Page 1

EDIÇÃO 06 Jan Fev Mar 2013 •

Padrão Diamond Código de conduta reforça diretrizes e valores da Companhia Projeto Biomassa

HUB Brasil

Dow é destaque no Guia Exame de Sustentabilidade com iniciativa pioneira

Modelo de gestão da Dow aposta no trabalho colaborativo para promover crescimento


mensagem para você Iniciamos 2013 com fôlego renovado para mais um

Como vocês sabem, vivemos

ano de muito trabalho e conquistas. Concluí 2012 com a convicção de que, em todas as soluções que

um período de transformação e de

entregamos à sociedade, tivemos não somente o compromisso com a tecnologia e a inovação mas

como este, temos a oportunidade

também a responsabilidade de agir segundo um propósito: a ética nos negócios. Isso porque tão

pessoas, de buscar novos

importante quanto os resultados que atingimos é a maneira pela qual chegamos lá. Integridade, respeito às pessoas e cuidado com o planeta são valores evidentes em nossa cultura corporativa e devem fazer parte do dia a dia de todos. O Padrão Diamond, código de conduta empresarial da Dow, reforça esses princípios e, por esse motivo, é tema da matéria de capa desta edição da Around Dow. Queremos construir um time afinado e multiplicador de ideias e valores fundamentais para a Companhia. Somente dessa maneira vamos conquistar o mercado, sem deixar de lado nossa ética e nossa

Imagem: Izilda França

Caros funcionários,

grandes desafios. Em momentos de aprender mais, de conhecer negócios e, principalmente, de reforçar o compromisso com os nossos valores, que são essenciais para nos manter na constante busca pela excelência. Unidos, vamos atingir os objetivos do ano e construir uma Companhia cada dia mais inclusiva, inovadora e ética, que, acima de tudo, entrega qualidade de vida e bem-estar aos seus funcionários, clientes e parceiros e à sociedade como um todo. Um abraço e boa leitura.

preocupação com as pessoas, com o meio ambiente e com as comunidades onde estamos instalados.

Gastón Remy

Diretor Jurídico da Dow na América Latina

VOCÊ SABIA? Que a Dow Brasil oferece a todos os seus funcionários um Curso de Direção Comentada (CDC)? O objetivo da iniciativa é a prevenção de acidentes, fomentando o conceito de direção defensiva e a importância de manter uma atitude correta no trânsito. Dividido em duas categorias (iniciantes, voltado aos funcionários que nunca participaram, e atualização, que consiste na reciclagem, a cada três anos, para aqueles que já tiraram o certificado), o curso é aberto a todos os funcionários, sendo obrigatório para quem dirige o carro da Empresa e extensivo aos familiares que utilizam o veículo. As turmas são compostas de 30 alunos, e as aulas contemplam ensinamentos teóricos e avaliações práticas. No escritório central, os cursos são oferecidos mensalmente. Para as demais localidades, procure o representante do Departamento de EH&S (Meio Ambiente, Saúde e Segurança).

2

A Around Dow

é sua!

Mande comentários, sugestões ou perguntas para o e-mail PublicAffairs.

EXPEDIENTE A Around Dow é uma publicação da área de Comunicação Corporativa da Dow Brasil destinada aos funcionários. Os textos só podem ser reproduzidos mediante aprovação ou autorização da Companhia. O objetivo é ajudar os funcionários a entenderem melhor as áreas de negócios, as questões e os eventos que envolvem a atuação da empresa, fornecendo informações que possam colaborar com o sucesso de todos. Todas as manifestações expressadas pelos funcionários nessa publicação representam as opiniões próprias deles e não necessariamente correspondem ao posicionamento da Companhia. Gerência de Comunicação Corporativa: Daniela Grelin. Coordenação Editorial: Laura Detomini. Produção Editorial: Coletânea Editorial. Jornalista responsável: Daniela Graicar (MTB 30960). Direção: Cristiane Duarte Werny e Meiriele Duarte. Edição: Rosele Martins. Reportagem: Felipe Schmieder e Isabelle Favarin. Revisão: Thais Nicoleti. Arte: Alexandre Guedes e Susana Engel. Produção gráfica: Gheisa Baldessin. Tiragem: 3.100 exemplares.


DESTAQUE

imagem: shutterstock

Em busca de

vencedores

Os autores dos projetos aprovados poderão acumular pontos, que, somados, valerão produtos e serviços. Os funcionários com maior saldo terão a chance de participar de experiências únicas durante os Jogos Olímpicos Rio 2016TM, no Rio de Janeiro.

