Page 1

Venda Proibida Distribuição Gratuita

Franciscanos Capuchinhos

Fraternos Paróquia Santíssima Trindade | Nº 01 | Florianópolis/SC | 2011

FESTA DA SANTÍSSIMA TRINDADE

Tradição, devoção, partilha e fraternidade em um só evento Pág 8


Novena do

Pai Eterno Todas as sextas-feiras, na Igreja Matriz

das 7h até as 19h

Adoração ao Santíssimo Sacramento

19h30

Missa e novena do Pai Eterno

Confissões: das 9h às 12h | das 14h às 20h30


03

Primeira Folha

O que é o amor? Um mês que move dois corações. Que nos faz lembrar de avós tão agraciados como Joaquim e Ana. Que ainda resgata de nossas memórias a vida de dois santos, alicerces de nossa Igreja. Que também é exemplo de devoção e fé, além de espelho de vida através de Santa Paulina. Este mês é julho, 31 dias ricos em graças e amor. Amor este que é lembrado desde o primeiro dia, ao homenagearmos o Sagrado Coração de Jesus. Relembrado, em seguida pelo Imaculado Coração de Maria. E novamente no próximo dia ao depararmos com o imenso sentimento que São Pedro e São Paulo tiveram para construir esta nossa casa sagrada, chamada de Igreja. E os dias vão passando, com Festa de São Bento, celebrações e exposições do Santíssimo Sacramento, Missa e novena do Pai Eterno, de Santo Antônio também e, inclusive de Nossa Senhora do Perpétuo, bem como retiros para estreitar ainda mais os laços de nossos irmãos. Tudo isso em nome do amor, sentimento mais profundo e verdadeiro que herdamos de nosso Pai amado. Este ser tão divino, tão santo e tão presente em nossas vidas. Esta pessoa Uno e Trino que move o maior dos mistérios da vida, mas que basicamente é formado único e exclusivamente por amor. Sentimento chave que nos rodeia, nos faz viver e nos faz humanos de verdade. O que é o amor? É Deus em mim, Deus em você, Deus transbordando em todos nós. Por isso, ame. Não tenha medo de amar. Este é o único excesso que faz bem. Um mês de julho repleto de amor para você, leitor. Deus o abençoe. Paz e bem!

EXPRESSÃO

04

ORDEM CAPUCHINHA

06

AGENTES DA MUDANÇA

13 a 14

COMUNHÃO FRATERNA

16 a 17 DEVOÇÃO

DOAÇÃO

Aqueça alguém neste frio com um simples gesto de caridade

11

ACONTECEU

A emocionante Missa e coroação de Nossa Senhora

16

Festa da Santíssima Trindade é sinônimo de fraternidade e partilha na região

Saiba a força que tem este ato religioso para o futuro do mundo atual

SUCESSO

ARTIGO DO FREI

DE VOLTA A ORIGEM

08 a 10

Jovens participam em peso da Via-Sacra da Juventude

15

DIVERSÃO

Aprenda brincando o valor do dízimo

18

07

Aprenda a caminhar com os olhos fixos em Jesus

05

Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


04

Expressão

Twitter @ayres1000: Escola da Fé e Vida, na Paróquia da Trindade, toda 1ª quarta e quinta-feira de cada mês. Maravilhosa! Venha sentir essa alegria!! http://bit.ly/kOCsX3 Postado no dia 1º de junho @danielvolpato: Homilia do @freicacio pela Ascensão do Senhor ontem, na @trindadefloripa, foi excelente (de novo!): direta, instigante e formativa. Postado no dia 6 de junho @freicacio: Nossa Escola da Fé, sobre Afetividade e Sexualidade, com Pe. Rafael Durán, foi excelente. Mais de 450 lideranças reunidas, durante duas noites. Postado em 8 de abril

Facebook Nynna Souza (Florianópolis/SC): Nossa Senhora é Rainha do meu coração , onde Jesus é Rei e Senhor! Postado no Mural, dia 1º de junho, às 09h35.

Martha Celsa Duarte Oviedo (Assunção/Paraguai): Olá Frei, que bom!! Também aqui em Assunção, Paraguai, estamos nos preparando muito para a Via Crucis Arquidiocesana. UNIDOS EM ORAÇÃO. Paz e bem. Postado como comentário sobre a Via Sacra da Juventude no perfil do pároco, Frei Cácio, no dia 08 de abril, às 10h45. Traduzido livremente do espanhol.

Lucia Helena Morais Addum (Vitória/ES): Linda a coroação de Nossa Senhora, magnífica... Rogai por nós Santa Mãe de Deus... Postado como comentário sobre a Missa de Coroação de Nossa Senhora, no dia 31 de maio, nas fotos publicadas no perfil do Frei Cácio, no dia 31 de maio, às 23h24.

Fraternos Paróquia Santíssima Trindade

Carta do leitor Aqui é o seu espaço, caro leitor. É o meio certo para você manifestar sua opinião sobre as matérias veiculadas nesta revista. É aqui também sua voz acerca dos últimos acontecimentos paroquiais e da Igreja como um todo. Faça valer suas ideias. Escreva para gente! Mande sua opinião para o nosso e-mail: jornalismo@dominuscomunicacao.com ou deixe seu recado na secretaria paroquial. Contamos com a sua participação ativa neste espaço dedicado especialmente para você! Sugestão para você opinar: O que você achou da 154ª edição da Festa da Santíssima Trindade? NÃO SE ESQUEÇA! Coloque sempre no título do e-mail ou recado o nome desta seção: Carta do Leitor

Enquete A partir deste mês, sempre haverá uma perguntinha a ser respondida por você, caro leitor, no site da Paróquia. O intuito será debater questões relacionadas à Igreja e ao mundo nestes dois meios de comunicação: a Revista e a Internet. Nesta edição: Você acredita no poder da devoção?

 Sim  Não  Talvez Acesse nosso site: www.paroquiadatrindade.com e responda!


