Page 1

“Entrei como uma aventura e descobri minha vocação” Foi um papo descontraído e agradável. Assim defini a conversa com o Diácono Nilson Helmann, joinvillense que vai receber o sacramento da ordem ainda neste mês de abril. O jovem conversou com o Jornal do Santuário para uma entrevista sobre sua infância, relacionamento familiar e é claro, sobre sua caminhada vocacional. E de uma maneira tão singela e direta declarou que sua opção pelo sacerdócio percorreu caminhos curiosos, uma aventura como ele mesmo declara. Mas a partir do dia 24 de abril a aventura é assumida como compromisso para a vida toda. “Chegamos em um momento da vida em que o SIM precisa ser radical”, afirma categoricamente.

N

atural da bela cidade das flores, o joinvillense é filho de Bertilo e Judite Helmann e tem um irmão, já casado. Nasceu no dia 06 de março de 1981. De família católica, com ativa participação religiosa, já ofertaram outras vocações sacerdotais para a Igreja: seu tio-avó, Mateus Helmann, também é padre. “Tive uma vida normal, de um guri comum: brinquei, lutei, briguei, estudei, chorei, rezei e decidi... Ingressei no seminário propedêutico de Rio Negrinho (SC) em 1999, com 17 anos. Qual o motivo? - poderiam me perguntar. Fico, porém, embasbacado e sem respostas. Não há! Não sei porquê entrei, sei por que fiquei!”

N

o seminário, a vida de rapaz é mais comum do que se possa imaginar, explicou o

Diácono. É claro que a vida de oração aumenta, mas isso não impede os passeios, a prática de esportes, a exigência nos estudos e a disciplina necessária para qualquer jovem se desenvolver integralmente. Mas um detalhe o marcou profundamente: a vida comunitária. A convivência ensinou a construir o sentimento de verdadeiros irmãos em Cristo Jesus. “Ora, você precisa pedir ajuda, ora você precisa ofertar essa mesma ajuda a alguém”, relembra. Junto com Nilson, ingressaram no seminário 13 jovens, que reduziu para sete e agora apenas ele deve se ordenar. Já em Curitiba, ele integrou uma turma de 55 jovens que finalizou em apenas seis. Missão esde cedo o seminarista começa a experimentar a vida missionária. O diácono passou por Rio Negrinho (SC), Curitiba (PR), Jaraguá do Sul (SC),

D

“Tive uma vida normal de um guri comum: brinquei, lutei, briguei, estudei, chorei, rezei e decidi!”

Brusque (SC), Corupá (SC) e Taubaté (SP). Foram quatro anos fora da região de Santa Catarina, quando voltou para Joinville, onde deve permanecer até o final deste ano. Estas mudanças contribuíram muito para seus conhecimentos pastorais e para seu desenvolvimento humano. O jovem Nilson que sempre “alimentou um espírito missionário” pode fazer a experiência de interagir com outras comunidades. “Eu sai daqui totalmente desarmado, desejando conhecer outras pessoas, um novo povo”, explica. Mas é claro que algumas coisas sempre são um pouquinho difíceis, um clima mais seco, uma culinária diferente nos fazem perceber que algo realmente mudou. Mas nada disso o desanima. “Meu desejo como sacerdote é atender a necessidade da Igreja, pois a Igreja é missionária por essência”, ressalta com alegre disposição. Entre os lugares que deseja ainda atuar estão os estados do Mato Grosso, Maranhão e Rondônia. “São muitas comunidades, um povo sedento e ainda faltam sacerdotes”, afirma.

Jornal do

Santuário

Santuário Sagrado Coração de Jesus | Abril de 2010

“Filho dá-me teu coração” (Pr 23, 26)


pastorais e movimentos|11

2|opinião MENSAGEM DO PÁROCO

HORÁRIOS

Celebrações no Santuário: Segunda-feira: Missa pelos falecidos, às 19h. Terça-feira: Missas às 16h e 19h. Segunda terça-feira do mês - Missa no setor dos GBR. Quarta-feira: Dia da Família - Missa às 19h. Quinta-feira: Dia da Eucaristia - Missas às 7h e 19h. - Adoração ao Santíssimo Sacramento - Missas às 8h e 19h. - Missa da Saúde - 16h. Sexta-feira: Missas às 7h, 12h30 e 19h. Exclusivo para o Dia do Santuário (Primeira sexta-feira do mês) - Dia do Sagrado Coração de Jesus - Missas às 7h, 12h30, 16h, 19h e 23h. Sábado: Missa às 19h. Domingo: Missas às 6h30, 8h, 9h30, 11h30, 17h e 19h. - Quarto Domingo do mês - Missa das 19h com intérprete de língua de sinais.

