Page 1

A Cultura perde Emílio Santiago

U

ma das vozes mais bonitas do Brasil se calou. O cantor Emílio Santiago faleceu dia 20 de março, aos 66 anos, no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do RJ. De acordo com o hospital, o artista morreu em função de complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral isquêmico (AVC) que sofreu em 7 de março. Emílio estava comemorando 40 anos de carreira e tinha lançado o DVD comemorativo “Só Danço Samba”, o primeiro pelo selo de sua propriedade, a Santiago Music. Em encontro no ano passado com a Diretora da “Rede Mídia de TV e Jornal Sem Fronteiras”, Dyandreia Portugal, Emílio foi educado, gentil e muito atencioso. Na ocasião, ele contou, com entusiasmo, sobre os 40 anos de carreira e as perspectivas sobre o novo DVD. Emílio, muito querido pelo meio artístico, era considerado e respeitado como o

maior intérprete da atualidade. Era apelidado por um dos principais críticos do New York Times de o “Nat King Cole Brasileiro”. Vencedor de diversos festivais de música, Emílio iniciou a carreira na década de 70 e gravou grandes sucessos como “Saygon”, “Lembra de mim” e “Verdade chinesa”. Costumava brincar dizendo que “Saygon” era a sua “Conceição”, fazendo um paralelo à música que representa a carreira de Cauby Peixoto. A partir dos álbuns “Aquarelas”, dois elementos ficaram bem claros na carreira de Emílio Santiago: sua voz inigualável e a capacidade de escolher um repertório sofisticado e de extremo bom gosto. Emílio deixa um legado discográfico fabuloso com 30 álbuns e 4 DVDs. Mas como artista é imortal, Emílio Santiago ficará para sempre em nossos corações através de sua obra.

Literarte leva escritores e artistas para a Europa em outubro

A Literarte prepara-se para montar caravana para o Salão do Livro de Frankfurt e para evento cultural em Viena. Página 11

Rebra comemora 14 anos

As associadas se reúnem para lançamento literário - Pág. 7

O II SACI agita Búzios

Já estão abertas as inscrições gratuitas para escritores, artistas plásticos e artista em geral - Pág. 9

Divine Académie em noite de Glamour

O casal Dyandreia Portugal e Fábio Valverde, ao lado do Tenente Amilton Passos e Capitão Marcos Rabello, participam de Cerimônia Oficial Página 5

Contagem regressiva para o Salão do Livro de Genebra

Jacqueline Aisenman já está pronta para receber os escritores no stand do “Varal do Brasil - Pág 18


2

ENCONTROS INESQUECÍVEIS:

EDITORIAL:

E

A

Primeira edição de um jornal é um marco na história dos envolvidos em sua criação, principalmente quando as sublimes expectativas das ideias vão contornadas pelas palavras, dando vida a algo que dentro de cada um é tão real. O “Jornal Sem Fronteiras”, na versão impressa e online, nasceu. O novo pode significar recente, pouca idade, novidade, inovação, criação, transformação, modernidade, etc. Mas, na verdade, o “Sem Fronteiras” não é tão novo assim. Pelo menos, não em sua essência. Esse projeto nasceu de Colunas Culturais assinadas por mim há mais de 5 anos. Uma no “Jornal Foco Lagos” e outra no “Jornal Ponto de Vista”. Essas colunas me proporcionaram o apelido, na Região dos Lagos do RJ, de “Senhora da Cultura”. Termo este que é título de minha coluna na “Revista Literarte” e que eu tenho muito orgulho. Bom, o “Jornal Ponto de Vista” fez aniversário e a Coluna “Sem Fronteiras com Dyandreia Portugal” ganhou um encarte especial de retrospectiva contendo 20 páginas. Esse encarte, especificamente, fez um estrondoso sucesso, pois chegou até lugares antes nunca vistos e o “feedback” foi surpreendente, o que nos motivou a chegar até essa nova empreitada. Um jornal todinho cultural! Portanto, a Senhora da Cultura está abraçando mais um desafio. Transforma suas colunas em jornal completo. Talvez o maior paradoxo atual do meio cultural brasileiro seja o fato de não contar com uma publicação impressa específica cultural, que consiga atender verdadeiramente à maior fatia daqueles que fazem a cultura. Uma presença periódica e que seja voltada para a camada que não é reconhecida internacionalmente, que não seja famosa a ponto das grandes publicações como a “Revista Veja” ou o “Segundo Caderno” de “O Globo”, se interessem em divulgar, comentar e questionar seus feitos. Pensando assim, o “Jornal sem Fronteiras” nasce sem protecionismos e conchavos. De portas abertas a todos os talentosos, sejam eles iniciantes, desconhecidos ou anônimos. E com aptidão para reconhecer talentos nas suas mais diferentes formas e diversidades culturais, criando um espaço de livre manifestação, onde ideias renovadoras podem ser convenientemente disseminadas, estimulando o debate, aguçando as contradições e viabilizando a evolução qualitativa do conhecimento. Essas páginas farão uma defesa de pluralidade estética e literária. Aqui, teremos um lugar para todos e o jornal será um ponto de encontro daqueles que fazem acontecer, com evidente ganho para seus leitores e para a cultura. O “Jornal Sem Fronteiras” é parte integrante da “REDE MÍDIA SEM FRONTEIRAS”, que, agora, além do Programa de TV e divulgações online, integra também um jornal impresso. O Jornal, assim como o Programa de TV Sem Fronteiras - que já visitou 14 países - em parceria com todos os seus colaboradores, tem o desejo e compromisso de ir efetivamente além-fronteiras, colorindo o nosso amanhã com o verniz dos artistas e escritores que representam as cidades do Brasil e alcança todo o mundo. Nesta primeira edição, os assuntos em pauta já delatam nossas preocupações de estreitar diversos universos estéticos e literários. Inicialmente, estamos abordando a Arte e a Literatura, mas, nas próximas edições, iremos inserir a música, a dança, o teatro e tudo o mais que o nosso espaço permitir. Além de colunas que prometem ser compromisso constante em divulgar: exposições, livros, crônicas de convidados, entre outros espaços especiais, teremos representações nos principais estados brasileiros. E já no lançamento, apresentamos nosso primeiro correspondente: o grande poeta JC Bridon, que representará o SUL do país, trazendo-nos um belo intercâmbio. Além dele, já damos as boas-vindas às colunistas: Maria Araújo, Solange Diniz, Sandra Hasmann, José Gonzaga, Izabelle Valladares, Beatriz Dutra e Larissa Loretti. Na próxima edição, novos nomes serão agregados e as surpresas serão muitas. É importante ressaltar que continuaremos na busca incessante pela melhoria de nossas próximas edições e, para tal, agradecemos e contamos com a parceria de leitores, autores, artistas, líderes do mundo cultural e instituições para fazer deste um grandioso projeto. Enviem-nos suas pautas! Inscrevam-se para receber o jornal e distribuí-lo entre seus pares! Enviem suas cartas com críticas e sugestões. Divulguem seus lançamentos e exposições. Desde já, agradecemos penhoradamente, pois como eu sempre costumo dizer: “Juntos, somos mais fortes!” A nossa caminhada já começa aqui, e desejamos a melhor leitura de todas, aquela sempre compartilhada, pois nossa maior proposta é estreitar laços entre as Academias de Letras e Artes, Associações, Fundações, Grupos Literários, Ateliês de Arte e pontos de cultura de um modo geral. Desejamos a você, apaixonado ou não pela cultura, a oportunidade de estar bem informado. Boa Leitura!

Dyandreia Portugal

Editora Geral

Nesta Edição: Com Marcos Vinícius Vilaça

m 2012, na ABL – Academia Brasileira de Letras, tive a oportunidade de ter um encontro com o ex-presidente da ABL, Marcos Vinicios Vilaça. Foi uma grande oportunidade compartilhar com ele momentos culturais de grande importância no Palácio Austregésilo de Athayde. Vilaça presidiu a ABL até o final de 2011, quando passou a presidência para Ana Maria Machado, que, por sua vez, foi reeleita por unanimidade para o exercício de 2013.

Marlene Fonseca

PINCELADAS: A MAIOR DIVULGADORA DA NET! Divulgação

Nancy Cobo é Poeta, Escritora, Embaixadora da Paz e Divulgadora da Cultura. Possui poemas falando de amor fraternal, de casal e do sentimento que o dia a dia da vida traz para o ser humano. Desta forma, possui vários livros publicados. Mas Nancy, que é uma das maiores divulgadoras culturais da internet, tem, em seu currículo, muito mais que belas construções em verso e prosa. Ela possui a generosidade em multiplicar a cultura e as informações através de árduo trabalho em fazer chegar a todos as informações do nosso meio cultural por mala direta e outros meios. Conheça um pouco mais dessa querida em: www.nancycobo.com.br

“SAUDADES TUAS, SAUDADES MINHAS” O poeta Mauro d’Ávila Modesto lançou no dia 08 de abril, na solenidade da Academia de Letras e Artes de Paranapuã - ALAP, no Rio de Janeiro, o seu novo livro de poesia, “Saudades Tuas, Saudades Minhas”, com 70 poemas inéditos, para comemorar os seus 70 anos. Para Mauro Modesto, a poesia é divertimento, plenitude. É o compromisso com a espera, com a lágrima, com o prazer. Poesia para esse poeta nascido no Acre, é água boa de se beber! Para adquirir o livro, contate diretamente o autor em: mauropoeta.ac@gmail.com

PARCERIA ENTRE A ABL E A SORBONNE A Presidente da Academia Brasileira de Letras, Acadêmica Ana Maria Machado, assinou, dia 22 de março, juntamente com a Vice-reitora da Sorbonne, Marie-Christine Lemardeley, acordo de amizade e cooperação entre as duas instituições, com o objetivo de organizar eventos científicos por intermédio do Centre de Recherches sur le Monde Lusophone (Crepal), em torno da obra de escritores brasileiros. Maravilha, não?

LANÇAMENTO NO FORTE DE COPACABANA

No dia 25/04, acontecerá o lançamento do Livro: “Literatura Forte 8”, organizado pela “Coordenação do Centro de Literatura do Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana”. Será realizado às 18h do Auditório de Forte de Copacabana. Entrada Franca. Informações: literaturaforte@globo.com

LENI ANDRÉ E SEU AMOR POR SÃO PAULO Em todos os aniversários de São Paulo, dia 25 de janeiro, Leni André desenvolve um projeto, livro e/ou coletânea de fotografias para homenagear a cidade. E a cidade a retribui com homenagens, e - sobretudo! - reconhecimento pelo seu prazeroso trabalho de educar o olhar e aguçar a sensibilidade de quem nela habita. Desta vez, ao lado de seu filho, Julien André, ela lança “São Paulo – Um oásis em cor”. Com essa obra, eles buscam fazer os leitores perceberem que a cidade não é cinzenta e sombria, mas, sim, um oásis em cor. A obra é uma iconografia e representa com imagens de tons vibrantes, e toda a poesia, o que a cidade revela. A obra ficou pronta e terá seu lançamento internacional no “Salão do Livro em Genebra”, em maio. Parabéns aos autores!

PEN CLUBE DO BRASIL O “PEN Clube do Brasil”, ao longo de seus 77 anos de fundação, já sediou três congressos do PEN Internacional na cidade do Rio de Janeiro: 1960, 1979 e 1992. Atualmente, os Congressos do PEN Internacional ocorrem uma vez por ano. O de 2013 será realizado de 9 a 12 de setembro, na cidade de Reykjavik, Islândia. P.E.N. é a abreviatura de Poetas, Ensaístas, Novelistas. O Clube Internacional foi fundado por Catherine Amy Dawson-Scott (1865-1934), em Londres, em 1921, no rescaldo da Primeira Grande Guerra. Em 88 anos, veio a tornar-se a maior – e mais antiga – organização de escritores do mundo inteiro. Já o “PEN Clube do Brasil” foi fundado em 2 de abril de 1936, no Rio de Janeiro, por iniciativa do escritor Cláudio de Sousa; destina-se a congregar escritores do País, estimular a criação literária e a concepção universalista dos bens da cultura, da liberdade e da paz, propugnando os sentimentos que animam o P.E.N. Internacional, bem como a UNESCO, sob cujos auspícios se encontra.O Centro Brasileiro (RJ) integra o PEN Internacional, sediado em Londres, conservando-se autônomo em seus procedimentos administrativos e culturais. Leia mais sobre o PEN Clube do Brasil em: http://www. penclubedobrasil.org.br/ EXPEDIENTE: REDE MIDIA DE COMUNICAÇÃO SEM FRONTEIRAS R J M MENDONÇA ME CNPJ: 11.461.057/0001-04 Editora Geral e Jornalista Responsável: Dyandreia Portugal - ABJ1127 Editores Adjuntos: Jornalistas Carlos Medeiros e Djalma de Melo Jr Editoras Assistentes: Mayra Soares e Juliana Oliveira Conselho Editorial: Carlos Medeiros, Betty Silberstein, Fábio Valverde e José Gonzaga. Colunistas: JC. Bridon, Maria Araújo, Solange Diniz, Sandra Hasmann, José Gonzaga, Izabelle Valladares, Beatriz Dutra e Larissa Loretti. Revisão: Betty Silberstein Diagramação e Arte: Eduardo Carvalho Fotógrafo: Luis Gustavo (oficial) e colaboradores Produção Gráfica: Gráfica O LANCE Tiragem: 5 mil exemplares

Distribuição Gratuita: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e, eventualmente, nos demais estados, conforme matérias editadas. Periodicidade: Bimestral Departamento comercial: comercial@redesemfronteiras. com.br Assinaturas e Cartas para a Redação: contato@ redesemfronteiras.com.br As matérias assinadas pelos Colunistas, bem como as propagandas, são de inteira responsabilidade de seus autores e idealizadores e não representam necessariamente a opinião deste Jornal. Proibida a reprodução para fins comerciais. Livre as reproduções para fins de divulgações. Ninguém está autorizado a angariar assinaturas ou anúncios para essa publicação. Todos os contatos devem ser feitos pelo e-mail acima informado.


3

A SURPREENDENTE BETTY SILBERSTEIN

P

Por Dyandreia Portugal

Entrevista* - 1º Parte

rofessora, Revisora e Tradutora, Betty conseguiu dedicar-se às letras pouco antes de completar meio século de vida. Lançou um dos livros mais polêmicos dos últimos anos: “Opus Dei – A Falsa Obra de Deus: Alerta às Famílias Católicas”, relançado em 2011, em inglês, “Opus Dei - The False Work of God”. Além deste grande sucesso, Betty ainda publicou “Todo Dia um Novo Dia”, com a filha Drika. E os livros “A Surpreendente Louisa May Alcott” e “Tropical Blessings”. Além de seus livros solos, possui dezenas de participações como coautora, acrescentando experiência suficiente para sua bela formação. Betty é constantemente convidada para prefaciar e apresentar obras dos mais incríveis escritores do nosso tempo. Acadêmica de várias academias e associada de importantes associações culturais, Betty não para de produzir. Com toda essa bagagem de vida profissional o “Sem Fronteiras” não poderia deixar de abordar aqui um pouco sobre essa importante e forte mulher, mãe, avó e profissional. Por isso, a partir desta edição vamos apresentar fragmentos de uma entrevista realizada com Betty Silbertein, onde ela falou sobre sua carreira, família e perspectivas de futuro. Dividimos a entrevista em partes e, nesta edição, iremos apresentar as perguntas sobre seu trabalho como professora, revisora e tradutora. Sobre o trabalho como professora, revisora e tradutora: SF = Betty, sabemos que é professora por formação. Trabalhou, entre tantos, nos Colégios Nossa Senhora do Sion, Visconde de Porto Seguro e nas escolas de Inglês Yázigi e Fisk. Quando morou no exterior, lecionou na FIS (The Frankfurt International School) e também na ASL (The American School in London). Fale-nos um pouco desta fase e da contribuição que essa experiência trouxe para a sua vida. BS = O processo de ensinar é uma das coisas mais cativantes que existe. Sem contar que quanto mais se ensina, mais se aprende, além de desenvolver habilidades (às vezes

Fotos: Div

ulgação

Entrevista concedida por Betty Silberstein a Dyandreia Portugal

escondidas) nos seus alunos, o professor os ajuda a se tornarem cidadãos melhores, que respeitam valores e a cultura de seu país. Estar envolvida com a educação me incentivou a me dedicar com mais paixão pela literatura, principalmente a infanto-juvenil. SF = Como surgiram o trabalho das revisões em sua carreira? A visão crítica é um tanto quanto automática não? BS = Isso começou desde o tempo de colégio. Tive ótimos professores de português, mas creio que o fundamental foi a influência de meus pais, pois ambos escreviam com perfeição e tinham um português extremamente correto e apurado. Papai (até seus 92 anos, fazia questão de aprender 5 palavras novas por dia, tirada a esmo do dicionário!). Depois, na Faculdade, com tantos estudos de textos e livros, a visão crítica passou a fazer parte do meu cotidiano, praticamente sem eu perceber. SF = Hoje, como você disponibiliza seu tempo para o trabalho de revisão? Trabalha apenas para as editoras ou para escritores independentes também? BS = Trabalho com algumas editoras e para escritores independentes também. Divido meu tempo com revisões, traduções, transcrições de entrevistas e, também - claro! - um tempo para escrever, uma das grandes paixões da minha vida. Quando um autor

coloca um ponto final no seu livro... não é um ponto final: é o primeiro parágrafo de muitos que irão surgir. Vai percorrer vários passos até que seu “baby” seja finalmente colocado em suas ansiosas mãos. O primeiro desses passos – antes da diagramação e da impressão gráfica – é justamente a revisão. O escritor manda o livro por e-mail, eu analiso e dou o orçamento, que é calculado por lauda. O pagamento é efetuado apenas quando o trabalho de revisão for entregue. SF = E o seu trabalho como tradutora, como você o definiria? Você é uma das tradutoras da Revista TNN - TAM nas Nuvens, não é? BS = Sim, entre livros e textos diversos, também faço parte da equipe de tradução da TNN, o que, aliás, é um grande prazer, pois os temas são variados e extremamente interessantes. Traduzir é uma delícia. Verdade seja dita, não curto textos técnicos, embora, às vezes, tenha que me debruçar sobre eles. O importante na tradução é tomar cuidado em não traduzir literalmente, nem mudar a ideia principal do escritor, trans-

mitindo sem modificações o que o escritor pensa (mesmo que discorde dele!). SF = Às vezes, imagina-se que alguém tão qualificado como você é inacessível e que os honorários cobrados são exorbitantes. O que tem a dizer para desmistificar essa questão junto à sua realidade? BS = Meus honorários não são exorbitantes não. Se comparados com os preços do Sindicato Nacional dos Tradutores e Associação de Profissionais de Tradução e da área, pode-se verificar que cobro sempre abaixo da tabela, pois creio que o trabalho de revisão, por exemplo, é algo muito importante para a boa finalização de um livro e qualquer escritor DEVE ter acesso a esse serviço. Ah... e tem precinho especial para quem é sócio da Literarte e da REBRA!

*Essa entrevista continua na próxima edição.

