Page 1

Santuário Sagrado Coração de Jesus | Junho de 2012

Ano Eucarístico Paroquial impulsiona Festa do Sagrado Coração de Jesus no Santuário

Pág. 6 e 7


MENSAGEM DO PÁROCO

EDITORIAL

Eucaristia: Dom do Coração de Cristo

Um mês de festas e solenidades

Pe. Claudionor José Schmitt, SCJ

A celebração da Festa do Sagrado Coração de Jesus, neste Ano Eucarístico, em nossa paróquia, nos provoca e nos estimula a ver, refletir e experimentar a Eucaristia como presença do Dom do Coração de Jesus no meio de nós. “Desejei ardentemente comer convosco esta ceia pascal” (Lc 22,15). Com estas palavras, Jesus abre o seu Coração e oferece-nos o seu testamento. Ele faz-se comida e bebida para unir-se de modo mais íntimo a nós, fazer-nos participar de sua vida e ensinar-nos a ser também comida e bebida para os nossos irmãos. A Eucaristia, sendo “o lugar privi-

Junho é cheio de festividades para a Igreja. Lembramos de santos populares como Antônio, Pedro e João Batista e, neste ano, temos a celebração de Corpus Christi e a tão especial solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Serão dias de alegria e demonstração de fé no Santuário e nas comunidades que integram a Paróquia. O Corpus Chisti, que vamos viver no dia 07, vai impulsionar ainda mais a nossa preparação para a Festa do Sagrado Coração de Jesus, em pleno Ano Eucarístico Paroquial. Por isso, fizemos uma edição especial com a programação da festa e diversas informações para que você possa viver de modo especial esta data, além de se aprofundar no mistério eucarístico. Aproveite este período para aprofundar a sua relação com Deus, Sua Igreja e com os irmãos. Participe das procissões, missas, novena, adorações, enfim, de tudo que a Paróquia te oferece para que possas estar mais perto do Coração de Jesus que pulsa de amor por nós. E para melhor levar a informação até você, amigo leitor, o Jornal do Santuário adota, a partir de agora, um novo formato. Esperamos que goste.. Boa leitura!

legiado do encontro do discípulo com Jesus Cristo” (DAp 251), torna-se fonte de vida e transformação, de comunhão e missão, de compromisso com o projeto de Jesus. O sentar-se na mesma mesa, comer do mesmo pão e beber do mesmo cálice significa dar a vida, fazer da existência um serviço aos irmãos, ser solidário, compartilhar com os irmãos os dons recebidos, construir, viver e caminhar na comunhão fraterna. Que a celebração da Festa do Coração de Jesus nos incentive a uma revitalização sempre maior de nossas celebrações eucarísticas, para que pulse em nós o Coração Eucarístico de Jesus e sejamos promotores da espiritualidade eucarística.

ARTIGO DO MÊS

Santo Antônio e a superstição do casamento Edgar e Ivone Jacy Moreira - Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística

Santo Antônio nasceu em Lisboa (Portugal) e recebeu o nome de Fernando. Trocou o conforto de uma abastada família burguesa pela vida religiosa. A escolha recaiu sobre a ordem de Santo Agostinho. Sua cultura geral e religiosa era tamanha que seus colegas chamavam-no de “Arca do Testamento”. Mais tarde, entrou para a Ordem Franciscana, adotando o nome de Antônio. Já na Itália, depois de passar por Marrocos, o frei tornou-se um orador inspirado e, de pregação em pregação, chegou a Pádua, onde converteu grande número de pessoas com seus atos e suas palavras. Lá, morreu aos 36 anos de idade. Sobre seu túmulo foi construída a basílica a ele dedicada. Tinha especial devoção a Maria, em quem encontrava, além do conforto, a inspiração de vida. Protetor dos pobres, auxílio na busca de objetos e pessoas perdidas, amigo nas causas do coração, Santo Antônio (de Lisboa ou de Pádua) tornou-se um dos santos de maior devoção de todos os povos e, sem dúvida, o primeiro português com projeção universal. Como santo casamenteiro, muitas são as simpatias a ele atribuídas: para arranjar namorado(a), para prender a pessoa amada, para saber se vai casar,

para que o(a) namorado(a) volte, para que o casamento seja duradouro. Mas não são essas coisas que vão unir duas pessoas verdadeiramente durante toda uma vida, por mais fé que se tenha ao fazer tais simpatias. Considerando nossa experiência de 50 anos de vida conjugal, a partir do momento do SIM, passa a existir somente NÓS. Então, é preciso que essa decisão seja reafirmada diariamente, pois o amor é o maior dos mandamentos e também o maior dos sentimentos. Com ele se alcança a paciência, o carinho, o respeito, o companheirismo e tudo o mais que torna um casamento duradouro. É preciso que o casal participe junto de sonhos, conquistas, sofrimentos, alegrias, do vigor da juventude e da fragilidade da terceira idade. E tudo isso alicerçado Naquele que é só Amor: Deus.

SANTO DO MÊS

Tal era o domínio que tinha sobre a natureza e sobre os animais, que foi chamado “o Novo Adão”. Converteu e batizou muitos milhares de indígenas e assentou as bases da civilização cristã na América portuguesa. Ajudou o Padre Nóbrega na fundação e consolidação da cidade de São Paulo. Teve papel eminente na expulsão dos calvinistas franceses da Baía da Guanabara e na fundação da cidade do Rio de Janeiro. É autor de um famoso poema latino dedicado à Imaculada Virgem, além de muitas obras poéticas e teatrais. Faleceu na aldeia de Reritiba, estado do Espírito Santo e foi beatificado em 1980. Sua data litúrgica é dia 9 de junho.

