Page 1

Diogo Fedrizzi

ALERTA DO PRESIDENTE

O POVO NÃO QUER MAIS CIRCO

Vereadores voltaram do recesso nesta quinta-feira (16) e Eldo Orlandini fez um apelo para que a imagem da Câmara em 2012 melhore junto à população de Encantado

Página 7 LEIA TAMBÉM

CONTAS DA PREFEITURA

Advogado do prefeito prepara recurso contra decisão do Tribunal Página 7

Encarte Especial


Coluna Milton Fernando

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

5

milton@rdencantado.com.br

Da palmatória ao tablet, sempre à frente do seu tempo Divulgação

Esta semana, representando o Grupo Encantado de Comunicação, participei de um café da manhã em homenagem aos 120 anos do Colégio Evangélico Alberto Torres, carinhosamente chamado de CEAT. Isto mesmo, 120 anos, quando os índices de analfabetismo atingiam cerca de 80 por cento, se pegarmos índices do século passado, época da palmatória, dos grãos de milho, do pião, da cabra-cega, da bola de pano, a pena no lugar da caneta, e por aí se seguia na fundação do CEAT. E uma história bonita, afirmou o Diretor Hardy Storck em sua explanação, e com certeza não errou, também em sua oratória... ele disse que “não tiramos isso só do suor, aqui também tem dinheiro que veio da Alemanha”, o que naquele momento talvez menos importasse, já que a estrutura física, e todos aqueles que por lá passaram até hoje, ou ainda vão passar, sabem disso, já que esta escola sempre esteve sintonizada com o momento atual do Vale do Taquari. “Queremos legitimar um compromisso com a sociedade, o que sempre nos moveu, nesta trajetória”, afirmou o diretor, caminho este que para o Vale do Taquari, e outras regiões do estado e do país, ajudou a preparar bons médicos, advogados, administradores, economistas, dentistas, professores, mantendo-se firme no compromisso de formar pessoas que fossem e sejam respeitadas no meio em que vivem ou foram viver. Não foi só de profissões tradicionais que viveram os egressos do CEAT, agora estão se formando mestres na ciência da computação, estilistas, profissionais de marketing, especialistas em design de interiores e exteriores, profissionais no mundo da moda e, se não estiverem se encaminhando para as profissões do futuro, preparados estão saindo da escola.

O ano mais difícil Empreender, apostar, instalar, consolidar, arriscar, dúvidas, certezas, mercado, local, etc., estas palavras devem ter sido proferidas, pensadas ao longo de um tempo, antes que a Eurovale Fiat se instalasse na RS 129 no município de Encantado. Como seremos recepcionados? Tem mercado para nossa empresa? E outras dúvidas devem ter passado na cabeça dos jovens empresários de Caxias do Sul, Albino e Emerson. Mas tudo deu certo. Na noite da quinta feira (9), em um coquetel regado à alegria, satisfação, sucesso e, principalmente, a muita amizade e sorrisos, mostrou que todas as apostas e indicativos

Nestes 120 anos, os últimos 50 a 60 anos apenas dois diretores estiveram no comando da escola, isto dito por uma professora que já está aposentada, e com orgulho falava da escola

Qual a receita para uma escola com tanto sucesso, que viveu todos os anos de forma intensa e moderna, modelada ao mundo que vivia um cotidiano sem muitas alterações, e vive hoje um mundo de alterações constantes, e contínuas, sem saber se o que ensinamos hoje valerá no ano que vem. Esta receita nos foi ensinada no café da manhã, e talvez para alguns tenha sido deixada de lado, e nem foi percebida. Nestes 120 anos, os últimos 50 a 60 anos apenas dois diretores estiveram no comando da escola, isto dito por uma professora que já está aposentada, e com orgulho falava da escola. Lá também estava uma ex-funcionária, se não me engano, com 50 anos de casa, sem ninguém pedir, ainda se preocupava com as pessoas que visitavam a escola que ela ajudou a erguer, e ajeitava algo que passava despercebido no café da manhã oferecido, e o fazia com um brilho nos olhos de que vivia aquele momento com prazer. A professora que cuidará das olimpíadas em homenagem aos 120 anos, dizia com orgulho: “fui aluna desta escola, e agora sou professora”. A presidente da comissão que cuida da data, orgulhosamente dizia: “tenho mais de 30 anos de CEAT”. Sem dúvida, a receita passa pelas pessoas que trabalham na instituição, pelos alunos que sabem o valor desta escola, e por uma comunidade que entende o valor de uma instituição de ensino, que cresceu no coração da capital do Vale do Taquari. Para finalizar, parabéns Alberto Torres, uma escola moderna em 1892, e a frente do seu tempo em 2012, e um parabéns especial a todos que ajudaram a fazer o Alberto Torres um jovem de 120 anos, que estará ensinando as próximas gerações com a mesma competência que mostrou até hoje.

Fotos: Juremir Versetti

Veículo novo para a Saúde Durante o coquetel, a Eurovale entregou para a Secretaria Municipal da Saúde e Meio Ambiente as chaves do novo veículo para transporte de pacientes, uma Ducato/Fiat, com

estavam certos na escolha deste empreendimento. O pior ano de qualquer empresa é o primeiro, e esse parece ter sido para a revenda Fiat, o da consolidação, e a re-

cepção afetiva por toda a comunidade da região alta do Vale do Taquari. Com certeza, Encantado é a casa da Eurovale, e estamos felizes por ser assim. Parabéns.

capacidade para 16 lugares. O veículo zero quilômetro foi adquirido com recursos próprios da secretaria, no valor de R$ 99 mil, através de licitação presencial.


Encantado

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

7

PRIMEIRA REUNIãO

Presidente quer melhorar imagem da Câmara junto à comunidade Encontro também definiu composição das Comissões e novos líderes de Bancadas DIOgO FEDRIzzI Encantado – Depois de 45 dias de recesso, a Câmara de Vereadores retomou ontem (16) as reuniões ordinárias no último ano da atual Legislatura. Três novidades no primeiro encontro: a presença de Eldo Orlandini, do PMDB, no comando da Mesa Diretora; o suplente do PMDB, Carlos Alberto Marder, que ocupa o lugar de Valdecir Gonzatti, em período de licença; e Sander Bertozzi, do PP, que recupera a titularidade na vaga de Osvaldo Delazari (PTB), após um período como secretário de Agricultura. De imediato, o presidente Eldo Orlandini deu um recado para os colegas. Segundo ele, ocupar a principal cadeira do Le-

Fotos: Diogo Fedrizzi gislativo sempre foi um sonho. “Quero oferecer para o meu pai o título de Presidente desta Casa”, disse. Ele também pediu aos demais vereadores um comportamento mais preocupado com as questões que visem ao desenvolvimento do município, principalmente, por se tratar de um ano eleitoral. “A comunidade espera de nós os primeiros sinais de uma campanha política serena, com nível melhor do que as anteriores. Somos responsáveis por conduzir os trabalhos desta Casa de modo produtivo, sensato, sem nenhuma intenção de fazer fogueira. Eu apelo para a obtenção desse resultado, a melhora da imagem da Câmara junto à comunidade”, falou. Eldo prometeu agir quando

as discussões entre os parlamentares extrapolarem os temas propostos pelo Legislativo. “Quando as discussões rumarem para assuntos que não aqueles tratados em nível de Câmara vamos cortar o som. O povo não quer mais circo, o povo quer trabalho. Se algumas pessoas vinham à Camara para se divertir, vamos impedir. Sob pena de suspendermos uma sessão e continuarmos no dia seguinte. Vamos trabalhar com conciliação, defendendo sempre a soberania de cada poder. Sempre visando o desenvolvimento e a qualidade de vida do cidadão de Encantado”, enfatizou. “Vou utilizar três palavras como ponto principal de minha gestão: conciliação, trabalho e desenvolvimento”.