PINCELADAS: TE ENCONTRO NA APPERJ A APPERJ - Associação Profissional de Poetas no Estado do Rio de Janeiro, o Presidente Sérgio Gerônimo e o Vice Mozart Carvalho, com apoio da “Oficina Editores” convidam para - as 2as segunda-feiras de cada mês, às 19h30min, no Bar do Ernesto (Largo da Lapa, 41, esquina com a Sala Cecília Meirelles, Centro, RJ) - participarmos do encontro “Te encontro na APPERJ”. Nos encontros, acontecem: a distribuição do Boletim informativo “Na Ponta Da Língua”, lançamento de livros, roda de poesia, a presença de poetas convidados e muita integração. Obs.: No mês de abril, excepcionalmente, o encontro será realizado dia 15. Informações pelos tel: (21) 3328-4863 ou e-mails: apperj@apperj.com.br; mozart_carvalho@oficinaeditores.com.br

FALANDO EM APPERJ... O “VI Festival de Poesia Falada do Rio de Janeiro Prêmio Francisco Igreja/2013” terá as inscrições até 31 de julho. A Entrega dos prêmios aos 20 melhores textos e escritores acontecerá no Auditório Machado de Assis da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, em setembro. Mais informações e inscrições pelo site www.apperj.com. br ou e-mail: apperj@apperj.com.br

OPORTUNIDADES PARA PALESTRAS A Academia Brasileira de Trovas abre inscrições para os interessados em palestrar em suas reuniões. As reuniões acontecem mensalmente na sede da FALARJ - Federação das Academias de Letras e Artes do RJ, no Centro. Inscrições diretamente com a Presidente Messody Benoliel: messodyramiro@yahoo.com.br

OPORTUNIDADES PARA ARTISTAS PLÁSTICOS Vera Figueredo, Curadora de mostras artísticas e salões com premiações, informa duas oportunidades artísticas: “Revista Arte e Estilo” com a próxima edição prevista para julho e a “Exposição em Roma” na Galeria La Pigna, no Vaticano, de 27 de maio a 07 de junho. As inscrições das duas atividades estão abertas e as vagas são limitadas. Vera Figueredo organiza exposições em várias entidades civis e militares do Rio de Janeiro. Maiores Informações: www.verafigueredoartes.com ou verafigueredo@uol.com.br

AS BODAS DE ELVANDRO E DAISE BURITY Comemorando as Bodas de Ouro, realizadas em 12 de janeiro, o escritor Elvandro Burity homenageou sua amada Daise com o lançamento do livro de Poesias “Expressões da Alma”. O livro não está sendo vendido, mas está disponibilizado na net. Trata-se do enaltecimento, através de poesias, aldravias e poetrix, de uma caminhada de 50 anos de vida conjugal. Parabéns ao simpático casal! Para contato com o autor: http:// elvandroburity.blogspot.com

UNIÃO NACIONAL DOS ARTISTAS PLÁSTICOS A UNAP - União Nacional dos Artistas Plásticos organiza sistematicamente Salões de Artes Plásticas com Premiações no Centro Cultural da Marinha em São Paulo, onde também outorga homenagens aos merecedores pela Ordem do Mérito das Artes Plásticas. Regulamentos podem ser solicitados diretamente com o Presidente da Associação, o Comendador Quirino, pelo e-mail: majorquirino@hotmail.com

AINDA DÁ TEMPO!

EXPOSIÇÃO LEMBRA A TRAGÉDIA PALESTINA De 14 a 18/05 as pessoas poderão apreciar a “Mostra Artística EL-NAKBA – A TRAGÉDIA PALESTINA”, sob a curadoria da jornalista Beth Monteiro e coordenação da socióloga Stela Santos. A mostra ficará exposta no Salão Nobre da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Informações: Vera Marques (21) 3342-3456.

As inscrições para o livro “Eles Pintam! Eles Pensam!” estão quase encerrando. O livro será mais um grande sucesso da coleção. Trata-se de uma obra com edição especial, capa dura, papel couché e todo colorido, com organização de Dyandreia Portugal e Izabelle Valladares. Em seu conteúdo, produções de homens que não se limitam em ter apenas um talento. São homens que escrevem, mas que também pintam obras, fazem esculturas, trabalhos em madeira, fotografia, colagens ou qualquer outra coisa que comprove que eles são multi habilidosos, ou seja, são escritores, mas também artistas. A edição feminina do livro já está em 20 estados e 4 países. Para obter o regulamento ou conhecer as obras já lançadas da coleção, contacte: dyandreia@gmail.com

FRASE DA EDIÇÃO:


4

NIKKO KALI FAZ SUCESSO TAMBÉM NO BRASIL Matéria de Retrospectiva 2012

Por Dyandreia Portugal Divulgação

Divulgação

Essa colunista em visita à belíssima exposição do artista Nikko Kali

Divulgação Nikko Kali, no momento da outorga da Medalha “Granadeiro do Imperador”, pelo Coronel Alfredo de Andrade Bottino, em cerimônia militar oficial

O

artista plástico franco-brasileiro, Nikko Kali, residente em Paris há 29 anos, trouxe ao Rio de Janeiro, em novembro do ano passado, a exposição surrealista “Mensagem Universal”. Realizada no 1° Batalhão de Guardas – Batalhão do Imperador 1823. Fui visitar a exposição e fiquei absolutamente encantada e entendi porque Nikko é um dos nomes mais conhecidos nas artes da atualidade, com exposições por toda a Europa, Japão, Cingapura, China, etc. O surrealis-

mo de Nikko Kali nasce de signos e símbolos descobertos mediante suas viagens imaginárias pelo mundo surreal e do simbolismo. As obras possuem uma sofisticada técnica empregada pelo artista, que usa pedras finas, preciosas e ouro junto a pigmentos naturais, resultando numa alquimia de cores e formas. Em sua passagem pelo Brasil, Nikko Kali recebeu a medalha “Granadeiro do Imperador” do 1° Batalhão de Guardas – Batalhão do Imperador 1823, das mãos do Coronel Alfredo de Andrade Botti-

no. Uma grande honraria concedida a poucos, em cerimônia Solene Militar. Mas Nikko merece por seu talento, elegância, educação e generosidade. Nikko, durante minha visita à sua exposição, concedeu uma entrevista exclusiva ao Programa de TV “Sem Fronteiras com Dyandreia Portugal” e será em breve exibida na WEBTV. Para saber mais sobre este grande artista e sua agenda pelo mundo, contate sua assessoria em: nikkokali@gmail.com ou visite seu site: http://www.nikkokali.com/

Autoridades prestigiando a abertura da exposição. Na foto, Coronel Alfredo de Andrade Bottino, Nikko Kali, STen Mestre de Música Amilton Passos e sua linda esposa Mara e o Contra-Almirante Carlos Frederico Carneiro da Marinha do Brasil

MARIA AMÉLIA PALLADINO ASSUME A FALARJ Por Dyandreia Portugal

A

FALARJ - Federação das Academias de Letras e Artes do Rio de Janeiro - possui nova diretoria. Saiu a Presidente Eliane Mariath, que agora fica apenas à frente da ALAP. Assumiu o cargo Maria Amália Amaral Palladino. Portanto, novos rumos são aguardados. Maria Amélia é formada em Direito e tem Licenciatura em Letras Anglo-Germânicas, pela PUC/RJ, com cursos na University of Cambridge – Inglaterra e Facultá de Giurisprudenza, dell’Università Roma. Foi Diretora Geral do Colégio Pedro II, onde recebeu a honraria Bacharel Honoris Causa. Foi diretora Cultural do Liceu Literário Português e Presidente da Academia Nacional de Letras e Artes. É avaliadora de trabalhos da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra. É escritora com diversos livros publicados. A FALARJ foi fundada em 2003 e em sua sede são realizadas reuniões de várias Academias e instituições culturais como: Academia Brasileira de Literatura, Academia Brasileira de Medalhistica Militar, Academia Brasileira de Meio Ambiente, Academia Cearense de Ciências, Letras e Artes do

RJ, Academia Brasileira de Trovas, Academia de Letras e Artes de Paranapuã, Academia de Letras Rio-Cidade Maravilhosa, Academia Guanabarina de Letras, Academia Internacional, Academia Luso-Brasileira de Letras, Academia Nacional de Letras e Artes, Academia Pan-Americana de Letras e Artes, Academia Soberana Brasileira de Artes, Academia Teológica, Associação das Jornalistas e Escritoras do Brasil, Sindicato dos Escritores do RJ, Sociedade de Cultura Latina, InBRAS-CI, CEBLA, ACLERJ e muitas outras. Durantes as reuniões, são proferidas palestras, encontros culturais, desenvolvimento de projetos, etc. Fazendo deste, um espaço para o desenvolvimento da cultura de nosso estado e um ponto de encontro de amigos. A FALARJ funciona na Rua Teixeira de Freitas, nº. 05/ 3º andar/ sala 303 - Passeio Público, RJ. Participe das atividades. Solicite a programação mensal pelo e-mail: federacao.falarj@gmail.com. A equipe da “Rede Sem Fronteiras” deseja muito sucesso à nova diretoria e à querida presidente Maria Amélia Palladino.

Maria Amélia Palladino, a nova Presidente da FALARJ


5

PALACETE JULIETA DE SERPA RECEBE A DIVINE ACADÉMIE FRANÇAISE Por Dyandreia Portugal

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Encontro de Embaixadoras (a partir da esquerda): Zélia Fernandes, Beatriz Dutra e Dyandreia Portugal

Momento de Confraternização: Milton Gonçalves ladeado por Diva Pavesi e Dyandreia Portugal

Divulgação

Divulgação Momento Solene (A partir da esquerda): Presidente de Honra Martinho da Vila, Presidente Diva Pavesi, Vice Presidente de Honra Milton Gonçalves, Coronel Miguel Ângelo de M. da Silva, Maestro Ararypê Silva e Capitão Marcos Rabello

Divulgação

Reencontro de amigas: Dyandreia Portugal, Dulce Couto e Dinorá Cançado

Dyandreia Portugal comemora a homenagem a Basilina Pereira

Divulgação Dyandreia Portugal cumprimenta a simpática Angela Guerra

Diva Pavesi recebe o casal Bianca e Marcelo Scettkey

Divulgação

Mesa alegre e animada (a partir da esquerda): Roberto Ferrari, Vera Gonzales, o casal Flavia Assaife e Murilo Almeida e o casal Dyandreia e Fábio Portugal

Mª Lucia Pacheco, Sandra Hasmann e Rozelene Furtado Recebem as altas Insígnias Divulgação

Divulgação

Divulgação

Dyandreia Portugal cumprimenta Nilza Athayde

Divulgação

Amigas de longa data se reencontram (a partir da esquerda) Mª Alice Antunes, Dyandreia Portugal e Ilka Duarte

Dyandreia ladeada pelo simpático casal Mário e Odilia Capelutto Divulgação

Divulgação

Dyandreia Portugal e a alegre Teresa Linhares

Divulgação

Dyandreia Portugal reencontra a querida Edna Lima Mendonça Mesa elegante: Na primeira cabeceira, o Casal Paula Barroso (elegantérrima como sempre) e Juca Adum. Na cabeceira do fundo, o Casal Vildette (maravilhosa!) e Olívio Pesutto e o casal Leandro e Patricia Figueiredo

Momento de descontração: Martinho da Vila brinca com Dyandreia Portugal

Palacete Julieta de Serpa, no Rio de Janeiro, mais uma vez foi palco para as belíssimas Cerimônias Solene de Outorgas das Altas Insígnias da “Divine Académie Française des Arts, Lettres et Culture” no Brasil. As cerimônias foram realizadas dias 28 e 29 de fevereiro respectivamente. A Presidente Diva Pavesi, elegante como sempre, recebeu a todos os seus convidados e homenageados em grande estilo, solidificando assim a sua missão de glorificar as Artes, Letras, Ciências e Cultura dos dois países: França e Brasil, promovendo esses países, suas nobres culturas e firmando laços fraternos e indissolúveis. O Digníssimo Embaixador Tenente Amilton Passos foi o

presentes inúmeros, porém seletos, homenageados em traje Black-Tie. Eu estive presente, cumprindo o papel de Embaixadora da Divine Académie e destaco abaixo, dentre vários presentes, alguns amigos: Embaixadores: Abílio Kac, Dulce Couto, Isabel Roberts, Lucas Bahia, Maria Amélia Palladino, Maria Araújo, Mário Capelutto, Nilza Athayde, Tereza Linhares, Yara Vargas e Zélia Fernandes. E os Membros de Honra empossados: Alexander Man Fu, Angela Guerra, Basilina Pereira, Dinorá Cançado, Edna Mendonça, Flávia Assaife, Ilka Duarte, Mª Alice Antunes, Marcelo Scettkey, Mª Lucia Pacheco, Paula Barrozo, Roberto Ferrari, Rozelene Furtado, Sandra Hasmann, Vera Gonzalez e Vildete Pessutto.

O

brilhante Mestre de Cerimônia e o Digníssimo Embaixador Capitão Marcos Rabello, o Diretor Artístico. Na ocasião, foram homenageados com a “Grande Médaille d’Or” das mãos da Presidente Diva Pavesi, o Coronel Miguel Ângelo de Mattos da Silva (Diretor General do Patrimônio do Corpo de Bombeiros Militares do Rio de Janeiro), o Maestro Ararypê Silva (Compositor, Professor e Maestro), Péricles Prade (Advogado, Pesquisador, Poeta, Crítico de Arte) e o ator Milton Gonçalves, que também foi empossado como Vice-Presidente de Honra da Divine Académie e pôde ser saudado pelo Presidente de Honra da Academia, o Músico e escritor Martinho da Vila, que participou do emocionante momento solene. Estiveram

Dyandreia Portugal bem resguardada pelos amigos (a partir da esquerda): Tenente Amilton Passos, Capitão Marcos Rabello e Coronel Miguel Ângelo de Mattos da Silva

Divulgação


6

ZILDETTI MONTIEL ENTREGA O 28º PRÊMIO MULHER

N

Por Mayra Soares

o dia 08 de Março, no Espaço Panamby em São Paulo, aconteceu o “28º PRÊMIO MULHER 2013” em comemoração às mulheres mais notáveis do país. O fabuloso evento, que já é uma tradição respeitada e bem sucedida a nível nacional, é um projeto idealizado e organizado com eficiência pela jornalista e apresentadora Zildetti Montiel, uma profissional brilhante, carismática e muito querida. A premiação é uma noite especialíssima, idealizada para a entrega das láureas. Homenagens são feitas a cada mulher em sua essência, enaltecendo a sua colaboração que tanto engrandece a nação brasileira. O evento reuniu mulheres de diversos segmentos e setores da sociedade, como o empresarial, cultural, estético, mídia, moda e muitos outros.

A Jornalista, Escritora e Artista Plástica Dyandreia Portugal foi agraciada e laureada durante a noite de gala por seu desempenho perante a sociedade. Outros nomes de igual valor foram homenageados, como a escritora, revisora e tradutora Betty Silberstein, Nádia Bacchi (Presidente da ONG Florescer), Jô Rezende (empresária), Milene Pavorô (Programa do Ratinho), Simone Sampaio (A Fazenda 5), Vanessa Zort (Escolinha do Gugu - TV Record), Francis Helena (SBT), Gina Stocco (Rede TV), Sandra Navajas (Revista Guia da Noiva), Vanessa Cochi (Band News), Lilian Chamma (organizadora do Miss SP) e muitas outras. Outra homenageada foi Kika de Castro, fotógrafa especializada em mulheres deficientes – que apresentou no evento a mostra - Toda Nudez vai ser revelada - apresentando o lado

sensual da mulher com deficiência física. Na ocasião, também foram homenageados alguns “HOMENS DE SUCESSO”, cumprindo assim a missão de dar honra aos homens que reverenciam a força feminina. A homenagem foi realizada a homens nas mais diversas áreas profissionais de atuação, valorizando e complementando a noite de festa! As mulheres mais notáveis do país desfilaram seus lindos vestidos e os homens seus bem cortados ternos e smokings para condizer ao alto luxo do evento, que contou com os melhores fornecedores de festas da atualidade. Zildetti contou com uma grande equipe de parceiros que contribuíram significativamente para o sucesso do evento como: O Espaço Panamby, a gastronomia da Código 6 Gastronomia, de Vivi Alves

JDomingos

e do Chef Ronaldo Schuller, os deliciosos vinhos do Empório Santa Joana, a massa impecável da Devorare e os doces da Cakerelle, Talita Rikelme, Claudia Peixoto, Vivi Truffas e Bem Casadinho. A decoração de flores da Yarah Decorações, o mobiliário de Pryscilla Kelly Decorações, os “lounges” de R. Romero Design, as lembranças de PP Produtos Personalizados, Susana Amaral Festas, Homens de Preto – segurança, som e luz da Formato, Barabaro’z Bartender, Funclick Foto Lembranças, Marilia Amaral Rigor e assessoria de cerimonial de Nanda Vedovatto, Atelier Andrea Nocera, KrisKruz e apoio de Nasce & Tece e Ciholding. Como todo esse apoio, a noite transcorreu ideal para os mais apurados e exigentes gostos. Foi puro sucesso! Veja abaixo alguns flagrantes da grande noite: Luis Gustavo

Dyandreia Portugal e Betty Silberstein brindam a alegre noite

Luis Gustavo

Marcelo Scarpitta, que foi homenageado como “Homem de Sucesso”, com Dyandreia Portugal, Betty Silberstein, Zildetti Montiel e Jô Rezende

Luis Gustavo A competente anfitriã, Zildetti Montiel Betty Silberstein, Nádia Bacchi e Dyandreia Portugal

UM DEDINHO DE PROSA Por Sandra Hasmann*

V

ivemos uma época em que o imediatismo e o descartável determinam nosso comportamento, o que implica em “perder de vista a sensibilidade, os bons modos, a educação”. Costumo dizer que as mulheres buscam príncipes encantados, mas, se esquecem que, para tanto, deveriam comportar-se como princesas, o que não é o caso... Lembro-me que, quando era estudante, a primeira coisa que fazíamos, ao chegar na escola, era cantar o Hino Nacional e fazer uma saudação à Bandeira, símbolo máximo de cidadania, de respeito à Pátria. O momento era bastante solene. Podíamos experimentar aquela sensação de orgulho por sermos brasileiros; de cara, entendíamos que, sendo parte de um contexto tão importante, devíamos respeito à Pátria e a tudo o que ela representa para cada um de seus filhos. Hoje, lamentavelmente, vemos que quase ninguém sabe cantar o Hino Nacional Brasileiro, não tem a menor noção de civilidade e, muito menos, respeito aos símbolos Nacionais, quiçá à Pátria brasileira... Lembro-me que tínhamos aula de boas maneiras, educação cívica, artes (nada como o trabalho artístico para tranquilizar a mente, exercitar o foco e a criatividade!), música (quase toda escola tinha um coral!). Hoje, vivemos uma realidade dominada por psicopatologias advindas do estresse da vida moderna, da ansiedade, da incapacidade de se administrar o cotidiano e os embates da concorrência insana por um lugar melhor na sociedade, por um emprego melhor, por um status quo quase que

JDomingos Luis Gustavo

inacessível. As músicas versam sobre futilidades, pois se vive na superficialidade em todos os sentidos; os bons modos cederam lugar à violência, ao “toma lá da cá”, à lei do mais forte e mais “esperto”. As mulheres chegaram à infeliz conclusão de que são apenas e tão somente bundas, coxas e peitos (além de bocas enormes graças a muito botox), destituídos de conteúdo moral, emocional, intelectual, expondo-se como peças de carne nos açougues da vida, cedendo a quem pagar mais alto... O amor próprio foi relegado a um patamar inconsistente, pois o que vale é a impressão que se possa causar aos halter-egos que, no fundo, só querem exibir “seus troféus” como marca de poder e status... Penso que seja hora de resgatarmos certos valores essenciais para que possamos nos fazer respeitar de fato, e para que possamos nos sentir orgulhosos de nós, de nossa família, de nossa Pátria. O ser humano é magnífico e não deve buscar igualar-se aos animais irracionais na sua forma de ser, pois a razão e o discernimento é o nosso diferencial. Exercitar esse diferencial será a única forma de, realmente, seguirmos em frente na escalada evolutiva.

