Page 1

Gazeta :::::centro norte :::::

g oianésia - GO - JUNHO DE 2012

junior Baiano comanda Santa Helena a 07

Goianésia sedia Programa intercâmaras a 08

saneago aceita firmar Termo de Conduta

DiVuLgação/gcn

a 04

DiVuLgação/gcn

Marconi entrega cartões do Bolsa Futuro Com o objetivo de qualificar 500 mil goianos até 2014, o Governo de Goiás já começou a entrega dos primeiros cartões do Bolsa Futuro, considerado o maior programa de qualificação profissional do Brasil.

a 03

Projeto ajuda a quem ajuda Iniciativa do presidente da Câmara de Goianésia beneficia entidades filantrópicas não governamentais. Através de convênio entidades recebem recursos financeiros do Poder público para desenvolvimento de suas atividades.

Briga Boa jaLLes X giLBerto

Eleições em Goianésia promete ser acirrada. Gilberto Naves decidiu disputar a reeleição e oposição escolheu Jalles Fontoura demonstrando que vai brigar para voltar ao comando da prefeitura da maior cidade do norte goiano B 01

a 08

PoLicia

DiVuLgação/gcn

Comércio pode fechar aos sábados a 02

DiVuLgação/gcn

Presos acusados de distribuir drogas em Barro Alto e Goianésia a 04

comenda do Fundador Sessão solene promovida pela Câmara Municipal de Goianésia para a entrega de títulos de cidadania e outras honrarias, com momento marcante para a entrega da medalha Laurentino Martins Rodrigues, feita esse ano com a presença de quatro filhos do saudoso fundador de Goianésia.

a 03


A 02

Geral

gazeta centro norte junHo De 2012

Anglo American apresenta exemplos de Barro Alto na Rio+20

Empresa apresentou projetos desenvolvidos no município com o apoio de ONGs e levou duas representantes da cidade para participar de debate DiVuLgação/gcn

ascoM Anglo American

A

Anglo American participou do Fórum de Sustentabilidade Empresarial na Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável realizada na cidade do Rio de Janeiro. O presidente da Unidade de Negócio Níquel, Walter De Simoni, foi palestrante convidado para a sessão especial organizada pelo Instituto Internacional para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (IIED) em conjunto com o International Council on Mining and Metals (ICMM), na PUC-Rio. O debate sobre os avanços e desafios da sustentabilidade no mercado de mineração nos últimos 10 anos apontou a experiência de fortalecimento institucional dos conselhos e da gestão pública em Barro Alto como referência mundial do setor. A experiência foi apresentada em conjunto com o diretor da ONG Agenda Pública, Sergio Andrade. A organização atua desde 2009 em Barro Alto com o objetivo de fortalecer a capa-

Walter De simoni, Ben Peachey, aristides, sergio andrade, sueide, ricardo ribeiro, juliana rehfeld e ozana cidade do governo e dos conselhos municipais. Os dois executivos falaram sobre o trabalho de fortalecimento institucional e mudança de cultura política desenvolvido pela Agenda Pública com o apoio da mineradora. Duas representantes do município de Barro Alto viajaram até o Rio de Janeiro a convite da Anglo American para participar dessa sessão no evento paralelo ao Rio+20. Ozana Aparecida Teixeira,

presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, e Sueide Ferreira de Farias Silva, uma das jovens lideranças do município, estavam na platéia e puderam contribuir com o debate. Já no período da tarde, no Windsor Barra Hotel, na Barra da Tijuca, os presidentes da Anglo American no Brasil falaram sobre a importância de parcerias com entidades sérias para o desenvolvimento sustentável das

regiões onde a empresa atua, em um painel específico da Rio+20 intitulado “Parcerias para o Crescimento Sustentável”. Walter De Simoni levou para o painel exemplos de ações bem-sucedidas desenvolvidas em Barro Alto com a Care Brasil e a Fauna & Flora International. As representantes das organizações também tiveram a oportunidade de expor o trabalho realizado no município. A Care e a FFI, ambas referências em seus campos de atuação, já são parceiras da Anglo American desde 2004 e 2008, respectivamente. A FFI, a mais antiga entidade internacional de conservação da natureza, fundada em 1903 e presente em mais de 40 países, tem auxiliado a multinacional na preservação e gestão da biodiversidade nas áreas onde atua. Já a Care, uma das maiores organizações não-governamentais de ajuda humanitária e combate à pobreza no mundo, atuante em 84 nações, trabalha junto à empresa, principalmente, na implementação de projetos de empreendedorismo e inclusão social.

sobre o trabalho da agenda Pública em Barro alto Desde 2009, a Agenda Pública atua em Barro Alto para apoiar a implantação de políticas públicas estruturadas e capazes de oferecer respostas aos problemas e desafios do município. A atuação também tem como finalidade desenvolver capacidade do município de articular as oportunidades

de desenvolvimento, aproveitando os benefícios gerados pela planta industrial da Anglo American. A organização, que é apoiada pela mineradora, tem sede em São Paulo e Brasília e atua em 5 estados brasileiros apoiando os governos na melhoria da gestão de políticas públicas e na

qualificação das instâncias de controle e participação social. Entre as ações desenvolvidas em Barro Alto está a criação da Escola de Governo e Cidadania, única do gênero em municípios do porte de Barro Alto. A escola já ofereceu mais de 20 cursos e trabalha com uma proposta pedagógica diferenciada

baseada em experiências práticas. Também foram realizados os planejamentos estratégicos e setoriais das várias secretarias municipais, além da implantação do primeiro site da prefeitura (www.barroalto.go.gov. br) e da criação de um boletim impresso que circula na cidade, distribuído pela prefeitura.

auMentaM PeDiDos De FaLência

serasa mostra crescimento do número de pedidos de falência DiVuLgação/gcn

O número de pedidos de falência voltou a crescer em maio. Segundo a Serasa Experian, os pedidos passaram de 165 em abril para 203 em maio. Esse foi o maior número já registrado para o mês desde maio de 2009, quando foram efetuados 255 requerimentos. Segundo os dados, em maio do ano passado foram feitos 168 pedidos de falência. Dos 203 requerimentos de falência, 105 foram de micro e pequenas empresas, 67 de médias e 31 de grandes. De acordo com os economistas da Serasa, o baixo crescimento econômico, as incertezas globais e o impacto gradual das medidas de estímulo ao consumo estão ampliando as pressões sobre a cobrança de débitos empresariais, gerando maior volume de falências requeridas. “ Vale ressaltar que esse aumento das falências requeridas em relação às decretadas e às

eXPeDiente

consumidor gasta pouco e provoca sufoco na indústria e no comércio recuperações judiciais requeridas caracteriza a sua utilização como instrumento de cobrança ”, informa, em nota, a Serasa. Os dados mostram ainda

que as recuperações judiciais requeridas também evoluíram chegando a 82. Esse foi o maior número para o mês de maio desde a edição da

nova Lei de Falências, há sete anos. Em abril foram registrados 57 requerimentos e, em maio do ano passado, 51. (ascom/serasa)

DiVuLgação/gcn

Paulo Luis mostra disposição da cDL em debater questão de fechamento de comércio aos sábados

CDL debate fechamento do comércio aos sábados Grupo de associados propõe encerramento de atividades no comércio de Goianésia, aos sábados, às 14h. Proposta é polêmica e já provoca divergências entre comerciantes. Dezenas de lojistas associados a Câmara dos Dirigentes Lojistas- CDL , mantiveram contatos recentemente com o presidente da entidade, Paulo Luis, e também com outros membros da diretoria, manifestando o desejo de que as lojas comerciais de Goianésia adotem horário de funcionamento especifico aos sábados, com fechamento de expediente comercial às 14 horas. A proposta, de acordo com o presidente da CDL, Paulo Luis, foi levada ao conhecimento de toda a diretoria em reunião plenária, que por sua vez decidiu discutir o assunto com todos os associados e demais interessados na questão. Para discutir o assunto já foram realizadas algumas reuniões com representantes de vários segmentos comerciais, evidenciando a polêmica desta proposta, pois da mesma forma que dezenas de comerciantes são favoráveis ao fechamento do comércio aos sábados, outras dezenas já se manifestaram contrários a proposta. Para o comerciante, Emival Martins, deve-se debater

de forma profunda a questão, pois o comércio goianesiense tem uma tradição em manter as portas abertas aos sábados, e alguns inclusive aos domingos, para atender os trabalhadores das usinas e de outros segmentos do agronegócio, que a exemplo dos moradores da zona rural, teriam os sábados e domingos para fazerem suas compras. Outros comerciantes, no entanto alegam que da forma que atualmente acontece o expediente comercial, acaba sacrificando não apenas os comerciantes como também os comerciários. Emival Martins defende o debate profundo da questão e uma consulta aos consumidores sobre essa proposta. Enquanto comerciantes buscam discutir entre eles o assunto, o que se lamenta é que os comerciários, também parte interessada na questão, não conseguem manifestar posição, até porque não existe nenhum sindicato ou associação que represente a classe, evidenciando a premente necessidade de que algum comerciário com espírito de liderança, tome a iniciativa de buscar a união entre eles ou até mesmo propor a fundação de uma associação que possa representá-los nos assuntos de interesse classista. (Da redação gcn)

Receita Federal libera consulta ao primeiro lote de restituição A Receita Federal liberou a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda declarado neste ano. Ao todo, 1,844 milhão de contribuintes -a maioria idosos- receberão R$ 2,4 bilhões na restituição. No mesmo lote, outros R$ 100 milhões serão pagos referentes a lotes residuais de 2008, 2009, 2010 e 2011. Somados a esses contribuintes, a Receita irá liberar 1.885.524 declarações e R$ 2,5 bilhões -o maior valor da história. A consulta poderá ser feita pelo site da Receita Federal ou pelo Receitafone (146). O dinheiro será depositado na conta informada na declaração. Caso não seja creditado, o contribuinte pode procurar qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a central de atendimento da Receita, nos telefones 4004-0001 (nas capitais) ou 0800-729-0001 (nas demais cidades). Deficientes auditivos devem ligar para 0800-729-0088. O dinheiro ficará disponível para retirada durante um ano. Se a restituição não for resgatada nesse período, o contribuinte terá que fazer o pedido pela internet, ou

diretamente no e-Cac (centro virtual de atendimento ao contribuinte). cHecageM Da DecLaração O contribuinte que não estiver no lote, mas fizer a consulta pelo site da Receita, poderá checar a situação da sua declaração deste ano. Em caso de problemas, é possível saber o que precisará ser corrigido com uma declaração retificadora. O acesso aos dados pode ser feito pelo sistema e-CAC. Todas as declarações entregues até o dia 30 de abril já estão disponíveis no sistema. Para documentos que não apresentarem problemas, aparecerá a mensagem "em processamento" - o que significa que a declaração já passou pela análise e não caiu na malha fina. Se houver algum problema, aparecerá a expressão "com pendências". O próprio programa e-CAC apontará as divergências, que deverão ser corrigidas por meio de uma declaração retificadora. Para acertar as falhas, é preciso enviar uma declaração retificadora com os dados corrigidos. (central de noticias)

GAZETA CENTRO NORTE é uma publicação de responsabilidade da agência MASTER PUBLICIDADE E MARKETING LTDA – inscrita no CNPJ sob o n. 01.695.984/0001-35

