Issuu on Google+

Jornal da Paróquia Santíssima Trindade – Ed. 08 – Outubro a Dezembro de 2010 – Distribuição Gratuita

Matriz é Dedicada

em Santa Missa presidida pelo Arcebispo Dom Murilo

Comunidade da Santíssima Trindade na Rádio Cultura

Pág. 5


2

Opinião

Editorial Estamos a caminho de mais um Advento. Este tempo que antecede o Natal, em que nos preparamos com alegria e expectativa para o dia do nascimento de Jesus Cristo, é um momento de reflexão, fraternidade e paz. Advento vem do latim Adventus que significa chegada. É o primeiro período do ano litúrgico. No calendário religioso, ele corresponde às quatro semanas antes do Natal. Há muitos e muitos anos, entre os séculos IV e VII, vários povoados ao redor do mundo, fiéis a Deus e a Jesus Cristo, começaram a viver este “Tempo do Advento”. Para a Igreja, este é o momento de mergulhar na liturgia e na vivência cristã. As duas primeiras semanas são voltadas para a espera da segunda vinda definitiva e gloriosa do Senhor. As duas últimas se voltam especialmente para a preparação e celebração da primeira vinda do Salvador entre nós. Teologicamente, este período

www.paroquiadatrindade.com traduz a proporção histórica da salvação e evidencia a dimensão escatológica do mistério cristão. É neste instante que as características missionárias da vinda de Cristo são inseridas entre nós. Celebrar o Advento é uma preciosa oportunidade para nos aprofundar nos ensinamentos de Jesus. As lições de vida do Senhor nos impulsionam a refletir os valores essenciais de um cristão. O tempo do Advento é tempo de esperança porque “Cristo é a nossa esperança” (cf. 1Tm 1,1). A esperança da Igreja é a mesma realizada por Jesus em Israel, porém só se consumará com a volta Dele na Terra. Precisamos agora questionar a vivência da pobreza, não a econômica, mas a que leva a confiar em Deus e por Ele abandonar bens terrenos para depender única e exclusivamente Dele. Devemos nos preparar para o caminho do Senhor ao lutar todos os dias contra o pecado, através da oração e da Palavra de Deus. E só assim nosso coração estará aberto para o encontro de Jesus Cristo, nosso Salvador.

Horários de Missas Terças-feiras, às 19h30, na Matriz, Missa de Santo Antônio, com bênção de objetos e distribuição de pãezinhos bentos. Primeira quinta-feira do mês, às 15h30, celebração na Apae do Itacorubi. Igreja Matriz, na Trindade: De terça a sexta-feira - 19h30 Sábado - 18h Domingo - 8h, 10h, 18h e 20h Casamentos: sábados, a partir das 20h

Comunidades: São Bento – Itacorubi Sábado - 19h30 Domingo - 8h Primeira sexta-feira do mês - Missa da saúde - 15h Puríssimo Coração de Maria - Jd. Anchieta – Córrego Grande Sábado - 18h São José - Serrinha Sábado - 19h30 Nossa Senhora de Guadalupe - Morro do Quilombo Domingo - 9h30 Santo Agostinho - Pantanal Domingo - 19h30 Nossa Senhora Aparecida - Morro da Penitenciária Domingo - 8h30 São Francisco – Poção Terceira quarta-feira do mês - 20h Hospital Universitário - HU Quarta-feira - 15h Templo Ecumênico – UFSC Sexta-feira - 12h15

Expediente da secretaria paroquial A secretaria da Paróquia Santíssima Trindade atende das 8h às 19h45 de segunda a sexta-feira. E aos sábados, das 8h às 15h30.

Palavra do Frei Uma lição deixada por São Francisco de Assis Caros irmãos e irmãs, estamos vivendo intensamente datas importantes de nossa Igreja. Há pouco vivemos o mês da Bíblia, no qual procuramos adentrar no pensamento de Deus, através de sua Palavra. Neste mês, somos chamados a viver a missão. Embora a palavra “missão” não se encontre na Sagrada Escritura, a ideia está inserida em toda a Bíblia, de Gênesis a Apocalipse. Esta palavra vem do latim “mitto” e significa “enviar”. No Novo Testamento vemos o próprio Jesus empregando uma palavra com o mesmo significado - a palavra apóstolo (do grego apostello). De maneira simples, podemos afirmar que missão significa enviar. “Por onde andardes, anunciai que o Reino dos céus está próximo. Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. Recebestes de graça, de graça dai!” (Mt 10,7-8)