O Road to Glory já está valendo! Desde novembro de 2012, é possível inscrever seu projeto no mais novo programa de engajamento da Dow América Latina, o Road to Glory. Não perca a chance de concorrer a prêmios e a ingressos para o maior evento esportivo do mundo!

Como participar?

Inúmeras oportunidades

1. Forme um grupo de três a cinco pessoas

dos Jogos Olímpicos até 2020 é uma estratégia da Dow

Ser Patrocinadora e Companhia Química Oficial (ao menos um integrante não pode fazer parte dos

para conquistar diversos segmentos de mercado. E é

times de Vendas, Marketing ou TS&D);

o que já vem acontecendo, conforme revela o Diretor

2. Desenvolva soluções que tenham conexão com os Jogos Olímpicos e resultem no aumento de vendas; 3. Não há limite de propostas por grupo. Cada

Comercial de Sistemas Formulados e Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento de Poliuretano para a América Latina, Marcelo Fiszner. “A área conquistou cerca de 20 projetos

funcionário pode integrar quantos times quiser;

em 2011 com sistemas de impermeabilização, muitos deles

4. O programa é aberto a todos os funcionários, com

direta ou indiretamente ligados aos Jogos Olímpicos”, afirma

exceção dos níveis mais altos de liderança e/ou de

ele, que completa: “Nosso pipeline de negócios para este

quem faça parte do time de Operações Olímpicas.

ano conta com 11 projetos, que movimentarão em torno de 70 milhões de dólares. Estamos animados!”. Marcelo dá dicas para quem quer participar do programa.

Participar do Road to Glory significa fazer parte de uma iniciativa vencedora, que estimula o espírito de equipe e

“A aposta deverá ser em soluções sustentáveis, viáveis hoje

traz reconhecimento!

e daqui a 30 anos, e focadas na qualidade de vida.”

Passo a passo Para se inscrever, acesse a Intranet Keyword: Road to Glory

Quando aparecer a página do programa, clique no campo relacionado ao envio do projeto.

Preencha o formulário e boa sorte!

Road to Glory participate

Road to Glory

go

submit a project

Os próximos passos ficam sob a responsabilidade do Time Olímpico e do corpo de jurados. Eles analisarão a viabilidade da iniciativa, que, se aprovada, já será posta em prática pelas equipes de Marketing e de Vendas.

3


PANORAMA Soluções integradas Comprometida com a produtividade e o crescimento do agronegócio brasileiro, a Dow

AgroSciences lançou, recentemente, o Soy Solution. Trata-se de um programa de soluções completo voltado a toda a cadeia produtiva de soja no País, de acordo com as necessidades específicas de cada região. O objetivo da iniciativa é oferecer a produtores, distribuidores, revendas e cooperativas um suporte integrado de portfólio (herbicidas, inseticidas, fungicidas e sementes & biotecnologia), serviços (Dow Orienta e Soy Trade) e relacionamento (PAR Culturas, Soy Summit e Relacionamento com a Comunidade), fortalecendo ainda mais a cultura da soja. “Queremos que o cliente perceba o valor agregado das ferramentas que temos à disposição do mercado. Nosso imagem: Divulgação

intuito é reforçar que a Companhia é um fornecedor não apenas confiável mas também capaz de responder a todas as demandas dos clientes”, diz Afonso Matos, Líder de Marketing para Grandes Culturas da Dow AgroSciences.

Mulheres em destaque A iniciativa de promoção da presença feminina em cargos de liderança tomada pela Dow por meio da Aliança pelo Fortalecimento do Papel da Mulher na Sociedade tem servido de exemplo para grandes instituições. Devido a esse destaque, a Empresa participou de diversos encontros nos últimos meses, entre os quais o HSM Expo Management, um dos maiores eventos empresariais do Brasil, ocorrido em novembro. Anna Paula Dacar (falando ao microfone na foto abaixo), Gerente-geral de Coatings e sponsor do WIN (Women Innovation

Network, da Dow na América Latina), foi uma das palestrantes do fórum de discussões sobre empoderamento das mulheres do HSM. Adriana Carvalho, Diretora de Supply Chain para Thermosets e líder do WIN no Brasil, também participou do

Global Best Diversity Practices Session, evento de empresas e que teve a executiva da Dow como facilitadora de uma mesa-redonda sobre diversidade econômico-social no Brasil.

