Issuu on Google+

Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Documento Síntese ARARA

Curso: Educação e Comunicação Multimédia Disciplina: Laboratório Multimédia Docentes: Doutora Ana Velhinho e Doutora Alexandra Moedas Discentes: Dora Estevão, nº 10917

Outubro, 2011

1


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Índice INTRODUÇÃO ................................................................................................................................ 3 DESCRIÇÃO GERAL DA ESPÉCIE.......................................................................................... 4 ARARA ............................................................................................................................................ 4 HISTÓRIA ........................................................................................................................................ 5 CARACTERÍSTICAS ........................................................................................................................ 6 TEMPERAMENTO ........................................................................................................................... 8 ALIMENTAÇÃO .............................................................................................................................. 9 HIGIENE........................................................................................................................................... 9 DOENÇA.......................................................................................................................................... 9 CURIOSIDADE .............................................................................................................................. 10 ARARA-VERMELHA ................................................................................................................... 10 WEBGRAFIA ................................................................................................................................... 12 ANEXO ............................................................................................................................................. 13

2


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Introdução

O planeta azul é extremamente rico em biodiversidade, por enquanto ainda é possível observar algumas espécies, muitas delas, infelizmente, em vias de extinção. Depois de reflectir sobre qual seria a espécie a escolher, decidi primeiramente pelo Lynce Ibérico, a qual aguardo por uma fotografia com mais definição do Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) e do Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico (CNRLI). Sendo esta hipótese inválida, optei de imediato por outra espécie em extinção, a Arara, aves que sempre apreciei pelas penas de cores vivas e por outras características que irei descrever. Com a realização desta pesquisa pretendo identificar uma espécie e sua comunicação através da ilustração digital, realista em contexto educativo e de interpretação ambiental, conduzir uma investigação documental e visual para informar um processo de produção de ilustração digital, aprofundar o conhecimento da espécie em estudo e usar técnicas de ilustração digital para comunicar um conteúdo de forma rigorosa, clara e objectiva, assim como, interpretar a informação essencial da espécie e redesenhá-la traduzida numa síntese formal transformando-a num personagem representativo da espécie.

3


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Descrição geral da espécie As araras são um tipo de papagaios coloridos, pertencentes a alguns géneros da família Psittacidae, também chamados de aves de bico torto. Este grupo de aves habita não só na América do Sul, mas, também, na África e Austrália. O grupo encontra-se num estado de conservação ameaçada, graças à caça furtiva devido à sua procura como animais de estimação, e principalmente, ao desaparecimento do seu habitat. Quase todas as espécies de psitacídeos adaptam-se com facilidade ao cativeiro.

Arara Classificação Científica Reino: Animalia

Géneros Ara

Filo: Chordata

Anodorhynchus

Classe: Aves

Cyanopsitta

Ordem: Psitaciformes

Propyrrhura

Família: Psittacidae

Orthopsittaca

Distribuição geográfica

Diopsittaca Algumas araras Arara-azul-de-lear Arara-canga ou (Anodorhynchus leari) Arara-piranga (Ara macao) Arara-azul-grande (Anodorhynchus Arara-canindé (Ara hyacintinus) ararauna) Arara-azul-pequena (Anodorhynchus glaucus)

Arara-militar (Ara militaris)

Ararinha-azul (Cyanopsitta spixii)

Arara-de-saint-croix (Ara autocthones)

Arara-vermelha (Ara chloroptera)

Ararinha-de-testavermelha (Ara rubrogenys)

Países Panamá Colômbia Venezuela, Guianas até o sul do Brasil Paraguai Oeste e leste do Equador

4

Leste do Peru Nordeste da Bolívia


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

História Os Psittacidae sempre despertaram um grande interesse no homem desde os tempos antigos. Realmente, existem citações desse grupo na literatura lndu datada de 3.000 anos a.C. Até mesmo o Kama Sutra faz referência a esse grupo dizendo que uma das 64 actividades nas quais o homem deve ser mestre em fazer é ensinar um psitacídeo a falar. A primeira importação de psitacídeos foi feita pela Europa em 327 a.C., quando um soldado do exército de Alexandre, o Grande, chamado Oneskritosde, resolveu levar para a Grécia algumas aves como lembrança, em seu retorno, após a campanha na Índia contra os Persas. Este "contrabando" surtiu tanto efeito que, após aquela data, as exportações da Ásia para Europa não pararam. Até

mesmo

Colombo,

Cristóvão quando

descobriu

a

América,

trouxe de volta alguns papagaios

como

lembrança das supostas Índias.

