Issuu on Google+

Javé Nessi “O Senhor é a nossa bandeira”

Publicação da Paróquia Santo Antônio - São José/SC

Janeiro de 2013 | Ano 3 | Edição 40 Distribuição Gratuita

UMA “PRIMAVERA” PARA A IGREJA

Chegam à Paróquia os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, o maior evento jovem católico do mundo

Ano da Fé, um novo tempo pág. 4

Pág. 05

Conheça o planejamento Leia mais: Ů Artigo do Pároco paroquial para 2013 pág. 3

Entrevista: 10 anos com Pe. Hélio pág. 6

pág. 2

Ů Ellinton a serviço da JMJ

pág. 5

Ů Louvor de Verão

pág. 6

Ů Ação Social no Natal

pág. 7


2

Nossa casa

Artigo do Pároco

www.paroquiasantoantonio.net

Dito e feito

Pe. Hélio da Cunha

Paulo Elias de Souza

Ů 2 013: O Ano da Fé

A HISTÓRIA DE TRÊS

REIS MAGOS

Vamos viver o Ano da Fé junto com a Igreja Católica do mundo inteiro. A Paróquia e suas pastorais irão promover muitas atividades relacionadas a este Ano Especial. Participe!

C ruz Peregrina 2 Ů 1 0 anos com Pe. Hélio Ů O evento vai começar às 20h30 com No dia 13 janeiro, Pe. Hélio completa 10 anos de pastoreio em nossa Paróquia. Vamos celebrar esta data com uma Missa às 20h, em Campinas. Venha participar e junto com as lideranças agradecer a Deus pela dedicação e pelo trabalho do nosso pároco em nossa comunidade.

Ů L ouvor de Verão

A Renovação Carismática Católica promove no dia 20, em Camboriú, o 22º Louvor de Verão. Prestigie!

Ů D ízimo

Ordenação Diaconal do César

Quando Jesus nasceu a 2012 anos atrás, uma grande Estrela apareceu no céu. Era uma Estrela bem diferente de todas as outras que no céu estava, pois brilhava mais. Tinha sua grande calda e entre as outras era a mais importante. Era tão grande que chamou a atenção do mundo inteiro. No Oriente, essa Estrela tocou no coração de três reis, um era negro e os outros dois brancos, em três países bem distantes. Eles ficaram espantados porque ela se mexia, e tinha uma grande calda. Sem saber por que, sentindo um desejo irresistível, os três reis a seguiram. Andaram muito, até chegar a Jerusalém e perguntaram a Herodes, onde havia nascido o Rei dos Judeus. Herodes ficou furioso, não queria saber do nascimento de um novo Rei, mas a amiga Estrela conduziu os três reis, que andaram muito, até chegar em uma gruta muito iluminada. Lá dentro da gruta estava deitado um lindo Menino, lindo como eles nunca tinham visto, todo embrulhado em panos. Ao seu lado estavam José e Maria, seus carinhosos pais. José, homem nobre, puro e santo; Maria, mulher muito bonita, com o rosto calmo, tranquilo e feliz. Os animais estavam por ali também. No meu modo de pensar, acho que eles sabiam quem era aquele Menino, pois, o olhavam com doçura e respeito. Gaspar, Baltazar e Melquior, que era como se chamavam os três reis magos, ficaram profundamente emocionados. Pediram licença e adoraram o Menino, dizendo: “Vimos uma Estrela no Oriente e viemos para adorar o Menino!”. Com alegria radiante ofereceram seus presentes: Gaspar lhe deu ouro, para mostrar que reconhecia sua grandeza. Baltazar deu incenso, porque reconhecia a sua Divindade. Isso significa que

