Issuu on Google+

MELHOR ÂNGULO

Edição 001

10 dicas para fotografar festas infantis

Fotógrafos: 5 Dicas de Empreendedorismo

bem na foto 21 dicas para você arrasar!

Eu

fotógrafo! Descubra dicas incrídveis!


Editorial Por Izabella d’Paula

Fotógrafa e dona da empresa D’Paula Fotos & Eventos, Izabella trabalha profissionalmente com a fotografia desde os 17 anos e tem sua profissão como uma grande paixão!

2 Melhor Ângulo

É fácil encontrar bastante gente se dizendo fotógrafo logo que compra sua primeira DSLR. Infelizmente não é assim que funciona. A facilidade do acesso à tecnologia melhorou muita coisa e encurtou muitos prazos, mas para ser um bom profissional da Fotografia ainda é preciso começar carregando muita luz e cabo, dando assistência para outros fotógrafos, sendo ajudante e não fazendo as “fotos importantes”. Todo mundo começou assim. É assim que a gente aprende: vendo os fotógrafos experientes vivenciando os problemas e os resolvendo. Porque quando estamos falando de uma profissão (como a fotografia e muitas

outras) resolver os problemas na hora é essencial ou o cliente sai perdendo, você sai perdendo e todos saem perdendo – não tem volta. Então, que fique claro: fotografar é realmente fácil e gostoso se você estudar e gostar do que está fazendo. Mas trabalhar com isso é tão complexo quanto trabalhar com qualquer outra área. Quando você esta fotografando você se torna responsável por eternizar um sonho, um presente, um sorriso, uma lágima... coisas que nunca mais voltarão e serão sempre lembradas com a forma que você viu e fotografou.


Sumário História 5 Dicas

Fotografia ............................................. de Empreendedorismo para Fotógrafos ............. bem na foto ........................................................... Ensaio Gestante ......................................................

10

da

dicas para fotografar festas infantis

............

Entrevista ............................................................. Eu fotógrafo! ........................................................

pág.

05 pág. 06 pág. 08 pág. 10 pág. pág.

14

18 pág. 20

Melhor Ângulo

3


4 Melhor Ă‚ngulo


História da Fotografia Antes mesmo do surgimento das máquinas fotográficas reais, os esboços de fotografias já eram feitos. A primeira imagem ‘’bem sucedida’’ que foi feito por uma câmera é ‘’Vista da Janela em Le Gras’’, que foi produzida em 1826. Deixando a câmera imóvel por cerca de 8 horas na janela, com o objetivo de não deixar a foto ‘’queimar’’.

Dia nacional da fotografia? Dia do fotógrafo? Dia mundial da fotografia? Existem muitas controvérsias quanto às origens dessas datas comemorativas, então vamos analisar a história da fotografia para saber de onde elas vêm:

Mas foi somente em 1839 que a primeira câmera fotográfica com um sistema moderno de fotografia permanente foi refinada e mostrada. Ela se chamava daguerreotype, nome vindo do seu criador Louis-Jacques-Mandé Daguerre.

Dia Mundial da Fotografia

A primeira notícia sobre fotografia apareceu no jornal Gazette de France, em 06 de janeiro de 1839 – um pouco antes do governo francês anunciar a descoberta de Daguerre. [em inglês]

O dia mundial da fotografia é comemorado em 19 de Agosto pois nesta data, em 1839, foi feito o anúncio oficial da invenção da fotografia pelo governo francês [fonte]. A técnica fotográfica, em si, já existia. Na Grécia antiga, por exemplo, já existiam relatos sobre câmaras escuras e suas reproduções de imagens [fonte].

Embora existam controvérsias dizendo que outros inventores também criaram a fotografia (inclusive um francês radicado no Brasil, Antoine Hercules Romu-

ald Florence) o anúncio da invenção de Daguerre é que marca o dia mundial da fotografia. Dia Nacional da Fotografia Já o dia nacional da fotografia possui bem menos fontes. Inclusive existem várias datas comemoradas ao redor do país. A data considerada na maioria dos calendários oficiais é dia 8 de janeiro. Alguns documentos mostram que o Daguerreotype chegou aqui no dia 16/01/1840. De qualquer forma, foi em janeiro de 1840 que a fotografia chegou ao Brasil e por isso nosso dia nacional do fotógrafo é comemorado em 8 de janeiro. Melhor Ângulo

5


5 Dicas

de

Empreendedorismo para Fotógrafos Embora as dicas dele sirvam para praticamente toda profissão é bom mostrar como cada uma delas se encaixa perfeitamente na vida do Fotógrafo. Por isso selecionei 5 valiosas dicas para nos tornarmos profissionais da fotografia bem realizados e, principalmente, felizes!

