Page 1

CMYB

DIOCESE DE PARNAÍBA PIAUÍ - BRASIL

Ano X - Nº 76

www.diocesedeparnaiba.org.br • e-mail: millenium@diocesedeparnaiba.org.br

março e abril de 2011

VIVA AS SANTAS MISSÕES POPULARES! As Santas Missões Populares, vivenciadas pelas paróquias da Diocese de Parnaíba desde março de 2009, estão divididas em três etapas: Acordar, Saborear e A missão continua. A Primeira fase (Acordar) visa preparar os missionários e missionárias e mobilizar as comunidades para esse projeto missionário. É nesta etapa que nós estamos. Por isso em todas as paróquias da diocese estão acontecendo os terceiros retiros missionários. Nos dias 01, 02 e 03 de abril quatro paróquias realizaram seus retiros paroquiais. Foram elas: N. Sra. da Graça, em Parnaíba, Nossa Senhora dos Remédios em (Caraúbas e Caxingó), São Miguel Arcanjo, em Matias Olímpio e a Área Pastoral São Francisco, em Lagoa de São Francisco. O tema principal dos retiros é a Conversão. De 08 a 10 de abril foi a vez das paróquias Santa Ana, em Parnaíba, São Francisco de Assis, em Piracuruca, São Sebastião e São Gonçalo, em Batalha, sendo que esta última conseguiu reunir 400 pessoas durante o retiro, o que comprova o empenho e dedicação dos nossos missionários. A segunda etapa(Saborear) é o tempo em que ocorrem as semanas missionárias, as quais acontecerão no período de agosto de 2011 a dezembro de 2012. Todas as paróquias já começam a entrar num clima de preparação mais intensa para essas semanas. Rodger Marques

Destaques COLETA DA EVANGELIZAÇÃO PRECISA AVANÇAR Quadro comparativo aponta que a Coleta da Evangelização de 2010 teve queda significativa. Convidamos as paróquias a se empenharem na divulgação da Campanha da Evangelização. Pág. 03

Galeria Ideal • Praça da Graça, 801 sala 02 Parnaíba/PI • Fone: (86) 3323 0378

ENTREVISTA COM DOM ERWIN KRAUTLER SOBRE BELO MONTE Dom Erwin prega retiro aos padres da Diocese de Parnaíba e fala sobre sua luta contra a instalação da usina hidrelétrica de Belo Monte e a favor dos povos da Amazônia. Pág. 05

49ª ASSEMBLEIA GERAL DA CNBB Pela primeira vez realizada em Aparecida abordará dois temas: Eleições da nova Presidência da Conferência e as Novas Diretrizes Gerais da ação evangelizadora no Brasil. Pág. 07

Rua Alm. Gervásio Sampaio, 686 - Centro Parnaíba/PI • Fone: 86 3321.2574

DIOCESE DE PARNAÍBA PRESTA CONTAS DOS RECURSOS DE 2010 A Diocese de Parnaíba zelosa pela transparência presta conta dos recursos arrecadados e investidos em 2010, e convida as paróquias a formarem os seus Conselhos Econômicos. Pág. 08


02

Informativo Millenium - março e abril de 2011

EDITORIAL

Com os olhos fixos em Jesus Cristo MONS. VITTÓRIO FERRARI

Vigário Geral da Diocese de Parnaíba

Clement Shahbaz Bhatti - Dele nem se ouviu falar nos noticiários deste nosso mundo mergulhado nos ‘ritos carnavalescos’! Vale, porém, a pena conhecê-lo, pois ele manifestou seu amor a Cristo até o fim, na experiência do martírio. Quem era, então, Shahbaz Bhatti? Era um simples cristão de quarenta e quatro anos paquistanês, um leigo comprometido naquela experiência humana chamada ‘política’ onde ele queria manifestar seu amor a Cristo, reconhecido como ‘centro e sentido último da vida’. Ele gostava de dizer para todos que a vida não é nossa propriedade e sim somente algo que nos é confiado por um tempo, para uma missão! A mão assassina dos talibãs, após repetidas ameaças, no dia 2 de março, deste ano, interrompeu esta vida e a preciosa obra deste homem cristão, escolhido, num país muçulmano como o Paquistão, para ser o Ministro das “minorias”. Bhatti, era Católico e um destemido crítico da lei da blasfémia em vigor no Paquistão e o único cristão no gabinete ministerial. Como lembrava o Papa, ao fazer memória dele: “Comovente foi o sacrifício de

quem gastou corajosamente todas as energias para tutelar a liberdade religiosa de todos, defendendo e promovendo a dignidade de cada ser humano”. Alguns meses atrás, prevendo este desfecho trágico, Shahbaz Bhatti gravou seu ‘testamento espiritual’ que não precisa de comentários. “Meu nome é Shahbaz Bhatti. Nasci numa família católica. Meu pai e minha mãe me educaram segundo os valores cristãos e os ensinamentos da Bíblia, que marcaram a minha infância. Angustiavam-me as condições terríveis em que se encontravam os cristãos no Paquistão! Lembro de uma Sexta feira de Paixão, quando eu tinha treze anos: escutei uma pregação sobre o sacrifício de Jesus para a nossa Redenção e a Salvação do mundo. Logo pensei de corresponder àquele seu amor através da doação do meu amor a nossos irmãos e irmãs, colocando-me a serviço dos cristãos, especialmente dos pobres, necessitados e perseguidos... Muitas vezes pediram que acabasse com esta luta, mas eu sempre recusei!... Minha resposta sempre foi a mesma. Não estou buscando reconhecimento popular ou condições de poder. Só quero um lugar aos pés de Jesus! Quero que minha vida, meu jeito de ser, todas as minhas ações falem em meu lugar e digam que eu estou seguindo a Cristo Jesus... ao ponto de sentir-me privilegiado -se nesta