Eldo Orlandini disse ser um sonho ocupar a cadeira de presidente e dedicou a conquista ao pai

Comissões definem nomes A sessão de ontem definiu ainda a composição da Comissão de Constituição e Justiça e da Comissão de Orçamento e Finanças. Na CCJ, Cláudio Roberto da Silva (PMDB) é o presidente, Jonas Calvi (PTB) o vice e Everaldo Delazeri (PDT) o relator. A COF tem Sander Bertozzi (PP) na presidência, Jonas Calvi (PTB) é o vice e Jair Tonezer (PMDB) o relator. Antes de definir por esses nomes, houve um período de muita discussão, tanto que os dois vereadores do PP, Arno Bagatini e Ivanor Daltoé, desistiram de integrar as comissões. O momento mais tenso foi quando Everaldo questionou a indicação de Sander para presidir a Comissão de Orçamento.

Lideranças A Bancada de Situação escolheu Jonas Calvi (foto) para ser o líder do governo. Já a oposição optou por Everaldo Delazeri (PDT) para ocupar a liderança.

Projetos

Sander preside Orçamento eFinanças

Nenhum projeto foi aprovado na primeira sessão do ano. As matérias que ingressaram na Casa nesta semana, e que tratavam dos cargos e funções públicas e do plano de carreira do magistério, receberam pedido de vistas de Arno Bagatini. Diversos servidores acomp A próxima sessão está marcada para o dia 27 de fevereiro.

REPROvAçãO DAS CONTAS DA PREFEITURA

“Não tenho dúvidas que o parecer será revertido”, diz advogado de Paulo Costi DIOgO FEDRIzzI Ainda surpreso com a decisão do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, o advogado Valdir Boniatti prepara a defesa do prefeito Paulo Costi. Nos próximos dias ele ingressará com recurso contra o parecer do TCE que reprovou as contas da gestão de 2009 na prefeitura de Encantado. O conselheiro Algir Lorenzon, que foi o relator do processo, determinou ainda a devolução de cerca de R$ 170 mil. Conforme Boniatti, o regimento interno do TCE permite mais dois recursos

com efeito suspensivo. Uma terceira via poderia ser o Poder Judiciário. O advogado está confiante de que o parecer será revertido e as glosas excluídas. “Eu tenho que acreditar no meu trabalho. Primeiro, no julgamento dos esclarecimentos, houve certa omissão no que concerne à apreciação das provas que foram juntadas nos autos”, comenta Boniatti. “Acredito que não houve uma avaliação da forma como deveriam ter sido avaliadas as provas que foram apuradas junto com as razões de esclarecimentos”. Segundo ele, os embargos de declara-

ção são para apontar as omissões e as obscuridades havidas no julgamento. “Agora, o recurso de embargos ataca diretamente o mérito. Então, eu posso atacar o mérito, posso juntar as mesmas provas ou novas provas. No dia do julgamento terei direito à sustentação oral no pleno do tribunal. Não tenho dúvida que o parecer será revertido e as glosas excluídas”, aposta. Com 25 anos de experiência, Boniatti conhece bem a realidade de Encantado. Por 17 anos prestou assessoria às administrações municipais. Ele já trabalhou com os ex-prefeitos Adroaldo Conzatti e

Agostinho Orsolin. Em 2006 e 2007 viveu situação parecida no mandato de Orsolin. “E conseguimos reverter os dois momentos”, lembra.

Experiência Durante oito anos também acompanhou a gestão de Paulo Costi. “Nestes dois mandatos, nenhuma conta havia sido reprovada. E, neste processo, não há nada que incrimine o Paulo Costi, não houve desvio de verba pública”, garante o advogado. “Tanto que no processo do vice-prefeito José Calvi o parecer foi favorável”.


8

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

a cura do Paralítico O Evangelho deste fim-de-semana, texto de Marcos 2,1-12, mais uma vez nos apresenta um fato da série de curas físicas e espirituais protagonizadas por Jesus. Desta vez a cena se passa em Cafarnaum. Logo que a notícia de que Jesus está na cidade se espalha, muitas pessoas se aglomeram em sua casa. São tantas as pessoas que já não há lugar nem mesmo diante de sua porta. E Jesus anuncia-lhes a Palavra. Neste momento quatro homens carregam um paralítico na tentativa de que seja curado por Jesus. Por causa da multidão, os homens não conseguem se aproximar de Jesus. Usam de sua criatividade: abrem um buraco no teto da casa e introduzem o doente por ele, exatamente na sala em que Jesus se encontra. Jesus reconhece na ação, a fé. Se aquele homens, familiares ou amigos, não tivessem fé teriam feito tal esforço agindo como agem os ladrões à luz do dia? E Jesus diz: “Filho, os teus pecados estão perdoados”. Jesus usa o termo “filho” num sentido carinhoso, como de um mestre a um discípulo. Como verdadeiro Deus, percebe a incredulidade dos mestres da Lei e questiona: “O que é mais fácil dizer ao paralítico: os teus pecados te são perdoados ou levanta-te, pega a tua cama e anda? Pois para que saibais que o Filho do Homem tem poder de perdoar os pecados, digo ao paralítico: levanta-te, pega a tua cama e vai para casa”. E o paralítico levantou e andou.

Geral

Após 17 meses, INSS começa a atender em novo prédio Atendimento na Rua Padre Anchieta iniciou na segunda-feira (13) Diogo Fedrizzi

Nova agência atende na Rua Padre Anchieta, 1231, no centro de Encantado DIOgO FEDRIzzI Encantado - A nova sede da Agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a atender na Rua Padre Anchieta, 1231. A abertura para o púbico aconteceu na se-

gunda-feira (13). A mudança de local estava programada para acontecer em abril do ano passado. Porém, problemas na licitação fizeram com que a transferência ficasse para setembro. Um novo atraso adiou os planos para este mês. Foram

17 meses de aluguel das novas salas por nada, com valores que ultrapassaram R$ 100 mil. A antiga sede, localizada na Rua João Lucca, estava interditada pelo Ministério Público desde 2010, devido a problemas de estrutura e acessibilidade.