Outra data importante foi o dia de São Francisco de Assis. A atitude de São Francisco diante da natureza não podia passar despercebida aos ecologistas e àqueles que se preocupam com o meio ambiente. Já em 1966, o historiador Lynn White em uma reunião da “associação americana para o progresso da ciência” propunha que São Francisco fosse o patrono dos ecologistas. Pouco tempo depois, em 1979, João Paulo II declarava São Francisco de Assis patrono dos ecologistas. O amor e o respeito de São Francisco pela natureza não era abstrato, convencional e impessoal. Tratava cada ser com delicada cortesia, sempre respeitando a sua própria individualidade e com lugar privilegiado no cosmos. A partir da sua fé, razão de ser de toda esta visão, celebrava a grande presença de Deus na criação. Em menos de 40 anos, o mundo perdeu 30% de sua biodiversidade. Nos países tropicais, contudo,

a queda foi muito maior: atingiu 60% da fauna e flora original. Os dados são do Relatório Planeta Vivo 2010, publicado a cada dois anos pela organização não governamental WWF. A biodiversidade é medida pelo Índice Planeta Vivo (IPV) que estuda a saúde de quase oito mil populações de mais de 2,5 mil espécies desde 1970. Portanto, nós todos somos chamados a dar uma resposta franciscana diante dessas agressões à natureza. São Francisco não defende a natureza simplesmente porque pode nos fazer falta. A sua visão é muito mais profunda. Para ele, somos todos irmãos e estamos intrinsecamente ligados uns aos outros, inclusive com toda a criação, porque somos criados a partir da mesma fonte: Deus Uno e Trino. Façamos nossa parte, seguem abaixo algumas sugestões:


Geral

www.paroquiadatrindade.com

Pastoral Catequética promove eventos para o próximo trimestre

Missas de Primeira Eucaristia acontecem no mês de Outubro

3

O encontro da Escola da Fé e Vida de Setembro Coerente com os objetivos e com o método de ver, analisar e agir, a Escola da Fé e Vida, no encontro realizado no mês de setembro, apresentou aos participantes três questões básicas: “Que bom! Que pena! e Que tal?”. O objetivo era considerar o parecer de cada tópico em cima da programação feita para este final de ano e planejar os encontros de 2011.

Síntese – Que bom!

Que bom que (...) que a Paróquia da Santíssima Trindade oferece aos seus fiéis a Escola da Fé e Vida para nos iluminar e esclarecer; (...) que Deus nos trouxe aqui e que aceitamos o convite da equipe da Escola da Fé e Vida. Em Outubro, os finais de semana foram repletos de Missa de Primeira Comunhão nas Comunidades. No domingo, dia 10, a Matriz e a Igreja Santo Agostinho deram o ponta pé inicial nas cerimônias eucarísticas. Dia 16, sábado, foi a vez da Igreja Puríssimo Coração de Maria. A renovação das promessas batismais da Igreja São Bento será realizada ainda nos dias 23 e 24. A Matriz celebrará também,

no dia 24, a Primeira Eucaristia de adultos, às 20h. A Comunidade São José vai fazer esta cerimônia no dia 30 de outubro, às 19h30. Já, A Igreja Nossa Senhora Aparecida ainda fará a celebração no mês de novembro.

Outros eventos realizados em Outubro

Nos dias 1º e 2 de outubro, a turma de Crisma II paroquial  fez um

retiro na casa Champanhat no morro da Lagoa da Conceição. Dia 9, para homenagear o dia das crianças, uma tarde recreativa foi feita com as crianças da catequese e das comunidades. Houve muita diversão com brincadeiras, pinturas, cama elástica e até touro mecânico. Para a alegria da garotada, A festa contou com algodão doce, cachorro quente e pipoca.

Gincana Bíblica

Que tal (...) tomarmos consciência da nossa condição de batizados e contagiarmos mais, convidando mais pessoas a virem participar conosco e beber dessa fonte maravilhosa.

Confira a programação das Missas de Finados

No domingo, dia 7 de novembro às 15h, acontecerá a missa de Crisma a nível paroquial, inclusive com a turma de adultos, presidida por Dom Murilo.

Celso Loraschi, da Comissão Paroquial para o Ecumenismo

Síntese – Que tal!

