Page 1

CASO GALIANO

professor é suspeito

DE SE R M AN DA NT E

Marcelo Cândido Vivian foi preso na sexta-feira (7). Na segunda-feira (10), um habeas corpus concedeu liberdade ao suspeito de ter mandado matar o líder do Projeto Raio de Luz, Vagner Galiano. Advogados do professor entendem que prisão e garantem inocência. Galiano revela medo de sofrer novo ataque

PÁGINA 24 Eduardo Godinho/Rádio Aurora

Nossos bispos

A história do encantadense Dom Paulo de Conto

Páginas 20 e 21

TRAGÉDIA EM GUAPORÉ Encantadense se envolve em acidente com vítima fatal PÁGINA 23

POLÊMICA Vereador manda prefeito se vestir de Buti Página 7 SUINOFEST Últimos dias para aproveitar a festa Págs. 14 a 18


COLUNA

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

5

milton@rdencantado.com.br

A casa do Bairro Santa Clara Resposta Sobre a situação da casa do Bairro Santa Clara, em Encantado, que retratava nesta coluna a indignação de uma família, com a falta de solução para os canos da rede pluvial que passam em baixo da residência, o prefeito Paulo Costi se manifestou quarta-feira na Rádio Encantado, e disse o seguinte:

• Reconhece que é uma situação delicada, que em 24 de maio do ano de 2006, houve a compra do terreno, quando ele não era o prefeito do município; • Em 07 dezembro do mesmo ano, houve a solicitação da autorização para a construção da residência, e no dia 11 julho de 2007, foi concedido o habitese da obra; • Esta obra não é do município e sim do DAER realizada, provavelmente, para o escoamento da água que vem da RS 129, já que a água que vinha do morro tinha que sair por algum lugar; • O terreno deve ter sofrido uma depreciação, a obra teve um engenheiro responsável que deve ter orientado que a construção da casa em cima do terreno

poderia trazer problemas; O proprietário Sr. Álvaro tinha ciência do problema, e o prefeito tem uma informação que um vizinho avisou que não era para construir ali, o que faltou nessa situação, fazer um desvio, já que a tubulação se enxerga, já que parte dela está sobre a terra; Quando assumimos no mandato passado estivemos lá conversando com a família, tentando encontrar uma solução, desviando a tubulação, mas, passando dentro do terreno, rente ao muro, essa foi nossa proposta que não foi bem aceita; Está correndo um processo na justiça, mesmo assim houve a tentativa de encontrar outra solução de desviar os canos do terreno ainda na rodovia, mas não houve a possibilidade de êxito nem com a Sulvias, e também com o DAER, foi sim procurada uma solução; Esse problema foi criado por quem fez a casa, pois a tubulação já estava ali, pois ao construir em cima de uma tubulação, tenho a obrigação de saber que no futuro pode dar problema; O prefeito disse não saber se foi requerido na época o desvio da tubulação, já que não era ele o primeiro mandatário do município; foi dado o habitese na época, disse que não era o prefeito, mas foi tentada uma solução quando ele era prefeito; • Paulo afirma que foi atrás, tentou uma solução, acha a situação lamentável, esteve duas ou três vezes junto com o Sr. Álvaro e sua esposa, e sabe que eles vivem um

drama, e disse que a esposa afirmou que não dorme quando de chuvas, em função do ruído que a água faz, e da apreensão que vive, disse saber de tudo isso; Mesmo não sendo o responsável por isso, foi-se atrás de uma solução, que era passar os canos rente ao terreno, junto ao muro da propriedade do Sr. Álvaro, pois não tem como fazer os mesmos passarem por dentro do terreno de outros, mas esta ideia não foi bem aceita; Foi tentada outra solução junto à concessionária do pedágio, a Sulvias na época, mas não foi obtido sucesso, o prefeito é sabedor do drama, mas não pode ser responsabilizado pelo fato, que se criou na época da construção; É importante o prefeito fazer o esclarecimento, para não parecer que houve omissão nos fatos, temos por escrito manifestação, fotos, confessou que não pode ser responsabilizado e chamado de omisso, tentou-se uma solução que até o momento não se achou, pode ser que mais adiante possa ser encontrada; Infelizmente é esse o drama, não sabe se o engenheiro alertou do problema, na hora do projeto, não conviveu com esse momento. Existe uma situação constrangedora para a família, mas não pode ser debitada para o Prefeito atual, que mesmo assim foi em busca de uma solução.

O colunista conversou com as duas partes e uma reunião deverá ser agendada para tentar encontrar uma solução, o certo é que existe um processo na justiça já com decisão ainda não definitiva, em carga com a parte que foi acionada pela família.

Esclarecimento O colunista em todas as matérias, tópicos, crônicas e textos que escreve, em nenhum momento teve, tem ou terá conotação política nas manifestações. Portanto utilizem à vontade, mas, com o mesmo intuito do autor, o de encontrar, sugerir e buscar uma solução, jamais como um artifício de um jogo que, que prezamos em não disputar, o de apenas fazer disso um discurso. Uma boa semana a todos.

Prefeito Paulo Costi

Suinofest 2013 Sucesso total. Não se esqueça de visitar neste final de semana.


6

ESPECIAL

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

50 anos

no mesmo emprego Diogo Daroit Fedrizzi

Comemorar meio século de trabalho já é uma façanha que merece aplausos a qualquer pessoa. Que dirá todo esse tempo prestando serviço numa mesma empresa. Há 50 anos, desde 24 de junho de 1963, a Carteira de Trabalho do encantadense Nemir Lorenzi, 68 anos, está assinada pela Cooperativa dos Suinocultores de Encantado Ltda, agora Dália Alimentos. "Foi meu primeiro e único emprego", orgulha-se. Juremir Versetti

Nemir nasceu onde hoje localiza-se o Bairro Santo Antão, nas proximidades do Parque João Batista Marchese, em Encantado. Vive ali desde a infância e viu de perto a batalha diária da mãe Élia Scartezini Lorenzi para sustentar e educar os dois filhos, ele e a irmã mais velha, Nair. O pai Balduino Atilio Lorenzi era um jovem de 28 anos, quando faleceu vítima da pneumonia. Nemir tinha só três anos e meio de idade, a irmã cinco e a mãe 23. Nesse período, a família vivia da agricultura e Élia precisou da ajuda de terceiros para preparar a terra, plantar e colher.

Picolé para o cavalo

Quando completou nove anos, Nemir começou a ajudar em casa. Primeiro, era o responsável por entregar o leite na cidade. Fazia o trajeto de manhã e de noite, transportando os litros de vidro no lombo de um cavalo. Depois, já com 12 anos, começou a vender os produtos da lavoura duas vezes por semana. "Nossa casa ficava um quilômetro e meio da cidade, por isso ia a cavalo", conta. No meio do caminho, era comum parar no armazém para comprar picolé. "E sempre dava um para o cavalo", lembra. Quando completou 16 anos, foi para a roça ajudar a mãe na capina e na colheita. Nemir fez o primário no então Grupo Escolar Farrapos, depois o ginásio no Madre Margarida e o Ensino Secundário no Colégio Comercial São Pedro, onde formouse em técnico em contabilidade. "Precisei interromper os estudos por dois anos, 1957 e 1958, por falta de recursos financeiros, pois o Madre Margarida não era gratuito", salienta. Dona Élia faleceu com 77 anos. A oportunidade para trabalhar na Cooperativa, como ele mesmo acostumouse a chamar a Dália, veio por indicação do cunhado Ladyr Luiz Girardi, que após conversar com o amigo e diretor administrativo da época, Egon Guilherme Lohmann, descobriu que havia uma vaga de emprego no escritório. "Fomos falar com o Egon e com o diretor comercial, o Leandro Lampert. Era terça-feira, dia 18. Logo me avisaram que eu começaria na segunda-feira, dia 24 de junho de 1963", recorda Nemir. O escritório funcionava dentro do Frigorífico e contava com 10 pessoas, mais a Diretoria e os funcionários da área administrativa. "Naquela época, não havia vagas de emprego nessa área na cidade. Eu queria muito seguir a carreira de engenheiro agrônomo, mas os recursos não permitiam. E ainda tinha que ajudar minha mãe na lavoura", diz.