luta em favor dos necessitados, dos pobres, dos cristãos perseguidos no meu País - Jesus quisesse aceitar o sacrifício da minha própria vida. Quero viver por Cristo e por Ele quero morrer! Creio que os necessitados, os pobres, os órfãos..... sejam parte do meu corpo, em Cristo; sejam a parte perseguida e necessitada do Corpo de Cristo. Se conseguirmos realizar esta missão, então teremos um lugar aos pés de Jesus e eu poderei olhar pra Ele sem sentir-me envergonhado”. Nestes dias em que a Igreja nos convida através da carta aos Hebreus (12,1-4) a “ficarmos com os olhos fixos naquele que é o autor e o realizador da fé: Jesus Cristo”, nós também, “sustentados por estas testemunhas, queremos correr com perseverança (qualquer que seja a nossa missão!) nesta luta que nos é proposta” a fim de alcançarmos aquela vitória que só se manifesta quando unidos a Cristo, adentrarmos nos caminhos da oferta de si mesmo e do sacrifício da nossa vida em favor de todos os nossos irmãos. Feliz Páscoa a todos.

Projeto social recebe visita de austríacos

Curso de corte costura no parque Estevão leva Esperança às famílias

De 09 a 11 de fevereiro, o Projeto Social da Diocese de Parnaíba, recebeu a visita de um grupo de austríacos. Dia 09 conheceram as crianças dos Centros Sociais São Leopoldo, Santa Teresinha e São Francisco. No dia 11 foi a vez de conhecer os Centros Sociais Dom Rufino e São Cláudio. O grupo de visitantes ficou muito impressionado com o relevante trabalho social que a Diocese de Parnaíba desenvolve junto às crianças da periferia e suas famílias.

De 07 a 25 de fevereiro, o Projeto Social da Diocese de Parnaíba realizou o curso de corte e costura para as mães de crianças que são assistidas pelo Centro Social São Francisco, localizado no Parque Estevão, conhecido popularmente como “lixão”. O curso foi ministrado pela professora Lourdinha, que aprendeu a costurar no Projeto Social e hoje está capacitada para ensinar outras mulheres a terem renda própria a partir do que aprenderam.

Praça da Graça, 745 A - Centro - Parnaíba-PI Fone: (86) 3321-2420 Av Pinheiro Machado, 1397- Bairro Piauí Fone: (86) 3322-5749

CMYB

Recordação

Irmã Fausta Thiers Carneiro 04/11/1938 12/03/2011

Iddio, padrone della vita e della morte, ha chiamato a sé Falar sobre Irmã Fausta é recordar a impor tância dos valores, da ética, da transparência, da seriedade e da coerência em cada ação... Sua vida foi breve, mas em todo o seu viver passou fazendo o bem. Na Congregação das Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena foi Irmã, mestra de postulante, mestra de noviças, coordenadora da comunidade religiosa no Colégio das Irmãs em Parnaíba e conselheira provincial; porém, acima de tudo, foi “Irmã Amiga”... Amiga Irmã. Quem teve o privilégio de conhecê-la e com ela viver, sabe que todos ganhamos com seu retorno ao Pai porque agora temos mais uma intercessora no céu. Seu legado espiritual para a Igreja foi de grande valia e o que deixou para nós, Irmãs dos Pobres, foi a certeza de que “a santidade consiste em viver com Jesus nas circunstâncias ordinárias do cotidiano.” (Uma Irmã dos Pobres)

Filtros para água potável e produtos para piscina, limpeza, desinfecção e impermeabilização de caixa d’agua, desentupimento de ralos, pias e esgotos sanitários. Rua Dr. Fco. Correia, 683 - Centro Telefax: (86) 3322-3241 / 9983-3771 hidrasan@yahoo.com.br


03

Informativo Millenium - março e abril de 2011

CRB de Parnaíba realiza encontro anual

PALAVRA DO BISPO

“A capacidade de cultivar as vocações é sinal característico da vitalidade de uma Igreja local.” Bento XVI

Como é belo quando se percebe nas nossas comunidades, a estima e o carinho que se tem em relação aos seus padres. São tantas as comunidades que manifestam a vontade de terem um padre mais perto, de se tornarem paróquia para poder contar com a presença do sacerdote. Jesus, antes que escolhesse e chamasse seus apóstolos do meio dos discípulos, retirou-se em oração, a escuta da vontade do Pai. ( Lc 6/12). Por isso, assim como Cristo rezou, também nós, somos convidados a rezar para que o Senhor da Messe suscite mais jovens generosos para aceitar o chamado de Deus. O dever de fomentar as vocações pertence a toda a comunidade cristã, que as deve promover, sobretudo mediante uma vida plenamente cristã. Em nossas igrejas, devemos constantemente fazer preces e súplicas pelas vocações sacerdotais e religiosas. O Santo Padre Bento XVI nos diz: “Os homens sempre terão necessidade de Deus – mesmo em época do predomínio da técnica no mundo e da globalização – do Deus que se mostrou a nós em Jesus Cristo e nos reúne na Igreja, para aprender, com Ele, a verdadeira vida, manter presentes e tornar eficazes os critérios da verdadeira humanidade.” Bento XVI ainda fala: “Especialmente neste tempo, em que a voz do Senhor parece sufocada por outras vozes e a proposta de seguir oferecendo a própria vida pode parecer demasiado difícil, cada comunidade cristã, cada fiel deveria assumir, conscientemente, o compromisso de promover as vocações. É importante encorajar e apoiar aqueles que mostram claros sinais de vocação à vida sacerdotal e à consagração religiosa, de modo que sintam o entusiasmo da comunidade inteira quando dizem o seu sim a Deus e à Igreja.” Portanto, para promover as vocações específicas ao ministério sacerdotal e à vida consagrada, para tornar mais forte e eficaz o anúncio vocacional, é indispensável o exemplo daqueles que já disseram o próprio “sim” a Deus, ao projeto de vida que Ele tem para cada um”. A história de toda vocação está interligada, quase sempre, com o testemunho de um sacerdote que vive com alegria a doação de si mesmo aos irmãos pelo Reino dos Céus. Isto porque a proximidade e a palavra de um padre são capazes de fazer despertar interrogações e de conduzir mesmo a decisões definitivas. Assim podemos afirmar que as vocações sacerdotais nascem do contato com os sacerdotes, quase como uma herança preciosa comunicada com a palavra, o exemplo e toda a existência. Para promover as vocações específicas ao ministério sacerdotal e à vida consagrada, para tornar mais forte e eficaz o anúncio vocacional, é indispensável o exemplo daqueles que já disseram o próprio “sim” a Deus ao projeto de vida que Ele tem para cada um. Que o Dia Mundial das Vocações possa ser, mais uma vez, uma preciosa ocasião a muitos jovens para refletir sobre a própria vocação, respondendo com simplicidade, confiança e plena disponibilidade. A Virgem Maria, Mãe da Igreja, guarde cada pequena semente de vocação no coração daqueles que o Senhor chama e a segui-lo mais de perto. +Alfredo Scháffler Bispo Diocesano de Parnaíba

