Page 43

As escolas de referência constituem uma resposta educativa

Escolas de referência para alunos cegos e com baixa visão Artigo 24.º

especializada desenvolvida em agrupamentos de escolas, ou escolas secundárias, para alunos cegos e com baixa visão, do concelho ou dos concelhos limítrofes, dependendo da sua localização e da rede de transportes existentes. Criadas por despacho ministerial, sempre que se justifique a concentração logística de recursos, estas escolas integram docentes com formação especializada em educação especial, no domínio da visão, e outros profissionais com competências para o ensino de Braille e de orientação e mobilidade, devendo estar apetrechadas com equipamentos informáticos e didácticos adequados às necessidades da população a que se destinam. Ao Conselho Executivo do agrupamento de escolas ou escolas secundárias cabe a responsabilidade da organização e acompanhamento do funcionamento das respostas educativas prestadas a estes alunos. Constituem objectivos das escolas de referência para a educação de alunos cegos e com baixa visão:

Quais os objectivos das escolas de referência para alunos cegos e com baixa visão?

• assegurar a observação e avaliação visual e funcional; • assegurar o ensino e a aprendizagem da leitura e escrita do Braille, bem como das suas diversas grafias e domínios de aplicação; • assegurar a utilização de meios informáticos específicos, entre outros, leitores de ecrã, software de ampliação de caracteres, linhas Braille e impressora Braille; • assegurar o ensino e a aprendizagem da orientação e da mobilidade; • assegurar o treino visual específico; • orientar os alunos nas disciplinas em que as limitações visuais ocasionem dificuldades particulares, designadamente, a Educação Visual, Educação Física, Técnicas Laboratoriais, Matemática, Química, Línguas Estrangeiras e Tecnologias de Comunicação e Informação; • assegurar o acompanhamento psicológico e a orientação vocacional; • assegurar o treino de actividades de vida diária e a promoção de competências sociais.

41

Manual de Apoio à Pratica  

Manual de Apoio à Pratica

Manual de Apoio à Pratica  

Manual de Apoio à Pratica

Advertisement