Inspetoria de postos, assessor financeiro, gerente administrativo e supervisor administrativo da Divisão de Comércio e Marketing. Desde o ano 2000, é responsável pelo controle da documentação das empresas que administram as filias de vendas terceirizadas. Agora, está em processo de desligamento progressivo da Dália. "Ainda não pensei no que vou fazer depois que parar. Até posso continuar trabalhando em outro lugar, mas sem vínculo. Tenho meu neto João Gabriel e meus cachorros para cuidar", brinca. São três cadelas viralatas: a Pituxa, a Bia e a Pitti que convivem com a família. A rotina de Nemir é bem regrada: levanta às 6h30min e chega à Dália por volta de 7h30min. O almoço é na empresa. Antes de retomar o serviço da tarde, dá uma passada em casa. Quando bate o ponto às 17h30min, é obrigatória a ida ao supermercado. Torcedor colorado, de acompanhar o time no estádio, e companheiro de viagens da esposa Guerti, Nemir orgulha-se por ter conseguido, junto com a Guerti, ajudar os filhos a concluírem a gradução na área da saúde. Felipe, 35 anos, é cirurgião dentista em Encantado, casado com Carla Barili, também dentista. O outro filho é Rafael, 30 anos, médico em Passo Fundo. Homem tranquilo, avesso aos holofotes, Nemir admite que nos dias atuais é difícil ficar 50 anos no mesmo emprego. Mas tem consciência que o perfil que lhe acompanha durante os 68 anos de vida pode servir de exemplo para qualquer profissional. "Lealdade, discrição, humildade, trabalho e dedicação", cita.

Família: Guerti, Nemir e o neto João Gabriel. Felipe, Carla e Rafael

Fotos: arquivo pessoal

"Lealdade, discrição, humildade, trabalho e dedicação", Nemir Lorenzi

Formatura na Escola Farrapos, em Encantado, década de 50

O 'Medonho'

Na Cooperativa, ele conheceu a esposa Guerti, com quem é casado há 37 anos. Os dois trabalhavam no mesmo setor. Lá também ganhou o apelido de 'Medonho'. "Foi ideia do Jair Caumo, até hoje não sei por quê". Nemir é do tempo em que o principal meio de transporte dos funcionários era a bicicleta. "A minha era uma Odomo. Só em 1968 consegui comprar meu primeiro carro, um Fusca", comenta. Atuou em vários departamentos, desde o atendimento de balcão, a contabilidade,

No escritório da Cooperativa. Em destaque, Nemir. Próximo ao balcão, na máquina de datilografia, Guerti, a esposa


CÂMARA DE VEREADORES

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

7

Cauduro manda prefeito se vestir de Buti. "Isso é falta de respeito", reage Paulo Costi Vereador do PMDB fez várias críticas ao chefe do Executivo na sessão de segunda-feira (10) Diogo Daroit Fedrizzi Encantado - A sessão de segunda-feira (10) foi marcada pelo forte ataque do vereador Celso Cauduro (PMDB) ao prefeito Paulo Costi. Primeiro, o peemedebista falou sobre a indicação que fez ao Executivo solicitando a cedência de um espaço junto à Casa do Artesão, na Praça da Bandeira, para nove taxistas que trabalham no local. "Esses taxistas tinham um ponto do lado da Rodoviária, tinham telefone, a casa, e lhes foi empurrado goela abaixo o ponto da praça. Estão trabalhando legal, mas questionam um abrigo. Eles têm um, mas pagam R$ 700,00 de aluguel. Este pedido deveria ser olhado com atenção. Seria a mesma coisa que tirar o nosso prefeito da sala dele e colocá-lo para trabalhar embaixo de uma árvore. Será que ele ia gostar?", disse. Em outro momento, Cauduro insinuou que Paulo Costi só fica na Câmara quando não há manifestações de tribuna ou

durante coquetéis. A afirmação fez referência à presença do prefeito durante a homenagem aos sete pastores pelo Dia do Pastor, ocorrida no começo da sessão. Depois, Costi se ausentou. "Acho engraçado isso". O peemedebista fez comentários também sobre a Suinofest. Primeiro, parabenizou o presidente Tiago Fachinetto e o presidente da Associação Comercial e Industrial (Acie), Júlio Medeiros, pela organização, além da comunidade do Bairro Jacarezinho, responsável pelo preparo da gastronomia. Depois, falou sobre a falta de energia elétrica durante a solenidade de abertura. "Foi um contratempo que deixou as pessoas comendo uma hora no escuro, com a lanterninha do celular, espetando o salame e o queijo". Cauduro sugeriu ao Executivo para que adquira um gerador de luz. "Quando o deputado Edgar Pretto pegou o microfone para falar, deu o apagão. Eu fiquei com tanta vergonha que se eu fosse o prefeito, eu roubaria a fantasia do Buti e iria retornar só no dia 16", concluiu.

Curtas da Câmara * Luciano Moresco (PT) comemorou o repasse de R$ 324 mil da Consulta Popular para Encantado. E também a garantia do governo do Estado em liberar R$ 450 mil para a compra de um caminhão novo para o Corpo de Bombeiros de Encantado. * Moresco sugeriu ainda que em vez de aplicar os R$ 572 mil na construção de uma nova sede para a Uergs, seja adquirido o prédio da Univates para instalar a universidade estadual. "Ali poderiam se ampliar a oferta de cursos oferecidos pela Uergs", comentou. * Marcelo Deves (PT) ressaltou o ingresso na Câmara do projeto que autoriza o uso das instalações da Escola La Salle, no Bairro Santa Clara, para a instalação do Lar de Idosos. * Cláudio Roberto da Silva (PMDB) criticou a administração municipal pelo fato de não pagar a primeira parcela do 13º salário na metade deste ano. "Este governo paga um mico por mês. Eu nunca vi um governo zombar tanto da comunidade como esse", falou. * Gustavo Scatola (PMDB) disse que o dinheiro público dos encantadense está sendo colocado na valeta. "Tenho pena do secretário Marino, o que esses governantes estão fazendo com a secretaria de Saúde é triste". * Sander Bertozzi (PP) pediu respeito dos colegas de oposição ao falarem do governo. Ele lembrou que no final do ano passado, os vereadores não deram quorum quando da sessão extraordinária para votar o projeto que garantia o pagamento do salário dos servidores da prefeitura. A matéria só foi aprovada em janeiro, na abertura dos trabalhos da nova legislatura. "As palavras dizem tudo, mas temos que ver as ações. Muitas vezes, as ações não condizem com o que falamos". * Valdecir Gonzatti (PMDB) criticou o governo por não realizar o Canto da Lagoa neste ano. Ele contestou a justificativa de que o Festival não pode ser organizado porque o projeto da Lei de Incentivo à Cultura não foi aprovado em tempo hábil. * Adroaldo Conzatti (PSDB) falou sobre a primeira reunião da Associação de Desenvolvimento Comunitário de Encantado (ADC-Encantado) na Barra do Guaporé. Entre as demandas levantadas pela comunidade estão recuperação do moinho, rótula de acesso à RS 129, escadaria da Vila para o asfalto e melhorias no calçamento.

