Issuu on Google+

Informativo do Colégio Dom Bosco de Araxá • www.domboscoaraxa.com.br • Edição nº 21 - Janeiro/Fevereiro 2012

Volta às aulas! Durante as férias, alguns alunos e educadores costumam vir ao Colégio Dom Bosco. O comentário é que estavam aflitos para chegar fevereiro a fim de voltar às aulas. ‘Estou cansado de férias’, diz um pequeno. Ver o colégio vazio é bem triste. Falta vida, falta alegria, falta gente. Voltando, os alunos verão o colégio arrumadinho com mais alunos e novos educadores. Isto é muito bom. Professores empolgados com o desafio de implantar novos projetos, alunos sedentos por novidades. Vamos reiniciar com força total. Sentiremos Dom Bosco presente no nosso meio. Vai ser um estímulo para viver bem, com muita saúde e alegria. A expectativa para 2012 é muito grande: as salas de aula, a biblioteca, o laboratório, as quadras, o espiribol, o parquinho, o

campo de futebol, a piscina, esperam pelos alunos. Neste ano o Colégio Dom Bosco está adquirindo lousas interativas, um recurso multimídia criado para que os professores tornem as aulas mais dinâmicas e interessantes. Vai facilitar a aprendizagem. Os alunos conheceram dois jovens professores que vão trabalhar no colégio esse ano. São eles Gutielles, professor de matemática, e Luis Gustavo, professor de biologia. Eles querem ser Salesianos. Vão conviver com a Comunidade Salesiana a fim de conhecer mais a Congregação de Dom Bosco. Estarão à disposição dos alunos que precisarem de reforço escolar gratuito. “Eu não quero outra coisa dos jovens senão que sejam bons e estejam sempre alegres.” Dom Bosco

FRATERNIDADE E SAÚDE Com o Tema "Fraternidade e saúde pública" e o Lema "Que a saúde se difunda sobre a terra!" (Cf. Eclo, 38,8), a Campanha da Fraternidade de 2012 procura. promover ampla discussão sobre a realidade da saúde no Brasil e das políticas públicas da área. O Colégio Dom Bosco, como escola católica, vai estudar e trabalhar com muito empenho nesta campanha. Alguns grupos de alunos já fazem um lindo trabalho neste sentido. É só ampliar. Professores e alunos podem estudar vários problemas e soluções da saúde pública de modo integrado. Para isto é necessário fazer um bom planejamento com muita criatividade e animação.

Novidades: o que o colégio preparou para este ano pág.2

Entrevista: Márcia Balieiro pág 3

Estação Meteorológica Dom Bosco pág. 4


2

Novidades O ano letivo de 2012 começou logo após a festa de Dom Bosco, nosso patrono. Ele vai nos seguir durante todo o ano. O emprenho Salesiano neste ano é conhecer mais Dom Bosco a fim de imitálo. Como fazer? Descubram. O primeiro número do Dom Bosco & Você sai no início do ano letivo para ajudar os alunos a descobrir tudo que há de novo na escola. Pena que a chuva exagerada não permitiu fazer tudo que era necessário.

COORDENADORA PEDAGÓGICA PASTORAL P a t r í c i a Te o d o r o M a r q u e s , coordenadora do Infantil e Fundamental I, está iniciando seu serviço com muito entusiasmo. Quer dar continuidade ao ótimo trabalho da Maria Rosa no Colégio Dom Bosco. Competência é o que não lhe falta, aliada com muita simpatia. Alunos, educadores e pais torcem por ela.

COLÉGIO INVESTE NA COMUNICAÇÃO Atento ao dinamismo do mercado e consciente da importância da comunicação, o Colégio Dom Bosco contratou a jornalista e ex-aluna, Isabella Lima. Ela é responsável pela atualização das notícias no site, produção de publicações institucionais, como o Informativo Dom Bosco & Você e pela divulgação do colégio.

