Issuu on Google+

RELAÇÕES COM INVESTIDORES | 28 | ANO 5 | SETEMBRO/OUTUBRO DE 2009

Cinco anos de IPO

O toque simbólico da campainha pelos executivos e conselheiros da CPFL Energia e da BM&FBovespa, dia 29 de setembro, marcou os cinco anos da Oferta Pública Inicial (IPO) da empresa em São Paulo e Nova Iorque. Esses lançamentos fizeram com que a CPFL fosse a primeira empresa a listar suas ações simultaneamente nos dois mercados com os mais altos níveis de governança corporativa. O desempenho desses cinco anos foi resultado de um plano estratégico focado na criação de valor para seus milhares de acionistas. Desde o IPO foram investidos R$ 5 bilhões nos três segmentos de atuação: Distribuição, Geração e Comercialização de energia. Hoje o portfólio inclui oito distribuidoras com 13% de participação no mercado e atendimento a 6,5 milhões de clientes no Brasil. No segmento de geração, já entraram em operação cinco usinas hidrelétricas e em 2010 deve ser acionada a usina de Foz do Chapecó. Foram repotenciadas Pequenas Centrais nesse período e, em 2008, é criada a CPFL Bionergia, para investimentos em cogeração a partir do bagaço da cana. No IPO, a potência instalada do parque gerador

da CPFL era de 854 MW e deverá chegar a 2.202 MW em 2010. Em comercialização, a holding detém 22% do mercado, com crescimento na oferta de serviços de valor agregado. Vários reconhecimentos foram obtidos do mercado pela Governança Corporativa: a CPFL passou a integrar o Companies Circle, obteve o Rating AA+ atribuído pela Austin Rating e foi reconhecida como a melhor empresa em governança da América Latina pela Latin Finance Magazine. Nesse período as ações da empresa passaram a fazer parte da carteira dos principais índices e valorizaram acima do Ibovespa e do Dow Jones. Desde o IPO o dividend yeld pago atingiu 71,3%, colocando a CPFL entre as melhores pagadoras de dividendos. Todas essas informações foram compartilhadas com os acionistas, analistas e investidores na reunião Apimec especial de comemoração e estão disponíveis no website de Relações com Investidores. Na ocasião foram homenageados os seus acionistas controladores, VBC Energia, Previ e Bonaire, além de um representante dos acionistas minoritários, pela confiança e contribuição para o sucesso da Companhia.

Palavra do Presidente

Preparando novos saltos A CPFL Energia já planeja seu ciclo estratégico para os próximos cinco anos. Até 2014, o objetivo é criar valor para os acionistas com taxas superiores às do mercado através de inovação em processos e do crescimento empresarial. Fizemos esse anúncio no evento que marcou o quinto aniversário do IPO, no último dia 29 de setembro, na BM&FBovespa. A companhia tem metas ambiciosas a cumprir. Dentre elas, queremos dobrar nossa atuação em distribuição; aumentar fortemente a participação no segmento de geração, e manter a liderança em comercialização.

Em distribuição, onde somos líderes, pretendemos aumentar o market share de 13% para 25%, por meio da aquisição de ativos estratégicos e de cooperativas, além da incorporação de redes particulares em nossas áreas de concessão. No segmento de geração, a meta é saltar de 1.737MW de capacidade instalada para 5,4 mil MW nos próximos cinco anos. Desse total, o plano é adicionar 1 mil MW de fontes alternativas. Esses números levariam a companhia a se tornar o segundo maior player privado do setor elétrico bra-

Flavio R.Guarnieri

Executivos e Conselheiros da CPFL Energia e da BM&FBovespa comemoram 5 anos de IPO Flavio R.Guarnieri

Homenageados: Francisco Caprino Neto, Fábio Silveira Bueno, Wilson Ferreira Jr, Ricardo Carvalho Giambroni e Gisélia da Silva

sileiro. Assim, estar no bloco vencedor do leilão de Belo Monte é parte importante dessa estratégia. Temos um longo caminho a percorrer até 2014, mas a nossa história recente demonstra que, com crescimento sinérgico, eficiência operacional, disciplina financeira, sustentabilidade e responsabilidade corporativa e governança corporativa diferenciada, a CPFL Energia possui sólidas vantagens competitivas para superar os desafios. Wilson Ferreira Jr. Presidente da CPFL Energia


Mercado de Capitais

Desempenho em bolsa Veja abaixo o gráfico com o desempenho das ações da CPFL Energia no período de 12 meses findos em agosto de 2009, tanto na Bo-

vespa (CPFE3) quanto na Bolsa de Nova Iorque (CPL) em comparativo com os principais índices de referência das respectivas bolsas.