aSSuNtO GaNhOu rEPErCuSSãO NaS EdiçõES dO JOrNaL OPiNiãO 11/fev/2011

Um paralítico é sempre um doente grave, um morto em vida. Não podendo se locomover ele não pode fazer a vida acontecer. Depende das outras pessoas para o levar aonde quer ir. É a figura da imobilidade. Segundo a concepção antiga, a doença está intimamente ligada ao pecado. Os amigos e familiares querem a cura física do enfermo mas Jesus desvia a atenção para o que considera mais importante: vencer o pecado com o perdão. A cura física prova o poder de Deus. E na situação de pecado, a enfermidade pode ser ocasião de humildade e ocasião de arrependimento. A cura externa expressa e revela a cura interna. Que tipo de cristãos somos? Paralíticos, imóveis, necessitando que nos conduzam de lá para cá? Como está a nossa fé no poder de cura de Jesus? Com os enfermos, somos aquela comunidade solidária que está presente e carrega a cama do paralítico? Pastoral da Comunicação Paróquia São Pedro - Encantado

24/06/2011

04/11/2011

Cartório Eleitoral vai mudar de endereço Encantado - O Cartório Eleitoral deve mudar de endereço nos próximos dias. Atualmente realizado na Avenida Júlio de Castilhos, 1717, o atendimento passará para o prédio situado na esquina da Rua Sete de Setembro com a Miguel Luiz Pretto, onde antes funcionava o Ministério Público. A data da mudança ainda não foi confirmada. Há cerca de um mês, operários começaram as reformas da nova sede.

Diogo Fedrizzi

FiquE atENtO No dia 9 de maio termina o prazo para o eleitor requerer sua inscrição eleitoral ou pedir transferência de domicílio. Também é o último dia para o eleitor que mudou de residência dentro do município pedir alteração no seu título eleitoral, e para o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicitar sua transferência para Seção Eleitoral Especial.

Prédio onde funcionava o Ministério Público foi reformado


Geral governo recebe apelo contra renovação dos pedágios Porto alegre - Durou mais de duas horas o encontro entre governo, Frente Parlamentar contra a Prorrogação dos Pedágios, coordenada pela deputada Marisa Formolo (PT), e representantes do Comitê Gaúcho de Controle Social, realizado na quarta-feira (15), no Palácio Piratini. Em discussão, um manifesto ao governador e à sociedade gaúcha pela não prorrogação do Programa Estadual de Concessões e Rodovias. “O povo gaúcho não quer este modelo e o termo de referência proposto pelo DAER tem algumas propostas que não estão contidas no termo que queremos”, destacou a deputada Marisa. “A Frente Parlamentar vem para reforçar a luta contra a prorrogação do Programa Estadual de Concessões de Rodovias. Hoje temos, na Assembleia, uma correlação de forças para tratar dos pedágios que não tivemos em outro momentos. Para tomar esta posição contra a prorrogação dos pedágios, temos o apoio da maioria que conta com a base governo e deputados da oposição”, afirmou a parlamentar. O coordenador da Assessoria Superior do Gabinete do Gover-

nador, João Victor Domingues, garantiu que a mesa de diálogo continuará entre o governo, Frente Parlamentar e Comitê . Disse ainda, que as sugestões apresentadas pelo grupo serão levadas em consideração no termo de referência e que as estradas federais serão devolvidas à União. “O governador não abre mão da Carta de Caxias”, lembrou João Vítor Domingues numa referência ao Compromisso de Tarso Genro por um Novo Modelo de Gestão das Estradas, documento conhecido como a Carta de Caxias assinado pelo governador, vice-governador Beto Grill, Assurcon Serra, Fórum dos Coredes e várias organizações sociais. O coordenador da Assessoria Superior do Gabinete destacou ainda o compromisso com cinco diretrizes: licitação de novo modelo, redução de tarifas, aumento de investimentos nas rodovias, controle social, fim de modelo que coloca praças de pedágio em perímetro urbano. “Todos as propostas e estudos apresentados aqui serão levados em incorporados nas análises da consultoria”, prometeu João Victor.

AgM pede apoio do ministro Mendes para criação do Instituto da Erva-Mate

Scorsatto, Mendes e Fontana Brasília - Na quarta-feira, dia 15, o presidente da Associação Gaúcha Municipalista (AGM) e prefeito de Arvorezinha, José Scorsatto, e o secretário executivo da entidade, Rafael Fontana, tiveram uma audiência com o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, em Brasília. O objetivo do encontro foi solicitar ao chefe da pasta o apoio para a criação do Instituto Brasileiro da Erva-Mate e o Fundo de Desenvolvimento do setor. O projeto de Lei que criará a entidade e o fundo está a cargo da AGM e do Sindicato da Indústria do Mate do Rio Grande do Sul (Sindimate). Depois de instalado, o Instituto da Erva-Mate fixará os objetivos da política e regulamentará a produção e seus derivados, criando também

um Fundo de Desenvolvimento. Com a criação deste Fundo, a produção terá uma fonte de recursos específica para aplicação nas deficiências existentes no setor. “A Cadeia Produtiva da Erva-Mate envolve mais de 200 empresas e milhares de famílias, sendo um setor econômico importante para o nosso Estado, porém para avançarmos precisamos unir Instituições Públicas e Privadas para implementar um programa de desenvolvimento socioeconômico do setor, consolidando o mesmo”, argumenta o presidente da AGM, José Scorsatto. Também no encontro, os representantes da AGM aproveitaram para reivindicar para a região a instalação da Embrapa Gado de Leite. O objetivo é que a empresa atenda, especialmente, o Vale do Taquari e a Serra Gaúcha.

c om UR ARTH CALVI R e E MARD A N SABRI L Z AN I O

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

9

Sydney AUSTRÁLIA Fotos: Arquivo pessoal

arthur Calvi Marder, 24 anos, é filho de Carlos alberto Marder e Gelsa Fátima Calvi Marder. Sabrina Zaniol, 26 anos, é filha de Liris antonio Zaniol e Luci Merlin Zaniol. Os jovens são namorados e estão em Sydnei, na austrália. Confira o relato que o arthur nos mandou sobre a rotina dos dois. Nem dá para acreditar o que aconteceu em nossas vidas desde que decidimos viajar para Austrália, mais especificamente para Sydney. Foi um ano planejando, trabalhando extra em busca de um sonho e, ao mesmo tempo, em busca do desconhecido. A sensação é uma mistura de felicidade, alegria, medo, curiosidade, insegurança, algo mágico que sentimos desde que abraçamos nossas famílias e embarcamos. Já se passaram quase dois anos e sentimos como se fosse ontem, mas ao mesmo tempo tantas coisas aconteceram, tantas histórias para contar que, às vezes, parece que faz bem mais tempo que estamos aqui. A vinda para Austrália, ou de forma geral a vida fora do país, é um sonho que muitas pessoas têm, mas é difícil explicar tudo que esse sonho envolve. São tantas conquistas, desafios, sonhos, medos, paradigmas e somente o tempo consegue te mostrar que não há dificuldade grande o suficiente que não possa ser vencida.

