Issuu on Google+

Douglas Couto

Ano VIII • Número 425 • 24 a 30 de maio de 2012 • Distribuição gratuita

Rua Direita - Mariana/MG

Coleta de lixo em xeque

• Contrato de emergência triplica o preço dos serviços em Mariana • MPE e Câmara apuram o caso e cobram explicação da Prefeitura PÁGINA 4

Divulgação

Preta Gil celebra a vida em Mariana Cantora baiana abre festival que agita a cidade no fim de semana PÁGINA 7 Professores da Ufop iniciaram paralisação por tempo indeterminado. A greve, que começou na semana passada, ganhou adesão dos estudantes, que foram às ruas para fortalecer a luta por um ensino público de qualidade.

PÁGINA 6

Vai começar a farra das doações PÁGINA 3

Whinter Gonçalves

EDUCAÇÃO EM GREVE

Thiago Anselmo Barbosa / Divulgação


OPINIÃO

PÁGINA 2 • A SEMANA

24 a 30 de maio de 2012

Em destaque

Editorial ESTA LEI TEM QUE PEGAR Autêntico marco regulatório em direção à transparência, a entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação constitui, na prática, em mais uma importante etapa no processo de redemocratização do País. A nova regra tem o condão de inverter uma máxima nas administrações públicas: a partir de agora, a publicidade das informações se torna preceito geral, e o sigilo é a exceção. Até então, um cidadão comum que precisasse de alguma informação, qualquer uma, tinha de enfrentar um verdadeiro périplo. A começar pelo absurdo de ser obrigado a apresentar uma justificativa para ter acesso a essas informações. O responsável pelo órgão público poderia, de acordo unicamente com seu critério pessoal, decidir que o motivo apresentado era insuficiente e negar os dados solicitados. Entre as intocáveis caixas-pretas estão os honorários recebidos pelos vereadores e os gastos com a verba de gabinete. O acesso integral a informações públicas fortalece os princípios constitucionais da transparência e da moralidade administrativa. Que Prefeitura e Câmara não apelem a subterfúgios para sonegar aquilo que, por lei, é direito do cidadão.

ISRAEL QUIRINO

Twittess @_alexbruno_ (Alex Bruno) Não entendo: se as pessoas falam que Celso não é candidato, pra que montar um grupão para enfrentar o mesmo? @DrRodrigo14 (Rodrigo Almeida) Terezinha Ramos lança sua pré-candidatura. Todos os amigos são bem vindos. É o início da vitória! @beth_cota (Beth Cota) @DrRodrigo14 Que bom, assim teremos uma candidata de peso. Tomara que ela consiga ter sua candidatura registrada. @jonathancsilva (Jonathan Silva) CNJ inicia inspeção em Minas Gerais! Tomara q passe por aqui! @OCriador (DEUS) Pastores, parem de colocar a culpa dos problemas financeiros dos fiéis no pobre Diabo. Afinal, ele não tem tomado 10% do salário de ninguém. As frases acima são reproduzidas na íntegra. O jornal A Semana não se responsabiliza pelo conteúdo das mesmas, assim como possíveis desvios relacionados ao uso da norma culta da Língua Portuguesa.

Expediente JORNAL A SEMANA LTDA CNPJ: 06.22.538/0001-02

Studio Élcio Rocha (31) 3557-1995

24 de março de 2004 Fundação

REDAÇÃO Endereço: Rua Jatobá, 137ª, Bairro Rosário. Mariana-MG Telefone: (31) 3557-3455

Walmir de A. costa Diretor-Presidente DOUGLAS COUTO Jornalista

CAMINHANDO, CANTANDO E SEGUINDO A CANÇÃO

E-mail:

redacao.asemana@yahoo.com.br

WHINTER GONÇALVES Diagramação

COMERCIAL E-mail: asemana.jornal.comer-

Colaboração: Érica Aniceto Flávio Almeida Reginaldo Vilela

CIRCULAÇÃO Mariana | Ouro Preto | Itabirito

cial@gmail.com

IMPRESSÃO Sempre Editora Ltda.

Os artigos, cartas, e-mails enviados e assinados são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo não expressa, necessariamente, a opinião do jornal A Semana.

A semana se iniciou prometia o caos urbano nas grandes metrópoles em razão da paralisação dos serviços públicos de transporte. Aqui, neste cantinho das Minas onde a razão há muito foi esquecida e a qualidade de vida relegada a mero detalhe, sobreviver no trânsito é façanha digna de superherói. Ao motorista, e somos mais da metade da população, a peripécia é conduzir o seu veículo em ruas estreitas, íngremes, em cuja pista de rolamento proliferam buracos de toda sorte, obstáculos, pedestres, ciclistas e motociclistas incautos, às vezes aprendizes, animais de grande e pequeno porte, obras inacabadas, restos, material de construção, lixo... E é claro, outros condutores de veículos, não raro com pouca ou nenhuma habilidade para tal. Ao pedestre, esse herói anônimo das ruas, sua performance extravagante é sassaricar aqui e ali fugindo da irregularidade ou inexistência das calçadas, dos arranjos que ocupam os passeios, barracas, buracos, sucatas de carros abandona-