Em meio aos grandes desafios do mundo complexo e plural, da realidade da Igreja e da vida religiosa consagrada, A Conferencia dos Religiosos do Brasil – Núcleo de Parnaíba, realizou dia 16 de abril, o seu encontro anual com o bispo diocesano Dom Alfredo Shaffler, onde refletiram a sua caminhada e traçaram e metas para a evangelização. Motivados pelo tema da XXII Assembleia Geral da CRB, “Olhos Fixos em Jesus” (Hb 12, 1), os religiosos (as) querem prosseguir o seu caminhar, sendo presença solidária na Diocese de Parnaíba. O núcleo de Parnaíba é composto por 15 congregações religiosas, que se reúnem mensalmente para estudos, reflexões, momentos de espiritualidade, troca

de experiências e lazer, viabilizando sempre uma interação entre as congregações, para fortalecerem-se na missão. Ana Christina Damasceno PASCOM-Paróquia Santa Ana

PJ reúne 110 jovens no seu 1º. Retiro Missionário “A Identificação do discípulo jovem com Jesus de Nazaré” foi o tema que norteou o I Retiro Espiritual Missionário Jovem da Diocese de Parnaíba, ocorrido nos dias 26 e 27 de fevereiro, na paróquia Nossa Senhora da Boa esperança, em Esperantina, do qual participaram 110 jovens. Com uma abordagem voltada para a vida na Terra, a espiritualidade possibilitou fazer um link com o tema da Campanha da fraternidade 2011. O retiro pregado, por padre Bernardo Carvalho (Vigário da Paróquia Nossa Sra. da Boa Esperança) foi um momento forte de catequese para a formação da identidade cristã dos jovens que ali se fizeram presentes e contou com as a participação do padre Everaldo Ramos, (Assessor Diocesano da Pastoral da Juventude). Na opor tunidade aconteceu o lançamento do projeto da V

Participantes do retiro com Pe. Everaldo (ao centro)

Romaria da Pastoral da Juventude que tem como tema: “Juventude e Missão” e lema: “Juventude em ação a caminho da missão”. Francicleiton Membro da PJ de Cocal dos Alves Padre Everaldo Ramos Assessor Diocesano da Pastoral da Juventude

Convidados a estar mais próximos de Jesus Quando somos chamados por Deus a exercer o ministério sacerdotal na Igreja, todos os nossos planos são direcionados para Deus e temos que aprender a andar como Jesus em sua missão, no amor a Deus e à Igreja. O seminário nos ensina o caminho de Cristo, que chama os seus discípulos a estarem mais próximos a Ele. Atualmente a Diocese conta em Parnaíba com 23 seminaristas: 17 no Seminário Interdiocesano Sagrado Coração de Jesus em Teresina, 4 no Seminário Menor e 2 no Seminário Maria Mater Ecclesiae do Brasil em São Paulo. Neste ano sete novos seminaristas ingressaram na casa da filosofia, que faz parte do Seminário Interdiocesano, em Teresina Você que se sente chamado a estar mais próximo de Jesus e a Servi-Lo mais de perto no sacerdócio, venha fazer uma experiência vocacional de fim de semana no seminário.Entre em contato conosco: Tel: (86) 3322-2358. Estamos de braços abertos para acolher você, assim como Cristo acolheu os

ntro tônio, 843 - Ce Praça Santo An 3 (86) 3323-971 tmail.com ourschool@ho email: happyh

CMYB

Religiosas do Núcleo CRB de Parnaíba

Seminaristas do Seminário Menor João Paulo II

seus amigos. Dê esta resposta a Deus. Par ticipe conosco das semanas de convivência que acontecem nos meses de janeiro e julho de cada ano e conheça a formação dos nossos futuros padres. E para ajudar na formação com sua contribuição basta procurar a Cúria Diocesana de Parnaíba ou fazer depósito bancário para: Obras Vocacionais Sacerdotais – OVS em Conta Corrente: 443-8/Agência: 030/Operação: 003/ Banco: Caixa Econômica Federal. Felipe - Seminarista