Beato José de Anchieta

Grande Apóstolo do Brasil, nasceu no Arquipélago das Canárias, em 1534, e foi estudar em Coimbra, onde ingressou na Companhia de Jesus. Mandado ao Brasil em 1553 tornou-se o braço direito do Padre Manuel da Nóbrega, que já estava no Brasil desde 1549. A vida do Padre Anchieta é um tecido de episódios milagrosos. O Jornal do santuário é uma publicação do

p rodução JORNALISTA RESPONSÁVEL

santuário sagrado coração de jesus.

KETLIN DA ROSA - SC02821 - JP KETLIN@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

direção e revisão: PE. CLAUDIONOR JOSÉ SCHMITT, SCJ contato: 47 3455 2204 | Rua INÁCIO BASTOS, 308, BUCAREIN - joinville/sc

rua prof. rosinha campos, 52, sala 02, abraão - FLORIANÓPOLIS/SC FONE: 48 3365 1613 ATENDIMENTO@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

texto / reportagens fabíola goulart FABIOLA@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

di agr a mação André Kinal criacao@DOMINUSCOMUNICACAO.COM

t ir agem: 3 mil per iodicida de: mensal imp ressão: gráfica a notícia

www.santuarioscj.com.br


TRABALHO E FESTA

Famílias brasileiras unidas para a missão

Paróquia esteve presente em Simpósio Nacional e partilha sua experiência vivida no Santuário Nacional de Aparecida (SP) A Paróquia Sagrado Coração de Jesus esteve presente na 4ª Peregrinação e no 2º Simpósio Nacional da Família, realizado no Santuário Nacional de Aparecida, nos dias 28 e 29 de abril. Este ano, o Simpósio teve como tema “A Família: o trabalho e a festa”, o mesmo do Encontro Mundial das Famílias, que foi realizado em Milão, com a presença de Bento XVI, nos dias 30 de maio a 03 de junho. Os coordenadores da Pastoral Familiar da São Judas, Rubens e Claudete Petris, representaram a Paróquia no evento Nacional. O casal voltou a Joinville testemunhando uma experiência enriquecedora, principalmente ao participarem das duas conferências do evento. “A primeira foi do Professor Márcio Pochmann que apresentou a família e o trabalho, no decorrer da história, e os desafios que agora devemos enfrentar com esta 3ª

nova fase da família no mundo do conhecimento. E a segunda conferência foi com o Pe. Zezinho, que abordou a família e a alegria, e afirmou que as famílias devem viver o dever e o prazer, que devemos rever nossa postura, pois é como se uma onda de mal humor (= mal amor) invadisse as famílias, que se vive dentro de casa, mas cada um no seu mundo, onde a tecnologia apro-

xima o mundo, mas afasta os mais próximos”, afirma o casal. Para eles, o grande objetivo da Pastoral Familiar nas dioceses e paróquias brasileiras é trabalhar os valores cristãos no ambiente familiar, nas missas e encontros. “Para pais e filhos se conhecerem, conversarem, o pai e a mãe saberem o que está acontecendo com seus filhos e com sua família,

motivar o diálogo, aquela conversa sentados na mesa para uma refeição, pois hoje sabemos que a realidade é outra e assim vamos trabalhar como pastoral”, explicam. A estimativa geral é que 1,7 mil pessoas tenham participado do Simpósio e 120 mil pessoas da Peregrinação. Além disso, 13 bispos e 50 padres acompanharam de perto os dois eventos.

Celebração da Missa “Ir ao povo” Gabriel Orlando

“Ir ao povo, cantar e dançar o pão, a paz e a missão”, diz Padre Zezinho, SCJ, ao escrever o roteiro litúrgico da “Missa Ir ao Povo”. O diferencial desta celebração são as encenações, danças e jograis, realizadas a cada rito, animadas com músicas litúrgicas, produzidas especialmente para ela. No ano 2006, a “Missa Ir ao Povo” foi realizada pela primeira vez na Comunidade Divino Espírito Santo, e contou a participação dos jovens. No mesmo ano, deu-se iní-

GERAL

3

cio ao Grupo de Oração Jovem Pentecostes, criado a partir da celebração. Desde então, a Missa se tornou tradicional. Neste ano, a preparação da Missa conta com a participação da juventude de toda a paróquia, em um ato de unir cada vez mais os cinco grupos de oração jovem. Próxima Missa Ir ao Povo será no dia 21 de julho, ás 19h, na comunidade Divino Espírito Santo.

www.santuarioscj.com.br


DOAÇÃO

EUCARISTIA E EU

Longe do vício pela força de Jesus Eucarístico

Eucaristia: prova de amor

Luiz Baptista – Comunidade Nossa Senhora do Rosário

Eu tinha uma vida perturbada, bebia muito, vivia no bar. Num certo dia, convidaram a mim e minha esposa Lucimar, para participarmos do Encontro de Casais com Cristo. Foi nesse encontro que tudo aconteceu. Foi lá que eu conheci Jesus e o deixei fazer parte da minha vida e da vida da minha família, da qual Ele já fazia parte, mas eu nem percebia. O Encontro de Casais começou na sexta-feira e foi até o domingo ao meio dia. Estive esse tempo sem álcool e passei mal. Fiquei dois dias sem comer, mas acreditava que Deus tinha algo para mim naquele encontro. No sábado a noite foi o dia que eu passei muito mal. Então me levaram na capela, fizeram uma oração em frente a Jesus Eucarístico e foi ali que eu tive a graça de ser curado do alcoolismo. Foi um verdadeiro milagre e o Pe. Wagner, hoje Dom Wagner, me ajudou muito. No dia seguinte eu já estava melhor e curado. Faz 14 anos que eu não bebo; minha vida e minha família foram transformadas. Somos muito felizes e eu sou muito agradecido a Deus por estar vivo; Jesus me fez viver de novo. Depois de um tempo, eu também parei de fumar, outra graça de Deus em minha vida. Eu só tenho que agradecer a Deus e a todos que me ajudaram! Amém e obrigado.