dos, postes, rampas de garagem e toda uma gama de elementos estranhos que são arranchados sobre os locais de caminhada, impedindo o direito constitucional de ir e vir. Sobram placas de sinalização, algumas até se contrariam. Abundam a intolerância, a impaciência, a falta de educação. O poder público, por sua vez, afunda-se na lentidão paquidérmica de uma inércia incômoda e parece assistir de camarote a aventura do cidadão a sobreviver neste cenário rocambolesco de guerra. Há um esporte radical que cuida dessa prática. Muito se fala, pouco o nada se faz. Discursos, palestras, debates, discussões na semana de trânsito. Palavras ao vento. Os agentes do Demutran se esforçam, como verdadeiros gladiadores nesta arena motorizada. Talvez sejam os únicos a interessarem realmente pelo que acontece nas ruas. Tentam, com apito e gestos, corrigir os equívocos da legislação, da ausência da fiscalização das posturas urbanas, da inércia do governo gerem intervir efetivamente na questão. Com as vísceras tentam proteger os trôpegos,

os idosos, as crianças e às vezes a si mesmos. Algumas iniciativas, já antes aceitas pela comunidade local foram descartadas ou esquecidas. O estacionamento rotativo, a adoção de semáforos (hoje parecem pisca-pisca de árvore de natal), as alternativas de trânsito que foram apresentadas e relegadas ao descaso, como Rua João Ramos, Rua Cascalheira e Marques de Pombal, que poderiam melhor direcionar o fluxo de trânsito, tudo foi esquecido. A cidade insiste nos erros antigos, talvez à espera de que algo de ruim aconteça. O estacionamento rotativo parou. E em sentido contrário, novas restrições de estacionamento foram colocadas nas ruas, alheias ao crescimento do numero de veículos. Placas de privativo, proibitivo, cones de preferência, carga e descarga povoam o centro, restando aos veículos, as calçadas, a fila dupla, a desordem... o centro da cidade não pertence ao morador, muito menos ao turista que nos visita. As vagas de estacionamento estão todas reservadas, sem qualquer regulamento decente.

Entre aspas “Os candidatos a vereadores e seus respectivos partidos estão num dilema terrível: não sabem se aliam à coligação partidária celsista ou anticelsista. Ninguém quer dar um passo em falso embarcando numa canoa furada” Ozanan Santos, advogado e escritor marianense.

O transporte coletivo, por ônibus ou táxi, se devidamente regulamentado poderia excluir do centro da cidade dezenas de carros. Mas como fazê-lo se não temos a certeza do serviço, a regularidade da prestação, a qualidade do atendimento, o preço justo... A concentração equivocada de serviços no centro (bancos, prédios públicos, grandes lojas e supermercados, escolas, unidades médicas) tumultua o trânsito sem propiciar o menor conforto ao usuário. Só a saída da Prefeitura do Centro, indo em direção ao São Cristóvão, afastaria do centro da cidade cerca de 250 veículos, que ocupam as ruas e vagas estacionamento. Entrou em vigência em abril passado a Lei de Mobilidade Urbana, obrigando os municípios a regulamentar o assunto no prazo de três anos. Que Deus nos dê um gestor consciente, competente e comprometido, com clareza suficiente para discutir com a comunidade uma alternativa para melhorar a nossa qualidade de vida. Oremos! Israel Quirino professor e advogado


POLÍTICA

24 a 30 de maio de 2012

PÁGINA 3 • A SEMANA

Vai começar a farra das doações Em ano eleitoral, prefeito quer deixar de construir casas populares para “doar materiais” Em ano eleitoral, o prefeito Roberto Rodrigues, pré-candidato do PTB à reeleição, terá nas mãos R$ 1,3 milhão para a aquisição de materiais, bens e serviços a serem doados à população de Mariana. O cheque foi assinado pela Câmara, que aprovou, por seis votos a três, o pedido do Executivo, autorizando o remanejamento de recursos do Fundo Municipal de Habitação, que seriam para a construção de moradias populares. Ao todo, o projeto de lei prevê que serão rema-

nejados R$2,3 milhões do Fundo de Habitação. Além do recurso (R$1,3 milhão) para “aquisição de materiais, bens e serviço para distribuição gratuita”, o restante será para manutenção da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Urbano. Apenas os vereadores Juliano Duarte (PPS), Fernando Sampaio (PRB) e Aída Anacleto (PT) votaram contra. Eles cobraram maior explicação do Executivo para essa gastança. “Ao retirar dinheiro do Fundo de Habitação, o

prefeito deixa de construir casas populares, o que poderia beneficiar mais de 100 famílias desabrigadas das chuvas, que hoje recebem R$ 350 de auxílio para aluguel social”, reclamou Juliano. Embora tenha sido aprovado em primeiro turno, nos bastidores é dado como certo que a maioria dos vereadores deve atender ao pedido do Executivo. “Esse projeto está na Casa há algum tempo, há mais de 40 dias, e a secretaria precisa dos recursos”, justificou o vereador Marcelo Macedo (PSDB).

