Issuu on Google+


2

ENCANTADO

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Encantado analisa local para Ponto Comercial das Agroindústrias do Vale Um dos objetivos é oferecer aos visitantes e turistas a degustação de um café colonial, com os produtos das Agroindústrias

MARCAS E PATENTES

www.acerti.com.br

FUNDADO EM 21.08.1971 Encantado n° 2149 Editado por OPINIÃO REGIONAL Editora Jornalística

Encantado – O Grupo de Diversificação do Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Vale do Taquari (Codeter) definiu o município de Encantado como sede do futuro Ponto Comercial das Agroindústrias da região. Nesta semana, a Secretaria Municipal da Agricultura cadastrou o projeto para construção da sede e aquisição de equipamentos no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal (Siconv). A área em estudo para construção do ponto comercial localiza-se na margem da RS 129, ao lado da entrada da pista campeira do Parque Municipal João Batista Marchese. De acordo com o secretário municipal da Agricultura, André Boeri, o local possibilitará a comercialização dos produtos da agricultura familiar da região e, consequentemente, dar mais visibilidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido no setor. Além dos produtos para comercialização, é objetivo oferecer aos visitantes e turistas a degustação de um café colonial, com as delícias produzidas nas agroindústrias familiares da região. “Esse ponto comercial deverá incentivar ainda mais o setor e ser um paradouro para turistas”, complementa Boeri.

Área do Parque, na margem da RS 129, poderá receber o Ponto Comercial das Agroindústrias

Representantes de Encantado participam do Encontro Regional de Coordenadores de Polos UAB Encantado – A secretária municipal de Educação e Cultura, Roseli Tecia Mottin Soares, e a coordenadora do Polo Presencial EAD da UAB de Encantado, Lisânia Sandri, participaram neste mês do Encontro Regional de Coordenadores de Polos UAB da Região Sul, em Florianópolis. Os coordenadores e mantenedores das unidades estiveram reunidos com representantes dos núcleos da UAB e com a equipe CAPES/MEC, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O evento aproximou os coordenadores e mantenedores com as instituições de ensino e CAPES, possibilitando articulações na busca de novas universidades parceiras e novos cursos. “Estamos buscando novas parcerias para o polo da UAB de Encantado para beneficiar nossos estudantes com mais opções no ensino superior de qualidade e gratuito”, comenta a secretária Roseli.

Divulgação

Roseli Soares e Lisânia Sandri

Assedi promove baile para comemorar Dia Internacional do Idoso

Encantado - RS - 95960-000 Rua 7 de Setembro, 792

A Associação Encantadense do Idoso (Assedi) promove dia 1º de outubro, a partir das 13h30min, uma comemoração ao Dia Internacional do Idoso, no ginásio do Parque Municipal João Batista Marchese. Haverá baile com o Musical Renovação e será servido lanche. Cerca de 600 idosos dos dez grupos da Assedi devem comemorar a data.

Fone: (51) 3751-1580 www.opiniaojornal.com comercial@opiniaojornal.com.br Diretor Antonio Alberto Lucca lucca@rdencantado.com Coordenação Geral Milton Fernando milton@rdencantado.com.br Jornalista Responsável Diogo Daroit Fedrizzi (MTB 9398) diogofedrizzi@yahoo.com.br diogo@opiniaojornal.com.br

Os artigos assinados não representam necessariamente o ponto de vista da direção. Jornal de circulação semanal às sextas-feiras e fechamento comercial às quintas-feiras às 12 horas.

Divulgação

FALECIDOS DO DIA 19/09/13 até 26/09/2013

Obituário

19/09- Ulisses Turatti- 86 anos- Cemitério de Relvado- Funerária Mazzarino. 21/09- Ana Tomazzi- Cemitério de Linha Borghetto/Anta Gorda- Funerária Mazzarino. 21/09- Ana Lori Dalla Vechia Taufer- Cemitério de Linha Pontão/Relvado- Funerária Caridade. 23/09- Anilce Sartori Botassoli- 90 anos- Cemitério da Linha Pinheirinho/Encantado- Funerária Pezzi. 24/09- Cladis Rosolen Michelon- 64 anos- Cemitério de Linha Dona Isaura/ Vespasiano Corrêa- Funerária Pezzi. 25/09- Maria Helena Barili- 70 anos- Cemitério Santão Antão-Funerária Mazzarino. 25/09- Ivani Capelari Terra- 58 anos- Cemitério São Pedro- Funerária Mazzarino. 25/09- Ângela Pretto Filicetti- Cemitério São Pedro- Funerária Arezzi.


EM PRIMEIRO PLANO

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

3

Divulgação

Secretários municipais buscam apoio do Governo do Estado Os secretários municipais da Agricultura, André Boeri, e de Desenvolvimento, Roberto Pretto, visitaram recentemente diversos setores do Governo do Estado para buscar soluções para demandas da comunidade. No Gabinete dos Prefeitos foram tratados assuntos relativos ao fortalecimento da unidade local da Uergs, uma vez que a instituição é a base para a construção do Arranjo Produtivo Local de Agroindústrias Familiares do Vale do Taquari, além de ser formadora de profissionais na área de atuação do APL. Na Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) o município está buscando a adesão ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O programa é uma das ações do Fome Zero e promove o acesso a alimentos às populações em situação de insegurança alimentar e a inclusão social

e econômica no campo, por meio do fortalecimento da agricultura familiar. Através do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que é o responsável pela remuneração dos produtores, o programa propicia a aquisição de alimentos de agricultores familiares, com isenção de licitação, a preços compatíveis aos praticados nos mercados regionais. O objetivo do município é valorizar o meio rural e ao mesmo tempo beneficiar as entidades que trabalham com pessoas em situação de vulnerabilidade. Na SDR, os secretários também foram recepcionados pelo chefe de gabinete Inácio Benincá. Na ocasião foi requerida a cedência de equipamentos e máquinas para a abertura de açudes nas propriedades rurais do município e solicitado apoio ao Arranjo Produtivo Local (APL) de Agroindústrias Familiares do Vale do Taquari.

Divulgação

Secretários André Boeri e Roberto Pretto foram recepcionados na SDR pelo chefe de gabinete Inácio Benincá

Qualificação!!! O Ponto de Atendimento de Encantado está convidando os comerciário a participar do Curso Técnicas de Vendas. As inscrições e o pagamento ocorrem até a quarta-feira do dia 9 de outubro. O investimento é de R$ 60,00 para representantes de empresas ou R$ 80,00 para pessoa física. Os dados do participante são obrigatórios no preenchimento do formulário. As vagas são limitadas!!

Padaria, Lancheria e a mais completa linha de pães, cucas, tortas, doces e salgados.

Júlio de Castilhos 835

3751.1278

Dal

Pizzol Padaria

Reunião aconteceu em Estrela

Lideranças buscam alternativas para reabertura do Aeródromo de Estrela O Aeródromo de Estrela, que teve os portões lacrados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em 2012, foi tema de audiência pública na tarde de segunda-feira (23), em Estrela. O encontro foi proposto pelos deputados estaduais Lucas Redecker e Alexandre Postal e realizada através da Subcomissão de Aviação Civil, que integra a Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável da AL. Redecker afirma que o interesse turístico pela região vem crescendo. “Existem operadoras de turismo que estão criando pacotes incluindo a região. Temos que oferecer, então, a possibilidade de desembarque aéreo aqui”. Para Redecker, é impensável que uma região como o Vale do Taquari, com a pujança econômica e localização estratégica e privilegiada, não tenha uma pista de pouso para pequenas aeronaves. O parlamentar ainda destacou que todas as informações e depoimentos recolhidos no encontro darão origem a um relatório, que será enviado aos governos do Estado e federal para cobrar providências. “Há hoje um PAC em andamento relacionado aos aeroportos e queremos usar parte desses recursos para esses pequenos aeroportos, e o Vale do Taquari não pode ficar fora disso”, afirmou Redecker. O deputado estadual Alexandre Postal alega que o governo Dilma quer priorizar os aeroportos maiores. “O que nós propomos é oferecer a Estrela um investimento no aeródromo hoje fechado, sonhando com a possibilidade de estender os recursos federais para esse fim”, destaca. O deputado Alceu Moreira, que também participou do encontro, falou que é preciso deixar a retórica de lado e reunir as lideranças e representantes da região em torno de um objetivo comum. Segundo o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Marco Wermann, o aeródromo de Estrela está fora do “radar” da aviação nacional. A pista de 570 metros permite pousos e decolagens de pequenas aero-

naves, mas não pode operar porque a área é interditada. “É preciso que se faça o zoneamento da pista e o entorno. Esse mapa vai ser incluído no Plano Diretor do município e delimitar o que pode estar perto ou não do aeródromo”, explica. Segundo ele, antes de ampliar a pista para os sonhados 900 ou mil metros será preciso colocá-la no “radar”. Outro ponto é no próprio terreno. O lote foi doado há muito tempo ao governo do Estado, vinculando o aeródromo ao Departamento Aeroportuário - que está em extinção. “É preciso que essa responsabilidade passe para a Casa Civil, com a aprovação da Assembleia, para que o lote retorne ao município.” Depois de tudo isso, Wermann espera uma parceria público-privada para reativar o local. Durante o período das manifestações, o aviador Carlos Roni Matte afirmou que mantém um hangar junto ao aeródromo fechado. Conforme ele, enquanto a pista funcionava, voos regulares saíam de Estrela. Ele mesmo chegou levar, até três vezes por semana, empresários para diferentes regiões. “Eram voos para o Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo”, recorda Matte. “Uma pista de pouso e decolagem é a porta aberta para o mundo dos negócios”, acrescenta. O aviador explica que, com os 570 metros - já asfaltados - em funcionamento, uma aeronave de até 12 passageiros passa com folga pela pista. “O ideal seriam mil metros, porque o aeródromo de Estrela está no nível do mar, isso facilita bastante seu uso”, explica. Do setor empresarial, manifestou-se Pedro Antônio Barth, representante da Câmara de Indústria e Comércio. Ele afirmou que o Vale do Taquari é reconhecido por sua capacidade de trabalho o que, consequentemente, rende altos impostos para o Estado. “Esse Vale do Taquari é um grande produtor, mas não recebe de volta aquilo que produz. Por isso, é um vale esquecido. Estamos atrasados e como estamos atrasados. Temos que ter gestão, ser mais rápidos e não ficar apenas nas palavras”, afirmou.

MALAS DE VIAGEM


4

ENCANTADO

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

INFORMATIVO

Sessão realizada em 23 de setembro de 2013 Projetos que ingressaram na Casa Legislativa * Projeto de Lei Nº 99/2013, que Autoriza o Poder Executivo municipal a efetuar concessão de uso de dois módulos do Pavilhão Industrial para pequenas empresas à empresa Anderson Capitanio. * Projeto de Lei Nº 100/2013, que Acrescenta a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2013 e Plano plurianual 2010/2013 o projeto 1.294, referente meta 14.05 do PPA e autoriza o Poder Executivo a abrir crédito especial no valor de R$ 50.000,00. Ofício informando a presença do Secretário municipal da Agricultura André Boeri, na próxima segunda feira dia 30 de setembro às 14H para informar sobre alguns projetos que estão sendo desenvolvidos pela sua pasta.

EXPEDIENTE DO LEGISLATIVO Pedido de Informações Nº 94/2013 de autoria do Vereador Celso Cauduro (PMDB), ao Executivo municipal: Enviar Cópia da Nota Fiscal da compra da peça ¨rolamentos¨ que fora substituída conforme discriminado no empenho de mão-de-obra nº 2013/7092. Pedido de Informações Nº 95/2013 de autoria do Vereador Celso Cauduro (PMDB), ao Executivo municipal: Enviar cópia da nota fiscal da compra das peças ¨pinos e buchas internas da lança traseira¨ que foram substituídas conforme empenho de mão-de-obra nº 2013/7091. Pedido de Informações Nº 96/2013 de autoria do Vereador Celso Cauduro (PMDB), ao Executivo municipal como forma de complemento aos Pedidos de Informações nºs 87, 88 e 89?2013: Indicar qual a forma que foi adquirida as peças já descritas que constavam no estoque da Secretaria de Obras, da Prefeitura. – Se o ingresso foi mediante compra, enviar nota fiscal; - Se ocorreu a doação das mesmas- enviar o termo de doação, ou outra forma. Pedido de Informações Nº 97/2013 de autoria do Vereador Celso Cauduro (PMDB), ao executivo municipal como forma de complemento ao pedido de Informações nº 79/2013: - Considerando que fora pago por um único frete o valor de R$ 1.358,00 – conforme refere-se o empenho 2013/7384 e a nota fiscal nº 181 (Edemir Bagatini), requer-se que seja enviada cópia da nota fiscal, referente a areia transportada. Pedido de Providências Nº 61/2013 de autoria do Vereador Valdecir Gonzatti (PMDB), ao Executivo municipal: Solicitando o cumprimento da Lei 2.395/2003, de 06 de novembro de 2003, principalmente no que tange ao artigo 2º. A referida lei municipal trata da denominação e colocação de placa alusiva ao prédio do Centro Oftalmológico Regional, com a seguinte inscrição: Centro de Oftalmologia - Cezário Fontana, traduzindo a vontade do Poder Legislativo. Projeto de Lei Nº 21/2013 de Origem Legislativa, que Dispõe sobre o pagamento de indenização aos Vereadores e servidores da Câmara Municipal de Encantado, a título de diárias, suas comprovações, e dá outras providências. Projeto de Resolução Nº 22/2013, que Dispõe sobre a criação de Comissão Especial para discutir políticas públicas voltadas ao Setor Primário (Agricultura) no município de Encantado, de acordo com, o artigo 67, do Regimento Interno desta Casa Legislativa e dá outras providências. Requerimento proposto pelos Vereadores Jonas Calvi, Waldir Claudio Grooders, Luciano José Moresco, Marcelo Eduardo Deves, Sandra Vian e Sander Bertozzi.

EXPEDIENTE DE DIVERSOS Correspondência da Comissão de Mobilidade Urbana da Assembleia Legislativa, convidando os Vereadores para participar da Audiência Pública, Modelos de Transporte a cidade que queremos, que acontece dia 30 de setembro de 2013 as 17h30min. Telegramas do Ministério da Saúde informando a liberação dos seguintes recursos financeiros; Fundo Municipal da Saúde, pagamento de agentes comunitários de saúde, valor bruto R$ 39.900,00 competência 08/2013 – Fundo Municipal da Saúde pagamento do PAB Fixo, valor bruto R$ 41.620,00, competência 08/2013 – Fundo Municipal da Saúde, pagamento de Programa de Assistência Farmacêutica Básica R$ 8.878,35, competência 07/2013. Correspondência da EGR e Secretaria do Planejamento, Gestão e Participação Cidadã, convidando para a apresentação e organização dos COREPES, Conselhos Comunitários das Regiões das Rodovias Pedagiadas, a nova gestão dos pedágios no Rio Grande do Sul, em Lajeado, dia 26 de setembro as 14 horas na Univates.

TRIBUNA DO VEREADOR Usaram a Tribuna os seguintes vereadores: Valdecir Gonzatti (PMDB), Adroaldo Conzatti (PSDB), Luciano José Moresco (PT), Celso Cauduro (PMDB), Marcelo Eduardo Deves (PT), Claudio Roberto da Silva (PMDB), Gustavo Henrique Scattola (PMDB), Sander Bertozzi (PP), Jonas Calvi (PTB). A próxima sessão ordinária será realizada dia 30 de setembro às 18h, aberta à comunidade e transmitida ao vivo pelo site www.camaraencantado.com.br.

EGR inicia recadastramento das isenções do pedágio Processo envolve a Praça de Pedágio de Cruzeiro do Sul

Camila Domingues

Praça de Cruzeiro do Sul, na RS 130

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) iniciou na quarta-feira (25), em Cruzeiro do Sul, o recadastramento dos motoristas que têm direito à passagem gratuita pelas praças de pedágio das rodovias estaduais retomadas pelo Estado com o término das concessões. Neste primeiro momento, a ação está restrita aos usuários da praça de pedágio de Cruzeiro do Sul, no Vale do Taquari. Em breve a EGR irá anunciar a íntegra do cronograma de recadastramento de isenções nas demais praças de pedágio que administra. Os interessados em obter o passe livre pela praça de pedágio terão de preencher um formulário de requerimento de isenção, disponível no site da EGR (www.egr.rs.gov.br), aba serviços e informações/praças de pedágio, e na sede da Prefeitura de Cruzeiro do Sul. No documento, informarão os dados pessoais e os dados do veículo, a frequência semanal com que passam pelo pedágio, e o tipo de dispositivo de isenção que dispunham anteriormente: Chip, TAG ou cartão. Além disso, terão de assinar declaração de que residem entre a praça de pedágio e o limite territorial do Município, no caso, Cruzeiro do Sul, do lado oposto à sede urbana e transitam pela

praça de pedágio no sentido do interior à sede da cidade. As informações contidas no formulário serão analisadas pela equipe técnica da EGR. Em caso de aprovação da solicitação, o cartão de isenção estará disponível na praça de pedágio no prazo de 15 dias a partir do pedido. O solicitante terá prazo de 30 dias para retirada do cartão, a contar da data de entrega dos documentos. Se não o fizer nesse período, deverá encaminhar nova solicitação, com cópia de todos os documentos. O cartão de isenção é intransferível e só poderá ser utilizado pelo favorecido quando esse estiver conduzindo o veículo cadastrado. O início do recadastramento representa o cumprimento de um compromisso assumido pela administração da EGR em junho, quando a Empresa assumiu a Administração das primeiras praças de pedágio que estavam sob o comendado da iniciativa privada e manteve o modo operacional em vigor até então. A medida beneficiou, num primeiro momento, os usuários que residem próximo às praças de pedágio de Flores da Cunha, Encantado, Boa Vista do Sul e Cruzeiro do Sul e, posteriormente, os moradores das proximidades das praças de Venâncio Aires e Candelária.