JORNALISTA RESPONSÁVEL Orivaldo José de Jesus – DRT/GO 1816 Diretor Responsável

DEPARTAMENTO COMERCIAL Nathália Gonçalves

WWW.GAZETACENTRONORTE.COM.BR |

PROJETO GRÁFICO: Dóda Design www.dodadiagramador.com.br

CONTATO escritório administrativo na Rua 19 n. 282 – Bairro Carrilho – Goianésia/Go. 62 8574 2021

E-mail: contato@gazetacentronor te.com.br | orivaldodejesus@hotmail.com


Geral

gazeta centro norte juNHo DE 2012

A 03

Governador Marconi Perillo entrega cartões do Bolsa Futuro

Lailsom Damásio / Governadoria

Governador resgata compromisso de campanha

C

om o objetivo de qualificar 500 mil goianos até 2014, o Governo de Goiás, através da Secretaria de Ciência e Tecnologia, já começou a entrega dos primeiros cartões do Bolsa Futuro, programa de qualificação profissional. Em solenidade realizada no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia, 52 alunos matriculados representando os 52 municípios que terão unidades de qualificação receberam os primeiros cartões. Coube a um beneficiário de Goianésia receber simbolicamente o cartão em nome de todos os beneficiados da 1ª. etapa deste programa, João Batista de Sousa, de 33 anos, mais conhecido em Goianésia por Dener Rafael, que representando todos os alunos, discursou e enfatizou que o programa é uma oportunidade para a realização de um sonho. Do total de 500 mil vagas até 2014, 200 mil serão oferecidas com incentivo financeiro mensal de R$ 75 para goianos de baixa renda, que são integrantes de famílias beneficiárias do Renda Cidadã, Bolsa

Família e com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa. Nesta modalidade, para este ano, estão sendo oferecidas 50 mil vagas; em 2013, serão 75 mil e, em 2014, outras 75 mil. Além dessas, são oferecidas mais 300 mil vagas para alunos sem o incentivo financeiro, assim distribuídas: 100 mil em 2012; outras 100 mil em 2013 e mais 100 mil em 2014. Em seu discurso, na tribuna da solenidade oficial, Dener Rafael destacou que o Bolsa Futuro é uma oportunidade para se qualificar e se preparar melhor para o mercado de trabalho. “Surgiu em ótima hora, porque a gente tem família para cuidar. A gente percebe que o mundo gira e se a gente não se qualificar, fica para trás”. Dener Rafael tem dois filhos e mora de aluguel em Goianésia. Além de fazer o curso de vendas, também se inscreveu para o curso de encanador. O secretário de Ciência e Tecnologia, Mauro Faiad, destaca que o Bolsa Futuro vai preparar até 2014, de forma gratuita e com recursos do tesouro estadual, os goianos

para o mercado de trabalho abrindo portas para bons empregos e bons salários. “Mais que para o mercado de trabalho, estamos preparando nossos cidadãos para a sociedade do conhecimento. Cabe ao nosso estado enfrentar com êxito o desafio de tornar sua economia baseada no conhecimento, capaz de garantir mais e melhores empregos e com grande coesão social. Ações como Bolsa Futuro permitirão que Goiás se transforme no primeiro estado plenamente desenvolvido do Centro-Oeste brasileiro”. Para implantar a modalidade de qualificação profissional com o incentivo financeiro, a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectec) está concluindo a implantação de 60 unidades do Bolsa Futuro em 52 municípios, em todas as regiões do Estado. Os cursos serão ministrados por 1,5 mil professores e os laboratórios estão sendo equipados com 2 mil computadores com acesso à internet. No total, a execução do programa envolverá 4 mil profissionais de diferentes áreas.

Marconi Perillo cumprimenta o beneficiário Dener Rafael, de Goianésia

Valéria Perilo entrega cartão a beneficiário do Bolsa Futuro, observadas pelo vice governador José Eliton

Nordeste Goiano

Marconi Perillo

Concede benefícios para fortalecer a cadeia produtora de leite

Marconi Perillo e José Eliton, durante visita de vistoria em obras de rodovia

Perillo autoriza obras e benefícios Em Campos Belos, a primeira cidade visitada, o governador destinou R$ 300 mil para reforma de três escolas estaduais no município. As escolas ganharam ainda equipamentos para banda musical e kits de higiene pessoal. Acompanhado do vice-governador José Eliton, e do secretário da Educação, Thiago Peixoto, Marconi autorizou ordens de serviço para reconstrução de 120 mil m² de asfalto urbano de Campos Belos e pavimentação de outros 100 mil metros, com recursos do programa Rodovida Urbano. O governador também anunciou a construção de um Centro de Educação Infantil (CEI) para 100 crianças, dentro do projeto Criança Cidadã, uma parceria entre a OVG e a Agetop. Ao todo serão in-

num total de

189

quilômetros ao custo de R$

31,8 milhões.

vestidos R$ 230 mil, sendo R$ 100 mil da OVG e R$ 130 mil da Agehab. Ao saudar o governador, o prefeito Neudemar Sardinha afirmou que Marconi tem tido um carinho especial com o Nordeste. “O governador nunca veio aqui de mãos

abanando”, disse o prefeito, ao defender parcerias entre Estado e Prefeitura, para garantia de obras e benefícios à população. O olhar especial do Governo de Goiás para o Nordeste Goiano faz parte de uma ação administrativa, comandada pessoalmente pelo governador, cujo foco principal é eliminar as disparidades regionais de desenvolvimento. Além de Iaciara, Campos Belos e Posse, que fazem parte da agenda de hoje, outros municípios que compõem a Região Nordeste também já receberam ou estão recebendo obras do governo em algum de seus setores básicos, como rodovias, vias urbanas, redes de esgoto, reforma de escolas, redes de energia elétrica, sistema de tratamento de água, internet banda larga e

programas sociais. Segundo Marconi, o governo destina grandes investimentos para a infraestrutura de transportes do Nordeste goiano. O Rodovida Urbano, por exemplo, atende no momento a 11 municípios da região. Estão sendo recuperados ou asfaltados 793 mil m² de ruas, a um custo de R$ 6,2 milhões. Dentre as obras da Agetop, estão a pavimentação das GOs 112 (Iaciara/Nova Roma) e 446 (Iaciara/Posse), num total de 101 quilômetros de asfalto novo, ao custo de R$ 35,5 milhões. O órgão também está reconstruindo três rodovias: GO-118 (divisa DF/GO/ São João D’Aliança), GO-112 (Simolândia/Iaciara) e GO-346 (BR-020/Cabeceiras), num total de 189 quilômetros ao custo de R$ 31,8 milhões.

Durante evento em que o Governo do Estado recebeu, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), doação de 50 mil litros de leite do Sindicato das Indústrias de Lacticínios no Estado de Goiás (Sindileite), para repassar a instituições de caridade, o governador Marconi Perillo anunciou novos incentivos fiscais para a cadeia produtora de leite no Estado. Com intuito de prestigiar os produtores do Estado, que convivem com uma intensa concorrência fiscal gerada por Minas Gerais e São Paulo – estados em que, além da produção ser em maior escala, os incentivos são maiores –, o governador encaminhou à Assembleia Legislativa projeto de lei que concede 7% de crédito outorgado à indústria leiteira, e 9% de crédito outorgado à indústria produtora do leite longa vida. O evento aconteceu no Salão Gercina Borges, do Palácio das Esmeraldas. “Tenho alegria de poder anunciar, mais um benefício para a cadeia produtiva do leite. Ao longo deste governo, recebi várias vezes representantes do setor que vieram solicitar medidas contra a guerra fiscal engendrada por Minas Gerais e São Paulo contra nossos produtos. Em Minas, por exemplo, o imposto é praticamente negativo, e eles não necessitam desse imposto para pagar suas contas. Eles têm outras atividades industriais, minerais. Então, podem praticar uma guerra fiscal dura contra o segmento lácteo de Goiás”, explicou. Marconi reconheceu a importância do setor leiteiro para o Estado e disse que não pode-

ria mais permitir que os produtores goianos concorressem de forma desleal com os outros estados. “Pedi ao secretário Simão Cirineu, da Fazenda, que buscasse uma medida que fosse justa, que garantisse competitividade, e que devolvesse ao produtor de leite condições mínimas para continuar crescendo, produzindo e gerando empregos. Este é um setor que gera muitos empregos, milhares de empregos, que possui 65 mil produtores, e não podia ficar mais à mercê de uma política fiscal mais agressiva. Essa atividade existe em todos os municípios do Estado, e mais de 220 mil pessoas são empregadas pela cadeia do leite. Então, era necessário uma atitude”, disse. Marconi disse também que essa decisão, aliada aos incentivos fiscais do Estado, é ainda mais avançada do que o que lhe foi solicitado pelo Sindileite. “Foi a medida certa que encontramos para garantir competitividade, geração de empregos e atração de novos investimentos industriais. Essa medida talvez mais do que zere o ICMS em Goiás”, ressaltou. Ele agradeceu ao Sindileite pela doação dos 50 mil litros de leite que serão repassados a instituições de caridade cadastradas na OVG. É a terceira vez que o Sindileite faz doações. “Quero agradecer a todas as indústrias pela doação de 50 mil litros de leite a entidades que trabalham com pessoas carentes no nosso Estado. Tenho certeza de que a OVG saberá dar um destino absolutamente justo e correto a essas doações que vocês nos trazem”, afirmou. Lailsom Damásio / Governadoria

Autoridades fazem um brinde ao leite produzido em Goiás


A 04

Cidade

gazeta centro norte juNHo DE 2012

Acordo pode definir ampliação da ETE de Goianésia O Ministério Público de Goiás promoveu audiência pública para debater com a sociedade goianesiense o impasse causado pela reação de moradores próximos a Estação de Tratamento de Esgoto de Goianésia e que são contra as obras de ampliação da ETE, sendo que as obras estão paralisadas em virtude da determinação de suspensão da frente de serviço pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Assessoria SEMARH

Da Ascom do Ministério Público de Goiás

clusive, para minimizar o odor gerado pela estação. Uma nova reunião com todos os envolvidos deverá ser realizada para avançar na proposta de desapropriação das áreas vizinhas à ETE, quando deverão ser apresentadas propostas para negociação de valores a serem pagos pela desapropriação dos imóveis.

U

m acordo de desapropriação entre o município de Goianésia, Saneago e moradores de áreas vizinhas à Estação de Tratamento de Esgoto pode ser a solução para o problema de mau cheiro causado pelo empreendimento e sua ampliação. Essa foi a medida apontada pelos participantes de audiência pública realizada no plenário da Câmara Municipal de Goianésia. Cerca de 90 moradores da área afetada compareceram à audiência e vários manifestaram contrariedade com a situação, mas a maioria absoluta defende o encontro de uma solução para o impasse já na próxima reunião – às 14 horas do dia 2 de julho. Participaram da audiência conduzida pelo promotor Antônio de Pádua Freitas Júnior, o prefeito de Goianésia Gilberto Naves; o presidente da Câmara Municipal, Temal Carrilho; o diretor de Engenharia da Saneago, Olegário Martins; o consultor jurídico, José Vecci Rosa, secretários municipais, assessores da Saneago, do MP

Comunidade participou ativamente da audiência promovida pelo MP/Goiás e quase uma centena de moradores da área e bairros próximos à Estação de Tratamento. Conforme explica o promotor de Justiça, Antônio de Pádua Freitas Junior, a ETE de Goianésia foi implantada em 1978 em área rural, contando apenas com uma lagoa de decantação. Em 2005, a estação passou a ter três lagoas e, atualmente, a empresa está construindo outras Assessoria SEMARH

duas, o que deve elevar o índice de atendimento de 60% para 75% da população da cidade, estimada em 55 mil moradores. Ocorre que tal providência se deu sem ser precedida de qualquer estudo de impacto ambiental e medidas mitigadoras dos eventuais danos ambientais decorrentes da referida ampliação, esclarece o perito ambiental Ricardo Santos Coutinho.

