Page 1

florianopolishdr.wordpress.com

Março e Abril de 2013 - nº 09

ESTRELA DO MAR DUAS GRANDES FESTAS CELEBRAM O DIA DE NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES

Pág. 03

Especial

Novas coordenações dos Conselhos Comunitários Pág. 4 e 5 Comercio de Gen. Alimentícios Silveira Ltda. CNPJ 8265247/000135 | IE 252.183.223 www.superchico.com.br Rua Henrique Veras do Nascimento,77 Lagoa da Conceição – Florianópolis/SC

adm@superchico.com.br 48 3232.0306

Profetas do Amor

Retorno da Catequese em março Pág. 6

Águas mais profundas Igreja acolhe o novo Papa Francisco Pág. 7


2

Filhos da Conceição Março e abril 2013 - Nº 09

Organização das Comunidades Q

uando nos referi- no texto Bíblico) e ainda sobrará. mos às exigências Olhando para esse Evangelho percebemos a imporque a Igreja nos faz so- tância do Conselho de Pastoral da Comunidade (CPC) e bre a organização, sem- do Conselho Paroquial (CPP). São eles, nas respectivas pre me recordo do Mila- comunidades, que irão oferecer as pessoas que chegam gre da Multiplicação dos à oportunidade de vivenciar a proposta de Jesus, defenPães, que a Bíblia dida pela Igreja. Esses conselhos são apresenta nos quanão, necessariamente, para “a hora avançada, formados tro Evangelhos (Mt mandar, serem donos da comunidade, 14,13ss, Mc 6,31ss, despede a multidão, mas para dinamiza-la, torna-la celeLc 9,10ss, Jo 6,5ss). brativa e atenta a vida do bairro onde não precisam ir É bom lembrar que a capela está inserida. cada evangelista embora, dai-lhes vós Hoje, temos conselhos formados em coloca esse acontodas as comunidades da Paróquia. Em tecimento dentro mesmo de comer, cada um há o coordenador, tesoureiro, do contexto da sua secretário e seus vices, além do conseacomodasse na pesquisa sobre a lho fiscal e dos representantes dos divida de Jesus, por versos serviços que existem na mesma. grama...” isso, há diferença de um texto para o outro, mas Cada conselho, depois de formado, alguns dados todos fizeram questão de apresentar. passou pela minha aprovação e finalPor exemplo, “a hora avançada, despede a multidão, não mente pela a do Arcebispo, para poderem atuar legalprecisam ir embora, dai-lhes vós mesmo de comer, aco- mente na comunidade. modasse na grama...” Na condição de responsável maior da Paróquia, agraJesus, com isso, quer mostrar aos seus seguidores, aos deço imensamente a disponibilidade dos membros dos apóstolos e a nós que seu projeto tem por objetivo prin- diferentes conselhos, sua dedicação, seu amor e fé para cipal a inclusão de todos. Não queria que as pessoas fos- com a Igreja, o Povo de Deus. Ao mesmo tempo, peço a sem embora, mesmo que a “hora seja avançada”, pois Jesus e a Nossa Senhora que abençoe a todos, e que os as necessidades básicas da vida (comida, casa, educação, favoreçam com muita saúde e alegria. Desejo coragem e saúde) devem ser assumidas pelo cristão. Porém, para que perseverança, não desistam diante das dificuldades que isso aconteça precisamos ser organizados - “acomodasse se apresentam. na grama”-, para permitir que todos usufruíssem dos bens (no caso a comida), que irá ter o suficiente para todos (ver Feliz Páscoa e Muito Obrigado!

Vida nova sempre “Reconhece, ó cristão, a tua dignidade. Uma vez constituído participante da natureza divina, não penses em voltar às antigas misérias da tua vida passada. Lembra-te de que cabeça e de que corpo és membro. Não te esqueças de que foste libertado do poder das trevas e transferido para a luz e para o Reino de Deus” (1). (CIC 1691) Este trecho foi tirado do Catecismo da Igreja Católica, ele chama nossa atenção para que não esqueçamos a vida nova que Cristo conquistou para nós ao morrer e ressuscitar. Que a Páscoa 2013

seja um tempo oportuno de renovação de vida, mas que ela se estenda pelos caminhos que iremos seguir. Na sequência do Domingo de Páscoa teremos ainda o Domingo do Bom Pastor e 50 dias para celebrar o Tempo Pascal. Tempo de generosa acolhida, alegria e amizade. Período de leveza na alma, regada pelo belo perfume do Cristo Ressuscitado. Que tudo isso sirva para firmar ainda mais nossa fé professada e comunicada por meio dos sacramentos, que estes sejam vividos intensamente durante toda a nossa vida.