03 e 04 de novembro – Sacramento/ Eucaristia 01 e 02 de dezembro – Planejamento Pastoral 2011 02 de dezembro – Planejamento pastoral 2011 03 de dezembro – Missa de Ação de Graças, entrega dos certificados e confraternização. Fevereiro/2011 – Confirmação das matrículas dos alunos atuais e matrículas de alunos novos. Clélia Buriol Zanuzo, coord. Escola da Fé e Vida

Lembre-se:

Neste ano de 2010 celebramos o centenário do movimento ecumênico. O marco inicial se deu com a Conferência Missionária Mundial, realizada em 1910, na cidade de Edimburgo, Escócia. Essa foi a primeira grande reunião oficial de cristãos de diversos continentes, com o objetivo comum de estabelecer o diálogo entre as diferentes Igrejas Cristãs. De lá para cá, com o empenho de muitos fiéis, cresceu significativamente a consciência ecumênica. São diversos os encontros, celebrações, estudos e outros eventos promovidos com a finalidade de superar o escândalo da divisão entre os que professam a fé em Jesus Cristo Salvador. Em nossa Paróquia Santíssima Trindade, com a animação de Frei Cácio e dos demais confrades, organizou-se uma Comissão Paroquial para o Ecumenismo, formada por algumas pessoas que apostam no ideal da unidade, conforme Jesus Cristo rezou ao Pai: “Que todos sejam UM. Como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, que eles estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste” (Jo 17,21). Neste sentido, realizaram-se na Matriz duas celebrações ecumênicas como expressão de fé comum e de acolhimento fraterno entre as diferentes Igrejas Cristãs. O próximo encontro ecumênico está previsto para o dia 16 de dezembro, às 19h30. Será em tempo de Advento, propício para encontrarmos em oração a acolhida do nosso Salvador comum. Todo discípulo missionário de Jesus busca, em sua vida, irradiar o sonho de seu Mestre. Abraça, com entusiasmo, a missão de espalhar a Boa Notícia do Reino de Deus, com a mesma metodologia pastoral de Jesus, visando acolher a todos, sem discriminação. Como Bom Pastor, Ele cuida de todas as ovelhas, conhece cada uma delas e não permite que alguma se extravie. À ovelha que se encontra em situação de necessidade Jesus dedica sua atenção prioritária. A todas são oferecidas a proteção e a segurança junto ao aprisco. O “aprisco” de Deus é a Comunidade – casa acolhedora -, onde as relações justas e fraternas são cultivadas cotidianamente. Sabemos que o termo “casa” provém do grego “oikós”, de onde se origina a palavra “ecumenismo”. Esta “casa” é o espaço de organização e de vivência das Igrejas que acreditam em Jesus como Salvador e colocam em prática o Mandamento do Amor. Para quem deseja fazer parte da Comissão Paroquial para o Ecumenismo e o Diálogo Interreligioso, entrar em contato com Racilba de Freitas, fones: 3233-3523 / 9602-7433, e-mail: racilbaflor@yahoo.com.br

Que pena que (...) que nem todos aproveitam esta preciosidade; que alguns companheiros não puderam se fazer presentes; que muita gente não está aqui; que vemos sempre os mesmos rostos com raras novidades; que algumas pessoas faltam; que outros não perseveram; que a frequência está diminuindo; que muitas lideranças não participam da Escola da Fé e Vida; que nem todos aderem a essa maravilha.

Confira o cronograma abaixo das próximas ações da Escola de Fé e Vida:

No dia 18 de setembro aconteceu a 8ª Gincana Bíblica a nível paroquial. No evento os catequizandos e crismandos estudaram brincando o Evangelho de Lucas de uma maneira lúdica e dinâmica. A gincana foi um sucesso com a participação em peso das crianças e dos pais. Uma das tarefas era arrecadar alimentos, roupas e livros para a Ação Social. Eles conseguiram uma expressiva coleta destes itens.

ECUMENISMO: UM CHAMADO QUE JESUS NOS FAZ

Síntese – Que pena!

2 de novembro 9h30: Cemitério do Itacorubi | 16h30: Cemitério do Itacorubi | 19h30: Matriz Durante o Dia de Finados, 2 de novembro, os integrantes da Legião de Maria farão visita nos Cemitérios.

Festa de São Francisco de Assis

Temos nos santos, heranças eternas, verdadeiros legados de fé. Como estaria São Francisco de Assis no mundo atual, onde a evidência é o capital, o consumismo e a acumulação? Em 1999, a revista norte-americana “Times” perguntou aos leitores qual a personalidade mais importante do milênio. O resultado foi São Francisco que superou ícones como o famoso cientista Albert Einstein e o imortal dramaturgo Willian Shakespeare. O que mais impressiona é que sua vivência radical da fé e amor incondicional a Deus move vários fiéis até os dias de hoje. Ele é considerado o padroeiro da ecologia, além de ser o fundador da ordem dos Franciscanos. Antes mesmo de receber a morte corporal, São Francisco repartiu um pão entre seus irmãos e disse: “Eu fiz a minha parte, que Cristo vos ensine

a fazer a vossa”. E é neste espírito de partilha e devoção ao Senhor que a Paróquia Santíssima Trindade realizou, entre os dias 26 de setembro e 4 de outubro, a Festa de São Francisco de Assis. O público pôde desfrutar de um almoço especial e de uma tarde dançante no primeiro dia do evento. Uma bênção aos animais foi realizada no dia 2 de outubro. Na ocasião, foram distribuídas mudas de plantas.