Viver longe daqueles que amamos, da nossa rotina, dos nossos costumes é uma grande conquista pessoal, ainda mais quando viajamos sem o tal "conhecimento da língua". Hoje temos orgulho de dizer que superamos todos os nossos medos, quase todos os desafios, conquistamos muito mais do que sonhávamos um dia poder. Sabrina e eu trabalhamos em diversos lugares, fazendo diversas coisas que nunca havíamos feito antes e nunca faríamos no Brasil. Trabalhamos de faxineiros, eu trabalhei lavando louça em restaurante,

“Estamos sempre ajudando quem chega, e quem está passando por dificuldades. Acho que essa foi a melhor forma que encontramos de poder dividir o que aprendemos”, arthur

lavando carros, Sabrina limpando casas e cuidando de crianças, enfim, aproveitamos cada oportunidade que tivemos e aos poucos fomos crescendo, dominando o Inglês, estudando e hoje podemos dizer que tudo está indo para seu devido lugar. Com muito esforço e perseverança entrei no mercado da música aqui na Austrália e consegui vários contatos de bares e restaurantes. Agora tenho novos projetos para 2012. Já a Sabrina está cursando uma especialização em Farmácia, área em que é formada no Brasil, e trabalhando de Nanny (babá), cuidando de várias crianças e com a agenda cheia. Estamos sempre ajudando quem chega, e quem está passando por dificuldades. Acho que essa foi a melhor forma que encontramos de poder dividir o que aprendemos. Só quem está aqui para entender cada dificuldade, barreira e também as realizações, as conquistas, os sonhos, as viagens, a alegria de viver em um país tão lindo, que oferece um salário digno, independente de sua profissão, com uma cultura rica e influenciada por diversos países. Foi nossa primeira viagem de avião, foi a primeira vez que nos separamos da nossa família, que provamos para nós mesmos que éramos capazes. E hoje cada coisa valeu a pena, cada pessoa que passou pelas nossas vidas fez a diferença e, agora, é trabalhar, viver e curtir com novos sonhos, objetivos e desafios, porque na verdade é isso que faz a nossa vida valer a pena! All the best! (Tudo de bom!)


10

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

Especial A reportagem desta edição conta a história do encantadense Valter Heitor Cadore. Filho de Luiz Cadore e Gema Jurema Jachetti Cadore, durante a trajetória profissional seguiu carreira militar e também atuou como controlador de tráfego aéreo. Agora aposentado, ele segue envolvido com a aviação, prestando consultoria na área e colaborando com a Fundação Carlos Chagas na elaboração de concursos públicos em Aviação Civil.

Valter heitOr CadOre 58 anos Controlador de tráfego aéreo

PRODUçãO E REPORTAgEM: DIOgO FEDRIzzI E ÂNgELA REALE FOTOS: ARqUIvO PESSOAL

a vida desse encantadense sempre foi pautada pelo princípio do pensador heráclito de Éfeso, onde as mudanças são partes do processo da vida. Nesse contexto a vida de Valter foi sendo desenhada através de desafios constantes e pelo prazer do novo.

O início

Aquele garoto que gostava de jogar futebol no gramado do colégio Farrapos não media esforços para prosseguir nos estudos. Com grande esforço pessoal e familiar cursou os dois primeiros anos do segundo grau em Lajeado e o terceiro ano em Encantado. Chegou o momento do serviço militar obrigatório e a decisão foi fazer o alistamento na Base Aérea de Canoas. Algo desconhecido. Novas pessoas. Novos horizontes. Primeira mudança. Ao ingressar como soldado na Força Aérea Brasileira, em 1972, ele percebeu que através de seu empenho pessoal poderia se tornar um profissional na carreira militar. Muitos estudos. Muitas horas de sono comprometidas. Muita dedicação. Decisão tomada. Ser militar. Segunda mudança.

Primeiro Curso Militar

Ao ser aprovado em concurso nacional, Cadore foi designado para fazer um curso de especialização na escola de sargentos da aeronáutica em Guaratinguetá, em São Paulo. Ao concluir o curso na área de controle de tráfego aéreo passou a assumir funções em Brasília, no Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA). Nova cidade. Novos costumes. Clima diferente. Terceira mudança.

Cadore com a esposa Railda em um restaurante em São Paulo

Cadore trabalhou no Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA), em Brasília


Especial

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

11

“O sucesso é uma consequência de nossas ações” a carreira militar

Novos desafios surgiram e as mudanças não eram empecilhos para Cadore. Aprovado em outro concurso, ele ingressou no quadro de oficiais, sendo declarado Tenente em 1983, após concluir curso de formação na cidade de Curitiba, no Paraná. O encantadense chegou ao posto de Coronel, aposentando-se no ano de 2004. Durante sua vida de oficialato foi responsável pelo gerenciamento de várias atividades ligadas ao controle de tráfego aéreo, dentre elas, destacam-se: formação dos controladores de tráfego aéreo em São José dos Campos – São Paulo (1984 – 1995); gerenciamento do espaço aéreo do Brasil Central – CINDACTA I – Brasília (1996 – 2000) e gerente operacional da área de controle de tráfego aéreo de São Paulo (2001 – 2004).

Ambiente de trabalho vivenciado pelo encantadense

a família

“A principal mudança ocorrida na minha vida ocorreu em 1977, quando conheci minha esposa (Railda). Uma paulistana que a partir daquela ano foi cúmplice e incentivadora dessas mudanças. Graças a sua compreensão e dedicação foi possível trilhar esse caminho tão árduo, pois com tanto tempo dedicado ao trabalho e aos estudos conseguimos criar uma família com base sólida. Hoje, nossos filhos (Gustavo, Michele e Guilherme) estão estabelecidos em seus ramos profissionais, servindo de referência para suas vidas os exemplos de esforço de seus pais. Como referência para trilhar este caminho está o valor de trabalho praticado diuturnamente pelos meus pais (Jurema e Luiz) que nunca mediram esforços para dar exemplo de que o sucesso é uma consequência de nossas ações”, comenta Cadore.

O hoje

Atualmente, Valter Cadore continua atuando na sua área profissional, prestando consultoria de tráfego aéreo à empresa de tecnologias críticas – ATECH SA – Grupo Embraer, em São Paulo. Além dessa atividade ele trabalha como colaborador junto à Fundação Carlos Chagas – FCC, na elaboração de concursos públicos na área da Aviação Civil.

Cadore tornou-se especialista em controle de tráfego áreo

Formação acadêmica

Além dos cursos militares, Cadore tornou-se um especialista em controle de tráfego aéreo através de cursos específicos em escolas nacionais e de MBA realizados em instituições de reconhecimento internacional, tais como a EUROCONTROL – Luxembourg (Europa) e na Federal Aviation Administration (FAA) – Oklahoma – Estados Unidos. Estudar nunca foi barreira. Com o conhecimento adquirido ele formou-se Engenheiro de Sistemas sendo responsável pela elaboração das concepções operacionais para implantação dos modernos sistemas de controle de tráfego aéreo brasileiros. Além de sua atuação no âmbito nacional, participou como representante do governo brasileiro em vários grupos de estudos gerenciados pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) voltados para a nova geração de sistemas de navegação aérea.

experiência da Vida Militar

A disciplina e o comprometimento são os pontos fortes dessa atividade. Valores assimilados e incorporados no dia a dia de sua vida, cuja discrição faz com que o reconhecimento está associado com o que se faz e não com o que se diz.