iriam rezar por aquele Menino-Rei. E o que Melquior deu de presente? Ele entregou a Jesus, mirra, que é uma espécie de óleo, que passando no corpo alivia as dores. O rei Melquior queria com isso mostrar que iriam ser obedientes e fazer tudo pelo Menino Jesus. Depois de dar seus presentes os três reis magos pediram licença e foram embora para seus países, espalhando por toda parte a boa notícia do nascimento de Jesus. O que aprender da história dos três reis magos em nossa vida diária? Deles aprendemos que devemos encontrar tempo para adorar e seguir Jesus. Também devemos aprender a dar o melhor para Jesus e não o resto que temos. Para Jesus sempre o melhor. No caminho diário de nossas vidas encontraremos muitos Herodes, querendo nos desviar do caminho que nos leva a Jesus. E com os reis queremos aprender a fugirmos do mal, voltando sempre por outro caminho, mesmo que às vezes esse seja muito mais longo, difícil, apertado, para não perdermos a direção que nos levará sempre a Jesus. Que a festa da Epifania, da manifestação de Deus ao mundo, nos ajude a proclamarmos com alegria radiante que Jesus nasceu, que está no meio de nós, sendo o nosso Caminho, a nossa Verdade e a nossa Vida. Obrigado Jesus por mais este Santo Natal. Feliz Ano Novo a todos os paroquianos e a aqueles que adotaram a nossa Paróquia, como a Paróquia do seu coração. Vamos em frente! A luta continua e essa luta é por um mundo mais humano e mais fraterno. Jesus nasceu! Que alegria! Nasceu para ser um de nós, vivendo em tudo a nossa vida, menos no pecado. Ele foi e será sempre nossa Rocha Firme!

“Com alegria radiante os reis ofereceram seus presentes”

O jORNAL JAVÉ NESSI É UMA PUBLICAÇÃO DA

PE. HÉLIIO DA CUNHA

contato: 48 3241 0637 | RUA IRMÃOS VIEIRA, 4 CAMPINAS - SÃO JOSÉ

Ů A fé não tira férias

Aproveite as férias para descansar, mas não se esqueça de ir à Missa aos domingos.

Ů F elicidades!

Parabéns a Marisa (1), Ellinton (7), Fabrício (9) e Lígia (24) da Catequese pela passagem do seu aniversário neste mês de janeiro. A Paróquia agradece por sua dedicação e seu trabalho e parabeniza por mais um ano de vida. Muitas bênçãos para vocês.

No dia 10 de janeiro, nossa Paróquia acolhe a visita da Cruz Pere-

JORNALISTA RESPONSÁVEL

direção e revisão:

WWW.PAROQUIASANTOANTONIO.NET

Ů C ruz Peregrina 3

Após a Missa, os jovens ficam em adoração ao Santíssimo Sacramento durante toda a madrugada, finalizando o evento com uma Celebração do envio da Cruz e uma carreata até Biguaçú, próxima parada dos símbolos da JMJ.

Ů B ote Fé

Você contribui com o dízimo? A Paróquia precisa de sua ajuda para se manter. Procure a secretaria e se torne um dizimista. Dízimo é partilha e quem partilha é mais feliz!

Ů C ruz Peregrina 2

um show de evangelização, na Praça da Igreja do Kobrasol. Após a chegada da cruz, será realizada uma caminhada luminosa até a Igreja de Campinas para uma Missa Solene.

Já no dia 12, às 18h, no Centro Multiuso, acontece o Bote Fé, que será o encerramento da Visita da Cruz Peregrina em nossa Arquidiocese. Dom Wilson Tadeu Jönck, scj, presidirá uma Missa pra celebrar a chegada da Cruz e logo após haverá shows com Amados do Eterno, Cantores de Deus, Vida Reluz e Banda Dominus, além de outras apresentações artísticas.

Ů A colhida

Moradores das Paróquias da Arquidiocese de Florianópolis são convidados a acolherem os jovens peregrinos internacionais que virão à Arquidiocese, no período de 16 a 20 de julho, para participarem da Semana Missionária da Jornada Mundial Juventude - Rio2013.Para isso, basta fazer o cadastro no site arquifln.org. br.”Exercei a hospitalidade uns para com os outros” (1PD 4,9)

p rodução

PARÓQUIA SANTO ANTÔNIO.

e-mail: santoantoinioPAROQUIA@HOTMAIL.COM

grina, que está percorrendo as dioceses de todo o país, até chegar ao Rio de Janeiro, em julho, para a Jornada Mundial da Juventude. Junto com a cruz, virá o ícone de Nossa Senhora e a imagem da Beata Albertina Berkenbrock.

