Page 1

Página 16

Fevereiro / 2012

Mamborê Paróquia: Nossa Senhora Imaculada Conceição Localização: Av. Manoel Francisco da Silva, 653 - Cx. Postal 13 - Telefone/ Fax: (44) 3568-1268 e 9832-9004 - CEP 87.340-000 - Mamborê - PR E-mail: paroquiamambore@hotmail.com  Página na internet:  www.paroquiamambore.com.br Número de capelas: 15 Data de criação: 01/10/1956 Pároco: Pe. Francisco Dantas de Carvalho, 51 anos de idade e 12 anos de ordenação. Secretários paroquiais: Ademir Machado e Édipo José Carneiro Resnizéke Histórico A presença da Igreja teve início no dia 1934, com a celebração de uma missa na residência de Fermino Manoel Nogueira, presidida pelo Pe. Paulo Tschorm, S. V. D., pároco de Guarapuava, na época. No ano de 1938 Léo Guimarães construiu a primeira capela em honra de Nossa Senhora Aparecida. Tratava-se de uma promessa feita por ele. Esta media 3 x 4 metros e foi benzida pelo Pe. Aloísio Jacobi, S. V. D., de Campo Mourão. A primeira missa com Confirmação foi em outubro de 1940, e contou com a presença de dom Manoel Koenner e do Pe. Aloísio Jacobi. A segunda capela localizava-se na atual Praça das Flores, no local onde está o Ginásio de Esportes Livino Krauze. Para a construção da mesma, Augusto Mendes dos Santos trouxe a madeira de Campo Mourão de carroça. Sua inauguração foi em 12 de dezembro de 1944. No início dos anos cinquenta, teve início a construção da terceira capela, no local onde está a atual igreja matriz. Houve época na qual o padre passava apenas duas vezes por ano no povoado. Este, saía de Guarapuava a cavalo e visitava as comunidades até Foz do Iguaçu. Os moradores eram responsáveis pelo transporte dos pertences. Por exemplo: quando se sabia que o padre estava na Tapera de Sinhá Ana Coita (atual Campina

Fevereiro / 2012

JORNAL

SERVINDO

Pe. Francisco Dantas de Carvalho, pároco desde 2004

do Amoral), alguém ia ao seu encontro, a cavalo, e levava mais um animal para trazer os objetos do sacerdote. Esta pessoa era denominada “próprio”. Com a conclusão da primeira casa paroquial, em maio de 1956, houve a criação da paróquia, em 1º de outubro do mesmo ano. O Pe. Guilherme Matt S.V.D. foi o primeiro pároco de Mamborê. A atual igreja foi construída na década de 1970. Estes foram os párocos e vigários paroquiais que trabalharam em Mamborê ao longo da história: A sigla S. V. D. significa Sociedade do Verbo Divino e, S. J., Sociedade de Jesus (Jesuítas). 1º Pároco - Pe. Guilherme Matt, S. V. D., empossado em 01/02/57. 2º Pároco - Pe. Leopoldo Jarek, S. V. D., empossado em 01/02/59. 3º Pároco - Pe. José Sauer, diocesano, empossado em 06/01/62. 4º Pároco - Pe. José Ely, S. J., empossado em 24/01/65. 5º Pároco - Pe. Arnaldo Beckemcamp, S. J., empossado em 23/04/66. Vigário paroquial - Pe. Libino Steffen,

S. J., em 12/05/66. 6º Pároco - Pe. Libino Steffen, S. J., empossado em 10/1966. 7º Pároco - Pe. Fernando Seidel, S. J., empossado em 02/1967. Vigário paroquial - Pe. Antônio Strieder, S. J., em 10/1967. Vigário paroquial - Pe. José Rohde, S. J., em 1968. Vigário paroquial - Pe. Inácio Kraemer, S. J., em 07/1968. Vigário paroquial - Pe. Ervino Schmitt, S. J., em 02/1969. Vigário paroquial - Pe. Aloysio Augusto Ternus, S. J., em 03/04/74 Escolástico - Fr. Sereno Boesing, S. J., em 1977. 8º Pároco - Pe. Vendelino Mueller, S. J., empossado em 26/02/78. 9º Pároco - Pe. Huberto Melz, S. J., empossado em 17/02/80. Vigário paroquial - Pe. Aloysio Augusto Ternus, S. J., retorna em 06/03/80. 10º Pároco - Pe. Arthur Frantz, S. J., empossado em 13/06/92. 11º Pároco - Pe. Leopoldo Benno Petry S. J., empossado em 22/02/98. Vigário paroquial - Pe. Guido José Stahl,

Página

Que a saúde se difunda sobre a terra

Capela construída nos anos 50, no local onde está a atual igreja matriz. A foto foi feita por Lourival Vieira, irmão de Nivaldo Vieira (Vadico). Acervo de Teresinha Santos Vieira

Padroeira: Nossa Senhora Imaculada Conceição

Diocese de Campo Mourão - Paraná Ano 23 - Fevereiro / 2012 / Nº 233

S. J. 12 º Pároco - Pe. Francisco Dantas de Carvalho, empossado em 2004 Vigário paroquial - Pe. Aédio Odilon Pego, chegou em 2004 Vigário paroquial - Pe. João Batista Rodrigues Vigário paroquial - Pe. Luiz da Silva Andrade, deixou a paróquia em 02/2010 Vigário paroquial - Pe. Sidinei Teixeira Gomes Vigário paroquial - Durvalino Rodrigues de Oliveira

(cf.Eclo 38,8)

Dia da padroeira A paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição celebrou a sua padroeira com uma missa, na manhã do dia 8 de dezembro de 2011. Houve Confirmação, investidura de MECEs - Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística e almoço de confraternização. O pároco de Mamborê Pe. Francisco Dantas de Carvalho foi delegado, pelo bispo diocesano dom Francisco Javier, para ministrar o Sacramento da Confirmação e para a investidura de 4 novos MECEs. Um total de 140 pessoas foram confirmadas. No final da missa houve a coroação da imagem da padroeira de Mamborê. No salão paroquial aconteceu o almoço festivo de confraternização. Como de costume, não houve a venda de bebidas alcoólicas.