Segundo informações da Promotoria de Justiça, em 2009, o Plano Diretor da cidade incluiu a área onde está instalada a ETE como urbana. Para o engenheiro do MP, a administração municipal deveria, nessa ocasião, ter restringido a expansão urbana em direção à estação. De acordo com a supervisora do Sistema de Esgotos do

Interior da Saneago, Suzane Mota Angelim, entretanto, a ampliação da ETE é uma exigência do crescimento da área urbana para melhorar as atuais condições e aumentar a cobertura do atendimento sanitário na cidade. Ainda segundo a especialista, a estação hoje funciona próximo ao limite de sua capacidade e a ampliação da capacidade será essencial, in-

De acordo com a supervisora do Sistema de Esgotos do Interior da Saneago, Suzane Mota Angelim, entretanto, a ampliação da ETE é uma exigência do crescimento da área urbana para melhorar as atuais condições e aumentar a cobertura do atendimento sanitário na cidade

SANEAGO

Aceita firmar Termo de Conduta

Reunião em Goiânia definiu critérios para indenização de imóveis próximos a ETE em Goianésia

A Saneago vai firmar um Termo de Ajustamento de Conduta com a prefeitura de Goianésia e o MP local, iniciativa jurídica para liberar a retomada das obras de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto da cidade. A decisão foi tomada em reunião na Secretaria de Recursos Hídricos e Meio Ambiente entre o ex-secretário Umberto Machado Oliveira; promotor Antônio de Pádua Freitas Júnior; prefeito de Goianésia Gilberto Naves; o consultor jurídico da Saneago, José Vecci, e o diretor de Engenharia, Olegário Martins.

PLANTÃO DE POLICIA Foragido é preso durante abordagem do GENARC Policiais atenderam denuncia anônima e traficante foi preso em operação no Bairro Muniz Falcão Agentes do GENARC - Grupo Especial na Repressão de Narcóticos de Goianésia – efetuaram a prisão de mais duas pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. De acordo com informações do Delegado Marco Antonio Maia, os agentes fizeram operação em pontos distintos e obtiveram êxito quando averiguaram pessoas que estavam em um bar situado na Rua Santos Dumont, próximo à Praça do Bairro Boa Vista, onde foi preso o foragido da justiça Carlos Roberto Duarte, conhecido por “Baé”, de 43 anos, sendo que está em aberto um mandado de prisão contra ele, pela prática de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Outra prisão foi feita no Bairro Muniz Falcão, onde Tiago Henrique Gomes Oliveira, de 18 anos, que é conhecido vulgar-

Genarc apresentou acusados tráfico de drogas em Goianésia

mente por Tiaguinho da Pecuária, foi detido depois de várias denúncias informando que o mesmo estaria vendendo drogas na região. Os agentes do GENARC cumpriram um mandado de busca e apreensão em sua residência situada no Bairro Muniz Falcão e apreenderam 17 porções grandes de maconha embaladas

e prontas e preparadas para a venda. Ainda quando os policiais faziam as buscas na residência de Tiaguinho, o celular do acusado tocou diversas vezes, com vários usuários de droga ligando para adquirir drogas. Tiaguinho foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico e recolhido ao Centro de Inserção Social de Goianésia.

O encontro foi um desdobramento da audiência pública realizada em Goianésia entre MP, Prefeitura, Saneago e proprietários de chácaras vizinhas à ETE que, incomodados com o odor, se posicionaram contra as obras de ampliação da unidade. Na ocasião ficou decidido que a melhor saída para o impasse será a aquisição, pela Saneago, das cerca de 10 chácaras vizinhas à área. Cada parte – prefeitura, Saneago e moradores – vai providenciar uma avaliação dos imóveis, documento que será apresentado em futura reunião, na sede do

MP de Goianésia. A Secretaria Estadual de Meio Ambiente irá providenciar licença ambiental provisória para permitir a imediata retomada das obras da ETE (duas lagoas e um reator anaeróbico), essenciais para minimizar o odor que vem incomodando a vizinhança. “Estaremos vinculando a concessão da licença provisória à solução do impasse com os chacareiros, fato que passa obrigatoriamente pela compra das áreas pela Saneago”, disse. A posição do secretaria é avaliada pelo promotor An-

tônio de Pádua Freitas Júnior, que vê o TAC a ser assinado pelas partes como “uma garantia a mais, uma segurança jurídica para todos os envolvidos”. Já a Saneago, através do diretor Olegário Martins, tranquilizou os moradores e garantiu que a empresa vai trabalhar nas duas frentes. “Estamos nos comprometendo com o Ministério Público, a trabalhar nas avaliações e no processo de compra das áreas ao mesmo tempo em que tocamos as obras de ampliação e diminuímos os transtornos para os moradores”, encerrou. (Ascom/SEMARH)

Preso acusado de distribuir drogas em Barro Alto e Goianésia Policiais GENARC / Goianésia, prenderam em flagrante Márcio Lima da Silva, de 21 anos, e Janiel Lopes de Jesus, de 22, acusados de tráfico e associação para o tráfico de drogas. Os policiais flagraram os meliantes com 200 gramas de pasta base de cocaína, produtos químicos utilizados para o refino da droga e uma balança de precisão. Em depoimento ao delegado titular do GENARC, Dr. Marco Antonio Maia, o acusado Márcio Lima relatou que recebeu R$ 100 de Janiel para buscar a droga em Anápolis, já o acusado Janiel, que já tem registro por tráfico de drogas, negou a acusação feita por Márcio Lima. Janiel que já era investigado há vários meses, é suspeito de traficar drogas e fornecer a pequenos traficantes em Barro Alto e Goianésia. Os policiais também informaram que é comum Janiel contratar diferentes pessoas para buscar a pasta base de cocaína em Anápolis.

Arma e drogas apreendidas durante operação do GENARC

Boca de fumo no Boa Vista Moradores denunciam e policia prende mais dois traficantes Um trabalho de investigação feito por policiais civis do Genarc/Goianésia possibilitou a prisão de duas pessoas acusadas de tráfico, sendo que com os acusados foram encontrados aproximadamente 160 gramas de crack e um revólver calibre 22 com munição completa. De acordo com o delegado Marco Antonio Maia, duas equipes de policiais civis do Genarc, investigaram um ponto de venda de drogas localizado no Bairro Boa Vista, onde através de inúmeras denúncias, indicavam que uma casa estaria sendo utilizada para comércio de drogas. Durante a investigação, os policiais civis flagraram uma adolescente, já conhecida no mundo do tráfico,

saindo da boca de fumo em um moto-táxi. Os agentes decidiram seguir a menor e fizeram a abordagem na Avenida Contorno, nas proximidades do Jardim Esperança. Na abordagem, foram apreendidas três porções de crack, suficientes para transformação em 400 pedras da droga, que renderiam R$ 4 mil.. Após a apreensão da droga com a adolescente, a equipe que permaneceu nas proximidades da boca de fumo no Bairro Boa Vista, decidiu dar o flagrante aos traficantes e invadiram o local, onde efetuaram a prisão de Paulo Henrique G. Souza, 19 anos. Nas buscas dentro da casa, os policiais localizaram quase 80 gramas de crack e um revólver calibre 22 carregado com cinco munições intactas.


gazeta centro norte juNHo, DE 2012

Gilberto Naves confirma candidatura à reeleição

M

esmo tendo afirmando em entrevistas e até mesmo em discursos públicos, que não iria disputar a reeleição pela prefeitura de Goianésia, o prefeito Gilberto Naves (PMDB) não resistiu aos pedidos dos correligionários e em cima da hora, durante a convenção partidária, confirmou sua candidatura à reeleição. Para formar a chapa ao lado de Gilberto foi confirmada a manutenção do atual vice-prefeito Renato de Castro (PTB) e quem ficou de fora foi o PT de Antonio Otoni, que pleiteava a vaga de vice. Gilberto Naves relatou que a decisão foi tomada durante a convenção, isto porque a oposição havia anunciado o nome do ex-deputado Jalles Fontoura (PSDB) para a disputa, e como já havia dito anteriormente que caso os oposicionistas anunciassem uma candidatura de Jalles ou Otavinho, ele

seria candidato, não restou alternativa, pois os partidos da chamada base aliada do governador Marconi Perillo em Goianésia, anunciaram Jalles Fontoura (PSDB) e Dr. Róbson Tavares (DEM), desta forma Gilberto Naves preferiu ele mesmo ir para a disputa. O prefeito havia anunciado que tinha a pretensão de não disputar as eleições deste ano e dedicar mais tempo para família e a profissão, mas acabou cedendo aos apelos dos correligionários e vai para mais um embate eleitoral. Será a sexta vez que disputa uma eleição. Das cinco outras disputas eleitorais, perdeu duas para prefeito, venceu outras duas (1992 e 2008) e foi eleito deputado estadual (1998), ocasião em que inclusive foi companheiro de parlamento de Jalles Fontoura, eleito naquela ocasião pelo PFL. Se tiver êxito em outubro, Gilberto Naves entrará para a história política do município, na condição de primeiro prefeito a cumprir três mandatos.

Gilberto Naves PMDB Estudos

Faculdade de Direto, Universidade Católica de Goiás. Profissão

Advogado

Nascimento:

07 de junho de 1951, Filiação

Cyrineu Batista Naves e Maria Rosa de Jesus. Cônjuge

Mara Merly de Pina Naves Filhos

Gilberto Batista Naves Filho, Santhiago e Luciana. Vida Política e Parlamentar

Prefeito Municipal de Goianésia, 1993/1996. Secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás Secretário de Ação Social e Trabalho na Prefeitura de Goiânia, Secretário-chefe do Gabinete Civil do Governo de Goiás, de 1997/1998. Deputado Estadual, PMDB, 14ª Legislatura, 1999/2003

Gilberto e Renato de Castro formam a mesma chapa que venceu as eleições em 2008

Oposição vai de Jalles e Dr. Róbson Portal Meganesia/Dener Rafael

Depois de buscar incansavelmente um nome para representar uma novidade no processo eleitoral deste ano, a oposição em Goianésia preferiu lançar Jalles Fontoura, que já foi prefeito da cidade e também já representou a região no parlamento estadual e federal, demonstrando que pretende retornar ao comando do paço municipal. Orivaldo José O ex-deputado Jalles Fontoura (PSDB) foi o nome escolhido pelos partidos de oposição a administração municipal em Goianésia e vai encabeçar a chapa majoritária, que terá ainda o médico nefrologista Dr. Róbson Tavares (DEM) como candidato a vice-prefeito. Depois de exaustivas reuniões na tentativa de encontrar um candidato que representasse uma novidade no processo político-eleitoral da cidade, e ao esbarrar em grande resistência da militância diante dos diversos nomes colocados para apreciação, a base oposicionista preferiu manter um nome de liderança, que aglutinasse a militância e Jalles Fontoura acabou sendo sensibilizado durante uma reunião, antes da abertura oficial da convenção dos partidos aliados, a assumir a candidatura. Quando o deputado Helio de Sousa anunciou a candidatura de Jalles, foi um momento de euforia dos convencionais com gritaria, aplausos e abraços. Retorno ao cenário político Apesar de afastado do cenário político-eleitoral, pois a última eleição que disputou foi em 1998, quando foi eleito deputado estadual e depois ocupou o cargo de Secretário da Fazendo do Estado de Goiás,