Associado de Montenegro é contemplado na promoção do Sicredi O Sicredi sorteou o 21º ganhador da promoção Milhões de Amigos, Milhões em Prêmios, que está ocorrendo desde o mês de abril. O contemplado, que receberá um prêmio no valor de R$ 40 mil, é de Montenegro, associado do Sicredi Ouro Branco RS. Até o mês de outubro serão distribuídos mais cinco prêmios semanais neste valor. No dia 23 de novembro será sorteado entre associados pessoas físicas e jurídicas, do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, um ganhador que receberá o prêmio final no valor de R$ 250 mil. No total, serão mais de R$ 1,3 milhões em prêmios. Participam da promoção, associados que utilizarem soluções financeiras do Sicredi ou fizerem indicações de amigos ou familiares para tornarem-se

associados, das cooperativas do Sicredi participantes da promoção, conforme previsto no regulamento. Assim, tanto o associado que indicou quanto o novo associado, ganham “números da sorte”. A promoção se estende até o dia 31 de outubro. Os números da sorte serão distribuídos aos associados pelas cooperativas de crédito participantes da promoção de forma eletrônica. Cada número concorrerá a sorteios semanais e a um sorteio final. Os associados poderão consultar seus números e o regulamento completo através do site da promoção – milhoesempremiossicredi.com.br –, da sua unidade de atendimento ou do SAC Sicredi, pelo telefone 0800 7247220.


COLUNA

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Descontentamento Nesta semana em que três empresas encantadenses aparecem entre as 500 maiores empresas da região sul do Brasil, segundo a revista Amanhã, representante de uma delas mostra o descontentamento com o universo político da cidade. O presidente de outra há tempo quer saber quando sairá a Rota do Desenvolvimento, ou o Anel Viário. O diretor da Fontana S.A. mostra claramente a sua insatisfação, e declarou à coluna que é o sentimento que sente no mundo empresarial. Veja o que pensa Ricardo Fontana.

1) Quanto está previsto no PPA 20142017 para a Rota do Desenvolvimento? 2) Alguém já foi até a empresa Baldo, uma das maiores em retorno de impostos para nosso município, ver como está o acesso e calçamento no Bairro Lago Azul? 3) E a Coronel Sobral, por que ainda não recebeu cobertura asfáltica?

Tem muita coisa neste PPA desnecessária e está na hora de alocar recursos naquilo que traz realmente retorno ao município e, talvez, quando estivermos com todas estas demandas O descrédito do atendidas possamos, empresariado encanquem sabe, realizar as tadense com a Admiobras supérfluas que nistração Municipal e contém este plano, pois Câmara de Vereadores afinal o que mais temos é tanta que a maioria escutado da Prefeitura dos empresários não e Câmara de Vereadoquerem nem sequer res é que “o município mais participar das não tem dinheiro”. reuniões que envolvam Sempre soube que os dois órgãos públicos. devemos investir naquiTem alguma coisa lo que nos dá retorno. errada em nosso muniDesta forma vão acacípio, pois se 30 empre- bar matando a “Galisas de Encantado são nha dos Ovos de Ouro” responsáveis por 90% ou as mesmas serão do retorno da arrecaobrigadas a mudar de dação do município, Galinheiro. por que os empresários não são atendidos em suas reivindicações? Ricardo Fontana

5

A agulha continua quebrada “É toda semana esta ladainha, a comunidade não quer mais isso, acho que a gente tem que fiscalizar o município, temos que ser o espelho, o exemplo, a comunidade não quer mais isso, quer que os políticos participem.” Palavras do edil Marcelo Deves, na última sessão da Câmara de Vereadores de Encantado. Quando este colunista disse a mesma coisa há cerca de um mês, parecia que o mundo tinha caído. As ruas dizem exatamente isto. Um dos diretores de uma das 500 maiores empresas da região sul do Brasil também.

Alô TSE

O Tribunal Superior Eleitoral podia me avisar quando criaram o cargo de político adjuvante ou coadjuvante, e quanto ganha menos que os outros esse tipo de político. E também se posso optar por não votar em político que não é protagonista, pois na hora de pedir votos todos são de ponta. Particularmente, eu não sabia dessa categoria, aliás, o eleitor não foi informado, pois, com certeza, o eleitorado brasileiro não irá votar em político que não pode fazer a diferença.

Coadjuvante ou adjuvante

Significa quem ajuda, quem auxilia ou coopera com outrem. Estão ajudando, é isto?

A foto mostra a insatisfação de uma família, fato já relatado nesta coluna, com a situação de canos da rede pluvial que passam por debaixo de sua casa. Um processo se arrasta na justiça há seis anos e também a busca de uma solução amigável, que não acontece, apesar de a última reunião realizada entre a família e a Administração Municipal de Encantado ter ficado definido que a família renunciaria a uma multa que tem direito pelo não cumprimento de uma decisão liminar, que hoje gira em torno de R$ 30 mil e que aumenta todos os dias, em troca da realização do desvio que iria resolver o problema. Em contato com a família esta semana, ela continua propensa a renunciar ao valor da multa, que em decisão liminar tem direito, para a

realização da obra.

Solução O Secretário do Planejamento de Encantado, Roberto Turatti, o mesmo afirmou que, com a negativa do proprietário de um terreno próximo da residência de o desvio dos canos passarem naquele local, será necessário a realização de uma obra em que serão colocados 320 metros de canos, e que custará, só em canos, o valor da multa. E não existe, neste ano, a dotação orçamentária para a realização da obra. Assumiu o compromisso de no início de janeiro, com o orçamento de 2014, licitar a realização do desvio e solucionar o problema. Só não realiza a licitação de forma imediata por não ter dotação na peça orçamentária de 2013.


6

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

CÂMARA DE VEREADORES

Presidente Jonas avalia sessão como a pior do ano Sequência de manifestações provocativas entre parlamentares dificultou andamento da reunião desta semana

Fotos: Diogo Daroit Fedrizzi

Diogo Daroit Fedrizzi

Encantado - A sessão da Câmara de Vereadores precisou da intervenção do presidente Jonas Calvi (PTB) em vários momentos. O petebista ficou descontente com o comportamento dos colegas que, por mais de uma vez, provocaram debates paralelos entre as bancadas enquanto um vereador estava na tribuna. Os apartes, como são conhecidos os espaços concedidos pelo orador aos demais parlamentares, não foram respeitados. A situação mais desconfortável aconteceu durante o pronunciamento de Gustavo Scatolla (PMDB) na tribuna. Jonas chegou a ameaçar encerrar a sessão depois que situação e oposição começaram a bater boca. Scatolla desceu da tribuna antes de encerrar o tempo como forma de protesto. Também pediu tolerância de mais minutos para compensar o tempo que ficou sem poder falar, porém, não foi atendido. Jonas avaliou a sessão de segunda-feira (23) como a pior do ano. “Não produzimos nada, mas nada mesmo. Temos que mudar nossa conduta, nosso foco. Não me excluo dessa condição por estar presidindo esta Casa. Estamos indo para um caminho que não é bom para ninguém, nem para os vereadores e menos ainda para o município. Estamos extrapolando os nossos limites e competências”, falou o petebista, último a usar a tribuna.

Petebista ameaçou encerrar a sessão durante o pronunciamento de Gustavo Scatolla

“Não produzimos nada, mas nada mesmo. Temos que mudar nossa conduta, nosso foco.” presidente da Câmara, Jonas Calvi

Comissão quer ouvir entidades e agricultores para formatar projetos em conjunto

Sander Bertozzi (PP) e Luciano Moresco (PT)

A bancada de situação assina o texto que sugere a criação de uma Comissão Especial para discutir as políticas públicas voltadas para a agricultura, sobretudo, o setor primário. Conforme Sander Bertozzi, a ideia é ouvir entidades e agricultores para criar projetos em conjunto com o Executivo e o Legislativo. “Temos que ter cuidado para não criarmos questões isoladas. Precisamos pensar num projeto maior para o futuro. Estamos no caminho bom. O êxodo rural não é tão visível em Encantado como é em outros municípios. Mas o meio rural tem que se profissionalizar”,

comenta. Sander cita carências como a má qualidade da energia elétrica, a falta de água em localidades do interior, deficiência na telefonia e na internet como problemas que afetam a zona rural. “São situações que trancam o desenvolvimento nas comunidades. Precisamos levantar estes problemas e pensar na agricultura para vários anos”. O vereador destaca ainda o crescimento no percentual destinado para a Agricultura já previsto no Plano Plurianual. “Passamos de cerca de 3% ao ano para aproximadamente 6%”, ressalta.


CÂMARA DE VEREADORES Sander pede manifestações “leves” em reuniões externas Sander Bertozzi (PP) pediu aos colegas para que não façam pronunciamentos acalorados nas reuniões externas. “Sugiro deixar as manifestações mais pesadas para os encontros da Casa e que aproveitemos as sessões externas para ouvir a comunidade”, disse. Marcelo Deves (PT) concordou. Para ele, o embate não contribui. “Conversei com um dos patrões e ele me disse que esperava mais de nós”, afirmou, em referência à sessão que aconteceu na semana passada no CTG Giuseppe Garibaldi, quando os patrões das entidades tradicionalistas

foram ouvidos pelos parlamentares. Cláudio Roberto da Silva (PMDB) argumentou que quando foi proposta a realização de reuniões fora da sede não foi imposta esta condição. “Precisamos saber se essas sessões externas são de verdade ou são mero cumprimento de formalidade. O nosso único acordo era de não nos pronunciarmos em sessões solenes”. O presidente Jonas Calvi (PTB) afirmou que não vai limitar as falas dos vereadores. “Devemos ter o bom senso, cada vereador tem sua responsabilidade”, ponderou.

A instalação de uma empresa de cosméticos em Roca Sales pautou o discurso de Adroaldo Conzatti (PSDB). Segundo ele, a escolha pelo município vizinho ocorreu porque Encantado não deu apoio. “Continuamos com essa indefinição de quando vamos ter uma proposta de desenvolvimento para Encantado”, acrescentou. “Se as empresas são daqui, porque deixamos ir embora? Trazer de fora é mais difícil”. Para o tucano, o governo precisa ajudar quem quer investir no município. “Se os outros conseguem dar incentivos, por que Encantado não pode? Ou não quer fazer?”, questionou. O líder do governo, Luciano Moresco PT), explicou que a empresa de cosméticos, quando procurou o Executivo encantadense, indicou um terreno na cidade onde gostaria de se instalar. Porém, o Plano Diretor impede o funcionamento de empresas no

local solicitado. “Em nenhum momento, depois desse primeiro contato, esta empresa pediu outra ajuda”, argumentou.

Fotos: Diogo Daroit Fedrizzi

Conzatti lamenta saída de empresas

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

7

Valdecir surpreso com gastos Valdecir Gonzatti (PMDB) mais uma vez bateu forte no governo. A exemplo de outras sessões, afirmou que a bancada de oposição atua como coadjuvante nas decisões políticas do município. “Votamos projetos a favor ou contra, mas não somos nós que decidimos o rumo de Encantado. São os seis vereadores de situação”, comentou. Valdecir confessou ficar constrangido com a ida às comunidades para participar das sessões externas. Ele usou o exemplo do encontro no Bairro Lambari quando os moradores reclamaram do asfalto na Avenida dos

Imigrantes e da falta de um pavilhão comunitário. “Ouvimos a lamúria e o lamento que as coisas não acontecem”. O peemedebista também mostrou-se surpreso com o valor de R$ 1.100,00 gasto pelo Executivo com uma empresa terceirizada que realizou o serviço de solda na Praça da Bandeira e no Parque João Batista Marchese. “É estranho, porque no quadro de CCs da Administração tem um metalúrgico para fazer este trabalho. E aí contratam uma empresa. Com esse valor dava para fazer 100 pontos de solda”, comentou.

“Vamos parar de jogar para a torcida”, diz Deves

Marcelo Deves (PT) aumentou o volume para rebater as declarações da oposição contra o governo Paulo Costi. “Parece que Encantado não tem passado. Parece que não fez nada de errado até esse prefeito”. Segundo ele, todos integrantes do Legislativo já tiveram oportunidade de trabalhar pelo município. “Quem foi CC não se preocupou com Encantado? Parece que agora ser CC é crime, trabalhar na prefeitura é crime? Estamos aqui duvidando das pessoas, acho isso uma leviandade,

temos que parar com isso, é toda semana essa ladainha. Vamos parar de jogar para a torcida”. Deves questionou o colega Valdecir, que seguidamente reclama do Executivo sobre a falta de soluções para a Rota do Desenvolvimento. O caso está na Justiça porque o proprietário do terreno não aceita vender. “O senhor nunca conversou com o dono da terra para tentar uma solução”, disse. “Temos que fiscalizar, mas temos que usar a gente como espelho, como exemplo”.

Moresco destaca posição de Encantado em gestão fiscal

Adroaldo Conzatti, do PSDB

Cauduro denuncia exagero em compra de madeira Celso Cauduro (PMDB) manteve o embalo das sessões anteriores e apresentou novas denúncias a respeito de gastos do governo. Numa delas, o peemedebista revelou que, para reformar o carretão da Secretaria de Agricultura, foram comprados sete metros de madeira de eucalipto no valor de R$ 329,00 ao metro, num total de R$ 2.368,00. “Pesquisei o preço da madeira beneficiada de eucalipto,de

primeira, e varia de R$ 25,00 a R$ 45,00 o metro”, revelou. “Isso é para a nossa população ficar sabendo o sistema do nosso Executivo. Pagar 800% a mais por uma mercadoria. É por essas e outras que não temos dinheiro para terminar o campo do Navegantes, que o asfalto no Bairro Lambari não está completo, que faltam remédios nas prateleiras, que as estradas estão em péssimas condições”.

Cláudio Roberto da Silva (PMDB) entende que Encantado carece de planejamento e comprometimento do governo com a comunidade, principalmente, com a parcela dos eleitores que votaram na atual administração. Ele usou o exemplo do trabalho de asfaltamento na Rua Severino Pretto. “Não temos dinheiro para terminar 250 metros de asfalto, isso é constrangedor para aquelas pessoas que votaram neste governo”, afirmou.

O político percebe ainda que os colegas de situação estão seguindo o ritmo do Executivo. “Os vereadores de primeiro mandato pegaram o legado do governo, que e a lamentação. Só lamúria, choro, desculpas e culpados. Agora, chegam ao ápice de justificar a inoperância deles em governos passados. Vocês têm a faca, o queijo e a responsabilidade na mão. Nessa Casa passa o que a situação quer. Façam e assumam o ônus do governo”, cobrou.

Para Cláudio, governo carece de planejamento

Luciano Moresco (PT) apresentou detalhes da pesquisa do Sistema FIRJAN que coloca Encantado na posição 284 no Brasil em gestão fiscal. No Rio Grande do Sul, o município ocupa o 65º lugar. “Isso é aplicação do recurso público”, disse. Segundo Moresco, os índices que seguidamente são divulgados sempre colocam Encantado entre os 10% dos municípios mais avançados do Brasil em saúde, educação e desenvolvimento social. “Nos últimos anos, o

crescimento com a abertura de novas empresas em Encantado é muito bom, em torno de 30%. Isso foi dentro da administração Paulo Costi”, apontou. O petista também saudou o pagamento da primeira parcela do 13º salário aos servidores municipais, efetuado na quinta-feira (19). “Pela primeira vez nas gestões do prefeito Paulo Costi houve um atraso no pagamento dessa parcela. Se fará o possível para que não volte acontecer o atraso”, comentou o petista.

Scatolla pede obras com recursos do município Gustavo Scatolla (PMDB) lamentou que o município depende muito das verbas federais para realizar obras. “Bato na tecla do excesso de CCs porque quero que sobre dinheiro para fazer uma obra sem depender de recursos federais. Não conseguimos levantar uma parede com recursos próprios”, argumentou. “Precisamos economizar, os empenhos estão mostrando, estão pagando mais caro. Por que isso?”.