rua prof. rosinha campos, 52, sala 02, abraão - FLORIANÓPOLIS/SC FONE: 48 3365 1613 ATENDIMENTO@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

p rojeto gráfico / di agr a mação

KETLIN DA ROSA - SC02821 - JP

André Kinal

KETLIN@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

criacao@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

texto / reportagens Roberson Pinheiro pauta@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

t ir age m: 3 mil per iodicida de: mensal imp ressão: gráfica grafinorte


Maturidade Cristã 3

www.paroquiasantoantonio.net

Os sentidos da vida Elenir lopes Ano novo, vida nova. É assim que se costuma dizer ao começar mais um ano. Desejar que tudo fosse diferente, almejar sucesso na vida profissional, melhorias financeiras e que tudo de bom se realizasse. Isso se repete ano após ano. Acontece que na maioria das vezes quando chega a metade do ano, nem lembrança existe mais daquilo que um dia serviu de ferramenta para substituir o que, realmente, deveria ser desejado; seja vencer o seu Eu, anular as expectativas do Ter e ter a graça de viver, bem, todos os dias do ano. Usar dos sentidos para ter sentido. O tato: estender a mão ao próximo; a visão: olhar tudo o que já possui e a verdadeira razão da existência; paladar: alimentar-se saudavelmente; o olfato: sentir o cheiro da liberdade e tocá-la com responsabilidade; a audição: escutar mais a Deus. Faz sentido, sentir a Sua presença.

Paróquia define projetos pastorais para 2013

Igreja de Campinas e do Kobrasol estarão em unidade com os objetivos propostos pelo Vaticano e também pela Arquidiocese de Florianópolis, com pontos de trabalho que você pode conhecer abaixo

Caminho do planejamento

O Planejamento Estratégico Pastoral é uma iniciativa de organizar e motivar a vivência pastoral da Paróquia, em meio aos inúmeros desafios no contexto geográfico e cultural em que ela se encontra. A partir de pesquisa e análise de dados, são mapeados diversos públicos da Paróquia e observa-se o tipo de relacionamento, o objetivo da organização, o nível de dependência, os resultados esperados e as expectativas dos públicos perante a Paróquia. Após mapear os públicos e os fatores de influência e relacionamento, inicia-se uma análise mais detalhada dos resultados apresentados em pesquisas de documentos; nos dados tabulados a partir dos questionários aplicados e nas observações feitas nas conversas informais. O resultado desta primeira análise é a produção de um diagnóstico organizacional da Paróquia. Nele se identifica as novas circunstâncias que ameaçam o crescimento evangelizador, para renovação e revitalização da propagação da novidade do evangelho no contexto atual. Através de resultados concretos, organizados a partir da pesquisa, é possível estabelecer os objetivos, estratégias, metas, programas e projetos para o Plano Estratégico Pastoral. Os resultados das ações podem ser mesurados através dos instrumentos de avaliação e controle, estabelecidos a partir das características individuais de cada projeto e plano de ação das pastorais e movimentos. Todo esse processo deve ser feito em um trabalho conjunto das lideranças da Paróquia com os fiéis ativos em cada movimento ou pastoral, para que se possa chegar aos objetivos propostos nas assembleias paroquiais.

Assembleia paroquial aconteceu em dezembro de 2012 e contou com a presença de lideranças, entre outros leigos de Campinas e Kobrasol

Em comunhão com o Vaticano, que lançou o Ano da Fé, e com a Arquidiocese de Florianópolis, a Paróquia Santo Antonio definiu os pontos de trabalhos para 2013. Acompanhe abaixo os principais pontos que serão articulados neste ano: I – Ações ligadas ao Ano da Fé: 1 - Celebrações Litúrgicas e Celebrações Penitenciais 2 - Encontros de Formação 3 - Missões Populares 4 - Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 5- Visita da Cruz

6 - Escola Bíblica e Escola Catequética 7 - Romarias 8 - Publicações de artigos sobre a fé e sobre documentos da Igreja II - Plano Arquidiocesano de Pastoral : A Arquidiocese de Florianópolis realizou durante o ano de 2012 o planejamento das ações que deverão ser realizadas nos próximos anos nos níveis diocesanos, comarcais e paroquiais e que fazem parte da fase do agir do planejamento arquidiocesano. Em nossa Paróquia, foram definidas as seguintes ações: 1. Fortalecer a dimensão mis-

sionária na Paróquia através de missões nas casas fazendo visitação e bênção. 2. Despertar, formar e animar agentes para a iniciação à vida cristã, através de encontros mensais com as lideranças sobre o catecismo e iniciação à vida cristã. 3. Priorizar o estudo da Palavra de Deus nos Grupos Bíblicos em Família (GBF) e motivar os agentes de pastoral e os animadores dos GBF para a leitura orante e a formação bíblica permanente. Além disso, pretende-se divulgar o GBF nas pastorais, através de estudos bíblicos em

suas reuniões, e para a comunidade através de Missas mensais relacionadas ao tema. 4. Fortalecer a Pastoral do Dízimo, integrando-a as demais pastorais favorecendo a conscientização sobre a dimensão social e evangelizadora desta pastoral. E, também, a importância e o verdadeiro significado do dízimo embasado na Palavra de Deus. 5. Fortalecer e apoiar a Ação Social Paroquial, integrando-a as pastorais através da visita destas, as quais deverão ofertar um complemento nas cestas básicas.