Assessoria SEMARH

Dr. Robson e Jalles Fontoura são nomes da oposição na disputa pela prefeitura da maior cidade do norte goiano Jalles Fontoura não se ausentou dos bastidores da política e inclusive coordenou a campanha de Marconi Perillo, na região norte do Estado, nas últimas eleições estaduais (2010). Sua credibilidade política no âmbito estadual é tão significativa que foi convidado para integrar o Conselho Político

PERFIL

Portal Meganesia/Dener Rafael

Em cima da hora, prefeito decidiu disputar a reeleição e manteve chapa com o atual vice-prefeito Renato de Castro Orivaldo José Editor do GCN

B 01

Administrativo do Governador Marconi Perillo, ao lado de Nion Albernaz e outros respeitados políticos goianos. Desde o ano passado, quando Otávio Lage Filho assumiu compromisso diante de um grupo de sócios da Jalles Machado S/A, em dedicar-se exclusivamente ao Projeto da Uni-

dade Otávio Lage na Fazenda Codora, em Juscelândia, Jalles Fontoura assumiu a responsabilidade política do grupo e começou a trabalhar os bastidores para as eleições deste ano. Apesar de afirmar aos quatro cantos que não disputaria mais pleitos eleitorais, o ex-deputado não conseguiu se

Prefeito de Goianésia, 2009/2012 Foi o primeiro Diretor da Faculdade de Ciências e Letras de Goianésia.

PERFIL

esquivar do clamor da militância e aceitou a tarefa de representar a oposição na disputa eleitoral de 7 de outubro. Coincidências entre os candidatos Jalles Fontoura e Gilberto Naves, tem a mesma idade, 61 anos. Os dois já disputaram 5 eleições, já sentiram o gosto amargo de uma derrota eleitoral. Gilberto Naves perdeu duas vezes a disputa pela Prefeitura de Goianésia e Jalles Fontoura perdeu a eleição para o Governo de Goiás, quando foi candidato a vice na chapa de Paulo Roberto Cunha, em 1990. Os dois já foram deputados estaduais, e na mesma legislatura, de 1999 a 2002; Ambos já ocuparam cargos no primeiro escalão do Governo estadual : Gilberto foi Secretário Estadual de Segurança Pública e Jalles ocupou a Secretaria da Fazenda. Os dois já ocuparam a principal cadeira do executivo municipal, sendo que Gilberto por duas vezes foi eleito prefeito e Jalles foi o mais jovem prefeito da história da cidade, pois foi eleito em 1976, quando tinha apenas 26 anos de idade. No banco da faculdade, destinos profissionais diferentes : Jalles escolheu engenharia civil e Gilberto Naves optou pelo Direito; Ambos são respeitados no mundo profissional e na política são referências para a militância. Ao analisarmos todas as circunstâncias, recheio de ingredientes que denotam para uma disputa histórica para a mais importante cidade do norte goiano e uma das principais do mundo político de Goiás, pois até Governador do Estado o município já cedeu, Otávio Lage (1966/1971).

Jalles Fontoura PSDB

Estudos

Engenharia Civil, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1973. Profissão

Engenheiro Civil e Produtor Rural. Nascimento

8 de setembro de 1950 Filiação

Otávio Lage de Siqueira (Governador do Estado de Goiás, 1966-1970) e Marilda Fontoura de Siqueira. Cônjuge

Maria Luiza Rocha de Siqueira. Filhos: Marília, Ana Luiza, Cecília e Otávio. Vida Política e Parlamentar

Prefeito Municipal de Goianésia, ARENA, 1977/1983. Deputado Estadual, PDS-PFL, 10.ª Legislatura, 1983/1987. Deputado Federal, PFL, Constituinte, 1987/1991. Deputado Estadual, PFL, 14.ª Legislatura, 1999/2003. Em início de 1999, Licencia-se para ocupar Secretaria de Estado da Fazenda. Secretário de Estado da Fazenda, Governo Marconi Perilo, 1999/2001. Exonera-se da Secretaria em 31.12.2001, reassumindo seu mandato de deputado em 01.01.2002. Membro do Sindicato Rural de Goianésia. Presidente da Associação dos Prefeitos do Vale de São Patrício, 1979/1982. Presidente regional do Instituto Tancredo Neves (PFL). Empresário de sementes e rações, 1991/1998. Fundador da indústria de derivados de tomate, Goiás Alimentos - GOIALLI


B 02

Política

gazeta centro norte junHo De 2012

ViLa ProPicio

Disputa terá três candidatos

DiVuLgação/gcn

A exemplo das eleições de 2008, quando três candidatos participaram do pleito eleitoral e Teodoro Aragão venceu, a disputa deste ano novamente será entre três candidaturas Da reDação

O

grupo político liderado pelo atual prefeito Teodoro Aragão (PMDB) fechou acordo em torno da candidatura do ex-secretário de Administração e Finanças do município, Junior PH (PMDB) que terá Bil (PMDB) como candidato a vice-prefeito. Havia uma grande lista de nomes na disputa, inclusive de vereadores, secretários municipais e outras lideranças, mas durante uma reunião em que se buscou o consenso em torno de um nome, houve adesão de apoio a Junior PH, que foi homologado em convenção candidato do PMDB.

Teodoro Aragão, cumprindo segundo mandato e desta forma impossibilitado de disputar a reeleição, ao contrário do que muitos imaginavam, tem mostrado muita disposição para trabalhar em torno da candidatura de Junior PH. Já na oposição, dois nomes viabilizaram suas candidaturas. Valdilei Lemos (DEM) e Cirlei Araújo (PTB), sendo que vários líderes tentaram a união entre os dois para formação de uma única chapa oposicionista, fato que não aconteceu e cada um articulou composição partidária para suas respectivas candidaturas. Com a decisão de vários dissidentes do PMDB e de outros partidos que faziam parte do grupo

do atual prefeito Teodoro Aragão em apoiar a candidatura do petebista Cirlei Araujo foi viabilizada a composição com o PT que indicou o atual vereador Claudino Rocha para ocupar a condição de candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Cirlei Araújo. O grupo liderado pelo ex-deputado Olimpio Jayme e pelo ex-prefeito Tasso Jayme fechou apoio ao nome do democrata Valdilei Lemos, ex-presidente da Câmara Municipal, que articulou composição com várias lideranças, entre elas o ex-presidente da Câmara Municipal, Tonhão Pereira (PDT) que inclusive lançou sua esposa Valdeci Pereira para ser vice na chapa de Valdilei.

O democrata também apoio do atual presidente do poder legislativo de Vila Propicio, José Garcia (PSD). Ambos são políticos atuantes no Distrito de Dois Irmãos e considerados fundamentais para preencher uma lacuna na candidatura de Valdilei Lemos no referido Distrito. Os três candidatos a prefeito de Vila Propicio buscaram respaldar suas chapas com nomes de pessoas com forte ligação com o Distrito de Assunção de Goiás ocupando a condição de candidatos a vice-prefeito. Bil, vice de Junior PH; Claudino Rocha, vice de Cirlei Batista e Valdeci do Tonhão, candidata a vice-prefeita na chapa de Valdilei Lemos, são todos de Assunção de Goiás.

Prefeito teodoro aragão (PMDB) fechou acordo em torno da pré-candidatura do ex-secretário de administração e Finanças do município, junior PH (PMDB).

Barro aLto

substituição de vice na chapa oripão movimenta bastidores em Barro alto Depois de várias reuniões em busca de um entendimento e do consenso em torno de um nome para representar a candidatura de situação, apoiada pelo grupo liderado pelo prefeito Luciano Lucena (DEM), foi fechada a candidatura de Carlos Henrique (Oripão). Vários nomes foram cogitados, e o principal era Chico Josevany, que durante anos foi auxiliar de Luciano Lucena na administração da Prefeitura de Barro Alto e que recentemente deixou o executivo para trabalhar sua candidatura pelo PSD, no entanto na reta final, o nome de Carlos Henrique (Oripão) ganhou força e Chico ficou como candidato a vice-prefeito Em recente entrevista ao Jornal Fatorama, programa noticioso da Rádio Vera Cruz, Luciano Lucena confirmou seu apoio para o candidato Carlos Henrique (Oripão), filho do ex-prefeito de Barro Alto, Tunico Marcelino. Na entrevista ao programa

site Do PsDB De goiás

Luciano Lucena comandou acordo para manter base unida em torno de oripão e chico

de rádio, Luciano enalteceu a decisão de Chico Josevany, em aceitar compor a chapa com Oripão e desta forma manter a união dos partidos da base aliada em Barro Alto. cHico nega DescontentaMento Durante a entrevista ao Fatorama, Luciano Lucena esteve acompanhado por Oripão e Chico Josevany, oportunidade em que afirmou não haver ne-

nhum “racha” e que os companheiros aprovaram a escolha, alertando que “algumas pessoas espalhavam um possível descontentamento para tentar plantar a intriga entre o grupo por ele liderado”. O próprio Chico Josevany participou da entrevista e disse que aceitou a condição de ser candidato a vice e compor a chapa com Carlos Henrique, pensando justamente em manter o grupo unido e com

amplas condições de vencer as eleições de outubro, descartando qualquer descontentamento ou possibilidade de não participar da chapa majoritária, afirmando estar firme com o grupo liderado pelo prefeito Luciano Lucena. Já o candidato a prefeito pelo PSDB, Oripão reconheceu a grande humildade de Chico em aceitar a composição e disse que “o desprendimento do companheiro de

chapa, mostrava o caminho a ser seguido por todo o grupo, humildade e trabalho”. Depois de tudo acordado, quando a coordenação partidária já emitia as certidões para registro de candidatos , surgiu um problema para Chico Josevany. Na condição de presidente da FUNDESBA, em 2008 recebeu uma diligência do Tribunal de Contas dos Municípios solicitando informações sobre a aquisição de um ônibus

oPosição taMBéM FecHa acorDo

Pré-candidatos do Pt e do PMDB selam acordo e se unem em chapa única para a disputa pela Prefeitura barroaltense O cenário político de Barro Alto já contava quase certa com duas candidaturas de oposição, uma vez que o pré-candidato do PT, Geraldo Martins, e a pré-candidata do PMDB, Adriana do Grimaldi,

mantinham intensas conversas com partidos políticos e lideranças, buscando apoio para suas respectivas candidaturas. Alguns correligionários e simpatizantes das duas candidaturas defenderam a união

entre os dois, uma vez que nas esferas nacional e estadual, PMDB e PT estão coligados, e depois de algumas reuniões houve o acordo. Adriana do Grimaldi abriu mão da candidatura a prefei-

~

MANIPULACAO E DROGARIA Transformando as experiências dolorosas da enfermidade em oportunidades de desenvolver uma relação de CUMPLICIDADE e AMOR com VOCÊ.

