Page 1

Cristo Rei do Universo

E cce venio

Pág. 02

Edição 26 - Novembro de 2009 - Distribuição gratuita

Tempo da esperança

“Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo”, (Lc 2, 10)

Acontece

Pág. 04

Comunidades

Concentração dos Jesus Eucarístico Grupos Bíblicos entregue de Reflexão para os pequenos Encerramento Paroquial, todos são convidados!

Pág. 03

Mais de 160 crianças recebem o Sacramento Pág. 07

Missão

Dia do Nascituro “Para que todos tenham vida em abundância...” Pág. 05

Acontece

Escola de Formação Permanente

RCC promove formação em novembro e dezembro Pág. 03


Opinião

02 editorial

Após traçar o planejamento para 2010, a Paróquia São Sebastião se prepara para viver a expectativa do nascimento de Cristo. E ao chegar a mais um fim de ano, somos chamados a viver esse alegre momento em que o Menino na manjedoura nos chama à caridade para com nossos irmãos. Nessa reta final o Jornal Ecce Venio traz uma matéria interessante sobre o Tempo do Advento, seus símbolos e sua importância para nós católicos, já que somos convidados a viver esse período com especial devoção. Ainda na edição de novembro, você acompanha todos os detalhes da Assembleia Paroquial, as decisões e avaliação feitas pelas comunidades, pastorais, movimentos e grupos de toda a Paróquia. Nas páginas das Missões, você confere como foi o Dia do Nascituro, o que os visitantes declararam desse dia e o quão importante ele é para a população de Jaraguá do Sul. E na página 6, um relato sobre a movimentação nas comunidades, suas atividades, festas e celebrações. Que no fim de novembro, quando gritaremos viva a Cristo Rei do Universo, possamos fazê-lo com especial ardor, para que ao encerrarmos este Ano Litúrgico, adentremos o novo período com ainda mais empenho e compromisso. Que a conversão vivida no Advento possa renovar nossas forças, nos fazer mais solidários, compreensivos e fervorosos em nossa fé. “Vigiai, pois, em todo o tempo e orai, a fim de que vos torneis dignos de escapar a todos estes males que hão de acontecer, e de vos apresentar de pé diante do Filho do Homem”, (Lc 21, 36) Ketlin da Rosa Editora

Artigo do Pároco

Pe. Beto Rodrigues, scj

Cristo Re i do Universo Terminaremos o tempo litúrgico com a festa de Cristo Rei do Universo. No domingo seguinte, já teremos o tempo litúrgico do advento. A preparação para “aquele que há de vir”. Todos nós, católicos, não temos problemas em dizer que Cristo é o nosso Rei. Até nos cantos, a gente entoa isso. Mas e as implicações disso? Falar que Ele é Rei é fácil, mas eu vivo como súdito de Jesus? Eu obedeço às suas ordens? É fácil fazer este exame de consciência. Ser do reino de Cristo é amar as pessoas, procurar o bem de todas, sem discriminação. É se alegrar com o desenvolvimento dos irmãos. Ser desse reino é ser fiel à família. É dar tempo aos filhos, é curtir o lar, é ensinar os valores humanos e cristãos. Ser do reino de Cristo é apren-

der a dar o perdão e pedi-lo, quando necessário. No reino de Cristo, não há espaço para fofocas, invejas, sentimentos de vingança. Celebrar Cristo Rei do Universo é saber que somos partes dele, que devemos defendê-lo, que devemos procurar com que, cada vez mais, aumente o número pessoas integrantes do mesmo. Celebrar o reinado de Cristo é não esquecer que Ele veio para que todos tenham vida e a tenham em abundância (cf Jo 10,10). Se, por acaso, em sua revisão de vida, você notou que há algo para melhorar,

Missa certa - Constantemente, no obituário dos jornais, aparecem participações de falecimento, convidando, em seguida, para missa de sétimo dia. Atenção, a missa é do sétimo dia e não de sétimo dia. Falar e escrever bem a nossa língua não faz mal a ninguém. Record ou recorde? - O substantivo que indica se uma marca máxima foi atingida tem uma forma aportuguesada, já de uso consagrado: recorde (paroxítona). Evite, portanto, a pronúncia proparoxítona (récord) e a grafia inglesa. Logo, o atleta tenta superar o seu próprio recorde. Supere você também seu recorde de boas ações. Isto dignifica e enaltece o ser humano! Coloque o lixo no lixo ou Coloque o lixo na lixeira?