No dia 4, pela manhã, um grupo de voluntários e crianças, juntamente com o Frei Cácio e o Frei Frigo, foram à Avenida Beiramar panfletar sobre a conscientização ecológica mundial. Para encerrar a festividade, foi celebrada a missa Solene a São Francisco de Assis que emocionou todos os presentes. “Apenas um raio de sol é suficiente para afastar várias sombras”, São Francisco de Assis.


4

Ser Solidário

www.paroquiadatrindade.com

Casa da Criança

Casa São José

A Casa da Criança foi criada com o objetivo de promover a inclusão e conscientização dos direitos básicos das crianças e adolescentes da comunidade. Com apoio pedagógico, oficinas e cursos, a entidade abrange 120 crianças e adolescentes e mais 20 adultos. No local são servidas cinco refeições diárias. Sem fins lucrativos, a casa realiza eventos e divulga mensalmente o balancete em diversos jornais do estado e do município, além de blogs e sites. Ela conta também com grandes parceiros que transformam este sonho em realidade. Entre eles estão a Eletrosul e o Banco Itaú. Gilson Rogério Morais e Maria de Lourdes Maccarini de Morais são os responsáveis pelo projeto que possui oito funcionários e dez voluntários que ajudam a construir a história da entidade. A Casa da Criança está localizada na Rua Álvaro Ramos, nº 320, no bairro Trindade.

Inaugurada em 2003, a Casa São José atende 135 crianças e adolescentes, de 6 a 14 anos, no período inverso ao ensino regular, com o objetivo de desenvolver atividades sócio-educativas para complementar a educação escolar dos alunos. A entidade oferece cinco refeições diárias e funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h. A sua área de atuação abrange apoio pedagógico, oficinas, cursos, eventos e atendimento odontológico, psicológico e social. Um dos últimos eventos realizados pela casa foi uma oficina sobre alcoolismo ministrada por estudantes da UFSC, dia 14 de setembro. Nesse mesmo mês, dia 28, as crianças da entidade fizeram um passeio ao Brinca-Mundi para comemorar o Dia das Crianças. As próximas atrações promovidas pela entidade serão a Festa dos Voluntários e Parceiros 2010, dia 2 de dezembro, a Festa de Natal, dia 16 de dezembro. O último dia letivo com as crianças será dia 17 de dezembro. A Casa São José fica localizada na Rua Marcus Aurélio Homem, nº 366, no bairro Serrinha. Para saber mais sobre o projeto acesse o site: www.casasaojosefloripa.org.br.

Oficinas para crianças e adolescentes: Educação Física, Tênis, Capoeira, Dança Hip Hop, Artes Plásticas, Formação Humana, Línguas (Italiano e Inglês), Biblioteca, Brinquedoteca, Apoio Pedagógico, Canto, Cartoon, Inclusão Digital, Atendimento Sócio-familiar; Projeto Médico Emergencial e Programa de Saúde Bucal. Oficinas para adultos e idosos: Inclusão Digital, Dança de Salão, Capoeira. Projetos: Prêmio Itaú Unicef, Pontos de Cultura, Projeto Biblioteca (FIA), Bombeiro Mirim, Segundo Tempo e Recreio nas Férias. Eventos promovidos: Festa dos Aniversariantes, Festa Junina, Festa da Páscoa, Festas da Família. Cursos: ������������������������������������������ Sistema Sincov – Udesc, Icom, Ford Foundation, Avaliação Econômica de Projetos Sociais: Itaú Social, Icom, Udesc.

SEJA UM COLABORADOR: - Sendo voluntário/a em qualquer área; - Doando alimentos, brinquedos, materiais de limpeza, pedagógicos ou odontológicos; - Apadrinhando a Casa São José ou uma criança da entidade; - Utilizando o incentivo fiscal (Fundo da Infância e da Adolescência); - Contribuição espontânea – Banco: CEF – AG. 1011 – Conta: 1425-4;