Gustavo Scatolla questionou excesso de CCs


8

GERAL

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

COLUNA DO POSTAL Um passe livre, mas não para todos Assembleia Legislativa A tarde do dia 17 de setembro foi tumultuada no plenário da Assembleia. Por unanimidade, foi aprovado o projeto de lei do governo estadual instituindo o Programa Passe Livre Estudantil. O programa, sancionado na tarde da última quarta-feira, dia 25, beneficia estudantes de baixa renda matriculados em instituições de ensino com transporte intermunicipal. Num primeiro momento, os menos avisados, ao lerem as notícias, até poderiam pensar: tudo resolvido! Todos os estudantes vão se deslocar gratuitamente, uma das tantas reivindicações dos jovens que foram às ruas. Nada disso. Serão beneficiados (apenas) estudantes de 63 cidades, localizadas na Região Metropolitana de Porto Alegre e em mais três concentrações urbanas, nas regiões Nordeste, Sul e Serra. Tudo certo, mas e o restante dos alunos também necessitados, e que residem fora das áreas beneficiadas? Como ficam os alunos mais necessitados de Encantado, e demais cidades do Vale do Taquari? Acontece que o governo gaúcho, depois dos movimentos sociais de junho e julho, correu para apresentar algo por meio do qual conquistaria simpatia e aplacaria a inquietude em especial dos jovens. Construiu mal um projeto de lei e o remeteu à Assembleia, colocando o Parlamento em saia justa, na medida em que deveria ser apreciado e votado com rapidez. A oposição, em especial o PMDB, foi à tribuna e mostrou à sociedade as incoerências da proposição, uma lei que dividiu os estudantes gaúchos em classes. O governo reformulou o projeto, mas a nova redação continuou a fazer diferença entre alunos, dependendo de onde moram. A lei igualmente criou o Fundo Estadual do Passe Livre Estudantil, autorizando o Executivo a subsidiar o transporte intermunicipal aos estudantes matriculados em instituição de ensino técnico ou superior localizada em município diferente daquele de sua residência, em localidades não abrangidas pelos conglomerados urbanos citados, ou seja, em todo o Estado, o que não constava na primeira proposta governamental, e isso só foi possível graças à pressão da oposição. A ampliação deste processo, porém, não tem prazo para acontecer, pois depende da formação do fundo citado, com verbas a serem repassadas aos demais municípios para que administrem o transporte dos seus alunos. Mas, se o governo não consegue pagar tudo o que deve aos municípios, como pagará pelo transporte escolar fretado? Os deputados do PMDB votaram a favor do projeto, mas a luta foi para que o benefício contemplasse todos os estudantes, de todas as regiões, de forma imediata. Emenda neste sentido, no entanto, foi obstruída por parte dos partidos da base. Na realidade, o governo decidiu que os estudantes das áreas metropolitanas valem mais do que o restante dos alunos gaúchos. A propósito: apesar do alarde governamental, tanto na aprovação do projeto, como na sua sanção, ainda não há data para que o benefício entre em vigor. Para que isso ocorra, o Executivo ainda deverá constituir grupo de trabalho para debater, nos próximos 30 dias, a regulamentação da lei. Alexandre Postal Deputado estadual

Conzatti Contabilidade ganha prêmio Destaque Empresarial O escritório Conzatti Contabilidade recebeu neste mês o troféu Destaque Gaúcho pelos 40 anos de história. Os diretores Adroaldo Conzatti e Ilani Bagatini estampam a capa da Revista Especial, que registra a trajetória de diversas empresas do Rio Grande do Sul. Conforme a publicação, a Conzatti Contabilidade teve início em 1971, com a inauguração do primeiro escritório em Encantado. No mesmo ano, foi firmada a primeira parceria com Roque Roberto Bonfadini e a segunda unidade do escritório foi instalada em Nova Bréscia. Três anos mais tarde, surgiu uma nova oportunidade de sociedade, desta vez com Nédio Luiz Bagatini, que assumiu a gerência da unidade de Porto Alegre. Com o tempo foram surgindo novas e sólidas parcerias que permanecem até hoje, pois o Conzatti Contabilidade está presente em todo o Vale do Taquari e Região Metropolitana de Porto Alegre. A Conzatti Contabilidade construiu uma relação de confiança com o cliente, proporcionando, principalmente segurança nas orientações e pontualidade no cumprimento dos prazos das obrigações perante os órgãos governamentais nas esferas federal, estadual e municipal. Além do trabalho de consultoria, a Conzatti presta todo apoio para a tomada de decisões no gerenciamento dos negócios de cada uma das empresas. Atualmente, a Conzatti Contabilidade dispõe de uma estrutura adequada para prestar um atendimento completo em consultoria. Para isso, conta com aproximadamente 150 colaboradores, que atuam em 14 escritórios, todos interligados, para atender a clientela com total segurança. Com a credibilidade conquistada ao longo das mais de quatro décadas no mercado, a Conzatti possui uma carteira de mais de 1,5 mil clientes e a expectativa é que esses números cresçam ainda mais, pois a empresa está sempre atenta às exigências do mercado, bem como às novas oportunidades que surgem para a elaboração e concretização de novos projetos. A Conzatti Contabilidade participa constantemente de eventos do setor em todo o País. A empresa esteve representada, através de seus diretores, no Congresso Nacional de Contabilidade, realizado em Belém-PA, e recentemente participou da 15ª CONESCAP 2013 – Convenção Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas, que ocorreu em Gramado. “O empresário da contabilidade tem que estar permanentemente atualizado e os que não acompanham os avanços terão grandes dificuldades de dar suporte aos seus clientes. Por isso, o nosso compromisso é atualização permanente dos nossos colaboradores em todas as áreas tributárias e gerenciais para atender as demandas de nossos clientes”, destaca o diretor-presidente Adroaldo Conzatti. Hoje, considerado imprescindível no segmento empresarial, o setor contábil vive um período de crescimento, “A contabilidade está em uma fase de consoli-

Reprodução Capa Revista Destaque Gaúcho

dação em consonância com as exigências contábeis no mundo dos negócios. O mercado de trabalho para os profissionais de contabilidade está em plena expansão, recebendo um reconhecimento maior da classe empresarial e também das organizações públicas e nossas empresas estão inseridas dentro deste contexto”, analisa a diretora Ilani Bagatini.

Prédio do escritório em Alvorada

14 escritórios

Cidades onde o escritório Conzatti Contabilidade atua: Alvorada, Anta Gorda, Arvorezinha, Cachoeirinha, Capitão, Encantado (Centro e Bairro Planalto), Lajeado, Marques de Souza, Nova Bréscia, Porto Alegre, São Valentim do Sul, Teutôna e Vespasiano Corrêa.


GERAL

9

JORNAL OPINIÃO Q27 de setembro de 2013

Roca Sales realiza VII Feira Municipal do Livro Evento ocorre nos dia 1º e 2 de outubro e vai homenagear o centenário de Vinícius de Moraes

Roca Sales - A Administração, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, realizará nos dias 1º e 2 de outubro, a VII Feira Municipal do Livro. O evento ocorre na Sociedade Recreativa e Cultural Roca Sales e destaca quatro áreas do conhecimento: literatura, teatro, música, história e diversão. Entre as atrações, visita das escolas das redes municipal, particular e estadual, com

leitura e espaço interativo, apresentação de peças teatrais, bate papo com escritores, comercialização de livros e show da Orquestra de Sopros do SESI. Conforme o Secretário Municipal de Educação e Cultura, Roberto Carlos Schwab, o objetivo do evento é alimentar o espírito para coisas novas e oportunidades, permitindo o encontro entre leitores, escritores,

educandos, artistas e demais agentes da cultura, reafirmando o estímulo e a prática da leitura. Ele lembra que a edição deste ano homenageia o centenário de Vinícius de Moraes, que se completa em 19 de outubro. Os livros serão comercializados pelo Armazém Livraria e Papelaria, de Estrela. Cerca de 10 mil exemplares estarão à disposição dos visitantes. Os preços variam de R$ 0,50 a R$

100,00 contemplando inúmeros gêneros, como literatura infantil, infanto-juvenil, juvenil, adulta, estrangeira, nacional, espírita, autoajuda, exotérica, maçonaria, Bíblia, dicionário, mensagem, livros técnicos na área de educação, romances eróticos adultos, psicologia, medicina, romance, ficção, biografias, culinária, leituras obrigatórias de vestibulares, conto e pedagógico.

Divulgação

Programação completa da VII Feira Municipal do Livro de Roca Sales

.ǧ  ȃͳ͑ȀͳͲ

Peça teatral será encenada durante a Feira

A peça teatral que marcará o evento será apresentados pelo grupo Brigada em Cena, que iniciou as atividades em 2008 por iniciativa de policiais militares buscando tratar de temas relacionados à segurança pública de uma forma lúdica. A equipe é formada pelos tenentes Berenice Borchartt Zemper e Celito Eduardo Albuquerque, sargento Ângela Marines

Huppes e os soldados Jeferson André Cavalheiro Pinto, Edson Luís Rockembach, Luciane I. Brum e Rejane Lopes. Duas peças serão encenadas: “Ação e Reação”, que trata de bulling, drogas e preconceito, e o “Motorista maluco”, a qual fala de cuidados no trânsito e a necessidade de mudança de comportamento dos motoristas para um trânsito melhor.

9h - Solenidade de abertura 9h45min – Visitação - alunos de 8ª série e Ensino Médio das escolas municipais, particulares e estadual 14h30min – Visitação, leitura e espaço interativo - alunos do pré e 1ºs anos das escolas particulares e estadual 16h30min - Visitação, leitura e espaço interativo - alunos do pré e 1ºs anos das escolas municipais 19h30min – Abertura da VII Feira do Livro 20h – Bate papo com escritores Airton Gomes e João Manoel 21h – Visitação ǧ  ȃͲʹȀͳͲ

8h 45min - Visitação - alunos de 5º a 8º anos das escolas particulares e estadual 9h30min - Peça teatral “Ação e reação” com o grupo Brigada em

Cena de Santa Rosa 10h10min – Visitação - alunos de 5º a 8º anos das escolas municipais 10h30min - Peça teatral “Ação e Reação” com o grupo Brigada em Cena de Santa Rosa 14h15min - Peça teatral “Motorista Maluco” com o grupo Brigada em Cena de Santa Rosa – alunos de 2º ano à 5º ano das escolas particulares e estadual 14h45min - Visitação, leitura e espaço interativo – alunos de 2º ano à 5º ano das escolas particulares e estadual 15h45min - Peça teatral “Motorista Maluco” com o grupo Brigada em Cena de Santa Rosa - alunos de 2º ano a 5º ano das escolas municipais 16h15min - Visitação, leitura e espaço interativo - alunos de 2º ano a 5º ano das escolas municipais 19h – Encerramento da feira com a Orquestra de Sopros do SESI

Encantado – Dentro do Projeto Saúde na Escola, o médico da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Bairro Planalto, Jorge Hurtado, palestrou nesta terça-feira (24) sobre sexualidade para os alunos de 6ª e 7ª séries da Escola Estadual Agostinho Costi. O projeto é promovido no município pelas secretarias municipais da Saúde e Meio Ambiente e de Educação e Cultura. Neste ano, as escolas de todas as redes de ensino estão recebendo a visita das equipes da Saúde, que

realizam palestras sobre temas pertinentes a cada faixa etária. A palestra “Anticoncepção e Doenças Sexualmente Transmissíveis” foi apresentada de maneira clara e direta pelo médico, o que despertou o interesse e a atenção dos estudantes. Após a explanação, os alunos puderam esclarecer dúvidas e dialogar com o médico e colegas sobre o tema. Para Hurtado, “o encontro foi muito importante para a conscientização dos jovens sobre esse assunto, que

passa a ser cada vez mais presente em suas vidas”. Segundo a professora Tatiane Gasparini, “a participação do médico na escola é fundamental para complementar a abordagem que já é feita pelos professores”. “Percebemos que, com a presença do profissional da saúde, eles participaram abertamente e fizeram diversas perguntas sobre sexualidade, o que muitas vezes não ocorre nas famílias e no ambiente escolar”, comenta.

Estudantes esclareceram dúvidas com o médico Jorge Hurtado

Eliane A. Fachinetto

Projeto oferece palestra com médico na Escola Agostinho Costi


10

INFORME COMERCIAL

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Texto e fotos: Henrique Pedersini

Funerária Mazzarino,

40 anos Já virou tradição. Quando surge, na programação da Rádio Encantado AM 1580, a gravação “Funerária Mazzarino informa” as atenções se voltam para o rádio. Em meio ao árduo trabalho de lidar de perto com a morte e buscar confortar a dor dos familiares em um momento difícil, a Funerária completou 40 anos na última segunda-feira (23). Atualmente, a empresa é comandada por Ramon Mazzarino, 40 anos, e pelo pai Tales Mazzarino, 74 anos, criador do negócio em 23 de setembro de 1973. Tales morava em Curitiba quando tomou a decisão de trabalhar com serviços fúnebres. Mudou-se para Encantado e primeiramente tentou comprar a funerária que já existia na cidade. Como a oferta não foi aceita, criou a própria marca abrindo a empresa na Rua Tiradentes, nas proximidades de onde a família reside atualmente. Um único cômodo, de madeira, deu início a um antigo sonho do homem, então com 35 anos. “Nunca tive medo que não daria certo. Apostei e trabalhei muito”, recorda. Na época, a funerária atendia inclusive em Arvorezinha, mesmo com as várias dificuldades de comunicação e locomoção. A família lembra que no início algumas pessoas contribuíram para o crescimento do negócio, entre elas Adilar Bertuol, Adroaldo Conzatti e Leonel Sangalli. Tales ainda recorda que os procedimentos eram diferentes dos atuais. Desde a matériaprima do caixão até os rituais de velório e enterro. Indagados sobre algumas lembranças mais marcantes da carreira profissional, Ramon recorda de uma tragédia ocorrida em razão de desmoronamento de terra, que vitimou um homem. Tales recorda vários casos ocorridos,

muitos envolvendo conhecidos. “Quando envolve tragédia, muitas vezes procuramos falar pouco com familiares, pois uma palavra mal colocada pode não ser bem interpretada”, comenta Ramon. Afogamentos e velórios de crianças foram citados como sendo os mais difíceis. Todo o processo desde a liberação do corpo até o encaminhamento para velório leva, em média, cerca de duas horas. Ramon conta que para qualificar o trabalho realizou curso de necromaquiagem e restauração. A empresa conta com filial, situada na cidade de Doutor Ricardo, sob responsabilidade de Leonilda Sartori. Segundo os proprietários, a criação do Plano Aeroassistencial foi importante na consolidação da empresa. “Vendemos conforto, mesmo que não diminua a dor da família, pelo menos há a tranquilidade dos familiares não precisarem correr atrás de tudo”, explica Mazzarino. O plano oferece 24 horas, cobertura odontológica, desconto em exames e consultas médicas, empréstimos de materiais de convalescença e cobertura fúnebre, incluindo notas em rádio, liberação de corpo, entre outros processos. A senhora Lorena Filter Mazzarino,75 anos, é quem atende os chamados na maioria dos casos. “Não tenho como fazer promoções, por isso não é um comércio como outro qualquer. Mesmo assim procuramos atender sempre da melhor maneira, oferecendo um diferencial”, conclui Ramon.

Ramon e Tales Mazzarino

Família Mazzarino

A família faz questão de agradecer as seguintes pessoas: Nélio Scatolla, Juarez Rotta, Carlos Marder, Agenor Radaelli, Ari Zimmer, Paulo Pereira, Venilde Stefani e Lurdes Salvi. Em Encantado, Funerária atende na Rua Tiradentes


ENCANTADO

11

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Maiara Regina Pedersini, 21 anos Nesta edição, contamos a história da menina que, aos nove anos, sofreu traumatismo craniano depois de sofrer uma queda de uma altura de três andares. Sem plano de saúde particular, a família precisou bancar as despesas com a UTI, sob risco de perder a filha.

E

ram 18h30min do dia 25 de setembro de 2001 quando a costureira Marta Regina Sangalli Pedersini, hoje com 47 anos, foi chamada às pressas para acudir a filha Maiara. A menina, então com nove anos, havia caído do último andar de um prédio de três andares, na Rua Padre José Foscalo, nas proximidades do Círculo Operário de Encantado, vizinho à casa da família Pedersini. A garota estava brincando com a amiga Laura no corrimão das escadarias, quando perdeu o equilíbrio e despencou pelo vão das escadas. Maiara teve traumatismo craniano. “Ela abriu a cabeça de um lado, no outro quebrou o osso e a pancada maior foi em cima”, conta a mãe. “Quando vi ela no chão, logo peguei ela no colo e ela suspirou. Eu perdi as forças”. Os vizinhos ajudaram e levaram a criança desacordada para o Hospital Santa Teresinha de Encantado. “Ainda não sabíamos da gravidade”, acrescenta. O médico que prestou o primeiro atendimento foi João Batista Marchese, plantonista naquele dia. “Hoje devemos tudo a ele. Quem fez o primeiro socorro, e que fez a coisa certa, foi ele. Como ela tava com hemorragia, ele abriu a cabeça para que o sangue pudesse sair”, relata Marta. “Na minha cabeça, eu não via ela voltando”.

Família bancou as despesas da UTI

A próxima etapa era internar, com urgência, Maiara numa Unidade de Terapia Intensiva. Depois de várias ligações para Hospitais da região, não havia leitos disponíveis pelos SUS. Somente em Porto Alegre, mas a longa distância colocava em risco a vida da menina. Sem plano de saúde

Arquivo pessoal

Maiara (à direita) com a irmã Marina, o pai Omar e a mãe Marta, na festa de formatura

“Não devemos reclamar de nada, não devemos dar bola para qualquer coisinha. A vida vale acima de tudo. Eu vi a minha filha perdida”, Marta Pedersini, mãe de Maiara

particular, a solução da família Pedersini foi bancar as despesas e interná-la na UTI do Hospital Bruno Born, em Lajeado. “Ou pagávamos, ou não tinha vaga”, lembra Marta. O custo era R$ 1 mil por dia. Maiara ficou oito dias internada na UTI em coma induzido. “Os três primeiros dias inchou tudo o que era para inchar. Depois começou a diminuir o inchaço. Aí comecei a ter esperanças que ela sobreviveria. Não foi necessário fazer cirurgia”, relata. A mãe emociona-se ao lembrar a corrente de orações que amigos encantadenses fizeram pela vida de Maiara. Quando recebeu alta da UTI, a menina ficou mais 10 dias em quarto normal. Aos poucos, ela foi acordando. “Quando me cha-

maram para vê-la, a Maiara estava chorando. Perguntaram para ela quem eu era. E ela respondeu: ‘Minha mãe!’. Ela me conheceu. O nosso medo era que ficasse sequela. E graças a Deus não ficou nada”, conta.

Valor à vida

Já em plena recuperação, a família não via a hora de retornar para Encantado. “A Maiara só pedia para comer uma polentinha. Quando chegamos em casa, ela logo pegou as bonecas para brincar”. Também demorou um bom tempo para retornar ao prédio. Brincar em escadas nunca mais. Um mês depois, já estava de volta aos estudos. “Os professores deram muito apoio”. A recuperação exigiu mais dois anos de

tratamento com remédios. A cada seis meses era feita tomografia. Depois, um exame por ano. “Após esse período, o Dr. Wagner (médico de Lajeado), liberou”, diz Marta. Nesta semana, completaram 12 anos do episódio. Dona Marta revela que o susto trouxe muitos ensinamentos. “Não devemos reclamar de nada, não devemos dar bola para qualquer coisinha. A vida vale acima de tudo. Eu vi a minha filha perdida. Essas picuinhas daqui e dali não levam a nada. Precisamos nos dar com todo mundo, porque eu precisei de todo mundo”, salienta. Hoje, aos 21 anos, Maiara é formada em Técnico Administrativo, trabalha como operadora de caixa numa loja de Encantado e vai fazer faculdade ano que vem.


