e 19 de abril de 2010 5. INFORMAÇÕES: A mesa informou estar presente o Diretor da Companhia, sr. Roberto Favero e o representante da empresa de auditoria independente BDO TREVISAN AUDITORES INDEPENDENTES sr. Martin Fallgatter para atender a pedidos de esclarecimentos dos acionistas. 6. ORDEM DO DIA: a) Exame, discussão e votação das Demonstrações Financeiras e do Relatório da Diretoria referentes ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2009; b) Destinação do resultado do exercício; Não haverá distribuição de Dividendos. Proposta: Destinação do prejuízo do exercício para a conta de “Lucros ou Prejuízos Acumulados; c) Fixação da remuneração mensal e global dos administradores; Proposta igual da AGO/2009: Remuneração Global anual do Conselho de Administração: R$ 800.000,00 e Remuneração global anula da Diretoria: R$ 2.000.000,00 7. DELIBERAÇÕES : 7.1.1. por unanimidade, mas com abstenção dos legalmente impedidos, aprovou integralmente o Relatório da Administração, o Balanço Patrimonial e as Demonstrações do Resultado do Exercício, das Mutações do Patrimônio Líquido e das Origens e Aplicações de Recursos e Notas Explicativas e o parecer da BDO TREVISAN A UDITORES INDEPENDENTES, referentes ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2009; 7.1.2 por unanimidade, aprovou a destinação do prejuízo do exercício, no valor de R$ 18.415.973,16 (dezoito milhões, quatrocentos e quinze mil, novecentos e setenta e três reais e dezesseis centavos) para a conta de Lucros ou Prejuízos Acumulados, cujo saldo passa a ser de R$ 104.373.653,81 (cento e quatro milhões, trezentos e setenta e três mil, seiscentos e cinquenta e três reais e oitenta e um centavos); 7.1.3 por unanimidade, fixou a remuneração anual do Conselho de Administração no montante global de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais), corrigido pelo Índice Geral de Preços de Mercado divulgado pela Fundação Getúlio Vargas – IGPMFGV, ou por qualquer outro índice que vier a substituí-lo, a ser distribuída entre os membros do Conselho de Administração conforme deliberação interna do órgão; 7.1.4 por unanimidade, fixou a remuneração anual da Diretoria no montante global de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais), corrigido pelo Índice Geral de Preços de Mercado divulgado pela Fundação Getúlio Vargas – IGPM-FGV, ou por qualquer outro índice que vier a substituí-lo, a ser distribuída entre os Diretores conforme deliberação do Conselho de Administração. 8 DOCUMENTOS ARQUIVADOS NA SEDE SOCIAL: Publicações das Demonstrações Financeiras correspondentes ao exercício social encerrado em 31de dezembro de 2010,Proposta do Conselho de Administração, ítem 13 – (Remuneração dos administradores) e item 10 – (Comentários dos diretores) do formulário de Referência instituído pela Instrução CVM nº 480 de 07/12/2009, Editais de convocação e Procurações. 9 ENCERRAMENTO: Nada mais havendo a tratar, foram encerrados os trabalhos e lavrada esta ata em livro próprio, em forma de sumário, nos termos do Artigo 130, parágrafo 1º, da Lei das Sociedades por Ações, a qual, após ter sido reaberta a sessão, foi lida, achada conforme, aprovada e assinada pelos acionistas presentes. Manaus, 30 de abril de 2010. ROBERTO FAVERO – Presidente. EUDES RICARDO MORAES MARTINS – Secretário. Acionistas: Steluc Participações Ltda. – p,Eudes Ricardo Moraes Martins, Stefano Adolfo Prado Arnhold – p. Roberto Favero, Eagle Brazil Investment L. P. por Eudes Ricardo Moraes Martins, Roberto Favero e Eudes Ricardo Moraes Martins. Administradores presentes: Sr.Roberto Favero– Diretor Industrial. A presente é cópia fiel da lavrada em livro próprio. R OBERTO FAVERO -Presidente; EUDES RICARDO M ORAES MARTINS- Secretário Visto: Adv. : E UDES RICARDO MORAES MARTINS OAB/AM nº 4173.JUCEA sob nº 373133 datado de 19/05/2010 e assinado por Edmilson da Silva Barbosa – Secretário Geral e registrada na JUCESP sob nº 198.358/10-6 no dia 09/06/2010 e assinado por Katia Regina Bueno de Godoy – Secretária Geral.

HDI Seguros S.A. CNPJ/MF nº 29.980.158/0001-57 - NIRE 35.300.026.446 Ata da Assembléia Geral Ordinária e Extraordinária Realizada em 10 de Março de 2010 1. Data, Hora e Local: A Assembléia Geral Ordinária e Extraordinária da HDI Seguros S.A. realizouse no dia 10 de Março de 2010, às 10:00 horas, na sede social da Companhia, na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, nº 901, 3º, 4º, 5º, 6º, 7º e 8º andares, na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo. 2. Convocação e Presença: Presentes Acionistas representando a totalidade do capital social, conforme assinaturas apostas no livro de “Presença de Acionistas”, Diretores e o Auditor Externo da Companhia, tornando-se dispensável a convocação por editais conforme, autoriza o § 4º do artigo 124 da Lei nº 6.404/76. 3. Mesa: Presidida pelo Sr. Wolfgang Franz José Sauer e secretariada pelo Sr. Roberto B. Pereira de Almeida Filho. 4. Ordem do Dia: Ordinariamente: (i) apreciação das contas dos administradores, exame, discussão e aprovação das demonstrações financeiras relativas ao exercício social findo em 31 de Dezembro de 2009; (ii) deliberação sobre a destinação do lucro líquido do exercício e a distribuição de dividendos; (iii) eleição dos membros do Conselho de Administração; (iv) fixação da remuneração dos administradores; (v) deliberação sobre instalação de Conselho Fiscal; Extraordinariamente: (vi) aprovar o Regulamento do Comitê de Auditoria. 5. Deliberações: De conformidade com a Ordem do Dia, as seguintes deliberações foram tomadas, por unanimidade de votos dos Acionistas presentes, com abstenção dos impedidos legalmente: - Ordinariamente: (i) Aprovadas, sem reservas, as contas dos administradores e as demonstrações financeiras relativas ao exercício social encerrado em 31 de Dezembro de 2009, documentos esses publicados nos jornais “Diário Oficial do Estado de São Paulo” e “O Estado de São Paulo”, nas edições do dia 23 de Fevereiro de 2010, considerando-se sanada a falta de publicação dos anúncios, conforme previsto no § 4º do artigo 133 da Lei n° 6.404/76. (ii) Aprovada a destinação do lucro líquido do exercício encerrado em 31 de Dezembro de 2009, no montante de R$ 48.980.715,91 (quarenta e oito milhões, novecentos e oitenta mil, setecentos e quinze reais e noventa e um centavos), da seguinte forma: (a) R$ 2.449.035,79 (dois milhões, quatrocentos e quarenta e nove mil, trinta e cinco reais e setenta e nove centavos) são destinados à formação da Reserva Legal; (b) R$ 23.540.489,10 (vinte e três milhões, quinhentos e quarenta mil, quatrocentos e oitenta e nove reais e dez centavos) são destinados ao pagamento de juros sobre capital próprio; e (c) R$ 22.991.191,02 (vinte e dois milhões, novecentos e noventa e um mil, cento e noventa e um reais e dois centavos) remanescentes são destinados à conta de reserva estatutária, conforme hipótese prevista na alínea “c”, do Parágrafo Primeiro, do artigo 15 do Estatuto Social da Companhia; (iii) Eleitos para o Conselho de Administração da Companhia, para um mandato que se estenderá até a Assembléia Geral Ordinária que vier a deliberar sobre as contas do exercício social a se encerrar em 31 de Dezembro de 2011, o Sr. Matthias Maak, alemão, casado, segurador, com escritório em São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, nº 901, 7° andar, portador da Carteira de Identidade de Estrangeiro RNE n° V 164.478-6 e inscrito no CPF/MF sob n° 213.092.208-24, que ocupará o cargo de Presidente do Conselho de Administração; o Sr. Wolfgang Franz José Sauer, brasileiro naturalizado, casado, empresário, com escritório em São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, nº 901, 7° andar, portador da Carteira de Identidade RG n° 2.944.463 e inscrito no CPF/MF sob n° 004.675.298-68; o Sr. Uwe Rudolf Gustav Deumann, alemão, casado, segurador, com escritório em São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, nº 901, 7° andar, portador da Carteira de Identidade de Estrangeiro RNE n° V 167.868-F e inscrito no CPF/MF sob n° 213.185.178-26; o Sr. Roberto B. Pereira de Almeida Filho, brasileiro, casado, administrador de empresas, com escritório em São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, nº 901, 7º andar, portador da Carteira de Identidade RG nº 2.165.055-SSP/SP e inscrito no CPF/MF sob nº 007.594.068-04; o Sr. Klaus Friedrich Adolf Windmueller, alemão, casado, segurador, com escritório em São Paulo, Estado de São Paulo, na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, nº 901, 7° andar, portador da Carteira de Identidade de Estrangeiro RNE n° W 315366-K e inscrito no CPF/MF sob n° 008.273.238-83; e o Sr. Sergio Bunin, alemão, casado, administrador de empresas, com passaporte alemão nº 3201270373 e inscrito no CPF/MF sob o nº 233.776.268-83, residente no exterior, com endereço na Riethorst 2, 30659, Hannover - Alemanha, tendo como representante legal no País, nos termos da Lei, o Sr. Wilson Roberto Alves, brasileiro, casado, contador, portador do RG 15.594.891-X SSP/SP, inscrito no CPF/MF sob nº 076.743.588-52, residente e domiciliado na Rua Rio Grande, 70, Apto. 82, Vila Mariana, São Paulo - SP, que ocuparão os cargos de membros do Conselho de Administração. Em atendimento ao § 1º do artigo 5º da Resolução CNSP n° 136/2005, fica consignado que os membros ora eleitos para o Conselho de Administração preenchem as condições previstas na referida Resolução; (iv) Fixada uma remuneração mensal e global de até R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais) para os membros do Conselho de Administração, com vigência no prazo de gestão, a qual será entre eles rateada, de acordo com o que vier a ser decidido pelos membros do Conselho de Administração, com observância do quanto disposto no artigo 152 da Lei nº 6.404/76; (v) Dispensada a instalação do Conselho Fiscal. Extraordinariamente: (vi) Aprovado o Regulamento do Comitê de Auditoria. 6. Encerramento: Nada mais havendo a tratar foram encerrados os trabalhos, lavrando-se a presente ata que, lida e achada conforme, foi aprovada pela unanimidade dos Acionistas presentes, que a subscrevem. São Paulo, 10 de Março de 2010. Wolfgang Franz José Sauer Presidente da Mesa; Roberto B. Pereira de Almeida Filho - Secretário da Mesa. Acionistas: ass.) HDI-Gerling International Holding AG - PP. Rodrigo U.F. Ferraz de Camargo; Matthias Maak; UWE Rudolf Gustav Deumann; Wolfgang Franz José Sauer; Roberto B. Pereira de Almeida Filho; Klaus Friedrich Adolf Windmueller; Sergio Bunin; João Francisco S. Borges da Costa; Carlos Alberto Cano Colucci; Murilo Setti Riedel; Eugênio Flávio Pontes Rodrigues. JUCESP nº 206.754/10-3 em 15/06/2010. Kátia Regina Bueno de Godoy - Secretária Geral.

O Departamento Regional de São Paulo do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) comunica a abertura da licitação: PREGÃO PRESENCIAL Nº 102/2010 – Objeto: Aquisição e instalação de relógio de ponto eletrônico por Sistema de Registro de Preços. Retirada do edital: a partir de 21 de junho de 2010. Entrega dos envelopes: até as 9h15 do dia 08 de julho de 2010. Abertura às 11h00. Retirada de edital: Na Avenida Paulista, 1313, 2º andar, Bela Vista, São Paulo, SP, ou pelo site www.sp.senai.br.

Gerência de Licitações de Bens e Serviços – GLBS

Saiba todos os segredos e dicas de como beber e comer bem.

Toda quinta no Estadão.


B8 Economia %HermesFileInfo:B-8:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

GILLES LAPOUGE ✽ ●

gilles.lapouge@wanadoo.fr

Alemanha e França

O

casal franco-alemão, depois que a Alemanha passou a ser dirigida pela chancelerAngela Merkele aFrançapor NicolasSarkozy, passa o tempo todo se reconciliando. Berlim eParis fazem as pazes mais ou menos toda a semana, o que significa que eles se estranham pelo menos uma vez por semana. É o que acaba de ocorrer, de novo, durante a reunião dos 27 chefes de Estado e de governo da União Europeia em Bruxelas. Paris e Berlim anunciaram que desejam aproveitar o tempo para “viver um terno amor”. O que, traduzindo, quer dizer que pretendem começar a briga logo mais. Quais são as divergências entre os dois países? A primeira diz respeito ao “governo” da Europa. Os 27 membros da EU concordam que a União não pode continuar como um “barco àderiva”,sempiloto,àmercêdosventos que o empurram para leste, depois a noroeste, em seguida para o sul, com o risco de se destruir batendo contra os recifes. Com base nesse princípio, Angela Merkel e Sarkozy estão lado a lado. “Vamos reagir! A Europa precisa se armar de uma estrutura que a conduza”.Masquandoadiscussãoenvolve o momento em que essa estrutura deve ser arquitetada, então começam as disputas. AngelaMerkelnãoquerum“governoeconômico”europeu.Essaexpressão, “governo econômico”, lhe causa horror. Pois ela significa que os Estados perderiam sua independência, e umaautoridadeabstrata,supra-estatatal, federal, substituiria as diferentes capitais na condução do barco

econômico europeu. Merkel prefere o termo “governança”, que tem a vantagem de ser bem mais vago, não diz muitacoisaenãoprenuncianenhuma transferência de soberania. Nicolas Sarkozy, pelo contrário, defende um verdadeiro “governo econômico”. Para ele, se a União Europeia de contentar com uma governança, para dar conselhos, definir as intenções, dar impulso, a cacofonia atual vai aumentar e a Europa cairá no abismo. Há um outro ponto de discórdia. O presidente francês deseja que esse governoeconômicoenvolvanãoatotalidade da União Europeia, seus 27 Estados membros, mas somente os 16 integrantes da zona do euro, que utilizam a moeda comum. É bom lembrar sempre esta anomalia: não são todos os países da EU que pertencem à zona do euro. A Inglaterra, por exemplo, e a Polônia, fazem parte da EU, mas não adotaram o euro como moeda. Por que Berlim, que faz parte da zona do euro, rejeita a tese de uma governançaqueenvolva apenasospaísesqueaderiram à moeda comum e não à EU inteira? Por várias razões: A primeira é que Angela Merkel não quer uma Europa dividida em duas. E ela não está errada: constituir um continente e começar a dividi-lo em dois é absurdo e perigoso. Em segundo lugar, a zona do euro é formada não só pela França e Alemanha, mas também por Portugal, Grécia e todos esses países do Sul, mal dirigidos e próximos da falência. Ora, Angela Merkel tem horror a esses povos meridionais, relaxados, anárquicos e indigentes, chamados, com desdém, de países do “Clube Med”. Mas, entre os países que não aderiram ao euro, figuram os nórdicos, que a Alemanha adora, pois têm uma gestão

financeira rigorosa e eficaz. E também os países do Leste, que são um formidável deságue para os produtos da indústria alemã. A terceira razão é que Nicolas Sarkozyreivindicapara ele adireção e osecretariado da governança da zona do euro, que ficaria, assim, sob influência da França, que os alemães gostam muito, mas que é sua única rival na Europa. Existe ainda um outro conflito, mais fundamental, entre França e Alemanha: é a resposta que cada um dá à crise que devasta a Grécia, a Espanha, Portugal, e contagia a União Europeia na sua totalidade. Diante desse perigo, qual a resposta daAlemanha?Aausteridade.Odiagnóstico alemão é radical: todos os países

Berlim e Paris se entranham pelo menos uma vez por semana europeus estão ameaçados de falência por causa dos déficits orçamentários, dívidas, e uma gestão fantasista e irresponsável. É necessário então retornar ao rigor, ao ascetismo. E a Alemanha mostra o caminho para isso, lançando-se na austeridade. De agora até 2014 pretende fazer economias orçamentárias de € 80 bilhões. Desse modo, suas contas estarão perfeitamente sanadas. O presidente do BundesBank, banco central alemão. Axel Weber falou da sua esperança de que esse plano draconiano vá obrigaros outros países europeus, e presidente da França, a seguirem o bom exemplo e fazer enfim a limpeza das suas contas públicas, em vez de se contentarem com promessas. É nesse ponto que renasce o conflito

Ano XX – Nº 1027 – Segunda-feira, 21 de junho de 2010

Programa Corretor Cidadão faz gol de placa Corretor Cidadão O sindicato desenvolve trabalhos voltados à responsabilidade social. No mês de junho, o Programa Corretor Cidadão está voltado a arrecadação de leite em pó a ser distribuído ao Amparo Maternal, uma entidade que presta assistência materno infantil (Atestado de Utilidade Pública Federal). Durante a fase de gestação e amamentação, as mamães e os bebês ficam alojados no Amparo Maternal e recebem toda estrutura necessária para garantir o bom desenvolvimento e um futuro de qualidade. Corretor, a sua participação é muito importante! Mobilize seus amigos e familiares e traga sua doação aos postos de arrecadação no sindicato, na UNISciesp e na Agência Regional da sua cidade.

Junho mês de festa junina e Copa do Mundo, os corretores de imóveis não poderiam ficar de fora. O Programa Corretor Cidadão entrou em campo, não para jogar futebol, mas para alegrar as crianças e adolescentes carentes que residem na Associação Maria Helen Drexel. O Mundial de futebol na África ficou em segundo plano. Vestidos a caráter, as crianças que já passaram por dificuldades na vida, tiveram um dia de muita alegria, brincadeira e descontração. Ao som de música caipira, a quadrilha foi à grande atração do evento junto com farta comida típica e jogos de pescaria, argola, entre outros. O Corretor Cidadão enriqueceu ainda mais o evento colocando a disposição além do calor humano trans mitido pelos colegas participantes, um Corretores de Imóveis, Colaboradores e Diretores do sindicato durante o evento carrinho de

pipocas, o que foi muito apreciado pelas crianças, e ainda, muita mão de obra para auxiliar nas diversas atividades realizadas. Os corretores de imóveis foram verdadeiros exemplos de solidariedade. A ação voluntária envolveu, além dos profissionais da intermediação imobiliária, colaboradores e diretores do sindicato. “Ajudamos na montagem das barraquinhas e também durante todo o desenrolar da festa. É extremamente gratificante ver o sorriso no rosto dessas crianças. O sentimento é de missão cumprida, mas a vontade é de colaborar cada vez mais,” afirmou Pimentel, diretor do Sciesp e assíduo freqüentador das ações promovidas pelo Programa Corretor Cidadão. Aproximadamente 200 pessoas participaram do evento que ocorreu no último dia 12.

Corretor de Imóveis, profissão de sucesso O desenvolvimento do mercado imobiliário atrelado aos incentivos ao segmento habitacional coloca em alta a profissão de corretor de imóveis, porém faltam profissionais para atender a demanda do mercado. A profissão é vantajosa por oferecer oportunidades de realização profissional. Segundo a tabela vigente no mercado, o corretor recebe comissões entre 6 e 8% (por cento) do valor de venda para imóveis urbanos. Para ingressar na profissão, no entanto, é indispensável habilitação de Técnico em Transações Imobiliárias, curso que garante o exercício legal da profissão perante ao Creci. A Escola Técnica Ebrae, referência nacional e internacional, assegura formação de qualidade através do método de ensino a distância com grande flexibilida-

de de horários. A escola ainda oferece a formação integral do aluno ao possibilitar a participação no programa Banco de Talentos com o intuito de aproximar os estudantes à prática imobiliária e ampliar suas chances de ingressar no mercado. O presidente do sindicato, Odil de Sá afirmou que “o sucesso para aqueles que ingressarem na intermediação imobiliária é garantido, mas está diretamente relacionado à dedicação de cada profissional e a uma boa formação”. Informações e matrícula através dos telefones abaixo ramal 589.

UNISciesp - Encontro Imobiliário 22/06 – Sorocaba – “Planejamento estratégico para corretores de imóveis”, com Felippe Neto 23/06 – Osasco – "Marketing e Comunicação para Lançamentos Imobiliários”, com Edson Simões 24/06 – ABCD – “Marketing e Comunicação para Lançamentos Imobiliários”, com Edson Simões 28/06 – Campinas – "Marketing e Comunicação para Lançamentos Imobiliários”, com Edson Simões 30/06 – Santos – "Marketing e Comunicação para Lançamentos Imobiliários”, com Edson Simões Participe! Os encontros ocorrem sempre às 19h00 e a participação é garantida mediante a doação de 2kg de leite em pó. As inscrições podem ser feitas através dos telefones abaixo, ramal 589 – Vagas Limitadas.

entre Berlim e Paris. A gestão de Sarkozy assombra os alemães, deixa-os desconcertados, alarmados. O francês gasta sem medir. Faz malabarismos com os bilhões. Parte em socorro dos países com problemas, como Grécia e outros, abrindo as comportas do crédito. Um país está em dificuldade? Vamos lá! Sarkozy obriga a Europa a dispor de bilhões de euros. Os déficits das contas públicas francesas, e também os europeus, dão vertigem, mas o presidente francês não liga. Ele só conhece um remédio para os males que sacodem a Europa: dispor de bilhões de euros (bilhões que, pelo menos a metade, são imaginários). Eis porque o programa de austeridade de Angela Merkel desaponta o presidentefrancês.Parisfazumaanáliserigorosamente oposta: essa austeridade que Merkel quer impor a toda a Europa, bem longe de acabar com a crise, vai atiçar ainda mais as chamas. Ela terá o efeito automático, fatal, de frear o crescimentoda Europa inteira.Ora,sem um crescimento forte, impossível sanar as finanças públicas. Detalhemos o mecanismo: as economias orçamentárias preconizadas por Angela Merkel obrigarão as famílias alemãs e reduzir o seu consumo. Ora, Paris, e os outros também, até Washington, querem que os alemães consumam mais, para importar mais de seus vizinhos e sustentar o crescimento deles. O plano de rigor alemão, longe de curar a doença europeia, vai agravá-la. Por que? Porque a Alemanha aposta tudo nas suas exportações. Para acumular superávits comerciais, ela reduz suas importações e aumenta suas vendas para fora. É o inverso do que seus parceiros desejam. Por isso a austeridade pregada por Merkel é considerada uma aberração: esse plano vai reduzir o nível devida dos alemães, reduzir o seu consumo e, consequentemente,diminuirsuasimportações. O mercado interno alemão vai encolher. Ora, o que é preciso é que ele se expanda para absorver os bens produzidos pela Grécia, Espanha, Itália ou mesmo a França. Atualmente, a Europa está desequilibrada pelos enormes superávits comerciais que a Alemanha contabiliza há anos. O de 2009 foi de € 136 bilhões. É delongeomaiordetodosospaíseseuropeus. É o triplo do contabilizado pela

Holanda, que está em segundo lugar. Portanto,seriamnecessáriasmedidas para reduzir esses excedentes monumentais que desequilibram todo o continente. Ora, o plano Merkel visa o contrário, aumentar ainda mais seus superávits. Será, portanto, nocivo. É preciso acrescentar também que a briga entre França e Alemanha, emboratenha por base a economia, contém ainda aspectos políticos. Por trás dessas disputas sobre inflação, deflação, comércio, etc, há uma outra batalha, não confessada, mas feroz, pela liderança europeia. A Alemanha é, delonge, o país mais poderoso e mais bem administrado do continente. Ela domina seu rival francês em todos os pontos. Natural que tenha um papel de motor na condução do barco europeu. Até agora, Berlim se absteve de manifestar tais ambições: as abominações nazistas deixaram a Alemanha do pós-guerra mais modesta, humilde, discreta. Mas hoje, depois de meio século, as coisas evoluíram. A lembrança da guerra de Hitler não se apagou, mas ficou mais distante.Além do que, Angela Merkel não é muito sensível ao charme, à sedução, à magia francesa como foram Konrad Adenauer, depois de1945, e mais tarde Helmut Kohl (a menos que Nicolas Sarkozy seja um personagem menos fascinante que o general de Gaulle ou François Mitterrand). Assim se explica porque a Alemanha procura garantir a predominância sobre seu concorrente francês, utilizando ao máximoo trunfo da sua superioridade econômica. Contudo, não está claro que a estranha direção seguida por Angela Merkel lhe trará felicidade. A chanceler alemã, até o ano passado,dirigiaumacoalizãocompostapelo seu próprio partido a CDU, democrata cristã, e pelos socialistas. Mas depois precisou mudar de aliados: os socialistas abandonaram a aliança e ela se associou com os Liberais, de direita. Ora, esses liberais são menos dóceis, menos complacentes que os socialistas. Hádoisanos, Angelaeraapersonalidade mais influente da Europa. Para alguns, do mundo. Isso acabou. / TRADUÇÃO DE TEREZINHA MARTINHO

China diz que muda, mas que yuan fica estável Um dia após anunciar ‘flexibilização’ do câmbio, BC chinês sugere que o novo regime cambial será parecido com o antigo REUTERS/ PEQUIM

AChinavaimanterataxadecâmbio do yuan a um nível basicamente estável, disse ontem o BancoCentral(BC)chinês,sugerindoque o novo regime cambial do país será muito parecido com o antigo. Nosábado,Pequim haviaanunciado que voltaria a fazer com que o yuan se tornasse mais flexível, mostrando que pretendia acabar com 23 meses de um câmbio fixo em relação ao dólar. Mas o longo comunicado do BC claramente descartou, ontem, a possibilidade de uma mudança única, dizendo que não havia base para uma grande apreciação. A falta de um aumento real da taxa de câmbio chinesa forneceu muniçãoparaoscríticos,especialmente para os conservadores do Congresso americano, que dizem que as ações de Pequim falarão bem mais do que suas palavras e que penalidades deveriam ser aplicadas, caso o governo continueamanteroyuanartificialmente barato. “Apenas um dia depois de muitoalardesobreofatoqueoschineses finalmente iam mudar sua políticacambial, elesjáestãovoltando atrás. Isso reforça nosso ceticismo inicial”, disse o senador CharlesSchumer,conhecidocrítico da China. Entretanto, outros líderes dos EUA, União Europeia e Japão, entre outros, receberam a promessa da China de aprofundar a reforma do yuan como uma contribui-

● Mudança e estabilidade

COMUNICADO DO BC CHINÊS

“Manter o iuan basicamente estável em um nível razoável e equilibrado é uma parte importante para continuar com a reforma do sistema de câmbio”

HENRIQUE MEIRELLES PRESIDENTE DO BC DO BRASIL

“China mostra que quer contribuir no equilíbrio eonômico global. Mas é preciso aguardar os póximos desdobramentos” ção promissora para o reequilíbrio da economia mundial, da qual o crescimento da China depende decisivamente por causa das exportações, enquanto os EUA se afundaram em dívidas para incentivar os gastos. Em Brasília, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, considerou “bem vindo” o anúnciofeitopelogovernodaChinacomapossibilidadedeumaflexibilização da cotação da moeda local, o yuan. Segundo Meirelles, “o anúncio doBancoCentral chinês,em direção à uma maior flutuação do yuan, é bem-vindo. Demonstra a disposição do governo da China decontribuirpara ummaiorequilíbrio econômico global. Mas é precisoaguardarospróximosdesdobramentos”, disse o presidente do BC brasileiro. Hoje,asatençõesestarãovoltadas para a taxa de referência diária, definida pelo BC chinês. Muitos economistas acreditam que Pequim vai aumentar o valor da moeda aos poucos. Os mercados de ações do mundo todo podem

reagir com a notícia, que chega uma semana antes do encontro do G-20 (que reúne os países desenvolvidoseemergentes) noCanadá, e que pode diminuir os temores de uma briga entre os EUA e a China, em um momento bastante delicado para a economia mundial. No domingo, o BC prometeu implementar “uma administraçãodinâmica e ajustes” que poderiam levar o yuan a cair e não apenas a subir em relação ao dólar, dependendo do desempenho de outras moedas. Mas o ponto crucial do sistema de câmbio seria o mesmo que tem sido até hoje. Ou seja, o yuan provavelmente voltará ao mesmo caminho de ganhos graduais em relação ao dólar, o que se viu por três anos, até meados de 2008. “Manter o yuan basicamente estável em um nível razoável e equilibrado é uma parte importante para continuar com a reforma do sistema de câmbio do yuan”, disse o Banco Popular da China, completando que novos ajustes serão necessários, para permitir que as empresas se ajustem às mudanças. Economistas chineses disseram que a decisão se justificava, sob o ponto de vista econômico, mas que, principalmente, visava interesses políticos. “Essa declaração importante dogoverno chinês, logo antes do encontro do G20, é uma grande concessão para evitar que o sistema de câmbio do yuan seja usado politicamente pelos países ocidentais”, disse Gao Shanwen, economista chefe da Essence Securities em Pequim. A China disse que congelar o yuan desde julho de 2008 ajudou a suavizar o impacto da crise financeira global e estimulou a recuperação mundial. O Banco Central Europeu e Jean-Claude Juncker, que dirige o Eurogroup de ministros de finanças de Zona do Euro, disseram em um comunicado conjunto que recebiam a decisão da China sobre o yuan com satisfação.“Considerando-seopapelimportante da China na economia global, encorajamos as autoridades a permitir que a taxa de câmbiodoyuan tenhamaisflexibilidade, como meio de promover um crescimento equilibrado na China e na economia mundial.”


%HermesFileInfo:B-9:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Economia B9

Artigo O Departamento Regional de São Paulo do Serviço Social da Indústria (SESI) comunica a abertura da licitação:

Uma seguradora desnecessária Pré-sal, Copa do Mundo e Olimpíadas são, para quem não entende de seguro, as justificativas para a criação da estatal

✽ ●

ANTONIO PENTEADO MENDONÇA governo estaria disposto a criar uma nova seguradoraparaatender a demanda das grandes obras que serão realizadas no País nos próximos anos. Usinas hidrelétricas, pré-sal, rodovias, ferrovias, água e saneamento básico, construção e reforma dos estádios para a Copa do Mundo de 2014 e as instalações para as Olimpíadas de 2016. Em princípio, a ordem de grandeza destes investimentos, que ultrapassa US$ 240 bilhões,paraquemnãoconheceseguros,seriasuficiente para justificar a criação de uma seguradora. A ideia da criação

O

deumaseguradoraestatalfoiinicialmentedar suportepara osseguros de garantia e evoluiu para uma companhia multi-risco. A verdade é que não há a menor razão para o projeto prosperar. Oargumento usadoéqueacrise de 2008 deixou clara a fragilidade do sistema internacional de seguros e resseguros. Mas ele não se sustenta, nem mesmo quando apelam para o aporte de dinheiro do governo norte-americano para salvar a AIG. Vale lembrar que quem fará os resseguros destas obras são as resseguradoras internacionais, a maioria das quais já está em boa situação financeira, a começar pela sucessora da AIG. Imaginar que o Tesouro brasileiro tem recursos para substituir as resseguradoras no caso deumgrandesinistroédesconsiderar a economia brasileira ou, pior ainda, comprometer a pouca poupança nacional de forma temerária e desnecessária. Estamos falando de investimentos de mais de US$ 240 bilhões. Significa que o potencial de sinistros é grande. De outro lado, temos US$ 250 bilhões em reservas. Será que tem sentido comprometer parte delas,quandoomercado segurador está aí para assumir estes riscos? Criar uma seguradora, ga-

rantindo sua operação através da transferência dos riscos para o Tesouro, é ir contra o princípio básico em que se assenta a atividadeseguradora.Seguroépulverização de risco, a divisão dos prejuízos suportados por um segurado entre todos os integrantes do sistema. Hojeacapilaridadedasseguradoras e resseguradoras é global. Quer dizer, em caso de sinistro, empresasdetodasaspartesassumiriam um pedaço dos prejuízos. A criação de uma seguradora estatal, com lastro apenas no Tesouro e não na capacidade da atividadeseguradorainternacional, compromete a capacidade de investimento do País. As principais seguradoras e resseguradoras internacionais estão instaladas ou operam no País. É sem sentido desprezar a capacidade econômica e a experiência destas empresas que, faz tempo, possuem tecnologia de sobra para fazer frenteaos riscos que podem afetar as obras do Brasil. Onerar o Tesouro baseado na faláciadequeomercadointernacional de seguros e resseguros não tem solidez para assumir os riscos das novas obras brasileiras não tem cabimento. O mundo está permanentemente em obras das mesmas dimensões e até maiores e as seguradoras e

resseguradoras se saem muito bem, protegendo-as com sua capacidade e tecnologia e ganhando dinheiro com isso. Além disso, se for para conseguir tecnologia e colocar no mercado os excedentes da capacidade de retenção de uma seguradora estatal, é muito mais barato, e com certeza maiseficiente,contratardiretamente as seguradoras que já estão aqui, operando e com tradição neste tipo de risco. Estas obras geram diferentes tipos de seguros, como: os segurosdegarantia deobrigação contratual, indispensáveis para as licitações e para garantir sua execução; as apólices que garantem as próprias obras; os seguros financeiros para consolidar as operações de financiamento; e os seguros de responsabilidade civil para garantir danos a terceiros em decorrência de cada projeto. O conjunto das seguradoras em operação no Brasil estáapto aaceitar estesriscos. É bom se ter claro que eles vão muito além de um único tipo de garantia e algumas delas só são oferecidas por empresas altamente especializadas. Por isso, criar uma nova seguradora estatal é completamente sem sentido.

PREGÃO PRESENCIAL Nº 103/2010 – Objeto: Aquisição e instalação de relógio de ponto eletrônico por Sistema de Registro de Preços. Retirada do edital: a partir de 21 de junho de 2010. Entrega dos envelopes: até as 9h15 do dia 08 de julho de 2010. Abertura: às 9h30. Retirada de edital: Na Avenida Paulista, 1313, 2º andar, Bela Vista, São Paulo, SP, ou pelo site www.sesisp.org.br.

Gerência de Licitações de Bens e Serviços – GLBS

A COMISSÃO DE SAÚDE, PROMOÇÃO SOCIAL, TRABALHO E MULHER Convida o público a participar de Audiência Pública dos Projetos de Lei abaixo relacionados: Tema: Criança e adolescente 2ª Audiência Pública PL 355/2009, de autoria do Vereador Quito Formiga, institui o sistema de informações sobre violência nas escolas da rede municipal de ensino, e dá outras providências. 1ª Audiência Pública PL 388/2009, de autoria do Vereador Floriano Pesaro, estabelece diretrizes para a política municipal de prevenção e erradicação do trabalho infantil e suas piores formas, e dá outras providências. 1ª Audiência Pública PL 390/2009, de autoria do Vereador Floriano Pesaro, estabelece objetivos e diretrizes para a instituição do serviço de denúncia de violação dos direitos da criança e do adolescente - disca, no âmbito do município de São Paulo, e dá outras providências. 1ª Audiência Pública PL 340/2009, de autoria do Vereador Marcelo Aguiar, determina que seja afixado em local visível em todas as repartições públicas, autarquias federais, estaduais e municipais na cidade de São Paulo, cartazes contendo mensagens sobre a prevenção a pedofilia, abuso sexual contra criança e adolescentes, contendo também o “disque 100” para denúncia. 1ª Audiência Pública PL 595/2008, de autoria do Vereador Paulo Fiorilo, altera a redação dos incisos II, II e IV do Art. 2º da lei nº 13.841, de 7 de junho de 2004, que dispõe sobre as normas do programa bolsa trabalho. Tema: Matéria tributária 1ª Audiência Pública PL 39/2010, de autoria do Vereador Aurélio Miguel, dispõe sobre a isenção total dos impostos predial e territorial urbano - IPTU incidentes sobre o imóvel cujo proprietário seja pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida, nas condições que especifica, e dá outras providências. Tema: Vigilância sanitária 1ª Audiência Pública PL 612/2009, de autoria do Vereador Claudinho de Souza, estabelece medida de higiene e saúde pública a ser observada nos estabelecimentos que comercializem alimentos para consumo no local, e dá outras providências. Data: 23/06/10. Horário: 12:00 Local: - Salão Nobre, 8º andar - Viaduto Jacareí, 100, Câmara Municipal de São Paulo. BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. CNPJ/MF nº 58.877.812/0001-08 - NIRE nº 35.300.175.891 ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 27/05/2010. Data, hora e local: Aos 27 dias do mês de maio de 2010, às 12:00 horas, na sede social da controladora da Brookfield São Paulo Empreendimentos Imobiliários S.A. (“Companhia”), localizada na Avenida das Américas, nº 3.434, bloco 2, 6º andar e salas 703 a 706, parte, Centro Empresarial Mario Henrique Simonsen, Barra da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro. Convocação e Presença: Dispensada a convocação, nos termos do Artigo 21, Parágrafo 1º do Estatuto Social, tendo em vista a presença da totalidade dos membros do Conselho de Administração da Companhia. Mesa: Assumiu a presidencia da reunião o Sr. Walter Francisco Lafemina, que convidou a Sra. Denise Goulart de Freitas para secretariá-lo. Ordem do dia: (1) Alterar a composição da Diretoria da Companhia. Deliberações: (a) Iniciada a reunião, os Conselheiros aprovaram, por unanimidade, a destituição do Sr. Gilberto Bernardo Benevides do cargo de Diretor Presidente da Companhia, que passará a ser ocupado pelo Sr. Alessandro Olzon Vedrossi, brasileiro, casado, engenheiro, portador da carteira de identidade nº 17.385.043, expedida pela SSP/SP e inscrito no CPF/MF sob o nº 187.882.338-80, domiciliado na Av. das Naçoes Unidas, nº 14.171, Torre B, 14º andar, nesta Cidade e Estado. (b) Em consequência da deliberação supra, os Conselheiros decidiram eleger o Sr. Gilberto Bernardo Benevides, brasileiro, casado, engenheiro, portador da carteira de identidade nº 4.808.197, expedida pela SSP/SP e inscrito no CPF/MF sob o nº 756.749.718-20, domiciliado na Av. das Naçoes Unidas, nº 14.171, Torre B, 14º andar, nesta Cidade e Estado, para o cargo de Diretor de Obras da Companhia. (c)Ato contínuo, o cargo de Diretor de Investimentos, antes ocupado pelo Sr.Alessandro Vedrossi, será ocupado pelo Sr. Cristiano Gaspar Machado, brasileiro, casado, engenheiro, portador da carteira de identidade nº 07570343-5, expedida pelo IFP/RJ e inscrito no CPF/MF sob o nº 038.140.547-84, domiciliado na Av. das Américas, nº 3.434, Bloco 2, salas 601 a 608 e 703 a 706, na Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro. A partir desta data, o Sr. Cristiano acumulará as funções de Diretor Financeiro e Diretor de Investimentos da Companhia. (d) Fica ratificada a composição da Diretoria da Companhia, com mandato de 3 (três) anos ou até a investidura dos membros a serem eleitos em reunião deste Conselho que tratar do assunto: Diretor Presidente: Alessandro Olzon Vedrossi; Diretor Financeiro e de Investimentos: Cristiano Gaspar Machado; Diretora Jurídica: Denise Goulart de Freitas; Diretor de Relações com Investidores: Luiz Rogélio Rodrigues Tolosa; Diretor de Desenvolvimento: Luiz Angelo de Andrade Zanforlin; Diretora de Marketing: Adriana Henriques Pusch; Diretor de Engenharia: Elias Calil Jorge; Diretor de Incorporação: Ricardo Laham; Diretor de Incorporação: José de Alburqueque; Diretor de Obras: José Carlos Teixeira da Silva Braga; Diretor de Obras: Otorrino Berno Júnior; Diretor de Obras: Gilberto Bernardo Benevides; Diretor de Projetos: Agnaldo Holanda da Costa; Diretor de Planejamento: Ricardo José Rodrigues Fontoura. (e) Os Diretores ora eleitos declaram, sob as penas de lei, que não estão impedidos, por lei especial, de exercer a administração da Companhia e nem condenados por crimes falimentar, de prevaricação, peita ou suborno, concussão, peculato, contra a economia popular, contra a fé pública ou a propriedade, ou a pena criminal que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a sessão, da qual lavrou-se a presente Ata assinada pelos Conselheiros presentes, pelo Presidente e pela Secretária. Assinaturas: Walter Francisco Lafemina, Presidente; Denise Goulart de Freitas, Secretária; Luiz Rogélio Rodrigues Tolosa e Nicholas Vincent Reade, Conselheiros. “A presente é cópia fiel do original lavrado no Livro de Atas de Reunião do Conselho de Administração da Companhia.” Rio de Janeiro, 27 de maio de 2010. Denise Goulart de Freitas – Secretária. Arquivada na Junta Comercial do Estado de São Paulo - JUCESP sob nº 200.936/10-4, em sessão de 11/06/2010, protocolo 0.477.163/10-5. Kátia Regina Bueno de Godoy - Secretária Geral.

A COMISSÃO DE POLÍTICA URBANA, METROPOLITANA E MEIO AMBIENTE

Agenda IOB DIA 21 Previdência Social (INSS) – Parcelamento excepcional de débitos de pessoas jurídicas. Pagamento da parcela mensal decorrente de parcelamentos firmados com base na Instrução Normativa SRP e na Medida Provisória 303/2006. Não haven-

do expediente bancário, permite-se prorrogar o recolhimento para o dia útil imediatamente posterior. Nota: Por meio do Ato Declaratório no 57/2006 do Presidente da Mesa do Congresso Nacional, a citada MP no 303/2006 teve seu prazo de vigência encerrado em 27 de outu-

bro de 2006. Em razão de o Congresso Nacional não ter editado, no prazo de 60 dias, decreto legislativo que disciplinasse as relações jurídicas decorrentes dessa MP, os atos praticados durante sua vigência conservarse-ão por ela regidos (art. 62, §§ 3o e 11, da CF/1988).

Parcelamento especial da contribuição social do Salário – Educação. Pagamento da parcela mensal decorrente de parcelamentos especiais firmados com base na Resolução FNDE no 2/2006 e também na Medida Provisória (MP) no 303/2006.

Lagos Andinos Uma viagem fantástica,repleta de encanto e muito charme Roteiro maravilhoso que oferece cenários cinematográficos. Atrai turistas do mundo todo: famílias, casais em lua de mel e grupos de amigos podem sentir o friozinho no ar, a neve caindo, ver os vulcões esculpidos no cenário e lagos de águas cristalinas embelezando a paisagem. Seja qual for a época do ano, os turistas que seguem pela região se divertem e descansam na companhia de uma natureza intocada pelo homem. Com certeza, ir aos Lagos Andinos é um passeio fantástico.

13 dias/12 noites. Saídas 2, 5, 8, 11, 14, 17, 20, 23, 26, 29/julho. Um roteiro completo com acompanhamento de guias desde o Brasil. Incluído no preço: Passagem aérea de ida e volta; transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, hospedagem em hotéis selecionados sendo 3 noites em sem sem entrada Buenos Aires, 3 em Bariloche, 1 em Peulla, 2 em Puertojuros Varas e e 3 em Entrada R$ 1.029,.... + 9x R$ , Santiago. Passeios completos em todas as cidades visitadas, travessia dos À vista R$ 5.145, Base US$ 2.738, Preço p/ saídas de 2 a 29/julho. Lagos Andinos a bordo de modernos catamarãs e seguro-viagem.

457

Atendimento nas lojas diariamente, das 9 às 20 horas, nos shoppings, das 10 às 22 horas, ou no seu agente de viagens. São Paulo Capital: Paraíso ................................2146-7011 Aclimação............................2362-7780 Alphaville.............................4191-9198 Anhanguera-Extra.................3831-1312 Aricanduva Shop. ................2728-2626 Brooklin...............................5532-0888 Campo Limpo Shop. ............5513-8484 Center Norte Shop. .............2109-2611 Central Plaza Shop. .............2914-3355 Eldorado Shop. ...................3815-7878 Fradique Coutinho ...............3596-3470 Faria Lima............................3031-3106 Ibirapuera Shop. .................2108-3500 Jabaquara-Pão de Açúcar ....5015-7933 Jaçanã-Sonda......................2243-2020 Jardim Sul Shop. .................2246-0444 João Dias-Extra....................5851-0035

Light Shop. .........................3255-5323 Market Place Shop. .............2135-0777 Morumbi Shop. ...................2146-7200 Pátio Higienópolis Shop. .....3667-8622 Penha Shop. .......................2135-0700 Plaza Sul Shop. ...................2105-7600 Praça da Árvore ...................2577-0507 Pte. Rasa-Hiper Negreiros ....2046-2668 Pacaembu ...........................2691-9521 Raposo Shop. .....................2109-0199 Santa Cecília .......................2367-2853 Santa Cruz-Shop. Metrô .......5571-7100 São Judas............................2858-0599 Shopping D..........................3313-8340 SP Market Shop...................2103-1900 Tatuapé - Apucarana............2093-2093 Vila Carrão-Sonda................2362-8978 West Plaza Shop. .................2117-2888

Grande São Paulo: Diadema Shop. ...................4057-8600 Guarulhos-Bonsucesso.........2498-6022 Guarulhos Shop. .................2425-0533 Osasco Plaza Shop...............3652-3600 Osasco Shop. União.............3652-1600 Ribeirão Pires ......................4828-1868 Santo André-Centro..............2191-8700 Santo André Shop. ABC.........2105-6100 S.B.Campo-Prestes Maia . 4330-0966 Suzano Shop. ......................2148-4600 São Paulo Interior: Araraquara - Shop. Lupo ......3322-7676 Araras - Leme ......................3554-7800 Bragança Paulista................4034-3020 Campinas - Barão Geraldo...3249-0232 Campinas-Centro .................2102-1700 Campinas-Extra Abolição......3271-2004

Campinas Shop. ..................3229-8899 Galleria Shop. Campinas......3206-0343 Campinas-D.Pedro Shop ......3756-9939 Campinas – Shop. Prado......3276-3680 Caieiras ...............................4442-3114 Ibitinga................................3341-8210 Indaiatuba...........................3318-1000 Itapevi - Shopping ..............4143-7979 Itapira .................................3813-2426 Itapetininga .........................3373-2144 Itupeva-Outlet Premium.......4496-7111 Jaboticabal Shop. ...............3203-3008 Jaú Shop. ............................3622-0288 Jundiaí Paineiras Shop. .......3395-3688 Limeira Shop. ......................3404-8899 Marília Aquarius...................2105-3888 Matão..................................3382-2771 Mogi Mirim ..........................3814-6060

Piracicaba ...........................3433-9066 Piracicaba Shop. .................3413-5557 Praia Grande-Litoral Plaza ...3491-8000 Ribeirão-Novo Shop. . ..........2101-6400 Ribeirão Preto-Centro...........3289-1011 Plaza Shopping Itu...............4022-7275 Rio Preto-Centro ..................2137-5910 Rio Preto Shop. ...................3121-1450 Rio Preto-Plaza Avenida .......2137-0070 Salto....................................4602-2022 Santa Bárbara-Tivoli ............3626-5553 São Carlos - Centro .............3307-7180 São Carlos-Iguatemi.............3307-8686 S.J Campos-Center Vale........2139-6700 Sumaré................................3883-8888 Taubaté Shop. .....................3411-5000 Vinhedo ..............................3876-3788

Prezado cliente: Os preços publicados são por pessoa, com hospedagem em apartamento duplo, saindo de São Paulo. Preços calculados com base no câmbio do dia 18/6/2010 US$ 1,00 = R$ 1,88, estando, portanto, sujeitos a variações e serão recalculados no dia da compra. Taxas de embarque cobradas pelos aeroportos não estão incluídas nos preços. Preços válidos para compras realizadas até um dia após esta publicação. Oferta de lugares limitada e reservas sujeitas a confirmação. Crédito sujeito a aprovação. Fotos ilustrativas.

Acesse cvc.com.br

Convida o público interessado a participar da Audiência Pública que realizará e que terá como objeto as matérias abaixo especificadas: 1ª Audiência Pública aos PLs: 1.) PL 04/10 - Ver. Anibal de Freitas - Dispõe sobre isolamento acústico em salões de festas nos edifícios habitacionais no município de São Paulo e dá outras providências. Relatora Mara Gabrilli - 2.) PL 106/10 - Ver. Natalini - Estabelece Diretrizes para o controle da Poluição Sonora na Cidade de São Paulo, e dá outras providências. Relator José Police Neto - 3.) PL 115/09 - Verª. Sandra Tadeu - Dispõe sobre a obrigatoriedade da instalação do “telhado verde” nos locais que especifica, e dá outras providências. - 4.) PL 284/09 - Ver. Jose Police Neto - Regulamenta os indicadores ambientais referentes ao sistema municipal de informações, instituído pelo artigo 264 do Plano Diretor do município de São Paulo, lei 13.430, de 13 de setembro de 2002. - 5.) PL 464/09 - Ver. Adolfo Quintas - Institui o plano de gerenciamento de destinação ambientalmente adequado de equipamentos de informática e de telecomunicações no final da vida útil, e dá outras providências. - 6.) PL 680/09 - Verª. Mara Gabrilli - Dispõe sobre a obrigatoriedade dos Condomínios residenciais multifamiliares promoverem adaptações necessárias a acessibilidade das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, no Município de São Paulo, e dá outras providencias. Relator Paulo Frange - 7.) PL 727/09 - Ver. Atílio Francisco - Dispõe sobre a reserva de vagas em estacionamentos públicos e privados, pagos ou gratuitos, no âmbito do município de são paulo, para idosos e pessoas deficientes ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências. Relator Paulo Frange - 8.) PL 853/09 - Ver. Juscelino Gadelha - Dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de barreiras de proteção acústica, e dá outras providências. Relator Cláudio Prado 2ª Audiência Pública aos PLs: 9.) PL 59/10 - Ver. Atílio Francisco - Dispõe sobre elementos a serem considerados na política municipal de valorização do verde e de preservação do meio ambiente por meio do estímulo à adoção dos “muros verdes” e das “paredes verdes”, e dá outras providências. Relator Ver. Paulo Frange. - 10.) PL 375/09 - Verª. Juliana Cardoso - Dispõe sobre a destinação dos recursos obtidos pela Prefeitura de São Paulo à cerca da venda dos créditos de carbono por ocasião da extração de gás junto ao aterro São João e Bandeirantes. Relator José Police Neto. - 11.) PL 518/99 - Ver. Arselino Tatto - Dispõe sobre a instituição do programa troque um pneu velho por passe de ônibus, e dá outras providências. Relator Ver. Chico Macena. - 12.) PL 528/09 - Ver. Carlos Alberto Bezerra - Dispõe sobre a substituição de sacolas plásticas descartáveis por sacolas reutilizáveis, em todos os estabelecimentos comerciais no município de São Paulo, e dá outras providências. - 13.) PL 603/09 - Ver. Cláudio Fonseca - Dispõe sobre diretrizes de acessibilidade de alunos portadores de deficiência ou mobilidade reduzida aos estabelecimentos educacionais da rede pública municipal de ensino e dá outras providências. Relator Ver. Toninho Paiva. - 14.) PL 643/09 - Ver. Claudinho de Souza - Estimula a redução da utilização de embalagens plásticas (pet) no Município de São Paulo e dá outras providências. Relator Ver. José Police Neto. - 15.) PL 715/09 - Ver. Cláudio Fonseca - Dispõe sobre a instalação de banheiros para uso público na Cidade de São Paulo. Relator Ver. Chico Macena. Data: 23/06/2010 - Horário: 12:00 h Local: Sala Dr. Oscar Pedroso Horta - Câmara Municipal de São Paulo, Viaduto Jacareí, 100, 1º subsolo. EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEÍA GERAL DE FUNDAÇÃO DO SINDICATO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE URBANO DE PASSAGEIROS DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO Convidamos todos os representantes legais da categoria econômica das empresas de transporte urbano de passageiros, com sede ou estabelecidas nas Cidades de Araraquara, Adamantina, Adolfo, Aguaí, Águas da Prata, Águas de Lindóia, Águas de Santa Bárbara, Águas de São Pedro, Agudos, Alambari, Alfredo Marcondes, Altair, Alto Alegre, Alumínio, Álvares Florence, Álvares Machado, Álvaro de Carvalho, Alvinlândia, Américo Brasiliense, Américo de Campos, Amparo, Analândia, Andradina, Angatuba, Anhembi, Anhumas, Aparecida, Aparecida d’Oeste, Apiaí, Araçariguama, Araçatuba, Araçoiaba da Serra, Aramina, Arandu, Arapeí, Araras, Arco-Íris, Arealva, Areias, Areiópolis, Ariranha, Aspásia, Assis, Atibaia, Auriflama, Avaí, Avanhandava, Avaré, Bady Bassitt, Balbinos, Bálsamo, Bananal, Barão de Antonina, Barbosa, Bariri, Barra Bonita, Barra do Chapéu, Barra do Turvo, Bastos, Bauru, Bento de Abreu, Bernardino de Campos, Bilac, Birigui, Boa Esperança do Sul, Bocaina, Bofete, Boituva, Bom Jesus dos Perdões, Bom Sucesso de Itararé, Borá, Boracéia, Borborema, Borebi, Botucatu, Bragança Paulista, Braúna, Brejo Alegre, Brotas, Buri, Buritama, Buritizal, Cabrália Paulista, Cabreúva, Caçapava, Cachoeira Paulista, Caconde, Cafelândia, Caiabu, Caiuá, Cajati, Cajobi, Campina do Monte Alegre, Campo Limpo Paulista, Campos do Jordão, Campos Novos Paulista, Cananéia, Canas, Cândido Mota, Cândido Rodrigues, Canitar, Capão Bonito, Capela do Alto, Capivari, Caraguatatuba, Cardoso, Casa Branca, Castilho, Catanduva, Catiguá, Cedral, Cerqueira César, Cerquilho, Cesário Lange, Charqueada, Chavantes, Clementina, Colina, Colômbia, Conchal, Conchas, Cordeirópolis, Coroados, Coronel Macedo, Corumbataí, Cosmorama, Cristais Paulista, Cruzália, Cruzeiro, Cunha, Descalvado, Dirce Reis, Divinolândia, Dobrada, Dois Córregos, Dolcinópolis, Dourado, Dracena, Duartina, Echaporã, Eldorado, Elias Fausto, Elisiário, Embaúba, Emilianópolis, Espírito Santo do Pinhal, Espírito Santo do Turvo, Estiva Gerbi, Estrela do Norte, Estrela d’Oeste, Euclides da Cunha Paulista, Fartura, Fernando Prestes, Fernandópolis, Fernão, Flora Rica, Floreal, Flórida Paulista, Florínea, Gabriel Monteiro, Gália, Garça, Gastão Vidigal, Gavião Peixoto, General Salgado, Getulina, Glicério, Guaiçara, Guaimbê, Guaíra, Guapiaçu, Guapiara, Guaraçaí, Guaraci, Guarani d’Oeste, Guarantã, Guararapes, Guaratinguetá, Guareí, Guatapará, Guzolândia, Herculândia, Iacanga, Iacri, Iaras, Ibaté, Ibirá, Ibirarema, Ibitinga, Ibiúna, Icém, Iepê, Igaraçu do Tietê, Igarapava, Igaratá, Iguape, Ilha Comprida, Ilha Solteira, Ilhabela, Indiana, Indiaporã, Inúbia Paulista, Ipaussu, Iperó, Ipeúna, Ipiguá, Iporanga, Ipuã, Iracemápolis, Irapuã, Irapuru, Itaberá, Itaí, Itajobi, Itaju, Itaóca, Itapetininga, Itapeva, Itapira, Itapirapuã Paulista, Itápolis, Itaporanga, Itapuí, Itapura, Itararé, Itariri, Itatinga, Itirapina, Itirapuã, Itobi, Itu, Itupeva, Ituverava, Jacareí, Jaci, Jacupiranga, Jales, Jambeiro, Jarinu, Jaú, Jeriquara, Joanópolis, João Ramalho, José Bonifácio, Júlio Mesquita, Jumirim, Jundiaí, Junqueirópolis, Juquiá, Lagoinha, Laranjal Paulista, Lavínia, Lavrinhas, Leme, Lençóis Paulista, Limeira, Lindóia, Lins, Lorena, Lourdes, Louveira, Lucélia, Lucianópolis, Luiziânia, Lupércio, Lutécia, Macatuba, Macaubal, Macedônia, Magda, Mairinque, Manduri, Marabá Paulista, Maracaí, Marapoama, Mariápolis, Marília, Marinópolis, Martinópolis, Matão, Mendonça, Meridiano, Mesópolis, Miguelópolis, Mineiros do Tietê, Mira Estrela, Miracatu, Mirandópolis, Mirante do Paranapanema, Mirassol, Mirassolândia, Mococa, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Mombuca, Monções, Monte Alegre do Sul, Monte Aprazível, Monte Azul Paulista, Monte Castelo, Monteiro Lobato, Morungaba, Motuca, Murutinga do Sul, Nantes, Narandiba, Natividade da Serra, Nazaré Paulista, Neves Paulista, Nhandeara, Nipoã, Nova Aliança, Nova Campina, Nova Canaã Paulista, Nova Castilho, Nova Europa, Nova Granada, Nova Guataporanga, Nova Independência, Nova Luzitânia, Novais, Novo Horizonte, Ocauçu, Óleo, Olímpia, Onda Verde, Oriente, Orindiúva, Oscar Bressane, Osvaldo Cruz, Ourinhos, Ouro Verde, Ouroeste, Pacaembu, Palestina, Palmares Paulista, Palmeira d’Oeste, Palmital, Panorama, Paraguaçu Paulista, Paraibuna, Paranapanema, Paranapuã, Parapuã, Pardinho, Pariquera-Açu, Parisi, Paulicéia, Paulistânia, Paulo de Faria, Pederneiras, Pedra Bela, Pedranópolis, Pedregulho, Pedrinhas Paulista, Pedro de Toledo, Penápolis, Pereira Barreto, Pereiras, Piacatu, Piedade, Pilar do Sul, Pindamonhangaba, Pindorama, Pinhalzinho, Piquerobi, Piquete, Piracaia, Piracicaba, Piraju, Pirajuí, Pirangi, Pirapozinho, Pirassununga, Piratininga, Planalto, Platina, Poloni, Pompéia, Pongaí, Pontalinda, Pontes Gestal, Populina, Porangaba, Porto Feliz, Porto Ferreira, Potim, Potirendaba, Pracinha, Pratânia, Presidente Alves, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Promissão, Quadra, Quatá, Queiroz, Queluz, Quintana, Rafard, Rancharia, Redenção da Serra, Regente Feijó, Reginópolis, Registro, Ribeira, Ribeirão Bonito, Ribeirão Branco, Ribeirão Corrente, Ribeirão do Sul, Ribeirão dos Índios, Ribeirão Grande, Rifaina, Rincão, Rinópolis, Rio Claro, Rio das Pedras, Riolândia, Riversul, Rosana, Roseira, Rubiácea, Rubinéia, Sabino, Sagres, Sales, Salmourão, Saltinho, Salto, Salto de Pirapora, Salto Grande, Sandovalina, Santa Adélia, Santa Albertina, Santa Branca, Santa Clara d’Oeste, Santa Cruz da Conceição, Santa Cruz da Esperança, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Cruz do Rio Pardo, Santa Ernestina, Santa Fé do Sul, Santa Gertrudes, Santa Lúcia, Santa Maria da Serra, Santa Mercedes, Santa Rita d’Oeste, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, Santo Anastácio, Santo Antônio da Alegria, Santo Antônio do Aracanguá, Santo Antônio do Jardim, Santo Antônio do Pinhal, Santo Expedito, Santópolis do Aguapeí, São Bento do Sapucaí, São Carlos, São Francisco, São João da Boa Vista, São João das Duas Pontes, São João de Iracema, São João do Pau d’Alho, São José do Barreiro, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Luiz do Paraitinga, São Manuel, São Miguel Arcanjo, São Pedro, São Pedro do Turvo, São Roque, São Sebastião, São Sebastião da Grama, Sarapuí, Sarutaiá, Sebastianópolis do Sul, Serra Azul, Serra Negra, Serrana, Sete Barras, Severínia, Silveiras, Socorro, Sorocaba, Sud Mennucci, Suzanápolis, Tabapuã, Tabatinga, Taciba, Taguaí, Tambaú, Tanabi, Tapiraí, Tapiratiba, Taquaral, Taquarituba, Taquarivaí, Tarabai, Tarumã, Tatuí, Taubaté, Tejupá, Teodoro Sampaio, Tietê, Timburi, Torre de Pedra, Torrinha, Trabiju, Tremembé, Três Fronteiras, Tuiuti, Tupã, Tupi Paulista, Turiúba, Turmalina, Ubarana, Ubatuba, Ubirajara, Uchoa, União Paulista, Urânia, Uru, Urupês, Valentim Gentil, Valparaíso, Vargem, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista, Vera Cruz, Vitória Brasil, Votorantim, Votuporanga e Zacarias, no Estado de São Paulo, a comparecerem a Assembléia Geral a ser realizada na Cidade de São Paulo, no Estado de São Paulo, na sede do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo – SETPESP, na Av. Paulista, nº 2.073, 13º andar, Edifício Horsa II, no dia 08 de julho de 2.010, às 11 horas, em primeira convocação, e às 11 horas e 30 minutos, em segunda e última convocação, para deliberarem, nos termos da Portaria nº 186/ 2008, do Ministério do Trabalho e Emprego, sobre a: 1) fundação do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Interior do Estado de São Paulo; 2) aprovação da base territorial e de sua representação; 3) aprovação do Estatuto e 4) eleição dos membros da Diretoria e do Conselho Fiscal. Araraquara, 18/06/2010. Ass.: Mauro Artur Herszkowicz – Coordenador da Comissão Pró-Fundação.