O correto é coloque o lixo na lixeira. Abreviação e abreviatura - A abreviação é um processo de formação de palavras que consiste na redução da palavra até o limite que não prejudique a compreensão. Então temos: moto (motocicleta), foto (fotografia) Não devemos confundir abreviação com abreviatura. Abreviatura é a representação de uma palavra por meio de algumas de suas sílabas ou letras. Exemplo: pág. ou p. (página) pg. (pago) - m (metro) - h (horas). A abreviatura de hora ou horas é h minúsculo sem ponto e sem s, como acontece com todos os símbolos como h (hora), min (minuto), s (segundo), l (litro), dz (dúzia), m (metro), kg (quilo), km (quilômetro), g (grama), etc. Siglas - As siglas se escrevem com todas as letras maiúsculas quando têm até três letras

Programe-se Missas Terça, quinta e sexta-feira – 19h Quarta-feira - 15h30 Sábado: 19h Domingo - 7h, 9h e 19h 1ª sexta-feira do mês - 07h, 15h30 e 19h Durante o dia adoração ao Santíssimo Sacramento Dia 20 de cada mês: Missa em honra a São Sebastião Batizados: Todos os domingos na Missa das 9h

que há algo para uma reconciliação, não esqueça de que o Advento é um tempo próprio para isso. Procure o sacramento da reconciliação. Converse com seu confessor ou diretor espiritual. Em nossa comunidade, teremos várias oportunidades de confissão. Informe-se. Deus abençoe a todos.

Dicas do Prof. Marinelli Novembro – Vem do latim nouem, pois alguns séculos foi o nono mês.

Ecce venio

(CEP, CPI, ECT, SCJ, ONU ...) ou quando as letras se pronunciam uma a uma (INSS, BNDES). Incra — Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária — constitui exceção? Não. Incra é temente às leis. Sabe que discriminação é crime inafiançável. Para não ver o sol nascer quadrado, obedece à regra sem tossir nem mugir: Incra. As siglas devem ter acento gráfico? - Não. Nenhuma sigla recebe acento gráfico. Daí por que se grafa corretamente Petrobras, Telebras, Radiobras, Eletrobras, Proalcool, Sesi, etc., tudo sem acento. No entanto, é interessante salientar que esta regra não vale para abreviação e abreviatura. Exemplos: pág. abreviatura de página leva acento. Ônibus abreviação de auto-ônibus leva acento.

Confissões: Terça a sexta-feira – no horário de atendimento da Secretaria Paroquial Atendimento da Secretaria Paroquial: Segunda a sexta-feira 8h às 12h / 13h às 18h Sábado 8h às 11h São Sebastião nos meios de comunicação: Rádio Jaraguá AM Programa - Jesus Cristo ontem, hoje e sempre! - 2ª a 6ª feira, às 11h55 - Santa Missa – sábado, às 19h Site: www.matrizsaosebastiao.org.br


Acontece

Ecce venio

Obras prontas!!! Novos ambientes foram inaugurados em outubro

D

urante cinco meses, a Paróquia São Sebastião esteve em obras, para melhorar sua área de atendimento à comunidade. O objetivo foi adequar as instalações e o acesso a Secretaria Paroquial, bem como construir uma capela no primeiro piso. A obra teve atraso de um mês devido às constantes chuvas, a Capela foi inaugurada no em outubro, pelo pároco Pe. Alberto Rodrigues, SCJ. A ideia é que turmas de catequese e outros movimentos e pastorais tenham um espaço para

oração e adoração ao Santíssimo Sacramento. A equipe da Secretaria Paroquial pode assumiu seu novo espaço no dia 19 de outubro, quando fizeram a mudança para as novas instalações. Além desses dois ambientes, foi também reformada uma nova sala de atendimento para os padres, onde poderão acomodar ainda melhor a comunidade. No total, as obras resultaram em novas quatro salas, um total de 150m², afirma a Construtora Jaraguá, empresa encarregada do trabalho.

J.B. Nunes

período da manhã, na Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz, tem início às 8h com uma acolhida alegre e animada por grupos musicais. O dia segue com uma palestra motivacional, “queremos fazer com que os integrantes sintam-se motivados a ampliar o número de grupos em 2010, queremos melhorar

Escola de Formação Permanente

Aconteceu, na Matriz São Sebastião, no dia 28 de setembro, o segundo encontro da Escola de Formadores da RCC ou Escola de Formação Permanente. Em comunhão com a ordem nacional de formar servos, a Coordenadora Comarcal da Renovação Carismática Católica, Regina Célia Calomeno, iniciou esse trabalho na Comarca de Jaraguá do Sul. São convidados à formação todos os pregadores, coordenadores e servos dos grupos de oração, especialmente os que já tenham feito ou estão cursando a Escola Paulo Apóstolo - EPA. A escola de formadores irá permitir aos alunos estudar todos os ministérios da RCC, aprofundar o conhecimento dos carismas e dos documentos da Igreja. Especialmente citado foi à carta “Rerum Novarum”, para aumentar o conhecimento da pessoa de