1. Amar o que se faz é o básico Sim, é clichê. Mas mesmo sendo bem básico tem gente que não pega essa dica. Fotografe o que te dá prazer e satisfação. Já vi fotógrafo de Casamento que entrou na área porque está na moda mas acha o romantismo brega e bobo. Como alguém que não acredita no romantismo vai conseguir captar um momento de puro romantismo? Pra quê quem não gosta do ambiente da Publicidade vai querer entrar para essa área? E quem não se dá bem com crianças, porque vai inventar de fotografá-las? A fotografia oferece muitas opções e áreas para explorar: decida em qual vai entrar por afinição, não por dinheiro ou 6 Melhor Ângulo

moda. Dá pra fazer dinheiro em qualquer área, desde que você trabalhe com amor :) 2. Aquilo que você decidir fazer, faça com dedicação Existe um ditado que eu simplesmente amo: “A perfeição não consiste em fazer coisas extraordinárias, e sim em fazer coisas ordinárias extraordinariamente bem.” O que isso quer dizer? Ao invés de ficar procurando por uma “sacada genial” para adicionar ao seu trabalho, simplesmente foque naquilo que é essencial e faça isso super bem. A sua assinatura de email tem seu telefone? As informações no seu orçamento estão bem dispostas e

organizadas? Seu site está bonito e funcional? Siga o exemplo do Valdir, que dá muita atenção à higienização do seu carrinho de pipocas: ao invés de tentar inventar moda veja se você não pode fazer melhor o que já está sendo feito “nas coxas” pelos outros. Faz mais diferença do que oferecer milhões de sacadas mal acabadas. 3. Escolha um Nicho O Valdir disse que seus concorrentes vendem, além da pipoca, salgadinhos, produtos industrializados e outros itens. Ele resolveu focar na pipoca e fazê-la super bem. Isso é uma dica essencial em qualquer guia de empreendedorismo, mas ainda é ignorada por muitos fotógrafos que insistem em fazer de tudo um pouco,


sabendo somente um pouco de tudo. Ninguém é obrigado a fotografar somente um assunto (se você gosta de fotografar outras coisas e a oportunidade aparece, vá em frente) – mas tente focar o seu nome em uma área específica, canalizando os esforços em ser o melhor daquela área. Alguém consegue lembrar o nome de um fotógrafo famoso por fotografar tudo? É claro que não! Henri Cartier-Bresson é famoso pelo seu fotojornalismo, Vinícius Matos por sua fotografia de Casamentos e o Renato Miranda por seu uso do Flash Remoto.

Quanto mais específico, melhor.

5. Invista no seu Negócio

4. Cliente não. Freguês

Quanto você investe no seu trabalho? Se sua fotografia já te traz algum dinheiro (ou se ela é sua ocupação principal) quanto desse dinheiro você investe de volta? Não estou falando simplesmente em equipamentos mas sim em tudo que possa melhorar a vida do seu cliente. Um curso ou workshop, um site ou blog bem feito, a decoração do seu estúdio. Separe uma parte do que você ganha para investir e, aos poucos, vá deixando o que já está bom ainda melhor.

Não tem nada pior do que ser tratado como um número. É só lembrar como somos tratados pelas companhias telefônicas para confirmar que ser mais um cliente em meio a milhões não é nada divertido. Cuide do seu cliente (seja empresa ou pessoa física) com carinho e pelo nome e verá que ele deixará de ser um “Cliente” para virar um “Freguês.”


8 Melhor Ă‚ngulo


bem na foto Por mais arrumada que esteja, você não pode ver uma máquina fotográfica que foge? Já que não dá para evitar os cliques e manter boas recordações é valioso: renda-se! Conheça 21 truques profissionais que ajudam qualquer uma, das inibidas às extrovertidas, a sair bem nas fotos

1. Rosto distorcido Nada de fotos tiradas de perto. Quando tiramos fotos de nós mesmas acabamos distorcendo nossas feições. Assim, ficamos mais narigudas, testudas, bochechudas. Peça para alguém bater a foto.

