Page 1

FURTOS NO CENTRO

COMERCIANTES Henrique Pedersini

apelam para a BRIGADA Preocupados com a série de arrombamentos nas lojas, empresários se reúnem com o capitão Ricardo Machado da Silva e pedem apoio para coibir ação dos bandidos E AINDA:

*DUPLA ESCAPA DO PRESÍDIO E É RECAPTURADA MEIA HORA DEPOIS

Páginas 21 e 22

Eleições

Motorista bate caminhão contra o barranco

2012

Entidades querem eleições

sem compra de votos PÁGINA 5

1º DEBATE

Candidatos priorizam

Saúde, Educação e Agricultura

Página 22

AS

FIGURAÇAS

PÁGINA 27

DA SCREC

Henrique Pedersini

Diogo Daroit Fedrizzi

MORRO DA GUABIROBA


COLUNA

5

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

milton@rdencantado.com.br

Entidades encantadenses querem eleições limpas, sem compra de votos Numa iniciativa do Conselho Encantadense Pró-Desenvolvimento, ACI-E, CDL e STR, entidades da cidade de Encantado, a Justiça Eleitoral foi procurada e seus representantes prometeram apoiar a ideia de eleições limpas. Na próxima semana dia 22, as entidades entregarão aos candidatos um Código de Conduta Eleitoral, e após isto, concederão entrevista a Rádio Encantado AM 1580, sobre o assunto. Abaixo a nota do Conselho sobre a reunião que foi realizada com a presença da Juíza Eleitoral e a Promotora de Justiça.

Conselho Encantadense Pró-Desenvolvimento, ACI-E, CDL e STR-E ganham apoio da Justiça Eleitoral

Divulgação

Membros do Conselho Encantadense PróDesenvolvimento(CEPD), da ACI.E, CDL e STR-E reuniram-se no dia 09 de agosto, no Forum de Encantado, com a Juíza Dra Juliane Pereira e a Promotora Dra Kariane Mariotti , a fim de manifestar sua preocupação com o tradicional perfil das campanhas eleitorais encantadenses. Segundo o presidente da ACI-E, Julio Medeiros, as entidades querem contribuir para que o período eleitoral da cidade seja mais harmonioso, minimizando comportamentos de coação e ataques pessoais entre candidatos, cabos eleitorais e eleitores. Segundo Nestor Bergamaschi, Coordenador do Conselho, Encantado merece uma postura diferente, mais qualificada, em que prevaleça o debate em torno dos projetos e o respeito entre as pessoas. A iniciativa ganhou apoio da Justiça Eleitoral. Segundo a Juíza Juliane Pereira, as entidades tem apoio e liberdade para ajustar com candidatos e coordenadores de campanha, outras condutas além daquelas que a legislação impõe. “À medida que as entidades começam a discutir esse assunto, uma mensagem é passada à população, que passa a ficar atenta e, muitas vezes, leva adiante a mensagem, iniciando um ciclo virtuoso que, a longo prazo, contribui para o resultado desejado”, explicou.

Seguindo sugestão da Promotora Eleitoral, Dra. Karine Mariotti, as entidades representadas “entrarão em campanha” em favor dos valores que acredita serem fundamentais para que todos os encantadenses usufruam de um período eleitoral cada vez mais construtivo e democrático.

Festa de Santo Agostinho Há mais de 30 anos, a comunidade Santo Agostinho realiza a festa do padroeiro. No bairro Planalto são mais de 2400 famílias e a igreja é um atrativo. É a maior comunidade católica de Encantado, sendo uma das mais bem estruturadas com amplo espaço físico, aproximadamente 2.500 m2 de área construída. A média anual de público está estimada em de 14 mil pessoas que participam das atividades da comunidade. O trabalho dos festeiros e envolvidos na organização da festa é totalmente voluntário.

PROGRAMAÇÃO

Data: 19 de agosto de 2012 Local: Comunidade Santo Agostinho, Bairro Planalto. 10h30min – Missa Festiva 12h – Almoço (servido nas mesas com público estimado em 1000 pessoas) 14h – Banda Alegria 17h – Musical San Francisco


GERAL

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

Anita e Giuseppe voltam satisfeitos do Juvenart

Encantado - As entidades tradicionalistas encantadenses voltaram satisfeitas do 10º Juvenart, o Concurso Estadual Juvenil de Danças Tradicionais, que aconteceu no final de semana passado em Santa Maria. O Grupo de Artes Nativas Anita Garibaldi comemorou o quarto lugar na Chula de João Francisco Rossi Tomazzi e as boas apresentações de Eduardo Moreira Viter e Guilherme Dias. “Nossa invernada, então, sem palavras. A apresentação foi maravilhosa. Entre os 19 grupos do nosso bloco ficamos em sexto lugar”, comentou Margarete Hammes, do departamento ar-

tístico. A invernada do CTG Giuseppe Garibaldi se apresentou no sábado (11) à tarde, no Bloco 3, onde conquistou a oitava colocação. Conforme Simone Giongo, apresentando danças de entrada e saída e indumentária nova, além das três danças tradicionais sorteadas momentos antes da apresentação, nosso grupo levantou o público que lotou o ginásio para assistir às danças tradicionais”, afirmou. “Ficamos felizes com a colocação final, por ser o primeiro ano de participação. A patronagem parabeniza os dançarinos pelo belo trabalho realizado, assim como os pais e colaboradores.” Divulgação

7

Bastidores Por Diogo Daroit Fedrizzi Este espaço registra, em imagens, os principais acontecimentos da Rádio Encantado AM. José Raimundo Tramontini

Na sexta-feira (3), encerrando a rodada de entrevistas com os candidatos de Muçum, os entrevistados foram Ivanor Moras (prefeito) e Ivanir Maria Lucca Weber (vice).

Diogo Daroit Fedrizzi

Simone Giongo

Invernada do Anita durante a apresentação em Santa Maria

Na segunda-feira (13), o vice-patrão do Grupo de Artes Anita Garibaldi, de Encantado, Marcos Nunes Corrêa, falou sobre a programação do 7º Rodeio Estadual que acontece neste final de semana no Parque João Batista Marchese. Henrique Pedersini

Grupo do Giuseppe exibiu a indumentária nova

Rodeio do Anita é neste fim de semana

Banco de Imagens/Jornal Opinião

O Grupo de Artes Nativas Anita Garibaldi promove de hoje até domingo, no Parque João Batista Marchese, o 7º Rodeio Crioulo Estadual. O evento vai distribuir mais de R$ 10 mil em prêmios. A expectativa do patrão do GAN, Jeri Hammes, é receber mais de cinco mil pessoas, nos três dias. Na parte campeira, o patrão estima que entre 280 e 300 duplas participem das provas de laço. “Teremos a presença de mais de 50 grupos de invernadas do Estado para as disputas da parte artística”. Programação Hoje, a programação campeira inicia às 15h, com Individual de Laço e, às 17h, ocorre a abertura da Taça Anita Garibaldi. Amanhã, a disputa começa às 8h com Laço Família, às 10h ocorre a abertura das duplas do Rodeio e, às 19h, encerra com a Taça Empresa. No domingo (19) segue a parte campeira com as duplas do

Patrão Jerri Hammes Rodeio a partir das 8h e as provas de Rédeas e Chasque, que iniciam às 13h. A grande final das duplas do Rodeio está marcada para as 14h. Já a programação artística inicia amanhã, às 16h, com o término do prazo para inscrições das invernas e individuais e o sorteio da ordem das apresentações das danças tradicionais. As apresentações das danças ocorrem no domingo a partir das 9h e seguem durante todo o dia.

As integrantes da Liga Feminina de Combate ao Câncer falaram sobre o tradiconal Café Colonial, que acontece neste sábado (18), no Salão Paroquial de Encantado. Henrique Pedersini

Na quinta-feira (16), o presidente da Apae, Ênio Röhsig, falou sobre a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2012, que ocorre de 21 a 28 de agosto. A entidade encantense realiza a abertura na próxima terça-feira, às 14h.


GERAL

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

Deus continua a chamar Agosto, para a Igreja Católica, é o mês das vocações. Neste ano o convite que se faz é o de aprofundarmos o tema a partir da vida, que é a maior vocação. É a partir da vida que somos chamados ao batismo e a uma vocação específica na Igreja como sacerdotes, religiosos (as), apóstolos leigos, missionários, pais e mães de família... Como sempre “a messe é grande e os operários são poucos” (Lc 10,2). Até por vezes parece-nos que Deus não chama mais, esqueceu-se de nós. Faltam vocações para a vida familiar, religiosa, sacerdotal e missionária. Não, não é isto! Deus chama sempre. Ele está olhando para nossas crianças, jovens e adultos, bem como para nossas famílias, comunidades e paróquias. Como no princípio do cristianismo, Ele está repetindo o convite: “Vem e segue-me!” (Mt 9,9). O que importa é que façamos a nossa parte. O documento de Aparecida insiste que a promoção vocacional é compromisso de todo povo de Deus a começar pela família. Ela passa pelas comunidades, paróquias, dioceses, movimentos eclesiais, agentes de pastoral, padres e bispos. A obra vocacional é tarefa de todos. A nossa colaboração com a causa vocacional pode se dar de muitas maneiras. Podemos incentivar as pessoas a se predisporem ao seguimento de Jesus Cristo, animando-as em sua vocação e apoiando-as na formação. Acima de tudo, podemos rezar pelas vocações. A oração é fundamental, imprescindível e possível para todos. Por isso, como bispo, peço que em todas as famílias, comunidades e paróquias se faça a oração de Paulo VI pelas vocações, rezando assim: Jesus, Mestre Divino, que chamastes os apóstolos a vos seguirem, continuai a passar pelos nossos caminhos, pelas nossas famílias, pelas nossas escolas e continuai a repetir o convite a muitos de nossos jovens. Mas não basta o chamado de Deus; é preciso que haja uma resposta corajosa, fiel e perseverante dos vocacionados, os quais, por sua vez, necessitam de condições favoráveis e suficiente apoio familiar, comunitário e diocesano para um bom discernimento vocacional. Por isso nossa oração continua: ”Dai coragem às pessoas convidadas. Dai força para que vos sejam fiéis como apóstolos leigos, como sacerdotes, como religiosos e religiosas para o bem do povo de Deus e de toda humanidade”. Na certeza de que Deus continua a chamar pessoas para trabalharem na sua messe e contando com a oração e o testemunho fiel de todos e de todas, tenho a profunda convicção de que não faltarão as vocações necessárias para a vida da Igreja na Diocese de Santa Cruz do Sul. Que Maria Santíssima, assunta de corpo e alma ao céu, interceda abundantes bênçãos de Deus sobre a obra vocacional diocesana e sobre a vida religiosa! Dom Canísio Klaus Bispo Diocesano