Divulgação CMM

Juliano Duarte, Aída Anacleto e Fernando Sampaio votaram contra a doação de materiais

Câmara rejeita criação de cargos em três secretarias Após autorizar a criação de 29 cargos no Executivo, os vereadores de Mariana decidiram frear a ampliação do “trem da

alegria”. Pelo menos por enquanto eles rejeitaram a criação de mais cargos nas Secretarias de Fazenda, de Governo e Relações

Institucionais e de Transporte e Trânsito. Por entender que os projetos não atendiam à Lei de Responsabilidade

Fiscal, foi discutida a possibilidade da retirada do projeto da pauta de votação. Mas a maioria dos vereadores optou para

que ele fosse votado durante a sessão. A proposta foi derrubada pelo Plenário. Apenas os vereadores Professor Reginaldo

(PR), Raimundo Horta (PMDB) e José Jarbas Ramos “Nego” (PTB) ficaram em cima do muro e se abstiveram de votar.


POLÍTICA

PÁGINA 4 • A SEMANA

Coleta de lixo na mira da Justiça

MPE e Câmara apuram contrato de emergência que triplicou o preço dos serviços em Mariana Os gastos da Prefeitura de Mariana com serviços terceirizados de coleta de lixo e manutenção do aterro sanitário são novos alvos da investigação do Ministério Público Estadual (MPE). As denúncias de que o contrato de emergência – ou seja, sem licitação – publicadas há 15 dias pelo A SEMANA repercutiram em todo o Estado. Desta vez, a reportagem de O Tempo (Super) é quem mostra que o novo contrato mais do que triplica os valores empenhados pelo município na prestação dos serviços - de R$ 162 mil mensais para parcelas de R$ 530 mil. Após ter cancelado, por meio de uma liminar judicial, o vínculo com a EMPAR - empresa local que venceu licitação para prestar serviços até outubro de 2013 -, a prefeitura convocou, de forma emergencial, as construtoras Contorno e Terrayama, ambas sediadas em Belo Horizonte. A princípio, as empreiteiras prestarão os serviços por um período de três meses, mas o acordo pode ser renovado. Os novos contratos preveem pagamentos totais de aproximadamente R$

1,1 milhão para a Contorno, responsável pela coleta, e R$ 495 mil para a Terramaya, que fará a manutenção do aterro sanitário. Em nota, a assessoria do MPE confirma que foi protocolado no dia 10 uma notícia de fato - em outras palavras, um procedimento prévio para a abertura de um inquérito. A promotoria já solicitou à prefeitura os documentos referentes aos contratos. Os dados devem

ser entregues no prazo de 20 dias. Segundo o órgão, a Empar impetrou mandado de segurança contra a decisão do Executivo. SINDIÂNCIA. Além do MPE, a Câmara criou uma comissão de sindicância para apurar esse contrato. O presidente da comissão, o vereador Fernando Sampaio (PRB), declarou ao jornal O Tempo que apresentará um requerimento

à Prefeitura, solicitando todos os documentos e decisões judiciais que embasaram a decisão do Executivo. “A Prefeitura rompeu a licitação que estava em vigência, e não sabemos o que motivou essa atitude. Era um contrato só, e agora dividiu e triplicou o preço. Precisamos, antes de tudo, saber com precisão porque a EMPAR foi descartada”, afirmou Sampaio.

Fraude é apurada pelo TCE A crescente demanda por serviços de coleta e à destinação adequada do lixo urbano e a falta de critérios transformam o setor em campo fértil para a corrupção. A reportagem de O Tempo (Super) mostrou que os serviços públicos de co-

leta e destinação de lixo têm sido tema recorrente de denúncias em todo o Estado. Só nos últimos cinco anos, o plenário do Tribunal de Contas do Estado (TCE) apreciou ao menos 96 processos relativos ao tema. A complexidade e o caráter de

urgência de alguns serviços, além da falta de critérios para medir os resultados, são apontados como fatores que facilitam a prática de improbidade no setor. “É um serviço que favorece a fraude. Pode parecer exagero, mas, se

investigar, é possível que haja problemas em todos os 853 municípios do Estado”, alerta o coordenador do Centro de Apoio às Promotorias de Defesa do Patrimônio Público (Caopp), Leonardo Barbabela.