Fotos: Diogo Daroit Fedrizzi

Celso Cauduro fez declarações na tribuna

ENTREVISTA: prefeito Paulo Costi O prefeito Paulo Costi respondeu às declarações do vereador Celo Cauduro na quarta-feira (12), em entrevista na Rádio Encantado AM. Confira os principais momentos:

A reação Tudo há um grau de tolerância. Eu sou um bom cristão. E tem aquela história que o cristão quando é agredido, dá a face e dá a outra face também. Mas eu não tenho mais face para dar. Ter opinião contrária faz parte. Fui vereador oito anos, não vão encontrar nenhuma manifestação minha de desrespeito ao Executivo. Aprendi que se deve respeitar as instituições, os Poderes. Minha tolerância começa a se reduzir. A relação entre os dois Tento trabalhar da melhor forma possível, correta, não olhando posições políticas. Posso não ser o prefeito que ele gostaria que fosse. Não sou culpado de estar num mandato de novo. Não sei se ele fala por ele, ou se alguém o cutuca. Eu vou continuar tendo respeito, mas gostaria que a recíproca fosse verdadeira. Esse vereador tem tido um comportamento... Se as pessoas já viram entre eu e ele um cumprimento, é porque eu tomo a iniciativa de ir lá cumprimentá-lo, porque nunca vi ele passar do meu lado e estender a mão. Eu não fiz nada para ele. Ele se refere muito às questões partidárias, como se a nossa atuação na prefeitura olhasse os partidos, como nesse caso dos táxis. Ele é

o exemplo vivo de que nunca olhamos partido. E eu desejo toda a felicidade para ele e para a família dele. Ele tem um fato na vida dele que vai levar para o resto da vida. Eles eram um casal e hoje formam uma família. E teve sim, não era nenhuma obrigação nossa, mas teve, no nosso mandato, a participação da Secretaria de Saúde. E digo isso com alegria, satisfação. Não olho partido, nunca se olhou. Os taxistas Em relação aos taxistas, quem criou o problema não fomos nós. Houve uma irregularidade, não criada por nós, que concederam placas para novos táxis próximo ao período da eleição da época. Colocaram esses táxistas junto à estação rodoviária, tendo na esquina próxima um ponto de táxi que existia há mais de 30 anos. Foi criado um atrito. E nós nos reunimos com os taxistas para encontrar uma solução, que foi a Praça. O fato de pagarem aluguel é outra situação. Eu não conheço outro município que a prefeitura banque. Será que a comunidade vai entender que a prefeitura vá bancar alguns espaços para que taxistas tenham seu local para fazer o chimarrão ou café? Não quero dizer que não se deva pensar numa solução. Mas nós não criamos o problema com os taxistas, nós procuramos resolver o problema deles. O vereador (Celso Cauduro) disse que o que aconteceu é a mesma coisa que tirar o prefeito do gabinete

Homenagem aos pastores Sete pastores de Igrejas de Encantado foram homenageados pelos vereadores em referência do Dia do Pastor, comemorado na segunda-feira (10). Receberam menção honrosa Mário Luis de Souza (Assembleia de Deus), Enio Schweinger (Assembleia de Deus Madureira), Armando Castoldi (Comunidade Cristã), Ro-

e colocar debaixo de uma árvore. Esse tipo de manifestação me parece um pouco agressiva. A ida à Câmara Eu tinha uma reunião ás 19h e fui convidado pelo vereador Enoir para acompanhar a homenagem dos pastores. Mas eu tinha um compromisso às 19h e por isso tive que sair.

Falta da energia elétrica na Suinofest Realmente aconteceu. Deu um problema. Foi solucionado. Aí vem aquela história, se o evento está bom, parabéns aquele, aquele e aquele outro. São todos, é um conjunto. Não existe evento em Encantado sem a participação de várias entidades. Deu um problema, sim. A responsabilidade pode ter sido nossa? Não vou dizer que não. Agora não vamos fazer uma lambança em cima de um detalhezinho tão simples, tão insignificante. As pessoas ficaram ali. As afirmações dele foram um deboche, um desrespeito. Isso em política ninguém chega, ninguém se promove pisando nos outros. Isso não é bom. Promova-se fazendo, participando, contribuindo, dando sua sugestão, criticando, sempre fui aberto à critica. Mas é a forma de se fazer. Não é mais possível aceitar o desrespeito, não constroi. Vamos viver o Centenário, e eu começo a me preocupar. Aquela do Buti, é um deboche, é um desrespeito até com quem organiza o evento.

mildo Edvald (Unidas do Brasil), Odair José da Silva (Igreja Mundial), Moisés de Almeida (Adventista) e Evandro Zamboni dos Santos (Comunidade Cristã Reviver). “Nosso reconhecimento ao trabalho de vocês que buscam a valorização à vida, à família, à recuperação de dependentes químicos através do amor, da palavra de Deus. Eu os admiro”, disse Enoir Cardoso (PP), proponente da homenagem.


8

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

Boletins da Jornada na Rádio Encantado AM segunda a sábado - 8h30min e 18h30min

Papa Francisco confessará cinco jovens de diferentes nacionalidades O Papa Francisco vai confessar cinco jovens, três homens e duas mulheres, durante sua visita a Feira Vocacional, na Quinta da Boa Vista, no dia 26 de julho. Os jovens, três brasileiros, um venezuelano e um italiano, foram surpreendidos pela notícia no dia de Nossa Senhora Auxiliadora, 24 de maio. O sorteio que escolheu os nomes dos jovens, feito no sistema de inscrição, foi realizado após oração dos diretores do Setor Preparação Pastoral e Inscrição do Comitê Organizador Local (COL) da JMJ. De acordo com o diretor do Setor Preparação Pastoral, Padre Arnaldo Rodrigues, o sorteio foi realizado por idiomas e não por países. O próprio padre Arnaldo foi quem ligou para dar a notícia aos escolhidos. Ele conta que as reações foram diversas e muitos pensaram se tratar de um trote. “Alguns ficaram emocionados, outros acharam que era uma brincadeira. Muitos falaram que já se con-

Arquivo pessoal

Padre Arnaldo Rodrigues tentavam em apenas estar num evento com o Papa e ficaram emocionados por terem sido surpreendidos com a escolha. Nas palavras de um penitente, ‘não sei como retribuir este grande presente recebido no Brasil’”, contou. Os nomes dos jovens não serão divulgados para preservar a identidade dos penitentes.

Os confessionários Os confessionários que acolherão as confissões dos cinco jovens e dos demais peregrinos da JMJ Rio2013 foram projetados pelo arquiteto espanhol Ignácio de Ozono. Inspirado pela vista do Corcovado a partir do bairro da Gávea, zona sul do Rio de Janeiro, os confessionários são formados por duas placas cruzadas de madeira branca, apoiadas uma na outra. No alto da estrutura, a cruz que lembra ainda mais o monumento inspirador. O projeto foi pensado de forma que o penitente fique de joelhos e o sacerdote sentado.

Ozono conta que começou o projeto logo que viu a notícia da existência de confessionários durante a JMJ. Após a finalização do conceito, a projeção da estrutura e os cálculos de sustentação, o arquiteto entrou em contato com o Comitê Organizador Local (COL) e ofereceu o serviço. A iniciativa foi aceita e haverá 100 confessionários que ficarão expostos na Feira Vocacional e, possivelmente, no Largo da Carioca e no Campo de

Sant’Ana. Esta é a primeira JMJ do arquiteto que já vive no Brasil há 38 anos. “A minha satisfação é que muita gente utilize (os confessionários). Quanto mais, melhor. Tomara que no final descubram que foram poucos”, diz satisfeito o autor do projeto.