Sinal permanente e eterno da doação do coração amoroso e misericordioso de Jesus Pe. Nilson Helmann, SCJ

Sempre que nos referimos à palavra “coração” nos vem à mente duas ideias importantes. A primeira delas refere-se ao órgão vital, cuja presença pulsante faz a vida acontecer. A segunda ideia é a de que o coração é a sede, o lugar dos sentimentos, lugar do amor. Inúmeras vezes ouvimos dizer por aí: “meu coração dói de amor” ou “meu coração arde quando vejo tal pessoa”. Entendemos, assim, que o pulsar do coração, além de prover a continuidade da vida terrena, é o lugar do sentir, espaço onde o amor acontece. Desta forma, quando falamos do Coração de Jesus, não podemos deixar de imaginar e pensar a respeito dessas duas ideias que se complementam: um Deus que tem coração e que, por amor, entrega a própria vida pelos seus; um Deus cujo amor é levado às últimas consequências, doando a própria vida em benefício e resgate de todos. Um coração transpassado que é a expressão mais evocadora de doação de vida e de amor. Quão belo, então, é pensarmos a Eucaristia como dom, como esse coração doado, esse amor repartido. Pe. Dehon, fundador da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, em um dos seus escritos intitulado Diretório Espiritual, nos lembra que “o adorável sacrifício de nossos altares é o dom por excelência do Coração de Jesus e do seu amor”. Lembra-nos que a Eucaristia é este sinal permanente e eterno da doação do coração amoroso e misericordioso de Jesus. Assim sendo, a Eucaristia como dom, como oferta realizada em nossos altares, é a atualização da mesma oferta realizada na cruz. É a atualização dessa entrega-doação de Deus por nós. É a prova de que Deus continua a amar os seus e busca amá-los até o fim. No coração aberto na cruz contemplamos a maior prova de amor de Deus por nós. Na Eucaristia contemplamos o céu aberto, o insondável mistério do infinito amor de Deus. Celebremos a Eucaristia como dom do coração amoroso de Jesus!

FORMAÇÃO

4

www.santuarioscj.com.br


Maio recheado de festas nas comunidades Três eventos agitam a paróquia e geram momentos de unidade entre as comunidades

Comunidade N. Sra. do Rosário comemora 30 anos

Festa da Sagrada Família Edson de Farias Cerca de 1,2 mil pessoas passaram pela Comunidade Sagrada Família na festa em honra ao padroeiro. Mais uma vez, a comunidade se redobrou para acolher da melhor maneira possível aos visitantes. O sucesso nos três dias de festa, tanto nas celebrações, como também nos cardápios, alegrou os organizadores.

No dia 09 de maio, a Comunidade comemorou 30 anos de história, amor e devoção à padroeira, Nossa Senhora do Rosário. Nas festividades, foi celebrada a Eucaristia com o pároco Pe. Claudionor, o Diácono Gerlio, os seminaristas diocesanos e as comunidades irmãs que prepararam a Missa e a coroação de Nossa Senhora. As crianças da Iniciação a Vida Eucarística, com familiares e catequistas, também estavam presentes. Na celebração, lembrou-se os fundadores e todos que se doam para que a comunidade cresça e seja fiel ao Sagrado Coração de Jesus. Em seguida, houve um momento de confraternização, saboreando uma deliciosa canja, preparada com muito amor por participantes dos Grupos Bíblicos de Reflexão.

Coroação de Nossa Senhora

Gabriel Orlando

Paróquia se reúne na Festa das Tendas

Iracema Iria de Carvalho Festa das Tendas significa a festa da colheita e da união entre os cristãos. Iniciou-se na Comunidade Divino Espírito Santo, no dia 10 de maio de 2008, juntamente com a Festa de Pentecostes. A ideia surgiu com a motivação do pároco da época, Pe. Aléssio da Rosa, SCJ, que incentivou a experiência. Então, se uniu as cinco comunidades paroquiais em torno do evento, onde todas teriam sua participação e partilhariam cada qual o seu cardápio típico, sem visar lucro algum. A Festa continua fazendo parte da semana da unidade na comunidade. É um belíssimo encontro de confraternização, onde tudo o que se recebe é colocado em comum união, a fim de que “todos sejam um”. O sentido litúrgico segue o de imitar as virtudes dos primeiros cristãos, onde eles perseveravam na doutrina dos apóstolos, na fração do pão e na oração. Todos os fiéis viviam unidos e tinham tudo em comum; partilhavam tudo o que possuíam com todos segundo a necessidade de cada um (cf. Atos 2,42-47). Este ano, a festividade foi realizada de 21 a 27 de maio e atraiu centenas de pessoas à Comunidade.

COMUNIDADES

5

Pascom Divino Espírito Santo No dia 13 de maio, a Paróquia celebrou a coroação de Nossa Senhora nas comunidades. A data também foi marcada pelo Dia das Mães e a memória litúrgica a Nossa Senhora de Fátima. Na Comunidade Divino Espírito Santo, as crianças da Infância Missionária participaram da coroação.

www.santuarioscj.com.br


“É no Coração de Cristo que o homem recebe a capacid

Sagrado Co O home

J

unho chegou e, com ele, a expectativa por mais uma edição da tradicional Festa do Sagrado Coração de Jesus. Mais que o padroeiro do Santuário, paroquianos e visitantes veem no Santíssimo Coração um alento e consolo que não encontram em nenhum outro lugar. Para celebrar esta presença, sempre viva na Sagrada Eucaristia, os organizadores da festa preparam com muito carinho esta edição.