12

SEMANA FARROUPILHA

JORNAL OPINIÃO Q27 de setembro de 2013

Fotos: Juremir Versetti

Em Muçum, mesmo com o mau tempo, tradicionalistas realizaram o desfile de encerramento no domingo, (22)

Prendas e peões declaram seu amor pelas tradições gaúchas Com muita música, dança e comidas típicas, admiradores da cultura gaúcha celebram a saga da revolução farroupilha que durou quase dez anos, e seguem a tradição passada por gerações nos municípios do Vale.

ĆēĎĊėĎĎđĎĔĔėĎČČĎ

Vale do Taquari - A Semana Farroupilha, uma das maiores manifestações históricas do Brasil, é um evento que está baseado no resgate dos acontecimentos que marcaram o Rio Grande do Sul, destacando a luta dos farroupilhas no estado, homenageando seu povo, tendo seu ápice no dia 20 de setembro, quando então é celebrado o “Dia do Gaúcho”. No Vale do Taquari, a tradição gaúcha faz parte do cotidiano dos municípios, através das atividades desenvolvidas nos Centros de Tradições Gaúchas, Departamentos Tradicionalistas, Grupos de Artes Nativas e Núcleos Tradicionalistas existentes.

Além disso, é através da Semana Farroupilha, que tradicionalistas podem evidenciar o amor pelo estado através de manifestações culturais, por meio da música, das danças, da poesia, do chimarrão, cavalgadas de integração em parceria com outras entidades, almoços comemorativos, missas crioulas e participação em desfiles e eventos tradicionalistas, entre tantos outros costumes deste povo. Segundo a 3ª Prenda do Estado do Rio Grande do Sul, Kelly Rocha, é de extrema importância que essas atividades se mantenham, a fim de divulgar as tradições gaúchas, que muitas vezes acabam tornando-se histórias

Grupo Bah q' Tri empolgou o público na noite do dia 20

contadas pelos antepassados. "Vejo a semana farroupilha como a possibilidade de mostrar a comunidade em geral, que não somos 'gaúchos' apenas em setembro. Se nós, tradicionalistas estivermos bem preparados, é a grande oportunidade de mostrarmos que cultuamos/reverenciamos bem mais que a Revolução Farroupilha: são peculiaridades, hábitos, costumes, histórias que formaram o nosso povo, e principalmente a nossa identidade, motivo de orgulho a todos: tradicionalistas ou não", afirma. Assim foram realizadas as comemorações dos “Festejos Farroupilhas de 2013”, no Vale do Taquari. Com

No sábado, (21), foi a vez dos Quatro Gaudérios

Show de encerramento emocionou o público

uma série de atividades, os municípios puderam promover à sociedade, acesso às informações essenciais dos acontecimentos da Revolução Farroupilha, relembrando a luta dos ideais farrapos e resgatando o orgulho de sua história. Apesar das constantes chuvas que assolaram a Região durante as festividades, o mau tempo não tirou a animação dos tradicionalistas. Em Muçum, a programação da Semana Farroupilha encerrou oficialmente no dia 20 de setembro, com alvorada festiva, extinção da chama crioula e show do Grupo Bah q’ Tri. No entanto, as atrações estenderam-se até domingo,

Os Buenachos encerraram a programação do evento

Prefeito de Muçum, Lourival de Seixas agradeceu a participação da comunidade local e regional


SEMANA FARROUPILHA (22). Entre as atividades, caminhada, encenação teatral da saga farrapa e shows com os grupos Quatro Gaudérios e Os Buenachos. Em Encantado, a empolgação e a integração dos tradicionalistas no 1º Encontro Farroupilha, realizado de quarta, (18), a domingo, (22), na Praça da Bandeira levou cerca de cinco mil pessoas ao evento, onde puderam apreciar uma programação diversificada. As três entidades tradicionalistas do município apresentaram seus talentos para o público e os shows com os grupos Tropeiros da Querência e Entrevero Campeiro embalaram prendas e peões, além de apresentações das escolas estaduais Jardim do Trabalhador e Antônio De Conto, na quinta-feira (19). Devido ao mau tempo, o desfile temático que ocorreria na sexta-feira, (20), foi cancelado. Em Roca Sales, não poderia ser diferente. Até o sábado, (21), o município promoveu a quarta edição da Semana Farroupilha. Conforme o prefeito Nélio José Vuaden, o evento fortaleceu o sentimento tradicionalista, onde as pessoas teiveram a oportunidade de enfatizar as conquistas e a preservação da memória e da luta do povo gaúcho, expressa pela Revolução

Encantado

JORNAL OPINIÃO Q27 de setembro de 2013

Farroupilha. A quarta edição da Semana Farroupilha de Roca Sales contou com a apresentação das Escolas Municipais de Ensino Fundamental Cantinho da Amizade, Pingo de Gente e Crescendo Feliz, Perpétuo Socorro, Colégio Scalabriniano São José e Padre Fernando e oficinas típicas, Coral Municipal de Roca Sales, Grupo Tropeiros da Querência, grupo de Danças da 3ª Idade do CRAS, CTG Tropeiros da Amizade e Grupo Irmãos Taborda. Além da diversão, a gastronomia também esteve presente no evento. Pratos típicos como churrasco, galinhada, ossinho de porco com polenta, carne de panela, mondongo, carreteiro no tacho, feijoada no caldeirão, bife no disco e galinha ao molho com massa pudera ser degustados pelo público visitante. O evento foi uma realização da Administração Municipal, juntamente com o CTG Tropeiros da Amizade e ocorreu na Praça Júlio Lengler. Em Nova Bréscia, as comemorações do dia 20 de Setembro tiveram desfile temático, Missa Crioula e apresentações artísticas das invernadas do CTG Paixão Côrtes e do CTG Porteira da Amizade, de Relvado. O grupo Nova

Música e integração marcaram o evento

Bréscia Dança Show também participou da programação. A Semana Farroupilha de Anta Gorda também movimentou a cidade. No ano em que o município comemora seu Cinquentenário e o CTG Lança Crioula seus 30 anos de fundação, o evento tradicional recebeu o incremento do Primeiro Resgate das Tradições Gaúchas. O objetivo foi o resgate da cultura do Rio Grande do Sul para despertar nas crianças, jovens e adultos o interesse pela tradição. Desde a abertura, o público se fez presente na Praça Doutor Borges de Medeiros, onde esteve localizada a infraestrutura para shows e atividades. Gastronomia típica, atrações culturais e diversão fizeram parte da programação que se estendeu entre os dias 13 e 20 de setembro, com a comemoração da Revolução Farroupilha. Entre as atrações tiveram destaque a Escola do Chimarrão, de Venâncio Aires, grenal mirim de bombachas, shows com os grupos Bate Casco, João Chagas Leite, Cesar Vieira, Explosão do Baile, Tchê Guri, Família Ribas, Eco do Minuano e Bonitinho, Tchê Chaleira, Os Gaudérios, Walther Morais e Gaúcho da Fronteira, além de apresentações com a Companhia de Artes

Roca Sales

Invernada Mirim do CTG Tropeiros da Amizade

Cerca de cinco mil pessoas participaram dos festejos

Anta Gorda

Escolas do município também participaram dos festejos Acendimento da Chama Crioula, na abertura do evento

Nova Bréscia

Nova Bréscia Dança Show integrou as atividades

Arquivo Pessoal Universo em Dança de Butiá e do Grupo de Artes Nativas Anita Garibaldi. Cerca de 20 gaiteiros amadores da região realizaram, pela primeira vez, o Gaitaço, interpretando Kelly Rocha - 3 ª Prenda do RS juntos músicas gaúchas e sendo aplaudidos pelo público de cerca de 2,5 mil pessoas presentes na noite do dia 20. Ainda, segundo a 3ª prenda do estado do RS, Kelly Rocha, “comemorar a Semana Farroupilha significa, além da valorização do tradicionalismo gaúcho, uma manifestação familiar. Em todo o Estado, famílias confraternizam em roda do chimarrão, amigos contam causos, ingredientes que ajudam a demonstrar seus sentimentos e reviver um pedacinho da História de um povo forte, aguerrido e bravo”, afirma.

Fotos: Adriana Vidal, Eliane A. Fachinetto, Jaime Mocellin, Julia Henz, e arquivo pessoal

Patrões das três entidades tradicionalistas de Encantado

Desfile temático agradou a população de Nova Bréscia

13

Missa Crioula foi realizada durante os festejos


14

DOUTOR RICARDO

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Viagem a Aparecida, um sonho realizado A primeira viagem do grupo de idosos de Doutor Ricardo para Aparecida do Norte foi como realizar um sonho para a maioria dos idosos que participaram das viagens. O primeiro grupo partiu de ônibus turismo na madrugada do dia 15 de setembro e retornou de avião no dia 17 à noite. O segundo grupo partiu de avião na madrugada do dia 18 e retornou de ônibus na noite do dia 20. O prefeito Alvimar Lisot, a secretária da Assistência Social, Catea Rolante, acompanharam as duas viagens. Na equipe de apoio que acompanhou a viagem, também estavam profissionais da saúde. No passeio, destaque para o SanDivulgação

tuário de Aparecida do Norte, com a participação dos grupos em missas, inclusive sendo assistidos por familiares e amigos que estavam em casa. Frei Galvão e Canção Nova também receberam a visita dos grupos. Ainda no Aeroporto de São Paulo, na viagem de volta do primeiro grupo, o prefeito Alvimar Lisot já afirmava que a viagem foi tranquila e dentro do esperado. “Vejo a satisfação de quem viajou. A grande maioria não conhecia ou mesmo não tinham feito uma viagem. Valeu o investimento e, sobretudo, acompanhar esse momentos únicos na vida de nossos vovôs. Estamos pensando em novos desafios”, comentou.

Depoimentos

Maria Lurdes Frozi, 64 anos moradora do Centro “Na verdade, quando me convidaram, não me escrevi. Minhas filhas começaram a me xingar. Foi ai que repensei e decidi marcar a viagem. Nunca imaginei que fosse assim. Imaginei que com 30 pessoas seria um transtorno. Que nada, foi tudo muito bom, só faltou nos dar comida na boca. A equipe, o prefeito, a Catea não mediram esforços. Na hora do avião, olhei pra baixo e vi morro infinito... e agora? Mas não tive medo e aquela ansiedade veio e nem deu tempo de cansar. A sensação de céu embaixo e céu em cima foi uma experiência que nunca passei. Durante o passeio eu não queria perder nada, tudo foi lindo, na pousada bem acolhidos. O santuário me pareceu algo de outro mundo, me emocionei várias vezes, me peguei pensando na minha família, será que virão conhecer? Um lugar de fé, um lugar espiritual. Não tem inicio nem fim, parece que estávamos sempre chegando. Nunca tinha viajado de avião. Nunca vou esquecer. Quem não foi, nem imagina o que perdeu e fica a sugestão que quando tiver oportunidade, não perca. Se tivesse mais um convite, eu iria novamente. Na verdade, não tem como agradecer a não ser um simples muito obrigado ao prefeito Alvimar, a Catea e toda a equipe que nos acompanhou e todo o nosso grupo que viajou.”

Dirceu Gasparin Dorigon, 63 anos – modador de São Brás “Viajei com a minha esposa. Sempre acreditei que a viagem iria sair. Pra mim foi um sonho realizado. Sempre queria viajar e a oportunidade veio. Olhei bem quando entrei no avião. Ter a chance de olhar pra fora de cima, perto do céu, ver as nuvens de cima pra baixo foi a primeira vez. Aparecida, aquilo não tem explicação, tem que ir pra ver, contar não é fácil. O lugar é muito grande. Quando entrei lá me senti aliviado, com uma paz, uma emoção muito grande. Se tiver outra oportunidade, vou de novo. Viajar com essa turma foi bem tranquilo, fomos assistidos a cada momento. Em aparecida, como valorizam o idoso, respeitam, conversam. Parece que fiquei até mais novo, rejuvenescido, com mais vontade. Se não fosse a equipe, eu não tinha ido. Viajamos tranquilos e seguros. Fizeram tudo por nós, nos querem bem e nos valorizam. Na verdade foi um por todos e todos por um, por isso deu tão certo.”

Cenira Dama Alexandre, 73 anos moradora da Linha Bonita Alta “Foi a coisa mais abençoada que vivi. A Catea e o Alvimar foram nossos pais, foi um sonho sim. Cuidaram de nós. Tenho problema de coração, mas estávamos muito bem acompanhadas que nem deu tempo de lembrar e, quando voltamos, ainda fomos no baile. Foi um passeio que nem senti nada, tudo passou rápido e de forma proveitosa. Pra mim é um sonho sim. Quando começamos a falar da viagem pensava que não iria dar certo e foi uma viagem tão legal. É tão lindo ver o santuário, participamos de 2 missas, além de visitar Frei Galvão e Canção Nova. Foram horas divertidas com muita devoção. Pedi graças pra família, pros amigos, pra todos os que não puderam viajar. Lembrar da viagem é motivo de pensar em coisas boas. O que não era bom ficou pra trás. Nem do meu problema de saúde lembro mais. A felicidade está mais presente na minha vida, me sinto mais agradável com as pessoas, espero sempre paz na vida das pessoas que pensam e fazem por nós. Me sinto feliz por poder participar e me sentir especial com o nosso Grupo da Melhor Idade.”

Grupo no avião e em frente à Basílica de Nossa Senhora Aparecida

Salete Debiasi Andreoli, 51 anos moradora da Linha Bonita Baixa “Sempre tive fé na viagem e acreditava que seria uma coisa e foi outra, foi muito melhor.

Vi muita coisa que nem imaginava que existia. Imaginava que a Aparecida seria pequeno, que o avião era algo não iria chegar perto, nem sei como explicar. A sensação é muito boa. O aeroporto de São Paulo é muito grande, gente do mundo inteiro, falando idiomas diferentes do nosso. Aprendi com os lugares onde passamos, aprendi e melhorei o trato com as pessoas. Detalhes de coisas como a forma de ligar a luz, da torneira, essas situações modernas que não fazem parte do dia a dia. Ainda bem que ainda tenho oportunidade de aprender. Viajar bem acompanhados como fomos dá uma segurança e uma tranquilidade. Ajudei muito a minha amiga Elvira e me sinto recompensada e agradecida por esta oportunidade. A Elvira tinha recém perdido o marido e fez questão de viajar por acreditar que a viagem ia fazer bem e, de fato, fez. Fica um marco na vida que não quero esquecer. As lembranças vêm a todo o momento durante as atividades do dia. Foi uma oportunidade que a vida deu e quando tiver outra, vou de novo. Quem não foi, deixe o medo de lado e vai. Fazer um passeio desse e ainda andar de avião foi realizar um sonho.” Gladis Malacarne, 64 anos moradora da Barra do Zeferino Ainda no Aeroporto de Guarulhos, antes de embarcar. “Não tem explicação, eu sinceramente não esperava. Achava que nunca ia conhecer Aparecida, passear em São Paulo. É uma graça que Deus deu para os vovôs. Estou emocionada, nunca viajei de avião, não sei como é e estou aqui no aeroporto esperando a oportunidade de embarcar. Olhar a missa pela tv é muito bom, mas participar aqui é diferente. Eu que sou da roça, nunca tinha dormido em hotel. A viagem foi tranquila, estávamos bem acompanhados e bem cuidados. Só tenho a agradecer ao prefeito e toda a equipe. Se aparecer oportunidade, não deixe de vir, de passear. Eu pensava que ia morrer sem viajar de avião. Logo estarei de volta em Doutor Ricardo.”

Catea Rolante – Secretária da Assistência Social “Nossa viagem foi um sucesso devido ao planejamento bem feito. Toda a viagem aconteceu dentro da normalidade sem nenhum problema, desde a saída até a volta. Isso vale aos 2 grupos, tanto na viagem de avião quanto de ônibus. Além do prefeito, que acompanhou nas 2 viagens, os profissionais, enfim a nossa equipe que acompanhou. Como conforta ver a alegria dos vovôs em estar realizando um sonho. Sempre tive muita fé e isso com o esforço que fizemos foi recompensado. A fé em Nossa Senhora Aparecida, conhecer o Santuário, o ânimo que eles demonstraram transmitia confiança, um bem estar, um apoio recíproco. Criamos um ambiente de sensibilidade demonstrado por todos, um cuidava do outro, uma energia nos contagiou e esse comprometimento gerou muito carinho. Tudo esteve voltado a uma boa viagem. Quero dizer que superou todas as expectativas. Eles esperavam um cansaço natural da viagem, a ansiedade de andar de avião, porém o grupo foi com o intuito religioso muito forte, superando esses desafios. Mesmo com a experiência de vida deles, tiveram contato com outras realidades e ficavam admirados com os detalhes que conheciam, expressando da primeira vez em muitas situações. Eles estão de coração aberto as novidades, as pequenas coisas que se apresentaram. Eu, sinceramente ouvi tantas palavras de conforto e agradecimento e isso só vem aumentar o meu comprometimento, da nossa equipe do CRAS e toda a rede envolvida. Fica o agradecimento a todos os que colaboraram. Muito obrigada!”


15

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Arquivo JO

Asfalto...

Falando à reportagem da Rádio Encantado, o prefeito de Relvado, Adroaldo Dacroce, disse acreditar que a conclusão das obras de asfaltamento entre Encantado e Relvado deverão ser inauguradas no início do ano de 2014.

Pois bem... Até ontem, quinta-feira dia 26 de setembro, as pedras ainda não tinham sido retiradas. De... Quem é a responsabilidade pela retirada?

Reeleição...

Antes... Da EGR, a Concessionária responsável fazia a retirada imediatamente.