Atendimento dos Padres à Comunidade Terça a sexta-feira: 8h30 às 11h30 / 14h às 17h30 Sábado: 8h30 às 11h30

Santuário no ar: Rádio Difusora AM 1480 - Programa “A Caminho da Luz” Todos os dias, das 21h às 22h - Programa “A Voz do Santuário” Todos os Domingos, das 6h às 8h, apresentado pela Pastoral da Comunicação - Programa “O Pão da Palavra” De segunda a sexta-feira, às 11h55, apresentado pelo Pe. Luís Antônio Nunes da Silva, scj - Dia do Santuário- Benção nas casas Primeira sexta-feira do mês, às 15h45

Viver o espírito da Páscoa

A liturgia da Igreja neste Tempo Pascal nos propicia acolher em nossas vidas o dom da Ressurreição do Senhor que abre novos caminhos para nós. A Páscoa é fonte de vida que deve ser renovada em nosso dia-a-dia. É um convite a ser, viver, gerar esperança para um mundo melhor e de sermos também pessoas melhores. Celebrar o Tempo Pascal é acolher a vida nova de Jesus em nós. É viver a Páscoa de Jesus no dia-a-dia de nossa Páscoa. É acolher e viver um novo tempo, dando testemunho alegre da ressurreição, semeando vida e sendo presença do Cristo ressuscitado. Para viver o espírito da Páscoa é preciso descobrir todo dia em cada ser os sinais de vida existentes nas pessoas que nos cercam. Viver o espírito da Páscoa é também reconhecer os limites, aceitar os sofrimentos e a própria paixão e morte de cada dia como sinais de vida e ressurreição. É ver e con-

templar o mundo, a história e nossos irmãos com os olhos iluminados pela luz do Cristo ressuscitado, isto é, com o novo olhar da fé, da esperança, do amor que salva e liberta. Desejamos que a Páscoa de Jesus produza abundantes frutos de ressurreição na vida de cada um de nós, de nossas famílias e comunidades, de nossa paróquia e Diocese.

Pastoral da Criança tem atuação Casais Encontristas na noite do na Paróquia Pastel Show Equipe de voluntárias dedica tempo e talento para atender as famílias e crianças

Líderes da Pastoral da Criança em ação

EDITORIAL

Aleluia! Ele vive e reina no meio de nós! Talvez o leitor do Jornal do Santuário estranhe um pouco o atraso na edição de abril. Não se preocupe, ela foi proposital e necessária, pois este mês é especial e muito fervoroso na vida de toda a comunidade paroquial que junto celebra a Páscoa e que junto celebrará a graça da ordenação sacerdotal. Nesta edição trazemos mais informações deste momento ímpar que é a ordenação sacerdotal do diácono Nilson Helmann. O jovem que conversou com a equipe do jornal, falou da infância, da decisão de se tornar padre, do seminário e das muitas experiências vividas em sua caminhada. Não foi por acaso que Deus o escolheu. Certo que foi por um caminho no mínimo curioso que fez com que Nilson, hoje diácono, amanhã padre, optou pela vocação sacerdotal.

PAROQUIAL

SAGRADA FAMÍLIA

Pe. Claudionor José Schmitt, scj

A comunidade do Sagrado Coração de Jesus tem muito mais para apresentar neste mês. Você vai conferir em primeira mão as imagens da Semana Santa nas cinco comunidades que compreendem a Paróquia: Matriz, São Judas, Rosário, Sagrada Família e Divino. Pode também ler o resumo da Missa dos 30 anos da Comunidade do Divino Espírito Santo. Lembro aos nossos leitores para acompanhar a Paróquia também na internet. Por meio do site: www.santuariosj.inf.br você fica sabendo tudo que acontece na vida pastoral da Paróquia. Além, é claro, de curtir a galeria de fotos, vídeos e demais opções. Ketlin da Rosa Editora

As sementes plantadas por Zilda Arns também renderam frutos na Paróquia Santuário Sagrado Coração de Jesus, mais especificamente na comunidade Sagrada Família, onde há 10 anos a Pastoral da Criança foi ins-

talada. Anita Dallagnolo foi a precursora da pastoral na comunidade e conta com uma equipe muito qualificada, entre elas, uma terapeuta ocupacional e uma psicóloga. A coordenadora paroquial, Lourdes Firmo, é bacharel em administração e usa sua experiência profissional

para ajudar a pastoral. A pastoral tem o objetivo de assistir as crianças e a família, não importando a classe social. As agentes tiram dúvidas das mães sobre alimentação, vacinas, relacionamento, entre outras questões. Um trabalho digno de louvor.