Creche São Francisco de Assis

Há quase 30 anos, a Creche São Francisco de Assis desenvolve atividades didático-pedagógicas para mais de 150 crianças carentes da comunidade. O objetivo da entidade é possibilitar o desenvolvimento dos alunos a fim de torná-los cidadãos que busquem uma sociedade mais justa e igualitária. Durante todo o ano, a creche promove eventos para a garotada. Um deles foi uma passeata em homenagem a Independência do Brasil, que aconteceu no dia 2 de setembro. A caminhada terminou na Paróquia Santíssima Trindade, onde o Frei Cácio esperava os participantes para cantar o hino nacional. A entidade realiza, ainda, reuniões e paradas pedagógicas essenciais para o crescimento e evolução do projeto pedagógico. Aproximadamente, 30 profissionais trabalham na entidade, desde a parte de manutenção até a coordenação pedagógica. Hoje em dia, a creche atende crianças de três meses a seis anos de idade. O horário de seu funcionamento é de segunda a sexta-feira das 7h às 18h. Ela oferece quatro refeições diárias aos educandos: café matinal, almoço, lanche da tarde e sopa. A creche São Francisco de Assis está localizada na Servidão Alfredo Silva, nº 72, no bairro Serrinha.

Agenda de Final de Ano: Novembro: Dia 5 – Bingo no Salão Social, da Igreja Matriz da Paróquia Santíssima Trindade. Dia 07 – Missas de Aniversário dos 29 anos da creche na Matriz, às 18h. Dezembro: 01 a 07 – Entrega das avaliações. 14 – Novena de Natal na creche. 15 – Festa de confraternização com as crianças.


5 Pastoral Familiar realiza Casamento Comunitário na Semana da Família Vida Paroquial

www.paroquiadatrindade.com

A cerimônia aconteceu na Paróquia da Santíssima Trindade, no dia 8 de agosto, com a participação de sete casais. No dia 7 de agosto, parte do fruto da iniciativa da Pastoral Familiar, foi realizada em um emocionante Casamento Comunitário na Igreja Matriz. A cerimônia teve a participação de sete casais. Após a celebração, a Pastoral Familiar preparou para os noivos e seus familiares uma recepção no Salão Paroquial. A festa teve uma decoração especial com direito a champanhe, refrigerante, bolo de noiva, docinhos e salgadinhos. Um casal, que já completou bodas de ouro, patrocinou o evento e deu como lembrança um crucifixo para cada par. Eles ainda ganharam, de um casal da Pastoral Familiar, um CD com fotos da solenidade. O Trabalho da Pastoral As famílias unidas no espírito cristão constroem a base de uma sociedade mais justa. A comunidade cristã necessita acompanhar e sustentar a vida destas famílias como um caminho que não se esgota rumo à plenitude constituída por Cristo. A Pastoral Familiar assume parte desta missão, através de um grupo de casais volun-

tários que trabalham em várias vertentes junto à Paróquia Santíssima Trindade. Uma delas é a preparação individual de noivos para o Sacramento do Matrimônio e o acompanhamento deles no Pós-Matrimônio, com a realização de encontros mensais de formação. Outra vertente é acolher os casais de Segunda União em uma proposta de participação ativa na vivência da fé cristã. A Pastoral Familiar participa ainda de reuniões de crismandos e seus pais, com intuito de incentivar a perseverança na vida comunitária eclesial. Além disso, a cada trimestre, há um curso para preparar casais que ainda não casaram no religioso e desejam batizar seus filhos, chamado de Preparação para o Batismo e Matrimônio. O próximo encontro, deste curso, ocorrerá no dia 6 de novembro, às 15h. Esta será a última oportunidade do ano para que os interessados possam participar. Rita Franz Vieira e João Carlos Vieira – Coord. dos encontros do Sacramento

Frei Cácio sintonizado Feira de Artesanato da Trindade com a Comunidade

Todas as quintas-feiras, das 17h às 18h, Frei Cácio comanda o programa Somos Igreja, da Rádio Cultura AM 1.110. Ele partilha com os ouvintes as maravilhas da vida paroquial, mostrando as ações das pastorais e dos movimentos, além de falar da história franciscana e da Igreja Católica. Recheado de entrevistas, ligações ao vivo e pedidos de oração e benção, o frei compartilha com o público assuntos atuais da Paróquia e atividades sociais promovidas na Comunidade. A Rádio Cultura AM 1.110 é uma emissora 100% Católica. Ela tem abrangência em 24 municípios de Santa Catarina, chegando a ultrapassar as fronteiras da Arquidiocese de Florianópolis. A estimativa é que mais de um milhão de pessoas são atingidas pela estação, conforme dados de 2007 do IBGE. No ar 24 horas por dia e sete dias por semana, a missão desta rádio é evangelizar e anunciar a palavra de Deus, a fim de propagar valores para formar uma sociedade mais justa e solidária.