B10 Economia %HermesFileInfo:B-10:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

GP vende controle da Imbra por US$ 1 Fundo da GP perdeu US$ 140 milhões na empresa especializada em tratamentos dentários EPITACIO PESSOA/AE

Ricardo Grinbaum

A administradora de recursos GP Investimentos deve anunciar hoje a venda desua participação na Imbra, empresa de implantes dentários, para o grupo empresarial brasileiro Arbeit. A venda de 78% das ações da Imbra, que estavam nas mãos da GP, foi realizada pelo valor simbólico de US$ 1. Além disso, a GP ainda concedeu um empréstimo de longo prazo de R$ 20 milhões para a Imbra e se comprometeu a emprestar mais R$ 20 milhões. Conhecida por comprar participações em empresas, mudar a gestão e depois revender as ações com grandes lucros, a GP sai da Imbra com prejuízo. Desde que iniciou a compra das ações da Imbra, em outubro de 2008, a GP investiu US$ 140 milhões na empresa. Os aportes foram feitos por meio do fundo de investimentos V, que conta com recursos de vários investidores e da própria GP. Partedesseinvestimentojáhavia sido registrado como perda no balanço contábil de 2009. Agora, a GP assume a perda total do investimento. Dos US$ 140 milhões registrados como perdas, 55% (US$ 77 milhões) eram de recursos originários da própria GP. Os outros 45% (US$ 63 milhões) eram de outros cotistas do fundo V. Profissionalização. Ao com-

prar a participação na Imbra, há 20meses,aGPapostounaprofissionalização do mercado de tratamentosdentáriosnoBrasil.Especializada em implantes dentários, a Imbra tem 26 clínicas, dois mil funcionários e atua em mais de 15 cidades. A empresa oferece tratamentos dentários no valor médio R$ 5 mil. O tratamento é parcelado em 10 a 15 prestações mensais. Segundo fontes ligadas ao negócio,aGPtentouadotarsuafórmuladegestão,baseadaemmeritocracia e corte de custos, mas teve dificuldades em enfrentar um mercado pulverizado e, muitas vezes,informal.A Imbra concorre com milhares de clínicas e dentistas particulares espalhadas pelo Brasil. Nos últimos meses, os resultados oscilaram entre prejuízos e pequenos lucros. “Esse é um negócio embrionário, o investimento na profissionalizaçãochegou antes da hora”, diz um executivo envolvido nas negociações. Além disso, diz o executivo, o momento da compra foi ruim, às vésperas da crise. Os tratamentos parcelados da Imbra teriam

Prejuízo na venda. Fachada da Imbra, em São Paulo, que teve 78% das ações vendidas

CRONOLOGIA

OS ÚLTIMOS PASSOS DO GP Janeiro de 2010 Venda da BRMalls Fundo III da gestora conclui seu segundo desinvestimento integral, com a venda da participação remanescente na BRMalls, uma das maiores empresas de shopping centers do País. A transação foi feita em bloco na Bovespa.

Março de 2010 IPO da BR Properties

sofrido a concorrência de outros negócios envolvendo crédito, só que ligados ao consumo, como eletrodomésticos e carros, com vendas incentivadas pelo governo. Além da Imbra, outras duas empresas tentam consolidar o mercado de tratamentos dentários. A OdontoPrev, empresa de planos odontológicos associada ao Bradesco, e a Sorridents, que trabalha em regime de franquias.

A BR Properties – empresa da GP que atua na área de aquisição, locação, administração, incorporação e venda de imóveis comerciais – faz a sua oferta inicial de ações na Bolsa e levanta R$ 747 milhões.

Março de 2010 Acordo com a Laep Leitbom, adquirida pela GP em abril de 2008, faz acordo com a Laep para formação de um consórcio operacional. Com isso, a Leitbom ganhou licença para operar marcas como Parmalat e Poços de Caldas.

quenas hidrelétricas (PCHs) em São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná, e constrói galpões, centros e distribuiçãoefábricaspara grandes empresas. O grupo também é dono de uma empresa de bebidas, que fabrica a groselha Milani e os sucos Maraú, e da AviaServ, empresa de serviço de solo para empresas aéreas. A Arbeit negocia a compra dos 22% de ações restantes em mãos dos sócios fundadores da Imbra. GP. Com a venda da Imbra, o

Arbeit. O comprador da Imbra,

o grupo Arbeit, tem investimentos em vários setores da economia. Controlado por Márcio Nishigaki, o Arbeit (trabalho, em alemão) é dono de oito pe-

fundo V da GP agora só tem investimentosnaempresade prestação de serviços da área de petróleo, San Antonio, de US$ 102,6 milhões (o fundo IV já havia investido US$ 179 milhões).

Abril de 2010 Conclusão do fundo V GP fecha a captação do fundo V, com US$ 1,1 bilhão. O fundo anterior era de US$ 1,3 bilhão. A GP é a maior investidora do fundo, tendo comprometido US$500 milhões. Investidores externos participaram com os US$600 milhões restantes.

Junho de 2010 Venda da Imbra Vinte meses depois de comprar o controle da Imbra, GP vende rede de implantes dentários.

A San Antonio é outro negócio que tem tomado a atenção. No balanço de 2009, o fundo admite que a empresa sofreu com forte quedanademanda.AGPhojenegocia com os credores o pagamento de uma dívida bilionária.

FICHA TÉCNICA Criada em março de 2006 por dois dentistas, a Imbra é hoje uma das maiores do setor ● Clínicas: ● Estados: ● Funcionários: ● Dentistas: ● Implantes por mês:

26 12 + DF 2 mil 670 4 mil

Segmento é promissor no Brasil Neste ano, deverão ser realizados 2,5 milhões de implantes no País. E a expectativa do setor é que esse número praticamente dobre nos próximos três anos. A implantodontia é uma das áreas da odontologia que mais tem potencial de crescimento no País. Ela cuida da colocação de pequenos pinos de titânio na mandíbula do paciente que servemcomo base parao encaixede dentes perdidos. O otimismo é explicado pelo imensonúmerodepotenciaispacientes. Segundo dados do Ministérioda Saúde, 30% dosbrasileiros entre 35 e 44 anos não têm nenhum dente. A situação piora entre os idosos: cerca de 75% das pessoas com mais de 65 anos são completamente desdentadas. A todas essas estatísticas, somam-seainda o aumentoda renda do brasileiro e a oferta maior de financiamento para pagar esses serviços. Tudo isso explica o crescimento rápido de redes como Imbra e Sorridents, com cerca de 150 clínicas franqueadas.


O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Nordeste

Rio

Dança

Chuva deixa 24 mortos e desabriga 80 mil em 2 Estados

Incêndio em morro tira moradores da zona sul de casa

Mulheres com mais de 30 anos trocam malhação por balé

Pág. C5

Pág. C5

Pág. C6

Metrópole estadão.com.br

ADMINISTRAÇÃO. Fraudes das placas

JF DIORIO/AE

C1 %HermesFileInfo:C-1:20100621:

Empresa suspeita tinha lista de presentes para funcionários do órgão, na pág. C3}

Devassa no Detran atinge 162 delegados Inquérito sobre contratos de emplacamento constata uso de laranjas em licitação e números inflados para o pagamento do serviço Marcelo Godoy

O inquérito da devassa nos contratos de emplacamento e lacração de carros do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de São Paulo concluiu que há indícios de dez tipos de crimes envolvendo 162 delegados da Polícia Civil. Este é o caso com o maior número de delegados investigados na história da polícia paulista. Emseurelatóriofinal,aCorregedoria da Polícia Civil diz que foram desviados R$ 11,9 milhões de janeiro de 2008 a julho de 2009 – mas a fraude pode ser de até R$ 40 milhões, pois teria começado em 2006. Determinada pelo secretário da Segurança Pública, Antônio Ferreira Pinto, a devassa descobriu a fraude na execução dos contratos de emplacamento de maneira simples. Comparou os números de carros que as empresas contratadas para o serviço enviavam ao Detran,equeeramusados paraliberar os pagamentos, com o númerodeemplacamentosefetivosregistrados na Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp). O relatório de 129 páginas do inquérito, feito pelo delegado Luiz Antônio Rezende Rebello, conclui que a empresa Cordeiro Lopes inflava os números e tinha seus relatórios referendados pelos delegados. Além disso, Rebello diz que a licitação foi fraudada por meio do uso de empresas laranjas a fim de simular a concorrência. As vencedoras do pregão ofereceram preços de R$ 2,50 e R$ 4,50 para fornecer placas comuns quando o custo de produção delas era de R$ 26. “Como inexiste milagre nas leis que regem o mercado, a diferença era paga pelo consumidor”, diz o documento. O consumidorseriapersuadidopelasempresas a adquirir placas especiais, por at�� R$ 60, sob a alegação de que as placas comuns (mais baratas) estavam em falta. Entre os delegados investigados estão dois ex-diretores do Detran: Ivaney Cayres de Souza (2006) e Rui Estanislau Silveira Mello (2007 a 2009). Ambos negaramemdepoimentoparticipação nas fraudes e irregularidades. Mello disse que sua gestão sempre“foipautadapela moralidade, legalidade e eficiência”. São investigados outros 19 delegados do Detran e 141 que dirigiram100Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) que lideram as suspeitas de fraudes. OrelatóriofoientregueaoMinistério Público Estadual na semana passada. Os crimes atribuídos aos investigados são: fraude em licitação e na execução de contratos,sonegaçãofiscal,falsificação de documentos, peculato,corrupçãoativaepassiva,prevaricação,advocaciaadministrativa e formação de quadrilha. ● São Paulo

A apuração não achou superfaturamento na prestação de contas da empresa que faz o emplacamento na capital. Ela tinha a receber R$ 517 mil da venda de placas comuns.

7 8 9 10 11 12


C2 Cidades/MetrĂłpole %HermesFileInfo:C-2:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

ALĂ”, SĂƒOPAULO

23° 16°

2mm 80%

QUA 23/6

21° 12°

0mm

QUI 24/6

24° 11°

0mm

Aracaju Belo Horizonte Brasília Boa Vista BelÊm Campo Grande Cuiabå Curitiba Florianópolis Fortaleza Goiânia João Pessoa Macapå

19°/23° Abaixo de 19°

Franca

90%

RibeirĂŁo Preto

S. J. do Rio Preto

14°/32°

17°/30°

0%

Araraquara 14°/30°

Presidente Prudente 19°/28°

Bauru

Piracicaba

14°/27°

Chuvas

NO

Sorocaba

São Paulo 16°/23°

16°/22°



Santos

13°/18°

SO

18°/23°

 



Receba por sms a previsĂŁo de onde vocĂŞ estĂĄ

Cananeia



15°/20°

CĂŠu claro

www.estadao.com.br/sms

Nublado

Parcialmente nublado

1m

S

16°/20°



L SE

18°/22°

Iguape



U

Pancadas de chuva

21 Segunda

22 Terça

0h32 5h04 11h17 18h58

1h09 5h53 12h17 20:47

Chuva

1,0 0,6 1,1 0,8

1,1 0,5 1,2 0,7

Chuva com trovoadas

23 Quarta

24 Quinta

1h45 6h34 13h11 20h45

2h06 7h13 13h56 20h30

1,1 0,3 1,2 0,7

Cena da Cidade

Cinema

Alimentação

Onde: Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426, Pinheiros Quando: Hoje a sexta, das 20h às 22h Preço: R$ 500 Informaçþes: Telefone 3081-6986 e pelo site www.obarco.com.br

Onde: Av. IV Centenårio, 1.268, Portão 7-A ( UmaPaz – Parque do Ibirapuera) Quando: Hoje, das 19h às 21h Preço: Gråtis (chegar 15 minutos antes) Informaçþes: Tel. 5572- 1004

Com aulas do produtor Caio Gullane, o curso Mercado Cinematogråfico Brasileiro orienta o aluno para o possível ingresso no ramo, com informaçþes sobre prÊ-requisitos e o perfil de profissionais e produtoras.

Na palestra Alimentos transgĂŞnicos e sustentabilidade, voltada a profissionais da ĂĄrea mĂŠdica e ambiental, o bioquĂ­mico geneticista Michel Antoniou discute efeito de transgĂŞnicos para saĂşde e ambiente.

Quadrinhos

Skate

Onde: Rua Turiaçu, 2.100, Pompeia (Livraria Cultura Bourbon Shopping) Quando: Såbado, às 14h30 Preço: Gråtis Informaçþes: Tel. 3868-5100 e www.livrariacultura.com.br

Onde: Avenida Engenheiro Heitor Antonio Eiras Garcia, 1.770, Butantã (CEU Butantã) Quando: Såbado e Domingo, a partir das 9h Preço: Gråtis Informaçþes: 3396-6400

Para celebrar os 75 anos da DC Comics, uma das maiores editoras mundiais de quadrinhos, um debate com jornalistas discute a trajetĂłria da editora, desde o surgimento dos herĂłis Batman e Superman.

A primeira etapa do Festival Paulistano de Skate reunirå os melhores skatistas da modalidade de vårios Estados do País. As quatro etapas previstas da competição valem para o ranking brasileiro 2010.

COLORIDO NA CIDADE Ipê florido na Rua da Consolação, região central de São Paulo, då um tom diferente para o cÊu da capital. � NILTON FUKUDA/AE

Seus Direitos

CÉLIO RODRIGUES PIMENTA / CARAPICU�BA A Samsung Electronics informa que foi formalizado acordo com o sr. Pimenta pelo ressarcimento

1Ëš PrĂŞmio 2Ëš PrĂŞmio 3Ëš PrĂŞmio 4Ëš PrĂŞmio 5Ëš PrĂŞmio

20.248 67.538 06.689 48.572 71.036

tear atÊ danos morais. Não då mais para esperar acordo de uma empresa que protela a solução de forma reiterada. Tatiana Viola de Queiroz Ê advogada da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste)

O leitor contesta: JĂĄ havia recebido essa resposta. O que ocorre ĂŠ que, cada vez que eu reclamo, a Samsung supostamente firma um acordo com novo prazo para pagamento, mas, quando ele termina, o pagamento nĂŁo ĂŠ feito. Essa empresa nĂŁo paga nem devolve o equipamento. Se o devolvesse, eu poderia ao menos tentar consertĂĄ-lo em outro lugar ou acionar minha seguradora contra defeitos elĂŠtricos e, quem sabe, reaver parte do prejuĂ­zo.

TRANSTORNO Barulho em obra

A obra do empreendimento Place Royale, em Perdizes, entre as Ruas Ministro Godói, João Ramalho, Monte Alegre e Homem de Mello, executada pela empresa Exto, não respeita a vizinhança. Por vårias ocasiþes, o trabalho foi executado após as 20 horas, atÊ com betoneiras. Outros problemas são a entrega de materiais à noite; barulho da equipe; alarme disparando repetidamente hå meses, por horas consecutivas. Essa queixa jå foi encaminhada à Exto e, apesar do pedido de desculpas da empresa, o problema continua. No dia 1.º/5, såbado, o alarme da obra tocou por 5 horas seguidas.

Anålise: O consumidor deu margem para a empresa adiar a solução do problema ao não entregar o equipamento completo. Por outro lado, a Samsung, ao reconhecer o defeito e retirar o produto, tinha de ter feito a devolução de forma ågil. Se ela estå com o equipamento e não ressarciu o consumidor, pode ser caracterizado como apropriação indÊbita. O consumidor deve acionar a empresa no Juizado Especial Cível para obter o ressarcimento e Ê cabível plei-

Loterias FEDERAL NÂş 04459

Informe-se

As cartas devem ser enviadas para consumidor. estado@grupoestado.com.br, pelo fax 3856-2940 ou para Av. Engenheiro Caetano à lvares, 55, 6˚ andar, CEP 02598-900, com nome, endereço, RG e telefone, e podem ser resumidas

do valor, corrigido monetariamente. O cliente receberĂĄ o valor por ordem de pagamento num prazo mĂĄximo de 25 dias Ăşteis.

Em 12/2/2009, comprei o gravador de DVD-R170 da Samsung. Em agosto do mesmo ano o aparelho parou de funcionar. Levei-o Ă  assistĂŞncia tĂŠcnica em 21/9 e, apĂłs quase 40 dias, soube que nĂŁo teria conserto e que eu seria ressarcido no mesmo valor pago. Informei meus dados bancĂĄrios, mas o depĂłsito nĂŁo foi feito. Soube, apĂłs ligar mais de 10 vezes para o SAC, que o reembolso nĂŁo foi feito porque eu nĂŁo tinha entregado o controle remoto, mas ninguĂŠm me avisou. Entreguei-o em 12/1/2010, mas atĂŠ hoje nĂŁo fui ressarcido. Todas as vezes que ligo para o SAC sou informado de que irĂŁo abrir um processo para averiguar o que estĂĄ ocorrendo e que, em 5 dias, a ĂĄrea responsĂĄvel entrarĂĄ em contato comigo, mas nĂŁo recebo resposta.

DIOGO MEYER / SĂƒO PAULO A coordenadora de Relacionamen-

to com o Cliente da Exto, Gisele Marcolino, explica que, em respeito ao Decreto nº 49.800 de 23/7/2008, que restringe a circulação de caminhþes, a empresa Ê compelida a receber materiais na obra entre as 21 horas e 5 horas. Garante que nenhuma atividade da obra Ê feita no período noturno, alÊm do recebimento dos materiais. Diz que a empresa proprietåria do sistema de alarme jå foi advertida e foi encaminhado ao sr. Meyer o telefone de contato do responsåvel, para eventual caso de reincidência. Acrescenta que a obra estå com o trabalho de concretagem finalizado e a equipe Ê constantemente advertida, para que todos os transtornos oriundos das entregas sejam reduzidos.

O leitor contesta: A sra. Gisele repete insistentemente a Lei n.º 49.800 toda a vez que hå queixa. Acho incompreensível que a proibição de circulação de caminhþes justifique buzina e gritos na entrega noturna; o alto ruído da obra nos såbados; betoneiras que trabalharam repetidamente após as 19 horas; alarme que demorou meses para ser reparado. AlÊm disso, a

afirmação de que a Exto havia me passado o “telefone do responsĂĄvelâ€? pelo alarme ĂŠ grave indĂ­cio de omissĂŁo. A responsabilidade por fiscalizar a obra ĂŠ da Exto. A frase indica transferĂŞncia do Ă´nus de fiscalizar para a vizinhança. Ainda que esteja em vigor a Lei n.Âş 49.800, que versa sobre a proibição de circulação de caminhĂľes durante o dia, nada justifica os transtornos que a obra estĂĄ causando Ă  vizinhança. A construtora ĂŠ obrigada a respeitar o Programa de SilĂŞncio Urbano (Psiu), regulado pela Lei do RuĂ­do para controlar a quantidade de decibĂŠis emitidos pelos estabelecimentos, a qualquer hora do dia ou da noite. Segundo dados da Prefeitura do MunicĂ­pio de SĂŁo Paulo, as obras representaram 9% da origem de barulhos no ano de 2009. Nesse caso, o leitor deverĂĄ fazer uma denĂşncia na Prefeitura, pelo telefone 156, ou direto na subprefeitura de sua regiĂŁo. A Prefeitura enviarĂĄ um fiscal Ă  obra e, na comprovação do problema, pode, inclusive aplicar multa ou atĂŠ mesmo lacrĂĄ-la.

AnĂĄlise:

Polyanna Carlos Silva ĂŠ advogada da Proteste

ATENĂ‡ĂƒO: O quadro abaixo nĂŁo deve ser usado para a conferĂŞncia oficial das loterias. Dependendo do horĂĄrio dos sorteios e do fechamento de edição, alguns resultados podem estar defasados. Confira os resultados oficiais no site www.caixa.gov.br

19/6/10 R$ 600.000,00 R$ 31.500,00 R$ 24.000,00 R$ 15.390,00 R$ 10.500,00

MILIONĂ RIA NÂş 04447 1Ëš PrĂŞmio 2Ëš PrĂŞmio 3Ëš PrĂŞmio 4Ëš PrĂŞmio 5Ëš PrĂŞmio

75.662 42.366 72.960 63.809 67.302

8/5/10

R$ 1.000.000.00 R$ 32.000.00 R$ 27.000.00 R$ 14.300.00 R$ 12.720,00

1,2 0,2 1,3 0,7

14°/14° 17°/31° 6°/23° 10°/21° 10°/16° 4°/9° 20°/22° 20°/24° 8°/15° 7°/13° 4°/16° 15°/21° 16°/28° 8°/19° 10°/25° 10°/25° 12°/22° 28°/29° 8°/12° 14°/25° 20°/30° 9°/17° 14°/18° 6°/16° 11°/15° 24°/35° 22°/24° 12°/20° 22°/31°

Volume de chuva (mm) Probabilidade de chuva (%)

Agenda da Semana

SAMSUNG Nada do ressarcimento

0 Assunção +6 Atenas +5 Barcelona +5 Berlim +5 Bruxelas Buenos Aires 0 -1,5 Caracas -2 Chicago +5 Estocolmo +5 Genebra Johannesburgo +5 Lima -2 Lisboa +4 Londres +4 Los Angeles -4 Madri +5 MÊxico -2 Miami -1 MontevidÊu 0 Moscou +7 Nova York -1 Paris +5 Roma +5 Santiago -1 Sydney +13 Tel-Aviv +6 Tóquio +12 Toronto -1 Washington -1

NE

18nĂłs

O

Ubatuba GuarujĂĄ

Itapeva



UA

Fuso MĂ­n./MĂĄx.

21°/30° 24°/34° 23°/31° 22°/36° 6°/15° 23°/34° 23°/30° 23°/32° 16°/29° 23°/30° 23°/32° 23°/34° 18°/31°

17°/23°



 R

Sol/chuva Sol/chuva Sol Ensolarado Sol Sol Sol/chuva Sol/chuva Sol/chuva Sol/chuva Sol/chuva Sol Sol

N

18°/24° mm

MaceiĂł Manaus Natal Palmas Porto Alegre Porto Velho Recife Rio Branco Rio de Janeiro Salvador SĂŁo LuĂ­s Teresina VitĂłria

22°/29° 9°/28° 10°/28° 23°/33° 23°/32° 19°/29° 19°/35° 11°/16° 13°/19° 23°/32° 13°/33° 23°/31° 23°/32°

MĂ­n./MĂĄx.

Tà BUA DE MARÉS: Porto de Santos

16°/27°

Ourinhos

Temperatura mĂ­n./mĂĄx.

Sol/chuva Ensolarado Ensolarado Sol/chuva Sol/chuva Sol Sol Chuvoso Sol Sol/chuva Ensolarado Sol/chuva Sol/chuva

Tempo

8°/20°

14°/26°

S. J. dos Campos

A SEMANA Uma frente fria chea ao °C udeste e provoca aumento de nuvens no su  e no este de ão auo. å  previsão de chuva a partir  da tarde. Amanhã chove o  dia todo e esfria. a uartafeira o so reapare   ce mas ainda fa frio.

MĂ­n./MĂĄx.

C. do JordĂŁo

Campinas

15°/25°

nova 11/7 (16h41)

Poente 17h30

NOITE

NO MUNDO

Tempo

13°/28°

0%

TARDE

NAS CAPITAIS

24°/27°

16°/28°

10mm

MANHĂƒ

28°/32°

Votuporanga

19° 13°

minguante 4/7 (11h36)

Probabilidade de chuva

Acima de 32°

Na capital

cheia 26/6 (8h31)

Nascente 6h47

Volume de chuva

PRĂ“XIMOS DIAS EM SP Uma frente fria causa aumento de nuvens e chuva a partir da tarde. AmanhĂŁ esfria.

TER 22/6

crescente 19/6 (1h30)

PREVISĂƒO PARA HOJE EM SĂƒO PAULO Sol, aumento de nuvens e chuva

QUINA NÂş2324

19/6/10

Quina (1)

R$ 950.307,25

LOTOFĂ CIL NÂş540 17/6/10 Dois apostadores acertaram as 15 dezenas e vĂŁo receber R$ 724.630,15 02 06 07 08 09

Quadra (204)

R$ 1.903,36

Terno (9.854)

R$ 56,29

11

12

13

15

16

68

18

19

20

22

24

10

17

23

45

MEGA SENA NÂş1189 Sena (Acumulou)

19/6/10 R$ 16.296.089,09

Quina (44)

R$ 34.335,73

Quadra (4.064) 14

21

R$ 531,06 27

31

35

50

CORPO DE BOMBEIROS: 193 OU WWW.CCB.POLICIAMILITAR.SP.GOV.BR POLĂ?CIA MILITAR: 190 OU WWW.POLICIAMILITAR.SP.GOV.BR POLĂ?CIA CIVIL: 197 OU WWW.POLICIA-CIV.SP.GOV.BR DISQUE-DENĂšNCIA: 181 (SP) OU (011) 3272-7373 SPTRANS: 0800-771-0118 (BILHETE ĂšNICO E CARTĂƒO FIDELIDADE) ITINERĂ RIOS DE Ă”NIBUS: 156 DEFESA CIVIL: 199 PROCON: 151 SABESP: 195 AES ELETROPAULO: 0800-727-2196 COMGĂ S: 0800-011-0197 RODĂ?ZIO: NĂƒO PODEM CIRCULAR NO CENTRO EXPANDIDO, DAS 7H Ă€S 10H E DAS 17H Ă€S 20H, CARROS E CAMINHĂ•ES COM PLACAS DE FINAIS

1e2 HĂĄ um SĂŠculo 21 de junho de

1910 (Berlim) Amanhan sairĂĄ do hangar do Frederichs-Hafen um novo balĂŁo do modelo do dirigivel Zepellin. O aerostato ĂŠ especialmente destinado ao transporte de passageiros e comporta diversos compartimentos luxuosos.

estadĂŁo.com.br Blogs. Leia mais notas no blogs.estadao.com.br/cem-anosatras/

SERVIÇO: O Estado publica diariamente as loterias. Fique atento ao número e à data de realização dos sorteios.

DUPLA SENA NÂş873 Sena (Acumulou)

02

05

08

09

Sena 2.Ëš sorteio (1) Quina (17) Quadra (1.491)

01

10

38

18/6/10 R$ 2.451.849,20

40

46

47

LOTOMANIA NÂş1046 20 acertos (2) 13 17 23

19/6/10 R$ 267.055,51 30 31

R$ 153.153,36 R$ 6.756,77 R$ 73,37

34

36

37

38

47

53

58

60

63

70

46

76

77

88

89

93

47


%HermesFileInfo:C-3:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Cidades/Metrópole C3

ADMINISTRAÇÃO. Funcionários sob investigação KEINY ANDRADE/AE–28/11/2009

era a verdadeira dona da empresa Cordeiro Lopes, que ganhou 9 dos 10 lotes da licitação para fornecer as placas ao Detran. OadvogadoCássioPaolettiJunior, que defende os donos da Casa Verre e da Cordeiro Lopes, afirma que nenhuma fraude foi cometida.Eledizque“ainterpretação dos fatos no relatório da Corregedoria é objeto de estudo de seu escritório”. “No momento apropriado vamos apresentar nossa contestação”, afirmou.

Lista de presentes tinha do diretor à ascensorista

Sonegação. Relatório de Infor-

Supostos beneficiados por empresa suspeita cuidavam de áreas como legislação de trânsito, orçamento e lacração no Detran Marcelo Godoy

Uma lista de presentes com 105 nomesfoiapreendidanoescritório de uma das principais acusadas da fraude no Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O documento traz desde o diretor do órgão de trânsito até uma ascensorista como supostos beneficiados pelos mimos de uma empresa fornecedora de placas e lacres.Elesteriamrecebido“cestas Natal 2008, lembranças de Páscoa e cestas executivas”. ChamouaatençãodaCorregedoria da Polícia Civil o fato de que muitos dos delegados citados na lista eram gestores dos contratos de emplacamento, devendo, portanto, zelar pela lisura e fiscalizar a ação da empresa. Ao todo, 32 delegados aparecem na lista. A relação foi encontrada em 14 de janeiro na sede empresa Casa Verre, maior fabricante de placas da América do Sul. Os supostos beneficiados pe●

RANKING DO DESVIO Ciretran

Superfaturamento (em R$)

Sorocaba

692.325

São José dos Campos

616.920

Jundiaí

597.847

Campinas

558.684

Ribeirão Preto

552.177.

Guarulhos

482.170

Santos

394.663

Praia Grande

338.413

Araçatuba

189.364

Piracicaba

159.884

São José do Rio Preto

154.228

Barueri

147.906

Embu

145.633

Carapicuíba

140.796

Hortolândia

131.226

los presentes da empresa dirigiam setores como a administraçãodoDetran,cuidavamdequestões como a legislação de trânsito e de Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), como

O Detran

as de Campinas e Osasco. Além da ascensorista, há secretárias, encarregadosdossetoresdemultas, da portaria, do orçamento, da lacração de carros e do pagamento de despesas do Detran. Muitos trabalhavam nos 8º e 9º andares do antigo prédio do departamento, no Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. A diretora da Corregedoria, Maria Inês Trefiglio Valente, deve determinar a instauração de mais de uma centena de processos administrativos para apurar supostas falhas funcionais dos policiais. O relatório final do inquérito propõe que sejam investigadas à parte as condutas de 141 delegados das Ciretrans sob suspeita. Já os que trabalhavam no Detran serãoalvo deuma única apuração. O delegado Luiz Antônio Rezende Rebello propôs ainda em seu relatório que sejam abertas açõescivispúblicas contraosenvolvidos, a fim de que devolvam

PAULO LIEBERT/AE–11/12/2009

São as Ciretrans no Estado, Cada uma tem ao menos um delegado responsável.

Relatório propõe saída do Detran da Secretaria da Segurança Atual diretor, no entanto, diz que outros Estados do País tiveram casos de corrupção mesmo com órgão fora da pasta

TRÊS PERGUNTAS PARA...

Um dos pontos mais polêmicos do relatório sobre as fraudes no DepartamentoEstadualdeTrânsito (Detran) está na página 127. É ali que o delegado Luiz Antônio Rezende Rebello, responsável pela investigação, pede que sejam tomadas “as providências legais” para que “o Detran deixe de pertencer à Secretaria da Segurança Pública, passando para aesferaecontroledeoutrasecretaria de Estado”. OprincipalargumentodeRebbelopara a medida seria o fato de ela “por si só aumentaria o efetivo policial em mais de 700 homens”.Emvezdecuidardafiscalização de trânsito e da emissão de documentos, os policiais voltariam a combater o crime. Dos 27 Estados que têm De-

1.

Carlos José Paschoal de Toledo, DELEGADO DE POLÍCIA E DIRETOR DO DETRAN

Quando será feita a nova licitação para as placas?

Quando a Procuradoria Geral do Estado der seu parecer, publicaremos o edital. Nossa posição é de que a lacração deve ser feita por policiais.

2.

Isso fechará a torneira da fraude?

Essa torneira já está fechada desde que

trans, só em três o departamentoésubordinadoàSegurançaPública.Parao diretor doDetran de São Paulo, delegado Carlos José Paschoal de Toledo, isso não influi na existência de fraudes. Ele citou os casos dos Detrans do Rio Grande do Sul e da Paraíba.

Promotoria denuncia ex-delegado-geral por acobertar fraude

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou o ex-delegado-geral da Polícia Civil Maurício Lemos Freire sob a acusação de ter desaparecido com documentos que comprovariam a fraude em uma concurso público para a contratação de peritos criminais. O crime teria ocorri-

AS FRAUDES ●

Na licitação

As empresas Casa Verre e Comepla teriam usado a Cordeiro Lopes e a Centersystem para vencer a licitação, por não terem condições de apresentar a documentação necessária para participar da concorrência.

uma era de R$ 25,66. A empresa “recuperava” a diferença na hora do emplacamento, quando persuadia o cliente a comprar a placa especial, que custa R$ 60. ●

Na execução do contrato

As vencedoras da licitação ofereceram preços de R$ 2,50 e R$ 4,50 pela placa comum, mas o custo de produção de cada

A empresa superfaturava os valores dos serviços prestados. A Corregedoria apurou que, entre janeiro de 2008 e julho de 2009, a Cordeiro Lopes cobrou R$ 11,9 milhões a mais dos cofres públicos.

aos cofres públicos o que foi desviado. Ele escreveu já ter provas do desvio de R$ 11,9 milhões. Segundoele,osdelegados“nãoviolaram apenas o Código Penal”, mastambém“osprincípioscons-

titucionais da legalidade, razoabilidade, proporcionalidade e moralidade administrativa, configurando a improbidade”. A Casa Verre, segundo o relatório do inquérito e a Receita Estadual,

Na proposta

664

O Departamento Estadual de Trânsito tem cerca de 700 funcionários. Em São Paulo, o posto principal fica no centro (foto).

Maurício Freire é acusado de desaparecer com documentos que comprovariam erros em concurso. Ele nega

Desvio. Fachada de fábrica de placas que estaria envolvida

do em 2005, quando Freire dirigia a Academia da Polícia Civil. Freire, que chefiou a polícia de 2007 a 2009, é defendido pelo advogadoRonaldoBretasMarzagão, ex-secretário da Segurança Pública (2007-2009). Além do delegado, também foi denunciado perito criminal Osvaldo Negrini Neto sob a acusação de ter falsificado a lista de aprovados da primeira fase do concurso para incluir 36 candidatos que haviam sido reprovados. Tanto Freire quanto Negrini, que presidiaa banca examinadora do concurso, negam as acusa-

implodimos esse esquema, rescindimos contratos e descredenciamos empresas suspeitas.

3.

Quando isso trará efeitos práticos para a população?

Os efeitos serão sentidos no próximo semestre. Até lá, vamos pôr para funcionar a unidade de Interlagos e melhorar também o atendimento. Ambos enfrentaram escândalos de corrupção e não são vinculadosàSecretariadaSegurançanaqueles Estados, Para ele, mudar o Detran de secretaria é uma decisão de governo. “O importante é ter transparência e austeridade na gestão”, afirma. / M.G.

ções. A denúncia do Gecep para a 23.ª Vara Criminal é baseada nasinvestigaçõesfeitaspelaCorregedoria da Polícia Civil. Elas mostrariam que os demais integrantes da banca do concurso procuraram Freire para denunciar a fraude e entregaram provas do que diziam. O Grupo de Atuação Especial e Controle Externo da Atividade Policia (Gecep) afirma que 11.633 candidatoshaviam seinscritonoconcurso – houve até quem, apesar de aprovado,acabouexcluídodalista final por causa da fraude. O ex-homem forte da polícia disse em depoimento à Corregedoria que não era sua atribuição afastar Negrini – como queriam os autores da denúncia – ou refazer a lista de aprovados. Freire afirmou ainda que os documentosdadenúncianão foramprotocolados e disse ter tido apenas conhecimento informalde parte da documentação. / M.G.

maçõesFiscaismostraqueaCordeiro Lopes serviu de laranja, “utilizadaparaacobertaraverdadeira empresa fornecedora dos produtos e serviços, a Casa Verre”. A suposta manobra teria sido praticada pelo empresário Humberto Verre para “afastar responsabilidade tributárias, previdenciárias e trabalhistas, sem mencionar eventuais responsabilidades criminais relativas à licitação e à execução dos contratos com o Detran”. Um dos lotes da licitação foi vencidopelaempresaCentersystem, também alvo de busca e apreensão.Foramrecolhidosdocumentos que demonstrariam que a Centersystem também foi usada como laranja na licitação. GilbertoColagiovanni, sócio-diretordaempresa,dizqueparticipou regularmente da licitação. A Centersystem faz hoje o emplacamento de carros em todo Estado, desde que o Detran rompeu os contratos com a Cordeiro Lopes,em fevereiro.“Tenhocerteza de que as fraudes pararam”, disseodelegado CarlosJosé Paschoal de Toledo, que assumiu a direção do Detran em 2009.

20,3 milhões PAULO LIEBERT/AE–13/7/2009

É a frota de veículos no Estado, oito dos quais tem cem anos – foram fabricados em 1910.


C4 Cidades/Metrópole %HermesFileInfo:C-4:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

SÃO PAULO

TRANSPORTE

Governo estadual cumpre 14 de 30 metas Começa a cobrança de tarifa na Linha 4 Metrô para o transporte metropolitano em 2009 A partir de hoje, os passageiros O governo estadual cumpriu menos da metade das metas de transporte metropolitano estabelecidas para o ano passado no Plano Plurianual (PPA) 2008-2011. Segundo balanço do Executivo, 16 dos 30 objetivos traçados para o setor não foram alcançados. Das metas ligadas à ampliação das linhas do Metrô, apenas duas foram atingidas. Nenhuma das metas de modernização das linhas de trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foi

a

atingida. O plano de expansão metroviário e ferroviário foi uma das principais bandeiras da gestão do ex-governador e candidato à Presidência José Serra (PSDB). Em nota, a Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM) diz que “alguns projetos sofreram atrasos inerentes a fatores externos que não podem ser controlados pela STM, como processos de contratação e desapropriação e a demora no fornecimento do setor privado”.

e

autos.

terão de pagar a tarifa de R$ 2,65 para usar a Linha 4 - Amarela do Metrô. Inaugurada no dia 25 de maio, a linha opera por enquanto com duas estações – Faria Lima, na zona oeste, e Paulista, na região central da capital. O horário de funcionamento permanece inalterado – de segunda a sexta-feira, das 9 às 15 horas. A novidade é que, agora, é possível fazer a transferência da Linha 4 para a Linha 2 Verde, entre as estações Paulista e Consolação, sem ter de sair

empregos.

das dependências do Metrô e sem a necessidade de pagar outra tarifa. Até a semana passada, o usuário que desembarcava na Estação Paulista era obrigado a pagar para acessar a Linha 2 e a rede da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Os bilhetes aceitos nas demais linhas do Metrô e da CPTM podem ser usados na Linha 4.

o

imóveis.

ACIDENTE

SUSTO

Idosa morre ao cair de montanha-russa no Rio

Ladrões roubam carro com criança de 3 anos

A ajudante de cozinha Heydiara Ribeiro, de 61 anos, morreu anteontem ao cair de uma montanha-russa no parque de diversões Terra Encantada, no Rio. Uma hipótese é a de que a trava de segurança do brinquedo tenha falhado, diz a polícia. A administração não foi encontrada. Não é o primeiro acidente no parque. Em 2005, um homem de 28 anos caiu de uma montanha-russa e teve traumatismo craniano. Em 2008, bombeiros interditaram o local por má conservação dos equipamentos.

Uma mulher de 37 anos deixou a filha de 3 anos sozinha e dormindo em seu carro para ir a uma quermesse no Jaçanã, zona norte de São Paulo. Ao voltar, não encontrou o Gol, levado por ladrões. Desesperada, ela procurou a polícia. Por volta das 2 horas de ontem, três horas após ter deixado a filha, o veículo foi localizado pelos policiais, que encontraram a menina acordada e chorando. O caso será levado ao Conselho Tutelar da região, que analisará se houve negligência.

oportunidades.

Para anun ciar

Classificados (11) 385

Nainternet SÃO PAULO

www.zap.com.br

JARDINS

Ocasião única, rua tranquila, 200m², lazer total, 4suítes, closet, terraço, amplo living p/3ambts, lavabo, 3vagas. Creci 10427. 3050-3322

Vendem-se APARTAMENTOS

JARDINS

4dts, Raridade, impecável, pronto p/ morar. 3sts + escrit, 3vgs, demais, deps,2 q.e.,lazer completo R$ 1.400.000. Ref: 482611. 3050-3322

ZONA SUL

Vendem-se

Alugam-se

CASAS

COMERCIAIS

ZONA SUL ACLIMAÇÃO

R$750.000 Sobr. 4dts, 6 gars, quintal amplo, edícula, 12,70mts frente, 366mts terreno, rua sem saída. Ótimo para fazer Vila!! Próx. Parque  9608-1500

2 DORMITÓRIOS R$850.000 Cobertura triplex nova, 168m² - 2 suites/2 vgs – terraço com deck e piscina. Ref: 505339. Creci 10427. 30503322. Fotos www.MBaroni.com

JD AMÉRICA

R$14.000.000 Novo. Local nobre. 5 suítes. 734m² úteis. 8 vagas. Ref: 503409.  3050-3322.

KM 39-Los Álamos 1000m²á.. t,220m²á..c,3 suítes,closet. R$350mil.Estuda Permuta.Ref. CA1289.Veja mais detalhes no site!4616-9048

ZONA OESTE Prédio Comercial com 600m² AC. em 3 Pavimentos. Loja no Térreo e Depósito no Subsolo. 2ºAndar com Salas e Escritório. 6Banhs. ZM-3b Cód.358491 Fone:3026-7000.

R$280.000 Moderna Residência em Condomínio Fechado. Nova. 2Suítes. Linda Área Externa com Jardim e Churrasqueira. Lazer com Sauna. 2 Vgs. Ótimo Local. ZM-2 Cód.381590 Tel.:3745 - 6000. Financie até 80% com o Itaú.

TERRENOS GRANJA VIANNA

10.000m², 2 frentes, ótima topografia, para constr. de condomínio de casas. R$ 2.000.000. Ref: 514965. Creci 10427.  30503322. Fotos www.MBaroni.com

INTERIOR E OUTRAS LOCALIDADES

ITAIM

Ótimo negócio, rua tranqüila, melhor quadra do bairro, 100m² privativos, 2 suítes, lazer, sala ampla, lavabo, dep. de empregada. Creci 10427. 3050-3322

TERRENOS JD EUROPA

R$4.000.000 Cobertura Duplex enorme. Reformada. 4 Suítes. 429m² au. 4 vagas. Ref:504137.  3050-3322.

R$435.000 NOVO, 2 dorms com vista para o Parque Ibirapuera, lazer completo. Creci 10427. Ref: 510863.  3050-3322. Fotos www.MBaroni.com

3 DORMITÓRIOS JARDINS

Rua Bela Cintra, 154m² úteis, ensolarado, living p/3 ambientes com lareira, suíte ampla c/closet, lavabo, dep. de empregada. Cr10427. Ref: 507067  3050-3322

CITY BUTANTÃ JD MARAJOARA

Andar Alto Proporcionando Linda Vista . Apartamento com 411m² Úteis. 4 Suítes. Ambientes Amplos e Claros. Reformado. 4 Vagas. ZM2 Cód. 429887 Tel.:3169 - 8000. Financie até 80% com o Itaú.

Alameda Casa Branca, 170m² privativos, lindo, pronto p/morar, suíte máster c/closet, lavabo, escritório, copa/cozinha, 4 vagas. Creci 10427. Ref: 507057 3050-3322

R$348.000 3 dorms, 1 st, 3 vagas, 106m² AU, repleto de armários, rua tranqüila e residencial. Creci 10427. Ref:513519. Fotos www.MBaroni.com 3050-3322.

Vendem-se

BAURU

Área p/loteamento, 7mil a 250mil mts Exc. local, c/forte demanda (14)3011-7575/(14)7834-2601

ZONA OESTE PQ DOS PRÍNCIPES

CORSA PREM 1.4

07/08 econoflex cinza 30mkm couro R$31.500 11-75433919

ZONA SUL

JD PAULISTA

R$2.300.000 Enorme, local nobre, 1p/andar. Neoclássico com 5 terraços. 260m² úteis. 4 suítes, 4 vagas. Lazer total. Ref: 512676. 3050-3322.

Excelente Imóvel com 560m² Construídos. 716m² de Terreno. Arquitetura Moderna. Várias Sls. Jardim Arborizado. 4 Vagas. ZM-2 Cód. 425239 Tel.: 3882 - 4000. Financie até 60% com o Itaú.

AVISO DE LEILÃO EDITAL DE LEILÃO - 55ª HASTA PÚBLICA UNIFICADA DA JUSTIÇA FEDERAL SÃO PAULO - 1º LEILÃO: 12/07/2010, às 11h - 2º LEILÃO: 26/07/ 2010, também às 11H. LOCAL: R. João Guimarães Rosa nº 215, São Paulo - SP. BENS: 1) Apartamento nº 42, 4º andar do bl. 43 (s/ elevador), da R. Dr. Almenor Jardim Silveira, 43 – Cond. Ipacaraí, com 51,37m2 de área construída, e uma vaga em estacionamento coletivo, matrícula nº 46.207 no 1º CRI de Santo André/SP. VALOR DE AVALIAÇÃO: R$ 90.000,00. LANCE MÍNIMO: R$ 221.763,94 (1º e 2º leilão). Processo nº 0035376-13.1990.4.03.6100 (90.0035376-9) - 1ª Vara Federal de Santo André. e 2) Apartamento nº 02, térreo Edifício Érico Veríssimo (bl. C-2), Conj. Habitacional Vivendas de Sorocaba, na Rua Ramon Haro Martini, 1501, bairro da Caputera, c/ área útil de 50,163 mm², direito de uso a uma vaga descoberta pequena, matrícula nº 76.529 do 1º CRI de Sorocaba/ SP. VALOR DE AVALIAÇÃO: R$ 65. 000,00. LANCE MÍNIMO: R$ 285. 394,77 (1º e 2º leilão). Processo nº 0015426-89.2007.4.03. 6110 (2007.61.82.015426-4) 2ª Vara Federal de Sorocaba. Edital disponível no site http://www. jfsp.jus.br/hastaspublicas. Em caso de dúvidas, entre em contato com a Central de Hastas Públicas (e-mail cehas_sp@jfsp.jus.br, telefones (011) 2172-3738/3739).

CLÍNICA TERAPÊUTICA E ESTÉTICA

385m²á.t.Leve aclive,R$180mil. Ref.TE0582.Veja mais detalhes no site!3761-5959

CENTRO

PLANALTO PAULISTA

JD PAULISTA

JD SAÚDE

600m², sobrado, melhor quadra da city, 2suítes - terraço, lavabo, sala p/ 4ambts, copa, cozinha, edícula, churrasqueira, 6vagas. Cr10427. Ref: 507070.  3050-3322

R$750.000 Terreno 100% plano, próx. ao Parque, 12,70mts frente, nobre, 366mts terreno, rua sem saída. Ideal para fazer sobrados de Vila!!  9608-1500

COMERCIAIS

JARDINS

R$650.000 180m² au, excel localização, parte plana, living amplo, conservadíssimo. Ref:510383. Cr10427. 3050-3322. Fotos no site www.MBaroni.com

ACLIMAÇÃO

ZONA OESTE

VL CLEMENTINO

TERRENOS

ZONA SUL

LEILÕES AVISO DE LEILÃO

STA CECÍLIA

ITAIM

Cobertura tríplex, moderna, melhor vista do bairro, melhor quadra, 2suítes, amplo terraço, lavabo, piscina, 2vagas. Cr10427. Ref:507061  3050-3322

EXTRAVIO

RAPOSO TAVARES

REAL PARQUE ITAIM

MASSAGEM & ESTÉTICA

 9490-4075/ 5049-2400

MASSAGEM RELAX TÂNTRICA 4mãos.reg.Tatuapé 3536-2125

COMUNICADOS

CENTRO

Próximo ao Lgo Arouche, 1073m² projeto p/ prédio de 80 aptos. R$2.670.000. Ref: 505284. Creci 10427.  3050-3322. Fotos www.MBaroni.com

C200 AVANTGARDE

R$65.000 02/02 preta, est. 0 km, part. 8458-1972/3021-8023

COMUNICADO

DS Amazon Importação e Exportação Ltda, CNPJ:09.065.661/ 0001-70, comunica o extravio da Nota fiscal nº2 e 3 preenchidas.

R$730.000 260m² úteis. 3 vagas. Amplo living com lareira. terraço com deck, piscina e churrasqueira, iluminado. confira! Ref:501245. 3050-3322

Alugam-se APARTAMENTOS

ZONA OESTE 4 DORMITÓRIOS OU MAIS

VL MARIANA

3dts - O melhor negócio do bairro! 1 suíte, terr, and alto, 2vgs, 97,08m² AU. R$ 400.000. Creci 10427. Ref:504137.  30503322. Fotos www.MBaroni.com

VL OLÍMPIA

Local privilegiado, recuado, ensolarado, lazer total, suíte, terraço, sala ampla p/ 3ambts, dep. de empregada, 2vagas. Ref: 507049.  3050-3322. Creci10427.

4 DORMITÓRIOS OU MAIS ITAIM

Oportunidade, Rua Caiowaá, lazer, 3vagas, sala 3 ambts c/varanda, lareira, suíte máster c/hydro, escritório, dep.empregada. Cr 10427.  3050-3322

PINHEIROS

Andar Alto. 265m² de Área Útil. 4Dormitórios (3 Suítes). Terraço com Vista Privilegiada. Repleto de Arms. Embutidos. Cozinha Elgin. Escritório. Lazer Completo. 3 Vgs. ZM3b Cód.307231 F:3874-3000. Financie até 80% com o Itaú.

240m² úteis, alto padrão, local nobre, lazer, 3vagas, 1 por andar, 3suítes com terraço, copa-cozinha, dep. empregada . Creci 10427. 3050-3322

R$580.000 Oportunidade! No melhor cond da região lazer e segurança. 1100m² de átotal, 445m² Ac. 4 suítes amplas. Estuda permuta em SP 3884-3322

R$869.000 Próximo a José Maria Lisboa, 170m², condomínio baixo, recuado, ensolarado, 4 vagas, suíte com closet, lavabo, escritório Creci 10427. Ref:507069. 3050-3322

AV PAULISTA

Mínimo de R$1.800,00 para hospedagem de 30 diárias, inclusos condomínio, IPTU e serviços de hotelaria oferecidos no edifício. Todos os flats da Capital, aptos. de 1 a 3 dormitórios e coberturas. Sem burocracia. Ligue e alugue:

(11)3231-0045

MOEMA

Vista privilegiada - R$ 900.000

3882-4000

www.coelhodafonseca.com.br

POMPÉIA

FINANCIE ATÉ 80%

3677-5000

www.coelhodafonseca.com.br

Creci J-961 - ZM-3b

246m² privativos, 3 suítes, terraço com churrasqueira, vista panorâmica. Ótima segurança. Lazer total. 3 vagas. R$ 1.300.000. Cód. 322312

Creci J-961 - ZER-1

Permuta por apartamento de menor valor. residência com 300m² ac., 3 suítes, ambientes amplos, jardim. 3 vagas. Cód. 64767

3026-7000

DUPLA LÉSBICAS FOGOSAS!

A AERO CONGONHAS

P/srs maduros c/ carinho e algo+. $70 (11)3209 8505 Liberdade

DEBORA 35A SBB.FARTO $70 Mass. bj.grg./anl (11)2275-7668

DETETIVES DELPHINE TRAVESTI JARDINS 1 A A ACTIVA DETETIVES (11) 8822-3939 e 3482-1329 Investigações Conjugais Empresa (11)3259-7758/3259-4826 24h

AGÊNCIA LÍDER DETETIVES

Investigações de alto padrão. At. 24hs. (11)3864-2997 sigilo total.

CARLOS FERREIRA

Casos: Empresarial, Conjugal, Familiar, Duvidas? Não seja o ultimo a saber. 25 anos de Experiência e Soluções. Pgto Facilitado!  (11)3871-2155/(11)9993-2283

EMPRESAS E PARTES SOCIAS BUFFET INFANTIL

Buffet no Tatuapé R$ 180mil (11)7742-7430/ 8927-2125

RELAX / ACOMPANHANTES A PROSTÁTICA

100% estimulante  8921-9884

ABATA + HOJE + PIETRA 20 Universitárias (11)3759-0921

ABIGAIL VIRGEM $ 200

P/Brincar! 19a  8726-1130

C/ relaxamento, discr 3271-0182

loira e morena língua quente acess fantasia C/C 5531-0581 Brooklin

ESCORT BOYS

Lolitos 24h. (11)2839-5206

FERNANDA MASS. TÂNTRICA

Atendimento particular 73714710

GAROTOS MASTER BOYS 24H Privê! Hotel/Mot(11) 2977-4474

JULIA GAUCHA

Belíssima loira. (11)7083-4654.

LARA ATIVA PASSIVA 21A

110 BB flat Moema 6620-5295

MARY DOMINA 3159-1578

Bizarro, podolátras/escravos pass.

MASS. RELAXANTE? PASSIVO rapaz discreto/bonito.8360-1731

AC.CAMILA BELA!

AICHA LOIRA ATIVA C/ACESS.

MICHELLY NINFETA! LOIRA +

Belíssima submissa liberal c/beijo gregr Ac Cart 5531-7327 Brooklin

AKEMI JAPONESINHA

Flat(11)3869-3545/8398-0695

ALEX/LIA MASG. 2/4 MÃOS Moema, disc,. estac. 7417-6727

ALLAN MASSAGISTA 20A.

Flat Jds. c/ site. (11)6457-6688

ANA & GABI MASS. 4 MÃOS Local discreto (11)5539 0970

ANDRE LINDÍSSIMO

P/eles e casais. (11)8775-7549

ANINHA 19A. COMPL. $250 c/local ver fotos 11/8982-3881

Equipe alto nível, instalações 5*. Discreto, todos C.C, c/manobrista. (11)5533-5030 / 5561-0126

A BELLA PAULISTA

Mass sexy e atraente 8795.6826

Luisa/Maira S nº48 f 3288-8828

MILENA FOGOSA 98135244 28anos. Para Srs.Maduros. $200

PATY E SABRINA

Loiras! Sózia TV! Beijo gostoso, Poltrancas gulosas. Relizamos suas Fantasias.5594-6919 Loc/hot/m

SANDRO - MASS.? ELE/ELA

rapaz discreto 30a. 9736-4561

YOKO JAPONESINHA INIC.

18a s/ decepção(11)3105-9065

DOUTORA OYAMA “A 1ª DO BRASIL”

Tradição desde 1970! Lindas massagistas. Massagem Relax, Massagem Tântrica e Massagem Tailandesa. A equipe TOP de São Paulo. Magníficas instalações, salas modernas, luxo, elegância e requinte em todos os detalhes. Relax sem igual! Visite nosso site. Vila Mariana, c/ estacionamentos.

(11)5572-7286

ESTELA LOIRA MASSAGEM

2 Relax. B.Vista. (11)6906-6212

EU E ELAS NEW

Totalmente reformado. A melhor de SP há 38 anos. veja site. após 14h

(11)3209-2756

Linda equipe, ótimas instal., discreto, todos C.C., estac. c/ manob. Próx. Paulista.  (11)3085-4747

ISATHERAPY 3532-2347

A CLINICA 4 VIP 5084-8890

LEANDRA MASSAG PROFISS.

Relaxante/terap.corpory/Ayurvétic

Veja site 4vip...elegância, discrição, a.nível! Equipe Selecionada!

C/ algo + 3129-4471 px Paulista

ACÁSSIA MASSAG. JARDINS

Massagem Prostática. Pamplona.

Loc/dom.24h 3531-0434 c/site

ADRIANA MASSAGEM

R$120 - Santana  6182-8632

ALINE E CAROL 3284-1245

Massagem Relaxante e Anti-stress

MELISSA “ BELA NEGRA “

Alto padrão!3532-2092hot/mot

(11)5533-6955

Danceteria Shows Reservados Labirinto Cinema, p/Adeptos e Inic. Al. dos Pamaris 160 Moema F:(11) 5531-4067 Consulte nosso site!!

BANGKOK MASSAGENS

LEILA TERAPEUTA 6316-7530 MASSAG TÂNTRICA - R$80

Tailandeza.Tatuapé 2093-0194

PIETRO LIBERAL 6184.8696

Delíciosa massag.. ele ela e casal

TERAPIA TOQUE SENSUAL

Marcia Massagem. 7630-3001

Belas massag.à nive ! Sts, cartão, tb domingo/copa  5083-9657

CARIBE CLÍNICA

Nova equipe e novas instalações. Suítes com Ar. (11)3085-4747

CLÍNICA CARINAS

Promoção de inverno!!! *Equiperenovada *Lindas garotas *Suítes climatizadas. Av. dos Carinas 439 (11) 5044-2044

CLÍNICA KAHUNAS

P/ homens de Bom Gosto.A melhor massagem terapêutica e tailandesa de SP(11) 5575-1680

CLÍNICA MAYTREIA

’’ A To p d a s C l í n i c a s ’’ .  (11)2219-2865/(11)2061-2011

CLÍNICA YANG

Seu prazer em ót.mãos.Sts.clim, cartão, ab.dom/copa 3836-9972

M

MÉDICO ORTOPEDISTA

P.S. R$650, diurno 12h. Doutor Ney.

(11)9221-0728

S

SUSHIMAN

Com experiência, para Trabalhar no Sul de Minas . Tratar por telefone a cobrar (35)3622-2463 /88095600 ou C.V via e-mail: jmmahatma@yahoo. com.br

fator discriminatório, salvo quando a natureza da atividade, pública e notoriamente, assim o exigir." AVISO AOS ANUNCIANTES

Magnífica cobertura duplex

www.coelhodafonseca.com.br

DEPILAÇÃO MASCULINA

1º Mundo. Tudo em um só lugar... Homens finos se cuidam aqui!! Massagens Anti-stress, Depilação, Limp/pele, Cabel, Drenagem Linf, Reflexologia, Podologia, Hidro,Saunas e Shiatsu c/profissionais qualificadas, além de modernas salas de atend c/várias opções, Galeria/fotos informatizada, “caffeteria”, Cyber,SLTV, Jd Inv, Big estac fech/Coberto c/manobs, lavag.,C.C.,Taxis etc. The best in Brazil! Site francebel. 2ª/6ª 11/22 sab 11/20hs.Campo Belo-Aerop. “ Dia do Noivo com promoções! “

DALILA 60A MASSAGEM

CLUB DE SWING

referência quanto ao sexo, idade, cor, situação familiar,

R$1.330.000 Ótima casa toda reformada, no melhor condomínio da região, lazer e segurança. piscína, espaço gourmet, 4 suítes, 680m² área útil.  3050-3322

Rua tranquila - R$ 600.000

FINANCIE ATÉ 80%

$70 mass.compl.(11)2275-7668

A ABIGFRANCEBEL ESTILO E CLASSE!!

ou qualquer palavra que possa ser interpretada como

FINANCIE ATÉ 80%

VL. SÃO FRANCISCO

CARLA 40A. LOIRA SENSUAL

RELAX / CLÍNICAS

CLT, não é permitido anúncio de emprego no qual haja

GRANJA VIANNA

Excelente apartamento com 190m² au., 4 dorms. (2 suítes), living para 3 ambientes, lareira , terraço envidraçado. Lazer completo. 3 vagas. Cód. 47999

JARDINS

Fogo de enlouquecer 3287-2380

" De acordo com o art. 5º da CF/88 c/c art. 373-A da

GRANJA VIANNA

ZONA SUL FLAT

PERDIZES

CASAS / APARTAMENTOS

Creci J-961 - ZM-3b

PANAMBY

Impecável, fino acabamento, ao lado da praça, 220m², lazer, 3vgs, suíte máster c/terraço, sala c/varanda, lavabo, lareira. Cr 10427. Ref:507059.  3050-3322

BRUNA MULATA *****

Aviso aos anunciantes

Vendem-se

VL N. CONCEIÇÃO

A empresa Aldeia Esoterica - Com. de Prods. Esotéricos e Artesanais Ltda - ME CNPJ 05.808.599/ 0001-08 IE 116.647.490.110 com sede na Alameda Eduardo Prado,254 - Sl 01 - Cep 01218010 - Campos Eliseos - SP comunica a perda do Talão de nota fiscal serie D de 601 a 650, notas fiscais utilizadas e escrituradas.

empregos

GRANJA VIANA E RAPOSO TAVARES

MORUMBI

R$495.000 180[m2 ]au, 3vgs + dep. Living com lareira, terraço gourmet c/ piscina, decorado. Ref: 513502 . Cr10427.  30503322. Fotos www.MBaroni.com

5-2001

De acordo com a Lei Estadual Nº 13.817, artigo 1º, ficam os anúncios de veículos automotores publicados nos jornais, revistas, periódicos e outros meios de divulgação, obrigados a trazer em seu "corpo" os valores, individualizados, correspondentes aos bens colocados à venda.

ESTADÃO


Cidades/Metrópole C5

%HermesFileInfo:C-5:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Incêndio no Rio devasta 40 mil m² de morro

FERNANDO QUEVEDO/O GLOBO

● Operação

50

mil litros de água foram usados para apagar o incêndio

90

bombeiros participaram do trabalho

46

focos de incêndio foram registrados no Estado do Rio no sábado devido ao tempo seco

Bombeiros tiveram de usar água da Lagoa Rodrigo de Freitas; balão seria a causa

Chuvas deixam 24 mortos e isola cidades de Alagoas e Pernambuco As chuvas que castigam o litoral doNordeste háquase umasemanajáprovocaram24mortesedeixaram mais de 80 mil pessoas fora de casa nos Estados de Pernambuco e Alagoas. Dos181municípiospernambucanos, 49 sofreram com os efeitos dos temporais. Destes, 13 de-

cretaram situação de emergência e nove, estado de calamidade. Mais de 14 mil pessoas estão desabrigadas e outras 15 mil estão desalojadas (os imóveis não foram destruídos, mas os moradores não têm condições de retornar agora). Há 11 mortos e duas pessoas desaparecidas.

Falecimentos lho de Damião Eugenio Ribeiro e Maria de Lourdes Ribeiro. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério Dom Bosco.

Margarida Conrad – Aos 84 anos, era solteira. O enterro foi no Cemitério de Congonhas.

Orlanda Pouso Arruda de Almeida – Aos 57 anos. Filha de Salim Rodrigues Arruda e Aurora Pouso. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério Vila Nova Cachoeirinha.

Neide Pelizaro Pagni– Aos 72 anos, era casada. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério de Congonhas.

Ontem, o governador Eduardo Campos (PSB) anunciou a liberação de R$ 50 milhões para a limpeza das cidades, recuperação do saneamento básico e estradas, atendimento médico, construçãodemoradiaseaquisição de mantimentos. O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, presente no encontro, anunciou o envio de duas pontes móveis ao Estado para facilitar a ligação com cidades que tiveram o acesso viário comprometido.

Calamidade. Em Alagoas, 13 pessoas morreram. Segundo a Defesa Civil do Estado, há 53.123 mildesabrigadoseseisdesaparecidos. Falta água potável e comidaem algumas cidades.Seishelicópteros fazem o resgate nas cidades de Santana de Mundaú e São José da Laje. Seis helicópteros trabalham no resgate às vítimas nos municípios de Santana de Mundaú e São José da Laje. O comandante da Defesa Civil, Denildson Queiroz, infor-

ONDE FICA le x .A Av

N

0 km

andre Ferreir a

PRAÇA GEN. ALCIO SOUTO

1

JARDIM BOTÂNICO

JOCKEY CLUB

MORRO DE SÃO JOÃO

MORRO DA SAUDADE

ILHA PIRAQUÊ

LOCAL DO INCÊNDIO

LAGOA RODRIGO DE FREITAS

MORRO DOS CABRITOS

rra

L eu

COPACABANA

oa Ba Est. Lag

PRAÇA N.S. AUXILIADOR

Av. Epitácio Pessoa PRAÇA GRÉCIA

LEBLON

oreira Delfim M

Av.