Nova Capela proporcionará mais espaço para oração

Concentração marca final de ano do GBR

No primeiro domingo de dezembro, dia 06, os Grupos Bíblicos de Reflexão (GBR) são convidados a participar da Concentração Paroquial que vai envolver não somente os animadores, mas todos os participantes de algum grupo pertencente à Paróquia São Sebastião. O evento que acontece no

03

ainda mais nosso trabalho de evangelização”, afirma o coordenador paroquial, Valério da Costa. A manhã será encerrada com a Santa Missa às 11h. É sempre bom lembrar que os GBR são prioridade na Diocese e também na Paróquia, por isso precisam de uma atenção especial, pois realizam um tra-

balho de extrema importância nas famílias “que são os maiores bens da sociedade”. “Convoco os pais de família, as mães e todos os filhos, em especial, os jovens para terem participação ativa. Não podemos parar. Não percamos o entusiasmo”, conclama o Bispo Diocesano de Joinville, Dom Irineu Roque Scherer.

Jesus Cristo. Formar os servos é importante para sustentar os grupos de oração, a fim de que caminhem em unidade com o movimento e para que sejam evitados escândalos cometidos por simples falta de conhecimento. É o Senhor que nos dirige o apelo em sua Palavra: “Meu povo está se acabando por falta de conhecimento” (Oseias 4,6a). A escola acontece duas segundas-feiras por mês, na Matriz São Sebastião, em Jaraguá do Sul. Próximos encontros em 2009: Novembro: Dias 23 e 30 Dezembro: Dias 14 e 21. Interessados entrar em contato com Regina: (47) 8825-6626. Colaboração: Ministério de Comunicação Social – Comarca de Jaraguá (RCC)

Comunidade programa confraternização No segundo domingo de dezembro, dia 13, a Promoção Humana e Social da Comunidade Rainha da Paz promove uma confraternização de fim de ano. O evento com início às 10h, envolverá as 45 famílias cadastradas na pastoral, que são acompanhadas durante o ano. O dia festivo terá palestras, sorteio de brindes

e distribuição de brinquedos, atividades realizadas no salão paroquial da Comunidade. Ao meio dia, um delicioso almoço será ofertado as famílias, e no término das festividades serão distribuídas cestas básicas àquelas pessoas cadastradas na Pastoral.

Colaboração: Hugo Osmar Zierth


Sabedoria

04

A esperança do Advento Tempo de voltar-nos para o Deus que nos ama e que está bem perto de nós Com o Advento, começa o novo Ano Litúrgico. Nele, a Igreja celebra a vinda de Cristo, do início até sua conclusão. A liturgia apresenta Deus como “o Deus da história”, que já veio para salvar o homem, mas sua salvação será completada no final dos tempos. Denominamos de Advento o tempo correspondente aos quatro domingos, que antecedem o Natal. Este tempo pode ser de 22 a 28 dias, dependendo do ano e, consequentemente do dia da semana em que cai o 25 de dezembro. Advento é um tempo de espera e de preparação para a vinda de Cristo: a vinda no final dos tempos e a vinda no Natal. Do início do Advento até o dia 16 de dezembro, o foco é na vinda de Jesus no final dos tempos; de 17 a 24 de dezembro faz-se a preparação para a celebração do Natal. No Advento, são lidos os principais trechos do profeta Isaías. Ele é o profeta do final do exílio que conclama Israel para a esperança no Deus que vem salvar. Também a comunidade cristã é chamada a viver a espera vigilante e jubilosa, a esperança e a conversão em preparação à manifestação definitiva de Cristo. As expressões típicas desta espiritualidade da espera são: “Vem, Senhor Jesus!” e “Que as nuvens façam chover o Salvador!”

Coroa do Advento: A coroa de advento é feita com ramos verdes envolvida por uma fita vermelha e nela quatro velas são afixadas. Ela simboliza e comunica que naquela Igreja, casa, escritório ou qualquer espaço em que esteja vivem pessoas que se preparam com alegria para celebrar a vinda de Deus ao mundo, o Natal. As quatro velas: uma vela para cada domingo que antecede ao dia 25 de dezembro. Alguns registros históricos contam que a coroa de advento surgiu em uma instituição que abrigava crianças pobres. As velas da coroa são acesas para iluminar a vigília do

advento, a preparação para vinda da luz ao mundo. Simboliza que Jesus Cristo é a luz do mundo. Comunica a

alegria da vida que procede de Deus, aquela que vai além dos limites que a vida no mundo impõe.