Pastoral da Comunicação Paróquia São Pedro - Encantado

Fotos: Otávio Deves/Rádio Encantado AM

8

Por asfalto, população interrompe estrada Mobilização aconteceu na VRS-482, no trecho entre Arroio do Meio e Capitão Vale do Taquari - Na sexta-feira (10), uma manifestação popular procurou sensibilizar as autoridades estaduais para o imediato início da pavimentação asfáltica na VRS-482, ligando Arroio do Meio a Capitão. A estrada foi bloqueada com máquinas e veículos por cerca de três horas com pequenos intervalos para desafogar o trânsito, evitando a antipatia de motoristas. São 16,5 quilômetros de estrada de chão batido, transformado em extenso lamaçal em dias de chuva e nuvens de poeira em período de estiagem. O grupo de líderes, formado por Luiz Alberto Araújo, Genésio Rockenbach e Noeli Zanotelli, avaliou como positiva a mobilização, alertando que o trabalho continua e, a qualquer momento, a comunidade será chamada para nova manifestação. A estrada foi licitada para a pavimentação no governo de Antônio Britto, em que a vencedora foi a empreiteira Beter, de São Paulo, que iniciou as obras. Porém, com a troca de governo estadual, a empresa foi retirada. Segundo Genésio Rockenbach, são mais de 55 anos que a comunidade espera pela pavimentação da estrada e as promessas se repetem e com muito intensidade nos últimos anos, porém sem o reinício das obras. Ele salienta a importância social e econômica da estrada para Arroio do Meio e Capitão, destacando que se trata da única alternativa, entre o baixo e alto Taquari, em grandes enchentes como em julho de 2010, quando a RS 130 e RS 129, foram invadidas pelo Rio Taquari. Rockenbach lembra que durante este bloqueio pelas águas, entre 13h30min e 23h, passaram pela VRS 482 mais de 1.200 veículos (motocicletas, automóveis, caminhões, dezenas de ambulâncias e até ônibus), ligando

Pneus foram queimados para chamar a atenção Arroio do Meio e Lajeado com todos os municípios da região alta, principalmente para Encantado, Roca Sales, Muçum, Nova Bréscia e outros.

Vereadores aprovam recursos para calçamentos

Encantado - Apenas um projeto foi votado e aprovado na sessão da Câmara de Vereadores de segunda-feira (13). A matéria autoriza a abertura de crédito especial de R$ 146.950,00. O dinheiro é oriundo do Ministério das Cidades e servirá para a colocação de calçamento nas Ruas Linda Scarello e João Batista Bertozzi, no Bairro São José; Ruas Madre Massimina e Padre Alfredo Salton, no Bairro Lajeadinho; e Rua Sem Denominação no Bairro Jacarezinho.


Eleições

2012

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

9

Saúde, EDUCAÇÃO E Agricultura

dominam primeiro debate

A Rádio Encantado AM realizou no sábado (11) o primeiro debate com os candidatos à prefeitura de Encantado. Durante duas horas, Agostinho José Orsolin (PMDB/PDT/DEM), Denise Pretto (PSDB) e Paulo Costi (PP/PTB/PT) falaram dos projetos, responderam a três perguntas elaboradas pelo departamento de jornalismo da emissora, uma do ouvinte e, ainda, fizeram questionamentos livres entre si. A reportagem do Jornal Opinião acompanhou o encontro dos prefeituráveis e reproduz os principais momentos. ADAPTAÇÃO DO TEXTO: Diogo Daroit Fedrizzi; Fotos: José Raimundo Tramontini e Henrique Pedersini

Antes do debate no estúdio da Rádio Encantado AM: Paulo Costi, Denise Pretto e Baixinho Orsolin 1ª PERGUNTA DA EMISSORA

BAIXINHO ORSOLIN

Na questão do Centro Oftalmológico é necessário haver a participação maior dos municípios. Foi uma conquista que Encantado teve e precisamos valorizar. É uma referência em oftalmologia no RS e na nossa região, temos bons profissionais. Por isso precisamos manter, é uma necessidade e um orgulho para nós. Mas estou vendo que não há este apoio quanto ao favorecimento da manutenção do Centro em Encantado por parte, talvez, dos nossos administradores. E, acima de tudo, quero dizer que a criação da UTI não é somente o Poder Público que vai instalar. Precisa haver o consentimento do hospital. Era um grande trabalho que estávamos fazendo no nosso governo, na época, com o diretor do Hospi-

Duas questões foram muito debatidas nos últimos meses na área da saúde: a possível saída e fechamento do Centro Oftalmológico e a falta de uma UTI. Como pretende trabalhar esses dois assuntos no seu governo? tal, Gilson Oliveira. Estávamos fazendo os preparativos para a instalação da UTI. Era a reforma do bloco cirúrgico, os equipamentos. No governo federal tínhamos encaminhado o pedido de verbas, um volume importante, investimento grande. Não conseguimos fazer naquele governo e, se assumirmos o município, iremos sim fazer. Com a parceria do hospital e a busca de recursos ao Ministério da Saúde iremos construir a UTI em Encantado.

DENISE PRETTO

É com muito sentimento que eu ouço essa pergunta e essa constatação. Foi na época em que o Irno Pretto, meu marido, estava como secretário da Saúde que houve o empurrão inicial para o Centro Oftalmológico.

Ele, junto com o nosso amigo médico oftalmológico Nédio Castoli. Lembro que houve em Encantado um transplante de córnea, temos esse registro e com muito orgulho tenho a satisfação de lembrar as famílias encantadenses disso. Vamos junto às pessoas competentes, aos médicos tão competentes que temos. Com certeza, vamos sentar juntos e vamos conseguir amenizar esse aspecto. A UTI, sabendo que saúde não é doença, é o equilíbrio de todos os fatores, tanto emocional como físico, já estamos contatando com pessoas influentes, com amizades que temos, com capacidade de sanar esse problema de Encantado. Temos médicos competentes, temos pessoas influentes, com certeza vamos conseguir a UTI em Encantado.

PAULO COSTI

Essa conquista, de fato, do Centro Oftalmológico regional foi da região como um todo, participamos da consulta popular na oportunidade. Doutor Nédio é a grande figura médica nesse processo. Temos dialogado constantemente com o Doutor Nédio, ainda na sexta-feira (10), por acaso, conversamos com ele, eu e o vice-prefeito José Calvi, no sentido de ver o que é possível fazermos para que o Centro permaneça em Encantado. Quero afirmar que ele vai permanecer conosco. Já estamos tratando disso, estamos com a possibilidade de, inclusive, com recursos públicos, manter esse atendimento, especialmente, no que diz respeito às consultas, que já estão um pouco defasadas. Há um com-

promisso do doutor Nédio com relação a isso. O Centro, poderia dizer, é uma questão mais tranquila. A UTI é um projeto bem mais audacioso e necessário. Já estamos conversando com o nosso secretário da Saúde onde, no próximo exercício, teremos recursos do governo municipal para possibilitar iniciarmos a construção. O processo é bem mais longo, a gente sabe que o hospital está com o projeto em andamento, isso deverá levar, até que seja totalmente aprovado, no mínimo seis meses, de tal forma que nós, conjuntamente com a região, haveremos de conseguir a instalação da UTI. É uma necessidade. Mas é bom frisar que a UTI será para todo Estado, e as marcações de consultas não vão depender de nós, mas todo esforço será feito pela nossa Administração.


10

Eleições

2012

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

2ª PERGUNTA DA EMISSORA

Como fazer para melhorar as condições de vida do agricultor encantadense, e quais são as suas prioridades nesta área?

DENISE PRETTO

O Waldemar (Dullius, vice), eu e os nossos vereadores temos andado pelo interior e temos visto e ouvido o clamor e o desejo de muitos que moram fora do meio urbano: o asfaltamento nas estradas do interior. Lá está o escoamento do progresso do produtor e do município. Essa atenção é nossa meta para os quatro anos. Especial atenção também para projetos de agricultura familiar, para agroindústrias. Nós vamos buscar selo de qualidade e de inspeção, dando assim mais garantia ao produto para aqueles que compram e idoneidade para quem vende. Então, aquele que compra sabe que garantia vai ter. E aquele que vende, quando disser que aquilo é bom, vai ter a credibilidade de quem compra. Queremos a participação da comunidade nesse setor, por isso vamos realizar projetos participativos comunitários. Como nós temos feito até agora: todas comunidades participando e nos ajudando na construção do nosso plano.

Vamos transformar Encantado na capital das agroindústrias. Criando assim um pacto e resgatando o ouro branco, aquilo que estava esquecido da Capital do Ouro Branco. Nosso pacto até pode ser o Pacto do Ouro Branco. Vamos também assessorar o agricultor sobre o código florestal, tão combatido e tão visto. Em parceria com a Emater e a Embrapa também vão ter projetos de desenvolvimento agrícola.

PAULO COSTI

Nestes quase quatro anos procuramos melhorar as condições do agricultor. Uma das grandes queixas era a manutenção das estradas e dos acessos. Graças a investimentos que fizemos na aquisição de equipamentos, podemos melhorar hoje, bastante, as condições de trafegabilidade para escoamento da produção. Isso é uma realidade, onde não se vê mais as críticas nem do produtor, nem mesmo das integradoras, que muitas vezes chegavam à prefeitura para reclamar. Outra

situação foi a ampliação da rede elétrica que vamos continuar buscando. Rede trifásica, fizemos três nas Linhas São Marcos, Argola e Anita. Vamos continuar buscando junto a AES SUL para que essas redes elétricas trifásicas possam estar atendendo a todos nossos produtores. Todas terraplenagens que foram solicitadas fizemos no nosso governo. Estamos construindo quatro unidades mecanizadas de compostagem de suínos, é fundamental para que o produtor possa se manter na sua produção. Tivemos abertura de mais poços artesianos. Temos a lei de bonificação onde privilegiamos de certa forma seis agroindústrias a fundo perdido com R$ 25 mil para cada uma delas. Vamos continuar mantendo este programa, já temos outras buscando também esse recurso. A implantação do projeto de desenvolvimento da Cadeia Leiteira, hoje é uma realidade, inclusive com a Cosuel ampliando. Agora, com esse novo projeto, vamos buscar também com que o nosso produtor também

se alicerce à cadeia produtiva do leite, buscando incentivar a produção de pastagens para abastecer este gado. Incentivar mais agroindústrias e a parceria com o governo federal e estadual para melhoria habitacional. A gente sabe que o agricultor e o filho dele querem ter uma boa casa na sua área. Além da diversificação da fruticultura.