05

05

Espaço do Frei

Caminhar

Jesus

para frente com os olhos fixos em

Queridos irmãos e irmãs, proponho para a reflexão pessoal o tema: Caminhar. Jesus disse: Eu sou o Caminho, a verdade e a vida. Somos caminhantes na vida, muitos caminham com otimismo, fé e os olhos fixos em Jesus. Outros caminham entristecidos, como que cegos, extremamente preocupados com coisas fúteis e mesquinhas, mais preocupados em cuidar dos erros dos outros, ver os defeitos dos outros do que perceber que todos são cheios de dons, que são irmãos e que são templos onde habita a Santíssima Trindade. Meus irmãos, após a belíssima Festa da Santíssima Trindade vamos retomar nosso caminhar como Igreja Peregrina e Santa, com os olhos fixos em Jesus. Insisto, olhando para Ele nosso caminhar fica mais bonito. Por exemplo, o que Jesus faria aqui no meu lugar, diante de uma dificuldade, de uma tristeza ou alegria? Nosso caminhar é tomar a cruz todo dia, isso consiste em sairmos de nossa “paralisia”. Caminhar, aqui, significa pular dentro do Caminho, que é o próprio Jesus. Qual paralisia eu possuo? Não tenha medo de responder pra ti mesmo, essa pergunta. Dê uma resposta sincera, você merece. Alguns poderão responder: Meu Deus, minha paralisia é que eu trato muito mal os outros, respondo agressivamente, não aceito auxílio, só eu sei fazer isso ou aquilo, ninguém me ama, querem me excluir, chegou agora e já quer mandar... Pois é irmãos e irmãs, vejamos: se eu não sair dessa paralisia nunca vou sair e caminhar com Cristo. Ficarei parado em mim mesmo, estacionado, enferrujado e envenenando o ambiente onde vivo. Saiamos disso, mudemos já! É preciso caminhar para fren-

te, sendo bom, compreensivo, calar quando precisar, comunicar bem... Outro aspecto do Caminhar é o acolher. Acolher o novo, a pessoa que chega. Precisamos abrir nossos braços, melhor, precisamos abrir nossos corações e olhos, bem abertos para acolher com muito carinho, respeito, sem piadinhas a pessoa que chega para rezar, celebrar, trabalhar conosco em nossas pastorais, movimentos, grupos, associações. Acolher com se estivéssemos acolhendo o próprio Jesus. Às vezes, reclamam que não há mais pessoas para ajudar! Mas, aqueles que chegam, estou cativando-os ou repelindo-os com minhas atitudes, palavras, olhares, gestos? Convertamo-nos e prossigamos nossa caminhada, com os olhos fixos em Jesus. Cada um pode encontrar o próprio caminho, se encontrar Aquele que é Palavra e Pão de vida e se deixar guiar pela sua presença amiga. Sem Deus, como podemos enfrentar a peregrinação da existência, quer individualmente quer em comunidade? A Eucaristia é o Sacramento do Deus que não nos deixa sozinhos no caminho, mas se coloca ao nosso lado e nos indica a direção. De fato, não é suficiente ir em frente, é preciso ver para onde se vai! Não é suficiente o “progresso”, se não há critérios de referência. Aliás, ao andar fora do caminho, corre-se o risco de cair num precipício ou, contudo, de se afastar mais rapidamente da meta. Deus criou-nos livres, mas não nos deixou sozinhos: Ele mesmo veio caminhar juntamente conosco, para que a nossa liberdade tenha também o critério para discernir o caminho justo e percorrê-lo. Sigamos em frente!

N@ Rede

Irmã Dulce Em Salvador, 70 mil pessoas assistiram à cerimônia de beatificação de Irmã Dulce. Longe dali, milhares de fiéis em todo o mundo acompanharam a Missa no conforto de suas casas. É a comodidade da internet que chegou até a Arquidiocese de Florianópolis. É claro que a Paróquia da Trindade deu uma mãozinha na divulgação por aqui através do site e das redes sociais. O link das TVs católicas que transmitiam o evento foi postado no Twitter e Facebook. No site, notícias e vídeos informavam os últimos detalhes para a cerimônia e contavam a vida exemplar da Beata Dulce dos Pobres. Quer conferir? Visite nossos espaços de interação na internet!

Informativo interativo Toda semana a Paróquia envia por e-mail e distribui nas celebrações, comunidades e ações paroquiais um informativo semanal. Mas você sabia que esse informativo também fica disponível no site? Toda semana, você, caro internauta, pode acompanhar uma mensagem, os evangelhos diários, os comunicados das atividades paroquiais, um artigo especial e os horários das celebrações. Depois de publicado na página da Paróquia, a notícia é propagada no perfil do Facebook e no Twitter. Fique ligado e compartilhe essa informação!

Conecte-se

Perfil da paróquia no Facebook: Paróquia da Trindade Perfil no Twitter: www.twitter.com/trindadefloripa Site: www.paroquiadatrindade.com

Paz e Bem! Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


06

Nossa Ordem

Freis Capuchinhos comandam em Antônio Carlos Santas Missões

As Santas Missões, realizadas na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Antônio Carlos, foram um sucesso com a presença de seis freis capuchinhos. Eles comandaram o evento, ocorrido do dia 19 de março a 10 de abril. Os fiéis puderam vivenciar momentos intensos de oração, formação e reconciliação. Os freis fizeram várias atividades com o povo antônio-carlense, como pregações, celebrações, con-

fissões e orientações espirituais. As Missões Capuchinhas têm como tripé a Igreja, a Família e o Sacramento da Reconciliação. Os três temas foram muito abordados nestes 22 dias de missões. Com a igreja sempre lotada, os freis marcaram a vida dos presentes. Quem participou do evento teve a oportunidade de aprofundar-se na Palavra de Deus, no amor ao próximo e na evangelização.