“Período de leveza na alma, regada pelo belo perfume do Cristo Ressuscitado”

Missas aos sábados: 18h

Quintas-feiras: Missa carismática, às 20h

Santuário imaculada conceição Lagoa da Conceição - Florianópolis/SC

e-MAIL: pascomplagoa@hotmail.com TELEFONE: 48 3232 1972 Rua Francisca Luiza vieira, 277 CEP 88062-140 Pároco: Pe. Valdeci Cardoso Vieira p rodução

rua prof. rosinha campos, 52, sala 02, abraão - FLORIANÓPOLIS/SC FONE: 48 3365 1613 ATENDIMENTO@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

Quaresma

A quaresma é vivenciada por nós, casal e família, com muita fé no exercício profundo de oração ao encontro conosco mesmo, com o próximo e com o Criador. Vivemos buscando luz e sabedoria na Palavra, força na Eucaristia, no caminho da transformação. Que tenhamos uma Quaresma iluminada em Cristo e uma abençoada Páscoa.

JORNALISTA RESPONSÁVEL KETLIN DA ROSA - SC02821 - JP KETLIN@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

texto / reportagens Penélope de bortoli pauta@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

p rojeto gráfico / di agr a mação André kinal criacao@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

t ir agem: 3 mil per iodicida de: bimestral imp ressão: gráfica grafinorte

Abenir e Jane - Fortaleza da Lagoa

Visite nosso site, e fique por dentro de tudo que acontece no Santuário 3232 0902 / 3232 1808

www.paroquiadalagoa.com.br


3

Filhos da Conceição Março e Abril 2013 - Nº 09

Maria é lembrada como a “Estrela do Mar” Duas grandes festas na Lagoa da Conceição foram marcadas por homenagens a Nossa Senhora dos Navegantes Nos dias 2 e 3 de fevereiro, o Santuário da Imaculada Conceição da Lagoa realizou a festa em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes, padroeira dos pescadores. As celebrações começaram ainda em janeiro, quando foi rezado o primeiro dia da novena em honra a”Estrela do Mar”. Um grande número de fiéis participou dos nove dias de oração, que acabou no dia 31, com a Celebração Eucarística e a confraternização na casa do seu Inácinho. No sábado, dia 2, a festa começou com a procissão, que saiu da casa do seu Inácinho, às 19h, em direção ao Santuário da Lagoa. Às 20h, aconteceu a celebração da Santa Missa e em seguida, no salão paroquial, foi servido um jantar e na sequência um baile, que teve animação de Cissa e Banda. No domingo, dia 3, a festa começou ainda de manhã, com a celebração da Santa Missa, às 10h. O dia do Senhor seguiu com os paroquianos participando de um almoço e, às 15h, saíram para uma procissão marítima. Um grande número de fiéis e turistas prestigiou a procissão, que seguiu pelas águas da Lagoa, passando pelo Retiro até o Canto da Lagoa. Na volta, a procissão foi recebida por vários integrantes da Umbanda, dos terreiros da bacia da Lagoa, que também fizeram sua homenagem a Nossa Senhora, que para eles é venerada como Yemanjá. A homenagem aconteceu na Ponte da Lagoa e destacou-se por ter sido um encontro civilizado entre religiões, cada qual prestando homenagem ao seu modo e com muito respeito recíproco. Logo em seguida, a procissão retornou ao Santuário para continuidade da Festa. No final de semana seguinte foi a vez da Costa da Lagoa, que promoveu sua festa entre os dias 8 a 10 de fevereiro. O ponto alto da festa foi no domingo, dia 10, onde aconteceu a celebração da Santa Missa, o almoço festivo e a procissão nas águas da Costa da Lagoa, com a bênção dos barcos, feita pelo pároco padre Valdeci.