JMJ 2013

9

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

Carreatas vão marcar os 30 dias que antecedem a JMJ A CNBB, em parceira com o Comitê Organizador Local JMJ Rio 2013 (COL), dá mais um passo na contagem regressiva para a JMJ! Para marcar os 30 dias finais desta contagem, todas as capitais do país são chamadas a promover no dia 23 de junho, das 16 às 18h, uma carreata que será chamada: ‘Bote Fé na JMJ Rio 2013’. O objetivo é dar visibilidade à JMJ e animar os jovens de todo país. Por isso, as carreatas devem ser realizadas exatamente no MESMO HORÁRIO, a fim de que se torne um marco de unidade. Aproxima-se a Jornada Mundial da Juventude e cresce em todos a expectativa para este que já se tornou um dos momentos mais marcantes da história da Igreja na atualidade! Vamos juntos, rumo à JMJ! Orientações A CNBB orienta que, no mínimo, 100 carros participem de cada carreata. Para atingir este nú-

mero, podem ser convidadas as dioceses mais próximas das capitais onde seja viável a participação. Contudo, as demais cidades, não apenas as capitais, podem também promover o evento. Para tal iniciativa não será preciso gastos com infraestrutura. Não é necessária a realização de shows ou confecção de camisetas. Precisa-se apenas de carros e pessoas para fazer o evento acontecer. Pode-se escolher um trajeto que envolva boa parte da cidade, um ponto de concentração para a saída da carreata e outro para chegada. Algumas cidades, por exemplo, terminarão o percurso na Catedral da diocese com uma Missa presidida pelo bispo. Se a igreja da Catedral for pequena ou descentralizada, pode-se fazer em uma outra. Trata-se de uma ação do Setor Juventude com a participação das demais forças arquidiocesanas que estão sendo comunicadas, como Pastoral Familiar, ECC, Equipes de Nossa Senhora, Movimentos, Novas Comunidades, PASCOM etc.

Oração Oficial da JMJ Ó Pai, enviaste o Teu Filho Eterno para salvar o mundo e escolheste homens e mulheres para que, por Ele, com Ele e nEle, proclamassem a Boa-Nova a todas as nações. Concede as graças necessárias para que brilhe no rosto de todos os jovens a alegria de serem, pela força do Espírito, os evangelizadores de que a Igreja precisa no Terceiro Milênio.

vra e Te encontram no irmão, necessitam de Tua infinita misericórdia para percorrer os caminhos do mundo como discípulos-missionários da nova evangelização. Ó Espírito Santo, Amor do Pai e do Filho, com o esplendor da Tua Verdade e com o fogo do Teu Amor, envia Tua Luz sobre todos os jovens para que, impulsionados pela Jornada Mundial da Juventude, levem aos quatro cantos do mundo a fé, a esperança e a caridade, tornando-se grandes construtores da cultura da vida e da paz e os protagonistas de um mundo novo.

Ó Cristo, Redentor da humanidade, Tua imagem de braços abertos no alto do Corcovado acolhe todos os povos. Em Tua oferta pascal, nos conduziste pelo Espírito Santo ao encontro filial com o Pai. Os jovens, que se alimentam da Eucaristia, Te ouvem na Pala-

Restaurantes terão cardápio especial para peregrinos durante a Jornada Durante os dias da Jornada Mundial da Juventude, os peregrinos poderão escolher os restaurantes onde vão almoçar e jantar com o cartão recarregável da Rede Ticket. Para facilitar a escolha e garantir uma refeição completa com direito a uma bebida e uma sobremesa, restaurantes credenciados oferecerão o Prato Peregrino. Na última Jornada, em Madri, na Espanha, os estabelecimentos ficaram lotados. As empresas credenciadas ao evento faturaram, em cinco dias de evento, mais do que em cinco meses de trabalho. Os estabelecimentos que se credenciarem vão receber R$ 15,00 pela refeição. Segundo o coordenador da alimentação da JMJ Rio2013, Nelson Mamede, o valor é uma média do que é cobrado na cidade. “É um equilíbrio, uma média dos valores que um prato pode custar em cada canto da cidade”, disse.

O objetivo é também receber bem os peregrinos. “A ideia é garantir que os jovens vão ficar bem alimentados e que possam se programar quanto aos seus gastos. O Rio precisa ir se preparando para eventos grandes como esse, precisa receber bem esses peregrinos que vem para cá. Até agora, mais de 25% dos hotéis, bares e restaurantes já aderiram a ideia”, disse Nelson Mamede. O “Prato Peregrino” vai ser oferecido por restaurantes que se cadastrarem no site oficial da Jornada. O espaço exclusivo será a porta de entrada dos empresários que se firmarem parceiros do evento. “É uma oportunidade de mostrar a culinária típica brasileira e fazer história nesse evento. Queremos encher o Rio de Janeiro de jovens e pratos peregrinos. Eu tenho certeza que os empresários também querem participar dessa Jornada”, destacou.

Amém!


10

GERAL

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

Bastidores Este espaço registra, em imagens, os principais acontecimentos da Rádio Encantado AM.

Na Suinofest 2013 Durante o primeiro final de semana da Suinofest, diversas autoridades visitaram o estande do Grupo Encantado de Comunicação e foram entrevistados pela Rádio Encantado AM. Fotos: Grupo Encantado

Presidente da Assembleia Legislativa, deputado Pedro Westphalen (PP), entrevistado por Angelo Delavy

Deputado Altemir Tortelli (PT)

Alexandre dos Santos entrevista o deputado Edgar Pretto (PT)

Ambravat cobra apoio de Muçum para os Bombeiros de Encantado Prefeito Lourival promete repassar valores para a Associação a partir de 1º de julho Ranieri Moriggi

Muçum - A Câmara Municipal de Vereadores de Muçum e a Associação Mantenedora do Corpo de Bombeiros da Região Alta do Vale do Taquari – AMBRAVAT realizaram audiência pública, na noite de segunda-feira (10), para tratar da situação do município, em relação à falta do repasse financeiro à Associação. O objetivo do encontro, que ocorreu no plenário da Câmara muçunense, foi solicitar a adesão do município para o repasse mensal de valores, a fim de apoiar as atividades do Corpo de Bombeiros Misto de Encantado, com atuação regional. O sargento Vladimir Rigatti, comandante do corpo de bombeiros de Encantado, relatou o número de atendimentos realizados em Muçum. Rigatti informou que nos últimos anos foram cerca de 36 salvamentos de vítimas de acidentes de trânsito, 39 ocorrências de incêndio, além de atendimentos para salvamento de animais e princípios de sinistros. Por fim, o sargento convidou as lideranças da comunidade para conhecerem os trabalhos e projetos realizados pela corporação. “O quartel está aberto à população, para prestar um atendimento de qualidade e apresentar nossos projetos de prevenção, de modo especial para os estudantes, com nossas palestras em escolas, a fim de mostrar aos estudantes como é o funcionamento do corpo de bombeiros”, disse. Na sequência, o presidente da AMBRAVAT, Rogério Pederiva, abordou detalhes do estatuto, finalidades e as atividades realizadas para a manutenção da associação. Convidado pelo presidente da câmara de vereadores de Muçum, o sargento Ritt esclareceu dúvidas pertinentes às novas portarias, criadas após o incidente na boate

Kiss de Santa Maria, no início do ano. O diretor administrativo da Associação Mantenedora do Corpo de Bombeiros da Região Alta do Vale do Taquari, Adil Feraboli, disse estar triste por não encontrar em Muçum, através do representante maior da comunidade, maior dedicação para o apoio ao Corpo de Bombeiros. Feraboli afirmou que o prefeito Lourival de Seixas assumiu verbalmente o compromisso de repassar mensalmente, a partir de 1º de julho, auxílio financeiro à AMBRAVAT. Conforme o diretor, desde o ano de 2010, quando iniciaram os repasses dos municípios para a entidade mantenedora do Corpo de Bombeiros, Muçum deixou de destinar o valor de R$ 79.059,38, dinheiro que, segundo Feraboli, poderia ser utilizado para a manutenção dos veículos do grupo. “Com o repasse desses valores, com certeza nós não estaríamos utilizando um caminhão emprestado, dificultando o atendimento quando solicitado. Eu espero contar com o apoio de toda a comunidade, para que não se deixe escapar essa oportunidade tão importante de um serviço essencial. Estive 17 vezes conversando com o prefeito anterior e a justificativa que sempre foi dada era que a obrigação da manutenção dos serviços do corpo de bombeiros era do Estado, mas a realidade, no dia-a-dia e em todas as áreas é que, se não há colaboração de outros órgãos, dificilmente o serviço seja prestado com eficiência”, finalizou. Após a explanação, o espaço foi aberto aos vereadores para suas manifestações. O vereador Gilmar Marcolin (PSDB), comparou o auxílio financeiro como um plano de saúde e garantiu total apoio à entidade. “Precisamos comparar o corpo de bombeiros, como um plano