Advento é tempo de voltar-nos para o Deus que nos ama e que está bem perto de nós. É tempo da fé nas coisas novas, no novo céu e nova terra onde habita a justiça e a paz. É tempo de limpeza e arrependimento, de opção por uma vida saudável em que sobra espaço para a solidariedade, a verdade, a paz e a comunhão. É tempo da construção da esperança e da vida comunitária que rompem os nossos limites e entendimento. É tempo de alegria, de festejar o amor de Deus por nós.

Cristo vence, reina e impera A celebração da Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, fecha o Ano Litúrgico, onde se medita, sobretudo, no mistério de sua vida, sua pregação e o anúncio do reino de Deus. Jesus responde ao Pilatos quando pergunta se na verdade Ele é o Rei dos judeus: Meu reino não é deste

mundo. Se meu reino fosse deste mundo, meus súditos teriam combatido para que não fosse entregue aos judeus. Mas meu reino não é daqui. Jesus não é o Rei de um mundo de medo, mentira e pecado, Ele é o Rei do reino de Deus que traz e ao que nos conduz. Esta solenidade celebra Cristo como o Rei bondoso

e singelo que como pastor guia a sua Igreja peregrina para o reino celestial e lhe outorga a comunhão com esse reino para que possa transformar o mundo no qual peregrina. Assim, Jesus Cristo é o Rei e o Pastor do reino de Deus, que tira das trevas, guia e cuida do caminho para a comunhão plena com Deus amor.

Dia dos Leigos Junto com a solenidade de Cristo Rei, celebra-se também o Dia dos Leigos,  que por sua vocação batismal, é chamado a viver nas estruturas da sociedade - a começar pela sua família, trabalho, até a vida pública, aí incluindo a ação política. Nessa realidade, os leigos devem ser condutores da paz e da justiça.

Ecce venio

O Deus de cada um no século XXI Estamos vivendo tempos de muito progresso tecnológico e a criatura chamada homem, pode quase tudo e cada vez mais está se comportando como se isso fosse verdadeiro. A loucura do dia a dia de trabalho, seguindo-se outro dia, mais uma semana, outro mês, o ano já está no fim e quando acordamos, descobre-se que já passaram dez, vinte anos, sem ter conseguido a realização pessoal que tanto procuramos. Logo, começamos a achar culpados por não estarmos no patamar de nossos sonhos e aquilo que deveria se chamar harmonia e felicidade, torna-se pesadelo e preocupação. Por que tudo isso? O que está faltando? Como fazer para encontrar a harmonia e a felicidade? Enquanto procuramos respostas, surgem outras perguntas em nossa mente e então paramos para refletir, meditar e achar soluções aos novos questionamentos. Você se considera autosuficiente? Você se esqueceu de Deus? Você procura colocar Deus em sua vida? Você está observando os valores morais e espirituais? Você se considera eterno aqui neste mundo tecnológico? Aqui percebemos o quanto é importante saber parar, olhar e revisar a vida passada, para poder viver melhor o presente e ser mais feliz no futuro. Ninguém é autosuficiente

e todos dependem uns dos outros, precisamos viver em comunidade. Deus precisa fazer parte de nossa vida e precisamos testemunhá-lo no mundo. O mal da humanidade chamase autosuficiência. Todos fazem de conta que Deus não existe. Temos vergonha de mostrar que somos Cristãos. Vivemos como se as coisas materiais, fossem valores eternos e nos esquecemos de acumular para Deus os verdadeiros valores eternos. Deixamos nos levar pela tecnologia e jogamos os valores verdadeiros de vida no lixo, e ainda somos capazes de dizer que estamos sendo abandonados por Deus. Deus não abandona ninguém, ele está sempre conosco e espera que olhemos para todos os exemplos que seu filho, Jesus Cristo, deixou para cada um de nós. Nossa inteligência humana, em sintonia com Deus, permite perfeitamente experimentar já aqui neste mundo a harmonia e a felicidade. Praticando bons valores, estaremos conquistando a vida plena no dia em que formos chamados para Deus. Afinal de contas, para quem crê e pratica a vida não é tirada e sim, transformada. Vamos fazer essa transformação? Colaboração: João Prim Conselheiro do Mov. de Cursilhos de Cristandade – Regional Sul IV.