*A colunista é Life/Executive Coach, Consultora de Imagem, Terapeuta Naturóloga, Escritora e Artista Plástica. Recebeu em 2012 a medalha do cinquentenário da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU por seu trabalho de conscientização humanitária, sensibilização holística do ser e celebração da feminilidade. Contatos: sandrahasmann@hotmail.com

Simone Sampaio (A Fazenda 5 – TV Record) e Vanessa Zort (Escolinha do Gugu - TV Record) registram o momento

Betty Silberstein, Nádia Bacchi e Dyandreia Portugal Milene Pavorô (Programa do Ratinho) e seu prêmio Luis Gustavo

Dyandreia Portugal e Betty Silberstein comemoram o sucesso


7

REBRA COMEMORA 14 ANOS COM FESTA E LANÇAMENTO LITERÁRIO Luci Yizima

Por Dyandreia Portugal

Sergio Andres

Celebrando na hora do brunch. Joyce Cavalccante com os casais: Fábio e Dyandreia Portugal e Ruy e Maria Araújo Divulgação

Foto Oficial das Escritoras (A partir da esquerda): Waldete di Alves, Marluce Portugaels, Rose Rocha (Representante da REBRA em Brasília), Rosy Feros, Roseni Kurányi, Betty Silberstein, Eliana Wissmann Alyanak, Dyandreia Portugal (Representante da REBRA na Região dos Lagos do RJ), Renata Normanha (Representante da REBRA em Goiás), Karin Massaro, Dulce Auriemo, Rosa Peres (Representante da REBRA no Pará), Mariana Brasil (Representante da REBRA na Itália), Yara Franco, Neide Galli, Eliane Rocha, Wilma Lima, Miriam Menezes de Oliveira. E Sentadas: Leda Edna Aragão, Mara Gabrilli (Deputada Federal); Joyce Cavalccante (Presidente e fundadora da REBRA) e Hebe Boa-Viagem (Sócia Honorária da REBRA) Sergio Andres A Presidente Joyce Cavalccante concede entrevista sobre a Antologia

Imagem ilustrativa

Reencontro de amigas: As escritoras Maria Araújo, Mariana Brasil e Dyandreia Portugal

Reprodução da matéria da Revista Caras nº 1011 Divulgação

Sergio Andres

Divulgação

As escritoras, jornalistas e apresentadoras Dyandreia Portugal e Beth Abraão

O

O Brinde das Rebrinhas

A Presidente da REBRA, Joyce Cavalccante, desce ao “Padock” para cumprimentar o vencedor do páreo

Aniversário da REBRA – Rede de Escritoras Brasileiras – que coincide com o Dia Internacional da Mulher, foi comemorados em grande estilo este ano. Em parceria com o Jockey Club de São Paulo – um dos lugares mais nobres daquela cidade – a REBRA comemorou 14 anos de existência com muito glamour e união. Correram três páreos alusivos à comemoração, com as seguintes nomeações: 1º Páreo: REBRA-Rede de Escritoras Brasileiras; 2º Páreo: Dia Internacional da Mulher e 3º Páreo Antologia “Mulheres da Floresta”. Após a corrida, a Presidente Joyce desceu ao “padock” para

cumprimentar o jockey vencedor e tirar fotos junto ao cavalo e o dono do cavalo, registrando assim o momento. Na ocasião, foi conferido o título de “Mulher Honorária” concedido pela REBRA, ao senhor Eduardo da Rocha Azevedo, Presidente do Jockey Club de São Paulo. As Rebrinhas, como são conhecidas as escritoras, brindaram o momento e, em seguida, lhes foi servido um espetacular “brunch”. A Revista “Caras” esteve presente– registrando o momento, que foi divulgado na edição nº1011. Dando continuidade à comemoração dos 14 anos de existência, na Livraria da Vila, no Shop-

ping Pátio Higielópolis em São Paulo, aconteceu o lançamento da antologia anual da REBRA, que este ano teve o título: “A LITERATURA DAS MULHERES DA FLORESTA”, com publicação do SER-Selo Editorial REBRA, impresso com certificação florestal, capa do artista plástico Waldemar De Andrade e organização por Joyce Cavalccante. A publicação teve a participação de quase 100 associadas. O lançamento foi descontraído e dezenas de Rebrinhas vieram de vários lugares do Brasil e exterior. Como tudo é pouco para a dinâmica escritora cearense Joyce Cavalccante, a REBRA irá publicar esta obra em E-BOOK. Será a

primeira presença de uma coletânea da REBRA nessa modalidade. É uma proposta inédita que se espera amplie ainda mais a divulgação da literatura feminina. Esta obra possui qualidade ímpar e sofre grande empenho da Presidente Joyce para que possa rodar o mundo todo. A próxima sessão de autógrafos acontecerá na “Feira do Livro de Frankfurt”, Alemanha, de 9 a 13 de outubro, no estande da Biblioteca Nacional. Um grande número de Rebrinhas está se movimentando para montar uma bela caravana e comparecer. Associe-se você também à REBRA e descubra um universo poderoso. Maiores informações: www.rebra.org

DORA DIMOLITSAS ABRE OS EVENTOS CULTURAIS DO ANO NO CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

D

ora Dimolitsas, produtora cultural e representante da “Associação Poemas Flor da Pele”, apresentou no dia 15 de Março, no Centro Cultural São Paulo, o primeiro evento do ano, com mais de uma centena de pessoas na plateia. O evento faz parte das atividades mensais que Dora organiza no Centro Cultural e a cada edição com maiores adesões e intercâmbios. A organizadora abriu o evento apresentando o autor do livro “As Esferas de Medeia”, Maickson Alves dos Santos, seguido de uma belíssima apresentação da cantora Lydia Venturelli e do Pianista Cesar Pinnês, incluindo poemas de Carlos Drummond de Andrade, musicados pelo cantor Nilton Nascimento. O ponto alto foram as leituras de Poemas autorais - uma já tradição dos eventos de Dora - e uma belíssima apresentação do Grupo Folclórico Húngaro Zrinyi,

Por Mayra Soares

sobre o comando do Senhor Júlio e Alexandre Borbely. Na ocasião, o “Jornal Sem Fronteiras” foi distribuído a todos os participantes, o que acontecerá todos os meses daqui para frente. Os eventos realizados mensalmente por Dora Dimolitsas atraem pessoas de todo o Brasil que se reúnem em São Paulo para celebrar suas culturas e construções. Os próximos eventos serão realizados dia 26 de Abril, contando com a presença do cantor Marcos Assumpção, do Rio de Janeiro, com piano, violão e canto; do dançarino clássico Caíque Silva e de apresentação de dança Russa. E no dia 24 de maio, o evento contará com apresentação de dança italiana e um belíssimo fado e - claro! - com muita poesia. Participe você também! Apresente seu trabalho, lance seu livro, dance, cante e, de quebra, faça lindas amizades. Maiores informações: doroty.dimolitsas@uol.com.br

A partir da esquerda, Celso Azevedo (fotógrafo), Calia Abila (secretária da Poemas a Flor da Pele), Lydia Venturelli (cantora) e Dora Dimolitsas

Momento de Confraternização: Dora Dimolitsas e a escritora Sônia Imammura brincam com um exemplar do “Sem Fronteiras”


8

GENTE QUE FAZ DIFERENÇA NO MEIO CULTURAL NA VITRINE DESTA EDIÇÃO: ISIS BERLINCK RENAULT Divulgação

Divulgação

Recebendo a “Médaille d’Or de l’Académie des Arts Sciences et Lettres de France” em Paris

Divulgação

Recebendo o “Troféu Interarte”, na categoria de “Melhores Livros Infantis”, em Goiás Divulgação

Divulgação

Palestrando sobre o seu livro “Venha Passear Comigo”, onde a autora retrata aspectos sociais e culturais da Bahia, com linguagem adequada às crianças Divulgação

Ladeada pela Presidente da Literarte, Izabelle Valladares e sua irmã Iris Berlinck, Conselheira da Literarte, no momento do recebimento do “Troféu de Literatura Cláudio de Souza” Com o escritor Ariano Suassuna, que a recebeu antes de uma palestra para troca de informações

I

sis Berlink Renault é Pisicóloga, Artista Plástica formada em desenho e pintura pelo Instituto de Belas Artes e Escritora Pós-graduada em Literatura Infantojuvenil pela Universidade Federal do RJ. É, também, esposa, prestes a completar 60 anos de casada, mãe, avó e, sobretudo, uma mulher de sucesso. Nascida em São João del Rei (MG) e residente na capital do Rio de Janeiro, Isis, com a ajuda, orientação e apoio de sua maior divulgadora, a irmã Iris Berlink, leva a cultura brasileira aos quatro cantos do mundo, conseguindo, assim, divulgar a cultura de nosso país. Por feitos como este, e pelos belos resultados adquiridos em suas criações, Isis coleciona títulos, medalhas e premiações extremamente importantes e merecidas. Mas é modesta, diz que não são tantos assim, pois o que gosta mesmo é e compartilhar, se expressar e poder fomentar a cultura. Isis possui fino trato ao se expressar. É muito elegante e educada, o que a faz uma das figuras mais queridas do meio. Quem a conhece e observa a sua discrição, não imagina que ela possui cargos de grande importância como Diretora da Academia Brasileira de Belas Artes (uma honra para poucos), Membro da “Société Académique D’Éducation et D’Encouragement de France - Arts-Science-Lettres”, Comendadora Grande Mestre da Associação Brasileira de Desenho e

Artes Visuais, Membro do Conselho Deliberativo da Sociedade Brasileira de Belas Artes, e por aí vai. É constantemente convidada a pertencer às mais importantes instituições culturais e é acadêmica de inúmeras Academias de Letras e Arte no Brasil e exterior. Mas, mesmo sendo adepta à discrição e elegância, Isis não passa despercebida. Ela faz realmente a diferença. Como Artista Plástica, possui em seu currículo várias exposições de artes individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Realizou exposições individuais em locais de grande respeito e importância, tais como: Espaço Cultural da Câmara dos Deputados Brasília (DF), Palácio Pamphili – Embaixada do Brasil em Roma, Espaço Cultural do Superior Tribunal de Justiça em Brasília (DF), Espaço Cultural da Imprensa Oficial de Minas Gerais, Espaço Cultural do Ministério das Finanças e Administração Pública em Lisboa e Centro Cultural Brasil-França, na Galeria François Mansar de Paris. Sua arte é cheia de expressão. Como retratista, informou que teve a honra de retratar grandes vultos e destaca: Dr. Juscelino Kubitschek de Oliveira - Presidente do Brasil, S.A.I.R. Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança - Chefe da Casa Imperial do Brasil, Ministro Américo Luz - Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Dr. Paes de Andrade - Embaixador do Brasil em Portugal e Presidente Tancredo Neves - Presidente eleito do Brasil. Já foi uma dos trinta artistas escolhidos pelo Comitê Paraolímpico do Rio de Janeiro e a Sociedade Brasileira de Belas Artes para fazer parte do lº Salão Paraolímpico de Artes. Teve uma de suas obras estampada em bilhetes da Loteria da Caixa Econômica Federal

TROFÉU VISÃO: MAIS UMA REALIZAÇÃO DE SUCESSO DE ECY JÚNIOR

O

“Troféu Visão” já abrilhantou as noites de Araruama com muito glamour e requinte em três versões anteriores, premiando um total de 115 profissionais e certificando 345 profissionais, empresas, instituições e realizações, que contribuíram para o desenvolvimento sócio-econômico da Região dos Lagos. A próxima edição do evento será realizada em setembro de 2013 e já está em processo de organização, convocando artistas plásticos para participarem do concurso que escolherá o modelo do Troféu da próxima edição. A proposta do “Troféu Visão 2013” é premiar todas as classes profissionais, através do trabalho realizado no município de Araruama. A temática deste ano girará em torno da autora de teatro infantil, Maria Clara Machado e dos inesquecíveis

personagens de suas peças, sendo o tema: “O mundo encantado de Maria Clara Machado”. A premiação do melhor profissional/empresa/instituição ou realização é entregue aos três maiores indicados através de pesquisa realizada entre profissionais ligados a determinadas áreas e com o aval final da imprensa regional. O Troféu Visão possui o resultado final divulgado apenas na noite do evento, através de envelope lacrado. Durante o evento, haverá exposição das obras dos indicados na categoria Artes Visuais (Pintura, Escultura, Desenho, Fotografia, etc.) e apresentação “in loco” das “performances” dos artistas indicados na área musical e de dança, intercalados durante o cerimonial. A organização geral do evento está mais uma vez a cargo do competente Promoter Ecy Júnior, respeitadíssimo por sua eficiência em produções detalhadas e de bom gosto, através de som, iluminação, decoração e cenário, recepção, segurança e serviços de Buffet. Tudo sempre com muito requinte e com a presença de personalidades, empresários e mídia. Este evento contará com o total apoio e cobertura completa da Rede Sem Fronteiras. Os artistas que desejarem participar do Concurso para a escolha do novo “design” do troféu visão, deverão solicitar o regulamento pelo e-mail: ecybempertodaqui@gmail.com

Com a escritora Maria Clara Machado, durante a FLUPP – Festa Literária Internacional das UPPS, onde ela distribuiu gratuitamente o livro “Era uma vez uma sandália”

sob o título “Exposição Artes Plásticas”. E foi convidada para participar do Salão Nacional de Belas Artes do Museu do Louvre, em Paris. Resumindo, recebeu durante todos esses anos várias medalhas de ouro, Troféus de Melhor Obra do salão e já foi convidada como júri artístico. Como escritora, é autora dos livros infantojuvenis Venha Passear Comigo, Rosinha Conta-Histórias e Era uma vez uma sandália (versão em inglês e português) e foi coautora de dezenas de antologias ao longo de toda a sua carreira. Todos lançados em Bienais e grandes feiras do setor, com a presença dela sempre autografando com graça, atenção e carinho. Isis já ganhou concursos e troféus literários por sua obras publicadas. Essa parte literária é um encantamento para Isis, que participou de seminários, “workshops” e oficinas da Secretaria de Educação e Cultura do RJ, do Departamento de Letras da Pontifícia Universidade Católica (PUC) e da Biblioteca Nacional do Ministério da Cultura. Fez cursos de Criação Literária e Produção de Textos para crianças na Estação das Letras do Rio de Janeiro, no Atelier Vila das Artes, no Curso de Criação Literária do Prof. Airo Zamoner e do Professor Cairo Trindade. Por isso, é gabaritada e constantemente convidada para palestrar, ministrar oficinas, fazer encontro para contação de histórias e bate-papo com os leitores. Por tudo isso, Isis é gente que faz e faz diferença em nosso meio cultural. Isis Berlinck Renault é a grande Dama das Artes e Letras e merece todo o nosso respeito e homenagem. Para contato com a artista: isis.renault@terra.com.br

CONHEÇA OS LIVROS DE CONCEIÇÃO SANTOS Conceição Santos é formada em Letras - Português e Italiano pela UFRJ e Pós-graduada em Literatura Italiana e Linguística Aplicada. Leciona Língua Portuguesa na FAETEC. Recebeu inúmeras premiações e é associada de várias instituições culturais, como Literarte e Recanto das Letras, bem como é acadêmica de diversas Academias de Letras e Artes. Conheça um pouco mais da escritora em: conceicaosantos.recantodasletras.com.br

Miscelânea Poética

(Litteris Ed.: Quártica Premium – 136 páginas – R$25,00) Palavras, sonhos, lembranças, emoções. Uma soma generosa de palavras que povoam um livro que se permite ser herança de um tempo, de um desejo especial, perpetuando instantes únicos. Cada uma das poesias que fazem parte de Miscelânea Poética traduz uma mulher em todas as suas fases,

suas valiosas recordações, tesouros do coração. À venda na Livraria e Site Saraiva Mega Store NorteShopping.

Parece que foi ontem (Editora Livre Expressão – 104 Páginas – R$15,00)

Este livro, destinado a um público leitor de todas as idades, está dividido em duas partes: contos e poesias. Nos contos, ele traduz, com fidelidade e emoção, os fatos mais marcantes e inesquecíveis das peripécias vividas por quatro inseparáveis adolescentes: Rosa, Cristina, Sônia e Fátima. Toda essa peripécia parece que foi ontem... Já nas poesias,

não se tem personagens definidas, pois elas representam a emoção de cada um dos seus leitores. À venda na Literarte e valladaresbooks@yahoo.com.br


9

O II SACI 2013 ESTÁ CHEGANDO-PARTICIPE!

Por Dr. José Gonzaga

Marlene Fonseca O Presidente da ALAB, José Gonzaga, entregando a homenagem ao Patrono Martinho da Vila, neste ato, representado por seu filho Martinho Jr.

Marlene Fonseca

Momento de uma das apresentações da Filarmônica Rio Branco

Sérgio Quissak Panorama do salão do evento, com parte do público presente

Marlene Fonseca

Marlene Fonseca

A escritora Zilda Pires e seu esposo, durante a Feira Literária

Marlene Fonseca

Panorama de parte da Exposição de Artes Plásticas Marlene Fonseca

A Artista Plástica Thereza Theodora e sua obra em homenagem ao SACI

Tendas que abrigaram os movimentos culturais. Na foto, “Os Anaquintas” Marlene Fonseca Apresentação do Show de Superação da APAE Búzios, presidida por Angela Barroso

Centro Gastronômico Internacional Porto da Barra, de dia – Local do II SACI

D

iante do imenso trânsito de participantes do I SACI2012, com uma afluência superior a 1.500 pessoas, a ALAB – Academia de Letras e Artes Buziana - fará novamente Búzios transpirar cultura no sofisticado “Centro Gastronômico Internacional Porto da Barra”, onde será realizado o II SACI - Semana de Artes e Culturas Internacionais de 24 a 26 de Maio de 2013. Desde 2012, o I SACI faz parte do Calendário Oficial da Secretaria Municipal de Turismo e de Eventos Culturais de Armação dos Búzios, uma península, onde convivem, em total harmonia, comunidades de pessoas oriundas de mais de 55 nacionalidades, classificada em 2012 como sendo o quinto destino do turismo internacional no Brasil e premiada por ser o melhor destino de sol e praia do mundo, graças às suas belezas naturais e reconhecida hospitalidade, bem como à excepcional repercussão da cidade na área cultural e literária desta região e de nosso país, com penetração e reconhecimento também internacional. O II SACI acontecerá na romântica Armação dos Búzios, a

Centro Gastronômico Internacional Porto da Barra, de noite – Local do II SACI

cidade mais cosmopolita do Brasil. Novamente, pretendendo contar com apoio total do poder executivo de todos os membros da ALAB, para realizar o evento, que teve a primeira edição mais bem organizada que a cidade já teve notícias. Esperamos comparecimento ainda maior que o de 2012, quando pessoas da cidade, públicos oriundos de 16 estados brasileiros e de outros países, poderão, outra vez, homenagear as Artes da Cultura local e Internacional. O I SACI foi idealizado pelo entusiasmado Presidente José Gonzaga e realizado pelo corpo acadêmico da ALAB, orientados pela dinâmica Acadêmica Diretora Dyandreia Portugal. Nesta II edição, entre outras, teremos as seguintes atividades: * Cerimônia Oficial de Posse Acadêmica; * Entrega do Troféu e Medalha “Destaque do Real Gabinete Português da Cultura Internacional SACI/ALAB 2013”; * Ciclo de Palestras Acadêmicas; * Concerto da campeã MEC/GLOBO, Filarmônica Rio Branco; * Tendas e Lojas, abrigando as Culturas Internacionais presentes;

* Feira Literária com lançamentos; * Tribuna para apresentações livres de escritores, artistas, músicos, etc.; * Resultado do Concurso de Conto; * Lançamento da I Antologia da ALAB; * II Concurso Infantojuvenil ALAB de Desenho; * Shows de Danças Folclóricas Internacionais; * Apresentações Artísticas; * Show da Superação da APAE – Búzios; * Show de variedade com a Companhia Circolo de Criação; * Exposição de Artes e Literatura coordenado pela ABD... Tudo isso e muito mais! A ALAB já é conhecida por ser uma excelente anfitriã, levando tudo o que há de melhor ao meio cultural com custo zero. Por isso, participe! Monte sua caravana! Programe-se! As inscrições são absolutamente gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail: alab@mar.com.br A Programação Oficial, bem como todas as informações sobre a logística, local, hotéis, restaurantes credenciados, etc. poderão ser observadas no blog oficial do evento: http://culturalbuzios.blogspot.com.br Obs.: Para o recebimento do material de credenciamento, é imprescindível que a inscrição seja feira com antecedência. O evento contará com a Rede Mídia Búzios, Revista, Rádio & TV, que transmitirá ao vivo todas as atividades do II SACI 2013 para o mundo, através de toda nossa www. sarcsi.com (Super Associação da Rede Cultural e Social Internacional, Via Internet), Rede Mídia Sem Fronteiras e os Jornais: “Primeira Hora”, “O Pescador”, “Fala Sério”, Midia PMAB e “Ponto de Vista”.