4

Crescendo na Fé

www.paroquiasantoantonio.net

Caminhando com a Palavra

Vivendo a Liturgia

Festa do Batismo do Senhor

Marcus Cunico

Discussões de um novo tempo

Nova coluna apresenta temas relacionados a este Ano Especial celebrado por toda Igreja Miriane Priscila Paim Em 11 de outubro do ano passado, o Papa Bento XV deu início ao Ano da Fé que termina na festa de Jesus Cristo Rei do Universo, em 24 de novembro. Por que esse tema? Lendo os sinais dos tempos, o sumo pontífice sabiamente viu “a necessidade de redescobrir o caminho da fé para fazer brilhar, com evidência sempre maior, a alegria e o renovado entusiasmo do encontro com Cristo.” (PF 2). Ele afirma que “é necessário um empenho eclesial mais convicto a favor de uma nova evangelização, para descobrir de novo a alegria de crer e reencontrar o entusiasmo de comunicar a fé.” (PF 7).

A data de abertura celebra o jubileu de ouro do início do Concílio Ecumênico Vaticano II que, segundo

Para viver melhor o Ano da Fé: Conheça as raízes da fé que professas

João Paulo II, foi a grande graça que beneficiou o século XX. Celebra-se também os 20 anos do Catecismo da Igreja Católica, instrumento seguro para um conhecimento sistemático da fé. O Sínodo para uma Nova Evangeli-

zação, ocorrido em outubro de 2012, fez parte da programação do Ano da Fé e trás luzes para a evangelização no mundo de hoje. Sim, diante desses argumentos, todos nós somos convidados a rever a nossa fé, extraindo dela o que atrapalha, investindo em seu fortalecimento. Pensando nisso, vamos trazer para você neste espaço o que a Igreja preparou e sugere para bem viver este ano. Em troca, um convite: faça essa caminhada com a gente, redescobrindo a beleza e a alegria de crer em Deus que nos presenteou com seu amor.

Acolhida dos Ícones da JMJ Paróquia Santo Antônio 10 de janeiro - Início às 20h30 Praça Eugênio Raulino Koerich (Pracinha do Kobrasol)

Show Musical - Caminhada Luminosa - Adoração

Queridos irmãos, a Festa do Batismo do Senhor neste Ano da Fé tem para nós um sentido muito especial. Ao rezarmos o texto de Lucas 3, 15-16.21-22, percebemos duas partes distintas. Primeiro observamos Jesus que estava em oração – o dom do Espírito Santo é a resposta da oração. Segundo, o Batismo de Jesus está ligado à sua genealogia que, em forma ascendente, remonta a Adão e a Deus (3, 38). A figura de Jesus se torna então modelo para todo cristão. No Batismo, a oração da Igreja faz descer sobre nós o Espírito, que, tornando-nos filhos de Deus, ligou nossa pobre genealogia humana à de Deus. Para os judeus, o Batismo era um rito penitencial, entretanto o que Jesus recebe não é apenas um batismo penitencial, mas a manifestação do Pai e do Espírito Santo dando-lhe um significado

preciso. A submissão de Jesus em participar do batismo penitencial, revela a solidariedade do Pai, Filho e Espírito Santo com a nossa história. Ele não se distancia da humanidade pecadora, mas a assume para realizar a libertação definitiva, no sacrifico. Jesus é proclamado “filho bem-amado”, no qual o Espírito o investe com a missão de profeta (anunciar a salvação), sacerdote (o único sacrifício agradável ao Pai), rei (messias esperado como salvador). Neste Ano da Fé, os fiéis que nasceram e cresceram na fé da Igreja têm a necessidade de redescobrir a grandeza e as exigências da vocação batismal. O batismo põe-nos em comunhão com Deus. É um novo nascimento, uma passagem da solidariedade no pecado (humanidade) à solidariedade no amor (divina).