Missão

Ecce venio

“Para que todos tenham vida em abundância...” “O Senhor é minha força, minha coragem; ele é meu Salvador. Brados de alegria e de vitória ressoam nas tendas dos justos” (Salmo 117). Elevada na frente da Igreja Matriz de São Sebastião, a tenda dos justos erguida pelos Grupos Bíblicos de Reflexão (GBR) serviu para exaltar o dom da vida, na comemoração do Dia do Nascituro, no último 8 de outubro. Ao centro da tenda a Bíblia, inspiradora cristã da defesa da vida. Ao redor, cartazes e panfletos sobre o evento, chamando as pessoas a refletir sobre a proteção da vida daquele que está para nascer. “A vida é importante. Não interessa se é de uma criança que está para nascer, ou de uma pessoa que está mal no hospital. A vida deve ser defendida a todo custo e sempre”, declarou a dona de casa, Inês Wendrusca. Durante todo o dia as pessoas que passavam eram abordadas pela equipe, que promovia a consciência a favor da vida. Além disso, os ouvintes recebiam vasos

de flores. Begônias, targets, onze horas, beijinho, crista de galo, sálvia, entre outras. As plantas representavam a vida que deve ser preservada em todas as condições, não importando o nome da flor ou a fase de sua vida. Importa que elas fossem às porta-vozes dos apelos em nome da vida. E foi dessa forma que a balconista Lidia Fávero percebeu esse importante ato dos GBR: “Esse evento é importante porque a vida está muita desvalorizada hoje. Mesmo a vida dos empregados. Parece que a gente não vale mais nada. Só vale o quanto a gente produz para o patrão”. Segundo Valério da Costa, um dos coordenadores do evento e dos Grupos Bíblicos de Reflexão, foram distribuídas mais de 2,2 mil plantas, doadas por duas pessoas da comunidade. Cerca de 40 pessoas

Abordagens visaram esclarecer as pessoas sobre a importância de defender a vida desde sua concepção

trabalharam no evento, na abordagem, organização e decoração da tenda.

Nada seria tão importante se não servisse à vida. Para que existe tudo o que há no mundo, se não para servir à vida? Seja das pessoas, seja da natureza, seja para a felicidade. Mas, a felicidade depende da vida

Leonel Carvalho - Mecânico.

Para o voluntário Belmiro, existem grandes motivos que o impulsionam a fazer parte do evento: “Quero promover a vida. Mostrar que nossa Igreja está presente e atuante na comunidade”.

05

Mãe Peregrina em encontro Paroquial

O Encontro Paroquial Imaculada Conceição e Asda Mãe Peregrina do Mo- sunção. O evento teve por objetivimento de Schoenstatt foi realizado no dia 25 de vo a formação de missionáoutubro, na Matriz São rias comprometidas com as Sebastião. Participaram palavras de Maria. Como 43 missionários das comu- diz em João 2,5: “Fazei o nidades Rainha da Paz, que Ele vos disser”. Para Clesi Marli S. HornPerpétuo Socorro e de São burg, “o trabalho em grupo Luís Gonzaga. Esse encontro acontece foi muito bom, todos ficaanualmente, com o objetivo ram envolvidos no livro o de avaliar a caminhada nas dia inteiro, os estudos eram comunidades e preparar os ligados, embora os temas integrantes para a missão. fossem extensos. Deu para Entre os temas estudados, compreender bem a menos dogmas marianos que sagem central dos textos são: a Maternidade Divi- em pouco tempo”. na, a Virgindade Perpétua, Dogma A palavra dogma vem do grego e significa decisão, decreto. Na teologia católica é uma definição clara, precisa e definitiva de uma verdade revelada por Deus. Por isso, não é uma invenção da Igreja, mas simplesmente a formulação inequívoca de verdades pertencentes à Revelação, definidas de tal forma que os fiéis saibam, com certeza, o que se deve crer sem questionar. Os dogmas são definidos mediante uma declaração explícita e solene de um Concílio ou do Santo Padre, o Papa.

Grupo “Unidos em Cristo”

Os fundadores Horácio e Cezarina Tecilla, Maria J. Bassani e Helena Ronchi permanecem ativos há 40 anos. No decorrer desse período, outros casais aderiram ao grupo, como Sebastião e Nirce Cunha, João e Adelaide Fontana, Antonio e Iria Fuzi, Adenor e Itamar Dias e Ivoni Pacher. Inicialmente se reuniam para celebrar a novena de preparação para o Natal e organizavam outras para pedir graças às pessoas que estavam enfermas e nas casas de famílias enlutadas.

Surgiram então os Grupos Bíblicos de Reflexão (GBR), com muita espiritualidade e perseverança. Eles permanecem unidos até hoje, através da oração e ação por meio de gestos concretos. “Queremos louvar a Deus pela firmeza desse grupo e aos demais de nossa comunidade, para que se mantenham firmes no propósito de tornar Jesus mais conhecido e amado”, comentam Belmiro e Teresinha Packer, coordenadores dos GBR da Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz.