4

imagem: Divulgação

discussões sobre diversidade que envolveu diversas


PANORAMA Foco na inovação Pelo terceiro ano consecutivo, a Dow foi reconhecida na premiação

Best Innovator – As Empresas mais Inovadoras do Brasil, promovida pela revista “Época Negócios”. O constante foco na inovação rendeu à Companhia o 8º lugar no ranking geral. “Com essa conquista, nós nos consolidamos como um parceiro fundamental na introdução de inovações para a indústria. O prêmio demonstra que essa essência imagem: Cleiby Trevisan

está presente em todas as áreas e equipes da Empresa, que estimula e reconhece boas ideias, dando origem a novos produtos e a processos mais eficientes”, comemora John Biggs, Diretor de Pesquisa & Desenvolvimento da Dow para a América Latina.

Fornecedor do ano O time de Oil & Gas ganhou o prêmio de Fornecedor do Ano pela revista “Poliuretano – Tecnologia & Aplicações”, pela criação do Hyperlast™ FJ 7004, uma junta de campo de poliuretano elastomérico usada na construção de gasodutos. Regina Oliveira, Maurício Castro e Rodrigo Leão representaram a equipe na cerimônia de entrega, realizada em São Paulo, em novembro passado. O produto também mereceu destaque entre os finalistas no Innovation Award – evento interno da Dow na América Latina – devido às suas características inovadoras, que garantem resultados rápidos.

Comprometidos com o meio ambiente imagem: Divulgação

A Dow esteve presente no LatAm HSE, evento que reuniu grandes empresas dos setores de óleo, gás e petroquímica da América Latina. Durante a conferência, ocorrida do dia 27 ao dia 29 de novembro, no Rio de Janeiro, as companhias reforçaram seu compromisso com o desenvolvimento sustentável do planeta. O novo líder dos sites de Aratu e Camaçari (BA), Rodrigo Silveira, foi um dos palestrantes. Ele falou sobre as metas alcançadas em 2005 e mostrou como a Dow vem trabalhando para atingir os objetivos de 2015.“Estamos moldando a nossa cultura para que a segurança faça parte das metas de sustentabilidade. Dessa forma, teremos uma relação mais integrada, ampla e responsável com o meio ambiente”, revela. Para Rodrigo, a presença da Dow no evento reforça as boas iniciativas da Empresa nesse sentido. “Mostramos que, além de vender produtos, também oferecemos soluções sustentáveis”, destaca.

Ganhos para a cadeia plástica e de embalagem Cerca de 100 pessoas, entre clientes e donos de marcas, participaram em setembro do Seminário Técnico de

Packaging, Hygiene & Medical e Polyethylene, realizado na sede da Dow em São Paulo. Na ocasião foram apresentadas as principais inovações do setor, ressaltando de que forma as soluções beneficiam sua produtividade e trazem ganhos para os negócios. O evento teve dois dias de duração e contou com a participação de profissionais das áreas de embalagens, de produtos higiênicos, de varejo e de logística e dos times Comercial, Técnico e de Cadeia de Valor e Novos Negócios da Dow. Outros temas debatidos foram o comportamento atual e futuro do consumidor e os caminhos para a sustentabilidade.

5


viva vida

Saúde para dar

e vender

“No próximo ano, vou entrar na academia, vou

Também não adianta só comer salada e filé de frango todos

emagrecer, vou economizar...”. Se você se identifica com

os dias, pois a tendência é enjoar e ‘atacar’ comidas menos

esse rol de promessas, integra um grupo de milhares

saudáveis. O segredo está no equilíbrio”, destaca Viviane

de pessoas que, motivadas pelo início de um novo ano,

Sanches, enfermeira do Serviço de Saúde e Coordenadora do

fazem diversos planos. Entre os mais comuns, emagrecer

Programa de Promoção de Saúde para a Dow no Brasil.

lidera a lista. Mas, para não desistir da ideia, é melhor não seguir aquelas dietas da moda, que prometem uma rápida perda de peso. “Há cuidados importantes para

Exemplo a ser seguido A funcionária Edivânia Maria de Souza Cerqueira, Analista

não comprometer a saúde. O primeiro deles é procurar

de Tecnologia da área de Laboratório de Controle Ambiental

um nutricionista. Outras medidas essenciais são comer

de Aratu (BA), levou a promessa a sério. Com o auxílio dos

a cada três horas e ingerir um pouco de cada classe de

programas do VivaVida e de uma clínica especializada em

alimentos”, diz Gisela de Figueiredo, médica do Serviço

emagrecimento, ela eliminou 22 kg em seis meses, sem abrir

de Saúde da Dow em São Paulo.