Em meio a retalhos, crochês, tricôs e pinturas, a 42ª edição da FATRI - Feira de Artesanato da Trindade será realizada entre os dias 25 e 28 de novembro. Este evento é preparado o ano inteiro pelo Apostolado da Oração que produz mais de 500 produtos a serem vendidos a preço de custo. Porta-toalhas, panos de prato, jogos de banho, almofadas e trilhos são algumas das peças comercializadas na exposição. Todo o dinheiro arrecadado é revertido para a confecção de enxovais com o propósito de ser doados às mães carentes da comunidade.

Pastoral da Solidariedade em ação Aproximadamente 12 mil peças, entre roupas, calçados, artigos de cama, mesa, banho e brinquedos estarão à disposição no Brechó Especial de Natal que acontecerá no dia 11 de dezembro. Os preços variam de R$ 3 a R$ 10. Organizado pela Pastoral da Solidariedade, o evento conta ainda com a ajuda de 18 voluntárias. Em 2009, passaram pelo salão paroquial cerca de 400 pessoas em busca de produtos com preços acessíveis. A coordenadora da Pastoral, Luzia Rosa de Oliveira, afirma que o objetivo do brechó é conseguir recursos para fazer a cesta básica de Natal. A previsão é distribuir 150 cestas, neste ano, para as famílias de baixa renda da comunidade.

Serviço

Brechó Especial de Natal Data: 11 de dezembro (sábado) Horário: das 7h às 12h Local: Salão Paroquial da Matriz


6

Igreja

www.paroquiadatrindade.com

77ª Festa da Padroeira da Igreja Puríssimo Coração de Maria A Igreja Puríssimo Coração de Maria foi inaugurada em 23 de agosto de 1933, na antiga Chácara da Congregação do Colégio Catarinense, no Córrego Grande, sendo posteriormente ligada à Matriz da Santíssima Trindade. Assim, durante muitos anos e nas proximidades do dia 22 de agosto, dia consagrado ao Puríssimo Coração de Maria, foi mantida a tradição de reunir o povo, enfeitar a igrejinha com bambus e bandeirolas, interna e externamente, culminando com a queima de fogos. O “ponto alto” dos festejos era a Santa Missa, celebrada por três sacerdotes, acompanhada de coral e orquestra de violinos. Até a petizada era brindada com distribuição de guloseimas, conforme o livro “O padre Motoqueiro”, de Sebastião Manoel Nunes. Anos depois, com a miscigenação de famílias tradicionais e com a vinda de novos moradores que aqui se fixaram em loteamentos urbanos, ficou mais difícil manter aquela tradição. Entretanto, nos anos 90, criou-se a procissão da imagem da Padroeira e incluiu-se o Tríduo Preparatório, de quarta a sexta-feira, com Missas ou Celebrações. No final da última noite, o povo seguia em carreata, com “buzinaços”, fogos e cantorias pelas principais vias do Bairro, até a casa de algum morador, eleito por sorteio para acolher e manter a imagem por um dia em sua casa. No final da tarde de sábado, uma procissão luminosa reconduzia o Andor com a imagem da Padroeira até a Igreja para a Missa de Coroação. Também nesta ocasião o coral da Santíssima Trindade fazia uma belíssima apresentação. Neste ano de 2010, em que se comemora 77 anos de tradição, no dia 15 de agosto foi feito um novo ajuste na celebração. Realizou-se o Tríduo, seguido da procissão pública, cantos marianos e fogos, porém com retorno à igreja, onde, em Missa Solene, é renovada a coroação da Padroeira por intermédio de um paroquiano sorteado para cada ano. A adesão dos moradores do bairro é grande nas Missas e tende a crescer na procissão. Em algumas casas, os moradores aguardam ansiosamente sua passagem, prenunciada pelo carro de som que se aproxima. Muitas residências são enfeitadas para homenagear a Padroeira que passa distribuindo suas bênçãos pela comunidade. Adão Leopoldo Jaeger, pela Comunidade

Comunidade do Quilombo prepara Festa a Nossa Senhora do Guadalupe

A Comunidade do Morro do Quilombo prepara uma grande homenagem para sua Padroeira. Entre os dias 9 e 12 de dezembro, será realizada a Festa de Nossa Senhora do Guadalupe

com muitas atrações. A divulgação do cronograma completo da celebração ainda não saiu. No entanto, a festividade contará com almoço, brechó, tarde do pastel, Missa festiva, tríduo e muito mais.

