Issuu on Google+

10/2012

WWW.DOGSOFPORTUGAL.COM EVENTOS Em Setembro participámos pela primeira vez no Banco Alimentar Animal no fim-de-semana de 29 e 30 de Setembro. Esta é uma campanha nacional organizada pela plataforma Animalife e que envolve várias associações animais. No mesmo fim-de-semana cada associação esteve presente no Continente da sua área de actuação a promover a associação, as suas actividades e necessidades e a recolher donativos em géneros: comida para cão e gato foram as mais oferecidas e também as mais necessárias, mas também produtos de limpeza, coleiras e trelas!

O GRC ACONSELHA:

UM SEGUNDO CÃO - ESCOLHA E APRESENTAÇÃO A natureza dos cães é viverem em grupo (matilhas) sejam eles compostos só por caninos ou por caninos e humanos, situação que particularmente nos interessa e que exige dos donos um papel primordial, na escolha, apresentação e adaptação do novo membro do grupo. A experiência no terreno tem-nos ensinado que cada caso é um caso e deve ser visto e avaliado como tal. Assim, se não é possível prever como um cão irá reagir à chegada do seu novo parceiro, situação que costuma deixar os candidatos ao segundo cão bastante ansiosos e preocupados, é possível minimizar o risco de tal opção, sendo nesta perspectiva que abordaremos o tema, com o intuito de o ajudar na escolha do seu “segundo” cão. A escolha do segundo cão deve ter em conta o animal já existente e as suas características comportamentais e

morfológicas e ainda a idade e o sexo, sendo as hipóteses de adaptação a um novo companheiro muito mais favoráveis quando se tem um cão “equilibrado”. As necessidades a nível de actividade e exercício devem ser preferencialmente semelhantes. É importante garantir a actividade, exercício e descanso que cada um deles necessita. Estas diferenças serão mais facilmente ultrapassadas caso exista um espaço onde os cães se possam exercitar de acordo com as suas necessidades, ao contrário, assumirão maior importância se estivermos a falar na vida em cidade e apartamento.

O porte, ou melhor a diferença entre ambos, merecerá igualmente alguma atenção. As brincadeiras entre um “chihuahua” e um “dog alemão” podem ser difíceis de gerir e, mesmo com as melhores das intenções, podem acabar por se magoar. Aconselha-se assim portes equilibrados na idade adulta, não se devendo entender a diferença de tamanho como razão para não se optar por um cachorro quando já exista um cão adulto. Idade e sexo são também aspectos relevantes a ter em conta. Introduzir um novo cão adulto será por norma mais complicado do que optar por um cachorro, sendo que no caso deste o sexo do mesmo terá menos relevância. Tratando-se de dois animais adultos a escolha recai em sexos opostos. Caso se possua um cão idoso a opção para segundo cão deverá recair num animal adulto. A paciência, energia e disponibilidade física de um cão idoso poderá ser incompatível com as de um cachorro. Para apresentação do novo membro deverá ter em conta o já referido no artigo do “GRC / Nova Família e Casa do meu Cão” (NL 07.2012) aproveitando o passeio, em “território neutro”, para iniciar a apresentação do novo animal. Território, comida e brinquedos, são por norma potenciais geradores de conflitos, pelo que deverão merecer especial atenção por parte dos donos. A coerência, bom senso e assertividade farão o resto, devendo o dono durante o período de adaptação estar atento ao comportamento dos animais e, se necessário, adaptar o seu de modo a ocupar sempre o lugar de líder.


VOLUNTARIADO Em Setembro contámos com a presença de muitos voluntários... Foi um mês ocupado pela positiva! Acolhemos duas voluntárias da Dinamarca e dois voluntários da Alemanha (os mesmos que há seis meses adoptaram a Dolly através do DOP). Quando chegaram foi-lhes dada uma lista de tarefas com cães a passear, cães em necessidade de socialização, cães que precisariam de um bom banho e limpeza de ouvidos e trabalharam de forma incansável, o que nos ajudou e muito!

Mas também contámos com a presença de voluntários portugueses que todos os Sábados nos vieram ajudar nas mais variadas tarefas: organização de medicamentos na farmácia DOP, os últimos arranjos na zona de treino do GRC – Grupo de Reabilitação Canina e até mesmo com alguns banhos! A todos eles o nosso muito obrigado pela sua participação e ajuda valiosa! A todos os que nos lêem fica aqui o convite: seja por um dia, uma semana ou um mês, os voluntários serão sempre bemvindos e são sempre necessários para ajudar o dia-a-dia dos cães no abrigo do Cantinho da Milu!

WWW.DOGSOFPORTUGAL.COM DOGSOFPORTUGAL.WORDPRESS.COM DOGSOFPORTUGAL@GMAIL.COM PESQUISE “DOGS OF PORTUGAL” NOS GRUPOS WWW.YOUTUBE.COM/DOGSOFPORTUGAL

ADOPTADOS Durante o mês de Setembro foram adoptados 20 animais! Os sortudos foram: Betinho, Bond (agora Martini), Boris e Almond, Chanel (agora Merle), Debbie (agora Mona Lisa), Fira, (agora Kira) Gida, Goya, Gucci (agora Barry), Jonas, Laica, Lu (agora Rocky), Marisa (agora Tilda), Nestlé (agora Milo), Orka (agora Hope), Pete (agora Da Vinci), Snow (agora Trina), Tico e Versace (agora Wesley). Se adoptou um cão ou um gato através do DOP, envie-nos notícias!


Newsletter 10-2012 PT