Caso inusitado

A principal responsabilidade da atividade de controle de tráfego aéreo é dar apoio aos pilotos nas atividades de gerenciamento de um voo. Em certos momentos acontecem situações que exigem grande capacidade de análise e decisão da equipe de controle para ajudar um piloto em situação de emergência. No ano de 2003 estava em meu escritório no Aeroporto de Congonhas quando fui informado que havia uma aeronave voando no espaço aéreo de São Paulo sem comunicação rádio com o órgão de controle. Obtive informações de quem se tratava e, como o piloto Torre do CINDACTA

Reprodução de uma tela que mostra imagens do tráfego de aviões era meu conhecido, tentei fazer um contato pelo telefone celular (pouco comum naquela época). Para minha surpresa consegui falar com ele e obtive informações de que ele estava se preparando para fazer um pouso de emergência em uma rodovia do interior de São Paulo. Pelas informações foi possível identificar a região que ele estava voando, sendo que através de instruções de controle ele foi conduzido para uma trajetória segura efetuando o pouso no aeroporto de Guarulhos. Este foi o primeiro registro em território nacional onde o celular ajudou a orientar uma aeronave de forma segura.


12

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

Política/Região

Edson Brum homenageia ex-prefeito de Encantado

vereador de Nova Bréscia reúne-se com o presidente da Assembleia Divulgação

Proposta do deputado sugere que o trecho da ERS 332, entre Encantado e Relvado, leve nome de Armando Luiz Realli Porto alegre - A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade, na terça-feira (14), o projeto de lei do deputado Edson Brum (PMDB) que denomina de Rodovia Armando Luiz Reali o trecho da ERS 332 compreendido entre os trevos da Linha Santa Terezinha, em Encantado, e o de acesso a Relvado. "Sua trajetória na área política e na atuação comunitária em defesa do crescimento da região justificam plenamente a homenagem", salientou o deputado.

história Natural de Bento Gonçalves, Armando Luiz Reali teve forte participação política na região de Encantado e Relvado, para onde migrou na década de 30. Vereador da Câmara de Vereadores de Encantado trabalhou junto à Cooperativa dos Suino-

Divulgação

Comitiva bresciense em audiência com o presidente da Assembleia, Alexandre Postal

Proposta de Edson Brum foi aprovada por unanimidade cultores de Encantado Ltda (Cosuel), uma das bases da economia do município, sendo responsável à época por agregar uma série de novos associados. Em 1968 foi eleito prefeito do município, cargo que exerceu até 1973. Durante sua gestão foi responsável pela realização de

diversas obras que proporcionaram o desenvolvimento da região. Por este motivo, o deputado peemedebista justifica ser de suma importância a homenagem. “Foi um gestor que tanto bem proporcionou para esta região", comentou Edson Brum.

Everaldo Delazeri assume a vicecoordenadoria regional do PDT

Porto alegre - O vereador bresciense Jorge Fontana (PMDB), a esposa professora Dialva e o vereador Moises Facchini (PSDB) participaram na quarta-feira (8) da audiência pública na Assembleia Legislativa que tratou sobre os pedágios. O grupo também esteve em audiência com o presidente do Legislativo, deputado Alexandre Postal. No encontro, Fontana comentou sobre o andamento da obra do ginásio esportivo da Escola Estadual de Ensino Médio Nova Bréscia, que está em fase final de construção. Conforme o vereador, a obra será inaugurada entre março e abril deste

Coqueiro Baixo e outros 29 municípios garantem emancipação Galileu Oldenburg/AG AL/RS

Divulgação

Everaldo (segundo da direita para a esquerda) recebeu apoio dos deputados Bacci e Sossella Estrela - O Partido Democrático Trabalhista (PDT) do Vale do Taquari elegeu na quinta-feira (9) a nova diretoria para o biênio 2012/2014. O encontro aconteceu na Sociedade Rio Branco e contou com a presença dos deputados Enio Bacci e Gilmar Sossella e vereadores da região. 60 pessoas acompanharam a reunião, pautada pelo debate

sobre as eleições de 2012 e as prioridades para a população do Vale. Paulo Argeu, de Estrela, foi eleito o coordenador. Everaldo Delazeri, vereador em Encantado, assume a vice-coordenação. Vitor S. Ahlert, de Teutônia, é o secretário e Carlos Haas, de Travesseiro, o tesoureiro.

Secretaria de Obras de Capitão atua com várias frentes de trabalho Capitão - A Secretaria de Obras está trabalhando, no Parque de Eventos, na preparação da pista para a Etapa do Campeonato Sul Serra de Motocross, que acontecerá no dia 4 de março. Além da limpeza e preparação estão sendo feitas alterações que vão melhorar a visibilidade do público. Outra equipe de trabalho está atuando na cobertura de silagens, uma demanda que já está atrasada por causa da estiagem. Atualmente estão sendo cobertas cinco silagens por dia. Também está sendo feita recuperação de trechos de estrada, como o trajeto de Marinheira até Cascata, e acessos a granjas, além de serviços para

particulares. Com o início das aulas em todas as escolas e o transporte escolar que passa a circular, todo trabalho deverá ser concentrado na recuperação das estradas do município.

Trabalhos na pista de Motocross

ano. À frente do projeto para a busca do recurso junto ao Estado, ainda em 2010, além de Fontana, esteve o diretor do educandário Marcos Antônio Martini e o Círculo de Pais e Mestres (CPM) da escola. “O pleito contou com o apoio decisivo de Postal”, lembrou o político bresciense. O investimento total é de aproximadamente R$ 400 mil, recursos resultantes de convênio entre o governo do Estado e o CPM da escola. “Enquanto à época muitos não acreditavam que a obra seria possível, hoje esta importante conquista é uma realidade”, comemorou Postal.

Deputados Gilmar Sossella e Cassiá Carpes, durante reunião da Comissão de Assuntos Municipais Porto alegre - O presidente da Comissão de Assuntos Municipais, deputado Cassiá Carpes (PTB), confirmou na terça-feira (14) o entendimento do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, quanto à manutenção das emancipações de 30 municípios gaúchos. Segundo Cassiá, Gurgel, autor da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4711) que suscitou a constitucionalidade das leis das emancipações, reiterou que as cidades já criadas não correm o risco de terem o processo revertido. No entendimento do procurador, a ADI poderá vir a atingir apenas as futuras emancipações, não dando margens para rediscutir as já realizadas, na mesma linha do que vem defendendo a Comis-

são . “Fomos muito bem recebidos pelo procurador e pelo presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT), que olharam a questão com os mesmos olhos que nós”, disse Cassiá. O deputado destacou ainda que a confirmação coroa a unidade demonstrada entre Assembleia Legislativa e os prefeitos e representantes dos municípios emancipados. Para o assessor jurídico da Comissão, Filipe Etges, a decisão de Gurgel mostrou que a posição defendida pela Comissão esteve certa desde o início. Também acompanharam a reunião lideranças municipais, vereadores e prefeitos das cidades de Cruzaltense, Arroio do Padre, São José do Sul, Coronel Pilar, Westfália, Coqueiro Baixo, Canudos do Vale, Capão do Cipó e Aceguá.