Prefeitura fará nova licitação Em nota, a Prefeitura argumentou que o contrato com a Empar se referia apenas à locação de veículos e equipamentos e “não atendia ao interesse público”. Os trabalhos eram feitos por servidores, os quais serão realocados para outras funções. Conforme a nota,

os serviços da Empar apresentavam problemas e chegaram a desencadear dois processos administrativos. “Em todas as reclamações, a empresa alegava que não era responsável pela coleta de lixo e fazia apenas o aluguel das máquinas”, diz a nota. A prefeitura anuncia que fará nova licita-

ção, “mais abrangente, transferindo toda a gestão da coleta de lixo”. Essa licitação será publicada em 10 dias e inclui, ainda, varrição, capina, coleta seletiva e operação do Aterro Sanitário. OUTRO LADO. A direção da EMPAR rebate a nota da prefeitura e

afirma que “sempre foram responsáveis pela coleta de lixo”. Para eles, “as declarações da prefeitura é uma tentativa de desviar o foco em relação ao preço absurdo da contratação da nova empresa”. “O preço para a coleta e operação hoje é R$368 mil a mais e a contratação de garis não justifica tal preço”.

24 a 30 de maio de 2012

Pense Direito Fazer Justiça não é fazer Direito Carta Desabafo do Juiz Carlos Roberto Loiola Vocês da imprensa me perguntam agora, porque algumas sentenças minhas são diferentes. Talvez sejam. Vou pensar. Talvez seja porque agora eu tenho em mim certa segurança de que fazer Justiça é coisa muito diferente do que o simples fazer Direito. Isso talvez seja diferente hoje em dia. Vou meditar. Mas ainda assim não compreendo porque algumas sentenças não podem ser diferentes. Porque eu mesmo não posso ser diferente. Porque eu tenho que ser igual aos outros, usar cartão de crédito, ter celular, fazer parte de uma rede social? Minhas sentenças só possuem valor se forem iguais às dos outros? Só vale chapinha, agora? Eu só tenho valor se usar celular, cartão de crédito e usar essa engenhoca de Facebook? Onde está escrito que tenho que ser igual? Não são vocês mesmos que dizem na televisão a toda hora que “ser diferente é normal”? Muitos dizem que Justiça é dar a cada um o que é seu. Bacana isso! Já vi muitos doutores dizendo isso, até na TV Justiça. Mas não acho isso correto. Direito é dar a cada um o que é seu. Justiça não é dar a cada um o que é seu. Prá mim, Justiça é muito mais. Se justiça fosse dar a cada um o que é seu, então, ao desgraçado, quando eu fosse fazer Justiça, em minhas sentenças, eu só poderia dar desgraça; ao infeliz, a infelicidade, ao desafortunado, a desfortuna, porque é isso que essa gente tem. Mas não é assim que eu trabalho e penso. Direito é dar a cada um o que é seu. Justiça não. Quem dá a cada um o que é seu faz Direito. Pode ou não fazer Justiça. Cada caso é cada caso. Mas Justiça é muito mais. Justiça é colo de mãe, na mais perfeita definição que já ouvi dela, e isso foi de uma criancinha de 03 anos, pura e ingênua, dentro de minha própria casa. Quem diria? Depois de ler tantas obras jurídicas, dos mais renomados juristas, foi numa criancinha de três anos que encontrei a melhor definição de Justiça. Justiça é colo de mãe! É Justo: mãe não dá a cada um dos filhos o que é seu. Isso não. Mãe se dá por inteiro a todos eles! É assim que é a Justiça, e isso é coisa bem diferente que Direito. Talvez seja por isso que algumas sentenças minhas sejam diferentes, para vocês. Vou pensar. Talvez porque elas, em algum ponto, se afastem do Direito para fazer Justiça, e, convenhamos, isso está se tornando coisa difícil hoje em dia. Vou refletir mais sobre isso. CONTINUA NA PRÓXIMA SEMANA Flávio de Almeida Advogado fasg@uaivip.com.br http://flavioals.spaces.live.com/


CIDADES

24 a 30 de maio de 2012

PÁGINA 5 • A SEMANA

Cooperouro em franca expansão Cooperativa pretende inaugurar até julho sua nova filial em Mariana

Pelo menos R$ 13 milhões devem investidos em expansão para 2012 pela Cooperouro. Além da ampliação da matriz em Ouro Preto, o projeto prevê a construção de três novas unidades: uma no bairro Cabeças, no centro histórico, outra em Cachoeira do Campo e uma terceira, em fase de construção, no município vizinho de Mariana. A expectativa é de que os novos empreendimentos sejam responsáveis pela abertura de mais de 300 novos postos de trabalho na região.

A unidade de Mariana já está em fase de construção numa área de 4,6 mil metros quadrados, às margens da BR-356, na altura da Gameleira. Com previsão de inauguração para julho, mês de aniversário da cidade, o empreendimento deverá gerar pelo menos 120 empregos diretos. A nova loja da Cooperouro terá porte semelhante ao da matriz e oferecerá a mesma variedade de produtos e serviços. A chegada da cooperativa trará mais comodidade aos cooperados

que moram no município e atualmente precisam ir a Ouro Preto para fazer suas compras, além de dar oportunidade a novos associados. Com aproximadamente 14 mil habitantes e distante 18 quilômetros do centro de Ouro Preto, o distrito de Cachoeira do Campo é considerado um polo regional e está nos planos de expansão da Cooperouro, que prevê a implantação de uma unidade da cooperativa. Atualmente, a Cooperouro é a segunda maior cooperativa de consumo de Minas Gerais.

