Page 1

D I Á R I O

D O

P E D E S

R E

POR DANIEL MELO


I N T R O

na rodô, prestígio & chokito

é um real no metrô, assento preferencial

é respeitado quase sempre.

A proposta do trabalho é vivenciar uma semana na cidade, com a mesma rotina diária, mas sem o transporte individual. Apesar de ser pedestre no meu cotidiano, me atentei para situações, pessoas, objetos, árvores, edifícios e muitas coisas que acabam passando em branco quando estamos em alta velocidade, tanto fisica quanto figurativamente.

Brasília, ainda que seja uma cidade monumental, sem alcance, setorizada, onde o carro é priorizado e o pedestre deixado em segundo plano, tem suas belezas. Quando não buscamos enxergar o que está errado, podemos ver uma cidade-parque completamente cinematográfica, coroada por um céu imenso e belo, disposta a ser vivida. na faixa,

S E T

o carro pára.


2 1 0 9 Minha cidade é Ceilândia Sul. A pé, o caminho até a estação de metrô ‘Centro Metropolitano’ é longo, já que não existe sombra pelo caminho. A calçada não é boa para o percurso, o que faz o pedestre caminhar pela ciclovia do canteiro central da via. O entorno da estação é árido e de uso residencial, o que gera sensação de insegurança, apesar da presença de ambulantes, de um sacolão e de uma padaria. A espera pelo trem é de 15 minutos.

S E G

CASA - RODÔ // RODÔ - CASA

18 min

45 min

0

4,00

1,8 km

25 km 925

45 min

7 min

4,00

2,25

25 km

1,9 km


2 2 0 9 O ônibus para o estágio, no Lago Sul, passa de hora em hora. Quando chego um pouco atrasado para o ônibus das 8h, recorro ao transporte pirata. O ponto dos carros privados, que “oferecem” carona pelo preço da passagem de ônibus, é logo ao lado do terminal rodoviário (antigo Touring Club). O transporte irregular é a alternativa encontrada por muitas pessoas, tanto pelo tempo de espera pelo próximo ônibus na rodoviária quanto pelo conforto do local em que se salta.

T E R

RODÔ // ESTÁGIO

147.3

10 min 4,00 6,4 km É importante destacar que entre as linhas de ônibus que passam por aqui, saindo da rodoviária, não são circulares do Lago Sul, mas têm por destino final São Sebastião ou Paranoá. Da parada de ônibus até o bloco em que estagio existe um caminho que, além de não sombreado, não tem vida: desconforto térmico e insegurança detectados.


2 3 0 9

ESTÁGIO // UNIVERSIDADE 147.7

Para sair do Lago Sul, a espera é de aproximadamente 20 minutos, sob o sol escaldante de 12h. Na maior parte das vezes, pego um ônibus até a rodoviária e de lá vou para a UnB. Neste dia, por sorte consegui pegar um “L2 Norte”, e saltei ao lado do CEAN. O caminho até o campus é totalmente desconfortável e hostil, já que não existem sombras ou os ‘olhos para a rua’ de Jacobs. À noite, náo recomendaria passar por ali.

40 min 4,00

Q U A

9,5 km


2 4 0 9

UNIVERSIDADE // RODÔ 110

Há um ano, era bem difícil esperar pelo 110 na parada do ICC. Hoje, a espera é menor, de 10 minutos no máximo. O local se tornou mais agradável, também, depois da instalação de um toldo para abrigar a fila do ônibus.

Q U I 20 min 3,00 6,5 km


924

2 5 0 9 Geralmente, quando volto à noite, pego o metrô e salto na estação Centro Metropolitano, de onde vou para casa de carona - o caminho até em casa ou até o ponto de micro-ônibus não tem iluminação nem gente. Nesta sexta, desci na estação Ceilândia Centro, de onde andei até a próxima parada para pegar o micro-ônibus. Os cobradores ‘batem o ponto’ em um bar local.

S E X

RODÔ // CASA

50 min

15 min

4,00

2,25

27 km

6 km

924

20 min

50 min

2,25

4,00

6 km

27 km


2 6 0 9 Um dos meus locais favoritos para lazer em Brasília é o CasaPark, tanto pelo cinema Itaú quanto pela livraria Cultura. Pego o metrô até a estação Shopping e vou andando até lá. Não existe um caminho idealizado para o pedestre, já que é necessário atravessar uma avenida de 6 faixas, passar por uma passagem que lembra as subterrâneas do Plano Piloto, por um estacionamento de hipermercado e por uma via quase inabitada, onde acontece comércio de móveis.

S Á B

CASA // LIVRARIA & CINEMA

20 min

10 min

3,00

0

15 km

0,8 km


2 6 0 9

Domingo de sol pede um parque. Saindo de casa, pego o metrô até a rodoviária e de lá saio em um ônibus para a W3 Sul. Salto na parada do Pátio Brasil, e de lá caminho até o parque. Não é um caminho super agradável, mas é um local movimentado e a sensação de segurança existe.

D O M

CASA // PARQUE

107

15 min

10 min

3,00

0

1,7 km

0,9 km

Profile for Daniel Melo

Diário do Pedestre  

Trabalho desenvolvido para a disciplina Avaliação Pós-Ocupacional (FAU/UnB), 2016.

Diário do Pedestre  

Trabalho desenvolvido para a disciplina Avaliação Pós-Ocupacional (FAU/UnB), 2016.

Profile for dnlmlo
Advertisement