8. Bêbada, eu? Se tiver bebido um pouquinho, fuja das câmeras!

2. Braço gordinho Para acabar com o braço gordinho, não o deixe encostado ao corpo, nem para a frente. Ombros e braços sempre para trás!

10. Aposte no que você gosta Se o cabelo ou o sorriso são seu forte, brinque com eles na foto.

3. Pose certa Coloque a mão na cintura. Eventualmente, as duas mãos. Fica lindo! 4. Fuja das poses comuns Treine em frente ao espelho novas posições de rosto, corpo, além do olhar e da atitude, para ficar natural. 5. Bem mais magra Esqueça as fotografias tiradas de baixo para cima. 6. Testão, não! Fotos de cima para baixo aumentam a testa, cuidado! 7. De lado Fotos totalmente de frente podem desvalorizar seu corpo, fique levemente de lado.

9. Olha a postura! Mantenha as costas eretas, barriga para dentro e peito para fora. Melhora tudo.

11. Se sinta! Quanto mais valor você dá a si mesma, melhor é o resultado. 12. À mesa Se você for a primeira da mesa, sente-se ligeiramente virada para o restante, em vez de jogar o corpo todo para o lado.

Tirar fotos é uma diversão, não um martírio! 16. Quero fazer xixi Uma perna na frente da outra pode fazer parecer que você está apertada para ir ao banheiro. Alinhe suas pernas uma ao lado da outra. Deixe uma reta e a outra levemente dobrada. Jogue um pouco o quadril para o lado. 17. Assustada Ao sorrir, cuide para não arregalar os olhos ou deixá-los fechados demais. Fica feio. Sorria naturalmente! 18. Sexy ou vulgar? Cuidado com fotos sensuais. Seja sexy na atitude, sem fazer muitas caras e bocas.

13. Foto de família Fotos de família são sempre lindas! Mas e quando a família é ENORME? Fácil, coloque uma fileira em pé, uma sentada em cadeiras e as crianças no chão.

19. Relaxe os lábios Uma dica para relaxar os lábios é pronunciar “brrrrrr” antes de sorrir para o clique. Faça isso disfarçadamente.

14. Esqueça o seu melhor lado Teste o “lado ruim” com uma das mãos na cintura ou uma pose diferente.

20. Rosto gordo Deixe o rosto mais para cima, assim você evita a papada. Mas não tanto, se não aparece só nariz na foto!

15. Brincando de modelo Você não precisa ser a Gisele Bündchen. Encare numa boa e deixe sua autocrítica de lado.

21. Acabe com as olheiras Vire o rosto para a luz, para não criar sombra ao redor da face e ficar com olheiras. Melhor Ângulo

9


10 Melhor Ă‚ngulo


Ensaio Gestante Uma gravidez que muda tudo! Fazendo a vida renascer através dos sorrisos, do carinho, dos abraços, dos diálogos e contemplação entre mãe e seu bebê, e também pais, avós, a família. Para registrar esse momento é bom seguir alguns conselhos. Confira!

1. Em primeiro lugar, ouça o que a sua cliente (ou o casal) espera do ensaio. Conheça suas expectativas, como essa pessoa gostaria de se ver nas fotos. É importante ouvir. O seu cliente conhece seu estilo, se ele te procurou, confia em você, mas claro, ele tem sonhos em relação ao resultado. 2. Procure fotografar aos 7 mês, quando a barriga está mais arredondada. Deve-se tomar o cuidado de não fotografá-las muito no final da gestação, pois estão cansadas, inchadas e sem mobilidade, dificultando as poses. Procure sempre perguntar se a futura mamãe está confortável, as barrigas pesam e as deixam meio desajeitadas. Além disso, o bebê pode nascer antes da hora com tantos estímulos... 3. Fotografe detalhes do bebê e a família! A gestação é um momento que toda a família participa e sonha! Vale a pena registrar esse momento único. 4. Ultilize cores vivas mas simples. Emperequetar demais não é uma boa, a gravides é algo terno e suave. Prefira roupas leves, sem muitas estampas. Caso seu marido participe, monte dois visuais compondo a roupa do casal, por exemplo: os dois de camisetas brancas ou pretas. 5. Não se deve fazer um ensaio muito longo, 2 horas são suficientes. Se precisar de mais tempo, marque um segundo ensaio. Uma vez que as futuras mamães precisam se alimentar, se hidratar constantemente e sempre necessitam fazer uma visitinha ao banheiro. 6. Tenha bom senso! Respeite o limite da sua cliente!