C OLUNA P ASCOM

Nos passos de Jesus e da Igreja

Entre os dias 17 a 31 de outubro, uma viagem esta sendo programada para a Terra Santa e para a Itália. São 15 dias de turismo pelos principais pontos religiosos de Israel e Roma. Partindo do aeroporto Internacional de São Paulo, o voo leva diretamente para Tel-aviv, em Israel. Da cidade, os turistas partem para passeios no mediterrâneo, Galiléia, Mar da Galiléia e região, Cana, Nazaré, Monte Tabor, Beit Shean, Qumran, Mar Morto, Massada, Jericó, Jerusalém,

Monte das Oliveiras, Monte Sião e Belém. Depois de 11 dias em Israel, um voo de Jerusalém parte para Roma, para aproveitar uma programação de quatro dias no país. Na Itália, além da capital, foi montado um roteiro turístico para a cidade de Assis. O valor da viagem está em U$ 5.598,00 por pessoa, mais taxas de embarque e seguro obrigatório. Nesse valor está incluso passagem de São Paulo para Tel-aviv, Tel-aviv para Roma e de Roma para São

Paulo. Além disso, hospedagem com café da manhã, jantar, Tour pelo Mar Morto e fortaleza de Massada, um carregador de malas por pessoa, guia turístico que fala português, ingresso nos museus do Vaticano livre de filas, traslados, visita a Roma antiga e visita a Assis. Para mais informações entrar em contato com Sidnei no telefone (54) 8112-8057 ou no email valdeci_vieira@yahoo.com.br

Espaço para divulgação de Bodas de Prata e Ouro - Basta enviar sua foto para o e-mail pascomplagoa@hotmail.com

João Luiz

SEMPRE JUNTO DAS COMUNIDADES Contato : joaoluizsilveira@terra.com.br Fone: 48 32323265/88176610


4

Filhos da Conceição Março e abril 2013 - Nº 09

Trabalho integrado Comunidade da Paróquia da Lagoa definem novas coordenações de seus conselhos pastorais

“Não pode existir vida cristã fora da comunidade”, diz o Documento de Aparecida, que define a importância da participação da sociedade na vida da Igreja. No começo de 2013, as comunidades do Santuário da Imaculada Conceição deram um importante passo nesse processo, com a definição dos

COMUNIDADE BARRA DA LAGOA

líderes dos Conselhos Pastorais Comunitários, os CPC´s. Nessa edição, o Jornal Filhos da Conceição apresenta aos leitores, os novos líderes dos CPC’s das comunidades da Paróquia da Lagoa, e também, quais os seus objetivos para 2013.

Quem participa da coordenação do CPC?

Alécio José Amândio e Léia Dilda Machado Amândio, Naudir Neri Florindo e Ione B. Espírito Santo, Liberato Manoel Pinheiro Neto e Rosélia Maria Vieira, Odair Vanderlei de Oliveira e Hemerly Olga Santana, Romeu da Silva e Maria Cileide Rodrigues da Silva, Euclides Alves e Erenilza O. Alves, Alvício Klein e Roseli Klein, Danilo dos Santos e Celina Elza F. Santos, Jucimar dos Anjos e Sinésia dos Anjos, Carmosino Timóteo Mariano e Dilza Mariano, José Jorge Braz e Ivonira C. Braz, Mário da Silva e Claudete A. Soares da Silva.

Quais os maiores desafios de sua comunidade? Criar um projeto social de ocupação infanto-juvenil nos períodos vespertino e matutino, para atividades com música, teatro, dança, esportes e outros.

Quais as maiores alegrias da sua comunidade? Sentir a participação de nossa comunidade nas missas e atividades religiosas. Somos gratos pela confiabilidade e apoio de todos os moradores da Barra da Lagoa.

Quais os principais objetivos para 2013?

O principal objetivo para 2013 é a construção da igreja na parte superior, ficando a parte térrea para restaurante, salão de festa e salas de catequese. Além disso, pretendemos construir um pequeno apartamento para abrigar seminaristas e padres visitantes. Em termos pastorais, desejamos incluir os jovens crismados nas missas dominicais e realizar catequese mirim com crianças, acompanhadas pelos pais.

Uma palavra que defina a atual coordenação? União.

Quem participa da coordenação do CPC?

COMunidade COSTA DA LAGOA

Coordenador – Djalma Naelzo Laureano, vice coordenador – Nilton João Ramos, primeiro secretário – João Luís dos Santos Belo, segundo secretário – Marineuza Maria da Costa, primeiro tesoureiro – Simone Maria dos Santos Laureano, segundo tesoureiro – Maria Aparecida da Conceição, diretor social – Amadeu Donato, Ministra da Eucaristia – Valderina laureano, Conselheiros Fiscal José Henrique Fernandes, Marina Ramos, Aldo Conceição, Helena Ramos, Clovis Roberto Ribeiro.