IPANEMA Av. Vieira Souto OCEANO ATLÂNTICO

eiro our

MORRO DO CANTAGALO

PARQUE GAROTA DE IPANEMA

INFOGRÁFICO/AE

mou que ainda não há registro completo dos nomes das pessoas mortas e desaparecidas. Ele disse ainda que as equipes de regaste aproveitaram a trégua que as chuvas deram ontem para socorrer pessoas ilhadas em diversas cidades do interior, além de distribuir mantimentos e medicamentos aos desabrigados. O governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) decretou estado de calamidade pública no Estado por causa das enchentes que

já atingiram 21 dos 102 municípios alagoanos. OgovernadordeSãoPaulo,Alberto Goldman, autorizou ontem o envio de ajuda às vitimas daschuvasemAlagoas, atendendo solicitação do governo local. A Defesa Civil de São Paulo irá enviar água potável, remédios, cestas básicas e colchões, além de três equipes de médicos e enfermeiros para o Estado. /RICARDO RODRIGUES E MONICA BERNARDES, ESPECIAL PARA O ESTADO

Para publicar anúncio fúnebre: Balcão Iguatemi – Shopping Iguatemi 1a - 04, tel. 3815-3523 / fax 3814-0120 – Atendimento de 2ª a sábado, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20 horas. Balcão Limão – Av. Prof. Celestino Bourroul, 100, tel. 3856-2139 / 3857-4611 / fax 3856-2852 – Atendimento de 2ª a 6ª das 9 às 19 horas. Só serão publicadas notícias de falecimento/missa encaminhadas pelo e-mail falecimentos@grupoestado.com.br, com nome do remetente, endereço, RG e telefone

Gílvia Rebello Carvalho – Aos 97 anos. Deixa filha, netos e bisneto. O enterro foi no Cemitério São Paulo.

Luiza Vasconcellos Anversa – Aos 79 anos. Filha de Francisco Laurino de Vasconcellos e Bárbara Maria Dias. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério São Luiz.

chamas e minha casa amanheceu cheia de fuligem. Moro em frenteepasseipartedamadrugada numa esquina, acompanhando o trabalho dos bombeiros.” Segundo Mana, um morador da Ladeira dos Tabajaras, favela vizinha à sua casa, disse que há pouco tempo ajudou a fazer o reflorestamento de uma parte da mata.“Eledissequenãomepreocupasse porque fizeram uma vala desmatada em torno da área reflorestada, para impedir que o fogodesça.Hoje(ontem),nãoouvimos um pássaro cantar pela manhã. Fiquei preocupada com os animais silvestres da área”, disse a produtora. / T.F.

de que os órgãos de investigação competentes irão apurar as causas e punir os responsáveis com o rigor necessário”, disse. Policiais da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente estiveram ontemno morro para começar a investigação sobre o incêndio. O Corpo de Bombeiros fornecerálaudosparaajudarnaapuração das causas.

Pom p

drão onde os bombeiros entraram para usar a rede de água e ter acesso ao morro. “O Rio é uma grande Mata Atlântica, é um lugarquenãopodeterbalão.Imagina se caísse numa favela, quanta gente ia morrer?”, disse ela. Segundo outro morador do mesmocondomínio,queseidentificouapenascomoCarlos,éfrequente a passagem de balões na região. Ele declarou a policiais da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, responsável

por apurar as causas do incêndio, ter visto na noite de anteontemum grandebalãoemcima do MorrodosCabritos.“Frequentemente vemos balões, que geralmente vêm da zona norte, passam pelo Sumaré e seguem para Copacabana. Ontem, com vento que estava, a tendência era fazer o balão descer”, disse. A produtora cultural Mana Pontes, de 55 anos, também acompanhou o combate ao fogo fora de casa. Moradora da parte alta da Rua Vitória Régia, outro acesso ao morro, ela contou ter visto as copas das árvores desceremmorro abaixocomo bolasde fogo. “O morro adormeceu em

aeronaves.Écrime soltar balões. Quero apelar para que as pessoas denunciem”, disse. O secretário Estadual de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Cortes, acompanhou o trabalho dos bombeiros durante a madrugada e também criticou a prática de soltar balões. “É lamentável ver um cartão-postal atingido dessa forma, mas tenho certeza

Av. Atlântica

O incêndio de ontem tirou o sono de muitos moradores da Lagoa, na zona sul do Rio, que saíram de suas casas de madrugada com medo do fogo e incomodados pela nuvem de fumaça. “Tinha gente com medo, tinha gente revoltada, as emoções eram muitas. A maioria ficou na rua até as 4h, quando o grosso do fogo foi debelado pelos bombeiros”, disse Solange Schvartzer, moradora da Chácara Sacopã, um dos condomínios de alto pa-

Plano. Pela manhã, o prefeito Eduardo Paes (PMDB) visitou o parqueda Catacumba,áreadelazer na lagoa próximo aolocal on-

de os bombeiros trabalhavam, e anunciou que hoje a Secretaria Municipalde MeioAmbientecolocaria em prática um “plano emergencial de reflorestamento na área atingida”. Depois, ele sobrevoou a área atingida. “Quero chamaraatençãodaspessoas sobre essa brincadeira sem graça queésoltarbalões,porquedevasta áreas verdes e põe em risco

Copacabana, próximo ao HospitalSão Lucas,moradores capinavam a mata, com o objetivo de prevenir que a propagação do fogo não atingisse a unidade e outros imóveis vizinhos.

Rua

Assustados, vizinhos saem de casa durante a madrugada

Fogo. Incêndio que consumiu vegetação do Morro dos Cabritos teria começado no sábado à noite, após queda de balão

Bo tâ nic o

Um incêndio atingiu cerca de 40 mil metros quadrados, o equivalente a quatro campos de futebol, da encosta do Morro dos Cabritos voltada para a Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio, uma área de proteção ambiental. O fogo, que teria sido causado pela queda de um balão, começou por volta das 22 horas de anteontem e assustou moradores do entorno. Ninguém ficou ferido, mas muitos saíram de suas casas na madrugada. Os focos só foram apagados nofimdamanhãdeontem.Usan-

docaçambasiçadaspordoishelicópteros, Bombeiros de seis quartéis retiraram água da lagoa para apagar o fogo. O forte vento à noite e a baixa umidade do ar na cidade dificultaram os trabalhos e aumentavam a chance de haver novos focos. Ontem à tarde, apareceram labaredas na encosta do outro lado do morro, emCopacabana,e ànoite, umfoco foi identificado em uma área chamada de Chácara, perto de um condomínio de alto padrão. De madrugada, o fogo podia ser avistado de pelo menos seis bairros da zona sul. Atingiu principalmenteaencosta voltadapara o bairro da Lagoa. No lado de

Ru aJ ar dim

Talita Figueiredo / RIO

Tatiana Bezerra da Silva– Aos 25 anos, era solteira. Deixa a filha yasmin. O enterro foi no Cemitério de Congonhas. Giuseppa Oristanio – Aos 96 anos, era viúvo. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério de Congonhas.

Josefa Maria da Conceição – Aos 70 anos. Filha de José Antonio Alves e Josefa Maria Conceição. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério Vila Nova Cachoeirinha.

Nilton Costacurta – Aos 85 anos. Filho de Ângelo Costacurta e Amália Costacurta. Deixa filho. O enterro foi no Cemitério do Araçá.

Carlota Maria Conrado Jimenez – Aos 64 anos, era viúva. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério de Congonhas.

Wilson Rodrigues de Moraes –Aos 83 anos, era viúvo. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério de Congonhas.

Iracema Ribeiro da Silva – Aos 64 anos. Fi-

José Gonçalves – Aos 82 anos, era casado O irmão Philippe Allain, a cunhada Martha e os sobrinhos André, Louise, Monique, Isabelle e Marc comunicam com pesar, o falecimento de

O médico que estudava as relações familiares Isaac Mielnik era médico pediatra. Entretanto, nos anos de 1950,quandotrabalhavanoServiço Social da Indústria (Sesi), criou o setor de higiene mental – estudo do comportamento

das relações familiares. Começou a se aprofundar no assunto e voltou sua carreira para a psiquiatria. Escreveu mais de 50 livros sobre o tema, mas Doutor, Meu Filho Não Come, foi o maior sucesso. Atendia em seu consultório psiquiátrico, especialmente adolescentes. Mas também visitava em domicílio, sem distinguir classes. Se não fosse possível pagar, cobrava apenas um valor simbólico. Casado por 65 anos com CeliaMielnik,ele erapiadista,gostava de jogar xadrez e completar palavras cruzadas. Morreu dia 12, aos 89 anos.

com Nadir Gonçalves. Deixa a filha Rosa Maria. O enterro foi no Cemitério de Congonhas.

Pavesi. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério da Lapa.

Márcio Mario Pavesi – Aos 77 anos. Filho de Mario Jorge Pavesi e Benedita de Carvalho

João Gomes da Silva – Aos 74 anos. Filho de Antonio Gomes da Silva e Maria Roberta

MONIQUE ALLAIN ALONSO-CASTRILLO

e convidam para a missa de sétimo dia que será celebrada na Igreja de N. Senhora do Brasil (na capela do Santíssimo), no dia 22 de Junho, às 18:30h.

A família do querido

RUY LARA NOGUEIRA

agradece as manifestações de pesar e convida para a Missa de 7º dia, amanhã, terça-feira, dia 22/06 às 12:00h, na Igreja de São José, à Rua Dinamarca, 32 - Jd. Europa.

A filha CLEIDE, o genro MIGUEL CALMON, a neta RENATA e demais familiares de

DOUGLAS AUGUSTO SCHNEIDER agradecem todo carinho recebido e convidam para a missa de 7º dia, que será realizada hoje, segunda-feira, dia 21, às 19 horas, na Paróquia SÃO LUIZ, na Av. Paulista, 2378.

Conceição, era casado com Angelita Jorge da Silva. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério Parque dos Girassóis. Lourival Pereira da Cruz – Aos 74 anos. Filho de Francisco Pereira da Cruz e Maria Barros da Cruz, era casado com Agnela Neri Conceição Cruz. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério Parque dos Girassóis. Kazuyuki Hirano –Aos 72 anos, era casado com Tomeko Hirano. Deixa os filhos Celso, Suely e Carlos. O enterro foi no Cemitério de Congonhas. Yoshi Yamamoto – Aos 71 anos. Filho de Shigueiti Yamamoto e Kioko Yamamoto. Deixa filhos. O corpo foi trasladado para o Crematório de Vila Alpina. Manuel Pedro Liberato – Aos 65 anos. Filho de Alexandre José Liberato e Maria Candida Pinto, era casado com Maria Casimira de Brito Liberato. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério Parque dos Girassóis.

na Capela da PUC, na Rua Monte Alegre, 948, Perdizes (7º dia). Célia Regina Russo – Hoje, às 19h30, na Igreja Rainha dos Apóstolos, na Rua Ouvidor Portugal, 598, Vila Monumento (7º dia). Maria Beatriz Lacerda de Figueiredo Mello (Toty) – Hoje, às 20 horas, na Igreja da Cruz Torta, Av. Prof. Frederico Herrmann Jr. 105, Alto de Pinheiros (7º dia). Milton Nascimento do Val – Amanhã, às 11 horas, na Matriz de São Geraldo, no Largo Padre Péricles, s/n, Perdizes (7º dia). Nahia Al-Assal Farah – Amanhã, às 12 horas, na Igreja Nossa Senhora do Paraíso, na Rua do Paraíso(5º ano). Fuad Al-Assal – Amanhã, às 12 horas, na Igreja Nossa Senhora do Paraíso, na Rua do Paraíso(5º ano). Marta Al-Assal Derani – Amanhã, às 12 horas, na Igreja Nossa Senhora do Paraíso, na Rua do Paraíso (30º ano).

Geraldo Paula Souza Anhaia Mello – Aos 55 anos. Filho de José Luiz de Anhaia Mello e Ada Celina Paula Souza Anhaia Mello. Deixa filhos. O enterro foi no Cemitério da Consolação.

Ruy Lara Nogueira – Amanhã, às 12 horas, na Igreja de São José, na Rua Dinamarca, 32, Jardim Europa (7º dia).

MISSAS Lucy Meirelles Villela – Hoje, às 19 horas,

Maria Lucia Giongo Maluf – Amanhã, às 12h30, na Paróquia Nossa Senhora do Brasil, na Av. Brasil com a Rua Colômbia (7º dia).


C6 Cidades/Metrópole %HermesFileInfo:C-6:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

JOSÉ DE SOUZA MARTINS ✽ ●

josedesouza.martins@grupoestado.com.br

Uma tragédia paulistana

O

Palacete Chavantes, na Rua Benjamin Constant nº 171, entre a Praça da Sé e o Largo de São Francisco, chama a atenção dos passantes, em primeiro lugar, pelo tímpano da porta monumental. Há nele em relevo uma alegórica colheita de café, como era feita nos anos 1920. O prédio foi

projetadoeconstruído entre1926 e1930 por Sampaio e Machado, Engenharia e Construtores, por encomenda de João Batista de Melo Jr., que era fazendeiro de café no atual município de Xavantes, na divisa com o Paraná. Um dos engenheiros era o paulista Alexandre Ribeiro Marcondes Machado (1892-1933), o famoso escritor Juó Bananere, que escre-

via no dialeto ítalo-paulista, falado pela maioria dos paulistanos da época. “Traduziu” para o tal dialeto obras conhecidas, como A Divina Comédia, de Dante, que na ironia de sua literatura se tornou La Divina Increnca. Ou Gonçalves Dias: “Mignaterra tê parmeras,/ Che ganta inzima o sabiá...” Melo Jr. era casado com uma filha de

Francisco de Assis Peixoto Gomide (1849-1906), que foi presidente do Estado de São Paulo, como era designado o governador, em 1897-1898. Mandou construir o prédio no terreno em que existira a casa que fora de seu sogro, na rua que se chamava antigamente Rua da Princesa. Gomide fora um político influente na nova era republicana paulista e foi por muitos anos membro do Senado estadual de São Paulo. Era seu protegido, cujos estudos apoiara, o poeta parnasiano Manuel Batista Cepelos (1872-1915), mulato, nascido em Cotia, promotor público, que fora também capitão da Força Pública de São Paulo. Ele e uma das filhas de Gomide, Sofia, tornaram-se muito amigos e muito ligados um ao outro. Gomide não se opôs à amizade dos dois, uma vez que Cepelos frequentava sua casa como se fosse um membro da família. Até um dia de 1906 em que os dois lhe anunciaram a intenção de noivar e casar. O pai da moça se opôs com veemência, oposição que ela

recusou. Gomide se trancou com a filha num cômodo da casa e a matou comum tironopeito, matando-seem seguidacomumtironacabeça.Opoeta Batista Cepelos era também seu filho, de relação que tivera aos 23 anos de idade. Desesperou-se ante a iminência do incesto de um casamento entreirmãos,peloqualsetornariaresponsável. Batista Cepelos mudou-se para o Rio de Janeiro, tendo sido, ao fim de alguns anos de crise pessoal, nomeado promotor público de Cantagalo. Antes que tomasse posse, foi encontrado morto de uma queda em penhasco no bairro do Catete, não se sabendo se foi assassinato ou suicídio. Aos poucos sua poesia foi sumindo no tempo, vitimada pelos esquecimentosqueaprisionamasvidastrágicas: “E, pousando a cabeça em teu seio, que estua,/ sinto um sono ligeiro, um sussurro de brisa,/ que me suspende ao céu e pelo céu flutua...”.

JF DIORIO/AE

Aulas noturnas. Alunas ensaiam em escola de balé do Alto de Pinheiros, na zona oeste: de olho no público que trabalha, academias de dança têm aumentado as opções de turmas à noite

Balé volta à moda entre mulheres com mais de 30 Nostalgia, preparo físico e expressividade da dança ajudam a explicar maior procura; professora também vê fim de preconceito Ana Bizzotto

As sapatilhas de balé clássico guardadasno armário dePriscila Gassi por dez anos voltaram a calçar seus pés há quatro meses. Assim como a consultora, de 32 anos, várias mulheres retomaram a atividade depois de adultas.Umaouduasvezesporsemana, após o trabalho, elas se juntam a colegas estreantes que finalmenterealizamosonhodeinfância. A procura pela dança por

Paulistices

essafaixaetáriacresceu50%neste ano em algumas escolas. É o caso da Pulsarte, que abriu turmas há três anos. “As pessoas se cansaram da esteira. Quem frequentava academia vem com vontade de fazer um exercício que lida com a alma, querem trocar o movimento mecânico pelo expressivo”,explicaadiretoraartística da escola, Simone Sant’ Anna. Para ela, o balé se tornou válvula de escape para quem trabalha em escritório, mora em

apartamento e vive condicionado pelo cotidiano. “É uma forma de liberar emoções e trabalhar o equilíbrio mental e corporal.” Bailarina dos 4 aos 22 anos, Priscila retomou as aulas na turma de iniciantes.“Por causa da faculdade e do trabalho acabei parando, mas coloquei na minha cabeçaque,quandodesse,euvoltaria”, conta. “Já emagreci e consigo ter mais resistência. Com bastantetrabalho,agenteconseguechegara umresultadolegal.”

Curiosidades da metrópole

LUIZ GAMA (1830-1882)

O maior funeral de São Paulo Dez por cento da população paulistana, de acordo com estimativas da época, compareceram ao enterro do abolicionista Luiz Gama, morto em 24 de agosto de 1882. São Paulo contava então com 40 mil habitantes. A multidão começou a chegar ao Cemitério da Consolação, onde ocorreu o sepultamento, ao meio-dia – o enterro estava marcado para as 16 horas. Amigo de Gama, o escritor Raul Pompeia acompanhou o funeral. Não houve transporte oficial para o cortejo fúnebre.

Objetivos. E trabalho é o que

não falta durante a aula. “Levanta essa cabeça, prende o abdômen!”, pede o professor Wagner Alvarenga. Com bom humor, ele descontrai as alunas enquanto as orienta a melhorar a postura, resistência e flexibilidade. “Elas não vêm para a aula com o intuito de ser profissionais. Vêm para aprender e, por meio da dança e expressividade corporal, se condicionar”, afirma. A assistente administrativa Paula Hervencio, de 40 anos, fez balé dos 7 aos 8. Praticante de dança de salão por dez anos, resolveu voltar ao balé em 2009. “Quem fez sente aquela saudade. O balé modela o corpo, fortalece a coluna e ajuda na postura, coisas que não encontrei na dança de salão”, afirma Paula. Já a representante comercial Kátia Veiga, de 49, nunca havia feito balé. Há três anos, cansou da ginástica e se matriculou no Studio de Danças Marcia Pee. “Procuravaumaatividadeprazerosa para manter a forma. O balé foi um achado. Mas no início tive dificuldade em encontrar turma para minha idade. Cheguei a fazer aulas com adolescentes”, contaKatia.Satisfeitacomadan-

Dança proporciona benefícios físicos e emocionais a alunas Ao aliar atividade física e expressão artística, o balé beneficia corpo e alma. Segundo a diretora do Balé da Cidade, Lara Pinheiro, a maior vantagem é o contato com música. “O balé estimula a feminilidade e consciência corporal. Mais que desenvolver a técnica, é importante aproveitar a musicalidade, valorizar a dança”, diz. “Mas é importante aprender bem

ça, ela incentivou a filha de 24 anosase matricular,tambémpelaprimeiravez.Segundoadiretora Marcia Pee, o balé para adultoséofertado hátrês anos.À noite, são três turmas. “É o período mais procurado por causa do horário de trabalho das alunas.” No Ballet Carla Perotti, onde a demandatambémcresceu,háaulas em grupo e também individuais. “As pessoas estão perdendoopreconceitodequeéatividade para criança”, diz a professo-

a técnica para não se machucar.” A professora de Comunicação das Artes do Corpo da PUC Zélia Monteiro explica que a dança desenvolve musculatura e coordenação motora, alinha a postura e trabalha articulações, circulação e respiração. “Como todo exercício, se malfeito, prejudica. Se benfeito, é muito benéfico.” Para a coordenadora do curso de Dança da Anhembi Morumbi, Valeria Bravi, é fundamental procurar conhecer o currículo do professor. “Se ele tiver bom conhecimento, não forçará um movimento que cause danos.” / A.B.

ra Fabiana Varkulja. “Além de animadas, as alunas adultas procuram não faltar, mesmo no dia em que brigam com o chefe.” Serviço PULSARTE: R. PEREIRA LEITE, 55, ALTO DE PINHEIROS, TEL. 3868-2008. STUDIO DE DANÇAS MARCIA PEE: AV. DAMASCENO VIEIRA, 1.068, TEL. 5564-6934. BALLET CARLA PEROTTI: R. LAPLACE, 148, BROOKLIN. TEL. 5093-5668.

Edison Veiga

Do Brás, o caixão veio passando de mão em mão até chegar à sepultura, num gesto coletivo em que as pessoas queriam carregar, ainda que por instantes, o ilustre morto. Baiano radicado em São Paulo, o mulato Gama foi advogado, jornalista e escritor. Defendeu, de graça, inúmeros escravos brasileiros. Bem antes da Lei Áurea – sancionada somente em 1888, seis anos após sua morte, portanto –, o abolicionista conseguiu a libertação de mais de 500 deles por via judicial. Detalhes desta história podem ser lidos no livro Luiz Gama – O Advogado dos Escravos, de Nelson Câmara, que a editora Lettera.doc lança hoje, a partir das 18h30, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2073).

RICARDO HANTZSCHEL/ DIVULGAÇÃO

OLHA SÓ... Vidas nas árvores. Duas pulseiras com lentes de aumento serão instaladas em uma árvore do jardim do Museu da Casa Brasileira (Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705, Tel. 3032-3727). A ideia é que, entre 26 de junho e 29 de agosto, o público possa observar o “microcosmo que a superfície da árvore oferece”, dizem os idealizadores.

Catedral da Sé. Esta é uma das imagens obtidas com câmera pinhole – uma caixa escura, sem lente nem visor – pelo fotógrafo Ricardo Hantzschel. Em exposição até 5 de julho, na Caixa Cultural São Paulo.

Só bagulho. Em 2010 já ocorreram 348 operações cata-bagulho da Prefeitura – nas quais um caminhão passa recolhendo móveis velhos, eletrodomésticos quebrados e outras tranqueiras. No total, mais de 200 mil toneladas desse tipo de lixo foram encaminhadas a aterros sanitários.


D1 %HermesFileInfo:D-1:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010 ANO XXIV – Nº 8038

Patrimônio

Fotografia

Cinema

Teatro Oficina, enfim, vai ser tombado pelo Iphan na quinta

Em Nova York, fotos pouco conhecidas de Cartier-Bresson

Romance de rainha

Pág. D3

Pág. D7

Pág. D10

Caderno2 estadão.com.br

DIVULGAÇÃO

AO PÚBLICO,

FILARMÔNICA DA RÁDIO DE HANNOVER Onde: Sala São Paulo, Pça. Julio Prestes, s/nº, 3815-6377 Quando: Hoje e amanhã, 21h. Quanto: R$ 90 a 250

COM CARINHO Maestro Eiji Oue fala sobre concertos com a Filarmônica de Hannover na Sala São Paulo: “O que importa é que a música venha do coração” Namanhãdequinta-feira,omaestro Eiji Oue acabara de chegar de umlongoensaiocomaFilarmônica da Rádio de Hannover quando falou ao Estado. “Acredite quando eu digo que poucas vezes vi uma orquestra tão feliz com uma viagem quanto desta vez”, ele comenta logo de cara. “Ficou entre os músicos uma energia boa da última vez em que estivemos por aí. E podem ter certeza de que faremosgrandesconcertos.”Ouee a filarmônica tocam hoje e amanhã na Sala São Paulo. Trazem a tiracolo a violinista Isabelle Van Keulen como solista no Concerto para Violino e Orquestra de Brahms. Ela se apresenta nos dois dias – hoje, completa o programa a Sinfonia nº 9, Novo Mundo, de Dvorak.; amanhã, a Sinfonia nº 3, Eroica, de Beethoven Maestro e orquestra estiveram por aqui em 2003, também pela temporada do Mozarteum Brasileiro. Sozinho, Oue já esteve também à frente da Osesp em algumas ocasiões e diz que, dentre os grupos com que trabalha comomaestroconvidado,sesente bastante à vontade com a Sinfônica do Estado, “podendo desenvolver interpretações especiais”. Ele foi aluno de Seiji Ozawa e Leonard Bernstein, com quem, conta, assistiu pela primeira vez ao vivo o concerto de Brahms. Além da Filarmônica de Hannover, é diretor musical da Sinfônica de Barcelona. “OBrahmsmepareceuumaescolha interessante porque é um concerto especial, magnífico nas possibilidades que oferece para orquestra e solista”, explica ele. “E realmente combina tanto

com o Beethoven quanto com a sinfonia de Dvorak.” São duas sinfonias célebres, adoradas pelo público... Ele mesmo interrompe e acusa o golpe. “Sei que é um programa extremamente conservador o que vamos fazer em São Paulo”, diz ele, bem-humorado.“Masnão estoupreocupado com isso. Não vamos tocar essas peças por conta de sua popularidade apenas. Mas também porque elas vão nos oferecer a chance de mostrar como evoluímosdesdequeestivemosnoBrasil pela última vez. Estamos animados para mostrar ao público de São Paulo que, sete anos depois, já somos outro conjunto.”

VIOLINISTA TEM REPERTÓRIO DIVERSIFICADO ● Solista das apresentações da

Filarmônica da Rádio de Hannover na Sala São Paulo, a violinista Isabelle Van Keulen tem repertório amplo, que inclui peças importantes do século 20, como os concertos para violino e orquestra de Alban Berg e Edward Elgar. Ela toca em um violino Joseph Guarnerius del Gesu, de 1734, e, no tempo livre, dedica-se também ao repertório para viola. Isabelle toca em duo com o pianista Ronald Brautigam.

“Para uma orquestra de músicos alemães, tocar Beethoven é um ponto de honra, digamos assim, é algo que se liga a suas origens, suas raízes, da mesma forma que o checo Dvorak, na sua peça, ainda que fale da vida nos Estados Unidos, também se recorda musicalmente de sua terra natal ao longo da partitura. Ao longo dos últimos anos, temos trabalhado o grande repertório sinfônico com muito afinco, elaborando a sonoridade da orquestra. Meu Deus! É impressionante o que fizemos no ensaio agora há pouco, será uma surpresa!” Empolgação não falta ao maestro–comoentãodefiniroBeethoven que a orquestra trará a São Paulo? Afinal, nas últimas décadas, pesquisas históricas sobre o período em que as obras foram escritas trouxeram à luz um novo Beethoven,bastantediferentedaqueleoferecidopelagrandetradição germânica de regentes como Furtwängler, Kleiber, Klemperer... “É algo com que nós músicosprecisamoslidarhoje”,começa Oue. “Os estudos de maestros como Nikolaus Harnoncourt nos fizeram reaprender a música de Beethoven. Mas Furtwängler, Klemperer, eles não estavam errados! Eu perguntei sobre isso a Harnoncourt. E ele me disse: ‘Eiji, não se preocupe apenas em tocar o que você vê na partitura, mas sim naquilo que está atrás das notas e que surge da sua relação com esta música’. É isso que tento fazer. A história da música é feita de evolução, desenvolvimento. Quanto mais informações tivermos, melhor. Mas uma coisa nunca muda: é preciso tocar a partir do coração! E é isso que vamos fazer. Será lindo!”

GUSTAU NACARINO/REUTERS

João Luiz Sampaio

Oue. “Estamos felizes de poder reencontrar a plateia brasileira”

GILBERTO CIONE E OLÉGARIO DE SÁ

VENDA ESPECIAL DE MOSTRA. j3p

VENHA ESCOLHER PARA SUA CASA O QUE OS MELHORES ARQUITETOS DE SÃO PAULO ESCOLHERAM PARA OS SEUS ESPAÇOS.

AV. BRASIL, 1.823 • JD. AMÉRICA • T.: 11 3894.7000 • SÃO PAULO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: SEGUNDA A SÁBADO, DAS 10 ÀS 20H, DOMINGOS E FERIADOS, DAS 14 ÀS 18H

WWW.ARTEFACTOBC.COM.BR

MÓVEIS COM ATÉ 50% DE DESCONTO. PROMOÇÃO VÁLIDA ATÉ DIA 30 DE JUNHO OU TÉRMINO DO ESTOQUE.

7 8 9 10 11 12


D2 Caderno2 %HermesFileInfo:D-2:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

DIRETO DA FONTE SONIA RACY

Colaboração Débora Bergamasco debora.bergamasco@grupoestado. com. br Marilia Neustein marilia.neustein@grupoestado. com. br Paula Bonelli paula.bonelli@grupoestado. com. br

estadão.com.br/diretodafonte

Plano certo, hora errada?

Lente de Aumento

DIVULGACAO

JANETE LONGO/AE

Nessa discussão sobre fazer ounão o carro elétrico no Brasil, há muita gente estranhando que tenha sido esquecida a iniciativa de João do Amaral Gurgel, que lançou este tipo de automóvel ainda no início da década de 80. Os elétricos da Gurgel eram simples: usavam mecânica da VW – motor, câmbio, suspensão, etc. – e carroceria de fibra de vidro. Andavam a 80 km/h e tinham autonomia de cerca de 70 km. As baterias eram recarregadas em 4 horas, usando tomadas de 220 volts. Pena que a empresa faliu e Gurgel não está mais vivo.

Ufa! Circula em Washington que oslobistasbrasileirosrespiraram aliviados com a decisão do Brasil em adiar as retaliações aos Estados Unidos.

Fernando Levy e Gabriel Pilão, em noite de inauguração. PAULO GIANDALIA/AE

Temiam, por exemplo, que a manutenção das medidas pudesse interferir diretamente nas negociações para redução das tarifas do etanol.

GABRIELA VIANA/AE

POLAROID ••• Escolhida entre 2200 crianças índias, a pequena Wiranu Tembé será a protagonista do longa Tainá - A Origem, de Rosane Svartman. Ela não fala português.

Lenço e chuteira Mesmo em tempo de Copa, o Itamaraty mantém o calendáriodadiplomaciadofutebol.Estava prevista para desembarcar ontem, em Santos, a seleção feminina da Palestina.

Thalita Gorri torceu muito pela seleção brasileira.

As moças treinarão por 15 dias no CT Meninos da Vila.

Gabriela Viana conferiu abertura de exposição. DENISE ANDRADE/AE

LUCIANA PREZIA

Atenção, cinéfilos

Na frente

A Secretaria da Cultura do Estado e a Fundação Memorial América Latinainvestiram R$ 800 mil no 5º Festival Latino Americano de Cinema.

● Juca Ferreira comemora. Recebeu uma carta de apoio do Instituto Gerdau a favor da nova proposta da Lei Rouanet.

A maratona de 120 filmes acontece em julho.

● Carolina Herrera e sua filha voltam ao Brasil, em outubro. Para ver de perto a loja do Shopping Cidade Jardim.

Atenção, cinéfilos 2 Entreeles,documentário feito na Penitenciária Feminina do Butantã, onde detentas ficam temporariamente para amamentar seus recém-nascidos, feito por Cláudia Priscilla, mulher de Kiko Goifman.

● Novaescultura de Tomie Ohtakesua ganha espaço no Portode Tomarim, de onde partiram inúmerosimigrantes japoneses parao Brasil. Doação da Petrobrás parao governo de Okinawa.

Pedro Lourenço assistiu aos desfiles da semana de moda.

O olhar atento de Nelson Naccache em mostra de artes. JANETE LONGO/AE

JANETE LONGO/AE

LUCIANA PREZIA

● David Fincher quer rodar outra aventura. Está interessadíssimo no remake de 20 Mil Léguas Submarinas, da Disney.

Fim do mundo JulioSerson,doGrupoSerson, estácomdificuldadeparaaceleraroritmodaconstruçãodoHotel Ibis, em Porto Velho.

● Brasileiros terão espaço no leilão que a Sotheby's promove amanhã em Milão. As fotos de Eduardo Muylaert, Ricardo van Steen, Dimitri Lee, entre outros, disputarão lances em prol da ONG Pyari Onlus.

Está faltando mão de obra até em Rondônia.

Nas nuvens E Isabel Allende, que participa da Flip, trará a tiracolo o marido William Gordon. A dupla segue de helicóptero até Paraty. Não deve conhecer o mau tempo por lá.

Bia Aydar e Luna Nigro também estiveram na SPFW.

O Guia mudou de nome., mas continua garantindo bons programas para a semana toda. Divirta-se.

● Registrado: os americanos não entendem mesmo de futebol. Durante as partidas da seleção dos EUA, aplaudem até ... lateral. Seja de direita ou esquerda.

Toda sexta no Estadão.

Felipe Bastos foi ao jantar em torno da revista Hola!

Helena Gregori circulou em noite beneficente.


%HermesFileInfo:D-3:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Caderno2 D3

UM SOLO DE TROMPETE E O TEMPO QUE PASSOU

RONALDO GUTIERREZ/DIVULGAÇÃO

Teatro. Em cartaz SIDE MAN Teatro Sérgio Cardoso. Rua Rui Barbosa, 153, tel. 3288-0136. Qui. e sex, 21h30. Sáb, 15 e 21h. Dom, 18h. R$ 10. Até 1/8

Montagem de Side Man mostra o declínio da fase de ouro do jazz ✽ Crítica: Jefferson Del Rios ✪✪✪ BOM

O trompetista Bix Beiderbecke foi o primeiro grande músico branco do jazz. Filho de uma abastada família alemã matou-se de beber aos 28 anos (1903-31).Sua interpretação de Singin the Blues é uma pequena maravilha melancólica. O ímpeto autodestrutivo parece seguir o instrumento, de Charlie Parker a Chet Baker, vítimas da heroína. Miles Davis safou-se a tempo. Já Louis Armstrong (1901- 1971) levou uma vida regrada, e tornou-se a lenda sorridente e bonachona que conhecemos. Todos geniais. Esses artistas viveram um tempo que parece irreal, e foi quase ontem. Side Man conta um pouco dessas vidas e da época das grandes orquestras de jazz e dança, algo que não sobreviveu à 2.ª Guerra, aos novos costumes e à voracidade novidadeira da indústria de entretenimentos. A peça não é necessariamente para amantes de jazz. Diz mais aos apreciadores do teatro realista norte-americano, com seus enredos psicológicos. A questão social ecoa

em surdina permeando dramas familiares: pai boêmio e ausente, filho sensível e deslocado, mãe depressiva e bêbada. Em uma escrita desafinada resultaria em teatro menor mas o autor, Warren Leight, homenageia Tennessee Williams ao refazer de certa maneira sua obra À Margem da Vida (The Glass Menagerie). No original, Side Man provavelmente conta mais do período em que as chamadas Big Bands eram um trupe numerosa. Só alguns exemplos: o lendário Benny Goodman entrava em cena com 14 músicos. Dois outros monstros sagrados iam além. Duke Ellington tocava com 15 e Count Basie com 18. No Brasil não se ficava por menos com Severino Araújo e sua Orquestra Tabajara, Luis de Arruda Pais e os conjuntos de Walter Wanderley e onipresente Waldir Calmon, que dominou salões e bailinhos com sua série de discos Feito para Dançar. Parece a pré-história mas são fatos entre os anos 40 e 60 (a Tabajara resiste). Anjo torto. O protagonista de

Side Man (pena manterem o título, expressão idiomática, pois aqui não diz nada) é o trompetista incapaz de pensar

Cena coletiva. O diretor Zé Henrique de Paula criou sequências inspiradas em pinturas de Edward Hooper e Norman Rockwell em algo além do instrumento e ambíguo de rejeição e piedade. das noitadas com os amigos. Quer bater a porta e dar o fora. Nem é mau sujeito, apenas um É difícil. Todos envelhecem, anjo torto e o pop-rock acabou os empregos somem, mas os com sua profissão. Papel que artistas fingem que voltarão Otávio Martins constrói com aos dias gloriosos do trompesutileza emociotista Woody Hernal e precisa man, que morcomposição de reu em 1987. OTÁVIO MARTINS gestos. Ao seu laWarren Leight COMPÕE BEM O do, no extremo delineia carinhooposto, Sandra samente os tipos PROTAGONISTA, Corveloni imhumanos, sabe COM SUTILEZAS põe consistêncaptar a tristeza cia interior ao um pouco abaipassionalismo da mulher que xo da pose e do choro. Não exisperdeu os sonhos – sonhos que te mensagem, só o retrato desainda acalentam a garçonete botado a oferecer. que Gabriela Durlo faz com disHá referências específicas crição. O filho observa a derro- ao contexto norte-americano cada dos pais com sentimento (como as expressões em iídi-

cial, o filho é desempenhado por Alexandre Slaviero, substituído ocasionalmente, com brilho, por Marco Aurélio Campos (a sessão vista pelo crítico). A encenação é, assim, a rememoração da força de uma música extraordinária e a aceitação das fraquezas de seus criadores. O historiador Eric Hobsbawm – um curioso marxista apaixonado pelo gênero – anotou que a essência do jazz é não ser padronizado. Não se ajusta à indústria moderna porque é “o símbolo do movimento que traz a liberdade pessoal, um símbolo do fluxo a vida e, portanto do destino”. Side Man procura dizer o mesmo por outras palavras.

che, a menção ao General MacArthur) que se diluem na versão brasileira. Resta, então, a partitura para um espetáculo sóbrio sobre gente embriagada e belos solos de interpretação. O diretor José Henrique de Paula criou sequências inspiradas na pintura de Edward Hooper e Norman Rockwell. Um clima de ruídos externos para vazios íntimos. Homens e mulheres na fronteira entre o real e a fantasia, o que proporciona desempenhos caricatos, pungentes e sempre intensos de Eric Lenate, Luciano Schwab e Daniel Costa. Fraquezas. Narrador e partíci-

pe desse crepúsculo existen-

Política Cultural. Patrimônio

ENFIM, O AGUARDADO TOMBAMENTO DO OFICINA Jotabê Medeiros

Será tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), nesta quintafeira, no Paço Imperial, no Rio de Janeiro, o Teatro Oficina, na Rua Jaceguai, no bairro do Bexiga, em SãoPaulo.Projetomodernoderevitalizaçãodaarquitetaítalo-brasileiraLinaBoBardi,oTeatroOficina é um dos mais importantes espaços de experimentação teatral do País desde os anos 1960. O tombamento nacional do Oficina foi um pedido do diretor teatral José Celso Martinez Correa, de 72 anos, ao então Ministro da Cultura Gilberto Gil, em 2003. Correa temia que a anunciada construção de um shopping centerdepossedogrupodoempresá-

rio Silvio Santos, na área vizinha. O empresário chegou mesmo a tentar adquirir o teatro, mas enfrentou resistência do diretor. “Construir o shopping aqui é como fechar o vão livre do Masp”, disse. Com o tombamento, qualquer edificação na vizinhança, a partirdeagora,deveráterseuprojetosubmetidoaoIphanenãopoderá ultrapassar certas dimensões, além de não poder impedir a iluminação no teatro. O estudo de tombamento ressalta, além do caráter artístico do espaço, a importância histórica para o teatro brasileiro e seu papel de resistência durante o regime militar no Brasil. Em 1984, LinaBoBardifez oprojeto dereformulação arquitetônica do antigo imóvelqueabrigavaoTeatroOfi-

CLAYTON DE SOUZA/AE

Zé Celso. Pedido vem da gestão de Gil no Ministério cina, atingido por incêndio em 1966 – a arquiteta, 11 anos antes, já tinha feito cenários para peça de Brecht em montagem do mes-

mo José Celso Martinez Correa. A fachada típica das residências do Bexiga foi mantida, mas a mudançanointeriorfoirevolucionária, com o palco longitudinal e a parede envidraçada de 150m². Segundo o Iphan, o plano de tombamento determina os padrões para a preservação das características do espaço que abriga as atividades do Oficina, estabelecendo como entorno sua áreadeproteçãovisual.“Avegetação existente também deve ser protegida, para que permaneça emoldurandoavisãoexternaexistente a partir do interior do teatro.Qualquerconstruçãorealizada no lote vizinho deverá respeitar parâmetros predefinidos.” O local foi transformado em teatropúblicoem1984,sobadministração do Oficina, com o prédio cedido pelo governo do Estado. Seu pedido de preservação, no entanto, vai além do espaço físico do imóvel e pretende resguardaro ambientede criaçãoartística, a paisagem local no tradicional bairro paulistano.

COPA DO SEU JEITO PROMOÇÃO COPA DO SEU JEITO Passagens aéreas reservadas e garantidas em 10x sem juros!

110

A partir de entrada US$ (R$ 209) + 9 parcelas de US$ 184 (R$ 350)*

PARTE TERRESTRE

Apenas US$ 1.999 (R$ 3.798) por pessoa em apto. duplo. 5 noites em Johanesburgo - categoria 3 estrelas + café da manhã + early check in. Todo cliente Designer Tours, recebe gratuitamente um Guia Essencial de Viagens para África do Sul – pocket guide.

CONSULTE OPCIONAIS: SAFÁRIS E PASSEIOS. w w w. a f r i c a d e s i g n e r. c o m . b r

-

www.designertours.com.br

11 2181-2900 • 11 2181-2929 Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/Designer_tours

Todos os preços publicados devem ser previamente consultados pois são somente sugeridos, sujeitos a disponibilidade dos itens mencionados. *O valor da passagem aérea é válida para embarque em São Paulo nas datas indicadas, parcelamento entrada e saldo em 9x sem juros nos cartões ou cheque. Valor da parte terrestre em Johanesburgo válidos para 5 noites pagamento á vista. Preços convertidos em reais ao câmbio turismo do dia 16/6/10: Dólar Turismo R$ 1,90 - Sujeito à variação na data do pagamento. Todas as taxas como combustível, segurança e embarque não estão incluídas, pagamento à vista no cartão.

NDR Radiophilharmonie Hannover Eiji Oue, regente . Isabelle van Keulen, violino Johannes Brahms . Concerto para violino em ré maior, op. 77 Antonín Dvorák . Sinfonia nº 9 “do Novo Mundo” (dia 21) Ludwig van Beethoven . Sinfonia nº 3 “Heroica” (dia 22) Informações e vendas (11) 3815.6377 www.mozarteum.org.br . Ingresso Rápido (11) 4003.1212 www.ingressorapido.com.br Concerto ao ar livre 20 de junho . Domingo . 11h . plateia externa do Auditório Ibirapuera . entrada franca Atividades Educativas Gratuitas Clube do Ouvinte Uma introdução aos concertos . 20h . Auditório Masterclasses 22 de junho . 10h às 13h APOIO

APOIO INSTITUCIONAL

PATROCÍNIO ARTÍSTICO E EDUCATIVO

L

21 e 22 de junho . segunda e terça . 21 horas . Sala São Paulo


D4 Caderno2 %HermesFileInfo:D-4:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Astral

LEÃO 22-7 a 22-8

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Os sentimentos não comportam mentiras, não podem ser distorcidos nem maquiados, são transmitidos de coração a coração de forma instantânea. Qualquer argumentação para distorcê-los será sempre um insulto à inteligência.

Enquanto nossa humanidade continuar achando que existe para a preguiça, a decadência aumentará, pois, essa atitude é também uma livre decisão que imprime tragédia e desastre à nossa civilização. Tão pouco temos de fazer e ao mesmo tempo com tanto afinco nos abstemosdefazê-lo!Somosresponsáveis pornósepelasvidasincluídasem nossaconsciência;oreinoanimal,vegetal,mineraleasespéciesinvisíveis de elementais. Há consciências superiores também, que nos incluem, cada ser superior sintetiza a medicina, legislação, sacerdócio, professorado, arquitetura, física, matemática e nem se enunciássemos todos os saberes chegaríamos perto de suas tarefas. E nós por aquiquerendopreguiçarachandoquenossastarefassãocomplicadas!

Você se encontra no centro do labirinto que criou com seus próprios passos e para sair daí nada nem ninguém salvará sua alma. Você terá de refazer todos os passos que deu até aqui e inventar outro roteiro.

Construir uma individualidade independente ao longo da vida revela o milagre da criação, possibilidades infinitas num universo infinito. O egoísmo, por outro lado, é a maneira mais eficiente de limitar isso.

VISUAIS

MICHAEL JACKSON

CINEMA

Passatempos

INSCRIÇÕES PARA SALÃO DE ARTES

FILHOS VÃO À ESCOLA PELA PRIMEIRA VEZ

CURSO: MERCADO BRASILEIRO EM SP

Sudoku

De hoje ao dia 5 de agosto estarão abertas as inscrições para o Salão de Artes Plásticas de Embu. A 27ª edição do evento ocorre entre 10 de setembro e 21 de novembro. Os interessados devem obter a ficha de cadastro no site www.embu.sp.gov.br e entregá-la, juntamente com o material artístico pelo correio. O salão receberá obras nas categorias escultura, pintura, desenho, gravura e outros segmentos (vídeo, fotografia, performance, arte conceitual e intervenções urbanas). Cada artista pode inscrever três obras em cada modalidade. O autor do melhor trabalho receberá um prêmio de R$ 20 mil. Mais informações pelo tel. 4785-3562.

Os filhos de Michael Jackson começarão a frequentar uma escola privada não identificada a partir de setembro. A informação foi divulgada ontem pela mãe do cantor, Katherine Jackson, em entrevista ao jornal britânico The Mail. Até então, os filhos do Rei do Pop, Prince, de 13 anos, Paris, de 12, e Blanket, de 8, só tinham recebido aulas de professores particulares. As crianças estão sob tutela da avó desde que Jackson morreu no dia 25 de junho do ano passado. Também foi anunciado ontem que o teatro britânico Lyric, que atualmente apresenta o espetáculo Thriller Live, receberá uma placa em homenagem ao cantor americano. / EFE E AP

O Centro Cultural b_arco (R. Virgílio de Carvalho Pinto, 426. Pinheiros - tel, 3081-6986) recebe de hoje até sexta-feira curso sobre o mercado cinematográfico brasileiro. Serão cinco encontros, sempre das 20h às 22h, ministrados pelo produtor de cinema Caio Gullane. Entre os temas abordados, estão “Retrato da produção cinematográfica brasileira na atualidade” e “Como nascem os projetos e como formatar um projeto de longametragem”. O valor total dos cinco encontros é R$ 500 (ou duas parcelas de R$ 250). Estudantes ou iniciantes no mercado pagam R$ 350. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.obarco.com.br.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Nível Fácil

1

4 3

6 7

7

5 2

3 6

4 8

4

9

8

3

9 5

4

3

6 7

3 Solução

9

4

Para jogar: Preencha com números de 1 a 9 os quadrados pequenos, as linhas verticais e horizontais. Não repita. 4 5 1 9 7 3 6 2 8

9

Estar com a alma cheia de desejos faz a vida arder com intensidade. Porém, assim como nem tudo que reluz é ouro, tampouco há mais vida por trás de todo ardor. Às vezes, o que arde é a destruição do que se ama.

6002435

5

PEIXES 20-2 a 20-3

Enfrentar adversidades com um sorriso estampado no rosto e com a alegria arraigada no coração, isso sim é demonstração de espiritualidade. Todo o restante é teoria nunca posta em prática, argumentações inúteis.

7 8 3 1 6 2 5 9 4

VIRGEM 23-8 a 22-9

O bom caminho não é muito atraente para as pessoas porque requer a preservação de um ritmo cotidiano saudável, o que dá muito trabalho. O mau caminho é mais atrativo porque oferece ardores imediatos.

2 6 9 4 5 8 7 1 3

Quadrinhos

GÊMEOS 21-5 a 20-6

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

A oscilação de estados de ânimo provocada pelas circunstâncias descontroladas só denuncia sua ineficiência administrativa da realidade. Justamente o oposto do que o ânimo inflamado proclamaria.

1 4 5 6 9 7 3 8 2

Muitas das atitudes que pareceriam corretas estão bem distantes de sê-lo. Avaliar a correção por meio da normalidade estatística maquia a tal ponto a realidade que na prática se fazem coisas perversas com aparência santa.

Faça tudo dentro das normas espirituais de correção, ciente de que isso provocará reações adversas, já que praticar a correção num mundo incorreto incomoda muita gente. Não importa, só faça o que for devido.

8 3 6 2 4 5 1 7 9

TOURO 21-4 a 20-5

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

9 2 7 8 3 1 4 5 6

E nós aqui nos queixando! O Sol ingressa no signo de Câncer; a Lua Vazia das 6h46 até as 9h15, horário de Brasília.

Você não encontrará aqui palavras fáceis, que incentivem a continuar errando como se o tempo pudesse ser desperdiçado impunemente entre o céu e a Terra. O tempo é precioso, cada passo deve ser analisado.

3 9 8 7 1 4 2 6 5

astro@0-quiroga.com

LIBRA 23-9 a 22-10

É tentador tomar atitudes tendo em vista a solução rápida de certos assuntos. Porém, na prática essas atitudes se desdobrariam em mais questões das imaginadas quando a boa vontade as visualizou como grandes soluções.

6 7 4 5 2 9 8 3 1

✽ ●

CÂNCER 21-6 a 21-7

Sim, há razões poderosas para celebrar! Porém, mais poderosos do que essas razões são os sinais que avisam ser necessário agir com discrição, para não esculhambar o que ainda não está completamente terminado.

5 1 2 3 8 6 9 4 7

QUIROGA

ÁRIES 21-3 a 20-4

5 1

6

2

8

Palavras Cruzadas Diretas

Minduim Charles M. Schulz

© Revistas COQUETEL — www.coquetel.com.br

Frank & Ernest Bob Thaves Soberanos egípcios que construíram as pirâmides Embalar (a criança)

Antístenes e Diógenes

Ludovico (?), autor de “Orlando Furioso”

Moedas estrangeiras

Genética (abrev.) Estátua de deuses

950, em algarismos romanos Centro comercial paulista A aposentadoria forçada por invalidez

Sensação de repulsa ou nojo

Santa Catarina (sigla)

F

Marie (?), Nobel de Química de 1911 por isolar o rádio metálico puro

Nesse meio tempo

Elizabeth (?), rainha britânica

Real (?), clube de futebol espanhol

Aplainar Mole, em francês

(?) Porter, compositor de “Night and Day” Cláusula de um documento

Preposição que pressupõe limite Eterno; perpétuo

Astatínio (símbolo) Metal radioativo

Que induz a uma ação

Pinha (bras.) Filha da filha

As primeiras três vogais

Vivi; habitei

Argila empregada no preparo de tintas Efeito colateral do antialérgico

O princípio feminino, para o taoismo

(?) Tolstoi, romancista russo Número indeterminado (Mat.)

C

2/yo. 3/ati — ear — mou — yin. 4/beta. 8/desgarre. 11/entrementes.

BANCO

D

Gaivota (bras.)

O “b” dos gregos Eu, em espanhol

Recruta Zero Mort Walker

Jogador que marcou o primeiro gol de Frente a bicicleta

Materiais usados pela costureira

Estronda; retumba

O melhor de Calvin Bill Watterson

Peito; mama Audácia; ousadia

para Orelha, Dica a entrada em inglês do locutor

SOLUÇÃO O E C O L

F I L O S O F O S C I N I C O S

F S N H A E D E I B R A E I N A R I O XA A SC O R S C I A M A D M P U L S O CO L O A U R I E O A T P T R E M E N O M O R E R E B E TA I Y I N O N O L E N

D A L E N E S T O G E N A I R I D R I A E S A D A T A T E S I I A L L E V C I A

Turma da Mônica Mauricio de Sousa

● Bem pensado

“Quanto mais aumenta o nosso conhecimento, mais evidente fica a nossa ignorância.” John F. Kennedy


%HermesFileInfo:D-5:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Caderno2 D5


D6 Caderno2 %HermesFileInfo:D-6:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

R$ 25 mil

SEM INTERVALO KEILA JIMENEZ ✽ ●

é o preço médio (cotação máxima) por episódio de produções independentes realizadas para canais como o Multishow

keila.jimenez@grupoestado.com.br MÁRCIO DE SOUZA/DIVULGAÇÃO

● ‘O

brasileiro não tem preconceito de raça, tem preconceito de cabelo’ Regina Casé no Irritando

A Liga terá nova temporada na Band

Na escala de rodízio de autores e novelas na Globo nos próximos anos o nome de Manoel Carlos não está sendo incluído, pelo menos por enquanto. Maneco, que sempre ameaça se aposentar, avisou que Viver a Vida seria seu último folhetim. A Globo não confirma.

5h00 Novo Telecurso Prof. 5h10 Novo Telecurso - Ensino Fundamental 5h30 Novo Telecurso - Ensino Médio 5h45 Telecurso Tec 6h00 Tecendo O Saber 6h30 Telecurso Tec 6h45 Novo Telecurso - Ensino Fundamental 7h00 Novo Telecurso - Ensino Médio 7h15 Novo Telecurso Prof. 7h30 Via Legal 8h00 O Pequeno Urso/ Pingu 8h30 Vila Sésamo 9h00 Pequenos Cientistas 9h15 Baú De Histórias 9h45 Super Fofos 10h00 Dora, A Aventureira/ Pingu 10h30 Escola Pra Cachorro 10h45 As Aventuras De Piggley Winks 11h15 Cocoricó Na Cidade 11h30 Caillou 12h00 Arthur 12h30 Doug 13h00 Contos De Fada - João E Maria 14h00 Minúsculos/ Bandeiras Do Mundo/ Shaun, O Carneiro/ Um Minuto No Museu 14h15 Dora, A Aventureira 14h45 Vila Sésamo 15h15 Super Fofos 15h30 Cocoricó Na Cidade 15h45 Escola Pra Cachorro 16h00 Camundongos Aventureiros 16h30 Arthur 16h45 Minúsculos/ Bandeiras Do Mundo/ Shaun, O Carneiro/ Um Minuto No Museu 17h00 Castelo Rá-Tim-Bum 17h30 Doug 18h00 Tudo O Que É Sólido Pode Derreter 18h30 Arquivo Zack 19h00 Login 20h00 A Programar 21h00 Jornal Da Cultura (Ao Vivo) 21h35 Metrópolis 22h00 Roda Viva - José Serra 23h30 Rumos Da Música - Delcio Carvalho 0h00 Invenção Do Contemporâneo Judicialização Da Política 1h00 Doctv Iv - Um Filme De: De La Cierva (2ª Exibição) 2h00 Login (2ª Exibição) 3h00 Univesp Tv

SBT (4) 6h00 7h00 9h00 12h45 13h15 13h45 14h15 16h00 17h00 18h00 19h05 19h30 20h15 21h15 22h15 22h20 23h10 0h10 1h00 1h45 2h45 4h00 5h00

Jornal Do Sbt - Manhã Carrossel Animado Bom Dia & Cia Série - Chaves Série - Arnold Série - Eu, A Patroa E As Crianças Cinema Em Casa - Legalmente Loira 2 Novela - As Tontas Não Vão Ao Céu - Cap. 46 Casos De Família Programa Do Ratinho Boletim De Ocorrências Sbt Brasil Novela - Uma Rosa Com Amor Hebe Boletim De Ocorrências Novela - A História De Ana Raio E Zé Trovão Sbt Repórter Jornal Do Sbt - Noite Série - Dois Homens E Meio // Two And A Half Men Tele Seriados I - Série: O Último Recurso // Eleventh Hour Tele Seriados II - Série: Veronica Mars: A Jovem Espiã Jornal Do Sbt - Madrugada Jornal Do Sbt - Madrugada/ Reprise

GLOBO (5) 5h00 Telecurso Educação Básica Tecendo o Saber 5h15 Telecurso Profissionalizante 5h35 Telecurso Ensino Médio 5h50 Telecurso Ensino Fundamental 6h05 Sagrado 6h08 Globo Rural

cord pretende estender sua atuação em licenciamento de produtos ligados a times de futebol. Começou com o Palmeiras.

O contrato de um ano com o time prevê o lançamento de uma linha de produtos femininos ligados ao Palmeiras e DVDs sobre o time e jogadores que fizeram história no clube, entre eles, o craque Ademir da Guia.

Subiu no telhado o plano da HBO de ter uma nova temporada de Filhos do Carnaval (da 02 Filmes) este ano.

Nos bastidores da Record é fato

Amigas na real Inimigas na ficção, Fernanda Vasconcellos e Priscila Fantin (de costas) se divertem nos intervalos de gravação de Tempos Modernos, trama das 7 que entra em sua reta final na Globo.

Guia. TV CULTURA (2)

De olho no Brasileirão, a Re-

Fernanda Young, sobre a relação entre seu biotipo e seu trabalho de atriz

N

ovidade que praticamente triplicou a audiência daBand no horário, A Liga já está com sua segunda temporadapraticamentegarantidanocanal.FormatodaargentinaCuatroCabezas, com 26 edições já acertadas para este ano na emissora, A Liga deve ganhar mais 26 episódios, que começam a ser gravados ainda em 2010. O programa, que estreou com média na casa dos 6 pontos de audiência, registrou ibope recorde na semana passada. A edição sobre o mercado do sexo atingiu a média de 8 pontos no Ibope em São Paulo, deixando a Band a um ponto da segunda colocada no horário, a Record, que teve então 9 pontos. O elenco da atração será mantido.

Pesquisa encomendada pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom)mostra que a credibilidade de Boris Casoy segue em alta. O âncora da Band aparece em terceiro lugar em uma lista de apresentador(a) e âncora de maior confiança dos brasileiros, liderada por Willian Bonner, seguido por Fátima Bernardes.

que quase tudo o que tem sido gravado por Geraldo Luís nos últimos meses será jogado fora, pois ficará velho até a sua volta ao ar, em novembro. Geraldo andava deprimido por estar parado, por isso foi recrutado a voltar a trabalhar na emissora.

Como a coluna antecipou – e o SBT na época negou – Paulo Nicolau deixou a direção de jornalismo da emissora. Em seu lugar entra Luiz Gonzaga Mineiro, que deixou o canal em 2007.

A saída de Paulo Nicolau já era esperada na emissora, mas a volta de Mineiro pegou muita gente de surpresa.

Cultura: 2182-3000; SBT: 3236-0111; Globo: 3131-2500; Record: 2184-4000; Rede TV!: 3306-1000; Gazeta: 3170-5757; Band: 3131-1313; ; Rede Vida: (17)3355-8432. Esta programação e

informações são de responsabilidade exclusiva dos canais e podem ser alteradas à última hora.