Capela é elevada a quase-paróquia Página 12 Igreja matriz atual

Dom Virgílio de Pauli e Pe. Huberto Melz S.J., em 1990

Capela, inaugurada em 1944, localizada na atual Praça das Flores

Investidura de novos MECEs

Missa no dia da padroeira: 8 de dezembro de 2011

Confirmação no dia da padroeira

Coroação da imagem da padroeira

Ordenações Presbiteriais

Paróquia do mês: Mamborê

Página 13

Página 16


Página 02

Fevereiro / 2012

Palavra do Bispo Queridos amigos, Filhos e Filhas de Deus! Paz e alegria em Cristo Nosso Senhor! Ao iniciarmos este novo ano, procuremos revestir-nos da luz e da paz do Salvador e com a força da esperança, abrir nossos braços para acolher o dom de Deus que com certeza será derramado abundantemente sobre cada um de nós, pois acreditamos que somos amados por Ele. Depois de uma breve pausa reiniciemos nossas atividades e com renovado entusiasmo estamos disponíveis, para integrar-nos como Igreja nos acontecimentos significativos da cidade e das pastorais, participando com responsabilidade. A nossa diocese celebra com alegria e gratidão os 70 anos da paróquia São José, Catedral diocesana, ela é a mãe das Igrejas Católica na Diocese de Campo Mourão, onde se encontra o bispo, sinal de comunhão com o papa e demais Igrejas presentes no mundo todo. Este será um acontecimento que nos ajudará a fortalecer nossa comunhão fraterna e eclesial. Outro acontecimento de grande significado para nossa diocese é a ordenação Presbíteral de nossos diáconos, Rômullo, Lussamir e Gianny. Eles vêm para se integrar no Presbitério diocesano e contribuir nos trabalhos ao serviço do Reino. Agradeçamos a Deus por tão grande dádiva e aproveito esta ocasião para continuar pedindo orações para as diversas vocações para o serviço da Igreja. É com grande otimismo e alegria que viemos constatando as forças de nossas lideranças (padres, religiosos e leigos) para colocar em ação os projetos e propostas de nosso Plano da Ação Evangelizadora. Já bem no fim do ano passado, na última reunião geral do clero, foram apresentados os eventos que acontecerão para a realização das prioridades. Participemos com fé, abertos a ação do Espírito Santo dos diversos eventos que serão realizados a nível diocesano, decanal e paroquial. Eles serão as

Expediente Diretor: Dom Francisco Javier Delvalle Paredes Assessor: Pe. Sidinei Teixeira Gomes Coordenador: Vilson Olipa (44) 9958-9797 Colunistas: • Pe. Luiz Antônio Belini • Amani Spachinski • Maria Joana Titton Calderari • Seminarista Alfredo Rafael Belinato Barreto • Lilian Aparecida G. Hanel • João Alves Maciel

CALENDÁRIO – FEVEREIRO - 2012

Editorial O ano começa com importantes acontecimentos na diocese, como ordenações sacerdotais e a criação de uma quase-paróquia. Nesta edição do Jornal Servindo, você saberá mais sobre os três diáconos que serão ordenadores presbíteros em fevereiro e março deste ano. Falando de história, saberemos quando os MECEs começaram a atuar na diocese, lendo a coluna do Pe. Luiz Antonio Belini. O Jornal Servindo é mensal, mas ao longo de todo o mês, pode-se obter informações diárias da diocese, acessando o portal www. diocesecampomourao.com.br. Neste ano, tanto o Jornal Servindo quanto o portal da diocese na internet, se propõem a levar informações de todas as paró-

oportunidades e os espaços que temos para vivenciar e testemunhar nossa fé madura e comprometida, lembrando sempre que o serviço pastoral, qualquer que seja, é o espaço que o Senhor nos concede para partilhar com Ele da realização do seu Reino. Dessa maneira somos colaboradores do Senhor. Ainda neste ano daremos início à Visita Pastoral. Iniciaremos pela paróquia Nossa Senhora das Graças em Barbosa Ferraz, no dia 7 de maio de 2012. A Visita Pastoral é conhecida como a visita do bispo diocesano por um tempo mais prolongado numa comunidade paroquial e durante a qual, o bispo, auxiliado pelo pároco e demais lideranças, irá conhecer melhor a realidade da paróquia. Estes e outros eventos e desafios iremos encarar com fé na certeza de que o Senhor sempre está conosco, pois Ele nos escolheu. Acredito que é muito oportuno lembrar aqui a exortação do Apóstolo aos Colossenses: “Como escolhidos de Deus, santos e amados, vistam-se de sentimentos de compaixão, bondade, humildade, mansidão, paciência. Suportem-se uns aos outros e se perdoem mutuamente, sempre que tiverem queixa contra alguém. Cada um perdoe o outro, do mesmo modo que o Senhor perdoou vocês. E acima de tudo, vistam-se com o amor, que é o laço da perfeição. Que a paz de Cristo reine no coração de vocês.” (Cl 3, 12-15a)

DIA

quias. Dizemos isso, pois no ano anterior, tivemos paróquias com poucas notícias. Queremos receber a colaboração de todas as secretarias paroquiais, coordenações e paroquianos, para que os meios de comunicação da diocese sejam mais ricos em informações e, desta forma, os diocesanos, melhor informados. Queremos saber sua opinião sobre o Jornal Servindo. Há um questionário na página 3. Solicitamos a gentileza de que este seja preenchido e entregue às secretarias paroquiais. Nas edições de fevereiro e março, não haverá o suplemento, devido aos encontros da Campanha da Fraternidade. Um ótimo 2012 a todos!