04

Informativo Millenium - março e abril de 2011

Encontro Matrimonial Mundial, uma experiência de amor e fé

PE. ANTONIO SOARES

Pároco da Catedral de N. S. da Graça

“O homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e os dois formarão uma só carne”(Mt 19,5). Aqui vemos Jesus retomando às páginas iniciais das Sagradas Escrituras para ratificar o plano inicial de Deus para o matrimônio. Entretanto, temos acompanhado nos nossos dias muitas notícias de fatos que sinalizam tempos difíceis e atribulados para a família: o aumento no número dos divórcios

com o consequente aumento do número de filhos que são obrigados a crescer sem a companhia e o afeto de um ou de ambos os pais, comprometendo seu crescimento equilibrado psíquica e afetivamente, aumento no número de casais que vivem apenas em união consensual, união de pessoas do mesmo sexo. Estes são apenas alguns dos casos que estão próximos a nós, quando não dentro de nossa própria família. Quem de nós não conhece casos semelhantes? Porém, anima saber que em meio a tantos que olham este contexto com pessimismo, há uma multidão de homens e mulheres que corajosamente escolheram tomar a decisão de amar e lutar com todas as forças em defesa do matrimonio. Dentre estes, estão os casais que fazem parte do Encontro

Famílias são beneficiadas com a Coleta da Solidariedade A coleta da Solidariedade é um gesto concreto que os cristãos e as pessoas de boa vontade fazem durante a Quaresma. Os recursos que são arrecadados com esse gesto de solidariedade são revestidos em ações relacionadas ao tema da Campanha da Fraternidade. Quarenta por cento desse valor são destinados para o Fundo Nacional de S o l i d a r i e d a d e , q u e Família de dona Maria do Livramento apóia projetos em todo o Brasil. Os sessenta por cento da situação e encaminhou o restantes ficam na Diocese e podem problema para Dom Alfredo, Bispo ser utilizados para apoiar projetos ou Diocesano, e para a equipe que para ajudar famílias em situação de coordena o Fundo Diocesano de vulnerabilidade social (fome, moradia Solidariedade que visitou a família e precária, dependência química, providenciou a compra de material para a construção da casa a qual foi exploração infantil, etc) A Diocese de Parnaíba vem construída pelo seu filho mais velho. utilizando esse recurso para Feliz, Dona Livramento que vive de recuperar ou construir moradias serviços prestados esporadicamente, de famílias carentes dos bairros demonstra gratidão. “Agradeço a periféricos da cidade de Parnaíba. Deus e a todos que me ajudaram.” Já foram mais de 35 famílias que Uma casa para morar amenizou o tiveram suas casas recuperadas ou sofrimento dessa família, que tinha construídas. D. Maria do Livramento como renda única o Bolsa Família, Paulino, 46, viúva, 6 filhos, foi uma mas que agora foi cortado. No dia das beneficiadas. Ela nasceu em 30 de março, data em que esta mãe Parnaíba. Morou até os 9 anos na de família foi entrevistada, ninguém Ilha do Tabuleiro, período em que o da casa ainda havia tomado café e pai faleceu. A partir daí foi morar ainda não havia nenhuma perspectiva na Ilha Grande de Santa Isabel. de alimentação para o almoço. “Hoje Casou e se mudou para Araioses, no não temos nem carvão para fazer Maranhão. Em 2008 ficou viúva. Em o fogo, mas Deus vai nos ajudar”, 2010 mudou-se para o Bairro João lamenta Dona Livramento. Este ano os recursos da Coleta XXIII, onde morou numa casa cedida temporariamente. Em seguida Dona da Solidariedade serão aplicados Livramento ficou morando embaixo em projetos relacionados ao tema de um cajueiro com toda a sua da Campanha da Fraternidade 2011 família. Sensibilizadas com a situação (Fraternidade e Vida no Planeta). dela, várias pessoas começaram Além disso, será feita uma doação a ajudar de diversas formas. Irmã para as famílias da região serrana Graça, religiosa da Congregação das do Rio de Janeiro atingida pelos Cordimarianas, tomou conhecimento deslizamentos de terra. CMYB

Matrimonial Mundial(EMM). Eles Sabem bem que na convivência passa-se pelas fases do ENCANTO, DECEPÇAO E JÚBILO. Para isso, cultivam valores indispensáveis para a sustentação das famílias. Vivem alicerçados no mandamento do amor deixado por Cristo: “Amaivos uns aos outros como eu vos amei”, compreendem o matrimonio não como um contrato, mas como uma aliança de amor e amor-ágape como bem o descreve São Paulo na primeira car ta que escreve aos cristãos da comunidade de Corinto: “o Amor é paciente (...) tudo perdoa, tudo crer, tudo espera, tudo supor ta...”(1Cor 13,4-6); cultivam o diálogo como um valor inegociável. Além disso, estão lutando unidos a outros casais que buscam o mesmo ideal formando

comunidades de apoio nas quais vivenciam a arte da comunicação pela qual se compar tilha a vida de maneira simples e confiante, escutando o seu esposo(a) com o coração; convive-se privilegiando o relacionamento, sendo no interior destas comunidades, solidários, ajudando-se mutuamente pelo testemunho de vida e o compartilhar de experiências que enriquecem a todos. Na car ta aos efésios, encontramos também esta recomendação: “Maridos, amai vossas esposas como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela.”(Ef 5,25). Vivendo com fidelidade este conjunto de valores, aliados a uma experiência pessoal com Deus, cer tamente os esposos(as) terão vida longa e feliz.