de saúde. É melhor pagarmos e não precisarmos do atendimento. Então, se depender de nós vereadores, a AMBRAVAT terá total apoio”, disse. O vereador Jonas Caron (PP) salientou sobre a importância da realização da audiência. Caron afirmou que o encontro tem por objeto mobilizar e sensibilizar a administração municipal para o repasse de recursos. O presidente da Câmara, André Vianini (PSDB) lembrou que mesmo sem o repasse financeiro da prefeitura, o corpo de bombeiros nunca deixou de prestar socorro às vítimas no município. “O bem-estar da comunidade está em primeiro lugar. Então não podemos ficar esperando que o Estado abrace a causa, pois sabemos que isso não vai acontecer, por isso damos esse mérito a esta audiência com a AMBRAVAT, pois ela está cumprindo o dever do Estado, dando-nos suporte e atendendo a nossa comunidade”, afirmou. Como vereador da situação, Ricardo Zarpelon Weber (PMDB) afirmou que vai trabalhar junto com os demais vereadores, a fim de buscar alternativas para resolver o impasse e garantiu que, em conversa com o prefeito, o município vai iniciar o pagamento mensal à AMBRAVAT. “Estive conversando com o prefeito, colocando a situação da associação e ele informou que a partir do mês de julho, o município vai iniciar o repasse financeiro”, disse. Finalizando a audiência, o vereador de Encantado e vice-presidente da Associação Mantenedora do Corpo de Bombeiros da Região Alta do Vale do Taquari, Luciano Moresco, explanou sobre a criação da entidade e afirmou que a AMBRAVAT é referência para outros municípios. Moresco garantiu que o repasse do município de Muçum vai ampliar o serviço prestado pela corporação.

Roteiro Encantado comemora cinco anos durante a Suinofest Deputado federal Vilson Covatti

Deputado estadual Gilmar Sossella em entrevista para Milton Fernando

Encantado- Nesta sexta-feira, dia 14, o Roteiro Encantado vai celebrar o quinto ano de atividade do passeio no município. O ato festivo ocorre às 18h30min, no auditório Duroc, junto ao Parque João Batista Marchese, onde ocorre a 12ª Suinofest. O evento, que é realizado pela Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), juntamente com a Prefeitura de Encantado, Empreendedores e a Comissão Organizadora da Suinofest, terá a presença da diretora do Departamento de Promoção e Marketing da

Secretaria Estadual de Turismo do RS (Setur-RS), Camila Mumbach, e da diretora do Núcleo de Projetos da Setur, Adriana Jota. Também são aguardados empreendedores e integrantes das Administrações Municipais. Após a cerimônia, os participantes visitarão o Festival de Compras e o Salão Gastronômico. O Roteiro Encantado foi criado em 2008, na Suinofest daquele ano, durante a gestão do presidente da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), Rafael Fontana.


ENCANTADO

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

11

Fotos: Diogo Daroit Fedrizzi

Diogo Daroit Fedrizzi Encantado - Desde a meia-noite de terçafeira (11) foi retomada a cobrança do pedágio nas praças de Encantado, Flores da Cunha, Cruzeiro do Sul e Boa Vista do Sul. São mais de 216 quilômetros de rodovias que passam a ser administrados pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) após decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que no dia 31 de maio deu por encerrado o prazo da concessão dos polos de pedágio de Caxias do Sul e de Lajeado, iniciada em 1998. O presidente da EGR, Luiz Carlos Bertotto, esteve em Encantado ao meiodia de quarta-feira (12). Ele admitiu que um dos transtornos envolveu a utilização do cartão vale-pedágio da bandeira Visa. Segundo Bertotto, até que seja solucionada a situação, a passagem de caminhões nas quatro praças de pedágio está sendo liberada mediante a anotação das placas dos veículos e dos nomes dos condutores para cobrança futura. O vale-pedágio é utilizado por caminhoneiros autônomos. Instituído pela Lei nº 10.209/2001, ele desonera o transportador do pagamento do pedágio, transferindo essa obrigação para os embarcadores ou equiparados, que passaram a ser responsáveis pelo pagamento antecipado do pedágio e fornecimento do respectivo comprovante ao transportador rodoviário. Além da operadora Visa, com a qual a EGR vem buscando firmar parceria desde dezembro, o vale-pedágio das bandeiras DBTrans Auto Expresso e Via Fácil está sendo utilizado sem nenhum tipo de problema em todas as praças administradas pela EGR. A maioria dos funcionários contratados pelas concessionárias permanece trabalhando.

ISENÇÃO DOS PEDÁGIOS PARA ENCANTADO

"Não é utopia, nem realidade", diz presidente da EGR

Cobrança foi retomada na terçafeira. Valor para veículo de passeios baixou para R$ 5,20

ENTREVISTA: LUIZ CARLOS BERTOTTO JO – Como fica a situação dos usuários que adquiriram o cartão antecipado? Luiz Carlos Bertotto – Sobre essa situação não tínhamos conhecimento, a concessionária não nos avisou. Vamos planejar isso agora, de repente criar um novo cartão. Como foi uma liminar, não foi um contrato que encerrou de maneira que a gente pudesse negociar antes com a concessionária, foi algo mais abrupto, porque foram questões judiciais, causa um desconforto inicial.

JO – Mesmo quem tem esses créditos, precisa pagar? Bertotto – Ainda precisa pagar. Como disse, não tínhamos conhecimento. As pessoas vão ter que ter paciência. Se tem crédito, vão ter que buscar esses créditos junto à concessionaria. Ou depois vamos discutir isso com a concessionária e nós utilizarmos esses cartões também. Mas isso vamos discutir nos próximos dias. JO - Em Encantado, há usuários que possuíam isenção de pagamento, como é o caso dos moradores do Bairro Palmas. Isso continua? Bertotto – Sim. Mantivemos os cartões, são os mesmos da Univias, Durante esse próximo mês vamos recadastrar, vamos procurar essas pessoas. Ou colocar um plástico novo da EGR nesses cartões. Procuramos manter tudo o que tinha na praça, para que as pessoas tivessem o menor

transtorno possível.

JO - As autoridades falam em conversar com a EGR para buscar a isenção de todas as placas de Encantado. Isso é uma utopia ou pode ser possível ali na frente? Bertotto – A questão das isenções não é utopia, também não é realidade. Depende muito da discussão que se faz com cada comunidade e o que isso traz para a comunidade. O grande problema das isenções é o controle. Quem que vai controlar? Como vai dar a isenção? Daqui a pouco, pessoas de outras cidades vão começar a emplacar o carro em Encantado só para ter isenção. Essas questões são difíceis de serem coordenadas. Nós já temos essa demanda. Dissemos ao prefeito que vamos ter um conselho comunitário que vai discutir as questões de investimentos, de custos da EGR, e juntos vamos discutir isso. Vamos isentar? Mas vamos ter menos recursos, como vamos aplicar? O prefeito de Encantado tem nos colocado que há muito tempo discute com a concessionária para melhorar a entrada da cidade, fazer uma rotatória nova. São recursos que vamos aplicar na rodovia e que é para a cidade. Então, os moradores tem que ter a compreensão que os recursos da EGR também ficam para o município. Tudo tem que ser discutido. Não temos nenhum preconceito, nem de um lado, nem de outro. Temos que junto com a comunidade decidir.

JO - Encantado, durante 15 anos, sempre lutou por essa rótula e outras melhorias. E sempre ficou esse jogo de empurra entre Daer e concessionária. A tendência é acabar essa polêmica? Bertotto - Agora é responsabilidade da EGR. Claro, queremos fazer isso com os prefeitos. Não vamos chegar aí e fazer uma rotatória sem discutir. Esses trechos que passam dentro dos municípios, as prefeituras sabem o que é necessário.