A proposta dos educadores no início do ano letivo foi fazer uma boa acolhida aos alunos. Aconteceu. Todos os alunos começam o ano com muito entusiasmo. A responsável pela comunicação e marketing no Colégio Dom Bosco é a ex-aluna Isabella, que está substituindo Leonardo. A c o m u n i c a ç ã o é d e responsabilidade de todos os educadores e educandos, Isabella coordena tudo. A entrevistada do mês é a professora Márcia, figura muito especial, como todos poderão ver. Boa leitura!

Expediente Dom Bosco & Você é uma publicação bimestral do Colégio Dom Bosco de Araxá. Av. Imbiara, 130, Centro. (34) 3662-3368 www.domboscoaraxa.com.br Responsável: Pe Hélio C. da Silva Redação: Maria Leonete e Patrícia Teodoro Revisão: Edmeire, Profª Joana D’arc e Lindalva Projeto e editoração: Isabella Lima Fotografias: Assessoria de Comunicação Impressão: Gráfica Santa Adélia Distribuição: Ellenutia Marques

Kátia, Patrícia Teodoro, Milena e Isabella

QUEM CANTA SEUS MALES ESPANTA! Desde o ano passado o Colégio Dom Bosco incluiu aulas de música no currículo do Ensino Infantil e Fundamental I. O objetivo não é formar músicos, mas desenvolver a criatividade, a sensibilidade e a integração dos alunos. A professora Kátia é quem assume as aulas de música nesse novo ano letivo. Com sua linda voz, Kátia é vocalista da banda católica Evangelis e professora de música há anos.

ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL Este ano vamos contar com o trabalho de uma profissional da área da Orientação Educacional, que estará diretamente ligada aos alunos, ajudando-os em seu desenvolvimento pessoal, em parceria com os professores. A Orientadora Educacional Milena tem o compromisso com a formação permanente do aluno no que diz respeito a valores, atitudes, emoções, e sentimentos, sempre discutindo, analisando e criticando. A palavra Orientadora já diz tudo: ela ouve, dialoga e dá orientações.

NOVOS COLABORADORES Para enriquecer ainda mais a equipe de educadores do Colégio Dom Bosco, buscamos profissionais que enriqueçam os alunos. Em 2012 contamos com o trabalho e a dedicação das professoras Silésia Borges e Patrícia Batista (Fund I), Daniel Barcelos (Ens. Médio), Ulisses Ferreira (Ed. Física), Mariano Angelo (manutenção), Patrícia Aparecida (serviços gerais) e Elvis Gonçalves (poliesportivo). CONCURSO DOS POSTAIS Mariane e Thamiris do 9º ano de 2011 participaram do concurso dos postais com este Dom Bosco especial. Junto da imagem estava uma frase do santo. “Em todo jovem, mesmo no mais infeliz, há um ponto acessível ao bem e a primeira obrigação do educador é buscar esse ponto, essa corda sensível do coração, e tirar bom proveito.” Foram mais de 100 postais criados pelos alunos.


3

Entrevista

MÁRCIA ALVES BALIEIRO, casada, mãe de 2 filhos, nasceu em Araxá. É formada em Pedagogia, com especialização em Supervisão Escolar, Gestão Ambiental e Biodiversidade. Fez Pedagogia Empresarial pela UFU e especialização em Ensino Religioso pelo Instituto Pio XI em São Paulo. É professora de Ensino Religioso e Artes, desde a década de 90. É também coordenadora do programa da Prefeitura Casa do Pequeno Jardineiro e do Projeto Salvo do Colégio Dom Bosco. A alegria é a tônica da sua vida. DBV: Márcia, como era sua vida de menina em casa e na escola? Márcia: Sempre fui muito tranquila, a filha e aluna que todo pai e professor gostaria de ter consigo (é o que sempre escutei deles). Na escola estava sempre na primeira carteira, tinha os cadernos mais enfeitados e caprichados, participava de todas as atividades, mas não fui uma boa atleta. Em casa tive boneca de pano (que ainda guardo) feita pela minha avó, brinquei descalça na rua, roubei muita manga do pé, apanhei pelas travessuras que fiz, beijei muito papai e mamãe. Ah! Sim, sempre fui a primeira a chegar à porta da igreja pra poder ajudar. Adorava ser a “queridinha” dos meus irmãos mais velhos. Uma das coisas que mais gostava era acampar aonde meu pai trabalhava, a gente brincava o dia todo na beira do rio e à tardezinha ouvia meu pai conversar com os pássaros, ele assobiava e cada pássaro respondia a ele através de seu som, era incrível. DBV: Márcia, pela sua idade