Continuo reafirmando que a obra servirá de palanque eleitoral do governador Tarso Genro.

Univates...

O que está funcionando no prédio da Univates, Campus de Encantado?

Centenário...

O mês de outubro marcará o centenário de construção da Igreja Matriz de Muçum. Uma grande festa comunitária com a entrega da reforma da Igreja está sendo organizada.

Reforma...

A comunidade juntou as “migalhas” e reformou a Igreja.

Encantado...

O que está confirmado para as comemorações do centenário da cidade “Polo” da região Alta do Vale do Taquari?

Eventos...

Há muito tempo ouço que os municípios devem disponibilizar um calendário de eventos para não ocorrer a coincidência de festividades em municípios limítrofes.

Semana Farroupilha...

Foi realizada em Dr. Ricardo, Encantado, Muçum, Roca Sales e Vespasiano Corrêa.

Economia...

Um número do pórtico de entrada da Semana Farroupilha foi pintado com esmalte de unha para economizar recursos públicos.

Muçum...

Em nome do prefeito Lourival, secretária Jacinta, patrão Luis e produtor Tailor quero parabenizar a todos pelo sucesso da 26º Semana Farroupilha.

Administração...

Através de programas do governo federal, a administração de Muçum pretende efetuar levantamento e construção de casas no meio rural. O trabalho... Terá que ser executado em parceira com o STR.

Pedras... Na minha coluna do dia 30 de agosto, um dos destaques ficou por conta de uma foto... Pedras que estão caídas na vala ao lado da ERS 129 na Linha Pinheirinho há cerca de 20 dias. Portanto, muito antes do início das chuvas.

Arquivo JO

EGR x Sulvias Até quando teremos que esperar pelos direitos adquiridos, do “Pior que está não vai ficar” proposto pelo Governo quando da retomada das praças de pedágio no Estado?

Diferenças... A tabela a seguir mostra a diferença de pagamento despendido pelos usuários por ocasião da Sulvias e agora com a EGR. Lembrando que a cobrança pela Empresa Gaúcha iniciou dia 11 de junho. JUNHO Pagamento de 20 dias JULHO

Dias 06 e 07

Dias 1, 2, 3,4,5,8,9 e 10

31 dias pagos

SULVIAS R$ 0,00

Dias 1,2,5, 6,7,8 e 9

30 dias pagos

R$ 112,00

R$ 21,00

Dias 2,3,4, 5,6,9 e 10

30 dias pagos TOTAL

R$ 322,40

R$ 98,00

SETEMBRO

Dias 01,07 e 08

R$ 208,00

R$ 14,00

AGOSTO

Dias 03,04 e 10

EGR

R$ 21,00 R$ 98,00 R$ 364,00

R$ 312,00

R$ 312,00

R$ 1.154,40

Idoso...

Na terça-feira, dia 1º de outubro, comemoramos o Dia Mundial do Idoso.

No Livro dos Recordes...

O município de Ilópolis quer aproveitar a Turismate, Festa da Erva-Mate, que acontece em novembro, para promover a maior Roda de Chimarrão do Mundo. O objetivo é entrar no Guiness Book (Livro dos Recordes). Gaúcho de Santa Clara do Sul é nomeado bispo

O Papa Francisco nomeou, na manhã de quarta-feira (25), o Frei João Inácio Müller como novo bispo de Lorena (SP), após acolher a renúncia de Dom Benedito Beni dos Santos, que permaneceu na diocese durante sete anos. Frei João Inácio Müller é o atual ministro provincial dos Frades Menores Franciscanos em Porto Alegre (RS). Com 53 anos, ele nasceu no município gaúcho de Santa Clara do Sul. Divulgação

Isto... É ou não superfaturamento de serviço público?

Mas.... Como diz o Governo e seu propagadores: “Pior que está não vai ficar”. Frei João Inácio Müller


16

GERAL

JORNAL OPINIÃO Q27 de setembro de 2013

TRE realiza recadastramento biométrico em Muçum ĆēĎĊėĎĎđĎĔĔėĎČČĎ

Muçum - O Tribunal Regional Eleitoral iniciou o processo de recadastramento biométrico eleitoral, no município de Muçum. Os 4.175 eleitores devem realizar o procedimento até o dia 18 de dezembro. O recadastramento está sendo feito de segunda-feira a sexta-feira, entre 12h30min às 18h30min, na Central de Atendimento instalada no Telecentro Comunitário, junto a Casa de Cultura Padre Luchino Viero. O espaço foi cedido pela Prefeitura ao Tribunal Regional

Eleitoral – TRE. De acordo com o Juiz Eleitoral Substituto da 067ª Zona Eleitoral de Encantado, Luiz Antonio de Abreu Johnson, o objetivo da ação de atualização eleitoral é a implantação da biometria, como forma de identificação do eleitor. De acordo com Johnson, “é uma modernização do procedimento eleitoral que vai agregar maior segurança ao processo eleitoral, com a identificação do eleitor pelas suas impressões digitais e pela fotografia do eleitor. Isto reforça muito porque o

eleitor vai portar o título eleitoral como sempre, porém, ele vai se dirigir a sua seção eleitoral e poderá se identificar apenas com a sua impressão digital. Isto é um avanço fantástico e coloca o processo eleitoral brasileiro numa posição de vanguarda em termos mundiais”, afirmou. Para realizar o recadastramento é necessário levar documento de identidade com foto, título de eleitor e comprovante de domicílio eleitoral. O agendamento pode ser realizado pelo telefone 51 9875-5615.

Ranieri Zilio Moriggi

Em Muçum, recadastramento segue até o dia 18 de dezembro

BIOMETRIA E SEGURANÇA Divulgação

O sistema de biometria é a tecnologia que permite identificar uma pessoa por meio de características biológicas exclusivas, ou seja, impressão digital, voz, formato do rosto e da mão, entre outras. A Justiça Eleitoral adotou essa técnica para reconhecer os eleitores na hora da votação, identificando-os por meio das impressões digitais. Além das “digitais”, o novo sistema distinguirá o eleitor pela foto, que será impressa na folha de votação manuseada pelo mesário, a qual poderá recorrer para confirmação da identidade. Esse processo vai aprimorar o sistema eletrônico de votação e eliminará a única etapa que ainda era feita manualmente.

Vários sistemas de identificação utilizam a biometria atualmente, por ser mais segura e não permitir fraudes, pois cada indivíduo possui uma única digital, timbre de voz, etc. Por exemplo, a emissão de passaporte, carteira de identidade e o cadastro das Polícias Civil e Federal contam com sistemas biométricos. A implantação será gradual até atingir 100% do eleitorado em 2018, conforme expectativa do Tribunal Superior Eleitoral. A principal vantagem do sistema biométrico é a segurança, já que elimina a possibilidade de um indivíduo votar no lugar de outro, não havendo dúvidas quanto à identidade de cada eleitor.

Juiz comemora estatísticas da revisão biométrica na Comarca de Encantado

Encantado - Na tarde de quarta-feira, (25), o juiz eleitoral substituto da 067ª Zona Eleitoral, Luís Antonio de Abreu Johnson esteve no Cartório eleitoral de Encantado, onde participou da entrevista coletiva, a fim de divulgar os dados parciais do processo de revisão biométrica eleitoral. De acordo com os dados, a 067ª Zona Eleitoral em Encantado atingiu até o momento aproximadamente 90% de títulos cadastrados nas cidades onde ocorre o processo a revisão biométrica. O número supera as expectativas estipuladas Tribunal Regional Eleitoral. A revisão biométrica na Comarca de Encantado já finalizou os procedimentos em Doutor Ricardo, quando foram revisados 1.776 títulos eleitorais, o que corresponde 88% de um total de 2.107 eleitores. Em Vespasiano Corrêa,

chegar aos 90% nos próximos municío índice de comparecimento à revisão pios onde serão realizados os trabalhos alcançou 82%, dos 2.355 pessoas aptas a votar. de revisão bioméClaudinei Coferri trica”. ConforQuestionado me o juiz sobre os eleitores eleitoral substique não fizerem a revisão biométrituto Luís ca e tiveram seus Antonio títulos eleitorais de Abreu Johnson, o cancelados, Johnson explicou que processo poderão fazê-lo até transcorre dentro da o mês de maio de norma2014. De acordo com lidade, Juiz Luis Antonio e funcionários do Cartório o Tribunal Regional superando as Eleitoral de Encantado expectativas eleitoral, até 2014, 159 municípios vão do Tribunal. “Acreditamos que os índices devem perrealizar o recadastramento biométrico no estado. Será revisado o eleitorado em manecer neste patamar ou até mesmo

cerca de um terço dos municípios do Estado. Destes, 33 possuem mais eleitores que habitantes, segundo cruzamento de dados do TRE e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A iniciativa de revisar e recadastrar biometricamente tais municípios partiu do presidente do TRE-RS, desembargador Gaspar Marques Batista, e da vice-presidente, desembargadora Elaine Macedo. Apenas Canoas possui o sistema biométrico no RS hoje. De novembro de 2009 a março de 2010, as Zonas Eleitorais de Canoas, com apoio do TRE, recadastraram mais de 200 mil eleitores. De acordo com o juiz Luis Antonio de Abreu Johnson, a previsão do Tribunal Superior Eleitoral, é de que todo o eleitorado do país utilize a identificação biométrica até as eleições gerais de 2018.


POLÍCIA

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

17

Brigada fecha cerco e prende três em Muçum Henrique Pedersini Muçum - A segunda-feira (23) foi de intenso trabalho para integrantes da Brigada Militar de Encantado e Muçum. Em operação iniciada por volta das 13h e concluída apenas no início da madrugada foram efetuadas três prisões. Uma dupla acabou detida em flagrante após denúncias por tráfico de drogas. Os dois estavam em um fusca com placas de Encantado nas proximidades do trevo de acesso ao município de Muçum na ERS-129. Ainda foi cumprido mandado de prisão relacionado a um foragido do sistema prisional, considerado um dos responsáveis pela série de furtos ocorridos recentemente em Muçum. Participaram da ação seis brigadianos. O trabalho foi coordenado pelo Sargento Taborda, da BM de Muçum.

Dupla acusada por tráfico de drogas presa em flagrante Através de informações, a Brigada Militar de Muçum abordou veículo Fusca, de cor azul, placas IHP-0307, de Encantado, nas imediações do trevo de acesso ao município. O carro pertencia a um dos ocupantes. Durante revista, foram encontrados cinco pacotes de cigarros oriundos do Paraguai, uma touca ninja e mais 98,4 gramas de cocaína. Odair da Silva Reis, natural de Sarandi e morador do Vale dos Pinheiros, em Encantado, além de Edimar Lourenço Espíndola, morador de Roca Sales e natural de São Nicolau foram capturados. Ambos tem 28 anos. A dupla foi encaminhada para Delegacia de Polícia de Encantado, onde a equipe plantão da Polícia Civil efetuou o registro. Após prestarem depoimento, foram encaminhados para o Presídio Estadual de Encantado. Tanto Odair Reis quanto Espíndola não tem antecedentes. A polícia especula que a droga seria trocada por um carro Chevette. Estima-se que a venda da cocaína apreendida possa render pelo menos R$ 12 mil, uma vez que a droga, na maioria dos casos, é vendida misturada.

Dupla foi flagrada com cocaína que poderia ser trocada por carro. Outro foragido do sistema prisional, acusado de furtos, capturado após investigação

Fotos: Henrique Pedersini

Conforme informações, Dé era investigado há algum tempo não só por furtos, mas também por tráfico de drogas

Principal suspeito de furtos em Muçum é capturado Quem acumula outras passagens pela polícia é André Conceição Dias, 26 anos, popularmente conhecido como Dé. Ele foi preso nas proximidades da residência, localizada no bairro José Marcolin, em Muçum. Havia mandado de prisão expedido, pois o suspeito estava foragido do sistema prisional. A BM muçunense recebeu a informação de que o foragido estaria em Muçum, pois há cerca de um mês mudou-se para Passo Fundo, onde segundo informações de familiares,

estava trabalhando. André Conceição Dias teria regressado para antiga cidade com o objetivo de visitar a esposa e o filho recém-nascido, o terceiro do casal. Quando percebeu a aproximação da guarnição, fugiu em direção ao telhado da residência, de onde acabou caindo e posteriormente entregou-se à polícia. Conforme informações, Dé era investigado há algum tempo não só por furtos, mas também por tráfico de drogas. Tranquilo, o suspeito chegou à Delegacia de Polícia

sorrindo e chegou a brincar com uma irmã que o esperava na porta da Delegacia. Usuário de crack, o filho mais novo entre os sete irmãos desapontou familiares que acreditavam que o acusado estava recuperando-se do vício. Com ele, nada foi encontrado no momento da prisão. “Ele até ganhou alguns quilos ultimamente”, disse uma irmã. A polícia vinha investigando André Conceição Dias. Ele também foi recolhido ao Presídio de Encantado.

Durante revista no Fusca, foram encontrados cinco pacotes de cigarros oriundos do Paraguai, uma touca ninja e mais 98,4 gramas de cocaína


18

POLÍCIA

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Tenente-Coronel assume comando regional da BM interinamente Henrique Pedersini Lajeado - Foi realizada na noite da terça-feira (24), a cerimônia de troca no Comando Regional de Polícia Ostensiva (CRPO) do Vale do Taquari. Assumiu o posto oficialmente o tenente-coronel Álvaro de Medeiros, mesmo que já estivesse desempenhando a função desde o dia 09 de setembro, quando o titular do comando, coronel Antônio Scussel, assumiu o cargo de assessor do Centro Integrado de Comando e Controle da Copa do Mundo de 2014, da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Medeiros permanece no cargo até que seja escolhido um titular, com o posto de coronel. “O quadro organizacional da Brigada Militar estabelece que para o comando do CRPO-VT seja atribuído o cargo de coronel. Como eu sou tenentecoronel, eu não posso assumi-lo na titularidade”, explica o novo interino. Não há um prazo para definição do novo comandante, porém, nas datas de promoções da Brigada Militar. Nos meses de novembro e abril são realizadas adequações em cargos da BM habitualmente. Entre as principais ações realizadas pelo Coronel Scussel, destacou o aumento

do contingente em todos os municípios comandados por ele, garantindo atendimento policial por tempo integral com pelo menos um policial em serviço. Durante a gestão de Scussel foi estabelecido o plano de atuação frente a ocorrências maiores, como assaltos a banco. Conforme ele, a ação refletiu na redução no número de ataques a agências. O coronel também destaca a articulação interna entre municípios e os comandos do Vale do Taquari, Vale do Caí, Vale do Rio Pardo e Planalto e com demais órgãos como PC, PRF, comando rodoviário, comando ambiental e a população. Atualmente, o CRPO conta com 1.002 colaboradores contatados regularmente. Eles fazem monitoramento em toda região. Entre as novidades para a sequência do CRVO está a doação de área de terra para o CRPO, para instalação de estrutura necessária para ampliação dos trabalhos. A região deve passar a contar com Pelotão de Operações Especiais e célula de policiamento montado instalada em Lajeado. Outra novidade é a implementação de software de gestão, com o objetivo de melhorar a operacionalização do Comando

Lei Seca é o foco da Semana de Educação no Trânsito Henrique Pedersini Encantado - Entre os dias 18 e 25 de setembro foram realizadas várias atividades relacionadas a Semana Nacional de Educação no Trânsito. Nesse ano, o foco é a Lei Seca. Em Encantado, na última quarta-feira (25), o Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional do Transporte (SENAT), em parceria com a Polícia Rodoviária Estadual de Encantado, realizaram abordagens educativas a condutores no quilômetro 68 da rodovia, em frente ao Posto Policial da PRE. Aos motoristas foram distribuídos brindes e folders educativos, sobre os benefícios da direção defensiva. “Nosso objetivo inicial é fazer com que os condutores reflitam sobre a preocupação com o trânsito, a conscientização é um processo natural”, afirmou Raquel Mendes, 31 anos, uma das coordenadoras do projeto no Vale do Taquari. No material distribuído, entre outras in-

formações, consta que 70% dos acidentes de trânsito com morte envolvem álcool e drogas. Segundo o Sest Senat, caso existisse a consciência dos malefícios do álcool e drogas, pelo menos 29 mil vidas poderiam ser poupadas nas estradas do país. “Com a nova Lei Seca, nada de álcool pode ser sido ingerido se a pessoa está ao volante. Teste do Bafômetro, exame clínico, perícia, vídeo e até testemunhas podem ser usados para comprovação da embriaguez”, ressalta Raquel Mendes. Ainda foram desenvolvidas ações em Cruzeiro do Sul e Lajeado. Para o comandante da Polícia Rodoviária Estadual de Encantado, Edson Luis, a Lei Seca trouxe uma série de benefícios, como a redução de acidentes em 80% e de autuações por embriaguez em 60%. “É possível perceber que há mais motoristas conscientes. A questão das multas e perda do direito de dirigir contribuíram”, afirma o comandante.

Henrique Pedersini

Motoristas foram abordados e receberam instruções da equipe da SEST SENAT


POLÍCIA

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

19

Caso Fleck próximo do fim Após um ano do assassinato de Agenor Miguel Fleck, família aguarda por decisão da justiça que deve ocorrer nas próximas semanas Henrique Pedersini Roca Sales - O dia 27 de setembro de 2013 é muito mais do que uma simples sexta-feira para familiares e amigos de Agenor Miguel Fleck. A data marca um ano do latrocínio que vitimou o agricultor. Na oportunidade, o vizinho e afilhado Ade Cavalle, 51 anos, encontrou o corpo do homem de 69 anos poucas horas depois do ocorrido em um gramado na frente da casa na localidade de Santo André, interior de Roca Sales com um tiro na região da cabeça. O trio suspeito de ser responsável pelo crime foi detido após investigação. Um menor cumpre pena junto à Fundação de Atendimento SócioEducativo (FASE) em Porto Alegre. Carlos André Fleck, 34 anos, além de Paulo Ricardo Costa Corrêa, 26 anos, popularmente conhecido por “Binho”, seguem presos. A sentença da dupla deve sair nos próximos dias.