Pastoral da Criança – Sagrada Família

Número de líderes comunitárias 11 Famílias cadastradas pelas líderes 85 Crianças de 0 a 6 anos cadastradas pelas líderes 106 Gestantes cadastradas pelas líderes 26 Enxovais de bebê entregues 19 Celebrações da Vida / Peso 11 Lanches servidos 1.300 Cestas Básicas 12 Crianças que nasceram 33 Oficinas realizadas (trabalhos manuais, contação de histórias, teatro) 05 Líderes formadas 08 Líderes / Brinquedistas formadas 03 Líderes / Alimentação e Hortas caseiras formadas 09 Líderes / Missão e Gestão formadas 01 Crianças que participaram do Dia da Criança (30 out/09) 110 * Crianças que partic. na Celebração do Natal (15 dez/09) 160 * Arrecadação de presentes de Natal (brinquedo/ roupa/guloseimas) para 160 crianças. Buscamos madrinhas/padrinhos para crianças de 0 a 10 anos cujas famílias estão cadastradas na Pastoral da Criança.

No dia 27 de março, o Movimento de Casais Encontristas da Paróquia, promoveu a noite do Pastel Show. Um evento de confraternização e evangelização, com várias atrações, como: música, apresentado pelo Ministério Expressão

de Louvor, da Comunidade Divino espírito Santo; teatro com a temática das drogas, da Comunidade Terapêutica Opção de Vida; e também uma apresentação de dança, das Crianças do Colégio Albano Schimidt, do bairro Boa Vista.

O evento atingiu além da comunidade da Paróquia Santuário Sagrado Coração de Jesus, várias paróquias vizinhas. Na ocasião foi apresentado o novo banner e a nova camisa do Movimento de Casais. O grupo agradece a colaboração de todos que participaram na organização e que prestigiaram o evento. Confira mais fotos no site: www.santuarioscj.inf.br Vilson e Sheila Rocha (Coordenadores do MCE –SCJ)

SAV

2º Despertar Vocacional movimenta crismandos Evento realizado na Comunidade São Judas terá terceira edição no segundo semestre “Quem sou eu?”, esta foi a pergunta tema do 2º Despertar Vocacional, promovido no dia 13 de março, na Comunidade São Judas Tadeu. Eram 7h quando os cerca de 30 crismandos chegaram ao evento, recepcionados por uma grande equipe do Serviço de Animação Vocacional (SAV) e da Catequese de Crisma, organizadores do encontro. O sábado foi de intensas atividades divididas

em momentos de espiritualidade, dinâmicas e palestras, dirigidas pelo vigário paroquial, Pe. Luís Antônio e pela Irmã Adriana. Esta é a segunda edição do evento, que iniciou em setembro de 2009. O 3º Despertar deve ocorrer no segundo semestre deste ano. Colaboração especial O Serviço de Animação Vocacional (SAV), em nome de Célia e do

diácono Nilson Helmann, agradece aos colaboradores do evento. A equipe da cozinha, liderada por Dona Almira conhecida por Popi, serviu deliciosas refeições. O diácono também parabeniza ao organizador da logística, o integrante do SAV, João Bosco. E se alegra com a participação dos músicos do Ministério Pentecostes que animaram o evento. Sérgio Luis Marcelino (SAV)


geral|3

10|pastorais e movimentos FAMÍLIA

PAROQUIAL

A chave para uma sociedade Perseverança abre ano com de amor “É por amor às famílias” que a equipe de casais prepara com dedicação os encontros para casais irregulares na Paróquia Há 14 anos, a Paróquia Santuário Sagrado Coração de Jesus promove encontros voltados para os casais irregulares. Ou seja, uma preparação para o matrimônio daqueles que vivem juntos, mas não tiveram oportunidade ou orientação que os motivassem a buscar este Sacramento. A cada dois meses, um encontro é programado pela equipe de casais voluntários envolvida no projeto, sendo realizado geralmente na Matriz, das 14 às 18h. O convite é feito nas missas e aberto aos membros de outras comunidades e paróquias. “Temos a participação de casais de outros bairros, de grande parte da cidade”, afirma uma das coordenadoras, Zulma Ambrozini. A equipe é formada por três casais que buscam com esse trabalho resgatar os valores da família, muitas vezes esquecidos na sociedade. “As pessoas vão morar juntos para ver o que acontece e acabam perdendo o valor sagrado do matrimônio”, explica Zulma. Dinâmica Participam dos encontros bimestrais uma média que varia entre 25 a 30 casais. Eles assistem a quatro palestras e ainda partilham de um lanche preparado pela equipe. O local é cuidadosamente organizado para recebê-los.

encontro

Mais de 60 adolescentes participaram do evento ocorrido na Comunidade São Judas Tadeu