FONE/FAX: (62) 3353-6400 Av. Goiás Nº 301 esq. com a 26 - B. Carrilho

tura, aceitando ser candidata a vice-prefeita na chapa a ser encabeçada pelo petista Dr. Geraldo Martins, evidenciando que a oposição vai dificultar ao máximo uma vitória do grupo liderado por Luciano Lucena.

adriana do grimaldi e geraldo Martins mostram oposição unida para as eleições

pela entidade e não figurava despesas com combustíveis. A explicação era simples, o ônibus foi adquirido pela FUNDESBA e cedido a Prefeitura de Barro Alto, que desta forma seria a responsável pelas despesas com manutenção e combustíveis. Numa falha da assessoria contábil da entidade, a diligência não foi respondida e agora o TCM não liberou a certidão, prejudicando Chico Josevany. A assessoria jurídica da coligação disse que Chico poderia registrar a candidatura e pleitear a regularização junto ao TCM, mas temendo prejudicar o contexto legal da chapa com Oripão, Chico preferiu abrir mão da candidatura e pediu aos partidos aliados que fizessem a substituição. Depois de uma grande reunião, foi escolhido o substituto : Nelito Brito, oficial de justiça e seria candidato a vereador pelo PP, desta forma a nova chapa foi composta por Oripão (PSDB) e Nelito Brito (PP).


Saúde

gazeta centro norte junHo De 2012

B 03 DiVuLgação/gcn

novos leitos da uti do Hugo já serão disponibilizados

Mais leitos em Hospitais do Estado Secretário Antonio Faleiros confirmou liberação de recursos para ampliação de leitos em hospitais da rede pública estadual Da assessoria Da secretaria estaDuaL De saúDe

O

antonio Faleiros anuncia ampliaação de número de leitos na rede estadual de saúde

secretário da Saúde, Antônio Faleiros Filho, anunciou a ampliação de leitos de UTI no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e mais 24 leitos de enfermaria no Hospital de Dermatologia Sanitária (HDS). Para o Hugo foram disponibilizados 26 novos leitos, o que eleva de 44 para 70 a capacidade de internação hospitalar em terapia intensiva na unidade, o que resulta em um incremento de 59% na ampliação de leitos. Desses 26 leitos, 16 já estão em pleno funcionamento e outros 10 deverão estar disponíveis dentro de 60 dias. “São mais 26 leitos de UTIs

interior Segundo o secretário da

Saúde, o Estado já colocou aproximadamente, em convênio com municípios e entidades filantrópicas, cerca de 100 novos leitos de UTIs em funcionamento no interior. “Agora estamos com um novo programa para executar um aumento de qualidade de serviços nos antigos hospitais regionais que foram municipalizados As adequações serão construídas pelos municípios - acordo nesse sentido já foi firmado - e nós vamos equipá-las, para daí dar início ao funcionamento”, frisou Antonio Faleiros. De acordo com o secretário o Estado está alugando um hospital em Uruaçu com 10 leitos; e está com um convênio com o Ministério da Saúde (MS) para poder assumir o hospital de Santo Antônio do

Descoberto e também o hospital de Águas Lindas, ambos na região do entorno do Distrito Federal, liberando em cada um deles mais 20 leitos de UTI’s. “Dessa forma estamos aproveitando uma estrutura que nós já temos”. Dos 26 leitos disponibilizados, 16 já estão em pleno funcionamento, e foram viabilizados, segundo o secretário, por meio da ocupação de espaços já ociosos dentro da unidade juntamente com recursos humanos fornecidos pela Organização Social que atuamente faz a gestão da unidade, sendo que para os outros 10 leitos, que deverão entrar em funcionamento dentro dos próximos 60 dias, deverão ser feita pequenas reformas na estrutura física do Hospital.

Ministério da Saúde anuncia verba para UPAs e unidades básicas

Vandir Gomes é presidente do secretariado da juventude PsDB em goianésia

MOMENTO DE RUPTURA Goianésia viveu nos últimos 12 anos um salto socioeconômico muito importante; várias pessoas conseguiram melhorar significativamente sua qualidade de vida, e passaram a ter acesso a bens e serviços que somente conseguiam sonhar a algum tempo atrás. Isso tudo se deu pelo momento extraordinário que nossa cidade passou; aonde presenciamos uma situação de praticamente pleno emprego, sendo que em algumas áreas houve escassez de mão de obra. Infelizmente ou felizmente, esse momento de Goianésia parece ter se esgotado; devido a isso, e para vivermos um novo alvorecer de prosperidade e riqueza precisaremos quebrar alguns paradigmas que estão colocados a nossa frente, e avançarmos de forma definitiva em um NOVO MODELO ECÔNOMICO que se apresenta no nosso horizonte. Nossa economia deu início a uma transição que quiçá será irreversível, estamos deixando de ser uma cidade de economia primária, de venda de matérias primas, para nos transformamos numa CIDADE DO CONHECIMENTO, aonde nossa geração de riqueza virá mais pela capacidade intelectual e de empreendedorismo das pessoas do que da nossa terra.

à disposição da população e que vão ocupar espaços que estavam ociosos dentro da unidade. Serão criados novos leitos e não haverá desativação de nenhum deles, também serão acrescentados mais 24 leitos “retaguarda” no HDS. Segundo o secretário, os leitos “retaguarda” atuam na desobstrução, atuam como portas de saída atendendo a uma necessidade de uma unidade com grande demanda e procura como o Hugo. “Esses leitos serão abertos em enfermarias de forma a auxiliar na rotatividade de pacientes, quando esses são liberados das UTIs, facilitando também a liberação de vagas nas unidades de terapia intensiva.”

Espero que em breve as áreas de serviços e comércio possam ultrapassar a geração de riqueza das nossas lavouras (soja, cana de açúcar, tomate, etc...), e que isso aconteça não pela diminuição desse motor econômico que é o agronegócio, mas pela expansão cada vez maior da nossa capacidade de sermos um gerador de conhecimento e oportunidades. Entre os anos 40 e 80 nosso motor econômico foi a agropecuária, capaz de gerar emprego e riqueza para nossa população; Entre os anos 80 e o final do século XX nosso motor econômico foi a agroindústria, capaz de gerar emprego numa escala maior e riqueza em um patamar que ainda não conhecíamos; Agora no inicio do século XXI precisamos consolidar Goianésia como a CIDADE DO CONHECIMENTO, aonde nosso grande motor seja o empreendedorismo das pessoas, o comércio pujante e a prestação de serviços. Esse é o motor econômico do futuro, capaz de gerar emprego e renda na quantidade e qualidade que temos e teremos de demanda. Goianésia precisa se consolidar como PLAYER REGIONAL e buscar novos horizontes num mercado global cada dia mais sem fronteiras.

Seleção divulgada, dentro do dos projetos elaborador pelo PAC2, contempla projetos em 2.265 municípios em todos os estados. O Ministério da Saúde divulgou a seleção de projetos para construção e ampliação de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24 horas) e Unidades Básicas de Saúde (UBS). Os benefícios chegarão a 29,6 milhões de pessoas de 2.265 municípios de 21estados do país. Serão repassados recursos federais para a construção de 136 novas UPAs e para ampliação de outras 56. Para as UBS, serão ampliadas 5.459 unidades. Ao todo, serão investidos R$ 880 milhões, sendo R$ 331,2 milhões para as UPAs e R$ 548,1 milhões para as UBS. Os recursos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). “Esses novos serviços para a população representam o compromisso do Governo Federal em aumentar o acesso, com qualidade, dos cidadãos aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). As UPAs e UBS

estão inseridas nas redes prioritárias do Ministério da Saúde, que buscam desafogar os atendimentos nas emergências e ampliar a assistência especializada”, destaca o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Reforço à atenção básica – Os recursos liberados pelo Ministério da Saúde serão usados para ampliação de 5.459 unidades básicas em todo o país. A medida faz parte do programa Saúde Mais Perto de Você, que está aprimorando os serviços de atenção básica do SUS. As Unidades Básicas de Saúde são locais onde o cidadão pode receber, gratuitamente, os atendimentos essenciais em saúde da criança, da mulher, do adulto e do idoso, em odontologia e dispor de medicamentos que necessitar e outros atendimentos essenciais. As Unidades Básicas de Saúde resolvem 80% dos problemas de saúde da população do território que ela é responsável e promovem hábitos saudáveis de vida. Apoio às emergências – Responsáveis por prestar

atendimento de média complexidade, como vítimas de acidentes e problemas cardíacos, as unidades contribuem para desafogar as urgências dos hospitais do SUS e reduzir o tempo de espera por atendimento. Nas localidades em que estão em pleno atendimento, as UPAs dão conta de atender, sem necessidade de encaminhamento ao pronto-socorro hospitalar, 97% dos pacientes que as procuram. As UPAS 24h estão inseridas na rede Saúde Toda Hora, que está reorganizando o atendimento de urgência e emergência dos hospitais do SUS. A rede integra, além dos hospitais, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/192), que organiza o fluxo de atendimento e encaminha o paciente ao serviço de saúde adequado à situação. Nessas unidades, o paciente é avaliado de acordo com a classificação de risco, podendo ser liberado ou permanecer em observação por até 24 horas, ou se necessário, ser removido para um hospital de referência.


B 04

Política

gazeta centro norte juNHo DE 2012

Goianésia sedia debates para fortalecer os Legislativos

divulgação/gcn

A cidade de Goianésia sediou a 4ª edição de 2012 do Seminário de Aperfeiçoamento do Poder Legislativo, que integra o Programa de Apoio, Desenvolvimento e Integração do Poder Legislativo (Intercâmaras). O evento, coordenado pelo deputado Helio de Sousa, mobilizou representantes de 36 municípios da região, na busca de fortalecer os Legislativos. Da Assessoria da Assembléia Legislativa de Goiás

O

evento foi aberto pelo deputado Helio de Sousa (DEM), representante de Goianésia e presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Assembleia. O objetivo do encontro é fortalecer os Legislativos, tanto municipais como o estadual, e interiorizar as ações e atividades da Assembleia no Estado. O Seminário mobilizou lideranças de 36 municípios da região do Vale do São Patrício. São eles: Guarinos, Hidrolina, Pilar de Goiás, São Luís do Norte, Barro Alto, Itapaci, Nova América, Santa Rita do Novo Destino, Rubiataba, Nova Glória, Ipiranga de Goiás, Ceres, Morro Agudo de Goiás, São Patrício, Rialma, Santa Isabel, Rianápolis, Uruana, Vila Propício, Jaraguá, São Francisco de Goiás, Jesúpolis, Taquaral de Goiás, Santa Rosa de Goiás, Petrolina de Goiás, Cocalzinho de Goiás, Pirenópolis, Corumbá de Goiás, Santa Terezinha de Goiás, Crixás, Uirapuru, Campos Verdes, Itaguari, Itaguaru e Carmo do Rio Verde. Helio de Sousa acredita que as discussões apresentadas pelos palestrantes, que são questões legais e eleitorais, vão permitir que cada um tenha conhecimento pleno dos assuntos.. “O conhecimento é essencial, com ele podemos ser mais