Relembre Em 28 de setembro de 2012, Agenor Miguel Fleck, 69 anos, foi encontrado morto. A casa da vítima estava revirada. Entre os pertences roubados, estavam a caminhonete Saveiro de cor prata, além de duas armas. O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Caxias do Sul esteve no local. Algumas pistas foram recolhidas pela Polícia Civil. O primeiro suspeito a ser capturado foi Paulo Ricardo Costa Corrêa, o “Binho”, que acabou encontrado em um buraco no interior do seu quarto. Com ele foram localizados alguns itens que haviam sido furtados. Quem deu mais trabalho aos policiais foi Carlos André Fleck. Preso por duas vezes, pois chegou a fugir do Presídio Estadual de Encantado com outros dois detentos. A última prisão ocorreu em um táxi na cidade de Muçum, quando o acusado tentava fugir em direção à serra.

Família aguarda por decisão da justiça Agenor Miguel Fleck tinha quatro filhos. Osório Fleck, Gerson Luis Fleck, Margarida Fleck e Gilmar Padoan, esse último adotivo. Em conversa com o caminhoneiro Osório Fleck, residente em Bento Gonçalves e filho mais velho entre os biológicos, destacou que a família ainda está consternada em virtude da perda, mesmo decorridos 12 meses do fato. “Esperamos que a justiça cumpra com seu papel da melhor forma. Ficamos admirados com o trabalho do Delegado nas prisões, apenas acho que está demorando o processo de julgamento. Estamos preocupados com isso”, revela o filho. Atualmente, um casal reside no local onde ocorreu o assassinato para cuidar da propriedade e dos animais que pertenciam a Agenor. Está prevista para o início do mês de outubro a decisão das sentenças para Binho e Fleck. O processo está na fase da elaboração dos memoriais da defesa, que está utilizando até o limite todos os prazos estipulados.

“Esperamos que a justiça cumpra com seu papel da melhor forma. Ficamos admirados com o trabalho do Delegado nas prisões, apenas acho que está demorando o processo de julgamento. Estamos preocupados com isso”, Osório Fleck, filho de Agenor Fleck

Arquivo JO

Capa do Jornal Opinião de 28 de setembro de 2012 destacou a morte de Fleck

Homem é preso em Lajeado por posse irregular de munição Um lajeadense de 35 anos foi preso no final da manhã do domingo (22) por posse irregular de munição. Após informações sobre a tentativa de assalto ocorrido em Estrela, o policiamento de Lajeado realizava o monitoramento de veículos suspeitos. No bairro Florestal, foi visto um Vectra com as mesmas características do utilizado na fuga de um dos bandidos em Estrela. O veículo foi abordado pelo Pelotão de Operações Especiais (POE) e, em seu interior, estava o motorista Gilmar Alves Caetano, 35 anos, o Zóio, morador do bairro Jardim do Cedro, já conhecido pelo policiamento, por ter passagens por furto, roubo e porte ilegal de arma de fogo. No porta-luvas do carro, foram localizadas 14 munições calibre 22 intactas e um cartucho calibre 38, também intacto. Sobre o banco traseiro havia uma mira telescópica. Zóio foi conduzido à Delegacia de Polícia e autuado em flagrante por posse irregular de munição de uso permitido. Ele pagou fiança de quatro salários mínimos para não ser recolhido ao Presídio.


POLÍCIA

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Henrique Pedersini

20

Acidente com danos materiais em Guaporé

Moto colidiu na lateral do Pálio

Motociclista ferido

Por volta das 18h na última segunda-feira (23), a Polícia Rodoviária Estadual, Brigada Militar e Samu atenderam acidente de trânsito na ERS-129, nas imediações do acesso ao bairro Santa Clara. Envolveram-se o condutor de uma motocicleta CG 125, placas IJS-8290, conduzida por Helinton de Oliveira, 18 anos, morador de Roca Sales, e ainda Cristian Fontana, que conduzia um veículo Pálio, placas IKN-3347, pertencente à empresa Pannet Soluções em Internet. A moto colidiu com a lateral do carro, causando danos materiais. Helinton de Oliveira foi encaminhado ao Hospital Santa Teresinha de Encantado e depois ao Hospital Bruno Born de Lajeado com ferimentos em uma das pernas.

Um acidente de trânsito foi registrado na ERS129 em Guaporé durante o feriado da sexta-feira (20). Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar de Casca, Vilmair Lisboa, 22 anos, conduzia um veículo Fiat/Palio no sentido Guaporé - Serafina Corrêa, quando no quilômetro 132, perdeu o controle do veículo e capotou ao lado da pista. Segundo os policiais, o jovem relatou que devido a quantidade de água na pista, perdeu o controle da direção. Apesar dos danos de grande monta, Lisboa não se feriu .

Henrique Pedersini

Caminhão tomba na Curva da Morte A Polícia Rodoviária Estadual de Encantado atendeu a um acidente na RS 129, em Muçum, na manhã de sexta-feira (20) nas proximidades da Curva da Morte. Um caminhão com placas de Mato Leitão, CPG 5330, conduzido por João Sell, seguia no sentido Muçum/Encantado. O motorista perdeu o controle do veículo, invadiu o barranco, derrubou uma árvore e tombou na pista. Sell e o caroneiro não se feriram. Houve apenas danos materiais. A rodovia ficou em meia pista no trecho.

Diogo Daroit Fedrizzi

Acidente com vítima fatal O motorista de uma Kombi morreu na sextafeira (20) após tombar o veículo no interior de Arvorezinha, no Vale do Taquari. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, Rodrigo Rodrigues Charão, 27 anos, morreu na hora. O acidente ocorreu no quilômetro 65 da ERS-332. Ainda conforme o CRBM, Charão seguia, sozinho, no sentido Arvorezinha—Soledade quando, após uma curva, perdeu o controle do veículo, com placas de Soledade, e tombou. Mulher morre após ser atacada por touro Foi sepultado na tarde da última segundafeira (23) o corpo de Gladis Rosolen Michelon, 59 anos, que morreu vítima de ataque de um touro. De acordo com informações, ela estava recolhendo os animais como fazia habitualmente quando o animal investiu contra a senhora. O corpo sofreu várias fraturas, especialmente na região da cabeça. Gladis foi velada na Capela Mortuária de Vespasiano Corrêa. Autuações Pelo menos seis motoristas foram autuados por embriaguez ao volante em rodovias estaduais do Vale do Taquari no início dessa semana. Dois casos foram em Encantado, no quilômetro 68 da ERS-129; dois em Lajeado, no quilômetro 71 da ERS-130; e os outros dois na ERS-419, em Teutônia. Os condutores dos automóveis não fizeram o teste do etilômetro, sendo autuados de forma administrativa. Eles tiveram as Carteiras Nacionais de Habilitação recolhidas, foram multados em R$ 1.915, e responderão processo de suspensão do direito de dirigir por até um ano.

Trecho ficou interropido em meia pista

Polícia apreende grande quantidade de cocaína A Polícia Federal apreendeu na noite do domingo (21) 175 quilos de cocaína, uma pistola nove milímetros e uma submetralhadora escondidos na caixa d’água de uma motorhome. O veículo com placas de Novo Hamburgo foi parado na BR-386, em Tabaí, na noite de domingo, quando retornava do Paraguai. Segundo a Polícia Federal, além da droga e do armamento, foram encontrados brinquedos, eletrônicos e material escolar. A droga seria distribuída na Região Metropolitana da Capital e Vale do Sinos. Havia outras pessoas no motorhome que afirmaram não ter relação com a droga encontrada, essas pessoas foram liberadas. Estima-se que o valor da droga apreendida renderia aos bandidos cerca de R$ 2,5 milhões. Nesse ano, até o momento, apreendeu-se 774 quilos da droga, mais que o dobro retirado das ruas em 2012

Assalto Uma mulher de 55 anos foi assaltada no sábado (21) no final da tarde em Lajeado, por um homem que lhe apontou um guarda-chuva. Ele solicitou a bolsa da vítima, dentro havia um celular, talão de cheques documentos e ainda R$ 60,00.


21

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Edição: Henrique Pedersini

ESPORTES

www.opiniaojornal.com

Gauchão de Futsal Sub-9

CFM/ALAF/Rui Barbosa é campeão Em pouco tempo de trabalho com a modalidade futsal, a escolinha do CFM já está colhendo frutos. Além da boa campanha no ano passado no Estadual Série Ouro, a equipe anexa ao currículo, a partir de agor,a o título do Campeonato Estadual Sub-9. A competição foi disputada em parceria com o Rui Barbosa de Arroio do Meio e também com a Associação Lajeadense de Futsal (ALAF). O quadrangular final ocorreu no último final de semana, na cidade de Esteio. Além do CFM/ ALAF/Ru Barbosa, participaram AJV Alegrete, Uruguaianense e Pinheiros de Carazinho. No sábado (21), o adversário da equipe local foi o Pinheiros de Carazinho, time de melhor campanha até então. Entretanto, o CFM/ALAF/Rui Barbosa surpreendeu e venceu por 6 a 3. Gols marcados por Lucas Turatti (2), Eduardo Sestari, Luan Maceda e Róbson Remonti (2). O resultado deu confiança para na sequência enfrentar Alegrete. Em duelo eletrizante do início ao fim, Róbson e Lucas abriram vantagem em favor do time encantadense comandado pelo técnico Fernando Radaelli. Invicto até aquele momento na disputa, o Alegrete arrancou o empate, deixando aflito o treinador do CFM e os próprios jogadores. No segundo tempo, a emoção tomou conta e, faltando 40 segundos, o

Atletas encantadenses comandaram campanha que resultou no título. ALAF de Lajeado e Rui Barbosa de Arroio do Meio foram parceiros na conquista

clube do Vale do Taquari pulou na frente do placar. A equipe alegretense bem que tentou empatar nos instantes finais, mas não teve sucesso. Os outros gols do CFM foram anotados por Lucas em duas outras oportunidades e Luan marcou mais duas vezes. No domingo (22), bastava um empate para o título. Mas o cansaço e a pressão do adversário resultaram em uma derrota por 3 a 0 diante do Uruguaiana. Foi necessário apenas torcer para que o Alegrete não vencesse o Carazinho, o que ocorreu, dando o título para o CFM/ALAF/ Rui Barbosa.

Título do CFM/ALAF/Rui Barbosa ocorreu em Esteio após disputa quadrangular

Duas vitórias pela Liga Futura

AVALIAÇÃO

As escolinhas do CFM e Rui Barbosa agradeceram a ALAF pelo apoio, dando a oportunidade para atletas de Encantado, Nova Bréscia e Arroio do Meio. Para o técnico Fernando Radaelli, a equipe teve bom entrosamento e levou a sério a competição, mesmo tendo a consciência das condições superiores dos outros times. “Nosso título foi muito mais na emoção do que na própria qualidade. Eliminamos potências do futsal gaúcho e nesse quadrangular final pesou a união de jogadores e pais com a comissão técnica. Isso foi fundamental”, interpretou o treinador.

Divulgação

Na quinta-feira (19), o CFM entrou em campo no Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul, para duelar com o time local na Liga Futura. Foram três jogos nas categorias 1998, 1999 e 2000. Na 98, derrota por 1 a 0. A 99 venceu por 3 a 0, gols de Maicon Daroit, Guilherme Dalpian e Henrique Nava. Já a 2000 também teve boa atuação e repetiu a vitória por três gols. Marcaram Igor Malmann, Marlon Cristófoli e Willian Cavalheiro. Jogadores fizeram a festa com o troféu de campeão OS CAMPEÕES Gabriel Giovanella Dias Luis Eduardo Cagliari Sestari Luan Polônio Maceda Lucas Turatti Enzo Zambiasi Vinícius Gianesini Renato Castoldi Róbson Remonte. Técnico Fernando Radaelli


22

ESPORTES

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Regional Certel/Sicredi 2013

Tiradentes empata e decide vaga na última rodada Mesmo com a forte chuva do feriado na sexta-feira (20), o Tiradentes, de Nova Bréscia, esteve em campo em duelo atrasado da segunda rodada pelo Campeonato Regional Certel/Sicredi organizado pela Aslivata. O adversário era o Santo André de Lajeado. Em gramado prejudicado pelas condições do tempo, o jogo terminou empatado em 2 a 2. O resultado leva a decisão da vaga para a última rodada, onde o Tiradentes volta a jogar em casa, diante do Fluminense de Teutônia. Uma vitória simples coloca a equipe bresciense na próxima fase. Também na sexta-feira (20), o Poço das Antas venceu o Ribeirense por 1 a 0 e o Independente de Paverama perdeu por 2 a 0 para o Travesseirense.

Henrique Pedersini

Cruzeiro fecha participação na 1ª fase em Westfália Já garantido na segunda fase do Regional, o Cruzeiro do Bairro Lajeadinho enfrentará o Palmeiras, de Westfália, fora de casa. A equipe mira um resultado positivo para chegar aos 11 pontos e no sorteio da próxima fase ter mais chances de jogar por dois empates para se classificar. Os aspirantes do time estão garantidos na próxima fase. A equipe tem 100 % de aproveitamento, com 15 pontos, além do melhor ataque com 27 gols marcados.

Jogos da 5ª Rodada

Gramado encharcado atrapalhou o rendimento dos jogadores Clube

1º Esperança 2º Santo André 3º Sete de Setembro 4º Fluminense 5º Concórdia 6º Tiradentes 7º Riograndense

Clube 1ª Ouro Verde 2ª Independente 3ª Cruzeiro-Enc 4ª Minuano 5ª Palmeiras-W 6ª Atlét. Gaúcho 7ª Travesseirense

classificação no grupo 5

PG

13 09 07 06 06 05 02

J

05 04 05 05 05 05 06

GP

12 14 11 04 07 07 02

GC

04 07 10 06 05 10 15

SG

08 07 01 -2 02 -3 -13

classificação no grupo 6

PG

13 10 08 05 05 03 03

J

05 04 05 05 05 06 04

GP

11 12 10 06 07 09 10

GC

05 05 05 10 09 19 13

SG

06 07 05 -4 -2 -10 -3

Disc

220 080 340 160 190 190 430

Disc

180 200 150 110 140 120 140

Capitão - Sete de Setembro X Concórdia Lajeado - Santo André X Esperança Nova Bréscia - Tiradentes X Fluminense Pouso Novo – Pouso Novo X 25 de Julho Poço das Antas – Poço das Antas X Ribeirense Forquetinha – Nacional X Forquetense Arroio do Meio – Rui Barbosa X Aimoré Teutônia – Catarinense X Cruzeiro-AG Teutônia – Avante X Brasil Poço das Antas – 11 Amigos X Tamoio Taquari – Taquariense X Juventude-Frank Imigrante - ECAS X União Germana Westfália – Juventude-W X Alto Taquari Taquari – Juventude-T X União Carneiros Bom Retiro – Palmeiras-BR X Cruzeiro-SC Teutônia – Ouro Verde X Independente Canudos do Vale – Minuano X Travesseirense Westfália – Palmeiras X Cruzeiro-Enc.

Muçunense participa de competição no paraciclismo

Arquivo pessoal Realizada na cidade de Penha, em Santa Catarina, a terceira etapa da Copa Brasil de paraciclismo contou com a presença do muçunense Vagner Lourenzi. Na modalidade contra-relógio, Vagner obteve o sétimo lugar na classificação geral, já na prova tradicional de estrada, ficou em quinto lugar Lorenzi ficou satisfeito com desempenho entre 10 competidores. “Estou satisfeito. Treinei pouco tempo para essa competição devido a uma lesão no ombro, por isso fiquei feliz pelo resultado”, comenta Lourenzi. Forte chuva e muito vento foram agentes que dificultaram a atuação do muçunense.

FARMÁCIA DA COSUEL

OFERTAS OFERTAS

Venha conferir as ofertas OFERTAS

DE A D I L A QU S O Ç E R P E BONS

DÁLIA OFERTAS

SUPERMERCADOS

Rua Guerino Lucca, 320 Encantado - 3751-3000


ESPORTES

Campeonato Regional de futsal inicia em outubro Com a participação de oito equipes representando cidades da região alta no Vale do Taquari, tem início no próximo dia 11 de outubro a primeira edição do Campeonato Regional de Futsal 2013. Salvo exceções, os jogos acontecerão nas sextas-feiras, sendo realizada uma rodada em cada sede. Os desportistas Lisandro Lourenço, o Marron, e Zé Mário dos Santos são os organizadores. As cidades representadas são: Anta Gorda, Coronel Pilar, Coqueiro Baixo, Encantado, Muçum, Nova Bréscia, Relvado e Roca Sales. Em cada rodada serão disputadas quatro partidas. A primeira inicia as 19h30min. Cada equipe deverá entregar cheque-caução para garantia de punição em confusões ou até mesmo em não comparecimento nos jogos. A primeira rodada será realizada em Grupo A Anta Gorda Nova Bréscia Relvado Coqueiro Baixo Henrique Pedersini

23

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Grupo B Coronel Pilar Encantado Muçum Roca Sales

Anta Gorda. Apenas em Relvado a rodada ocorrerá numa quinta-feira, uma vez que a disputa coincide com a data do rodeio na cidade. Os times poderão inscrever até 15 atletas que tenham ligação com a cidade. Critérios como comprovante de residência pelo menos do ano anterior ou carteira de trabalho. “É uma importante forma de integração entre as cidades. Oportunidade também para as comunidades sediarem rodadas de um campeonato regional, o que é sempre agradável”, avaliou Zé Mário dos Santos, um dos organizadores. Há duas chaves de quatro equipes, todos se classificam para o matamata. Na primeira fase, há jogos de um grupo contra o outro. Já na segunda fase, os times se enfrentam dentro da própria chave. Jogos da 1ª Rodada Muçum X Nova Bréscia Anta Gorda X Encantado Coqueiro Baixo X Coronel Pilar Relvado X Roca Sales

Henrique Pedersini

Pausa para conversa entre o treinador e os jogadores é comum durante os treinos

Projeto de formação de atletas realiza primeiras atividades A função é diferente, mas o ímpeto de José Elói Labres, o Zezinho, segue sendo o mesmo. Desde a semana passada, ele vem desenvolvendo o projeto de formação de atletas para serem jogadores profissionais de futebol. Os treinamentos ocorrem nas tardes de terças e quintas no campo do Juventude do Bairro Lambari em Encantado. A ideia é trabalhar com garotos de 12 a 17 anos, que tem por objetivo consolidar uma carreira no esporte, a exemplo do coordenador do projeto. Quem observa os treinamentos, percebe que em todos os momentos o treinador paralisa as jogadas e re-

pete quantas vezes for necessário. O estilo calmo perde espaço dentro das quatro linhas, onde Zezinho cobra a todo momento dos atletas. “Futebol profissional tem pressão sempre. Os garotos precisam estar habituados. Psicologicamente e tecnicamente”, afirmou ele. Atualmente cerca de 18 alunos frequentam os treinamentos que são divididos entre trabalhos com bola e físicos. Para os interessados em participar do projeto, é necessário comparecer na Loja Zezinho Artigos Esportivos, no centro de Encantado, ou diretamente no campo do Lambari nas tardes de terça e quinta.