Melhor Ângulo

11


Fotografia?

pensar, discutir, inventar e divertir.

12 Melhor Ă‚ngulo


Melhor Ă‚ngulo

13


14 Melhor Ă‚ngulo


10 dicas para fotografar festas infantis Para as mamães e papais seus filhos sempre serão sua maior riqueza. Em dia de aniversário então são mais ainda o centro das atenções e ser contatado para registrar um momento especial desse de uma família é muito satisfatório. Para mandar bem a fotografa Izabella d’Paula nos conta 10 dicas para fazer um lindo trabalho! 1 - Primeira e mais importante dica de todas!! Você não tem que gostar de criança, você tem que gostar MUUUIIIITOOOO! Isso não é clichê ou historinha pra boi dormir. A criança sente que você não gosta dela!! E pode ter certeza que se ela sentir isso, você não vai conseguir fotografála direito!! E tenha também muita paciência, pois você não consegue controlá-la! Dê tempo à ela, até se acostumar com você. Não chegue logo com a câmera no rosto e fotografando, espere um pouco, se aproxime devagar e vá criando o seu espaço!

2 – Fotografe na altura dos olhos. Eu sei… é cansativo você ficar abaixando e levantando toda hora. Por isso que, quem quer entrar no ramo da fotografia, tem que realmente gostar. Seja casamento, infantil, esportes, sensual… é muito cansativo!! Mas é ai que você se destaca, saia da zona de conforto!! Fotografe na altura dos olhos da criança! 3 – Chegue pelo menos 20 minutos antes do horário marcado Cada detalhe faz toda a dife-

Melhor Ângulo

15


rença, você não estará apenas fotografando, estará eternizando um sonho, uma realização de toda a família. Chegue antes do horário marcado para tirar foto da decoração e do espaço vazio. Pois sempre tem convidado que chega na hora exata que está no convite. Fotografe todos os detalhes, docinho por docinho, lacinhos, a mesa de frente, só o bolo…etc! 4. Peça para os pais ficarem um pouco com o filho na festa. Brincar com ele, ficar com ele no colo… por que acontece dos pais deixarem com babás, avós, as meninas da animação ou espaço baby! E quando você vai ver… só tem fotos dos pais atrás do bolo! Acho essa dica muito importante, por que depois os pais vão sentir falta dessas fotos, e acho que o fotógrafo deve alertar isso! 5 – Pergunte quem são as pessoas mais importantes da família! Geralmente são os avós, padrinhos e tios mais chegados! Além de ser importante você fotografar essas pessoas, com certeza os 16 Melhor Ângulo

seus clientes vão perceber que você está preocupado em registrar a festa completa! 6 – Fotografe os amiguinhos Não esqueça também de fotografar as crianças da festa! Como a fotografia é algo que você pode guardar para sempre, é legal o aniversariante lembrar dos amigos que estavam na festa. E além disso o aniversariante fica tão interagido com os brinquedos que não tem paciência de tirar foto com todos os amiguinhos. 7 - Um olho no padre e o outro na missa Você não precisa ficar o tempo todo com o aniversariante. Os pais gostam de fazer algumas fotos com alguns convidados, sem ser atrás do bolo! Fique com a criança, mas sempre de olho nos pais pra ver se eles estão precisando de algo. Diga para eles que você está sempre por perto, qualquer coisa é só chamar! 8 – Esteja sempre sorrindo e sendo simpático! Essa dica vale para toda área, até mesmo fora da fotografia!! As vezes é difícil pois acontece