6h25 7h15 8h12 8h17 10h40 13h10 13h25 13h55 14h30 15h10 17h40 18h10 19h05 19h20 20h15 21h05 22h15 0h10 0h55 2h25

Bom Dia SP Bom Dia Brasil Radar Copa 2010 - Portugal x Coréia Norte Copa 2010 - Chile x Suíça SPTV - 1ª Edição Jornal Hoje Vídeo Show Vale a Pena Ver de Novo Sinhá Moça Copa 2010 - Espanha x Honduras Malhação ID Escrito Nas Estrelas SPTV - 2ª Edição Tempos Modernos Jornal Nacional Passione Tela Quente- Jogo Entre Ladrões Jornal da Globo Programa do Jô Sessão Brasil - Pixote - A Lei do Mais Fraco

RECORD (7) 6h30 7h15 8h30 9h30 12h00 14h30 16h30 18h15 19h00 20h10 21h00 21h45 22h00 23h00 0h30 1h15

Direto Da Redação São Paulo No Ar Fala Brasil Hoje Em Dia Record Notícias Tudo A Ver Todo Mundo Odeia O Chris Série Os Mutantes Sp Record * Jornal Da Record Csi Investigação Criminal Série Tudo A Ver Ribeirão Do Tempo Repórter Record Csi Ny - Série Programação Iurd

REDETV! 5h00 Ig. Mundial da Graça de Deus 8h30 Leitura Dinâmica - 1ª Ed. 9h00 TV Kids - Super Onze / Ilha dos Desafios 9h45 Manhã Maior 12h00 Interligado 13h00 Ig. Universal do Graça de Deus 14h05 RedeTVEsporte 15h00 A Tarde é Sua 17h10 Ig. da Graça, Nosso Programa 18h10 TV Kids - Pokémon/ Super Onze/ Pokémon/ Ilha dos Desafios 19h45 TV Fama 20h55 RedeTVNews 21h55 Operação de Risco 22h25 SuperPop 0h15 Leitura Dinâmica 0h45 Vinho a Mesa 1h10 Super Papo 3h00 Igreja da Graça, Nosso Lar

GAZETA (11) 6h00 8h00 8h20 8h40 9h00 13h10 14h00 17h50 18h00 19h00 20h00 22h00 22h15 0h15 0h35 0h45

Ig. Universal do Reino de Deus Bestshop TV Gazeta Shopping Gazeta Imóveis Manhã Gazeta TV Culinária Mulheres Gazeta News Gazeta Esportiva Jornal da Gazeta Ig. Universal do Reino de Deus Super Esporte Todo Seu Gazeta Imóveis Gazeta Shopping Bestshop TV

BANDEIRANTES (13) 7h00 7h00 7h30 8h00 10h30 13h00 14h15 15h00

Primeiro Jornal Primeiro Jornal Direto Da África Copa Do Mundo 2010 - (av) Portugal x Coréia Do Norte Copa Do Mundo 2010 - (av) Chile x Suíça Jogo Aberto Conexão África Copa Do Mundo 2010 - (av) Espanha x Honduras

17h30 18h50 19h20 20h25 20h50 21h00 22h15 0h15 0h30 1h15 2h30

Brasil Urgente Brasil Urgente / SP Jornal Da Band Show Da Fé Conexão África Band Mania Cqc Diário Da África Jornal Da Noite Show Da Copa Espaço Vida Vitoriosa

13h00 Tribos Primitivas: A Tribo Dinka do Sudão 14h00 Criaturas Mortais: Do Deserto 15h00 Histórias Secretas: Howard Hughes 16h00 Na Fronteira 17h00 Salva-Vidas 17h30 Salva-Vidas 18h00 Exército de Golfinhos 19h00 Búfalo Africano 20h00 Anjos do Mar: Lutando Contra o Tempo 21h00 Mayday! Desastres Aéreos: O Assassino Branco 22h00 Atrás das Grades: A Fortaleza dos Condenados 23h00 Obras Incríveis: Submarinos

CONTROLE NA MÃO

MTV (32) 8h00 Mtv Lab Bandas - Paul Maccartney 8h30 Mtv Lab Now 9h15 Mtv Lab Radio 10h00 Mtv Lab Freak - Michael Jackson 10h55 MTV No Mundial - Paulo Bonfá Na Africa 11h00 Teen Cribs 11h30 Top 10 12h30 Noticias Entrev. 12h45 15 Minutos 13h00 Acesso Mtv 14h00 Quinta Categoria 15h00 Furo Mtv 15h30 Mtv Lab Playlist - Michael Jackson 16h05 Mtv Lab No Mundial 16h45 Mtv Sports 17h00 It Mtv 17h30 Teen Cribs 18h00 Top 10 - Michael Jackson 19h00 Acesso Mtv 20h00 16 And Pregnant 21h00 MTV No Mundial - Paulo Bonfá Na África 21h05 Rockgol 21h45 15 Minutos 22h00 Furo Mtv 22h30 Top Top Mtv 23h30 Lobotomia 0h00 Noticias Mtv 0h15 Fudêncio E Seus Amigos 0h30 Peak Season 1h00 MTV No Mundial - Paulo Bonfá Na África 1h05 Furo Mtv 1h30 Programa A 2 2h30 Mtv Lab Metalblog 3h00 Mtv Lab Bandas - Frank Black 3h30 Mtv Lab Clássicos Michael Jackson 4h30 Mtv Lab Cult Trash 5h30 Mtv Lab Matinal

REDE VIDA (34) 8h00 8h25 8h30 9h00 10h00 10h30 11h00 11h30 11h55 12h00 12h20 12h30 13h00 14h00 14h30 15h00 17h00 17h30 17h50 18h00 18h20 18h30 19h00 19h10 20h00 20h30 21h00 21h30 22h15 23h45 23h50

Amor Exigente O Santo do Dia Novena do Perpétuo Socorro Missa de Aparecida (av) Filhos do Pai Eterno Mãe dos Aflitos Hora de Brincar Motivação e Sucesso Terço Bizantino O Terço Gozoso O Pão Nosso Jornal da Vida Caminhos do Esporte Novena do Perpétuo Socorro Hora de Brincar Medalhão Persa (av) Filhos do Pai Eterno Encontro com Cristo Terço Bizantino O Terço Gozoso O Pão Nossol JCTV (av) Momentos de Reflexão Missa no Santuário da Vida (av) Filhos do Pai Eterno Brasil, é Isso Caminhos do Esporte Jornal da Vida (av) Tribuna Independente (av) SP Terço Bizantino Medalhão Persa (av)

TV PAGA ANIMAL PLANET 12h00 Tsunami: Instinto Animal 13h00 O Ano do Urso Polar 14h00 Animal Planet ao Extremo: Esquisitos 15h00 A Presa do Predador: Táticas

LIV

Cara a cara com Modern o tubarão branco Family

True Blood: 2ª temporada

Discovery/ 19h

HBO/ 22h05

15h30 16h00 16h30 17h00 18h00 19h00 19h30 20h00 21h00 22h00 22h30 23h00

A Presa do Predador: Farsantes Noite: Lobos-vermelhos 60 Encontros Mortais Animal Planet ao Extremo A Rã Desaparecida Testemunha Animal: Morte em South Park Testemunha Animal: Por um Fio Aves do Paraíso O Encantador de Cães Testemunha Animal: Prova Incomum Testemunha Animal: A Segun da Vítima Os Reis da Namíbia

O Silêncio de Melinda The Dead Zone C.S.I. Criminal Minds Criminal Minds Las Vegas Law & Order: Criminal Intent C.S.I. Miami C.S.I. Criminal Minds Promessa Mortal

CANAL BRASIL 12h30 14h30 15h30 16h00 16h30 18h00 18h30 18h46 18h57 19h07 20h15 20h30 21h00 21h30 22h00 23h40

Os Paqueras Clipe Brasil Curta na Tela O Som do Vinil: Gaita PontoRenato Borghetti-Pt 1 Faixa Musical: Orquestra Popular da Bomba do Hemetério 5 Vezes Machado Curta na Tela: Juventus Rumo a Tóquio Curta na Tela: Unido Vencerás Unido Vencerás 2 - Uma História Diferente Heróis de uma Nação Estúdio 66 Vigilante Rodoviário Vozes da Informação Espelho: Com Lázaro Ramos Seleção Brasileira: Verônica Foto em Cena: Claudio Edinger

MAX 11h20 13h05 14h50 16h50 18h40 20h20 22h00

15h00 16h00 16h30 17h00 18h00 19h00 20h00 20h30 21h00 22h00 23h00

AXN 12h00 14h00 15h00 16h00 17h00 18h00 19h00 20h00 21h00 22h00 23h00

Fox/ 22h

Vivendo e Aprendendo Outro Conto da Nova Cinderela Encantada Noites de Tormenta Uma Chamada Perdida Temos Vagas O Suspeito

DISCOVERY 12h00 Sem Corte e Sem Censura: Casamento Atropelado 13h00 Mythbusters: Os Caçadores de Mitos - Escorregando na Casca de Banana 14h00 Rituais de Fé: Australásia e

Cinturão do Fogo Sexo Jurássico Grandes Destruições Grandes Destruições Engenharia Extrema: Cidade Flutuante Prisioneiros Cara a Cara com o Tubarão Branco A Supercâmera: O Teste da Bicicleta Grandes Destruições Atração Perigosa: O Lobo de Folsom Desaparecidos: O Segredo de uma Mãe Guia de Sobrevivência

ESPN BRASIL 7h00 Sportscenter : 1ª Edição 8h00 Abre o Jogo - (av)o 8h30 Copa do Mundo Fifa 2010: Portugal x Coréia Do Norte (av) 10h30 Abre O Jogo - Ao Vivo 11h00 Copa Do Mundo Fifa 2010 : Chile x Suíça - (av) 13h00 Bate-Bola 1ª Edição - (av) 15h00 Abre o Jogo - Ao Vivo 15h30 Copa do Mundo Fifa 2010: Espanha x Honduras - (av) 17h30 Bate-Bola 2ª Edição - (av) 18h45 Espn Brasil Especial 19h00 Linha de Passe: MesaRedonda - (av) 20h30 Copa do Mundo Fifa 2010 -VtPortugal x Coréia do Norte 22h30 Linha de Passe: Mesa Redonda 0h00 Sportscenter : 2ª Edição -

FILM& ART 12h00 O Violino e o Tambor / Second Frame 14h00 Doc Martin 15h00 New Tricks 16h00 Georges Petre em La Fenice 18h00 The Sessions 19h00 A Arte do Roubo 20h00 Os Mistérios do Inspetor Lynley 22h00 Lewis S.4

FOX 12h30 13h00 14h00 16h00 18h00 18h30 19h00 20h00 20h30 21h00 22h00 22h30 23h00

Futurama Justiça sem Limite Garçonete De Repente 30 Os Simpsons Os Simpsons Bones Os Simpsons Os Simpsons Justiça sem Limite Modern Family Modern Family Armações do Amor

GNT 12h00 Meu Filho é uma Estrela

13h00 14h00 15h00 16h00 17h30 18h00 19h00 20h00 21h00

Happy Hour Manhattan Connection The Oprah Winfrey Show Mãe aos Dezesseis Interprograma Kitchen Nightmares Happy Hour The Oprah Winfrey Show Michael Jackson - A Trajetória de um Ídolo 22h00 Manhattan Connection 23h00 Head Case: Planejamento 23h30 Weeds

HBO 12h15 14h05 15h38 15h50 17h50 20h00 21h00 21h30 22h05 23h05

O Justiceiro em Zona de Guerra Fire From Bellow Especial Terminator O Vizinho Trama Internacional Crash Hung Hung True Blood True Blood

MAX PRIME 11h30 13h15 15h00 16h45 18h30 20h15 22h00

Uma Dupla Quase Perfeita Nada a Perder Um Jogo de Vida ou Morte Sobrevivendo ao Jogo MIB - Homens de Preto A Senha: Swordfish A Casa Negra

MGM 11h35 Rua Paraíso 13h55 Corações Partidos 16h00 Harry e Sally - Feitos um para o Outro 17h50 O Escorpião Rei 19h35 Hannibal 22h00 Vidas em Jogo

MULTISHOW 12h00 12h30 13h00 13h30 14h00 16h00 16h30 17h00 17h30 18h00 18h30 19h00 21h30 22h00 22h30 23h00

As 5 Mais Votadas no Site Viagem Sem Fim Kaiak Operação S2 Altas Horas Urbano De Cara Limpa Cilada Sound Meu Brother Meu Namorado é Um Idiota TVZ Cilada Lugar Incomum Intercâmbio Multishow Music Live: Hard Rock Calling 2009 23h30 Um Ano Sem Michael Jackson

NATIONAL GEOGRAPHIC 12h00 Arquivos Confidenciais: O Rei Artur 12h30 Arquivos Confidenciais: Os Romanovs

12h00 14h00 14h30 15h00 16h00 17h00 18h00 19h00 20h00 21h00 22h00 22h50

Um Cara Quase Perfeito Superstars Rumo ao Estrelato: Tom Cruise Charmed Dawson's Creek: Concurso de Beleza Life Unexpected Extreme Makeover: Reconstrução Total Charmed Dawson's Creek: Decisões Life Unexpected Life Unexpected Houve Uma Vez Dois Verões

SONY 12h00 America's Next Top Model 13h00 The Real Housewives Of New York 14h00 Grey's Anatomy 15h00 Private Practice 16h00 Beverly Hills 90210 17h00 Felicity 18h00 Will & Grace 18h30 Everybody Loves Raymond 19h00 Seinfeld 19h30 According To Jim 20h00 Ghost Whisperer 21h00 Grey's Anatomy 22h00 Private Practice 23h00 30 Rock 23h30 Scrubs

SPORTV 7h00 Bom Dia África (av) 8h05 Pré-Jogo (av) 8h30 Copa Do Mundo Fifa 2010 Portugal x Coréia Do Norte (av) 10h30 Pré-Jogo (av) 11h00 Copa Do Mundo Fifa 2010 Chile x Suíça (av) 13h00 Troca De Passes África (av) 14h00 Tá Na Área África (av) 15h00 Pré-Jogo (av) 15h30 Copa Do Mundo Fifa 2010 Espanha x Honduras (av) 17h30 Troca De Passes África (av) 19h00 Sportv News (av) 20h00 Seleção Sportv (av) 22h00 Sportv News (av)

TCM 12h00 13h00 14h00 16h00 17h35 19h30 20h00 21h00 22h00 23h55

Bonanza Os Pioneiros Nossa Vida com Papai Demônio de Mulher Passagem para Marselha Batman Histórias do Crime Bonanza Sangue por Glória Domínio de Bárbaros

TELECINE ACTION 12h45 14h45 16h25 18h10 20h20 22h00 23h40

À Procura Da Vingança Pânico Na Estrada Mesmo À Tua Porta Instinto Secreto Imagens Do Além Quinta-feira Violenta Homem De Ferro

TELECINE CULT 11h35 Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças 13h35 Assim Falou O Amor 15h45 Ladrão Aventureiro, O 18h00 Entrevista 19h45 Fúria No Alasca 22h00 Pequeno Traidor, O

23h40 Janela Para O Amor, Uma

TELECINE LIGHT 11h05 12h45 15h05 16h50 18h35 20h15 22h00 23h50

Sobrevivendo Ao Natal Sabrina (1995) Keith Ilha Da Imaginação, A Segredo Dos Animais, O Crônicas De Spiderwick, As Norbit Outro Lado Da Cama, O

TELECINE PIPOCA 11h05 13h10 15h00 16h40 18h25 20h15 22h00 23h55

Sombras Do Passado Kung Fu Panda Super-herói - O Filme Dragonlance: Dragões Do Crepúsculo Do Outono Experiência 4 - O Despertar, A Imaginem Só Traídos Pelo Destino Príncipe Em Minha Vida 3, Um

TELECINE PREMIUM 12h35 Sonhando Alto 14h20 Ghost Town - Um Espírito Atrás De Mim 16h10 Território Restrito 18h10 Harold 19h55 Vida Secreta Das Abelhas, A 22h00 Rindo À Toa

TNT 12h15 Coach Carter - Treino Para a Vida Rei Arthur Rastro Perdido Blade Trinity TNT Cinema a la Carte

15h00 17h30 19h35 22h00

UNIVERSAL CHANNEL 11h00 13h00 14h00 15h00 16h00 19h00 20h00 21h00 22h00 23h00

Como se Fosse a Primeira Vez House Law & Order SVU Law & Order Melhor é Impossível Law & Order SVU House Brothers & Sisters The Good Wife The Good Wife

14h00 Franklin 14h30 Martha Fala: Martha na Casa de Cachorro / Martha, A Modelo 15h00 Sid, O Pequeno Cientista 15h30 Garota Supersábia 16h00 Milly e Molly 16h30 Lazytown 17h00 Hi-5 Austrália: Explorar: Aventura Imaginária 17h30 Backyardigans: Manchetes de Jornal 18h00 Princesas do Mar 18h30 Angelina Ballerina 19h00 Will e Dewitt: Escolher não é Fácil/O Restaurante Diferente 19h30 Peixonauta: O Caso Das Asas Azuis / O Caso Dos Due ndes Brilhantes 20h00 Mister Maker 20h30 Mecanimais: A Plantação do Turbofeijão / Ilha dos Coelhos 21h00 Toot & Puddle: O Importante é Competir / Dilema na Itália 21h30 Willa e os Animais: Na Pele do Jacaré/Matias, o Contador de Histórias 22h00 Backyardigans: No Fundo do Mar

DISNEY CHANNEL 12h00 12h30 13h00 13h30 14h00 14h30 15h00 15h30 16h00 16h30 17h00 17h30 18h00 18h30 19h00 19h30 20h00 22h00 22h30 23h00 23h30

Zack & Cody: Gêmeos a Bordo Hannah Montana Os Feiticeiros de Waverly Place Sunny Entre Estrelas Zack & Cody: Gêmeos em Ação A Nova Escola do Imperador Phineas e Ferb Os Substitutos George, O Rei da Floresta Jake Long da Disney, O Dragão Ocidental Jake & Blake Zapping Zone Hannah Montana Zack & Cody: Gêmeos a Bordo Os Feiticeiros de Waverly Place Phineas e Ferb Procurando Nemo Os Feiticeiros de Waverly Place Hannah Montana Minha Vida com Derek Sunny Entre Estrelas

DISNEY XD

WARNER 12h00 Two and a Half Men 12h30 Two and a Half Men 13h00 Friends 13h30 Friends 14h00 Third Watch 15h00 O Poder do Amor 17h30 The Big Bang Theory 18h00 Friends 18h30 Friends 19h00 Two and a Half Men 19h30 Two and a Half Men 20h00 Cold Case 21h00 Cold Case 22h00 The Mentalist 23h00 Human Target INFANTO-JUVENIL

CARTOON 12h00 As Meninas Superpoderosas 12h15 As Meninas Superpoderosas: Geração Z 12h30 Bakugan 13h00 Ben 10 13h30 Ben 10: Força Alienígena 14h00 Casper's Scare School 15h00 As Trapalhadas de Flapjack 16h00 Johnny Test 17h00 O Que há de novo Scooby Doo? 18h00 Pink Panther & Pals 18h30 Scooby Doo, Cadê Você? 19h00 Garfield 19h30 Tom e Jerry 20h00 Muppets do Espaço 22h00 Pink Panther & Pals 22h30 Scooby Doo, Cadê Você? 23h00 Garfield 23h30 Tom e Jerry

DISCOVERY KIDS 12h00 Dinotrem 12h30 Toot & Puddle: O Acampamento na Floresta/ Uma Aventura nos Alpes 13h00 Hi-5 Austrália 13h30 Mister Maker

12h00 12h30 13h00 13h30 14h00 14h30 15h00 17h00 17h30 18h00 18h30 19h00 19h30 20h00 20h30 21h00 21h30 22h00

Jibber Jabber Os Padrinhos Mágicos Kid vs. Kat Pucca Os Padrinhos Mágicos Os Padrinhos Mágicos Os Padrinhos Mágicos: Abracatástrofe Kid vs. Kat Kid vs. Kat Kid vs. Kat Liga dos Supermalvados Pucca Mistureba Os Padrinhos Mágicos Kid vs. Kat Liga dos Supermalvados Zeke e Luther Os Padrinhos Mágicos: Abracatástrofe

NICKELODEON 12h00 12h30 13h00 13h30 14h00 14h30 15h00 15h30 16h00 16h30 17h00 17h30 18h00 18h30 19h00 20h00 20h30 21h00 21h30 22h00

Bob Esponja Fanboy e Chum Chum Os Pinguins de Madagascar Bob Esponja Big Time Rush Drake & Josh Zoey 101 I-Carly The Troop Bob Esponja Os Padrinhos Mágicos Os Pinguins de Madagascar Drake & Josh I-Carly Isa TK+ Zoey 101 True Jackson I-Carly Drake & Josh Manual de Sobrevivência Escolar do Ned 22h30 Zoey 101 23h00 Kenan & Kel 23h30 Os Castores Pirados

Filmes na TV

Babenco ofusca Ford com Pixote Luiz Carlos Merten Legalmente Loira 2 14H15 NO SBT (Legally Blonde 2: Red White & Blonde). EUA, 2003. Direção de Charles Herman, com Reese Witherspoon, Sally Field, Regina King, Jennifer Coolidge, Luke Wilson.

No segundo filme da série, Reese Whiterspoon, já advogada formada, vai trabalhar com uma congressista que finge apoiar sua campanha contra o uso de cães como cobaias em experiências científicas. Reese, mais legalmente loira que nunca – e vestida de pink, claro –, faz o Congresso tremer, conquista seu príncipe e delicia o público. Reprise, colorido, 95 min. Jogo entre Ladrões 22H15 NA GLOBO

( Thick as Thieves). EUA/Alemanha, 2009. Direção de Mimi Leder, com Morgan Freeman, Antonio Banderas, Radha Mitchell, Robert Forster, Rade Serbedzija, Michael Hayden.

Antonio Banderas faz ladrão em baixa na carreira, que recebe proposta irrecusável do veterano Morgan Freeman. O outro, pressionado pela Máfia, precisa de alguém jovem para roubar a joia mais valiosa do mundo, em exposição na Rússia. Se existe uma ética no filme realizado por Mimi Leder, é a dos criminosos com estilo. Antes deste filme – dez anos, pelo menos –, Morgan Freeman interpretou, para a mesma diretora, o precursor de Barack Obama, o primeiro presidente negro dos EUA em Impacto Profundo, lembram-se? Reprise, colorido, 104 min. Pixote – A Lei do Mais Fraco 2H25 NA GLOBO Brasil, 1981. Direção de Hector Babenco, com Ferrnando Ramos da Silva, Marília Pêra, Jardel Filho, Ruben De Falco, Beatriz Segall, Toni Tornado.

Jacques Audiard, diretor do poderoso O Profeta – em cartaz nos cinemas –, admite que deve muito a Hector Babenco. Foi por meio de filmes como Pixote e Carandiru que ele descobriu como o cinema poderia investigar o universo carcerário. Carandiru discute a ética do crime por meio de criminosos formados, Pixote mostra o reformatório como a escola dos marginalizados. O menino é encarcerado, conhece a perversão e a violência na Febem. A fuga com um bando somente acelera sua escalada na transgressão. Grandes cenas, nenhuma mais impactante do que a Pietà, quando Pixote se aninha nos braços da prostituta, tenta sugar-lhe o seio e é rejeitado por Marília Pêra. O próprio ator, Fernando Ramos da Silva, seguiu carreira no crime, o que durante muito tempo foi cobrado de Babenco, como se ele fosse responsável. Um filmaço. Reprise, colorido, 128 min. Amanhã A Globo exibe amanhã, no Inter-

cine, o preferido do público entre dois filmes que se esmeram em ser politicamente incorretos – Obrigado por Fumar, de Jason Reitman, com Aaron Eckhart como porta-voz da indústria tabagista e os problemas que a função lhe causa, num mundo em que o cigarro é denunciado como prejudicial à saúde (EUA, 2005, fone 0800-70-9011); e Gigolô por Acidente, de Mike Mitchell, com Rob Schneider como o personagem-título, um nada atraente profissional da limpeza que se prostitui para pagar uma dívida (EUA, 1999, fone 0800-70-9012) TV Paga Sangue por Glória 22 H NO TCM (What Price Glory). EUA, 1952. Direção de John Ford, com James Cagney, Dan Dailey, Corinne Calvert, William Desmaret.

O Festival John Ford do TCM prossegue com mais quatro filmes, dois hoje e dois amanhã. O primeiro é este remake de outra aventu-

ra de guerra que Raoul Walsh realizara em 1926. Coincidentemente, ou não, Walsh e Ford fizeram a travessia do cinema silencioso para o sonoro e se afirmaram como mestres, inclusive por seus magníficos westerns. James Cagney e Dan Dailey fazem inimigos cordiais – um é subordinado do outro – e ambos são soldados norteamericanos na França, em 1918, às voltas com Corinne Calvert, a quem tentam seduzir. O tom inicial – comédia romântica, disputas viris – muda para uma abordagem mais pesada da guerra, quando começam os combates para valer. Ford fez o filme entre O Amor de Um Valente (When Willie Comes Marching Home), também com Dan Dailey e Corinne Calvert, e o clássico Depois do Vendaval. É um de seus trabalhos menos conhecidos e, por isso mesmo, imperdível para cinéfilos interessados em conhecer a totalidade da obra do mestre. Reprise, colorido, 111 min. Domínio de Bárbaros 23H55 NO TCM

( The Fugitive). EUA, 1947. Direção de John Ford, com Henry Fonda, Dolores Del Rio, Pedro Armendariz, J. Carroll Naish, Leo Carrillo, Ward Bond.

Um dos filmes mais prestigiados do mestre John Ford, mas não um dos melhores. Baseia-se no romance de Graham Greene que constrói uma paráfrase bíblica por meio do padre perseguido numa republiqueta latino-americana, na qual o catolicismo está proibido. O padre é traído por um de seus seguidores, o que faz a ponte não com apenas com a história do próprio Cristo, mas também com O Delator, pelo qual o cineasta ganhou seu primeiro Oscar de direção, em 1935. A fotografia super-elaborada de Rafael Figueroa de alguma forma artificializa o relato e compromete sua eficácia, mas muita gente acha que é um grande Ford. Só para que você já esteja preparado, o festival prossegue amanhã com dois filmes melhores – Fomos os Sacrificados, às 22 horas; e Audazes e Malditos, à 0h20. Reprise, preto e branco, 104 min.


%HermesFileInfo:D-7:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Caderno2 D7

Visuais. Fotografia CARTIER-BRESSON/MOMA/DIVULGAÇÃO

Shanghai, China 1948-1949. Antes do domínio da televisão, a maioria das pessoas via o mundo pelas imagens das revistas e, assim, os ensaios de Bresson eram furos mundiais de reportagem

CARTIER-BRESSON POR INTEIRO Nova York exibe uma das maiores mostras do fotógrafo, com dezenas de obras pouco conhecidas Tonica Chagas / ESPECIAL PARA O ESTADO / NOVA YORK

Pai do fotojornalismo e um dos criadores da fotografia moderna, Henry Cartier-Bresson (1908-2004) empunhou a câmera até já ter passado dos 80 anos de idade e, durante seis décadas, cruzou quase todos os quatro cantos do mundo. A ampla abrangência geográfica e histórica do trabalho dele compõe uma narrativa em imagens de mais da metade do século 20. Em lugares tão distintos como Nikko ou Cairo, Hyères ou Pequim, Bresson perpetuou flagrantes do século moderno em momentos e movimentos marcantes como a morte de Gandhi ou passageiros como o êxtase de um menino olhando a bola que jogou para o alto. A essência dessa narrativa forma uma das maiores retrospectivas dele, Henri Cartier-Bresson: The Modern Century, que o Museum of Modern Art (MoMA), de Nova York, exibe só

mais uma semana, até o dia 28. rante a qual ele passou três anos São 300 fotos feitas entre 1929 e prisioneiro dos nazistas), deu1989, a maior parte cedida pela lhe meios e liberdade para coFundação Cartier-Bresson, de briroquequisesse eondequisesParis. Entre elas há pelo menos se. À entrada das 13 galerias que umas 70 que até agora eram abrigam a exposição no MoMA, há sete mapas traçando os lugabem pouco conhecidas. Bresson começou a viajar pe- res por onde ele passou – quase todaa Europa, Ínlo mundo com 22 dia, Japão, China, anos,quando deiOriente Médio, xou os estudos HÁ UM WEBSITE África, a antiga de pintura efoi viINTERATIVO COM União Soviética e ver como caçador na Costa do TODAS AS FOTOS DA aAméricadoNorte – com o regisMarfim, que ainEXPOSIÇÃO tro das datas e de da era uma colôquantas vezes esnia do seu país, a França. Quando voltou para ca- teve em cada um. Organizada por Peter Galassa e descobriu o que podia fazer com uma Leica portátil, saiu pe- si, chefe do Departamento de los países vizinhos e depois se- Fotografia do MoMA, a exposiguiu para o México, capturando ção é dividida em temas e destaimagens que ficariam entre as ca alguns períodos ou trabalhos especiais na carreira de Bresmelhores de qualquer tempo. son. As duas primeiras seções Liberdade. A Magnum, agência resumem o começo da carreira cooperativa que ele e os amigos dele nadécada de 1930 e introduRobert Capa, George Rodger e zem seu trabalho inicial como David ‘Chim’ Seymour criaram fotojornalista. depois do fim da 2.ª Guerra (duO jovem que se identificava

com as ideias surrealistas começou a usar amaleabilidade e rapidez da Leica como um pintor e seu caderno de esboços, representando com traços simples o máximo do que pudesse exprimir – como na mais do que famosa imagem, de 1932, que mostra o homem saltando uma poça d’água atrás da estação de trens Saint-Lazare, em Paris. Depois da guerra, a magia surrealistadeu lugar a umnovo estilo dele, quase sempre com o enquadramento de um pequeno grupo de pessoas em cenas que contam toda uma história com clareza absoluta. Para ter-se a dimensão da vergonha e do ódio que restaram da guerra, não é preciso muito mais do que uma frase - “mulher que foi informante da Gestapo é denunciada” - para identificar uma foto tirada em abril de 1945 num acampamento de pessoas deslocadas pela guerra, em Dessau, na Alemanha. Antes do domínio da televisão, a maioria das pessoas via o

mundo pelas imagens de revistas e alguns ensaios fotográficos de Bresson foram furos mundiais de reportagem. Em 1958, ele passou quatro meses na China acompanhando o programa de industrialização forçada planejadopor Mao.Mesmo monitorado pelas autoridades, saiu de lá com um fantástico corpo de trabalho. A Life abriu dez páginas em cor (modalidade que o próprio Bresson não gostava, não se dava bem e acabou excluindodoqueconsiderava otrabalho da sua vida) e deu menor atenção àsfotosem pretoe branco. Fora um livreto publicado em 1964, a retrospectiva no MoMA é a primeira apresentação dessas imagens com o valor que Bresson lhes deu ao registrá-las. Retratos. Nas suas voltas pelo

mundo,o fotógrafo que acompanhou “o grande salto adiante” da revolução comunista na China e foi o primeiro profissional do Ocidente a entrar na União Soviética depois da morte de

Stálin, ainda achou tempo para ser um dos grandes retratistas do século 20. Bresson fez perto de mil retratos de pessoas notáveis, a maioria artistas e escritores. Preferia fotografá-las em suas casas e quando lhe perguntavam quanto tempo ele ia demorar para fazer o trabalho, brincava: “Mais do que um dentistae menos doque um psicanalista.” É de se imaginar quem desses dois estava com a mão no disparador ao fotografar Bonnard num cantinho de seu estúdio, Colette e Pauline, sua companheira, em vestidos de bolinhas, Chanel fumando sob uma máscaraveneziana, Carl Jung fumando cachimbo, Sartre numa ponte em meio à névoa, Matisse cercado por gaiolas e pombas, ou Truman Capote meio escondido por folhagens. Como um dos museus que mais utiliza a internet para alcançar o maior público possível, o MoMA produziu um website interativo (www.MoMA. org/cartierbresson) que permite aos visitantes ver todas as imagensexibidas na retrospectiva. Henri Cartier-Bresson: The Modern Century também resultou em um livro publicado pelo museu e distribuído fora dos Estados Unidos pela editora Thames & Hudson.

Política Cultural. Direitos Autorais

EXIBIR FILME ANTIGO? DE GRAÇA, PODE Rafael Moraes Moura BRASÍLIA

É trabalho de detetive. Para dar início à restauração de filmes, a Cinemateca Brasileira lança-se, muitas vezes, em longa jornada em busca dos titulares da obra. No caso das produções que ainda não caíram em domínio público, a autorização do titular é indispensável para a iniciativa de preservação da memória fílmica. Mas há companhias que sumiram do horizonte, proprietários que morreram, direitos que foram vendidos a terceiros, gente que se perdeu de vista e tantas outras dificuldades, que tendem

a ser minimizadas agora, com a proposta do Ministério da Culturacolocada paraconsulta pública apartirda segunda-feirapassada. Com o objetivo de modernizara Lei dos Direitos Autorais,de 1998, o texto disponibilizado na internet (www.cultura.gov.br/ consultadireitoautoral) prevê que a autorização dos titulares não seria mais necessária para a restauração de filmes, nem para exibições em cineclubes – desde que não seja cobrado ingresso, mantendo a finalidade de formação de público. “A lei atual é por demais rígida para usos que são banais por parte da sociedade”, diz o diretor de direitos intelec-

tuais do Ministério da Cultura, importante que possibilita adesMarcos Alves de Souza. complicação operacional”, avaSegundo levantamento da or- lia. Segundo Magalhães, às vezes ganizaçãoConsumersInternatio- são necessários três meses para nal, o Brasil tem a 7.ª pior legisla- localizar o detentor dos direitos, ção de acesso ao conhecimento, o que atrasa a preservação dos entre 34 países pesquisados. Se negativos. Entre 2008 e 2009, a atualizada,acoloCinemateca rescação seria pior, taurou 16 longas e jáqueoChile,oúl230 curtas. BRASIL TEM A 7.ª timo do ranking, O presidente PIOR LEGISLAÇÃO modernizouasua do Conselho Narecentemente. cional de CinecluDE ACESSO AO Para Carlos bes Brasileiros, CONHECIMENTO Magalhães, direClaudinho de Jetor da Cinematesus, frisa que a enca Brasileira, a legislação tem de tidade vai mobilizar associados, acompanhar a dinâmica da vida por meio de internet e fóruns de cultural do País. “É um avanço discussão, no apoio à proposta.

“Já vieram me procurar e oferecer o licenciamento de 52 títulos de clássicos do cinema mundial mediante pagamento de R$ 1,5 mil por ano. Mas não temos fins lucrativos, não somos negócio”, pondera. Cerca de 600 cineclubes são filiados ao conselho. O anteprojeto de lei também pretende trazer mudanças em entidades de gestão coletiva, como o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), composto por 10 associações de música.Ogovernodizqueaarrecadação e distribuição seguiriam sendo feitas por entidades privadas – a novidade é que elas passariam a ser submetidas a uma supervisão. “Não queremos estatizar nada, só queremos transparência”, defendeu o ministro da Cultura, Juca Ferreira.

LEILÃO DA RESIDÊNCIA E DO ACÊRVO DE GUILHERME E MARIA LUIZA D´OREY DE LACERDA SOARES - Projeto Arquitetônico: LINA BO BARDI. EXPOSIÇÃO: DE 16 A 20 DE JUNHO DE 2010, DAS 12h ÀS 21h. Leiloeiro oficial: Reginaldo de Carvalho - Jucesp 457

LEILÃO: DIAS 21 E 22 DE JUNHO DE 2010 (SEGUNDA E TERÇA FEIRA), ÀS 21h - DIA 26 (SÁBADO) ÀS 16 h.

RUA Brig. ARMANDO TROMPOWSKY, 65 altura do Nº 5.000 da Av. Morumbi, (11) 3742-3306 - 3742-3835 - 3743-6380


D8 Caderno2 %HermesFileInfo:D-8:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Guia. Cinema

CLASSIFICAÇÃO DOS FILMES

★ ruim | ★★ regular | ★★★ bom | ★★★★ ótimo

ESTREIAS

EM CARTAZ

Abraço Corporativo ★★★

Alguns Motivos Para Não Se Apaixonar

Brasil/2009, 75 min. Documentário. Dir. Ricardo Kauffman. O consultor de RH Ary Itnem busca a divulgar a Teoria do Abraço na mídia. Segundo ele, ela foi criada para combater uma doença chamada ‘inércia do afastamento’, causada pelo uso em excesso de novas tecnologias. Livre. Belas Artes.

Em Busca de uma Nova Chance The Greatest, EUA/2009, 99 min. Drama. Dir. Shana Feste. Com Carey Mulligan, Susan Sarandon e Pierce Brosnan. A família Brewer passa por uma grande perda: a morte do filho Bennett. A aproximação de Rose, ex-namorada de Bennett, representa mais um obstáculo a enfrentar. 12 anos. Anália Franco, Bourbon, Bristol, Cidade Jardim, Cine Uol Lumière, Eldorado, Frei Caneca Unibanco Arteplex, Iguatemi, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Metrô Santa Cruz, Shopping D, Santana Plaza, SP Market.

A Jovem Rainha Vitória ★★★ The Young Victoria, EUA-Reino Unido/2009, 100 min. Drama. Dir. Jean-Marc Vallée. Com Emily Blunt, Rupert Friend, Paul Bettany. Vitória assume o trono da Inglaterra logo que atinge a maioridade. Como rainha, precisa enfrentar uma crise constitucional e lidar com seus sentimentos, divididos entre o príncipe Albert e o lorde Melbourne. 10 anos. Belas Artes, Bourbon, Cidade Jardim, Cine Sabesp, Cine Tam, Espaço Unibanco, Frei Caneca Unibanco Arteplex, Iguatemi, Jardim Sul, Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Pátio Higienópolis, Cinesesc.

Kick-Ass – Quebrando Tudo ★ Kick-Ass, EUA/2010, 118 min. Ação. Dir. Matthew Vaughn. Com Nicolas Cage, Aaron Johnson e Clark Duke. Dave está cansado de sofrer injustiças nas ruas. Influenciado por gibis, sai pela cidade, vestindo fantasia para enfrentar bandidos. 16 anos. Anália Franco, Bourbon, Bristol, Central Plaza, Eldorado, Frei Caneca Unibanco Arteplex, Jardim Sul, Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Market Place, Metrô Santa Cruz, Metrô Tatuapé, Shopping D, SP Market, Villa-Lobos.

Motivos Para No Enamorarse, Argentina/2008, 90 min. Comédia. Dir. Mariano Mucci. Com Mariana Briski, Celeste Cid e Jorge Marrale. Após ter terminado sua relação com o namorado e mudar do apartamento onde viviam juntos, Clara resolve morar com o misterioso Teo. Apesar de mal se conhecerem, eles firmam um p+acto que garante que nenhum terá amantes. 14 anos. Espaço Unibanco.

Alice no País das Maravilhas ★★★ Alice in Wonderland, EUA/2010, 111 min. Fantasia. Dir. Tim Burton. Com Mia Wasikowska, Johnny Depp, Anne Hathaway e Helena Bonham Carter. Enquanto tenta fugir de um casamento arranjado, Alice acaba caindo na toca do Coelho Branco e é levada ao País das Maravilhas. Lá, ela faz amizade com criaturas estranhas e precisa ajudar a Rainha Branca a vencer o exército da Rainha Vermelha. 10 anos. DUBLADO: Boulevard Tatuapé, Center Norte, Interlagos, Interlar Aricanduva, Metrô Itaquera, Metrô Tatuapé, Plaza Sul, Santana Plaza, SP Market, West Plaza.

Antes da Lua Cheia Niwemang/Half Moon, Áustria-França-Irã-Iraque/2006, 107 min. Drama. Dir. Bahman Ghobadi. Com Golshifteh Farahani, Ismail Ghaffari e Farzin Sabooni. Com a queda de Saddam Hussein, o músico Mamo pode voltar a tocar. Ele recebe autorização para se apresentar no Iraque. Mamo, então, sai em turnê, ignorando os avisos do ancião da sua aldeia – que diz que algo terrível lhe acontecerá. 14 anos. Frei Caneca Unibanco Arteplex.

Ao Sul da Fronteira ★★★ South of the Border, EUA/2009, 102 min. Documentário. Dir. Oliver Stone. O filme é um registro da viagem de Stone pela América Latina, onde o diretor conversou com importantes líderes, como Hugo Chávez, Evo Morales, Luiz Inácio Lula da Silva, Raul Castro e Christina Kirchner. 12 anos. Cinesesc.

Patrick 1.5

Aproximação ★★★★

Patrick 1,5, Suécia/2008, 103 min. Comédia. Dir. Ella Lemhagen. Com Gustaf Skarsgård, Torkel Petersson e Thomas Ljungman. Göran e Sven são um casal gay que decide adotar uma criança. 12 anos. Cinesesc, Frei Caneca Unibanco Arteplex.

Disengagement, Alemanha-Itália-Israel-França/2007, 115 min. Drama. Dir. Amos Gitai. Com Juliette Binoche, Liron Levo, Jeanne Moreau. Após a morte de seu pai, Ana decide tentar encontrar a filha, que abandonou quando era adolescente. A busca a leva a Israel, no momento em que as tropas do país se retiram da Faixa de Gaza. 12 anos. Belas Artes.

O Profeta ★★★★ Un Prophète, França/2009, 155 min. Drama. Dir. Jacques Audiard. Com Tahar Rahim, Niels Arestrup. Malik é condenado a seis anos de prisão. Na cadeia, recebe ordens e missões do líder de uma gangue. 18 anos. Cine Bombril, Espaço Unibanco, Cinesesc.

Toy Story 3 ★★★★ EUA/2010, 113 min. Animação. Dir. Lee Unkrich. Vozes de Tom Hanks, Tim Allen, Michael Keaton e Joan Cusack na versão original. Quando o jovem Andy vai para a faculdade, decide doar seus brinquedos para uma creche. Livre. DUBLADO: Anália Franco (3D), Boavista, Boulevard Tatuapé, Bourbon (Imax – 3D), Bristol (3D), Butantã, Campo Limpo (3D), Center Norte (3D), Central Plaza (3D), Cidade Jardim (3D), Cine Tam (3D, Eldorado (3D), Frei Caneca Unibanco Arteplex (3D, Iguatemi (3D), Interlagos (3D), Interlar Aricanduva (3D), Itaim Paulista, Jardim Sul (3D), Kinoplex Itaim (3D), Kinoplex Vila Olímpia (3D), Lapa, Marabá (3D), Market Place (3D), Metrô Itaquera (3D), Metrô Santa Cruz (3D), Metrô Tatuapé (3D), Pátio Higienópolis (3D), Pátio Paulista Cinemark (3D), Penha, Plaza Sul (3D), Santana Plaza (3D), Shopping D (3D), SP Market (3D), Villa-Lobos (3D), West Plaza. LEGENDADO: Anália Franco (3D), Bourbon (Imax – 3D), Bristol (3D), Central Plaza (3D), Cidade Jardim (3D), Cine TAM (3D, Eldorado (3D), Frei Caneca Unibanco Arteplex (3D, Iguatemi (3D), Jardim Sul (3D), Kinoplex Itaim (3D), Kinoplex Vila Olímpia (3D), Market Place (3D), Metrô Santa Cruz (3D), Pátio Higienópolis (3D), Pátio Paulista Cinemark (3D), Santana Plaza (3D), Shopping D (3D), SP Market (3D), Villa-Lobos (3D).

Cartas para Julieta★★ Letters To Juliet, EUA/2010, 105 min. Romance. Dir. Gary Winick. Com Amanda Seyfried, Gael García Bernal e Vanessa Redgrave. Em viagem à Itália, Sophie descobre que mulheres com problemas amorosos deixam cartas endereçadas a Julieta em um muro, pedindo conselhos. Sophie encontra uma mensagem escrita há cinquenta anos e decide ajudar sua autora a encontrar seu amor do passado. 10 anos. Anália Franco, Boulevard Tatuapé, Bourbon, Bristol, Central Plaza, Cidade Jardim, Cine Bombril, Frei Caneca Unibanco Arteplex, Iguatemi, Interlagos, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Market Place, Metrô Santa Cruz, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista Cinemark, Penha, Shopping D, SP Market, Villa-Lobos.

Deu a Louca nos Bichos ★ Furry Vengeance, EUA/2010, 92 min. Comédia. Dir. Roger Kumble. Com Brendan Fraser, Brooke Shields e Ken Jeong. Dan quer construir um conjunto habitacional em uma área florestal. Mas precisa enfrentar um grupo de animais, que fará de tudo para impedir que a floresta seja destruída. Livre. DUBLADO: Anália Franco, Gemini, Jardim Sul.

Direito de Amar ★★★ A Single Man, EUA/2009, 101 min Drama. Dir. Tom Ford. Com Colin Firth e Julianne Moore. George é um professor de inglês que vive

DIVULGAÇÃO

em Los Angeles, nos anos 60, e decide se matar após a morte repentina de seu companheiro. O filme narra o seu suposto último dia de vida. 14 anos. Metrô Tatuapé.

Elevado 3.5 ★★★ Brasil/2007, 72 min. Documentário. Dir. João Sodré, Maíra Bühler e Paulo Pastorelo. O filme retrata a vida de pessoas que moram ou trabalham perto do Minhocão, famosa via elevada paulistana. 10 anos. Espaço Unibanco.

Rita Cadillac – A Lady do Povo

★★★ Brasil/2007, 77 min. Documentário. Dir. Toni Venturi. Mostra o dia a dia de Rita Cadillac e depoimentos de amigos e conhecidos da ex-chacrete. 18 anos. Espaço Unibanco.

Em Teu Nome ★★ Brasil/2009, 100 min. Drama. Dir. Paulo Nascimento. Com Leonardo Machado, Fernanda Moro e Marcos Paulo. O filme retrata a Ditadura Militar brasileira através da história do estudante Boni, que decide se juntar à luta armada para protestar contra o regime opressor. 14 anos. Bourbon, Espaço Unibanco, Frei Caneca Unibanco Arteplex.

Ervas Daninhas ★★ Les Herbes Folles, França-Itália/2009, 104 min. Drama. Dir. Alain Resnais. Com Sabine Azéma, André Dussollier, Anne Consigny. Marguerite tem a sua bolsa roubada ao sair de uma loja. Mais tarde, a sua carteira é encontrada em um estacionamento por George, que passa a se interessar pela dona do objeto. 14 anos. Gemini.

O Escritor Fantasma ★★★★ The Ghost Writer, Alemanha-EUA/2010, 128 min. Drama. Dir. Roman Polanski. Com Ewan McGregor, Pierce Brosnan e Tom Wilkinson. Um escritor é contratado para redigir um livro sobre as memórias de Adam Lang, primeiro-ministro da Inglaterra. Durante a pesquisa biográfica, contudo, ele descobre segredos do passado do político que podem colocar sua vida em risco. 12 anos. Belas Artes, Bourbon, Espaço Unibanco, Frei Caneca Unibanco Arteplex, Reserva Cultural.

Esquadrão Classe A ★★ The A-Team, EUA/2010, 121 min. Aventura. Dir. Joe Carnahan. Com Liam Neeson, Bradley Cooper e Jessica Biel. Quatro integrantes de grupo paramilitar escapam da prisão e passam a viver como mercenários. Baseado em série de TV dos anos 80. 12 anos. DUBLADO: Boavista, Butantã, Campo Limpo, Center Norte, Continental, Interlagos, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Lapa, Marabá, Metrô Itaquera, Metrô Santa Cruz, Metrô Tatuapé, Penha, Plaza Sul, Shopping D, SP Market, West Plaza. LEGENDADO: Anália Franco, Boulevard Tatuapé, Bourbon, Bristol, Central Plaza, Cidade Jardim, Eldorado, Iguatemi, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Market Place, Metrô Santa Cruz, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista Cinemark, Santana Plaza, SP Market, Villa-Lobos.

A Fita Branca ★★★★ Das Weisse Band – Eine Deutsche Kindergeschichte,Alemanha-Áustria-França-Itália/2009, 144 min. Drama. Dir. Michael Haneke. Com Christian Friedel, Ernst Jacobi, Leonie Benesch. No ano de 1913, uma pequena cidade da Alemanha começa a presenciar estranhos eventos: um celeiro é incendiado, um médico cai em uma armadilha e duas crianças são sequestradas e torturadas. Cabe ao professor do coro infantil tentar entender esses mistérios. 16 anos. Belas Artes, Gemini.

Brasil/2010, 104 min. Comédia. Dir. Sérgio Machado. Com Paulo José, Marieta Severo, Mariana Ximenes e Vladimir Brichta. Quincas gosta de frequentar bares e bordéis. Quando ele morre, a família resolve ignorar suas farras e organizar um funeral tradicional. Mas os amigos de Quincas têm outro plano: levar o corpo para uma última noite de diversão. Baseado na obra de Jorge Amado. 14 anos. Espaço Unibanco, Frei Caneca Unibanco Arteplex, Pátio Paulista Playarte.

Robin Hood ★★★

O Profeta. O ator Tahar Rahim em cena do filme de Audiard Les Deux de La Vague, França/2009, 91 min. Documentário. Dir. Emmanuel Laurent. Os cineastas Jean-Luc Godard e François Truffaut são as personalidades destacadas neste filme, que celebra os cinquenta anos da Nouvelle Vague – movimento artístico do cinema francês. 14 anos. Reserva Cultural.

O Golpista do Ano ★★ I Love You Phillip Morris, EUA/2008, 102 min. Comédia. Dir. Glenn Ficarra e John Requa. Com Jim Carrey, Ewan McGregor e Rodrigo Santoro. Steven Russel resolveu assumir sua homossexualidade. Ele começa a exigir uma vida de mordomias e passa a agir como um golpista. 16 anos. Anália Franco, Belas Artes, Bourbon, Bristol, Frei Caneca Unibanco Arteplex, Jardim Sul, Metrô Santa Cruz.

Hanami – Cerejeiras em Flor

★★★★ Kirschblüten – Hanami, Alemanha–França/2008, 127 min. Drama. Dir. Doris Dörrie. Com Elmar Wepper e Hannelore Elsner. Trudi fica sabendo que seu marido Rudi tem pouco tempo de vida. Mas, sem contar nada, ela decide fazer com que Rudi aproveite com alegria o tempo que lhe resta. Um incidente muda o curso da história. 14 anos. Frei Caneca Unibanco Arteplex.

Índia, Amor e Outras Delícias Nina's Heavenly Delights, Inglaterra/2006, 94 min. Comédia. Dir. Pratibha Parmar. Com Shelley Conn, Laura Fraser e Ronny Jhutti. Nina é uma jovem indo-escocesa que herdou o restaurante do pai. Ela resolve inscrever o estabelecimento em um concurso, para provar que pode ser uma boa chef. Só não imaginava que se apaixonaria por sua sócia, Lisa. 14 anos. Belas Artes, Frei Caneca Unibanco Arteplex.

Mademoiselle Chambon ★★★ França/2009, 101 min. Drama. Dir. Stéphane Brizé. Com Vincent Lindon e Sandrine Kiberlain. Jean é um pai de família que tem uma vida tranquila. Mas isso muda quando ele se vê atraído pela professora de seus filhos, Mademoiselle Chambon. 12 anos. Cine Uol Lumière, Reserva Cultural.

★★★★ Brasil/2009, 107 min. Drama. Dir. Laís Bodanzky. Com Francisco Miguez, Caio Blat, Paulo Vilhena e Denise Fraga. A história de Mano, um garoto que passa por experiências e confusões típicas da adolescência. Inspirado na série de livros de Gilberto Dimenstein e Heloisa Pietro. 14 anos. Espaço Unibanco, Interlagos, Interlar Aricanduva, Santana Plaza, SP Market.

Olhos Azuis ★★ Brasil/2010, 111 min. Drama. Dir. José Joffily. Com David Rache, Cristina Lago e Irandhir Santos. Marshall trabalha no Departamento de Imigração de um aeroporto nova-iorquino. 16 anos. Jardim Sul.

Pânico na Neve Frozen, EUA/2010, 94 min. Drama. Dir. Adam Green. Com Emma Bell, Ed Ackerman e Rileah Vanderbilt. Três amigos viajam para esquiar na neve. 14 anos. Gemini, Marabá, Pátio Paulista, Plaza Sul.

Plano B ★★ The Back-Up Plan, EUA/2010, 106 min. Comédia Romântica. Dir. Alan Poul. Com Jennifer Lopez, Alex O'Loughlin e Michaela Watkins. Zoe cansou de esperar pelo homem perfeito e fez inseminação artificial. 12 anos. Boavista, Campo Limpo, Interlagos, Metrô Itaquera, Metrô Tatuapé, Penha, Shopping D. LEGENDADO: Anália Franco, Bourbon, Bristol, Central Plaza, Cidade Jardim, Eldorado, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Kinoplex Itaim, Kinoplex Vila Olímpia, Market Place, Metrô Santa Cruz, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista Cinemark, Santana Plaza, SP Market, Villa-Lobos.

EUA/2010, 140 min. Aventura. Dir. Ridley Scott. Com Russell Crowe, Cate Blanchett e Mark Strong. 14 anos. DUBLADO: Continental. LEGENDADO: Bourbon, Marabá.

O Segredo dos seus Olhos ★★★ El Secreto de sus Ojos, Argentina-Espanha/2009, 127 min. Drama. Dir. Juan José Campanella. Com Ricardo Darín e Soledad Villamil. Uma mulher é assassinada em Buenos Aires. Mas seu assassino é logo solto, por um erro da justiça. . 14 anos. Belas Artes.

Um Segredo em Família ★★★ Un Secret, França/2007, 105 min. Drama. Dir. Claude Miller. Com Cécile De France, Patrick Bruel, Ludivine Sagnier, Julie Depardieu. François, garoto solitário de 15 anos, descobre um segredo sobre o passado de seus pais que envolve o nazismo e a deportação dos judeus.14 anos. Villa-Lobos.

Sempre Bela ★★★★ Belle Toujours, França-Portugal, 70 min. Drama. Dir. Manoel de Oliveira. Com Michel Piccoli e Bulle Ogier. Retoma personagens do longa ‘A Bela da Tarde’, 14 anos. Cinesesc.

Sex and the City 2 ★★ EUA/2010, 146 min. Comédia. Dir. Michael Patrick King. Com Sarah Jessica Parker, Kristin Davis, Cynthia Nixon, Kim Cattrall e Penélope Cruz. Samantha, Charlotte, Miranda e Carrie se sentem desgastadas pela suas vidas de casadas e responsabilidades maternas. Elas decidem, então, quebrar a rotina e viajar ao Oriente Médio. 14 anos. Bourbon, Bristol, Cine TAM, Iguatemi, Jardim Sul, Market Place, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista Cinemark, Pátio Paulista Playarte, Plaza Sul, Villa-Lobos.

O Preço da Traição Chloe, Canadá-EUA-França/2009, 99 min. Drama. Dir. Atom Egoyan. Com Julianne Moore, Liam Neeson e Amanda Seyfried. O relacionamento de Catherine e David vai bem, até que ela passa a suspeitar de que o marido a trai. Catherine decide, então, contratar uma garota de programa para seduzir David e testar sua fidelidade. 16 anos. Gemini.

Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo ★★★

Tudo Pode Dar Certo ★★★ Whatever Works, EUA/2009, 92 min. Comédia. Dir. Woody Allen. Com Larry David, Evan Rachel Wood, Ed Begley Jr. e Patricia Clarkson. Boris é um velho mal-humorado e acostumado a insultar as pessoas. Mas isso muda quando ele resolve abrigar uma menina de 21 anos em sua casa. 14 anos. Belas Artes, Espaço Unibanco, Pátio Paulista Playarte, Reserva Cultural.

A Última Música ★★

Mary and Max, Austrália/2009, 93 min. Animação. Dir. Adam Elliot. O filme fala da amizade entre Mary, uma menina solitária de 8 anos, e Max, um homem de 40anos que vive sozinho em NY. Livre. Belas Artes, Metrô Santa Cruz.

Prince of Persia: The Sands of Time, EUA/2010, 116 min. Aventura. Dir. Mike Newell. Com Jake Gyllenhaal, Gemma Arterton, Ben Kingsley e Alfred Molina. Injustamente afastado do trono, o Príncipe Dastan precisa recuperar o poder e proteger uma antiga adaga mágica, capaz de fazer o tempo retroceder. 12 anos. DUBLADO: Anália Franco, Boavista, Butantã, Campo Limpo, Center Norte, Central Plaza, Continental, Eldorado, Interlagos, Interlar Aricanduva, Itaim Paulista, Jardim Sul, Lapa, Marabá, Metrô Itaquera, Metrô Santa Cruz, Metrô Tatuapé, Penha, Plaza Sul, Santana Plaza, Shopping D, SP Market. LEGENDADO: Anália Franco, Boulevard Tatuapé, Bourbon, Bristol, Central Plaza, Cidade Jardim, Cine Tam, Eldorado, Frei Caneca Unibanco Arteplex, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Kinoplex Vila Olímpia, Market Place, Metrô Santa Cruz, Metrô Tatuapé, Pátio Higienópolis, Pátio Paulista Cinemark, Santana Plaza, Shopping D, SP Market, Villa-Lobos.

Godard, Truffaut e a Nouvelle Vague ★★★

As Melhores Coisas do Mundo

Quincas Berro D’Água ★★★

Brasil/2009, 71 min. Drama. Dir. Marcelo Gomes e Karim Aïnouz. Construido de forma experimental, o filme usa imagens do Nordeste registradas em formatos variados para contar a história de um geólogo que faz uma viagem de trabalho, enquanto relembra seu amor. 14 anos. Cine Bombril, Espaço Unibanco, Frei Caneca Unibanco Arteplex.

3D De R$ 9 a R$ 18. ● 1 (238 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. 17h00 / 19h30. ● 2 (298 lug.). Plano B - 12a. - 16h30 / 20h00. ● 3* ( 354lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 16h30 / 19h00 / 21h30. ● 4 (356 lug.).Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 17h30 / 21h00. ● 5 (328 lug.).Toy Story 3 - dub. - L. - 15h30 / 18h00 / 20h30. ★ Center Norte - Cinemark Trav. Casalbuono, 127, V. Guilherme. 2252-2395. De R$ 14 a R$ 25. ● 1 (325 lug.).Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50 / 21h30. ● 2 (256 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 11h20 / 14h05 / 16h50 / 19h35 / 22h10. ● 3 (260 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 11h10 / 13h45 / 16h30 / 19h10 / 22h00. ● 4 (224 lug.). Alice No País Das Maravilhas - dub. - 10a. - 12h20 / 15h00. Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 17h30 / 19h55 / 22h20. ● 5 (316 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ★ Centerplex Lapa R. Catão, 72, Lapa. 4005-9080. De R$ 8 a R$ 14. ● 1 (291 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 16h10 / 18h30 / 21h00. ● 2 (151 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - L. - 16h00 / 18h50 / 21h15. ● 3 (151 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 15h00 / 18h00. Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 20h50. ★ Central Plaza - Cinemark Av. Dr. Francisco Mesquita, 1.000, Ipiranga. 2914-7859. De R$ 11 a R$ 23. ● 1 (320 lug.). Plano B - 12a. - 11h25 / 13h45 / 16h05 / 18h25 / 20h45. ● 2 (361 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 12h00 / 14h40 / 18h00 / 20h40. ● 3 (152 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 11h10 / 13h50 / 16h25 / 19h05 / 21h45. ● 4 (118 lug.). Esquadrão Classe A 12a. - 11h05 / 13h40 / 16h15 / 18h55 / 21h35. ● 5 (151 lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 12h55 / 15h20 / 17h40 / 20h00 / 22h20. ● 6 (98 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h30 / 14h00 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ● 7 (270 lug.). Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 12h25 / 15h00 / 17h25 / 19h50 / 22h15. ● 8(266 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h05 / 13h35 / 16h20 / 19h00 / 21h40. ● 9 (278 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ● 10 (486 lug.). Toy Story 3 - dub. L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ★ Cidade Jardim - Cinemark - Salas Bradesco Prime Av. Magalhães de Castro, 12.000. 3552-1800. De R$ 37 a R$ 49. ● 1 (127 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 18h00 / 20h40. ● 2 (97 lug.). Plano B - 12a. - 11h10 / 13h40 / 16h20 / 19h00 / 21h20. ●3 (72 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. - 11h30 / 14h00 / 16h30 / 19h10 / 21h40. ●4 (82 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 13h00 / 15h20 / 17h50 / 20h20. ★ Cidade Jardim - Cinemark Av. Magalhães de Castro, 12.000. 3552-1800 De R$ 18 a R$ 29.(*) 3D De R$ 25 a R$ 28. ● 5(181 lug.). Esquadrão Classe A - 12a. - 12h00 / 14h40 / 17h20 / 20h10. ●6 (219 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 15h00 / 20h30. Cartas para Julieta - 10a. - 12h20 / 17h40. ●7*(274 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ★ Continental Av. Leão Machado, 100, Pq. Continental. 3765-3774. De R$ 8 a R$ 14. Sessão Pipoca: R$ 6. ● 1 (360 lug.).Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. 14h30 / 17h00. Robin Hood - dub. - 12a. - 20h30. ● 2 (380 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 14h00 / 16h30 / 19h00 / 21h30. ★ Eldorado - Cinemark Av. Rebouças, 3.970, Pinheiros. 2197-7470. De R$ 15 a R$ 27. ● 1 (372 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 2 (265 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 12h10 / 14h50 / 17h30 / 20h10. ● 3 ( 265 lug.). Plano B - 12a. - 11h50 / 14h10 / 16h30 / 19h00 / 21h20. ● 4 (265 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 11h10 / 13h40 / 16h20 / 19h10 / 21h55. ● 5 (265 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h40 / 14h15 / 16h50 / 19h30 / 22h10. ● 6 (265 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 12h50 / 15h20 / 17h40 / 20h00 / 22h20. ● 7 (187 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 15h00. Esquadrão Classe A - 12a. - 12h20 / 17h10 / 19h50 / 22h30. ● 8 ( 297 lug.). Fúria de Titãs 3D - 14a. - 22h00. Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h30 / 14h00 / 16h40 / 19h20. ● 9 (297 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 13h00 / 15h40 / 18h20. Legendado 21h00. ★ Frei Caneca Shopping - Unibanco Arteplex R. Frei Caneca, 569, Cerqueira Cesar. 3472-2365. De R$ 16 a R$ 20. 4ª R$ 12. 3D R$ 22 a R$ 24. ● 1 (268 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. 14h00 / 16h30. Legendado 19h00 / 21h30. ● 2 (234 lug.). O Golpista do Ano 16a. - 14h50 / 17h20 / 19h40 / 22h00. ● 3 (181 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. - 14h40 / 17h00 / 19h20 / 21h40. ● 4 (103 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. 14h00 / 16h00 / 20h00 / 22h00. Índia, Amor e Outras Delícias - 12a. 18h00. ● 5 (103 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 14h00 / 16h30. Antes da Lua Cheia - 14a. - 19h00 / 21h30. ● 6 (125 lug.). Patrik 1.5 - 12a. 14h00 / 16h00 / 18h00 / 20h00 / 22h00. ● 7 (103 lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 14h00 / 19h00. O Escritor Fantasma - 12a. - 16h30 / 21h30. ● 8 (103 lug.). Hanami - Cerejeiras em Flor L. 14h00. Em Teu Nome - 14a. 16h20. Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo - 14a. 18h20. Quincas Berro D’Água - 14a. - 20h00 / 22h00. ● 9 (125 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. 14h10 / 16h40 / 19h10 / 21h40. ★ Iguatemi - Cinemark Av. Brig. Faria Lima, 2.232, Jd. Paulistano. 3815-8713. De R$ 18 a R$

29. Poltronas numeradas. ● 1 (266 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ● 2 (129 lug.). Sex and The City 2 - 14a. - 11h50 / 17h40. Esquadrão Classe A - 12a. - 15h00 / 20h45. ● 3 (131 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. - 12h20 / 14h50 / 17h20 / 19h50 / 22h10. ● 4 (140 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 11h30 / 13h50 / 16h15 / 18h45 / 21h15. ● 5 (140 lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 11h40 / 14h10 / 16h30 / 19h10 / 21h50. ● 6 (172 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 18h00 / 20h30. ★ Interlagos - Cinemark Av. Interlagos, 2.255, V. Inglesa. 5565-2570. De R$ 10 a R$ 15. (*) 3D De R$ 18 a R$ 21. ● 1 (201 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 2* (294 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50 / 21h30. ● 3 (207 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 11h10 / 13h55 / 16h30 / 19h05 / 21h40. ● 4 (208 lug.). Plano B dub. - 12a. - 11h20 / 13h40 / 16h00 / 18h20 / 20h40. ● 5 (161 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 12h20 / 15h05 / 17h40 / 20h20. ● 6 (201 lug.). Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 11h50 / 14h20 / 16h50 / 19h25 / 21h50. ●7 (212 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h30 / 14h00 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ● 8 (197 lug.).A Última Música - 10a. - 14h40 / 19h30 / 21h55. As Melhores Coisas do Mundo - 14a. - 12h10 / 17h05. ● 9 (125 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 11h15 / 13h50 / 16h45 / 19h35 / 22h10. ● 10 (119 lug.). Alice no País das Maravilhas - dub. - 10a. - 12h25 / 15h00. Cartas para Julieta - 10a. - 17h30 / 19h55 / 22h15. ★ Interlar Aricanduva - Cinemark Av. Aricanduva, 5.555, Aricanduva. 3444-2564. De R$ 10 a R$ 22. ●1 (176 lug.). Plano B - 12a. - 12h10 / 14h35 / 16h55 / 19h10 / 21h25. ● 2 (177 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h45 / 16h50 / 21h50. As Melhores Coisas do Mundo - 14a. - 14h20 / 19h25. ● 3 (192 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a.- 12h55 / 15h30 / 18h10 / 20h45. ● 4 (133 lug.). Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 14h10 / 16h45 / 19h15 / 21h45. A Última Música 10a. - 11h35. ● 5 (134 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 11h20 / 13h20. Cartas para Julieta - 10a. - 15h35 / 18h05 / 20h35. ● 6 (206 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 13h00 / 15h40 / 18h20 / 21h00. ● 7 (117 lug.).Alice No País Das Maravilhas - dub. - 10a. - 12h15 / 15h00 / 17h20 / 19h50. Esquadrão Classe A - 12a. - 22h15. ● 9 (178 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h30 / 14h00 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ● 10* (520 lug.). Toy Story 3 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50 / 21h30. ● 11 (239 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 12 (237 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 11h40 / 14h30 / 17h05 / 19h45 / 22h20. ● 13 (189 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 11h50 / 14h15 / 16h35 / 19h00 / 21h15. ● 14 (268 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. 11h10 / 13h45 / 16h20 / 18h55 / 21h35. ★ Jardim Sul - UCI Av. Giovanni Gronchi, 5.830, Morumbi. 2164-7711. De R$ 15 a R$ 20. (*)3D De R$ 21a R$ 24 . Poltronas numeradas.1* (249 lug.). Toy Story 3 - 3D - dub. - L. - 14h25 / 16h50 / 19h15. Legendado 21h40. ● 2 (165 lug.). A Última Música - 10a. - 14h35 / 19h10. Cartas Para Julieta - 10a. - 16h55 / 21h35. ● 3 (191 lug.). Deu a Louca nos Bichos - dub. - L. 15h45. A Jovem Rainha Vitória - 13h30 / 18h00 / 20h15 / 22h30. ● 4 (239 lug.). Kick-Ass - Quebrando Tudo - 16a. - 13h50 / 16h20 / 18h50 / 21h20. ● 5 (228 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 14h40 / 16h50 / 19h00 / 21h10. ● 6 (228 lug.). Plano B - 12a. - 15h00 / 17h15 / 19h30 / 21h45. ● 7 (177 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 17h00. Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 14h30. Legendado 19h00 / 21h30. ● 8 (165 lug.). Fúria de Titãs - 14a. - 13h10 / 15h25. O Golpista do Ano - 16a. 17h40 / 19h50. Sex and the City 2 - 14a. - 22h00. ● 9 (413 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 13h00 / 15h20 / 17h40 / 20h00 / 22h20. ● 10 (191 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 14h55 / 17h25. Olhos Azuis 16a. - 19h55 / 22h10. ● 11 (235 lug.). Esquadrão Classe A - 12a - 13h20 / 15h50 / 18h20 / 20h50. ★ Kinoplex Vila Olímpia R. Olimpíadas, 360, V. Olímpia. De R$ 18 a R$ 23. (*)3D De R$ 26 a R$ 29. (*) VIP De R$ 37 a R$ 49. ● 1 (125 lug.). Plano B - 12a. - 14h30 / 19h10. Cartas para Julieta - 10a. - 16h50 / 21h40. ● 2 (125 lug.). Esquadrão Classe A - 12a. - 13h50 / 18h50. Príncipe da Pérsia - 12a. - 16h20 / 21h20. ● 3 (144 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 13h40 / 16h10 / 18h40 / 21h10. ● 4* (176 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 13h30 / 16h00 / 18h30. Legendado 21h00. ● 5 (189 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 14h00 / 16h30 / 19h00 / 21h30. ● 6* (98 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 14h10 / 16h30 / 18h50 / 21h00. ● 7* (98 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. - 14h20 / 16h40 / 19h00 / 21h20. ★ Market Place - Cinemark R. Dr. Chucri Zaidan, 920, V. Cordeiro. 3048-7405. De R$ 15 a R$ 28. Poltronas numeradas. ● 1 (201 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 2 (369lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50 / 21h30. ● 3 (261 lug.). Plano B - 12a. - 11h40 / 14h05 / 16h30 / 18h55 / 21h20. ● 4 (180 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 12h50 / 15h40 / 18h20 / 21h00. ● 5 (180 lug.). Esquadrão Classe A - 12a. - 12h40 / 15h30 / 18h25 / 21h10. ● 6 (217 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h30 / 14h00 / 16h40 / 19h20. Legendado 22h00. ● 7 (134 lug.). Sex and The City 2 - 14a. - 11h50 / 15h00. Cartas para Julieta - 10a. - 18h10 / 20h40. ● 8 (219 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h10 / 13h40 / 16h20 / 19h00 / 21h40. ★ Metrô Santa Cruz - Cinemark

R. Domingos de Morais, 2.564, V. Mariana. 3471-8070. De R$ 13 a R$ 25. ● 1 (210 lug.). Mary & Max - 12a. - 14h00. Príncipe da Pérsia - 12a. 11h20 / 16h20 / 19h00 / 21h40. ● 2 (202 lug.). Esquadrão Classe A dub. - 12a. - 12h50 / 15h30. Legendado 18h20 / 21h10. ● 3 (268 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 12h40 / 15h20 / 18h00 / 20h40. ● 4 (206 lug.).Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 11h05 / 13h35 / 16h05 / 18h40 / 21h20. ● 5 (203 lug.). A Última Música - 10a. - 15h00. Em Busca De Uma Nova Chance - 12a. - 12h45 / 17h30 / 19h50 / 22h10. ● 6 (206 lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 11h25 / 13h50 / 16h15 / 18h35 / 21h00. ● 7 (260 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ● 8 (230 lug.). Plano B - 12a. - 11h10 / 13h40 / 16h00 / 18h30 / 20h50. ● 9 (173 lug.). Fúria de Titãs - 14a. 14h40 / 19h30. O Golpista do Ano - 16a. - 12h20 / 17h10 / 21h50. ● 10 (345 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 11 (206 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h30 / 14h05 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ★ Metrô Boulevard Tatuapé - Cinemark Rua Gonçalves Crespo s/n, Tatuapé. 2295-4006. De R$ 10 a R$ 16. ● 1 (251 lug.). Cartas Para Julieta - 10a. - 12h00 / 14h30 / 17h05 / 19h30 / 21h50. ● 2 (240 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h20 / 14h00 / 16h30 / 19h00 / 21h40. ● 3 (373 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50 / 21h30. ● 4 (240 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h40 / 20h30. ● 5 (193 lug.). Alice No País Das Maravilhas dub. - 10a. - 12h20 / 15h00. Esquadrão Classe A - 12a. - 17h20 / 19h55 / 22h20. ★ Metrô Itaquera - Cine Box Av. José Pinheiro Borges, s/nº, Itaquera. 4005-9050.De R$ 9 a R$ 19. 3D R$ 21. ● 1 (427 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 15h00 / 17h30 / 20h00. ● 2 (395 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 13h20 / 16h10 / 18h45 / 21h25. ● 3 (322 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 13h30 / 16h00 / 18h30 / 21h00. ● 4 (294 lug.). Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 14h00 / 16h20 / 18h40 / 21h05. ● 5 (315 lug.). Plano B - dub. - 12a. - 14h30 / 16h50 / 19h10 / 21h30. ● 6 (164 lug.). A Última Música - 10a. - 13h50 / 16h15. Homem de Ferro 2 - dub. - 12a. - 18h35 / 21h10. ● 7 (208 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 13h45 / 15h25 / 19h00 / 21h40. ● 8 (254 lug.). Alice No País Das Maravilhas - dub. - 10a. - 14h10 / 16h30 / 18h50 / 21h15. ★ Metrô Tatuapé - Cinemark Av. Radial Leste, s/nº, Tatuapé. 2092-9237. De R$ 10 a R$ 23. ● 1 (273 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h30 / 14h10 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ● 2 (149 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 3 (116 lug.). Direito de Amar - 14a. - 14h00. Plano B - dub. - 12a. - 11h20 / 15h45 / 18h05 / 20h20. ● 4 (184 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. 12h00 / 14h40 / 17h10 / 19h40 / 22h10. ● 5 (107 lug.). Alice No País Das Maravilhas - dub. - 10a. - 12h35 / 15h00. Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 17h20 / 19h35 / 21h50. ● 6 (103 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 12h50 / 18h00. Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 15h20 / 20h35. ● 7 (189 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 13h10 / 16h00 / 18h30 / 21h00. ● 8 (252 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50 / 21h30. ★ Morumbi Cine TAM Av. Roque Petroni Junior, 1.089, Brooklin. 5189-4656. De R$ 16 a R$ 18. 4ª R$ 14. 3D De R$ 24 a R$ 26. ● 1 (248 lug.). Príncipe da Pérsia 12a. - 14h00 / 16h30 / 19h00. Sex and The City 2 - 14a. - 21h15. ● 2 (207 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. 13h10 / 15h20 / 17h30 / 19h40 / 21h50. ● 3 (246 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. 13h30 / 16h00 / 18h30. Legendado 21h00. ● 4 (227 lug.). Marmaduke - L. - 13h20 / 15h30. Cartas para Julieta - 10a. - 17h40 / 19h50 / 22h00. ★ Pátio Higienópolis - Cinemark Av. Higienópolis, 646, Higienópolis. 3823-2875. De R$ 16 a R$ 27. ● 1 (113 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. - 12h10 / 14h40 / 17h10 / 19h30 / 21h50. ● 2 (116 lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 11h05 / 13h25 / 16h00 / 18h30 / 21h00. ● 3 (110 lug.). Sex and The City 2 - 14a. - 13h45 / 19h20. Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h10 / 16h45 / 22h20. ● 4 (96 lug.). Plano B - 12a. - 12h20 / 17h40. Esquadrão Classe A - 12a. - 15h00 / 20h00. ● 5 (208 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 6 (217 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ★ Pátio Paulista - Cinemark R. Treze de Maio, 1947, Arco 501, Paraíso 3262-4065. De R$ 14 a R$ 27. ● 1 (216 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ● 2 (214 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 3 (214 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h20 / 14h10 / 16h50 / 19h30 / 22h20. ● 4 (214 lug.). Cartas para Julieta 10a. - 11h10 / 13h40 / 16h00 / 18h30 / 21h10. ● 5 (214 lug.). Plano B 12a. - 12h10 / 14h40 / 17h10 / 19h40 / 22h10. ● 6 (178 lug.). Toy Story 3 dub. - L. - 11h30 / 14h00 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ● 7 (158 lug.). Esquadrão Classe A - 12a. - 12h20 / 18h20. Sex And The City 2 - 14a. - 15h00 / 21h00. ★ Pátio Paulista - Playarte R. Treze de Maio, 1.974. Paraíso. 5053-6934 . De R$ 8 a R$ 14. ● 1 (265 lug.). Sex And The City 2 - 14a. - 12h40 / 15h30 / 18h20 / 21h10. ● 4 (186 lug.). Tudo Pode Dar Certo - 12a. - 16h10. Quincas Berro D’Água 14a. - 14h10 / 18h30. Pânico na Neve - 14a. - 20h40.