mão da saúde. “Fiz uma reeducação alimentar e comecei

Quem passa o dia inteiro no escritório deve ter sempre à

a praticar exercícios físicos”, conta. Apesar da conquista,

mão opções saudáveis de lanches, como frutas ou barrinhas

Edivânia destaca que essa foi apenas a primeira etapa do

de cereal. A ingestão de cerca de dois litros de água por dia

processo. “Continuarei com o acompanhamento médico e

e o ato de mastigar a comida devagar também ajudam a

participarei das iniciativas promovidas pela Dow para não

controlar o peso. Alimentar-se bem no café da manhã é outro

retomar o peso anterior.”

diferencial importante. “Caso a pessoa não coma bem nessa hora, sentirá fome no almoço e irá exagerar nas calorias.

imagem: shutterstock

Dietas de restrição

6

Embora a maioria das pessoas inicie um regime para emagrecer, algumas fazem dieta como tratamento preventivo ou terapêutico. Segundo Adriana Andrade Gomes, nutricionista da TBK, empresa que administra o restaurante da Dow em São Paulo, quem apresenta quadros de intolerância deve substituir os alimentos proibidos por outros com valores nutricionais semelhantes. Atenta a essas necessidades, a Dow desenvolveu o Wellence Gluten Free, solução que substitui componentes com glúten na indústria alimentícia.


CONEXÃO RH imagem: José Henrique Vieira

Aprender

na prática

Diante de um desafio, Vanessa Azevedo aprendeu que o resultado vem com a prática

Quando ingressou na Dow como trainee em 2009, Vanessa Azevedo nem imaginava que trabalharia no setor de alimentos.

Desenvolvimento em foco O caso de Vanessa ilustra o sucesso do modelo de

“Sou formada em engenharia química e não tive nenhum

aprendizagem 70/20/10, adotado pela Dow em 2011.

contato com esse segmento na faculdade”, lembra. Mas,

Segundo esse modelo, 70% do desenvolvimento de

seis meses após sua chegada à Companhia, ela recebeu um

cada funcionário decorre dos conhecimentos adquiridos

desafio importante: o de auxiliar a Empresa a ingressar nesse

no dia a dia, 20% vem de feedback formal e informal, e

mercado por meio da Dow Wolff Cellulosics,

10%, de treinamentos. “A metodologia nasceu de

que fornece derivados da celulose para uso

um estudo da Universidade de Princeton, nos

alimentício, farmacêutico e industrial.

EUA, e tornou-se uma tendência mundial

O que poderia intimidá-la – a falta de

no desenvolvimento de pessoas”, explica

conhecimento sobre o tema – serviu

Graziella Batista, Gerente de Talent

de motivação: Vanessa dedicou-se

Management para a Dow na América

a estudar o assunto e a conversar

Latina. Sempre atenta a inovações, a

com os clientes para captar suas

Dow resolveu empregá-la, pois concorda

necessidades. “Era uma novidade tanto para mim como para a Dow na América Latina. Tivemos de entender as aplicações

que o aprendizado não se limita à sala de aula. O conhecimento adquirido nos cursos é importante, mas só se consolida quando

de nossos produtos, avaliar a concorrência e trabalhar de

aplicado. Transformar as tarefas em oportunidades de

modo a fazer da Companhia um fornecedor confiável”, diz

crescimento, porém, depende de cada um. “Queremos

ela, que hoje atua como Customer Application Specialist. O

que as pessoas identifiquem essas chances e as

resultado desse empenho foi a conquista de maior segurança

aproveitem, tornando-se protagonistas de suas

e flexibilidade. “Compreendi que nem sempre é possível ter

carreiras, conscientes de que o desenvolvimento do

100% de informações prévias sobre um tema e que muito se

funcionário é uma responsabilidade compartilhada

aprende no dia a dia. Quebrei paradigmas.”

entre ele, o seu líder e a Empresa”, finaliza Graziella. 7


CAPA

Questão de ética Os dicionários definem ética como o “conjunto de princípios e valores morais que devem ser observados na conduta humana e no exercício de uma profissão”. Na Dow, pôr em prática esses princípios faz parte da rotina. A Companhia mensura seus resultados não apenas pelos números alcançados mas também pela forma como eles são atingidos. Por esse motivo, todas as decisões são tomadas levando-se em conta noções fundamentais de respeito, honestidade e transparência.

8


imagem: Divulgação

Padrão Diamond O código de conduta da Dow, conhecido como Padrão Diamond, estabelece diretrizes, reforça os valores que

Os valores são fundamentais para uma prática empresarial com alto nível de excelência, essenciais à criação de um ambiente saudável e harmônico e propícios ao trabalho criativo e inovador.

permeiam a atuação da Empresa em todos os níveis e orienta as práticas do público interno. Ele é baseado em três pilares, que, inseridos na cultura interna corporativa e adequados aos padrões organizacionais, são essenciais para o convívio em harmonia: Pessoas: trata de temas relativos ao respeito ao indivíduo e à sua interação no ambiente de trabalho; Negócios: estabelece as premissas da atuação interna e externa com parceiros e colaboradores; Cidadania: norteia a responsabilidade social corporativa.