Na foto estão os membros do grupo juntos do Pe. Pedro (in memória)


Nossa Igreja

06

Ecce venio Notícias da Igreja

Chamados a sermos discípulos e missionários Dia 18 de outubro, foi celebrado o Dia Mundial das Missões, quando então o Papa Bento XVI fez uma reflexão, dirigida, sobretudo, ao Clero e também a todo o povo cristão, a fim de exortar para reavivarem em si a consciência

do mandato missionário de Cristo para que, “todos os povos se tornem seus discípulos” (Mt 28,19), seguindo as pegadas de São Paulo, o Apóstolo dos Gentios. Nesse dia, em nossa Paróquia São Sebastião,

durante a Santa Missa das 9h, foi realizado um batizado pelo vigário, Pe. Irmundo Stein, scj. Esse fato fez-me lembrar das Palavras de Jesus em Marcos 16,15: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a BoaNova a toda a criatura!

Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.” O sacerdote nos anuncia a Boa-Nova e nos batiza em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, pois segue os ensinamentos de Jesus e o apelo de

nosso Papa Bento XVI, que nos anima e incentiva a seguir em direção ao caminho de Deus, fazendonos discípulos batizados e comprometidos com a Palavra. Por: Regina Maria Xavier de Brito

Catequista, você já se cadastrou? CNBB quer formar um banco de dados com informações da catequese em todos o País A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realiza, neste Ano Catequético, um cadastro geral para os catequistas, que tem por finalidade obter informações concretas do trabalho desta Pastoral em todo o Brasil.

Desta forma, é solicitado que o catequista acesse a página virtual da CNBB (www.cnbb.org.br/catequista) e responda o cadastro com informações mais corretas possíveis. Ao fazer a sua parte, você colabora para formação de um ban-

co de dados da catequese, que pretende dinamizar os trabalhos. Ao acessar o endereço acima, você cai diretamente na ficha de cadastro que vai solicitar seus dados pessoais, como: nome, data de nascimento, escolaridade,

estado de vida, entre outros. Além disso, ele pede informações de sua atuação como catequistas, sua formação e suas alegrias e desafios na pastoral. A partir das informações é possível elaborar projetos com maior aproveitamento,

pois se parte de uma realidade concreta. É importante que você, catequista, faça seu cadastro, na certeza de que está contribuindo para o crescimento do saber catequético em vista de uma catequese que forma para o discipulado.

Pastoral Carcerária Após a veiculação pela mídia de um vídeo, onde mostra alguns presos do Complexo Penitenciário São Pedro de Alcântara e do Presídio de Tijucas, em Florianópolis (SC), sendo espancados, a Pastoral Carcerária do Regional Sul 4 da CNBB (Santa Catarina) emitiu nota de repúdio e indignação pelos fatos mostrados. Assinada pelo coordenador da Pastoral Carcerária do Regional, Pe. Célio Ribeiro, a nota descreve o caso como cenas “absurdas de tortura”. “A Pastoral Carcerária de Santa Catarina vem pedir justiça, mas que a mesma não seja limitada aos agentes prisionais. Em qualquer presídio, há gerente ou diretor responsável. Se não há competência, que os responsáveis, por uma questão ética, sejam imediatamente afastados e responsabilizados. Tortura nunca mais!” Jornada Nacional da Juventude Véspera de feriado com reflexão e oração. Dessa forma caracterizou-se a Jornada Nacional da Juventude, que aconteceu no dia 1º de novembro, no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. Os presentes participaram de palestras, como a do filósofo Mário Sérgio, intitulada “Para não apequenar a vida”, na qual provocou a juventude a fazer mais do que o óbvio. “Nossa vida deve ultrapassar o simples viver. Sempre fazer mais do que se pode fazer”, disse. Uma missa foi presidida pelo arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis, e concelebrada pelo bispo diocesano de Caraguatatuba (SP) e responsável pelo Setor Juventude do Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo), Dom Antônio Carlos Altieri e pelo bispo referencial do Setor Juventude da CNBB, Dom Eduardo Pinheiro da Silva.

