Page 1

TRAVEL TIPS

MARROCOS

VISÃO GERAL

TRANSPORTE

ATRAÇÕES

ONDE FICAR

ONDE COMER

COMPRAS


VISÃO GERAL Localizado ao noroeste do continente africano,

pôr-do-sol no Deserto do Saara ou os picos de

Marrocos é absolutamente encantador,

mais de 4 mil metros dos montes em Atlas,

proporcionando incríveis experiências de vida.

ou as construções de terracota de Marrakesh.

É um país de extremos, porém completo,

Há também o mercado de Fez e as praias de

agradando todo tipo de turista. Com infinitas

Essaouira. Este país é um dos lugares mais

possibilidades, uma viagem pelo Marrocos

procurados na África.

provocará todos os seus sentidos. Cada momento de sua viagem será O Marrocos é simplesmente fascinante. É

inesquecível com a exótica e constante troca

um reino que surpreende os que imaginam

cultural, afinal, ela é única. É uma mistura das

apenas paisagens desérticas, afinal há uma

culturas africana, europeia e mulçumana. Ao

diversidade de elementos naturais como

contrário do que muitos imaginam, este povo

cachoeiras de 60 metros de altura, florestas

é muito simpático. A maioria da população é

com cedros centenários, assim como mais

formada por bereberés (que significa “homens

de mil quilômetros de litoral com suas águas

livres” em árabe). O Islamismo é a religião

claras. Não esquecendo dos famosos desertos.

mais importante do país, mas é possível encontrar ainda uma minoria de judeus e

Banhado pelo mar Mediterrâneo e pelo oceano

cristãos. O árabe é a língua oficial e o francês,

Atlântico é, literalmente, um país de extremos

a segunda língua mais falada. É muito usada

com suas diversas atrações. Pode ser um

nos negócios. O espanhol também é bastante


DUFRY TRAVEL TIPS MARROCOS

falado ao norte do país. O inglês, atualmente

É importante lembrar que o uso de shorts

língua universal, é falado razoavelmente bem

muito curtos, mini-saias e blusas muito

pelos jovens marroquinos.

decotadas deve ser evitado. Apesar de não serem fundamentalistas, os costumes locais

É um país tradicional, hospitaleiro e é um dos países africanos mais seguros. Suas principais cidades são Fez, Marrakesh, Meknes e a capital, Rabat. Todas são históricas e imperiais. É um lugar ideal para os amantes da natureza. É espetacular o contraste das paisagens que este paraíso pode proporcionar. É possível encontrar paisagens muito distintas, desde cidades históricas até épicas cordilheiras. Também há as areias quentes do deserto do Saara e os picos nevados das montanhas em Rif. Pelo sul do país há muitas dunas de areia onde é possível conhecer os oásis.

devem ser respeitados. Há correios por todas as cidades marroquinas e identificam-se pelas iniciais P.T.T. Pode-se adquirir selos, enviar telegramas e realizar chamadas telefônicas. Lembre-se também que, caso entre em uma casa marroquina, a primeira coisa a ser feita é retirar os sapatos. Também é comum comer com as mãos, porém não se esqueça de fazê-la com a mão direita, pois a esquerda é a que se usa no banho (segundo a cultura local).


O clima varia de acordo com as regiões. Nas costas o inverno é suave e úmido, já o verão é moderadamente quente. No interior há noites absurdamente frias e dias extremamente quentes. O clima mediterrâneo prevalece na costa, o subtropical ao sul e o continental nas áreas montanhosas. A neve faz aparição no mês de outubro nos picos de Rif e de Atlas. Em Marakesh, a temperatura média no verão (julho) é cerca de 38 °C. Na primavera (abril), fica em torno dos 24 °C. Chove pouco no inverno (fevereiro) e a temperatura pode chegar aos 10ºC na costa do Mediterrâneo. O restante do ano faz sol e a temperatura pode chegar até 50º no deserto. A melhor época para conhecer o Marrocos é entre outubro e abril, pois é inverno por lá, portanto a temperatura está mais amena. Se puder, evite o auge do verão (entre julho e agosto), além de estar tudo lotado o calor é quase insuportável.

TRANSPORTE No Marrocos é muito fácil viajar pelo país. Pode ser de trem, ônibus, táxis partilhados ou convencionais. Todos os dias há centenas de táxis disponíveis para os mais variados destinos.

TREM O sistema ferroviário funciona muito bem porém não é particularmente pontual nem tão rápido. Há diversas linhas, com destinos variados como Tanger – Marrakesh, Tanger – Fez, Tanger – Rabat, Casablanca – Meknes, entre muitos outros


DUFRY TRAVEL TIPS MARROCOS

destinos. Há bilhetes para primeira, segunda

TÁXI CONVENCIONAL

classe, cabines com camas. No site www.oncf.