Sustentabilidade 360° Para Thais Carloni, Diretora Jurídica da Dow Brasil e Membro do Comitê de Ética para a América Latina, o papel dos funcionários está claramente destacado no código de ética da Dow. “Pregamos o respeito pelo

Preparação Conhecer o Padrão Diamond e, portanto, as diretrizes

próximo dentro e fora da Empresa, bem como o zelo

da Dow é tarefa de cada funcionário. Para isso, a

pela qualidade dos nossos produtos e o cuidado para

Companhia disponibiliza o seu Código de Conduta na

com as comunidades ao redor. Isso é desenvolvimento

intranet a todos, em diversos idiomas, por meio da

sustentável. No entanto, a percepção desse ambiente

keyword Code of Conduct. “A Empresa espera que todos

saudável e promissor somente se torna realidade com

estejam comprometidos com essas orientações, que

a participação ativa de todos. Por isso, é imprescindível

tenham tranquilidade para falar com suas lideranças

a coerência entre o conteúdo do código e o dia a dia da

sobre o assunto e que possam tornar-se multiplicadores

Organização”, explica.

desses princípios”, afirma Thais. Para Gastón Remy, Diretor Jurídico da Dow na América Latina, os valores descritos no código são

Você sabe a diferença entre ética e moral?

fundamentais para uma prática empresarial com alto

Moral é um conjunto de valores que regula o comportamento dos seres humanos. Eles são adquiridos pela educação, pela tradição e pelo cotidiano. A consciência moral leva o indivíduo a distinguir o bem do mal. Já a ética é o conjunto de normas que orientam a conduta do homem em relação aos outros membros da sociedade. Ambas são responsáveis por construir as bases que determinam o caráter das pessoas e por ensinar a melhor maneira de agir em relação aos demais.

saudável e harmônico e propícios ao trabalho criativo

nível de excelência, essenciais à criação de um ambiente e inovador. Eles também ajudam no desenvolvimento de líderes e de indivíduos que colaboram para a criação de um ambiente de confiança e de transparência. “Temos a certeza de que estamos fazendo o melhor para disseminar esse amplo diálogo. A todos que queiram conhecer mais profundamente os princípios éticos da Dow, deixo o convite para que visitem regularmente a página www.dowethicsline.com, que concentra informações adicionais sobre o tema”, conclui.

9


FORA DA CAIXA

Portas abertas

condomínio Rochaverá. “A Dow é a única companhia do conjunto de edifícios beneficiada com um auditório. Percebemos que alugá-lo dois dias por semana seria uma forma de aproveitar melhor esse espaço e de rentabilizá-lo. A renda será revertida em benefícios internos, que nos ajudarão a atingir um novo patamar de qualidade”, afirma Deborah.

Iniciativa rentável Inovação foi a palavra de ordem para o setor de

Para viabilizar o projeto, considerado estratégico pela

Facilities em 2012. Antenada com as tendências do

Companhia, foram realizadas pesquisas de mercado e

mercado em ambientes corporativos, a área vem

análises legais. “Atuamos em parceria com diversas áreas,

passando por uma reestruturação focada em novos

como o Jurídico, a de Finanças, a de EH&S e a de Public

processos e iniciativas benéficas para toda a Companhia.

Affairs, e criamos processos internos, de forma a garantir

“Facilities tem sido considerado cada vez mais um

que a novidade, apresentada aos demais condôminos em

departamento estratégico nas empresas. Ele cuida

novembro, não interferisse nos eventos da Dow e ainda

do planejamento e da gestão dos locais de trabalho,

pudesse favorecer nossos fornecedores”, conta Andrea

que estão se transformando em lugares modulares e

Braune, Gerente de Facilities Brasil.

versáteis, capazes de se adaptar às diversas demandas”, diz Deborah Lacerda, Diretora de TI & Facilities para a América Latina. Com isso em vista, ela afirma que “a

Planos para o futuro Em 2013, a área de Facilities permanecerá focada

Dow participa de workshops e pesquisas e ainda realiza

na elaboração de outras soluções inovadoras.

visitas de benchmarking com foco em infraestrutura

“Continuaremos o processo de desenvolvimento do

de escritórios e modelos de serviços para promover

portfólio baseado no relacionamento com nossos

mudanças internas significativas e otimizar espaços.”