Força motriz da economia ouro-pretana Fundada em julho de 1980, com o nome de Cooperativa de Consumo dos Empregados da Alcan Brasil e Subsidiárias Ltda (Cooperalcan), a Cooperouro nasceu da união de um grupo de ex-funcionários da Alcan, com a proposta de solucionar as dificuldades de abastecimento de gêneros básicos

em Ouro Preto. Começou com 28 sócios-fundadores e hoje possui mais de 13 mil cooperados, gerando 170 empregados diretos. “Estou à frente da cooperativa há mais de 15 anos e, nesse período, atingimos um dos maiores crescimentos da história”, ressalta diretor-presidente

da Cooperouro, Joaquim Silva. Para ele, a cooperativa continua cumprindo o papel de motriz da economia local, sem se esquecer dos valores fundamentais da sustentabilidade e solidariedade que norteiam o cooperativismo. Antiga capital de Minas, e berço da Incon-

Divulgação

Em fase de construção, filial da Cooperouro em Mariana deve ser inaugurada em julho

fidência Mineira, Ouro Preto é reconhecida também como a pioneira do cooperativismo de crédito no Brasil. Segundo informações do Banco Central, a primeira sociedade brasileira a ter em sua denominação a expressão “cooperativa” foi a Sociedade Cooperativa Econômica dos Funcionários Públicos de Ouro Preto, fundada em 27 de outubro de 1889.

Reprodução

Joaquim Silva, diretor-presidente da Cooperouro


CIDADES

PÁGINA 6 • A SEMANA

24 a 30 de maio de 2012

Vizinhança do barulho Moradores de Ouro Preto denunciam abusos de festas em repúblicas As festas universitárias continuam tirando o sono da vizinhança em Ouro Preto. O alvo de reclamação desta vez é a 9ª Festa do Bafômetro, organizada por sete repúblicas particulares na Bauxita. A festança na república Alcateia irritou moradores. De acordo com a denúncia, a festa desta vez aconteceu na tarde de sábado, dia 19, na república que fica na avenida JK. Apesar de terem sido autuados pelos fiscais de posturas do município na presença da Polícia Militar, os universitários teriam ignorado a ordem judicial e mantiveram a festança, que avançou a noite. Segundo a associação de moradores, em reunião com Ministério Público,

foi solicitada liminar impedindo a festa, pelo fato de não haver alvará do município, condições de segurança e isolamento acústico para atendimento à Lei do Silêncio. Entretanto, a Justiça determinou que, se atendidas as exigências legais, a festa poderia ocorrer no período de 15h as 21h30, do contrário estariam sujeitos a multa de R$ 50 mil. A associação de moradores cobra punição às repúblicas, que não dispunham de alvará, e denunciam que houve cobrança de ingresso aos participantes do evento. Na mesma noite houve a autuação da república Kaos, situada também na Bauxita e organizadora da Festa Rave da Greve, em R$12 mil.

Divulgação

Os moradores da Bauxita em pé de guerra com as repúblicas barulhentas

Câmera flagra roubo

Universidade em greve Reprodução PMM

Imagens das câmeras de segurança flagram o momento do furto Uma câmera do sistema de segurança da Guarda Municipal de Mariana flagrou o momento em que uma moto era furtada no Centro. O crime ocorreu em plena luz do dia, na tarde quinta-feira, 17, na Rua Santana. A Polícia Militar foi acionada para registrar ocorrência. Com a ajuda das imagens, houve identificação dos suspeitos, que foram perseguidos pela equipe da polícia. INFORME PUBLICITÁRIO

Thiago Anselmo Barbosa / Divulgação

Pelas ruas de Ouro Preto, estudantes protestam pela educação de qualidade Os professores e alunos da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) decidiram pelo indicativo de greve. A paralisação dos docentes começou na quinta-feira, dia 17, e a dos estudantes foi aprovada na segunda-feira, dia 21. A decisão foi tomada durante a assembleia realizada pela Associação dos Docentes da Ufop (Adufop), na qual foram avaliadas questões como a situação da carreira atual dos professores e a estagnação nas negociações com o governo por rejuste

salarial. Além da Ufop, professores e técnicos administrativos do ensino superior sinalizam a realização de greve nas universidades federais do Estado nos próximos dias. Os profissionais reivindicam melhores condições de trabalho. A categoria conseguiu, até agora, aumento salarial de 4%. No entanto, o combinado é que o reajuste viria acompanhado da reestruturação da carreira dos professores, que hoje é dividida em ensino básico e magistério superior.