A intenção geral é para que todos os povos tenham acesso à água e aos recursos necessários ao sustento quotidiano. Fevereiro / 2012 Intenção missionária: Para que o Senhor sustente o esforço dos profissionais de saúde das regiões mais pobres no serviço aos doentes e aos idosos.

Um abraço fraternal e paternal para todos e que o Senhor nos abençoe. Participantes do estudo sobre a CF 2012

Realizado estudo sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2012 Representantes de 22 paróquias compareceram na formação sobre o tema da CF - Campanha da Fraternidade 2012. O encontro foi no dia 4 de dezembro, no Centro de Formação do

Dom Francisco Javier Delvalle Paredes Bispo diocesano de Campo Mourão

Página 16

Editoração Eletrônica: Jonas Rodrigues. - 44 3025-2036 / Mamborê 9145-1499 / 9915-3400 Paróquia: Nossa Senhora Imaculada Conceição Localização: Av. Manoel Francisco da Silva, 653 - Cx. Postal 13 - Telefone/ Fax: (44) 3568-1268 e 9832-9004 - CEP 87.340-000 - Mamborê - PR E-mail: paroquiamambore@hotmail.com Página na internet: www.paroquiamambore.com.br Número de capelas: 15 Data de criação: 01/10/1956 Pároco: Pe. Francisco Dantas de Carvalho, 51 anos de idade e 12 anos de ordenação. Secretários paroquiais: Ademir Machado e Édipo José Carneiro Resnizéke

Tiragem: 11 mil exemplares. Impressão: Grafinorte. Histórico A presença da Igreja teve início no dia 1934, com a celebração de uma missa na residência de Fermino Manoel Nogueira, presidida pelo Pe. Paulo Tschorm, S. V. D., pároco de Guarapuava, na época. No ano de 1938 Léo Guimarães construiu a primeira capela em honra de Nossa Senhora Aparecida. Tratava-se de uma promessa feita por ele. Esta media 3 x 4 metros e foi benzida pelo Pe. Aloísio Jacobi, S. V. D., de Campo Mourão. A primeira missa com Confirmação foi em outubro de 1940, e contou com a presença de dom Manoel Koenner e do Pe. Aloísio Jacobi. A segunda capela localizava-se na atual Praça das Flores, no local onde está o Ginásio de Esportes Livino Krauze. Para a construção da mesma, Augusto Mendes dos Santos trouxe a madeira de Campo Mourão de carroça. Sua inauguração foi em 12 de dezembro de 1944. No início dos anos cinquenta, teve início a construção da terceira capela, no local onde está a atual igreja matriz. Houve época na qual o padre passava apenas duas vezes por ano no povoado. Este, saía de Guarapuava a cavalo e visitava as comunidades até Foz do Iguaçu. Os moradores eram responsáveis pelo transporte dos pertences. Por exemplo: quando se sabia que o padre estava na Tapera de Sinhá Ana Coita (atual Campina

Fevereiro / 2012

Fevereiro / 2012

JORNAL

SERVINDO

Padroeira: Nossa Senhora Imaculada Conceição

Pe. Francisco Dantas de Carvalho, pároco desde 2004

do Amoral), alguém ia ao seu encontro, a cavalo, e levava mais um animal para trazer os objetos do sacerdote. Esta pessoa era denominada “próprio”. Com a conclusão da primeira casa paroquial, em maio de 1956, houve a criação da paróquia, em 1º de outubro do mesmo ano. O Pe. Guilherme Matt S.V.D. foi o primeiro pároco de Mamborê. A atual igreja foi construída na década de 1970. Estes foram os párocos e vigários paroquiais que trabalharam em Mamborê ao longo da história: A sigla S. V. D. significa Sociedade do Verbo Divino e, S. J., Sociedade de Jesus (Jesuítas). 1º Pároco - Pe. Guilherme Matt, S. V. D., empossado em 01/02/57. 2º Pároco - Pe. Leopoldo Jarek, S. V. D., empossado em 01/02/59. 3º Pároco - Pe. José Sauer, diocesano, empossado em 06/01/62. 4º Pároco - Pe. José Ely, S. J., empossado em 24/01/65. 5º Pároco - Pe. Arnaldo Beckemcamp, S. J., empossado em 23/04/66. Vigário paroquial - Pe. Libino Steffen,

S. J., em 12/05/66. 6º Pároco - Pe. Libino Steffen, S. J., empossado em 10/1966. 7º Pároco - Pe. Fernando Seidel, S. J., empossado em 02/1967. Vigário paroquial - Pe. Antônio Strieder, S. J., em 10/1967. Vigário paroquial - Pe. José Rohde, S. J., em 1968. Vigário paroquial - Pe. Inácio Kraemer, S. J., em 07/1968. Vigário paroquial - Pe. Ervino Schmitt, S. J., em 02/1969. Vigário paroquial - Pe. Aloysio Augusto Ternus, S. J., em 03/04/74 Escolástico - Fr. Sereno Boesing, S. J., em 1977. 8º Pároco - Pe. Vendelino Mueller, S. J., empossado em 26/02/78. 9º Pároco - Pe. Huberto Melz, S. J., empossado em 17/02/80. Vigário paroquial - Pe. Aloysio Augusto Ternus, S. J., retorna em 06/03/80. 10º Pároco - Pe. Arthur Frantz, S. J., empossado em 13/06/92. 11º Pároco - Pe. Leopoldo Benno Petry S. J., empossado em 22/02/98. Vigário paroquial - Pe. Guido José Stahl,

As assinaturas do Jornal Servindo podem ser feitas nas secretarias paroquiais.