algumas coisas nas nossas vidas que é difícil controlar! Mas tente deixar isso da porta da festa pra fora! Pois as pessoas vão perceber que você não está bem, e podem interpretar mau pensando que você é antipático ou não está gostando de fotografar a festa deles! 9 – Distribua seu cartão! O melhor lugar para ganhar cliente de festa é em festas! Fotografe os convidados e distrubua seu cartão. Eles gostam de ter as fotos e você divulga seu trabalho. Animação, espaço baby, buffet, decoração são boas parcerias, se gostarem do seu trabalho te indicarão e indique se você gostar do trabalho deles! Se você indicar pelo menos uma vez, com certeza eles vão lembrar de você um dia! 10 - Esteja sempre atento Crianças são espontâneas e adoram brincar, ainda mais nas festas que tem todos seus amiguinhos e brinquedos variados. Fique atento sempre, fotos espontâneas garantes sorrisos sinceros e reações divertidas!


Melhor Ă‚ngulo

17


Entrevista

com o fotógrafo Sabino Aguad

Conversamos com o incrível Sabino Aguad que, para quem curte fotografia, deve conhecê-lo pelo Flickr, Tumblr ou do Recordis Photography, site em que ele faz curadoria e seleciona os trabalhos que mais gosta. O chileno de vinte e quatro anos fotografa o que todo profissional dessa área mais curte: as pessoas. E sabia que ele já foi parar até no New York Fashion Week? Ele dividiu essa e muitas outras experiências com a gente. Melhor Ângulo: Como e quando você se descobriu como fotógrafo? Sabino Aguad: Tiro fotos há anos, mas ainda não tenho certeza se sou um fotógrafo! Eu só amo tirar fotos. MA: O turismo no Chile tem crescido gradualmente nos últimos anos, graças à cultura do país e os belos pontos turísticos de arquite-

18 Melhor Ângulo

tura Inca. Como o Chile influencia seu trabalho? Há algum outro país que você admire e se inspire através de suas fotos? SA: Sim! O Chile é um lindo país para se fotografar. Somos muito sortudos por ter essas paisagens incríveis. Mais do que ser influenciado pelo Chile ou outros países, me inspiro em outros fotógrafos e cineastas que sabem como tirar proveito de paisagens naturais como essas. Estou sempre de olho em livros de fotografia e filmes para me inspirar. MA: Seu site, Recordis Photography, evidencia o trabalho de diferentes fotógrafos ao redor do mundo. Como funciona o processo de escolha dessas fotos? SA: Nada em particular! Apenas falo sobre fotógrafos que curto.

MA: Você fotografa o cotidiano, passeios e autorretratos, que chamaram a nossa atenção de uma forma muito especial. Qual desses você mais gosta de clicar? SA: Ultimamente tenho curtido autorretratos. Não sei o porquê, apenas os faço. MA: Os seus autorretratos sempre mostram apenas metade do rosto. Por quê? SA: Acredito que a beleza da fotografia está em ver coisas que não conseguimos observar na vida real. É por isso que temos a regra dos terços, cortamos rostos pela metade, abrimos mais o diafragma, borramos as coisas e etc. MA: Você esteve no New York Fashion Week por duas vezes. O que você pode dividir conosco sobre a experiência de fotografar


um evento tão incrível e grande como esse? SA: Nas duas vezes que estive no NYFW foram experiências incríveis. Mais do que o glamour e tirar fotos, aproveitei para conhecer novas pessoas. Todos são talentosos, fazem algo interessante e tem muitas histórias para contar. É muito divertido. MA: Música, literatura, pessoas… O que mais te motiva a fotografar? SA: Todas as vezes que fotografo, tenho uma motivação diferente. Às vezes só quero ver como uma

pessoa ficaria em uma fotografia, em outros momentos fotografo o que gostaria de me lembrar, etc. E o que mais gosto de relembrar, é claro, são as pessoas. MA: Quem são suas maiores influências no universo da fotografia? SA: Filmes, seriados e fotos. Tento assistir o máximo de filmes e séries possíveis e ver centenas de fotos por dia. MA: Qual foto, clicada por você, tem um significado especial? E por quê?