clientes. A comunicação apropriada e a constante

Entre as iniciativas que resultaram dessa identificação

observação das tendências do mercado serão

de oportunidades merece destaque o projeto de locação

fundamentais para o contínuo crescimento dos serviços

do auditório da Dow para outras empresas sediadas no

que prestamos”, finaliza Deborah.

imagem: Divulgação

O auditório da Dow já recebeu diversos eventos da Companhia. Agora abre suas portas também para encontros de outras empresas

10


CLIENTE EM FOCO

Parcerias

imagem: Divulgação

de sucesso

O Sales meeting reuniu, em 2012, todo o time de vendas da Dow na América latina

As oportunidades de negócio obtidas por meio da colaboração entre diversas áreas têm ganhado cada

Sales Meeting

vez mais espaço na Dow. Conhecida no mercado como

O cross selling foi um dos temas abordados no Sales Meeting ocorrido em agosto passado na cidade de Atibaia, no interior paulista. Além dele, o debate abordou assuntos como a essência e os valores da função de vendas, o futuro em um ambiente de constantes mudanças, a importância da agenda de inovação para o crescimento na América Latina e o poder do portfólio da Dow. Para Osvaldo Kalaf, Diretor de Excelência Comercial para a Dow na América Latina, as empresas conectadas ao mercado consumidor e ligadas às necessidades de seus clientes levam vantagem nessa jornada. “Temos um grande poder em nossas mãos, que é o de conectar os elementos da ciência aos princípios da sustentabilidade e da inovação. Quando somamos isso ao elemento humano, fica evidente a força de sermos uma organização que entrega, acima de tudo, soluções completas ao mercado.”

cross selling, essa prática pode ser trabalhada de diversas maneiras – uma delas é a venda de múltiplos produtos e serviços a um mesmo cliente. Um dos exemplos recentes da adoção desse modelo reúne a Dow AgroSciences e o segmento de Packaging, Hygiene & Medical, Polyethylene da Companhia. “A Dow AgroSciences tem ótima penetração no mercado agrícola brasileiro. Estamos estruturando um modelo capaz de aproveitar nossos contatos com distribuidores e clientes do segmento agrícola para fomentar o mercado de silos bolsas (recipientes empregados na armazenagem de grãos) e, consequentemente, vender mais pellets – matéria-prima plástica usada na produção desses artefatos”, diz o Gerente de Marketing de Filmes Industriais, Guilherme Dias. Segundo ele, a atividade de cross selling entre as duas unidades ainda não está concluída, mas caminha em ritmo acelerado. Afonso Matos, Líder de Marketing para Grandes Culturas da Dow AgroSciences, destaca que a oferta de silos bolsas por meio dos distribuidores da DAS para o mercado agrícola no Brasil irá colaborar para resolver uma questão crítica do setor, que é a da falta de estrutura para a armazenagem

imagem: Divulgação

de grãos. “O produto desenvolvido pela Dow pode ajudar a preencher essa lacuna e nos firmar ainda mais como um parceiro que cada vez mais oferece soluções para o agricultor brasileiro”, afirma.

11


Trabalho colaborativo Compartilhar recursos por meio de uma atuação

A fábrica do Guarujá, a maior do HUB Brasil, comemorou 40 anos em 2012

processos) e funciona de forma assertiva em diversas

integrada, ampliar o conhecimento entre os funcionários

unidades da Dow em todo o planeta. “Para implantá-

e promover oportunidades de crescimento são algumas

lo no Brasil, adaptamos algumas atividades à nossa

das premissas do HUB. O termo, que em inglês significa

realidade”, conta Otto.

“conexão”, define um modelo de gestão adotado globalmente pela Dow, e que no Brasil funciona desde a aquisição da Rohm and Haas, em 2009. “A Rohm and Haas era composta de diferentes

Destaque em sustentabilidade De acordo com Otto, o modelo brasileiro destacou-se pela economia de custos conquistada, pela agilidade

sites pequenos, distantes até 160 km uns dos outros.

com que foi implantado, pela otimização de resultados e

Durante a integração das empresas, percebemos que

pela atenção constante às metas de sustentabilidade.

poderíamos trabalhar com uma metodologia única

“A criação desse HUB coincidiu com a crise econômica

de gerenciamento, sem trâmites burocráticos e com

mundial. Por causa disso, nós nos vimos diante de um

otimização de recursos”, revela Otto Parets, Líder do site

grande desafio. Os conhecimentos técnicos da área

Guarujá e Champion do HUB Brasil, do qual fazem parte

de manutenção foram essenciais nesse momento.