Coleta da Evangelização precisa avançar No terceiro domingo do Advento, acontece a coleta da evangelização. Os recursos ajudam os projetos desenvolvidos na área pela Igreja no Brasil. Do total arrecadado durante a campanha, 45% é destinado às dioceses; 20% aos Regionais e 35% ao Fundo Nacional de Evangelização, administrado pelo Conselho Econômico da CNBB, e que garante recursos para o Secretariado Nacional e viabiliza projetos específicos de Evangelização. O valor angariado pela Coleta Nacional para a Evangelização constitui o Fundo para a Evangelização em âmbito Diocesano, Regional e Nacional. Em nossa diocese os recursos

Pe. Eduardo Furtado Ecônomo da Diocese de Parnaíba

arrecadados estão sendo investidos numa grande obra de evangelização: o Projeto das Santas Missões Populares.Por isso, agradecemos a todas as paróquias que têm se esforçado para aumentar a sua coleta, no entanto, fazendo uma comparação entre o arrecadado em 2009 com o arrecadado em 2010, podemos verificar que houve uma redução bastante significativa, n o ú l t i m o a n o . Po r t a n t o , fazemos uma apelo às paróquias que façam um esforço maior na divulgação desta campanha para que assim possamos ter os recursos necessários à serviço da evangelização do nosso povo. Obrigado por você nos ajudar!


05

Informativo Millenium - março e abril de 2011

Entrevista: com Dom Erwin Krautler Por: Paulo Adriano Ribeiro

De 14 a 18 de março, Dom Erwin Krautler, esteve em Parnaíba, onde pregou retiro espiritual para o clero desta diocese. Dom Erwin é bispo da Prelazia do Xingu – PA e presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi). Na ocasião ele falou ao Jornal Millenium sobre sua luta a favor dos povos da Amazônia. Atuou com a irmã Dorothy Stang e prossegue na mesma luta pelos direitos das comunidades camponesas e indígenas e pela preservação ambiental na região amazônica; vem denunciando a atuação de latifundiários, grileiros, madeireiros e fazendeiros com práticas de trabalho escravo e de destruição ambiental; tem aberto espaço na sua diocese para o debate sobre a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, que ameaça atingir comunidades indígenas e camponesas, mas, segundo ele, é de interesse de madeireiros e grandes empresários. Dom Erwin vem sendo ameaçado e agredido inúmeras vezes há muitos anos devido à sua atuação. Atualmente vive sob a proteção de policiais militares do estado do Pará. Sua atuação também foi reconhecida por diversas entidades por meio de prêmios de direitos humanos e títulos doutor honoris causa que recebeu. J.M – Dom Erwin, como se encontra hoje a sua luta contra a Usina Hidrelétrica do Xingu? Dom Erwin – A luta já dura trinta anos. Esse projeto da hidrelétrica do Xingu, hoje chamado de Belo Monte é do tempo da ditadura militar, e já naquele tempo nós provamos que é inviável a execução de um projeto dessa magnitude, por que sacrificaria o rio todo. O Lula, antes de ser presidente, em época, junto com os candidatos a deputados federais e a senadores se posicionaram contra Belo Monte, então quando Lula assumiu o governo, nós pensávamos que este projeto estaria definitivamente arquivado e para nossa maior surpresa desengavetaram o projeto e querem agora, contra todas as evidencias, levar esse projeto adiante. O IBAMA emitiu uma licença para o início da construção, porém tal documento não foi baseado em argumentos técnicos, mas sim por pressão política.

J.M – Quais seriam as consequências para a comunidade local diante a construção da hidrelétrica? Dom Erwin – Tem gente que vende esse projeto como projeto de energia limpa, mas que energia limpa é essa que acabará com um rio inteiro? Tudo isso é falácia. Altamira é uma cidade hoje com 105 mil habitantes. Um terço de Altamira vai pro fundo: 30 mil pessoas serão diretamente afetadas; serão arrancadas de seus lares e levadas ninguém sabe pra onde, até hoje. Eu perguntei ao setor energético do governo várias vezes: Qual será o futuro desse povo? Não tem resposta. Altamira será parcialmente cercada por água, virará uma península margeada por um lago morto, por um lago podre. Altamira hoje tá cheia de dengue, cheia de malária, e com esse lago podre, naturalmente se multiplicarão as pragas de mosquitos e também as doenças endêmicas. Outro assunto: Quando se der o tiro de largada para a construção da usina, os cálculos oficiais prevêem a imigração de 100 mil pessoas para Altamira em busca de emprego. É impossível arranjar emprego para tanta gente. E também o povo de Altamira, logicamente, os que não tem emprego, estão sonhando com emprego na construção. O que será desse povo? Altamira não tem a mínima infra-estrutura para receber tanta gente, em termos de educação, em termos de saúde, em termos de segurança, em termos de habitação, saneamento básico, esgoto e tudo mais, não tem. Então será um caos, será um futuro apocalíptico que vamos viver. E o governo fecha os ouvidos, fecha os olhos diante dessa calamidade programada. J.M – Dom Erwin, o senhor veio pregar o retiro do clero diocesano. Em que o senhor se baseia para a realização desse retiro? Dom Erwin – O retiro do clero é sempre um ponto alto durante o ano, é quando eles se recolhem para aprofundarem sua vivência de padres. Então eu baseei o retiro na mística de são Paulo Apóstolo, porque sem essa mística, sem essa motivação profunda, sem essa paixão pelo reino, nós não vamos adiante. Precisamos

Regional NE4 da CNBB discute Comunicação, evangelização e novas tecnologias da informação O Encontro de Comunicação do Regional Nordeste 4 da CNBB (Piauí) que aconteceu de 8 a 10, em Teresina (PI), reuniu mais de 70 participantes. Durante os três dias eles discutiram o tema “Comunicação e Evangelização”. O evento destacou também a importância do uso das novas tecnologias de comunicação. Durante o encontro houve uma mesa-redonda com o assessor de imprensa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padre Geraldo Martins Dias; a assessora do Setor de Comunicação Social da CNBB, irmã Elide Fogolari; e a editorachefe do Jornal Bom dia Piauí, da TV Clube, com as temáticas “45º Dia Mundial de Comunicação” e “Relação entre Notícia e Igreja”. CMYB