Não perca. Marque na sua agenda e venha comemorar com a Comunidade. Toda a renda será em prol da construção da Igreja. Alice Gomes, pela Comunidade

Comunidade do Pantanal realiza Festa do Padroeiro

A Igreja Santo Agostinho comemorou, nos dias 28 e 29 de agosto, a 25ª Festa em honra ao Padroeiro. A Comunidade preparou uma celebração repleta de atrações para o público. No primeiro dia da festividade, uma grande carreata foi realizada até a Matriz da Paróquia da Santíssima Trindade. A imagem de Santo Agostinho conduziu o caminho dos fiéis até a sede da igreja. Uma bela homenagem ao Padroeiro foi feita pelo Frei Cácio. Os presentes se emocionaram com a celebração e ficaram felizes com a acolhida da Matriz. No dia seguinte, após a Santa Missa, um almoço foi servido a todos com churrasco, galeto e música ao vivo. Mais de 400 pessoas participaram desta confraternização preparada com muito carinho pela Comunidade. Além do almoço, havia barracas de cachorro-quente, bebidas, pastel, batata-frita e também de doces. O boi-de-mamão do bairro Pantanal fez uma bela apresentação. A festa se estendeu até às 19h. Toda Comunidade agradece a colaboração dos comerciantes da região, bem como do público que contribuiu para o sucesso da festa. Fátima Quirino Goulart, pela Comunidade


Franciscanos

www.paroquiadatrindade.com

7

Papa Bento XVI beatifica o Capuchinho Leopoldo de Alpandeire Com uma vida de canto à humildade e à confiança de Deus, o capuchinho Leopoldo de Alpandeire foi beatificado dia 12 de setembro de 2010, pelo Papa Bento XVI, na Arquidiocese de Granada, na Espanha. O beato era um frade esmoler que andava todo o dia entre o povo. Ao pedir esmola, Leopoldo deixava, em troca a quem lhe dava, a serenidade, a paz e os dons do Espírito Santo. Na cerimônia de sua beatificação, estava presente Ileana Martínez, a mulher que foi curada de maneira cientificamente inexplicável de Lúpus pela intercessão do novo beato. Este milagre foi decisivo para sua elevação aos altares no processo canônico.

Breve trajetória do Beato Primeiro filho de um casal de agricultores, nasceu em 24 de junho de 1864 e no dia 29 daquele mês recebia, na pia batismal, o nome de Francisco Tomás de São João Batista. No calor do amor familiar, cresceu a boa semente cristã de Francisco Tomás. Alegre, ajuizado, de boa companhia, trabalhador incansável, ele começava sua jornada ao assistir à Santa Missa e visitar o Santíssimo Sacramento. Seu hábito de partilhar o pouco que tinha e a sua bondade natural eram expressão de uma profunda vida espiritual e de uma forte experiência de fé. Do trabalho do campo e da vida familiar, ele viveu seus primeiros 35 anos, enquanto Deus preparava seu chamado. Em 1894, escutou a pregação dos capuchinhos por ocasião da festa que seria realizada para celebrar a beatificação do capuchinho Diogo José de Cadis. O jovem Francisco Tomás decide ali abraçar a vida religiosa. A decisão de fazer-se capuchinho não exigiu dele uma mudança radical de vida, pois já vivia uma profunda e intensa vida evangélica. Por meio século, dia após dia, Frei Leopoldo percorreu Granada para distribuir a esmola do amor. A sua imagem ficou tão popular na cidade que todos o reconheciam, inclusive as crianças. Frei Leopoldo tinha descoberto o modo de manifestar a todos a bondade divina: Recitar três Ave-Marias era a sua fórmula de ligar o humano ao divino. Nem tudo foi fácil e sem dificuldade para o Frei Leopoldo. Ele exerceu seu ofício de esmoler numa época em que na Espanha todos os religiosos eram mal visto e até perseguido. Na sua faina diária o frei sofreu muito por este motivo. Aos 89 anos de idade, o frei caiu e fraturou o fêmur. Foi levado ao hospital, mas por sorte ficou curado sem operação cirúrgica. No entanto, não teve mais condições de andar pelas ruas. Assim, dedicou-se exclusivamente a Deus. Em 9 de fevereiro de 1956, aos 92 anos de idade, o humilde esmoleiro se uniu definitivamente ao Senhor. A fama de santidade que já o acompanhava em vida, cresceu após a sua morte.