BAIXINHO ORSOLIN

Os nossos agricultores sabem que foram poucos os prefeitos dos últimos anos que investiram tanto em agricultura como no nosso governo. Fizemos 96 terraplenagens para chiqueiros e aviários. Atendemos sete comunidades com redes de águas, comunidades muito grandes como a da Azevedo, foram 67 famílias só numa rede. Deixamos poços já esperando para ser distribuída a água e até hoje não foi feito. Temos algumas comunidades que ainda precisam. Incentivamos muito a cadeia produtiva do frango, do suíno e do leite. Iremos incentivar muito porque é o futuro. É

um setor muito importante, e os agricultores hoje estão contentes com o setor. Vamos dar toda uma sustentabilidade de apoio com equipamentos, com infraestrutura. Para que o agricultor possa fazer sua silagem, retirar as pedras da lavoura, enfim, que eles possam ter uma estrutura diferente para mantermos a sucessão familiar na agricultora. O município precisa muito disso. Hoje 33% da arrecadação vêm da agricultura. Temos que valorizar muito este setor, precisamos manter a sucessão familiar. Daqui um tempo nossa população vai ficar idosa, vai abandonar sua propriedade e aí teremos poucos recursos para manter essa comunidade do interior. Daremos um grande apoio às agroindústrias, é um compromisso, para que o agricultor possa desenvolver seus produtos paro o mercado. Isso vai ter um grande incentivo nosso. Os nossos agricultores estão aguardando muito nesse sentido e nós iremos fazê-lo para dar apoio a que eles tenham sua própria subsistência.

PERGUNTA DE OUVINTE

Se durante os quatro anos do seu mandato, fosse lhe dado apenas a oportunidade de um grande projeto. Qual seria esse projeto e por quê?

PAULO COSTI

O nosso grande projeto sempre vai ser, não vou cansar de repetir porque não é projeto, é realidade. É atenção à qualidade de vida das pessoas. Então para dizer para alguém que faz uma pergunta de um projeto único dentro de um município que tem inúmeras realidades, quer seja de bem-estar, de seus filhos, na área da educação, na saúde, eu preciso me voltar, e é necessário dizer. Se tivermos as pessoas com saúde, elas terão condições de buscar o seu trabalho. Se elas tiverem saúde, elas terão condições de buscar renda para adquirir sua casa. Se elas tiverem saúde, fruto do seu trabalho, terão condições de ter renda, sua casa e educar seus filhos e dar oportunidades para que eles possam cursar uma faculdade, cursos técnicos, para que possam ser felizes neste município. Então, todo o projeto voltado para atender bem as pessoas na área da saúde, e a comunidade me conhece muito bem, sabe como os recebo na prefeitura, independente de cores partidárias, crenças, nós sempre os atenderemos bem. Ao ver as pessoas em condições de poderem do

fruto do seu trabalho se desenvolver e com saúde terão essas condições, podem estar certo, sempre teremos os olhos para a comunidade.

BAIXINHO ORSOLIN

Um grande projeto de um administrador é poder dar expectativa, uma esperança, um futuro para o seu munícipe. A saúde é necessária, mas é obrigatoriedade do administrador poder dar. Já há recursos definidos para poder fazer saúde pública. Dar assistência é obrigação do município, porque existe dentro dessa pasta recurso para poder dar assistência. Mas as pessoas precisam ter uma esperança de amanhã terem sua boa casa, que o munícipe participe com isso. Queremos fazer isso no interior, poder dar uma esperança ao agricultor, uma construção de uma casa melhor. O administrador precisa ver nos olhos de sua população que brilhe uma expectativa que o município amanhã, a médio, a longo prazo, tenha uma representatividade, um reconhecimento na região e no Estado. Porque se o administrador não

dá uma esperança, um conforto, se o administrador não for ambicioso para buscar recursos e implantar no seu município atividades de diversos setores para fazer com que haja uma expectativa de vida melhor para sua população. Esse é o grande projeto que sempre tive em mente e quero continuar se for prefeito: dar segurança aos nossos encantadenses para que eles possam ficar no município porque eles terão um futuro melhor nos próximos anos. É isso que nós como administradores precisamos fazer e dar segurança à população.

DENISE PRETTO

Existe um filme, um livro, que é a Escolha de Sofia. É uma pergunta muito difícil, mas tenho certeza que nós do PSDB temos condições de escolher. Porque nós, em primeiro lugar, vamos chegar às comunidades. Quero reforçar, estamos ainda com o plano em aberto, recebendo sugestões, recebendo sonhos e esperanças das pessoas e das famílias. Como estou acostumada em escola a um plano aberto, participativo, des-

centralizado e com transparência, tenho certeza que, a partir dos encontros que estou tendo e que prometi que vou continuar depois de ser eleita, vou continuar a fazer essas entrevistas, pesquisas, cultivando o sonho, o desejo de mudar. Aquela transparência que toda mulher gosta de ter, toda segurança que nós mães, Candidata Denise Pretto, do PSDB nós donas de casa, da família, queremos primeiro consultar a comunidapara nossos jovens. Nossos de. Não posso, de jeito nenhum, filhos em primeiro lugar. Com dizer que vou ter um primeiro certeza de que quem fez alguma plano. Esse primeiro plano... já coisa para seu filho nunca mais falei, queremos saúde... Tudo será esquecido. Tenho certeza isso que já foi comentado... Mas que disso posso falar e com cer- em primeiro lugar vai ser você teza vou concretizar. Nós vamos mãe, você mulher, você família.


Eleições

2012

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

11

PERGUNTAS ENTRE CANDIDATOS

paulo costi pergunta para baixinho orsolin

Na pergunta do ouvinte, o senhor falou em casas próprias. Um dos maiores sonhos da vida das pessoas é ter a casa própria, é poder dizer esta casa é minha, aqui vou poder criar melhor meus filhos. No seu mandato de prefeito, quantas famílias realizaram este sonho, quantas o senhor ajudou?

Candidato Paulo Costi, do PP

Resposta BAIXINHO ORSOLIN

Essa é uma pergunta inteligente, prefeito, porque são sonhos de pessoas que, às vezes, é melhor tu não criar uma expectativa e um sonho para as pessoas e depois não poder concretizar. Isso foram

fatos verídicos, inclusive, na sua administração, que criou uma grande expectativa para as pessoas terem a sua casa própria e depois não se conseguiu concluir essa casa própria. Então se cria uma falsa expectativa e até um descrédito para a população, isso é ruim. Eu me esforcei muito junto ao governo federal. Os anos hoje são melhores do que na minha época. Mas eu, em compensação, se não consegui atender essa demanda da população, atendi muitas coisas em outros setores. Como dar crescimento ao nosso interior. Esse salto da arrecadação, o senhor sabe que ele veio muito ao encontro daquilo que se investiu na agricultura. Dei qualidade de vida para as pessoas do interior, que foram sete comunidades abastecidas com água. Temos dois ou três setores, que lamento que dizem que foram feitos poços artesianos, mas não saberia dizer onde foi feito. Mas eu sim atendi a sete comunidades. Dei quali-

dade de vida, começando os asfaltos no interior. Fui a pessoa que, em 48 meses de governo, tenho 50 grandes obras de reconhecimento, que vieram a atender a comunidade. Esse é papel do administrador. Não me preocupei somente com um setor, mas com um conjunto de ações que vieram a beneficiar os encantadenses. Esse trabalho feito produziu muito aos nossos encantadenses.

Réplica PAULO COSTI

No meu mandato anterior, com receita menor do que o senhor tinha, nós construímos 44 casas e mais 20 apartamentos. Fizemos no Vale dos Pinheiros... e o senhor tinha da Caixa Econômica Federal, recursos para fazer mais 11... a Caixa inclusive lhe mandou um ofício para o senhor se manifestar a respeito da continuidade ou não do projeto, e o senhor encaminhou no dia 27 de fevereiro de 2007, está escrito, está assinado pelo senhor, ‘a prefeitura não possui interesse na execução do referido contrato’. Então, veja bem, que o senhor não deu sequência a 11 casas que poderia ser dada. Então não houve nenhuma modalidade de enganar as pessoas. E ainda no seu próprio

governo, o senhor estava para iniciar quatro casas na Barra do Guaporé. Quando assumimos em 2009, o que encontramos foi metade da casa construída. No nosso atual mandato, construímos 61 mais 50.

Tréplica BAIXINHO ORSOLIN

Esse é o grande exemplo de um administrador. Nós perdemos a eleição e não paramos de trabalhar. Tínhamos a ciclovia que dizia que não tinha projeto, mas nós trabalhamos até o último dia. Tínhamos as casas em andamento e mostramos que trabalhamos até o último dia. Por isso que digo aos encantadenses que vamos fazer um governo de quatro anos e depois para continuar. Mas o governo tem que ser feito em todos os quatro anos, o contribuinte ele contribui quatro anos. Estou vendo que a realidade dos últimos três governos, descontando o meu governo, foram governos sempre do último ano. É o governo que se arrecada quatro anos e se atende a população somente no último ano. Eu sou exemplo disso, que atendo a população nas suas necessidades e mostrei que embora quatro casas em andamento, trabalhei até o último dia.

baixinho orsolin pergunta para denise pretto

O seu marido Irno Pretto foi incentivador da vinda do Centro de Oftalmologia para Encantado. Hoje, o Centro passa por dificuldades, correndo o risco de ir para outras cidades. A própria prefeita de Lajeado já ofereceu condições para que o Centro vá para Lajeado. Por que isso está acontecendo?

Resposta DENISE PRETTO

Eu, todo mundo sabe, não tenho carreira política, nunca fui da política, sempre fui coadjuvante. Aquela companheira do meu marido, desde o tempo do meu sogro Severino Pretto. Então, o que participei foi da concretização na época, da alegria e do entusiasmo do Doutor Nédio Castoldi e do Irno. Naquela época funcionava muito bem. É um assunto que passou. O Irno saiu, o senhor passou quatro anos, o Paulo passou quatro anos, e eu não tenho autoridade até para julgar e avaliar este assunto. Já que um médico competente, os dois prefeitos que aqui estão, estão com mais subsídios para responder para a comunidade. O que eu quero dizer e já disse é que pretendemos que a minha companheira mulher, que tanto está fazendo em Lajeado, um baita governo, ela se reelegeu, coisa que não pretendo. Ela não leve embora, e tenho certeza

como professora e mulher, ela isso não vai fazer. Eu pretendo que isso fique no nosso município, porque foi uma conquista de todos daqui, e da equipe médica, como já foi dito, de alta competência.

Réplica BAIXINHO ORSOLIN

Eu vejo que na nossa coligação Encantado Pode Mais vai ser fundamental para poder mais fazer para o Centro Oftalmológico. Vai poder fazer mais para que os nossos profissionais consigam trabalhar com condições de atendimento. Temos um grande profissional, o Doutor Nédio. Ele foi um companheiro, um incentivador quando fui por quatro anos presidente do Consisa. O Consórcio tinha um relacionamento muito bom com o Centro Oftalmológico. No nosso mandato tivemos um entendimento muito legal, muito profissional com o Centro e seus profissionais. E por isso nunca houve essas reclamações.