Fatos da Semana ELEIÇÃO DE COLEGIADO EM PASSAGEM A Escola Municipal de Passagem de Mariana, em cumprimento da Constituição Federal e considerando a importância do Colegiado para o fortalecimento da gestão democrática na escola pública, convida a comunidade para participarem do processo de eleições do colegiado, que acontecerá no dia 30 de maio, de 7h às 17h, no prédio da escola, à Rua do Campinho s/nº, conforme deliberação da Portaria 03 e 10/05/2012 da Secretaria de Educação de Mariana. TRÂNSITO CAÓTICO EM DEBATE O caótico trânsito de Mariana esteve no centro das discussões de um encontro de empresários com representantes do Demutran. Entre as demandas apresentadas estão mais áreas para estacionamento, melhoria da sinalização e reativação do rotativo. Uma nova rodada de conversa acontece dia 19 de junho, às 9h30, no Centro de Convenções. Os empresários e interessados em colaborar com o tema são convidados a participar. VACINA CONTRA GRIPE A campanha de vacinação contra gripe (Influenza) acontece até o próximo dia 25 e não será prorrogada. Além da Central de Vacinação, a imunização está disponível nas unidades de saúde dos bairros Cabanas, Rosário e em Passagem de Mariana. GUARDAS EM MARCHA RUMO A BRASÍLIA Caravana de Guardas Municipais de diversas regiões de Minas seguem rumo a Brasília, onde participam de manifesto em favor da aprovação da PEC 534/02, que amplia a competência dos guardas. Com apoio do empresário Raul Almeida, uma comitiva de GM’s de Mariana seguiu para a capital federal, a fim de fortalecer o ato. PROTESTO POR QUEBRA-MOLAS Em visita ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Belo Horizonte, o prefeito Angelo Oswaldo reiterou o pedido dos moradores de Cachoeira do Campo, solicitando a retirada dos radares e o retorno dos quebra-molas. Recentemente, o Dnit instalou radares e retirou os redutores de velocidade físicos da via. Com isso, a velocidade mínima do trecho passou para 60 quilômetros por hora. BOMBEIROS SOB NOVO COMANDO O Tenente Márcio Gustavo Guerra de Toledo assumiu o comando do Corpo de Bombeiros de Ouro Preto. A unidade, implantada em 1969, atende não só o município, mas também cidades vizinhas. No início deste ano, durante o período das chuvas, a 3ª companhia ganhou grande destaque pelos imprescindíveis serviços prestados.

Neno Vianna / Divulgação PMOP

Órgão Informativo da Prefeitura Municipal de Acaiaca/MG 24 de maio - Jornal A Semana edição 425 - Pag 6 AVISO DE LICITAÇÃO. Prefeitura de Acaiaca. PAL nº 039/2012 PREGÃO PRESENCIAL Nº 029/2012 – OBJETO: Aquisição Moto. Remarcada licitação para o dia 06/06/2012 às 9 horas. Correções foram feitas no anexo I e II. Prefeitura municipal de Acaiaca, na Praça Tancredo neves, 35 – CEP 35.438-000. Edital disponível no mesmo endereço, de segunda a sexta-feira, das 7 às 16 horas. Informações pelo tel.: (31) 3887-1122 ou pelo email: licitaacaiaca@yahoo.com.br. Eliane Maria de Oliveira Santana. Pregoeira.


VARIEDADES

24 a 30 de maio de 2012

PÁGINA 7 • A SEMANA

Preta Gil celebra a vida

HORÓSCOPO

Música, cinema, oficinas e blocos de rua são os destaques em Mariana, entre os dias 25 e 27 de maio A baiana Preta Gil é a atração principal da 9ª edição do Festival da Vida, que acontece em Mariana neste fim de semana (de 25 a 27 de maio). A cantora traz para Minas o seu repertório animado, composto por músicas próprias e muitos sucessos. Em uma verdadeira salada musical, traz alguns de seus grandes sucessos - como Sinais de Fogo e Stereo - e ritmos brasileiros como Funk, Samba, Axé e Sertanejo. O show acontece na sexta-feira (25), a partir

das 20h30, na Praça dos Ferroviários. Com programação gratuita, o festival terá, entre as atrações, o Cinema na Praça, com a exibição do filme Rio e O Palhaço, o Teatro e Banda Infantil Osquindô, o Encontro de Bonecos, oficinas, Encontro de Congado (Festa do Divino), dentre outros. Para fechar a programação com estilo, a Praça dos Ferroviários será o palco do show de Glayson Ciclone e a banda SuperTim, que fazem um belíssimo Tributo a Tim Maia.

NEM TE CONTO! Angelica FOX Gentemmmm, como estão todos vocês? Eu estou ótimaaaa, muito feliz curtindo esse friozinho! E amanhã tem show da Preta Gil, na Praça dos Ferroviários. Marcarei presença, claro! E vamos fofocar? • Gentem, nos capítulos de “Avenida Brasil”, o autor João Emanuel Carneiro começa a dar pistas de que haverá uma reviravolta na história quando o segredo de Carminha for descoberto. Em vários diálogos, a loura diz: “Eu não sou a vilã, sou a vítima”. E Lucinda também defende Carminha: “Ela teve motivo para fazer o que fez”. • Circula nos bastidores da novela uma tese de que quando o passado de Carminha for revelado a vilã assumirá ares de vítima. Há quem aposte que a moça ficou anos na cadeia pagando por um crime cometido por Lucinda e que, por isso, suas atitudes (como deixar o filho no lixão) ganharão uma justificativa.