E para q algumas di dia 06, com grande ápi dicado à de fique ligado família.

Seja Amigo do Coração Durante o período da novena, há muitas pessoas com adesivos no peito que dize ção”; mas quem são elas? São pessoas que receberam um envelope, com o adesivo, convidando-os para serem peregrinos do Santuário. Esse envelope retorna ao Sant participa da novena e o entrega com uma contribuição espontânea. O objetivo está, muitas vezes, distante das realidades da Igreja, ao aproximá-la de uma de Cristo. Mas, lembre-se: muito mais que um adesivo, para ser amigo preciso cultivar uma amizade com Ele! No ano passado, cerca de quatro mil envelopes/convites foram d do Coração. Desta forma, viveu-se mais intensamente a espiritua une em comunidade e aceita, bondoso, nossos agradecimentos

Cultive a amizade com o Coração de Jesus A Novena da Festa Paroquial começa dia 06, véspe vai até dia 14, véspera da solenidade do Sagrado Co Ano Eucarístico Paroquial, a cada dia viveremos o do Coração de Jesus”, celebrada de modo que o de seu amor ao Coração Santo. As Missas contarão com a procissão da imagem de Jesus, oferecimentos, consagrações, com a La Jesus e com a Bênção do Coração a todos, em es Coração. A Casa do Coração está aberta e em festa. Ven ração de Cristo, ao longo da novena, e cultive um Amigo Fiel! E, como o discípulo amado, dia 15, venh ração de Cristo transpassado, em sua solenidade, ju

Novidades na Festa do Santuário A Festa do Santuário entrará em um ritmo diferen que, no sábado, dia 16, às 15h30, a festa já inicia n a celebração dos Amiguinhos do Coração. Além dis Arraial do Coração, que unirá a juventude nas apres e Pau-de-fita, além de pratos e guloseimas tradicion clima de festa junina. E, no domingo, a tradicional fe até às 14h. A mesma contará com participação de div Venha participar!

VELAS SEMINÁRIO DE CORUPÁ

Acesse nossa loja virtual

www.velaseminario.com.br www.santuarioscj.com.br


dade de amar” (Beato João Paulo II)

oração de Jesus: em na busca do amor

que você melhor viver todos os momentos, damos icas de como será a festa de 2012, que começa no m as novenas, e se encerra no dia 17 de junho. O ice será no dia 15 de junho, dia solenemente deevoção ao Sagrado Coração pela Igreja. Por isso, o e não deixe de participar junto com toda a sua

em “Sou Amigo do Cora, de agentes de pastorais, tuário quando o peregrino é valorizar a pessoa, que forma íntima ao Coração o do Coração de Jesus é

distribuídos pelos Amigos alidade do amor que nos s, pedidos e louvores.

era de Corpus Christi, e oração de Jesus. Neste tema “Eucaristia: Dom evoto possa aprofundar

m, cânticos do Coração adainha ao Coração de special aos Amigos do

nha celebrar com o Coma amizade com esse ha se aproximar do Counto com toda a Igreja.

nte esse ano. Isso porna agitação infantil, com sso, à noite, teremos o sentações de Quadrilha nais e muito mais desse esta popular predomina versos grupos musicais.

Consagração ao Sagrado Coração de Jesus Coração de Jesus, tu és a fonte do amor, da vida e da santidade. No Teu Coração, somos chamados a beber da fonte da salvação, a experimentar a verdadeira paz e alegria, a fortalecer a nossa vocação e a participar do teu amor solidário. Nós te louvamos, porque sempre nos chamas para mais perto do teu Coração e nele nos ofereces um abrigo seguro onde descansar. Por isso, com alegria, acolhemos o teu convite: ‘Vinde a mim’. Com o sincero desejo de viver e testemunhar o teu amor, aqui estamos para consagrar nossa vida ao teu Sagrado Coração e confiar à tua proteção nossas comunidades, nossos projetos e trabalhos. Que o sangue e a água que jorram de teu Coração nos dêem um coração novo para servir com gratuidade aos nossos irmãos e irmãs. Amém.

PROGRAMAÇÃO FESTA LITÚRGICA Novena: De 6 e 14 de Junho, às 19h Solenidade do SCJ – 15 de junho Missas Votivas: 7h; 12h30; 16h; 19h. Amiguinhos do Coração: dia 16 de junho, às 15h30 FESTA SOCIAL Dia 16 de junho 16h30 – Apresentações Infantis 20h – Arraiá do Coração (festa junina) Dia 17 de junho 10h às 14h – Almoço Festivo

Origem da imagem Local de peregrinação e de entrega ao Sagrado Coração de Jesus, o Santuário que agora celebra sua primeira década de caminhada tem as suas origens na devoção criada com a fundação da Paróquia em 1916. Os primeiros anos desta história continuam vivos na imagem do Padroeiro, feita em madeira e doada para a comunidade em 1919.

VENHA CONHECER

CENTRAL DE EVENTOS

BKR 15 ANOS . A BKR agradece a todos os clientes e amigos que nos acompanham nesta caminhada, ficamos muitos felizes, um muito obrigado e que continuem nos prestigiando sempre.