CTE estreia domingo em campeonato regional Divulgação

Reunião na noite da última quarta-feira (25) acertou últimos detalhes

A manhã do domingo (29) será de estreia para os jogadores do CTE Roca Sales. Acontecerá a primeira rodada do Torneio Regional Launer Química de Futsal 2013. O primeiro jogo será diante do Pratas da Casa de Arroio do Meio. O torneio é disputado em cinco categorias: 2000, 2001 e 2002, 2003, 2004 e 2005, e dois grupos com três equipes cada. Na chave do CTE está ainda a equipe do Águia, de Encantado. “As equipes estão em processo de evolução, já tem grande vivência no Categoria 2005 futsal e por isso esperamos resultados positivos nesse campeonato. Enfrentaremos uma equipe que possui base também na cidade de Estrela e que disputa campeonatos estaduais, por isso sabemos da dificuldade, mas buscaremos a vitória sempre”, destaca Jean Johans, professor estagiário do CTE. Na primeira rodada os jogos acontecerão no Ginásio Paroquial de Arroio do Meio a partir das 8h30min.


24

ESPORTES

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Regional de Veteranos

São José joga em busca da primeira vitória Após adiamento de rodada no final de semana devido as condições climáticas, será retomado nesse domingo (29) o Campeonato Regional de Veteranos. A disputa que conta com a participação de oito equipes terá quatro jogos nesse final de semana. Um deles atrasado da rodada anterior, já que os times envolvidos estão de folga e aproveitarão a data livre. O Veteranos de Muçum recebe o Juventude de Teutônia no duelo dos líderes do campeonato até Henrique Pedersini

o momento. Em Roca Sales, o XV de Novembro tentará conquistar a primeira vitória diante do Marvan/Mezacasa. Quem também persegue a primeira vitória é o São José. Nessa rodada, a equipe recebe o Esperança de Arroio do Meio no campo do Lago Azul. A partida atrasada será entre Ouro Verde e o representante de Doutor Ricardo. Os quatro primeiros colocados garantem classificação na próxima fase. Após os jogos desse domingo, restarão ainda outras cinco rodadas.

Quentinhas do Peda

Reconhecimento A tese não é minha, é do treinador do CFM Fernando Radaelli. Afirma ele que um trabalho coeso em categorias carece de pelo menos 10 anos de trabalho. Particularmente, concordo! São necessárias parcerias de sucesso, coragem e conhecimento real do futebol. Nem todos que dizem ter, realmente carregam conhecimento necessário para prática. Fato Há vários casos de que garotos perseguem o sonho de viver do futebol não por vontade própria, mas sim por pressão de familiares. Quando a verdade vem à tona e o garoto fracassa no projeto, muitas vezes por não ter talento, aparecem as mais mirabolantes desculpas e até o sistema de avaliação dos clubes é apontado como culpado.

Agora o exemplo Lucas Turatti, nove anos, é jogador do CFM e do Juventude de Caxias do Sul. Para quem afirma serem necessários padrinhos para vingar em categorias de base, que perceba o exemplo desse garoto. Lucas vive com os pais em Santa Teresinha, interior de Encantado. Os pais trabalham no interior e não possuem nenhuma influência no mundo futebolístico. Contudo, Lucas é um dos “xodós” da coordenação da base do Juventude. O mesmo clube que cedeu quatro jogadores para o Grêmio, três deles titulares. Dedicação é o nome disso.

São José ainda não venceu no Regional de Veteranos

Classificação VETERANOS Clube 1º Juventude-Teutônia 2º Veterano de Muçum 3º Ouro Verde 4º Esperança-AM 5º XV de Novembro-RS 6º Marvan/Mezacasa 7º Doutor Ricardo 8º São José

PG 07 06 06 04 02 01 01 00

J 03 02 03 03 02 01 03 03

GP 14 07 07 04 06 01 03 05

GC 05 00 06 03 06 01 08 10

SG 09 07 01 01 00 00 -5 -5

Os quatro primeiros se classificam para a semifinal

Muçum oferece esporte no turno inverso à escola

Disponibilizado pela Administração Municipal de Muçum, juntamente com a Secretaria de Assistência Social, Cultura, Turismo e Desporto e ainda com a parceria do Cras, o projeto Esporte e Cidadania vem se consolidando como atividade importante para as crianças no turno inverso à escola. As atividades são coordenadas pelo professor Daniel Aldrovandi Remus e ocorrem no ginásio Municipal de Esportes. São disponibilizados os seguintes esportes: Ginástica Acrobática, Futsal, Voleibol e Basquete, buscando ampliar o conhecimento dos alunos em diferentes modalidades. “Sempre buscamos fazer um trabalho direcionado a cada participante, levando em conta as diferenças e necessidades de cada um”, enfatiza Remus. O Projeto também tem por objetivo expandir o conhecimento teórico e prática das várias modalidades esportivas e também o convívio social do indivíduo, respeito, trabalho em equipe dentre outros inúmeros benefícios causado pela pratica da atividade física. “Muitos pais direcionam o filho ao projeto pois sabem que eles estão aproveitando o tempo livre com uma prática sadia”, afirma. O Esporte e Cidadania funciona entre segundas e sextas na parte da tarde e nas quartas pela manhã. Atualmente, participam cerca de 60 alunos. Outra atividade ministrada pelo professor Daniel é a Escolinha de Futsal Gol de Placa, também situada em Muçum.

Nesse projeto, participam crianças de cinco a 10 anos. Os treinos ocorrem nos sábados pela manhã no Ginásio Municipal de Esportes. O objetivo é ampliar o conhecimento teórico e prático do esporte, visando sempre desenvolver o respeito, a união, o espírito de equipe, a formação e o treinamento de jovens desportistas. “Procuramos ainda estabelecer regras dentro da escola de futsal para que o aluno possa se auto educar e estimular a convivência em grupo, melhorando sempre a fim de satisfazer nossos alunos, pais e colaboradores”, esclarece. Em torno de 30 atletas participam dos treinamentos. Divulgação

Alunos ampliam conhecimentos teóricos e práticos

Renato é mais culpado que Dunga Portaluppi tem boas peças e não as utiliza. Dunga não tem ferramentas. O técnico gremista atreve-se a deixar Zé Roberto, Elano, Vargas e Maxi Rodrigues fora do time e, no caso de Maxi, fora inclusive do banco de reservas. Dunga depende de Ronaldo Alves, Alan, Airton e Rafael Moura. Todos sequer ostentam condições de vestir a camisa colorada. Peças de reposição Tiraram de Dunga, Rodrigo Moledo e Fred. Não foram entregues peças de reposição para ambas as posições. Além disso, há a questão do estádio. Gabriel, Kléber e Damião hoje não passam de problemas. Creio que 2013 seja apenas um ano a cumprir para o colorado.

D’Alessandro Inegavelmente o gringo é corajoso. Após a derrota contra a Lusa pelo Brasileirão deu entrevistas e falou abertamente sobre problemas no vestiário em 2012. Contudo, D’ale está sozinho. Índio, que deveria ser outro líder do vestiário, parece cada vez mais distante. A expulsão desnecessária no referido jogo é uma boa prova. Caxias com chances Atualmente com 25 pontos e ocupando a terceira colocação, o Caxias é candidato a subir para série B do brasileirão. O próximo jogo é nesse domingo (29) contra o Vila Nova no estádio Centenário. Provavelmente os quatro classificados no grupo B, onde está o clube da serra, serão definidos apenas na última rodada.

Realidades distintas Enquanto Gabriel Spessato acertou seu desligamento do Juventude e voltou para o Grêmio, o também encantadense André Sangalli seguiu na equipe e agora assumirá a função de titular, já que Fernando, atual camisa 1, está indo para o Vitória da Bahia ainda essa semana. Acho que a carreira do lateral, antigo capitão na base do Grêmio, tende apenas a regredir a partir de agora.


ESPORTES

25

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Henrique Pedersini

3751-1309

casadoesporte@pannet.com.br

Leão pode fechar primeira fase na terceira, quarta, quinta ou até mesmo na sexta posição

Estadual Juvenil Série B

Leão encerra primeira fase em Pelotas Após adiamento de parte da rodada devido ao mau tempo do final de semana, esse sábado será marcado por decisões no Campeonato Estadual Juvenil série B. O Grêmio confirmou a primeira posição no grupo A, com 18 pontos. O Progresso de Pelotas fecha a fase em segundo. A partir daí, os jogos da última rodada apontarão a ordem dos classificados e por consequência os grupos que serão formados na próxima fase. O Panambi foi derrotado pelo Grêmio na quinta-feira

CLASSIFICAÇÃO JUVENIL

Grupo A Clube 1ª Grêmio 2ª Progresso 3ª Sapucaiense 4ª Panambi 5ª Encantado 6ª U. Frederiquense 7ª Tamoio Grupo B Clube 1ª Internacional 2ª Americano 3ª Sapiranga 4ª Brasil 5ª Osoriense 6ª São Paulo 7ª Garibaldi

(19) por 4 a 0. Sapucaiense e Encantado podem ultrapassá-lo. O União Frederiquense mira vitória para ter chances de tomar a quarta posição do Encantado. O Leão entra em campo em Pelotas diante do Progresso, jogo considerado muito difícil pela comissão técnica, uma vez que o adversário vem fazendo boa campanha, além de ser considerado uma das bases mais fortes do Estado na categoria juvenil. No grupo B, liderado pelo Internacional, estão definidos os classificados.

PG 15 12 07 07 05 03 02

J 05 05 05 06 05 05 06

GP 15 14 04 05 04 06 03

GC 02 05 07 09 10 11 11

SG 13 09 -3 -4 -6 -5 -8

PG 12 10 10 09 07 04 00

J 05 05 06 05 05 05 05

GP 19 09 06 10 05 06 00

GC 04 05 07 11 05 12 11

SG 15 04 -1 -1 00 -6 -11

Jogos da última rodada Grupo A Progresso X Encantado União Fred. X Sapucaiense Panambi 0 X 4 Grêmio

Grupo B Americano X Internacional Brasil-FRA X Garibaldi Osoriense X São Paulo

Duelo dos líderes marca rodada do Interfirmas em Roca Sales Após o feriado do dia 20 de setembro, tem sequência hoje o Campeonato Interfirmas de Futsal em Roca Sales. Serão realizados os jogos válidos pela terceira rodada. As partidas ocorrem no Ginásio Municipal de Esportes do Centro Social Urbano a partir das 19h. Equipe 1ª Seara Alimentos 2ª CLV Calçados 3ª Solupack/Brumar 4ª Prefeitura

Equipe 1ª Curtume Future 2ª Bronzati/Sagitarius 3ª Magazin 4ª Dana/Rother

PG 06 03 03 00 PG 03 03 03 00

CHAVE A GP 16 15 06 04 CHAVE B GP 08 09 09 05

GC 07 07 07 10 GC 02 08 11 20

SG 09 08 -1 -6

SG 06 01 -2 -15

Entre os duelos, destaque para terceira partida que confrontará os líderes dos dois grupos: o Seara Alimentos e o Curtume Future. Também ocorre duelo entre os segundos colocados de cada grupo. Confira os jogos de hoje e a classificação: Disc 40 00 60 100 Disc 00 00 20 160

JOGOS DESTA SEXTA-FEIRA

Prefeitura Municipal x Magazin Solupack/Brumar x Dana/Rother Seara Alimentos x Curtume Future CLV Calçados x Bronzati Sagitárius

Angelo Delavy/Rádio Encantado AM

* Devido ao mau tempo, a última rodada do primeiro turno da fase classificatória do 29ª Regional Aslivata Certel/Sicredi, será realizada nesse domingo (29). Pela chave seis, na Westfália, Palmeiras X Cruzeiro que está classificado para a segunda da fase; * Na segunda-feira (30), às 19h30min, em Lajeado, a Aslivata realiza reunião com 32 clubes classificados para a segunda fase da competição. Será efetuado sorteio dos jogos. A equipe com melhor disciplina leva o segundo jogo para sua casa. Time de melhor campanha joga por dois empates; * Inaugurado em 25 de setembro de 1981, o Ginásio de Esportes de Encantado completou o seu 32º aniversário;

* Nesse sábado (28), ocorre a última rodada na primeira fase do Estadual Juvenil da série B. O Encantado joga em Pelotas contra o Progresso a partir das 15h30min; * O goleiro encantadense André Sangalli do Juventude de Caxias do Sul, subiu para série C do Brasileirão com a equipe;

* Jogos desse domingo (29) no Campeonato Regional de veteranos. Em Roca Sales, XV de Novembro X Marvan/Mezacasa. No campo do Lago Azul, São José e Esperança de Arroio do Meio. Em Muçum, Veterano de Muçum X Juventude de Teutônia; * A equipe de sábado à tarde que cancelar jogo na semana da partida por motivo fútil, receberá o selo de EQUIPE TRAPEL; Amistosos do sábado (28) de setembro

Baixada - Alvorada X Hlera Albatroz X Sete de São Caetano - AM Cruzeirão - Bohemios X União-P Racing X Paloma Cabriúvas - Baturité X Los Acumulados A-Meio - Galácticos-AM X URSO Cristalzão - Benfica-NB X Xurupita Sagradão - Botafogo-NB X Cruzeiro Jacão - Jacaré X Juventude-L A-Meio - AVAM X Sport Star Moção - Ajax X La Pelota Reizão - Juventude-TR X Manchester A-Meio - Sokellos X Arsenal Coqueirão - Inter-BC X Hoolygans Barão - Los Ama X Caballeros Belvedere - V. Tiradentes X Palmense Caçadão - Caçadorense X Ouro Verde Muçum - Operário X Unidos do Copo-E Muçum - Muçum X Forquetense R. Sales - Toma 10 X Pavilhão IX Colinão - Juventude-COL X Botafogo-RS Azulão - Pumas X Glicose Batingão - Copalto X Esperança-AM Lambarizão - Abutres X Fortes e Livres

Amistosos - Domingo (29) pela manhã

Competição tem disciplina como critério de desempate

Constanzão - 10h - Botafogo-RS X Cruzeiro-Pal


26

ESPORTES

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

Conversa de Boleiro

Arthur Dallegrave

com Jairo Bicca

* Nesses últimos dias estamos dirigindo como se estivéssemos em um rali, o nível das estradas após o término das rodovias privadas esta um caos, vários problemas de sinalizações, mas principalmente má conservação das estradas e dos canteiros. Eu tenho ido frequentemente a Lajeado nos últimos dias e me deparo com enormes buracos, tanto na RS quanto nas rótulas de acesso, isso é uma vergonha, pois ainda estamos pagando pedágios, mesmo que este valor seja menor, infelizmente tenho que dizer, que no momento que o Estado assumiu, esta seria a tendência, a EGR (Empresa Gaúcha de Rodovias), nem mesmo iniciou o plano de restauração previsto. Quer dizer que vamos ter que nos adaptar a estas estradas cheias de “PANELÕES”, mesmo pagando R$ 5,20, este tipo de problema merece sim uma manifestação, pois se ficarmos de braços cruzados provavelmente alguém vai sofrer uma acidente fatal. Seguindo nesta mesma linha, algum tempo atrás eu falei sobre o pórtico de entrada de Encantado, até contei um fato que aconteceu com um amigo meu que veio pela primeira vez me visitar, e tive que dar como referência a Polícia Rodoviária, que fica pelo menos uns 200 metros da entrada da cidade. Em onda de rebeldia que se sucedeu no nosso país, algumas coisas importantes foram deixadas para trás, uma delas é a infraestrutura dos municípios, brigamos pela melhoria salarial, mas deixamos de falar sobre a implantação de escolas técnicas, brigamos por justiça, e ainda não dispomos de um plano diretor para recuperação de drogados, enfim, muitas vezes estamos protestando por modismo. Volto a frisar, alguns de vocês amigos leitores foram nas reuniões da Câmara de Vereadores, para pedir ou melhor fiscalizar as dificuldades que o município vive? Há anos estamos esperando o acesso industrial, que facilitaria o escoamento dos caminhões que trafegam dentro da cidade, este projeto nem mesmo saiu do papel. Eu vejo que para um município ser forte deve-se começar pela organização. * O Inter cada vez mais me decepciona com seu medo de perder, o técnico Dunga vem fazendo um trabalho que causa para o torcedor uma desconfiança muito grande, e muitas vezes erra na montagem da equipe, os jogadores estão do lado do seu técnico, isso é bom, mas até

Técnico Dunga

jairoabicca@hotmail.com

quando a torcida irá suportar. Alguns torcedores já se dão por satisfeitos de ter conquistado o título Gaúcho, outros dizem que não temos estádio, estes são argumentos de clube pequeno, o colorado é muito grande para se ater a essas desculpas, nossa folha de pagamento chega a R$ 9 milhões, não podemos nos contentar com Gauchão, temos que agir como equipe de ponta, mas o que os jogos nos demonstram que jogamos como equipe pequena, vou mais longe, e escalo a minha equipe: Alisson, Wink, Alan, Juan, Alex, Josimar, Bolati, Otavio, D’Ale, Scooco e Damião. Com certeza teríamos uma equipe mais compacta.

