Page 1

1

SISTEMAS ESTRUTURAIS: FUNDAÇÕES E CONTENÇÕES

INTRODUÇÃO PROFESSORA ESPECIALISTA MARIANNE SILVESTRE TEIXEIRA ALMEIDA


2

PALAVRA DO PROFESSOR As obras de engenharia são os elementos fundamentais para o desenvolvimento e estas obras são também o campo de trabalho dos arquitetos. Os arquitetos devem conhecer os conceitos básicos de Mecânica dos Solos e o comportamento das fundações para conseguir discutir seus projetos e zelar pelo bom desempenho das edificações por eles projetadas. As obras de engenharia interagem com o meio ambiente e entre elas próprias. Todas as obras possuem uma fundação e assim sempre possuem um vinculo com o solo. É necessário o arquiteto conhecer os mecanismos de interação entre as obras e os solos para que possam ter mais liberdade para criar. A escolha do melhor terreno ou da melhor disposição dos pilares deve ter em conta sempre o subsolo da região. O projetista de fundações necessita de informações para projetar e executar adequadamente as fundações e estruturas em solos. Os tópicos mais relevantes que devem ser entendidos por aqueles que desejam projetar fundações são a Geotecnia e o Cálculo Estrutural. No Cálculo Estrutural estão compreendidos a análise estrutural e o dimensionamento de estruturas em concreto armado, em aço e em madeira. Na Geotecnia estão englobados a geologia de engenharia, a mecânica dos solos e a mecânica das rochas.


3

PROFESSORA ESPECIALISTA MARIANNE SILVESTRE TEIXEIRA ALMEIDA

Graduada em Engenharia de Civil, pela Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto, em 2008 e Especialista e Gestão de Obras e Inovações Tecnológicas pela Universidade Federal de Lavras em 2011. Possui vasta experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Construção Civil e Obras Públicas, com atuação pelo Exército Brasileiro.

ENDEREÇO PARA ACESSAR O CURRÍCULO LATTES: http://lattes.cnpq.br/8730276541677173


4

EMENTA Tipos de fundações; Pré-requisitos para o estudo da Engenharia de Fundações; investigação do subsolo para projetos de fundações; Fundações diretas (tipos, capacidade, recalque e Projeto); Fundações profundas (estacas, tubulações, recalques em fundações profundas, provas de carga em fundações profundas); Escolha do tipo de fundação (fatores condicionantes; fundações a serem abordadas). Estruturas de contenção (tipos e dimensionamento). Carga horária da disciplina: 80 h.


5

OBJETIVOS

OBJETIVO GERAL Apresentar ao aluno de Arquitetura e Urbanismo os conceitos básicos para a compreensão do comportamento dos solos em obras de fundação, arrimo e taludes.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS 

Apresentar os conceitos básicos de Mecânica dos Solos;

Apresentar

os

conceitos

de

resistência

ao

cisalhamento,

compressibilidade e capacidade de carga dos solos; 

Identificar os tipos de fundações com suas características principais e métodos construtivos e dimensionamento de fundações simples;

Discutir situações nas quais alguns tipos de fundação são mais apropriados ou totalmente inapropriados e apresentados exemplos de “escolha de fundações”;

Apresentar noções de empuxos de terra, estruturas de contenção, estabilidade de taludes naturais e de escavação.


6

PLANO DE ENSINO Conteúdo Programático Módulo 1:  Introdução a geotecnia de fundações – Introdução; Formação, Caracterização e classificação do solo; Investigação do subsolo; Tensões no solo; Distribuição de tensões; Recalques elásticos. Módulo 2:  Fundações diretas – Conceitos gerais; Tipos de fundações diretas; principais características; Capacidade de carga, Recalque, Projeto. Módulo 3:  Fundações profundas – Conceitos gerais; Tipos de fundações profundas;

Principais

características;

Recalques

em

fundações

profundas; Provas de carga em fundações profundas; Projeto.  Escolha do tipo de fundação - Fatores condicionantes Módulo 4:  Contenções – Teoria do adensamento; Resistencia ao cisalhamento; Estabilidade de talude; Teoria do equilíbrio plástico dos maciços da terra; Muros de arrimo; Compactação

Metodologia 

Aula expositiva dialogada

Produção e estudo de texto

Fórum participativos

Atividades de pesquisa

Estudo do meio

Aula de campo

Estrutura de Apoio 

Audiovisual

Material impresso

Livros

Revistas e jornais

Periódicos


7

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Bibliografia Básica BUDHU, M. Fundações e Estruturas de Contenção. São Paulo: LTC, 2013. DAS, B. M.. Fundamentos de Engenharia Geotécnica. São Paulo: Thomson Learning, 2011. VELLOSO, D.; LOPES, F. Fundações: Critérios de Projeto, Investigação do Subsolo e Fundações Superficiais. Vol. 1, 2ª. Edição. Rio de Janeiro: COPPEUFRJ, 1996...

Bibliografia Complementar ABNT/NBR 6122/2010: Projeto e Execução de Fundações, 2010. CINTRA, José Carlos A. et al. Fundações: ensaios estáticos e dinâmicos. São Paulo: Oficina de Textos, 2013. HACHICHI; et. al.. Fundações – Teoria e Prática. São Paulo: Ed. Pini, 1996. SCHNAID, F. Ensaios de Campo e suas Aplicações à Engenharia de Fundações. São Paulo: Oficina de Textos, 2000. URBANO, A. Exercícios de Fundações. São Paulo: Edgard Blücher,1986.

SE_II_FundaçõesContenções  
SE_II_FundaçõesContenções  
Advertisement