Essa ação é muito importante, afinal de contas as Câmaras têm como exemplo a Assembléia Legislativa e os deputados estaduais. É o trabalho deles que inspira e incentiva o trabalho dos vereadores nos municípios úteis e produtivos”, salienta. Para o parlamentar o maior objetivo foi concretizado: a presença de todos os participantes. “A presença de vocês é o mais importante. Através dela será possível o intercâmbio que vai permitir que a troca de ideias e experiências, possam nos dar o conhecimento que é fundamental para exercermos a cidadania”. A mesa de abertura do seminário foi presidida pelo deputado Helio de Sousa no exercício da presidência; o presidente da Câmara Municipal de Goianésia, vereador Temal Carrilho; o prefeito de Goianésia, Gilberto

Batista Naves; a primeira-dama do município, Mara Naves; o secretário especial para assuntos institucionais da Assembléia Legislativa, Carlos Santillo; o chefe da Assistência Militar da Casa de Leis, tenente coronel Bites; e o comandante do 13º CIBM, major Eduardo de Sousa e Silva, representando o Comando-Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás. Autoridades participantes falaram sobre a importância da realização do evento. O presidente da Câmara Municipal de Goianésia, vereador Temal Carrilho, vê a Assembléia e os parlamentares como exemplos. “Essa ação é muito importante, afinal de contas as Câmaras têm como exemplo a Assembléia Legislativa e os deputados estaduais. É o trabalho deles que inspira e incentiva o trabalho dos vereadores nos municípios.” O prefeito de Goianésia, Gilberto Naves, declarou que é uma iniciativa grandiosa a realização do evento. “O Poder Legislativo tem competência e responsabilidades grandiosas dentro do sistema do Governo. O Legislativo é o poder mais representativo de todos os poderes, ele tem a responsabilidade de representar os segmentos da sociedade.” Gilberto ressaltou ainda que o elo mais próximo do agente político com o povo é o vereador. Ele parabenizou a Assembléia pela realização do projeto que visa a capacitação dos vereadores no trabalho do Legislativo.

Deputado Helio de Sousa durante discursso na abertura do Programa Intercâmaras em Goianésia

O presidente da Câmara de Goianésia, Temal Carrilho, elogiou a iniciativa da AL em promover o programa intercâmaras

Programação

Integrantes da mesa diretora do Programa Intercâmaras

Após a abertura do evento e antes do início das palestras, a organização do Intercâmaras fez o lançamento dos portais das Câmaras de Guarinos, São Francisco de Goiás e Itapaci. O ciclo de palestras foi realizado com a abordagem de quatro temas: "Apresentação do Cidadão Participativo", "Lei de Responsabilidade Fiscal e as Restrições para o Último Ano de Gestão", "Competência Legislativa e Autonomia Municipal", e

"Processo Eleitoral: Limites da Atuação de Parlamentares em Ano Eleitoral e a Condição de Elegibilidade". Os palestrantes foram, respectivamente, o coordenador de Tecnologia de Informação da Assembléia, Leandro Resende; o auditor substituto do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Paulo César Caldas Pinheiro; o pesquisador legislativo Luiz Roberto Boettcher Cupertino; e o assessor-chefe da Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Leonardo Hernandes.

Intercâmaras

Equipe da Assembléia Legislativa junto com Deputado Helio de Sousa durante evento em Goianésia

O Intercâmaras está subordinado à Secretaria Especial de Assuntos Institucionais da Assembléia Legislativa, liderada pelo secretário Carlos Henrique Santillo. São parceiros da Casa na iniciativa: o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), o Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-G0). O Programa foi idealizado na gestão 2007/2008, sob a presidência do deputado Jardel Sebba (PSDB), e implantado na gestão do deputado Helder Valin

(PSDB). Agora, o projeto é retomado com Jardel Sebba, que está novamente à frente do Poder Legislativo estadual. O Intercâmaras tem a finalidade, ainda, de integração entre os parlamentares estaduais, vereadores e outras lideranças locais, por meio de projetos educativos, técnicos e científicos, que incluem seminários, palestras, cursos e debates. A realização desses eventos visa ao desenvolvimento institucional dos Poderes Legislativos estadual e municipais, e ao aperfeiçoamento técnico de vereadores, assessores e demais interessados.


Geral

gazeta centro norte junHo De 2012

RESENHA

CHARGEDOMÊS

Correligionários dos dois blocos comemoraram quando houve o anúncio das candidaturas. Tanto na Câmara Municipal, local da convenção da oposição, quanto no auditório do Paço, onde foi realizada a convenção do PDMB e aliados, a cena foi uma só. Aplausos, gritos e abraços, quanto Jalles Fontoura e Gilberto Naves anunciaram que seriam os candidatos.

Orivaldo José

orivaldodejesus@hotmail.com

elogios a Policia civil

D

igno de elogios o trabalho desenvolvido pela Policia Civil em Goianésia. A equipe comandada pelo delegado Marco Antonio Maia, intensificou o trabalho de investigação e tem conseguido excelentes resultados no combate ao tráfico de drogas.

PM também mostra serviço A Policia Militar também consegue excelente resultado no trabalho preventivo. Os militares conseguiram

dar flagrantes em traficantes e apreenderam grande quantidade de drogas em diversas localidades da cidade.

Disk denúncia O bom trabalho realizado pelas policias civil e militar acaba repercutindo positivamente diante da população, aumentando a quantidade de ligações no disk denúncia. Os serviços 190 (da Policia Militar) e 197 (da Policia Civil) registraram aumento de denúncias nos últimos dias.

GO 080 O deputado Helio de Sousa trabalhou bem junto ao Governo do Estado e conseguiu incluir a rodovia Goianésia/Jaraguá no 1º lote de obras do Programa Rodovida da Agetop. A GO 080 está sendo totalmente reconstruída.

E a rodovia para o Maiador ? Ao mesmo tempo em que agradecem pela recuperação da GO 080, usuários de Goianésia e Pirenópolis cobram o asfaltamento do trecho

entre o povoado de Maiador e o entroncamento com a GO 080, próximo a ponte do Rio Santa Família. A obra é promessa de Marconi Perillo.

Ajuda a quem ajuda Temal Carrilho se emocionou em recente reunião com entidades filantrópicas que desde o ano passado recebem recursos da Câmara Municipal, repassados através de convênio com a Prefeitura. Nos agradecimentos, os representantes das entidades enalteceram o espírito solidário e humano do atual presidente da Câmara.

Comemoração

Grama sintética Para os adeptos do esporte noturno e os atarefados com o trabalho, para os quais a opção de lazer é somente a noite para praticar futebol, uma boa notícia : Goianésia terá mais um campo de grama sintética. A Arena Sport Clube será inaugurada dentro de breve, no Setor Universitário, próximo ao aeroporto municipal e vai oferecer mais uma opção para as noites esportivas da cidade.

RVC 30 anos A Rádio Vera Cruz comemora 30 anos em grande estilo, relembrando e veiculando mensagens gravadas por locutores e colaboradores que fizeram parte da equipe ao longo dessas três décadas. A idéia foi de Toninho Santos, que fez parte da 1ª. equipe da rádio e ao lado de Sindoval do Vale, integram até hoje o quadro da emissora. Parabéns à equipe, da qual orgulho em fazer parte.

Professor vai receber piso Depois de exaustivas reuniões, o SINTEGO comemorou a aprovação da Lei que regulamenta o pagamento do piso nacional do magistério para os professores da rede municipal

Vice agora é candidato a prefeito

de educação em Goianésia. Rosaria Nogueira, presidente do SINTEGO, disse que agora vai negociar o pagamento da diferença acumulada, porque a Prefeitura de Goianésia deveria estar pagando o piso desde há vários meses.

Em Santa Rita do Novo Destino, prefeito e vice-prefeito vão disputar a eleição deste ano, mas em

Luciano Lucena já negociou pagamento

O Centro de Educação Profissional Governador Otávio Lage conseguiu elogios do Governo de Goiás pelo excelente trabalho de consolidação

Enquanto em Goianésia ainda falta negociar o pagamento da diferença do piso salarial do professor que deixou de ser pago desde quanto a lei entrou em vigor, na cidade de Barro Alto a negociação foi bem mais produtiva. Luciano Lucena não só autorizou o pagamento do piso salarial como acertou com o SINTEGO o parcelamento em 12 meses, do valor acumulado de cada professor.

Salário baixo no PSF Agentes de saúde do PSF reivindicam incorporação ao salário de gratificação paga pela Prefeitura . Uma portaria do Ministro da Saúde estipula salário de R$ 871 enquanto que um agente do PSF de Goianésia ganha salário base de R$ 628, apenas R$ 6 a mais do salário mínimo.

A 05

lados opostos. Zé Eustáquio (PMDB) é candidato à reeleição e o atual vice-prefeito, Edmar Bananeiro decidiu ser candidato a prefeito pelo PSDB. O ex-prefeito João Cardoso (Pombo) também registrou sua candidatura pelo PR.

Só um vai comemorar Desta vez os dois lados comemoraram, e muito, a definição das candidaturas. Só que, na noite do dia 07 de outubro, apenas um grupo vai ter o gostinho da comemoração. Mas que vai ser uma campanha eletrizante, não tenham dúvidas.

EM ALTA do Programa Bolsa Futuro. Foram mais de 1.600 matriculados que irão receber bolsa de incentivo para se qualificarem profissionalmente.

EM BAIXA O Clube dos Funcionários do antigo Crisa, na avenida contorno. Abandonado e sem dirigentes,

o salão social virou igreja e o campo gramado se transformou em plantação de mandioca.

BATEEREBATE A oposição terá duas chapas nas eleições proporcionais, sendo que um chapão entre DEM, PSDB, PSD e PR , terá 30 candidatos e a expectativa de eleger entre 7 e 9 vereadores. Na situação, PMDB e PTB, partidos do prefeito e do vice-prefeito, decidiram repetir a

chapa das eleições de 2008, que inclusive ficou com todas as vagas na Câmara Municipal conquistadas naquela eleição. Eleições a parte, o prefeito Gilberto Naves tem que se lembrar que ano que vem o Goianésia Esporte Clube vai disputar a 1ª. divisão e o Estádio

Valdeir de Oliveira está interditado, esperando obras de reforma e ampliação. A Jalles Machado S/A recebeu condecoração do Instituto Agronômico de Campinas durante solenidade de comemoração dos 125 anos do IAC. Otavinho foi a Campinas-SP para receber a homenagem.

sessão soLene

Filhos de Laurentino entregam medalha do Fundador

D

gilberto naves, geni rodrigues e Don Messias

urante a sessão solene promovida pela Câmara Municipal de Goianésia para a entrega de títulos de cidadania e outras honrarias, o momento marcante foi a entrega da medalha Laurentino Martins Rodrigues, feita esse ano com a presença de quatro filhos do saudoso fundador de Goianésia. Judith, Geni, Leni e Dickson Rodrigues foram convidados pelo cerimonial da Câmara de Goianésia e compareceram à sessão para efetuarem a entrega da medalha Laurentino Martins aos homenageados : Sara Vicentini, Bispo Dom Messias e Jalles Fontoura de Siqueira. Foi um momento de grande importância para a Câmara Municipal e para os homenageados, no entanto o ato dos filhos em beijar a medalha no momento de entrega aos homenageados, evidenciou grande importância também para os familiares do fundador de Goianésia, demonstração de carinho ao saudoso pai e devida valorização a essa justa homenagem que o Poder Legislativo de Goianésia faz todos os anos, às vésperas do aniversário da cidade. A comenda Medalha do Fundador foi instituída através da Lei n. 1.145, de 31 de maio de 1991, apresentada pelo então presidente da Câmara Municipal, vereador Caludionor Antunes, aprovada pelo Legislativo Municipal e sancionada pelo então prefeito, Dr. Helio Antonio de Sousa. A comenda tem por objetivo agraciar pessoas que prestaram relevantes serviços para o desenvolvimento econômico/social, político e religioso de Goianésia, outorgando uma honraria que leva o nome do fundador da cidade, o saudoso Laurentino Martins Rodrigues.