Padre Geraldo destacou, durante a mesa, o papel da autenticidade e da verdade no uso das redes sociais, bem como a preocupação do papa com a questão. “A comunicação tem como base isso: autenticidade e verdade. Comunicação e Evangelização, principal tema do Encontro foi ministrado por padre Geraldo. Ele provocou os participantes (agentes de pastoral, sacerdotes, seminaristas e leigos) para a necessidade de fazer comunicação e evangelizar de maneira transformadora, a partir da mudança interior e provocada pela abertura para os ensinamentos de Jesus, consciente, e refletida sobre a nova cultura que se instaura nos meios de comunicação.

ter essa força, essa energia que só vem de Deus. Quem hoje é padre sabe perfeitamente que se não estiver alicerçardo, fundamentado na palavra de Deus, se não tem esse amor profundo à causa do Evangelho, ele não vai vencer. O mundo de hoje tá muito sensível e não quer apenas padre pregador, padre que só fala, mas padre que vive, que dá testemunho daquilo que acredita. Então o retiro tem essa finalidade de nós nos aprofundarmos, porque nós queremos transmitir ao povo aquilo que nós mesmos contemplamos. Nós queremos ser representantes enviados por Deus para anunciar a Boa Nova. Evangelizar hoje não é apenas anunciar e dar testemunho, mas é entrar em diálogo com aqueles que não andam mais conosco. Também é um serviço que nós prestamos hoje ao Brasil, como Igreja. No Fórum Social Mundial nós sempre falamos “um outro mundo é possível” e eu creio que este outro mundo a que nos referimos coincide com o Reino de Deus e nós temos uma grande missão a cumprir em todos os quadrantes e rinções do Brasil. Também em relação aos povos indígenas, aos povo afros, aos povos da cidade, aos povos do campo, nós temos o dever de anunciar Jesus Cristo, o filho de Deus, aquele que deu sua vida por nós, e que nos impulsiona para vivermos este compromisso.

ECC realiza 3º etapa de formação O Encontro de Casais com Cristo realizou de 1º. à 3 de abril, a sua Formação de 3º Grau para 32 casais, encaminhando-os a assumir a missão de discípulos e missionários de Cristo, nas pastorais e movimentos das paróquias. A Formação foi composta de estudos e reflexões a cerca dos temas: Doutrina Social da Igreja; A família como renovadora do mundo atual; A dignidade da pessoa humana, dentre outros. O bispo diocesano de Parnaíba, Dom Alfredo Scháffler, ministrou a formação de abertura do encontro, falando sobre “A realidade do mundo à luz dos documentos da Igreja”, aonde refletiu sobre a missão do cristão nos dias atuais, bem como o uso das novas mídias na evangelização e proliferação de informações, os problemas sociais do sistema opressor que maltrata as famílias. Além de Dom Alfredo,

outros formadores par ticiparam do evento, como o Padre Carlos Seixas, Frei Gilberto e Frei Chagas. Finalizando o encontro de formação, os casais foram enviados à missão nas pastorais e movimentos sociais, buscando sempre contribuir com seu testemunho de cristão dentro da sua realidade. A formação foi encerrada com missa presidida por padre Estevão Mitros, que durante a sua homilia destacou a importância da família nos dias atuais. Nas formações do ECC, os casais passam por três etapas para estarem aptos a serem enviados em missão. A primeira etapa caracteriza-se pelo despertar dos casais à vida religiosa, na segunda etapa realiza-se o firmamento do compromisso dos casais na Igreja e a terceira etapa os envia em missão. Ana Damasceno PASCOM-Paróquia Santa Ana


06

Informativo Millenium - março e abril de 2011

Centro Educacional Irmã Abelinda Ducci inicia ano letivo com excelência “Para o inicio de um novo tempo, redobradas porções de esperanças”. Pe. Fábio de Melo. Levando em consideração o que diz o Pe. Fábio de Melo iniciamos mais um ano letivo com esperanças de superar os desafios para o ano de 2011. O Centro Educacional Irmã Abelinda Ducci desenvolve ações voltadas para as famílias em situação de vulnerabilidade e pobreza do bairro Nossa Senhora do Carmo, e regiões circunvizinhas, na cidade de Parnaíba – PI, situada na Rua Maestro Almir Araújo, 500. O referido Centro foi inaugurado como Casa de Apoio à Criança e Assistência à Família em 13 de junho de 2005 com a meta de atender a 50 crianças, mas logo em 2006, devido a grande procura passou a ter 70 crianças com idade de 2 a 3 anos e 11 meses. Já em 2011 a proposta do Centro Educacional passa a ir além, agora a atender crianças de 3 a 5 anos e 11 meses, idade essa da pré-escola tendo como

objetivo principal desenvolver a criança integralmente em seus aspectos físico, psicológico, intelectual, social, cultural e religioso além de proporcionar uma melhoria na qualidade de vida das crianças e de seus familiares. Durante todo dia, a rotina dos meninos e meninas atendidos são preenchidos de atividades pedagógicas e variadas que buscam o desenvolvimento pleno dos mesmos enquanto pessoa, proporcionando uma influência mutua com um ambiente de subsistência para também contribuírem para o hoje e o amanhã de seus filhos. Dessa forma, o Centro Educacional Irmã Abelinda Ducci, juntamente com as famílias, desejam contribuir para que as crianças sejam sujeitos reflexivos, críticos e atuantes na sociedade. Keyla Christina Sousa Nascimento Pedagoga

CIDADANIA Confira aqui os repasses do governo federal para o se município referente a fevereiro de 2011.