Bertotto esteve em Encantado


12

DOUTOR RICARDO

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

"Vamos valorizar ainda mais nossas crianças" Afirmação é do prefeito Alvimar Lisot durante programações da 1ª Semana do Bebê Ricardense

Doutor Ricardo - As programações da 1ª Semana do Bebê Ricardense iniciaram no sábado (8) e prosseguem até amanhã (15). A abertura das atividades ocorreu na Unidade de Saúde com o lançamento do Dia do Bebê Prefeito e o começo da Campanha da Vacinação contra a pólio. O prefeito Alvimar Lisot, o vice Adagir Pellegrini, os secretários que coordenam a Semana Catea Rolante e Jorge Lorenzi e a equipe acompanharam as solenidades. O evento seguiu pela tarde no CRAS. Após a recepção e cadastro para a vacinação da pólio, as crianças participaram de várias brincadeiras com os profissionais da rede. Elas tiveram oportunidades de brincar na cama elástica, piscina de bolinhas, além de se diverti-

rem com diferentes tarefas, como pintar o rosto, leitura, desenho, modelar massa, corridas de motocas e outras brincadeiras envolvendo os pais. No domingo (9) aconteceu a missa na gruta Nossa Senhora de Lourdes e, na segunda-feira (10), as atividades foram na EMEI Amiguinhos do Coração. Na terça-feira (11), pela manhã, aconteceu o encontro com Grupo de gestantes na Unidade de Saúde com profissionais participantes do projeto. Para o prefeito Alvimar Lisot, a semana do Bebê é mais uma iniciativa que está evidenciando Doutor Ricardo para a região. "Vamos valorizar ainda mais nossas crianças, disponibilizando atividades e ampliando nossa relação com

as famílias, que podem contar com toda a nossa rede de atendimentos. Com o apoio da UNICEF, aumenta o nosso carinho e compromisso com as crianças e famílias”, disse. A programação compreende uma semana de atividades cotidianas da vida dos bebês, das mães, serviços, seminário com profissionais da rede de atendimento, brincadeiras, vacinação da pólio entre outras. Na programação está o lançamento do Dia do Bebê Prefeito, em data definir, que será a primeira criança que nascer após o evento, tendo acompanhamento do registro de nascimento e, após, Sessão Solene na Câmara Municipal de Vereadores com entrega da chave do município ao Bebê Prefeito.

Fotos: Divulgação

Prefeito Alvimar Lisot afirma que Semana do Bebê destaca o município na região

Atividades marcaram o início da campanha de vacinação contra a pólio

Crianças participaram de diversos momentos, como pintura de desenhos e leitura

Doutor Ricardo investe em sinal de internet nas comunidades do interior A Administração de Doutor Ricardo está investindo em sinal de internet nas comunidades do interior e a Linha Leopolda é a próxima beneficiada. Uma reunião foi realizada no salão da comunidade na segundafeira, na tarde do dia 3, com a participação do prefeito Alvimar Lisot, do vice Adagir Pellegrini e técnicos com pessoas interessadas no sinal. O município repassará valor para subsidiar a instalação da antena e equipamentos para o funcionamento do sistema, que será instalado próximo ao salão comunitário. Após, para cada morador interessado será estudada a viabilidade de cada um e

pacotes conforme a necessidade. Este projeto visa a inclusão social dos cidadãos das comunidades no mundo digital, com acesso da tecnologia na rede mundial de computadores, redes sociais, comunicação alternativa, videoconferências entre outros. Também importante ressaltar que a internet facilita o acesso a informação que diariamente é atualizada. Conforme o Vice-Prefeito e Coordenador do Projeto, Adagir Antonio Pellegrini, “é importante ressaltar que estaremos incentivando com a incorrência do êxodo rural, pois os filhos destes agricultores poderão usufruir desta tecnologia para lhes

auxiliar nos estudos e pesquisas, fazendo com que optem pela continuidade da atividade rural familiar.” O prefeito Alvimar Luiz Lisot, destaca que a instalação “é de extrema importância, incentivando as pequenas comunidades a também usufruir desta ferramenta nas suas propriedades. Sempre falamos e qualidade de vida e o acesso a internet já é uma necessidade que proporciona inúmeros benefícios aos seus usuários. Ela aproxima as pessoas que fazem dela o melhor uso.” No município a comunidade da Barra do Zeferino já conta com o serviço, que também poderá ser disponibilizado para outras comunidades.

5ª Conferência Municipal das Cidades Com o tema "Quem muda as cidades somos nós!" a Administração Municipal realizou a 5ª Conferência Municipal das Cidades, que são momentos de avaliação e definição de prioridades da política de desenvolvimento urbano dos municípios e estados. As quatro conferências das cidades realizadas anteriormente, nos anos de 2003, 2005,02007 e 2009, serviram para discutir as bases do Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano (SNDU). O Conselho Nacional das Cidades elaborou e aprovou proposta de projeto de lei sob forma de resolução para a sua criação e funcionamento. A criação do SNDU partiu da necessidade de coordenar as ações governamentais relacionadas as políticas urbanas

buscando universalizar o direito a cidade , em especial a: moradia digna, serviços de saneamento ambiental e mobilidade urbana. Nas cidades, o conselho é um órgão colegiado de natureza deliberativa e consultiva, tendo por finalidade estudar e propor as diretrizes gerais para a formulação e implementação da política de desenvolvimento urbano de cada município. A engenheira Ana Tronco Civardi conduziu a conferência que contou com a presença do prefeito municipal Alvimar Lisot, do vice Adagir Pellegrini, secretários, vereadores entre outros convidados, onde foram eleitas novas diretrizes e os delegados para participar da conferência Estadual das Cidades.


PÁGINA DO DILAMAR

13

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

Dilamar dos Passos - dilamar@rdencantado.com.br

Casaco Após uma sessão, os vereadores resolvem jantar. Um deles, desprevenido e com frio, solicita ao colega um casaco. O que foi prontamente atendido. Outro dia No dia seguinte, um de nossos personagens, toma o casaco em casa com o intuito de devolvê-lo, mas deixa Em cima do balcão de uma entidade assistencial que arrecada roupas e calçados e os vende para população carente Resultado O casaco cinza foi vendido por R$ 20,00

Pedágio Durante a semana, no programa diário veiculado nas rádios gaúchas SOS caminhoneiro de Chico Dias um dos boletins, em especial me chamou atenção. Dados Segundo o boletim, nos primeiros dias sem a cobrança de pedágio na BR 386 aumentou 50% o movimento de veículos pela rodovia. Apesar do crescimento do número de movimento e acidentes, o trecho não vai receber atendimentos de guinchos e ambulâncias. PRF Apesar do aumento, o efetivo se mantém e cresceu a demanda. Segundo o camandante Leandro Wachholz “estamos com dificuldades de atender os acidentes e prestar auxilio ao usuário. Damos prioridade aos acidentes mais graves.” A realidade não deve mudar com os fins dos polos rodoviários de Caxias do Sul e Lajeado. O DNIT passa a ser o responsável pela manutenção dos trechos da BR 386 e 116. O trabalho não prevê serviços de socorro . Pagamento Na manhã de quarta-feira, após as primeiras horas de pagamento da passagem, os servidores da praça de Encantado não tinham a informação da não cobrança dos beneficiados pelo cartão dos moradores do município, menos mal que estavam abonando as passagens dos moradores da comunidade de Palmas Gibeira Como se diz nos pagos, para passar pela praça somente encostando a gibeira no balcão e depositando os “pilas” Contradições Entrevistado pela reportagem do Grupo Encantado de Comunicação, o presidente da EGR destacou que o governo não tinha

a informação do benefício para 20 passagens. Curioso Pois, uma comitiva encantadense esteve na empresa na última semana e recebeu a confirmação de que todos os benefícios seriam mantidos. Preparados O presidente também destacou que o governo não estava preparado para receber as praças neste momento.