Por isso nós chegando ao comando do município, e com um bom entendimento com os profissionais e o Consisa, nós iremos sim manter o Centro em Encantado.

Tréplica DENISE PRETTO

Não estou entendendo onde é o ponto de partida da crise do Centro Oftalmológico. Acho que a gente pode deixar essa pergunta repicando, porque eu estou presente diante de dois administradores, que chegamos a esse ponto. Não penso que isso aqui tenha sido alguma coisa dos últimos anos. Ele deve ter sido, como tudo a gente sabe, é um processo crescente. Então, deve ter começado em alguma administração. Isso não me compete. Acho que o nome do Doutor Nédio está sendo citado e valorizado e tenho certeza que ele vai nos ajudar. Eu tenho certeza que vou ser competente para desdobrar.

Candidato Agostinho José Orsolin, do PMDB


12

Eleições

2012

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

denise pretto pergunta para paulo costi

A minha preocupação sempre foi o jovem, o estudante, o que fazer. Tanto é que anos atrás eu era aquela que fazia os testes vocacionais e tanto ajudei os jovens na escolha da profissão. Foi a preocupação também do seu governo a implantação da Univates em Encantado e na mesma época a vinda da Uergs. Por que não ampliaram a Uergs, o que aconteceu? Vai acontecer igual a Univates? E esta valorização que se destina à educação e crescimento do município e dos jovens, como fica?

Resposta PAULO COSTI

É verdade, a vinda da Univates e da Uergs aconteceu nos mandatos em que eu fui prefeito. A Uergs foi uma iniciativa do governo do Estado e nós temos bem claro que, na administração do governo Yeda, houve pouca atenção, talvez por ter sido um projeto do governo do PT com relação à Uergs. A Uergs passou por diversas dificuldades, chegando ao ponto de, talvez, encerrar suas atividades. Em alguns municípios já não existe a manutenção da Uergs. Temos conversado muito, inclusive, com a participação do Conselho Pró-Desenvolvimento, e acredito que teremos oportunidade de disponibilizar para a Uergs uma

área dentro daquele espaço que se diz área do governo federal, para que a Uergs possa aí construir. Com a parceria que temos, muito importante do PT na coligação, haveremos de buscar não apenas as condições do terreno, bem como também de nós termos ali toda a instalação da infraestrutura da Uergs. Com relação à Univates, é lamentável, a gente sabe disso, mas é uma decisão que já foi amplamente discutida com a própria universidade. E aí até os próprios jovens de outros municípios que chegam a Encantado, se a senhora for falar com eles, a senhora vai ver que eles gostariam de estar em Lajeado, onde eles têm uma relação mais estreita com muito mais jovens. Esta é a nossa realidade. Mas

eu quero mais uma vez afirmar, quando se fala em jovens aqui em Encantado, temos inúmeros projetos e programas voltados para a nossa juventude para que ela possa ter também o seu lazer e se manter aqui em Encantado.

Réplica DENISE PRETTO

Pretendemos fazer de Encantado um polo regional. Aqui não deixa de ser um corredor onde toda a região alta passa, onde que nós podemos segurar toda essa gente. Todos nossos companheiros, pessoas que moram na região Alta. E nós temos certeza que como um centro regional de educação, nós não

podemos perder. O senhor falou na Yueda, e eu tenho certeza que a nossa governadora, do nosso partido, foi também bem presente na criação de cursos. Até porque em outras cidades foram criados outros cursos, não só de agroindústrias. Nós pensamos também que aí a gente pode fazer um desenvolvimento de um cooperativismo, fixando o jovem na sua terra.

Tréplica PAULO COSTI

Concordamos plenamente no que diz respeito, até por sermos polo da região alta do vale do Taquari. Sabemos que o polo do Vale é Lajeado, somos uma referência para a região Alta.

denise pretto pergunta para baixinho orsolin

Temos a compreensão perfeita de que os cursos técnicos profissionalizantes que é uma das seguras alternativas para o nosso jovem, até mesmo com idade ainda menos avançada, ter seu próprio sustento. Esse trabalho que está se fazendo com a Uergs e nós temos também aqui uma empresa com a qual estamos conversando e já cedemos inclusive salas do nosso Centro Municipal de Educação, que é a Lume, para trazer para cá cursos profissionalizantes. Então, a busca de uma profissionalização dos nossos jovens vai fazer com que a região alta possa estar aqui conosco convivendo e ampliar o conhecimento e esses jovens poderem ter futuro logo ali adiante.

A educação ambiental infantil, principalmente, é muito importante não só para o indivíduo, mas para o que ele vai fazer para proteger, no futuro, o meio ambiente. Qual é a sua meta e quais os objetivos para utilização do Jardim Botânico de Encantado?

Resposta BAIXINHO ORSOLIN

Eu vejo que o Jardim Botânico é uma necessidade, é um projeto ambicioso, nós já tínhamos definido um espaço na área do Ministério da Agricultura para poder implantar o Jardim Botânico. Vejo que a nossa juventude hoje, as crianças principalmente, estão numa cultura diferente, num entendimento diferente do que nós adultos na questão ambiental. Vejo um futuro próximo e bom diante das pessoas, porque as crianças estão aderindo a esta cultura, de poder fazer com o ambiente seja respeitado. No nosso governo conseguimos implantar um ponto que é chave e necessário para qualquer cidade que, inclusive, os ministérios do governo federal não irão repassar recursos nos próximos anos se não tiver o tratamento de esgoto. Nós no nosso governo implantamos junto com o convênio com a Corsan, que foi um repasse de recursos para poder começar o tratamento de esgoto clocal. Temos hoje o Bairro São José que está sendo atendido, não está funcionando ainda, mas a

Corsan está fazendo. E uma subestação de tratamento que vai funcionar, poder fazer com que nossos esgotos cloacal sejam tratados. Esse foi um pensamento do nosso governo, foi uma necessidade que vimos e, graças a Deus, com essa nova mentalidade de crianças e jovens, acredito que em curto prazo teremos um grande valorização quanto a questão ambiental. É uma necessidade, uma questão de saúde pública, de saúde das pessoas. Por isso creio que isso será implantado.

Réplica DENISE PRETTO

A minha pergunta acho que não me satisfez. Porque eu mais diretamente queria saber sobre o Jardim Botânico, já que foi um projeto há muitos anos da Câmara de Vereadores, quando o Irno Pretto era vereador. Não me recordo, acho que foi do governo Adroaldo Conzatti, ele foi dado o pontapé inicial. E até hoje não houve nada. E o nosso plano de governo nunca esqueceremos esta questão ambiental. Reformularemos o Jardim Botânico

para poder receber visitas para estudo e preservação do mesmo. Levar as escolas primárias para juntos explorarem a flora e a fauna da região e saber respeitá-las.

Tréplica BAIXINHO ORSOLIN

No nosso governo, sabíamos do Projeto porque este projeto, se eu bem tenho memória, foi iniciativa do seu marido Irno Pretto quando vereador, e eu era vereador junto com ele. Mas se montou um projeto para o Jardim Botânico, a Câmara autorizou a criação, mas não tínhamos um local. O Jardim Botânico você não consegue fazer no papel. Você tem que ter um local específico para poder dar a manutenção de mudas, de criação de mudas, a participação, etc. No nosso governo determinamos um espaço, que era junto à área do Ministério da Agricultura. Em parceria com a Uergs, tínhamos com a reitora Mauri, na época, e um conselho do município, que estavam desenvolvendo e buscando recursos para isso. É um projeto complicado.

No estúdio da Rádio Encantado: Milton Fernando foi o mediador do debate. Dilamar dos Passos controlou o cronômetro


Eleições

2012

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

13

paulo costi pergunta para denise pretto

Em se tratando de saúde das pessoas, sabemos que as ações da saúde preventiva são muito importantes. Por isso valorizamos muito o trabalho das nossas agentes comunitárias. A senhora conhece esse serviço. Sabe quantos PSFs temos em Encantado?

Resposta DENISE PRETTO

Pelo que ouvi da sua palavra são quatro PSFs. E na nossa plataforma nós temos a solicitação que sejam criados mais PSFs, com a valorização e qualificação das pessoas que atendem as famílias. Sei também que foi agora na sua administração que houve um concurso público e que isso aí regularizado nós pretendemos criar mais e qualificar mais, que é o que a comunidade está pedindo.

Réplica PAULO COSTI

Quando assumimos em janeiro de 2009 havia dois PSFs que deveriam estar trabalhando com 25 agentes comunitários de saúde. Porém, só estavam atuando 10, o governo anterior não completou. Nós é que quando assumimos colocamos as novas

15 agentes comunitárias de saúde, ou seja, 15 regiões estavam sendo desassistidas. Instalamos nesse mandato realmente mais dois PSFs, totalizando 42 agentes e fazendo atendimento em 97% das residências. Cientes da importância dessas 42 agentes, ao longo deste mandato, também tratamos de valorizá-las, recompensando com melhor salário. Praticamente quase dobramos o salário. Elas representam um importante ponto de apoio na nossa secretaria da saúde. A saúde da população sempre será prioridade. Só para terem uma ideia, em 2009 foram visitadas 15.180 famílias, em 2010, 16.260 e, em 2011, 37 mil famílias foram visitadas.

Tréplica DENISE PRETTO

Como já falei, acho que está completo o assunto, mas quero reafirmar que vamos ampliar esse trabalho, com melhorias, visando sempre a família encantadense.

Candidatos durante o debate: Baixinho Orsolin, Denise Pretto e Paulo Costi

baixinho orsolin pergunta para paulo costi

O senhor disse recentemente que eu trabalhei com 10 agentes de saúde, que eu trabalhei com aquelas que herdei do seu governo. Mas nós administramos o município quatro anos e o senhor 12 anos. O senhor acha que eu deveria ter feito tudo aquilo que o senhor não fez nos seus governos. Nas nossas visitas ao interior e nas áreas urbanas, estamos ouvindo muitas reclamações. O senhor está administrando o maior orçamento dos últimos anos do nosso município, em torno de R$ 40 milhões. Esse incremento do orçamento foi fruto do nosso trabalho, implantação dos nossos valores, principalmente, na agricultura. E eu pergunto: hoje é o dia do estudante, porque tanta reclamação e a falta de incentivo para os estudantes?

