Page 149

Catarina Barbosa

Dudu Maroja

O

charme do

ecodesign Móveis feitos com madeira de demolição são belas aquisições para quem busca conforto, bom gosto e preservação da natureza.

U

m ambiente pode ser decorado, construído e até reformado com vários tipos de objetos e matérias-primas. Dentre essa variedade, a madeira tem um encanto particular: remete a algo mais rústico, pacato e até familiar. Contudo, quem já teve peças de madeira, sabe que o material necessita de cuidado constante para que suas características físicas sejam preservadas. Sabe também que chega o momento em que ela parece não ter mais salvação. É aí que você encontra uma nova categoria de móveis: os de demolição. Como diz o próprio nome, são peças de madeira que seriam descartadas, destruídas, mas acabam ganhando utilidade novamente e dando um toque diferenciado no ambiente. Além do reaproveitamento - que já é ótimo, justamente por não esgotar mais uma árvore para a construção de um novo móvel as marcas de prego, o verniz desgastado e a ação do tempo dão à peça [charmosas] particularidades essenciais para quem tem uma visão ecológica mais aguçada. Normalmente as madeiras usadas na confecção desses móveis são nobres e maciças – algumas centenárias e até extintas. Já foram pontes, barrotes

149

de fazendas ou até mesmo dormentes de estradas de ferro. E, além de anos de história, a peça restaurada concentra ainda certa naturalidade, deixando os espaços de convivência (como varandas, casas de praia e até ambientes urbanos) mais íntimos e sofisticados. Além de proporcionar aconchego ao lugar _o que por si só já é ótimo - esses objetos também casam bem com o conceito de sustentabilidade. Sabemos que o mundo precisa de pessoas mais conscientes ecologicamente, portanto as ações que preservam o meio ambiente são – sem dúvida – o único caminho para que os recursos naturais não esgotem tão rapidamente. E por que não incluir, nesse meio, o reaproveitamento de madeiras que seriam descartadas? Qualquer atitude é bem-vinda. A designer de interiores Fátima Rego, 56, explica que em qualquer área de atuação é possível fazer algo que preserve o meio ambiente; prolongar a vida útil da mobília - sem abrir mão do charme. “Acredito que os móveis de demolição, como aparadores, mesas, balcões, além de trazer para dentro de casa o conforto que a madeira natural traz, ainda dão uma personalizada na composição de cada projeto. »»»

Profile for Revista Leal Moreira

Revista Leal Moreira nº 35  

Nelson Motta, O crítico musical mais influente do Brasil fala sobre o cenário nacional e o bom momento paraense. Mais Letícia Isnard, Ferran...

Revista Leal Moreira nº 35  

Nelson Motta, O crítico musical mais influente do Brasil fala sobre o cenário nacional e o bom momento paraense. Mais Letícia Isnard, Ferran...

Advertisement