Também conhecido como ‘petit’, esses táxis

ma (em francês) é possível ver todos os horários,

são baratos e estão por todos os lugares. É

valores entre várias outras informações. Saindo

melhor procurar saber e combinar o preço

de Marrakesh até Rabat, de primeira classe são

antes pois os taxímetros quase sempre não

185 dirham, cerca de 22 dólares.

funcionam. É válido negociar, pechinchar.

TÁXI PARTILHADO

ÔNIBUS

Este é conhecido como ‘grand taxi’ na qual são

Este serviço é meio precário, porém há linhas

carros maiores, do tipo vans que levam várias

de ônibus entre as grandes cidades que são

pessoas ao mesmo tempo. Estes não são

confortáveis e relativamente modernos. Há

muito confortáveis, porém lhe proporcionará

também entre pequenas localidades nas

intensas emoções nas estradas. Eles correm

montanhas, porém são meio duvidosos. Uma

por rotas determinadas, com preços fixos para

passagem de Marrakesh até Essaouira custa 70

cada rota. São os únicos autorizados a levar

dirham, cerca de 8 dólares.

passageiros para além dos limites das cidades.


ATRAÇÕES São inúmeras atrações que você não pode deixar de conferir. Este rápido e eficiente Top 10 Marroquino pode ajudá-lo:

1 - VISITAR O DESERTO DO SAARA O Deserto do Saara é um local muito especial que proporcionará momentos únicos durante suas férias no Marrocos. É importante escolher uma agência de excursões local para que tudo ocorra perfeitamente bem e não haja preocupações desnecessárias.

2 - PASSEAR POR UMA KASBAH As kasbahs são construções imponentes e dificilmente passam despercebidas. Elas desempenharam por muito tempo o papel dos castelos, fortalezas, eram locais de refúgio. Atualmente, muitas se tornaram hotéis, outras permanecem como residências.

3 - ANDAR DE CAMELO Não é uma das mais confortáveis experiências que terá em sua vida, porém vale a pena tentar. Ainda mais se for um guia local nato, com certeza ele animará sua viagem com a alegria típica de um berebere.

4 - ADMIRAR AS CASCADES D’OUZOUD Um dos cenários mais espetaculares são as Cascades d’Ouzoud que atraem muitos visitantes. A queda d’água é particularmente impressionante. A água se precipita no topo das falésias avermelhadas e bate nos vários ressaltos até cair no desfiladeiro do Wadi el-Abid, cem metros abaixo. Os visitantes podem maravilhar-se com a majestosa


DUFRY TRAVEL TIPS MARROCOS

sucessão de cascatas e admirar o permanente

interessantes cidades do Marrocos. Esta

arco-íris criado pela névoa lançada pela

cidade atrai personalidades do mundo todo

água. Está localizada a 150 quilômetros de

com seu encanto e charme. Não deixe de

Marrakesh, na província de Azilal.

conheça os tradicionais bazares, encantadores

5 - CONHECER MAZAGAN Inscrita na lista do Patrimônio da Humanidade

de serpentes, músicos e não se esqueça dos Jardins do Sultão.

Igreja da Assumpção em estilo manuelino.

7 - CONHECER OS FAMOSOS ESTÚDIOS DE CINEMA DE QUARZAZATE

No entanto, a fortaleza mostra o cruzamento

Conhecida como o ‘Caminho das Estrelas’, é

entre as culturas européia e marroquina,

célebre por seus estúdios de cinema onde

tanto na arquitetura, como na tecnologia e

foram palco de filmes consagrados como

no urbanismo. Localiza-se em El Jadida, 230

Lawrence d’Arábia, Gladiador, entre outros.

quilômetros ao norte de Marrakesh.

Quarzazate é também considerada a Meca

pela UNESCO, destaca-se com sua antiga

6 - APRECIAR O LEGADO DE TANGER Apelidado como o “Portal para a África” é uma das mais vibrantes, misteriosas e

marroquina. A infra estrutura hoteleira é grande e de qualidade. Esta cidade é encantadora, onde cada esquina é um novo mistério.


antigo bairro judeu e o Palácio Real; e a Ville Nouvelle, erigida pelos franceses onde se situam a maior parte dos hotéis e restaurantes.