• Mas até lá a víbora vai continuar dando seus botes. Ela vai revelar a Tufão que foi moradora do lixão onde deixou Jorginho, em “Avenida Brasil”. A vilã ainda mente para o marido ao dizer que o filho é fruto de um estupro. O ex-jogador coloca a mulher contra parede e exige uma explicação após saber que ela é mãe biológica do rapaz. Carminha diz que mentiu por amor, que teve medo de perdê-lo se ele soubesse de seu passado miserável, porque ela também foi criada no lixão. Será que ele vai acreditar? • Pessoas, e agora vamos falar do remake de Gabriela. Marcelo Serrado já deixou o visual de Crô para trás. O ator, que fez sucesso como o mordomo em “Fina estampa”, posou com o figurino do mulherengo Tonico Bastos, seu personagem em “Gabriela”. Serrado fez foto ao lado de Ivete Sangalo nos intervalos das gravações realizadas em Ilhéus, na Bahia. A cantora baiana dará vida a Maria Machadão, dona do Cabaré Bataclan, no remake escrito por Walcyr Carrasco. • E por falar em Gabriela, olha o bafo! Li no site do Leão Lobo que a Maitê

Áries - 21/3 a 20/4 A semana começará com dúvidas e distrações. Aproveite a noite de terça para conversar com o parceiro sobre seus sonhos e impressões. Emoções à flor da pele inspirarão momentos românticos na vida íntima.

Uma proposta de viagem ou um encontro inesperado despertará desejos de aventura. A semana começará com novidades excitantes e perspectivas otimistas. Fim de semana animado na companhia de amigos. Tudo aberto para o amor!

Touro - 21/4 a 20/5 O orçamento ficará mais equilibrado em breve. Encontros animados e divertidos estimularão sua criatividade. Aproveite para por a conversa em dia com amigos e para fazer novos contatos.

Escorpião - 23/10 a 21/11 A semana promete emoções fortes e vida sexual intensa. Mas algumas insatisfações íntimas, reveladas pelo movimento retrógrado de Vênus, terão que ser encaradas de frente. Bom período para mudar comportamentos que dificultam seus relacionamentos.

Gêmeos - 21/5 a 20/6 O novo ciclo de vida que começará a partir do seu aniversário promete mais segurança e poder pessoal. Tempo de espera no amor: paciência. Enquanto isso, brilhe e faça sucesso!

Divulgação

Preta Gil abre o Festival da Vida com show em Mariana

Proença foi a verdadeira responsável pela saída de Bruno Gagliasso do elenco da novela, onde viveria seu amante, o dentista Osmundo, e não os problemas de agenda do galã, como foi noticiado. Bruno, já nos primeiros dias de gravação, não concordou com as intermináveis exigências da atriz, preferindo deixar o elenco antes que a situação piorasse. E esse abacaxi passou para Erik Marmo. • E por falar nisso, Nos bastidores da novela, já se comenta que, mesmo sujeito a conviver com as constantes crises de estrelismo e exigências de Maitê Proença, com quem contracenará na maioria das suas cenas, Erick Marmo saiu ganhando, pois antes de ser chamado para substituir Bruno Gagliasso, o galã estava sem contrato com a Rede Globo. Pelo menos, o emprego está garantido. • Gentem, e a Juliana Paes, protagonista da

história, revelou que está cansada de tanto fazer amor, pois passou uma semana gravando apenas sequências de sexo com Humberto Martins, o turco Nacib da história. O empresário Carlos Eduardo Baptista, marido da estrela, já declarou que não pretende assistir pela televisão nenhuma dessas cenas. • E, pra fechar, uma notícia que amei: A querida Drica Morares, totalmente recuperada de um sério problema de saúde, estará no elenco do “remake” de “Guerra dos Sexos”, e ganhou um dos melhores papéis da história, a engraçada Dona Nieta, moradora da Zona Leste paulistana e mãe de Carolina. Na versão original dessa história de Silvio de Abreu, exibida pela Globo em 1983, esse papel foi vivido pela saudosa Yara Amaral.