você já poderia ter algumas rugas no rosto. Por que não tem? Márcia: Só a pergunta já me faz rir. Acho que é isso: rir é tudo na vida. Acho que rir é tônico para amenizar os sinais que teimam em aparecer. Mas rugas, as tenho sim, só que estão disfarçadas no meio do riso. Elas estão aqui e contam a história do que já vivi. DBV: Márcia, pelas especializações que você tem deduz-se que foi sempre muito dedicada aos estudos. É verdade? Márcia: Houve momentos na minha vida em que os estudos não foram a minha maior dedicação, reconheço, mas gosto de aprender e me descobrir capaz de ir além. Se me proponho a fazer algo gosto de me preparar e sinto que a melhor maneira de fazê-lo bem é buscando meios para me qualificar e crescer no aprendizado e nos estudos. Não sei tudo, mas não gosto de não saber, então não dá para ficar para trás, não é? D B V: O p r o j e t o P E Q U E N O JARDINEIRO é um sucesso em Araxá. Fale um pouco sobre este seu empreendimento. Márcia: Foi um grande desafio criar o programa haja vista que, até então, minha experiência era exclusivamente em sala de aula. Em meio a muito estudo, pesquisa e trabalho nasceu a “Casa do Pequeno Jardineiro”, um espaço de educação ambiental voltado ao aprendizado de adolescentes para a jardinagem. Descobri o prazer de trabalhar em meio à natureza, zelar e aprender com ela. Todos os anos cerca de 80 adolescentes de ambos os sexos buscam uma oportunidade de trabalho, é gratificante ver que eles encontram meios para desenvolver habilidades profissionais e até mesmo educacionais dentro da área, pois muitos buscam, posteriormente, cursos que complementem seus aprendizados ali.

DBV: Outro sucesso é o projeto dos alunos voluntários nas casas de saúde. Conte para nós como vocês fazem. Márcia: Caracterizados de palhaços, levamos a alegria ao ambiente hospitalar e de internação. Fazemos do riso a porta de entrada para aliviar as dores da alma, nos despojamos dos nossos PREconceitos em nome da diversão e tudo se transforma numa grande brincadeira. A humanização reduz o estresse hospitalar e é capaz de auxiliar até a recuperação de pacientes, pois experimentamos a alegria como fator potencializador da vida. Cantamos, contamos histórias, brincamos com os pacientes, mas o maior presente ganhamos nós: somos contagiados por tudo isso. DBV: Quando alguém pensa em festa seu nome é o primeiro da lista. Por quê? Márcia: Há uma dualidade na pergunta sem dúvida, mas espero que seja porque meus amigos são generosos comigo, me querem bem, pelo prazer da minha companhia e que a minha presença seja um presente. DBV: Márcia, a partir de sua vida, o que você sugere para seus admiradores? Márcia: Busquem o prazer em tudo o que forem fazer para que a vida fique mais bonita, mais gratificante, mais proveitosa. Da vida levamos nossas conquistas, mas, sobretudo guardamos aqueles que nos são preciosos. Tudo passa, tem coisas que passam mais depressa que desejamos, mas o mais importante são aqueles que permanecem pra sempre conosco em nossos corações.