Comparação CPFE3 x IEE x Ibov (base 100)

Comparação CPL x DJBr20 x DJIA (base 100)

-10,1% -19,2% -17,7%

5,7% CPFE3

22,1% 1,5% IEE

Ibov

CPL

DJBr20

DJIA

Fonte: Economática Variações com ajustes por proventos

Recomendações de analistas

Avaliações

A performance das ações da CPFL Energia negociadas na BM&FBovespa, e de seus ADRs, negociados na Bolsa de Valores de Nova Iorque (Nyse), é acompanhada por analistas de 25 instituições financeiras, sendo 10 nacionais e 15 estrangeiras.

Interação online

No website de Relações com Investidores da CPFL Energia, as recomendações elaboradas por essas instituições financeiras estão disponíveis para consulta. Para conferir a tabela completa, visite o site www.cpfl.com.br/ri. No menu, escolha a seção “Avaliação do Mercado” e clique na opção “Cobertura dos Analistas”.

Palavra do Vice-Presidente

5 anos na Bolsa Há cinco anos abrimos nosso capital para investidores com o compromisso de juntos construirmos uma história de sucesso. Naquele momento buscávamos recursos para expandir nossas operações em distribuição, comercialização e geração de energia elétrica e pudemos contar com o mercado de capitais brasileiro para financiar esse crescimento. Hoje acreditamos que fomos além do prometido em 2004. Desde o IPO consolidamos nossa participação e nos tornamos a maior empresa privada do setor elétrico brasileiro. Nossas ações fazem parte dos principais índices do mercado e valorizaram 184% na BM&FBovespa e 328% na NYSE até agosto, com destaque para o crescimento expressivos no volume médio negociados nas duas bolsas, atingindo mais de R$ 30 milhões e um crescimento de 13 vezes no número de negócios diários. Nesse período, revertemos em forma de dividendos para os acionistas R$ 5,7 bilhões, atingindo um dividend yield de 71,3%. Todo esse trabalho foi recentemente reconhecido pelo mercado através do Ranking Capital Aberto 2009 – As Melhores Companhias para os Acionistas, onde pela segunda vez, figuramos entre as nove vencedoras. Esse Ranking aponta as companhias que mais se destacaram em rentabilidade do negócio, rentabilidade da ação, liquidez, governança corporativa e sustentabilidade. Com isso, agradecemos a confiança e reafirmamos nosso compromisso com o futuro de continuar a buscar a geração de valor aos nossos milhares de acionistas, no País e no mundo. José Antonio de Almeida Filippo Vice-presidente Financeiro e de RI

Reconhecimento

Melhor também para os acionistas A CPFL Energia é, pela segunda vez, uma das nove empresas brasileiras a receber o prêmio “As Melhores Companhias para os Acionistas”, conquistando o terceiro lugar entre as corporações com valor de mercado superior a R$ 15 bilhões. O prêmio é concedido pela revista Capital Aberto e é baseado em um ranking que aponta as companhias que mais se destacam em rentabilidade do negócio, rentabilidade da ação, liquidez, governança corporativa e sustentabilidade.

2

Transparência nas informações A CPFL Energia foi vencedora do prêmio ANEFAC – FIPECAFI – SERASA 2009, que reconhece as empresas com as melhores demonstrações contábeis publicadas no país e tem por objetivo incentivar a transparência corporativa no mercado, através do fornecimento de informações

claras e de qualidade. Na cerimônia de premiação, a CPFL Energia recebeu o troféu Transparência, um certificado de idoneidade para as vencedoras, na avaliação dos promotores. Em sua oitava edição, o prêmio foi entregue para 20 corporações vencedoras.


Guia Exame

Uma das 10 Melhores para se trabalhar É a primeira vez que a CPFL Energia figura na seleta lista das 10 primeiras colocadas no Guia Você S/A Exame das 150 Melhores Empresas para Você Trabalhar. O reconhecimento e a inclusão no Guia acontece pela oitava vez consecutiva. A companhia figurou na oitava posição. “O reconhecimento é para todas as empresas do grupo CPFL Energia. Conseguimos uma

excelência de gestão em 23 empresas e o reconhecimento é dos próprios colaboradores que participaram da avaliação com mais de 800 questionários respondidos”, atesta Wilson Ferreira Jr., presidente do Grupo. A nota de Felicidade no Trabalho, por exemplo, atingiu 85,5 pontos de um total de 100. Mais de 82% estão satisfeitos e motivados com o trabalho.