Página

Que a saúde se difunda sobre a terra

Capela construída nos anos 50, no local onde está a atual igreja matriz. A foto foi feita por Lourival Vieira, irmão de Nivaldo Vieira (Vadico). Acervo de Teresinha Santos Vieira

Site: www.diocesecampomourao.com.br Permite-se a reprodução total ou parcial do material veiculado no Jornal Servindo, desde que citada a fonte.

Diocese de Campo Mourão - Paraná Ano 23 - Fevereiro / 2012 / Nº 233

S. J. 12 º Pároco - Pe. Francisco Dantas de Carvalho, empossado em 2004 Vigário paroquial - Pe. Aédio Odilon Pego, chegou em 2004 Vigário paroquial - Pe. João Batista Rodrigues Vigário paroquial - Pe. Luiz da Silva Andrade, deixou a paróquia em 02/2010 Vigário paroquial - Pe. Sidinei Teixeira Gomes Vigário paroquial - Durvalino Rodrigues de Oliveira

(cf.Eclo 38,8)

Dia da padroeira A paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição celebrou a sua padroeira com uma missa, na manhã do dia 8 de dezembro de 2011. Houve Confirmação, investidura de MECEs - Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística e almoço de confraternização. O pároco de Mamborê Pe. Francisco Dantas de Carvalho foi delegado, pelo bispo diocesano dom Francisco Javier, para ministrar o Sacramento da Confirmação e para a investidura de 4 novos MECEs. Um total de 140 pessoas foram confirmadas. No final da missa houve a coroação da imagem da padroeira de Mamborê. No salão paroquial aconteceu o almoço festivo de confraternização. Como de costume, não houve a venda de bebidas alcoólicas.

Capela é elevada a quase-paróquia Página 12

Informações pelo e-mail/MSN: jornalservindo@hotmail.com Igreja matriz atual

Dom Virgílio de Pauli e Pe. Huberto Melz S.J., em 1990

Capela, inaugurada em 1944, localizada na atual Praça das Flores

Investidura de novos MECEs

Missa no dia da padroeira: 8 de dezembro de 2011

Confirmação no dia da padroeira

Coroação da imagem da padroeira

Ordenações Presbiteriais

Paróquia do mês: Mamborê

Página 13

Página 16

Página 15

Fevereiro / 2012

Lar Paraná, em Campo Mourão. O tema da CF 2012 é “Fraternidade e Saúde Pública” e, o lema, “Que a saúde se difunda sobre a terra!” Eclo 38,8.

Capa

O cartaz atualiza o encontro do Bom Samaritano com o doente que necessita de cuidado (Lc 10,29-37). A mão do profissional da saúde, segurando as mãos da pessoa doente, afasta a cultura da morte e visibiliza a acolhida entre irmãos (o próximo). A alegria do encontro retratado no cartaz recorda aos profissionais da saúde que foram escolhidos para atualizarem a atitude do Bom Samaritano em relação aos enfermos. Mobiliza os gestores do sistema de saúde a se empenharem para possibilitar atendimento digno e saúde para todos. Que a saúde se difunda sobre a terra.

QUEM

O QUE

PARA QUEM

3e4

COMIPRO

Encontro IAM e Jovens Miss.

3a5

CURSILHO

Jovem misto

CDF - Lar Paraná

4

SETOR FAMÍLIA

Preparar subsídios

Infância, Adolescência e Juventude Missionária Jovens convidados (masculino e feminino) Equipe de assessoria da família

4

COMIPRO

Reunião Provincial

Equipes dos COMIDIs

Par. Div. Esp. Santo Maringá

4

APOSTOLADO Reunião Diocesana Coordenadores Paroquiais

ONDE Maringá

A DEFINIR

Centro Catequético - C.M.

4e5

DIÁCONOS

Escola Diaconal

Aspirantes ao Diaconato Permanente

Seminário São José

5

IAM – INFÂNCIA E ADOLESC. MISSION.

Formação Missionária

Catequistas e Responsáveis adultos pela IAM nas paróquias

Capela N. S. P. Socorro Jd. Copacabana

6

EQ. DE ASSESSORIA

Preparar material sobre meses temáticos para Setor Família

Equipe de assessoria da Família

Cúria

9

CLERO

Afetividade e Espiritualidade

Padres do Decanato – Eng. Beltrão

Arauruna - Chácara do Diácono

11

CEBs

11

SETOR FAMÍLIA

11 e 12

CATEQUESE

11 e 12

RCC

18

CATEQUESE

Reunião Diocesana Coordenadores Paroquiais Reunião preparar material Encontro Diocesano

Equipe de Assessoria

Cúria

Coordenadores Paroquiais

CDF - Lar Paraná

Retiro / Assembleia

Servos em geral Assembléia: Coordenadores Paroquiais

A DEFINIR

Formação 2º Módulo

Decanato de Campo Mourão

Lar Paraná - C. Mourão

ORDENAÇÃO PRESBITERAL – DIÁCONO LUSSAMIR ROGÉRIO DE SOUZA

19 19

PJB

25

CATEQUESE

26

RCC

26

P. DA SAÚDE

Centro Catequético

Araruna

Gincana de Integração Formação 2º Módulo Oficina de Intercessão

?