Destaque empresarial

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

13

Magagnin entrega primeiros apartamentos até o final do ano Construtora lançou oficialmente, na quarta-feira (15), maior projeto habitacional de Encantado Fotos: Diogo Fedrizzi

Prefeito em exercício José Calvi recebeu a chave demonstrativa de uma das moradias. Condomínio terá oito blocos e 128 apartamentos DIOgO FEDRIzzI Encantado - A Construtora Magagnin reuniu autoridades, diretores da Caixa Federal, empresários, representantes de imobiliárias, imprensa e a comunidade na quarta-feira (15), no Centro Administrativo Municipal, para lançar aquele que é considerado o maior empreendimento habitacional de Encantado: o Residencial Vale Vêneto.

Localizado no Bairro Jacarezinho, o condomínio fechado terá 128 moradias e se enquadra no programa do governo federal Minha Casa, Minha Vida. O custo de cada unidade é de R$ 80 mil. Serão oito blocos com apartamentos de dois dormitórios, sacada e churrasqueira. A estrutura terá ainda campo de futebol, salão de festas, caminhódromo, brinquelândia, guarita e estacionamento para carros. O investimento supera os R$ 10 milhões. Até o final deste ano, as primeiras 48 unidades serão entregues. A meta é concluir todo o complexo até dezembro de 2013.

Ousadia e segurança no empreendimento

Nivaldo Magagnin, Eldo Orlandini, José Calvi e Élcio de Lara destacaram a importância da obra As manifestações destacaram a ousadia do empreendimento e a contribuição para o desenvolvimento de Encantado. O empresário Nivaldo Magagnin, proprietário da Construtora responsável pela obra, disse que ideia surgiu há dois anos. “Foi tudo muito bem pensado. Queremos oferecer segurança, comodidade e conforto por um bom preço para as famílias”, disse, lembrando que a localização do Bairro Jacarezinho em relação ao centro da cidade é privilegiada. “Fica a três minutos de carro e 15 minutos de bicicleta”, ressaltou Magagnin, ao mesmo tempo em que comparou a situação de Lajeado. “Lá construímos apartamentos em bairros bem mais distantes do centro, com uma estrutura inferior a do Jacarezinho. E foi sucesso de vendas. Por isso, não tem como não dar

certo em Encantado”. O presidente da Câmara de Vereadores, Eldo Orlandini, parabenizou a família Magagnin pela obra e ressaltou o arrojo do empreendimento. “Estamos orgulhosos. Trata-se de um projeto que vai contribuir muito para o desenvolvimento de Encantado”, falou. O prefeito em exercício, José Calvi, ressaltou a demanda habitacional de 425 moradias no município no começo de 2009. “Agora, só no Vale Vêneto serão 128 apartamentos”, destacou.

Financiamento Os representantes da Caixa Federal explicaram o funcionamento do processo de financiamento. De acordo com Valdir Hammes, a parceria entre os poderes público e privado é fundamental para a construção

de empreendimentos dessa grandeza. Ele tranquilizou os moradores sobre a segurança de investir na moradia própria através dos financiamentos da Caixa. “O aluguel sobre, a prestação da Caixa baixa. Levem em conta isso e não tenham medo do financiamento”, disse. O superintendente regional Serra Gaúcha, da Caixa Federal, Elcio de Lara, apresentou um balanço de financiamentos habitacionais em Encantado em 2011. Segundo ele, mais de 200 imóveis foram financiados, totalizando um valor de R$ 18 milhões. “Agora estamos falando de um único investimento de R$ 10 milhões. Vejam a importância disso”, comentou. Os interessados em adquirir um apartamento devem procurar as imobiliárias da cidade.

Chega de aluguel para Leandro e rosângela

Depois de pagar oito anos de aluguel, Leandro Lemes, a esposa Rosangela Henicka e o filho Iuri vivem a expectativa do apartamento próprio. Atualmente, o pedreiro e a doméstica residem no Bairro Planalto e precisam desembolsar R$ 250,00 mensais para o proprietário da casa. Eles acreditam que poderão fazer a mudança para o Bairro Jacarezinho no final deste ano. “Estamos muito felizes. Conhecemos o Projeto Vale Vêneto na Suinofest do ano passado e lá mesmo decidimos que iríamos comprar o apartamento”, comentou Leandro.


14

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

Carnaval 2012

O CARNAVAL É DABALADA

Criado em 2007, Bloco de Encantado mobiliza 250 integrantes e garante animação nas festas da região durante quatro dias de folia Caroline Rodrigues

DIOgO FEDRIzzI

Encantado - O azul promete ser a cor do Carnaval regional de 2012. Pelo menos, se depender do Bloco Dabalada. Com 250 integrantes confirmados, o grupo está pronto para fazer a festa em Encantado e nos municípios vizinhos. Desde 2007 na ativa, o Bloco surgiu como forma de divulgar o site Dabalada (dabalada.com.br), um canal destinado ao público jovem do Portal Região dos Vales (regiaodosvales.com.br). “A equipe que trabalhava no Portal naquela época foi responsável por reunir a galera no Carnaval. O Bloco existe somente nesse período. Não somos um grupo fechado. São várias turmas de amigos que se juntam para festejar o Carnaval”, explica Eduardo Pittol, um dos líderes do Dabalada ao lado de Samir Xavier, Felipe Porto e Raquel Aschidamini.

Organização O planejamento começou ainda em dezembro do ano passado. Uma das primeiras etapas foi buscar parceiros que auxiliassem nas despesas e mobilizar os amigos, através de contatos telefônicos e redes sociais para se inscreverem no Bloco. Para fazer parte da turma, cada integrante desembolsou uma quantia em dinheiro, que variou de R$ 60,00 a R$ 90,00. Em troca, o participante recebeu uma camiseta, além de garantir bebida liberada na Concentração e deslocamento grátis no ônibus para as festas de Muçum, Nova Bréscia e Santa Clara do Sul. Quem

pagou mais R$ 8,00 ainda levou um caneco personalizado. Segundo Pittol, uma das inovações deste ano é a melhor estrutura para a Concentração. “Fizemos uma parceria com a danceteria Lost Pub. Vamos ter dois ambientes climatizados para juntar a galera antes de sairmos para as festas”, comenta. Satisfeito com a repercussão antes mesmo de o Carnaval começar, Pittol revela que a maioria dos participantes é de Encantado. “Porém, têm alguns que são de outras cidades e que aproveitam o fato de estarem por Encantado visitando os amigos para entrarem no Bloco”.

Na estrada e nos salões O roteiro para as quatro noites de Carnaval já está definido. Nesta sexta-feira (17), o Dabalada vai a Muçum. Neste sábado (18), a festa é em Nova Bréscia. No domingo (19), o Bloco desfila no Carnaval de Rua de Encantado e depois um grupo se desloca para a danceteria Usina´s, em Muçum. Na segunda-feira (20), uma turma comparece no Clube Comercial de Encantado e outra vai para o Carnaval Tentação da Folia, em Santa Clara do Sul. Site traz informações sobre os preparativos

Pittol, Samir, Raquel e Felipe: “equipamento” preparado para os quatro dias de festa

INFORMAÇÃO E ALERTA O Bloco Dabalada tem uma página na rede social Facebook (facebook.com/blocodabalada) e um site exclusivo para orientar os integrantes durante o Carnaval (sitesdovale.com.br/blocodabalada). Além das informações, uma galeria de fotos registra os principais momentos das festas anteriores. Em outro espaço, uma série de dicas alerta os participantes sobre os procedimentos para passar com mais tranquilidade os quatro dias de folia.