★ Penha R. Dr. João Ribeiro, 304, Penha. 2091-6300. De R$ 9 a R$ 14. ● 1 (120 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 15h30 / 17h30. Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 19h20 / 21h40. ● 2 (92 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 16h40 / 21h20. Cartas para Julieta - 10a. - 14h30 / 19h15. ● 3 (166 lug.). Plano B - dub. - 12a. - 14h40 / 16h50 / 19h00 / 21h10. ● 4 (172 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 14h20 / 16h45 / 19h10 / 21h30. ● 5 (260 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 14h00 / 16h15 / 18h30 / 20h45. ● 6 (332 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 15h00 / 17h15 / 19h30 / 21h45. ★ Plaza Sul - Playarte Pça Leonor Kauppa, 100. - Jd. da Saúde. 5073-8642. De R$ 12 a R$ 22. ● 1 (140 lug.). Alice No País Das Maravilhas - dub. - 10a. - 13h00. Homem de Ferro 2 - dub. - 12a. - 15h20. Sex and The City 2 - 14a. 20h15.● 2 (263 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 12h20 / 14h40 / 17h00 / 19h20 / 21h40. ● 3 (140 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 13h15 / 15h15 / 17h15 / 19h15. Pânico na Neve - 14a. - 21h15. ● 4 (140 lug.). A Última Música - 10a. - 12h25 / 14h35. Esquadrão Classe A - 12a. - 16h45 / 19h10 / 21h35. ● 5 (140 lug.). Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 13h10 / 15h20 / 17h30. Legendado 19h40 / 21h50. ● 6 (234 lug.). Príncipe da Pérsia dub. - 12a. - 13h30 / 16h00 / 18h30 / 21h00. ★ Santana Parque Shopping - UCI R. Conselheiro Moreira de Barros, 2.780 - Lauzane Paulista. 3131-2211. De R$ 11 a R$ 15. (*) 3D De R$ 19 a R$ 21. ● 1 (327 lug.). Toy Story 3 dub. - L. - 13h00 / 15h25 / 17h50 / 20h15 / 22h35. ● 2 (167 lug.). As Melhores Coisas do Mundo - 14a. - 13h10. Plano B - 12a. - 15h30 / 17h45 / 20h00 / 22h15. ● 3 (140 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 14h40 / 19h00. A Última Música - 10a. - 16h40 / 21h00. ● 4* (217 lug.).Toy Story 3 - 3D - dub. - L. - 14h25 / 16h50 / 19h15. Legendado 21h40. ● 5 (217 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 13h30 / 16h00. Legendado18h30 / 21h00. ● 6 (140 lug.). Alice no País das Maravilhas - dub. 10a. - 18h20 / 20h40. Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 13h50. Legendado 16h05. ● 7 (167 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 13h40 / 15h50 / 18h00 / 20h10 / 22h20. ● 8 (327 lug.). Esquadrão Classe A 12a. - 15h00 / 17h30 / 20h00 / 22h30. ★ Shopping D - Cinemark Av. Cruzeiro do Sul, 1.100, Ponte Pequena. 3326-9171. De R$ 12 a R$ 23. ● 1 (246 lug.). Plano B - dub. - 12a. - 12h00 / 14h25 / 16h50 / 19h15 / 21h40. ● 2 (291 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 12h50 / 15h40 / 18h15 / 20h50. ● 3 (298 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ● 4 (351 lug.). Toy Story 3 - dub. L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 5 (219 lug.). Marmaduke - dub. L. - 11h05. Em Busca De Uma Nova Chance - 12a. - 13h05 / 15h20 / 17h35 / 19h50 / 22h05. ● 6 (183 lug.). Fúria de Titãs - dub. - 14a. 13h50 / 19h00. Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 11h10 / 16h20 / 21h25. ● 7 (231 lug.). Kick- Ass - Quebrando tudo - 18a. - 11h15 / 13h55 / 16h35 / 19h05 / 21h45. ● 8 (130 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h30 / 14h05 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ● 9 (116lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 12h25 / 17h20 / 19h40 / 21h55. A Última Música - 10a. - 15h00. ● 10 (146lug.). Os Famosos E Os Duendes Da Morte - 16a. - 14h00. Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h20 / 16h30 / 19h10 / 21h50. ★ SP Market - Cinemark Av. das Nações Unidas, 22.540, Jurubatuba. 5686-2595. De R$ 12 a R$ 24. ● 1 (163 lug.). Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 15h00 / 20h05. Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 12h20 / 17h25 / 22h25. ● 2 (156 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 11h10 / 13h45 / 16h45 / 19h30 / 22h10. ● 3 (383 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 4 (254 lug.). Plano B - 12a. - 11h20 / 13h50 / 16h20 / 18h40 / 21h00. ● 5 (128 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 12h10. Em Busca de Uma Nova Chance 12a. - 14h15 / 16h30 / 19h00 / 21h20. ● 6 (127 lug.). Alice No País Das Maravilhas - dub. - 10a. - 11h05 / 13h25. Esquadrão Classe A - 12a. 15h50 / 18h30 / 21h10. ● 7 (227 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h30 / 14h00 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ● 8 (328 lug.). Príncipe da Pérsia dub. - 12a. - 12h00 / 14h40 / 17h20 / 20h00. ● 9 (328 lug.).Toy Story 3 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ● 10 (160 lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 17h15 / 19h40 / 22h05. As Melhores Coisas do Mundo - 14a. - 12h15 / 14h45. ● 11 (282 lug.). Kick-Ass Quebrando tudo - 18a. - 12h50 / 15h30 / 18h10 / 20h50. ★ Villa-Lobos - Cinemark Av. das Nações Unidas, 4.777, Alto da Lapa. 3024-3851. De R$ 15 a R$ 27. ● 1 (271 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 11h00 / 13h30 / 16h10 / 18h50. Legendado 21h30. ● 2 (105 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. 13h00 / 18h20. Esquadrão Classe A - 12a. - 15h40 / 20h50. ● 3 (129 lug.). Um Segredo Em Família - 14a. - 14h00. Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 16h00 / 18h30 / 21h00. ● 4 (163 lug.). Toy Story 3 - dub. L. - 12h30 / 15h10 / 17h50 / 20h30. ● 5 (163 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 11h30 / 14h10 / 16h40 / 19h20 / 22h00. ● 6 (129 lug.). Sex and The City 2 - 14a. - 13h50 / 19h25. Plano B - 12a. - 11h20 / 17h05 / 22h20. ● 7 (122 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 12h40. Cartas para Julieta - 10a. 15h00 / 17h15 / 19h35 / 21h50. ★ West Plaza - Playarte Av. Francisco Matarazzo, s/nº, Barra Funda. 5053-6935. De R$ 12 a R$ 16. ● 1 (175 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h20 / 14h40 / 17h00 / 19h20 / 21h40. ● 2 (170 lug.). Alice No País Das Maravilhas - dub. 10a. - 12h20. Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 14h35. Esquadrão Classe A dub. - 12a. - 16h45 / 19h10 / 21h35.

Fúria de Titãs ★★ Clash of the Titans, EUA-Reino Unido/2010, 118 min. Aventura. Dir. Louis Leterrier. Com Sam Worthington, Ralph Fiennes, Liam Neeson e Gemma Artenton. O herói Perseu recebe a missão de salvar a Terra. Para isso, ele tem de lutar contra Hades, o deus do submundo. 14 anos. DUBLADO: Boavista, Butantã, Center Norte, Central Plaza, Interlagos, Interlar Aricanduva, Lapa, Marabá, Metrô Itaquera, Metrô Tatuapé, Penha, Plaza Sul, Santana Plaza, Shopping D, SP Market, West Plaza. LEGENDADO: Anália Franco, Bristol, Eldorado (3D), Jardim Sul, Metrô Santa Cruz, Plaza Sul, Santana Plaza.

Marmaduke EUA/2010, 88 min. Aventura. Dir. Tom Dey. Com Christopher Mintz-Plasse e Emma Stone. Marmaduke é um cachorro atrapalhado e enorme, que vive com a família Winslow. Quando eles se mudam para a Califórnia, Marmaduke precisa se adaptar à nova casa e tentar fazer novos amigos. Livre. DUBLADO: Anália Franco, Cine Tam, Eldorado, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Penha, Plaza Sul, Shopping D, SP Market, Villa-Lobos.

Mary e Max – Uma Amizade Diferente ★★★

The Last Song, EUA/2010, 107 min. Drama. Dir. Julie Anne Robinson. Com Miley Cyrus, Bobby Coleman e Greg Kinnear. Ronnie Miller precisa sair de Nova York para passar as férias com o pai, em uma pequena cidade no litoral. Quando estão juntos, ele tenta se aproximar dela através da música, o único prazer que têm em comum. 10 anos. Anália Franco, Interlagos, Interlar Aricanduva, Jardim Sul, Metrô Itaquera, Metrô Santa Cruz, Plaza Sul, Santana Plaza, Shopping D.

Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo ★★★★

Cine. Salas. Horários Esta programação é de responsabilidade exclusiva dos exibidores e pode ser alterada à última hora. Confira pelo telefone antes de sair de casa + = também e menos = não haverá sessão CINECLUBES E SALAS ESPECIAIS ★ Centro Cultural Banco do Brasil (70 lug.). R. Álvares Penteado,112, Centro. 3113-3651. Grátis e R$ 4. Descobrindo o Cinema Filipino. Filmes e horários variados. ★ Galeria Olido (236 lug.). Av. São João, 473, Centro. 3397-0000 (r. 2006). Grátis. Comédia Românticas - Parte 1. Filmes e horários variados. ★ Cinemateca Brasileira - Sala Petrobrás (110 lug.), Sala BNDES (210 lug.). Lgo. Senador Raul Cardoso, 207, V. Clementino. 3512-6111. Grátis e R$ 8.Fábrica de Sonhos: 100 Anos de Cinema e Psicanálise (IPA). Filmes e horários variados. Roman Polanski. Filmes e horários variados. AUGUSTA, PAULISTA E JARDINS ★ Belas Artes R. da Consolação, 2.423, Cerq. César. 3258-4092. De R$ 8 a R$ 16. Whisky: R$ 9 e Meia R$ 4,50. ● 1 (293 lug.). A Jovem Rainha Vitória 10a. 14h30 / 16h40 / 18h50 / 21h10. ● 2 (245 lug.). Tudo Pode Dar Certo - 12a. - 14h30 / 16h30 / 21h00. O Escritor Fantasma - 14a. - 18h30. ● 3 (163 lug.). Aproximação - 12a. 15h40. Os Homens Que Não Amavam as Mulheres - 16a. 18h10. A Ilha do Medo - 16a. - 21h10. ● 4 (154 lug.). O Segredo dos Seus Olhos - 12a. - 16h00 / 20h30. O Golpista do Ano 14a.- 18h30. ● 5 (97 lug.). Medos Privados em Lugares Públicos - 14a. - 14h40. Mary e Max - 12a. - 17h00. Cineclube: Os Cowboys de Leningrado Vão para a América - 14a. 19h00. A Fita Branca - 12a. - 21h00. ● 6 (88 lug.). Abraço Corporativo - L. 14h20 / 18h00 / 19h30 / 21h10. Índia, Amor & Outras Delícias - 14a. 16h00. ★ Bristol - Playarte Av. Paulista, 2.064. 3289-0509. De R$ 15 a R$ 27. ● 1 (444 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 12h20 / 14h40 / 17h00 / 19h20. Legendado 21h40. ● 2 (144 lug.).Plano B - 12a. - 14h00 / 18h20 / 20h30. Fúria de Titãs - 14a. - 16h10. ● 3 (144 lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 14h00 / 16h20 / 18h40 / 21h00. ● 4 (177 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 13h15 / 15h20 / 17h25 / 19h30 / 21h35. ● 5 (133 lug.). Príncipe da Pérsia - 12a. - 13h15 / 15h45 / 18h15. Sex and The City 2 - 14a. 20h45. ● 6 (242 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 14h00 / 16h30 / 19h00 / 21h30. ● 7 (115 lug.). Esquadrão Classe A - 12a. - 13h55 / 18h55 / 21h25. O Golpista do Ano - 16a. - 16h25. ★ Cine Bombril Av. Paulista, 2.073. 3285-3696. De R$ 16 a R$ 18. 4ª R$ 12. Sessão Folha: De R$ 5 a R$ 10. Poltronas numeradas. ● 1 (300 lug.). O Profeta 18a. - 15h00 / 18h00 / 21h00. ● 2 (100 lug.). Cartas para Julieta - 10a. 14h00 / 16h00 / 20h00 / 22h00. Projeto Folha: Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo - 14a. 18h00. ★ Cinesesc (326 lug.). R. Augusta, 2.075, Jd. Paulista. 3087-0500. De R$ 8 a R$ 12.Patrick 1.5 - 12a. - 14h30 / 16h30. Ao Sul da Fronteira - L. - 20h00. Fluídos 21h30. Sempre Bela 18h30. Crônicas de São Paulo Filme e horários variados. ★ Espaço Unibanco R. Augusta, 1.475, Cerq. César. 3288-6780. De R$ 12 a R$ 18. 5ª R$ 8. ● 1 (268 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. 14h00 / 16h10 / 19h50 / 22h00. Solo - L. 18h20. ● 2 (240 lug.). O Profeta 15h00 / 18h00 / 21h00.● 3 (189 lug.). As Melhores Coisas do Mundo - 14a. - 14h00. Alguns Motivos Para Não Se Apaixonar - 14a. - 16h00 / 20h00. O Escritor Fantasma - 12a. - 17h40 / 21h40. ★ Espaço Unibanco R. Augusta, 1.470, Cerq. César. 3287-5590. De R$ 12 a R$ 18. 4 (107 lug.). Quincas Berro D’Água - 14a. - 15h00 / 20h00 / 22h00. Elevado 3.5 - 10a. 17h00. Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo - 14a. 18h30. ● 5 (51 lug.). Em Teu Nome - 14a. 14h00. Rita Cadillac - A Lady do Povo - 18a. 16h00. Tudo Pode Dar Certo - 12a. - 18h00 / 20h00 / 22h00. ★ Gemini Av. Paulista, 807. 3289-3566. De R$ 14 a R$ 16. ● 1 (379 lug.). O Preço da Traição - 16a. - 14h20 / 21h40. A Fita Branca 16h20 / 19h00. ● 2 (379 lug. ). Deu a Louca nos Bichos - dub. - L. - 14h00. A Teta Assustada - 14a. - 15h50. Ervas Daninhas 17h40 / 21h30. Pânico na Neve 19h40. ★ Reserva Cultural Av. Paulista, 900. 3287-3529. De R$ 13 a R$ 20. ● 1 (190 lug.). Sould Kitchen - 16a. 13h05. O Profeta - L. - 15h05 / 18h10 / 21h15. ● 2 (161 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. 13h10 / 15h15 / 17h20 / 19h25. Flor do Deserto 21h30. ● 3 (120 lug.). Godard, Truffaut e a Nouvelle Vague - 14a. 15h15. Mademoiselle Chambon 13h15 / 17h05 / 19h05.● 4 (110 lug.). Tudo Pode Dar Certo - 14a. - 13h00 / 19h50. O Escritor Fantasma - L. - 14h50 / 17h25 / 21h40.

CENTRO ★ Marabá Av. Ipiranga, 757, Centro. 5053-6881. De R$ 9 a R$ 16. ● 1 (430lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 14h00 / 16h20 / 18h40 / 21h00. ● 2 (122 lug.). Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 13h30 / 15h45 / 18h00. Pânico na Neve - 12a. - 20h15. ● 3 (133 lug.). Homem de Ferro 2 - dub. - 12a. 13h45 / 16h15 / 18h45. Robin Hood - 14a. - 21h15. ● 4 (161 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 13h15 / 15h45 / 18h15 / 20h45. ● 5 (176 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 13h00 / 15h30 / 18h00 / 20h30. BAIRROS ★ Cine Sabesp (271 lug.). R. Fradique Coutinho, 361, Pinheiros. 5096-0585. De R$ 16 a R$ 18. 4ª R$ 12. A Jovem Rainha Vitória - 10a. - 14h40 / 17h00 / 19h20 / 21h40. ★ Itaim Paulista Av. Marechal Tito, 7.579. Itaim Paulista. 2571-7649. De R$ 4 a R$ 8.● 1 (187 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 13h00 / 15h00 / 17h00 / 19h00 / 21h00. ● 2 (161 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 13h30 / 16h00 / 18h30 / 21h00. ★ Kinoplex Itaim R. Joaquim Floriano, 466, Itaim Bibi. 3131-2006. De R$ 18 a R$ 23. 3D De R$ 26 a R$ 29. Poltronas numeradas. ● 1 (187lug.). Cartas para Julieta - 10a. - 14h10 / 16h20 / 21h15. Esquadrão Classe A - 12a. 18h50.● 2 (161 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 14h00 / 16h30 / 19h00 / 21h30. ● 3 (184 lug.). Plano B - 12a. - 14h30 / 16h50 / 19h10 / 21h30. ● 4 (158 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. - 14h20 / 16h40 / 19h00 / 21h20. ● 5 (321 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 13h40 / 16h10 / 18h40. Legendado 21h10. ● 6 (319 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. - 14h40 / 17h00 / 19h20 / 21h40. ★ Cine UOL Lumière - Playarte R. Joaquim Floriano, 339, Itaim Bibi. 3071-4418. De R$ 15 a R$ 19.● 1 (195 lug.). Mademoiselle Chambon - 12a. - 12h55 / 15h00 / 17h05 / 19h10 / 21h15. ● 2 (170 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. 14h00 / 16h05 / 18h10 / 20h15. SHOPPINGS ★ Anália Franco - UCI R. Regente Feijó, 1.739, Tatuapé. 2164-7790. De R$ 11 a R$ 17. (*) 3D De R$ 19 a R$ 23 . ● 1 (382 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 13h00 / 15h25 / 17h50 / 20h15 / 22h35. ● 2 (308 lug.). Kick-Ass - Quebrando Tudo 16a. - 13h50 / 16h20 / 18h50 / 21h20. ● 3 (242 lug.). Deu a Louca nos Bichos - dub. - L. - 17h10. Plano B - 12a. - 14h50 / 19h20 / 21h35. ● 4 (120 lug.). Marmaduke - dub. - L. - 13h30. Fúria de Titãs - 14a. - 15h30 / 17h55. O Golpista do Ano - 16a. - 20h10 / 22h20. ● 5 (132 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 14h45. Legendado 17h20 / 19h55 / 22h25. ● 6 (239 lug.). Em Busca de uma Nova Chance - 12a. - 13h30 / 15h45 / 18h00 / 20h20 / 22h30. ● 7* (418 lug.). Toy Story 3 - 3D - dub. - L. 14h25 / 16h50 / 19h15. Legendado 21h40. ● 8 (295 lug.). Esquadrão Classe A - 12a. - 13h15 / 15h50 / 18h25 / 21h00. ● 9 (203 lug.). Cartas Para Julieta - 10a. - 14h40 / 19h25. A Última Música - 10a. - 17h00 / 21h40. ★ Boavista R. Borba Gato, 59, Santo Amaro. 5547-6060. De R$ 8 a R$ 14. ● 1 (183 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 14h30 / 16h50 / 19h10 / 21h30. ● 2 (330 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 15h00 / 17h15 / 19h30 / 21h45. ● 3 (118 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 14h00 / 16h15 / 18h30 / 20h45. ● 4 (95 lug.). Plano B - dub. - 12a. - 14h45 / 17h00 / 19h15 / 21h20. ● 5 (95 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 16h30 / 21h10. Fúria de Titãs dub. - 14a. - 14h15 / 19h00. ★ Bourbon - Espaço Unibanco R. Turiaçu, 2.100, Pompeia. 3673-3949. De R$ 16 a R$ 20. 4ª R$ 12. 3D R$ 22 a R$ 24. (*)Vip.● 1 (213 lug.). Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 13h40 / 16h10 / 18h40. Legendado 21h10. ● 2 (202 lug.). Príncipe da Pérsia 12a. - 13h30 / 16h00 / 18h30 / 21h00. ● 3 (202 lug.). A Jovem Rainha Vitória - 10a. 13h40 / 15h30 / 17h40 / 19h50 / 22h00. ● 4 (213 lug.). O Golpista do Ano - 16a. - 13h10 / 15h20 / 17h30 / 19h40 / 21h50. ● 5 (202 lug.). Kick-Ass - Quebrando tudo - 18a. - 13h50 / 16h20 / 18h50 / 21h20. ● 6 (202 lug.). Em Busca de Uma Nova Chance - 12a. 15h30 / 17h40 / 19h50 / 22h00. ● 7 (122 lug.). Cartas para Julieta - 10a. 14h00 / 16h30 / 19h00 / 21h30. ● 8 (121 lug.). Esquadrão Classe A 12a. - 13h20 / 18h30. Robin Hood - 12a. - 15h50 / 21h10. ● 9 (122 lug.). Plano B - 12a. - 13h00 / 15h10 / 17h20 / 19h30 / 21h40. ● 10* ( 62 lug.). Em Teu Nome - 14a. - 14h00. O Escritor Fantasma - 12a. - 16h00. Sex and The City 2 - 14a. - 18h30 / 21h20. ★ Bourbon - Espaço Unibanco Imax (327 lug.) R. Turiaçu, 2.100, Pompeia. 3673-3949. De R$ 22 a R$ 34. Toy Story 3 - 3D dub. - L. - 13h00 / 15h10 / 17h20 / 19h30. Legendado 21h40. ★ Butantã - Playarte Av. Prof. Francisco Morato, 2.718, Butantã. 5053-6938. De R$ 10 a R$ 14.● 1 (220 lug.). Toy Story 3 - dub. - L. - 12h20 / 14h40 / 17h00 / 19h20 / 21h40. ● 2 (211 lug.). Príncipe da Pérsia - dub. - 12a. - 13h15 / 15h45 / 18h15 / 20h45. ● 3 (140 lug.). Esquadrão Classe A - dub. - 12a. - 16h00 / 18h30 / 21h00. Fúria de Titãs - dub. - 14a. - 13h50. ★ Campo Limpo Estr. de Campo Limpo, 459 , 2º Piso. 5512-7596. De R$ 7 a R$ 14. (*)


%HermesFileInfo:D-9:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Caderno2 D9

Arte, Cultura e Lazer

Shows e Espetáculos de Arte 0800-118220 Para a programação completa visite www.sescsp.org.br

Informações sobre estas e outras atividades no

3$ 31.

$2/.13$2

,¹2(" ESTREIA DIA 25

cAmerAtA AbertA

clÍnicA e bAte-pApo com brAncA

O concerto “Depois dos Números” traz repertório de peças criadas por Luciano Berio, Pierre Boulez, Franco Donatoni, entre outros. Dia 23, 21h

Dia 23, 10h PoMPeia

Jogo em cenA

Vila Mariana

vivênciA e clÍnicAs de esgrimA

trilHA instrumentAl

mAcbetH Texto William Shakespeare. Direção Aderbal Freire-Filho. Com Renata Sorrah e Daniel Dantas. Sex., sáb., 21h. Dom.,18h Pinheiros

lAmArtine bAbo Texto Antunes Filho. Direção Emerson Danesi. Qui., 21h

Futebol e músicA

mArcel poWell trio

morAes moreirA

Dia 23, 21h

Ter. e qua., 9h30. Qui. e sex., 15h30

Dias 24, 25 e 26, 21h. Dia 27, 18h Vila Mariana

torneio de Futebol em videogAme

instrumentAl sesc brAsil segundA no cArmo

guizAdo

JArds mAcAlÉ & Jorge mAutner

iPiranga

iPiranga

santo aMaro Consolação

tênis de mesA Vivência com Marcos Yamada. Dias 22 e 23, 8h30 e 14h30 santo andré

$7/.2(¦´$2

+(3$1 341

bAdminton Clínica e bate-papo com o técnico da seleção Brasileira Luís Martin. Dia 23, 18h30

Dia 21, 19h

rebú

são Caetano

Ter. a sex., 15h.

Dia 21, 19h

CarMo

Bate-papo com José Roberto Torero Dia 21, 19h30

sempre um pApo

Texto Jô Bilac. Direção Vinicius Arneiro. Com Teatro Independente. Qui. e sex., 21h

Bate papo e autógrafos de seus dois livros Fichas de Vitrolas & Outros Contos. Dia 23, 20h

7 Autores, 7 diretores, 7 encontros Leituras dramáticas com o tema “Amor” e obras de Shakespeare, Garcia Lorca e Pirandello. Coordenação Eugênia Thereza de Andrade. Dia 22, 21h Consolação

# -¦

primeiro pAsso Tempo do Crocodilo, de Clara Gouvêa, direção Alice K (SP) e Na Palma dos Olhos, de Lamira Companhia de Dança (TO), concepção e coreografia João Vicente. Bate-papo com mediação de Angela Nolf e Matteo Bonfitto, e participação dos artistas. Dia 22, 20h

recrutA zero 60 Anos

Vila Mariana

guiA brAsileiro de produção culturAl 2010-2011 imAgens do egito Exibição dos clássicos do cinema egípcio, de 1949 até 1970. Apoio Ministério da Cultura do Egito, Consulado do Egito no Brasil, Biblioteca Alexandrina (Egito), Embaixada do Brasil no Egito. A partir do dia 24. Consulte a programação completa

cinencontro Bate –papo com o diretor Roberto Farias. Dia 22, 19h30

PoMPeia

Livre para todos os públicos

Vila Mariana

JAime prAdo gouvêA

Não recomendado para menores de 10 anos.

Bate-papo e sessão de autógrafos com Cristiane Olivieri e Edson Natale, organizadores do Guia. Dia 23, 20h Pinheiros

A mostra aborda questões sobre intolerância, coexistência e direitos humanos por meio de filmes, livros, estudos, obras de artes plásticas, entre outros. Ter. a dom.

Vila Mariana

PoMPeia

mostrA dA ÁguA

gigAntes dAs copAs

Mostra de vídeos ambientais tendo como temática a água. Sand and water (Índia, 2002) Direção Shaheen Dill-Riaz. Dia 22, 20h

Exposição com 11 jogadores que se destacaram entre 1950 e 1986, confeccionados em tamanho natural por Gigi Manfrinato e Sandra Lee. Seg a dom.

CinesesC

Não recomendado para menores de 12 anos.

sHoÁ - reFleXÕes por um mundo mAis tolerAnte

Exposição sobre o célebre personagem Recruta Zero, com artes originais, retrospectiva, artes autografadas, fotos históricas e animações inéditas. Atrium. Até dia 27. Ter. a dom.

santana

Não recomendado para menores de 14 anos

Não recomendado para menores de 16 anos

Consolação

Não recomendado para menores de 18 anos.

teAtro e circunstÂnciA

o cloWn de cAdA um Direção Amílcar M. Claro Dia 22, 22h

Artes visuAis • cinemA • culturA digitAl • dAnçA • esporte • literAturA • meio Ambiente • músicA • teAtro • lAzer • educAção em 32 unidAdes no estAdo de são pAulo.


D10 Caderno2 %HermesFileInfo:D-10:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

MATTHEW SHIRTS

✽ ●

SEGUNDA-FEIRA LÚCIA GUIMARÃES MATTHEW SHIRTS

TERÇA-FEIRA ARNALDO JABOR

QUARTA-FEIRA ROBERTO DAMATTA

QUINTA-FEIRA LUIS FERNANDO VERISSIMO

SEXTA-FEIRA IGNÁCIO DE LOYOLA BRANDÃO MILTON HATOUM

SÁBADO MARCELO RUBENS PAIVA MARIA RITA KEHL

DOMINGO LUIS FERNANDO VERISSIMO JOÃO UBALDO RIBEIRO DANIEL PIZA

matthew.shirts@estadao.com.br

A Copa dos americanos

N

ão são poucos os brasileiros que me perguntam por queos americanos não gostamde futebol.Minhas respostas variaram ao longo dos meus anos no País, mas nunca achei a pergunta fácil. Alguns dos meus interlocutores, e mesmo os amigos, chegaram a insistir na questão, comparando o futebol com outros esportes praticados nos EUA. “Como você pode gostar de beisebol, cara? Aquilo deve ser o jogo mais chato já inventado pelo homem”, insistiu um conhecido, depois de alguns chopes. “Prefiro assistir a boliche.” Lembro-me de outro, em Paraty, que relatou uma ida sua a uma partida de beisebol nos Estados Unidos. Diz-se espantado com a quantidade de comida consumida no estádio, de cachorros-quentes gigantescos afundados em picles adocicados e ketchup, a sacos enormes de pipoca e cerveja e Coca-cola e Sprite e algodão-doce e batatas fritas e Doritos

com queijo, sorvetes, sem falar das maçãs do amor. “Maçã de amor no jogo!, convenhamosMatheus.Opovogostamaisdeporcaria do que do esporte.” No que ele talvez tenha um pouco de razão. Mas quando se é criança, é bacana uma maçã de amor no estádio, vá. Ensaiei já várias respostas à pergunta sobre a indiferença americana ao futebol, como vinha dizendo. Mas a melhor encontrei, recentemente, no ótimo A DançadosDeuses:Futebol, Sociedade,Cultura (Companhia das Letras), do historiador Hilário Franco Júnior. Como se sabe,ofutebolfoiinventadopelosingleses na segunda metade do século 19, período em que exerciam grande influência no mundo através dos mares. E foi assim que o jogo chegou ao Brasil, à Argentina, ao Chile e até mesmo à Bolívia. Não é por outro motivo que ainda hoje temos times no subcontinente chamados Corinthians, River Plate e, meu nome favorito, The Strongest. Mas como explica Hilário: “...houve o reverso da medalha: os territórios

que formalmente tinham feito parte do Império britânico resistiram à adoção do futebol e continuam ainda hoje secundários no universo futebolístico (África do Sul, Austrália, Canadá, Estados Unidos, Nova Zelândia).” Simples assim.

Ouvi dizer que a audiência do jogo entre Inglaterra e EUA superou o episódio final de Lost! Pensei nisso ao ler meu blog predileto na semana passada. Chama-se “The Conversation” e é publicado por The New York Times. Nele, os colunistas do jornal David Brooks (republicano) e Gail Collins (democrata, feminista e muito engraçada) trocam ideias e alfinetadas entre uma coluna e outra, em forma de diálogo. Na conversa da semana passada, percebe-se que Brooks sente enorme prazer em introduzir e insistir no tópico da Copa do Mundo. Pergunta a Collins se a incapacidade do americano apre-

ciar o futebol seria sinal de um provincianismo crescente no país. O deleite dele deriva do fato de que quem costuma curtir futebol (soccer) nos EUA são os democratas “esquerdistas” e internacionalistas do tipo que vota em Obama, como Collins. E ela, percebese, pouco entende do assunto. Os republicanos, por outro lado, tendem a cultivar os esportes tipicamente americanos – beisebol, stock car, american football, caça e pesca – como sinal do caráter único do país, aquilo que o professor Antonio Pedro Tota chama de “american exceptionalism”, cuja expressão mais óbvia, hoje, talvez seja a republicana Sarah Palin – capaz de abater a tiros e retalhar a carne de um urso no campo, dizia ela durante a eleição presidencial. Na conversa entre Brooks e Collins da semana passada, há uma troca de papéis deliciosa e sutil. O conservador Brooks, que pegou gosto pelo futebol durante uma temporada na Alemanha, tira um sarrinho da progressista Collins (minha colunista predile-

ta, diga-se), usando a Copa como arma. Quem quiser conferir pode ligar no: http://opinionator.blogs. nytimes.com/2010/06/16/a-worldcup-mentality/?scp=2&sq= the%20conversation&st=cse. Mas discordo de David Brooks, apesar de apreciar sua artimanha literária. Acho que o americano quer participar cada vez mais da Copa do Mundo. Ouvi dizer que a audiência televisiva do jogo entre as seleções da Inglaterra e dos EUA superou a de qualquer uma das seis primeiras partidas finais do NBA, a tão badalada liga americana de basquete e até o episódio final de Lost (!). E o jornal The New York Post, que pode ser acusado de muita coisa, mas jamais de elitismo esquerdista, estampou na manchete da primeira página, depois do jogo com a Inglaterra: “Os Estados Unidos ganham de 1 a 1!” Tal frase, profunda, se se pensar um pouco, seria impossível alguns anos atrás. O jogo contra a Eslovênia, muito bom, só vai ajudar.

Cinema. Em cartaz

A cinebiografia de Vitória, com Emily Blunt, pode ser romântica, mas também trata de questões importantes Luiz Carlos Merten

anos1950,RomySchneider,nafase pré-Sissi, interpretou Os JovensAnosdeUmaRainha,queconta, de maneira fantasiosa, como Vitória conheceu Albert sem saber que ele era seu pretendente e fazendo juras de amor eterno ao desconhecido que, no final, era o príncipe que a própria História (com maiúscula) lhe escolhera. No outro extremo, nos anos 1970,BillyWilderusouavelhaVitória para desvendar o mais misterioso segredo de A Vida Íntima de Sherlock Holmes – o mistério dos sete anões, no episódio do roubodosplanosdeumanovaarma para mudar o curso das batalhas marítimas.

É uma fantasia histórica, porque a história de amor de Vitória e Albert, por mais bela que tenha sido,dificilmentetevetodososlances romanescos – melhor dizer, novelescos–comqueaornamenta o diretor Jean-Marc Vallée, com base no roteiro escrito pelo prestigiadoJulianFellowes.Oroteirista, você deve se lembrar, ganhouoOscardacategoriaporAssassinato em Gosford Park, em que Robert Altman, com a cumplicidade dele, diluiu o clássico A Regra do Jogo, de Jean Renoir, por meio de uma intriga policial à Agatha Christie. Vallée e Fellowes agora usam a love story da mais longeva rainha inglesa (64 Maquinações. A Vitória de Wilanos no trono) não propriamen- der era uma velhinha minúscula, te para defender o direito de nemde longelembrando abeleza amar, mas para defender outro deRomySchneider–ouadeEmidireito, o de errar, mostrando ly Blunt, no filme atual. Parecia que o erro faz parte da experiên- outra anã, integrada à história, e sevestia de preto, cia humana e que como parece ter ninguém cresce se sido, na realidanão transformar OSCAR DE de, nas décadas os próprios erros FIGURINOS FOI que se seguiram à em aprendizado. morte do seu AlA Jovem Rainha MERECIDO; FILME bert. Ao descoVitória, em cartaz ENCHE OS OLHOS brir que a grande nos cinemas desvantagemdosubde sexta-feira, é umbelofilme.Amaneiramaisób- marinoseriaoataquesurpresaao via deexplicar esse belo éreferin- inimigo,Vitóriaescandalizava-se do-se aos cenários e figurinos e, em nome do cavalheirismo e que enchem os olhos e o filme, das boas maneiras – como assim, porsinal,contempladocomoOs- um ataque sem dar tempo ao oucar do melhor guarda-roupa, pa- tro de se preparar? –, ordenava ra Sandy Powell. Mas o belo vai queosplanosfossemarquivados. além da estrutura audiovisual e O mundo seria outro, se a ordem da incorporação da música à ima- tivesse sido cumprida. NaversãodeJean-MarcVallée, gem. Refere-se à experiência humana da rainha, que adquire um os infortúnios de Vitória comesentido universal. O longo reina- çam aos 11 anos, quando ela é nodo de Vitória não interessou tan- meada herdeira do trono e o to ao cinema quanto o de outra amante de sua mãe tenta forçar a ilustre predecessora, Elizabeth, menina a assinar um termo de recuja personalidade dominadora gência, que lhe daria o poder na e apetite voraz por sexo inspira- alcovareal.Ofilmecomeçajustaram diversos filmes. Vitória foi mentenesteperíodoetratadaremulher de um só homem, Albert, sistência da menina Vitória, que mas seu reino atravessa um dos vai ganhar um aliado em Lorde períodos cruciais da história in- Melbourne. Mas ele também visa glesa – a transformação do país seusinteresses,ouosdeseupartido, e o verdadeiro aliado da rainuma sociedade industrial. Talvez, antes de passar adian- nha será esse príncipe estrangeite, seja curioso enumerar algu- ro que outro rei preparou para masdasvezesemqueocinemase conquistá-la, na certeza de que, voltou para a rainha Vitória. Nos assim, estaria servindo a seus in-

teresses. Esse príncipe é Albert, que se apaixona sinceramente e, em vez de governar por Vitória, lhe propões uma aliança – reinarem juntos. Mais do que isso, ele lhe dá o mais valioso conselho, justamente durante uma partida de xadrez. O poder é um jogo e quemquerexercê-locomsabedoria deve-se preparar para superar as maquinações do adversário. AmãedeVitóriaerraaosecolocarnasmãos doamante,paga por isso, mas se redime. A própria Vitória, confundindoforça comteimosia, adota atitudes impopulares que levam o povo a protestar diantedopalácio.Éo segundofilme, após A Rainha, de Stephen Frears, a retratar os perigos pelos quaispassouamonarquiabritânica. Ambos encerram lições sobre como o monarca esclarecido não podeestarcontraseupovo.Oturning point, a grande virada de Vitória, ocorreapóso momentoem queele está a ponto deperderseu marido e seu príncipe. É quando ocorre o atentado. O atirador, emergindo da multidão, dispara contra a carruagem real. O que ocorreali– vejaofilme parasaber –mudatudo.Àbravuradeum(Albert),respondeadignidadedeoutro(oChanceler).Vitóriafoiuma grande rainha e exerceu seu poder com propriedade, mas teve grandes homens a seu lado, nos momentos decisivos. O filme pode e deve ser visto comoum romance, mas as intrigas de bastidores e a discussão sobre os limites constitucionais ao direito divino são muitointeressantes.Emoutrofilmeemcartaz,RobinHood,de Ridley Scott, o espectador, descobrindo o herói antes dalenda,assistejustamente ao momento em que uma rebelião de nobres e do povo tenta impor limites ao poder divino dorei.Séculosmaistarde, é de novo o limite queseapresenta.AJovem Rainha Vitória não só enche os olhos. Mesmo comofantasiaromântica oferece matéria para reflexão.

A JOVEM RAINHA VITÓRIA Direção: Jean-Marc Vallée. Drama. The Young Victoria, EUA-Reino Unido/2009, 100 min. Cotação: BOM

estadão.com.br Trailer. Veja cenas de A Jovem Rainha Vitória no site estadão.com.br/e/d10

DIVULGAÇÃO

OS JOVENS ANOS DE UMA RAINHA E SEU DIREITO DE ERRAR

Emily Blunt. Mais bela que a rainha e servida por figurino impecável


O ESTADO DE S. PAULO

%HermesFileInfo:E-1:20100621:

E1

estadão.com.br

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

MAX ROSSI/REUTERS

Jogos de hoje: PORTUGAL CHILE COREIA DO NORTE SUÍÇA

ESPANHA HONDURAS

8h30

15h30

11h

Crise à francesa

Campeã ameaçada

Solidários a Anelka, atletas se recusam a treinar

Itália sofre para escapar de derrota contra a Nova Zelândia

Pág. E11

Pág. E9 EDUARDO NICOLAU/AE

Luís Fabiano desencanta e faz dois (um com a ajuda do braço) na vitória por 3 a 1 sobre a Costa do Marfim, que garante o Brasil nas oitavas de final

CLASSIFICADO Foguete. Primeiro gol saiu de um chute forte na área Wilson Baldini Jr. ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

Oclimaesquentou, ontem, na Copa. Em partida na qual o juiz francês Stephane Lannoy abusou da omissão ao não conter a violência dos jogadores da Costa do Marfimehouvegolirregular de Luís Fabiano – o craque do jogo –, ao dominar a bola com o braço antes de concluir para a rede, a

GRUPO

G

seleção brasileira venceu de novoeobteveaclassificaçãoantecipada às oitavas de finalno Grupo G. É a segunda equipe a avançar naÁfrica. OprimeirofoiaHolanda, que também ganhou nas duas rodadas. Nos 3 a 1 no Soccer City, em Johannesburgo, apenas um fato ase lamentarpeloBrasil:aexpulsãodeKaká, quecaiunaprovocação dos africanos e não poderá enfrentarPortugalnofechamento da primeira fase. Os milhares de flashes que explodiram das máquinas fotográficas da maioria brasi-

leira entre os mais de 80 mil espectadores no estádio no pontapé inicial davam a impressão de que o Brasil poderia apresentar futebol melhor do que o da estreia,contraaCoreiadoNorte.O chute de Robinho, aos 40 segundos, aumentou essa sensação. Mas a expectativa durou pouco. Com Luís Fabiano isolado na frente,Kakásemmobilidade,Robinho marcado e Elano errando passes, o Brasil não conseguia passar pela marcação de uma Costa do Marfim determinada. O capitão Lúcio, irritado com a falta de criatividade dos colegas, buscou atabalhoadamente o ataque e atuou até como ponta em algumas ocasiões. É o tipo de

jogo em que o time de Dunga tem dificuldade. Prefere o contra-ataque. A torcida sentiu o mau momento e tentou animar osjogadores,conseguindoabafar o som das vuvuzelas. O apoio dos laterais, sempre opção para iniciar as jogadas de ataque, não ocorreu, já que Maicon e Michel Bastosseatrapalharam atéaodominar a bola. Mas, na primeira boa jogada, saiu o gol. Robinho tocou para Luís Fabiano, que tabeloucomKaká.Recebeunafrente e encheu o pé, aos 25 minutos. Com a vantagem, o jogo ficou bom para o Brasil, que teve duas chancesemcontra-ataques, mas KakáeElanonãosouberamaproveitar. A defesa voltou a mostrar

falhas. Lúcio parecia nervoso no duelocom Drogba,enquanto Felipe Melo, importante na marcação, errava passes demais. O gol brigado e, ao mesmo tempobrilhante,comLuísFabiano dando chapéu no marcador e usando o braço direito para dominar a bola antes de concluir, aos 5 do segundo tempo, desanimou a Costa do Marfim. A situação africana piorou quando Elano fez o terceiro, após jogada de Kaká pela esquerda, aos 17. Com os 3 a 0, a vitória brasileira estava sacramentada. Os africanosforamparaoataque,abrindo espaços para o toque de bola brasileiro. Gritosde “olé” nasarquibancadas deixaram os marfi-

nenses irritados. Passaram a distribuir pontapés violentos. Elano, que saiu de maca e precisou ser carregado até o vestiário, e Michel Bastos foram as maiores vítimas.Atéosereno Kakáseperdeu com as faltas recebidas, envolveu-se em tumulto e acabou, infantilmente, expulso pelo péssimo árbitro francês, que só deu cartão amarelo ao desleal Tiote aos 41 do segundo tempo. Antes, aos 34, Drogba diminuiu o placar, de cabeça. O fim do jogo foi tenso, com a Costa do Marfim tentando o segundo gol. O Brasil se segurou e garantiu a vaga.Agora,jogaporempatecontraPortugal,nasexta,paraterminar em primeiro no Grupo G.

“O Brasil nos desrespeitou depois de estar vencendo, e isso é inaceitável” Kolo Touré, ao justificar por que a Costa do Marfim bateu nos brasileiros ISSOUF SANOGO/AFP

Permissivo, árbitro francês é alvo de críticas na internet ● A atuação do juiz Stéphane

Lannoy causou revolta nos internautas brasileiros e foi um dos assuntos mais comentados ontem no Twitter. Após o jogo, o nome do árbitro e a expressão “juiz ladrão” estavam no top 10 mundial dos termos mais usados pelos frequentadores da rede

7 8 9 10 11 12

social. O francês foi criticado por não punir a violência dos marfinenses e pela expulsão de Kaká. O erro de Lannoy, que não marcou o toque com o braço de Luís Fabiano, porém, foi pouco citado. No replay da tevê, logo após o gol, era possível ver o juiz francês conversando com o atacante. Apontando o peito e sorrindo, ele deu os parabéns ao brasileiro pelo gol. O nome do camisa 9, grafado erroneamente como “Luiz Fabiano”, também foi um dos mais citados na rede social.

A MATEMÁTICA 1º Brasil

2º Portugal SALDO DE GOLS

6

PONTOS

GOLS PRÓ

3 5

PRÓXIMO JOGO SEXTA Portugal

Jogará por um empate diante de Portugal para ser o primeiro da chave. Caso os portugueses não vençam hoje, já garante a liderança

SALDO DE GOLS

1

PONTO

GOLS PRÓ

3º Costa do Marfim

0 0

PRÓXIMO JOGO HOJE Coreia do Norte

Precisa ganhar da Coreia do Norte hoje para não chegar ao confronto com o Brasil, na sexta-feira, necessitando de um triunfo

SALDO DE GOLS

1

PONTO

GOLS PRÓ

4º Coreia do Norte

-2 1

PRÓXIMO JOGO SEXTA C. do Norte

Terá de ganhar dos norte-coreanos na rodada final e ainda torcer por uma vitória brasileira diante dos portugueses para obter a vaga

SALDO DE GOLS

0

PONTO

GOLS PRÓ

-1 1

PRÓXiMO JOGO HOJE Portugal

Avança se ganhar os dois jogos. Tropeçando hoje, contra Portugal, terá de torcer para o Brasil e ainda bater a Costa do Marfim


O ESTADO DE S. PAULO

E2 %HermesFileInfo:E-2:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

GRUPO

G

Equipes Brasil Portugal C. do Marfim C. do Norte

Pts

SG

GP

6 1 1 0

3 0 -2 -1

5 0 1 1

Irritado, Kaká exige punição ao árbitro Meia fica contrariado com a sua primeira expulsão vestindo a camisa do Brasil. ‘Triste, triste, triste’, repetiu Sílvio Barsetti ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

Um dos últimos jogadores da seleção brasileira a conceder entrevista após a vitória por 3 a 1 sobre a Costa do Marfim, Kaká relutou em falar do lance em que recebeuo terceiro cartão vermelho de sua carreira. Mas, minutos antes de entrar no ônibus da delegação, Kaká cobrou uma punição da Fifa ao árbitro francês StephaneLannoy.Estavavisivelmente contrariado com o incidente. “Vi as imagens no vestiário e cabe à Fifa tomar providências. Não quero falar mais da minha expulsão.” Diante da insistência dos repórteres, acrescentou que ficou “triste, muito triste”, pois jamaishaviasidoexpulsopelaseleção brasileira. “Até hoje (ontem), só tinha passado por isso (expulsão) em dois jogos pelo São Paulo (contra Goiás e Santos).” Ao deixar o campo aos 43 minutos do segundo tempo, Kaká conversou rapidamente comoatacantedoChelsea,Drogba, a quem fez um pedido. “Perguntei se ele tinha visto o que ocorreu. Ele me disse que não. Então pedi que visse as imagens assim que pudesse.” A intenção de Dunga era deixar Kaká atuar os 90 minutos para ganhar mais confiança e ritmo de jogo. Ontem, o camisa 10 foi decisivo. Deu o passe para o primeiro gol de Luís Fabiano e criou a jogada que resultou no gol de Elano, o terceiro do Brasil. O primeiro tempo de Kaká foi irregular. Começou bem, com uma arrancada que permitiu a Robinho um chute perigoso. Nos minutos seguintes, ele perdeu três vezes a bola, facilmente. Também não acertava os lançamentos. Em um deles, fez Robinho dar um pique em vão para tentar alcançá-la. Liberdade. Como talento não lhe falta, bastou ter um pouco mais de espaço para dar um presente aLuís Fabiano, que chutou

Vaga

Portugal e Coreia do Norte dependem de si. A Costa do Marfim precisa ganhar e torcer para o Brasil

Freguês Drogba é freguês de Julio Cesar, Lucio e Maicon. Já havia perdido dois duelos para a Inter na Copa dos Campeões

59%

de posse de bola teve a seleção brasileira

1 minuto do 1º tempo:

Kaká inicia o primeiro lance ofensivo do Brasil. Arranca e lança Robinho, que conclui com um chute de fora da área

25 min: Deixa Luís Fabiano na cara do gol – com um chute forte, o atacante marca o primeiro gol do Brasil

16 minutos do 2º tempo:

Após troca de passes com Robinho e Maicon, Kaká recebe dentro da área, arrisca a finalização, mas chuta em cima do goleiro

17 min: Em arrancada pela esquerda, cruza rasteiro para a área e Elano marca o terceiro gol

39 min: Kaká entra no jogo duro dos marfinenses. Discute com Keita e leva cartão amarelo

● 41 min: O brasileiro dá uma leve cotovelada em Keita, que sugere ter sido atingido no rosto. Kaká é expulso após receber o segundo amarelo

FOTOS: JONNE RORIZ

com força e quebrou um jejum de oito meses sem marcar pela seleção. No outro gol, já no segundo tempo, ele avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Elanocompletar.Kakáquasedeixou sua marca, numa finalização que parou nas mãos de Barry. Como jogopraticamentedefinido, os marfinenses recorreram a faltas desleais. Isso irritou Dunga e seus atletas. Kaká perdeu a paciência e reclamou com veemência da arbitragem. Levou cartão amarelo no meio de um empurra-empurra. E no final, foi expulso em consequênciadeumchoquecomKaderKeita. Sobre sua ausência contra Portugal, na sexta-feira, disse que vai aproveitar a pausa para reforçar a musculatura e fazer exercícios de fisioterapia. “Vou ver pelo lado positivo. Ganharei mais tempo para entrar bem melhorno jogo das oitavas definal.”

Grupo D

● Nicolas Lodeiro (URU) ● Itumeleng Khune (AFS)

● Tim Cahill (AUS) ● Aleksandar Lukovic (SER) ● Miroslav Klose (ALE) ● Harry Kewell (AUS)

Elano toma susto, mas lesão é leve

Bravo. Após receber falta de Yaya Touré, no meio do campo, Kaká começa a mostrar nervosismo com as entradas mais duras dos defensores marfinenses

Grupo B ● Sani Kaita (NIG)

Grupo G ● Kaká (BRA)

Grupo C ● Abdelkader Ghezzal (ARL)

Para Robinho, saída de bola mais rápida fez a diferença

Mesmo apagado durante embate com a Costa do Marfim, Robinhoestava animadocom oresultado. “Hoje tivemos uma vitória

finalizações dos marfinenses

MINUTO A MINUTO: KAKÁ

Grupo A

ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

chutes a gol deu a seleção: 6 no alvo

Festa. Robinho, Elano e Kaká comemoram o terceiro gol brasileiro

JOGADORES EXPULSOS

Jamil Chade

12 10

daequipe.A classificação antecipada era o que queríamos e, portanto, estamos contentes.” Para o atacante do Santos, a diferençaentreo primeiro eosegundo jogo do Brasil foi que, na partida de ontem, “conseguimos que a saída de bola fosse

mais rápida e isso fez toda a diferença na vitória”. Robinhojájoga aresponsabilidade sobre a Espanha, provável adversária do Brasil nas oitavas de final. Ontem, o ex-atacante do Real Madrid deixou claro que os espanhóis, apesar da derrota contraossuíços,continuamsendo os favoritos para levar a Copa do Mundo. “A Espanha tem a seleção mais forte da Copa e continua sendo a favorita”, afirmou.

Este já está sendo considerado umjogo fatalnas oitavas definal. Tanto que a estrela argentina Messi declarou esperar que as duas seleções “se matem” logo nesta fase. Para Brasil e Espanha se enfrentaremlogo napróxima rodada, basta a Suíça terminar como primeira do grupo da seleção de Xavi, Iniesta e Torres. O sorteio da tabela da Copa previa que espanhóis e brasileiros se enfren-

tassem apenas na decisão, no caso de serem primeiros de seus grupos. Mas, com a possibilidade de a Espanha ficar em segundo, esse encontro pode ser antecipado. Questionado se gostaria de evitar a Espanha nas oitavas, Robinho deixou claro que, numa Copa, não se pode fazer esse tipo de previsão. “Não temos como escolher adversários num Mundial”, disse. Para a próxima partida, contra

Elanoviveutrêssentimentosdistintosontem no SoccerCity.Primeiro, vibrou com o seu segundo gol na Copa do Mundo, o terceiro da vitória do Brasil sobre Costa do Marfim. Depois, sofreu entradaviolentadeTioteeprecisou deixar o campo de maca. Felizmente veio o alívio: não foi nada grave. “Estou com um pouco de dor por causa da pancada. Mas vou fazer de tudo nos próximos cincodiaspara estarem campo contra Portugal. Copa do Mundo não é toda hora”, afirmou. O médico da seleção, José Luiz Runco, até descartou levar o jogador para o hospital para exame mais detalhado. “Foi um trauma no tornozelo. O Elano ficou um pouco assustado porque olocalficoudormente,masfelizmente não foi grave”, assegurou. Omeiarevelouque,emumprimeiro momento, pensou que era o fim da Copa para ele. “Minha impressão foi que ele tinha me quebrado. A entrada foi muito violenta. Levei um susto porque o barulho foi enorme”, detalhou ao relembrar o lance. / MARCIUS AZEVEDO

Portugal, Robinho insiste que o Brasil jogará para ganhar – mesmo que isso signifique enfrentar os campeões europeus já na próxima fase. “O Brasil sempre joga para ganhar. Não podemos nem pensar de outra maneira”, disse. Sobre sua atuação discreta no jogo de ontem, principalmente no segundo tempo, Robinho evitou comentar – ele procurou dar poucas declarações aos jornalistas brasileiros presentes.