os sites de São Paulo, Franco da Rocha, Jundiaí, Jacareí,

Percebemos que tínhamos muitos profissionais

Pindamonhangaba e Guarujá. As unidades partilham

qualificados e que não haveria a necessidade de

serviços, equipamentos e recursos nas áreas de

buscar funcionários no mercado. Poderíamos otimizar

Manutenção, Logística, EH&S e Engenharia, entre outras.

os recursos dos sites e agir rapidamente para atender as nossas necessidades. Após esse primeiro passo, os

Formato global Esse modelo operacional começou a ser formatado

demais fluíram facilmente”, conta ele, que complementa: “Hoje, conseguimos economizar anualmente cerca de

em 2007, com base na abordagem de Six Sigma

US$ 1 milhão com o novo modelo, graças ao empenho

(conjunto de práticas para aperfeiçoamento de

e à colaboração de todos os envolvidos”, finaliza.

12

imagem: Divulgação

NOSSA EMPRESA


NOSSA GENTE

Conheça alguns funcionários que fazem parte da estrutura do HUB Brasil:

Alex Ferreira, Líder de Atuação Responsável, EH&S Interessado em conhecer novas culturas, seja viajando, seja conversando com pessoas, seja lendo um livro, seja navegando nas redes sociais, Alex costuma levar o conhecimento adquirido para o dia a dia de trabalho, contribuindo positivamente imagem: José Henrique Vieira

tanto para o seu crescimento como para o da sua equipe. Há um ano, ele é responsável pela segurança de todos os sites que englobam o HUB no Brasil. “Esse modelo de trabalho permite uma atuação integrada. Com isso expomos as pessoas a novos desafios, transferimos conhecimentos e amadurecemos juntos, absorvendo o melhor de cada um”, revela.

Nadia Nery , Responsável pela área de Recursos Humanos dos sites de Franco da Rocha, Mogi Mirim e Jacareí Com 25 anos de Dow, Nadia viu no HUB uma chance de interagir ainda mais com os funcionários da Empresa e ampliar as oportunidades de crescimento profissional oferecidas a eles. Fora da Companhia, ela se dedica ao voluntariado. “Isso me ajuda imagem: Divulgação

a enxergar as pessoas de maneira positiva. Percebo a capacidade de interação do ser humano em diferentes ambientes e situações. Acredito que não devemos nos restringir apenas à nossa zona de conforto. O HUB segue justamente essa filosofia.”

Maurício Viana, Engenheiro de Confiabilidade da área de Manutenção O papel de Maurício na Dow é estar sempre atento ao bom funcionamento de equipamentos e sistemas dos sites do HUB, para antecipar-se aos problemas e evitar paradas ocasionais. “Trabalho para evitar imprevistos e garantir o alto nível de confiabilidade dentro da Companhia.” Envolvido na função que desempenha,

imagem: Divulgação

ele costuma estender seus conceitos também para fora da Empresa. “Sou assim em casa. Outro dia fui trocar uma lâmpada e pensei em improvisar o acesso. Foi quando percebi que na Dow não faria isso e, por fim, adotei procedimentos semelhantes aos que seriam usados na Empresa”, conta.

13


PROTEGENDO O PLANETA

recompensado O cuidado da Dow com o meio ambiente, exercitado em todas as suas ações, valeu à Companhia um reconhecimento importante: o Guia Exame de Sustentabilidade 2012 apontou as 21 empresas com as melhores práticas sustentáveis do País. E a Dow faz parte desse time. A Dow foi premiada pelo Projeto Biomassa – uma iniciativa pioneira, desenvolvida em parceria com a empresa Energias Renováveis do Brasil (ERB) para o fornecimento de vapor ao complexo fabril da Dow em Aratu (BA). Segundo a Diretora de Energia e Mudanças Climáticas da Dow América Latina, Claudia Schaeffer, o prêmio confirma o compromisso com a sustentabilidade. “O Projeto Biomassa nos traz benefícios econômicos, além de resguardar o meio ambiente e de gerar oportunidades para as comunidades locais”, afirma.

Desafio verde Com implantação prevista para o segundo semestre de 2013, o Projeto prevê que dois terços do vapor utilizado na fábrica sejam derivados da combustão da lasca de madeira

Serão 10 mil hectares de eucalipto 100% dedicados à produção de biomassa.