Resposta PAULO COSTI

Quem está afirmando que falta incentivo aos estudantes é o senhor. Não temos recebido esse tipo de reclamação. Talvez você esteja falando nos universitários, até é possível. Mesmo não sendo obrigação do município em fazer esse tipo de transporte, nós assim mesmo contribuímos e pelo menos minimizamos as suas dificuldades. Mas o senhor fala em orçamento, que estamos com orçamento maior. No mandato anterior ao seu, mesmo com orçamento menor do que o seu, bem menor, nós adquirimos máquinas, equipamentos, o senhor não adquiriu nenhuma. Nós fizemos as casas populares, melhoramos a saúde com orçamento menor. Mas o senhor tem afirmado categoricamente, especialmente, na área da saúde, que temos de R$ 900 mil a R$ 1 milhão por mês. Não é verdade, o senhor está faltando com a verdade, tanto que no ano de 2011 os investimentos na área da saúde foram de R$ 5,8 milhões. Ou seja, não dá esse valor. Mas

eu quero fazer uma referência à comunidade, do que é realmente se preocupar com a saúde das pessoas. Em 2005 o senhor tinha um orçamento de 21,62%, que foi o que nós deixamos, o senhor caiu para 20,32%, aplicou 18,81% em 2007 e 19,79% em 2008. Nós recebemos um orçamento que foi elaborado pelo senhor, em 2009 ficamos mais ou menos no patamar do senhor de 2008. Mas depois avançamos para 21,25% em 2010, 22,52% para 2011 e 23,74% para 2012. Então, acho que essas reclamações não tem uma certa veracidade, por conta do que a gente ouve da comunidade. As pessoas nos dizem ‘vocês têm que permanecer porque a administração de vocês realmente é a última dos melhores 20 anos’. Precisamos estar atentos aquilo que diz a comunidade.

Réplica BAIXINHO ORSOLIN

Eu quero dizer que no nosso governo fizemos muito. Herdamos um parque

de máquinas que, com aquele parque de máquinas e a reforma que fizemos, fizemos 96 terraplenagens. E o senhor com a compra das máquinas fez 12 em oito anos. Veja a diferença da aplicação. Com os nossos recursos, fomos reduzindo os recursos na saúde, porém, aplicávamos bem e melhor do que está sendo aplicado hoje. Atendíamos muito melhor, tínhamos medicamentos na farmácia popular. As pessoas reclamavam menos. É uma necessidade da população? Sim. O pedido é grande sim, mas atendíamos muito melhor do que a atual administração está atendendo. Quero dizer que a questão de orçamento, a questão de você ser o comandante do município, é saber aplicar bem os recursos, saber aplicar o orçamento. Era o que sabíamos. Por isso que fizemos bastante, porque aplicamos bem o orçamento do município.

Tréplica PAULO COSTI

Fico imaginando como está a co-

munidade ouvindo nosso debate, se o senhor disse que os equipamentos... aliás o senhor fez uma coisa inaceitável, colocou as máquinas na rua, chamou a grande imprensa, tentando denegrir a imagem de quem tinha lhe tratado bem, quando lhe repassamos o governo. Isso foi também um fator bastante negativo, certamente o senhor deixou uma imagem muito ruim. Porque todo o administrador tem que saber respeitar primeiro a vontade da população. Se naquela oportunidade eles entendiam de que o prefeito deveria ser eu, eu aceito o que a população diz. Se a comunidade entender que eu não deva continuar, saberei sair como saímos na eleição onde o nosso amigo Irno não venceu, o senhor venceu. Mas nós soubemos respeitar e deixar o senhor trabalhar. Agora quero dizer que quem conseguiu adquirir mais máquinas certamente fez muito mais por toda a nossa comunidade, não apenas do interior como também da cidade. Por isso que hoje a fotografia de Encantado é muito bem vista por todos.


14

Eleições

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012 PERGUNTA POR SORTEIO

Encantado tem auditórios em condições de receber boas palestras, tem pontos turísticos. O que falta para crescer na área do turismo e do turismo de eventos?

PAULO COSTI

Nunca foi tão utilizado os nossos auditórios no Centro Administrativo. Tivemos vários eventos na área da educação, teatro. Aliás tem trazido bastante pessoas até da região para assistir aos teatros. Recentemente, teatros promovidos por Encantado, artistas de Encantado que devemos prestigiar cada vez mais. A questão turística desde que foi criada a Amturvales, eu acho que nesta oportunidade, um dos mentores tenha sido o ex-prefeito Adroaldo Conzatti. Fui presidente da Amturvales. É um movimento regional que está acontecendo, acho que avançamos bastante. A própria região está entendendo que com um envolvimento da comunidade regional, porque não existe um município isoladamente imaginar que vai fazer turismo. Temos nesta área de turismo uma cidade que se apresenta melhor, por isso estamos contentes com aquilo que está acontecendo, melhoramos o perfil de nossa cidade. Naturalmente, a iniciativa privada tem que ser mais atuante, sabemos disso. Passa por mantermos o nosso comércio aberto nos finais de semana, são coisas que tem que ser discutidas. Porque as pessoas fazem turismo nos finais de semana. É uma discussão bem mais ampla que tem que ser feita, mas já está acontecendo. Hoje nosso perfil turístico, fruto de alguns eventos como Canto da Lagoa, Suinofest, Encontro de Trilheiros, Encontro de Motoqueiros, todos tipos de eventos que estão acontecendo. Temos que reconhecer o trabalho dessas entidades que promovem e da qual a prefeitura participa. São fundamentais para que as pessoas venham conhecer a nossa região. A nossa região é muito bonita e vamos procurar promover cada vez mais.

BAIXINHO ORSOLIN

No nosso governo fizemos um grande proveito desses auditórios justamente nas questões dos momentos turísticos e dos eventos que aconteciam em Encantado. Fomos nós que criamos aquela semana de eventos, de seminários sobre suinocultura e outras ações, como até no Encontro Internacional de Educadores quando da Suinofest. Promovemos esses grandes eventos, como foram

no Canto da Lagoa que promovíamos esses encontros para poder incrementar. Precisamos valorizar muito Canto da Lagoa e Suinofest. Precisamos mantê-los vivos, porque é uma referência no Estado e até interestadual. Os Trilheiros em Ação trazem mais de mil pessoas dos três estados do Sul, precisamos ajudar a manter esses encontros. O Festival Estudantil que criamos dentro do Canto da Lagoa tem que ser valorizado, tem que ser melhorado. Precisa continuar. É um festival que traz a integração dos estudantes da região, isso é uma questão cultural, necessária. Entendo que o setor público não tem toda a responsabilidade de fazer turismo, mas tem o dever de incentivar a criação de pontos turísticos seja na agricultura, seja na área urbana. Acho que nossa região tem um potencial muito importante e precisamos fazer isso. Lamento quando o candidato Paulo na questão das máquinas se esqueceu que a grande compra desses equipamentos ficaram para o próximo mandato todos os pagamentos dos investimentos em asfalto e nos investimentos nos equipamentos comprados pelo município.

2012

Assessores e coordenadores de campanha acompanham o debate Durante o programa, assessores das coligações ocuparam três salas da sede da Rádio Encantado AM.

Coligação PMDB/PDT/DEM

DENISE PRETTO

O turismo é nossa preocupação e está dentro do nosso plano ocupar também o auditório como já está acontecendo com nossos amigos Daniel e Angela Reale, oferecendo à comunidade belos espetáculos. Eles estão engrandecendo a nossa cidade. No próprio auditório pretendemos realizar um cinema. Podemos aproveitar como um cinema, já foi feito em outras ocasiões e pretendo que isso seja desenvolvido. Agroturismo e ecoturismo é uma das metas principais do nosso plano. Porque vamos desenvolver as agroindústrias, criando novas rotas de turismo. Indo para Bento Gonçalves, por exemplo, a gente passa e vê aquelas famílias que desenvolvem o seu dia a dia, com produtos da sua manufatura, queijos, uva, enfim, estão no campo, estão com seus filhos, desenvolvendo suas famílias, tem um ganho e isso não deixa de ser uma geração de empregos com renda através dessas agroindústrias, pequenas cooperativas e empresas familiares.

Assessores do PSDB

Coligação PP/PTB/PT


Rテ.IO

JORNAL OPINIテグ n 17 de agosto de 2012

15


ANUNCIE NO OPINIÃO - Ligue 3751-1580 - www.opiniaojornal.com

JORNALJORNAL OPINIÃOOPINIÃO n 17 denagosto 2012de 2012 17 dede agosto

19

A cada edição, a consultora de moda Júlia Wolf dá dicas de como se vestir bem. Dúvidas podem ser encaminhadas para o email juswolf@ig.com.br Juremir Versetti

AMARRAR PARA COLORIR Gente, estou muito feliz e apaixonada pela “nova” tendência desta primavera/ verão, o tie dye....Sim, para a nossa felicidade o tie dye voltou!! Sucesso nos anos 60 e principalmente 70, muita gente achou que esta técnica não voltaria, mas voltou para nossa alegria!! E depois do fenômeno das calças estampadas, o Tie Dye não deixa a desejar, já que a mistura de cores acaba criando uma estampa, abstrata, mas mesmo assim, uma linda estampa. No exterior principalmente, o tie dye já está fazendo o maior sucesso nos micro shorts, então meninas, preparem-se, a primavera e o verão estão chegando aí

Formatura Gabriela

Gabriela Bosini colou grau em Enfermagem pela Univates no sábado (11). Gabi reuniu amigos e familiares no salão da comunidade Jacarezinho para comemorar esta importante conquista. Os pais João e Neodete, os irmãos Sabrina e João Henrique e o namorado Valdiano parabenizam e estão juntos nesta nova caminhada. Juremir Versetti

90 anos de Ângela Ângela Odila Camilotti Fiorentin comemorou os 90 anos no domingo (12). Às 10h30min aconteceu a Missa e, ao meio-dia, um delicioso almoço, que foi preparado pelo genro, Alceu Luzzi. Os filhos, genros, noras, netos e bisnetos já estão fazendo os preparativos para o seu centenário. Muitas felicidades e muita saúde vó Ângela.

Vendo

Pálio Weekend Style, ano 98/98, bom estado. Motivo troca. Tratar 9899-1950. Barbada

Vendo

Gol ano 90/90, motor AP 1.8, gasolina, bom estado. Tratar 9899-1950. Barbada

e com o calor temos também uma invasão de cores e o tie dye com certeza vai te conquistar, pois é uma grande explosão e fusão de cores em calças, saias, shorts, blusas, vestidos.... A expressão tie dye significa amarrar e tingir e é dessa forma que conseguimos a mistura tão inusitada de cores, você pode através das amarras colorir ou descolorir...o que você prefere?! Ainda estamos no inverno, mas assim que o calor de fato chegar, encare um tie dye e faça o teste...você vai amar!!! Beijos e até a próxima semana!!


MIX

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

Regina e Renato

Josué Bigliardi

20

Muita emoção e romantismo no tão sonhado Sim de Regina Fleck e Renato Bertozzi. Tons terracota e muito dourado pontuaram a decoração. A cerimônia aconteceu sábado (11), na Igreja São Pedro de Encantado, com recepção na Associação Baldo.