O ESTADO DE S. PAULO

%HermesFileInfo:E-3:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

“Dunga está trabalhando muito bem. Confio em sua capacidade” Cafu, lateral-direito e capitão do tetracampeonato, aprovando o trabalho do treinador

Rivalidade até no ataque

Em Johannesburgo

Brasil e Argentina, duas das três seleções que ganharam os dois jogos, dividem os ataques mais ofensivos, com cinco gols cada

classificado para as oitavas, o Brasil deve jogar na segunda (28) caso confirme o 1º lugar

3

E3

cartões amarelos

levou a Costa do Marfim, que fez 23 faltas. O Brasil tomou 2 cartões, ambos para Kaká

WEIMER CARVALHO/O POPULAR JONNE RORIZ/AE

‘Vivo de gols, agora terei tranquilidade’ Luís Fabiano lembra de aniversário da filha na comemoração e usa o braço duas vezes para fazer seu segundo gol Robson Morelli ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

FOTOS: EDUARDO NICOLAU

Giovana e Gabriela estavam numafestinhaemCampinassabendo que o papai disputava um jogo de Copa do Mundo na África do Sul. Para elas isso talvez não fizesse tanta diferença assim, acostumadas que estão de ver o pai em campo. Para Luís Fabiano, no entanto, era mais uma chance de espantar a secura de gols que o perseguia há tempos. Só na África, nos dois amistosos do Brasil e na disputa contra a CoreiadoNortenaestreia,oBrasil marcou 10 gols sem que seu atacante balançasse a rede uma única vez sequer. O camisa 9 já se sentia incomodado. Quando correu então para as câmeras de tevê no segundo gol, aquele em que deu dois chapéus nos jogadores da Costa do Marfim na área, sua voz atravessou os mares para mandar recado à filha, quilômetros de distância dali, que completava 6 aninhos. “Giovana, o papai te ama!” Que presente Luís Fabiano deu para a filha e para os 180 milhões de brasileiros que não esperavam menos dele no Soccer City. “Eu vivo de gols. Agora eles vão me dar tranquilidade para trabalhar.” E ele era mesmo outro Luís Fabiano após a partida. Maissorridente,alegre,maisatacante do que nunca. O jejum de gols acabou em grande estilo, com dois na vitória de 3 a 1 sobre a Costa do Marfim. No primeiro, após toque sutil de Kaká, Luís Fabiano entrou na área para fuzilar o goleiro Barry. Agradeceuaoscéusefezonúmero seis com as mãos, a idade de Giovana. O segundo gol, contudo, foi o que revoltou os jogadores marfinenses. Gol que somente um jogador malandro é capaz de fazer, daí a importância de o time e o mundo terem visto isso. A seleção voltou a ser o time que todos conhecem,comgols, toquesealgumamalandragem,característicasquenão podemfaltarnofutebol brasileiro. Um Luís Fabiano desengonçado ganhou no corpo e na raça do primeiro marcador. Usou o braço. A jogada continuou e aí sobrou talento a ele para dar dois chapéus na área, um

MINUTO A MINUTO: LUÍS FABIANO ●

25 minutos do 1º tempo:

Em sua primeira oportunidade no jogo, Luis Fabiano mostrou o espírito goleador. Sem balançar as redes havia seis jogos, o atacante aproveitou a boa assistência de Kaká e finalizou com chute forte, quase sem ângulo, para marcar o primeiro gol do Brasil

● 33 min: Mais próximo de Kaká e Robinho, Luís Fabiano volta para receber a bola. Tenta puxar o contra-ataque a partir do meio-campo, mas é parado com falta

37 min: O atacante tenta retribuir o presente de Kaká. Luís Fabiano recebe na frente da grande área, busca o camisa 10, mas passa errado

● 1 minuto do 2º tempo: O artilheiro é acionado pelo zagueiro Juan, que faz o lançamento mas exagera na força. A bola sai pela linha de fundo

● 5 min: Eficiente, Luís Fabiano faz 2 a 0 no segundo chute a gol. Após passe de Robinho, dá dois chapéus dentro da área (no segundo, ajeita a bola com o braço) e fuzila o goleiro Barry

42 min: Luís Fabiano recebe falta dura do meia Tiote. O marfinense é punido com o amarelo

deles ajudado novamente pelo braço, e chutar. “A bola acabou tocando na mão, mas foi para o gol ficar mais bonito, o mais bonito da minha carreira e logo numa Copa do Mundo”, sorriu. “Foi uma mão santa involuntária.” O juiz chegou a perguntar a Luís Fabiano se ele havia usado os braços. Foi abafado pelas vuvuzelas. “Não entendi o que ele disse. Só sorri pra ele. Malandragem conta nessa hora.” Giovana deixou sua festa em Campinas com fama de pé quente. No dia 21 de junho de 2009, pela Copa das Confederações, Luís Fabiano também fazia dois gols na vitória do Brasil contra a Itália por 3 a 0. E como ontem, naquela oportunidade, ele também havia dedicado os gols à menina.

MALANDRAGEM E INDIGNAÇÃO

As mancadas do juiz. O francês Lannoy expulsou Kaká por causa de um encontrão, em lance polêmico, e beneficiou o Brasil ao ignorar dois toques com o braço de Luís Fabiano no segundo gol

LUÍS FABIANO Atacante da seleção

KAKÁ Meia da seleção

“A bola acabou tocando na mão, mas foi para o gol ficar mais bonito, o mais bonito da minha carreira, e logo numa Copa”

“Vi as imagens do lance no vestiário e cabe à Fifa tomar as providências. Não quero falar mais da minha expulsão”


O ESTADO DE S. PAULO

E4 %HermesFileInfo:E-4:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

RAIO X DA PARTIDA GABRIEL BOUYS/AFP

MARCIO JOSE SANCHEZ/AP

MARCIO JOSE SANCHEZ/AP

BRASIL

JULIO CESAR

MAICON

LÚCIO

3

DEMEL DROGBA

BARRY

TOURE

TIENE L. FABIANO

Tiené bate falta para a área e Julio Cesar espalma para longe do gol

BRASIL COSTA DO MARFIM

BRA CMF

1 0

COSTA DO MARFIM

Luís Fabiano tabela com Kaká, recebe na área e chuta forte sem chances de defesa para Barry

CHIRISTIAN CHARISIUS/REUTERS

TIOTE

LÚCIO

ELANO

1

BARRY

J. CESAR

ZOCORA

L. FABIANO DROGBA

F. MELO

Luís Fabiano dá dois chapéus dentro da área e finaliza de perna esquerda

DESEMPENHO DOS TIMES

Elano recebe cruzamento perfeito de Kaká e marca de pé direito, com categoria

BRA CMF

3 0

Yaya Touré cruza na área entre os BRA CMF zagueiros brasileiros para Drogba marcar, sozinho, de cabeça

3 1

NO ATAQUE DOMÍNIO 0 min.

5

10

15

20

25

30

35

46 EQUILÍBRIO 0

40

5

10

15

20

25

30

35

40

48

NA DEFESA ACUADO

A seleção brasileira toca bola no campo adversário e leva pouco perigo ao gol da Costa do Márfim ONDE MAIS ATUOU (EM %)*

GOL

ESCANTEIO

Brasil sofre pressão com bola levantada na área e Drogba cabeceia no canto esquerdo de Julio Cesar CHUTE A GOL

CARTÕES:

AMARELO

12,1%

24,5%

YAYA TOURÉ

BRA

Segundo tempo

15,7%

Árbitro: - Stephane Lannoy (FRA) Auxiliares: - Eric Dansault (FRA) - Laurent Ugo (FRA)

VERMELHO

DE CMF CAMPO BRA ATAQUE

Primeiro tempo

GABRIEL BOUYS/AFP

7,3%

4,2%

CAMPO DE ATAQUE

CMF

20,6%

17,4%

11,7%

MAICON

DROGBA

YAYA TOURÉ

DINDANE

YAYA TOURÉ

L. FABIANO ROBINHO

12,7%

5,8%

2%

DINDANE

ELANO

L FABIANO (5 MIN.)

D. ALVES

2,2%

11%

11,7%

ROBINHO

5%

ELANO (17 MIN.) TEMPO COM A BOLA NOS PÉS

6’36’’

TEMPO COM A BOLA NOS PÉS

KAKÁ ROBINHO

18,4%

7,8%

4,9%

ROBINHO

8’23’’

TEMPO COM A BOLA NOS PÉS

KAKÁ

5’17’’

19%

KAKÁ

9,7%

Com menor participação de Maicon, o Brasil de novo foi forte pela direita

TEMPO COM A BOLA NOS PÉS

7’32’’ L. FABIANO (25 MIN.)

L. FABIANO

23,3%

SIAKA TIÉNÉ (CMF) (31 min.)

DROGBA (33 MIN.)

Na etapa final, Kaká caiu mais pela esquerda e deu passe para o gol de Elano

4% KAKÁ (BRA) (42 min.) KAKÁ

KAKÁ (BRA) (39 min.)

TIOTE (CMF) (40 min.)

5,7%

22,7% KEITA (CMF) (29 min.)

*O tempo é contado apenas quando a bola está sob o domínio do jogador

41% CMF

Foi bem...

Posse de bola BRASIL

Foi mal...

59%

QUEM ENTROU

BRA Daniel Alves, 21 min. (ST)

L. Fabiano (BRA) Fez dois golaços e entrou na briga pela artilharia da Copa

M. Bastos (BRA) Outra vez sentiu dificuldade e teve atuação apagada

Ramires, 47 min. (ST) PT = primeiro tempo ST = segundo tempo

Julio Cesar Maicon Lúcio Juan M. Bastos G. Silva F. Melo Elano Kaká Robinho L. Fabiano Técnico: Dunga

COSTA DO MARFIM

Scout

QUEM ENTROU Barry Demel Kolo Touré Zokora Romaric, Siaka Tiéné 26 min. (ST) Tiote Keita, Yaya Touré 22 min. (ST) Eboué Gervinho, Kalou 8 min. (ST) Dindane Drogba Técnico: Sven-Göran Eriksson (SUE)

JUAN NÃO COMETEU FALTAS

FABRICE COFFRINI/ AFP

Posse de bola

15

FALTAS

20

4

ESCANTEIOS

3

0

IMPEDIMENTOS

2

2

CARTÕES AMARELOS

3

6

CHUTES CERTOS

4

12

TOTAL DE CHUTES

FONTE: FOOTSTATS

10 INFOGRÁFICO/AE

Nem a classificação acalma Dunga JONNE RORIZ/AE

Treinador faz pesadas críticas ao árbitro francês, volta a alfinetar a imprensa e xinga repórter de TV Luiz Antônio Prósperi ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

Dunga saiu de campo chutando a grama e gritando contra o árbitro francês Stephane Lannoy. Não engoliu a expulsão de Kaká nem os pontapés que seus jogadores levaram dos africanos da Costa do Marfim. Desde os primeiros instantes do jogo, ele não conseguiudisfarçarsua irritação com o juiz. Xingou Lannoy o quando pôde. Pouco mais de 15 minutos após a partida, o treinador atribuiu a vitória por 3 a 1 à maturidade dos jogadores, que não revidaram as pancadas, e ao futebol apresentado pelo time. Na entrevista, Dunga disse que a partida foi muito difícil, não só pelo estilo do adversário, mas também pela complacência doárbitroaos pontapésdos marfinenses. “O jogo foi muito complicado, atlético, de muita força

ATUAÇÕES Julio Cesar

Seguro no jogo e sem culpa no gol de Drogba no 2º tempo. 7,5

Bronca. ‘Não podemos aceitar o que aconteceu’, disse Dunga física, de muitas faltas. Todos nós que gostamos do futebol nãopodemos aceitar oque aconteceu hoje (ontem). Pessoas que têmamissãodecontrolaroespetáculo precisam saber o que é futebol e o que não é. Difícil jogar futebol-arte como pedem, se o árbitro deixar passar o que deixou passar hoje.” Ao falar sobre Luís Fabiano, que desencantou na partida de ontem, disse que “todos os joga-

dores da seleção confiam no Luís. Vinha de uma lesão, cinco jogos sem marcar um gol. Havia muita cobrança dele próprio e de vocês (imprensa). Foi importante para acabar com a ansiedade. A gente sabia que o seu momento ia chegar”, disse. A expulsão de Kaká foi mais um motivo para criticar o árbitro. “Foi totalmente injusta. O cara sofre a falta e ainda é punido”, reclamou. Ele disse que a parada forçada de Kaká será até boa. “Ele vinha bem, faltava ganhar confiança. Essa parada, que vai ser curta, vai acabar ficando boa para o Kaká se recuperar ainda mais.” O treinador não vai dar folga para a equipe hoje. “Não adianta dar tempo livre aos jogadores porque vocês (jornalistas) vão atrásdeles.Émelhorficarrelaxado lá no hotel. Teremos mais tempo para lapidar o que cada um precisa.” Durante a entrevista, o treinador murmurou palavrões e fez provocações ao jornalista Alex Escobar, da TV Globo. Ao final, comentou com outro funcionário da Globo: “É preciso ser homem. Olhar olho no olho e não m... nas calças.”

✽ Análise: Luiz Zanin

Seleção dá claros sinais de evolução

E

m relação à pobre exibição contra a Coreia do Norte, na terça-feira, o Brasil mostrou clara evolução. Em alguns momentos, apareceu o futebol brasileiro no que ele tem de melhor – inteligência, dribles, toque de bola, velocidade. Foi assim que surgiram os gols – os dois de Luís Fabiano (o segundo deles irregular, com a bola carregada pelo braço) e o de Elano, em cruzamento de Kaká. Mas, além disso, o Brasil, em boa parte do tempo, mostrou que pode controlar um jogo que lhe é favorável. Isso é bom sinal. O porém (sempre há um porém, lembrava o dramaturgo Plinio Marcos) é que a seleção acabou caindo na catimba e no jogo violento proposto pela Costa do Marfim. É uma antiga deficiência nossa. E que será posta à prova nesta Copa do Mundo quando nos defrontarmos com seleções também catimbeiras, eventualmente violentas, e que tenham melhor futebol que o da Costa do Marfim. As coisas, então, podem ficar feias. Faltou maturidade a Dunga para enxergar

que era hora de tirar Kaká de campo, para evitar que fosse expulso, ou saísse machucado de algum lance violento. O desfecho, que tira Kaká do jogo contra Portugal, pode servir de lição ao técnico. Coletivamente a seleção foi bem e alguns jogadores tiveram atuação individual melhor, como foram os casos de Luís Fabiano e do próprio Kaká. A defesa esteve segura, como de hábito, mas não pode se dar ao luxo de apagões como o que redundou no gol marcado por Drogba, livre, de cabeça. O lance todo foi consequência de um estado de instabilidade causado pelas circunstâncias do jogo, com as discussões entre jogadores, as entradas duras, etc. O Brasil perdeu o foco. Quando perdeu o foco, tomou. Aprendizado. Tudo tem de servir de aprendi-

zado. Costuma-se dizer que vitórias não oferecem material para reflexão. Comemora-se e é só. Esses 3 a 1 devem, de fato, ser comemorados. Mas é bom que também se aprenda com os erros vistos em campo, o principal dos quais foi essa perda de foco quando dominava amplamente a partida. Por enquanto os erros são tolerados. Na segunda fase, na qual o Brasil já está, qualquer vacilo pode significar o fim. E é bom lembrar que podemos nos encontrar com a Espanha logo nas oitavas de final. Melhor então estarmos bem preparados e serenos. Porque daqui para a frente não será fácil.

Wilson Baldini Jr.

Maicon

Desta vez mal no apoio, mas seguro na marcação pelo seu setor. 5,5

Lúcio

Nervoso e com a mania de atacante, mas foi firme de novo. 5,5

Juan

Um pouco melhor que Lúcio, mas também tenso nas disputas de bola. 6

Michel Bastos

Felipe Melo

Gilberto Silva

Elano

Kaká

Luís Fabiano

O pior do time, com dificuldades até no domínio de bola. 3,5

Um incansável ‘cão de guarda’, apesar de alguns passes errados. 6

Burocrático, mas também ajudou nos desarmes no meio-campo. 5

Bem novamente, fazendo outro gol, até ser caçado e sair machucado. 7

Deu passe para dois gols, mas acabou expulso infantilmente. 5

Decisivo com dois gols e ainda brigador como se esperava dele. 9

Robinho

Com boa movimentação, mas pouco produtivo nas conclusões. 7

Daniel Alves entrou bem na função de Elano no meiocampo e mostrou boa movimentação. 6. Ramires entrou no lugar de Robinho e teve pouco tempo. Fica sem nota.


O ESTADO DE S. PAULO

%HermesFileInfo:E-5:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

E5

ANTERO GRECO

SELEÇÃO CONTINUA A JOGAR O SUFICIENTE PARA FAZER RESULTADO QUE LHE INTERESSA

Futebol sem desperdício

S

abe o sujeito que não é sovina, mas também não torra dinheiro? Gastaonecessário,nãoseincomodacomostentaçãoeaindafazpoupança? Pois a seleção se comporta dessa maneira. Na estreia, contra a Coreia do Norte, foi muito “controlada”, como diria velho personagem de Chico Anysio, e ontem investiu o suficiente para ganhar da CostadoMarfim comfolga.Semdesperdício, já tem presença assegurada nas oita-

vas, com uma rodada de antecipação e aproveitamento total, como Argentina e Holanda. Dessa vez me colocaram em lugar mais alto no estádio – bloco 544, fila W, cadeira 29, que nem existia. Tive de me ajeitar na fileira Y, ao lado de três alemães que levaram os fiscais no bico e não tinham os ingressos especiais de imprensa. Mas ficar no topo do Soccer City teveumavantagem: pudever àperfeição a disposição tática dos marfinenses. Estavam cheios de firula, no começo, e com evidente disposiçãodesurpreenderoBrasilnumcochilo. Fizeram duas muralhas, uma de quatro e outra de cinco, e largaram o Drogba sozinho no meio de Lúcio e Juan. E a bola não chegava. A seleção não entrou na correria nem se dispôsagastarforças.Erroualgunspassesedesatou o nó com o primeiro gol de Luís Fabiano,

numajogadaquecontoucomparticipaçãoimportante de Kaká e Robinho. Depois, pareceu o matuto de antigas histórias, que matava o tempo a pitar seu cigarrinho de palha, sem pressa e com ar contemplativo. Tocou a bola pra cá e pra lá, a chamar a Costa do Marfim, que não veio pra cima e sentiu o golpe. E assim se manteve o time de Dunga, sem esbanjar e seguro de que não sofreria sobressaltos. Pra liquidar a conversa, ainda fez mais dois gols. O segundo de Luís Fabiano foi bonito, mas irregular, pois ajeitou uma vez com a mão e outra com o braço. O de Elano veio numa bela trama com Kaká pela esquerda. Kaká melhorou, e com ele a seleção. Pena que tenha entrado na pilha rival e levou vermelho. Depois, de novo, deixou o relógio tiquetaquear. Os adversários se irritaram, apelaram

pra ignorância, tiraram Elano no pontapé. Consideraramdesrespeitosaaatitudebrasileiradecadenciaro jogo.Coisadegrossodebola. Essa será a seleção, sempre que estiver com o jogo sob controle. Não se meterá a dar espetáculo, mas a construir o resultado que lhe interessa. É opção que no momento dá certo, e disso o treinador está convencido. Só lhe falta ter espírito desarmado. Mas aí é pedir demais.

antero.greco@grupoestado.com.br

KAI PFAFFENBACH/REUTERS

Drogba diz que derrota é choque de realidade Atacante afirma que jogo mostrou a distância entre o Brasil e as equipes emergentes e reclama do gol de Luís Fabiano Almir Leite ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

Didier Drogba considera que o jogo entre Brasil e Costa do Marfim serviu como um choque de realidade para seu time. O atacante disse que a disparidade técnica e tática entre um grande do futebol mundial e uma equipe emergenteficouclaradiante dodomínio e da facilidade dos brasileiros em construir a vitória. “O jogo mostrou a diferença entre um time favorito a ganhar a Copa e outro que ainda está trabalhando para avançar.’’

GRUPO

G

O atacante procurou encarar comnaturalidadeoresultadoadverso, mas não disfarçou a irritação ao ser questionado sobre os motivos do péssimo desempenho das seleções africanas até agora. “Ninguém fala que os europeus não estão indo bem. Não é por que a Copa é na África que os africanos vão ganhar de uma hora para outra’’, disse, em tom ríspido. “E Gana está indo bem.’’ O marfinense estava ao mesmo tempo abatido e conformadocomaderrotapor3a1,resultado que complica bastante as chances de sua seleção passar às oitavas de final. O objetivo, ontem, era alcançar ao menos um empatepara tentardefinir avaga na última partida, contra a Coreia do Norte. Para Drogba, além de o Brasil “ter sido muito superior em campo’’, teve uma boa dose de sorte. “É triste constatar que,emquatroataques,elesfizeram três gols’’, disse. “O Brasil vai longe na competição.’’ O artilheiro do Chelsea teve atuação discreta ontem. Isolado namaiorparte dotempo, perdeu

ISSOUF SANOGO/AFP

‘Batemos, sim. O Brasil nos desrespeitou’ JOHANNESBURGO

A Costa do Marfim bateu, sim, no Brasil. E não se arrepende. O zagueiro Kolo Touré disse que a pancadaria vista no segundo tempo foi uma resposta às gracinhasqueos adversários começaram a fazer após abrir vantagem. “O Brasil nos desrespeitou. Depois de estar ganhando, começou a brincar com a bola e isso é inaceitável.Mesmoqueestejaganhando de 10 a 0, uma seleção precisa mostrar respeito ao ad-

Revolta. Kolo Touré reclama das gracinhas dos brasileiros versário’’,disse,eminglês, ojogador do Manchester City. Touré também reclamou bastante do árbitro francês Stephane Lannoy, que validou o segundo gol brasileiro, marcado por

Gol solitário. No sacrifício, Drogba lutou bastante e conseguiu vencer a defesa brasileira em um lance de bola aérea a maioria das disputas com Juan eLúcio.Mas,naetapafinal,quando teve um pouco mais de espaço e companhia, depois que a Costa do Marfim se propôs a ser um pouco mais ofensiva, mostrouseutalento. Teveduasoportunidades,embobeadasbrasileiras: na primeira, cabeceou a bola para fora; na segunda, livre, venceu Julio Cesar. Drogba admite que pensava

Luís Fabiano, num lance em que levou a bola com a mão. “Como um juiz pode dar um gol daqueles? O jogador tocou duas vezes com a mão na bola’’, afirmou, revoltado. “Se ele foi falar com o Luís Fabiano depois do gol, por que não veio me perguntar se aceitava esse gol?’’ O técnico Sven-Goran Eriksson também estava inconformado com o lance, mas preferiu ressaltar os méritos da seleção treinada por seu ex-pupilo Dunga. “O Brasil defende e ataca bem. É umtimemuitoorganizado,extremamente bom na defesa’’, disse. O sueco entende que sua seleção fez boa partida, mas pagou caro pelos poucos erros que, na visãodele,cometeu.“Elessouberam aproveitar, são muito bons, não há o que contestar.’’ / A.L.

que a Costa do Marfim se sairia melhor contra a equipe pentacampeã mundial. Garantiu, porém,encararaderrotaeaiminentedesclassificaçãocomnaturalidade. “Não estou deprimido, mas desapontado.’’ Agora, entende o artilheiro, à seleção marfinense resta torcer para que Portugal não vença hoje a Coreia do Norte por larga margemedepois,naúltimaroda-

da, que tropece contra a seleção brasileira.“Ficoudifícil, masainda temos possibilidades. Não considero que estejamos desclassificados.’’ Aexemplodeseuscompanheiros, Drogba também questionou o segundo gol de Luís Fabiano. “Eledominou a bola com a mãoe todo mundo viu. O Brasil mereceu, mas o placar de 2 a 1 teria sido mais justo.’’

✽ Análise: Marcos Caetano

Elbrazode Diós

D

emorou um pouco, mas o futebol do Brasil deu as caras – e em grande estilo. O jogo contra a Costa do Marfim, que se apresentava como o mais difícil da primeira fase, foi mesmo enjoado. Mas só até brilhar o talento do grande Luís Fabiano. Quando, aos 24 minutos do primeiro tempo, nosso camisa 9 mandou um tijolo quente para quase furar as redes defendidas por Boubacar, o ingrediente mais importante para uma seleção que quer ganhar a Copa apareceu: a confiança. Sem a confiança, o próprio Fabuloso não teria arriscado a jogada do segundo. Uma pintura que despertou espanto e encantamento, com uma pincelada de polêmica. Nossa atuação, sobretudo entre o primeiro

SEM JOGAR A TOALHA DIDIER DROGBA Atacante da Costa do Marfim

“Ficou difícil, mas não considero que estejamos desclassificados”

gol e a parte final do jogo – quando o futebol se transformou em tourada –, me deixou entusiasmado, a ponto de me permitir uma pequena e divertida patriotada: até quando o negócio é fazer gol com a mão nós somos melhores do que a Argentina. O segundo gol de Luís Fabiano, que não foi com “la mano de Dios”, mas com “el brazo de Dios”, foi muito mais bonito do que aquele soquinho do Maradona contra os ingleses. Não é todo dia que vemos um gol comparável aos grandes momentos de Pelé. E o gol do Fabuloso evocou os chapéus do Rei contra o País de Gales e a Suécia, em 1958. Umaúltimaobservação:oárbitro francês Stephane Lannoy parece ter ficado tão extasiado com o golaço do Fabuloso que até sorriu quando sinalizou para o jogador que tinha dúvidas sobre se ele usou ou não o braço. Nosso atacante sorriu de volta – e ficou por isso mesmo. O francêsdeveterpensado:nãoseanulaumaobraprima dessas. ✽ É COLUNISTA DO ‘ESTADO’


O ESTADO DE S. PAULO

E6 %HermesFileInfo:E-6:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Diário da Copa

DANIEL PIZA Yes, temos ataque 16Aº DI

A

noitede ontempoderiatersido toda de boas notícias, mas o que importa é que elas preponderaram sobre as más. A melhor foi o desempenho de Luís Fabiano e Kaká, que ao lado de Robinho reivindicaram o que o futebol brasileiro tem de melhor: passes rápidos, iniciativas individuais,dribles echutes. O Brasil contou ainda com outra boa atuação de Elano, que tem sido menos um volante do que um meia, abrindo pela direita e chegando à área. Isso e a conhecida segurança da defesa e de Julio Cesar mostraram, principalmente no segundo tempo, uma evolução do time, já classificado e pronto para continuar melhorando. Nos primeiros 15 minutos o Brasil nãocriou muito eerroualgumas vezes. Felizmente, a Costa do Marfim, mais recuada do que deveria, respeitando a

camisa amarela, não aproveitava os espaços. Defendia no 4-5-1, mas na hora de agredir não conseguia chegar com os três mais adiantados, Dindane pela direita, Kalou pela esquerda e Drogba. O primeiro gol de Luís Fabiano mudou a cara e não o ritmo da partida, porque o Brasil passou a tocar a bola e convidar o adversário a abrir. O risco não foi muito bem administrado, porque os chutes e cruzamentos apareceram, e abdicardeatacaroucontra-atacarnunca é boa estratégia. Mas no segundo tempo, embora a Costa do Marfim tenha voltado com a marcação mais adiantada, outro gol de Luís Fabiano, logo no início, animou o Brasil. Era para ser um lance antológico, desses que entrariam na galeria dos dezmaisbonitosdasCopas,enoentanto ele usou o braço duas vezes para dominar a bola (como reconheceu na en-

trevista depois do jogo). O juiz ainda teve o desplante de chegar até ele na hora e comentar, sorrindo, que tinha visto o toque. Sei que já tem muitos brasileiros dizendo que foi o “braço de Deus” e que o juiz também favoreceu a Costa do Marfim na hora de dar os cartões. Mas um gol irregular é um gol irregular. Kaká fez outra boa jogada no terceirogol,endossandoo créditoquemerecia receber e muitos queriam lhe negar; cruzou e Elano apareceu livre para marcar. Depois seria Elano uma das vítimas das entradas desleais, absurdas, que o árbitro não soube punir nos momentos adequados. Kaká, cada vez mais irritado, caiu na catimba marfinense, tomou um amarelo e depois outro. Um pouco antes, numa distração do sistema defensivo num contra-ataque rápido que Juan conseguiu blo-

quear parcialmente, Drogba entrou sem marcação e diminuiu o placar. A ausência de Kaká no próximo jogo pode ser importante. O Brasil já está na segunda fase e pode enfrentar Portugal com alguma tranquilidade, mas quemquer ser campeão precisa buscar resultado e não deve ficar escolhendo o adversário seguinte, mesmo que seja a Espanha, caso ela se classifique em segundo no grupo H. Dunga tem que seguircom os ajustes, e no momento já sãopoucasasseleçõescapazesdeencarar o Brasil – sobretudo quando seus jogadores ousam. estadão.com.br Blog. Acompanhe outras notícias e análises da Copa http://blogs.estadao.com.br/daniel-piza/

Livio Oricchio / NICE

FESTA NA CORTE

O

PILOTOSBRASILEIROSSACODEM MÔNACOCOM COMEMORAÇÃO Felipe Massa e Bruno Senna engrossam coro de brasileiros, festejam a segunda vitória da seleção na Copa do Mundo da África e fazem chacoalhar um dos destinos mais pacatos e badalados da Europa ARQUIVO PESSOAL

Só alegria. Alberto Valério (GP2), Felipe Massa e a mulher, Rafaela, comemoram a vitória do Brasil ao lado de Bruno Senna

elegante Principado de Mônaco, com seu famoso e glamouroso cassino e o chiquérrimo Hotel de Paris, o suntuoso castelodopríncipeAlbertII,porto de imponentes iates e do metro quadrado mais caro do mundo assistiu, ontem, a um espetáculo contrastante com sua conhecida fleuma: a celebração da vitória da seleção na Copa feita por um grupo de brasileiros, esportistas famosos, como eles provavelmente nunca viram. “Não sei de onde apareceu, mas havia uma brasileiro que tocava violão, outro, pandeiro, e nóstodoscomacamisetadaseleção. A cada gol voava tudo”, contou Bruno Senna, piloto da equipe Hispania de Fórmula 1, um dos personagens do alegre encontro no restaurante Sass Café. Ao seu lado estavam Felipe Massa, da Ferrari, sua mulher, Rafaela, Alberto Valério, piloto da GP2, e Carlos Iaconelli, piloto da AutoGP, categoria que substituiuaFórmula3000Europeiaesteano, dentreoutrostorcedores. O são-paulino Massa, apaixonadoporfutebol,moranoPrincipado há mais tempo e sugeriu o lugar, curiosamente quase ao lado onde, em 1988, Ayrton Senna bateu sua McLaren, deixou de vencer o GP de Mônaco e disse teraprendido uma lição definitiva na carreira: manter a concentração total sempre. Essa atenção à partida não faltou em nenhum dos pilotos, ontem no Sass, cuja mulher do proprietário é brasileira e ontem celebrava seu aniversário. “O dono é um camarada nosso”, disse Bruno.

Seus comentários sugerem quetodosestãoacompanhando os jogos da Copa bem de perto. “Diego ‘Luís Fabiano’ Maradona foi demais, gol de mãocampeão”,disseo“corintiano, claro” Bruno. “Se o Brasil e a Argentina forem os primeiros em seus grupos acho que a final vai ser entre os dois, que estão muito bem.” Massa não só gosta como pratica futebol. Ele faz sua análise da vitória: “O Brasil jogou melhor do que eu esperava, cresceu em relação ao primeiro jogo, atuou com inteligência, tem time, sim, para lutar lá na frente da Copa.” Uruguai e Holanda não podem ser desprezados, segundo Massa. “Estão jogando bem. E seleções que não foram bem, como Inglaterra, Alemanha, Espanha e Itália são bem superiores à maioria”, lembra, acreditando que vão seguir fortes na competição. Mas existe um time que merece todo o respeito para Massa: “A Argentina, está superbem.” Luís Fabiano deixou saudades em Massa. “Como são-paulino, brasileiro, tudo o que aconteceu hoje foi sensacionalpara ele.Precisava marcar, depois de um tempo sem fazergol,agoravai longenessa Copa.” Seu crescimento tem a ver com a evolução de Kaká, comenta. “Em melhor forma também, vai passar mais bolas para o Luís Fabiano.” Todos os pilotos querem ver a França fora da logo na primeirafase.Sãoasdoresainda não cicatrizadas das Copas de 98 e 2006, quando o Brasil foi eliminado pelos Blues.

REPERCUSSÃO Sebastião Lazaroni Ex-técnico da seleção

Carlos A. Silva Ex-técnico da seleção

Wladimir Ex-jogador

Dudu Ex-jogador

Coutinho Ex- jogador

‘Marcar 3 gols foi importante’

‘O destaque do jogo foi o Elano’

‘O Juan não perde uma dividida’

‘Percebe-se a união do grupo’

‘Precisamos ‘Que saudades pensar no saldo de gols’ da Copa’

‘Vamos aliviar ‘A expulsão um pouco do Kaká foi com o Dunga’ injusta’

● Vi malandragem no lance da expulsão do Kaká, pois ele firmou o corpo, o jogador bateu e depois simulou que foi agredido. O fundamental foi a vitória, a classificação e a confiança que o time vai ganhar. Marcar 3 gols também foi importante.

● O Brasil cumpriu o seu papel de buscar a vitória e garantir a classificação. O Luís Fabiano desencantou e para mim foi o destaque, embora o forte do Brasil seja mesmo o conjunto. Percebe-se a união do grupo, e isso é trabalho do Dunga.

● A gente às vezes pega pesado com o nosso treinador. Vamos aliviar um pouco. O cara é muito competente e ainda é um campeão mundial. Em relação ao Kaká, vamos pensar pelo lado positivo: ele vai dar uma descansada e depois volta com tudo.

O time foi bem. Graças a Deus melhorou em relação ao primeiro jogo. A porcaria foi a expulsão do Kaká. Ainda não aprendemos a jogar contra times de forte marcação. Perdemos a cabeça. O destaque foi Elano, que está subindo de produção.

Nesta partida, o Brasil mostrou evolução no toque de bola e na objetividade. Agora, que passou o impacto da estreia, o time está se soltando. O Juan está demais: não perde uma dividida. Ainda está longe do que eu gostaria, mas dá para o gasto.

Eu gostei do que vi contra a Costa do Marfim. Só acho que a gente poderia ter chegado ao quarto ou quinto gol. O Elano foi muito bem até se machucar. Apesar da defesa ser boa, estamos tomando gols. Precisamos pensar no saldo.

Ronaldo Jogador

● Boa Guerreiro (Luís Fabiano). Dois gols. Parabéns seleção! Uma pena meu irmão Kaká ter sido expulso. Faltam 5 jogos para o hexa! Em tempos de Copa , meu amigo e fisioterapeuta Caio me homenageia (corte de cabelo de 2002). Que saudade da Copa!

Romário Ex-jogador

PC Gusmão Técnico do Vasco

● Os jogadores da Costa do Marfim abusaram da violência e acho que a expulsão de Kaká foi injusta, já que sofreu faltas durante o jogo. Pelos 2 gols, o Luís Fabiano foi o destaque positivo do Brasil e estava precisando disso para retomar a confiança.

O MUNDO COMENTA

● Para jornal argentino, Luís Fabiano fez piada de Maradona ao dizer que seu segundo gol teve ajuda da “mão de Deus”. O diário esportivo ironizou o atacante brasileiro, dizendo que ainda falta muito para que ele se pareça com o ídolo dos ‘hermanos’

● “O Brasil é quase fabuloso”, titulou o jornal italiano ‘Gazzetta dello Sport’, em referência ao apelido do atacante Luís Fabiano. O jornal destaca ainda “o caos no final da partida”, depois da dura falta sofrida por Elano e da expulsão do meia-atacante Kaká

● Para os ingleses do tabloide ‘The Sun’, a vitória do Brasil foi “fabulosa”. Além de elogiar muito a atuação dos “samba boys”, o jornal londrino também ataca a seleção da Inglaterra, que ainda não decolou na Copa e parece estar “entrando em crise”

● Além de destacar a guerra sem precedentes entre os jogadores franceses e a federação local de futebol, o ‘Le Monde’ diz que o Brasil “assim como a Argentina, passou rapidamente a um nível superior na Copa”, ao impor seu futebol “com autoridade”

● O destaque para a irritação de Dunga durante a entrevista coletiva após a partida só não ganhou mais atenção que o golaço de Luís Fabiano no jornal esportivo português ‘A Bola’. Para o diário, os jornalistas brasileiros “são ferozes”

● O Brasil “convenceu” o jornal espanhol ‘Marca’ com “uma boa partida”, que garantiu a vaga da seleção nas oitavas. O jornal disse ainda que a expulsão de Kaká “foi injusta”, numa partida que serviu “para acender o meia-atacante da seleção”


O ESTADO DE S. PAULO

%HermesFileInfo:E-7:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

E7

VERISSIMO

NO 2.º TEMPO, HOUVE UM ESTALO. TUDO QUE O KAKÁ SABIA E HAVIA ESQUECIDO VOLTOU...

Haja urubu

L

iqueaRealSociedadeparaaProteção de Pássaros está preocupada com o declínio da população de urubus na África do Sul. Segundo velha crença, fumar os miolos defumados de um urubu dá o poder de prever o futuro. Depois de alguns dos primeiros resultados surpreendentes desta Copa, começando com a derrota da Espanha diante da Suíça, teria aumentado o consumo de miolos de urubu e diminuído a quantidade de urubus

nos céus do país. Deve ser grande o número de pessoas atrás do poder da clarividência para apostar em zebras ainda por vir. Depois que a AlemanhaperdeuparaaSérvia,então,especula-se que tenha triplicado a demanda por miolos de urubu. O pior é que, como informa uma instituiçãochamadaTrustedeEspéciesSelvagens Ameaçadas, setor aves de rapina, os urubus estariam sendo envenenados com substâncias que também fazem mal aos humanos. Assim, as inconstâncias desta Copa estariam ameaçando não só o prestígio de técnicos e jogadores consagrados como a população da África em geral, além do equilíbrio ecológico. Pode-seimaginar comocresceria aprocura por miolos defumados de urubu se Brasil x Costa do Marfim também tivesse um resultado,digamos,esdrúxulo (“esdrúxulo”é apala-

vra mais esdrúxula da língua portuguesa e a única que descreveria empate ou derrota do Brasil ontem). Seria sinal de que literalmente qualquer coisa poderia acontecer nesta Copa, e alguém com a capacidade de ver o futuro e apostar no esdrúxulo faria fortuna. No primeiro tempo, andamos perto do impensável. A Costa do Marfim fez ataques perigosos enquanto a única vez em que o Brasil entrou na área adversária foi no gol do Luís Fabiano. Mas aí aconteceu uma coisa curiosa: o Kaká lembrou como se joga. Ele tinha esquecido. A cada bola que chegava nele, ele se perguntava “e agora?”. Como é que se domina uma bola? O que é, mesmo, passe? No segundo tempo houve o estalo. Tudo que o Kaká sabia voltou de repente, e o time se modificou. O segundo gol do Luís Fabiano foi com a ajuda do braço,

certo, mas se não foi legal, foi justo. O Brasil merecia. E o gol do Elano saiu de jogada de força e técnica do Kaká, visivelmente eufóricoporterrecuperadoamemória.Nãofoivitória animadora, mas pelo menos continuamos imunes ao esdrúxulo que ronda a Copa. E, acima de tudo, o Brasil não contribuiu para o aumento da mortandade de urubus.

Felipão estreia. Como comentarista Técnico é contratado de emissora sul-africana, mas só para dar ‘opinião’ nos jogos da Copa. ‘Bah, eu não sou comentarista!’ Christian Carvalho Cruz ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

Um comportado e político Luiz Felipe Scolari acompanhou Brasil x Costa do Marfim à beira do gramado, ontem, em Johannesburgo. Não soltou nenhum palavrão, nenhum berro, quase não gesticulou e até terno e gravata vestia.Ogramadoestavaa15quilômetros do Soccer City, em Soweto. Ficava em Sandton, num supertelão instalado no estúdio da SABC, a rede pública de TV da África do Sul que contratou o extécnico da seleção brasileira para comentar jogos da Copa. Maiscedo Felipãojá havia dito que“bah,eunãosoucomentaris-

ta!” Que numa hora dessas se sente tolhido de falar algumas coisas que possam incomodar outros técnicos. “Então, o que eu posso é, superficialmente, darumaopinião.”Ebota superficialmente nisso. Sempre que era chamado pelo apresentador Walter Mokoena, BigPhil caprichava,num puríssimo inglês gaúcho – curto e direto, para não errar: “Elano não é umjogador brilhante individualmente, mas ele é very important para o time”; “Maicon é o melhor lateral-direito of the world”; Robinho é amazing porque você nunca sabe o que ele vai fazer”. Mas justiça seja feita. Antes de o jogo começar Big Phil cravou que a seleção venceria, “because quantomaiscomplicatedéasituação, melhor para o Brasil”. Também disse que o problema da Costado Marfiméque seus jogadoresnãoarriscamodriblequando estão no one by one, o famoso “mano a mano”. À tarde, disse que ainda não viu nada de espe-

CHRISTIAN CRUZ/AE

No estúdio. Luiz Felipe Scolari divide e ataca: disse que não viu nada de especial no Mundial cial no Mundial, porque nenhuma seleção fez “grandes coisas”. Com direito a pó de arroz na careca e uma câmera só pra ele, Felipão se soltou no fim do jogo,

fazendo a plateia rir duas vezes. Na primeira, comentando o segundo gol de Luís Fabiano, lascou: “Uma vez mão na bola é falta. Duas vezes não é. Está na re-

gra.” Na segunda, não era piada, mas a galera achou graça do comentário sobre a cotovelada que custou a expulsão de Kaká: “Foi normal. Ele não fez nada, só evi-

tou o choque com o adversário”. Esse é o real Felipão! Dividindo a bancada com Big Phil estavam, na meia, o analista Christophe Bongo e, na pontaesquerda, o craque nigeriano aposentadoJayjay Okocha. Bongo deixou o programa se dizendo impressionado com o conhecimento de Scolari sobre futebol. “Porque fora do ar, sem a limitaçãode tempo,seuscomentários eram melhores”, contou. “Ele disse que o Lúcio daria umapancadanobraço machucado do Drogba logo que tivesse chance. Na primeira disputa de bola entre os dois foi o que aconteceu.” O que mais Bongo? “Que oBrasilperdepara Portugal,porque será um jogo psicológico”. Palmeiras. Felipão disse que falta 1% para acertar a volta ao Palmeiras embora o clube já tenha feito o anúncio: a forma de pagamento.Nãoentrouemdetalhes, mas deu a entender que é algo relacionado a impostos.

Arquivo dos Mundiais ARQUIVO AE

HÁ 40 ANOS, BRASIL FAZIA A

FESTA DO TRI CAMPANHA INVICTA E ARRASADORA

3/6/1970

7/6/1970 Brasil 1 Inglaterra 0

10/6/1970 Brasil 3 Romênia 2

14/6/1970 Brasil 4 Peru 2

17/6/1970 Brasil 3 Uruguai 1

21/6/1970 Brasil 4 Itália 1

Brasil 4 Checoslováquia 1

André Rigue BRASIL

O Brasil comemora hoje os 40 anosdotrimundial.Feitomemorável para a história do futebol, coroougeraçãodegrandestalentos que tinha em Pelé sua maior expressão. Alguns campeões no México, em 1970, conversaram com o Estado e lembraram dos principais fatos que marcaram a arrasadora campanha. Apesar de ter um elenco cheio de craques, o Brasil chegou ao México sob grande desconfiança. Carregava o fracasso em 1966 esofriacom aturbulênciada troca de comando. Zagallo assumiu no lugar de João Saldanha pouco antes do início do torneio. Zagallo foi feliz ao encaixar RivellinonotimeeoBrasilapresentou uma formação mortal. Ga-

ITÁLIA

CBD

4

1

nhounaprimeirafasedeChecoslováquia (4 a 1), Inglaterra (1 a 0) e Romênia (3 a 2), em grupo considerado da morte. “O jogo contra os ingleses foi o mais difícil.

GOLS: Pelé, aos 18, e Bonisegna, aos 37 minutos do 1º tempo; Gérson, aos 20, Jairzinho, aos 25, e Carlos Alberto Torres, aos 42 minutos do 2º tempo. BRASIL (4-3-3): Félix; Carlos Alberto, Brito, Piazza e Everaldo; Clodoaldo, Gérson e Rivellino; Jairzinho, Tostão e Pelé. Técnico: Zagallo. ITÁLIA (4-3-3): Albertosi; Burgnich, Cera, Rosato e Facchetti; De Sisti, Bertini (Juliano) e Mazzola; Domenghini, Bonisegna (Rivera) e Riva. Técnico: Ferruccio Valcareggi. Juiz: Rudolf Gloeckner (ALE). Cartão amarelo: Rivellino e Burgnich. Local: Estádio Azteca, na Cidade do México.

Ganhamos no sofrimento com um gol do Jairzinho”, recorda. Nas quartas de final, o Brasil passou pelo Peru, do técnico Didi, por 4 a 2. O rival das semifi-

OS TRICAMPEÕES ●

Goleiros: Félix, Ado e Leão.

● Zagueiros: Brito, Piazza, Baldocchi, e Fontana. ● Laterais: Carlos Alberto, Marco Antônio, Everaldo e Zé Maria ●

Volantes: Clodoaldo e Joel.

● Meias: Gérson, Rivellino e Paulo César Caju. ● Atacantes: Jairzinho, Tostão, Pelé, Roberto, Edu e Dadá Maravilha. ●

Técnico: Zagallo

nais foi o Uruguai: vitória por 3 a 1. E, finalmente, no dia 21 de junho de 1970, a grande decisão contraa Itáliano Estádio Azteca. Show brasileiro com vitória por 4 a 1. A conquista do tri deu a posse da taça Jules Rimet em definitivo para o Brasil. Implacável, Jairzinho fez gol em todos os jogos. “Foi um título muito gratificante”, conta o Furacão. “Escrevi meu nome entre os maiores do mundo. Sou grato pelo reconhecimento.” Melhor do mundo, Pelé tampouco se cansa de lembrar da conquista de 70. “Aquela seleção foi considerada a melhor de todos os tempos. Hoje, na Copa da África do Sul, não vemos os mesmos talentos que passaram pelo México”, afirma. O capitão Carlos Alberto Tor-

res destaca a preparação física. “Foi a primeira Copa em que o Brasil se preocupou com a parte física (Parreira era o preparador). O futebol de porrada de 1966 ainda estava na nossa cabeça,enós sabíamosqueprecisávamos de algo diferente.” Os brasileiros atropelaram a Itália na decisão, com gols de Pelé, Gérson, Jairzinho e Torres. O goleiro Félix também viveu um sonho. Contestado, deu a volta por cima. “Esse título marcou a minha vida”, conta. “Sempre fui o mais criticado da seleção. Mas consegui me consagrar como um dos melhores do mundo.”


O ESTADO DE S. PAULO

E8 %HermesFileInfo:E-8:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

PAULO CALÇADE

KAKÁ AINDA NÃO CONSEGUIU SER O JOGADOR DAS ARRANCADAS, MAS FOI DECISIVO NOS PASSES

GRUPO

G

O abridor de latas aká ainda não conseguiu ser o jogadordasarrancadas,daforça,da velocidade, mas foi decisivo no passe dos últimos metros. Compensoulimitaçãofísicacominteligência,artigoraronesteMundial,eterminouexpulso injustamente num jogo sem juiz. Partiram dele duas bolas que romperam a defesa da CostadoMarfimcomoum abridordelatas. A seleção brasileira fez partida segura,

K Equipes

Brasil Portugal C. do Marfim C. do Norte

Pts

SG

GP

6 1 1 0

3 0 -2 -1

5 0 1 1

mesmo ainda desequilibrada taticamente, um problema que dificilmente será resolvido. O detalhefoi a proximidade entre Kaká, Robinho e Luís Fabiano, fundamental para uma equipe que pende para o setor direito, o mais ofensivo edefensivonoesquemadeDunga.Nãofoidestavez quese pôde contarcom MichelBastos.A falta de consistência na esquerda obriga Robinho a circular, atraído pelo volume de jogo. A Costa do Marfim não produziu surpresas. Os africanos jogaram como se esperava, apenas Drogba acima de duas linhas de marcação enquanto o placar se mantinha intacto. É a natureza desta Copa do Mundo, o meio-campo entra naluta pela bolaque escorre nas laterais. O time de Sven-Goran Eriksson é um 4-3-3 protegido por três marcadores quando ataca e

o braço para dominar a bola e fazer o gol. Era o que faltava. Apesar das dificuldades já conhecidas e a expulsão de Kaká, o jogo serviu para pôr o Brasil definitivamente na Copa e fazer subir a cotaçãodo respeito.Aseleçãoenfrentouum adversário fisicamente muito forte e respondeu com valentia, força e inteligência. Não foi espetacular, mas Copaéisso.Estamos nela.

um 4-5-1 quando é atacado. O treinador sueco rabiscouoroteirodaprimeirafasesobreatabela da Copa. No início, muita marcação e pouco risco diante de brasileiros e portugueses. Com dois empates, acreditava ser possível acelerar paravencerefazersaldodegolssobreosnortecoreanos. Complicou. O confronto foi prejudicado por um banana vestido de árbitro. O francês Sthefane Lannoy jamais esteve a ponto de assumir o controle da partida, tampouco viu Luís Fabiano usar o braçoparafazerumdaquelesgolaçosquesecostuma definir como de Copa do Mundo. Depois de 29 partidas, a grande imagem do Mundialsurgiunumreplaydosegundogolbrasileiro:sorridente,oárbitrogesticulaepergunta a Luís Fabiano se o atacante não havia usado

Sob risco

“Vamos tentar compensar aquela decepção de 1966”

Cristiano Ronaldo não deve bobear. O português está pendurado com 1 cartão amarelo e pode não jogar com o Brasil na última rodada

Kim Jong Hun, técnico norte-coreano, sonha vingar derrota para Portugal na Copa da Inglaterra

bola na trave

1

acertou Portugal contra a Costa do Marfim, na estreia, terça-feira, em jogo de poucas chances e sem gol

MIKE HUTCHINGS/REUTERS ARMANDO FRANCA/AP

Inimigo íntimo. Carlos Queiroz orienta jogadores portugueses durante treino na África do Sul. Técnico foi criticado por Deco após empate sem gols na estreia contra a Costa do Marfim

Portugal joga para recuperar paz interna Além da esperança de ainda ser líder do grupo, portugueses querem a vitória sobre a Coreia do Norte para evitar tensão Almir Leite ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

Mais do que a excelente oportunidade para conseguir a primeira vitória na Copa do Mundo e se manter bem na luta para ir às oitavas de final, Portugal tem hoje a chance de retomar a calmaria. Enfrenta a Coreia do Norte, às 8h30 (de Brasília), no Estádio GreenPoint,eumresultadoconvincentenão vai só aplacar adesconfiança nascida após a fraca exibição no 0 a 0 contra a Costa doMarfimcomojogaparasegundoplanoo clima tensocriadopelas críticas de Deco ao técnico CarlosQueiroz– ojogadorrecla-

ESPERANÇA LUSA

16

jogos sem marcar gols é o jejum de Cristiano Ronaldo com a seleção portuguesa

2

é o número de mudanças em Portugal para o jogo de hoje; entram Simão e Tiago

mou da função exercida contra os marfinenses e depois se retratou. Contundido, ele não joga. Para o astro da companhia, Cristiano Ronaldo, é a partida ideal para, enfim, mostrar bom futebol e terminar com o jejum de 16 jogos sem marcar pela seleção. Oatacantee capitão,porém, precisará se controlar, mesmo se

Norte-coreanos descartam atenção especial a C. Ronaldo Ainda sonhando em passar para as oitavas, a Coreia do Norte enfrenta hoje Portugal, às 8h30 (de Brasília), na Cidade do Cabo. O

técnico Kim Jong-hun afirmou que Cristiano Ronaldo não receberá marcação individual. “Trata-se de um jogador importante,

for marcado com violência, pois já recebeu um cartão amarelo e, se for advertido novamente, não jogará contra o Brasil. Antes da estreia, os portuguesesjácontabilizavamostrêspontos contra os asiáticos. A discussão era em relação ao placar. “Com todo respeito aos nortecoreanos, somos superiores”, disse Queiroz.

Foi eleito o melhor em campo na estreia de Portugal, mas ainda não fez gol na Copa

Revanche coreana Nas quartas da Copa de 66, Eusébio promoveu a virada de Portugal por 5 a 3 sobre a Coreia do Norte

Cristiano Ronaldo Atacante

Pensando bem... Nos últimos

dias, o discurso mudou, menos pela aproximação do duelo e mais pelas inesperadas dificuldadesencontradasnojogo de terça-feira e também a maneira como os rivais se comportaram contra o Brasil – com uma defesa ferrenha. “É sempre difícil jogar contra uma equipe que se fecha na defesa e fica à espera de um erro do oponente para aproveitá-lo”, comentou o treinador. “Os gols podem ser importantes,masnesse momento o que queremos é vencer”, admitiuomeio-campista RaulMeirelles. Queiroz faz hoje duas alterações em relação ao time que jogou contra a Costa do Marfim. O atacante Simão retorna no lugar de Danny – havia feito ótimas partidas no período preparatório, mas decepcionou na estreia – eTiago na vagade Deco, vetado por causa de dores na coxa direita, de acordo com os médicos. ACoreiadoNortepretenderepetir o time e a maneira de jogar apresentada contra o Brasil. E espera ter mais sorte: “Portugal é um time de primeira linha, como oBrasil.Vaiserumapartidadura, mas vamos tentar fazer o mesmo e,quemsabe,conseguiralgo”,disse o atacante Jong Tae-se.

que normalmente recebe muita atenção,masnãovamosnosconcentrar somente nele”, disse. Porém,ao falardoesquematático que a equipe deve adotar, Jong-hunmanteveomistério,característica marcante da delegação. “Não vou falar sobre a estratégiaoutática.Nãovoudizerque

Autor do gol coreano na derrota para o Brasil, é um dos mais experientes da seleção

Raul Meirelles

Ricardo Carvalho

Pedro Mendes

Eduardo

POSIÇÃO IDADE

33

73

JOGOS PELA SELEÇÃO

30

22

GOLS PELA SELEÇÃO

4

Jong Tae-se

Cristiano Ronaldo

Tiago

Meia

25

Simão

Paulo Ferreira

Ji Yun-nam

Mun In-guk

Hong Yong-jo Liedson

Ri Jun-il

Pak Chol-jin

Ji Yun-nam

Bruno Alves

Cha Jong-hyok

An Yong-hak

Ry Myong-guk Pak Nam-chol E Ri Kwang-chon

Fábio Coentrão

3-3

: 4-

A

UEM ESQ

ICO TÁT

Técnico: Carlos Queiroz (POR)

Portugal Coreia do Norte

1914

FUNDAÇÃO

1945

1923

FILIAÇÃO À FIFA

1958

RANKING DA FIFA

105º

ESQ U

EM

AT ÁTI C

O: 5

-4-1

Técnico: Kim Jong-hun (CON)

FOTOS: DYLAN MARTINEZ, KAI PFAFFENBACH/REUTERS

INFOGRÁFICO/AE

PARA LEMBRAR

Um confronto memorável na Copa de 1966 Portugal e Coreia do Norte foram protagonistas de um jogo memorável na Copa de 1966, na Inglaterra. Era o primeiro Mundial das duas seleções e ambas chegaram às quartas de final bastante badaladas. Os portugueses haviam montado bela seleção e despachado, entre outros bons resultados, o então bicampeão

Brasil na primeira fase, com vitória por 3 a 1. Os norte-coreanos haviam surpreendido a Itália, ao vencer por 1 a 0. O encontro entre eles ocorreu em 23 de julho, em Liverpool, e a Coreia do Norte começou com tudo. Em 25 minutos abriu 3 a 0. Foi então que começou o show daquele que se tornaria o melhor jogador e artilheiro da Copa, Eusébio. O Pantera Negra destruiu os asiáticos. Fez quatro gols seguidos, dois ainda no primeiro tempo (dois foram cobrando pênalti). Os 51 mil torcedores no estádio Goodison Park

fareiumamarcaçãohomemahomem. Pode ser que sim, dependendo do desenrolar do jogo.” A derrota para o Brasil por só um gol de diferença na estreia deu mais confiança à delegação norte-coreana, que mesmo se empatar hoje ainda terá chances de ir às oitavas, já que a Costa do

Marfim tem apenas um ponto. Se vencer, então, a equipe ficará pertoda vaga.“Teremoscumprido nossa principal meta”, disse o treinador. Para motivar o time a buscar a revanche, Jong-hun fez os jogadores assistirem à partida entre Coreia e Portugal na Copa de 66 – 5 a 3 para Portugal.

JOHANNESBURGO

aplaudiam de pé aquele atacante negro, de futebol elegante e eficiente. José Augusto marcaria mais um e os europeus venceram por 5 a 3. A Coreia do Norte voltou para casa, mas aquela campanha “épica”' é exaltada no país até os dias atuais – cenas dos jogos de 1966 estão sendo exaustivamente repetidas para os atletas da seleção atual. Portugal seguiu em frente e acabou a Copa em terceiro lugar, seu melhor resultado até hoje. Eusébio foi o artilheiro, com nove gols. / A.L

SEM MEDO KIM JONG-HUN Técnico da Coreia do Norte

“Não vamos nos concentrar só nele”


O ESTADO DE S. PAULO

%HermesFileInfo:E-9:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

GRUPO

F

Equipes Paraguai Itália Nova Zelândia Eslováquia

Pts

SG

GP

4 2 2 1

2 0 0 -2

3 2 2 1

Paraguai já está quase lá

“Se isso é o melhor que a Fifa tem a oferecer, não quero ver o pior”

O Paraguai joga por um empate, e uma vitória assegura a liderança. Itália, Nova Zelândia e Eslováquia precisam ganhar

Ryan Nelsen, capitão da Nova Zelândia, reclamando do árbitro Carlos Batres, que marcou pênalti para a Itália

25

E9

faltas

cometeu a Nova Zelândia diante da Itália. Igualou o recorde desta Copa, do México ante a França

STEFANO RELLANDINI/REUTERS

Novo tropeço. E a Itália se complica DAVID GRAY/REUTERS

Italianos terão de vencer a Eslováquia para avançar e Nova Zelândia decide vaga com o Paraguai, depois do 1 a 1 de ontem Daniel Akstein Batista ENVIADO ESPECIAL NELSPRUIT

O que dizer da Nova Zelândia? É um time que se fecha na defesa, ainda não perdeu na Copa do Mundo e segue com chances de se classificar às oitavas de final. EoquedizerdaItália?Bem...Praticamente o mesmo. Quando dá para comparar a atual campeã com uma seleção de pouca expressão no futebol, alguma coisa está errada. E, na Azzurra, muita coisa está errada. O empate por 1 a 1, ontem, em Nelspruit, serviu para apenas um dos times. Os neozelandeses saíram contentes com o resultado (comissão técnica e jogadores vibraram como nunca), possuem 2 pontos no Grupo F e na quinta-feira enfrentam o líder e favoritoParaguaiembuscadavaga. Com a mesma pontuação, a Itáliadecepcionou e agora precisa vencer a Eslováquia para garantir a classificação. Não dá para negar que a Azurra foi melhor que o adversário. E, ao contrário do primeiro jogo, quandopoucoarriscounoempate por 1 a 1 com o Paraguai, ontem os detentores do título foram para cima e chutaram de todas as posições. Mas não existe ninguém que decida o jogo. Pirlo, machucado, é a ausência sentida. Deve estar pronto para a próxima partida. “Nóspoderíamoster feitomelhor, não tivemos qualidade nas jogadas”, admitiu De Rossi. “Tivemos a posse de bola, mas isso não foi o suficiente.” A Nova Zelândia, como lembrou o jogador, fezoquemelhor sabe:defendeuse. O goleiro italiano Marchetti, substituto do lesionado Buffon, quase não pegou na bola. Mas, no primeiro lance em que o adversário chegou, teve de buscála no fundo do gol. Aos 7 minu-

Matador. O atacante Smeltz aproveita falha coletiva da zaga italiana e abre a contagem para a surpreendente Nova Zelândia no Estádio Mbombela, em Nelspruit tos, a bola foi alçada à área e o atacante Smeltz, sozinho – e impedido –, completou para a rede. A Itália não se assustou e buscou o empate. Montolivo fez o goleiro Paston trabalhar e depois acertou a trave, Zambrotta chutou para fora e De Rossi foi puxado na área, para desespero dosneozelandeses, quereclamaram muito do árbitro guatemalteco Carlos Batres. Aos 29, Iaquintanãodesperdiçouacobrança de pênalti. Marcelo Lippi mudou o time no segundo tempo, mas não conseguiu resolver as limitações italianas.

Descontente, Lippi diz que o ‘jogo do seu time não é esse’ NELSPRUIT

O resultado foi o mesmo, mas o discurso mudou. Após sair satisfeito com o time na estreia da Copa – 1 a 1 com o Paraguai –, Marcelo Lippi admitiu ontem que a Itália não mostrou tudo o que sabe. O treinador ficou descontente com a atuação da equipe e reclamou que não o obedeceu taticamente. “Fizemos pouco perto do que podemos fazer.” Durante a semana, o técnico orientou os jogadores a manterem a bola no pé e não abusar

INSATISFAÇÃO MARCELO LIPPI Técnico da Itália

“Fizemos pouco perto do que podemos fazer. Jogamos muita bola aérea e eles são bastante altos”

MAX ROSSI/REUTERS

ITÁLIA

NOVA ZELÂNDIA

1 1

GOLS: Smeltz, aos 7, e Iaquinta (pênalti), aos 29 minutos do primeiro tempo. ITÁLIA (4-4-2): Marchetti; Zambrotta, Cannavaro, Chiellini e Criscito; De Rossi, Montolivo, Marchisio (Pazzini) e Pepe (Camoranesi); Iaquinta e Gilardino (Di Natale). Técnico: Marcello Lippi. NOVA ZELÂNDIA (4-4-2): Paston; Reid, Nelsen, Vicelich (Christie) e Smith, Lochhead, Bertos, Elliott e Fallon (Wood), Killen (Barron) e Smeltz. Técnico: Ricki Herbert. Juiz: Carlos Batres Gonzalez (GUA). Cartão amarelo: Fallon, Smith e Nelsen. Público: 38.229 torcedores. Local: Mbombela, em Nelspruit.

Tristeza. Fã da Itália mostra decepção com desempenho pífio

nem dos lançamentos nem dos cruzamentos. Mas eles não fizeramnadadissocontra aNovaZelândia. “Jogamos muita bola aéreaeeles(os adversários) são bastante altos”, reclamou. “Nosso jogo não é esse. Nós atacamos o tempo todo, chegamos ao gol, mas não adiantou. Foi doloroso (o tropeço).” Lippi aposta no retorno do meia Pirlo para conseguir a classificação. A equipe teve postura diferente na segunda etapa. Lippi realizou três mudanças. “ Mudei para tirar os zagueiros deles de dentro da área”, explicou. Críticas. A imprensa italiana anda indignada com a seleção. Jornalistas que acompanham o time na África do Sul não conseguiam esconder a decepção após o segundo empate. A Gazzetta dello Sport, no seu site, escreveu: “Itália fracassa. Agora há risco (de eliminação)”. / D.A.B.