Fonte: : http://www.tesouro.fazenda.gov.br/estados-municipios/municipios.asp - Acessado em: 08 de abril de 2011

CMYB


07

Informativo Millenium - março e abril de 2011

Eleições e Diretrizes para a Evangelização dão o tom da 49ª Assembleia Geral da CNBB A Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), pela primeira vez, será realizada em Aparecida (SP). Uma grande estrutura está sendo montada pelo Santuário de Aparecida para acolher o evento que reunirá mais de 300 bispos, durante dez dias, de 4 a 13 de maio. Esta será a 49ª Assembleia da CNBB e terá dois temas centrais. O primeiro são as eleições de nova Presidência da Conferência e dos presidentes das Comissões Pastorais. O segundo são as novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, que serão aprovadas

pela CNBB para o quadriênio 20112015. Já as Diretrizes do Diaconato Permanente estão entre os chamados temas prioritários, juntamente com assuntos de liturgia. Durante a Assembleia, a CNBB prestará homenagem à Adveniat que, neste ano, comemora 50 anos. Haverá, ainda, análise de conjuntura social e eclesial e várias comunicações referentes, por exemplo, aos 50 anos do Movimento de Educação de Base (MEB), Jornada Mundial da Juventude, preparação do jubileu de 50 anos do Concílio Vaticano II, situação dos povos indígenas.

Dízimo: partilha e gratidão porque tudo é de Deus! O dízimo é uma for ma concreta de manifestar a fé em Deus providente, um modo de viver a esperança em seu Reino de vida e justiça, um jeito de praticar a caridade na vida em comunidade. É ato de fé, de esperança e de caridade. O dízimo é compromisso de cada cristão. É uma forma de devolver a Deus, num ato de agradecimento, uma par te daquilo que se recebe. Representa a aceitação consciente do dom de Deus e a disposição

fiel de colaborar com seu projeto de felicidade para todos. Dízimo é agradecimento e partilha, já que tudo o que temos e recebemos vem de Deus e pertence a Deus. Nosso muito obrigado a todos os dizimistas da diocese de Parnaíba. Graças a sua fidelidade estamos conseguindo cada vez mais evangelizar e manter nossas paróquias. Queremos convidar a todos a conseguirem mais um dizimista na sua paróquia neste ano de 2011.

Divulgado o programa de beatificação do papa João Paulo II Foi divulgado pela Sala de Imprensa da Santa Sé o programa de três dias da beatificação do papa João Paulo II, que será realizado no dia 1º de maio. O vigário do papa para a diocese de Roma, cardeal Agostino Vallini, detalhou o programa dos três dias de celebração que tem início no dia 30 de abril com uma Vigília de Oração no Circo Massimo No dia 1º de maio, domingo da Divina Misericórdia, o Papa Bento XVI presidirá a Santa Missa de Beatificação de João Paulo II, que será precedida por uma hora de preparação na qual se rezará o Terço da Divina Misericórdia, devoção introduzida por Santa Faustina Kowalska, e muito apreciada pelo então papa João Paulo II e terminará com uma invocação à misericórdia no mundo, com o canto “Jezu ufamTobie”, que quer dizer “Jesus confio em vós”. A missa será na Praça São Pedro às 10h (horário de Roma). Na segunda-feira, 2 de maio, o Secretário de Estado Vaticano, Cardeal Tarcisio Bertone, presidirá às 10h a Missa de Ação de Graças pela Beatificação na Praça São Pedro. O Padre Federico Lombardi,

Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sede, explicou que na sexta-feira, 29 de abril, pela tarde, se transladará o caixão do beato Papa Inocêncio XI - que se encontra na Capela São Sebastião da basílica vaticano -, ao altar da Transfiguração, para deixar seu lugar ao corpo de João Paulo II. Na mesma manhã, o caixão do Pontífice - que não será aberto - será transladado para diante do túmulo de São Pedro, nas grutas vaticanas. Na manhã do 1º de maio, será levado diante do altar da Confissão da basílica. Na parte da tarde do mesmo dia, as pessoas que o desejarem poderão venerar os restos de João Paulo II.

Pe. Eduardo Furtado Ecônomo da Diocese de Parnaíba

Padres da diocese meditam sobre a vida sacerdotal No dia 19 de abril o clero da Diocese de Parnaíba esteve reunido no Centro Pastoral Sagrada Família onde participou de um momento de meditação sobre a vida sacerdotal com Dom Geraldo Nascimento, frade

capuchinho da Paróquia de São Sebastião. No final da tarde dirigiramse à catedral de Nossa Senhora da Graça onde concelebraram com Dom Alfredo a tradicional missa dos santos óleos.

Diocese organiza Escola Bíblica Catequética A coordenação diocesana da Catequese comunica aos catequistas da diocese que encontram-se aber tas as inscrições para quem desejar participar da Escola Bíblica Catequética. O objetivo é cuidar da formação dos catequistas a partir

das orientações do Diretório Nacional de Catequese e no documento de Aparecida. Os interessados deverão procurar a coordenação diocesana de catequese às terças feiras na Cúria diocesana ou entrar em contato através do telefone (86) 3322-2358.

Óptica

Construções, Reformas e Casas prontas para morar Av. Pres. Vargas, 94 - Centro - Parnaíba - PI - (86) 3321.2141/2142

CMYB

Rua Caramuru, 2049 / B. Piauí - Parnaíba-PI Fone: (86) 3323-3972


08

Informativo Millenium - março e abril de 2011

Giro pelas Paróquias

Irmãs Franciscanas de São José instalam fraternidade em Milton Brandão No dia 08 de abril próximo passado, em Milton Brandão, durante a missa presidida pelo bispo diocesano Dom Alfredo Scháffler, Irmã Antonia, a viceprovincial da comunidade religiosa Irmãs Franciscanas de São José, instalou a fraternidade de Santo Antonio Galvão. A nova fraternidade será coordenada por Irmã Emília, que após 14 anos de

trabalhos prestados à evangelização do povo de Brasileira, assumirá a nova fraternidade. Uma caravana de fiéis, composta por vários ônibus, num gesto de gratidão e carinho partiram de Brasileira acompanhando Irmã Emília até Milton Brandão, onde a mesma foi recebida com bastante alegria pelo povo de Deus daquela comunidade.