Parabéns! Dia 24 de junho, a Paróquia Santíssima Trindade comemorou com Missa e jantar o aniversário do Frei Guilherme. Comunidade e convidados festejaram juntos com o sacerdote seus 80 anos de vida. A celebração festiva, ocorrida às 19h30, foi conduzida pelo Frei Guilherme. A confraternização aconteceu logo após a Missa no salão paroquial. Mais de 100 pessoas vieram prestigiar esta data tão importante. Fraternos Paróquia Santíssima Trindade

Olhar Capuchinho

Em santa unidade É ainda forte o eco da celebração da fundação da 1ª Ordem Franciscana e agora estamos todos voltados para o ano 2012, para dar graças ao Senhor pelos 800 anos da consagração de Clara na Porciúncula. O acontecimento não é uma comemoração de um passado glorioso, mas um evento em que se faz memória, com o intuito de “obter também da história ulterior um impulso para renovar a vontade de servir à Igreja.” Chamadas pelo Espírito a seguir o Cristo pobre, crucificado e ressuscitado, vivendo o santo Evangelho em obediência, sem nada de próprio e em castidade, vós sois guardiãs do carisma clariano, mulheres consagradas que interagem com o mundo, contemplando os sinais que o Espírito semeia e difunde na história. Na escuta de Deus, vós falais ainda hoje ao coração dos homens e das mulheres do nosso tempo com a linguagem do amor, cujas palavras se fundam na raiz da existência habitada por Deus. Estamos convencidos de que o testemunho da “santa unidade” pede hoje uma reflexão sobre o relacionamento entre a Primeira e a Segunda Ordem. Não podemos ignorar que “um só e mesmo Espírito tinha tirado deste mundo tanto os frades como aquelas senhoras pobrezinhas (21)”. Que validade tem esta verdade em nossa vida? Estamos convencidos de que a santa unidade nos permite assumir, na diversidade das vocações, uma profunda plenitude das dimensões da Igreja, que o Concilio define perfeitamente fervorosa na ação e dedicada à contemplação. Queremos sonhar convosco, para que Clara possa ver realizada a Regra na sua totalidade entre as suas filhas. Se a atualidade de Francisco e Clara estão sob o olhar de todos, é porque ainda hoje Deus continua a se comprometer conosco, e particularmente convosco, afim de que a inspiração originária que o Espírito confiou um dia aos nossos fundadores possa tomar forma hoje. Quem sabe qual incidência poderia ter ainda neste tempo o testemunho das Irmãs Pobres de Santa Clara sobre a Igreja e sobre o mundo!... Para o louvor de Cristo. OFMCap

Atenção!

A carta está disponível na íntegra no nosso site: www.paroquiadatrindade.com


07

Ser Cristão

Devoção move montanhas Num mundo onde tudo é descartável, inclusive o amor, ter devoção é acreditar que a fé move montanhas. E quanto mais forte for esta devoção, maiores e melhores serão os frutos adquiridos através dela. Ser devoto transcede as barreiras que existem entre o céu e a terra. Viver em função e a serviço de Deus é um ato de devoção Àquele que nos criou, nos deu vida, nos deu amor. Manifestar nossa gratidão ao Pai é o mínimo que possamos fazer em retribuição a tudo que Ele nos deu e dará. Este ato, íntimo e pessoal com o Senhor, pode ser estendido também aos santos e santas que são exemplos de vida e dedicação para nós, cristãos. Só não se esqueça que há duas formas de devoção: uma única e exclusiva a Santíssima Trindade que é a Adoração e a outra voltada às demais santidades que é a Veneração. Isto porque, conforme as Escritura Sagradas, só podemos adorar o Senhor, já que Ele é e sempre será o nosso único Deus. Porém, para demonstrarmos toda nossa admiração àqueles que foram modelos de filhos e irmãos, por viverem única e exclusivamente para o próximo e para Deus, podemos sim venerá-los e também seguir seus passos. A devoção nos mostra que a maior riqueza que possuímos é Deus. E por isso, nada será superior a grande-

za do Senhor. Não há jóia mais valiosa que ter Ele em nossas vidas. Não há dinheiro que pague a paz interior de tê-lo dentro do nosso coração. Enfim, não há guerra ou disputa por poder que se justifique em nome Dele. Pois, Cristo morreu por nós para nos salvar e não vivermos em confronto constante contra nossos irmãos. Quem é devoto de corpo e alma do Senhor e venera de paixão um santo, como São Francisco, com certeza nunca terá em mente nada maior que Deus e todo o Seu amor. Veja a história dos santos, não há nenhum que não tenha sido devoto fervoroso da Santíssima Trindade. Deste Deus, Uno e Trino que nos abençoa, afaga, ilumina e orienta para o caminho certo da luz. Não faz sentido terem sido santos se suas vidas não fossem dedicadas intensamente ao Senhor. O ícone principal de toda obra divina aqui na terra. De cada ato de caridade e desprendimento; de cada afeição e misericórdia; de cada milagre e bênção; tudo se resume a Ele e só em nome Dele que nossos gloriosos santos e santas conseguiram fazer e acontecer tantos momentos de graças e alegrias nessa terra tomada pelo consumismo instantâneo e demasiado. Mas a devoção de adorar e venerar transforma espinhos em rosas. E não há nada aqui na terra que seja maior que a força de nosso amor, unido, por Deus. Pense nisso...

Veja a história dos santos, não há nenhum que não tenha sido devoto fervoroso da Santíssima Trindade

Ícone de devoção a São Francisco O Tau, uma cruz franciscana, retrata toda a devoção a este santo que dedicou toda sua vida para cuidar das pessoas e servir a Deus. Quem usa este símbolo franciscano compartilha do espírito de pobreza e caridade de São Francisco de Assis. E a exemplo deste santo, passa a viver em função do próximo e do Senhor. Pois, amar a Deus sobre todas as coisas é demonstrar através de ações sociais e humanas todo este sentimento. Ser devoto também é seguir os passos do venerado, neste caso de São Francisco.

Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


08

Especial

Uma edição para ficar marc

Mais que um festejo popular de anos de tradição, a Festa da Santíssima Trindade é, antes de tudo, uma celebração a Deus. Para realizar esta solene comemoração, é necessária a união fraterna dos cristãos e doação geral da comunidade. Este ano, de 10 a 19 de junho, ocorreu a 154ª edição desta festividade. A Paróquia e Paroquianos ajudam na preparação da festa o bairro da Trindade ficaram lotados com a multidão que veio prestigiar estes 10 dias de evento. Não faltou organização e programação para os diferentes públicos da região. As Missas, as atividades e as barraquinhas contagiaram mais de 100 mil pessoas. Até nas celebrações durante a semana, a Paróquia ficou lotada. Para Alessandra Brandão Nascimento, moradora da Trindade, que levou seu filho de 2 anos e meio à festa, resgatar a essência da solenidade é fundamental. “Eu acho que é por ai mesmo, pois aproxima a faFé e felicidade andaram juntas o tempo todo mília e se torna mais tranquilo. Eu lembro que quando eu era pequena a festa era assim e tenho boas lembranças daquela época”, afirma. Esta 154ª edição equilibrou momentos de espiritualidade e de confraternização. A animação esteve presente dentro e fora da igreja. Músicas embalaram as missas e a rua em frente da Paróquia. Sons - como jazz, MPB e forró - fizeram o público dançar e se descontrair o dia todo. Quem prestigiou a festa, pôde conferir o grande número de famílias no local. Vovôs, A união da comunidade pôde ser sentida vovós, pais, mães, filhos e demais parentes desde a primeira celebração curtiram juntos até o fim. Segundo o casal, Luiz Gonzaga de Souza e Ana Maria de Souza Fonseca, que já foram festeiros em 1991, partilhar momentos como esse com os familiares é essencial. Eles contam que este evento houve transformações ao longo dos anos e que hoje está muito melhor. “De uns tempos para cá a Festa da Trindade mudou bastante. Foi feito um departamento cultural que ajudou a organizar e a padronizar a programação”, acrescenta Ana Maria. Emoção e devoção marcam todos os dias do Até pessoas mais antigas da Paróquia notafestejo ram a diferença do festejo, como é o caso de Fraternos Paróquia Santíssima Trindade

Nésia Souza da Silva. “Há 40 anos frequento esta festa. No começo, era uma reunião familiar. Depois, começou a ser uma festa violenta e insegura. Mas agora voltou às origens, graças aos freis”, enfatiza. Ela diz ainda que “antigamente a mentalidade do evento era só lucro e hoje a maior riqueza é a evangelização”. Para a paroquiana, o sentido da festividade está voltando. “E este é o real significado desta festa religiosa”, finaliza. No entanto, a fama de Festa da Laranja ainda é forte na Grande Florianópolis. E mudar esse conceito leva-se tempo, mas o primordial está sendo feito: divulgação e promoção do Padroeiro antes, durante e após evento. Barbara Kons, que desde a década de 60 não perde um ano do festejo, diz que “este ano, principalmente, é a Festa da Santíssima Trindade e da família, pois antes era da cocada, da laranja e da bagunça”. Ela elogiou este resgate histórico, pois, mais que fruta, o maior valor da solenidade é festejar com os irmãos em honra ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.


marcada na história

9

Que laranja que nada. A festa da Santíssima Trindade volta a suas origens de fazer um evento voltado à família e à devoção ao seu Padroeiro

As barraquinhas da festa contaram com a ajuda das pastorais, dos movimentos e das comunidades da Paróquia

Cortejos

No primeiro dia da festa, 10, o comunicador da TV Século 21, Frei Rinaldi Stecanela, OSM, presidiu a Missa da Saúde e presenciou a saída do primeiro cortejo português pelas ruas da Trindade. O bairro universitário parou para acompanhar o tradicional desfile passar. O segundo cortejo saiu no dia seguinte, 11, após a Missa e bênção das famílias, celebração esta realizada pelo Frei José Ferreira da Silva, OFMCap. Já os cortejos imperiais não aconteceram em dias seguidos. O primeiro saiu após a Missa das 10h, do dia 12. Já o segundo se apresentou para o público na noite do dia 17. Enquanto os dois últimos cortejos desfilaram no dia do encerramento da Festa da Santíssima Trindade, dia 19. Um após a Missa das 10h e outro após a celebração das 18h.

As Missas festivas tiveram a participação em peso do público

O casal festeiro deste ano, Gilson e Maria de Lourdes, esteve presente em todos os momentos da festividade Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


10

Especial

Na festa, show de prêmios No salão paroquial, esta ação social deixou muita gente feliz. Todos os dias, brindes foram sorteados para os participantes. Às 14h do dia 19, um show de prêmios lotou as mediações da Paróquia. Foram vendidas cerca de 6,5 mil cartelas. Entre os prêmios, estava um carro Celta 0 km. Veja a seguir os sortudos: 1º prêmio: Micro-ondas Carlos Giovani Moraes – Cartela nº 8243 2º prêmio: Lavadora de roupas Alvino Secco – Cartela nº 14926 3º prêmio: TV LCD 32’’ Escolinha do Amém completa um ano durante a festa

Paulo César da Siva Machado – Cartela nº 13558 4º prêmio: Geladeira Duplex Thaís L. dos Santos Martins – Cartela nº 11199 5º prêmio: Celta 0 km Fernando Braga – Cartela nº 14774

Tradição das massas Barraquinha dos artigos religiosos teve um cantinho especial no evento

Tradição e fé são palavras chaves desta barraquinha

Fraternos Paróquia Santíssima Trindade

Entre as barraquinhas da festa, a das massas das promessas merece uma atenção especial. De origem portuguesa, esta tradição veio junto com os colonizadores, no século XIX. Ela é uma forma de oferta ao Espírito Santo por graças alcançadas ou pedidos de graças. Além da Festa do Divino, esta barraquinha se faz presente também na Festa da Santíssima Trindade, desde a primeira edição. As massas são feitas em formato de corpo humano, pois principalmente pessoas com problemas de saúde costumam fazer este tipo de promessa. No entanto, ela pode ser

comprada para benefício próprio ou de outrem. Por estar ligada mais à devoção, este ano a Pastoral Litúrgica assumiu a frente desta barraca. A coordenadora desta pastoral, Karla Santos Colombi, disse que há uma boa participação do público nesta crença popular. “O povo nativo da Ilha tem uma tradição muito forte por esta devoção”, enfatiza. As massas foram vendidas por um valor simbólico, pois, conforme Karla, todo dinheiro arrecadado será revertido em obras sociais. “Assim como a rainha fazia antigamente ao oferecer pão aos pobres”, finaliza.