Câncer - 21/6 a 22/7 Tempo de recesso e de sonhar com o futuro. A entrada da Lua em seu signo dará maior nitidez aos sonhos. Aproveite para tomar decisões sobre o projeto de vida. Carinho dos amigos, vida social gostosa e harmonia familiar trarão segurança e proteção emocional. Leão - 23/7 a 22/8 A vida social será agitada nesta semana. Ótimo período para curtir amigos e ficar por dentro das novidades. Aproveite para desfazer algum mal entendido e fortalecer uma velha amizade. Novos amigos também entrarão para valer em sua vida. Virgem - 23/8 a 22/9 Carreira em ascensão! Poderá aumentar sua popularidade ou até mesmo assumir uma posição de maior destaque nesta semana. O sucesso dos seus empreendimentos estará garantido. Cultive a paz de espírito. Libra - 23/9 a 22/10

Sagitário - 22/11 a 21/12 A Lua Nova na sua área afetiva inaugurará uma fase gostosa na vida íntima. Bom período para aprofundar um relacionamento já existente ou firmar uma nova relação. Parcerias e associações com amigos também serão positivas nesta semana. Capricórnio - 22/12 a 20/1 O cotidiano poderá ficar um tanto confuso nesta semana. Aproveite para organizar suas coisas e estabelecer uma nova ordem. Talvez não dê para cumprir todos os itens da agenda, mas garantirá o básico necessário para manter a vida estável. Aquário - 21/1 a 19/2 Fortes emoções marcarão esta semana que promete paixão intensa, autoconfiança e muita criatividade para deixar a vida mais divertida. Conversa séria com o parceiro definirá novos rumos para a vida íntima. O dinheiro estará curto, mas não impedirá o prazer. Peixes - 20/2 a 20/3 Prepare-se para realizar seus sonhos e promover as mudanças desejadas na casa e no estilo de vida. A semana será marcada por reencontros emocionantes e promete fase nova na vida familiar.

DIVIRTA-SE Festival da Vida Entre os dias 25 e 27 de maio acontece a 9ª edição do Festival da Vida, que apresenta uma ampla e gratuita programação, que conta com os shows de Preta Gil e de Glayson Ciclone e a banda SuperTim, que fazem um belíssimo Tributo a Tim Maia, ambos na Praça dos Ferroviários. Fotografia O fotógrafo marianense Arlindo Silva está se destacando em Belo horizonte, com a exposição Mãe Natureza In foco, promovida pelo Centro Cultural Jardim Guanabara. A exposição apresenta uma seleção de fotografias de animais e plantas, e pode ser visitada até 31 de maio, na rua João Álvares Cabral, 277 – Jardim Guanabara. A exposição pode ser visitada de terça à sexta, das 9h às 17h e sábado das 9h às 13h. prestigie! Feijoada Não perca a 7ª Feijoada Casa Lar Estrela 2012, no dia 17/06, a partir das 10h. Feijoada e caipirinha liberadas, shows e muita gente bonita! Quem se interessar em patrocinar o evento, entre em contato no tel 3558-5477. Camisas à venda na loja Fuxico (Rua do Catete, 29). Venha se divertir! Recriavida Não perca! Apresentações gratuitas do coral RECRIAVIDA no dia 25/05 (sexta-feira), Apara festejar o aniversário da Escola Santa Godoy, em Mariana, às 8h.

Divulgação

Depois do hilário Crô, Marcelo Serrado será o mulherengo Tonico Bastos no remake de Gabriela e contracena com Ivete Sangalo

Cultura em Revista Visite o site “Cultura em Revista” - revista cultural de Mariana e Ouro Preto. O site vem promovendo o desenvolvimento cultural nos municípios de Mariana e Ouro Preto. Acesse www.culturaemrevista. com.br e confira!!!

Aqui quem faz a diferença é VOCÊ!

www.bmnoticias.com

www.itatiaia.com.br/ouropreto - Tel: 3551 2166 / 3551 5544


SOCIAIS

PÁGINA 8 • A SEMANA

24 a 30 de maio de 2012

Foto: Reginaldo Vilela

Quem prestigia nossa coluna desta semana é a querida Fernanda. Felicidades!

Foto: Arlindo Silva

Whinter e Flávia se divertiram ao lado de seus amigos durante a festa do casamento. Animação total!

Foto: Álbum de família

Nossa amiga Lorena assistiu ao show do Lenine ao lado de seus colegas do curso de Jornalismo, da Ufop, durante o Festival do Vinho, em Catas Altas. Galera pra lá de animada!

Foto: Álbum de família

Foto: Arlindo Silva

O belo casal Whinter e Flávia se uniu em matrimônio no sábado (19/05). A equipe do jornal a Semana deseja toda felicidade do mundo aos pombinhos!

Foto: Arlindo Silva

Os noivos Whinter e Flávia foram clicados pelos fotógrafos Arlindo e Eliane Silva. Belos registros!

O fotógrafo marianense Arlindo Silva está se destacando em Belo horizonte, com a exposição Mãe Natureza In foco, promovida pelo Centro Cultural Jardim Guanabara. A exposição apresenta uma seleção de fotografias de animais e plantas, e pode ser visitada até 31 de maio, na rua João Álvares Cabral, 277 – Jardim Guanabara

Foto: Àlbum de família

A vereadora Aída Anacleto prestigiou o evento “Na boca do balão”, uma homenagem do Sagarana à saudosa Magdalena Lana Gastelóis. Sucesso puro!

Foto: Reginaldo Vilela

Leandro e Girlene casaram-se no dia 12 de Maio. A equipe do Studio Élico Rocha deseja felicidades ao casal!


A SEMANA