Miss Latina RS é de Soledade

Dalis Tragillo Fotografia

Júlia Guerra, representante de Soledade, foi eleita Miss Rio Grande do Sul Latina 2013. No top 5 do concurso junto a Miss Soledade estiveram Vitória Bisognin (Miss Santa Maria – 1ª Vice Miss), Ronédi Engroff (Miss Gramado – 2ª Vice Miss), Letícia Alves ( Miss Canela – 4º lugar) e Graziele Debastiani ( Miss Porto Alegre – 5º lugar). Juliana Pisoni (foto) representou Encantado.

EXCEL – FERRAMENTA ESSENCIAL NO CONTROLE DE FINANÇAS O uso de programas na vida das pessoas têm aumentado, conhecê-los melhor é imprescindível para otimizar seu tempo

O Excel é uma das ferramentas mais versáteis e úteis do pacote Office. Pode ser usado em diversos ambientes e com finalidades diferentes – de casa à empresa melhorando a organização do usuário e otimizando seu tempo. O programa de planilhas eletrônicas serve para executivos gerenciarem suas empresas, para professores terem controle de notas, faltas e trabalharem com planos de aulas. Serve para estudantes e serve para a dona de casa, para controlar horários como de consultas médicas, aulas ou fazer a programação do cardápio da semana e ainda para organizar o pagamento de contas e fazer orçamentos.

Para atender todos esses públicos, a Lume Centro de Ensino está com turmas abertas para o curso de Excel avançado. O objetivo do curso é instrumentalizar os alunos a utilizarem corretamente a totalidade dos recursos oferecidos por este programa a fim de qualificarem sua prática profissional ou mesmo para sua organização pessoal. A carga horária do curso é de 30 horas com uma aula semanal. As vagas são limitadas! Para mais informações acesse o site da escola www.lumeonline. com.br ou entre em contato com nossa equipe pelo telefone 51.3751 6812 ou pelo e-mail comercial@lumeonline.com.br.


POLÍCIA

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

“Os bandidos entram, quebram e levam”

21

Cerca de 20 comerciantes de Encantado realizaram manifesto junto à Brigada Militar

Encantado - Nas últimas semanas, cresceu de maneira absurda o número de ocorrências de furtos em estabelecimentos comerciais no centro de Encantado. Somente na madrugada do domingo (12), foram três locais invadidos no centro da cidade. Preocupado com o significativo aumento dos furtos no comércio, um grupo de lojistas reuniu-se a fim de buscar junto aos órgãos de segurança, soluções para o problema. O grupo dirigiu-se até o posto da Brigada Militar de Encantado. A princípio estava programada uma manifestação. Entretanto, o Capitão da Brigada Militar, Ricardo Machado da Silva, fez questão de reunir-se com os manifestantes em sua sala. Diogo Fontana foi um dos lojistas que promoveu o manifesto. Fontana mostra-se preocupado com as frequentes ocorrências. “Esta situação se transformou em rotina, os bandidos entram, quebram e levam, a pior situação não diz respeito aos produtos furtados, mas sim as vitrines quebradas, que acabam sendo um grande prejuízo para nós”, relata. Fontana ainda lembra que o manifesto tem o intuito de saber quais ações estão sendo realizadas pelos órgãos de segurança pública. “Estamos preocupados, nós comerciantes gostaríamos de poder dormir com tranquilidade, mas não conseguimos, não sabemos qual será o comércio vitimado, temos medo que esse problema se transforme em uma rotina”, comenta. Figura conhecida Diogo Fontana teve seu estabelecimento furtado há algumas semanas. O comerciante revelou informações ao Capitão da Bri-

Henrique Pedersini

gada Militar. “O indivíduo que invadiu o meu estabelecimento é o mesmo que entrou nas lojas de meus colegas, ele não é estranho, frequentemente ele está caminhando no centro da cidade”, relata Fontana, com o apoio de outros comerciantes. Também comerciante, José Elói Labres teve seu estabelecimento invadido na última semana. Zezinho, como é conhecido, desabafa sobre a situação de insegurança. “É uma situação terrível, quem deveria estar trancado no presídio, desfila livremente, enquanto nós comerciantes, temos que viver trancado como se estivéssemos em uma prisão, com medo”, diz. Labres ainda ressalta que essa ação precisa de um apoio de todo o comércio encantadense. “A minha Loja foi invadida, mesmo se isso não tivesse acontecido eu estaria nesse movimento, pois nessa oportunidade a situação aconteceu comigo, na próxima será com outro colega, por essa razão precisamos do apoio do comércio encantadense nessa causa”, comenta. Mais policiais Solidário ao manifesto, o Capitão Ricardo comemora a indignação dos comerciantes. “Esse é um passo muito importante para resolução do problema, os lojistas não estão acomodados, e nós da Brigada Militar também não”, relata. O policial salientou que a integração da comunidade com a Brigada Militar é fundamental. “Estou muito satisfeito com a presença de vocês, aproveito a oportunidade para juntar-me a esse movimento”, garante. Entretanto, o Capitão ressaltou que a Brigada Militar trabalha com ações preventivas e que a medida correta para os manifestantes nessas circunstâncias

é procurar a Polícia Civil. “Se há a identificação dos criminosos, o processo correto é procurar a Polícia Civil e efetuar o registro, pois nossa ação é preventiva, podemos até abordar esse indivíduo, mas não havendo nenhum indício de crime, não podemos fazer nada”, revela. Questionado sobre a efetividade do serviço da Brigada Militar na prevenção de furtos, o Capitão justificou que um aumento no número de brigadianos poderá contribuir para a solução do problema. Ele ainda orientou os comerciantes sobre questões de prevenção a furtos. “Se por um acaso, algum lojista avistar uma pessoa suspeita, tem todas as condições de entrar em contato com a Brigada Militar, as pessoas acreditam que incomoda a nós fazer esse tipo de abordagem, muito pelo contrário, essas situações acabam impedindo muitas ocorrências”, acrescenta. Com o apoio da Brigada Militar, o próximo passo dos manifestantes é reunir a Polícia Civil, promotores e outros órgãos de segurança para uma reunião. Segundo líderes do manifesto, a intenção é ampliar o grupo de manifestantes buscando combater os furtos ao comércio encantadense.

Fontana, um dos líderes

Caminhão bate contra barranco no Morro da Guabiroba e deixa motorista ferido

Comerciantes Joel Fraporti, Airto Giordani e Zezinho Labres Juremir Versetti

Henrique Pedersini

Loja do centro de Encantado teve vidro quebrado Fotos: Diogo Daroit Fedrizzi

Diogo Daroit Fedrizzi Encantado - O motorista Gilnei Paulo Favretto, 44 anos, ficou ferido ao colidir o caminhão contra um barranco no KM 7, da ERS 332, no Morro da Guabiroba. O acidente ocorreu por volta das 14h30min na tarde de segunda-feira (13). O veículo com placas ADQ 3378, de Soledade, carregado com 15 toneladas de sacos de milho, seguia no sentido Doutor Ricardo/Encantado. A carga seria entregue em Roca Sales e Nova Bréscia. Conforme informações da Polícia Rodoviária Estadual, o motorista perdeu o controle quando tentava reduzir a marcha e jogou o caminhão contra o barranco. O caminhão deslizou por cerca de 110 metros na lateral da pista, arrastando galhos e árvores. O Corpo de Bombeiros de Encantado foi acionado para limpar a rodovia, que ficou tomada pelos grãos de milho e pelo óleo. Favretto foi encaminhado pelo Samu para o Hospital Santa Teresinha com ferimentos leves.

Veículo transportava 15 toneladas de grãos de milho


22

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

Presos escapam do Presídio e são recapturados meia hora depois Gian Fachini/Jornal Antena

POLÍCIA/REGIÃO GIRO REGIONAL

Joilson Pereira

DOUTOR RICARDO O encontro mensal do grupo da melhor idade Felicitá foi transferido para o dia 23 deste mês, próxima quinta-feira sob alegação de acumulo de atividades.

ESTRELA A atleta recordista estadual de atletismo, Júlia Eidelwein, de 14 anos, integra a delegação do Rio Grande do Sul, nas Olimpíadas Escolares, nas categorias de 12 a 14 anos em Poço de Caldas, Minas Gerais. Julia foi selecionada pelo Jergs (Jogos Escolares do RS) e participará do pentatlo (Esgrima, Natação, Hipismo e prova combinada de Corrida e Tiro). A competição será realizada entre 5 e 15 de setembro.

VALE DO TAQUARI Confirmado esta semana pela Secretaria Estadual de Saúde, que a causa do óbito de um aposentado com 83 anos, residente em Teutônia, ocorrido em 20 de julho, foi o vírus H1N1. É a segunda vítima na região neste ano. Também confirmado pela Coordenadoria Regional de Saúde que na região houve confirmação, além das duas mortes, de 15 casos de gripe “A”, todos já liberados. Policiais agiram rápido e recapturaram os dois foragidos Henrique Pedersini Encantado - Na tarde da quarta-feira (15), dois presidiários fugiram do Presídio Estadual de Encantado por volta das 16h50min. Rafael de Souza, 26 anos, é natural de Passo Fundo e cumpre pena por furto de veículos. Patrick Santos de Souza, 20 anos, é natural de Porto Alegre e cumpre pena por furtos. A dupla aproveitou-se do horário de visitas para quebrar o muro que separa o pátio da casa penitenciária da Bafômetro Na noite do domingo (12), a Polícia Rodoviária Estadual de Encantado atendeu uma ocorrência de embriaHenrique Pedersini guez ao volante. Um jovem de 21 anos conduzia um carro Fiesta e, ao ser abordado, o condutor negou-se a realizar o teste do bafômetro. Um motorista de 48 anos, residente em Muçum, guiava um Fiat Uno. Ao ser submetido ao teste do bafômetro foi constatado o percentual de 0,93 gramas por litro de ar expelido. O condutor foi encaminhado para Delegacia de Polícia de Lajeado, onde foi efetuado registro e posteriormente feito o pagamento de fiança. Incêndio Na noite do domingo (12), o Corpo de Bombeiros de Encantado atendeu um incêndio no mercado Jetânia, no bairro Dois Lajeados, na localidade de Batingão, em Roca Sales, pertencente a Guilherme Lutz. Conforme registro, houve queima total das mercadorias, além de queima parcial do prédio. Segundo Lutz, os prejuízos ultrapassam os R$ 10 mil. O dono do estabelecimento afirma que estava dormindo quando o sinistro teve início. Foram destruídos vários produtos e máquinas, além disso, o fogo consumiu R$ 10 mil em dinheiro.