SA: Me desculpe, mas não faço ideia de qual foto escolher! MA: Se possível, deixe uma mensagem para nossos visitantes que, assim como você, amam fotografar! SA: Eu recomendaria quatro coisas àqueles que gostam de fotografar: aprenda o máximo de técnicas que você conseguir, tente fotografar coisas que não conseguimos ver, tire e veja muitas fotografias. E também, não passe muito tempo na internet. Saia e vá tirar algumas fotos! Melhor Ângulo

19


Eu

fotógrafo!

Pegue a câmera guardada no fundo da gaveta e prepare-se para fazer grandes fotos. Aprenda a fotografar o seu assunto predileto, usar o flash e selecionar o filme apropriado. Vamos! Pegue sua câmera e aprenda a “congelar” um ginasta em pleno ar, a mostrar a família e os amigos agindo de maneira espontânea e natural, e volte de férias com aquelas fotos que seus amigos realmente gostariam de ver e apreciar. Segure a câmera com firmeza Uma mão sem firmeza apertan20 Melhor Ângulo

do o botão disparador da câmera produzirá uma foto tremida. Segure firmemente a câmera com as duas mãos. Mantenha os braços junto ao corpo para dar maior firmeza. Aperte suavemente o botão disparador. As fotos sairão nítidas. Aproxime-se do assunto Quando em dúvida, aproxime-se

do assunto que você vai fotografar (atenção para a distância mínima recomendada no manual da sua câmera). Aproximar-se do assunto é, provavelmente, o passo mais importante para se obter boas fotos. Tente fazer com que a sua foto diga: “este é o meu assunto”. Preencha um terço ou mais da área da foto com o assunto que você escolheu para fotografar.


Escolha um fundo neutro e simples Olhe através do visor de sua câmera e examine o cenário de fundo antes de pressionar o botão disparador. Movimente-se até eliminar tudo aquilo que possa desviar a atenção do assunto de sua foto. Experimente escolher como fundo o céu, a água ou a grama. Mantenha as pessoas entretidas Fotografe pessoas entretidas em seus ambientes naturais. Mostre uma criança brincando com sua bicicleta, ou um adulto esculpindo um objeto, etc. Converse com elas para mantê-las à vontade. Pergunte o que estão fazendo. Agindo assim, você fará com que elas fiquem relaxadas em atitudes espontânea. Componha um cenário Estude a cena de sua foto. Coloque o assunto principal afastado do centro da fotografia. Ao fazer fotos de paisagens, acrescente algumas linhas acentuadas como uma estrada, cerca ou curso de um rio que direcionem a atenção para o assunto principal da foto. Observe a luz A iluminação tem uma influência decisiva em sua foto. Estude a luz antes de tirar a fotografia, como os tons dourados de um amanhecer ou pôr-do-sol. Verifique como a direção da luz afeta o assunto: luz frontal (o sol atrás de quem está fotografando), para obter fotos brilhantes e nítidas; iluminação por trás (o sol por trás do assunto), para criar silhueta; iluminação lateral (o sol iluminando um dos lados do assunto) para mostrar a textura do assunto.

Escolha um ângulo diferente Movimente-se até encontrar o ângulo para tirar a foto. O simples fato de você se curvar, esticar ou abaixar pode melhorar bastante suas fotos. Comece com a escolha de ângulos diferentes. Ajoelhe-se ou deite-se no chão para mostrar flores no primeiro plano. Ou, então, fotografe do alto (da janela do segundo andar de um prédio, por exemplo) para mostrar os desenhos de uma calçada. Congele a ação O movimento está em toda parte, um “skatista” fazendo piruetas no ar e se apoiando em uma das mãos, ou uma gaivota sobrevoando e mergulhando no mar. Para câmeras com velocidades do obturador ajustáveis, use um filme de alta sensibilidade, como o KODAK ISO 400, e a velocidade ajustada para 1/500 ou 1/1000 de segundo a fim de “paralisar a ação”. Pressione o botão disparador um pouquinho antes do ponto culminante do movimento. Faça experiências Regras, regras, sempre regras. Ao fotografar, tenha sempre em mente que você está sob o controle de uma série delas. Desobedecer as regras, contudo, pode levar a uma foto bastante original. Aquela que faz você dizer em alto e bom som: “esta é minha foto preferida”. Nas férias ou em casa todos temos, pelo menos uma a duas vezes por ano, de pôr em prática os nossos dotes de fotógrafo. Para uns é um prazer registar tudo o que vêem, para outros a tarefa é mais complicada. Ou porque falta o jeito ou a paciência.