Recomeçar

Recomeçar, começar de novo, r e i n i c i a r, r e t o r n a r. . . p a l a v r a s sinônimas, palavras ligadas tanto ao medo quanto à esperança. Medo do novo, do que está por vir, das dificuldades, das derrotas, medo do desconhecido. Ao mesmo tempo, palavras ligadas à esperança. Esperança de dias melhores, de conquistas, realizações

aprendizados, oportunidades e crescimento. Mas o que importa mesmo é saber que recomeçar é ter uma nova oportunidade para ser mais feliz. Então...recomece em um lugar, recomece com um gesto, com uma palavra, com um abraço... Patrícia Teodoro Coordenadora Pegagócica


4

Acontece Projeto Antibullying

Biblioteca

A biblioteca funciona das 7h às 11h e das 13h às 17h. O prazo de empréstimo é de cinco dias úteis e será cobrada multa diária de R$0,50 do usuário que não devolver o material na data marcada. Periódicos, dicionários, enciclopédias, mapas e livros de pesquisa são de uso dentro da biblioteca. Hoje temos em média 8700 aquisições, computadores disponíveis, revistas e jornais, além dos serviços de xerox e impressão. A biblioteca realiza o projeto Corrida Literária, para incentivar e conscientizar sobre a importância da leitura entre os alunos. Todo mês, três leitores têm o nome divulgado no site do colégio e no Dom Bosco & Você e recomendam para os colegas livros que gostaram.

É através de ações eficientes que buscaremos solucionar problemas relacionados com bullying ambiente escolar. O envolvimento de toda a comunidade escolar é um forte aliado na construção de um ambiente sadio onde todos se sintam acolhidos, respeitados e amados. A partir deste princípio, o Projeto “Digo SIM à VIDA. Bullying, tô fora!” do Colégio Dom Bosco visa: - detectar os possíveis casos de

bullying e buscar soluções para eliminar do contexto escolar todos os tipos de violência (psicológicas, verbais, físicas); - motivar os alunos e todos os envolvidos com o processo educativo a criarem um espaço onde todos, sem exceção, sintam-se respeitados e acolhidos; - proporcionar o cultivo de valores morais, sociais, éticos e espirituais entre os alunos e todos os envolvidos como a educação.

Os cinco mandamentos de uma sala amiga 1. Sala unida não tem bullying. 2. Trate todos como você gostaria de ser tratado. 3. Não deixe que ninguém ofenda você ou seu colega. 4. Você é uma pessoa e merece respeito. 5. Bullying não é brincadeira.

Estação Meteorológica Dom Bosco Você sabe o quê é um Galo dos Ventos? Na Estação Meteorológica do Colégio Dom Bosco nós temos um. O Galo dos Ventos é um catavento que combina uma figura de Galo (peça de metal móvel) e uma Rosa dos Ventos simplificada. A Rosa dos Ventos é utilizada para indicar as quatro direções fundamentais (as intermediárias também) ao redor de nosso horizonte, ou seja, os pontos cardeais: norte, sul, leste e oeste. O Galo, impulsionado pelo vento, indica a direção dos ventos

A Matriz de São Domingos está quase pronta. Que bom!

predominantes incidentes naquele instante. O Galo dos Ventos é encontrado principalmente no alto de igrejas, torres de sino e torres de vigia desde o inicio da Idade Média até os tempos atuais. O Galo, desde os tempos ancestrais, é conhecido como o profeta do tempo e acreditavam os antigos que seu canto afugentava os maus espíritos e as calamidades. Você sabe quais outras informações podemos tirar da Estação Meteorológica? Fique de olho, em breve voltaremos ao assunto.

“Sou um grande admirador de São João Bosco, jamais me esqueço de uma frase sua, quando participava de um grupo de jovens e que me chamou atenção: ‘Prometi a Deus que até o meu último respiro dedicaria aos jovens’. Hoje é uma grande alegria fazer parte da equipe salesiana de educação.” José Antônio, educador de apoio. Funcionário do Colégio Dom Bosco há seis anos.

Vai Acontecer FEVEREIRO - dia 6 a 9 Reunião de Pais e Educadores - dia 6 a 10 Avaliações Diagnósticas - dia 17 Comemoração do Carnaval - dia 23 Abertura da Campanha da Fraternidade 2012

MARÇO - dia 17 Simulado 9º ano e E.M


Dom Bosco & Você