Furtos Na madrugada do domingo (12), a Brigada Mi-

rua, utilizando uma barra de ferro retirada de uma das janelas do presídio. Rafael e Patrick quebraram o concreto e foram removendo os tijolos do murro, criando um buraco de quase 40 centímetros. Dez policiais e quatro viaturas foram utilizados na operação de resgate. Conforme o tenente da Brigada Militar, Paulo Cezar Diehl, a dupla foi levada para delegacia onde foi efetuado registro. Em seguida, a dupla regressou para o Presídio de Encantado. A operação durou cerca de 30 minutos. litar atendeu três ocorrências de furtos no centro de Encantado. Por volta das 3h, foram quebradas as vidraças de três lojas, furtando roupas e outros artigos que se encontravam em exposição. As lojas atacadas dessa vez foram a Farmácia Santa Luzia, na esquina da Praça da Bandeira, a Loja variedades Camila, na Tiradentes, próximo ao banco Sicredi, e a Zezinho Artigos Esportivos, na Galeria Perretti, no centro. Os acusados usaram pedras para quebrar as vitrines, de onde retiraram artigos que se encontravam próximos ao passeio público. Agressões A Brigada Militar de Encantado foi acionada no início da noite da segunda-feira (13) para atender uma denúncia de agressões. Conforme registro, uma mulher teria sido agredida pelo companheiro. Antes da chegada da guarnição o acusado fugiu do local.

Drogas No início da madrugada da última terçafeira (14), a Polícia Rodoviária Estadual de Encantado foi comunicada, através de uma denúncia anônima, que dois homens em um Fiat Pálio de cor vermelha com placas de Táxi, estavam se deslocando para o município de Encantado para comprar drogas. Ao retornarem, os policiais realizaram a abordagem em frente ao Posto Policial, sendo identificado o motorista e mais dois passageiros. Com um dos passageiros, de 30 anos, foi localizada pequena quantia de Crack. O portador da droga disse ser usuário. Foi efetuado o termo circunstanciado e os envolvidos foram liberados.

ANTA GORDA Estão sendo colocadas mais de 230 placas refletivas de sinalização de ruas, denominações e orientações. O investimento é de cerca de R$20 mil. A previsão de conclusão dos trabalhos é no final do mês.


COLUNA DE NILSON DEBORTOLI - Página 26

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

23

Henrique Pedersini

SCREC

estadual de juvenil

leão ainda busca os primeiros pontos página 25

Henrique Pedersini

Na oitava reportagem da série, o Jornal Opinião foi conhecer as “personalidades” da SCREC, de Encantado. PÁGINA 27

ATLETISMO

Equipe treina para a Rústica Encantada Pág.24


24

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

ATLETISMO

Equipe realiza treinamentos para Rústica Encantada

Fotos: Henrique Pedersini

Henrique Pedersini Em meio às atividades de abertura da Semana da Pátria, dia 1º de setembro, na Praça da Bandeira, o município realiza a Rústica da Pátria. A competição será dividida em quatro categorias – até 10 anos, até 14 anos, até 18 anos e Livre. Em todas as categorias podem se inscrever atletas do sexo feminino e masculino. O circuito terá largada às 9h30min e chegada em frente à Praça da Bandeira, passando pelas ruas Monsenhor Scalabrini, João Sana, Parque Multiesportivo, rótula da Avenida Antônio de Conto e retornando à praça. A quantidade de voltas será diferenciada para cada categoria.A Semana da Pátria 2012 será comemorada de 1º a 7 de setembro e está sendo organizada

pelas secretarias municipais de Educação e Cultura e a da Juventude, Desporto e Turismo. O professor de educação física, Marcelo Labres, montou uma equipe de rústica. Os treinamentos acontecem nas segundas e quartas feiras na parte da noite, com saída da praça da Bandeira. Labres salienta o comprometimento das alunas nos treinamentos. “As vezes algumas alunas nossas fazem sacrifícios para estarem nos treinamentos, pois elas sabem que é um momento para lazer e para cuidarem da saúde delas”, avalia Marcelo. O professor explica como acontece a preparação para a rústica do dia primeiro de setembro. “Temos 25 alunas em nosso treinamento, as garotas estão divididas em grupos levando em conta a resistência física. Então realizamos corridas intercaladas

FUTSAL

com caminhadas” comenta. O professor comemora a evolução constante das alunas. “Começamos em uma turma menor, fazendo corridas leves, hoje estamos percorrendo a distância de seis quilômetros, é uma grande marca”, avalia. O professor revela que as próprias alunas solicitam para que os treinamentos sejam em ritmo forte. “No momento estamos treinando para essa competição, em Encantado, depois disso, pretendemos percorrer rústicas em Porto Alegre e outras cidades, as garotas estão em excelente condição física”, diz Labres. Nem todas as meninas participarão da rústica em virtude de compromissos profissionais. A competição ocorre na manhã de um sábado, e faz parte da abertura da semana da Pátria.

CFM entre os seis melhores do EstadO A escolinha encantadense CFM definitivamente vive um grande momento. Após a convocação do zagueiro Paulo Sérgio para seleção brasileira, o CFM volta a ser notícia. A categoria 1998 do clube está entre os seis melhores do estado. No último final de semana, o time foi até Soledade, para disputa de duas partidas pela Taça Gaúcha de Futsal. No primeiro duelo, o CFM venceu por 5 a 2 o Boa Vista do Sul. No mesmo dia, o CFM venceu o Soledade por 6 a 4, e sagrou-se campeão da região Norte. O técnico Fernando Radaelli comemora o sucesso de seus comandados no campeonato. “A nossa categoria 1998 é diferenciada, não é surpresa mais essa conquista”, afirma o técnico. Na fase final, os seis campeões regionais serão divididos em dois triangulares. O grande destaque do time é o atleta Guilherme Machado. O jogador teve curta passagem pelas categorias de base do Grêmio, e atualmente e o cérebro da categoria 1998 do CFM.

Goleadas e classificação no Estadual No sábado (11), o CFM/ALAF entrou em quadra no Ginásio Municipal de Nova Bréscia em duelos decisivos pelo Estadual de Futsal Série Ouro. O adversário era o Arsenal de Não - me Toque. Com boa atuação, o time encantadense goleou o adversário pelo placar de 5 a 2. Já na categoria 2001, o CFM/ALAF venceu pelo placar de 5 a 1. Com os resultados, ambas as categorias garantiram classificação de forma antecipada.

Time da Sub-14

Labres afirma que equipe pretende disputar corridas na capital

Treinamentos acontecem nas segundas e quartas-feiras

QUENTINHAS DO PEDA *Um célebre personagem do esporte encantadense confidencioume que irá candidatar-se para presidência do Esporte Clube Encantado, dependendo do resultado das eleições municipais. *O ex jogador Marron está trabalhando nos bastidores para voltar a trabalhar no futebol encantadense. O ex-jogador chegou a aprsentar um trabalho para o Esporte clube Encantado, mas a proposta não foi aceita. *O Esporte Clube Juventude aconselhou o ala Paulo Sérgio a atuar apenas pelo time caxiense. O jogador é cotado para ser novamente convocado a Seleção Brasileira *O destino de Eduardo Civardi deverá ser mesmo a Polônia. Um clube Polonês estaria mantendo contato com o empresário do jogador. Clubes da série B também tem interesse no encantadense. *A escolhinha Águia está realizando pré-temporada para voltar as atividades em 15 dias. O professor Paulo Guedes segue coordenando os trabalhos. *Dois jogadores de Curitiba estão chegando para o Encantado. Especula-se que se trata de dois meio-campistas. Dois jogadores empresariados por Baidek, ex zagueiro e campeão do mundo pelo Grêmio já estão treinando nas Cabriúvas. *Lucas Turatti, atleta do CFM, nascido no ano de 2004, vem encantando a comissão técnica do Juventude. O jogador faz parte de uma parceria entre o time da Serra e o CFM *O zagueiro Marcelinho Labres é reforço do São José de Coqueiro Baixo para disputa do Regional. *O Juventus do Lajeadinho cogita encerrar sua participação nos jogos de sábado à tarde, nos próximos dias jogadores e dirigentes definirão a situação.


25

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

Henrique Pedersini

ESTÁ NA HORA DE O LEÃO DEIXAR DE SER GATINHO

Após três jogos sem somar pontos, EC Encantado precisa de reação imediata para ainda sonhar com a classificação. Adversário deste sábado é o Gramadense nas Cabriúvas Não foi na quarta rodada que o Encantado conseguiu seus primeiros pontos no Estadual. Na última quarta-feira (15), em jogo disputado nas Cabriúvas diante do Internacional de Santa Maria, o Leão do Vale foi derrotado mais uma vez na competição. O time visitante venceu pelo placar de 2 a 1. O próximo compromisso do time de Danilo Mior é neste sábado (18), diante do Gramadense no Estádio das Cabriúvas.

Escalação Com o compromisso de vencer atuando em casa, Danilo Mior escalou uma equipe equilibrada. Buscando atacar pelos lados do campo, o técnico montou um esquema com uma linha de quatro defensores. Jé pela direita, César e Possamai no miolo da zaga e pela esquerda o estreante Fernando. Dinho e Ninho eram os volantes, Leonardo e Maurício os articuladores, Alex Junior tinha a missão de atuar nas costas do lateral direito do time de Santa Maria, além dele, Ronaldo era o comandante das jogadas ofensivas. O recém-contratado Jardel não pode fazer sua estreia em razão da documentação que não estava habilitada na Federação.

Início confuso O Encantado demorou a acertar-se em campo. Sem laterais de ofício no jogo, o Leão afunilava os lances em seu meio-campo. O adversário era o mesmo da Copinha no primeiro semestre, entretanto o elenco era totalmente diferente. O Encantado conseguiu levar perigo apenas nos lances de bola parada, em um deles. o zagueiro César quase marcou de cabeça. Fernando, improvisado na ala esquerda ficava restrito a marcação, à sua frente estava Alex Junior que

Fotos: Henrique Pedersini

teve espaço na primeira etapa e chegou a criar alguns lances que levaram perigo. O Inter apostava nos contra-ataques, e chegou a levar perigo várias vezes. O atacante Junior teve duas boas chances, em uma delas o goleiro Isaías fez boa defesa. O lateral direito do Internacional Vagner, desperdiçou outra oportunidade dentro da grande área.