AS DICAS - Tenha sempre em mãos as famosas camisinhas. Prevenir é melhor do que remediar, pois a alegria do Carnaval deve durar para sempre. - Beba muita água e mantenha o seu corpo hidratado. Isto pode ajudá-lo a aproveitar melhor a festa. - Use roupas leves. - Nunca misture bebidas destiladas com fermentadas. Como bom folião, o melhor é estar

bem todo o tempo e aproveitar tudo ao máximo. A ressaca é forte no dia seguinte. E você não quer perder nenhum dia de Carnaval, não é? - Se estiver na praia ou piscina, use filtro solar e não fique o tempo todo no sol. A noite espera por você cheio(a)de energia. - Evite nadar após algumas cervejas e drinques. Água e bebida nunca combinam. - Nunca dirija alcoolizado – sua vida vale ouro. - Beba com moderação. Evite brigas e em caso de complicações, procure ajuda; se necessário procure ajuda médica. Verifique antecipadamente na cidade onde está quais são os serviços médicos que se encontram de plantão no Carnaval. - Tome cuidado com as drogas. - Evite usar lança-perfume, além de ser proibido, em certos casos podem acontecer arritmias, etc. E o mais importante: Divirta-se! :)


Carnaval 2012

A rádio Energia Pop, veículo do Grupo Encantado de Comunicação, abriu o Carnaval regional no sábado (11) em Roca Sales. Segundo o coordenador da emissora, Alisson Campos, o KK, 2,9 mil pessoas participaram da festa, que começou às 22h e terminou às 4h de domingo (12). A animação ficou por conta do DJ Fábio Fronchetti e dos comunicadores da Energia Pop e da rádio Encantado aM. “Superou as expectativas. Recebemos foliões e blocos de várias cidades. Foi um Carnaval para todos, famílias, crianças, jovens, adultos”, comenta KK. A novidade deste ano foi o Caminhão Trio Elétrico. “Procuramos deixar nossos foliões

bem à vontade na praça de alimentação, sem o som muito alto, além dos banheiros químicos limpos”, acrescenta. O Carnaval 2012 da Energia Pop animou os foliões também em Arroio do Meio (5) e em Estrela (10). KK agradece o apoio da Administração Municipal de Roca Sales, do prefeito Amilton Fontana, além da Câmara de Vereadores, Secretaria de Obras, Secretaria de Saúde, Brigada Militar, a empresa NP Produções, ABCN Segurança, Juarez Coferri e demais colaboradores. Também destaca a Administração Municipal de Arroio do Meio, com o envolvimento do prefeito Sidnei Eckert, do vice Klaus Schnack e do secretário de Adminis-

tração Márcio Casotti. E lembra ainda a colaboração da diretoria da Sociedade Rio Branco de Estrela, através do presidente Pedro Pereira e de Cristiano Nogueira. “Agradeço ainda a nossa equipe de trabalho, a família Energia Pop: Josevan Ferreira, Felipe Gonçalves, Rafael Silveira, Alexandre Valasco, Nil Ribeiro, Kinho Souza, Fernando Togni, Bolivar Neto, Claudinei Coferri, Tuti e nosso diretor Antônio A. Lucca. A todos os nossos patrocinadores obrigado pela confiança e pela parceria”. As fotos dos eventos podem ser acessadas no site energiapop.com.br. “ Ano que vem a folia já está marcada, dia 2 de março de 2013”, antecipa KK.

Hlera promete voltar em 2013 Diogo Fedrizzi

Após seis anos marcando presença nas festas de Carnaval da região com suas cores Rosa e Roxo, o Bloco Hlera resolveu dar um tempo em 2012. Um dos principais motivos para a desmobilização do grupo foi a perda da casa que servia de sede para os amigos se reunirem e organizarem as atividades. A dificuldade em encontrar outro lugar atrapalhou o planejamento para o Carnaval deste ano. “Sempre começávamos a organizar o Bloco em janeiro. Mas sem lugar ficou difícil. Além disso, os compromissos particulares também impediram a mobilização do pessoal”, conta o estudante de Direito, Guilherme Sangalli Sandri, um dos líderes do Hlera junto com o amigo Leonardo Turatti. A promessa é de voltar com força total em 2013 e reviver os grandes momentos do Bloco. Ano passado, por exemplo, cerca de 300 pessoas se reuniam por noite para acompanhar as festas carnavalescas de Encantado e região. “Chegamos a ensaiar uma bateria. A nossa Concentração era muito animada, tí-

Fernando e Guilherme nhamos ate DJs. Em algumas noites nem saíamos para outros lugares, ficávamos o tempo todo na Concentração”, lembra Fernando Küffel, outro integrante. Antes de fundar o Bloco de Carnaval, o Hlera tornou-se conhecido por juntar cerca de 30 amigos para os tradicionais jogos de futebol dos sábados à tarde e organizar uma das festas mais aguardadas pelos jovens: a Tsunami, que neste ano acontece no dia 24 de março.

15

Centro de Encantado é a pedida para domingo de segurança e para oferecer mais espaço ao público. As pessoas poderão levar cadeiras”, explica. A Renira Turatti largada do desfile acontece na Rua Júlio de Castilhos (em frente à Loja Certel) e dobra à direita na Rua Padre Anchieta até a rótula (Banco Bradesco). O trânsito na Júlio, da Ergiles Sana até a Tiradentes (esquina do Sicredi), será interrompido. A Brigada Militar e seguranças particulares cuidarão dos acessos. “Queremos que venham para a Avenida as pessoas com espírito de brincadeira”, avisa Renira. A estrutura oferecerá ainda banheiros químicos e praça de alimentação. Divulgação

O centro de Encantado aguarda milhares de foliões na noite de domingo (19). Promovido pelo Jornal Força do Vale, o Carnaval de Rua terá como destaque a presença de três escolas de samba da região. O destaque fica para a Ala Show da Império da Zona Norte, tetracampeã do Carnaval de Santa Cruz do Sul, que trará 15 ritmistas, passistas, além de Mestre Sala e Porta Bandeira. O Bloco dos Palhaços, de Lajeado, e a Vô Num Vô, de Muçum, também vão desfilar a partir das 22h15min. Após os desfiles, a Banda ArtBiss faz a festa até as 5h da segunda-feira. Conforme Renira Turatti, responsável pela organização, a proposta é oferecer ao público a estrutura suficiente para as pessoas assistirem ao espetáculo e se divertirem. O acesso é gratuito. “Este ano não teremos arquibancada por questão