Novo mundo

www.paroquiasantoantonio.net

Símbolos da JMJ chegam ao município de São José

5

ESPAÇO VOCACIONAL

Feliz em servir a Deus

Paróquia Santo Antônio recebe Cruz Peregrina e Ícones da Jornada Mundial da Juventude, e durante uma noite será o berço do maior evento jovem católico do mundo Campinas já vive a expectativa da passagem dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Shows, caminhadas, missa e adoração irão marcar a noite do dia 10 de janeiro e a madrugada do dia 11 de janeiro. Tudo começa às 20h30 com um show de evangelização na Praça Eugênio Raulino Koe-

rich (em frente à Igreja do Kobrasol), que deve envolver todos os Grupos de Jovens da Comarca de São José. A animação segue até às 21h45 quando chega os símbolos da JMJ: Cruz Peregrina, Ícone de Nossa Senhora e Imagem da Beata Albertina Berkenbrock. Na sequência uma caminhada para a Igreja Matriz de Campinas.

A Santa Missa Solene acontece às 22h30, concelebrada pelos padres e diáconos da Comarca de São José e presidida por Padre Hélio da Cunha. E durante toda a madrugada (11/01) haverá adoração ao Santíssimo Sacramento, com a presença das paróquias da região, realizando as orações.

Programação da Adoração Eucarística: 00h às 01h – Paróquias: Garopaba, Paulo Lopes e Enseada de Brito. Responsáveis: Padre Marcos e Jovens das duas paróquias. 01h às 02h - Adoração ao Santíssimo Sacramento. Paróquias: Aririú e Colônia Santana. Responsáveis: Padre Marcelo Fraga e Jovens das duas paróquias. 02h às 03h - Adoração ao Santíssimo Sacramento. Paróquias: Palhoça e Ponte do Imaruí.

Responsáveis: Padre Elisandro e Jovens das duas paróquias. 03h às 04h - Adoração ao Santíssimo Sacramento. Paróquias: São José e Forquilhinhas. Responsáveis: Padre Roberto e Jovens das duas paróquias. 04h às 05h30 - Solene Celebração de envio dos jovens para a JMJ no Rio de Janeiro, com a presença de Padres, Diáconos, dos jovens e do povo, em geral, da Comarca de São José, Presidida por Padre Silvio.

Responsáveis – Liturgia e Canto: Magnificat – Forquilhinhas e Grupo de Jovens - Paulo Lopes. 05h45 às 06h - Saída da Cruz Peregrina, Ícone de Nossa Senhora e Imagem da Beata Albertina Berkenbrock, em carreata para Biguaçu - Paróquia São João Evangelista. 06h15 - Chegada da Cruz Peregrina, Ícone de Nossa Senhora e Imagem da Beata Albertina Berkenbrock na Paróquia São João Evangelista, Biguaçu.

Bote Fé Floripa

Em 2013, o Brasil recebe o maior evento católico juvenil do mundo, a Jornada Mundial da Juventude, que acontece no Rio de Janeiro, entre os dias 23 a 28 de julho. Como parte dos eventos que antecedem a Jornada, a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora percorrerão o Brasil todo, protagonizando uma festa à parte, o Bote Fé. A Arquidiocese de Florianópolis recebe esses símbolos no dia 10 de janeiro, entregues pela Diocese de Tubarão. Santa Catarina aliou aos símbolos a imagem da Beata Albertina Berkenbrock, intercessora da JMJ, nascida no pequeno mu-

nicípio de Imaruí, a pouco mais de 50 km de Laguna, sul de Santa Catarina. Do dia 10 a 12 de janeiro, os símbolos passam por seis comarcas e oito paróquias da Arquidiocese, até serem recebidos na Catedral Metropolitana. De lá, então, seguem para o Centro Multiuso de São José, onde será realizado o Bote Fé, a partir das 18h. Entre as atrações está confirmada a presença das bandas Dominus, Vida Reluz, Cantores de Deus e Amados do Eterno. Outras apresentações também marcam o evento, que deve reunir jovens de diferentes cidades da região.