A abertura paroquial da Pastoral da Perseverança ocorreu na manhã do dia 6 de março, na Comunidade São Judas Tadeu. O encontro reuniu mais de 60 adolescentes e marcou o início das atividades em todas as comunidades. O tema principal foi a Campanha da Fraternidade, abordado pelo diácono Nilson Helmann. Os encontros da pastoral são realizados todos os sábados nas comunidades, porém durante o ano serão organizados vários encontros paroquiais. O objetivo é promover a união entre todos os membros. A programação dos encontros é variada e dinâmica. Alguns motivam o esporte ou o lazer, outros a espiritualidade e a “Todos os detalhes são bem pensados, inclusive a abordagem que será feita. Nosso trabalho é resgatálos para Deus”, saliente Zulma. O momento de espiritualidade é feito em frente ao Santíssimo Sacramento, onde o perdão é o foco e o direcionamento das orações. Histórias de amor Deus tem caminhos

diferentes e curiosos. Durante o tempo que organiza a preparação para os casais, a equipe já teve diversos casos especiais, como o casal que estava junto há 25 anos e resolveu se casar ao mesmo tempo que o filho. Com um casal de idosos aconteceu o seguinte: “A mulher sempre teve o sonho de casar, então um dia o homem percebeu

formação. O maior desafio é fazer com que os adolescentes tenham vontade e motivação para participar, que não estejam por obrigação, mas com gosto e carinho. A Perseverança buscar trabalhar fortemente a formação de cidadãos com boa espiritualidade, que saibam viver bem em sociedade e que se coloquem a serviço da comunidade.

CATEQUESE

Segunda reunião de fusão em 2010

Lideranças se reúnem para partilhar informações e experiências e assim enriquecer o trabalho pastoral Para dar continuidade ao trabalho de integração das equipes de catequese de toda a Paróquia, no dia 17 de março ocorreu mais uma Reunião de Fusão. Ao todo 25 pessoas trocaram informação e experiência na sala 17 do Santuário. O encontro, que começou às 19h30, foi aberto com oração e reflexão do Evangelho do dia e também de um texto da Campanha da Fraternidade. Após a leitura da ata, a equipe passou as informações relativas à formação. A Escola Diocesana,

que está com vagas abertas, também ressaltou os horários e locais da Formação Pastoral à Vida Cristã, promovidas pela Paróquia. Foram apresentados ainda temas como a Escola Comarcal de Catequese que acontece toda terceira quinta-feira do mês, às 19h; os trabalhos e colaboração para a ordenação e primeira missa do Diácono Nilson Helmann. O seguintes eventos paroquiais foram encaminhados e discutidos: a Romaria do Trabalhador, a Missa e o café colonial para o Dia do Catequista, 22 de agosto e a Concentração Diocesana de Catequese, no dia 29 de agosto, na Arena em Ja-

Mais informações: Contatar as secretarias das comunidades ao qual pertence o adolescente. Pais participam dos encontros de formação da catequese

isso e resolveu realizar”, relembra a coordenadora do grupo.

Escola Diocesana

Mudanças para 2010 Além de contar com o apoio da Pastoral Familiar, a equipe que cuida dos casais irregulares vai trazer novos atrativos para o encontro. Música e elementos folclóricos serão incorporados para tornar a tarde mais agradável e

Entre 2 e 4 de julho, haverá a segunda etapa de formação da Escola Diocesena. As vagas já estão abertas e, a inscrição custa R$ 85, sendo que as comunidades devem colaborar com seus catequistas. O encontro será na Casa de Formação, em Járaguá do Sul. Para mais informações os interessados devem conversar com as coordenações de suas comunidades. A primeira etapa ocorreu em março.

Coordenadores que integraram a reunião de fusão em março

raguá do Sul. Pais na catequese Também foi partilhado sobre os encontros de formação para os pais das crianças que estão na primeira eucaristia. A ideia é motivar o acompanhamento integral dos filhos na catequese e ajudá-los a refletir sobre a caminhada na comunidade. Os encontros ocorreram as quartas-feiras, dias 3, 10, 17 e 24 de março, no período noturno. Foram trabalhadas as seguintes temáticas: relacionamento humano fé e vida, princípios da fé, os sacramentos através do batismo, o amor de Deus, o pecado e converta-te e volta para o Senhor/ Espírito Santo doador da

vida. Ficaram responsáveis por conduzir as palestras os proclamadores: Rosilma, Zinha, Carmem, Lucia, Idneia e Nicolau.