10

CONCURSO CULTURAL LITERARTE – 2012

O

“Concurso Cultural Literarte 2012” premiou, entre seus associados, 8 escritores com a publicação de seus livros e 4 artistas plásticos com a impressão de suas obras em capas de livros. O objetivo do concurso foi estimular a produção e divulgação das obras de escritores e artistas plásticos, instituindo possibilidades infinitas de promoção e abrindo uma porta do mercado editorial aos estreantes e ao trabalho dos artistas plásticos já consagrados. Isso tudo absolutamente sem custo, uma vez que nem as inscrições tiveram taxas pagas. Foram vencedores na categoria literatura: Isis Berlinck Renault, Beto Brocken, Vera Lúcia Fávero Margutti, Regina Restello, Vicência Jaguaribe, Eritânia Brunoro, Valéria Victorino Valle e Silvana Borges. Na categoria Artes Plásticas: Arlete Trentini dos Santos, Janes Barwinski, Marcia Vince e Silvana Borges. Em fevereiro, na cidade de Fortaleza (CE) aconteceu o lançamento do 5 º livro entregue: “Histórias sem o era uma vez”, de autoria de Vicência Jaguaribe e o livro da ALAF - Academia de Letras e Artes de Fortaleza, com a capa da artista premiada Janes Barwinski, que retratava a paisagem da linda cidade de Jericoaquara, cartão postal do turismo mundial. Os lançamentos foram realizados na Livraria Nobel no Shopping Aldeota e contou com os autores da Antologia que contribuíram com seus textos para o sucesso da obra. Estiveram presentes no lançamento: a Presidente da ALAF - Ariza Souza e seus acadêmicos e muitos convi-

Por Izabelle Valladares

dados da autora Vicência Jaguaribe, que vendeu mais de 100 exemplares esgotando o acervo da livraria no dia. Foi uma tarde harmoniosa e descontraída, onde muitos autores tiveram a oportunidade de recitar seus poemas e confraternizar. A Literarte inova mais uma vez, trazendo até seus associados possibilidade de promoção, sem investimento financeiro. O “2º Concurso Cultural Literarte - 2013” já encerrou suas inscrições e a Literarte está prestes a divulgar os vencedores. Revelar novos talentos e promover a literatura lusófona a nível internacional, são propósitos deste ano. Fique ligado às atividades da Literarte, associe-se e faça parte desta família você também.

Divulgação

Escritores e Artistas Plásticos se confraternizando durante os lançamentos dos livros. Sentada, a Presidente da Literarte, Izabelle Valladares Divulgação

Divulgação

A escritora Vicência Jaguaribe e seu livro “Histórias sem o era uma vez”

Janes Barwinski autografando o livro que possui a sua obra na capa

1º FESTIVAL DE CONTOS DO RJ: PARTICIPE! Por Izabelle Valladares

Praia do Forte, cartão postal da Cidade de Cabo frio, a sede do evento

O

Rio de Janeiro já merecia um festival internacional de contos. A Literarte - Associação Internacional de Escritores e Artistas - inspirada em festivais de contos internacionais, põe em marcha um projeto de difusão, discussão e fomento, exaltando assim um dos gêneros literários mais populares e lidos por todas as classes: o conto. A narração oral adquiriu novo impulso ao profissionalizar-se e conquistar seu próprio espaço e seu público próprio. Hoje, podemos dizer que as raízes da tradição renascem em sua forma artística com propostas de alta qualidade estética e de conteúdos. Os contos continuam a abrir caminho por serem uma forma de expressão popular, econômica, afetiva e criativa. Envolvem toda a sociedade, porque estimulam a imaginação. São elementos de conversação, oral e ou escrita que, em geral, levam as vozes muito além das comunidades de origem, chegando aos mais longínquos rincões internacionais. Em suas insinuações, coerentes ou contraditórias, não há dúvida de que contribuem para o debate cultural. Em sua primeira edição, a Literarte prepara uma grande festa de encontro do contista com seu leitor. Cabo Frio, cidade não apenas linda, mas sustentável e historicamente rica, será o palco deste grande espetáculo. Apostando na nova geração de escritores brasileiros para promover um novo olhar sobre o conto, o festival promete. Vai dar ainda maior visibilidade a uma arte profundamente humana, incrementando, ao mesmo tempo, a vocação humanística de uma cidade que tem sido historicamente o ponto de chegada e de partida para todas as culturas do mundo. Vai estimular o surgimento de novas propostas por todo o território nacional e consolidar as já existentes, resultando no fortalecimento do imaginário individual e coletivo, que pertence a esta nossa cultura viva, que muito tem para dizer e muito para ouvir. O Grande Convidado de Honra será o escritor Ariano Suassuna, Acadêmico Imortal da ABL, que já confirmou oficialmente a sua presença e que virá a Cabo Frio especialmente para o Festival. Sua presença, sem dúvida, será um grande presente para os participantes. O Festival também promoverá um Concurso Literário e os 20 contistas escolhidos participarão de um livro que será lançado durante o festival. Na ocasião, haverá feira literária, lançamentos diversos, debates, etc. Os pontos altos do evento, além da releitura dos contos premiados no livro do festival, será a conferência virtual “Book in a Box”, com o Story Doctor e Agente Literário -reconhecido Internacionalmente - James MacSill, e a “Oficina Conto e Pronto de criação Literária”. Para participar do “1º Festival de Contos do RJ” é muito fácil. Basta entrar no site oficial do evento: http://festivaldecontosliterarte.com.br e cadastrar-se. A inscrição é gratuita e vai até dia 30 de abril. Todos os participantes receberão certificado de participação ao final do evento. No site, o participante também encontrará o regulamento para o concurso, a programação completa e ainda as demais informações para facilitar a sua participação. Não perca a oportunidade de participar deste maravilhoso encontro!

O Convidado de Honra do festival: Ariano Suassuna

MAIS UM SUCESSO DE EBER JOSUÉ

R

As crônicas do Forte - (Editora PerSe – 102 páginas)

esenha: Diante de uma belíssima praia e rodeado por altos morros, repousa solenemente o Forte da Brigada, a sede de uma base militar como outra qualquer. O que muitos ignoram são os misteriosos e fantásticos acontecimentos que rondam por ali, envolvendo os seus integrantes. E que ali, vestindo a mesma farda dos demais, existem alguns jovens e intrépidos cabos e soldados prontos para cumprir qualquer tipo de missão, afrontando os mais desconhecidos males, sob comando supremo do capitão Marcelo, supervisão do cabo Henrique e ordens irrestritas do cabo Ariosi. Divirta-se, mergulhando no dia a dia dos valorosos militares que, pela ousadia, com a mesma dose de responsabilidade quanto de humor, mereceram ficar conhecidos como “Os Bravos do Forte”.

Para contato com o escritor: eberjosueh@gmail.com


11

PRÊMIO LITERARTE DE CULTURA 2013 SERÁ REALIZADO EM FOZ DO IGUAÇÚ Por Dyandreia Portugal

A

pós o grande sucesso do “Prêmio Literarte de Cultura 2012”, realizado na cidade de Curitiba (PR), a segunda edição do evento surge com a mesma garra e energia. Este ano, a cidade escolhida para sediar o Final de Semana Cultural foi Foz do Iguaçu, nos dias 17, 18 e 19 de maio e conta com a organização geral da Presidente da Associação, Izabelle Valladares. Idealizado pela LITERARTE - Associação Internacional de Escritores e Artistas - a outorga é uma grande homenagem a todos aqueles que brilharam durante o ano de 2012 no cenário cultural e tem, como objetivo central, reconhecer e trazer a público as melhores iniciativas culturais, tendo como critério: talento, criatividade, empreendedorismo, respeito, companheirismo e apoio cultural. Com este Prêmio, a LITERARTE reconhece, distingue e premia a quem se destaca em nossa sociedade com excelência na gestão de suas carreiras, contribuindo assim, efetivamente, para o desenvolvimento cultural e, consequentemente, socioeconômico de nosso país. Todo o final de semana cultural será realizado no Hotel Bella Italia e contará com uma programação intensa com recepção aos homenageados com sensacional Noite Italiana e música ao vivo, a Cerimônia Oficial de entrega do prêmio, Exposição de Artes Plásticas, Feira Literária com Sarau poético, Café Colonial e muitos passeios turísticos. Os Artistas Plásticos e Escritores que desejarem que seus currículos sejam avaliados pela Comissão de Análise dos Premiados, deverá enviar seu material urgente para: diretora@grupoliterarte.com.br. Maiores Informações: www.literarte.info/foz/

LITERARTE LEVA ESCRITORES E ARTISTAS PARA A EUROPA EM OUTUBRO

Por Mayra Soares

A

Literarte – Associação Internacional de Escritores e Artistas, seguindo a máxima de que deve criar possibilidades para que seus associados possam divulgar suas criações sem barreira geográficas, estará no mês de outubro levando uma caravana de Escritores e Artistas Plásticos para várias atividades na Alemanha e Áustria. As atividades começarão dia 10 de outubro, na Alemanha, na “Feira do Livro de Frankfurt” (http://www.buchmesse.de/de/), que é a maior e mais importante feira do setor editorial no mundo, sendo realizada desde 1949. Nesta edição, o país convidado de honra será o Brasil e, por isso, a Literarte não poderia deixar de ter um stand, proporcionando oportunidade aos escritores brasileiros e associados de todo o mundo. As inscrições para lançamentos no stand já estão abertas pelo e-mail: atendimento@grupoliterarte. com.br. Em seguida, a Literarte segue para a Viena, na Áustria, para uma série de atividades culturais realizadas em parceria com a ABRASA – Ponto Brasileiro de Cultura na Áustria (http:// internationalabrasa.com/#/home/), presidida por Queila Rosa. A ABRASA firmou parceria durante a primeira viagem da Literarte à Europa, para a realização de um projeto em conjunto para 2013. A ABRASA, todos os anos, realiza em comemoração ao Dia da Criança e do Professor, atividades culturais, fortalecendo a integração de brasileiros que moram na Áustria com o restante do mundo, partindo do incentivo à leitura e arte criativa, não somente para crianças como também adultos e, por isso, desenvolve o projeto “Saberes Criativos – Feira de Exposição Intercultural de Literatura, Arte e Educação Áustria 2013”. A Feira traz mostras de livros e obras de arte, bem como seminários, oficinas, painéis, brincadeiras e debates sobre formas possíveis de maior inclusão do idioma português no cotidiano das crianças e os métodos a serem utilizados nesta perspectiva. Este projeto será realizado em total parceria com a Literarte, através de sua Presidente

Divulgação

Divulgação

A estátua de ouro de Johann Strauss, no Stadtpark

Alte Oper em Frankfurt, Alemanha Divulgação

Palácio de Schönbrunn (Palácio de Sissi) em Viena, Áustria

Izabelle Valladares e de sua Conselheira de Honra Dyandreia Portugal. Para que a associação possa concentrar todos os seus esforços nesta que será uma grande realização, o “Prêmio Literário 2013” da Literarte que aconteceria em Brasília (DF), foi cancelado para proporcionar uma maior possibilidade de montagem de caravana

de brasileiros viajando até aquele país. Para que o maior número de pessoas possam ter a possibilidade de usufruir desta maravilhosa experiência. Os escritores e artistas, além de lançarem seus livros e participarem da “Exposição de Artes Plásticas Saberes”, poderão participar de mostras de leitura, do projeto Catavento, das Mesas de Debates sobre educação e cultura, do momento “Apresentação de autores”, do Lançamento do “Catálogo Literarte – Europa”, do Jantar de Gala, em Castelo, com a entrega do “Troféu Literário e Artístico ABRASA”. E ainda assistir às performances artísticas e musicais. Tudo isso e muito mais. Informe-se! Programe-se! Participe da Caravana e valorize seu currículo com atividades culturais internacionais. Para maiores informações e para obter o regulamento da exposição, acesse: http://mostrasaberes2013-austria.blogspot.com.br/. A Literarte ainda esta fechando parcerias para a passagem por PRAGA para que os escritores e artistas ainda tenham mais uma atividade curricular a ser inserida na oportunidade. Em breve, maiores informações.

ROSELI HÜBLER INOVA COM A TRIOLOGIA “ANDARILHOS DO TEMPO” “Amores em Conflito” - Andarilhos do Tempo II

“Andarilhos do Tempo”

(Editora: Léon Denis Gráfica e Editora – 260 Pág)

(Editora: Viena Gráfica Editora – 184 pág)

R

oseli R. É advogada, pós-graduada, Artista Plástica e Escritora. Observa as verdades do universo para que lhe proporcionem a fé raciocinada que tanto divulga. Sua trajetória pelo mundo das letras iniciou-se em 2008, depois de receber uma mensagem espiritual onde se comprometeu a escrever três romances direcionados para os iniciantes nas questões espirituais e vem se estabelecendo desde então: “Andarilhos do Tempo”, “Amores em Conflito (Andarilhos do Tempo II)” e “O Peso do Silêncio” (Andarilhos do Tempo III). Este último a ser lançado brevemente. Nestes romances, a autora enfatiza o quanto a vida de cada um faz parte de um todo maior. A cada capítulo, as peças vão se ajustando não só dentro de uma lógica terrena, mas sob a perspectiva de uma regência cósmica que a tudo visa equilibrar. Assim, estão presentes temas como egoísmo,

arrogância, desamor, injustiça, orgulho, lado a lado com ânsia de crescimento espiritual, compreensão gradativa da lei física de ação e reação e a mensagem de que, unidos pela compreensão e boa vontade, seremos muito mais dignos de nós mesmos e, por fim, de Deus. Ao estruturar estes romances, a autora quebrou o paradigma da forma convencional ao inserir, entre alguns capítulos, o que chamou de “reflexão”, expandindo seu papel de narradora e tornando-se uma amiga que, conosco, pondera sobre temas tão relevantes. Com a sua tarefa cumprida audaciosamente, explora a universalidade em que vivemos e com este tema imensamente intrigante escreve atualmente “Fronteiras da Vida”, onde a humanidade universal atua através de seus conhecimentos e limitações e os utiliza tanto para o bem como para o mal.

Conheça mais Roseli R. em: www.roselihubler.blogspot.com e www.roselihubler. recantodasletras.com.br e adquira seus livros: roselihubler@via-rs.net


JC BRIDON E ARLETE TRENTINI UM CASAL DE PESO NO MEIO CULTURAL Divulgação

Por Dyandreia Portugal

Divulgação

Divulgação O Casal JC Bridon e Arlete Trentini autografando durante a FLIPOÇOS

O Casal com Izabelle Valladares em evento cultural de gala em Paris, a cidade luz! Luis Gustavo

Em Paris, o casal prestigia a Exposição de Artes Plástica que Dyandreia Portugal participa na Galeria Everart

Divulgação

Divulgação

JC Bridon sendo entrevistado para o Programa de TV Sem Fronteiras Divulgação

Divulgando a literatura brasileira nos EUA: Arlete Trentini e JC Bridon na Times Square, em NY, durante intervalo das atividades culturais

O Casal durante a Cerimônia Solene de Posse da Academia de Letras e Arte de Fortaleza Divulgação

O Senador Cristovam Buarque ladeado por Arlete Trentini e JC Bridon

N

otável pode ser sinônimo de melhor, de sucesso, de brilho. Mas é, sobretudo, coragem. Quando ouvimos a palavra “Notável”, temos a sensação de grandeza, de excelência intelectual, de determinação. Idéias que nos vêm à mente como brotam as sensações mais naturais quando pensamos em JC Bridon. Um poeta, que tem uma história forte de vida, de lutas, de vitórias e de amor. JC Bridon é o pseudônimo de Júlio César Bridon dos Santos, nascido no dia 29 de agosto de 1943. Tem como berço a cidade de Gaspar, no Estado de Santa Catarina, Brasil. Poeta e escritor há mais de 20 anos, tendo já publicado onze livros. Entre suas mais brilhantes participações, destaco algumas atividades realizadas no ano passado que impulsionaram ainda mais essa já consagrada carreira. Trata-se do “Salón Du Livre de Paris de 2012”, onde lançou seu livro e foi paparicado pelos leitores presentes, da “Bea – Book Exposicion de New York – 2012”, onde ele foi procurado por vários editores e a participação na “22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo”, onde lançou o seu último romance “O ILUMINADO”. JC Bridon é Comendador da ALG - Academia de Letras de Goiás Velho, Delegado da ALAV – Academia de Letras e Artes de Valparaíso-Chile, Membro das Academias: ARTPOP- Academia de Artes de Cabo Frio-RJ, ALAF – Academia de Letras e Artes de Fortaleza, ANBA – Academia Niteroiense de Belas Artes e da ANLPPB – Academia Nacional de Letras do Portal do Poeta Brasileiro. É ainda associado da LITERARTE – Associação Internacional de Escritores e Artistas e da UBE – União brasi-