Cosuel Entrevistado pelo repórter da Rádio Encantado, Angelo Delavy, na abertura da Suinofest, o presidente Gilberto Picinini falou sobre a importância do evento para Encantado e região e também sobre os projetos de expansão da empresa.

Arquivo JO

Nova Linha Gilberto também falou sobre a inauguração amanhã de duas novas linhas de leite, junto ao complexo de Palmas, Arroio do Meio

Frigorífico Quando perguntado sobre a possibilidade de ampliação do frigorífico o presidente Gilberto Picinini respondeu...

Resposta “Ai temos um problema de espaço, temos um problema de logística para chegar até o frigorífico. Nós estamos conversando muito com a administração, com o conselho de desenvolvimento. Precisamos alargar a chegada até o frigorifico. Futuramente talvez desmembrar o abate, deixar a indústria, ou deixar o abate e levar a indústria para outro local. Tudo isso são projetos futuros. Por enquanto a capacidade de abatimento é de 2.800 suínos dia”

Capacidade Ainda segundo o presidente a Cosuel é o maior abate de suínos de cooperativas do estado.

?? Como não estavam preparados se divulgavam aos quatro ventos que o governo iria retomar as praças a partir de abril Maquinário Os servidores não tinham máquinas para conceber os beneficios, mas curiosamente as máquinas para cobrança estavam instaladas normalmente Acredito Que o presidente realmente não sabia das chamadas passagens múltiplas. Esta é mais uma prova da desorganização do órgão público que vai gerenciar as rodovias do estado Falta Se falta explicação de como vai funcionar imagina quando precisar de reparos na rodovia ou um simples corte de grama Pior do que está não vai ficar Esta foi a frase mais ouvida pelos defensores da extinção da cobrança do pedágio

CNHs Durante a semana, a polícia civil desencadeou a chamada “Operação Teseu” que fiscalizou denúncias de proprinas a instrutores (funcionários de CFCs) e a examinadores (funcionários do Detran) por donos de CFCs, a fim de garantir bons índices de Diogo Daroit Fedrizzi

aprovação nos exames para a CNH. Absurdo Durante o processo 23 condutores foram convidados a realizar novas provas, 22 não passaram. Um deles entrou no carro e sequer sabia girar a chave na ignição

Rua Se andarmos nas ruas de qualquer cidade podemos perceber as dificuldades de muitas pessoas em dirigir corretamente. Mas a cada ano aumenta o número de carros e consequentemente de motoristas


14

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

SUINOFEST Mais três dias para aproveitar A 12ª Suinofest reabre suas portas aos visitantes hoje (14) com a tradicional Noite do Espumante, no Salão Gastronômico. A partir das 18h, o Salão Gastronômico volta a exalar o aroma gostoso de pratos típicos à base de carne suína. No acompanhamento, os melhores espumantes de renomadas vinícolas da Serra Gaúcha e um cardápio com mais de 50 itens. Este será o último fim de semana para prestigiar a festa da gastronomia, da alegria e da família. Depois, só na 13ª edição, em 2014. No primeiro fim de semana, o êxito foi registrado por meio da participação maciça e intensa do público. Somente na gastronomia, durante os dias 7, 8 e 9, foi registrada a entrada de 3,8 mil visitantes. Já o Parque João Batista Marchese, em seu Festival de Compras e demais atrativos, recebeu em torno de 18 mil pessoas. Com um ingresso, o visitante ganha uma taça e um garfinho personalizado da Suinofest. Munido dos “acessórios”, é possível degustar as delícias oferecidas, pelo tempo que o visitante desejar. O cardápio inclui os melhores cortes de carne suína e embutidos, queijos, pães, pizzas, sorvetes, chocolates, doces e uma carta com 40 tipos de vinhos, espumantes, sucos e refrigerantes. O valor do bilhete para a Sexta do Espumante, dia

Seminários

14, e para o sábado à noite, dia 15, custa R$ 55. Sábado e domingo ao meio-dia o visitante que quiser adentrar a gastronomia vai pagar R$ 45. Neste sábado, dia 15, vovós e vovôs terão destaque na Suinofest, com o Baile Regional da Terceira Idade. Para a classe, foi concedido desconto no ingresso. Eles pagam somente R$ 38. Para os pequenos até 6 anos não será cobrado ingresso e de 6 a 10 anos o valor é R$ 25. É possível permanecer no Salão Gastronômico das 18h às 22h, as sextasfeiras e sábados à noite; e das 11h às 14h, aos sábados e domingos ao meiodia. Enquanto se consome as delícias, shows musicais embalam a noite. O presidente da 12ª Suinofest, Thiago Fachinetto, convida a população, mais uma vez, para prestigiar o evento, reforçando que a Suinofest é feita por um grupo comprometido, que sabe receber bem os visitantes. “A expectativa para este final de semana é de um mais um recorde de público, tanto na gastronomia como no Festival de Compras e Espaço Cultural”, reforça. A Suinofest 2013 é uma realização da Associação Comercial e Industrial de Encantado (Aci-e), com patrocínio máster da Dália Alimentos e Sicredi, e parceria da Lume Eventos e Prefeitura de Encantado.

Prosseguem também os seminários, as palestras, os encontros e os eventos técnicos durante a Suinofest. Na sexta-feira, dia 14, às 10h, Reunião Regional da ONG Parceiros Voluntários; às 16h, Seminário APL’s e Sessão da Câmara Municipal de Vereadores. Durante todo o dia ocorre também a Conferência Intermunicipal de Educação, no Centro Administrativo. Às 18h30min, comemoração dos 5 anos do Roteiro Encantado. No sábado, às 8h, Seminário da Associação dos Vereadores do Vale do Taquari (Avat).

Fotos: Juremir Versetti

Público compareceu em grande número no Salão Gastronômico

100 expositores no Festival de Compras O Festival de Compras também tem continuidade no Parque João Batista Marchese, com entrada franca. São mais de cem expositores, além de Feira de Pequenos Animais, Produtos Coloniais, Parque com Brinquedos Infláveis, Praça de Alimentação e Cinema 6D. O horário de visitação na sexta-feira é das 14h às 22h, no sábado, das 10h às 22h, e no domingo, das 10h às 18h. O Espaço Cultural foi ampliado, proporcionando mais conforto aos espectadores e frequentadores da Praça de Alimentação. O local recebeu uma série de shows gratuitos no primeiro fim de semana e, neste, reserva novas atrações. Sexta-feira, dia 14, às 19h, sobem ao palco os talentos locais, e às 21h, Banda Vitrine Viva. Sábado, dia 15, às 16h, destaque para o desfile

Suinofest Fashion Show. Às 19h, show com Fernando Graciola e Elenice Porto e, às 21h, Som Preza. No domingo, dia 16, quem faz exibição são os Cães Adestrados Cão C4 “Monello Premium”. Ao meio-dia, DUO Acústico Daniel e Marco e, às 17h, o sertanejo universitário Rodrigo Ferrari.


JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

15

Discursos de abertura falam em quebrar recordes A abertura oficial da 12ª Suinofest aconteceu na noite de sexta-feira (7) no Espaço Cultural do Parque João Batista Marchese. Diversas autoridades prestigiaram a solenidade, assim como as soberanas Luiza Slaghenaufi e Andressa Casanova. O carismático mascote Buti usou um traje de gala. Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Encantado (Aci-E), Júlio Medeiros, a 12ª Suinofest vai conquistar o recorde de público no salão gastronômico e no Festival de Compras. "É um dos grandes eventos do Rio Grande do Sul, que eleva o nome de Encantado para todo o Estado e País", afirmou. O presidente da Suinofest, Tiago Fachinetto, enfatizou que a festa é da comunidade de Encantado e já conquistou o carinho de pessoas de várias partes do Brasil. Ele também enalteceu o apoio do poder público, dos colaboradores voluntários, dos patrocinadores e das empresas que expõem no Festival de Compras. "É importante a movimentação financeira que a Suinofest traz", enalteceu. “Encantado e a Suinofest estão preparados para bem recepcionar a todos os visitantes da região e do Estado. Acreditamos em mais um recorde de público, tanto na gastronomia como na área externa, nesta festa da alegria e da família". O prefeito Paulo Costi considerou a Suinofest a melhor festa gastronômica do Estado. "Para nós é uma alegria poder receber tantos visitantes. Somos parceiros deste evento". Ele destacou ainda o envolvimento voluntário das pessoas. Os deputados estaduais Edgar Pretto, Edson Brum, Ronaldo Santini, Altemir Tortelli e Heitor Schuh e o deputado federal Vilson Covatti também participaram da abertura.