Anote na agenda - Escola Comarcal de Catequese Dias: terceira quintafeira do mês Horário: 19h Local: Centro Diocesano de Pastoral

- Romaria do Trabalhador Dia: 01 de maio Local: Comunidade Nossa Sra. do Rosário

Leigos dehonianos participam de retiro Dehonianos da Província BM. Voltado para pessoas que desejam conhecer essa espiritualidade, ingressaram nessa opção de vida 12 novos membros. Do

Santuário Sagrado Coração uma paroquiana participou. Ao optar em se tornar um leigo dehoniano, a pessoa deve conhecer a espiritualidade e o ca-

Seminário Missio Cordis

Acontece de 7 a 13 de abril, na Casa Padre Dehon, em Brusque, o Seminário Pastoral Dehoniano Latino-Americano Missio Cordis. O seminário tem por objetivo refletir e partilhar experiências

risma da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, pois assume como opção de vida esse direcionamento.

para responder aos desafios da missão. A partir de um coração dehoniano que escuta, aprende e anuncia, centrado no amor do Coração de Jesus que nos impulsiona, o encontro quer ser um momento importante de reflexão e crescimento na espiritualidade e ação missionária. No site www.dehonbrasil.org.br está disponível a programação e os temas que serão apresentados.

Formadores dehonianos

O 10º Encontro Latinoamericano de Formadores Dehonianos vai acontecer de 14 a 16 de abril, na Casa Pe. Dehon, em Brusque. Com o lema “Impulsionados pelo amor

a Cristo, somos formadores dehonianos na América Latina”, estarão presentes 26 formadores, assessorados pelo Pe. Marcial Maçaneiro e Pe. João Carlos Almeida.

Um milhão de Bíblias

- Próxima Reunião de Fusão Dia: 19 de maio Horário: 19h30

CARISMA

Aconteceu nos dias 13 e 14 de março, no Noviciado Nossa Senhora de Fátima, em Jaraguá do Sul, o Retiro para Leigos

Notícias da Igreja

A CNBB lançou no inicio de março o projeto “1 Milhão de Bíblias”. A ideia é que as Dioceses do país apresentem projetos que promovam a Palavra de Deus para que assim recebam gratuitamente as Bíblias para doação. “Inserido no Projeto Brasil na Missão Conti-

nental, esta nova campanha é um serviço que a CNBB oferta a todos os Regionais, (arqui) dioceses, pastorais, organismos, movimentos e outras associações da Igreja, bem como a todos os discípulos missionários”, afirmou o secretário geral da CNBB, Dom Dimas Lara Barbosa. Outras informações com a assessora de Projetos Sociais, Institucionais e Captação de Recursos da CNBB, Sônia Minder, no e-mail: m i n d e r @ c n b b . o r g . b r, telefone (61) 8173 5881 ou pelo Voip, no número 1035.


vida litúrgica|9

4|formação VOCAÇÃO

VIDA CRISTÃ

Escola de Formação iniciou em março

“Cristãos não nascem, cristãos se fazem” (Tertuliano) Assim como Tertuliano, é preciso, pois, inseridos em um mundo de rápidas e profundas mudanças, termos ciência de que “não se começa a ser cristão por uma decisão ética ou uma grande ideia, mas pelo encontro com um acontecimento, com uma pessoa, que dá um novo horizonte à vida e, com isso, uma orientação decisiva” (DAp. 11).

“O encontro pessoal com Cristo, portanto, é basilar para promover o verdadeiro discípulomissionário.” Mais do que nunca, inseridos em uma sociedade de rápidas e profundas mudanças em que o cristianismo é visto apenas como uma ideia, a Igreja nos interpela (ao mesmo tempo em que é interpelada) a orientarmos nossos esforços para promover o verdadeiro encontro com aquele que dá novo horizonte à vida. O encontro pessoal com Cristo, portanto, é basilar para promover o verdadeiro discípulomissionário. É nesse encontro pessoal com o Ressuscitado que faze-

“Muitas vezes usamos indistintamente, como sinônimos, as palavras “discípulo” e aluno”. Mas na verdade, discípulo sugere algo mais do que simplesmente uma pessoa que “aprende”. O discípulo se encanta pelo mestre, quer segui-lo na originalidade de sua própria vida, acolhe na mente e no coração um novo jeito de tomar decisões, de compreender a realidade, de orientar suas forças criativas (...) É disso que estamos falando quando dizemos que a catequese é diferente daquilo que se faz numa escola: ela é uma experiência integral, que cada um vai viver a seu jeito, mas sempre em comunidade, sem “ponto final de chegada”. (Doc Nº 97, 161)