Quais as maiores alegrias da sua comunidade?

Depois de dois anos parados, a alegria é voltar com os trabalhos. Iniciar as festas de novo, reintegrar a comunidade. Trabalhar junto com a comunidade para trazer os jovens de novo para Igreja, formando grupos de jovens, encontros. A gente sente falta dos jovens. Além disso, precisamos fazer alguns reparos na igreja e no salão.

Quais os maiores desafios de sua comunidade?

Nós ficamos um tempo sem coordenação. Então, agora precisamos organizar as coisas, conter despesas, para daí sim, poder trabalhar.

CPC SANTUÁRIO

Quais os principais objetivos para 2013?

Uma palavra que defina a atual coordenação? Persistência

Quem participa da coordenação do CPC?

Coordenador - Mario (Marinho), vice-coordenador Airton e Angela, secretário - José da Costa (Zezinho), tesoureira – Morena, vice-tesoureira – Gorete, comunicação e eventos – Eduardo, patrimônio – Ana Paula, apoio e música – Vicente.

O resultado obtido no primeiro trabalho deste CPC junto a comunidade, principalmente em ver as pessoas participando novamente, em especial os nativos da Lagoa. Alegria em ver que as pessoas estão acreditando nessa equipe.

Quais os principais objetivos para 2013? Unir a comunidade em prol dos projetos pastorais e Quais os maiores desafios de sua comusociais da Igreja, chamando os jovens também para parnidade?

Manter a união e melhorar a participação da comunidade como um todo, tanto nos eventos e festas da Igreja, como na evangelização da comunidade.

Quais as maiores alegrias da sua comunidade?

ticiparem.

Uma palavra que defina a atual coordenação? Evangelização e participação

Colabore com a construção do “Centro Pastoral São Paulo Apóstolo” Para mais informações: www.paroquiadalagoa.com.br (48) 3232-1972


5

Filhos da Conceição Março e Abril 2013 - Nº 09

COMUNIDADE FORTALEZA DA LAGOA

RETIRO DA LAGOA

COMUNIDADE DO RIO TAVARES

Quem participa da coordenação do CPC?

Presidente Geral - Padre Valdecí, presidente executivo- Adair Agenor da Rosa (Neném), vice- Presidente executivo- Osvaldo Correia (Neném), primeira secretária – Zenite Nunes, segunda Secretária – Carminha Andrade Correia, primeiro tesoureiro – Betinho Varela, segundo Tesoureiro – Claudio Felisberto, diretor social – Amarildo José Correia, Ministra da Eucaristia – Maria de Jesus;

Quem participa da coordenação do CPC?

Coordenadores - Abenir Agostinho e Jane Lucia Rosas Agostinho, tesoureiros - Sandro Dércio Rosa e Tatiane Emília da Rosa, primeira secretária - Rosi de Pinho Coelho, segunda secretária - Rosana Luiza Gonçalves, conselheiros - Natalino Manoel Gonçalves, Luiza Ana Gonçalves, Benoni Geraldino Vieira, Ana Lúcia da Silva, Maura Felicidade Feijó, Dilermano Vieira.

Quais os maiores desafios de sua comunidade? Evangelizar através de gestos concretos.

Quais as maiores alegrias da sua comunidade?

Coordenador - Carlos Roberto Nascimento Vice - Adenir Vidal Tesoureiro - Jorge Silveira 1ª. Secretária - Rilda Silveira 2ª. Secretária - Jamile Machado Agenda do Salão - Marli Silveira Quais os maiores desafios Conselho fiscal - Maria Cordeiro de sua comunidade? Nascimento, Maria Camila Machado, Nosso desafio maior neste momen- Rosa Augusto, Rozemiro to é querer integrar a Comunidade Augusto, João Carlos Assunção, juntamente com o CPC e a Capela. Cedenir Silva. Caminhar juntos, estar presente, ouvir sem julgar, tentar mostrar através de Quais os maiores desafios nossos próprios exemplos que o mo- de sua comunidade? mento precisa ser também de construSermos parceiros de Deus e da ção espiritual. Igreja, ajudar na evangelização do nosso povo.

Quais as maiores alegrias da sua comunidade?