Comemoração em campo como se fosse um título

Mesmo em dia de Copa, rotina de cidade pequena NELSPRUIT

● Fim da partida. Enquanto os

italianos deixavam o campo cabisbaixos, a Nova Zelândia comemorava. Integrantes da comissão técnica se abraçavam e pulavam em campo; jogadores agradeciam a todos os torcedores que acompanharam um dos momentos mais históricos da seleção. Quase uma volta olímpica no belo estádio Mbombela. Até o primeiro ministro do país, John Key, entrou na festa – e no gramado. Foram mais de cinco minutos de vibração em campo. O técnico Ricki Herbert fez questão de dar um abraço em cada atleta e foi abraçado pela torcida. /D.A.B.

Ao chegar ao aeroporto, depois de 45 minutos de voo desde Johannesburgo, o torcedor que foi a Nelspruit para assistir a Itália x Nova Zelândia deve ter pensado: “Será que estou no lugar certo?” Sim, está. A cidade em nada lembra os principais centros urbanos da África do Sul. Não fossem os diversos cartazes espalhados por ruas e avenidas, não se perceberia que o município é uma das sedes da Copa. Comcerca de 240milhabitantes, Nelspruit vai receber apenas quatro jogos do Mundial. Ontem, Itália e Nova Zelândia fizeram o segundo deles – além de Honduras 0 x 1 Chile, estão mar-

cado Austrália x Sérvia e Coreia do Norte x Costa do Marfim. A cidade não abrigará partidas após esta fase. Localizada na província de Mpumalanga, Nelspruit lembra cidades do interior de São Paulo ou Minas Gerais. Tudo é muito calmo. O pequenino aeroporto recebe poucos voos e as avenidas e rodovias são tranquilas para andar – nada do trânsito caótico como Johannesburgo. Uma das maiores atrações da cidade é o parque Kruger, para safáris. Não à toa, o Mbombela Stadium foi erguido com formas que lembram alguns dos animais que habitam as terras sulafricanas. / D.A.B.

Paraguai bate Eslováquia e assume liderança isolada do grupo Equipe tem clara postura ofensiva na vitória sobre os europeus por 2 a 0. Sul-americanos estão a um empate das oitavas BLOEMFONTEIN

Em jogo de muita marcação, o Paraguaifez 2 a 0 na Eslováquiae deu grande passo para a classificação às oitavas de final, assumindo a liderança isolada do Grupo F, com 4 pontos. Comumaposturamaisofensi-

va desde o início do jogo, a equipecomandadaporGenaroMartino conseguiu impor seu ritmo, marcando forte o time eslovaco. Osparaguaiosalternavamchegadas com seu trio de atacantes, enquanto eram pouco perturbados na retaguarda: a Eslováquia não era capaz de oferecer perigo ao gol de Villar. A aplicação tática do Paraguai não demorou a ser premiada. Após rebote estranho da zaga eslovaca, Lucas Barrios caprichou no passe para Enrique Vera, que não desperdiçou e estufou as redes, aos 28 minutos.

O gol fez com que a Eslováquia buscasse mais o jogo. O time adiantou a marcação e, após ointervalo, conseguiuequilibrar a posse de bola, apostando, sem sucesso, nas bolas aéreas. Ambas as equipes tiveram algumas chances de gol, mas sem competência para aproveitar. Aos 41 minutos da etapa final, as aspirações eslovacas de empate foramporáguaabaixo.Após confusão na área, o meia Riveros aproveitouasobraeacertouchutepreciso,semchancesparaMucha. A festa era definitivamente paraguaia. /GUILHERME CONTE

ESLOVÁQUIA

0

PARAGUAI

2

Gols: Vera aos 28 minutos do primeiro tempo. Riveros, aos 41 do segundo. ESLOVÁQUIA (4-4-2): Mucha; Pekarik, Skrtel, Salata (Stoch) e Durica; Streba, Hamsik, Kozak e Weiss; Sestak (Holosko) e Vitek. Técnico: Vladimir Weiss. PARAGUAI (4-3-3): Villar; Bonet, Da Silva, Alcaraz e Morel; Cáceres, Vera (Barreto) e Riveros; Valdez (Torres), Santa Cruz e Barrios (Cardozo). Técnico: Gerardo Martino. Juiz: Eddy Maillet (SEY). Cartão amarelo: Durica, Sestak, Weiss e Vera. Público: 26,643 pagantes. Local: Estádio Free State, em Bloemfontein.

Foi bem...

Vera Fez o primeiro gol, que deu tranquilidade ao Paraguai para impor o ritmo de jogo

Foi mal... Hamsik O meia, que era a grande esperança eslovaca, teve atuação apagada


O ESTADO DE S. PAULO

E10 %HermesFileInfo:E-10:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

AS EQUIPES DE PAÍSES PEQUENOS SE EQUIPARARAM ÀS GRANDES, QUE ESTÃO MAIS FRACAS

Uma Copa bem atípica

FRANZ BECKENBAUER

É

GRUPO

H

injusto fazer julgamentos, antes dos jogos finais, sobre as potências futebolísticas que estão disputando com muita dificuldade esta Copa do Mundo. Isso porque muitas delas vão acabar ficando entre os 16 classificados e devem melhorar à medida que a competição avança. E, no final, uma das equipes que já critiquei em outras colunas poderá muito bem ser a campeã mundial. Ofatoéque todosestão tendodificuldade: espanhóis, ingleses, franceses, alemães e, no início, até mesmo o Brasil. EstaéumaCopadoMundoatípica.Temsedado muitasexplicaçõese desculpaspara isso, incluindo problemas físicos no caso de jogadores como Kaká, do Brasil, Fernando Torres da Espanha e Wayne Rooney, da Inglaterra, entre outros. Mas não é só isso. A minha explicação, basicamente é essa: as equipes de países pequenos se equipararam às grandes, que estão mais fracas. Estou certo de que muita gente vai me contradizer,porqueno final umadas grandes forças do futebol deve vencer. Mas preste atenção nos asiáticos – Coreia do Norte, Japão, Coreia do Sul – que estão jogando um bom futebol e conseguem competir com os melhores.

Equipes

Pts

SG

GP

Chile Suíça Espanha Honduras

3 3 0 0

1 1 -1 -1

1 1 0 0

Há algumas décadas, e certamente até o fim do século passado, as coisas eram bem diferentes. Havia uma diferença muito clara entre asfortes equipes europeias e sul-americanas e o resto do mundo. Hoje, todas são competitivas: Estados Unidos, equipes da América Central, enfim, todas. Assim, mais uma vez, minha resposta para essamudançaéqueasgrandes potênciasfutebolísticas retrocederam e as nações pequenas, ao contrário, avançaram. Hoje não existe diferença, o que é algo fácil de ver. As equipes das grandes nações parecemmelindradase oresultado dissoéo horrível futebol que estão jogando. Vou dar como exemplo os franceses. Todo mundo deve ter percebido, após o segundo jogo da equipe da França, e a derrota de 2 a 0 para o México, que alguma coisa está errada com a equipe francesa. Cada um parece estar jogando para si próprio. O alarme começou a soar quando os jogadores, que atuaram brilhantemente em torneios passados, de repente paravam de correr quando a bola era perdida. Não estou próximo suficiente da França, mas a expulsão do atacante Nicolas Anelka, por fazer comentários ofensivos com relação ao treinador Raymond Domenech, é um sinal inequívoco de que algo está errado. Não vou criticar a Inglaterra depois do empate por 0 a 0 com a Argélia, porque todas as grandes equipes retrocederam. Os chamados “peixes pequenos”, ridicularizados no passado, hoje chegaram ao mesmo nível. Veja o caso da equipe holandesa, uma das favoritas nos jogos preparatórios da Copa, que lutou para derrotar o Japão e precisou de

Liderança em jogo

muita sorte. E o que tem sido uma sorte também nesta Copa é que temos visto muitas falhas dos arqueiros, do contrário veríamos ainda menos gols. O que exponho aqui não é uma tendência, mas uma mudança que vem ocorrendo progressivamente. Houve um tempo no passado em que muitos países autorizavam somente doisjogadoresestrangeirosporclubenassuas ligas. Quando a Europa se abriu, um número incrível de jogadores asiáticos chegou para jogar em clubes europeus – e aprendeu muito. Os japoneses também com a sua J-League profissional,estilo europeu, atraíramjogadores e treinadores da Europa e da América do Sul e cresceram. Como alemão, senti muito ao ver a Alemanha perder por 1 a 0 para a Sérvia, país que foi parte da ex-Iugoslávia e que sempre produziu bons futebolistas. Elongedemimcriticarárbitros,masoespanhol Alberto Undiano, que apitou o jogo, já tinha chamado a atenção depois que deu 12 cartões amarelos em cinco jogos da Liga dos Campeões. Quando você começa a distribuir cartõesamarelospelasfaltasmaissimples,você acaba mexendo com o espírito do futebol. Defendo a punição para jogo sujo, mas este senhor precisa responder a algumas perguntas incômodas, ao mostrar nove cartões amarelos num jogo que era limpo e nem um pouco violento. AAlemanhaagoraprecisaderrotarGanapara ter a possibilidade de continuar na disputa. Mas mesmo esse outrora forte time africano perdeu um pouco da sua classe. Se a Alemanha perder, essa será a primeira vez na históriadaCopa do Mundoque aequipegermânica

sai da competição ainda na fase eliminatória. Apesar de a Alemanha, após derrotar a Austrália por 4 a 0, ter sido a equipe mais forte em campo na disputa contra a Sérvia, mesmo jogando com dez homens em campo, com a expulsão de Miroslav Klose. Foi um bom jogo. Posso também dizer o mesmo da Argentina, que já elogiei. A Argentina se mostrou forte nos dois jogos que disputou, vencendo a Nigéria por 1 a 0 e a Coreia do Sul por 4 a 1, embora, na minha opinião, os coreanos tenham mostrado respeito demais pela equipe de Diego Maradona. Os argentinos parecem uma equipe unida, estável e bem estruturada. E naturalmente eles se destacam porque têm um jogador que nenhum outro país tem, que é Lionel Messi. Graças a Messi, do Barcelona, o espaço foi aberto para os outros atletas do ataque. Graças a Messi, Gonzalo Huguain, do Real Madrid, conseguiu marcar três gols contra a Coreia do Sul. No Campeonato Espanhol, eles são rivais, mas aqui estão jogando juntos maravilhosamente bem. Lembra-me um pouco de 1986, quando estava no comando da equipe da Alemanha Ocidental na final da Copa do Mundo no México. Nós todos nos concentramosdemaisemMaradonaeosoutrosacabaram marcando os gols.

“Estamos muito motivados após o acidente do outro dia”

Chile e Suíça brigam pela ponta do grupo. Quem perder no jogo Espanha x Honduras estará quase eliminado

Carles Puyol, zagueiro da Espanha, referindo-se à derrota por 1 a 0 para a Suíça, na primeira rodada

3

Pendurados

Benaglio, Grichting e Ziegler têm cartões amarelos pela Suíça; se levarem mais um, estarão suspensos

DANIEL OCHOA DE OLZA/AP MARCELO DEL POZO/REUTERS

Espanha vai ao ataque para apagar vexame Fúria deve aumentar poder ofensivo para golear Honduras e superar frustração pela derrota para a Suíça

reconheceu que a partida de hoje “é definitiva e não há margem de erro” para a seleção espanhola, já que uma derrota praticamente elimina aequipe da próxima fase.

Depois da surpreendente derrota para a fraca seleção da Suíça em seu jogo de estreia na Copa do Mundo, a Espanha – até então considerada uma das favoritas ao título – pode apostar num esquema mais ofensivo no jogo de hoje, contra Honduras, às 15h30 (horário de Brasília) para apagar o vexame e arrancar a primeira vitória na competição. Uma das alternativas para o técnico Vicente Del Bosque seria escalar dois atacantes, em vez de apenas um, como ocorreu no jogo anterior. Na entrevista coletiva de ontem, ele não revelou a formação, mas disse esperar que Honduras jogue fechada, atrás, o que obrigaria a Fúria a “tomar a iniciativa e melhorar as finalizações”. O técnico também comentou a pressão que a equipe sofre desde que perdeu no jogo da estreia. Para ele, “os jogadores espanhóis estão acostumados à pressão e preferem essas partidas de máxima intensidade”. O meio-campista Xabi Alonso

1982

foi o ano em que a seleção Risco de desfalque. Além da

PRETÓRIA

INSPIRAÇÃO NO PASSADO

tensão de ter de reverter o início desastroso na Copa, a Espanha pode ficar ainda sem um de seus principais jogadores para o jogo de hoje. Andrés Iniesta “tem problemas, não está totalmente bem”, segundo o técnico Del Bosque, e sua escalação só será decidida momentos antes da partida. O volante do Barcelona foi substituído no jogo contra a Suíça depois deter levado uma forte pancada na perna direita. Do lado hondurenho, existe a mesma obrigação de vencer, já que a seleção também perdeu seu jogo de estreia – para o Chile, por 1 a 0. O atacante Roger Espinoza disse ontem que o grupo “vai jogar até a morte” e sabe que os espanhóis “não são invencíveis”. Otimista, o atacante disse que aposta “no pensamento positivo para ganhar a partida”. De acordo com ele, “os dois times vão se matar em campo”. “Se perdermos essa partida, perdemos tudo. Por isso, estamos prontos e esperamos ganhar o jogo”, declarou.

de futebol de Honduras arrancou um empate por 1 a 1 com a poderosa equipe espanhola, justamente na partida de abertura do Mundial, com a Fúria jogando em casa

ESPANHA HONDURAS

ESPANHA Casillas Sergio Ramos Puyol Piqué Capdevila Busquets Xabi Alonso Xavi David Silva David Villa Fernando Torres Técnico: Vicente del Bosque

HONDURAS Valladares Mendoza Chavez Figueroa Izaguirre Palacios Guevara Álvarez Núñez Espinoza Pavón Técnico: Reinaldo Rueda

Juiz: Yuichi Nishimura (JAP) Local: Ellis Park, em Johannesburgo Horário: 15h30 Transmissão: Globo, Band, SporTV, ESPN Brasil e BandSports

Hora do matador. O atacante Fernando Torres deve ser a arma do técnico Vicente Del Bosque

Ex-treinador ataca formação pouco ofensiva ● O ex-técnico da seleção

espanhola Luis Aragonés criticou ontem a formação da Fúria no desastroso jogo de estreia na

Copa, dizendo que o treinador atual, Vicente Del Bosque, errou ao escalar dois volantes (Xabi e Busquets). Segundo ele, “faltou convicção” e disposição “para encarar o campeonato de outra forma”. “A fama de favoritos deve ser comprovada em campo e, enquanto não for, não seremos

favoritos a nada”, atacou Aragonés. Del Bosque reagiu com a tranquilidade habitual, respondendo que “há apenas uma Espanha”, não uma seleção de cada técnico que passou pela equipe. “Nunca direi uma frase sequer contra um treinador anterior”, disse.

Suíça vê no Chile adversário mais perigoso que a Fúria Zebra da 1ª rodada redobra a atenção com o perigoso ataque chileno de olho em vaga histórica para a próxima fase PORT ELIZABETH

Em nova demonstração de que o franco favoritismo espanhol já não assusta as equipes menores do Grupo H, o técnico da seleção suíça, Ottmar Hitzfeld, disse que espera travar hoje, com os chilenos, um duelo mais duro do que a partida de estreia, quando sua equipe bateu a Fúria por 1 a 0, numa das maiores zebras do

Mundial. “O Chile é perigoso, agressivo quando joga na frente, ainda mais agressivo que a Espanha. Teremos de estar mais concentrados se não quisermos ceder o gol”, disse Hitzfeld. “Todososnossosjogadoresperceberam o quanto foi sensacional ter vencido a Espanha, mas não podemos descansar agora.” Suíça e Chile dividem a liderança do grupo H, já que ambos venceram na estreia, contra Espanha e Honduras, respectivamente, por 1 a 0. Vencer hoje significa garantir a classificação. Do lado chileno, a expectativa é pela possibilidade de retorno doatacanteSuazo,quesemachucou num amistoso pouco antes

CHILE SUIÇA

CLAUDIO CRUZ/AP–19/6/2010

PONTOS FORTES CHILE Bravo Jara Medel Ponce Isla Carmona Vidal Fernández Sánchez Suazo Beausejour Técnico: Marcelo Bielsa

● CHILE – O ataque é o ponto forte.

O time é rápido e tem jogadores habilidosos, como Valdivia ● SUÍÇA – Seu ataque é pesado e

não muito técnico, mas a defesa compensa, com força física e bom posicionamento

do início da Copa. Outro que pode ser escalado é Valdivia, que deixou o campo com dores, depois de enfrentar Honduras. O técnico Marcelo Bielsa diz que a “Suíça não bateu a Espanha por acaso” e vai impor dificuldades.

SUÍÇA Benaglio Lichtsteiner Von Bergen Grichting Ziegler Barnetta Inler Huggel Gelson Fernandes Derdiyok Frei Técnico: Ottmar Hitzfeld

Juiz: Khalil Al Ghamdi (SAU). Local: Nelson Mandela Bay, Port Elizabeth Horário: 11h Transmissão: Globo, Band, SporTV, ESPN Brasil e BandSports

Completo. Bielsa terá Valdivia e Suazo prontos para jogar


O ESTADO DE S. PAULO

%HermesFileInfo:E-11:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

GRUPO

A

Equipes Uruguai México França África do Sul

Pts

SG

GP

4 4 1 1

3 2 -2 -3

3 3 0 1

1

empate

Tudo igual

garante a vaga para Uruguai e México, que se enfrentam. França e África do Sul têm de vencer e torcer

E11

“O êxito da Copa é nosso sucesso. Seguiremos soando as vuvuzelas”

O técnico do Uruguai, Oscar Tabárez, não apelou para a tática do mistério, tão usada por seus companheiros de profissão, e mantém time contra México

Jacob Zuma, presidente da África do Sul, ao comemorar a festa do futebol e confiante na classificação do país às oitavas CHRISTIAN CHARISIUS/REUTERS FRANCK FIFE/AFP

Revolução francesa: jogadores em greve Revoltados com a expulsão de Anelka da delegação, atletas se recusam a treinar. Quase houve briga em público Jamil Chade ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

A seleção da França vive uma rebelião de seus jogadores contra o técnico Raymond Domenech, emumadasmaiorescrisesjávividas por uma equipe numa Copa do Mundo. Ontem, o time decidiu não treinar e desobedecer o técnico, como represália à decisão de Domenech de expulsar da equipe o atacante Nicolas Anelka, que o teria xingado no jogo entre México e França. Ochefedadelegaçãoeopreparador físico anunciaram ontem suas demissões, enquanto Zidane surge como um dos mentores da rebelião e as brigas ocorrem

diante de todo o mundo. A França corre o risco de não chegar às oitavas, depois de perderparaoMéxicoeempatarcontra o Uruguai. Amanhã, enfrenta a África do Sul, e precisa vencer por ampla margem de gols e torcer para uma combinação de resultados. Domenech sabe que, ao fim do torneio, será substituído por Laurent Blanc. Mas, ontem, os problemas ganharam tom de drama. Os jogadores chegaram ao campo sem chuteiras, para o que seria um treino para o público. No centro do campo, o preparador físico, Robert Duverne, o capitão Patrice Evra e Domenech discutiam. Duverne deixou o campo jogandoseucronômetro,ofendendo jornalistas e anunciando que também se demitiria. Logo depois, Evra comandou o time de volta ao ônibus e exigiu uma atitude do técnico. Domenech tentou, em vão, convencer o time a voltaraocampo.Masacabousendo obrigado a ler um comunica-

Constrangimento. O técnico Raymond Domenech teve de ler comunicado elaborado pelos atletas aos jornalistas do em nome dos atletas diante de todos os jornalistas. Na declaração, os jogadores anunciaram que se opunham à decisão da Federação Francesa deFutebol (FFF)de excluir Anelka. Para a equipe, a Federação não deu oportunidade para que o jogador se explicasse. JeanLouis Valentin, chefe da delegação,abandonou ocampoaosber-

ros após a leitura do comunicado. “Isso é um escândalo para a França e para os franceses”, afirmou. Quase em lágrimas, disse que estava pedindo demissão e retornaria hoje para Paris. A crise continuou ao vivo em uma tevê francesa. Domenech, que disse ter expulsado Anelka porque o jogador não lhe pediu desculpas, concedia entrevista.

Mas foi interrompido por Ribéry, que passou a explicar sua versão. Ele admitiu problemas com os jogadores, mas negou que Anelka tenha ofendido Domenech. “Eu também me irritei com o técnico em algumas ocasiões. Não é normal que alguém seja expulso por isso.” Ribéry continuou seu desabafo: “Não suamos a camisa como

deveríamos ter feito. Contra o Uruguai, tentamos resolver as coisas de forma individual, não jogamos como equipe”, disse. “Não jogamos mais futebol.” À noite, a FFF soltou comunicado sobre a “rebelião”. “É inaceitável a atitude dos jogadores de se recusar a treinar. Negamos que Anelka tenha sido expulso sem uma ampla discussão.”

IMAGENS DE UMA CRISE CARLOS BARRIA/REUTERS

FRANCK FIFE/AFP

Adieu

Anelka xingou Domenech no intervalo de México x França. Chamado para conversar, recusouse a pedir desculpas em público. Foi desligado e viajou para Londres

Zidane teria sido o pivô da rebelião contra Domenech CHARLES PLATIAU/REUTERS–17/6/2010

Ex-capitão da seleção telefonou para alguns jogadores e os orientou a pedir mudanças no time, segundo jornal JOHANNESBURGO

Zinedine Zidane pode não mais estar jogando. Mas continua exercendo forte influência sobre a seleção da França. Ontem, o jornal francês Libération revelou que o ex-capitão da seleção e considerado o maior jogador da história do país foi quem orientouosatletasaserebelaremcontra o esquema tático de Raymond Domenech. Zidane tem sido visto com fre-

Nos bastidores. Zidane, presente em todos os jogos quência na sala VIP dos estádios onde joga a seleção francesa. Na partida contra o México, Zidane passou o jogo ao lado de Michel Platini, discutindo a situação da

CHARLES PLATIAU/REUTERS

Confusão

O capitão Evra (E) discute com o preparador físico Duverne (de frente), enquanto o técnico Domenech (D) intervém. Em seguida, Duverne pediria demissão

equipe. Há uma semana, chegou a comentar que Domenech “não era técnico”. “O que me preocupa é que a seleção nem sequer chega ao gol adversário”, disse. Segundo a edição de ontem do jornal francês, Zidane ligou para alguns jogadores orientando-os a pedir uma mudança na formação da equipe antes da partida contra o México. Entre os contactados estariam Patrice Evra, Henry,GallaseRibéry.Aorientação era para que conversassem com Domenech e solicitassem a saída de Govou e de Gourcuff. O ex-astro pediuainda que Thierry Henry jogasse. O técnico até chegou a aceitar a conversa e a mudança proposta pelos jogadores. Mas, ao saber da influência de Zidane, se recusouaefetivá-la.Osatletassósouberam que a ideia não seria aceita no dia do jogo e, mesmo perdendo, Henry não entrou. Não é a primeira vez que Zidane tenta tomar as rédeas da seleção francesa. Em 2006, o então capitão pressionou Domenech a modificar o esquema tático. A mudança deu certo e o time chegou à final. / J.C.

CORRESPONDENTE PARIS

A crise na seleção francesa virou assunto de Estado. Por ordem do presidente Nicolas Sarkozy, a ministra dos Esportes, Roselyne Bachelot, se reúne hoje com o técnico Ravmond Domenech, o

capitãoPatrickEvraeopresidente da Federação Francesa de Futebol(FFF), Jean-PierreEscalette.“Nósvamoschamaràdignidade e à responsabilidade. É preciso que os jogadores se controlem”, disse a ministra. Nas entrelinhas, a executiva antecipou que cabeças vão rolar após a Copa do Mundo. “O mo-

ENVIADO ESPECIAL JOHANNESBURGO

Um empate entre Uruguai e México amanhã, às 11 horas (horário de Brasília), em Rustemburgo, coloca as duas seleções nas oitavas definal, eliminandoÁfricado Sul eFrança, que se enfren-

tam no mesmo horário em Bloemfontein. Mas nem uruguaios nem mexicanos se mostram a favor de uma partida de “compadres”. Tudo porque o segundo colocado terá de enfrentar a Argentina, sensação desta primeira fase, na próxima fase. “Não vamos escolher adversários. Não vamos fazer nenhum

acerto para ocorrer um empate. Jogaremos todas as partidas da mesmaforma:sempreprocurando o melhor resultado”, disse o atacante mexicano Cuauhtemoc Blanco, ao mesmo tempo em que garante não ter medo dos argentinos. “Somos uma grandeequipe. Estamos pensando não só em passar de fase co-

mento não é de fazer balanços. Mas esta hora chegará.” Ofiascoda Françana Copadeve ter implicações profundas na estruturadafederação.SeDomenech já sabia que não treinaria mais os azuis a partir de 7 de julho,agora todo ocomando dofutebol está ameaçado. Os problemas na equipe já haviam mobilizado Sarkozy no sábado. De Moscou, o presidente classificou oepisódio de“inaceitável”. Minutos depois, Anelka foi cortado, o que motivou reunião entre jogadores e comissão técnica no ônibus. Ontem, após o novo incidente, Bernard Kouchner, ministro das Relações Exteriores, chamou o ocorrido de “novela assustadora”. FRANCOIS MORI/AP

Pesadelo. Jogadores reunidos no ônibus; acima a frase ‘todos juntos por mais um sonho azul’

Uruguai e México rechaçam ‘jogo de compadres’ Wilson Baldini Jr.

Unidos

Evra (C) conversa com companheiros de equipe: grupo seguiu para o ônibus, em protesto à saída de Anelka. O técnico Domenech não os convenceu a treinar

Crise vira assunto de Estado e Sarkozy mobiliza ministério Andrei Netto

mo ganhar o título. Respeitamos a Argentina como respeitamos todas as demais equipes.” Do lado uruguaio, o discurso é semelhante. “Lutaremos pelos três pontos. É importante para nósevitarumjogocomaArgentina logo nas oitavas de final”, reconheceu o meia Álvaro Fernández. A história recente mostra o

motivo dos uruguaios quererem evitar um confronto com os rivaissul-americanosnomata-mata. Em 1986, no México, Maradona e companhia eliminaram o Uruguai com uma vitória por 1 a 0, nas oitavas de final. A favor da Celeste Olímpica está a decisão da Copa de 1930, quando os uruguaios venceram por 4 a 2.

MOTIVAÇÃO CUAUHTEMOC BLANCO Atacante do México

“Temos de vencer a todo custo para estar no topo do grupo. Não vamos negociar empate”


O ESTADO DE S. PAULO

E12 %HermesFileInfo:E-12:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

PATRIK STOLLARZ/AFP–18/6/2010

Quatro grandes da Europa em apuros Os 3 melhores de 2006 e a Inglaterra precisam vencer na última rodada para evitar o vexame da eliminação na 1º fase Fabio Hecico

Itália, Alemanha, Inglaterra e Françasomam,juntas, novetítulos mundiais, metade das 18 ediçõesdisputadasatéagora.Gigantes, ricos, recheados de craques esemprecandidatosafigurarentreosmelhoresdequalquercompetição em que entram, os quatro grandes da Europa vivem uma semana inusitada: com apenasumavitóriaemoitojogosdisputados (4 a 0 da Alemanha na Austrália), todas correm risco de eliminação ainda na primeira fase da Copa da África do Sul. No Mundial de 2006, em solo alemão, França e Itália fizeram a decisão, com a conquista do tetracampeonatopelaAzzurra.Levou a melhor sobre os campeões de 1998 nos pênaltis. A anfitriã e tricampeã Alemanha ficou com o terceiro lugar, após ganhar de outro rival europeu: Portugal. O time de Scolari havia derrubado a Inglaterra, dona do título de 1966, nas quartas de final. Agora, todos precisam ganhar na rodada decisiva – o empate

serve para alguns, desde que haja combinação de resultados. A Françavive a situação mais complicada. Necessita dos três pontos, terá de torcer para que haja vencedor no confronto entre UruguaieMéxicoeaindaserecuperar no saldo de gols. O quarteto tem sete tropeços em oito jogos, com cinco empates e duas derrotas. A estreia alemã, com show de bola e goleada, acabou sendo a exceção. Os primeiros a tentar evitar o desastre são os franceses. Amanhã, às 15h30, em Bloemfontein, encaram a crise interna e toda a torcidacontra–enfrentamosdonos da casa. Com saldo negativo de dois gols, têm de ganhar bem (não marcaram gol na competição e o atacante Anelka foi dispensado após ofender o técnico Raymond Domenech). E ainda precisam que Uruguai e México, no mesmo horário, não façam “jogo de compadres” – o empate garante as duas seleções. Na quarta-feira, será a vez de ingleses e alemães apagarem a má impressão da rodada passada. A Inglaterra somou a segunda igualdade na sexta-feira – empate com os frágeis argelinos. Agora, terá de bater a Eslovênia, que também busca a vaga e joga pelo empate, às 11 horas. Os alemães entram em campo às 15h30, em Johannesburgo, pa-

O QUE CADA UM PRECISA Itália A atual campeã mundial precisa vencer a Eslováquia, na quinta-feira (Johannesburgo). Um empate também serve, desde que a Nova Zelândia não passe pelo Paraguai

Alemanha A tricampeã avança com um triunfo diante de Gana, na quarta-feira. Garante vaga com uma igualdade, desde que não haja ganhador no confronto entre Austrália e Sérvia

Inglaterra

Frustrante. Torcedores da Alemanha lamentam derrota para a Sérvia, que deixa time sob risco EDDIE KEOGH/REUTERS

A campeã de 1966 encara a Eslovênia, que também tem chances de avançar, na quarta-feira, e chega às oitavas com um triunfo

HASSAN AMMAR/AP–17/6/2010

França A dona do título de 1998 não depende de si. Tem de ganhar, fazer saldo e torcer para que Uruguai e México não empatem

Ribéry chora. França está quase eliminada DYLAN MARTINEZ/REUTERS–18/6/2010

Como sempre. Itália começou mal a Copa

Rooney mal. Inglaterra não justificou a fama

ra provar que a derrota por 1 a 0 para a Sérvia foi um acidente de percurso. O time encara Gana, que avança com igualdade. Empate pode ser suficiente, desde que não haja vencedor no outro jogo da chave, entre Austrália e Sérvia (soma três pontos). Os australianos,comumponto,precisariam fazer saldo. A atual campeã define seu futuro na quinta-feira. Após dois resultados de 1 a 1, necessita da vitória sobre a Eslovênia. Se repetir a campanha de 1982 e empatar os três jogos (avançou e foi campeã), terá de torcer pelo Paraguai diante da seleção da Nova Zelândia.


O ESTADO DE S. PAULO

%HermesFileInfo:E-13:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

E13

Giro da Copa derrotas somam os times da Europa, além de 8 empates e 8 vitórias. A América do Sul está invicta: 7 vitórias e 2 empates

7

● Só susto

“Acho que não avançaremos, mesmo que ganhemos. Basicamente, estamos fora ”

Duas suspeitas de bomba, em Johannesburgo e na Cidade do Cabo, mobilizaram a polícia. Eram alarme falso

Joseph Yobo, capitão da Nigéria, analisando as chances de sua equipe, com rara sinceridade

● Ainda não

Com a classificação garantida, a Holanda preferiu adiar a estreia do astro Arjen Robben para as oitavas de final

WILTON JUNIOR/AE

DISPUTA CONTINENTAL

África quer tirar 1 vaga sul-americana na Copa de 2014 Os cartolas africanos preparam um golpe contra as seleções sul-americanas. Em entrevista ao Estado, o presidente da Confederação Africana de Futebol e vice-presidente da Fifa, Issa Hayatou, admitiu que pretende pedir mais uma vaga para seu continente, em detrimento dos sulamericanos. O problema é que a proposta só será formalizada se uma equipe africana chegar às semifinais, possibilidade cada vez mais remota. “Somos 53 federações de futebol e teremos cinco vagas para 2014. A Europa também

tem 53 federações, mas classificará 13 times. Na América do Sul, haverá cinco vagas para dez seleções”, disse Hayatou. “Se um time africano chegar às semifinais em 2010, vamos propor mudanças.” O cartola só não contava com o desempenho das equipes dos dois continentes. Dos seis africanos desta Copa, só Gana depende apenas de seu resultado para ir às oitavas, enquanto Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai mantém chances reais de classificação e o Brasil já confirmou vaga na próxima fase. /JAMIL CHADE

A GRÉCIA AGRADECE

Argentina deve ter time misto O técnico da Argentina, Diego Maradona, vai escalar um time misto para o jogo contra a Grécia, amanhã às 15h30 (horário de Brasília), pela última rodada do Grupo B. Com a vaga praticamente assegurada, ele poupará alguns jogadores por causa de cartões e outros por questões físicas. Messi (foto) deve ficar fora. O provável time: Romero; Otamendi, Demichelis, Burdisso e Clemente Rodríguez; Verón, Maxi Rodríguez e Bolatti; Agüero, Milito e Di Maria.

● O colunista do Estado Antero Greco analisa a vitória do Brasil por 3 a 1 sobre a Costa do Marfim, ontem, em Johannesburgo, pela segunda rodada do Grupo G. Para ele, o time comandado por Dunga fez o suficiente para assegurar a vaga às oitavas de final da Copa do Mundo. Além disso, o jornalista destaca o ‘desencanto’ do atacante Luís Fabiano, que marcou dois dos três gols do Brasil, e a injusta expulsão do meia Kaká. Confira tudo na TV Estadão.

CONFIANÇA

Mandela crê na classificação A Fundação Mandela repassou, ontem, uma mensagem do ex-presidente sulafricano: “O senhor Mandela gostaria de reafirmar que está de forma incondicional com a equipe da África do Sul para o jogo contra a França”. Apesar das poucas chances de classificação, vários sul-africanos foram à missa com as cores da seleção. “Tenho fé nos Bafana Bafana”, disse uma torcedora.

estadão.com.br MUSTAFA OZER/AFP

Vídeo. Análise do colunista Antero Greco www.estadao.com.br/e/tvestadaonacopa

Tênis PHIL NOBLE/REUTERS

Atenção inglesa agora está em Wimbledon

horas contra Alejandro Falla. Masnesteanonãoserátão “fácil” para o suíço quanto em 2009,quandobateu orecorde de 14 conquistas de Grand Slam de Sampras exatamente no torneio inglês – vitória sobre Andy Ro-

ddick na decisão. Agora o “touro”RafaelNadal está devoltadepoisdeabdicarde disputarWimbledon na temporada anterior por causa de uma tendinite nos joelhos. Não é coincidência que o espanhol tenha sido o último a baterFederernagramadoAllEngland Club, na memorável final de 2008. O espanhol reconquistou o título de Roland Garros duas semanas atrás. Motivação não falta. “Estou feliz por Nadal ter voltado. Quero que ele jogue todos os torneios”, declarou o gentil suíço. “Senti como se tivesse visto o velho e clássico Rafa no saibro, dificilmente perdendo sets e jogos. É por isso que vai ser incrivelmente difícil vencê-lo aqui em Wimbledon.” Os dois não levaram títulos nos torneios preparatórios para Wimbledon. Nadal caiu em Queen’s e Federer, em Halle. A grama tem suas surpresas. Que o diga a Suíça, que passou pela Espanha na África do Sul.

SÃO PAULO

BASQUETE FEMININO

Mal na Copa do Mundo, seleção do país divide espaço com Federer e Nadal na sagrada grama do Grand Slam londrino

Brasil já garante um jogador na segunda rodada

Giuliander Carpes

● Pela primeira vez desde 2003,

Os campos sul-africanos são o palco da Copa mais cobiçada do futebol mundial. Mas a grama londrina também guarda uma disputa sagrada, que não mudará de data nem com a competição mais apaixonante do mundo. Vuvuzelas estão proibidas. Falar da seleção inglesa que enfileira um vexame atrás do outro, também. A taça que vale muito – R$ 2,63 milhões, além do prestígio – para os tenistas e grande parte dos britânicos a partir de hoje é a de Wimbledon. Principalmente para Roger Federer, que pode igualar o recorde de 7 títulos de Pete Sampras no All England Club e estreia hoje, às 9

o Brasil terá três jogadores na chave principal de Wimbledon, torneio em que o País tem pouca tradição. Um brasileiro ao menos estará na segunda rodada. Thomaz Bellucci, 24º do mundo, e Ricardo Mello, 92º, se enfrentam amanhã. O gaúcho Marcos Daniel já joga hoje contra o turco Marsel Ihan, detentor de um potente serviço.

Sharapova brasileira. Russa se inspira em pentacampeões para recuperar título de 2004

Jogo Rápido Ronaldo fica fora de torneio em Londrina

Lateral-direita vira problema no Morumbi

Vai demorar mais um pouco a volta de Ronaldo ao ataque do Corinthians. Ainda distante de sua melhor forma física, o atacante não participará de um quadrangular que a equipe disputará esta semana em Londrina. Junto com o time em Águas de Lindoia, o Fenômeno continua realizando trabalhos físicos, para ser aproveitado nos próximos jogos do Campeonato Brasileiro. A estreia do Corinthians no torneio no Paraná será na sexta-feira, às 20h30, contra o Iraty. Se vencer, a equipe irá enfrentar o vencedor da partida entre as equipes do Atlético-PR e do São Caetano.

O técnico Ricardo Gomes pediu a manutenção do lateral-direito Cicinho no clube, apesar de a diretoria não ter intenção de renovar o contrato do jogador. Por enquanto, só um amistoso está confirmado: contra o São Bernardo, dia 1.˚ de julho.

1

FÓRMULA INDY

GINÁSTICA CONRAD SCHMIDT/AP

Daniele Hypolito é ouro no solo em Portugal A ginasta garantiu ontem o primeiro lugar na etapa do Porto da Copa do Mundo ao somar 13,575 pontos. E ainda ficou em 6.º na disputa da trave. No sábado, Daniele já havia conquistado o ouro no salto e o bronze nas assimétricas. Seu irmão, Diego, ficou com a prata no salto.

vitória de Santo André garante o título do Campeonato Paulista para a equipe do ABC. A 3ª partida da final contra Americana será disputada hoje, na casa do rival, às 21 horas, no ginásio do Centro Cívico

SANTOS

PALMEIRAS

Ganso deve voltar aos treinos em 4 semanas

Felipão quer que Diego Souza fique no clube

O meia Paulo Henrique Ganso, que foi submetido a uma artroscopia no joelho, inicia hoje o processo de recuperação. A previsão é de que ele volte aos treinos em até quatro semanas.

Luiz Felipe Scolari, anunciado como o novo técnico do Palmeiras, disse que quer amanutenção no clube do meia Diego Souza. O jogador tem propostas do Catania e de um clube árabe.

Pódio com dobradinha do Brasil O brasileiro Tony Kanaan, da Andretti Autosport, venceu ontem o GP de Iowa da Fórmula Indy. Outro brasileiro, Hélio Castroneves da Penske, chegou em segundo lugar.

MARCOS DE PAULA/AE

CORINTHIANS


O ESTADO DE S. PAULO

E14 %HermesFileInfo:E-14:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Tabelão A ESTRELA

ARTILHEIROS

A Espanha conta com o atacante para marcar seu primeiro gol na Copa

David Villa

Com 3 gols: Higuaín (ARG). Com 2 gols: Luís Fabiano e Elano (BRA), Gyan (GAN) e Forlán (URU). Com 1 gol: Podolski, Klose, Müller e Cacau (ALE); Heinze (ARG); Holman (AUS); Lee Jung-soo, Ji-sung, Lee Chung-yong e Park Chu-young , contra (COR); Koren, Birsa e Ljubijankic (ESL); Dempsey, Donovan e Bradley (EUA); Gerrard (ING); Márquez, Blanco e Hernandez (MEX) e Tshabalala (AFS); Kuyt e Sneijder (HOL); Agger, contra (DIN); Honda (JAP); Alcaraz (PAR); De Rossi (ITA); Reid (NZL); Vittek (ESV); Maicon (BRA); Ji Yun-nam (CON); Beausejour (CHI); Fernandes (SUI); Pereira (URU); Salpingidis e Torosidis (GRE); Kalu (NIG); Jovanovic (SER); Etoo (CAM); Bendtner e Rommedahl (DIN)

DESTAQUE

Elano

Elano marcou nas duas partidas do Brasil nesta Copa: ontem, completou cruzamento de Kaká

PHILIPPE HUGUEN/AFP

Brasil

2

gols ambos marcados no segundo tempo SRDJAN SUKI/EFE

Primeira fase GRUPO A

ÁFRICA DO SUL

GRUPO B

MÉXICO

URUGUAI

FRANÇA

África do Sul 1 X 1 México

11/6

Uruguai 0 X 0 França

11/6

África do Sul 0 X 3 Uruguai

16/6 17/6

México

X

Uruguai

França

X

África do Sul

Amanhã 22/6 - 11:00 Amanhã 22/6 - 11:00

México Uruguai França

●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●●

GRUPO C

INGLATERRA

ARGÉLIA

Inglaterra 1 X 1 EUA Argélia 0 X 1 Eslovênia Eslovênia 2 X 2 EUA Inglaterra 0 X 0 Argélia X

EUA

X

Inglaterra EUA Argélia Eslovênia

ESLOVÊNIA

GRÉCIA

12/6

Argentina 1 X 0 Nigéria

12/6

Argentina 4 X 1 Coreia do Sul

17/6

Grécia 2 X 1 Nigéria

17/6

Nigéria

X

Coreia do Sul

Grécia

X

Argentina

Amanhã 22/6 - 15:30 Amanhã 22/6 - 15:30

Argentina Nigéria Coreia do Sul Grécia

●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●●

ALEMANHA

AUSTRÁLIA

SÉRVIA

GANA

12/6

Sérvia 0 X 1 Gana

13/6

13/6

Alemanha 4 X 0 Austrália

13/6

18/6

Alemanha 0 X 1 Sérvia

18/6

18/6

Gana 1 X 1 Austrália

19/6

Inglaterra

23/6 – 11:00

Gana

X

Alemanha

23/6 – 15:30

Argélia

23/6 – 11:00

Austrália

X

Sérvia

23/6 – 15:30

●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●●

GRUPO E

HOLANDA

COREIA DO SUL

GRUPO D

EUA

Eslovênia

NIGÉRIA

Coreia do Sul 2 X 0 Grécia

França 0 X 2 México

África do Sul

ARGENTINA

Alemanha Austrália Sérvia Gana

●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●●

GRUPO F

JAPÃO

DINAMARCA

CAMARÕES

Holanda 2 X 0 Dinamarca

14/6

Japão 1 X 0 Camarões

14/6

Holanda 1 X 0 Japão

PARAGUAI

NOVA ZELÂNDIA ESLOVÁQUIA

Itália 1 X 1 Paraguai

14/6

Nova Zelândia 1 X 1 Eslováquia Eslováquia 0 X 2 Paraguai

19/6

Camarões 1 X 2 Dinamarca

ITÁLIA

15/6 ONTEM

Itália 1 X 1 Nova Zelândia ONTEM

19/6

Dinamarca

X

Japão

24/6 – 15:30

Eslováquia

X

Itália

Camarões

X

Holanda

24/6 – 15:30

Paraguai

X

Nova Zelândia 24/6 – 11:00

Holanda Dinamarca Japão Camarões

●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●●

GRUPO G

BRASIL

Itália Paraguai Nova Zelândia Eslováquia

24/6 – 11:00

●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●●

GRUPO H

C. DO NORTE

C. DO MARFIM

PORTUGAL

ESPANHA

SUÍÇA

HONDURAS

CHILE

15/6

Honduras 0 X 1 Chile

16/6

Brasil 2 X 1 Coreia do Norte 15/6

Espanha 0 X 1 Suíça

16/6

Costa do Marfim 0 X 0 Portugal

Brasil 3 X 1 Costa do Marfim ONTEM Portugal

X

Coreia do Norte HOJE

Coreia do Norte

X

Costa do Marfim 25/6 – 11:00

X

25/6 – 11:00

Portugal

Brasil Coreia do Norte Costa do Marfim Portugal

8:30

Brasil

X

Suíça

Espanha

X

Honduras

Suíça

X

Honduras

25/6 – 15:30

Espanha

25/6 – 15:30

Chile

●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●●

HOJE 11:00 HOJE 15:30

Chile

X

Espanha Suíça Honduras Chile

Pintura da Copa

●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●● ●●●●●●●●●

Segunda fase

Oitavas de final

1º C x 2º D

1º A x 2º B

1º G x 2º H

1º E x 2º F

Royal Bafokeng 26/6 – 15:30

N. Mandela Bay 26/6 – 11:00

Ellis Park 28/6 – 15:30

Durban 28/6 – 11:00

A voz dos leitores do estadão.com.br

Quartas

Green Point 6/7 – 15:30

“A seleção canarinho volta ao normal, vence com categoria e já assusta os hermanos portenhos.”

“O Kaká apanhou feito um condenado e não fez coisa alguma no lance do segundo amarelo.”

“Eles no final acabam passando (de fase). E talvez até briguem pelo título. A Itália é fogo.”

. Paulo Panossian

. Bruno Knot

. Pery Souza

Semifinal

Define 3º lugar

Final

Soccer City

N. Mandela Bay

11/7 – 15:30

10/7 – 15:30

Durban 7/7 – 15:30

Green Point 3/7 – 11:00

O balé é usado como metáfora para um drible desconcertante ou uma jogada bem feita. Na Copa que tem privilegiado a tática em vez da técnica, a analogia faz mais sentido em uma disputa como essa, entre o meia da Eslováquia Jan Kozak (meião branco) e os paraguaios Victor Cáceres (cujo pé está no centro da foto) e Enrique Vera, na vitória dos sul-americanos por 2 a 0. JOE CLAMAR/AFP

Vuvuzela brasileira

N. Mandela Bay 2/7 – 11:00

Soccer City 2/7 – 15:30

● Bola no tripé

Semifinal

Ellis Park 3/7 – 15:30

Quartas

1º B x 2º A

1º D x 2º C

1º F x 2º E

1º H x 2º G

Soccer City 27/6 – 15:30

Free State 27/6 – 11:00

Loftus Versfeld 29/6 – 11:00

Green Point 29/6 – 15:30 Oitavas de final

✽ Sem Intervalo: Keila Jimenez

Eu acredito no Galvão

E

rnesto Lacombe anuncia os coitados do dia que trocaram o churrascão pela Central da Copa. “Estamos aqui com Arlindo Cruz e o maior jogador de vôlei brasileiro”. Giba? Ricardinho? Quem é esse? “É o maior em altura, tem mais de 2 metros.” Ah, tá. Tiago Leifert então solta a pergunta que explica a presença do sambista: “Arlindo, por que os jogadores brasileiros cantam samba no ônibus?”

“Porque gostam.” Afe. Ricardo Neves faz o esquenta na Band três horas antes do jogo da seleção. “Hoje é o dia nacional do office-boy!”. Puxa. Voz para o torcedor brasileiro que manda: “Acho que a seleção precisa apresentar mais do que merece!” Quem entendeu, me explica. O narrador oficial do ônibus da seleção brasileira, Luciano do Valle, avisa que o Brasil não vai golear a África do Sul hoje. Não mesmo. Sai o primeiro gol e Galvão começa a ler pensamentos. “Esse foi para o Ditão, vovô do Luís Fabiano.” Claro. “Do que o Lúcio sentiu nessa falta, Neto?” “Nada.” Quanta gentileza. “O técnico suíço tá pensando: ‘o que eu faço agora’!” Com certeza, Galvão. “Tomara que o Elano não tenha uma fratura exposta”, pede o otimista Neto. “Dói mais no dia seguinte, quando o músculo fica duro”, explica o fisioterapeuta Galvão, antes de ter mais uma visão. “Kaká vai acabar expulso!” Tá, vou colar no carro: “Eu acredito no Galvão!”.

O Melhor da TV na Copa ●

FUTEBOL

COPA DA ÁFRICA DO SUL Portugal x Coreia do Norte

8h30 / Globo / Band / SporTV / BandSports / ESPN Brasil Chile x Suíça

11h / Globo / Band / SporTV / BandSports / ESPN Brasil Espanha x Honduras

15h30 / Globo / Band / SporTV / BandSports / ESPN Brasil


O ESTADO DE S. PAULO

%HermesFileInfo:E-15:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

COPA 2010

O ESTADO EM BLOEMFONTEIN

Reportagem Especial

E15

Lourival Sant’Anna (TEXTOS) Evelson de Freitas (FOTOS) ENVIADOS ESPECIAIS

Pelada. Crianças negras batem bola em frente ao estádio de rúgbi da vila de Rocklands; arena foi construída para incentivar a prática do esporte pelos negros, mas eles preferem o futebol

ESPORTE DOS NEGROS, FUTEBOL AGORA ESTIMULA A INTEGRAÇÃO Popularização da modalidade ajuda a desfazer segregação que marcou o apartheid, quando brancos só jogavam rúgbi

Copa do Mundo está acontecendo em seu país, a seleção sul-africana joga essa noite, Bloemfonteinécidadesede,masBeneSanmarie Erasmus vieram ao shopping Mimosa para assistir a um filme bem no horário do jogo contra o Uruguai. Eles saem do cinema, atravessam a praça de alimentação e não olham paraos lados,ondeastelevisõesdos restaurantes exibem a partida. “Prefiro rúgbi”, diz Ben, um fazendeiro de 44 anos, desculpando-se pelo seu inglês, já que seu idioma nativo é o africâner, derivado do holandês dos primeiros colonizadores. Ele não quer sofrer. “Não acho que os Bafana vãoganhardessavez.”ComosSpringboks, a seleção nacional de rúgbi, a coisaédiferente.“Elesvenceram aúltima partida, contra a França, e já foram três vezes campeões mundiais.” O resultado da partida vai dando razãoa Ben: o Uruguai vence por3 a 0. Mas essa não é a razão principal da indiferença do casal. O futebol tem sido, historicamente, o esporte dos negros na África do Sul, enquanto os brancos têm o rúgbi, trazido pelos segundos colonizadores, os ingleses (que, afinal, também criaram o futebol, mas o apartheid sempre encontrou os meios mais artificiais de separar os sul-africanos pela cor da pele). E o que eles acham de a África do Sul ser sede do torneio mundial de futebol? “No início ficamos com medo, não sabíamos o que esperar, não sabíamos que tipo de gente viria para cá”,relata Sanmarie,de 40 anos,dona de um açougue na pequena Dealeville, a 70 km de Bloemfontein, onde o casal mora. “Mas depois vimos que são pessoas legais. É bom ter diferentes tipos de pessoas juntas.” O filme que eles acabavam de ver

A

Colorido. Centro de Bloemfontein

NAMÍBIA

ONDE FICA BOTSUANA

Pretória

Johannesburgo 371 km Bloemfontein

OCEANO ÍNDICO

LESOTO

ÁFRICA DO SUL

OCEANO ATLÂNTICO

N

0 km 350 INFOGRÁFICO/AE

falavaexatamentedisso:SchuksTshabalala’s Survival Guide to South Africa 2010, do diretor sul-africano Leon Schuster, um bem-humorado “guia de sobrevivência” para os turistas que vêm à Copa e, na verdade, uma ácida exposição das contradições desse país diverso, queaolongodoúltimoséculolidouterri-

TELÃO DA COPA, ARENA DE RÚGBI De acordo com as normas do apartheid, os negros deveriam viver em “bantustões”, reservas espalhadas aolongodopaíspara cadagrupoétnico. Estavam proibidos de viver nas áreas dos brancos. Mas, com a prosperidade, os brancos não queriam fazer o trabalho pesado, e atraíram a mão de obra negra. Essaimigraçãoilegalcriouascidadesdormitórios, inicialmente favelas

em torno das cidades brancas. Rocklands é uma das 20 cidades-dormitórios que circundam Bloemfontein. Foi aqui que nasceu o clube de futebol Celtics em 1969, como parte de um trabalho social de conscientização e união dos negros. Até hoje, o futebol tem um forte apelo social. “O futebol é uma oportunidade para os jovens que não têm estudo de serem bem-sucedidos”, diz o garçom Andile

Olho no lance. Torcedores assistem ao jogo África do Sul x Uruguai velmente mal com essa diversidade. Ben e Sanmarie não eram os únicos. Nanoitefriade quarta-feira,o shopping, situadonobairrotradicionalmentebranco de West Dene, estava repleto de pessoas caminhando indiferentes ao jogo. Michael Halakatevas, de 38 anos, dono do Euro Caffé, um dos bares que estavam exibindo o jogo, tinha uma explicaçãointeressantesobreporquehaviamenosgente assistindo do quena estreiada África do Sul contra o México, dia 11: “O jogo de hoje foi mais tarde (20h30). Os negros vêm de transporte público e para eles fica mais difícil. O jogo anterior era de tarde (16h).” Na noite de quarta, havia 29 brancos e 4 negros assistindo à partida. Mas a poucos metros dali o Bar Richelieu tinha a relação inversa: estava lotado de negros e só um casal branco. “Ainda há muita separação”, reconhece Halakatevas, integrante da expressiva comunidade grega de Bloemfontein,

Vincent Sani, de 25 anos. Sani não conheceninguém que jogue rúgbi. Mas todos os seus vizinhos gostam de futebol. “O rúgbi só é jogado pelos negros que têm dinheiro e estudam em escolas privadas, frequentadas pelos brancos.” Como parte das tentativas do governo sul-africano de integrar os dois lados da população, os telões para assistir às partidasdaCopadoMundoforaminstalados no estádio de rúgbi de Rocklands, e não no campo do Celtics, que está fechado durante o Mundial. É a primeira vez que muitos moradores do bairro entram ali. / L.S.

Entre os brancos no Euro Caffé estava o casal Jonathan De Ridder, de 23 anos, e Kimberlee Hughes, de 20. “Sou muito novo no futebol”, disse De Ridder, que estudouadministraçãoemarketingetrabalha numa empresa de energia eólica. “ComeceiaacompanharagoraaCopa.A África do Sul é totalmente ligada ao rúgbi.” DeRiddertorceparaosSharksdeDurban. Kimberlee, estudante de psicologia de 20 anos, também diz que está começandoagostardefutebol.Ocasalconfessa que não entende nada das regras e aproveita para esclarecer dúvidas com o repórter brasileiro: “Como funciona o cartão amarelo? Por que o goleiro tem uniforme diferente?” Lenta união. Numa mesa separada, três estudantes negros da Universidade Free State, exclusivamente branca na época do apartheid, e agora de maioria negra, assistem à partida. “Nós gosta-

mos de futebol há muito tempo”, dizem os irmãos Mooki, de 22 anos, e TsireletsoMakhetha, de 19, que estudam psicologia e contabilidade, respectivamente. Mookitorce para o Celtics deBloemfontein; Tsireletso, para o Kaizer Chiefs deSoweto – ambos clubes que nasceram de trabalhos sociais nas cidades-dormitórios. Dibho Seotsanyane, de 20 anos, estudante de recursos humanos e namorada de Mooki, diz que está começando a acompanhar futebol agora na Copa. “O futebol está unindo muito as pessoas”, observa Mooki.“Eu assisto rúgbi, mas não faz muito tempo.” Ele e o irmão dizem que torcem para os Cheetas de Bloemfontein. “Os brancos e os negros ainda estão muito separados”, reconhece Dibho. “Estão se integrando devagar.” Segundo Mooki, o rúgbi continua bem mais forte que o futebol na universidade. “Acho que depois da Copa do Mundo vai ser diferente.” Frustrados, muitos torcedores se levantaram e foram embora depois do terceiro gol do Uruguai. Mas, acabadoo jogo, seis adolescentes negros passaram festejando. “Não temos de ficar tristes porque os Bafana perderam”, explicou Thuto Ntsiuda, estudante do ensino médio, de 17 anos. “Pelo menos jogamos. Se não fôssemosanfitriões,nãoteríamosnosclassificado para jogar na Copa do Mundo.” Os cinco rapazes e uma garota garantiramquetêmamigosbrancosonde moram, no bairro de Hilton Gardens, antes exclusivamente branco, e agora habitado também pela classe emergentenegra.“Elessãoportugueses”,disseNtsiuda,referindo-seaoutra comunidade expressiva da cidade. “Não vieram porque não tinham os 12 rands (US$ 1,60) da condução.”

UM CENTRO DE CONTRASTES Bloemfontein foi um símbolo da supremacia branca. Ela é a capital judiciária do país, onde fica o Tribunal de Recursos,equivalente aoSupremono Brasil,e também a capital do antigo Free Orange State, cujo nome foi mudado depois do apartheid para apenas Free State, livrando-sedo “laranja”,acorquesimboliza os africâneres. Essa associação vem do Rio Orange, o maior do país, que passa pela província, e que os holandeses e

seus descendentes desbravaram em busca de diamantes e terras para cultivar. A própria Bloemfontein, ou “fonte do Rio das Flores”, em africâner, foi rebatizada para Mangaung, que significa “lugar dos guepardos” em tswana-sesotho, a língua majoritáriaentre os negros da região. Todas as autoridades locais são negras, num sintoma da radicalidade com que a história está sendo revista. / L.S.


O ESTADO DE S. PAULO

E16 %HermesFileInfo:E-16:20100621:

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Ana Paula Garrido

FUTEBOL E CINEMA

O

NA TELA GRANDE, UM LONGA DE 90 MINUTOS Torcida na poltrona, sem cerveja, mas com animação, marca a sessão do Reserva Cultural, na Avenida Paulista, que exibiu o jogo do Brasil para 120 pessoas ANDRE LESSA/AE

Arquibancada de luxo. Torcida se conteve no início, mas logo se ouviram gritos de “uh!”

ANDRÉ FOSSATI/O TEMPO

solhosgrudadosnatela e o silêncio das pessoas até davam a impressão de que se tratava de mais uma sessão de cinema. No entanto, alguns com os pés na poltrona da frente e outros em posição de quem vai levantar indicavam uma situação diferente.Eramesmo.Olongade 90 minutos transmitido na sala do Reserva Cultural era o jogo do Brasil contra a Costa do Marfim. O clima calmo durou pouco. Logo no primeiro minuto, o lance de perigo do Brasil arrancou aplausos, cornetas e o primeiro “Uh!” da plateia. Depois, mãos cruzadas e algumas reclamações. Nem nas jogadas de Drogbaecompanhiaseouviam xingamentos da torcida. O ambiente sem pipoca –o Reservanãovende–,seguiutranquilo até o gol de Luís Fabiano, que levantou todo mundo da cadeira, imitando o movimento de uma arquibancada. Com o placar favorável, a timidez foi dando lugar para a descontração. Até se ouviu um “Cala boca, Galvão” quando o narrador disse que o feito de Luís Fabiano era para o “vovô Ditão” do atacante. Nointervalo,opúblicoaprova-

EPITACIO PESSOA/AE

va a transmissão, melhor do que o jogo em si. “O som é excelente, imagem muita boa. O único problema é o Galvão, mesmo”, brincou Fabian Yaksic. Já o cineasta Amílcar Claro gostou da novidade, mesmo com o barulho que tomoucontadasala.“Soudaqueles chatos que precisam ver o filme em silêncio. Mas agora pode. O gostoso, aliás, é ver com muita gente mesmo.”

“Você até esquece que está no cinema. Parece um bar, mas com uma tela bem maior” A maioria da plateia, formada porcercade120torcedores,éfrequentadora assídua do espaço e mais fã de cinema que de futebol. “Mas a gente também gosta muito,principalmente dosjogos da Copa”, comenta Anne Batista, que já tinha assistido à estreia nas telonas e tratou de chamar as amigas para a segunda partida. O grupo apostou no placar de 2 a 1, exceto Dirce Picoli, a mais otimista, que previa 3 a 0 para o Brasil. Quase acertou, não fosse o gol de Drogba. No final, todos saíram contentes. “Você até esquece que está no cinema. Parece um bar, mas

com uma tela bem maior”, resume Rafael Carvalho, que abriu mão de tomar uma cerveja – a bebida estava liberada, mas não teve adesão do pessoal. “Por causa dos meus pais, vou beber água. Depois comemoro com os amigos.” Já a gerente de cinema Ivonete de Souza Martins sentiu faltaapenasda família,que estavaemCotia.“Numfilme,você até sente falta da pipoca, mas durante o jogo não dá tempo”, garantiu ela, que pretende voltar no próximo confronto, desta vez com o marido e filhos. A próxima partida contra Portugal, no entanto, já está com as reservas esgotadas. “Durante a semana, a procura é maior por causa do pessoal que trabalha na Paulista”, explicou o dono do Reserva Cultural, Jean-Thomas Bernardini.Segundoele,ainiciativapara agradar aos clientes só foi possível agora, por causa da tecnologia HD. “O legal é que os jogos reúnem cinéfilos, os que procuram um lugar mais tranquilo e quem é fanático mesmo”, disse o francês, que garante ser um dos maiores torcedores da seleção verde e amarela.

TASSO MARCELO/AE

1.

3.

2.

Festa nacional. Não podia ser diferente: o domingo de sol com jogo do Brasil levou multidões para as ruas de todo o País, como no centro de Belo Horizonte (1); em um hotel nos Jardins, em São Paulo, os marfinenses também fizeram sua festa, apesar da derrota (2); no Rio, a torcida se reuniu na Praia de Copacabana (3); na capital paulista, quem quis se misturar à multidão pôde escolher entre a arena montada no Jockey Clube, na zona sul, (4) e a do Vale do Anhangabaú, no centro (5); independentemente do local escolhido, a torcida vibrou com os jogadores nos três gols da seleção (6) NILTON FUKUDA/AE

6.

4.

5.

PAULO VITOR/AE

Anhangabaú e Copacabana ‘bombam’ com seleção Cerca de 38 mil pessoas estiveram no centro de São Paulo para vibrar ainda mais quando havia flashes do local na Globo Aline Nunes Tatiana Piva

Uma legião de 38 mil pessoas

coloriu de verde e amarelo ontem à tarde o Vale do Anhangabaú, região central de São Paulo, para ver a seleção brasileira vencer bonito o jogo feio da Costa do Marfim pela Copa do Mundo, em Johannesburgo. Muitos levaram suas barulhentas vuvuzelas. Outros faziam o som com apitos, e outros se produziram com chapéus, pintura e muitas cores pa-

ra comemorar com festa e fantasia. “Estou muito emocionada. Eu amo esse time. E hoje a partida vai ser do Luís Fabiano”, previa, emocionada, Ana Luiza dos Anjos Garcez, de 47 anos. O palpite dela foi certeiro. E, para dar sorte ao jogador, Ana levantou às 5 horas, providencioumaquiagemfacialcommotivos da seleção e confeccionou ummacacãocomascoresdaban-

deira. Durante o jogo, Ana não descolou o olho do telão. “Acho que o juiz está cego”, reclamava toda vez em que o ídolo Luís Fabiano sofria falta. Tanta torcida foi recompensada pelos dois belos gols marcados pelo atacante. A loucura dela só não superou a do aposentado Flávio Rocha, de 65 anos. Fantasiado à la Osama Bin Laden, gritava o tempo todo: “Hexacampeão!”.