10 - SE ENCANTAR COM MARRAKESH Esta é a terceira maior cidade do país. É neste local onde é possível encontrarar encantadores de serpentes, adestradores de macacos, ecelões de tapetes, músicos bereberes, todos imersos num trânsito intenso tanto de gente quanto de mobiletes, sob a fumaça que emana das barracas da Praça Djemaa El-Fna e ao som dos chamados do ‘muezzin’ para as cinco orações diárias. É o verdadeiro exotismo do Marrocos, com direito a oásis de palmeiras, lindos jardins e imponentes mesquitas, onde os souks (os mercados) são os protagonistas da festa.

8 - VISITAR UMA DAS PRAIAS DE TÉTOUAN Partindo do norte, ao longo do Mar Mediterrâneo, o Crescente do Rif é o nome dado a uma praia situada ao leste de Tétouan. Esta praia é caracterizada pela contraste das montanhas do Rif e o mar. Mais para leste há a baía de Al Hoceima que oferece uma magnífica praia chamada de Pérola Azul. É caracterizada pela sua beleza e sua areia fina. Do lado do Atlântico, as praias são ainda mais numerosas.

9 - CONHECER FEZ Verdadeiro museu de arquitetura medieval, Fez é a mais antiga das capitais imperiais do país. Patrimônio da Humanidade, a cidade divide-se em três partes, Fez el Bali, que é a antiga Medina, com suas mesquitas, mercados, tinturarias e museus; Fez el Jedid, com o seu


DUFRY TRAVEL TIPS MARROCOS

ONDE FICAR

130 dólares por uma diária em um riad (casa ou palácio tradicionalmente marroquino com um jardim interior). Um quarto em um albergue

Para recuperar energias, é possível encontrar

pode custar entre 13 e 40 dólares.

muitas e boas opções de hotéis confortáveis por todo o Marrocos. As cidades são muito

Já no interior sul, a oferta pode decrescer

visitadas por turistas, portanto dispõem de

de qualidade. Para os mais aventureiros,

boas infra-estruturas hoteleiras. Há hotéis de

opte entre os albergues no deserto. Não se

todas as categorias, albergues, riads, campings,

prenda demasiadamente à classificação dos

pousadas e até casas particulares.

hotéis, pois talvez conclua que alguns de quatro e cinco estrelas não correspondem

Há hospedagem para todos os preços e gostos.

propriamente à classificação. No entanto,

É possível pagar 4 dólares para ficar em um

também encontrará magníficas unidades com

terraço de um hotel em Marrakesh ou gastar

ótimas piscinas e serviços.


ONDE COMER Há muitos restaurantes por todos os lados. Sempre que chegar a alguma cidade verá dezenas de restaurantes e pequenos cafés que podem preparar pratos ou pequenas saladas e omeletes. É quase impossível não encontrar um lugar onde possam lhe preparar algo para comer. A gastronomia marroquina é uma das únicas capazes de unir tantos sentidos ao mesmo tempo pois possui uma cor vibrante, um aroma inconfundível e um sabor inigualável. A culinária no Marrocos é muita rica em sabores, combinando ingredientes frescos, especialmente verduras, frutas e amêndoas, com temperos exóticos. Isto ocorre devido a influência de outras cozinhas, como a do Oriente Médio e a francesa, por exemplo.

Um dos pratos típicos é o famoso cuscuz (base de sêmola de trigo cozida ao vapor, com um guisado de borrego ou de frango com verduras). Quase todos os restaurantes marroquinos servem cuscuz nas sextas feiras. Há também o mechoui (borrego assado), a tajine (estufado de carne de borrego, vitela, ave ou peixe, servido com diversas guarnições) e a bastillaou pastilla (massa folhada recheada com carne e amêndoas). É comum começar as refeições com a harira (uma sopa feita de lentilhas, grão-de-bico, cordeiro, tomates e vegetais). A doçaria


DUFRY TRAVEL TIPS MARROCOS

é igualmente rica e a bebida nacional é o

chaleiras marroquinas. O djellabah é a clássica

chá. Forte, doce e temperado com hortelã,

túnica. Estas peças existem com texturas

é a bebida oferecida como boas vindas nas

diferenciadas para a variação da temperatura.

casas dos locais. Mesmo quente, pode ser

Há tapetes que representam a beleza milenar

muito refrescante. Quase todos os viajantes

de tecer cores e formas. Estes são produzidos

receberão uma oferta desse chá pelo menos

em várias regiões do Marrocos. As joias de ouro

uma vez por dia. Embora na maioria das vezes

ou prata são vendidas a peso. Essaouira tem

seja para atrair a uma loja ou invés de um

uma vasta variedade de esculturas e outros

gesto simpático, é educado aceitar.

trabalhos artesanais. Vale ressaltar que é preciso pechinchar, os comerciantes nunca falam o preço