As árvores são transformadas em madeira picada que será combustível para a geração de energia.

imagens: Divulgação

Esforço Equipe Dow recebe o prêmio Guia Exame de Sustentabilidade

de eucalipto de reflorestamento próprio, o que reduzirá os custos da produção do vapor em Aratu. A iniciativa reduzirá em 33% a quantidade de dióxido de carbono lançada na atmosfera, em relação às emissões de 2011. “O gás natural no Brasil tem custo muito elevado, da ordem de US$ 13 MM BTU. A biomassa equivale a uma redução significativa desse valor, para algo ao redor de US$ 8 MM BTU. O projeto, portanto, resultará em economia para a Companhia”, conta Claudia. “Esse é um exemplo de como investir em sustentabilidade é bom para o negócio”, completa. A ERB será responsável por projetar, instalar e operar uma unidade de cogeração de vapor e energia elétrica dentro do próprio complexo fabril na Bahia. Além disso, a Empresa firmou parceria com os produtores de eucalipto do Estado, que plantarão 25 mil hectares da árvore. Com investimento de aproximadamente R$ 265 milhões em energia renovável, a Dow será a primeira indústria petroquímica do mundo a usar biomassa como fonte energética.

O material é transportado para o complexo fabril da Dow por meio de caminhões e trens.

O vapor é o responsável pelo funcionamento da turbina que gerará a energia elétrica. A madeira picada é direcionada para uma caldeira para geração de vapor de alta pressão. A energia é gerada pela pressão, com redução dos custos para produção do vapor e da emissão de gases do efeito estufa.

14


COMPROMISSO COM A COMUNIDADE Visitantes do Eco Pólis aprendem sobre biodiversidade e sustentabilidade

Festa de São Gonçalo, que ocorre em dezembro, no Ecosmar

ENGAJADOS

pelo bem A Dow não apenas se preocupa em desenvolver novas soluções para o mercado como também se dedica às pessoas por meio de projetos sociais. Exemplos disso são o Eco Pólis e o Ecosmar.

Rede de economia solidária O Ecosmar, na ilha de Matarandiba (BA), iniciou suas atividades em 2007 a partir de um convênio entre a Dow Brasil e Universidade Federal da Bahia. O intuito do projeto é fomentar um amplo processo de capacitação dos habitantes locais para assumir a gestão do processo de crescimento da região. “A iniciativa promove o desenvolvimento sustentável, colabora para o fortalecimento das relações sociais, a valorização da memória do local e o uso responsável dos recursos naturais. Mensalmente, beneficiamos cerca de 800 famílias da região”, conta Daniela Franco, Especialista em Comunicação da Dow na Bahia. Em 2012, iniciouse na região mais um empreendimento da rede de economia solidária, a criação de ostras, que envolveu 12 famílias da região. Além disso, foram inauguradas a rádio comunitária e o centro de memória da cultura local. Em 2013, a Dow focará ainda mais no desenvolvimento e na construção de um centro comunitário.

Investimento social Para apoiar esses projetos, a Dow conta com a ajuda do Comitê de Contributions, responsável por direcionar os investimentos sociais da Companhia. De acordo com Larissa Lopes, Secretária de Comunicação em São Paulo e Coordenadora dos processos de Contributions no Brasil, em 2012 a Empresa investiu cerca de R$ 1,3 milhão em projetos, beneficiando mais de 6.500 pessoas. Em 2013, uma das metas é fortalecer a aproximação das estratégias sociais da Dow com a Dow Agrosciences. “Acreditamos que, dessa forma, conseguiremos ter impactos positivos ainda maiores e atuar cada vez mais como um agente de mudanças nas comunidades”, finaliza Larissa.

Incentivo à biodiversidade Parceria com a Unisanta (Universidade Santa Cecília), o Eco Pólis, inaugurado em 2009, funciona no Complexo Industrial da Dow no Guarujá (SP). Seus 240.000 m² de área verde preservada já receberam mais de 5.000 pessoas nos últimos dois anos, em sua maioria estudantes. “Contamos com laboratórios, bibliotecas e salas temáticas para instruir os alunos sobre biodiversidade e sustentabilidade”, revela Orlando Couto Jr., professor de biologia da Unisanta. Em 2013, a Companhia concentrará esforços na formação de parcerias para que o Eco Pólis se torne uma atração turística, já que é um projeto único e diversificado na região.

Fique atento! Em 2012, a Dow estruturou o processo de doação de bens ativos, que torna claro os requisitos necessários para doar bens da Empresa e promover alinhamento com os requerimentos globais. Para 2013, o Comitê de Contributions planeja comunicar as regras de doações a todos os funcionários da Dow no Brasil e também promover um treinamento sobre os processos para todos os focal points no País.

15


Around Dow Brasil - Março 2013  

As iniciativas e histórias de quem faz a diferença na Dow estão reunidas na revista Around Dow. A publicação trimestral apresenta a verdadei...

Advertisement