* No Grêmio, o Renato começou a barrar alguns jogadores, com toda razão, ele quer uma equipe competitiva, e para isso teve que descartar Zé Roberto e Elano, haja vista que os dois não vêm em bom momento, e outra coisa, o esquema tático imprimido pelo Renato não condiz com o estilo de jogo desses atletas. O tricolor demonstra uma compactação muito grande, junto com o Botafogo e o Cruzeiro, isso que está fazendo diferença nesse Brasileirão. * No Mundial de Futebol de Areia realizado no Taiti, a Seleção Brasileira se classificou vencendo a Seleção do Japão por 4x3. Eu sou do tempo em que o Zico, Junior, Edinho, Cláudio Adão e outros popularizaram esta modalidade, naquela época, os jogos eram mais técnicos com mais plasticidade, hoje o futebol de areia evoluiu, já se tem Ligas, competições legalizadas pela FIFA, se tornou profissional, mas ainda tenho saudades de ver aqueles craques. O Brasil tem 13 títulos mundiais, isso demonstra que sendo futebol o Brasil ainda é o melhor!

* Começou a maior competição de futebol do mundo, a Liga dos Campeões, um torneio que reúne a nata do futebol mundial, já se tem os favoritos, Barcelona, Bayer, Real Madri, mas este ano promete ter algumas surpresas como Paris Saint-Germain, Napoli, entre outros. Ver estes jogos é um privilégio, é como se estivesse em um sala de aula e o curso é sobre futebol. * A Seleção Brasileira foi convocada para dois amistosos, contra Coréia do Sul e Zâmbia, Felipão como é da sua característica manteve a base que já vem desde a Copa das Confederações, apenas duas mudanças, Dedé e Lucas Leiva. Estou muito otimista com esta seleção. * Quero agradecer a todas as pessoas que estão torcendo pela recuperação da minha filha Joana, nesses momentos vejo que a minha família é iluminada, pois temos pessoas maravilhosas ao nosso lado. MUITO OBRIGADO!

Time que começou o jogo decisivo contra o Metropolitano

Brasileirão 2013

Juventude GARANTE ACESSO PARA A SÉRIE C Um placar em especial tem importância ímpar na história do Esporte Clube Juventude. O 0 x 0 na final da Copa do Brasil em 99, diante do Botafogo, já ficou marcado como o “maior 0 x 0 da história”. Um outro placar em branco, porém, entra neste rol. Contra o Metropolitano na tarde de domingo (22), o resultado garantiu ao Juventude o retorno à Série C. A primeira partida, em Blumenau, havia terminado empatada em 2 a 2. O jogo foi truncado, de marcação forte e muita disputa de bola. O campo molhado facilitava jogadas mais ríspidas. O Juventude, mesmo sendo um time mais técnico, conseguiu passar por cima da situação e dominou o primeiro tempo. A principal chance veio com Rafael Pereira, de cabeça, após cobrança de escanteio de Itaqui. O segundo tempo foi diferente. O Metropolitano precisou atacar, mas foi barrado na solidez defensiva alviverde. O Juventude soube controlar cada momento dos 45 minutos finais e o 0 a 0 favoreceu o Verdão, que em casa garantiu o acesso à Série C 2014.

Para o técnico Lisca, a conquista que coroa o esforço do grupo. “Esta é uma conquista que prova a qualidade, a união e a força desse grupo. Todos aqui dentro são merecedores. O Metropolitano foi um time muito forte e as dificuldades eram inevitáveis. Garantimos o acesso, e esse era o grande objetivo. Na Série D, o adversário da semifinal está indefinido. O Mixto-MT já garantiu vaga nas quartas-de-final e aguarda por decisão judicial que irá definir quem se classifica do confronto entre Aparecidense e Tupi, partida em que o massagista do Aparecidense evitou o gol da classificação do Tupi no final da partida. O jogo foi suspenso e aguarda julgamento. Para a sequência da disputa, o time deve perder pelo menos quatro jogadores do time titular. Entre eles, zagueiro Rafael Pereira, o meia Diogo Oliveira e o goleiro Fernando, que jogará o brasileirão pelo Vitória da Bahia. Com isso, o encantadense André Sangalli deve assumir a titularidade pelo menos até o final da competição.

Não fe ch ao me amos io dia

3751.1264

Rua Duque de Caxias 781, Centro, Encantado/RS


MUNDO JURÍDICO

JORNAL OPINIÃO n 27 de setembro de 2013

27

Planos de saúde estão entre as principais reclamações no Procon Inflação recua em quatro de sete capitais pesquisadas, divulga FGV Quatro das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas tiveram redução na taxa de variação do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), na terceira semana de setembro, divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre/FGV). Porto Alegre teve o maior decréscimo (0,47% para 0,33%) e São Paulo a maior variação de alta (0,19% para 0,30%) A inflação registrada no período de sete dias, divulgada ontem (24) pelo instituto, foi a mesma da semana anterior, 0,27%. O resultado em Porto Alegre se deveu principalmente aos grupos educação, leitura e recreação, que caiu de 1,31% para 0,33%, e alimentação, de 0,67% para 0,22%. Na capital paulista, a maior variação foi de vestuário (de -0,06% para 0,71%) seguida por comunicação (de 0,42% para 0,69%), transportes (de -0,16% para 0,04%), alimentação (de 0,26% para 0,38%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,46% para 0,48%). Recife, Salvador e Rio de Janeiro tiveram retrações menores na taxa. Brasília teve variação contrária, subindo de 0,32% para 0,33%, com acréscimo nos grupos transportes e habitação. Em Belo Horizonte, foram alimentação e comunicação os grupos que puxaram a alta na taxa de variação, de 0,29% para 0,37%. De acordo com a FGV, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) mede a variação de preços de um conjunto fixo de bens e serviços componentes de despesas habituais de famílias com nível de renda situado entre 1 e 33 salários mínimos mensais. Sua pesquisa de preços se desenvolve diariamente, cobrindo sete das principais capitais do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Brasília.

Arrecadação federal é recorde em agosto

O governo federal arrecadou R$ 83,956 bilhões em impostos e contribuições em agosto, recorde para o período. O resultado representa crescimento real de 2,68% em relação ao mesmo período de 2012, descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os dados foram divulgados hoje (23) pela Receita Federal. No acumulado do ano, a arrecadação federal somou R$ 722,234 bilhões, alta de 0,79% na comparação com o mesmo período do ano passado, também descontado o IPCA. Em termos nominais, a arrecadação aumentou R$ 48,658 bilhões de janeiro a agosto deste ano, sem a correção, pela inflação, dos valores arrecadados no mesmo período do ano passado. De acordo com a Receita, entre os principais fatores que influenciaram a arrecadação está o desempenho dos principais indicadores macroeconômicos, incluindo a produção industrial, com crescimento de 1,35% entre dezembro de 2012 e julho de 2013, e a venda de bens e serviços (3,96% na mesma comparação). Houve ainda, no período, aumento da massa salarial, de 11,65% e do valor em dólares das importações, com acréscimo de 4,63%. Todos os percentuais com fato gerador em julho e influência na arrecadação de agosto.

Os planos de saúde são alvo de muitas reclamações. O setor está na lista vermelha do Procon e é um dos 10 serviços que mais dão problemas aos usuários. Demora no agendamento de consultas, falta de cobertura e período de carência são alguns exemplos que deixam os pacientes irritados. De acordo com o Procon, no balanço do primeiro semestre, os planos de saúde ficaram em sexto lugar no ranking de reclamações. Passaram de 6.100 no ano passado para 6.500 neste ano (janeiro a julho). O número de usuários tem aumentado também. No último ano o crescimento foi de 2% e hoje quase 48 milhões de pessoas têm plano de saúde no país. E muita gente está insatisfeita com o serviço que paga. O advogado Domingos Narciso, especialista em direito do consumidor, afirma que o plano de saúde é obrigado a fornecer todas as informações que o paciente necessitar. “Com a nova legislação, o consumidor pode pedir a negativa do plano de saúde. Se ele não quer atender, ele precisa dar uma informação correta, por escrito. E o plano não quer fazer isso porque pode sofrer uma punição”, diz. As dores no punho estão se tornando insuportáveis para a vendedora Camila Costa, de São José do Rio Preto (SP). A inflamação da tendinite só pode ser tratada com um procedimento que

depende de internação hospitalar, mas isso o plano de saúde ainda não cobre por causa do período de carência. “Até concordo com a carência, mas em termo de urgência acho errado isso, se eu for internar precisa ser pelo SUS ou particular”, afirma a vendedora. Os laudos fornecidos por médicos durante as consultas atestam que o caso é de urgência, o que garantiria cobertura pelo plano mesmo no período de carência, mas o hospital não aceita o caso como urgência nem emergência. O hospital também não fornece um documento que comprove a negativa no atendimento. O único papel dado pelo plano foi o de agradecendo o contato e com um número de protocolo. Eles chegaram a fazer um boletim de ocorrência e o próximo passo será procurar um advogado. A assessoria da Unimed informou que não reconhece o caso da Ca-

mila, como urgência e emergência e por isso não liberou vaga para internação. A auxiliar de limpeza Marilene Camilo já pagou por um plano de saúde, mas desistiu e cancelou o contrato. Ela teve dificuldades na maioria das vezes que precisou usar o serviço. “Falavam uma coisa e na hora de fazer era outra. Alguns exames tinham de pagar por fora”, diz a auxiliar de limpeza. A reclamação da dona de casa Sandra Cruz de Oliveira é também a da maioria dos conveniados: demora para agendar consultas médicas. “Sempre é a secretária dizendo que não tem horário no momento e tem de aguardar até quatro meses. Mas oferecem para pagar a parte, um certo valor, para agilizar”, afirma. A assessoria do Bensaúde, onde a Sandra teve dificuldades para agendar com um ortopedista, informou que o prazo para consultas é de 14 dias. Se o profissional desejado não tem horário o paciente deve ligar na ouvidoria para ser encaminhado ao outro médico conveniado. Existem 42 ortopedistas credenciados hoje no plano. Além dessa queixa, os usuários reclamam também do período de carência, mas pelo menos esta imposição é permitida por lei. A orientação é para que o usuário busque o máximo de informações antes de fechar negócio. (Fonte G1)

Tatuagem não pode ser motivo de eliminação em concurso público A existência de tatuagens no corpo não pode ser motivo para a eliminação de candidato em qualquer etapa de concurso público. Este foi o entendimento unânime nas Câmaras Cíveis Reunidas do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), em julgamento de mandado de segurança de uma concorrente a vaga no Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar (Combatente), realizado pelo Estado do Maranhão por meio da Fundação Getúlio Vargas (FGV). A candidata, que afirma já ter sido aprovada na etapa de provas escritas e no teste de aptidão física (TAF), ingressou com processo de caráter preventivo, pelo temor da possibilidade de ser reprovada na última fase do certame, de exames médicos e odontológicos, por conta de uma regra que consta no edital do concurso. Segundo a norma, reproduzida no voto da desembargadora Anildes Cruz (relatora), uma das condições para aprovação de candidato nos exames médicos é “não possuir sinais adquiridos, tais como, orifício na orelha (se do sexo masculino), septo nasal e outros, bem como tatuagens em locais visíveis e/ou atentatórios à moral e aos bons costumes. (...)”.

A relatora constatou haver razão para conceder a ordem pedida pela candidata. Concluiu que as tatuagens “não são atentatórias à moral e aos bons costumes”, bem como não são visíveis, estando a policial uniformizada. Ainda em seu voto, Anildes Cruz foi além e entendeu que limitações desta natureza, atinentes à localização e qualidade de tatuagens, não devem figurar como critérios de ingresso no serviço público. Destacou que eles infringem a prioridade da acessibilidade ao concurso público, norma esta que consta na Constituição Federal; e representam critério por demais subjetivo. A desembargadora citou decisões de tribunais brasileiros, segundo as quais a vedação de tatuagens é irrazoável. Com essas considerações, Anildes Cruz concedeu a ordem requerida, determinando que seja vedada a inaptidão da candidata na etapa de exames médicos e odontológicos do concurso, exclusivamente por conta dos sinais adquiridos (tatuagens). Os demais membros do órgão colegiado do TJMA concordaram com o voto da relatora, também de acordo com manifestação do Ministério Público estadual.

Exame da OAB Ótima notícia para as cerca de 200 mil pessoas que todo ano fazem o Exame de Ordem. O Conselho Federal da OAB, em sua próxima reunião (1º de outubro) deve aprovar resolução permitindo o reaproveitamento do resultado da 1ª fase no concurso seguinte aos candidatos reprovados na 2ª fase. A grande maioria dos presidentes de seccionais é favorável à medida. E como os conselheiros federais representam, via de regra, as posições das

seccionais estaduais, não é difícil palpitar que a ideia está fadada ao sucesso. A nova regra já deve valer para o 12º Exame, cujo edital será publicado no dia 4 de novembro. Já estão definidas as datas: prova objetiva, no dia 8 de dezembro; prova prático-profissional em 2 de fevereiro de 2014. Só falta decidir se o reaproveitamento valerá só para o Exame imediato - ou para dois, ou até três dos certames seguintes.


Encantado, 27 de setembro de 2013

Encantado homenageia as etnias Almoço com mais de 10 pratos típicos será atração

Encantado – O Conselho Municipal de Cultura e a Administração Municipal promovem neste domingo, dia 29, a partir das 9h, a 1ª Festa das Etnias no CTG Giuseppe Garibaldi. Haverá apresentações de música, dança, canto, declamação, além da indumentária e peculiaridades de vários países que formam a miscigenação de raças de Encantado. A gastronomia típica das etnias será destaque no almoço de confraternização. Um dos coordenadores do evento, professor Airto Francisco Gomes, destaca que “as entidades convidadas estão sendo solidárias com o evento e certamente farão um belo espetáculo”. O secretário municipal do Planejamento, Roberto Turatti, encarregado pela parte gastronômica do evento, promete sabores diversificados no buffet, que será servido às 12h30min. No cardápio, bacalhau à portuguesa, feijoada à

brasileira, frango à francesa, espaguete à bolonhesa, kibe/tabule sírio, filé de peixe haitiano, arroz espanhol, carne ao estilo portenho e eisbein alemão, além de vários tipos de saladas, contemplando outras etnias. Na sobremesa, o tradicional sorvete com sagu. O valor do ingresso é de R$ 20 por pessoa e estarão disponíveis até sexta-feira, na Casa de Cultura. A comissão organizadora não garante a venda de ingressos no local. A programação artística e cultural terá a participação do Coral Municipal de Encantado e Coral AABB Vida e Canto, do grupo de danças do CTG Giuseppe Garibaldi, Grupo Le Nostre Radize, Orquestra Municipal de Encantado, Banda Famosa do Haiti, Centro Afro Sete Flechas de Oxum e Associação Nova Geração. Declamações às etnias e um resgate histórico sobre as etnias de Encantado também serão apresentados.

Ação marca Dia Nacional do Trânsito em Encantado Encantado – Uma ação conjunta entre o Departamento de Trânsito, Secretaria Municipal da Juventude, Desporto e Turismo e Brigada Militar buscou conscientizar os motoristas hoje pela manhã em duas vias da cidade. Para marcar o Dia Nacional do Trânsito, comemorado em 25 de setembro, a equipe distribuiu material informativo e de prevenção de acidentes. Segundo o coordenador do Departamento de Trânsito, Getúlio Leonel dos Santos Nunes, outras ações estão sendo planejadas, como o Balada Segura e uma campanha específica sobre a importância das faixas de segurança.

Eliane A. Fachinetto

Motoristas foram abordados nas ruas Monsenhor Scalabrini e Júlio de Castilhos

Corepe será constituído dia 16 de outubro MILTON FERNANDO Lajeado - Em reunião com representantes da comunidade regional, a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), ontem à tarde na Univates, foi apresentado o modelo de constituição dos Conselhos Comunitários das Regiões das rodovias Pedagiadas (COREPE). O Conselho será constituído por 16 representantes titulares. Serão dois representantes da EGR, igual número de representantes dos moradores dos trechos pedagiados, sindicatos com maior representatividade da região, associações industriais e comerciais também com maior representatividade na região, associações de prefeitos, vereadores e Governo do Estado. Representantes de diversos municípios do Vale do Taquari estavam presentes, como os vereadores de Encantado, Jonas Calvi e Luciano Moresco, o vice-prefeito de Muçum, Lauro Fronquetti, e o coordenador do departamento de trânsito de Encantado, Getulio Leonel Nunes. Outros assuntos foram discutidos, mas definições serão tomadas a partir da formação do Corepe.

Milton Fernando

Taquari chega a 11 metros

Acima, delegação de Encantado presente na reunião. Ao lado, o viceprefeito de Muçum, Lauro Fronquetti

A chuva contínua que atingiu o Rio Grande do Sul no feriadão de 20 de Setembro elevou o nível do Rio Taquari, no Porto 11, localizado no Bairro Navegantes, em Encantado, para 11 metros. O Rio parou de subir às 10h de domingo (22). Nenhuma família das regiões de risco precisou ser removida. A Defesa Civil regional manteve o alerta até domingo, porém, sem registros mais graves.


Jornal Opinião 27 de setembro de 2013