?

Decanato de Eng. Beltrão

Eng. Beltrão

Decanato de Juranda

Juranda

Encontro Decanal

Decanato de Campo Mourão

CDF - Lar Paraná

Aniversários - FEVEREIRO 2012 PADRES E DIÁCONOS 01 - Pe. Carlos Alberto Rodrigues da Silva - Nascimento 02 - Pe. Deniz Aparecido Ferreira - Ordenação 02 - Pe. Roberto Carlos Reis - Ordenação 08 - Pe. Jurandir Coronado Aguilar - Nascimento 09 - Pe. Jorge Pereira da Silva - Ordenação 11 - Pe. Edinaldo Velozo da Silva - Ordenação 11 - Pe. José Gonçalves de Almeida - Ordenação 11 - Pe. Waldomiro Lúcio Tardivo Filho, SCJ - Nascimento 12 - Pe. Ivan Luiz Walter - Ordenação 13 - Pe. José Maria Mendonça - Nascimento 14 - Pe. Nilson Reis Gonçalves - Ordenação 15 - Pe. José Carlos Kraus Ferreira - Ordenação 17 - Pe. Paulo Roberto de Lima - Ordenação 17 - Pe. Valdecir Liss - Ordenação 18 - Pe. Ediberto Henrique de Mercena - Ordenação 19 - Pe. Ricardo Arica Ferreira - Ordenação 19 - Pe. Sidinei Teixeira Gomes - Nascimento 21 - Pe. Gessi de Matos - Nascimento 25 - Pe. Genivaldo Barbosa - Ordenação

RELIGIOSAS 01 - Irmã Gabriela Belli - Nascimento 01 - Irmã Marcia Cavalcante - Nascimento 02 - Irmã Alice Follmann - Profissão 02 - Irmã Carmelita Inez Rossato Piovesan - Profissão 02 - Irmã Maria Luísa Santi - Profissão 02 - Irmã Maria Ruedell - Profissão 06 - Irmã Elisângela Ramos de Souza - Nascimento 11 - Irmã Maria Beatriz Fernandes - Profissão 20 - Ir. Rosinei - Nascimento 23 - Ir. Helen Makiyama - Nascimento 24 - Irmã Erlaine S. Souza - Nascimento SEMINARISTAS 07 - André Arnaldo Rodrigues Camilo

www.diocesecampomourao.com.br Mantenha-se atualizado quanto aos assuntos da Igreja, da Diocese e de sua paróquia, visitando constantemente o site www.diocesecampomourao.com.br

Balancete Novembro / 2011 MANUTENÇÃO DA CÚRIA E IMÓVEIS Sanepar, Copel, Oi! e Correio....................................1.290,35 Locação Sistema Contab./Folha Pgto. .........................352,53 Encargos Soc.: INSS+FGTS+PIS+IRRF.................. 11.312,61 Combustível...............................................................1.160,15 Fundo de Reserva....................................................17.826,50 Côngruas/Salários....................................................25.881,14 Plano de Saúde..........................................................2.520,00 Capela Santa Paula Elisabete Cerioli...........................648,98 Mensalidade do Prever...................................................35,00 Vales Transportes..........................................................384,00 M S Guaiume Segurança Monitorada.............................80,00 Despesas com Cartório...................................................86,40 Materiais de Escritório...................................................220,80 Théos Informática-Prog. SGCP.......................................61,20 J M Grande (Bandeiras).............................................1.054,00 HDI Seguros S/A Parc. 02/03 e 04 (Uno)...................1.002,08 Contribuição p/ Seminarista............................................50,00 Advocacia Andrade e Rodrigues................................2.500,00 Despesas Mat. limpeza/Café (Cúria) ..........................127,98 Atlântico CM-Terrenos Jd Botânico II ......................12.000,00 Tribunal Eclesiástico......................................................545,00 Manutenção e conservação de imóveis........................160,00 Reforma da Cúria.....................................................28.572,26 Despesas materiais didático e religioso..........................86,97 Doação Escola Diaconal ...........................................1.090,00 Lavanderia São Paulo.....................................................80,00 Curso (Pe. Aédio/Gerson/Ricardo/Valdecir) ..............1.200,00 Despesas c/ viagem p/ Curso IATES............................900,00 Fiorella Panificadora......................................................293,84 Jantar dos Diáconos...................................................3.205,14 Assinatura Jornal Tribuna..............................................143,00 Despesas com veículos.............................................1.828,00 Viagem do bispo a Brasília (reunião CNLB)..................768,00 Despesas com viagens .............................................2.022,65 ...............................................................................119.488,58 RESIDÊNCIA EPISCOPAL Oi!, Copel e Sanepar.....................................................786,00 Salários...................................................................... 1.611,96 Manutenção de máquinas e computadores..................100,00 TV a Cabo Campo Mourão Ltda ..................................148,50 Assinatura UOL ..............................................................25,30 Valgás..............................................................................90,00 Alimentação................................................................1.850,29 Móveis e utensílios domésticos . ...............................1.059,85 Manutenção e conservação de imóveis.....................1.399,26 ...................................................................................7.071,16 OUTROS (Água, luz, telefone, etc.) Seminário São José - Campo Mourão..........................269,99 Centro Past. Dom Virgílio de Pauli................................427,49 Centro Past. Dom Eliseu...............................................517,63 ...................................................................................1.215,11 OUTROS (Repasse da Cúria) Semin. Proped. São José - Campo Mourão...............8.000,00 Semin. de Teologia Dom Virgílio - Cambé................16.740,00 Semin. de Filosofia N. S. Guadalupe - Maringá.......12.555,00 .................................................................................37.295,00 RESUMO GERAL Saldo em 30/11/11...................................................50.911,80 Entradas Contribuição das Paróquias...................................127.806,50 Contribuição Ref. 13º Salário...................................10.651,00 Crisma........................................................................8.450,00 Reembolso Encargos-Pis/Secraso/Senalba..............1.497,01 Reembolso Correio/Labore...........................................201,40 Reembolso Cartório........................................................86,40 Venda Veículo Besta Parcela 02/02...........................1.000,00 Reembolso Almoço do Clero.........................................650,50 Resgate Fundo de Reserva.....................................28.572,26 ...............................................................................178.915,07 Saldo anterior + entradas............................. 229.826,87 Saídas Manutenção da Cúria e Imóveis............................. 119.488,58 Residência Episcopal.................................................7.071,16 Centro Pastoral Dom Virgílio de Pauli...........................427,49 Centro de Pastoral Dom Eliseu.....................................517,63 Seminário São José......................................................269,99 Seminário Propedêutico São José C. Mourão ..........8.000,00 Seminário Filosofia N. Sra. Guadalupe - Mgá..........12.555,00 Seminário de Teologia Dom Virgílio - Cambé...........16.740,00 ...............................................................................165.069,85