Formação ocorrida em março mos nossa iniciação na fé e na vida cristã. Não há como entender um cristão que não tenha se encontrado pessoalmente com Jesus. É dessa mesma forma que a Igreja, sobretudo nos últimos tempos, vem entendendo sua missão. Como verdadeiros discípulos-missionários de Jesus Cristo, a Igreja se preocupa, antes de preparar nossas crianças e adultos para receber os sacramentos, com a iniciação desses à vida cristã. Antes da recepção dos sacramentos, é preciso encontrar-se

com Jesus, com aquele que sacia nossa sede de busca. Iniciação, dessa forma, é um mergulho pessoal no mistério de Cristo. Assim, para compreendermos melhor esse ínterim, essa trajetória cristã de busca, encontro, conversão, comunhão, missão e transformação da sociedade, é que nossa paróquia, a partir do documento de estudo da CNBB (Nº 97), propôs para o ano de 2010 a escola de formação com o tema: iniciação à vida cristã. A primeira formação

aconteceu no dia 20 de março e teve como assessor o Padre Luiz Baronto. De rico conteúdo, transmitiu aos presentes ideias e propostas valiosas para o trabalho pastoral. Rezemos para que essa escola, que hora iniciamos, possa enriquecer nossa comunidade paroquial, nos transformar, a cada dia, em verdadeiros cristãos, transformar nossas comunidades em verdadeiras comunidades de discípulos missionários. Diác. Nilson Helmann, scj

Dica de Leitura Se você está interessado em conhecer mais sobre a temática da Iniciação à Vida Cristã, assumida este ano pela Escola de Formação Paroquial, o Jornal do Santuário dá uma dica: o Documento nº 97 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O livro de 102 páginas fala do processo de inspiração catecumenal. É dividido em cinco capítulos que explicam por que, como, quando, para quem e onde a iniciação cristã deve estar presente. Para obter o livro entre em contato com a Livraria do Santuário ou no site da CNBB.

Próximos encontros: - Data: 17 de abril - Local: Com. São Judas, 8h - Local: Com. Matriz, 14h

Comunidade se mobiliza para ordenação sacerdotal

Tendo por lema “Filho dá-me teu coração” (Pr 23,26), Diácono se tornará sacerdote no dia 24 A Paróquia Santuário Sagrado Coração de Jesus vive em abril um momento especial e animador: a ordenação sacerdotal de um jovem. Juntamente com as alegrias da Ressurreição de Cristo, caminham os preparativos para o sacramento da ordem. O Tríduo de Ordenação é realizado de 21 a 23 de abril, dias que antecedem a ordenação, marcada para o sábado, 24, na Igreja Matriz, às 19h. E no domingo o então ordenado Nilson Helmann celebra sua primeira Missa, às 9h30, também na Matriz. A Santa Missa de ordenação será presidida pelo Bispo Diocesano de Joinville, Dom Irineu Roque Scherer, com participação de inúmeros sacerdotes da região e de fora, especialmente da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Além disso, o cerimonial deve ser organizado pelos fra-

Mês vocacional

tres de Taubaté (SP). Após a celebração de sábado, um jantar será ofertado aos familiares, sacerdotes e membros da comunidade. “Nesses momentos contamos com grande apoio e participação dos leigos, que ajudam na organização”, afirma o Diácono. Entenda o tríduo A palavra tríduo na prática devocional católica sugere a ideia de

preparação. Às vezes, por exemplo, para a festa de um santo com três dias de oração ou para uma graça especial mediante um tríduo de preces de intercessão. No dia 21, o Tríduo em preparação à ordenação sacerdotal acontece na Igreja Nossa Senhora do Rosário com a participação da Comunidade Sagrada Família. No dia seguinte, é a vez das Comunidades do Divino Espírito Santo e de São

Judas Tadeu. E no último dia todas as comunidades são convidadas a se reunir em oração na Matriz. Vocação, dom de Deus É Deus quem toma a iniciativa sobre o novo rumo que as vidas dos vocacionados tomarão. Porque não são os vocacionados que escolheram a Cristo, mas sim foi Cristo quem, de uma maneira especial, escolheu-os para que

fossem por todo o mundo e levassem frutos de santificação, de autêntica vivência cristã e para que todos os frutos permanecessem como um sinal clarividente da intervenção divina (Cf. Jo 15,16). Para o futuro sacerdote, Diácono Nilson Helmann é preciso que a cada manhã o sim seja renovado para que a missão seja cumprida conforme a vontade do Pai.

Celebrações nas Comunidades Sagrada Família 4ª Terça-feira do mês - 19h30 (GBR) 3ª Sexta-feira do mês - 19h30 (Adoração ao Santíssimo a partir das 14h) Domingo – 9h30

Divino Espírito Santo 1ª Terça-feira do mês - 19h30 (GBR) 4ª Quarta-feira do mês - 16h Quinta-feira – 19h30 Domingo – 8h

Nossa Senhora do Rosário 3ª Terça-feira o mês - 19h30 (GBR) Quarta-feira – 19h30 3ª Sexta-feira do mês - 16h Domingo – 8h

Durante todo mês de abril, o Diácono e uma equipe paroquial preparam eventos de animação vocacional. O objetivo é aproveitar o clima e promover as vocações entre os jovens. O trabalho, que a princípio ocorreria em uma semana, foi divido em três e vai durar quase todo o mês. Haverá visitas em escolas e nas turmas de catequese. O Diácono, juntamente com os seminaristas de Corupá, falarão sobre a missão e o serviço ao Reino. As atividades começam logo após o Domingo de Páscoa. “A ordenação é apenas um marco dentro do trabalho vocacional, mas a Província Brasil Meridional (BM) da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus pede que aproveitemos este momento”, explica Diácono Nilson.