Arlete Trentini autografando durante lançamento em Fortaleza

leira de Escritores. Costuma dizer as máximas: “Luto e lutarei sempre pela preservação da natureza e por tudo de belo que nela existe”, “Educação é a base sólida de um povo culto” e “Podem me impedir de escrever mas, de pensar, jamais”. Mas nós aqui do “Sem Fronteiras” queremos que ele pense e escreva! Dizem que atrás de todo grande homem, há uma grande mulher. Mas aqui neste caso a mulher esta ao lado e conquistando tantas vitórias quanto o seu marido. Refiro-me a esposa de JC Bridon, a querida e talentosíssima Arlete Trentini. Arlete tem como sua maior característica a delicadeza, educação e carinho em cada ato. Artista plástica delicada e escritora infantil que encanta a muitos. Arlete tem quatro filhos e quatro netos. Nasceu em Dona Emma (SC), em 16 de maio de 1952. É casada com o poeta JC Bridon desde 1969. Em óleo sobre telas, se expressa pintando flores. Participou de inúmeras exposições de artes plásticas. É Autora do livro infantil “Histórias da Vovó Arlete” e é coautora de dezenas de livros em prosa e verso. Diz matreira: “Na vida digo que sou aprendiz de tudo. De cozinheira, bordadeira, enfermeira à borralheira. Pinto telas, faço artesanatos. Sou uma mãe e avó de bem com a vida.” Arlete é acadêmica e membro das mesma instituições que o marido. Juntos, participam de tudo ativamente. No dia 23 de agosto de 2012, em Sessão da Câmara de Vereadores do município de Gaspar, foi aprovada, durante a 38ª Reunião ordinária, no 2º Período Legislativo da 16ª Legislatura, a MOÇÃO DE CUMPRIMENTOS E DE APLAUSOS nº 30/2012, concedido ao casal, pela relevância e

destaque que os dois possuem mundo literário, levando o nome do Município de Gaspar, muito além de suas fronteiras territoriais. As conquista de um, é o alicerce do outro. Em maio os dois participarão de três importantes eventos culturais que dignificarão ainda mais as suas já brilhantes carreiras. Um será Cerimônia Solene de Outorgas das Altas Insígnias da “Divine Académie Française des Arts Lettres et Culture”, no RJ, onde os dois tomarão posse em mais uma academia internacional. Participação também, em Minas Gerais, do respeitado e tradicional evento de Eustáquio Félix, o “Personalidades Notáveis”, onde Bridon receberá o “Troféu Pedro Aleixo” e Arlete o “Troféu Cecília Meireles”. E para fechar o mês de maio, participarão, em Foz do Iguaçu, do “Prêmio Literarte de Cultura”, onde todos os dois receberão os troféus pelos desempenhos adquiridos em suas carreiras ao logo do último ano. Precisa ou não ter fôlego para acompanhar a vida cultural deste casal? As viagens realizadas em 2012 para o exterior foram conquistas profissionais dos dois que comprovaram bastante essa energia de viver, de fazer e compartilhar a cultura. Eu tenho acompanhando nos últimos anos o crescimento profissional, e diga-se de passagem, cheio de conteúdo, desse incrível casal, que já há algum tempo tenho a honra de chamar de “amigos”. Estive com eles em alguns países da Europa, onde participamos juntos de vários eventos culturais, como por exemplo, a doação de livros no Consulado da Suíça, onde o casal foi recebido pelo Embaixador Ernesto Rubarth que ficou encantando com o trabalho deles. Na ocasião, estivemos também em Paris, onde o

casal concedeu uma entrevista exclusiva ao meu programa “Sem Fronteiras com Dyandreia Portugal” e eu pude mostrar ao público as nuances de duas carreiras fabulosas. O programa quando foi transmitido pela TV foi um grande sucesso e em breve será disponibilizado pela WEB TV para que todos possam assistir. Definitivamente a Região Sul de nosso país esta muitíssimo bem representada culturalmente. Devido a tudo isso, foi com grande expectativa que eu fiz o convite para JC Bridon ser o “Colunista Correspondente da Região Sul” aqui em nosso jornal. E para mim, ele ter aceitado foi motivo de honra. Ao aceitar, JC Bridon Transformou-se no primeiro colunista correspondente de uma Região em nosso jornal. JC. Bridon é ativo e tem acesso livre aos mais importantes eventos culturais de sua região e por isso ter alguém em quem confio e com a experiência comprovada para falar da cultural de sua região para o resto do mundo, aqui em nosso cantinho, será de fato fabuloso. A Coluna foi batizada por ele de “VITRINE LITERÁRIA DO SUL”. Um nome absolutamente adequado para quem tem perspectivas de falar de tudo o que ocorrer nas cidades da região como arte, música, encontros, eventos e, sobre tudo, literatura. Na página ao lado veja uma pequena mostra do que vem por ai nas próximas edições. Tenho certeza que irão gostar muito. JC Bridon, seja muito bem vindo ao nosso time! Conheça mais um pouco do casal em: http://www.bridon.prosaeverso.net/ e http:// arletesan.blogspot.com/ E para contato: bridon@terra.com.br e arletesan@terra.com.br

contato@redesem


Abril/Maio 2013

13

VITRINE LITERÁRIA DO SUL Por JC Bridon

Feira do Livro de Joinville 2013 A “Feira do Livro de Joinville” acontecerá de 05 a 14 de Abril no Centro de Exposições Edmundo Doubrawa. Reunirá escritores consagrados e personalidades da cultura nacional, além de lançamentos. A cada ano, a feira cresce e ganha mais visibilidade, passando já a fazer parte da rota de grandes eventos literários do Brasil. Em 2013, o evento chega à sua 10ª edição, com uma programação especial voltada para o público jovem, contando com a participação de escritores internacionais e nacionais, além de apresentações culturais, seminários, oficinas, contação de histórias, cinema, teatro, entre outras atrações.

Feira Do Livro De Jaraguá Do Sul (SC) “6ª Feira do Livro de Jaraguá do Sul – SC”, acontecerá na Praça Ângelo Piazera, de 29 de maio a 8 de junho. Durante esse período, a Praça será invadida por milhares de personagens e suas histórias e o mundo encantado dos livros estará ao alcance de todos. O destaque da Feira é a “Vila da Leitura”, um espaço com infindáveis metros quadrados que abrigam exposições, livros e histórias. O evento aposta na diversidade e traz autores para todos os gostos e idades. Entre os convidados especiais, destaque para Roseana Murray e Ziraldo.

Notícias do Artista Plástico e Poeta Donato Ramos, de Floripa Em abril, acontecerá a “Feira do Livro de Florianópolis”. Os participantes serão os integrantes do “Consórcio Somar” e das Associações e Academias de Letras. O Artista Plástico e Poeta Donato Ramos, de Floripa, fará uma exposição, durante todo o mês de abril no espaço Cultural Rita Maria, na Capital Catarinense, a última exposição pública dos seus quadros, telas, desenhos e rabiscos. Sucesso ao amigo Donato!

Divulgação

Divulgação

Diário Catarinense

Donaldo Ramos declama. Ouvem atentos: Heralda, Remaclo e Jurema

Panorama da Feira de 2012

Homenagem a: J. Afonso J. Afonso é um artista plástico que vem a cada dia despontando e representando muito bem o estado de Santa Catarina a nível nacional. O artista, que reside de Xanxerê, tem recebido inúmeros reconhecimentos por sua Arte e participações em importantes eventos culturais nas principais capitais brasileiras. Desta vez, ele O Artista Plástico J. Afonso recebeu, na Câmara Municipal de Niterói (RJ), a “Medalha da Ordem do Mérito Histórico Maria Quitéria”, medalha registrada no Conselho Nacional de Heráldica sob o n° 714.26/2013 outorgada pela Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes - FEBACLA. J. Afonso, ao receber a comenda, relatou: “O Artista está sempre criando, procurando transformar o que há de mais belo na vida, o amor e o sentimento, através da leitura visual. Esta Medalha Maria Quitéria me enche de orgulho e felicidade e compartilho com todos este momento feliz.” Nossos parabéns ao grande artista! Eventos de Milton Pantaleão – Caxias do Sul e Região: Uma realização da Alpas 21, Cruz Alta (RS), em parceria com a Editora Alternativa, Porto Alegre (RS), está agitando o meio cultural do Sul. Trata-se de duas antologias. Uma tem por título “Sonhos sem Fronteiras” e como personagem homenageada, a escritora argentina Maria Cristina Drese. A segunda obra é a próxima coletâda obras “Sonho Sem nea da Alpas, denominada Capa Fronteiras” “Transparências”, em que a homenageada será a escritora Maria Elena Vizzotto. A equipe já está trabalhando para a sua organização. Os autores de ambas as coletâneas participarão de sessão de autógrafos na “Feira do Livro de Porto Alegre”, a maior a céu aberto da América Latina, em novembro deste ano. E, mais uma vez, esse colunista que lhe escreve, JC Bridon, participará de ambas as antologias. Sucesso a todos os envolvidos!

mfronteiras.com.br

Os Escritores, convidados especiais: Roseana Murray e Ziraldo

Anair Weirich - Uma escritora que sabe fazer sucesso estrada afora, vendendo seus livros de porta em porta Anair Weirich, de Chapecó (SC), é uma guerreira. Há mais de quinze anos na estrada, ela tornou-se bastante conhecida em Santa Catarina pela sua incansável rotina de viagens pelo estado comercializando livros - tanto seus quanto de colegas escritores. Participante de inúmeras feiras, divulgadora da cultura literária catarinense. Conheça um pouco mai de Anair em: literaturacatarinense.com.br ou anairweirich.blogspot.com

A Escritora e Poetisa Neida Rocha Neida da Costa Rocha, conhecida como Neida Rocha, nasceu na Vila Harmonia, em Canoas (RS), dia 1º de fevereiro de 1954. Atualmente, promove o “Concurso Literário Letras Atuais” (Conto, Crônica e Poema) – Edição 2013. Dia 11 de abril lançará o novo livro de Poesias “Amor de Alma”, na cidade de Pomerode (SC), onde reside atualmente. Conheça um pouco mais de Neida Rocha em: www.neidarocha.com.br.

Divulgação

Divulgação

Neida Rocha (da direita) em ação educacional Anair Weirich declamando com toda a sua emoção

Evento Cultural “Facamolada” Numa noite bem agradável, a convite da Comissão organizadora, participamos, na cidade de Blumenau (SC), da 7ª Edição do Evento “FACAMOLADA”. O evento aconteceu no Teatro Municipal Carlos Gomes, no dia 22 de março. Estiveram presentes diversos artistas, poetas e escritores que, juntamente com o Duo Baixo e Voz, formado por Sérgio Pereira e Marinove Lovo, do Rio de Janeiro, abrilhantaram ainda mais o evento, que contou principalmente com a participação da Juventude Blumenauense, declamando seus poemas e textos.

Divulgação

Apresentações musicais


14

O

GALERIA CAFÉ COM ARTE É INAUGURADA EM MACAÉ

Por Mayra Soares

cenário cultural macaense ganhou um novo brilho. Trata-se da “Galeria Café com Arte”, que foi inaugurada em grande estilo no dia 15 de março, com destaque pela exposição “Asas para Sonhar”, das artistas plásticas Beatriz Mignone (Bia) e Silvana Borges. A exposição percorreu a cidade de São Paulo no ano passado com grande sucesso de público e repetiu a dose no dia da inauguração da galeria. O novo empreendimento abre espaço para exposição das Artes Plásticas, proporcionando aos moradores de Macaé uma programação cultural de qualidade, ajudando a impulsionar a produção artística do município. O novo espaço é decorrente do empenho e total apoio da artista plástica Beatriz Mignone, do Bia Atelier, concretizando mais uma proposta cultural. O espaço expositivo conta com 120 m2, e foi projetado com iluminação e climatização adequadas, em área nobre, em frente à Praia dos Cavaleiros, um dos locais mais promissores de Macaé, próximo à grande rede hoteleira que atrai empresários e turistas. No local, foi criada uma área reservada para um café, oferecendo iguarias exclusivas, agregando mais um valor ao espaço.

O Café funciona diariamente de 9h às 20h; aos sábados e domingos, das 9h às 13h, com um excelente café da manhã e atendimento de primeira. Paralelamente ao Café e à galeria, o espaço contará com um serviço de Curadoria de Artes, prestando assessoria às exposições, além do Escritório de Artes, que orientará os clientes na seleção de obras para seu acervo. Com este movimento, a “Galeria Café com Arte” não visa simplesmente a comercialização e exposição, mas promover novos talentos, divulgar artistas, bem como integrar as várias áreas da expressão artística com lançamentos de livros, saraus culturais, fazendo o espaço também proporcionar convivência e reflexão, estabelecendo novas ações, seja na produção acadêmica ou popular da Arte Brasileira. “A arte é uma expressão tão diversificada quanto o público ao qual se destina e, por isso, a Galeria Café com Arte está de portas abertas ao novo”, frisou a artista e empresária Beatriz Mignone. Maiores informações para agendamentos de exposições ou organizações de eventos culturais: (22) 2773-4720 ou galeriacafecomarte@hotmail.com.

SILVANA BORGES BRILHA EM PORTUGAL

P

or falar em Silvana Borges, a pintora brasileira com raízes na freguesia de Lamosa, Conselho de Sernancelhe - Portugal, esteve na terrinha e ofereceu em outubro passado, à Biblioteca Municipal Abade Vasco Moreira, o livro “Art Gallery in Brazil”, da autoria de José Carlos Gomes, publicação onde a artista é destacada ao lado de dezenas de pintores que compõem o panorama da arte atual em Terras de Vera Cruz. Na ocasião, ela ofereceu também o livro “Elas Pintam... Elas Pensam!”, organizados por essa jornalista e Izabelle Valladares e que contam com 45 talentosas co-autoras e que esta prestes a continuar a percorrer o mundo com seu segundo volume. O Presidente da Câmara Municipal, José Mário Cardoso, recebeu a artista e seus pais com grande alegria e

Divulgação

Divulgação

As artistas Plásticas e amigas Beatriz Mignone e Silvana Borges na noite da inauguração

COM MAIS DE 60 EXPOSIÇÕES REALIZADAS, “GRUPO ÁGUA” NO ESPÍRITO SANTO!

E Silvana Borges ladeada por seus pais, Lucília e Eduardo Silva, à esquerda e por José Mário Cardoso (Presidente da Câmara Municipal de Sernancelhe) e Carlos Silva Santiago (Vereador da Cultura)

ressaltou a importância da integração entre os países através de seus filhos mais ilustres. Arquiteta de formação, Silvana Borges é apaixonada pela fauna brasileira, que retrata com inquestionável rigor e expressividade em suas telas. Além de participar da Bienal Internacional do Livro, autografando algumas antologias que participou, Silvana realizou a exposição individual “Asas para Sonhar” na JAM-Jardins, foi catalogada no catalogo “Consulte Arte”, e participou das exposições internacionais: XVII Circuito Internacional de Arte Brasileira (Budapeste/Hungria/Holanda /Brasil) e da Feira Internacional de Arte Contemporânea (Paris/Madri/New York). Parabéns a talentosa artista!

CHEGOU A REVISTA DIGITAL Por Juliana Oliveira CONSULTE EXTRA

A

equipe da Editora Publitime – do Grupo Roma que lançou com grande sucesso, no final do ano passado, o livro “ConsulteArte – Roteiro das Artes Plásticas”, está a todo vapor e cheia de novidades. Há mais de 25 anos no mercado editorial, a Publitime mantém-se com excelência no segmento artístico, buscando sempre inovar com publicações de sucesso e qualidade para seus clientes, de todo o Brasil. Por isso, está no ar a primeira edição da “Revista Digital Consulte Extra”! Assim como em todas as suas publicações, a equipe Publitime está encantando os seus leitores com a revista digital, pois está inovando, trazendo conhecimento, muitas novidades do universo artístico e despertando uma nova perspectiva da arte nos quatro cantos do Brasil. Acesse a primeira edição e encante-se também: http://www.readoz. com/publication/read?i=1054783#page1 Solicite maiores informações para participar da “Revista Digital Consulte Extra” ou do livro “ConsulteArte – Roteiro das Artes Plásticas”. As inscrições para a participação dos próximos exemplares já estão abertas. (11) 3081-7575 / contato@ consultearte.com.br / www.consultearte.com.br

Divulgação m 2007, um grupo de artistas plásticos, por iniciativa própria, tomou a resolução de, através de seu instrumento de trabalho, promover uma manifestação de expressão artístico-sócio-cultural sem fins lucrativos. Nasceu assim o Grupo Água, formado por Denise Moraes, com a exposição “Direitos da Criança”, no artistas de oito estados do Espírito Santo Brasil. As obras possuem Divulgação dois temas que dizem respeito ao ser humano e suas relações: “Água” e “Direitos da Criança”. As exposições estiveram nos principais espaços educacionais e culturais separadamente em mais de 60 localidades no Brasil e, no ano de 2012, estiveMoraes com a obra desta editora, na exposição “Água” ram juntas pelos espaços Denise no Espírito Santo. A você querida, os meus agradecimentos culturais do Espírito Santo pelo carinho e empenho sob a curadoria da artista plástica Denise Moraes. A abordagem de diferentes temas da atualidade tem por objetivo promover a interação entre artistas e público com a realidade que nos cerca, levando para todos uma reflexão do papel de cada um na sociedade ao tratar de temas significativos para todos. Atualmente, os artistas expositores são: Beatriz Mignone, Cida Monteiro, Denise Moraes, Dyandreia Portugal, Elaine Freitas, Heloisa Roessing, Isabel Souza, Márcia Bührer, Márcio Camargo, Marlene Vasconcelos, Nancy Rabello, Rosaly Gripp, Rose Stelmasçuk, Silvana Borges, Teonice Rosa e Tulia Campelo. Nosso Agradecimento a todos aqueles que nos apoiaram nessa inesquecível jornada! Estamos pintando um Brasil diferente! Veja mais em: www. grupoagua.webs.com

QUEM PODE VER TERESA?

E

Por Dyandreia Portugal

De Eloisa Helena, com ilustrações de Nequitz (Editora Literarte – 80 páginas)

loisa Helena Cavalcanti é Bibliotecária do MPRJ. Sempre conviveu com os livros, mas sua paixão sempre foi o Teatro. Com 11 anos, fez sua primeira peça infantil “Bigorrilho e a Princesinha de Ouro”. Estudou Biblioteconomia na USU e se formou como atriz pela Faculdade da Cidade. Quando adolescente, escrevia poesias, diários. O livro “Quem Pode Ver Teresa?” é sua primeira obra editada pela Literarte e contou com ilustrações da artista plástica e amiga Nequitz. Foi escrita em formato para série de TV, cuja impressionante sinopse é a seguinte: Claudio, 26 anos, sobe de carro para Teresópolis com a família, vai ser padrinho de casamento do amigo. Na estrada, dá carona a uma jovem de 22 anos, Teresa. Aquele final de semana promete ser revelador para a vida desse rapaz. Criado pela mãe, Marcia, é muito apegado ao Tio Jô; viveu uma vida cheia de mentiras e proteção absurda da mãe, tudo por amor. O passado volta para cobrar o lugar da verdade que não pode ser escondida para sempre. Virginia, namorada do Tio Jô, na verdade não é só um ser humano, parece estar entre o mortal e o anjo. Teresa, a jovem que encantou Claudio, já está morta há mais de 20 anos e a mãe de Claudio contribuiu para isso. Para adquirir a obra ou maiores informações sobre a autora: eloisahelena@globo.com / (21) 88571956. Maiores informações sobre a ilustradora: nequitz@gmail.com


15

V ENCONTRO ANUAL FAZENDO “ARTES EM BÚZIOS” É REALIZADO COM GRANDE SUCESSO Por Dyandreia Portugal

F

oi realizado no dia 29 de março o “V Fazendo Artes em Búzios”, o já tradicional encontro cultural idealizado e organizado pela competente Sônia Imammura. Sônia é carioca, cidadã buziana, produtora cultural, escritora e acadêmica das mais importantes Academias do país. A dedicação de Sonia faz dela uma figura ímpar. Ela deixa, por onde passa, a marca da determinação e entusiasmo pelo ativismo cultural. O Encontro Anual aconteceu desta vez no “Espaço Cultural Circolo de Criação”, na Lagoa da Brava. Foi realizado em parceria com a “Associação Poemas à Flor da Pele”, da não

Luiz Gustavo

Celso Azevedo

Celso Azevedo

A bela apresentação de Vivia Mares e Thiago Marques

A partir da esquerda: Sônia Imammura, Dyandreia Portugal, Doroty Dimolitsas e Sôninha Porto Divulgação

Celso Azevedo

Grupo “Poemas a Flor da Pele” apoiando o evento

menos competente Sôninha Porto, uma figura queridíssima. Durante o evento, tivemos: Recital de Poesias, Exposição de Artes, Música com Marcos Assumpção, Vivia Mares e Thiago Marques. Performance de José Antonio Mendes. Apresentação do Núcleo de Dança Odília Cuiabano, Dança Cigana com Ingrid Brito, Claudia Almeida e uma emocionante apresentação de dança com os assistidos da APAE, sob supervisão de Angela Barroso. Por fim, a homenagem à Escritora gaúcha Vany Campos, que foi representada por sua filha Iara Pancini. A entrada foi gratuita, mas recolheu-se alimentos não perecíveis para a “Casa da Mulher de Armação dos Búzios”. Estiveram presentes nomes como: Doroty Dimolitsas, Célia Abila, Sol Figueiredo, Marcos Sodré, Deth Hakk, Marcelo França, Afonso Estabenez,

Jorge D. Barbosa declama, interagindo com o público presente, durante o lançamento da Antologia Luiz Gustavo

Luiz Gustavo O Programa “Sem Fronteiras” faz a cobertura do evento e entrevista a organizadora Sônia Imammura Divulgação

A Músicas de Marcos Assumpção embalaram todos os momentos Dyandreia Portugal recebe a família (a partir da esquerda): Janete Verri, Lêda Cury e Marita Portugal

digna com este projeto, levando todos os escritores e artistas a um crescimento pessoal, afetivo e intelectual. No mês de maio, ela participará, levando a Antologia, do “27º Salon International du Livre Et de La Presse de Genève”, o que demonstra que seu trabalho está ultrapassando fronteiras. Para maiores informações a respeito do próximo Encontro ou Antologia, contacte: (22) 9101-6029 e soniamimamura@hotmail.com Para maiores informações sobre a Editora Somar, contacte: somareditora@gmail.com