Página 14

Fevereiro / 2012

Novo vigário geral da diocese e sua função O

Pe. Aédio Odilon Pego é o vigário geral da diocese de Campo Mourão, a partir de janeiro de 2012. O Jornal Servindo perguntou ao Pe. Aédio sobre a função e sobre como deverá ser o seu trabalho na diocese. Jornal Servindo: Qual a função de vigário geral? Pe. Aédio: O Direito Canônico diz que o bispo deve constituir um vigário geral que lhe ajude no governo da diocese. O vigário geral é, portanto, um colaborador direto do bispo, que o auxilia em questões pastorais e administrativas. O bispo pode exercer o poder executivo pessoalmente através do vigário geral, conforme diz o Direito. JS: Qual será a sua ênfase no trabalho diocesano, assumindo a função de vigário geral? Pe. Aédio: Será na Pastoral Presbiteral, pois acredita-se que padres mais unidos são padres mais felizes. JS: Em que consiste a Pastoral Presbiteral? Pe. Aédio: A compreensão que a Igreja tem hoje sobre o modo de ser presbítero é eminentemente fraternal, isto é, não se entende mais que um padre viva seu ministério de forma fechada, isolada e distante dos irmãos presbíteros. O padre tem sua dimensão humana; tem suas necessidades, impulsos, desejos, reações, fraquezas, dons e virtudes. Ele precisa sentir-se bem consigo mesmo, e

cultivar bons relacionamentos. Dom Javier, em sintonia com toda a Igreja, quer que em nossa diocese seja dinamizada a Pastoral Presbiteral. Isto significa desenvolver um projeto que promova maior cuidado da dimensão humana, relacional, espiritual e pastoral dos padres. JS: O que já está sendo feito para promover mais essa convivência entre os integrantes do clero? Pe. Aédio: Estamos construindo a casa do clero no Seminário São José. Um espaço para facilitar o encontro, o lazer e a interação entre os padres. Há um passeio anual, futebol mensal, e uma série de outras atividades conjuntas entre o clero, como reuniões, retiros, cursos, mutirão de confissões, etc. Há a necessidade de se investir em momentos de intimidade com o Senhor, através de leitura orante, meditação, silêncio, contemplação, louvor, onde os irmãos presbíteros, juntamente com o bispo possam renovar o vigor e a motivação para o serviço do Reino. A essência da vida do padre é a caridade pastoral. É fundamental que o padre esteja bem consigo mesmo, e apoiando uma fecunda espiritualidade.

Só assim ele poderá exercer com dinamismo sua missão. JS: Como isso deverá acontecer? Pe. Aédio: Para articular tudo isso, o coordenador do clero e o vigário geral buscarão iniciativas e momentos que favoreçam aos padres um melhor cultivo de si e um relacionamento mais próximo entre si e com o bispo. O povo gosta de ver os padres se encontrando, unidos e alegres. A mãe Igreja se alegra vendo seus filhos sacerdotes em comunhão, compartilhando as alegrias e as cruzes da vida sacerdotal. Breve biografia do vigário geral Aédio Odilon Pego nasceu no dia 12 de fevereiro de 1971, em Quinta do Sol-PR. Seus pais haviam vindo de Minas Gerais. Estudou o Primeiro Grau no mesmo município. Em 1986, ingressou no Seminário São José, onde foi recebido pelo reitor Pe. Ademar Oliveira Lins. Teve o incentivo do então bispo diocesano dom Virgilio de Pauli. Cursou Filosofia no Seminário Nossa Senhora da Glória e Teologia no Seminário Paulo VI em Londrina. Também estudou em Jundiaí-SP. Após ser ordenado diácono, em 4 de janeiro de 1998, foi residir na paróquia de Janiópolis. Foi ordenado presbítero dia 12 de setembro de 1998, em Quinta do Sol. Além de Janiópolis, trabalhou em Mamborê, Mandaguaçu, Cambé (Seminário dom Virgilio de Pauli), Ivailândia e Jardim Aeroporto, em Campo Mourão.