Segunda-feira, a festa é no Clube O Clube Comercial de Encantado espera mais de mil foliões para o Carnaval Atrevido, que acontece na segunda-feira (20). A festa começa às 23h30min. QuaVitor Fontana, presidente do Clube tro DJs estão confirmados: Cris “Já adotamos esse procediCosta, Géio Sangalli, KK e mento no Revellion e foi Arthur Cipriani. Conforme o bastante elogiado. As pespresidente do Clube, Vitor soas e as próprias famílias Antonio Fontana, a organificarão mais tranquilas após zação priorizou a qualidade a festa”, destaca o presie o bem-estar das pessoas dente. Os ingressos antecique frequentarão o salão na noite. “Queremos que o pes- pados custam R$ 15,00. soal fique satisfeito, investiCarnaval mos em segurança e Infantil bem-estar. Esse é o principal O espaço para a garotada objetivo”, comenta Fontana, se divertir está reservado há três anos na diretoria. para as 15h30min deste doA expectativa também é mingo (19). “Também é um pela presença dos blocos. evento consagrado do Clube. Para atrair os grupos, o É muito legal ver as crianças Clube vai oferecer 50 latas brincando, a participação de cerveja para blocos dos pais. Recebemos ligaacima de 40 integrantes. ções de outros municípios Outro atrativo é a Praça de da região, como Nova BrésAlimentação. O Clube tamcia, Anta Gorda, Doutor Ribém vai disponibilizar uma frota de táxis para facilitar a cardo, interessados em participar”, conta Fontana. volta dos foliões para casa. Diogo Fedrizzi

CARNAVAL DA ENERGIA POP ATRAIU QUASE TRÊS MIL EM ROCA SALES Rádio Energia Pop

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012


16

Jornal Opinião Encantado, 17 de fevereiro de 2012

Região

Vice de Muçum diz que é pré-candidato a prefeito Durante as férias do prefeito Tarso Bastiani, Elton Pezzi comanda o município Diogo Fedrizzi

DIOgO FEDRIzzI Muçum - Desde primeiro de fevereiro até o dia 3 de março, quando se encerram as férias do prefeito Tarso Bastiani, o município de Muçum está sob o comando do vice Elton Pezzi. Durante o período, Pezzi pretende dar andamento aos trabalhos, principalmente, na recuperação de estradas. Em entrevista ao Grupo Encantado e Comunicação, ele também faz projeções sobre o futuro político e garante que é pré-candidato a prefeito nas eleições de outubro.

trabalho Vou dar respaldo aos trabalhos que estão sendo feitos pela prefeitura. Estamos recebendo a academia ao ar livre, que será instalada no viaduto. Todas as pessoas vão poder aproveitar os aparelhos e fazer exercícios. Estamos aguardando os equipamentos. Se puder vou inaugurar o quanto antes para as pessoas aproveitarem.

Estiagem Sabemos que há uma situação de emergência em quase todos os municípios gaúchos. Muçum não está incluído nesta lista, mas temos uma situação preocupante na Linha Bacharel, onde teremos que colocar uma caixa d´água para abastecer os chiqueirões.

Estradas Visitei o interior e vejo que todas as estradas precisam de material, saibro. Estamos fazendo o trabalho aos pouquinhos. Vamos ajeitar todo o trecho do morro em Linha São Luiz, na Linha Alegre também. Peço aos agricultores

para terem paciência, pois vamos deixar pronta essa estrada. Eles precisam usar a estrada no dia a dia, tem a venda do frango, dos porcos.

Energia elétrica Também tivemos reclamação de um morador da Linha 13 de Maio, que ficou mais de 24 horas sem luz. Ele tinha a entrega dos frangos. Não tinha luz nem para carregar a bateria do celular e por isso teve que vir até nós. A gente sabe também que quando ocorrem temporais é difícil para toda a AES Sul. Vou tentar neste mês conversar com o pessoal da AES Sul para colocar um posto em Muçum. Podem atender Muçum, Vespasiano, os interiores. Para não ficar 24 horas sem luz. Fica o freezer desligado, o tampo de leite...

Obras Tivemos a oportunidade de conseguir o dinheiro da creche, em abril deve ser inaugurada. Temos o calçamento em andamento. Estamos recebendo também R$ 245 mil do deputado Renato Mölling, que é para infraestrutura urbana. Vamos calçar a subida da Linha São Luiz, que vai até o asfalto. Vamos calçar a Padre Anchieta, que ainda falta um pedaço. Todas as ruas que faltam, eu acho que nesse mandato do prefeito Tarso, vamos concluir.

ano eleitoral Eu também vou me colocar à disposição como pré-candidato. A comunidade é que vai nos julgar, quem é o melhor. Existem vários candidatos. Estamos à disposição, estou colocando o nome mais uma vez. E vamos ver o que vai acontecer. Vou ter o apoio da

Pezzi defende viagens a Brasília para buscar recursos minha família, da comunidade. Mas hoje sou pré-candidato a prefeito.

Coligação PSdB/PP Pode ser mantida, a gente já sentou para conversar sobre isso. Só se mesmo acontecer algum problema. Mas eu acho que a coligação vai continuar. A gente quer colocar as pessoas que estão hoje sendo candidatos, vamos dar uma força para eles, tanto para o Elton, como para o prefeito Tarso que também é pré-candidato, com outros candidatos que estão surgindo. Vamos colocar os nomes e ver o que vai acontecer.

relação com o prefeito Até agora está tudo bem, a gente conversa, o prefeito coloca os problemas para nós definirmos juntos. A gente conversa

muito. Não temos problemas. Mas é assim, eu tenho só um mês em cada ano para ser prefeito. Eu agradeço a ele por essa oportunidade. Entre eu e o prefeito não tem problema nenhum. O problema é que os dois são pré-candidatos. Mas hoje, na coligação, não tem problema mesmo.

Viagem a Brasília Marquei uma audiência com o deputado Renato Mölling em Brasília no mês de março. E vou buscar mais R$ 250 mil. Isso já é de praxe, todas as vezes que vou a Brasília sempre trago alguma coisa, ou é para um caminhão, para infraestrutura. Inclusive vou visitar o deputado Jerônimo Goergen, pois temos um pedido de caminhão para Agricultura. Quem tem a oportunidade, prefeito e vereadores, devem ir a Brasil e procurar seus deputados. Hoje, se formos observar, se

veio alguma emenda, foi do Renato Mölling, do José Otávio Germano e do Jerônimo Goergen. Esse dinheiro não é para o Elton, é para a comunidade. Vou me esforçar não só para R$ 250 mil, vou atrás de mais. Hoje temos obras em Muçum, estamos fazendo praticamente licitação para o asfalto da Avenida Fernando Ferrari. O deputado José Otávio Germano disponibilizou R$ 500 mil e o município vai colocar a sua contrapartida. Então digo à comunidade e aos vereadores, vão a Brasília e tragam recursos, não é gastar. Temos três deputados que estão nos ajudando. Não quero falar mal de ninguém, vão a Brasília, porque é lá que se recebe o dinheiro. Digo isso aos opositores, que vão até lá e peçam. Temos vereadores de cinco siglas. Vão até lá e peçam. Isso é para a comunidade.


Encantado, 17 de fevereiro de 2012

LEIA TAMBÉM Caroline Rodrigues

CARNAvAL 2012

Bloco Dabalada mobiliza 250 integrantes Páginas 14 e 15 NOvA SÉRIE A rotina de Arthur e Sabrina na Austrália Página 9

Profile for Diogo Fedrizzi

Jornal Opinião 17 de Fevereiro de 2012  

Veículo do Grupo Encantado de Comunicação, da cidade de Encantado RS

Jornal Opinião 17 de Fevereiro de 2012  

Veículo do Grupo Encantado de Comunicação, da cidade de Encantado RS

Advertisement