Trindade Social

11

Vamos aquecer mais pessoas carentes neste inverno?

A Campanha de Cobertores de Corpus Christi continua. É que o frio veio para ficar até o final do inverno. Há muitas pessoas que precisam de nossa ajuda para não sofrerem com as baixas temperaturas deste ano. As doações, que começaram no início de junho, já ajuda-

ram muita gente. Mas existe ainda um grande percentual de necessitados. E ajuda nunca é demais, não é mesmo? É claro que além de cobertores você pode colaborar com agasalhos e vestimentas bem quentinhas. Toda ajuda é válida. O importante é saber doar com responsabilidade.

Como faço para doar? - É muito simples, basta pegar no seu armário aquela manta ou cobertor que há tempos não é utilizado. Além disso, roupas e calçados que são esquecidos no fundo do guarda-roupa. - Mesmo que sejam peças usadas, não doe-as sujas ou rasgadas. Pense em doar como se você que fosse usá-las. - A entrega das doações podem ser feitas na secretaria paroquial, nas Missas da Matriz ou na própria Ação Social.

Atenção!

A Paróquia necessita de vestimentas masculinas para serem doadas. Há poucas doações deste gênero.

Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


12

Trindade Social

Entrega além da entrega Na primeira quinta-feira de cada mês, a Ação Social faz a entrega das cestas básicas para as famílias cadastradas no programa. Atualmente, 25 grupos familiares são aparados por esta iniciativa paroquial. Os participantes não ganham apenas mantimentos, eles recebem também acompanhamento sócio-familiar. E no dia da entrega, é realizada uma formação, com palestrantes que enfatizam questões sobre saúde, direitos e família. Além disso, algumas mães frequentam aulas na oficina criativa, para incentivar a terem um rendimento familiar a mais.

Auxílio de emergência

Quem esteja passando por um período de dificuldade financeira pode procurar a Ação Social. Ela ajudará com auxílio alimentação, durante algum tempo, e na inserção dos desempregados ao mercado de trabalho. Mais informações, ligue para (48) 3025-6772, ramal 7.

Clube da Experiência realiza Tarde do Avesso e Festa Junina

As sete coordenadoras do Clube da Experiência da Paróquia lançaram um desafio aos membros do grupo com um encontro diferente no dia 31 de maio: a Tarde do Avesso. Neste evento, as 84 participantes assumiram as responsabilidades da coordenação e foram muito bem. “Foi maravilhoso, extremamente gratificante”, conta orgulhosa Melânia Maria Magdalena Kunrath, uma das coordenadoras. O encontro foi repleto de surpresas. Só recepcionaram a coordenação quando tudo já estava preparado. Flores, mesas, guardanapos, lanche, tudo feito com carinho para retribuir aqueles que com tanto amor se doam pelo Clube. A festa junina também foi um momento de muita alegria.

Vale lembrar!

O Clube da Experiência se reúne na primeira e terceira terça-feira do mês, entre as 14h e 17h30, no Salão Paroquial. O grupo, que em setembro comemora 19 anos de existência, é composto por voluntários e tem como missão a valorização da Terceira Idade. Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


13

Agentes da Mudança

O poder do Coração O

amor está na moda. E o Sagrado Coração de Jesus nos ajuda a entender a força de quem Lhe é devoto, assim como os membros do Apostolado da Oração (A.O.). As guerras e os conflitos mais importantes da história tiveram presente a força e o amor deste coração sagrado. Ele tem o poder de sanar a dor e fazer o povo seguir em frente, com ânimo e determinação. Hoje, com a banalização de sentimentos como o amor e as constantes disputas políticas e religiosas nos quatro cantos da Terra, a devoção ao Coração do Senhor se faz necessária. Quando os homens perceberem que o poder do amor divino faz restaurar as mazelas que rodeiam o Reino de Deus, Fraternos – O A.O. nasceu do Sagrado Coração de Jesus. Então que dizer que este movimento é um sinal vivo da presença de Deus? Jucelir – Sim, com certeza. Ele toca muito o coração de nós devotos, inclusive transformou minha vida. Eu, por exemplo, antes não era muito assídua na Igreja, não tinha ânimo e nem vontade de me dedicar mais as obras de Deus. Depois que entrei no Apostolado da Oração fiquei com força e ânimo para seguir em frente, de fazer mais e até deixar minhas coisas em casa para estar aqui ajudando os demais. Isso, sem dúvidas, é prova da presença de Deus. F – O que representa ser devoto do Sagrado Coração de Jesus para você? J – Um amor tão forte por Deus que me faz fazer tudo, cansada ou não, para demonstrar todo carinho e agradecimento que sinto por Ele. Faço tudo com muito amor e fico feliz por isso. F – Quais os pilares que sustentam este movimento? J – A força, o amor, a caridade, a compreensão, a devoção e claro muita oração são os pilares que sustentam o Apostolado da Oração. F – Quais ações sociais são desenvolvidas por vocês? J – Nós fazemos artesanato, toda quinta, para o Fatri (Feira de Artesanato da Trindade) que acontece sempre em novembro. O valor arrecadado é revertido para as atividades e os trabalhos desenvolvidos pelo Apostolado. Além disso, confeccionamos enxovais e peças em crochê para serem doados às crianças carentes da região.

certamente terão um grande trunfo nas mãos. Não haverá armas ou bombas capazes de combater a força deste elo. E é neste caminho de devoção e veneração ao Sagrado Coração de Jesus que percorrem os membros do Apostolado da Oração. Acreditar no amor do coração é a essência deste movimento que há séculos dedicam-se de corpo e alma a rezar e ajudar na construção de um mundo melhor. Para você, caro leitor, compreender a imensidão deste amor ao Sagrado Coração de Jesus, leia abaixo a entrevista feita com a presidente do A.O. da Pároquia Santíssima Trindade, Jucelir Nunes.