Encontro Nacional da Pastoral da Juventude A diocese de Campo Mourão participou do 10° ENPJ - Encontro Nacional da Pastoral da Juventude, realizado em Maringá, de 8 a 15 de janeiro. O encontro é realizado a cada três anos e reúne jovens e assessores da PJ de todas as dioceses do Brasil. O objetivo é refletir, partilhar e celebrar a vida e a caminhada dos grupos de jovens. A diocese de Campo Mou-

rão enviou três delegados e uma equipe de 11 jovens de várias paróquias, que contribuíram na organização do encontro. “Esta foi uma participação significativa para os jovens da Pastoral da Juventude da diocese de Campo Mourão, que puderam viver momentos de extrema importância, para sua caminhada”, declarou o coordenador diocesano da PJ Wanderley Mafra.

PJ da diocese no 10° ENPJ

Sequência da Escola Bíblico-Catequética No ano passado (2011), foi realizado o 1º módulo da Escola Diocesana Bíblico-Catequética “Água Viva”, em todos os 5 decanatos da diocese, organizado pela Equipe Diocesana da Pastoral Catequética e da Equipe de

Formadores da Diocese. Neste ano, acontecerão os módulos 2, 3, 4 e 5. A programação para o 2° módulo começa dia 29 de janeiro, no decanato de Iretama; dia 18 de fevereiro será no decanato de Campo Mourão;

25 de fevereiro, Engenheiro Beltrão; e dia 24 de março, no decanato de Goioerê. O cronograma de todos os módulos, que acontecerão neste ano, está no site www.diocesecampomourao.com.br.

Transferências de padres Estão definidas algumas transferências de padres na diocese de Campo Mourão, neste início de 2012:

Página 03

Fevereiro / 2012

Pastoral da Comunicação diocesana realiza primeiro encontro

mentou os objetivos da Pascom nas paróquias e na diocese. Edson Lima falou sobre Pastoral de Comunicação e imprensa. Vilson Olipa, coordenador do Jornal Servindo, falou sobre os trabalhos do Jornal e do portal da diocese, na internet. Na parte da tarde, Amani Spachinski de Oliveira falou sobre relações humanas, ética e motivação aplicadas à Pastoral da Comunicação. Na sequência, houve a distribuição de algumas funções, para o bom funcionamento da Pascom, na diocese. Além da coordenação diocesana, foram escolhidos coordenadores decanais. Além do Pe. Sidinei, compareceram o Pe. Edinaldo Velozo da Silva e Pe. Wagner Zacarias Rufino, de Peabiru.

Pascom reunida

O Pe. Ricardo Arica Ferreira assume como pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima de Quarto Centenário. A missa de posse é dia 27 de janeiro. Ele continuará sendo reitor do Seminário São José de Campo Mourão. O pároco de Quarto Centenário, Pe. José Gonçalves de Almeida, assume como pároco da paróquia São Pedro de Roncador. Sua posse é dia 26 de janeiro. O Pe. Carlos Alberto Rodrigues da Silva, deixa a paróquia São Pedro de Roncador e assume a quase-paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Campo Mourão, no dia 25 de janeiro. O Pe. Genivaldo Barboza, que trabalha na diocese de SerrinhaBA, desde sua ordenação, em 25 de fevereiro de 2007, retorna à diocese. Ele será pároco da paróquia Divino Espírito Santo, no Jardim Aeroporto, Campo Mourão, com posse marcada para o dia 8 de fevereiro. O Pe. Aédio Odilon Pego será vigário-geral da diocese. O Pe. Sidinei Teixeira Gomes deixa a paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição de Mamborê, e será vigário paroquial da catedral São José, em Campo Mourão. Sua apresentação acontece dia 29 de janeiro. Os três diáconos, irão para três diferentes paróquias, após a ordenação presbiteral, que acontecerá em fevereiro e março: o diácono Lussamir Rogério de Souza, irá para a paróquia Nossa Senhora das Graças de Engenheiro Beltrão; o diácono Rômulo Ramos Gonçalves irá para as paróquias São João Batista de Moreira Sales e São Pedro de Paraná do Oeste; e o diácono Gianny José Gracioso Bento, trabalhará na paróquia Santa Teresinha de Campina da Lagoa.

A

Pascom - Pastoral da Comunicação, em implantação na diocese, teve o seu primeiro encontro no dia 11 de dezembro, no Centro Catequético de Campo Mourão. Compareceram 52 pessoas, representando 19 paróquias. Após a abertura, com uma oração

conduzida pela Pe. Sidinei Teixeira Gomes, houve a acollhida, feita por Amani Spachinski de Oliveira. Ele falou da importância da comunicação e que um grande comunicador foi Jesus Cristo. A primeira palestra foi ministrada pelo assessor da Pascom, Pe.