Ingrid Brito com sua linda Dança Cigana

Ana Luiza Conceição, Jorge D. Barbosa, Maria Helena de Castro, Silvia Araújo Motta, Telma Moreira, Celso Azevedo, Samara Imammura, Marcos Assumpção e muitos outros! O evento contou com os seguintes apoios: Papelaria de Búzios, Cyber Call, Restaurante do David, Restaurante Buzin, Restaurante Salsa, Restaurante Barceloneta, UP! Comunicação Visual, Restaurante Shalon, Pousada Cheiro de Vida Guest House, Condomínio Imamura – Alfradique. O Programa de TV “Sem Fronteiras” fez a cobertura completa do evento, gravando programa no local. No dia 30, na Pousada Cheiro de Vida Guest House Brava, aconteceu o lançamento do segundo volume da Antologia “Poetas Fazendo Arte em Búzios” (Editora Somar de Porto Alegre), organizada por Sônia Imammura, com orelha de Dyandreia Portugal e Magali Oliveira e prefácio de Patrícia Neme. Participaram 46 autores de várias localidades brasileiras totalizando 272 de páginas de pura emoção e poesia. Devido à sua qualidade e ao grande sucesso, a Antologia “Poetas Fazendo Arte em Búzios” está se transformando em coleção, pois chega ao seu segundo volume, já com grande repercussão. Isso se deve ao fato de sua organizadora ser uma guerreira que não se deixa abater pelas dificuldades que a Cultura de nosso país insiste em nos impor. Sônia não conhece limites, pois tem a energia do amor em seu coração e a garra da esperança. Fazer a união de talentos e proporcioná-los na - nada mais, nada menos que a - linda e exuberante cidade de Armação do Búzios como cenário deste inenarrável encontro cultural, é simplesmente extraordinário, assim como, de fato, é a nossa organizadora. Sônia vem construindo uma história

Divulgação

Os participantes se confraterniza ao final do lançamento


16

MARIA ARAÚJO DESPONTA COMO REFERÊNCIA CULTURAL Por Dyandreia Portugal

M

João de Deus

aria Araújo é casada. Tem filhos, netos e sua história de vida é cheia de surpresas e superações. Formada e pós-graduada, conta com um acervo de homenagens, medalhas, diplomas e moções recebidas das mais importantes instituições brasileiras e internacionais. Estudiosa, curiosa e determinada, hoje é reconhecida e respeitada por seu talento no meio cultural, tanto nas Artes Plásticas, como na Literatura. O Rio de Janeiro foi o berço para a carreira já reconhecida nacionalmente e também no exterior, onde já lançou livros e participou de mostras com suas obras. A partir da próxima edição deste jornal, contaremos com o nome dela nome no time de colunistas. Vamos conhecer um pouco mais desta brilhante aquisição na entrevista que ela concedeu ao “Sem Fronteiras”:

Com Carla Camurati durante o lançamento do livro a Livraria Travessa

SF = Qual foi seu primeiro contato com as Artes Plásticas e em que momento sentiu a necessidade de se expressar como artista? Divulgação

MA = Realmente, a artista é feliz com suas obras, mas meu lado artístico também está ligado à gestão e produção cultural, por conseguinte, está voltado para o marketing e se meu trabalho está sendo visto e elogiado pela mídia, me impulsiona a continuar. SF = Soubemos que tem um grande e desafiante projeto a ser realizado em Vargem Pequena, no Rio de Janeiro. Já pode nos adiantar alguma coisa sobre isso? MA = Sim, nesse momento minhas energias estão voltadas para aquela região, com pesquisas nas áreas da cultura e, paralelamente a isso, tenho um projeto de criação de um grande e diversificado espaço cultural. Desejo que seja um espaço voltado para acultura em geral, onde possa ser realizado o encontro de professores, artistas, músicos, escritores, etc., um verdadeiro espaço para o intercâmbio cultural. As obras já iniciaram, mas ainda temos uma grande jornada pela frente. Em breve, darei mais notícias sobre este projeto. SF = Você foi convidada para assinar uma coluna neste jornal, o que nos deixa muito lisonjeados, mas você poderia adiantar sobre o que pretende falar com os leitores do “Sem Fronteiras”? MA = Eu agradeço a você querida Dyandreia, editora deste jornal, e a “Rede Sem Fronteiras”, a oportunidade de me comunicar com um público tão abrangente. Minha proposta é falar sobre minhas pesquisas e trabalhos, trocar ideias sobre cultura e desenvolver, junto com o público, metas para este espaço cultural ao qual já me referi. Espero que os nossos papos sejam relevantes para esse público tão especial. Divulgação

Maria Araújo ladeada pelas filhas Aline Araújo (a esquerda) e Marcia Romão, durante o lançamento do livro no Hotel George V em Paris

MA = Sempre gostei de pincelar, criar minhas obras e me apaixonar por minhas esculturas, rabiscar, desenhar vestidos e fazer moldes para os modelos que crio, mas nunca me imaginei em uma exposição. Foi através de um convite do Sr. Mario Capelluto, do Saber Cultural, que realmente comecei a expor meus trabalhos, coloquei minhas obras em várias galerias e fiquei surpresa com a aceitação dos curadores e do público. SF = Sabemos que quem tem a sensibilidade para as Artes, muitas vezes, acaba se expressando através da Literatura também. E isso acabou acontecendo com você. Como aconteceu o processo da escrita em sua carreira?

Divulgação

O Casal Rui e Maria Araújo no Jockey Clube de SP

Maria Araújo palestrando sobre arte e literatura para crianças em escola Divulgação

Capa do Livro “Palais Seabra”

MA = Fui fazer uma pós em Gestão e Produção Cultural. Meu TCC foi sobre Patrimônio Histórico. Então, me aprofundei na Arquitetura Eclética, que foi o fio da meada para incluir imigração e identidade cultural. Neste trabalho final do MBA na FGV, minha orientadora - Bianca Freire Medeiros - me aconselhou a editar o livro. Ela gostou muito do conteúdo histórico e, a partir daí, comecei a publicar os meus escritos. SF = O seu livro “Edifício Seabra” foi um sucesso de crítica e vendas. Fale-nos um pouco dele e da personalidade que lhe serviu de inspiração para seu trabalho. MA = O livro “Edifício Seabra”, tem como foco o Patrimônio Histórico Cultural, neste contexto. O prédio é um exemplo do ecletismo arquitetônico; uma manifestação típica recorrente do Rio de Janeiro nas primeiras décadas do século XX. Ele é um documentário histórico desse período. Seria impossível em tão pequeno espaço, falar na família Seabra. Eles mudaram o perfil urbano, foram pioneiros na exportação de tecidos de algodão, na criação de cavalos puro sangue, entre outras coisas. Nelson Seabra foi uma personalidade que merece ter sua memória cultivada para sempre. SF = É sabido que você é constantemente citada na mídia. Já teve matéria ou foi citada nas Revistas “Veja”, “Caras”, no Jornal “O Globo”, dentre tantas outros. Como vê a importância de poder divulgar seu trabalho? Compartilhar experiência e conhecimento é o caminho?

O livro “Palais Seabra” é matéria da “Revista Veja”

JANES BARWINSKI GANHA CONCURSO E TEM SUA OBRA ESTAMPADA EM CAPA DE LIVRO Por Juliana Oliveira

A

Artista Plástica e Escritora Janes Barwinski foi uma das vencedoras do “Concurso Literarte de Cultura”, onde cada vencedor ganharia a publicação de um livro ou a colocação de sua arte na capa. Esse Concurso teve o objetivo de incentivar e divulgar a produção das obras dos associados da entidade. Janes concorreu na categoria Artes Plásticas - com quase 400 participantes inscritos - e foi uma das quatro vencedoras desta categoria, apresentando, assim, um excelente desempenho. Desta forma, teve uma de suas obras retratadas na capa da “4º Antologia Poética da Academia de Artes e Literatura de Fortaleza”. Durante o lançamento ressaltou: “Não pude me conter de tanta alegria ao receber a notícia de que um livro de uma Academia de Fortaleza seria lançado com a minha obra na capa. Senti-me duplamente premiada. Fazer parte de um projeto junto com representantes da capital do estado brasileiro que, em minha opinião, possui as mais belas praias do Brasil, não poderia ser mais gratificante. Afinal, foi essa beleza deslumbrante que despertou a artista plástica em minha

alma. A obra da capa é minha homenagem a uma das praias mais encantadoras que já tive o prazer de conhecer: Jericoacoara (CE)” Janes Barwinski nasceu em Curitiba (PR), é graduada em Ciências Econômicas e pós-graduada em Orçamento e Finanças Públicas. Reside em Brasília (DF) e trabalha na área de educação superior. É acadêmica da ALAB – Academia de Letras e Artes Buziana e da ALAVAcademia de Letras e Artes de Valparaiso (Chile). Associada à Literarte e ao Portal Art Club. É artista plástica, autodidata, adepta ao estilo acadêmico, utilizando a técnica OST. Participou de várias exposições coletivas nacionais e internacionais, conseguindo excelentes resultados e premiações. Como escritora, já participou de inúmeros livros como coautora. As surpresas não param de acontecer quando a pessoa é talentosa. Devido a este acontecimento profissional, Janes foi convidada a tomar posse na Academia de Artes e Letras de Fortaleza. A cerimônia já aconteceu e hoje, orgulhosa, Janes representa mais um talento imortal para aquela instituição. Parabéns, Janes Barwiski!

CONHEÇA A COLEÇÃO MARGARIDA DRUMOND DE ASSIS Romances, poesias, crônicas, roteiro de cinema e outros gêneros literários

“Aconteceu no Cárcere”

(3ª ed. - romance, 240 págs. R$ 25,00) Paula e Inácio são apaixonados, mas ele vai preso e ela tudo faz para reencontrá-lo. O método é convincente, envolvendo o leitor mediante estímulos narrativos em dinâmica crescente, reservando-lhe espaço nos planos da emoção e da mente para a criatividade conclusiva.

“Dom Luciano, especial dom de Deus” (2ª ed. - documentário biográfico, 1.032 págs. R$ 80,00) O livro nos apresenta um Dom Luciano Mendes de Almeida que brilha com sua luz na constelação das grandes estrelas que iluminam a Igreja e o mundo em nossa época.

“Padre Antônio de Urucânia, a sua bênção” (5ª ed. - documentário biográfico, 240 págs. R$ 25,00) Esta obra é a história de Padre Antônio Ribeiro Pinto e suas bênçãos milagrosas na intercessão de Nossa Senhora das Graças.

Margarida Drumond de Assis é jornalista e professora, autora de 14 livros, entre romances, poesia, crônicas e outros gêneros literários. O romance “Aconteceu no Cárcere”, já roteirizado para o cinema, aguarda a produção. Conheça um pouco mais da autora em: www.margaridadrumond.xpg.com.br Contatos: (61) 81229005/ 92525916 ou margaridadrumond@gmail.com


17

ABD A TODO VAPOR COM OS SALÕES DE ARTE E LITERATURA

Por Dyandreia Portugal

E

m fevereiro, dando início às atividades do ano, aconteceu no Forte de Copacabana o VII Salão de Artes Plásticas e Literatura da ABD – Associação Brasileira de Desenho e Artes Visuais e Forte de Copacabana. A Cerimônia de Premiação possuiu a maciça presença dos artistas, escritores e seus convidados. Além da premiação com Medalhas e Troféus, alguns artistas tornaram-se Comendadores da Ordem da ABD. Na ocasião, a Comendadora Marly recebeu das mãos da Diretora da ABD, Dyandreia Portugal, que também é Conselheira de Honra da Literarte, o Diploma de Moção de Congratulação e Aplausos da Literarte. Todos os momentos foram registrados pelo fotógrafo Duarte, Fotógrafo Oficial da ABD. Aqueles que desejarem adquirir o registro do evento poderão entrar em contato com ele pelo e-mail: jlduartefoto@hotmail.com Em março, foi a vez do Salão ser realizado no Museu Naval. Em abril e maio, excepcionalmente, a ABD realizará dois salões por mês, com desconto para os participantes dos dois. Em abril, um acontecerá na Biblioteca do Exército, no Palácio Duque de Caxias, e o outro em Petrópolis, no Centro Cultural Raul de Leone. Já em maio, um acontecerá no Museu Militar Conde de Linhares e o outro na cidade de Búzios, durante a II SACI, Semana de Culturas e Artes Internacionais (já divulgada aqui nesta edição), que esta muito badalada e aguardada. A ABD é presidida pela querida Comendadora Marly Bárbara e realiza Salões mensais, divulgando e ressaltando o artista e escritor brasileiro. Para participar dos Salões é muito simples: basta se cadastrar para receber os regulamentos em casa, ou mensalmente solicitar por e-mail o envio através do: marlybarbara@ig.com.br, fazer sua inscrição, enviar sua obra e comparecer (ou solicitar representação) na Cerimônia de Premiação. Todos os Salões possuem premiações permitindo assim que o artista e o escritor possam criar conteúdo de qualidade em seus currículos. Em 2014, a ABD estará completando 70 anos e, como

Duarte

Cerimônia de Premiação: Mesa Presidencial. A partir da esquerda composta por Marly Bárbara, Vera Rodrigues, Sandra Erci, Rafael Gutteres, Dyandreia Portugal, Marilda dos Reis e Roberto Souza

Divulgação

Panorama de parte do salão principal com o público presente

Duarte

Dyandreia Portugal entrega a Homenagem da Literarte à Comendadora Marly Barbara

Duarte

A Comendadora Marly Bárbara ladeada por suas Diretoras Vera Rodrigues (que também é Vice Presidente da Ordem do Mérito) e Dyandreia Portugal

parte das comemorações, fez parceria com a Editora ArtClub no projeto de um belíssimo livro comemorativo. Será um livro (28 x 30) organizado por José Carlos da ArtClub, responsável pela criação dos mais lindos livros do meio artístico. Os artistas poderão participar com: Pintura em Tela, Esculturas, Artesanato, Cerâmica, Pintura em Porcelana, etc. E os literatas poderão publicar suas criações em prosa e verso. Junto com o livro, será publicada também a Agenda ABD. Participe desta publicação histórica e entre definitivamente para os anais da ABD. Maiores informações: (31) 3553-1021 ou contato@portalartclub.com.br

MONICA ROCHA SE DESTACA FAZENDO DA ARQUITETURA, ARTE E POESIA

M

onica Pinto da Rocha é carioca, nascida em 1968. Formada em Arquitetura pela Universidade Santa Úrsula, em 1990. Desenvolve projetos executivos de interiores, presta consultoria para reformas residenciais, comerciais e escritórios e, sobretudo, decoração. Trabalhou com vários arquitetos e decoradores cariocas e, também, na organização do evento Casa Cor, no Rio de Janeiro. Possui experiência em design de móveis e marcenaria sob medida. Monica, como também é artista plástica e poeta, insere em seu trabalho toda a sensibilidade de artista. Isso faz dela uma profissional de destaque e com grande diferencial. Como poeta, publicou o livro “Poesia Urgente”; teve alguns poemas premiados e editados em antologias poéticas. Em 1993/96 frequentou o curso de Escultura no Atelier Marly Faro – Atelier Barro Oco – no Rio de Janeiro e vem se dedicando às Artes Plásticas desde 2004, fazendo cursos de pintura com os artistas plásticos Luiz Ernesto, Suzana Queiroga, José Maria D. da Cruz e Lia do Rio. Aprimora-se também fazendo cursos de História da Arte com Viviane Matesco, Arte e Filosofia com Anna Bella Geiger e Fernando Cocchiarale e Colagem com Lia do Rio, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro. Monica é, sem dúvida, uma artista bem atuante. Participou de inúmeras exposições coletivas nacionais e internacionais e já realizou várias Exposições Individuais em lugares de bastante expressão, como Shopping da Gávea, Clube dos Caiçaras, Villa Riso, Galeria de Arte da FESP, Centro das Artes de Nova Friburgo, Galeria Cândido Portinari, na Inspetoria do CREA de Niterói, Espaço Cultural Stroke em Parati etc. Entre seus trabalhos, destacamos as incisões sobre papel e todo o trabalho desenvolvido com esse material. A artista tem como busca uma nova forma de “pintar”. As cores resistem e permanecem, marcam presença, embora de forma sutil. Por todo esse desempenho, Monica tem ganhado inúmeras Meda-

Divulgação

Divulgação

Obra da artista em AST, com 40x40 sob o título: “Vaivém II”

Divulgação

lhas, Homenagens do meio cultural e Premiações como “Prêmio Literarte de Cultura 2012”, da Associação Internacional de Escritores e Artistas. Conheça um pouco mais do trabalho de Monica Rocha em: www.monicarocha.arq.br Para contato com a profissional: mpr.rj@globo.com ou (21) 2535-2770 / 9811-2275

ANTOLOGIA ASAS DA LIBERDADE (Editora Literarte - 200 Páginas)

A

palavra escrita faz pensar. E quando esse exercício vai além-fronteiras... é perfeito! Desta vez, a Literarte – Associação Internacional de Escritores e Artistas organizou a Antologia “Asas da Liberdade” e vai até o Chile, país parceiríssimo da Associação, e do qual a presidente Izabelle Valladares é íntima, uma vez que é responsável pela Delegação Brasileira da Academia de Letras e Artes de Valparaíso daquele país. A Literarte sempre proporciona uma integração intensa entre os artistas e escritores dos países. Desta forma, este é mais um projeto primoroso e realizado em prol dessa união e da divulgação cultural, com prefácio de Dyandreia Portugal. A apreciação do que é registrado nesta obra ressalta o talento e a vocação literária dos indivíduos que refletem seus sentimentos através da escrita. Um a um, através dos versos e prosas, eles vão galgando ideias, descortinando horizontes e descobrindo, muitas vezes, o oásis da imaginação. E isso tudo é feito com muita liberdade, tal qual o título do livro nos remete. Ao tomar conhecimento de cada criação, o leitor pode perceber o cuidado que a organização teve em selecionar valorosos talentos para participar deste livro. Afinal, uma antologia cumpre muito bem o papel na difusão da literatura, buscando apresentar um conjunto de obras e de autores com propósitos de inserção no meio cultural. Portanto, além de tudo, ela cumpre uma função também social, quando consegue fazer chegar o material ao público leitor. Esse trabalho, então, vai além de divulgar: congrega as partes, fomenta a cultura. Os participantes aqui apresentados saem do papel diretamente para os braços dos leitores de forma indelével e, mais ainda, vão do Brasil ao Chile, do Chile ao Brasil, em fração de segundos, integrando raças, movimentos, atitudes em cumplicidade. O lançamento oficial acontecerá na FLIPOÇOS – Feira Literária de Poços de Caldas. Para adquirir um exemplar, contacte: editora@grupoliterarte.com.br


18

J

JACQUELINE AISENMAN FAZ DO VARAL DO BRASIL UM PROJETO DE MUITO SUCESSO

acqueline Aisenman é brasileira de nascimento e suíça por adoção. Reside em Genebra há mais de vinte anos. É uma apaixonada pela vida, pela arte, mas, principalmente, por papel, caneta e inspiração (e por que não dizer, computador também!). Foi Diretora dos Museus Anita Garibaldi e Casa de Anita em Laguna (SC) e Diretora do Departamento de Cultura da cidade; foi colaboradora de vários jornais em Santa Catarina como redatora e revisora. Foi fundadora e redatora do jornal “O Manifesto”, de curta, mas intensa vida. Na Suíça desde 1990, trabalhou como funcionária internacional na Missão Permanente do Brasil junto à ONU durante quase quinze anos. Foi também funcionária de banco privado. Em 2009, resolveu dedicar-se de corpo e alma à escrita. Fundou - e até hoje edita - a revista literária digital e o site “Varal do Brasil” fazendo uma ponte de palavras entre o continente europeu e o Brasil. Tem em seus sites e no blog os seus meios de expressão na internet. É membro do Grupo de Escritores Lagunenses Carrossel das Letras, representante na Suíça da Rede Brasileira de Escritoras (REBRA); membro da União Brasileira de Escritores e Sociedade Poetas Del Mundo. Membro da Academia de Letras de Teófilo Otononi (MG) e da Academia de Artes de Cabo Frio (ARTPOP). Embaixadora Universal