9

Inovação

Arquivo

Transformadores móveis agilizam atendimento

Deixar o cliente sempre ligado. Essa é a missão mais importante e desafiadora de uma distribuidora de energia elétrica. Ao acionar um interruptor, ligar uma tevê ou funcionar uma ferramenta elétrica, o cliente da CPFL tem mais chances de obter sucesso que o de outras distribuidoras pelo nível de eficiência operacional da empresa. Essa condição deve melhorar ainda mais a partir de agora. Estão sendo adquiridos três transformadores móveis, um investimento de R$ 10,9 milhões,

para atender situações de emergência ou auxiliar em grandes manutenções. Os transformadores móveis entram em ação em situações de falta de energia que demandem intensos e demorados reparos. Por exemplo, a queima de um transformador fixo de uma subestação pode deixar milhares de consumidores sem luz. Numa situação como essa, o transformador móvel substitui o equipamento danificado e restabelece a energia rapidamente até que o reparo seja concluído.

Parceiros

Reconhecimento à qualidade dos fornecedores Criado em 2007, o Prêmio CPFL Mais Valor já beneficiou 28 empresas fornecedoras de materiais e serviços, estimulando-as a atingirem a excelência no nível de atendimento nos requisitos de qualidade, prazo, segurança, meio ambiente e responsabilidade social, Nesta edição 2009, o prêmio foi concedido a 15 empresas que se destacaram no atendimento, compromisso, cordialidade, relacionamento e segurança no trabalho durante o ano de 2008.

Agenda

10

novembro

Divulgação de resultados 3T09

11

novembro

Webcast divulgação de resultados

11 12

novembro novembro

Expo Money Rio de Janeiro

3


Sustentabilidade

Umnãoàssacolas plásticas Atenta às principais causas ambientais, a CPFL Energia aderiu à campanha ‘Saco é um Saco’, lançada recentemente pelo Ministério do Meio Ambiente. A empresa distribuiu 10 mil sacolas reutilizáveis para seus colaboradores e parceiros, como forma de incentivar sua utilização e tem divulgado mensagens nas contas de luz de todos os seus clientes atendidos em baixa tensão. O objetivo da campanha ‘Saco é um Saco’ é reduzir a utilização de sacolas plásticas como forma de evitar a poluição provocada pela difícil e demorada decomposição desse material no meio ambiente. “Vamos não apenas incentivar a substituição desses materiais plásticos com a entrega de sacolas reutilizáveis, como também mobilizar a sociedade através de mensagens nas nossas contas de luz, como forma de criar uma nova consciência ambiental no país”, explica Wilson Ferreira Jr.

CPFL Energia endossa compromissos ambientais Ao lado de grandes empresas brasileiras, a CPFL Energia assinou a Carta Aberta ao Brasil, comprometendo-se a reduzir suas emissões de gases de efeito estufa, causadores do aquecimento global. O documento foi assi-

Temos o Selo Diversidade

nado durante o Fórum Brasil e as Mudanças Climáticas, realizado em São Paulo. Na mesma carta, as companhias comprometem-se a divulgar anualmente o total de emissões de CO2 no período.

Pela suas iniciativas de incentivo e apoio à diversidade, a CPFL Energia recebeu do governo estadual de São Paulo o Selo Diversidade. O reconhecimento tem o objetivo de incentivar as práticas de inclusão social no mercado de trabalho dentro das empresas públicas ou privadas e da sociedade civil, independentemente do seu porte. Dentre as práticas incentivadas pela certificação estão projetos que promovam e valorizem a diversidade, sejam elas de etnia, gênero, cultural, idade, sexo.

INVESTIDOR é uma publicação da área de Relações com Investidores da CPFL Energia, editada pela Diretoria de Comunicação Empresarial e Relações Institucionais, Rodovia Campinas Mogi Mirim, Km 2,5 - Jd. Santana - Campinas/SP, CEP 13.088-900. Fone: (19) 3756-8197 Fax: (19) 3756-8040 - Vice-Presidente Financeiro e de Relações com Investidores: Jose Antonio de Almeida Filippo, Diretor de RMI: Gustavo Estrella, Diretor de Comunicação Empresarial: Augusto Rodrigues, Gerente de Jornalismo: Carlos Henrique Matos Ramos. Jornalista Responsável: Maria Helena Portinari MTB15577. Conteúdo e edição: Marcos Sambo. Design: Leonardo Castagna - site: Relações com Investidores: www.cpfl.com.br/ri - email: ri@cpfl.com.br.

4


Newsletter Investidor CPFL Outubro