São Judas Tadeu 2ª Terça-feira do mês - 19h30 (GBR) Quarta-feira – 16h Sábado e Domingo – 19h Dia 28 do mês - Missa do Padroeiro – 19h30


8|santuário

O Mosaico

10 anos de Santuário

Símbolos e ícones na Igreja. Compreenda essa riqueza cristã! Jesus Cristo O Cristo de mãos abertas em atitude de acolhimento e entrega de si mesmo para salvação de toda humanidade. A bênção O gesto de bênção numa de suas mãos quer dizer: eu te abençoou em Jesus que é Deus e homem que habita na Santíssima Trindade, que é um só Deus.

A estola A estola por cima da casula revela a escritura que nos diz: tu és Rei e sacerdote eternamento pela Lei de Melquisedec (Carta aos Hebreus).

A estola que se prolonga e chega até a cátedra do sacerdote é para indicar a participação do presbítero no sacerdócio de Cristo, pois quando aquele preside, representa a Cristo.

O Cordeiro de Deus No peito vemos o cordeiro envolvido pelo coração misericordioso de Jesus. Porque o Cordeiro? É uma figura do Cristo no antigo testamento e o Cristo ferido no lado direito na cruz, é a realidade do antigo e do novo testamento que se funde em uma só realidade e, que verdadeiramente tira o pecado do mundo. Jesus nos mostra isso com seu coração aberto e ferido

na cruz, jorrando água e sangue. É aí que nasce a Eucaristia: o banquete da alegria. Símbolos litúrgicos A mão do Pai que envia o seu filho Jesus Cristo para redimir o mundo. O Espírito Santo, amor que flui entre o Pai e o Filho, é o pneuma – a força que nos mantém vivos na fé e vivifica aqueles que estão mortos; aquece os corações frios, cura os que estão doentes, levanta o caído, salva o que está perdido, chama e perdoa o que se desviou. Dá pão a quem tem fome e fome de justiça a quem tem pão. Liberta do mal. Quando Jesus foi batizado no Jordão o Pai se manifestou para, mais tarde entendermos que Jesus não estava só. Deus Pai nos confirma dizendo: “este é o meu Filho amado em quem Eu depositei toda minha afeição, meu amor por vós”. É nesta mão como símbolo e na pomba que

permanece até hoje dentro da simbologia cristã, a forma para representar a palavra e o seu significado. São símbolos da iconografia da Igreja Católica. (Iconografia = imagem + grafia = escrever através da imagem). Símbolos Eucarísticos A água de um lado e o sangue do outro, que jorra do alto do céu do trono sagrado de Deus, passa pelo Cristo e chega até nós na pessoa do sacerdote. É a razão pela qual a cátedra está colocada aos pés de Cristo. Segundo um famoso ícone de Vlademir (monge russo que pintou a

Santíssima Trindade), essa simbologia nos fala da Eucaristia celebrada antecipadamente no céu entre o Pai e o Filho e o Espírito Santo. Por isso ela emana do alto até a extremidade do nosso ícone, fazendo lembrar que quando Jesus foi ferido na cruz, o soldado abriu-lhe o coração e, imediatamente jorrou sangue e água. A Igreja viu nesse acontecimento o nascimento da Eucaristia. Por isso o sacerdote acrescenta uma pequena porção de água ao vinho antes de consagrá-lo, repetindo o gesto de Jesus na cruz antes de se entregar ao

Pai, como sacrifício perfeito para a redenção do mundo. É a “Kenosis’’ – o esvaziamento total, uma entrega absoluta de seu corpo como sacrifício ao Pai. Mandala A mandala que está à volta do Cristo é para dizer que Ele rompeu as barreiras do inferno e escancarou a porta do céu para nós. Surgindo assim vitorioso irrompendo em nossa história. Abrindo o caminho entre o céu e a terra como dizia São João Crisóstomo: “Subamos ao céu. Cruzemos junto com o Sagrado Coração de Jesus as barreiras do inferno e nos apossemos do lugar que está reservado para nós bem antes da criação do mundo”.

comunidades|5 COMEMORAÇÃO Missa em Ação de Graças marcou os 30 anos de fundação

Alegres e firmes assim segue a Comunidade do Divino

No dia 22 de março, às 8h, celebrouse o aniversário de 30 anos da Comunidade Divino Espírito Santo, em comum união com os Grupos Bíblicos de Reflexão. Foi o pároco Pe. Claudionor quem presidiu a celebração. Lembrou em sua homilia que a Igreja é guiada pelo Espírito Santo e que quando as pessoas sonham um mesmo projeto, tudo se torna possível. Um sonho que foi realizado há 30 anos e deu origem a comunidade do Divino, que hoje caminha nos traba-

Foto: Adriana Goulart L. Garcia

Aniversário

Quem soprou velinhas no dia 06 de março foi o Diácono Nilson Helmann. A comunidade São Judas celebrou ao lado do futuro sacerdote.

