Page 1

A perseveranรงa faz a diferenรงa


Eu sou um anti-exemplo de aluno. Sempre fui muito burrinho para aprender. Ia à escola por causa do lanche. Parei de estudar no ensino médio e, depois, fiz supletivo. Entrei tarde na faculdade, depois de casado, para cursar Administração. Passei no vestibular muito mais por sorte do que por conhecimento. Na faculdade tive um professor de 82 anos, padre, que dava um curso sobre como cristianizar o administrador. Era um show de aula, na qual usava recursos teatrais. Eu me inspirei nele. Depois de fazer pós-graduação em Marketing, fiquei 2 anos como professor voluntário em uma universidade particular em Curitiba.


Eu falava para todos os professores, mesmo de outras áreas: “Meu amigo, eu sou o Daniel Godri, me formei em Administração e me especializei em Marketing. Se precisar de um substituto, estou aqui”. Todas as noites, ficava de plantão na faculdade. Sabia que, o dia em que um professor tivesse qualquer problema, ele ligaria para a escola e perguntaria: “Tem alguém aí para me substituir?”. Eu estaria lá. Eu entrava na sala, numa aula de Finanças, por exemplo, e dizia: “Pessoal eu estou de Marketing. O professor de vocês não pôde vir. O que ele está ensinando para vocês?”. Eles respondiam e, como não entendia nada de Finanças, eu bolava um teatro, uma aplicação prática daquele conhecimento.


Deu certo, e comecei a dar aulas. Os alunos pediam que eu fosse à empresa dos pais deles para falar sobre algum assunto. Eu ia de graça naquelas empresas de três, quatro funcionários. Eles nem desligavam as máquinas – ficavam trabalhando e me ouvindo. Fui treinando, e hoje estou aqui. Conto essa história para lhes mostrar que, se você é novo, está começando a dar aulas, não tem muita experiência, não se preocupe. Você só precisa ter garra, força de vontade, perseverança. É isso que faz a diferença. Autor: Daniel Godri


A perseverança faz a diferença  

perseveranca,difereca

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you