O jovem Ellinton Pedro de Souza, 22 anos, foi um dos selecionados para ser voluntário na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), deste ano, no Rio de Janeiro. Há quatro meses morando em São José, atualmente é secretário do Padre Hélio da Cunha, auxiliando em diversas atividades na Paróquia. Porque você quis ser voluntário na JMJ? Ellinton – Sempre gostei de ser voluntário em encontros ou outras atividades da Igreja. E, depois que fui para a Jornada de Madrid, despertou em mim ainda mais o desejo de querer ajudar de alguma forma. O que significa para você a JMJ? Ellinton – Simplesmente uma atmosfera de Deus. Uma experiência única, fantástica, difícil até de descrever. Você não se preocupa em ser escalado para trabalhar em algum serviço longe dos locais de apresentação da JMJ, como alojamentos, por exemplo? Ellinton – Eu considero que ajudar acaba sendo ainda mais gratificante, mesmo que seja longe dos palcos da JMJ. Participar da Jornada é muito bom, mas ter a oportunidade de contribuir será, sem dúvidas, uma experiência única e renovadora. A partir da experiência do serviço voluntário, existe em você o desejo que seguir alguma vocação específica? Ellinton – Penso em seguir a vida sacerdotal. Atualmente faço a faculdade de Direito e pretendo concluí-la, porém, desde os 12 anos de idade, reflito sobre a possibilidade de ser padre. Eu cheguei a fazer uma experiência antes no seminário, mas percebi que era necessário sair e amadurecer mais a ideia. Agora, após concluir meu curso, pretendo voltar ao seminário com um pouco mais de maturidade. Você recomenda as pessoas a serem voluntárias em projetos da Igreja? Ellinton – Quem trabalha em função do outro tem uma experiência diferente de Deus, porque pode contribuir. Recomendo sim as pessoas a serem voluntárias, porque sei que ser voluntário me faz feliz.


6 Entre Irmãos

www.paroquiasantoantonio.net

Há 10 anos

Ação Social de Campinas recebe prêmio Sidnei Antônio da Silva

cuidando do rebanho Fiéis de Campinas e do Kobrasol são gratos pela dedicação do Pe. Hélio da Cunha na Paróquia Santo Antônio

Impressões de uma década Empenho a serviço da Igreja de Campinas e do Kobrasol geraram conquistas e o surgimento de novos desafios. Padre Hélio, em entrevista, comenta sobre os 10 anos a frente da Paróquia. Qual a principal mudança observada na Paróquia nestes 10 anos? Pe. Hélio – A maior transformação foi o despertar de novas lideranças; e lideranças de qualidade. Temos líderes que vieram de um caminho de formação e que assim estão mais preparados para assumir as coordenações na Paróquia.

Diácono Djalma Lemes Em dezembro de 2002, recebíamos em nossa Paróquia um novo Pastor. A expectativa do rebanho era grande. Mas era preciso conquistar e cuidar desse novo povo, aumentá-lo e se consumir por ele. Padre Hélio, então, não perdeu tempo e começou a imprimir o seu ritmo! Nesta perspectiva, logo no início restaurou a casa paroquial, pois, havia muito tempo em que não recebia manutenção. Ao mesmo tempo nascia o Cerco de Jericó. Incansável na busca de novos caminhos sentiu que o povo cansado, sofrido e machucado estava precisando da Mãe. E, assim, nasceu a Novena de Nossa Senhora Desatadora dos Nós. O povo veio correndo ao encontro de Maria; primeiro na quarta à tarde, depois na quarta à noite, em seguida na quinta à noite, e logo após na quinta de manhã também. Logo vimos os salões refor-

mados, tudo do melhor, que hoje nos orgulha e encanta. A Igreja Matriz foi remodelada, concorrendo de forma harmoniosa para a celebração da Sagrada Liturgia. O ar condicionado na Matriz, a reforma nas cozinhas e áreas de apoio dos salões paroquiais, a aparelhagem de som e os estúdios de gravação e de música, também foram alguns investimentos realizados. Como se tudo isso não bastasse, nos deixou extasiados, a reestruturação das capelas do Santíssimo da Igreja do Kobrasol e da Matriz. Ambientes que convidam a mergulharmos no mistério insondável de Deus, pela oração, adoração e contemplação. Ao mesmo tempo em que edificou a estrutura material, Pe. Hélio também conquistou o rebanho pelo incansável trabalho junto às pastorais, procurando sempre dinamizar e incentivar os vários setores, para que fa-

çam acontecer a evangelização com um novo ardor, num clima de unidade e fraternidade. Tendo a audácia de trazer em nossa Paróquia, o Pe. Robson, reitor do Santuário do Divino Pai Eterno em Goiás (GO), agora nos presenteia com a Novena do Divino Pai Eterno, mais um canal de graça para os seus queridos devotos. Dez anos já se passaram, mas o desejo de fazer o melhor, de dar o melhor de si para a Igreja de Jesus, mesmo que venham ventos contrários, está sempre presente em sua vida. Padre Hélio, o rebanho de Campinas e Kobrasol agradece a Deus pelo seu Pastor. O rebanho, hoje, conhece a sua voz e te ama, e reconhece no seu trabalho o teu amor por cada um de nós. Continue Padre Hélio, junto de nós, com Jesus, “abrindo a porta da fé” para muitos filhos e filhas. Deus o abençoe sempre e lhe conceda muita saúde e paz!