Mas como estes momentos são inevitáveis o melhor é estar preparado e conhecer algumas dicas básicas para garantir boas fotos. É certo que as máquinas digitais abriram caminho à experiência sem limites com resultados imediatos, mas mesmo assim há coisas que é bom saber. Começando pelo mais simples, vamos falar de posicionamento: Posicionamento Diferentes perspectivas da pessoa ou objectos fotografados transmitem diferentes mensagens a quem vê uma fotografia. Quando pretende destacar o fotografado criando um efeito em que este parece maior do que realmente é, pode tirar a foto a partir de um plano inferior para garantir um efeito de superioridade da pessoa ou elemento fotografado. Da mesma forma pode garantir do seu fotografado um ar mais confiante e seguro se este ao invés de olhar directamente para a máquina fixar os olhos num ponto mais elevado. Fundo Em qualquer situação o fundo pode ser um elemento importante para dar cor e preencher a fotografia, mas não em demasia. Fundos com cores berrantes ou padrões muito fortes podem dar um resultado estranho. Jogue com este elemento que pode ter mais ou menos destaque de acordo com a posição do fotografado, que pode ser mais central ou lateral. A este propósito há que dizer que fixar o elemento principal de uma foto no centro já era. Pode obter resultados bem melhores se escolher outras posições. Um truque é dividir o plano em três linhas imaginárias (horizontais Melhor Ângulo

21


e verticais). Os pontos de intersecção destas linhas são os mais interessantes. Pormenor Se o objectivo é de pormenor, de rostos por exemplo, não há melhor do que optar pelas fotos de proximidade. Uma solução interessante é focar a sua objectiva num dos lados do rosto. A função macro da câmara digital simplifica uma boa foto com estes objectivos. Quando a atenção da objectiva está focada num rosto uma boa dica é tirar sempre a foto ao nível dos olhos fotografado. Os dpi indicam a quantidade de pixels em cada polegada quadrada de imagem e devem ser tanto mais elevados quanto maior o nível de pormenor pretendido. Flash Usar o flash pode parecer simples mas não é. Esta luz extra tem um alcance variável que pode confirmar nas instruções da sua máquina, mas dificilmente chega a uma mão cheia de metros, pelo que é perfeitamente inútil em situações em que o elemento fotografado está a uma distância muito grande. Dizem os entendidos que o flash não pode ser usado nem demasiado perto nem demasiado longe. Uma dica: quando fotografa espectáculos com uma boa luz de palco não necessita de usar flash pois essa iluminação é na maior parte dos casos suficiente. Outra dica: quando fotografa de dia, o flash é uma boa forma de diminuir os efeitos da contra-luz. Pode usá-lo para obter melhores resultados ao fotografar alguém com o sol por trás embora esta, como se sabe, seja uma situação 22 Melhor Ângulo

a evitar. Luz Adequar a luz à situação é de facto importante para uma boa foto. Encontrar o ponto de equilíbrio por vezes não é fácil mas as mil uma funcionalidades de uma regular câmara digital têm algumas ferramentas de apoio, como o controle da cor (white balance) que acerta os tons brancos da imagem, alterados pelos diferentes tipos de luz captados na objectiva. Olhos vermelhos À noite lembre-se da função que atenua olhos vermelhos, se a tiver, e tenha em conta as limitações do flash. Se não dispuser desta função na sua máquina evite que os fotografados façam pose olhando directamente para o flash. Ainda sobre a luz saiba que os profissionais evitam fotografar entre as 10 e as 15 horas porque a luz natural é muito forte e inimiga de boas fotos, seja a paisagens ou a pessoas. Movimento Objectos ou situações em movimento também podem representar uma dificuldade adicional a uma boa fotografia. Nestas situações procure primeiro estabilizarse o mais possível a si, apoiando os cotovelos em algo fixo, por exemplo, e exija maior rapidez no disparo da máquina, ajustando a sensibilidade ISO. Criatividade Não tenha medo de errar. Você só se conhecerá e conhecerá sua profissão tentando. Use e abuse da criatividade! Boas fotos!


Melhor Ă‚ngulo

23


24 Melhor Ă‚ngulo


Revista