temal carrilho, sara Vicentini e Dickson rodrigues

jalles Fontoura, judith rodrigues e geni rodrigues


A 06

Região

gazeta centro norte juNHo DE 2012

Investimentos em Goiás podem chegar a R$ 33,2 bilhões até 2013 Levantamento do setor de pesquisa da Seplan aponta que o valor é referente a 995 projetos ainda a serem executados. Se todos os investimentos forem realizados, o Estado terá mais de 110 mil novos empregos Da redação GCN

P

esquisa de intenção de investimentos, realizada pela Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento do Estado de Goiás, através da Superintendência de Estatística Pesquisa e Informação apurou para Goiás, até 2013, um montante de R$ 33,2 bilhões de intenção de investimentos nos setores industrial e de serviços, em 995 projetos, com perspectivas de gerar 110,6 mil novos postos de trabalhos. Do total previsto, R$ 17,01 bilhões (51,27%) correspondem ao segmento de etanol/açúcar, R$ 5,41 bilhões (16,32%) à atividade de mineração e beneficiamento, R$ 3,01 bilhões (9,07%) referentes à indústria metal-mecânica, R$ 2,74 bilhão (8,26%) à atividade de transporte e logística e

o segmento da indústria de alimentos e bebidas, com R$1,81 bilhão (5,47%) dos investimentos previstos. Juntas, essas cinco atividades totalizam 90,38% das intenções de investimento e 28,74% dos projetos anunciados. Do total previstos em investimentos, 15,26% estão localizados na Região de Planejamento Sudoeste Goiano. Outras quatro regiões que apresentaram concentração na intenção de investimentos foram o Oeste Goiano (14,78%), Centro Goiano (13,79%), Sudeste Goiano (13,65%) e Sul Goiano (12,75%). As demais regiões totalizaram 20,37% do montante previsto e 9,41% referem-se à construção da Ferrovia Norte-Sul, Ferrovia de Integração Centro-Oeste e outros que permeiam vários municípios.

Ascom / Jalles Machado SA

Parque industrial da Jalles Machado S/A

Jalles Machado S/A tem contribuição significativa na produção estadual A Jalles Machado S/A já colocou em pleno funcionamento a Unidade Otávio Lage, na região de Juscelândia, aumentando de forma considerável a produção de etanol e açúcar. Até outubro, a Jalles Machado pretende moer mais de dois

milhões de toneladas de cana, produzir 55 milhões de litros de etanol anidro e 31 milhões de litros de etanol hidratado, fabricar 3 milhões de sacas de açúcar, gerar 118 mil MWh de energia e processar 1,5 mil toneladas de levedura. No mesmo período,

a Unidade Otávio Lage estima colher 1,1 milhão de toneladas de cana e produzir 87 milhões de litros de etanol hidratado. A Codora Energia deverá gerar 121 mil MWh de energia elétrica. O Levantamento Sistemático de Produção Agrícola (LSPA)

do IBGE confirma a crescente demanda por cana de açúcar em Goiás. Segundo estimativa, a produção goiana de cana de açúcar em 2010 foi de 45.228 mil toneladas, 2,64% superior à de 2009. A área colhida também mostrou crescimento de 10,35%.

De acordo com o levantamento, no setor de etanol/ açúcar, estão previstos investimentos em 73 projetos de instalação ou expansão. A Petrobras, através de sua subsidiária Petrobras Biocombustível, e o Grupo São Martinho se uniram

para acelerar o crescimento da produção de etanol em Goiás. A parceria prevê a ampliação da capacidade de produção da Usina Boa Vista, em Quirinópolis, Sudoeste do Estado, que deve se tornar a maior destilaria do Brasil.

Dr. Hélio destaca criação do Fundo do Norte e Vale do São Patrício Governador enviou para Assembléia projeto que atende proposta de emenda constitucional apresentada pelo deputado, que representa a região no parlamento goiano. O deputado Helio de Sousa (DEM) afirmou que recebeu com alegria a notícia da chegada do projeto de lei, encaminhado pelo Governador Marconi Perillo, que regulamenta o Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Vale do São Patrício e Norte Goiano. Autor da proposta de emenda à Constituição Estadual para criação do fundo, o deputado disse que a propositura vai permitir que as desigualdades entre as regiões goianas sejam reduzidas. "O governador Marconi Perillo, em ato de sensibilidade, encaminhou projeto de lei complementar que regulamenta o Fundo. O deputado Lincoln Tejota (PSD) será o relator da proposta. Esse fundo será administrado pela Secretaria de Gestão e Planejamento, preparando o Norte de Goiás e o Vale do São Patrício para o futuro. É com alegria que recebi esta notícia", afirmou o democrata, autor da emenda constitucional que criou o fundo, em 2010. O deputado Helio de Sousa (DEM) ainda afirmou que

Ascom / Jalles Machado SA

Deputado Helio de Sousa a criação dos Fundos Constitucionais para o Vale do São Patrício e o Norte goiano foi um passo importante, uma vez que vai assegurar 0,8% das receitas tributárias líquidas de Goiás para permitir o desenvolvimento dessas regiões. Ainda resta elaborar e aprovar lei complementar para regular a aplicação desses recursos. A criação de uma Zona Franca é uma garantia adicional para a redução das desigualdades

regionais de Goiás", afirmou Helio de Sousa. Helio de Sousa disse que os investimentos públicos nas regiões Norte e Nordeste, além do Vale do São Patrício, são insuficientes para alavancar o desenvolvimento econômico. De acordo com o democrata, a ampliação da infraestrutura por parte do Estado é a contrapartida necessária para a iniciativa privada investir nas regiões.

"A Ferrovia Norte-Sul vai cortar o Vale do São Patrício e as regiões Norte e Nordeste. A população, por sua vez, não deseja que a ferrovia sirva somente como escoamento da produção de outras regiões. Há uma necessidade de que se produza para ampliar o desenvolvimento econômico e social, que caminham juntos. A Zona Franca é a melhor maneira de atrair investimentos e fomentar o desenvolvimento re-

gional", afirmou o democrata. O Projeto do FUNOVA O projeto de lei nº 1.739, de autoria do Executivo goiano, foi apresentado em plenário e já encaminhado para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ). A proposta visa regulamentar o artigo 144-B da Constituição do Estadual, que institui o Fundo Constitucional do Vale do São Patrício e Norte Goiano (Funova).

O FUNOVA é uma unidade especial de natureza orçamentária e contábil, com autonomia administrativa e financeira, vinculada ao órgão estadual de gestão e planejamento, e tem o objetivo de reduzir as desigualdades regionais e sociais e promover o desenvolvimento socioeconômico dos municípios do Vale do São Patrício e do Norte goiano. A Governadoria do Estado, com a proposta, visa dar efetividade ao organismo do FUNOVA, regulamentando seu funcionamento e definindo sua jurisdição, suas fontes de receita, finalidades e a abrangência de suas ações e execuções. Com isso, suas fontes de receita irão abarcar 0,8% das receitas tributárias líquidas do orçamento anual do Estado, doações de qualquer natureza, contribuições e financiamentos e recursos concedidos por entidades de direito público ou privado. Além disso, o controle e a fiscalização da execução orçamentária e financeira do FUNOVA serão efetuados pelos órgãos competentes do Poder Executivo e pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), cabendo-lhes a apreciação de seus balancetes mensais e suas prestações de contas anuais. (Orivaldo José)


Esporte

gazeta centro norte junHo De 2012

A 07

Divisão de acesso : Em disputa duas vagas para o Goianão 2013

O

Campeo n a t o Goiano de Futebol Profissional da Divisão de acesso – edição 2012, movimenta o futebol goiano neste segundo semestre do ano, sendo que a disputa irá definir mais duas equipes que para a 1ª. divisão em 2013. O campeonato, que teve a desistência do Nerópolis, tem a participação de nove equipes que se enfrentam em turno e returno na 1ª Fase. As quatro melhores classificadas dessa fase avançam para a Semifinal. Nessa etapa, 1º e 4º colocados se enfrentam em jogos de ida e volta por uma vaga na Final, enquanto 2º e 3º definem em duelos de mesmo formato a outra. Os dois clubes finalistas já ficam automa-

BOLA MURCHA Departamento Municipal de Esportes Falta calendário Inércia do Departamento de esportes frustra desportistas O Departamento de Esportes e Lazer de Goianésia encerra o 1º. semestre do ano, sem promover o campeonato de futebol amador, deixando jogadores e dirigentes desolados com a falta de atividades. O futebol amador de Goianésia, que até pouco tempo era referência e modelo no interior do Estado, agora agoniza pela falta de um calendário que proporcione atividade para as equipes amadoras da cidade. Alguns dirigentes mais esforçados conseguem marcar jogos amistosos nos clubes recreativos que disponibilizam seus campos para a realização de partidas que movimentem os finais de semana no nosso amadorismo, mas a grande maioria dos times depende de uma iniciativa da Prefeitura de Goianésia, através justamente do Departamento de Esportes e Lazer, que lamentavelmente não consegue nesse momento atender a essa necessidade. Há alguns anos atrás, as nossas equipes tinham até quatro competições dentro de cada ano, eram os campeonatos de futebol amador e varzeano, realizados tradicionalmente no primeiro semestre, e a Copa Jalles Machado

ticamente classificados para o Goianão 2013. Nesse ano, apenas uma das equipes envolvidas no Campeonato será rebaixada, pois ao desistir da disputa, o Nerópolis sofreu descenso automático para a 3ª Divisão. Participarão da divisão de acesso o Anápolis Futebol Clube, o Aparecida, a Jataiense, o Goiânia, o Grêmio Esportivo Anápolis, o Iporá, o Mineiros, o Santa Helena e o Trindade. A Federação Goiana de Futebol e o Comitê Técnico trouxeram para essa edição da Divisão de Acesso uma regra inovadora que visa incentivar maior investimento dos clubes nas categorias básicas. Trata-se da obrigatoriedade de que metade dos jogadores relacionados no boletim para as

e o Torneio dos Campeões, no segundo semestre, isso sem falar no Campeonato dos quarenta e no Torneio da zona rural. Os responsáveis pela condução do esporte amador tentam justificar a falta de atividades do primeiro semestre do ano, atribuindo a participação do Goianésia Esporte Clube no campeonato goiano da 1ª. Divisão, mas o azulão do vale se despediu do campeonato em 15 de abril.

com 72 anos de história, a Federação goiana de Futebol (FgF) é hoje uma das principais entidades do esporte no Brasil partidas tenham no máximo 22 anos de idade. Isso significa que dos 18 atletas relacionados para as partidas, nove devem completar 22 anos apenas em 2013, estabelecendo assim o limite para atletas nascidos até o ano de 1990.