F- Ao todo, quantas pessoas participam? J – Mais de 160 pessoas, porém participam ativamente umas 60 pessoas. O Apostolado é aberto para todas as idades e para homens também. Porém, hoje temos poucas crianças e adolescentes no grupo e só quatro homens. F – Por que a A.O. atrai tantos devotos? J – Porque o poder que tem o Sagrado Coração de Jesus é muito forte. Faz as pessoas se rederem a esta força divina. É um sentimento inexplicável que faz a gente se apaixonar cada vez mais. F – O que é preciso fazer para ser um membro? J – Precisa, antes de qualquer coisa, demonstrar interesse em ajudar e amar o Sagrado Coração de Jesus. Toda a primeira sexta-feira do mês, a partir das 18h30, tem a Santa Missa, seguida de nossa reunião. A pessoa tem que participar desta celebração e de nosso encontro. E também de eventos futuros do movimento. Ou basta procurar um de nossos membros nas Missas. A gente sempre usa uma fita azul-marinho no corpo. F – Quais os benefícios deste imenso amor para a vida dos membros do Apostolado? J – Você começa a entender a força que tem a oração, pois através dela a gente adquire virtudes e princípios para o equilíbrio funcional e espiritual por amor à Igreja. Aqui as pessoas passam a dar valor às coisas, deixam de viver no seu mundinho fechado, ficam felizes em ajudar e dão sentido as suas vidas. Só vindo, vendo e vivenciando de perto para entender com exatidão as transformações e os benefícios adquiridos em nome deste sentimento, chamado amor. Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


14

Agentes da Mudança

Pastoral da Pessoa Idosa

capacita novos líderes

A Pastoral da Pessoa Idosa (PPI) realizou, nos dias 14 e 15 de maio, a 5ª Capacitação de Líderes para “Acompanhamento domiciliar à Pessoa Idosa”. O evento contou com a participação de 13 voluntários das diversas comunidades da Paróquia Santíssima Trindade. Para fechar com chave de ouro a capacitação, Frei Cácio celebrou a Missa de Envio, a qual motivou os participantes a exercerem esta missão com muito amor e dedicação. O Envio é o momento de apresentação dos novos líderes à comunidade que, abençoados, iluminados e fortalecidos pela PALAVRA de Deus, serão enviados a trabalhar nesta missão em defesa da vida.

Festa junina reúne agentes de pastoral Um importante momento de confraternização e alegria. A festa junina, realizada em 2 de julho, uniu agentes de pastorais e suas famílias num lindo momento de unidade paroquial. A ideia do evento surgiu quando a Catequese promoveu o encontro entre catequistas, catequizandos e famílias. A iniciativa inspirou o Frei Itamar que realizou a primeira edição. Com o Frei Cácio, a festa ganhou força e está em sua terceira edição. A festa possibilita que os familiares dos agentes pastorais se conheçam melhor. “É um meio de conhecer a família de quem sempre convive com a gente nas mais diversas pastorais, movimentos e serviços”, afirma Regina Schmitz, coordenadora do Conselho Pastoral Paroquial (CPP).

Coração e partilha

Como é o olhar de Deus sobre o Dízimo?

É gratificante ver crianças e jovens na igreja oferecendo a Deus o Dízimo do melhor tempo de suas vidas. No entanto, há pessoas que somente quando aparecem as dores da velhice é que começam a participar. Estão oferecendo a Deus o resto do seu tempo de vida. Nesta perspectiva, valeria uma reflexão profunda também sobre o Domingo, pois muitas pessoas não vivem este Dia do Senhor. Deus pede o “Dízimo do tempo”. Então Deus quer o Dízimo de tudo? Isso mesmo. Deus quer o Dízimo da vida, do tempo, dos nossos pensamentos, conhecimentos, palavras, sentimentos, influências, talentos... O sonho Fraternos Paróquia Santíssima Trindade

de Deus está em Atos 2,42: Os cristãos tinham tudo em comum e não havia necessitados entre eles. Enquanto não formos capazes de colocar tudo em comum, Deus pede que coloquemos em comum, pelo menos, um Dízimo. Dízimo é bíblico, místico, conversão, participação. É assumir a responsabilidade de cada um. Dízimo não é dinheiro, dinheiro é uma consequência. Senão, vejamos: eu estava com fome e me deste de comer, estava doente e cuidou de mim, estive preso e fostes me visitar: é solidariedade e participação. Quantas vezes fomos a um hospital visitar um doente? Quantas vezes recebe-

mos um estrangeiro, o que vem de outros locais? Quanto custa fazer isto? Dízimo é partilha, divisão. Não há necessidade de vender o que temos, mas dar uma parte disso. Ao repartir os cinco pães, Deus quis nos mostrar que com pouco podemos fazer muito. A Igreja é uma comunidade, nós fazemos parte dela. Ela é como uma construção e nós os operários. Cada um assenta seu tijolo, seja 10% ou 1%. Um dizimista consciente muda sua visão de igreja. Conheça e participe das obras de Deus, que são muitas, e veja que o Dízimo não é só dinheiro e sim servir ao Senhor. Paz e Bem!


15

Girando

Jufra espera por você A Jufra - Juventude Fransciscana, recomeçou a mil na Paróquia Santíssima Trindade. Há vaga para você também partilhar deste grande movimento paroquial. Para ser um jufrista precisa apenas ser presença ativa na comunidade e ter a caridade e a humildade como aliadas. É claro que possuir admiração por São Francisco de Assis é fundamental. Aliás, ele é o santo que mais atrai os jovens, pelas ações e ensinamentos que este fez em vida. A juventude que faz parte da Jufra passa a ser exemplo para o mundo, pois esta escola espiritual prepara seus integrantes para vida dentro e fora da Igreja, onde serão servos de Deus e seguidores de São Francisco de Assis. Os jufristas não têm medo de demonstrar amor em suas atitudes. Nem de anunciar aos quatro cantos quem é Jesus Cristo. Com alegria e diversão, compartilham de valores cristãos e momentos de devoção para, no futuro, serem modelos de homens e mulheres na terra. Está para nascer o jovem que, ao participar das reuniões, não fique fascinado com toda a obra franciscana e passe a viver melhor ao lado de São Francisco no caminho de Deus, Pai. Não fique fora dessa venha ser feliz plenamente hoje! Interessados, entre em contato com a secretaria paroquial pelo telefone (48) 3025-6772 ou por e-mail secretaria@paroquiadatrindade.com. Ou venha direto em um dos encontros da Jufra que são realizados todos os domingos, às 19h30. Participe!