Rua Augusto Schmidt, 250 - Floresta - Contato Bernardo e Adelina - 47 8431 8592 www.santuarioscj.com.br


COLUNA ESPAÇO DEHONIANO

MISSÕES QUERIGMÁTICAS

Reta final para o Censo do Santuário Maioria das casas e empresas disseram sim para a visita em agosto. Dados devem ser apresentados no final de junho

Depois de passar nas demais comunidades da paróquia, o arrojado projeto evangelizador das Missões Querigmáticas chega ao Santuário Sagrado Coração de Jesus. Residências e empresas foram visitadas, em abril e maio, para verificar quem está disposto em receber os missionários em agosto, na etapa das visitações. Esta etapa começou no dia 11 de abril, com a entrega das pastas com os materiais para o censo aos líderes das pastorais, movimentos e ministérios, na reunião do Conselho de Pastoral da Comunidade (CPC) da Matriz. Na semana seguinte, foi a vez dos Grupos Bíblicos de Reflexão receberem as instruções para ajudar na coleta de dados. Segundo a secretária das Missões, Maitê Fenrich Pires de Oliveira, quase todos as casas e estabelecimentos comerciais foram visitados. A grande surpresa foi a adesão e apoio das empresas no projeto. “Estimamos que cerca de 90%, de um total de 900, disseram sim para que os missionários visitem sua firma. E isso é impressionante. Eles inclusive elogiaram a iniciativa”, conta Maitê. Agora os agentes do censo têm intensificado o trabalho nos prédios residenciais, que ficou para o final pela dificuldade de

SANTUÁRIO

acesso e a necessidade de acompanhamento de um morador. Nas casas, o destaque foi pela abertura dos cristãos de outras Igrejas em receber os missionários, um número bem expressivo. Em junho, a equipe das missões vai receber todo o material, fazer o levantamento das equipes e deixar tudo preparado para o envio em julho. Os dados serão divulgados no dia 30 de junho. “Queremos agradecer a disponibilidade das pastorais, dos movimentos e grupos bíblicos por terem realizado este trabalho com tanto zelo e empenho, por tentarem várias vezes se fosse preciso, sem cansaço, para que façamos uma linda edição do projeto aqui no Santuário. Todas as expectativas foram superadas. Muito obrigada!”, finaliza a secretaria das missões. Entenda melhor! Sempre no primeiro semestre os agentes pastorais vão a todas as casas no perímetro da comunidade para conhecer a realidade das famílias e aquelas que desejam receber os missionários em agosto. A região é dividida em setores, com um coordenador cada um. A presença dos Grupos Bíblicos de Reflexão é muito importante nessa etapa.

8

Padre Dehon e o Sagrado Coração de Jesus Moacir e Zinha - Leigos Dehonianos

A história de Leão Dehon começa no dia 14 de março de 1843, em uma família de La Capelle, uma cidadezinha ao Norte da França. Foi batizado logo em seguida, no dia 24 de março. Em seus escritos, Dehon menciona o lar (ainda que com todas as suas limitações) como o berço da personalidade, a ternura dos pais e dos demais familiares que favorece a confiança em si mesmo, a autoestima. Padre Dehon chegou a ser um grande advogado pelo sonho do seu pai, mas não era seu sonho. Largou tudo para ser “o servo de Deus”. Passou por vários institutos, mas nenhum deles respondia seus anseios. Entre tantos trabalhos que realizava, foi convidado a visitar Loreto, cidade onde se encontra a casa em que Maria nasceu. Foi nesse encontro com a Mãe que ele extravasou e nos conta: “Eu rezava, rezava, com a cabeça entre as mãos. Levantei a cabeça, olhei para Nossa Senhora, quieto. Do altar me veio a voz: ‘Por que não fundas tu o instituto que, em vão, procuras em outro lugar?’ Fiquei muito assustado, Nossa Senhora me pedia o impossível. Eu? Fundar um instituto novo? O que poderia eu responder a Nossa Senhora? O que eu poderia responder a Jesus que parecia consentir em tudo o que Maria dizia? Se Deus o quer, o quero também eu. Maria me sorriu, Jesus me estendeu a mão”. A obra dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus nasceu em Loreto, na Santa Casa, no dia 14 de fevereiro de 1877. Um devoto do Coração de Jesus é alguém que acredita no seu amor e que fez a experiência do amor em sua vida. Peçamos a Jesus, neste mês consagrado ao seu Divino Coração, a graça que precisamos para levar aos nossos irmãos e irmãs pobres esquecidos pela sociedade a misericórdia do seu Coração. Viva o coração de Jesus pelo Coração de Maria!