A maior alegria que sentimos é que Jesus Cristo realmente nos tocou, e nos chamou para esta missão, e isso nos fortalece, porque se nós perdermos o senso desta união com Deus, perderemos o verdadeiro senso de si mesmo e nos sentiremos sem valor. As outras alegrias que temos, são muitas, com certeza, vem do decorrer desta alegria maior, que foi esse chamado.

Quais os principais objetivos para 2013?

Ampliar o salão paroquial (fazer laje e sala de catequese). Também fortalecer os trabalhos  de nossas pastorais.

Unir ainda mais nossa equipe. Dividir responsabilidades, para que todos sejam atingidos internamente com a presença de Cristo. Cumprir os compromissos assumidos para 2013, conforme cronograma de atividades do CPC. Montar ou participar de um Grupo de Orações de Estudos. Levar a comunidade para ser evangelizada pela Palavra de Deus, dentro da nossa Capela.

Uma palavra que defina a atual coordenação?

Uma palavra que defina a atual coordenação?

A unidade do grupo, nossa juventude participativa e o apoio de nossa comunidade.

Quais os principais objetivos para 2013?

Comprometimento

Quem participa da coor- é uma alegria, e ver que as pessoas estão retornando para a Igreja, para denação do CPC?

Comprometimento

Jesus e para a verdade Cristã!

Quais os principais objetivos para 2013?

Ampliação da equipe de catequese, pois é a base da evangelização. Temos outros projetos, como: reforma do centro catequético, conclusão do salão de festas e fechar a parte da frente do terreno. Este último sendo mais urgente, pois as instalações estão sendo invadidas e depredadas por vândalos, que, além disso, estão usando o local como ponto de encontro para várias ações, como consumo de drogas e bebidas alcoólicas.

Uma palavra que defina a atual coordenação?

União e trabalho. Buscando semQuais as maiores alegrias pre em Jesus Cristo a luz para ilumida sua comunidade? Estar em missão do Senhor Jesus já

nar os nossos caminhos.

COMUNIDADE PORTO DA LAGOA Quem participa da coordenação do CPC?

Abrão – Coordenador; Zenita - Tesoureira ; Rosilene – Secretaria; Jonathan e Welingson – liturgia; Eliete – Acolhida; Zenita, Eliete e Paulo – Ministros; Eloy, Francisca e Maria da Penha – Dizimo.

Quais os maiores desafios de sua comunidade?

Estávamos há quase um ano sem coordenação em nossa comunidade, nesse meio tempo muitas coisas ficaram pendentes. Então, o maior desafio, primeiramente, é organizar a capela e deixá-la com a nossa cara. O segundo desafio é engajar a comunidade em nossos projetos.

Quais as maiores alegrias da sua comunidade?

Como estamos com uma equipe nova, ainda não colhemos os frutos, mas pretendemos em breve começar a sentir as melhorias em nossa comunidade.

Quais os principais objetivos para 2013?

Ampliar o desenvolvimento comunitário de nossa comunidade

Uma palavra que defina a atual coordenação? Renovação


6

Filhos da Conceição Março e abril 2013 - Nº 09

Catequese retorna encontros em março

Pe. Valdeci completa 15 anos de sacerdócio

Pastoral traz como novidade incentivo a participação das famílias

No dia 18 de abril, o Padre Valdeci C. Vieira, pároco do Santuário da Imaculada Conceição celebra 15 anos de sacerdócio. A ordenação foi em 1998, em Garopaba, litoral sul do estado catarinense. Pe. Valdeci entrou no seminário em janeiro de 1986, em Porto Alegre (RS). Em 15 anos de vida consagrada, ele considera a fidelidade ao propósito sacerdotal como o maior desafio dessa escolha. Durante esses anos de sacerdócio, foi reitor do Seminário Menor em Rio Grande (RS), e diretor pedagógico da escola de ensino fundamental São Luiz Gonzaga, também em Rio Grande. Em 2010 assumiu o Santuário da Imaculada Conceição da Lagoa