Juventude carismática prepara 22º Kairós

Os jovens da Renovação Carismática Católica já estão a postos para a 22ª edição do Kairós da Juventude, a ser realizado no dia 17 de julho, na Paróquia de Antônio Carlos. O evento já virou tradição entre os membros de Grupos de Jovens de todas as comarcas. Esse ano, conta com um diferencial: será apenas um dia de Kairós e a entrada, gratuita. O tema será o mesmo da Jornada Mundial da Juventude deste ano: “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé”. O pregador convidado é Juninho, da Missão Ide (SP). As opções foram tomadas para tornar a edição mais especial, como uma preparação para o Encontro Regional de Jovens do movimento que acontecerá em novembro, na cidade de Itajaí. São esperadas mais de cinco mil pessoas de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Para mais informações, acesse: www.rccarquifloripa.com

JUFRA ANOS

40

A Juventude Franciscana (Jufra) no Brasil comemora em outubro 40 anos de existência. Nos dias 21, 22 e 23 de julho, haverá o Encontro Celebrativo em Guaratinguetá, no estado de São Paulo. Fica o convite para os jufristas da Paróquia marcarem presença neste grande evento.

Via-Sacra da Juventude A juventude participou em peso da via-sacra promovida pela Paróquia Santíssima Trindade na Semana Santa. Cerca de 300 jovens tiveram presentes no evento ocorrido dia 16 de abril. A Missa foi inspiradora para todos os participantes. Após a celebração, a via-sacra foi realizada dentro da Matriz. Os jovens levaram a cruz na frente de cada estação. Na 15ª estação, que é a da ressurreição do Senhor, todos pararam e rezaram diante da cruz franciscana de São Damião. A imagem foi posta no chão, sobre panos vermelhos e com lamparinas nas chaga de Jesus. Este momento sublime de silêncio e oração emocionou os presentes que lembraram do mais forte e puro amor daquele que morreu na cruz para nos salvar: Jesus Cristo.

Jornada Diocesana da Juventude

A Arquidiocese de Florianópolis convida os jovens para participar da Jornada Diocesana da Juventude. Esta é oportunidade dos grupos celebrarem juntos todo amor que sentem a Jesus Cristo, nosso Senhor. Portanto, sua participação é fundamental para unificação da fé e do amor. Venha fazer parte desta jornada. Local: Centro de Evangelização Angelino Rosa (CEAR), de Govenador Celso Ramos Data: 28 de agosto de 2011 | Horários: 8h30 às 18h Tema da jornada: “Enraizados e edificados na fé em Cristo” (CL 2,7) Almoço: cada grupo é livre de trazer o seu almoço. Informações com o Pe. Josemar Silva pelo telefone: (47) 3365-1884 ou e-mail: pejossilva@hotmail.com Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


16

Comunhão Fraterna

HORÁRIO DE MISSAS:

Agende-se

- Matriz - Trindade: de terça a sexta, às 19h30; sábado, às 18h; domingo, às 8h, 10h, 18h e 20h - São Bento - Itacorubi: sábado, 19h30; domingo, 8h e na primeira sexta do mês, missa da saúde, às 15h - Puríssimo Coração de Maria - Jd. Anchieta: sábado, a partir das 18h - São José - Serrinha: sábado, às 19h30 - Nossa Sra de Guadalupe - M. do Quilombo: domingo, a partir das 9h30 - Santo Agostinho - Pantanal: domingo, às 19h30 - Nossa Sra. Aparecida - M. da Penitenciária: domingo, a partir das 8h30 - São Francisco de Assis - Poção: terceira quarta-feira do mês, às 20h - Templo Ecumênico - UFSC: sextas-feiras, às 12h15 - Hospital Universitário - HU: Missa da Saúde, as quartas-feiras, a partir das 15h - ACOJAR - Santa Mônica: última terça-feira do mês, às 20h

16/07

Expediente paroquial: - de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h45 - sábado, das 8h às 15h30 - domingo, informe-se nas Missas

Batizados, na Matriz, às 15h30

18/07

Recesso da catequese

26/07

Bingão do Clube da Experiência, no salão paroquial, a partir das 14h

29/07

Doação de roupas, calçados e cobertores, na Igreja Matriz, das 14h até as 16h

1/08

Reinício dos encontros da catequese

3 e 4/08

Aconteceu Catequizandos da Paróquia coroam imagem de Nossa Senhora A catequese paroquial se fez presente na Missa de coroação de Nossa Senhora, realizada no dia 31 de maio. Mais de 100 catequizandos coroaram a imagem da santa com a Igreja Matriz lotada. Muitas pessoas tiveram que assistir de pé a celebração. O mais interessante foi ver a presença massiva dos pais e familiares neste evento. Frei Cácio presidiu a celebração, que contou com algumas crianças vestidas de anjinhos. Quem esteve presente viveu fortes emoções e pode usufruir de um lindo espetáculo para os olhos e para o coração. As imagens de Nossa Senhora do Guadalupe, Puríssimo Coração de Maria e Nossa Senhora Aparecida, padroeiras de três comunidades da Paróquia, fizeram parte da Missa. Mas foi a imagem de Nossa Senhora das Graças que recebeu a coroa das mãos dos catequizandos. Momentos como esse, únicos e repletos de fé e devoção, que mostram a força da unidade cristã. Fraternos Paróquia Santíssima Trindade

Escola da Fé e Vida, no salão paroquial, às 19h30, com o tema: Amor Exigente

5 a 7/08

Estágio Vocacional em Ponta Grossa/PR

11/08

Formação para catequistas, no Centro Pastoral, às 19h30

14 a 20/08

Semana da Família (programação no site e no informativo semanal)

24/08

Formação Geral sobre Liturgia para MECE’s, músicos, leitores e Acólitos, às 20h, no Centro Pastoral

27/08

Visita da imagem de Santo Agostinho, na Matriz, às 18h

31/08

Missa do primeiro ano da Dedicação da Igreja Matriz, às 19h30


17 Próximos eventos paroquiais A Paróquia faz um convite para você, leitor, para festejar em agosto dois grandes eventos: Festa do Puríssimo Coração de Maria e Festa de Santo Agostinho. Confira a seguir a programação.