Catequista histórica

lhos e projetos pastorais. Pediu alegria por este caminho trilhado, tanto no passado como no presente, na certeza que ainda tem um longo trajeto a percorrer. “Hoje é o dia de comemorar o espírito de fé e de equipe que não deve parar. A comunidade precisa inspirar-se em sua história para abrir novos caminhos na busca do povo sedento da Palavra

de Deus, fazer correr rios de graças, de perdão, de misericórdia e de amor”. O Pároco ainda motivou a comunidade a imprimir sua marca na história. “Ela deve projetar para o futuro como seus antepassados, ser comunidade de fraternidade e de solidariedade, que cada rosto transpareça a misericórdia do Pai e que seja acolhedora de todos os irmãos”.

SÃO JUDAS

Bodas de ouro, exemplo de matrimônio

No dia 06 de março, foi comemorado os 50 anos de matrimônio de Geanete Maria e Juvenal Leopoldo dos Santos, membros há anos da Comunidade São Judas Tadeu. Dona Geanete é catequista e junto do esposo é um exem-

Evangelizando

plo para a comunidade, um testemunho de vida familiar, reavivando os votos de amor e de respeito até que “a morte os separem”. No mundo atual, onde os valores da família estão confusos e perdidos, muitos cristãos dão seu testemunho de consagração a Deus. Este é o “adu-

bo” para todos os casais que ao longo do tempo convidam Jesus para entrar em suas vidas, construindo famílias sobre a rocha firme, pois quando a tempestade chega nada os abala. A comunidade parabeniza o casal e deseja que a data se repita por muitos anos.

Confiantes das lutas e conquistas dêem ação de graças ao Senhor, pois “maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!” A comunidade agradece a todos os coordenadores paroquiais e comunitários pela participação. Que o Divino Espírito Santo nos ilumine!

Colaboração: Roseli Manes Schepli

São Judas - Na foto Dona Anna Borges Jacinto, a catequista mais antiga da comunidade, desde a época da fundação. Sente-se muito feliz com os 45 anos de fundação e por fazer parte desta história escrita por todos. Ao seu lado de camisa preta, Catia Regina da Silva, que foi catequizada por Dona Anna e hoje é coor-

Divino

Começou, nos dias 02 e 03 de março, a Catequese da 1ª Eucaristia, um processo de educação da fé em comunidade. Ela é dinâmica, sistemática e permanente e tem por finalidade preparar as crianças para o encontro com Jesus Eucarístico. Dias 10 e 18 de março

denadora da Pastoral da Acolhida. Estes são os nossos bens mais preciosos: as pessoas que fazem parte na vida da comunidade que no anonimato ao longo dos anos escrevem as páginas do amor, da fé, da dedicação e da fidelidade para com o próximo e com Deus.

houve também o encontro com os pais dos catequizandos. Eles receberam formação para embasar a sua esperança e exercer sua fé diante dos filhos, através de um testemunho coerente. Mais fotos acesse: www.satuarioscj.inf.br Coordenadora Elizete


especial|7

6|especial

o t is r C e d fo n iu r t o d A celebração em imagens SEMANA SANTA

Sexta-Feira Santa

rio Sagrado Coração de Jesus tuá San uia óq Par da es ad nid mu co Registros da Semana Santa nas cinco

Comunidade São Judas Tadeu

Domingo de Ramos

Comunidade Nossa Senhora do Rosário

Comunidade Sagrada Família

Comunidade Matriz

Comunidade Sagrada Família

Comunidade Nossa Senhora do Rosário

Comunidade Divino Espírito Santo

Sábado de Aleluia

Comunidade Matriz

Comunidade Divino Espírito Santo Comunidade São Judas Tadeu

Domingo da Ressureissão

Quinta-feira Santa

Comunidade São Judas Tadeu Comunidade Sagrada Família

Comunidade Nossa Senhora do Rosário

Comunidade Divino Espírito Santo

Comunidade Matriz

Veja a cobertura completa pelo site: www.santuarioscj.inf.br * Colaboração: Equipe da pastoral da comunicação

Jornal do Santuario - Abril 2010  

Jornal do Santuario Sagrado Coração de Jesus, Joinville.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you