Programação da Paróquia em 2013 Março A Pastoral Catequética retorna seus encontros em março. Portanto, pais e responsáveis de catequizandos devem ficar atentos para as datas e se informarem na secretaria paroquial. Contudo, as reuniões organizacionais da catequese começaram ainda em janeiro, quando a coordenação da Pastoral se encontrou para definir os detalhes e mudanças para o ano. “Após aprovação do calendário anual iniciamos nossas atividades através de divulgações das inscrições da catequese. Assim, colocamos faixas nas capelas, divulgamos através dos meios de comunicação (internet), e também nas escolas, e ainda usamos cartazes”, afirma Solange Aparecida de Souza Nunes, uma

das integrantes da equipe de coordenação da Catequese na Paróquia. Solange ainda relatou que os catequistas tiveram uma formação no mês de fevereiro, que foi conduzida pelo seminarista Arnaldo, pelo ministro da Palavra Mário e pelo pároco Pe. Valdeci. Entre as novidades previstas, Solange destaca as formações para as famílias, as missas nas comunidades para os crismandos, que acontecerá sempre no 4º sábado de cada mês, e alguns eventos de convivência, como a noite da pizza, bingo, trilhas e retiro para os jovens. Outro aspecto importante, a ser trabalhado este ano, e o estímulo à participação da família na vida cotidiana da

catequese. Para isso, a coordenação planejou algumas metas para integrar a família no ensinamento do Evangelho: “Para os pais temos as missas especiais nas comunidades, às formações, oficinas, entre outros eventos para que eles possam nos ajudar no processo de evangelização. A presença da família é muito importante junto a catequese, pois contribui para o conhecimento e aprofundamento do conteúdo, nos encontros com as crianças”, afirma Solange. Em toda a Paróquia, as turmas estão divididas da seguinte maneira: seis para o primeiro ano da Eucaristia; cinco para o segundo ano da Eucaristia; três turmas para o primeiro ano de crisma e cinco para o segundo ano de crisma.

16 - Missa de São José - 19h30 com procissão Luminosa. Após a Missa, haverá Galeto 24 – Encontro com os Jovens das comunidades da Paróquia - Santuário da Lagoa – 10h 30 – Missa do Fogo - Santuário da Lagoa - 19h 30 - Baile de Páscoa - Salão da Igreja do Retiro da Lagoa, seguido de missa no domingo, dia 31, às 9h30

Maio 04 11 17 25

e e a e

05 12 19 26

– – – –

Festa Festa Festa Festa

de Santa Cruz – Retiro da Lagoa de Santa Cruz – Costa da Lagoa do Divino – Santuário de Santa Cruz – Fortaleza da Lagoa

Junho 01 e 02 – Festa de Santa Cruz e Santo Antônio – Porto da Lagoa 15 – Festa de Santo Antônio – Canto da Lagoa 16 – Encontrão Jovens – Rio Tavares 22 e 23 – Festa São Luís Gonzaga – Rio Tavares 29 e 30 – Festa do Sagrado Coração de Jesus – Santuário


7

Filhos da Conceição Março e Abril 2013 - Nº 09

habemus Papam! A Igreja conheceu o seu 265º Papa no último dia 13 de março, que pela primeira vez é um Latino-Americano

No dia 13 de março, a Igreja Católica conheceu o seu novo líder. Argentino e Arcebispo de Buenos Aires, o novo Papa é o cardeal Jorge Mario Bergoglio, de 75 anos. Anunciado pelo cardeal francês Jean-Louis Tauran, a identidade do novo Sumo Pontífice foi revelada às 16h15, horário de Brasília. O nome escolhido pelo cardeal é Francisco, primeiro da história. A eleição do Papa Francisco marca dois fatos inéditos, já que é o primeiro Papa Latino-

-Americano da história, e o primeiro Papa da Sociedade de Jesus, Jesuíta. O nome do Papa Francisco foi decidido no segundo dia do conclave, depois de, no mínimo, quatro votações. Após o anuncio de que a Igreja tinha um novo líder, com a Praça São Pedro lotada, Papa Francisco falou suas primeiras palavras como Sumo Pontífice: “Vocês sabem que o dever do conclave era dar um bispo a Roma e parece que meus ir-

mãos cardeais foram buscar lá, quase no fim do mundo. Agradeço muito pela acolhida à comunidade diocesana de Roma. Obrigado!”. Em seguida, Papa Francisco conduziu os fiéis a uma oração por Bento XVI: “Oremos todos juntos por ele, para que o Senhor o abençoe e Nossa Senhora o proteja”. Antes de dar a bênção aos fiéis, o recém-eleito Papa, curvou-se diante da multidão e pediu silêncio para que todos rezassem por ele: “Gostaria de pedir um favor. Antes que o bispo abençoe o povo, peçam que o Senhor me abençoe. Vamos fazer silêncio para que façam essa oração por mim!”. Papa Francisco despediu-se da multidão com sorrisos no rosto e desejando-lhes “boa noite e bom descanso”.