Na

naquela

verdade,

época

os

psitacídeos eram tidos como sinónimo de riqueza. Sabe-se que, antes de avistar indícios de terra, a esquadra de Colombo avistou um suposto bando de psitacídeos voando para o sul. Decidiram então irem direcção àquele bando e foram descobrir o que hoje chamamos de ilhas Bahamas. Ao que tudo indica, se tivessem prosseguido o curso original, teriam desembarcado na Flórida e não em uma ilha. Sabe-se que uma das primeiras permutas de Pedro Alvares Cabral com os índios brasileiros foi uma arara vermelha, que foi trocada por artigos trazidos da Europa. Esta mesma arara causou grande sensação em Portugal.

5


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Características As araras são aves muito bonitas e coloridas, o vermelho, verde, azul e amarelo, em diferentes tons e combinações, tornam esta ave famosa pelo seu porte altivo e pelo colorido da sua plumagem. É sem dúvida uma das aves mais bonitas do mundo. As araras não são capazes de voar longas distâncias. Mas movimentam-se muito bem entre os galhos das árvores, devido aos pés curtos e ao formato das suas fortes patas, com quatro dedos (dois voltados para frente e dois voltados para trás). As araras possuem cabeça larga e robusta. Estas aves possuem um bico curvo e bastante resistente, em formato de gancho com o qual gosta de descascar sementes com grande facilidade, perfurar troncos na procura de larvas, devido à língua bem desenvolvida, arrancar cascas de árvores e, com isso, treinar a musculatura da mandíbula. O peso destas aves varia entre 1,5 a 5 kg e o seu comprimento pode chegar a 1 metro. Estas aves normalmente vivem em bandos e imitam sons com grande facilidade, podem até dançar, o que as torna muito sociais. São animais que se afeiçoam às pessoas do seu convívio com facilidade, principalmente a quem as alimenta. Gostam de tomar banho de chuva e de fazer os seus ninhos nos troncos de árvores ocas ou em cima de palmeiras e de se alimentarem de insectos, larvas, brotos, frutas, castanhas e sementes. As araras vivem em pequenos grupos ou em casais, avistam-se geralmente nas copas das árvores. As longas penas das caudas das Araras chegam a medir mais de um metro e servem ainda para assinalar o seu ninho. Com efeitos, os seus ninhos são feitos de preferência em ocos no alto do tronco de palmeiras. Mas como a ave só escava o suficiente para abrigar o seu corpo, a longa cauda fica de fora, denunciando-a. A maturidade sexual destas aves ocorre depois de três anos, e, quando chega á época da reprodução, as araras formam casais, a fêmea põe de dois a três 6


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

ovos e a incubação dura mais ou menos 28 dias. Para que a reprodução possa ocorrer sem problemas, as araras precisam de boa alimentação e de um lugar sossegado. Geralmente são fiéis aos seus parceiros. Ambos alimentam e cuidam dos filhotes, embora seja a fêmea a responsável pela assistência aos ovos. Os filhotes das araras nascem indefesos, sem penas, e muito, muito feios! Nem parecem que se vão transformar naquelas lindas aves imponentes e coloridas. Até estarem com as penas crescidas, os filhotes dependem dos cuidados dos pais, mas logo que aprendem a voar, saem com o bando em busca de comida. As araras podem viver em média 70 anos.

Image 1: Arara-vermelha (Retirado do site: http://aves.com.sapo.pt/araraver.html)

7


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Tamanho

Aproximadamente 90 cm, pesando entre 1,5 a 5 kg.

Habit

Floresta húmida, mas também penetram na floresta tropical, caatinga, matas, capões e barrancos salobres.

Alimentação

Sementes, frutos, castanhas, larvas de insectos.

Reprodução

Nidificam em troncos ocos de palmeira e outras árvores e também em paredões rochosos. Afofam o ninho com madeira triturada e colocam de 3 a 4 ovos que são incubados por 30 dias.

Status

Não globalmente ameaçada.

Temperamento As araras são aves muito inteligentes e curiosas. Verdadeiras exploradoras, gostam de brincar com objectos interessantes que encontram. São também muito sociais, passam boa parte do tempo interagindo com o seu parceiro e o seu grupo, e à noite, reúnem-se em bando para dormir. As araras são aves extremamente dóceis e com um instinto gregário muito forte. Se habituadas desde uma idade precoce, podem conviver de uma forma muito agradável com humanos, dando-se bem e com laços de afectividade muito forte com todos os membros da família. Um factor importante a ter em conta, é que uma arara precisa dos mesmos cuidados que um cão, um gato, ou qualquer outro animal necessita, e vive mais tempo que estes animais. A arara precisa de muita atenção e carinho, caso contrário, poderá apresentar uma plumagem deficiente, entre outras perturbações de comportamento. Apesar de não poderem ficar isoladas numa gaiola, não podem ser colocadas com outras aves de menor porte. Por isso, quando pensar em adquirir uma arara, convém pesar todas as circunstâncias para não fazer uma aquisição de forma intempestiva.