www.santuarioscj.com.br


MISSA PASSO A PASSO

Rito da Comunhão (I) Sendo a celebração eucarística a ceia pascal, convém que, segundo a ordem do Senhor, o seu Corpo e Sangue sejam recebidos como alimento espiritual pelos fiéis devidamente preparados. Esta é a finalidade da fração do pão e os outros ritos preparatórios, pelos quais os fiéis são imediatamente encaminhados à Comunhão. • Pai Nosso: Na Oração do Senhor pede-se o pão de cada dia, que lembra para os cristãos antes de tudo o pão eucarístico, e pede-se a purificação dos pecados, a fim de que as coisas santas sejam verdadeiramente dadas aos santos. O sacerdote profere o convite, todos os fiéis recitam a oração com o celebrante, e ele acrescenta sozinho o “livrai-nos de todos os males ó Pai...”, que o povo encerra com a doxologia “vosso é o reino e a glória para sempre”. Atenção: não se diz o Amém no final da oração, pois a oração seguinte é continuação. • Rito da Paz: A Igreja implora a paz e a unidade para si mesma e para toda a família humana e os fiéis exprimem entre si a comunhão eclesial e a mútua caridade, antes de comungar do Sacramento. A oração pela paz (Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos, Eu vos deixo a paz... ) é uma oração presidencial, que só o celebrantes faz, pois ele age in Persona Christi – na Pessoa de Cristo. Ao final o presidente da celebração convida os fiéis a saudarem-se uns aos outros. •Fração do Pão:  O gesto da fração realizado por Cristo na última ceia, que no tempo apostólico deu o nome a toda a ação eucarística, significa que muitos fiéis pela Comunhão no único pão da vida, que é o Cristo, morto e ressuscitado pela salvação do mundo, formam um só corpo ( 1Cor 10, 17). O sacerdote parte a hóstia grande e coloca uma parte da mesma dentro do cálice, que significa a união do Corpo e do Sangue do Senhor na obra da salvação, ou seja, do Corpo vivente e glorioso de Cristo Jesus. Durante a fração do pão: Esta invocação (Angus Dei), de origem Bíblica (Jo 1,29), é o canto da assembleia e deve ser iniciada por ela e faz alusão ao Cordeiro Pascal, que se imola e tira o pecado do mundo. Pode ser recitada ou cantada, mas a assembleia deve participar da última petição: dai-nos a paz. O sacerdote se prepara, rezando em voz baixa, para receber frutuosamente o Corpo e o Sangue de Cristo. Os fiéis fazem o mesmo rezando em silêncio. A seguir o sacerdote mostra aos fiéis o pão eucarístico que será recebido na comunhão e convida-os a ceia de Cristo, e, unindo-se aos fieis o sacerdote faz um ato de humildade usando as palavras do Evangelho. Na próxima edição, continuaremos a estudar o Rito da Comunhão, na parte da procissão para a comunhão, a comunhão em si e a oração pós-comunhão. Até lá!

VIDA LITÚRGICA

LITURGIA

O caminho para Festa de Corpus Christi Envolver-se na confecção dos tradicionais tapetes ou da liturgia do dia demonstra união e amor a Jesus Eucarístico Angela Zanatta

O nome vem do latim e significa Corpo de Cristo. A Festa de Corpus Christi tem por objetivo celebrar solenemente o mistério da Eucaristia – o sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo. Neste dia, o Santíssimo Sacramento sai em procissão às nossas ruas, enfim, é uma festa da Igreja Católica que celebra a presença real e substancial do Cristo na Eucaristia. O Santuário Sagrado Coração de Jesus já se prepara para essa grande celebração. Desde o início de maio, muitas pessoas já se organizam em busca de materiais e apoio para a confecção dos tradicionais “tapetes”. Estes são feitos com pó de serra, cascas de ovos, borra de café, folhas, flores e materiais reciclados. Quem participa da confecção dos tapetes também se emociona. Neste caminho a alegria é notada no falar, no agir, nos sorrisos e atitudes de cada participante. Homens, mulheres, crianças, jovens, adultos, idosos cumprem suas tarefas, que não são exigidas pelo dever e sim pela admiração, bondade e interesses comuns ao amor a Jesus Cristo. A catequista e liturga Elza da Maia faz este depoimento: “Este é o sétimo ano que ajudo a preparar o caminho para a procissão do Santíssimo Sacramento. Acredito que esta celebração nos ajuda a compreendermos a ação de Deus em nossa vida, através da união e doação de cada um”. É muito gratificante, emocionante mesmo. “É uma forma de demonstrar nosso amor por Jesus Cristo porque ao confeccionar esses tapetes, estamos enfeitando a passagem de Jesus”. Que neste ano de 2012, na celebração da Solenidade de Corpus Christi, saibamos tomar ou renovar o compromisso firme e duradouro de evangelizar, com novos métodos e expressões, alicerçados pelo Sacramento Eucarístico. No próximo dia 07 de junho, acompanhemos o nosso Redentor, que percorrerá as ruas de nossas cidades e de nossos estados, derramando inúmeras graças e bênçãos sobre o mundo, o nosso país, nossas famílias, nossas comunidades e sobre cada um de nós. Na Diocese de Joinville, a solenidade será vivida em unidade com toda as paróquias na Missa Campal na Praça Nereu Ramos, no dia 7 de junho, às 15h, presidida pelo bispo Dom Irineu Roque Scherer. Você também pode ajudar a confeccionar os tapetes que decoram o caminho por onde passa o Santíssimo Sacramento. Cada paróquia é responsável por um trecho entre a Praça Nereu Ramos e a Catedral, por meio da Rua do Príncipe. Mas atenção: a confecção começa bem cedinho, ao raiar do dia, para que ao meio dia esteja pronto. Participe!

9

www.santuarioscj.com.br


INTERDIOCESANO

13º Retiro Querigmático forma mais 40 agentes

A Igreja nas casas

Rita de Cássia Corrêa

Grupos Bíblicos de Reflexão reúnem quatro mil pessoas em Encontro Interdiocesano

Animadores e participantes dos Grupos Bíblicos de Reflexão e Comunidades Eclesiais de Base das Dioceses de Joinville e Blumenau estiveram reunidos no III Encontro Interdiocesano, no dia 20 de maio, em Jaraguá do Sul. A Paróquia Sagrado Coração de Jesus marcou presença no evento, que também celebrava o Dia Mundial das Comunicações em Joinville. Aproximadamente quatro mil pessoas passaram pelo evento, entre eles, mais de 120 paroquianos. O tema trabalhado neste encontro foi: “Justiça e profecia no campo e na cidade”, a partir das cinco urgências das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, e o lema foi “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a todos os povos” (Mc 16,15). O evento é uma atividade regional que ocorre em quatro regiões do Regional Sul 4 (que compreende em todo o Estado catarinense) no mesmo dia. Duas a três dioceses organizam a melhor maneira de trabalhar o tema, sendo divididas na seguinte disposição: Encontro em Jaraguá do Sul (Dioceses de Joinville e Blumenau); Governador Celso Ramos (Arquidiocese de Florianópolis e Dioceses de Tubarão e Criciúma); Taió (Dioceses de Rio do Sul e Lages) e Xaxim (Dioceses de Chapecó, Caçador e Joaçaba).