Raramente é servido bebida alcoólica. É

verdadeiro do produto, geralmente perguntam

recomendável beber apenas água mineral

‘quanto vale para você?’ e ainda ficam ofendidos

ou fervida. Inclusive em hotéis, pois contém

se não negociar o preço.

elevado número de minerais. Isto não é problema para os locais, pois estão habituados,

Casablanca é o coração industrial e comercial

porém para os turistas, beber água da torneira

no Marrocos, seu maior e mais movimentado

pode levar a uma incômoda dor de estômago.

porto. A enorme mesquita Hassan II, a terceira maior do mundo depois de Mecca e Medina é uma das duas únicas do Marrocos abertas a

COMPRAS

não-muçulmanos. Mas esta cidade é até mais popular no quesito compras e vendas do que no quesito religioso. Além das tradicionais

Fazer compras no Marrocos pode ser muito

lembranças marroquinas, Casablanca possui

divertido! Ficar pechinchando nas tendas

muitas lojas. Em Maarif é possível encontrar

dos mercadores será uma lembrança muito

lojas de grandes nomes. Já Ghraleef Derb é um

peculiar de sua viagem. Como uma alternativa,

aglomerado de pequenas barracas que oferece

há lojas de souvenir do governo nas principais

de aparelhos celulares a roupas de marca. O

cidades, chamadas de Ensemble Artisanal. Este

famoso Marché Central ou Mercado Central

país soube preservar o artesanato tradicional,

é ótimo para comprar frutos do mar, patês e

transmitido de geração em geração, que pode

condimentos, além de artesanatos e souvenirs.

ser comprovado nos grandes mercados.

Há somente uma loja de departamentos, localizada na avenida Mers-Sultan.

Além dos tradicionais souvenirs turísticos, é possível encontrar: tâmaras, roupas de couro, cerâmica, objetos de madeira, óleo de Argania e produtos feitos a partir dele, tais como sabonetes e cosméticos. Há também a birad, tradicionais

MERCADOS DE RUA Todos os mercados do Marrocos são recheados. É possível encontrar de tudo. O mais incrível é que todas as mercadorias


DUFRY TRAVEL TIPS MARROCOS

são divididas por especialidades. Há regiões determinadas para cada tipo de artesanato, de artefatos de latão, lojas de roupas, passando por especiarias, artigos em couro e tapetes, numa inacreditável agitação. Um conselho: faça as compras pela manhã. Uma superstição muçulmana diz que se o vendedor perde a primeira venda terá azar no resto do dia. Aproveite, pois eles farão de tudo para vender, inclusive preços muito baixos. O Souk de Marrakesh é um local ao norte da praça Jemma El Fna onde tudo se vende. Souk significa mercado em árabe. Pode ser visto como uma feira ou um mercado diário onde se vende de tudo: há batas, bules e copos de chá, tapetes feitos à mão, ervas naturais, malas de couro, lanternas e até banheiras de cobre. É uma atmosfera de cor e cheiros que nenhuma foto pode mostrar verdadeiramente. A Medina Fes-el-Bali, em Fez, é um imenso labirinto de ruelas e becos com multidões de pessoas vestidas em roupas tribais coloridas, variando entre comerciantes de azeitonas, mulheres com véus a caminho dos banhos turcos, comerciantes e vendedores. Esta é a cidade do artesanato e a exposição destas peças é relativamente bem organizada dentro da Medina. As ruelas são tão estreitas que todo o movimento de transporte de mercadorias e pessoas é feito em burros e bicicletas.

MOEDA

20 e 50 cêntimos. Os câmbios, como o traveler check , podem se realizar nos aeroportos e na maioria dos hotéis (ao câmbio oficial) e é importante conservar o recibo do câmbio de

A moeda local é o dirham (Dhs) que se divide

moeda a fim de que, à saída do país, se possa

em 100 céntimos. Existem notas de 10, 50, 100

solicitar o câmbio de dirhams por divisas. Os

e 200 DH e moedas de 1, 2 e 5 DH e de 5, 10,

cartões de crédito mais usuais são aceitos


NÚMEROS IMPORTANTES

212 177 15 19

CÓDIGO DO PAÍS EMERGÊNCIA BOMBEIROS POLÍCIA

AEROPORTO INTERNACIONAL RABAT

05 37 80 80 90 MARRAKESH

05 24 44 79 10 INFORMAÇÃO TURÍSTICA

05 24 43 61 31

em muitos hotéis, restaurantes e lojas, e só no Banque Crédit du Maroc podem-se fazer operações com eles. Os euro cheques têm mais dificuldade, pois são aceitos em apenas um banco em cada grande cidade.


Profile for dufrybrasil

Marrocos - Guia Dufry  

Marrocos - Guia Dufry