Quem é José Mario?

Papa Francisco nasceu em Buenos Aires, na Argentina, em 17 de dezembro de 1936. O Papa jesuíta se formou como técnico químico, mas depois escolheu o caminho do sacerdócio e entrou para o seminário de Villa Devoto.

Em 11 de março de 1958, passou para o noviciado da Companhia de Jesus. Completou os estudos humanistas no Chile e, em 1963, voltou para Buenos Aires e se formou em filosofia. De 1967 a 1970 estudou teologia na Faculdade de Teologia do colégio máximo San José, de São Miguel, onde se formou. Em 13 de dezembro de 1969 foi ordenado sacerdote. Relator-Geral adjunto da 10ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos (outubro de 2001). De novembro de 2005 a novembro de 2011 foi Presidente da Conferência Episcopal Argentina. Foi criado Cardeal pelo Beato João Paulo II no Consistório de 21 de fevereiro de 2001. É Membro das Congregações: para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos; para o Clero; para os Institutos de vida consagrada e as Sociedades de vida apostólica; do Pontifício Conselho para a Família; da Pontifícia Comissão para a América Latina.

Semana santa, por quê? Durante o período do Tríduo Santo (quinta, sexta e sábado), celebramos a Memória da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor Jesus. Mas como vou realizar, efetivamente, a participação e comunhão de vida com o Cristo que veio para salvar a todos? A Igreja Católica oferece essa oportunidade por meio de suas celebrações litúrgicas programadas durante o Tríduo Sagrado. Na Quinta-Feira Santa, com a celebração da Instituição da Eucaristia, do Sacerdócio Ministerial e do Lava-Pés, símbolo do “mandato novo: “Amai-vos como eu vos amei” (CF. Jo cap. 13 ao 19). Na Sexta-Feira Santa, não há propriamente celebração da Eucaristia. Celebra-se a Paixão e Morte do Senhor Jesus. O centro das atenções é a Cruz e, nela, o Crucificado. A Cruz não é vista e tida, apenas, como símbolo do sofrimento, de dor. Antes, é celebrada como símbolo de sua livre doação, de sua entrega livre, de seu amor sem limites à humanidade e a cada um de nós. Não celebramos a Morte de Jesus, mas sua vitória sobre a morte. No Sábado de Aleluia, somos convidados a participar da Vida Nova, conquistada por Cristo pela sua Ressurreição. Daí, as leituras que narram a História de nossa Salvação, o fogo novo, água, a renovação das promessas do Batismo. O túmulo vazio é início do anúncio de Nova Vida. A Páscoa é justamente passagem da vida velha (pecado-morte) para a vida nova de ressuscitados em Cristo Jesus. Cada um é chamado a realizar um encontro pessoal com o Ressuscitado. Isso é Páscoa.

P. Adilson José Colombi, scj

Juventude: “Eis-me aqui, envia-me!” Lançada no dia 13 de fevereiro (Quarta-feira de Cinzas), a Campanha da Fraternidade completa nesse ano seu Jubileu de Ouro (50 anos). Ela acontece, anualmente, no período da quaresma e tem por objetivo despertar a solidariedade do povo em relação a questões que envolvem a necessidade de conversão da sociedade. “Ao longo dos anos, muitas foram as conquistas realizadas a partir das reflexões da CF. Podemos elencar a aprovação do Estatuto do Idoso, a consciência em relação aos direitos das pessoas portadoras de deficiências, o Estatuto do Índio, a Campanha

de Desarmamento, a consciência da relação entre ‘Fé e Política’ e, também, diversas propostas de políticas públicas em diferentes frentes”, explica Nei Márcio Oliveira, mestre em teologia pastoral. Em vias da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Brasil, após 21 anos o tema central da CF volta a ser os jovens. O foco principal é fortalecer o desejo de evangelização na juventude do Brasil, além de acolher o grupo juvenil no contexto de mudança de época vivido pela Igreja, a partir do Concílio Vaticano II.