Saiba mais no site da Diocese de Joinville (www. diocesejlle.com.br) e no do Regional Sul 4 (www. cnbbsul4.org.br). O que são os Grupos Bíblicos de Reflexão? Prioridade pastoral da Diocese de Joinville e da nossa paróquia, o objetivo é promover um encontro em família para rezar, refletir a realidade à luz da Palavra de Deus e comprometer-se com a vida em todas as dimensões visando à transformação das pessoas, das comunidades e da sociedade. Toda terça-feira, os grupos se reúnem em uma casa da rua ou do bairro para refletir e partilhar sobre a Palavra de Deus. Nas Missões Querigmáticas, se transformam em Casas de Oração para acolher aqueles que foram evangelizados nas visitações.

Como participar? Você pode encontrar um Grupo Bíblico na secretaria da sua comunidade ou ainda ao perguntar aos animadores nas Missas e Celebrações. Caso não tenha um Grupo perto da sua casa, você pode convidar os vizinhos e a família para criar um.

Nos dias 28 e 29 de abril aconteceu o 13º Retiro Querigmático na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, que reuniu 40 membros das cinco comunidades. Eles receberam o primeiro anúncio de salvação (Querigma), e agora são convidados a participar da vida do Cristo Ressuscitado, tornando-se não só missionários comprometidos com o Reino, mas também conhecedores dos ensinamentos de Cristo. Durante o encontro, esteve presente, como diretor espiritual, o Pe. Elinton, SCJ, que demonstrou grande carinho e dedicação aos proclamadores Eloir e Osvaldo, além de nove pastorzinhos. Outras pessoas também se doaram para mais esta edição do Retiro Querigmático. Pastorais e movimentos revezaram-se na adoração ao Santíssimo Sacramento, do início ao fim do encontro. O Zico contribuiu com sua belíssima voz e, na cozinha, nove pessoas trabalharam no preparo das deliciosas refeições oferecidas. A todos que contribuíram de uma forma ou de outra para que o retiro pudesse acontecer, registramos o nosso carinho e agradecimento.

Bênção especial no Dia do Trabalhador Pascom - Comunidade Divino Espírito Santo

No Dia do Trabalho, 1º de maio, a Igreja celebra a memória de São José Operário, modelo de trabalhador e de cristão que soube fazer a vontade de Deus. Para celebrar a data, a paróquia realizou a Missa com a bênção a todos os trabalhadores, presidida pelo pároco, Pe. Claudionor, SCJ. Ao final da celebração, foram abençoadas as Carteiras de Trabalho. A Comunidade Divino Espírito Santo, neste ano, realizou uma caminhada rumo à paróquia para a Missa. O trajeto durou cerca de uma hora. Nela, os fiéis foram em procissão e rezaram o terço, rendendo graças a Deus pelos seus trabalhos.

Fotos: Pascom Diocese de Joinville

PASTORAIS E MOVIMENTOS

10

www.santuarioscj.com.br


IGREJA

2ª Semana da Expressão de amor Comunicação: ao Sagrado Coração Silêncio e palavra de Jesus Pascom Paroquial

Um dos mais tradicionais movimentos eclesiais da Paróquia, o Apostolado da Oração se prepara para a Festa do padroeiro

Pelo segundo ano, a Semana da Comunicação envolveu os comunicadores da Paróquia na reflexão sobre a responsabilidade de evangelizar nos meios de comunicação atuais. A programação foi dividida em quatro frentes: celebração, ação pastoral, anúncio e gesto concreto. As celebrações de abertura (20/05) e encerramento (27/05) da Semana reuniram os membros da Pastoral da Comunicação (PasCom) nas Missas do Santuário e da Comunidade São Judas Tadeu – ambas transmitidas semanalmente pela rádio. Na ação pastoral, o compromisso foi uma formação em cada comunidade, para capacitar a comunicação dos agentes da Liturgia. “Na São Judas está marcada para o dia 20 de junho e vai reunir também os Grupos Bíblicos de Reflexão, que além de atuarem nas celebrações, precisam das habilidades de comunicação nos encontros nas casas”, conta Talita Rosa, responsável pela Pascom na comunidade. Já o anúncio foi garantido com a reflexão da Carta do Papa Bento XVI na ocasião do 46º Dia das Comunicações Sociais e a Oração do Comunicador, nos programas mantidos pela Paróquia na Rádio Clube AM 1590. “Um dos maiores exemplos do silêncio que comunica é o silêncio da Cruz”, disse o Pe. Nilson Hellmann, SCJ, em uma das reflexões. “Também estamos produzindo uma camiseta para a Pastoral da Comunicação nas comunidades e na matriz”, contam Acácio e Jacqueline Freudenborg, coordenadores paroquiais da Pascom. A pastoral ainda promoveu a segunda etapa da Campanha de Arrecadação do Lixo Eletrônico. Em cada uma das cinco comunidades, um ponto de coleta ficou disponível para quem tinha monitores, teclados, computadores, celulares e outros equipamentos de comunicação que não funcionam mais e não sabiam onde descartá-los. No ano passado, o gesto concreto da Semana da Comunicação na Paróquia arrecadou toneladas de lixo que foram encaminhadas ao Instituto Dual, capaz de dar destinação adequada ao material em Joinville, aplicando parte dele na educação de jovens.