Por Dyandreia Portugal

da Paz pelo Cercle des Ambassadeurs Universels de la Paix (Genebra, Suíça) e Delegada da UBT (União Brasileira de Trovadores). É também Conselheira Internacional da LITERARTE. Já editou vários livros: “Pedaços de Mim e Coisas Assim”, “Muito Mais do que Solidão”, “Coracional”, “Entre os Morros da Minha Infância”, “Poesia nos Bolsos”, “Lata de Conserva”, “Varal Antológico 1 e 2” (como participante e organizadora), “Palavras para o seu coração” e “Briga de Foice”. Possui - além do www.varaldobrasil. com - o certaslinhastortass.blogspot.com.br e o www.coracional.com. O Site Varal do Brasil é um sucesso reconhecidamente nos quatro cantos do mundo e seus objetivos são divulgar, mostrar, fazer desabrochar a Literatura. Sua maior ferramenta trata-se de uma revista eletrônica em PDF. Jacqueline costuma dizer: “Somos tantos a escrever e muitas vezes sequer mostramos para alguém dentro de nossa própria casa. Deixamos fluir nossas emoções, nosso olhar sobre a vida e guardamos tudo. Por medo, vergonha, baixa estima, deixamos de compartilhar com as outras pessoas nosso sonho ou simplesmente nossa maneira de ver e sentir a vida.” O Varal do Brasil existe justamente para reverter isso e criar possibilidades. É “um projeto literário sem frescuras”, como Jaqueline gosta de frisar. É um

Divulgação

Divulgação

Jacqueline Aisenman recebe a vista do Embaixador do Brasil em Genebra, Ernesto Rubarth, durante o salão do Livro do ano passado

Capa do livro “Varal Antológico 3”

Jacqueline Aisenman: A Criadora com algumas criações

espaço democrático e de todos. No Varal, todos são importantes. São dois os requisitos apenas para a participação: escrever em Português (por enquanto!) e com o coração (sempre). Independente do local onde more o escritor. A participação é gratuita. O objetivo é a divulgação da língua portuguesa e também dos escritores. A revista, em formato PDF, além de ser distribuída ecologicamente por email, é também colocada em sites, blogs e redes sociais. E não para por aí: o Varal também possui um blog: varaldobrasil. blogspot.com.br. No Blog, o internauta encontra as novidades do Varal (Revista, Livraria, Selo Editorial) e também os autores que participam do site. Além disto, o blog é um espaço para divulgar eventos, acontecimentos, resenhas de livros, discos, biografias etc.

Atualmente, o Varal do Brasil está trabalhando em quatro projetos bem delineados: *A Revista Literária, que é bimestral, em formato PDF e distribuída por e-mail, através de sites, blogs e redes sociais; *As coletâneas Varal Antológico. O volume 3 terá seu lançamento em maio, no Salão de Genebra, e as inscrições para o volume 4 serão abertas em julho; *O Stand do Varal no “Salão Internacional do Livro e da Imprensa de Genebra” (www. salondulivre.ch/fr/). Um ponto de encontro de escritores brasileiros e portugueses, onde os autores poderão autografar e interagir com escritores de todo o mundo e * O concurso cultural “1º Prêmio Varal do Brasil de Literatura - 2013”, com a finalidade

Capa da edição de fevereiro da “Revista Varal do Brasil”

da divulgação da Língua Portuguesa e da arte literária mediante premiação das melhores obras dentro do proposto no seu regulamento. Por tudo isso, a “Rede Mídia de TV e Jornal Sem Fronteiras” e Jornal apoia oficialmente o Projeto Varal do Brasil e sua Presidente Jacqueline Aisenman, a quem muito admira.

Escreva, participe! Peça a agenda de atividades, o regulamento do Concurso ou a Revista Varal do Brasil pelo e-mail: varaldobrasil@gmail.com Confira no quadro abaixo a agenda de autógrafos do Stand do Varal do Brasil no Salão do Livro.


19

A 1ª BIENAL DO MEDITERRÂNEO DEU A LARGADA

Por Dyandreia Portugal

Divulgação

A

1ª Bienal do Mediterrâneo do Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais de Minas Gerais – InBrasCI (MG), foi idealizada por sua Diretora Cultural Nilze Monteiro, com o apoio da Governadora Andréia Donadon Leal, como projeto itinerante, com início em Lisboa, cidade da bacia do Mediterrâneo, integrando as atividades comemorativas do Ano do Brasil em Portugal. Trata-se de um projeto inovador, que está unindo governos nacionais, municipais e associações culturais, para realização de importante Exposição de Arte e Literatura Internacional no ano de 2013. O evento visa promover a valorização do patrimônio artístico de cada região participante, colocando-a, ao mesmo tempo, em um panorama internacional que favoreça o intercâmbio de ideias nas diversas áreas relativas às Artes e Literatura, difundindo valores, hábitos e costumes da consciência coletiva da nossa época. Nesta primeira edição, a Bienal passará por três cidades, fazendo do evento um movimento cultural itinerante. O Convento dos Cardaes, em Lisboa (Portugal) foi escolhido para a abertura da Bienal porque é uma das poucas estruturas pré-pombalinas A Diretora Cultural e idealizadora geral do Projeto Nilze Monteiro Nesta primeira edição da Bienal, estão participando 34 artistas de existentes que mantém a originalidade dos conventos barrocos do século XVII. Mistura a talha dourada, pinturas, azulejos e mármore. vários lugares do mundo, na categoria Arte e Literatura. Sãos eles: Abadia França (Minas Gerais, Brasil) Além de possuir um raro acervo de arte sacra, conservado ao longo Andréia Donadon Leal (Minas Gerais, Brasil) dos séculos pelas irmãs Dominicanas que habitam a edificação. Andreia Rosa (New Jersey,USA) No local, acontecerá o Vernissage e a Cerimônia de Premiação Antonio Oliveira Filho (New York, USA) do evento, que serão entregues pessoalmente pela Governadora Carlos Salgado (Distrito de Ilha da Madeira, Portugal) Andreia Donadon Leal e pela Diretora Cultural Nilze Monteiro, no Cris Montheiro (Minas Gerais, Brasil) dia 9 de abril. Paralelo à atividade principal, haverá lançamentos Dyandreia Portugal (Rio de Janeiro, Brasil) literários, palestras e debates. A exposição permanecerá aberta ao Elin Koe (Niedersachsen, Alemanha) Emily Porter (Condado de Northumberland, Inglaterra) público de 09 a 20 de abril. Em seguida, a Bienal irá para Mourão, Euclides Santos Mendes (São Paulo, Brasil) Distrito de Évora, Portugal e acontecerá na Galeria Municipal, de Habiba Zouabi (Tyre, Líbano) 27 de abril a 27 de maio de 2013. De Mourão, ela seguirá para Habiba Zouabi (Tyre, Líbano) a terceira e última etapa em Campinho, Reguengos de Monsaraz, Hector Consani (Paraná, Brasil) Distrito de Évora. Lá, a Bienal estará exposta à visitação pública Isis Berlinck Renault (Rio de Janeiro, Brasil) no Espaço Cultural da Rua do Guadiana, de 01 a 30 de junho de Joana Pinto (Lisboa, Portugal) 2013. Campinho é sede de uma das Subdivisões administrativas Leandro Serpa (Santa Catarina, Brasil) do Conselho de Reguengos de Monsaraz. É uma das Aldeias RibeiLeón (Estado La Libertad, Perú) rinhas do Grande Lago do Alqueva, maior lago artificial da Europa. Leonardo Jorge (Niterói, Brasil)

Licia Simonetti (São Paulo, Brasil) Lu Abreu (Minas Gerais, Brasil) Lučka Koščak (Genève, Suíça) Marcos Amaro (New York, USA) Marjorie Sonnenschein (São Paulo, Brasil) Martin Usselmann (Niedersachsen, Alemanha) Neide Rodriguez (Rio de Janeiro, Brasil) Nilze Monteiro (MG, Brasil) Olivia Boa (Givisiez, Suíça) Pedro Charters D’azevedo (Lisboa, Portugal) Pierluigi Bonifacio Gianzana (Milano, Italia) Renata Aparecida Felinto (São Paulo, Brasil) Roberto Lacentra (ArtBO) (Bologna, Italia) Susete Bento (Distrito de Évora, Portugal) Tavares Manuell (Lisboa, Portugal) Vera Hermano (Rio de Janeiro, Brasil)

Divulgação

As organizadoras e parceiras Nilze Monteoro e Andreia Donadon

O evento contou com um corpo de curadores composto por: Vera Hermano (Rio de Janeiro), Tavares Manuell (Portugal), Antônio Oliveira Filho (EUA), Andreia Donadon Leal (Minas Gerais) e Cris Montheiro (Minas Gerais). Todos sob a Coordenação Geral da brilhante idealizadora Nilze Monteiro. Nilze Monteiro é empresária da NM Assessoria Cultural, é formada pela Escola de Ciência da Informação – UFMG. Na Universidade Federal de Minas Gerais coordenou, implantou e automatizou o Catálogo Coletivo Regional de Publicação Seriadas de Minas Gerais – CCRPS-MG. Foi curadora da Galeria do Mercure Hotel entre outros. Maiores informações sobre a 1º Bienal do Mediterrâneo: (31) 9976858685 / 3291-0297 – nilzemonteiro@globo.com

JAMES Mc SILL DESENVOLVE TALENTOS LITERÁRIOS Por Dyandreia Portugal

N

o dia 10 de maio, James McSill realizará o 2º CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE AUTORES DE JAMES McSILL & CONVIDADOS, com palestras práticas e dicas inconfundíveis que James e sua equipe costumam passar tão bem. O conteúdo básico será: “Estórias”: como melhor contá-las, apresentá-las e vendê-las; O apelo às emoções; O elemento surpresa; O que deve ser sempre real; A estória como instrumento ou como arma; O valor da Literatura; A arte na formação de valores e disseminação da cultura, e muito mais. Lamentavelmente, não há mais vagas para a participação do Seminário, pois com o evento gratuito, elas se esgotaram rapidamente. Mas, há de se observar a agenda deste grande profissional, pois as oportunidades de participar de um de seus cursos são muitas. James McSill é consultor literário internacional, assessor, cirurgião de texto (“story doctor”), palestrante e representante de autores. James é fundador e diretor executivo da McSill Ltd., Assessoramento Literário (Londres), do Yorkshire Studio, Mentoring, Coaching e Treinamentos à distância para autores (York), da McSill Agency (São Paulo) e do Storytelling/Transmedia Studio (Pocklington). É um dos consultores literários mais bem-sucedidos do mundo. Seu trabalho abrange Europa, América Latina e América do Norte. É reconhecido por suas atividades

OS SUCESSOS DE ROSELI SHUNDERLICK: Triskle - Um romance de outro mundo

A guardiã de sonhos

(Editora Faces – 282 páginas)

(Anadarco Editora - 452 páginas)

Argumento: A vida morna e comum de Elisabeth desaparece no instante em que ela mergulha no azul dos olhos de William. Despertos pelo amor e pelo perigo, com a ajuda de Acácia e dos Peregrinos, eles se recordam de sua real identidade: soberanos de Triskle, um planeta em outro universo. Juntos eles voltam a enfrentar as forças de Viigor, senhor de Tullon, livrando a Terra de suas garras frias e destrutivas.

Argumento: Ao escrever uma ficção fantástica sobre manipuladores de sonhos, Layli inocentemente, colocou sua vida e das pessoas que ama em risco. Mas ela nunca imaginou que esses homens perigosos pudessem realmente existir fora das páginas de seu livro. Agora com uma bomba relógio em sua mente, ela luta pela vida, pelo amor, e pela Ordem Milenar, da qual sem opção se tornou a Guardiã.

Para maiores informações ou contato com a escritora: r.cshu@uol.com.br

Divulgação

pioneiras na indústria do livro. Linguista por formação, impulsionou metodologias como “Task-based Learning”, mudando o cenário do ensino de idiomas estrangeiros no mundo. A partir de seu estúdio no Reino Unido, James também coordena os “Storytelling Groups” em vários países, bem como colabora com o “Brit Writers Award”, prestigiada organização literária britânica e dirige o Departamento de Estórias Prontas (“Prêt-a-lire”). Neste ano, acrescenta aos seus desafios o de diretor de agência literária (Brasil), representante para a América Latina e Península Ibérica do prestigiado “BritWriters Awards” (Inglaterra), diretor do Colenso House, primeiro estúdio de storytelling/transmídia do Reino Unido voltado especificamente para países lusófonos e hispânicos, bem como a ampliação de seu bem-sucedido sistema de treinamento remoto para jovens escritores, “Book-in-a-Box”. James ajuda a estruturar os textos dos autores dentro de fórmulas que comprovadamente são as mais comerciais, também ajudando-os a promover suas obras e a vendê-las. Ele trabalha com pessoas e empresas editoriais apaixonadas pelo que fazem, altamente motivadas em priorizar autenticidade, excelência e ação. Conheça um pouco mais deste importante trabalho em: http://www.mcsill.net/w3.php


20

LIVRO 8 DE MARÇO: HOMENAGEM ÀS MULHERES Por Juliana Oliveira

Cadu Nickel

A

Oficina do Livro Editora lançou mais um sucesso. Trata-se do livro “8 de Março”, organizado e coordenado por Silvia Bruno Securato, com participação especial de Joyce Cavalccante – Presidente da REBRA. O livro surgiu de uma ideia para tornar esse dia especial e inesquecível. O Dia Internacional da Mulher é comemorado e lembrado devido à tragédia ocorrida a partir de uma greve de mulheres costureiras em uma fábrica. Elas foram trancadas

e queimadas. Desde então, essa data é lembrada pelas lutas e conquistas das Mulheres. As Mulheres têm a habilidade de falar com os olhos, mas, dessa vez, elas colocaram no papel o que querem dizer e expressar. O livro é composto por textos em prosa, belas poesias, homenagens a mulheres guerreiras que superaram, de alguma maneira, os obstáculos e conquistaram o seu lugar ao sol. Conheça esse e outros títulos da Oficina do Livro Editora em: http://www.oficinaeditora.com.br/ A celebração dos escritores (A partir da esquerda): Raissa de Vita, Fernanda Simonsen, Mariana Brasil, Clarice Moreno, Ligia de Figueiredo, Eduardo Reis, Nina Kusnetzow, Silvia Securato, Mauro Ramos, Maria do Céu, Eliana Neri, Vera Mello, Marcia Oliveira, Karin Massaro e Joyce Cavalccante

TAÍS MONTEIRO TOMA POSSE COMO SECRETÁRIA DE CULTURA

Por Mayra Soares

Divulgação

“ALABA TEXTORY: O SUSSURRO DOS SINOS” SE DESTACA POR SUA QUALIDADE

M

argot Weide é autora de “Alaba Textory” em “O sussurro dos sinos”. Um romance que tem como característica a riqueza e constância de diálogos acompanhando as situações, as quais nos envolvem de forma leve e nos sentirmos não apenas dentro da história, como também nas incertezas, sofrimentos, emoções e sentimentos de cada personagem, vivendo a saudade quando o livro se encerra, já donos de novos conceitos. É um livro onde todos os personagens têm importância e vigência, independente das três principais personagens. Avó, filha e neta nos levam aos demais participantes, nos entregando a cada momento a busca da felicidade. O que é a felicidade? A felicidade está na nossa integração conosco. Seu livro se baseia nessa multiplicidade de atitudes sociais, religiosas, políticas, educacionais, com sugestão da liberdade bem dosada na busca do amor. Distanciamento dos extremos na escala imaginária que cobre nossos dias, eis uma forma moderada de tolerância Divulgação para conosco e o próximo. Psicóloga, formada pela Universidade Pontifícia Santa Úrsula, Margot aprecia a filosofia e se integra com o esoterismo em leituras e práticas, longe de dogmas religiosos, independente o mais que possível de regras institucionais, sempre trabalhou a busca pela individualidade interna de cada ser. Costuma dizer: “Somos únicos! A tendência da sociedade é a unificação como uma forma de segurança e controle... Mas somos únicos em nossos talentos e criatividade; somos únicos em nosso pensar e refletir. Somos únicos quando recebemos e damos!”

A

artista plástica e advogada Taís Vanessa Monteiro foi confirmada, no dia 1º de maio, pelo Prefeito Vinícius Camarinha, como a nova secretária da Cultura da Cidade de Marília, em SP. O prefeito Vinícius voltou a dizer que quer a popularização da área, inclusive para levar a política cultural aos bairros, envolvendo cada vez mais a população, a começar pelas crianças e adolescentes. Teatro, Música, Artes Plásticas estão entre as prioridades. “Vamos trabalhar de uma forma muito aberta, integrando a comunidade através de propostas culturais”, completou. Aos 39 anos de idade, Taís disse que ficou - ao mesmo tempo - surpresa e honrada com o convite do prefeito. “Sempre trabalhei como voluntária pela Cultura de Marília e agora vai ser uma honra atuar ainda mais pelo setor. Minha paixão sempre foi a Cultura.”, comentou. Ela disse estar confiante na ajuda do governo do Estado obtida pelo prefeito Vinícius para o término do Teatro Municipal e para a realização de outros projetos voltados para a área. Taís é grande amiga da “Rede Divulgação Mídia Sem Fronteiras” e é constantemente citada em nossas divulgações. Talentosa, está pintando um quadro retratando a amiga Dyandreia Portugal que, em breve, mostrará o resultado para os leitores do Sem Fronteiras. Taís retratou também a Presidente Dilma Roussef, que recebeu em mãos a obra e ficou muito lisonjeada com o presente. Taís recebe constantemente prêmios e homenagens por seu desempenho na Arte e Literatura. Marília estará muito bem servida por sua sensibilidade, talento e também competência. Por essa importante conquista, a “Rede Mídia Sem Fronteiras” deseja muita produção e sucesso à amiga Taís Monteiro. Tais Monteiro Divulgação

Margot Weide

Nascida no Brasil, a autora mora há mais de 20 anos em Bonn, na Alemanha e o quanto possível participa de feiras e eventos em diversos estados brasileiros. Esse é o seu primeiro romance da trilogia “Alaba Textory”. Os próximos estão a caminho. Fique atento ao universo da autora. Contatos para adquirir o livro e maiores informações: weide.margot@web.de


21

AURÉLIA ARCANJO HELFER É GENTE QUE FAZ

Por Dyandreia Portugal

N

a Suíça, no ano passado, o programa “Sem Fronteiras” e a Literarte visitaram a Pastoral da Criança em Berna, liderada pela queridíssima Aurélia Arcanjo Helfer (Brasileira, residente na Suíça). A Pastoral da Criança é reconhecida como uma das mais importantes organizações em todo o mundo a trabalhar em ações de combate à mortalidade infantil e melhoria da qualidade de vida das crianças e suas famílias. Aurélia faz um belíssimo trabalho em prol do bem-estar dos brasileiros residentes naquele país, com o projeto Missão Católica de Língua Portuguesa. Em nossa visita, doamos inúmeros livros infantis,

Divulgação

fizemos uma reunião e gravamos o programa “Sem Fronteiras com Dyandreia Portugal”, onde todos os voluntários da Pastoral participaram, explicando o importante trabalho de integração social missionário que realizam. Aurélia Arcanjo Helfer faz, participa e proporciona sistematicamente belos eventos de integração. Mantenha-se informado pelo e-mail: pastoral.br@kathbern.ch ou aurelia.arcanjo-helfer@kathbern.ch e dê a sua colaboração também. A “Rede Mídia Sem Fronteiras” acredita e apóia Aurélia Arcanjo Helfer. Aurélia Arcanjo Helfer, ladeada por Dyandreia Portugal e Izabelle Valladares, em Berna (Suíça)

PARTICIPE DE MAIS UM LANÇAMENTO DO ARTCLUB: “POP CARDS” Serão 4 estilos: Flores & Natureza Morta – Paisagens Vol. II – Arte Contemporânea e Retratos - Figura Humana Cada postal terá 30 obras no formato 10 x 15, impresso em papel supremo de 300g. Na frente, a imagem de sua obra. No verso, a descrição da obra e os contatos do artista. Maiores informações e custos: (31) 3553-1021 / 8812-4049 ou contato@portalartclub.com.br

PALAVRAS DO CORAÇÃO Por Solange Diniz* Querido leitor, É com muita alegria que venho fazer parte da seleta equipe de colunistas do “Jornal Sem Fronteiras”. Neste espaço, publicarei textos que escrevo com todo meu coração. Dividirei com vocês tudo que habita a minha alma de artista. Alguns textos premiados, outros inéditos, serão compartilhados nos nossos encontros que pretendem tocar o seu coração. Desta vez, apresento-lhes “Meus governantes”. Então, está combinado: nós nos encontraremos em todas as edições, aqui neste cantinho. Um abraço. Meus governantes A minha toalha ainda está molhada do seu banho. Na sala, os copos que brindamos. As roupas espalhadas denunciam o quanto nos amamos. Confronto no espelho o meu cabelo desalinhado.