Rua: Maria Umbelina da Silva Fone/Fax(47) 3370-0700 www.imoveisemjaragua.com.br


Comunidades

Ecce venio

Jesus Eucarístico é entregue para os pequenos Comunidades celebram com vivas a Primeira Comunhão de suas crianças Os olhinhos ansiosos, as roupinhas brancas e as passadas espevitadas foram a grande marca das celebrações em quatro, das oito

comunidades que integram a Paróquia São Sebastião. Entre o final de outubro e inicio de novembro, mais de 160 crianças puderam rece-

Crianças na Primeira Comunhão da Com. Perpétuo Socorro

ber pela primeira vez o Sacramento da Comunhão. Quem abriu este momento especial foi a Comunidade São Cristovão, no dia 18 de outubro, em Missa celebrada pelo Pe. Paulo Riffel, scj. O vigário destacou a importância da Eucaristia, o seu real sentido. Lembrou que a todo momento, no mundo inteiro, é celebrado o Sacramento da Eucaristia, e que é preciso preparar-se sempre para recebê-lo. Na Comunidade, 67 crianças fizeram a Primeira Comunhão, “o trabalho da catequese neste ano especial foi muito bom. Fizemos quatro encontros com os pais, onde trabalhamos com a Bíblia e o livro dos

07 Garotada recebeu dia especial

Aconteceu na Igreja São Luís Gonzaga, a “Festa das Crianças com Jesus”. O evento, realizado na tarde do dia 11 de outubro, teve início com uma Missa, presidida pelo Pe. Irmundo Stein, scj. Brincadeiras, apresentações de danças e distribuição de doces fizeram a alegria de aproximadamente 60 crianças, acompanhadas dos pais. “Uma tarde abençoada, familiar e com a intercessão de Nossa Senhora Aparecida! Agradecemos às pessoas que nos ajudaram a organizar essa festa e a todos que prestigiaram”, declaram alegres as lideranças do grupo.

Festa do Padroeiro

Sorriso singelo das crianças da Com. Rainha da Paz

catequizandos. Os pais prepararam os encontros em grupos e depois partilharam”, destacou Lori Motta. Na Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz a celebração ocorreu no dia 24 de outubro, e lotou a Igreja. Das mãos do pároco, Pe. Alberto Rodrigues, scj, 62 crianças fizeram sua PriLori Motta

Renovação das Promessas do Batismo na Com. do Rosário

Com. São Cristovão, crianças participam do ofertório

meira Comunhão. Mas não somente isso, elas colaboraram com a parte litúrgica da Santa Missa, fizeram o ofertório, oração da comunidade e uma homenagem a Nossa Senhora. “A primeira comunhão abre para as crianças as portas de um novo olhar para o mundo, um olhar com os olhos de Deus”, explica a coordenadora da catequese, da Comunidade Perpétuo Socorro, Vera Leitzke. Nessa comunidade a Missa foi celebrada no dia 07 de novembro, na qual 25 crianças puderam receber o sacramento. O vigário Pe. Irmundo Rafael Stein, scj, foi quem presidiu a Missa, “com muita alegria, espiritualidade, beleza e simplicidade”, salienta Vera. Cada criança que recebia Jesus Eucarístico era aplaudida de pé por toda comunidade. Durante toda celebração o sacerdote lembrava cada pessoa presente: “Precisamos amar mais Jesus”. E no domingo, dia 08, mais 19 crianças da Igreja Nossa Senhora do Rosário, no Bairro Rio Molha, fizeram sua Primeira Comunhão, sob a celebração do Pe. Paulo Riffel, scj. “Assim como o trigo para ser uma boa farinha, requer muitos cuidados. Nós também precisamos nos preparar para receber Jesus”, lembrou o sacerdote, que ressaltou a importância da Eucaristia.

A Comunidade de São Benedito, no bairro Boa Vista, participou ativamente de uma Missa especial no dia 3 de outubro, presidida pelo vigário Pe. Paulo Riffel, scj. A liturgia foi toda focada no Santo Benedito, padroeiro da Igreja local. Após a Missa, aconteceu uma confraternização entre os participantes. Ainda sobre a comunidade, mais uma informação. Segundo o coordenador, Valério Rincos, o muro de contenção já está sendo feito e em fase de conclusão, para evitar novos deslizamentos de terra, quando há chuva em excesso. Os recursos são Federais e administrados pelo Estado.

Festa do Pastel na Comunidade Rainha da Paz!