Com 72 anos de história, a Federação Goiana de Futebol (FGF) é hoje uma das principais entidades do esporte no Brasil. A Federação, que já realizou 50 edições do Campeonato Goiano desde que o futebol foi profissionalizado em Goiás, é avaliada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) entre as dez melhores confederações do País. Além do sucesso e profissionalismo das competições que organiza, a FGF se destaca também por seu comprometimento com a realização constante de projetos sociais que beneficiam os torcedores e a população, tornando-se a única entidade nacional premiada pelo Instituto Brasileiro de Verificação de Gestão (IBGV) graças a seu apoio às causas humanitárias.

junior Baiano comanda santa Helena DiVuLgação/gcn

BOLA CHEIA Clube Campestre de Goianésia O Clube Campestre de Goianésia está de bola cheia. Os diretores de esportes, Tadeu Luiz e Vantuir, mostram competência na organização e realização de eventos, mantendo uma programação com torneios de futebol society, futevôlei e vôlei na areia. Recentemente foi realizado com grande sucesso o torneio máster de futebol society, que reuniu atletas com mais de 40 anos de idade. Já teve início o torneio de futebol society de ações, que envolve somente os associados. Enquanto o Departamento de Esportes da prefeitura mostra-se totalmente desnorteado, o Clube Campestre e sua diretoria, presidida por Agnaldo Mangubão, dá um show de competência e criatividade.

junior baiano é técnico do santa Helena

O ex-jogador Júnior Baiano é o técnico do Santa Helena, clube que é chamado de Fantasma do Sudoeste goiano e que disputa a 2ª divisão de Goiás. Será o primeiro trabalho do ex-zagueiro de 42 anos na função de treinador. Júnior Baiano citou Telê Santana na condição de referência como comandante e pretende transformar erros cometidos no passado em ensinamentos aos jovens. Zagueiro da seleção brasileira na Copa de 1998, na França, Júnior Baiano tinha a fama de jogador temperamental, estragando grandes apresentações com firulas desnecessárias ou

problemas extracampo. Ele jamais escondeu a vida como baladeiro, mas agora como técnico, espera não aplicar regimes fechados e pretende transformar os erros do passado em orientações para procedimentos corretos aos seus comandados. Júnior Baiano é a única novidade entre os técnicos das equipes da divisão de acesso 2012, pois velhos conhecidos do torcedor goiano comandam as equipes. Os demais clubes apostam na experiência de quem já conhece o futebol goiano para buscar uma vaga na 1ª. divisão do ano que vem.

Os técnicos das equipes da 2ª. Divisão 2012 DiVuLgação/gcn

Apesar da presença de Junior Baiano no comando do Sana Helena, os técnicos que comandam as equipes da divisão de acesso são figurinhas conhecidas e carimbadas pelo torcedor goiano. Nivaldo Lancuna, Wladimir Araújo, Junior Pezão e Pedro Mendes são os mais rodados, pois já passaram pela grande maioria dos clubes goianos. Nivaldo Lancuna, que treinou o Goianésia Esporte Clube na 1ª. Divisão deste ano, agora comanda o Goiânia Esporte Clube e tem a difícil missão de tentar levar o galo da capital goiana de volta a elite do nosso futebol.

nivaldo Lancuna agora é tecnico do goiânia


A 08

Região

gazeta centro norte junHo De 2012

ong reProLatina : Barro aLto

Capacita novos voluntários para atuarem como agentes educativos Projeto em parceria com a Anglo American tem como objetivo construir uma cultura de prevenção e promoção da saúde sexual e reprodutiva DiVuLgação/gcn

Da assessoria angLo aMerican

A

ONG Reprolatina, em parceria com a Anglo American, realizou na planta industrial de Barro Alto, a capacitação de 23 pessoas para atuarem como agentes educativos voluntários na prevenção às DST/HIV-AIDS. A maior parte dessas pessoas é de empresas terceirizadas e elas realizarão ações de prevenção e promoção da saúde sexual e reprodutiva, com foco na prevenção dessas doenças. Em 2010, a Anglo American estabeleceu uma parceria com a ONG Reprolatina para atender uma necessidade do município e da comunidade. Foi criado o projeto “Construindo uma cultura de prevenção e facilitando um projeto de vida com mais saúde para adolescentes em Barro Alto”. O programa tem como objetivo construir uma cultura de prevenção e promoção da saúde sexual e reprodutiva, visando diminuir as vulnerabilidades da população de Barro Alto, em especial de adolescentes e jovens, para prevenir a gravidez não planejada, às DST/HIV-AI-

“construindo uma cultura de prevenção e facilitando um projeto de vida com mais saúde para adolescentes em Barro alto”.

DS, o uso de drogas, a violência incluindo a exploração sexual, e outros aspectos da saúde sexual e reprodutiva. Para dar continuidade ao projeto, foi criado o Núcleo “Vivendo a Adolescência com mais saúde em Barro Alto”, que é um espaço para educação permanente em saúde e um ponto de encontro de adolescentes agen-

tes voluntários de saúde e promotoras voluntárias de saúde para planejamento e realização de ações de prevenção. Além disso, foi implementada a Política de Saúde Sexual e Reprodutiva de Adolescentes do Ministério da Saúde nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Atualmente, as UBS de Barro Alto possuem um horário

exclusivo para consulta de adolescentes, onde podem ser feitos exames de saúde. Além disso, contam também com uma gama de métodos anticoncepcionais e com material educativo. Saúde, educação e ação social estão atuando de maneira integrada na realização de ações de prevenção. Em 2011, foi implantada a educação se-

xual de maneira sistemática nas escolas com participação de educadores e de adolescentes capacitados pela Reprolatina. Agora existe um plano com ações de prevenção e promoção que inclui atividades educativas, oficinas, minuto saúde, mensagens e vinhetas na rádio. A Reprolatina, por meio do projeto “Construindo uma cultu-

ra de prevenção e facilitando um projeto de vida com mais saúde para adolescentes em Barro Alto”, já capacitou adolescentes como agentes voluntários de saúde; médicos e enfermeiros na atenção em saúde do adolescente; educadores para atuarem nas escolas e também promotoras voluntárias de saúde sexual e reprodutiva. Além disso, foram realizadas campanhas educativas de sensibilização e orientação em datas comemorativas como Carnaval, Dia da Mulher e Dia Internacional de Luta Contra HIV-AIDS. Mais de 6.000 pessoas já foram beneficiadas pelas atividades do projeto e mais de 200 foram capacitadas.

Projeto ajuda a quem ajuda Iniciativa do presidente da Câmara de Goianésia beneficia entidades filantrópicas não governamentais. Através de convênio entidades recebem recursos financeiros do Poder público para desenvolvimento de suas atividades. Da reDação gcn

Desde que assumiu o comando da Câmara Municipal de Goianésia, o vereador Temal Carrilho (DEM) tem procurado desenvolver um trabalho com o objetivo de promover o bem estar social da comunidade de Goianésia, tendo em vista, que esse foi o slogan adotado para a sua administração frente a presidência do Poder Legislativo goianesiense. Logo nos primeiros meses de sua administração, em 2011, buscou interagir com a sociedade civil organizada, mantendo reuniões com clubes de serviço, entidades não governamentais, presidentes de associações de moradores e representantes do terceiro setor. Sendo que depois desta etapa de interação comunitária e já com a experiência de anos e anos trabalhando junto a movimentos religiosos e em sua própria atividade profissional, onde já assistia centenas de pes-

soas em busca de aposentadorias ou pensões, o vereador Temal Carrilho reuniu sua equipe de trabalho e os demais membros da mesa diretora da Câmara de Goianésia, onde apresentou sua decisão de ajudar as pessoas carentes através de repasse de recursos financeiros para várias entidades filantrópicas não governamentais, elaborando uma ação que se tornou o PROJETO AJUDA A QUEM AJUDA.

Com o objetivo definido e as linhas de ações projetadas, Temal Carrilho disse que procurou o prefeito Gilberto Naves (PMDB) e apresentou sua proposta, tendo em vista, que para desenvolver o projeto e fazer chegar às entidades filantrópicas os recursos economizados por sua administração na Câmara Municipal, dependia da celebração de convênio entre o Município e cada uma das en-

tidades pré-selecionadas, relatando ainda que houve a concordância do chefe do executivo e o projeto foi concretizado. Desde o segundo semestre do ano passado, a Câmara de Goianésia economiza em suas despesas com combustíveis, diárias, telefone, energia, divulgação, material de expediente e de consumo, fazendo com que ao final de cada mês, seja devolvido a Prefeitura, recursos financeiros do

entidades agradecem o apoio A presidente da APAE/ Goianésia, Nair Bernardes, em entrevista à imprensa durante recente reunião para renovação do projeto para 2012, disse a verba chegou para a instituição num momento importantíssimo, quando a Escola da APAE estava necessitando reforçar o seu quadro de monitores e professores. Nair Bernardes recentemente recebeu a visita de Temal Carrilho na sede da APAE, que atende a dezenas de crianças e adolescen-

tes, oportunidade em que mostrou ao presidente da Câmara Municipal, os trabalhos desenvolvidos pela entidade junto aos alunos e a assistência social feita para toda a comunidade. Valdivina Vieira, presidente do Centro de Voluntários de Goianésia, disse que os recursos repassados pela Câmara Municipal, são utilizados na compra de enxovais para gestantes do Projeto Léo Siqueira e também em cestas básicas para dezenas famílias

assistidas pelo Centro de voluntários. Já o pastor Aloisio Tolentino, presidente do Movimento Jovem de Libertação – MOJOLI, frisou a importância da ajuda afirmando que a verba proporcionou condições para a entidade estruturar a assistência dada aos internos da chácara MOJOLI, localizada às margens da rodovia Goianésia/Juscelândia. A professora Cecinha, que já foi vereadora em Goianésia, atualmente preside o SOMAR – Núcleo de

apoio a portadores de câncer, um segmento da Organização das Voluntárias de Goianésia, que atende dezenas de pessoas acometidas pelo câncer, também é beneficiado pelo projeto ajuda a quem ajuda. Cecinha relatou em uma entrevista a imprensa que os recursos doados ao SOMAR são utilizados na aquisição de medicamentos, realização de procedimentos e exames e encaminhamentos para tratamento de várias pessoas acometidas pelo câncer.

duodécimo, que desta forma são repassados para 12 entidades filantrópicas realizarem suas atividades assistenciais. O presidente da Câmara de Goianésia, Temal Carrilho, disse que as entidades filantrópicas não governamentais que recebem recursos públicos dentro Projeto ajuda a quem ajuda, foram criteriosamente selecionadas, partindo do princípio de que todas estavam em plena ati-

vidade, assistindo diversos segmentos da comunidade e com documentação regularizada. Temal relatou a nossa reportagem que as entidades prestam assistência aos mais diversos segmentos da comunidade, frisado que “tem entidade que cuida de crianças, outras cuidam de gestantes, duas delas assistem a idosos, outras três cuidam de pessoas acometidas por doenças como o câncer e o diabetes, duas entidades assistem pessoas com problema de vícios com drogas ou bebidas, algumas prestam serviços a adolescentes, ou seja, cada uma delas tem a tarefa de cuidar de uma parcela da nossa comunidade mais carente ou necessitada da ajuda do próximo” . O presidente da Câmara ainda frisou que através deste projeto, os membros do Poder Legislativo de Goianésia tem a certeza que o recurso está sendo bem aplicado e realmente está chegando a quem mais precisa da ajuda do poder público.

Jornal Gazeta Centro Norte - Edição 1  

Jornal Mensal de Goianésia - GO

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you