Enquanto coloco tudo no lugar e apago todos os vestígios de você, Caio em mim e tenho medo de um novo engano. Realinho rapidamente os cabelos na tentativa de colocar tudo em ordem: O coração e a razão. O coração que tantas vezes me fez errante. A razão que me cobra, exige a todo instante. Parecem incompatíveis dentro de mim... Não consigo equilibrá-los n um conviver de harmonia. Acho que se alternam como meus governantes. A inteligência do coração é gigante. Mas, a razão mantém qualquer sentimento distante.

*Solange Diniz Filgueiras formou-se em Jornalismo, é poetisa, dramaturga e autora de “Palavras do Coração”, obra que deu origem ao espetáculo “Desalinhos do Amor”. É empresária e editora do “Jornal Novidades”. Contatos: solangedinizfilgueiras.zip.net e soldinizfilg@yahoo.com.br

DICA LITERÁRIA:

“A beleza poética dos opostos” Editora Intercâmbio Cultural - 50 Páginas

O

que falar da beleza dos opostos? Esta obra é abrangente no masculino, no feminino e nos opostos de uma forma geral. Afinal, vivemos dentro de uma sociedade de opostos. A miscigenação de raças, as diferenças nos gostos, nas posturas, nos pensamentos, o positivo e o negativo, o claro e o escuro, a noite e o dia, o preto e o branco, a alegria e a tristeza, o belo e o feio, o amor e o ódio, o homem e a mulher... Apesar de tudo, essas diferenças se identificam? Esse projeto sensacional é duplo e vai encantar com suas obras em verso e prosa, mostrando a criatividade e a beleza dos autores desse encontro poético, onde suas potencialidades, no sentir, pensar, observar, escrever são expostas. Essa obra, que possui

versos e obras de arte, é resultado de trabalhos desenvolvidos no “II Intercâmbio Cultura da Paraíba, Brasil e outros Países - UFPB”, que acontece anualmente com a brilhante organização de Jô Mendonça Alcoforado (foto). A antologia foi distribuída, juntamente com outras obras e CDs, por Jô Mendonça em vários países da Europa no mês de março e foi lançada no “Internationales Poesiefestival Schrei der Frau”, no “3º Festival Internacional de Poesia Clamor das Mulheres”, no “Colóquio Internacional de Literatura Contemporânea” e na “ALIVRARIA”, em Berlin. A Antologia conta com a participação dos seguintes autores: Jô Mendonça Alcoforado, Neri Bocchese, Renata Normanha, Roberto Ana Berlin, Dyandreia Portugal, E. Ferrari e Rozelene Furtado. Participe do próximo Intercâmbio Cultural e divulgue seu trabalho. Contatos Campel, Hazel de São Francisco, Isabel C.S. Vargas, Jean Guilhaume, e maiores informações: intercambioculturalentrepaises@yahoo.com.br


22

ACADEMIA INFANTO-JUVENIL É FUNDADA NO RIO DE JANEIRO Por Juliana Oliveira

F

oi inaugurada no dia 15 de fevereiro, no auditório da FALARJ – Federação das Academias de Letras e Artes, a “Academia Infanto-Juvenil de Letras e Artes do Estado do Rio de Janeiro”. Um sonho da Presidente da “Sociedade de Cultura Latina”, Zélia Fernandes e que agora, após 30 anos, é finalmente é realizado. A Academia Infanto-Juvenil foi fundada oficialmente em 2009, mas só este ano pôde ser inaugurada de fato, sendo uma sociedade civil de direito privado nacional, sem fins lucrativos. Seu principal objetivo é estimular os jovens de 6 aos 16 anos ao aperfeiçoamento da Cultura, em todas suas singulares manifestações. Durante a Cerimônia Oficial, tomaram posse os Membros Titulares (com residência no RJ): Anandha N. da Costa, Gabrielly V. Machado, Giovana de A. Diogo, Guilherme Gantert, Laíssa dos S. Almeida, Larissa R. F. Ferreira, Larissa S. Diogo e Yasmim F. Sanches. E Membros Correspondentes (oriundos de outros estados): Juliana Silberstein Sestini, André R. Azevedo, Bárbara S. Ribeiro, Gabriel A. Scholze, Gabriele L. Bruschi, Izabella M. de Freitas, Laura D. Becher, Luis Artur S. da Silva, Marco Aurélio M. Dalla Vicchia, Marcos Vinícius M. Kliemann, Mª de Lourdes S. R. Machado, Maricele da S. Fleck, Valentina K. Sperb e Victória Falavigna. Na ocasião, houve apresentação ao piano do musicista Guilherme Gantert, de apenas 12 anos, a “Hora da Poesia” e homenagem a todos os empossados e seus familiares pelo Coral do Tijuca Tênis Clube, sob a regência da Maestrina Alice Ramos Sena. As reuniões acadêmicas acontecerão na Biblioteca da ZMF na Lapa, aos sábados, para não atrapalhar a vida escolar dos Acadêmicos e lá serão realizadas as Oficinas de Arte, Literatura, Música, etc. Já estão em andamento alguns Concursos organizados pela Presidente Zélia Fernandes. Zélia é proprietária da Editora ZMF, que, no ano passado, completou 20 anos de

Marlene Fonseca

Foto Oficial dos Acadêmicos Empossados, com a presidente Zélia Fernandes ao centro

existência. E para comemorar a fundação da Academia Infanto-Juvenil e dando continuidade aos festejos de aniversário da ZMF editora, Zélia está organizando a Antologia “Escritores Brasileiros”, com prefácio da Presidente da FALARJ, Maria Amélia Palladino e Apresentação da Presidente da Academia de Letras RIO – Cidade Maravilhosa, Beatriz Dutra e a orelha de Dyandreia Portugal. O lançamento será realizado no Auditório da FALARJ, em Junho. Os interessados em participar desta Antologia ou saber maiores informações sobre a Academia Infanto-juvenil deve entrar em contato pelo e-mail: culturalatina@oi.com.br

O Musicista Guilherme Gantert, durante sua apresentação ao piano

FRANCISCONE DE ARAÚJO TORNA-SE ACADÊMICO DA ALAB Por Dyandreia Portugal

F

ranciscone Fonseca de Araújo, conhecido carinhosamente como “Foguinho” (um personagem de Lázaro Ramos na TV), tomará posse como Acadêmico Correspondente da ALAB – Academia de Letras e Artes Buziana, no próximo mês. Uma honraria certamente merecida. Artista plástico, artesão e monitor no Projeto Educacional “Mais Educação”, Foguinho atualmente expõe suas obras no Espaço Cultural de Cabo Frio, de terça a Domingo de 18h as 22h. Lá os visitantes podem conferir a criatividade do artista que é muito ativo, sendo grande voluntário em eventos culturais, gincanas, oficinas etc. Foguinho também dá aula para iniciantes em desenho e pintura. A equipe deste jornal parabeniza o artista!

Marlene Fonseca

Divulgação

MEMÓRIAS DE MIM Por Larissa Loretti*

C

Franciscone em ação

FLÁVIA ASSAIFE LANÇA MAIS DOIS LIVROS A Princesa Júlia e o Guerreiro Artur (Editora Literarte – 40 Páginas)

Trata-se de um livro infantil bilíngue (português e inglês) em que uma princesinha sofre uma maldição e precisa da ajuda de um bravo cavaleiro para se livrar da bruxa. A principal mensagem aborda a questão que todos podem ser bons se forem tratados com respeito e dignidade. É um livro de conto poético, que busca apresentar para crianças com até 10 anos de idade a importância de se fazer o bem e ser uma pessoa camarada com todos. Até mesmo uma bruxa malvada pode ter uma segunda chance.

Segredos do Coração – Poesias, Crônicas e Contos (Editora Editora Multifoco – 174 Páginas)

“Segredos do Coração” fala através das emoções sobre o que sente o coração. É um convite ao leitor para viajar em suas emoções, refletir sobre os sentimentos que habitam seu coração, que o fazem rir, chorar, amar, odiar... é composto de 125 poesias, 05 contos e 05 crônicas que passeiam livremente sobre os mais diferentes assuntos, sentimentos e situações.

Para adquiri os livros e conversar com a autora, contacte: www.flviaflor.blogspot.com.br ou fassaife@hotmail.com

omo Presidente da “Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil” confirmo que a importância de um jornal cultural está mais do que comprovada, é uma semente que se lança na alma e no coração dos leitores, abrindo em suas vidas um horizonte de possibilidades, de conquistas, de se vivenciar a verdadeira cidadania. Não há como separar a leitura deste jornal com a história de cada um de seus leitores, tecendo uma ciranda de amor, de sabedoria, de paz unindo todos que têm o privilégio de contar com uma leitura interessante, atualizada e inteligente. É com grande prazer que inauguro esta coluna, canal estreito de contato com cada um dos leitores. Até a próxima edição e sucesso a equipe editorial! VIDA VIVENDIS

A vida Deve ser Um confronto De coisas vibrantes, Um preenchimento de vazio, Um jogo aberto, Passos errantes,

Saber calar o vozerio Seguir a nau dos viajantes Um apelo estético Em prol aleria de porta-retratos... Mas instigar Idéias e conceitos novos... E penetrar Na essência poética e trágica Do destino... Ser inquilino De mais esperança; Mesmo sem ter convite, Entrar na dança... A vida Deve ser Um maravilhar-se permanente Diante da flor ou da serpente... Um nascer das sombras, Uma disponibilidade inquestionável Para ser livre! Viver é ser arauto dos próprios atos Da trajetória! Das estrelas fazer coleta, Virar memória, Invadir os fatos! Ser enfim, poeta!

*Larissa Loretti é nome artístico de Maria de Lourdes Loretti Motta, Poeta, Escritora, Trovadora, Musicista e Compositora. Presidente da “Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil - Seção RJ – AJEB”. Larissa palestra inserindo a música ao piano, ao teclado, ao violão e imagens, nas muitas Academias de Letras e Artes das quais pertence. Contatos: lloretti1807@yahoo.com.br

A Artista catarinense Ivone Vaccaro presenteou a editora do “Sem Fronteiras”, Dyandreia Portugal, com uma obra de sua autoria retratando a amiga, que ficou esfuziante. Ivone Vaccaro, cuja dedicação às artes conta mais de 30 anos, reside em Goiânia (Goiás), onde possui seu atelier “Galeria das Artes”. Conheça as surpreendentes obras da artista: www.ivonevaccaro.com.br


23

ACADEMIA DE LETRAS RIO - CIDADE MARAVILHOSA Por Mayra Soares INICIA AS ATIVIDADES DE 2013

A

Academia de Letras Rio Cidade Maravilhosa, Presidida pela elegante escritora Beatriz Dutra, realizou no dia 5 de abril, na FALARJ, uma reunião com cerimônia especial, dando início as suas atividades de 2013. A Reunião foi composta por várias atividades que uniram e emocionaram os confrades e público presente. A Reunião iniciou-se com as efemérides do mês, com as palavras da Presidente emocionando os ouvintes e relembrando as criações de: Claudionor Cruz (que completaria 103 anos, se vivo fosse), Lygia Fagundes Telles (que completará 90 anos), Rubem Braga e Vinicius de Moraes (que comemorariam o centenário de nascimento, se vivo fossem). Dando prosseguimento ao evento, foi realizada a Cerimônia de Posse da Escritora e Jornalista Dyandreia Portugal (da Região dos Lagos e Rio de Janeiro), na categoria “Membro Honorário” e em seguida, das escritoras Lêda Mendes Jorge (de Niteroí) e Lina Malheiros Barcellos (de Saquarema), na Categorias “Membros Correspondentes”. No terceiro momento da reunião houve a Palestra da Jornalista e Acadêmica Dulce Tupy, editora do Jornal “O Saquá”, com o tema: “Carnavais de Guerra, o nacionalismo no samba. A consolidação dos enredos nacionalistas nas escolas de samba” e completando as atividades aconteceu a homenagem musical a “Claudionor Cruz e Vinícius de Moraes” com a participação especial do Maestro Argemiro Spíndola, do Cantor José Dias e da Cantora Marília Bevilácqua. O evento foi encerrado com um belo coquetel e confraternização entre os participantes. Na ocasião ainda estiveram presentes e compuseram a mesa presidencial, o Presidente de Honra da Academia, o Sr. José Carlos Ribeiro; a Presidente da Federação das Academias de Letras e Artes do Estado do Rio de Janeiro, Maria Amélia Paladino e a Secretária Geral da União Brasileira de Escritores, a respeitadíssima Stella Leonardos. Mais uma vez Beatriz Dutra cumpre com dignidade sua atribuição de Presidente, mostrando que as atividades acadêmicas das quais ela preside são sempre interessantes e cheias de conteúdo. O ano promete para os Acadêmicos da Academia de Letras Rio – Cidade Maravilhosa!

José Carlos Ribeiro homenageia a Acadêmica Dulce Tupy por sua brilhante palestra

L&M Fotografias: (21) 2232-0277

A escritora e jornalista Dyandreia Portugal mostra, toda orgulhosa, a Bandeira de sua nova Academia

L&M Fotografias: (21) 2232-0277

O Presidente de Honra José Carlos Ribeiro e a Presidente Beatriz Dutra, registram o momento

L&M Fotografias: (21) 2232-0277

Maria Amélia Palladino oficializa a posse da Acadêmica Dyandreia Portugal e a emociona com suas belas palavras

L&M Fotografias: (21) 2232-0277

Dyandreia Portugal Faz seu breve discurso de posse

L&M Fotografias: (21) 2232-0277

José Carlos Ribeiro oficializa a posse da Acadêmica Lêda Mendes Jorge

L&M Fotografias: (21) 2232-0277

Dr.Antonio Francisco Alves Neto oficializa a posse da Acadêmica Lina Malheiros Barcellos

MARAVILHA DAS MARAVILHAS

D

elícia das delícias! Nada como ler um bom livro na rede da varanda, ouvindo o rumor cadenciado do mar e sentindo o carinho suave da brisa praiana de Saquarema... O livro? “A Poesia das Coisas Simples”, do notável “Moacyr Scliar”, com crônicas selecionadas e organizadas pela Profª Regina Zilberman, da UFRGS. O saudoso escritor gaúcho, falecido em janeiro de 2011, deixou 80 livros publicados e foi um dos mais importantes cronistas da literatura brasileira das décadas finais do século XX e a primeira do século XXI, na abalizada palavra da mencionada mestra. Das mais de 10.000 páginas publicadas foram selecionados 82 textos que integram o referido livro. Resultado: maravilha das maravilhas! Como, por exemplo, a crônica “O Brasil em sete personagens”, na qual Moacyr Scliar indica e justifica sete personagens literários representativos da brasilidade. São elas: 1ª) Capitu, de “Dom Casmurro”. No extraordinário romance, “Machado de Assis” aborda “o sombrio tema do ciúme”. Capitu, com “olhos de ressaca” teria ou não traído o marido Bentinho? Ninguém tem ou terá certeza cabal na resposta. 2ª) A boneca “Emília” de “Monteiro Lobato”, que, diferente de “Pinóquio”, não

vira humano. Não precisa: Emilia é esperta, é ousada, é viradora traços, convenhamos, bem brasileiros. 3ª) A cachorra Baleia, personagem de “Vidas Secas”, de “Graciliano Ramos”. É uma cachorra nordestina, enfrentando, com a família de retirante a que pertence, a terrível seca da região. E Baleia aprende a sobreviver caçando preás, ratos do campo. Assim Graciliano descreve a cena da sua morte: “Baleia encostava a cabecinha fatigada na pedra. Queria dormir. Acordaria num mundo feliz, num mundo cheio de preás (...) gordos, enormes”. 4ª) Ana Terra de “O Tempo e o Vento”, de “Erico Veríssimo” “personifica a mulher gaúcha, corajosa, lutadora”. 5ª) Gabriela, de Jorge Amado, “paixão de Nacib (..) um clássico baiano”. 6°) Macabéa “A hora da estrela”, de Clarice Lispector. Na figura dessa nordestina pobre, ingênua, sonhadora, Clarice simbolizou um grande número de mulheres brasileiras – e projetou a si própria. 7ª) Dora Avante, de “Luís Fernando Veríssimo”, a única solialite socialista do mundo. Precisa dizer mais? Não Scliar, não precisa. Nas sete personagens citadas, você sintetizou com apuro e sabedoria a nossa brasilidade. Não precisa dizer mais; tudo foi dito.

M

Por Beatriz Dutra*

Beatriz Dutra é carioca, advogada, professora universitária com Pós - Graduação em Direito Privado, cursado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Presidente da “Academia de Letras Rio – Cidade Maravilhosa”. Escreveu o livro “MÔNADAS”, em co-autoria com José Carlos Ribeiro, e o livro “SIMPLICIDADE”. Possuidora da Médaille D’OR da “Academie de Mérite et Devouement Français”. Beatriz também é colunista da Jornal “O Saquá”, da Jornalista Dulce Tupy, onde originalmente foram publicadas as colunas que apresenta neste jornal.

L&M FOTOGRAFIAS

arlene Fonseca é uma das mais antigas fotógrafas profissionais do meio cultural do Rio de Janeiro. Não existe nenhum evento em que ela não esteja apostos com seu moderno equipamento registrando os momentos mais importantes da cultura e garantindo o registro dos participantes. E como talento é coisa de família, agora Marlene junta-se ao seu filho, o já experiente Luciano Delbons, para criar a “L&M Fotografias”, fazendo além de coberturas fotográficas, ensaios, casamentos, formaturas, Álbuns e muito mais. Se você participou de algum evento e ficou sem seu registro fotográfico, entre em contato com a dupla que certamente possuirão em seus arquivos a foto exata da recordação que você deseja perpetuar. Marlene Fonseca: (21) 2232-0277 /3283-0277 / 3316-7257 / 9983-3945 / 8896-3945 - marlenefotografa@oi.com.br Luciano Delbons: (21) 9912-4741 – Luciano.delbons@gmail.com Caixa Postal: 7099RJ - CEP20230-972


Jornal Sem Fronteiras - Edição histórica - 01  

Jornal Sem Fronteiras, da Jornalista Dyandreia Portugal, Edição Histórica n. I, totalmente colorido com informações exclusivas do Mundo Cult...