Para melhorar ainda mais as obras sociais, a Comunidade Nossa Senhora Rainha da Paz promoveu no dia 17 de outubro, a Festa do Pastel. Logo no início das atividades, ao meio-dia, os organizadores perceberam que o movimento estava cerca de 40% maior do que o esperado. Aumentaram então a disponibilidade dos pastéis, que passaram dos oito mil e 200. A comunidade participou ativamente da festa, que durou até as 22h. Segundo Gelásio, um dos organizadores, mais de 70 voluntários trabalharam para que o evento fosse realizado da melhor maneira possível. Os recursos obtidos serão investidos na climatização da Igreja e na continuação da construção do segundo salão. Colaboração: J.B.Nunes


Ecce venio

Confiantes na missão, lideranças se reúnem para avaliar e organizar a ação pastoral do próximo ano

Paróquia planeja 2010

Durante dois dias, a Paróquia São Sebastião esteve concentrada para discutir e procurar caminhos para ação evangelizadora em 2010. “A Assembléia é de suma importância para o andamento dos trabalhos dentro da Paróquia. É o momento de pararmos e avaliarmos o que deu certo e o que precisa mudar. De darmos nossa opinião e nossa crítica construtiva. É espaço de confraternização e conhecimento mútuo”, explicam as catequistas Regina Brito e Ana Elisa M. Pavanello. Na Assembléia Paroquial, ocorrida nos dias 28 e 29 de outubro, cada comunidade, movimento e pastoral apresentou as dificuldades vivenciadas em 2009, as metas alcançadas e também as propostas para o próximo ano. Entre os maiores problemas estão à falta de voluntários e até lideranças para ampliar a ação pastoral, além da necessidade de proporcionar mais formação, com salas e encontros com esse objetivo. Outra questão levantada foi a integração das pastorais, que em sua maioria não tem contato umas com as outras, o que pode complicar um trabalho de unidade. “A Assembléia foi muito produtiva, trouxe sugestões muito boas, como a formação bíblica para catequistas e também um encontrão com todas as pastorais para que elas possam se conhecer”, comentam as catequistas, Giovana Wroblewski e Margarete Rosa dos Santos. A Assembléia Paroquial foi dividida em dois dias, sendo que no primeiro se conheceu a realidade de cada comunidade, com seus pontos positivos e negativos. Já no segundo dia, entraram em discussão as prioridades e destaques pastorais. Muitos movimentos e pastorais que necessitavam receberam auxílio, como foi diagnosticado pelos membros da Comunidade São Benedito, durante o encontro. Porém ainda há muito para ser feito. “Esperamos aumentar a atuação dentro de nossa comunidade após a realização desta assembleia, já que em momentos como este percebemos que as forças se revigoram e novas ideias nascem”, afirmou a catequista e secretária da Comunidade São Benedito, Cristiane Balduino.

Prioridades e destaques Pastorais Dentro das prioridades estão os Grupos Bíblicos de Reflexão (GBR), que apesar de manterem-se fortes, não conseguiram avançar muito na formação de novos grupos ou envolvimento de pessoas afastadas. Para Solange Souza, do Grupo Bom Pastor (Casais em 2ª União), “esses são os momentos ideais para expor opiniões e também para conhecer melhor os outros setores da Igreja”, explica. Essa troca de informação pode ser muito valiosa. Na Comunidade São Cristóvão, por exemplo, os GBR celebram Missas nas ruas que não tem grupo e passam avisando nas casas.

Isso motiva a participação de novas pessoas. Para 2010, as mesmas prioridades foram mantidas: Pastoral Familiar, da Juventude e Grupos Bíblicos de Reflexão (GBR). Os destaques também permanecem inalterados: Pastoral Social, do Dízimo e Vocacional. O objetivo de não alterar essas metas é simples, como explica Paulo Rogério Braz, da Renovação Carismática Católica: “Apesar dos avanços devemos pegar mais firmes nos pontos que não deram certo. Vamos enfatizar ainda mais nossas prioridades para 2010”. Vida celebrativa em alta Na avaliação geral, as

celebrações e equipes de liturgia da Paróquia estão de parabéns. Houve crescimento de participação nas Missas de pessoas de todas as faixa etárias, inclusive com a presença alegre das crianças e jovens. Mesmo as comunidades apontaram que houve até mesmo flexibilização das equipes, que estiveram abertas às orientações e acompanhamentos. Além disso, as agendas estiveram organizadas e, na medida do possível, todos cumpriram a sua parte. A proposta é dar continuidade e ampliar ainda mais a formação, para que o trabalho possa expandir e atrair cada vez mais fiéis às celebrações.

Ano Catequético Muito bem divulgado dentro da catequese, este Ano especial trouxe um novo ardor e fez nascer ainda mais atividades. Houve exposição dos trabalhos da Pastoral, retiro para catequistas e pregação especial para pais e catequizandos. Tudo isso somou para promoção do Ano Catequético Nacional. Entretanto, a maior parte das pastorais ficou de fora das atividades referentes ao ano, sendo que não puderam conhecer ou somar com esse momento. Além disso, ainda existe falta de catequistas, o que sobrecarrega muitas vezes a equipe existente.

Ecce Venio Novembro  

Jornal da Matriz São Sebastião

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you