Frei Cácio participa da Visita do Ministro Geral, em Curitiba Dia 3 de setembro, às 19h45, chegava a Curitiba o Ministro Geral dos Capuchinhos, Frei Mauro Jöhri. Sua primeira parada foi na Cúria Provincial, onde ficou hospedado. No dia seguinte, visitou o Convento das Mercês, onde participou de uma reunião com os freis. Os frades da Província foram convidados para um encontro com o Ministro Geral, realizado em Butiatuba, no Paraná, dia 7. Como de costume, todos os freis estavam vestidos do hábito capuchinho. Enquanto os frades se reuniam na sala do encontro, um grupo de freis animava o ambiente. Estiveram presentes aproximadamente 90 freis. O Frei Cácio esteve presente neste encontro. A mensagem deixada pelo Ministro Geral no evento foi muito bonita e atraente. Ele falou da luta pela coerência de vida, em confiar e apoiar a formação e os formadores, bem como de valorizar a equipe missionária. A variedade de assuntos tratados pelo Frei Mauro Jöhri foi muito grande. Os outros freis apreciaram suas colocações bem realistas. No final, o Ministro Provincial, Frei Davi Nogueira Barbosa, agradeceu a visita do Ministro Geral e finalizou dizendo que os seus ensinamentos encontrarão ressonância em cada um dos freis da Província. A Missa de encerramento e a celebração dos jubilandos deste ano foram feitas ainda naquela manhã. Na homilia, o Ministro Geral ressaltou o exemplo de Jesus e a força e transformação que Ele transmitia e operava quando alguém o tocava. No dia seguinte, o Ministro Geral partia de volta à Cúria Geral, em Roma, na Itália. Colaboração: Frei Dionísio Destéfani

Filme

Dicas Filme: Irmão Sol, Irmã Lua, de Fraco Zeffirelli – Itália – 1972 Nome original: Fratello Sole, Sorella Luna O filme conta a trajetória da vida de São Francisco de Assis. Filho de comerciantes ricos e desfrutava dos prazeres do vinho, mulheres e canções, sem ter nenhuma preocupação. Quando vai para guerra e percebe a doença que assola a região onde vive, ele sofre uma grande transformação. Ao aparecer diante do bispo local e tirar suas roupas, Francisco renúncia sua vida prévia para se dedicar exclusivamente a Deus. Porém, sua pregação só iria chegar ao ápice ao ir para Roma, onde teria uma audiência com o Papa Inocêncio III.

Livro

Santo Antônio – Mestre da Vida, do Frei Clarêncio Neotti, Ed. Santuário O livro seleciona e organiza mais de mil pensamentos de Santo Antônio que foi e continua sendo um verdadeiro Mestre da vida cristã. Este Santo não escreveu nenhum livro, mas seus ensinamentos, em latim, foram traduzidos para diversos idiomas e compreendidos por multidões ao redor do mundo. Santo Antônio morreu em 1231, muito antes da criação da grande escola de Teologia, conhecida como Escolástica. Só em 1946, Papa Pio XII declarou o Santo doutor da Igreja Católica. Entre os teólogos, ele é conhecido como “Doutor do Evangelho”. Santo Antônio é um dos maiores oradores sacros da história.


8

Especial

www.paroquiadatrindade.com

Matriz realiza Missa de Dedicação

A Missa Solene de Dedicação da Igreja Matriz, realizada no dia 30 de agosto, deixou público inteiro emocionado. Presidida por Dom Murilo Krieger, scj, a celebração lotou a Paróquia da Santíssima Trindade. Dom Murilo subiu na escada para ungir com óleo as oito cruzes colocadas nas paredes da igreja. Os cristãos ficaram atentos e

em silêncio esperaram o fim deste rito. No final da Missa foi servido um coquetel para todos confraternizarem, no salão paroquial da Igreja Matriz. Quem esteve presente nesta celebração participou de um momento único que ficará gravado para sempre na memória e na história da Comunidade Paroquial.

DEDICAÇÃO DE UMA IGREJA Através dos tempos, Deus tem inspirado seu povo a construir casas de oração e louvores, além de lugares para a celebração do mistério da sua Santa Palavra e dos Sacramentos. Por esta casa ser um sinal peculiar da

Igreja na terra e uma imagem da Igreja que habita nos céus, o rito de Dedicação de uma igreja manifesta, de forma simbólica, as obras invisíveis que o Senhor realiza por meio dos divinos mistérios da Igreja, ou seja, o Batismo, a Confirmação e a Eucaristia. Colaboração: Marilea Fontanela

Coral Santíssima Trindade O Coral da Matriz divulga a programação de final de ano:

DATA

ATIVIDADE

LOCAL

HORÁRIO

31/10

Missa

Igreja Matriz

10:00

07/11

Missa de Todos os Santos

TVBV

07:30

11/12

Apresentação de músicas natalinas

Irmãs da D. Providencia

16:00

13/12

Apresentação de músicas natalinas

Hospital Univesitário

19:30

22/12

Concerto de Natal

Igreja Matriz

20:00


Voz Paroquial