Se alguns torcedores empolgavam-se na torcida pelo Brasil, outros nem se importaram com o resultado do jogo. Já estava 3 a 0 para a seleção e o casal Marcos Barbosa, de 26 anos, professor de química, e Márcia Sodré Alves,de27,professoradematemática, não queriam nem saber do placar.Elesmarcaramumencontro no Ibirapuera exatamente na horadojogo paraoficializaro na-

FILIPE ARAUJO/AE

moro.Deitados na grama doparque, ele tocou canções como Você Me Faz Tão Bem, do Detonautas, e Aonde Quer que Eu Vá, d’Os Paralamas do Sucesso para ela. “Acho que ele quis marcar na hora do jogo para me testar, mas topei na mesma hora. Iniciamos o namoro hoje”, disse Márcia. No Rio. Cerca de 21 mil pessoas passaram ontem pela arena Fifa Fan Fest, no Rio, na Praia de Copacabana.Famílias,criançasejovens aproveitaram o dia de sol e, de quebra, ainda vibraram bastante com a atuação da seleção.


L1 %HermesFileInfo:L-1:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010 Nº 973

Link 3D A próxima edição do Link, dia 28, será inteira em 3D. Um óculos para visualizar a novidade virá encartado no jornal do dia.

de onde fala? Quando fotos, vídeos, tweets e posts têm origem definida, ganha a busca, que pode ser feita a partir da localização. Págs. 2 e 3

LOVE PIXEL/REPRODUÇÃO

7 8 9 10 11 12

Você já ouviu falar de FoursquareeGowalla?Sãoredessociais que dão pontos às pessoas que vão a mais lugares e dizemondeestão–quasesempre via celular. É com sites comoesses, quetratamcomojogo essa história de dar seu paradeiro, que estamos sendo acostumados à geolocalização e à busca geolocalizada. “Certos tipos de busca ganham muito com a geolocalização”, diz Marcelo Quintella,gerentedeprodutosgeográficos do Google para América Latina. “No dia a dia, as pessoas buscam coisas ligadas a lugares – onde moram ouaquevisitam.Ecomainfor-

mação georrefenciada, os resultados ficam mais ricos”, A bola da vez são aparelhos e serviços que incluem automaticamente dados geográficos em posts, tweets e fotos. Mas ainda é escolha de cada um deixar que os outros vejam ou não de onde ele postou o conteúdo. “Quanto mais georreferenciada a informação for, mais organizada ela fica”, diz Rafael Siqueira, CTO da LBS Local, dona do serviço de mapas Apontador. Em pouco tempo, todo mundo vai esperar fotos, vídeos e texto com origem demarcada. E, com o mapa redesenhado, muda a navegação.


L2 link %HermesFileInfo:L-2:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

PERSONAL NERD Por que geolocalizar? TWEETS 140

What’s happening?

A gora, todos tweets podem ter geotags

Muitos aparelhos já embutem automaticamente informações georeferenciadas em arquivos multimídia. Mas se não for o caso do seu celular ou da sua câmera, dá para incluir esses dados você mesmo

l Seus dados geolocalizados também ajudam a enriquecer o conteúdo de mapas que interam busca geográfica por fotos, vídeos e tweets, como o Google Maps e os mapas do Yahoo.

FOTOS Sair Buscar

Cala boca galvao!

Sua galeria

Álbuns | Exposições | Tags | Pessoas | Arquivos

Notícias de fora

TWEET

ADD YOUR LOCATION

PARA QUE SUA LOCALIZAÇÃO SEJA INCLUÍDA EM SEUS TWEETS, BASTA CLICAR EM:

Novos horizontes

Projetos

Musical cotidiano

Paradas

SETTINGS

MARQUE A OPÇÃO: ADD A LOCATION TO YOUR TWEETS

CLIQUE EM:

Primeiro, habilite seu álbum de fotos para ler as informações sobre localização que você vai incluir no arquivo de imagem:

PICASA

SAVE

LÊ ESSAS INFORMAÇÕES AUTOMATICAMENTE EMBAIXO DA CAIXA DE TWEETS SELECIONE:

FLICKR

ADD YOUR LOCATION

É PRECISO ENTRAR EM:

APPS NÃO-OFICIAIS COMO O ECHOFON (PARA IPHONE) E SEISMIC (PARA ANDROID) JÁ SÃO INTEGRADOS COM O GPS DO CELULAR

YOUR ACCOUNT

OS APPS OFICIAIS DE TWITTER PARA IPHONE, ANDROID E BLACKBERRY AINDA NÃO FORAM MODIFICADOS PARA INCLUIR A NOVA FUNÇÃO

PRIVACY & PERMISSIONS

MUDE PARA 'NO' (O PADRÃO É 'YES') HIDE YOUR EXIF DATA YES

NO

CELULAR: SE O SEU CELULAR TEM ANTENA DE GPS, ENTÃO SEU APLICATIVO DE FOTO JÁ EMBUTE NO PRÓPRIO ARQUIVO AS INFORMAÇÕES REFERENTES À LOCALIZAÇÃO

POSTS VÍDEOS

O Wordpress tem uma funçãoque embute localização nos posts

analolows

Pesquisar

16 de fev. de 2010 (mais informações)

Página incial Vídeos Canais

Cinelandia Mostra de cinema A abertura do evento está marcada para as 14h, com a pré-estreia nacional do longa-metragem Eu e meu guarda-chuva, de Toni Vanzolini, vencedor do 1º Pitching da Mostra, que tem lançamento comercial previsto para outubro deste ano. A sessão contará com a presença do diretor e de atores que participam de bate-papo com o público postado em 18/06/2010

Um blog para quem gosta cinema, e não pode esperar as as últimas novidades

ARQUIVO 2010 Janeiro Fevereiro

27 Comentários

Março

Virar vampira

Abril

A atriz de 20 anos confessou ao Hollywood Reporter que tem pensado muito no momento que Bella Swan vai se tornar finalmente parte da família de Edward Cullen (Robert Pattinson).

Maio Junho Virar vampira Pesquisa

postado em 16/06/2010

12 Comentários

O YouTube permite que você escolha em que lugar do mapa os vídeos que você sobe no site foram filmados

Alice - Não está sozinho URL http://www.youtube.com/watch?v=Cml

CÂMERA COM GPS: ALGUNS MODELOS NOVOS DE CÂMERA DIGITAL TÊM GPS. ESSES APARELHOS REGISTRAM NO ARQUIVO DA FOTO O LOCAL ONDE ELA FOI TIRADA

Incorporar <object width="425" height="344">

Vídeos Relacionados Legião Romana 12.434 exibições

02:23

misterglee Renato Grego 12.434 exibições

04:23 klebereis

Renato Grego Quando eu

CÂMERA CONVENCIONAL: SUA CÂMERA NÃO SABE ONDE VOCÊ TIROU AS FOTOS, MAS VOCÊ SABE. PASSE AS FOTOS PARA O PC E ESCOLHA A OPÇÃO QUE SE ADEQUA AO SEU CASO

12.434 exibições 0:02/2:46

01:41

klebereis

ENTRE EM: USUÁRIOS

BASTA ENTRAR NA SUA CONTA: CONFIGURAÇÕES PESSOAIS

MEUS VÍDEOS

CLIQUE EM:

CLIQUE EM:

ENABLE GEOTAGGING

EDITAR

DIGITE SEU ENDEREÇO OU ESCOLHA O LUGAR NO MAPA

DATA E MAPA

Para poucas fotos

Para muitas fotos

Geoimgr.com

Pictomio.com

Basta subir sua imagem no site, escolher no mapa o lugar onde tirou a foto e fazer download da foto novamente

O software permite que você escolha, no mapa, o lugar onde tirou suas fotos, e selecione um ou vários

Como buscar dados geolocalizados: Twitter: Em nearbytweets.com, você pode buscar os tweets perto de você

PESQUISA: ANA FREITAS

Fotos: Tanto o Picasa quanto o Flickr apresentam opções personalizadas de busca por local

Vídeos: O YouTube permite busca por local nas opções personalizadas

Posts: Filtre a busca no Google ou use os diretórios de posts do Wordpress.com e do Blogspot.com

INFOGRÁFICO: FILIPE CAMPOI E RUBENS PAIVA/AE


%HermesFileInfo:L-3:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

link L3

CADÊ?

DIGA-MEPORONDEANDAS Ana Freitas ana.freitas@ grupoestado.com.br

Cada vez mais, querem saber onde você está. Mas por que dizer isso aos outros?

NO CELULAR Aplicando geotags FOTOS: REPRODUÇÃO

ECHOFON ❙ No iPhone, Twitter com geotags LOVE PIXEL/REPRODUÇÃO

SEESMIC ❙ Outro que localiza tweet, para Android

WORDPRESS ❙ App móvel tem geolocalização

Desde o último dia 15, todo mundopodedizer deondeestá twittando sem gastar nenhum dos 140 caracteres para isso.OTwitteranunciouoPlaces, serviço que cria um botão embaixo da caixa de texto. Ao clicar, ele inclui sob o tweet o local de onde você escreve. A função estava disponível no Twitter desde 2008, mas só nos EUA. Agora, o mundo inteiro pode dizer onde está. O Twitter só foi mais um atender à nova demanda de uma web que podemos cha-

mar, nesse momento, de 2.5: em queaspessoas dizemdeondeestão postando. Foursquare e Gowalla, meninas dos olhos dos investidores norte-americanos no momento, se aproveitaram dessa transição e criaram um jogo cujo ganhador éaquelequefrequentamaislugares legais. O Wordpress atualizou seu aplicativo móvel para incluir geotags nos posts. A versão 10.6 do Opera, lançada também na última semana, permite o uso de uma nova API de geolocalização que se integra a outros serviços e detecta, via navegador, a localização do indivíduo sem a necessidade de GPS. Você está enganado se acha quevai ficarfora dessasóporque não vai baixar nenhum desses aplicativos. Usa iPhone ou Android para tirar fotos ou twittar? É bem possível que informações georreferenciadas sejam agregadas a esses conteúdos por causa do GPS do seu celular. As principaisfabricantes decâmerasfotográficas já lançaram modelos com GPS embutido, e os preços desses aparelhos estão caindo. Logo mais, tudo o que você fizer na rede vai incluir a informação de onde você fez aquilo. E, mesmo com o poder de escolher não divulgar esses dados, muitas vezes pode ser interessante fa-

zer isso – para você e, principalmente, para os outros. É que a informação que tem geotags pode ser organizada por espaço e mixada a outros serviços,comomapas.Esevocê já vai ao teatro, tira fotos e quando chega em casa posta um comentário com as imagens no seu Twitter, no Facebook ou em seu blog, se essas informações estiverem associadasaolugarondevocêesteve, quem vir esses dados terá muitomaisfacilidadepara encontrar o lugar em questão. “O usuário que perceber o benefício das informações geográficasqueosoutrosproduzem e descobrir como isso enriqueceaexperiência detodos acaba se tornando meio altruístaepassaageorreferenciar seu conteúdo”, explica Marcelo Quintella, gerente de produtos geográficos do Google na América Latina. Imagine que você queira se mudar para um bairro: você clica no mapa e consulta não só os anúncios de imobiliárias,mas asresenhas dosestabelecimentos próximos e os tweets dos futuros vizinhos, além de ver vídeos e fotos da região. Isso é possível, por que cada vez mais gente conta o que está fazendo – e onde.

Privacidade ETIQUETA ❙ Quando estiver em uma rede social que tem geolocalização, não adicione pessoas que você não conhece. E lembre-se: você tem a opção de exibir ou não os dados de onde está

Glossário GEOTAG ❙ É a informação geográfica que vai dentro do arquivo de foto, vídeo ou do texto EXIF DATA ❙ Dados que vão embutidos nos logaritmos da imagem. Incluem os dados geográficos, data e hora, câmera usada e até a resolução da foto


L4 link %HermesFileInfo:L-4:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

SEM AS MÃOS

E3D O comando do videogame sai das mãos e é o corpo que passa a controlar os movimentos na tela. Essa é a mensagem da última edição da E3, maior feira de games do mundo, nos EUA, que também trouxe o 3D sem óculos e jogos inéditos

Cido Coelho cido.coelho@grupoestado.com.br

Carla Peralva

1

carla.peralva@grupoestado.com.br

Kinect:seucorpoéocontrole Kinect. Foi com esse nome que a Microsoft batizou seu tão aguardado sensor de movimentos para Xbox 360. Até então chamado de Projeto Natal, o Kinect possui trêscâmerasquecaptamosmovimentos dos jogadores e um dispositivo que responde a comandos de voz. Não tem controles, nemfios–parajogar,bastasemovimentar em frente ao aparelho, simulando as ações das personagens. Ele também virá com uma nova função de chat em vídeo para participantes da Xbox Live.

Estão prometidos 15 jogos exclusivos para o dispositivo, que será lançado em novembro, custando entre US$ 50 e US$ 200. Um novo modelo do Xbox 360 também foi anunciado. A versão Slim,comdiscorígidode250GB, conexão Wi-Fi e suporte para Kinectdevechegaràslojasamericanas ainda nesta semana. E foi confirmado: até o fim do ano, o Brasil e mais sete países farão parte da Xbox Live, principal rede social global de jogadores do console.

polichinelo

“Em vez do reconhecimento físico fluido sugerido pelas apresentações, ele precisa de gestos decisivos, largos” Leigh Alexander, editora do site Gamasutra

DIVULGAÇÃO

KINECT ❙ Lançamento da Microsoft para Xbox 360 não possui fios nem controles

Sony quer entrar na competição A Sony também quer entrar no competitivo mundo dos sensores de movimentos. Para isso, lançou o Move, controle para PlayStation muito semelhante ao Wiimote da Nintendo. Esses controles pretendem atrair jogadores casuais. O Move funciona por meio de uma câmera com sensor – a PlayStation Eye – que ajusta o espaçoemqueojogadorestálocalizado para deixar os movimentos do controle precisos. Aempresaprometeuque20jogos com tecnologia 3D serão lançados no ano que vem. Entre os

jáanunciados,estão:Crysis2,Motorstorm: Apocalipse e as novas edições de Mortal Kombat e Gran Turismo 5 – título de corrida que, após quatro anos de espera, ganhou uma data certa de lançamento, 2 de novembro. A PlayStation Network, rede com mais de 50 milhões de jogadores do console registrados no mundoeainda não disponível no Brasil, vai ganhar um serviço pago – o PlayStation Plus – que dará acesso a conteúdos exclusivos parajogosdePlayStationeatualizações automáticas, além de demos inéditas e games gratuitos.

PRECISÃO

MOVE ❙ Novo controle para PlayStation promete movimentos muito precisos

MARIO ANZUONI/REUTERS

“A Sony manteve o controle. Isso faz a experiência menos física do que a com o Kinect e tem muito mais precisão ” Rory Cellan-Jones, jornalista de tecnologia da BBC


O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

MARIO ANZUONI/REUTERS

VALERIE MACON/AFP

link L5

MICHAL CZERWONKA/AFP

4

1. Demonstração do game Your Shape: Fitness Evolved para o Kinect

2. A E3, Eletronic Entertainment Expo aconteceu em Los Angeles, Califórnia

2 PHIL McCARTEN/REUTERS

DAVID MCNEW/AFP

3. Miyamoto, o Steve Jobs da Nintendo, mostra games no Wii

4. Vice-presidente da Microsoft, Marc Whitten, apresenta o Kinect na E3

5. Visitantes da E3 testam novos jogos para PlayStation 3 no stand da Sony

3

5

3DsemóculosdaNintendo tes para tirar fotos em 3D, tela inferior sensível ao toque e sensor de movimentos. O3DStemconexãoWi-Fiepode se comunicar com outros equipamentos que estiverem na rede sem fio. Ele fará atualização automáticade novos conteúdos. Atéo momento, 21 produtoras confirmaram que estão desenvolvendo jogos exclusivos para a nova plataforma. PHIL McCARTEN/REUTERS

O novo console portátil da Nintendo é o primeiro videogame com 100% de tecnologia 3D no mundo. O 3DS dispensa o uso de óculos ou outros periféricos e possibilita que você controle a profundidade da imagem – função que ajuda o usuário ajustar melhor a imagem de acordo com seu ponto de vista. SemelhanteaoDSi,onovoportátilganha câmera com duas len-

JANELINHA

“O campo de visão em que o 3D não fica fora de foco ou faz você se sentir vesgo é extremamente estreito” Nintendo 3DS ❙ Sem previsão de lançamento, o portátil não exige o uso de óculos

Brian Crecente, editor do site Kotaku.com

PRÓXIMAS FASES A E3 deste ano, além da terceira dimensão, também apostou pesado em títulos estabelecidos e jogos conhecidos até por quem não é do mundo dos games REPRODUÇÃO

✱ ✱ ✱ ✱ ✱

MICHAEL JACKSON O homem da luva branca volta a dançar, inclusive em 3D, em um jogo ainda sem nome, para todas as plataformas – Kinect, Move, Wii, PSP e DS

THE LEGEND OF ZELDA Skyward Sword é a grande volta da série no Wii. O Wii Motion Plus poderá ser usado para movimentar a espada do herói Link. Lançamento previsto para 2011

PORTAL 2 Na nova versão do jogo de ação para PS3, Xbox 360 e PC, o computador GLaDOS traz novos puzzles e enigmas a serem resolvidos. Lançamento em 2011

GRAN TURISMO 5 Compatível com 3D, Gran Turismo 5, da Sony, é considerado o melhor simulador de corridas no videogame, com mais de mil carros

GOD OF WAR Kratos dá as caras no PSP. O jogo traz a história do Fantasma de Sparta e o motivo da mancha vermelha em sua pele. Lançamento neste ano


L6 link %HermesFileInfo:L-6:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

SONECA

RÁDIO-

ORIGENS. Patente de rádiorelógio; ninguém sabe apontar quem inventou a combinação

FOTOS: UNITED STATES PATENT OFFICE/REPRODUÇÃO

RELÓGIO: O PRIMEIRO APARELHO

DIGITAL Damon Darlin The New York Times

O primeiro objeto digital renasceu com o dock de iPod e pode ser trocado pelo smartphone

Para muitas pessoas, a era digital nãocomeçoucomoscartõesperfurados ou com o pioneiro computador Heathkit. Mas o primeiro objeto digital da maior parte das pessoas foi o rádio-relógio. Era 1968. E a Sony Dream Machine, modelo 8FC-59, silenciou o tique-taque do despertador analógico e deu um upgrade no criado-mudo. Em algum momento, o rádio-relógio da Sony estavaemumterço doslaresnorte-americanos.Osanosse passaram e nas décadas de 80 e 90, o aparelho era um presente tão pífio quanto meias bege. Mas isso mudou de novo. Graças aos tocadores de MP3, mais especificamenteao iPod,quedevolveu ao rádio-relógio o status de bom presente. A Associação de Eletrônicos deConsumodosEUAnem registrava produção de rádio-relógios até 2007. Mas notou que, quando os fabricantes colocaram docks de MP3 players em rádios-relógios, a categoria decolou. “Foi o efeito iPod”, define Chris Ely, gerente de análises da associação. Em 2009, a produção aumentou 40%, para 12,8 milhões de unidades, em relação ao ano anterior. De repente, o criado-mudo

voltou a ser espaço nobre. Mas o objeto que o ocupa nunca mais seriaomesmo.Hojeumrádio-relógio sem dock para iPod não vende. Estima-se que as vendas de rádio-relógio caiam 25% em quatro anos enquanto as vendas derádios-relógioscom dockspara iPod vão crescer 30%. Agora a indústria torce para queo “efeitoiPod” serepita,dessa vez com o acesso à internet. O primeiro rádio-relógio conectado foi o Chumby, lançado em 2007. No ano passado, a HP homenageou a memória da Dream Machine com seu DreamScreen, quecustavaUS$ 250(depois baixou para US$ 175) e era, verdade seja dita, um porta-retrato digital emperiquitado que tinha lá suas limitações: o software era ruim e ele gritava por uma tela sensível ao toque. A Sony avançou com o Dash, um Chumby mais robusto, com tela sensível ao toque. A empresa claramente queria recuperar o domínio sobre o criado-mudo. “É um espaço muito valioso”, diz Brennan Mullin, vice-presidente da divisão de imagem e áudio pessoais. “É a última coisa quea pessoa vêantes dedormire a primeira que vê ao acordar.” Mas agora o rádio-relógio tem outro concorrente de olho no criado-mudo: smartphones. Segundo a consultoria Morgan Stanley,91%dosamericanosdeixam o celular perto da cama. Em julho, a empresa Zazu começa a vender aplicativo para Android que faz do celular um super rádio-relógio, com vozes que leem manchetes do dia ou atualizações do Facebook enquanto você acorda. É claro, há também a opção de tocar música.

Revolucionária

XEROX, 50 ANOS, REDEFINIU A ERA DA INFORMAÇÃO A copiadora permitiu que livros fossem reproduzidos do jeito que o leitor quisesse e impulsionou a discussão dos direitos autorais

PATENTE DE COPIADORA. Modelo 914 é considerado catalisador da era da informação

Existe coisa mais analógica do que uma máquina de Xerox? À primeira vista, você pode pensar que cópias em papel não têm a ver com a era digital. Mas têm. Na semana passada, completaram-se 50 anos que a Xerox 914, a primeira máquina comercial,começouaser vendida.E, comela, pela primeira vezas pessoas tiverama opor-

tunidade de duplicar, copiar e desagregar conteúdo de forma barata e simples. A revista Atlantic diz que o modelo “foi um dos catalisadores da era da informação”. Um livro poderia ser reproduzido inteiro ou em partes, quantas vezes fosse preciso, do jeito que o leitor quisesse. A reprodutibilidade pode ser banal hoje, mas há 50 anos foi

revolucionária – tanto que trouxe algumas questões que ainda não foram resolvidas. Direitos autorais, por exemplo. A marca completou 45 anos de Brasil na mesma semana. E, mais do que facilitar o cotidiano em escritórios (seu propósito inicial), a Xerox é capital para a educação. O Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação da USP

“MÁGICO E REVOLUCIONÁRIO”

GIGANTE

EXPANSÃO

iPhone 4 causa alta recorde em ações

Facebook é maior do que se pensava

Banda larga móvel é maior que a fixa

Clientes da AT&T disseram ter visto informações de contas de outros assinantes enquanto tentavam comprar o iPhone 4, o que cancelou a pré-venda no site da empresa. Já para a Apple, o primeiro dia de vendas foi um sucesso: 600 mil unidades e alta recorde nas ações.

Nada menos que US$ 800 milhões. Essa seria a receita anual do Facebook em 2009, de acordo com duas fontes familiarizadas com a empresa consultadas pela Reuters. No lucro líquido, a companhia criada por Mark Zuckerberg também causa inveja, na casa dos US$ 10 milhões.

O número de acessos à banda larga em dispositivos sem fio superou, pela primeira vez no trimestre, os acessos fixos. São 11,9 milhões de conexões móveis contra 11,8 milhões de fixos, afirmam a consultoria de telecomunicações Teleco e a fabricante chinesa Huawei.

constatou que acompra da bibliografia pedida nos cursos comprometeria quase toda a renda familiar. A questão foi uma das catalisadoras da reformadaLei deDireitos Autorais. O MinC deve mexer na lei atual e permitir cópias para fins educacionais. A questão partiu do papel – se estendeu também para o meio virtual. /TATIANA DE MELLO DIAS

SERVIDOR

Classificados ASSISTÊNCIA TÉCNICA ABERTO 24 HORAS

A domicílio, micro lento, mensagem de erro, configur. vírus, spywares, conflitos, defeitos, atualizações, internet, rede, wireless,roteador, speedy, vírtua,ajato, compartilhamento. (11)2236-7667.

SERVIÇOS GERAIS PROGRAMADOR

André.3062-3221/7473-5350

Saiba todos os segredos e dicas de como beber e comer bem.

Toda quinta no Estadão.

BEM SOCIAL

86% dos brasileiros usam redes sociais. Nenhum país usa tanto. ●

Pedro Doria

O colunista está de férias e volta a escrever no fim deste mês


%HermesFileInfo:L-7:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

link L7

PIADA INTERNA FOTOS: REPRODUÇÃO

Comoo CalaBoca Galvão enganoutodo omundo Jim Dwyres The New York Times

Brincadeira brasileira ganha o Twitter e transforma Galvão Bueno num pássaro

Durante o trabalho na manhã da segunda-feira passada, dois brasileiros expatriados em Nova York, que trabalham sentados perto do americano Lucas Shanks, começaram a falar rápido em português. Ele poderia achar que os dois tramavam algo contra ele. Mas Shanks tem 24 anos, é um pouco ingênuo, é de Minnesotaeéum seguidordevotado no Twitter. Juntas, tais características o tornariam um alvo perfeito para uma das pegadinhas mais bem sucedidas da história da web. Redator na agência de publicidade J. Walter Thompson em Nova York, Shanks cogitara perguntaraoscolegasbrasileirossobreumamisteriosafraseem português que apareceu no Twitter: “CalaBocaGalvão”,umdostrendingtopics maisfaladosno Twitter, retwittado por milhares. Ele chamou Thiago Cardoso,

diretor criativo associado na agência, que cresceu no Brasil. “O que é cali-bing-gala?”, perguntou,desconfigurandoaspalavras.“Você quer dizer‘Cala Boca Galvão’?”, perguntou Cardoso, 29 anos. “Você não sabe? Deixa eumostraralgo”.E clicouem um vídeo no YouTube. “Ajude-nos a salvar os pássarosGalvão”,diziaolocutor,idêntico a um narrador da BBC, que continuava falando que cerca de 300 mil aves eram abatidas por ano para que suas penas fossem usadas durante o Carnaval. Mas haviaumaesperança:umcientista tinha um projeto para salvar os pássaros. E qualquer um podia ajudar – era só twittar. “Cada tweet com Cala Boca Galvão gera uma doação de 10 centavos para a Galvão Birds Fountation”, dizia o locutor no vídeo. “Um segundo para twittar.Um segundopara salvar uma vida. Galvão Institute. Por um mundo melhor”. Cardoso olhou solenemente para Shanks. “Faça sua parte, cara”. Como um tweet geraria 10 centavos não foi explicado, mas “a última coisa que eu queria fazerseriainsultar umpássaroque era motivo de orgulho para os brasileiros”, disse Shanks, que se juntou a uma multidão mundial, postando a frase salvadora. Na sexta-feira, primeiro dia de

HOMEPATIA Paulo Coelho inventou um remédio para entrar na brincadeira

Copa do Mundo, alguém postou a frase no Twitter. Tradução em inglês: “Shut up, Galvão.” Outro brasileiro expatriado em Nova York, Felipe Memoria, disse que Buenoestaria disposto manter o País enlouquecido com sua tagarelice. “A maioria das pessoas gostaria de tirar sarro de Galvão”, disse. Durante toda a sexta, 11, brasileirospostaramocomentáriocala-boca. Inevitavelmente, outrosperguntaramoquesignificavam aquelas palavras. Foi quando a brincadeira começou. Às duas da manhã do sábado, um brasileiro escreveu em inglês que aquilo era um pássaro, pois “Galvão” podia ser “traduzido” como “gavião”. Nascia um abaixo-assinado para salvar o pássaro fictício. O escritor brasileiro Paulo Coelho twittou em letras maiúsculas, em inglês: “CALA BOCAGALVAO é a versãobrasi-

leira do remédio homeopático SILENTIUM GALVANUS.” Ao amanhecer de sábado, Fernando Motolese, um comediantedeSãoPaulo,começouatrabalhar em seu vídeo de um minuto. Recrutou o ator britânico, Stewart Clapp, para a locução. “Ele levou 32 horas para ser feito, sem dormir”, disse Motolese. O vídeo pede apoio a um cientista brasileiro que projetou uma gaiola especial para proteger os poucos Galvões que restaram. O vídeo, postado na noite de domingo,13,noYouTube,foivisto meio milhão de vezes. E “Cala Boca Calvão” seguiu, na semana seguinte, como um dos assuntos mais comentados do Twitter no mundo. “Isso é uma piada interna do país inteiro”, disse Cardoso, triunfo mais satisfatório para muitosbrasileirosdo queaesfarrapada vitória de 2 a 1 de seu time sobre a Coreia do Norte. O alvo da campanha, o narradorGalvãoBueno,aparentementenão se importou com a brincadeira e deu até uma entrevista sobre o assunto. Não que tivesse opção. E logo, outro hit da internet, o clipe do filme A Queda em que Adolf Hitler briga com seus oficiais antes de perder a Segunda Guerra, foi legendado com o ditador nazista reclamando do extermínio dos pássaros. E ele não estava nada feliz.

Salve uma vida. Casal de aves no cartaz do ‘Instituto Galvão’

CINE, FOTO E SOM O fenômeno cresce

PHOTOSHOP A foto da faixa na

APOIO Galvão Bueno não teve

torcida do jogo de estreia do Brasil circulou pelo Twitter como sinal de apoio à causa do passarinho ameaçado

opção e se manifestou a favor da preservação do passarinho em uma participação bem travada no Central da Copa, da TV Globo

Póóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóón A cada jogo que começa, o enxame de abelhas só não ofusca hinos nacionais. Elas são o símbolo da Copa da África do Sul e polarizam discussões bem pouco produtivas, por exemplo: qual é, afinal, a diferença entre a vuvuzela e o bom e velho cornetão? Palpite: a sede de assoprar, o que indicaria que os pulmões sul-africanos são mais fortes que os brasileiros. Já estamos no fim da segunda rodada da primeira fase e, a essa altura, é bastante provável que você já esteja acostumado ao

FUÉN! Alguém aí suporta o zumbido das cornetas sul-africanas?

zumbido. Mas, se tem ouvidos sensíveis e não aguenta mais o cornetaço, há como eliminar o som da transmissão da TV. Não é exatamente simples, mas dá para fazer. Há um tutorial em vídeo no YouTube. Procure por: eliminate + vuvuzela + audio. E boa sorte. Se, por outro lado, você está tão acostumado ao constante zombetear das torcidas a ponto de ter crises de abstinência no longo intervalo entre o jogo das 15h30 e o das 8h30 do dia seguinte, calma. Basta entrar em Vuvuzela.fm,

CALA ESSA VUVUZELA! Dá para tirar o som da corneta da TV rádio online que transmite, 24 horas por dia, o abelhudo som dessas cornetas. Isso sem falar no Vuvuzela-time.co.uk, que ‘vuvuzeliza’ qualquer site. Basta escrever o endereço da página em questão no campo indicado.

A rede britânica BBC disse que ia filtrá-las de suas transmissões, a Fifa pensou em proibir, há quem reclame que não é possível ouvir os cantos da torcida por conta da sólida massa sonora. Com ou sem vuvuzela, é fato que o cornetão virou a mania da Copa, com twitter próprio, o @Vuvuzelaa, que twitta assim: “PÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓN”, e até emoticon próprio; =======<() (sinal de igual várias vezes, sinal de menor, abre e fecha parênteses). Isso sem falar nas fotomontagens, nos gifs animados, nos Tumblrs... /HELOISA LUPINACCI

O TERROR. No tumblr dos tumblrs, FuckYeahDementia

MONIRUL BHUIYAN/AFP

Windows®. A vida sem limites. A Acer recomenda o Windows 7.

Entretenimento em movimento. Em cada modelo Acer, a combinação perfeita de desempenho sob medida, mobilidade total e a melhor experiência de entretenimento, onde você estiver.

Notebook Aspire 4740-6350 • Windows® 7 Home Premium Autêntico • Processador Intel® Core™ i7-620M • Memória 4GB • HD 640GB • Tela 14” LED HD • Leitor de Blu-ray, CD/DVD-RW • Leitor de Cartões Multi-in-1 • Acer InviLink™ - Conexão Wi-Fi • Acer Crystal Eye Webcam e Microfone Integrados • Bateria de aproximadamente 5 horas de duração • Conexão HDMI

Netbook Aspire One 532h

acer.com/br

• Windows ® 7 Starter Autêntico • Acer InviLink™ - Conexão Wi-Fi • Acer Crystal Eye Webcam • Processador Intel® Atom™ N450 e Microfone Integrados • Memória 2GB • Bateria de aproximadamente 3h15 • HD 250GB de duração • Tela 10,1” LED • Leitor de Cartões Multi-in-1

Windows® 7: desenvolvido para proporcionar maior confiabilidade, agilidade de resposta e facilitar suas tarefas diárias.

Acer e o logotipo Acer são marcas comerciais registradas da Acer Incorporated. Copyright 2010 Acer. Todos os direitos reservados. Microsoft, Windows e o logotipo Windows são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas da Microsoft Corporation nos Estados Unidos e/ou noutros países. Outros nomes para as informações apresentadas podem ser marcas registradas e pertencem aos seus respectivos proprietários. As especificações estão sujeitas à alteração sem aviso prévio. Fotos meramente ilustrativas.


L8 link %HermesFileInfo:L-8:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

TUDO DE NOVO Mais maduro, Mombojó volta às origgens independentes e lança terceiro disco na base do faça-você-mesmo: com ensaios caseiros, ajuda dos amiiigos, dinheiro do próprio bolso e divulgação sem restrições pela web Tatiana de Mello Dias tatiana.dias@grupoestado.com.br

Foram quatro anos de pausa. Quatro anos de composição, tragédia, recomeço e, finalmente, o Mombojó volta a lançarum novo álbum. Mas lançar um disco, aqui, é um processo virtual. Amigo do Tempo, terceiro álbum da banda, ainda não existe no meio físico. Os discos ainda estão na fábrica. Tudo bem: eles não têm pressa. “A gente achou melhor darumtempoparaaspessoasouvirem”, diz o vocalista Felipe S. Deucerto: emumasemana,foram 15 mil downloads. O site oficial da banda conta apenas com uma página e um link para baixar o disco. É só isso que o Mombojó quer.Depoisdepassar pelaindependência, uma gravadora e voltar quase ao princípio, eles sabem onde estão pisando. Abandasurgiuem2001emRecifeedecarachamouaatenção: com menos de 20anos,faziam cançõesdensaseboni-

tas, que misturavam flauta doce, cavaquinho, guitarras e eletrônicos. Nadadenovo, o primeiro disco, lançado em 2004,foi viabilizadocom patrocínio público e, gravado com tempo, condensou em disco as canções que já faziam sucesso ao vivo. O designer e ativista digital HD Mabuse, um dos pioneiros do mangue beat, foi a ponte para a banda conhecer as licenças Creative Commons – e a adesão foi imediata. “A gente achou legalaideiadeuma pessoamexer legalmente na sua música”, conta o guitarrista Marcelo Machado. Em 2004, vale lembrar, o Orkut ainda engatinhava – e o Mombojó, em Recife, ainda dependia de internet discada. Ainda assim, o disco se espalhou pela web – e o boca-a-boca virtual lotou shows em todo o País e culminou no contrato com a gravadora Trama. O lançamentodose-

tou a mentalidade” deles, como lembra Felipe. “A gente quer colocar o disco na internet. Aí perguntam ‘mas por que vocês não liberam uma semana depois para vender um pouco mais?’”. “É aquela velha história. Ganhar dinheiro com disco não é tão fácil”, completa Vicente. Ojeitofoifazerdo própriobolso – com amigos e dinheiro dos shows, que rarearam, mas não pararam. “Vimos como é ser independente, depois como é uma gravadora. É legal voltar e ter esse frescor, aprender com dois lados”,diz Felipe. “Hoje a gente éa nossa própria gravadora. O maior interesse de tirar o prejuízo é da gente, que botou do bolso, né?”, brinca Marcelo. Amigo do Tempo começou a ser gravado no início de 2009. O disco, não por acaso, foi feito com mais calma. Algumas músicas surgiram em reuniões informais da banda, e a letra foifeita depois por Felipe. “É legal testar novos formatos”, diz ele. “A partir do momento em que você tem uma placa de som legal no computador de casa, não precisa chegar

NEM PARECE REPRODUÇÃO

NADADENOVO ❙ Disco projetou a banda para o País

HOMEM-ESPUMA ❙ É o lançamento menos pop do grupo

gundo disco, Homem-Espuma (2006), também chamou a atençãopor ser liberal: todasas músicas foram liberadas na rede com uma licençaCreative Commons. No meio de 2007, porém, veio o primeiro baque: a súbita morte doflautistaRafaelTorres,quesofreu um ataque cardíaco com apenas 24 anos. “Em vez de juntar forças para gravar um novo disco, tivemos que juntar forças para voltar a tocar”, diz Marcelo Machado. No início de 2008, outra baixa: Marcelo Campello, compositor e multi-instrumen-

AMIGO DO TEMPO ❙ Simples, fluido e melódico

tista, deixou a banda. Foi um tempo difícil. O Mombojó estava no final do que Chiquinho, tecladista, chama de “ciclo do disco”: gravação, divulgação e apresentações ao vivo. O recomeço foi duro. Eles até procuraram por editais de incentivo, sem sucesso. E o tempo, ironicamente, pode ser inimigo. Os shows foram rareando. Havia gente que pensava que o Mombojó tinha acabado. “Chegou um momento emque ficou ‘velho, tem que lançar logo’”, ri o baterista Vicente. Gravadoras? Nenhuma “acei-

para o pessoal ‘ó o que eu fiz’, você manda pela internet mesmo”, diz Marcelo. Diferente dos outros dois discos, Amigo do Tempo não está em Creative Commons. Mas não foi poropção– foifaltadetempo. “A gente já encara assim. Essa mentalidade é natural”, diz Vicente. O maior desafio, dizem eles, é tornar o público fiel. “Falam que as pessoas gostam do Mombojó porque a gente coloca as músicas na internet. Não é tão simples assim”, diz Chiquinho, “Todo ouvinte é um divulgador em potencial”, diz Marcelo, maior responsável pela divulgação no Twitter. “Os cinco estão bem cientes do que é trabalhar com música hoje em dia. Temos a noção de que fazer o disco não é fácil. E a nossa união está muito forte”, diz Marcelo. Eles têm ensaiado no porão da casa onde parte da banda vive no bairroda Pompeia, emSão Paulo – apesar da reclamação dos vizinhos – e estão com uma agenda cheia de shows. Hoje partem paraoprimeiro,emRecife.Éorecomeço do ciclo. Sem disco físico.

ANTIMONOTONIA

“Vimos como é ser independente, depois como é uma gravadora”

MOMBOJÓ

Felipe S., vocalista

Fotos meramente ilustrativas.

JOSE PATRICIO/AE

OFERTAS VÁLIDAS DE 21/6/2010 A 23/6/2010.

Cartuchos HP 27B ou 56B

3x

Cartuchos HP 60 ou 92

3x

8

,30

sem juros

11

,63

sem juros

Cartuchos HP 22 ou 60

3x

sem juros

14

Cartuchos HP 27 ou 93

3x

,97

sem juros

16,63

nos cartões Extra (0+3)

nos cartões Extra (0+3)

nos cartões Extra (0+3)

nos cartões Extra (0+3)

A vista

A vista

A vista

A vista

24,90 cada Televendas: (1)

4003-0363

(1) Verifique sempre se a cidade de onde você está falando permite ligações sem o código de operadora, ligando diretamente 4003-0363. Capitais e regiões metropolitanas: 4003-0363 – custo de uma ligação local + impostos. Demais localidades: 0XX11 4003-0363 - custo de uma ligação interurbana para São Paulo (capital) + impostos.

34,90 cada

44,90 cada

Ofertas válidas de 21/6/2010 a 23/6/2010 ou enquanto durarem os estoques. Após essa data, os preços voltam ao normal. Verifique a disponibilidade dos produtos na loja mais próxima. Garantimos a quantidade mínima de 5 unidades de cada produto por loja em que ele esteja disponível. Para melhor atender nossos clientes, não vendemos por atacado e reservamo-nos o direito de limitar, por cliente, a quantidade dos produtos anunciados. Plano de pagamento nos cartões de crédito Extra: em 3X (0+3) sem juros (válido somente para os produtos anunciados neste plano), somente nos cartões Extra. As parcelas serão debitadas na data de vencimento do cartão de crédito do cliente. Pagamento a vista pode ser feito em dinheiro, cheque, cartão de débito ou com os cartões de crédito MasterCard, Diners Club, Visa, Redeshop (crédito), American Express, Aura, PoliCard, Total (aceito somente nas lojas de Campinas), Sorocred (aceito somente nas lojas de Araraquara, Campinas, Carapicuíba, Itatiba, Itu, Mauá, Mogi das Cruzes, São Carlos, Sorocaba e Baixada) ou Vale Shop. No site www.extra.com.br, as ofertas e formas de pagamento podem ser diferenciadas. Consulte condições para pagamento com cheque na loja. Fica ressalvada eventual retificação das ofertas aqui veiculadas.

Ofertas válidas para as lojas Extra Hipermercados de São Paulo.

Não são todos os produtos que estão disponíveis nas lojas Extra Hipermercados, podendo variar de acordo com o estoque ou sortimento de cada loja. Consulte a loja mais próxima.

49,90 cada


N1 %HermesFileInfo:N-1:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

Combustíveis Apesar de pequena, Alesat pode definir ranking de distribuidoras

Pág. N5

Guerra. A briga de Simão contra a indústria de sardinhas Pág. N3

negócios estadão.com.br

A vida depois da fusão Após uma complexa integração cultural entre Itaú e Unibanco, banco parte de novo para a briga e mira a internacionalização

Roberto Setubal. Presidente do Itaú-Unibanco FOTOS: ANDRE LESSA/AE

7 8 9 10 11 12


N2 negócios %HermesFileInfo:N-2:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

FATO RELEVANTE CLAYTON NETZ

Colaboração Denise Ramiro denise.ramiro@grupoestado.com.br Felipe Vanini felipe.vanini@grupoestado.com.br

clayton.netz@grupoestado.com.br VALÉRIA GONÇALVEZ/AE – 25/11/2009

NICHO SUSTENTÁVEL

APRENDIZADO “Foi uma grande lição ver como é importante fazer orçamentos bem feitos, controlar bem os custos e aderir aos orçamentos” Charles Putz, presidente da Namisa EM DEPOIMENTO AO PODCAST RIO BRAVO. PUTZ LEMBRAVA SUA EXPERIÊNCIA COMO EMPREENDEDOR, AOS 16 ANOS DE IDADE, COM A CONSTRUÇÃO DO WAVE PARK, A PRIMEIRA PISTA PARTICULAR DE SKATE DO BRASIL. A PISTA, QUE DEVERIA CUSTAR US$ 40 MIL, ACABOU SAINDO POR US$ 100 MIL

Ambição. A EMS, de Eschberger, quer conquistar 50% do mercado genérico de disfunção erétil em um ano

“Viagra” da EMS chega hoje ao mercado a R$ 10 fabricante de medicamentos EMS não perdeu tempo. A americana Pfizer, dona da marca Viagra, remédio paradisfunçãoerétil,játerá concorrente na praça a partir de hoje. São dois lançamentos de uma sóvez,feitospelo laboratório deHortolândia. O genérico chega na cor azul (mais clara que a da marca original)eosimilar,batizadocomosugestivo nome de Suvvia (avante, em italiano), na cor branca. O produto tem o mesmo princípio ativo do Viagra, o citrato de sildenafila. Para apresentar o produto ao mercado, a EMS vai colocar um batalhão de vendedores e propagandistas na rua. Cada medicamento seguirá uma estratégia própriaeagressivademarketing.Ogenérico será apresentado às farmácias por uma equipe de 250 representantes da EMS Genéricos, que cobrirão 80% das empresas do setor. Outros 1.500propagandistas–todo ocontingente da EMS Sigma Pharma – sairão comoSuvvianamaletarumoaoscon-

A

sultórios médicos de todo o País – a ideia é seguir o modelo de prescrição médica. “Estaremos todos na rua nesta segunda-feira”, diz Waldir Eschberger, vice-presidente de mercado da EMS. Nem mesmo a reação da Pfizer, que anunciou, no último dia 8, a redução de corte de 50% no preço do Viagra, que caiu de uma média de R$ 30 para R$ 15, desanimou a EMS. “Vamos manter a promessa de diminuição de 35% no preço dos nossos lançamentos”, diz Eschberger. O genérico e o similar da EMS custarão em torno de R$ 10. “A gente fica contente com a redução do preço, mas ela deveria acontecer antes, não só quando outros entram no mercado.” Daqui para frente, segundo ele, estima-seque acada anoentrem ummilhão de novos consumidores no mercado de medicamentos para disfunção erétil. Atualmente, 10% dos brasileiros sofrem com o problema. Em 2009, esse tipo de medicamento movimentou R$ 513 milhões – o Viagra respondeu por 34%dessetotal.Paraatender aoaumento da demanda, a EMS vai aumentar sua capacidade produtiva de 30 milhões pa-

ra 40 milhões de unidades por mês a partir de setembro. O esforço da EMS para chegar à frente dos concorrentes com o genérico e o similar do Viagra deu certo. De três anos para cá, a empresa investiu R$ 20 milhões no desenvolvimento dos produtos, que envolveu uma equipe de 200 pesquisadores. Esse dinheiro será aplicado na comercialização dos novos medicamentos. A meta de vendas da EMS com os lançamentoséousada.“Comessesdoisnovos produtos esperamos ter metade do mercadodegenéricosechegaràliderança na categoria de prescrição médica com o Suvvia até 2011”, diz Eschberger. Enquantoaequipedevendasseconcentra no lançamento dos produtos, a área de pesquisa da EMS trabalha para colocar outros medicamentos no mercado. Daqui a dois anos, 25 remédios, como o Lipitor, para o controle do colesterol, e o Diovan, para hipertensão arterial, terão suas patentes vencidas. “Estamos finalizando o processo de desenvolvimento de todos esses remédios”, afirma Eschberger.

IMÓVEIS

Odebrecht com vendas a todo vapor Criada em 2004, a Odebrecht Realizações Imobiliárias (OR) manteve uma característica do grupo baiano: a agressividade. Presente em oito Estados e no Distrito Federal, a OR pretende atingir em 2010 um faturamento de R$ 1,3 bilhão, segundo Paul Altit, presidente da empresa. Seu mais recente lançamento, o Residencial Murano, localizado num terreno em frente à praia de Icaraí, em Niterói (RJ), é um bom exemplo do estilo do grupo no ramo imobiliário. Em duas semanas, 150 apartamentos de um total de 200 unidades foram comprados na planta, inclusive as 16 coberturas, que custam de R$ 1,5 milhão a R$ 4 milhões. AMOSTRA GRÁTIS

Nissan dá carona a clientes em São Paulo Aproveitando a abertura da última unidade da loja Sample Central na Vila Madalena, na capital paulista, a montadora japonesa Nissan vai oferecer seu modelo Livina para uma volta num circuito pré-determinado. Na Sample Central, os clientes cadastrados, que pagam uma taxa anual de R$ 15 a R$ 50, levam para casa novidades que ainda não chegaram ao varejo, como cosméticos, alimentos, entre outros. No caso de eletrônicos e do Nissan Livina, os produtos são apresentados na loja.

Lanxess fará matéria-prima de pneu “verde” no NE A alemã Lanxess, uma dos maiores fabricantes globais do setor químico, vai investir € 20 milhões na produção de polibutadieno com catalisador de neodímio (Nd-PBR) – o nome estranho designa um tipo de borracha usada como matéria-prima dos chamados pneus “verdes” – na Alemanha, Estados Unidos e Brasil. O Nd-PBR brasileiro começará a ser produzido até o final de 2011 na unidade da Lanxess de Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, que está sendo ampliada para receber a nova linha, que reduz o consumo de combustível nos veículos. Em 2008, a Lanxess adquiriu a Petroflex, maior fabricante de borracha sintética da América Latina. INFLAÇÃO

Brasil é um dos falcões da política monetária da AL Um estudo dos professores Marcelo Moura, do Insper (ex-Ibmec), e Alexandre de Carvalho, da Universidade Federal do ABC, avaliou a política monetária das sete principais economias da América Latina, classificando-as como “pombos”, “falcões” e brandos, segundo o rigor dos mecanismos antiinflação utilizados. Brasil e México encaixaram-se no grupo dos falcões – duros no combate à inflação. Já Argentina, Venezuela e Colômbia qualificaram-se como “pombos” – não reagem ativamente quando os índices de inflação sobem acima do previsto. Chile e Peru mostraram uma postura branda, ou seja, não são radicais nem permissivos com a alta inflacionária. SETOR QUÍMICO

US$ 167 bi é o total de investimentos até 2020 proposto no estudo Pacto Nacional da Indústria Química, apresentado ao BNDES pela Abiquim. O trabalho prevê, ainda, a criação de dois milhões de empregos no período

Negócios por quem faz negócios BAPTISTÃO/AE

Onde está Sokratis Papastathopoulos? Alexandre Gama

ara tudo. A grande festa do futebol mundial não devera ter dado o pontapé inicial. Nada a ver com as obras de infraestrutura incompletas na África do Sul. Também não é o fato de Ganso e Neymar não estarem lá com a seleção do Dunga – seleção que, como ele mesmo disse, é dele e não do Brasil. Não. Tudo isso já está assimilado. Matei essas notícias no peito e saí jogando. O problema é que a abertura da Copa decretada na sexta, dia 11, quando o apito do árbitro em Johanesburgo iniciou oficialmente o primeiro jogo, aconteceu sem Sokratis Papastathopoulos aparecer. Sokratis é grego, 22 anos, joga no Gênova da Itália e é beque central na seleção da Grécia com o numero 19 na camisa. Mas é o número 168 que ele ostenta no álbum de figurinhas da Fifa que está me tirando do sério. É isso mesmo. Sokratis Papastathopoulos é a última figurinha – aquela derradeira – que preciso para preencher meu álbum. Só falta ele: um grego com nome de jogador corintiano da década de 80 que ago-

P

ra se esconde em alguma banca de jornais pelo Brasil, teimando em não comparecer à página 20 do meu álbum. As piadas infames dos amigos só fazem aumentar a dor dessa ausência: “Você cortou ele do time sem querer na hora que rasgou o saquinho” disse um. “Ele foi pego no exame antidoping por cheirar cola de figurinha” disse outro. Ouço resignado, com sorriso amarelo, e sigo encarando aquele vazio tático e fotográfico nas páginas da seleção da Grécia. Onde está você, Sokratis? Estou com o número 168 na cabeça o dia inteiro, vivendo aquela aflição de parente de pessoa desaparecida. Já tentei trocar as muitas dezenas de figurinhas repetidas que tenho, mas ninguém tem a 168 repetida para trocar comigo. Já cheguei a dizer que dou todas as minhas em troca de uma do Sokratis, o que se configuraria certamente na maior transação da história do futebol mundial envolvendo uma figurinha da Fifa. Mas até agora, nada. Confesso que começo a ter um certo bode da Grécia – berço da cultura ocidental. Afinal, além de derrubarem o Euro e detonarem uma crise financeira na Europa, agora ficam aí me regulando o Sokratis. E se a reação parece irracional e exagerada, lembro que até

filósofo grego sabe que centroavantes usa a cabeça, mas a paixão, não. Aliás, álbum de figurinhas de futebol é tão paixão que vem ganhando ares de negócio: alguns álbuns antigos como o da Copa de 70, por exemplo, chegam a valer até R$ 2 mil no Mercado Livre. Este ano, as vendas da Panini, empresa oficial do álbum da Fifa, devem superar as vendas de 2006, quando foram comercializados 1 bilhão de envelopes no mundo. Para dar conta da demanda subestimada inicialmente, a empresa teve de importar duas máquinas extras do México para aumentar

em 25% a produção de 3 milhões de envelopes diários. É mole? Já tem até reserva e cota: donos de pontos de venda estão pagando adiantado à distribuidora pelos cromos e algumas bancas de São Paulo estão adotando cota máxima de envelopes por consumidor. Com toda essa procura, a venda de figurinhas do álbum da Copa de 2010 já movimentou R$ 15 milhões só nos últimos 20 dias no Brasil. Um case de sucesso que rendeu até case de polícia: em abril, bandidos roubaram 135 mil caixas de figurinhas do álbum em San-

to André, na Grande São Paulo. A carga, avaliada em R$ 100 mil, teve 80% dos cromos recuperados pela polícia dois dias depois. Ninguém sabe o que aconteceu com os 20% desaparecidos, mas não me surpreenderia se as figurinhas agora estiverem sendo mais trocadas dentro dos presídios do que cigarro. Apesar de a lei da oferta e da procura estar desequilibrando para o lado da segunda, sei que mais cedo ou mais tarde Sokratis Papastathopoulos vai aparecer. Meu problema é o “mais tarde”, já que havia prometido às minhas filhas que o álbum estaria completinho antes do início da Copa. Elas têm ajudado bastante, principalmente a mais nova de 6 anos – Stella –, que tem usado todo seu network escolar para tentar achar a figurinha do grego desaparecido. Além da dificuldade, ainda me provoca a ironia: tenho vários Ronaldinhos Gaúchos, vários Beckhams, vários Ballacks – jogadores que nem deveriam estar no álbum, porque não estão na Copa. E Sokratis Papastathopoulos, que está na Copa, não está no meu álbum. Bizarro. Mas confesso que existe pelo menos uma coisa que me consola e até diverte nessa situação: poder dizer que troco sete Messis por um Sokratis Papastathopoulos. Messi é figurinha fácil. Raro mesmo é o Sokratis. ✽ PRESIDENTE DA NEOGAMA BBH


%HermesFileInfo:N-3:20100621:

O ESTADO DE S. PAULO

SEGUNDA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2010

negócios N3 ANDRE LESSA/AE

Disputa na bilionária indústria de sardinhas Simão, da novata Ampex, leva briga contra os concorrentes ao Ministério da Justiça Melina Costa

O ano de 2010 foi planejado em detalhes pelo paulistano José Eduardo Simão para marcar sua volta ao setor de pescados. Com uma trajetória de quase 40 anos na área, o empresário passou os últimos cinco afastado depois de vender sua participação na Gomes da Costa, fabricante de conservas de peixes, para a espanhola Calvo (o contrato de venda incluía uma cláusula de nãocompetição). Assim que a quarentena se encerrou, Simão deu início às operações da Ampex FoodHoldings,empresaquepassou a importar sardinhas e atum enlatados da Tailândia e distribuí-lossobamarcaBeira-Marpara varejistas como Walmart e Pão de Açúcar. Parte dos produtos é distribuída pela JBS, que compra e revende os enlatados. O que não estava nos planos do empresário, porém, era a reação em cadeia que se seguiu à sua iniciativa. Depois de apenas cinco meses no mercado, o modelo de negócios adotado por Simão deu origem a uma movimentação de concorrentes, pescadoresegovernoqueresultounoaumento do imposto de importação das sardinhas enlatadas de 16% para 32%. “Essafoiuma respostadireta à nossa entrada no mercado”, diz Simão. “Querem nos matar no nascedouro.Comisso,o interesse é manter o duopólio do setor.”Entreascincoprincipais fabricantes, há duas marcas líderes no setor de sardinhas enlatadas: a Coqueiro, da americana Pepsico, e a Gomes da Costa. Segundo documento de 2009 do Conepe (Conselho Nacional de Pesca e Aquicultura), entidade que representa as empresas de

conserva, a participação de mercado da Pepsico era de 44,45% e da Gomes da Costa, 39,7%. APepsiconegaqueaparticipaçãodoslíderessejatão altaquanto revelada pelo Conepe, mas nãoinformaseusnúmeros.AGomes da Costa foi procurada, mas não concedeu entrevista, assim como o próprio Conepe. No fim da semana passada, Simão entrou com um processo administrativo no Ministério da Justiça contra as duas rivais alegando abuso de poder econômico por obstrução de entrada no livre mercado. O caso deve ser encaminhado à Secretaria de Direito Econômico (SDE). Origem. A disputa travada en-

tre os principais concorrentes de um mercado de R$ 1 bilhão teveinícionoanopassado,quando o Ministério da Agricultura se posicionou favorável à importação de três espécies de peixe da Tailândia e sua classificação comercial como sardinha. Foi essa medida que possibilitou a estruturação das atuais estratégias da Ampex. A autorização do governo é contestada por companhias do setor que alegam supostos problemas de qualidade do produtotailandês. Segundooministério, o caso está em análise e será alvo de consulta pública. Em uma segunda frente, a indústria – por meio do Conepe e da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA) – pediu a interferência do governo para o aumento do imposto de importação das sardinhas em conserva. O pedido foi analisado pelo Ministério da Pesca e encaminhado à Câmara do Comércio ExteriordoMinistériodoDesenvolvimento, que publicou o aumento do imposto para 32% no

Disputa. “Querem nos matar no nascedouro”, diz José Eduardo Simão, fundador da importadora de pescado Ampex

IMPORTAÇÕES ● A importação de sardinha en-

latada no período de janeiro a maio de cada ano (em toneladas) em um mercado consumidor de 63 mil toneladas ao ano. 2007

70

2008

12

2009

40

2010

2.640

FONTE: MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO E DA PESCA

início do mês. Cadeia produtiva. A principal justificativa para a mobilização tanto das empresas como do governoé o possível prejuízo da cadeiaprodutiva nacionalde sardinha que, segundo o ministério, envolve 15 mil empregos. “Queremos evitar que os esforços do governopararecuperar asustentabilidade econômica, social e ambiental da pesca da sardinha nas regiões Sudeste e Sul do País sejam colocados em risco”, diz Fabiano Duarte Rosa, coordenador de pesca industrial oceânica do Ministério da Pesca. “Levamos 50 anos para consolidar o mercado produtor local. Pode parecer um remédio amargo, mas é preciso medidas enérgicas

contra qualquer iniciativa que ameace esse equilíbrio.” “Com esse modelo de negócios baseado na importação, é só ele(Simão)que ganha.Vocêacaba financiando a Tailândia, enquanto no Brasil toda a cadeia saiperdendo:o governo,aindústriaeospescadores”,dizEdmundo Klotz, presidente da ABIA, que tem o apoio de sete sindicatos de pescadores. Simão contesta. “Sob esse argumentopatéticonãohaveriacomérciointernacional.” Oempresário alega que a quantidade de sardinha importada é irrisória e seria incapaz de ferir a indústria nacional tão profundamente. Nos cinco primeiros meses de 2010, a importação de sardinhas emconservasomou2,6miltoneladas (sendo que quase 70% foi trazido pela Ampex). Trata-se de um salto de 6.500% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Apesar do “surto”, como classificou o Ministériodo Desenvolvimento, a quantidadeainda representaumaparte pequena do consumo interno. No ano passado, o País consumiu uma média de 26 mil toneladas de janeiro a maio. Boapartedo temordasempresasedo governo está natradicional disparidade entre os preços

de produtos locais e os trazidos daÁsia. Demodo geral,apreocupação é que o setor de sardinhas tenhaomesmodestinodaindústria calçadista nacional, que perdeu espaço para as importações chinesas. “O modelo de negócios defendido pela Ampex, conforme declarações feitas à imprensa, baseia-se na importação de produtos de mercados em que a mão de obra e custos de captura são reduzidos. A Ampex quer se tornar‘aNikedopeixe’”,disseaPepsico em e-mail enviado à redação. “Pela avaliação do próprio Ministério da Pesca, as importações de sardinhas processadas estavam chegando ao Brasil por um preço muito baixo, não refletindo os custos de produção necessários à fabricação desses enlatados, o que causa surpresa a todos. Como isso é possível, não sabemos”, diz a empresa em outro trecho do texto. SegundooEstadoapurou juntoaovarejo,ospreçosdosprodutos Beira-Mar para o consumidor são cerca de 10% mais baratos na comparação com as marcas líderes Coqueiro e Gomes da Costa. A Pepsico alega que essa diferença chegou a 20% nos meses de abril e maio, mas Simão afirma que vende aos supermer-

JIM WILSON/THE NEW YORK TIMES-26/5/2010

Privacidade ou lucro: o dilema do Facebook Pressionado por legisladores e defensores da privacidade, site tenta resistir à tentação de vender os dados dos seus usuários para anunciantes Jon Swartz/ USA TODAY

No momento que o Facebook se aproxima rapidamente de 500 milhões de membros, ele se tornou o assunto de conversa da internet. A vasta base de clientes da gigantesca rede de relacionamento social – equivalente ao terceiro país do mundo, em população– compartilhalivrementeinformaçõespessoais,modificandoa maneira como muitos se comunicam e a maneira como os anunciantes os alcançam. Opresidente-executivodoFacebook, Mark Zuckerberg, aposta que quase não existem limites para o que as pessoas compartilharãoecomosuacompanhiapode se beneficiar com isso. “Nosso incentivo é dar as pessoas os controles precisos que elas querem para que elas possam compartilhar o máximo de informação”, diz. “Cada vez mais pessoasquerem compartilharinformações. É para onde o mundo estáindo.” Masserá quedivulgar informação demais de fato é uma coisa boa? Ossitesderelacionamentosocial – o Facebook, em particular – estão enfrentando uma onda de investigações de suas políticas de privacidade por parte de consumidores, defensores da

privacidade e legisladores. Alguns congressistas americanos preparamumalegislaçãopararegular a tática dos sites de acumular informações sobre consumidores, e a maneira como essa informação é usada para a publicidadedirecionada. No mêspassado, o Facebook realizou uma coletiva à imprensa de mea-culpa emqueZuckerbergpediudesculpas e a companhia revisou suas reconhecidamente incômodas políticas de privacidade em meio a um feedback negativo de usuários. Anunciantes. As medidas atenuaram algumas preocupações, mas não aplacaram os defensores de privacidade que veem um conflitoinevitável entre o tesouro de dados de usuários do Facebook e a tentação de vendê-lo a anunciantes. “O Facebook está

● Dilema

JEREMIAH OWYANG ANALISTA DO ALTIMETER GROUP

“O Facebook realmente enfrenta um dilema neste momento. Para ganhar seus milhões de dólares da publicidade, ele precisa ser um site de relacionamentos aberto. Mas o contrato social com os usuários diz que ele é fechado.”

no negócio de ganhar dinheiro, não de proteger a privacidade”, dizNicoleOzer, diretora de políticadetecnologiaeliberdadescivis da União Americana para as Liberdades Civis (ACLU, na s