8


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Alimentação Quanto à alimentação, as araras podem consumir um alimento especial para elas, mas que pode ser completado com outros complexos minerais e vitaminas. Esta espécie de aves gosta muito de frutas em geral, com excepção do abacate, que tem efeito venenoso para elas. É importante colocar à disposição das araras uma mistura de arenito, calcário e carvão, especial para araras. Como são aves que gostam de roer tudo o que vêem, se quiser pode dar-lhes galhos frescos de salgueiro ou de qualquer árvore de frutos.

Higiene Os As araras gostam muito de tomar banho frequentemente, principalmente nos dias quentes, e apreciam serem borrifadas com um jacto de água ultrafino. Mesmo durante os meses de inverno, as aves gostam do banho, mas convém certificar-se que a água do borrifador esteja morna, ao invés de fria. As aves que estiverem em recintos fechados devem ser borrifadas todos os dias.

Doença Uma doença perigosa ataca estas aves: a psitacose, causada por um vírus filtrável. A ave doente torna-se quieta, arredia e a plumagem toda emaranha. Mas o maior risco está na possibilidade de transmitir o vírus a outras aves. O vírus pode contaminar também o homem que entra em contacto com as aves doentes.

9


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Curiosidade A arara-azul-grande é o maior psittacídeo do mundo, pode alcançar 1 metro de comprimento e cinco quilos de massa.

Arara-Vermelha

Nome popular: Arara-vermelha Nome científico: Ara chloropterus Comprimento: 90 a 95 cm. Peso: 1050 a 1708 g. Coloração: coloração vermelha, diferindo da arara-piranga por ter penas verdes no lugar das amarelas nas asas e por possuir uma fina fileira de penas vermelhas na pele facial branca. Distribuição Geográfica: ocorre no Panamá, Colômbia, Venezuela, Guianas, Equador, Peru, Bolívia, Paraguai. No Brasil ocorre desde a Amazónia até oeste do Piauí, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Habitat: Matas de beira de rios em florestas tropicais, cordilheiras e capões no Pantanal, podendo dividir ou alternar alguns ninhos com as araras-azuis.

Alimentação: Frutos e sementes em geral.

10


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Fotografia 1 – Retirada do Site: http://www.nature-pictures.org/pt/foto/625/3137/

É com base nesta fotografia que elaboro a vectorização da minha espécie. Não foi fácil realizar este trabalho, devido à pouca experiência na utilização do software “Adobe Illustrator CS5”, à pouca experiência na área do desenho e também devido a inúmeros características e pormenores da espécie. Considero ter atinguido os objectivos propostos.

11


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Webgrafia http://pt.wikipedia.org/wiki/Arara http://www.brasilescola.com/animais/arara.htm http://www.projetoararaazul.org.br/arara/Home/AAraraAzul/Asararasazuis/Arara Azul/tabid/295/Default.aspx http://www.infoescola.com/aves/arara/ http://www.fazendavisconde.com.br/inicial_detalhes.asp?ref=3810 http://arcadenoe.sapo.pt/raca/arara/92 http://www.invivo.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=789&sid=2 http://www.webciencia.com/14_arara.htm

12


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Anexo Galeria de Fotografias

13


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Fotografia 1 – Arara-canga (Reterido do site: http://www.invivo.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=789&sid=2)

Fotografia 2 – Arara-Vermelha (Reterido do site: http://www.webciencia.com/14_arara.htm)

14


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Fotografia 3 – Arara-Vermelha (Retirado do site: http://nossaterracasadetodos.blogspot.com/2011/07/arara-vermelha-voando.html)

Fotografia 4 – Arara-Vermelha (Retirado do site: http://www.fazendavisconde.com.br/inicial_detalhes.asp?ref=3810)

15


Educação Comunicação e Multimédia Laboratório Multimédia

Fotografia 5 – Arara-Vermelha (Retirado do site: http://pahnpet.webnode.pt/products/arara-vermelha/)

Fotografia 6 – Arara-Vermelha (Retirado do site: http://seresvivosenatureza.blogspot.com/2009/09/arara-vermelha-pequena.html ) 16


Arara Real