Santa Luzia conclui sua casa paroquial O povo de Deus da Paróquia de Santa Luzia, em Parnaíba, está muito feliz com a conclusão da construção da Casa Paroquial, pois além da igreja recém-construída, agora podem contar com mais um sinal para o for talecimento de sua fé. Podem sentir-se cada vez mais acolhidos na sua paróquia através da presença

constante de seu pároco, o qual agora dispõe de um local onde possa manter um maior contato com os seus paroquianos. No dia 23 de março, a casa paroquial foi entregue pelo senhor bispo diocesano Dom Alfredo Scháffler ao pároco daquela paróquia, Padre Jurandir. A casa está localizada a Rua Itaúna, no Planalto Montserrat.

Diocese de Parnaíba realiza prestação de contas relativas a 2010 A diocese de Parnaíba, sempre preocupada com a auto-sustentação de suas paróquias e zelosa com a transparência dos investimentos de seus recursos, vem a público prestar contas com os seus prezados diocesanos que acreditam e apóiam o nosso trabalho de evangelização. O presente relatório foi apreciado pelo Conselho Econômico da Diocese. Queremos assim, ser espelho para as nossas paróquias, para que estas, a partir do nosso exemplo, possam também criar os seus Conselhos Econômicos Paroquiais e realizar a sua prestação de contas com os seus paroquianos, sempre zelando pela transparência em sinal de respeito àqueles que repartem conosco os dons que Deus lhes dá a cada dia. 1. Receitas

“Maria, partilha e Missão”, é o tema da festa de Nossa Senhora de Fátima A Paróquia Nossa Senhora de Fátima se prepara para mais uma festa em honra a Nossa Senhora, este ano com o tema “Maria, partilha e missão.”Padre Carlos Seixas, o pároco, convida a todos para as festividades que iniciam dia 1º de maio com uma alvorada em seguida será oferecido

um café comunitário aos participantes. Todas as noites, a partir das 18h a reza do terço, e em seguida a celebração da santa missa. Logo após os fiéis são convidados a visitarem as barracas com comidas típicas. Também haverá, leilões, brechó, e música ao vivo com artistas da terra.

2. Despesas

Paróquia Santa Ana: Nova Matriz em construção A construção da matriz da paróquia de Santa Ana tem mobilizado a paróquia e toda a Diocese. O empreendimento conta com a ajuda de uma comissão formada e fortalecida em toda diocese. Por meio do carnê da construção cada pessoa de boa vontade pode realizar a sua doação e promover a construção do Templo Sagrado. A construção está sendo feita por etapas. Na primeira etapa foram feitos os fundamentos. A segunda etapa estará concluída até maio e objetiva a construção das paredes, torre e a cober tura da Igreja. Na terceira etapa nos dedicaremos às esquadrias (portas, janelas) e parte dos revestimentos, bem como adiantarmos por causa do reboco toda a parte de instalações que forem embutidas. Portanto ,nosso desafio é grande, mas estamos confiantes”. Segundo padre Estevão Mitros, pároco de Santa Ana, “O desafio nestes meses têm sido muito grande, pois temos a responsabilidade de repassar os pagamentos à construtora. E continua: “Já estamos com paredes, torre, acessos prontos e a obra já se

CMYB

encaminha para o teto.” A previsão é a de que 1º de Maio (Dia da Divina Misericórdia e da Beatificação do Papa João Paulo II) será feita a bênção da estrutura e do teto. Padre Estevão agradece e deixa sua mensagem a quem deseja ajudar, “Precisamos sonhar e lutar pela concretização do que queremos. Nossos paroquianos estão dando o melhor de si. E mais pessoas estão se juntando neste projeto. Pedimos que a bênção de Deus irradie os corações de todos e lhes dê muita paz, saúde e vida digna. Acreditamos que conseguiremos com ajuda de todos. Em todas as missas da Matriz estamos rezando pelos benfeitores e colaboradores da construção. Qualquer pessoa que queira visitar a construção será muito bem vinda. Obrigado e que a Paz de Cristo esteja com todos vocês”. Para adquirir o carnê da construção da Matriz de Santa Ana, é só entrar em contato com o Comitê pelo telefone (86) 3323-2956. Ana Christina Damasceno PASCOM-Paróquia Santa Ana

Resumo

Ulisses Rocha Bezerra - TRC-PI 8939

Novo Ofício para Piripiri Pe . Re i n a l d o N u n e s , f o i nomeado pelo Bispo Diocesano Dom Alfredo o novo pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Piripiri. Fazemos votos

que mesmo assuma sua nova missão com o mesmo carinho e empenho que tem dedicado a sua paróquia anterior Nossa Senhora da Conceição em Pedro II.

EXPEDIENTE Jornal Millenium: É um informativo de publicação bimestral produzido pela Pastoral da Comunicação da Diocese de Parnaíba; Propriedade: Diocese de Parnaíba; Conselho Editorial: Dom Alfredo Scháffler, Paulo Adriano, Pe. Vittório, Dom Rufino, Rodger Marques e Vanuza; Colaboração: Kleber Lima; Digitação: Paulo Adriano; Diagramação: Fabrícia Lopes; Revisão: Rodger Marques; Depto. Comercial: Nilda Leitão; Tiragem: 10.000 exemplares; Endereço: Rua Josias Moraes, 676 - CEP 64.200 - 970 - Parnaíba - PI; Telefax: 086 3322-2358; Site: www.diocesedeparnaiba.org.br; E-mail: millenium@dioceseparnaiba.org.br

Jornal Milleniu, Edição março e abril 2011  

Publicação da Diocese de Parnaíba

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you