Festa do Puríssimo Coração de Maria 18/08 - 20h 1º dia do tríduo - Missa na Com. Puríssimo Coração de Maria, Jardim Anchieta - Córrego Grande 19/08 - 20h 2º dia do tríduo - Missa e procissão luminosa, pelas ruas do Jardim Anchieta - Córrego Grande 20/08 - 20h 3º dia do tríduo - Missa e coroação de Nossa Senhora, na Com. Puríssimo Coração de Maria, Jardim Anchieta - Córrego Grande 21/08 - 10h Santa Missa

Festa de Santo Agostinho 6/08 - 20h Sorteio de prêmios, no salão da Com. Santo Agostinho, às 20h 7/08 - 19h30 1º dia do tríduo - Missa na Com. Santo Agostinho, bairro Pantanal 14/08 - 19h30 2º dia do tríduo - Missa na Com. Santo Agostinho, bairro Pantanal

21/08 - 19h30 3º dia do tríduo - Missa na Com. Santo Agostinho, bairro Pantanal 27/08 - 18h Visita da imagem de Santo Agostinho na Matriz 28/08 - 9h30 Santa Missa. Após, almoço festivo e diversões

Casamento Comunitário

Agosto, mês vocacional

Está aberto até o dia 10 de julho as inscrições gratuitas para os interessados em participar do Casamento Comunitário. A celebração tem data prevista para dia 20 de agosto, às 15h, na Matriz. Não há restrições para se inscrever, apenas que um dos noivos seja católico. Os passos necessários para efetivação do processo são: cópia da certidão de nascimento e batismo atualizados; curso de noivos; entrevista (na própria paróquia); nome de pelo menos dois padrinhos; proclamas (publicação do nome dos noivos).

Durante todo o mês de agosto, de segunda a sexta, você está convidado a rezar o terço pelas vocações franciscana capuchinhas. Confira o cronograma abaixo:

A Paróquia realiza curso de noivos de forma personalizada. Saiba mais pelo telefone: (48) 3025-6772 ramal 4

1º, 8, 22 e 29/08 - 19h30 Oração do Terço, na Matriz e na São Bento. Resp.: RCC 2 a 5/08 - 19h Oração do Terço, na Cap. do Santíssimo - Matriz. Resp.: Apostolado da Oração 9 a 12/08 - 19h Oração do Terço, na Cap. do Santíssimo - Matriz. Resp.: MECE’s 15/08 - 19h Oração do Terço, na Matriz e na São Bento. Resp.: RCC

16 a 19/08 -19h Oração do Terço, na Cap. do Santíssimo - Matriz. Resp.: Past. Familiar 23 a 26/08 - 19h Oração do Terço, na Cap. do Santíssimo - Matriz. Resp.: Past. Vocacional 30/08 - 19h Oração do Terço, na Cap. do Santíssimo - Matriz. Resp.: Missionárias e Zeladoras de Capelinhas 31/08 - 19h Oração do Terço, na Cap. do Santíssimo - Matriz. Resp.: CPP Fraternos Paróquia Santíssima Trindade


18

Cantinho da Catequese

Aprenda brincando Preencha as lacunas de acordo com as frases abaixo: 1.

________ é uma oferta de amor a Deus e ao próximo (6 LETRAS)

2.

Aquele que nos criou se chama _____ (4 LETRAS)

3.

Nós cristãos temos que ter um encontro _________ com o Senhor (6 LETRAS)

4.

Precisamos ter _______ pelos ensinamentos de Jesus Cristo (4 LETRAS)

5.

São Francisco nos ensina a ser ___________ (9 LETRAS)

6.

O maior dos sentimentos é o _______ (4 LETRAS)

7.

A _______ é um dos caminhos que nos faz se aproximar da Santíssima Trindade (6 LETRAS)

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7.

Jesus Cristo e São Francisco precisam da sua ajuda. E para ajudá-los é muito simples. Basta escrever ou desenhar sobre a importância do diziminho para a comunidade cristã. Ajude a divulgar este ato lindo de amor. Os melhores trabalhos estarão na próxima edição da revista. Participe! Você pode entregar sua obra diretamente na secretaria paroquial ou com a catequista.

5.

C

Respostas:

1. D Í Z I M O

E N E D O R

U T L O R A

Ç S I O S

Ã

O S

O

O

M

Fraternos Paróquia Santíssima Trindade

2. 3. 4. R A 7.

Expresse através das cores todo o seu amor por Aquele que morreu na cruz por nós: Jesus Cristo, nosso Salvador

Faça parte da Revista

A 6.

Pinte e Borde


Congregação para o Clero Sessenta horas de Adoração Eucarística

Por ocasião do sexagésimo aniversário de Ordenação Sacerdotal do Santo Padre, a Congregação para o Clero fez um pedido, especialmente aos sacerdotes, para que em todas as circunscrições eclesiásticas se ofereça “sessenta horas de Adoração Eucarística” continuadas pela santificação do clero e para obter de Deus o dom de novas e santas vocações sacerdotais.


20

“A

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2011

FRATERNIDADE E A VIDA NO PLANETA

CRIAÇÃO GEME EM

DORES DE PARTO” (RM 8,22)

PENSE NISSO...

PARÓQUIA SANTÍSSIMA TRINDADE Florianópolis/SC

Praça Santos Dumont, nº 94 5151 – Trindade Fone: (48) 3025-6772 – www.paroquiadatrindade.com Fraternos Santíssima CEP Paróquia 88036-680 – Cx.Trindade Postal

Revista Julho  

Revista mês de julho

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you