Caroline Rodrigues

Discurso do presidente da Suinofest, Tiago Fachinetto, na abertura da Festa


16

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

Banho do Buti faz a alegria da criançada Durante a tarde de sexta-feira (07) ocorreu a inédita Suinokids. Cerca de 400 alunos de instituições municipais, estaduais e particulares estiveram presentes. De acordo com a Coordenadora Pedagógica, Teresinha Protto, o evento é importante para os alunos. “Tenho certeza de que veio para ficar e vai se tornar mais um diferencial da Suinofest”, considerou. Os estudantes das escolas Jardim do Trabalhador, Antônio de Conto, Tancredo Neves, Centro Municipal, Agostinho Costi, Domênico Vicentini, Porto XV, Farrapos, Heitor Peretti, Mário Quintana, além de entidades como APAE e AME acompanharam a peça teatral “Um moinho Encantado”, apresentada por alunos da

escola Antônio De Conto. “Mesmo sendo a primeira vez, pode-se perceber que as crianças estavam adorando as apresentações”, destacou Teresinha. Muito aguardado pelas crianças, o banho do Buti entreteve os alunos. De acordo com Carlos Henrique Flores, aluno da Associação do Menor Encantadense (AME), 10 anos, esse foi o momento mais marcante da tarde. “Foi engraçado”, disse o menino que pretende voltar ao Parque nesse final de semana. A professora da AME Andressa Casagrande, 17 anos, reafirma a importância da Suinokids para os alunos. “É algo diferente. Tenho certeza que os estudantes jamais esquecerão as atividades que realizaram nessa tarde”, afirma.

Caroline Rodrigues

Buti aprontou mais uma na Suinofest


JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

17

CINEMA 6D: por dentro do filme Um dos espaços de grande movimento na área externa do Parque João Batista Marchese é o Cinema 6D. Pela primeira vez na Suinofest, a atração vem de Pelotas. Conforme o responsável pelo equipamento, Cleder Martins Porto, ao sentar na poltrona e colocar o óculos, a pessoa tem a sensação de entrar no filme. "Tem movimento da cadeira, efeitos de vento, chuva e até de cheiro", revela. "Só assistindo para ter ideia do que é". Na Suinofest são oito filmes: Mina de Ouro,Viagem ao Centro da Terra, Noite do terror, Trem fantasma, Terra dos dinossauros, Guerra das Galáxias, Aventura no fundo mar e Fábrica de Chocolate. Cada sessão tem espaço para seis pessoas. A

duração é de cinco minutos e o ingresso custa R$ 5,00. A convite de Porto, a reportagem do Jornal Opinião assistiu à Mina de Ouro. Quando o filme começa, temos a sensação de entrar num carrinho que percorre o trilho no interior da mina. No trajeto, somos atacados por morcegos, esqueletos e ratos. O susto maior é o bote de uma cobra gigante, que literalmente sai da tela e vem em nossa direção. Do lado de fora, por uma tela de TV, o público pode acompanhar a reação dos que ficam no interior do veículo. "As pessoas ficam curiosas. O movimento que se vê das poltronas não dá ideia do que os assistentes estão passando", garante Porto.

PROGRAMAÇÃO SALÃO GASTRONÔMICO 14/06/2013 - Sexta do Espumante Às 20h, show com Elétrica Pop. 15/06/2013 - Sábado Ao meio-dia, Banda Balada e à noite Banda Emozioni. 16/06/2013 - Domingo Ao meio-dia, Zô Scarpon.

O Salão Gastronômico vai funcionar das 18h às 22h, as sextas-feiras e sábados à noite; e das 11h às 14h, aos sábados e domingos ao meio-dia. Durante todos os dias do evento, o público poderá interagir com o mascote Buti. O porquinho vestido de gourmet estará presente no Salão Gastronômico junto dos visitantes, dançando e posando para fotografias.

INGRESSOS Com apenas um ingresso, o visitante poderá degustar todos os produtos incluídos no cardápio, pelo tempo que quiser permanecer no Salão Gastronômico, além de aproveitar os shows musicais. Um garfinho e uma taça personalizada são entregues na entrada, facilitando a degustação dos pratos e das bebidas. Os ingressos custam R$ 45, para a sexta-feira à noite, dia 7; e para os sábados e domingos ao meio-dia; R$ 55 para a Sexta do Espumante, dia 15, e sábados à noite. Idosos têm preço especial, R$ 38 para o dia 15, data em que ocorre o Baile Regional da Terceira Idade dentro da Suinofest. Crianças até 6 anos não pagam ingresso. De 6 a 10 anos o valor é R$ 25.

Diogo Daroit Fedrizzi

Filas se formaram em frente ao veículo do cinema

PROGRAMAÇÃO DA ÁREA EXTERNA 14/06/2013 - Sexta-Feira

15/06/2013 - Sábado

Conferência Intermunicipal de Educação 10h - Reunião Regional Parceiros Voluntários 16h - Seminário Arranjos Produtivos Locais 16h - Sessão da Câmara de Vereadores de Encantado 19h30min - Banda Relva 21h - Vitrine Viva

8h - Seminário Regional de Vereadores 16h - Suinofest Fashion Show 19h - Fernando Graciola e Elenice Porto 21h - Som Preza 16/06/2013 - Domingo

12h - Duo Acústico - Daniel e Marco 14h - Show de cães adestrados Cão C4 - Monello Premium 17h - Rodrigo Ferrari


18

JORNAL OPINIÃO n 14 de junho de 2013

Celebridades no Fashion Show RS 129, KM 89 nº 2181 Muçum-RS Fone: 3755-1166

Um dos momentos mais aguardados da Suinofest 2013 é o Fashion Show. O desfile de moda, inédito no evento, vai ocorrer amanhã (15) às 16h, no Espaço Cultural. Destaque para a presença da Miss Brasil 2012, Gabriela Markus, e do ex-BBB12 e Mister Brasil 2010, Jonas Sulzbach. Além das celebridades, também invadem a passarela outros 21 modelos da região e de Porto Alegre. As oito lojas que aderiram ao projeto-piloto são de diversas áreas do comércio encantadense. Entre elas, Casa Bella, MMSports, Bella Flor Acessórios, Beneduzzi, Maria Fernanda, Neo Modas, Flor Morena e Ótica Brilhos. O desfile de abertura e maquiagem das modelos ficará por conta da Delange Make Up. O Salão de Beleza Charme Hair, de Angélica Calvi, será responsável pelos penteados das modelos e o salão Duda e Eni Cíceri pela produção da miss.


Ranieri Moriggi

JORNAL OPINIテグ n 07 de junho de 2013

19


ESPECIAL

JORNAL OPINIテグ n 12 de abril de 2013

21


22

JORNAL OPINIテグ n 24 de maio de 2013

ESPECIAL


ESPECIAL

JORNAL OPINIテグ n 24 de maio de 2013

23


28

JORNAL OPINIテグ n 14 de junho de 2013


JORNAL OPINIテグ n 14 de junho de 2013

29


30

JORNAL OPINIテグ n 14 de junho de 2013


JORNAL OPINIテグ n 14 de junho de 2013

31


Encantado, 14 de junho de 2013

ESPECIAL Nemir Lorenzi: 50 ANOS no mesmo emprego Juremir Versetti

Pรกgina 6

Jornal Opinião 14 de Junho de 2013  

Grupo Encantado de Comunicação/Encantado RS

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you