Que desafio o Senhor encontrou ao chegar à Paróquia? Pe. Hélio – Para mim o grande desafio é sempre a mudança de Paróquia, porém depois que passa a conviver e se aceita o novo ambiente, tudo começa a florescer. Quais são os próximos passos na Paróquia a partir de agora? Pe. Hélio – Continuar dando formação ao povo. Queremos criar no coração dos paroquianos o gosto pelas coisas de Deus. Além disso, temos que fazer que o povo ferido volte para casa revigorado e com vontade de retornar à Igreja e sejam ativos na Paróquia numa fé madura, esclarecida e convincente. Ainda, a pedido do plano arquidiocesano, vamos trabalhar muito com as famílias através dos grupos bíblicos. A quem agradecer? Pe. Hélio – A Deus; a Igreja que me aceitou e me acolheu como filho; aos bispos que confirmam meu trabalho; aos sacerdotes, meus irmãos e companheiros de caminhada; aos diáconos, amados colaboradores; ao querido povo de Deus que confiou a mim toda ternura. Não podendo esquecer, a minha família de sangue e as indispensáveis lideranças, parceiros de trabalho.

Em Sessão Especial realizada no dia 05 de dezembro de 2012, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina fez entrega dos Certificados do Prêmio Responsabilidade Social 2012 – Destaque SC para algumas entidades e empresas catarinenses, dentre as quais a Ação Social Paroquial de Campinas. A solenidade contou com a presença de convidados, deputados, secretários estaduais e outras autoridades. A homenagem foi recebida pelo diácono Djalma Lemes, vice-coordenador da Ação Social, que na oportunidade representou o coordenador, padre Hélio da Cunha. A Certificação de Responsabilidade Social tem por objetivo reconhecer empresas e entidades sem fins econômicos com atuação de destaque e que tenham responsabilidade social incluídas em suas políticas de gestão, visando à promoção do bem-estar da sociedade.

Louvor de Verão No dia 20 de janeiro acontece em Camboriú (SC) a 22ª edição do Louvor de Verão. O evento promovido pela Renovação Carismática Católica pretende reunir fiéis da Arquidiocese de Florianópolis para um dia de adoração, música, palestras e oração. O evento acontece no Ginásio de Esportes da cidade, inicia às 8h e se encerra às 16h30, com Missa presidida pelo Arcebispo Dom Wilson.


Pastorais e Movimentos 7

www.paroquiasantoantonio.net

Natal para todos

Salão paroquial recebeu famílias carentes para celebrar o Natal promovido pela Ação Social

Inscrições para catequese estão abertas Giselle C. P. de Souza As matrículas para a cate quese de Primeira Eucaristia, Crisma, Infância Missionária e também catequese de adultos podem ser feitas até o dia 23 de fevereiro nas secre tarias de Campinas e do Kobrasol. As informações sobre a idade mínima exigida para cada etapa e os documentos necessários para a matrícula podem ser obtidas nas próprias secretarias. Os cate quizandos do primeiro ano também devem fazer a rematricula até está data.

Escola Catequética Paroquial Iracilda Meurer

Sidnei A. Silva - voluntário Como acontece todos os anos, no dia 14 de dezembro foi realizada a confraternização de Natal com as famílias atendidas pela Ação Social Paroquial de Campinas. Foi uma tarde especial, preparada com muito carinho pela equipe da Ação Social e voluntários. Padre Hélio pediu: “vamos organizar tudo com a mesma dignidade com que preparamos os eventos para os bispos e pastorais, inclusive com toalhas e cobre manchas nas mesas”. E assim foi feito. A acolhida ficou a cargo do diácono Djalma Lemes, vice-coordenador da Ação Social. Padre Hélio também deixou sua mensagem e conduziu uma pequena meditação sobre o significado do