Falar do Sagrado Coração de Jesus é, pelo menos, mencionar o Apostolado da Oração, que na Diocese de Joinville, foi fundado em 1916, e em 1919 iniciou suas atividades na Paróquia, atualmente Santuário Sagrado Coração de Jesus. Em 1939, já contava com 50 membros cadastrados e, agora com mais de 200; sem contar com o imenso número de fiéis devotos que participam das celebrações semanais e nas primeiras sextas-feiras de cada mês, em honra ao Sagrado Coração de Jesus. A espiritualidade está alicerçada em três colunas mestres: amor incondicional a Jesus e ao seu “Coração Misericordioso”; a abertura ao Espírito Santo de Deus, que inspira a “Ação Apostólica”; e a Devoção a Maria – a virgem fiel e “Estrela da Evangelização”. Os membros do Apostolado da Oração do Santuário reúnem-se todas as primeiras sextas-feiras a partir das 14h, no encontro mensal com o atual coordenador espiritual, Pe. Nilson, SCJ. Dia também em que ocorre a Adoração ao Santíssimo Sacramento, e a Missa em louvor e honra ao Sagrado Coração de Jesus, às 16h. Durante as celebrações deste dia, é feita a reflexão sobre uma das Promessas do Sagrado Coração à Santa Margarida Maria Alacoque. Também participam fielmente da 1ª hora de Adoração ao Santíssimo Sacramento nas quintas-feiras, e estão presentes na vida da Comunidade. No Brasil e no mundo O Apostolado da Oração nasceu numa casa de estudos da Companhia de Jesus, em Vals, perto de Le Puy, na França, em 1844. Foi fundado no Brasil em 1871, pelo Pe. Bartolomeu Tassei. Ele é considerado até hoje o fundador do Apostolado no país, muito embora, em 1867, tivesse sido fundado um centro de pequeno porte em Pernambuco, sem uma projeção nacional. Tão grande foi a adesão ao movimento, que já em 1888, havia 300 centros pelo Brasil inteiro, com mais de 400 mil membros. Isso fez com que houvesse uma grande difusão da devoção à Sagrada Eucaristia e da vida de fé.

PASTORAIS E MOVIMENTOS

Membros da PasCom na Paróquia recebem bênção durante Missa de Abertura da 2ª Semana da Comunicação no Santuário

11

www.santuarioscj.com.br


reavivamento querigmático

ESPECIAL

Comunidades realizam Neste mês de maio, cada comunidade promoveu a sua edição de evento em preparação para as Missões de agosto e para motivar os que já participaram do projeto

Pascom – Com. Divino Espírito Santo

No dia 05 de maio, a Comunidade se uniu a toda a paróquia para realizar o encontro de reavivamento para os missionários que fizeram o Retiro Querigmático das Missões. Sua tarde de formação e espiritualidade foi conduzida pelo palestrante e proclamador Paulinho, coordenador do Conselho de Pastoral Paroquial (CPP). Na programação, houve um momento de leitura orante e uma meditação com o Evangelho escrito por São João (15, 1-8), quando foi reforçada a importância de se permanecer em Jesus.

Gabriel Orlando

Edson de Farias

Comunidade Divino Espírito Santo

Pascom das Comunidades

As duas comunidades fizeram o reavivamento juntas, no dia 05 de maio, na Comunidade Sagrada Família, e reuniram 67 pessoas. O encontro começou às 15h, com leitura orante da Palavra e adoração Eucarística, encerrando-se às 17h30 na partilha oferecida pelas comunidades. Os pregadores foram Rita, Salvelina (Zinha), Jaime, Joaci e Waldemar. Pascom – Santuário

Santuário Sagrado Coração de Jesus Pascom – Santuário

No Santuário, foi realizado no último sábado de março, no Salão Paroquial. Cerca de 70 leigos que já participaram do Retiro Querigmático vivenciaram uma tarde de estudos e mergulho espiritual para renovar o ardor pela missão. Os assessores, Pe. Elinton e Pe. Nilson, conduziram os trabalhos do dia, como leitura orante, partilhas, adoração eucarística, formação e Santa Missa com toda a comunidade. Jubilosa com o resultado daquela tarde, a equipe organizadora do evento deseja que todos vivam um excelente ano missionário na comunidade Matriz.

Rádio Clube (AM 1590) Segunda a sexta 7h55 - Nos caminhos da Palavra 11h55 - O Pão da Palavra casacoracao@hotmail.com Sábado 22h - Celebrando a Vida www.santuarioscj.com.br 23h - Nos caminhos do Coração

O SANTUÁRIO NA MÍDIA

“Reavivamento, um encontro que renovou, acendeu o amor de Deus em nosso coração.” Comunidade São Judas Tadeu Pascom – Com. São Judas Tadeu

Os participantes agradeceram pelo momento oferecido, que trouxe ânimo, coragem e ardor missionário. O fogo do Espírito Santo agiu grandemente em todos. “Reavivamento, um encontro que renovou, acendeu o amor de Deus em nosso coração. Um encontro preparado com todo amor, carinho. Foi maravilhoso, pois nos deu um novo ardor missionário”, avaliou Márcia, catequista da Perseverança.

Rosilma Pires

Comunidades Nossa Sra. do Rosário e Sagrada Família

Domingo 19h - Trasmissão da Missa (São Judas) 20h - A Voz do Santuário 21h - Direção Espiritual 22h - Clube da Fé 23h - Interação Jovem

Rádio Difusora - Arca da Aliança (AM 1480) Domingo 8h - Trasmissão da Missa (Santuário) Primeira Sexta Feira do mês 15h45 - Benção das casas. 16h - Trasmissão da Missa (Santuário)

Jornal Junho  

Jornal santuario junho

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you