Com o lema tirado do livro do profeta Isaías, “Eis-me aqui, envia-me”, a Igreja do Brasil quer despertar esse sentido de protagonismo da juventude dentro da sociedade, no seguimento de Jesus e na vivência Eclesial. “Encontramos nas Sagradas Escrituras diversos exemplos de jovens que assumiram a missão dada por Deus. Um ótimo modelo é Maria de Nazaré que apesar da pouca idade, assumiu uma grande

responsabilidade, ser a Mãe do Salvador”, comenta Filipe Candido, que faz parte da comissão para a CF-2013 na Arquidiocese de Florianópolis. “Mas, a questão do tema ‘juventude’ não se restringe apenas ao aspecto cronológico da vida! É muito mais abrangente: “Jovem” é aquele que sente o vigor de Deus, que revitaliza as pessoas, os ideais e as estruturas sociais. Assumir a Campanha da Fraternidade significa abrir-se a acolher novas pessoas, ideias, projetos e maneiras alternativas para realizar o trabalho de evangelização”, conclui Nei Oliveira.


8

Filhos da Conceição Março e abril 2013 - Nº 09

Pioneira na comunidade da Costa da Lagoa, Dona Vadinha conta um pouco sobre os 43 anos em que vive no local

Manézinha de muito trabalho e fé Com um sorriso cativante e fala rápida, Dona Valdelina Felomena Laureano conta com orgulho a sua história de vida, e também sobre a sua fé por Nossa Senhora. Aos 60 anos, Dona Vadinha, como gosta de ser chamada, é atuante na vida da comunidade e participou de toda a estruturação da comunidade da Costa da Lagoa e da construção da Capela Santa Cruz. Manézinha do Rio Vermelho mudou-se para a Costa há 43 anos, quando se casou. Lá criou os três filhos e ajudou na educação dos quatro netos: “Eles chegam aqui e precisam pedir a bênção. Eu fui criada assim e eles tem que fazer o mesmo”, conta orgulhosa Dona Vadinha. De família muito religiosa, Dona Vadinha lembra a infância, quando ia com os pais à Igreja: “Eu não entendia direito aqueles padres de preto, rezando a Missa de costas para o povo. Mas eu tinha que ir sempre, não adiantava dizer não. Graças a Deus descobri a importância da fé”. Quando se mudou para a Costa, sentia falta de um templo de oração. “Eu sentia muita falta de uma igreja aqui. Depois de perder uma

filha, um morador da Costa doou um terreno para colocar uma cruz. Dona Ruth Bastos de Oliveira, moradora da comunidade, conseguiu com o prefeito da época umas madeiras, e foi aí que a gente construiu a Capela Santa Cruz”. Aos poucos o espaço ficou pequeno, Dona Vadinha e outros moradores da comunidade conseguiram dinheiro para aumentar a capela: “Naquela época a capela era pequena, hoje é grande demais. Não entendo como as pessoas se afastaram da Igreja. As vezes o padre vem aqui pra rezar pra cinco pessoas. É triste, eu não sei o que aconteceu”, lamenta ela. Atualmente Dona Vadinha é Ministra da Eucaristia e coordenadora da catequese. “Eu vou à casa das famílias que eu sei que tem filho com idade de catequese pra chamar pra fazer a inscrição. Converso com os pais e falo pra irem lá fazer a catequese. Se não for assim, ninguém participa”. Dona Vadinha reza o terço todos os dias, vai sempre à capela e tem um altar especial em casa: “Eu sempre coloco Deus e Maria na frente de tudo. Maria é meu alicerce”.

Dona Vadinha, exemplo de fé na comunidade Costa da Lagoa

Solenidade, festa e Memória. Qual a diferença? Os dias litúrgicos são separados entre solenidade, festa e memória, de acordo com o grau de importância. As solenidades são constituídas pelos dias mais importantes, cuja celebração começa no dia precedente com as Primeiras Vésperas. Algumas solenidades são também enriquecidas com uma Missa própria para a Vigília. Estas celebrações têm orações, leituras e cantos próprios, ou retirados do Tempo Comum. As festas são aquelas celebradas nos limites do

dia natural; por isso, não têm Primeiras Vésperas, a não ser que se trate de festas do Senhor que ocorrem nos domingos do Tempo Comum e do Tempo do Natal. Na Missa, as orações, leituras e cantos são próprios ou do Comum. A memória é uma recordação de um ou vários santos e santas, em dia de semana. Sua celebração se harmoniza com a celebração do dia de semana. Fonte: www.franciscanos.org.br

COLABORE COM SUA COMUNIDADE

COLABORE COM SUA COMUNIDADE

pascomplagoa@hotmail.com

pascomplagoa@hotmail.com

Jornal Filhos da Conceição - Março / Abril  

Jornal Filhos da Conceição - Março / Abril

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you