Segundo tempo O Encantado voltou com mudanças para o segundo tempo. Fernando deixou o gramado lesionado, em seu lugar entrou Giovani deslocando Alex Junior Para ala esquerda. O Leão passou a ter o domínio das ações. Aos 15 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Encantado. O canhoto Alex Junior cobrou no lado direito do goleiro, para fora. Logo em seguida veio o castigo. Em triangulação pelo lado direito, Vagner rolou para o meio da área, o volante Cebola mandou a bola para o fundo das redes, Inter 1 a 0. O Encantado sentiu ambos os golpes. Aos 28 minutos, em cobrança de falta, Vagner marcou um belo gol, ampliando para 2 a 0 o marcador. Danilo Mior ainda mandou a campo o atacante Biel e os meiocampistas Andrius e Roger. Aos 31 minutos, o árbitro marcou mais um pênalti para o Encantado. Na cobrança, Ninho mandou a bola para o fundo da rede, 2 a 1. Após o gol, Ninho tentou tirar a bola das mãos do goleiro para não retardar o reinício da partida, na confusão, Ronaldo foi agredido por um jogador do Inter -SM. O árbitro expulsou o centroavante do Encantado Ronaldo e o meia Bêbê do Inter. O Leão ainda tentou reação, mas era tarde. Vitória do Internacional. O Encantado acumula sua terceira derrota em três jogos no estadual.

Inter de Santa Maria (de branco) chegou a abrir 2 a 0 de vantagem

ANÁLISE DO TÉCNICO

Danilo Mior

CLASSIFICAÇÃO Clube 1º - Grêmio 2º - Caxias 3º - Cerâmica 4º - Pelotas 5º - Cruzeiro 6º - N. Hamburgo 7º - Progresso 8º - Encantado

PG 12 10 10 07 07 06 04 00

Após a partida, Danilo Mior e o preparador físico Werner Werle dirigiram-se aos vestiários, falaram com os atletas e depois conversaram por alguns minutos. Em seguida, Mior fez sua análise da partida. “Foi um jogo difícil, enfrentamos uma grande equipe, encorpada e de boa qualidade técnica”, avaliou. Mior ainda ressaltou que o resultado poderia ter sido mais elástico. “ Definitivamente não foi um bom dia nosso, fomos mal, no segundo tempo, sentimos o golpe do pênalti perdido e do gol que sofremos, mas são GP 12 07 06 07 05 09 08 03

GC 02 02 03 05 03 08 11 08

SG 10 05 03 02 02 01 -3 -5

coisas do futebol”, relata. Sobre o próximo compromisso do Leão diante do Gramadense, neste sábado, o treinador lamenta a falta do centroavante Ronaldo. “O Ronaldo fará muita falta no próximo jogo, é o único centroavante que temos, é um jogador com características diferentes, mas temos que buscar o resultado e vamos em busca disso”, diz. Após o duelo do sábado diante do Gramadense, o Encantado vai até Caxias do Sul enfrentar o Juventude.

DESTAQUE

O volante Ninho foi um dos destaques do último jogo. Ele marcou o gol do Leão na cobrança de pênalti


26

JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

Divulgação

ALAF goleia em Nova Bréscia Na noite da sexta-feira (10), um duelo amistoso de futsal reuniu o elenco profissional da ALAF de Lajeado e um combinado do CFM de Nova Bréscia. O objetivo era promover integração de mais uma equipe de futebol profissional com a escolinha do CFM. A partida terminou com vitória da ALAF por 21 a 2. A comunidade bresciense esteve presente para acompanhar o duelo.

Etapa do Guri Bom de Bola é hoje

Hoje (17), Encantado realizará a etapa municipal do Guri Bom de Bola 2012, no Estádio Das Cabriúvas, a partir das 13h. Diversas escolas do município estarão disputando o título, que dará direito a vaga na fase regional, no mês de outubro em Teutônia. A realização da etapa municipal será coordenada pela equipe da Secretaria Municipal da Juventude, Desporto e Turismo e Conselho Municipal de Desporto (CMD). O coordenador de esportes Thiago Marchese ressalta a importância do torneio. “É um dos campeonatos que os garotos mais gostam de disputar, além de que o campeão segue na disputa das próximas fases”, afirma Marchese.

REGIONAL DA ASLIVATA

Esperança tropeça na estreia Jogando em Fazenda Lohmann, o Esperança não obteve um bom resultado. O time foi derrotado pelo placar de 3 a 1 para o 25 de Julho de Cruzeiro do Sul. O gol do Esperança foi marcado por Gustavo Magedanz. Na próxima rodada, o time de Fazenda Lohmann enfrenta o Delfino Costa, em Lajeado. Já o São José de Coqueiro Baixo não estreou na competição. O duelo contra o Passo do Corvo foi adiado em virtude do falecimento de uma pessoa ligada ao clube de Coqueiro Baixo. A partida foi remarcada para o feriado de Sete de Setembro. O São José joga nesse domingo (19), diante do 25 de Julho. As partidas tem início agendado para as 15h30min.

*O municipal de Bochas masculino-2012, terá no sábado (18) os jogos de ida da Fase Semifinal. Enfrentam-se Jacaré e Círculo Operário e São José contra o Garibaldi. Os jogos de volta acontecem no sábado (25); * No Estadual Juvenil, pela quarta rodada, nas Cabriúvas, quarta-feira (15), Encantado 1 X 2 Internacional-SM, no sábado 18 de agosto, nas Cabriúvas as 15h15min, o Encantado recebe o Gramadense pela quinta rodada da competição; *O jogo da terceira rodada do Estadual Juvenil entre Encantado e São José de Porto Alegre, não foi realizado no sábado (11); *Fundado em 22 de agosto de 1982, o S.E.R. Ouro Verde da Vila Moça completa na quarta-feira (22) o seu 30ª aniversário e recebe nossos cumprimentos; *Terminou no sábado (11) o Municipal de Marques de Souza. O Novo Aliança de Linha Atalho conquistou o título ao vencer o Brasil nas penalidades por 3 a 1, depois do empate em 2 a 2 no tempo normal; *Iniciou no domingo o Regional da Aslivata, Copa Vale do Forqueta. Esperança RS 1 X 3 25 de Julho. O duelo entre São José e Passo do Corvo será no dia 07 de setembro; *O estádio Ricardão, em Doutor Ricardo será palco da primeira rodada do regional da Zona Alta. Os jogos do domingo são: Independente X Cruzeiro, e Juventude X São Jorge.

ACEST - AMISTOSOS Resultados amistosos / 11 de Agosto Hlera 4 X 1 Sakemihouse Manchester 3 X 2 Racing Hoolygans 2 X 1 Sokellos Bohemios 1 X 6 SCREC Caballeros 1 X 1 Inter-BC Muçum 0 X 3 Abutres Jucentude-L 1 X 1 Los Acumulados Benfica 1 X 9 Serrano Relvado 5 X 3 Botafogo-NB Caçadorense 6 X 3 Los Ama Paloma 0 X 1 Arsenal Juventus 1 X 2 Glicose La Pelota 0 X 3 Luccar Moranga Mec 1 X 0 Cruzeiro Xurupita 4 X 1 Ajax Bruxel 5 X 4 Albatroz União 0 X 1 Sport Star Juventude 2 X 7 Bolerage Juventude-TR 5 X 2 Botafogo-RS

Amistosos do Sábado / 18 de agosto Serranão – Serrano X Baturité Vet. Serrano X São Bento Azulão – Hoolygans X Pavilhão IX Arsenal X Juventude-COL Barão – Caballeros X Pumas La Pelota X Juventude-RS Cruzeirão – Racing X Sakemihouse Cruzeiro X Sport Star Moção – Ajax X Juventude-LAMB Ouro Verde X Botafogo-RS Muçum – Moranga Mec X Albatroz Fortes e Livres X Paloma Cabriúvas – Luccar X Toma 10 Baixada – Xurupita X Benfica-NB R. Sales – Glicose X Bohemios Jacão – Jacaré X Manchester C.E.Dália – SCREC X Inter-BC Ricardão – Los Acumulados X Concórdia N.Bréscia - Zambiazi X Botafogo-NB Relvedere – Vet. Tiradentes X Operário Caçadão – Caçadorense X Relvado Muçum – Muçum X Hlera Reizão – Juventude-TR X Abutres

Domingo pela manhã / 19 agosto Relvadão – Relvado X Vespasiano Correa


JORNAL OPINIÃO n 17 de agosto de 2012

As personalidades da

Henrique Pedersini

O oitavo participante da série “Sábado à tarde futebol clube” é a Sociedade Cultural Recreativa Esportiva Cosuel (SCREC). Fundado no dia 13 de Novembro de 1975, o time viveu seus anos de glória nas décadas de 1980 e 1990, quando o time conquistou títulos municipais e até estaduais. A origem do SCREC veio através de um grupo de funcionários da empresa, na época denominada Cosuel. O grupo de funcionários reunia-se para jogar futebol nas tardes de sábado entre si, mas tarde

veio a ideia de fundar um clube para disputar jogos nos sábados à tarde. Em 1988, o clube conquistou um título a nível estadual, disputado por cooperativas. Nos gloriosos tempos, o SCREC foi uma potência do futebol encantadense, anos depois, em virtude da falta de atletas, o clube encerrou suas atividades. Há pouco tempo atrás, a SCREC reabriu as atividades nas tardes de sábado. O time dispõe de ampla estrutura localizada perto da Dália alimentos. O uniforme do time é formado pelas cores verde e branco.

FAMÍLIA EM CAMPO

Juninho e Alex

27

SCREC figuraças

Salsicha (acima) e Cardoso (ao lado)

É comum nos sábados à tarde, presenciarmos pais e filhos que atuam pela mesma equipe. É o caso do pai Alex e do filho Juninho. Os dois provocam correria nas defesas adversárias. Eles têm tanto entrosamento que até a chuteira é idêntica.

Com certeza, a SCREC é o time com maior número de figuraças dos clássicos aos sábados. Destacaremos duas: O presidente-artilheiro e o Salsicha. Cardoso é centroavante, daqueles que pega a camiseta nove e leva pra casa depois da partida. Presidente do time, Cardoso tem fôlego de garoto. Na última rodada dos jogos, o centroavante correu em toda a partida, se não bastasse, no último lance do jogo, Cardoso acertou uma linda bicicleta no canto do goleiro e fechou o placar em 6 a 1. A outra figuraça joga na zaga, e lembra um saudoso personagem infantil. É impossível não associar o zagueiro da SCREC ao Salsicha da série Scooby - doo. Essas, as figuraças da Sociedade Cultural Recreativa Esportiva Cosuel.

ANÁLISE TÁTICA Velocidade, essa é a palavra de ordem do SCREC. O time chama atenção pela correria imposta pelos atacantes, que aliás são muitos, pois o técnico adota um esquema ofensivo. Os destaques são o velocista Juninho e o volante Paulo, que comanda o meio-campo da equipe. Outro grande destaque é o goleiro Marola, que passou por vários times de sábado à tarde. A jogada chave do SCREC é o contra-ataque, foi assim que na última partida, o time goleou o Bohemios por 6 a 1.


Encantado, 17 de agosto de 2012 - Pรกgina 28

Jornal Opinião 17 de Agosto de 2012  

Veículo do Grupo Encantado de Comunicação, da cidade de Encantado/RS