Natal , logo após o canto “Noite Feliz”, entoado pelos presentes ao redor do presépio, montado especialmente para o evento, abençoou a todos. A festa continuou com música, recreação para as crianças e um lanche com doces, salgados e refrigerantes. Neste momento era visível o brilho nos olhos e a ansiedade dos pequenos, que mal podiam esperar a tão sonhada hora de receber seus presentes. Para muitos deles, talvez pela primeira vez na vida iriam sentir a alegria de receber o presente que pediram (bicicletas, skates, rollers, bonecas, carrinhos, roupas entre outros). Cada uma das 52 famílias cadastradas, que são acompanhadas durante todo o ano pela Ação Social, recebeu duas cestas básicas, duas

galinhas, leite, uma recheada cesta de natal e os presentes solicitados. Por fim, o que se viu foi um misto de sorrisos e lágrimas de alegria, tanto daqueles que recebiam, como também daqueles que trabalharam para que tudo isso acontecesse. Toda esta festa só foi possível graças à colaboração generosa dos paroquianos, e especialmente, dos frequentadores da novena de Nossa Senhora Desatadora dos Nós. “Tudo o que fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos foi a mim que o fizestes.” (Mt 25,32-45).  O trabalho da Ação Social não fica só aqui. Veja em matéria desta edição os cursos profissionalizantes realizados em 2012.

Agentes se unem para confraternizar Num clima, natalino e na alegria do Tempo do Advento, as pastorais da Paróquia Santo Antônio se reuniram para as confraternizações de final de ano. Na verdade, a intenção de realizar as festas é para agrade-

cer a Deus pelos trabalhos que, ao longo do ano, fizeram parte do dia a dia de cada um. Todos demonstram satisfação ao se encontrarem e partilharem o que vivenciaram na missão evan-

gelizadora que lhes foi confiada. A alegria do dever de cristão, cumprido e a transformação que esse serviço traz para quem dá e para quem recebe é visível no rosto de cada um.

Que as forças, desses irmãos, sejam renovadas e que o Espírito Santo suscite em seus corações um desejo maior de servir ao Senhor com ardor em mais este ano que está chegando.

Na medida em que “a missão primordial da Igre ja é anunciar a Deus e ser testemunha Dele diante do mundo, o catequista deve ser capaz de dar testemunho de sua fé e de responder a inquietude mais profunda do coração humano, que feito para Deus, só em Deus pode encontrar repouso”. (DGG,23). Seguindo ainda as orientações do Documento de Aparecida, a Paróquia de Campinas criou uma Escola de formação integral permanente para catequistas, bem como para aqueles que de sejam entrar para o ser viço da catequese. No ano de 2013, haverá um grupo de 12 pessoas no segundo ano da Escola, e abriremos vagas para o primeiro ano. Além disso, iniciará um curso de atualização para os que já atuam na catequese e outras lideranças da Paróquia, onde trataremos sobre o Catecismo da Igreja Católica e sobre a Iniciação à Vida Cristã.

NOVENA DO DIVINO PAI ETERNO TODAS ÀS SEXTAS-FEIRAS, 19h30 NA IGREJA MATRIZ


8 Contra Capa

www.paroquiasantoantonio.net

Um pouco sobre 2012 Paróquia Santo Antônio lembra de suas atividades e dos momentos que marcaram o último ano

FEVEREIRO Posse das Coordenações

FEVEREIRO Posse das Coordenações

JUNHO Missa do Pe. Robson

MARÇO Formação do Ano Eucarístico Reforma da Capela Nossa Senhora Desatadora dos Nós Cerco de Jericó Bingo de Páscoa ABRIL Semana Santa

MARÇO Cerco de Jericó

MAIO Festa de Santa Rita de Cássia Celebração Ecumênica Coroação de Nossa Senhora Congresso da RCC Cenáculo de Pentecostes

SETEMBRO Novenas da Nossa Sra. Desatadora

JUNHO Corpus Christi Missa do Pe. Robson Festa de Santo Antônio JULHO Despedida do Fabrício Enc. Arquidiocesano de Catequese e Liturgia Colocação dos vitrais na Matriz AGOSTO Novena do Divino Pai Eterno Show de Evangelização ABRIL Semana Santa

SETEMBRO Festa de Bom Jesus e S. Cristóvão Novenas da Nossa Sra. Desatadora dos Nós

NOVEMBRO Congresso Eucarístico Paroquial

OUTUBRO Festa de São Francisco de Assis NOVEMBRO Ordenação Diaconal do César Reunião do Clero Congresso Eucarístico Paroquial Bingo de Natal

MAIO Coroação de Nossa Senhora

DEZEMBRO Assembleia Pastoral Paroquial Novena da Imaculada Conceição

COLOBORE COM A EVANGELIZAÇÃO

ANUNCIE AQUI (48) 3241-0637

NOVEMBRO Ordenação Diaconal do César


Javé Nessi - Janeiro