Avaliação do Jornal Servindo

O

Jornal Servindo solicita a sua colaboração, no sentido de responder ao questionário abaixo, e que poderá ser fotocopiado ou recortado, para ser preenchido. Após, solicitamos a gentileza de entregá-lo no escritório de sua paróquia.  O objetivo é saber sua opinião para que este meio de comunicação seja sempre mais útil a todos os diocesanos. Não é necessário colocar o nome no questionário.   Apenas uma alternativa em cada questão, deverá ser assinalada. 1 - Gênero: (  ) Mulher      (  ) Homem 2 - Sua idade está na faixa (  ) Abaixo de 12 anos    (  ) De 12 a 19 anos     (  ) 20 anos ou mais 3 - Grau de escolaridade ( ) Ensino Fundamental incompleto ( ) Ensino Fundamental completo ( ) Ensino Médio incompleto ( ) Ensino Médio completo ( ) Superior incompleto ( ) Superior completo 4 - Quanto aos assuntos abordados pelos colunistas, do ponto de vista de formação: (  ) Interessantes      (  ) Médios    (  ) Fracos em conteúdo 5- Quanto às matérias (informações gerais) (  ) Diversificadas e interessantes    (  ) Diversificadas mas não interessantes     (  ) Interessantes mas não diversificadas      (  ) Médias      (  ) Fracas 6 - Na sua opinião o Jornal Servindo é (  ) Ótimo    (  ) Bom     (  ) Razoável     (  ) Fraco    (  ) Péssimo 7 - Frequência de leitura ( ) 1 vez no mês ( ) De vez em quando 8 - Sugestões para melhoria do Jornal Servindo:   9 - Observações:  

Obrigado por sua participação e colaboração. Equipe Jornal Servindo

Mantenha-se atualizado quanto aos assuntos da Igreja, da Diocese e de sua paróquia, visitando constantemente o site:

Sidinei Teixeira Gomes. Ele falou sobre as diferentes formas de comunicação, bem como uma rápida história da comunicação, no mundo. Falando diretamente aos secretários paroquiais, lembrou da importância de procurar ter um perfil de comunicador. Apresentou e co-

www.diocesecampomourao.com.br

FEVEREIRO / 2012 DIA

1ª LEITURA

SALMO

01

2Sm 24,2.9-17

Sl 32

2ª LEITURA

EVANGELHO COR Mc 6,1-6

02

Ml 3,1-4

Sl 24

03

Eclo 47,2-11

Sl 18,31-51

04

1Rs 3,4-13

Sl 119,1-14

05

Jó 7,1-7

Sl 147

06

1Rs 8,1-13

Sl 132

07

1Rs 8,22-30

Sl 84

Mc 7,1-13

08

1Rs 10,1-10

Sl 37

Mc 7,14-23

09

1Rs 11,4-13

Sl 106,1-40

Mc 7,24-30

10

1Rs 11,29-32.12,19

Sl 81

Mc 7,31-37

11 12

Hb 2,14-18

Lc 2,22-40 Mc 6,14-29 Mc 6,30-34

1Cor 9,16-19.22-23

Mc 1,29-39 Mc 6,53-56

1Rs 12,26-32.13,33-34 Sl 106,1-22

Mc 8,1-10

Lv 13,1-2.44-46

Sl 32

1Cor 10,31-11,1

Mc 1,40-45

13

Tg 1,1-11

Sl 119,67-76

Mc 8,11-13

14

Tg 1,12-18

Sl 94

Mc 8,14-21

15

Tg 1,19-27

Sl 15

Mc 8,22-26

16

Tg 2,1-9

Sl 34

Mc 8,27-33

17

Tg 2,14-26

Sl 112

Mc 8,34-9,1

18

Tg 3,1-10

Sl 12

Mc 9,2-13

19 Is 43,18-19.21-22.24b-25

Sl 41

2Cor 1,18-22

20

Tg 3,13-18

Sl 19

Mc 9,14-29

21

Tg 4,1-10

Sl 55

Mc 9,30-37

22

Jl 2,12-18

Sl 51

23

Dt 30,15-20

Sl 1

Lc 9,22-25

2Cor 5,20-6,2

Mc 2,1-12

Mt 6,1-6.16-18

24

Is 58,1-9a

Sl 51

Mt 9,14-15

25

Is 58,9b-14

Sl 86

Lc 5,27-32

26

Gn 9,8-15

Sl 25

27

Lv 19,1-2.11-18

Sl 19

Mt 25,31-46

28

Is 55,10-11

Sl 34

Mt 6,7-15

29

Jn 3,1-10

Sl 51

Lc 11,29-32

1Pd 3,18-22

Mc 1,12-15


Página 04

Fevereiro / 2012

Aberto o ano jubilar da paróquia São José

Encontro do clero diocesano

Teve início dia 8 de dezembro o ano jubilar, referente aos 70 anos de criação da paróquia São José, que é a Catedral da diocese de Campo Mourão. A criação da paróquia foi no dia 8 de dezembro de 1942.

Dom Francisco Javier Delvalle Paredes

O

s padres da diocese de Campo Mourão estiveram reunidos, dia 1° de dezembro, na chácara de propriedade da mãe do Pe. Pedro Speri, localizada às margens da rodovia entre Campo Mourão e Araruna. O início do encontro foi com uma celebração eucarística, presidida pelo bispo diocesano dom Francisco Javier Delvalle Paredes. “Suas palavras foram profundas e de muito entusiasmo quanto a nossa caminhada diocesana”, declarou um dos padres participantes. Na ocasião da celebração, dom Javier partilhou uma carta que escreveu aos padres e que teve como tema

“Com a ternura de Cristo” (Ef 1,8). “Quero, com muita simplicidade e sinceridade, expressar os meus agradecimentos pela dedicação e entrega, vezes até histórica, no serviço do Reino e pela felicidade à vocação. Muito obrigado mesmo! (...)”, disse o bispo da diocese de Campo Mourão. “Foi um momento que os padres se sentiram, de fato com o pastor, que tem um amor muito grande pelas ovelhas e pela causa do reino”, destacou outro padre. Houve outro momento que foi propriamente de confraternização, com espaço para conversas e diversão. O encontro foi concluído com um almoço.

Canto na Quaresma Caríssimos irmãos e irmãs! Neste reinício de nossa reflexão Litúrgico/Musical, retomo o CANTO LITÚRGICO NA QUARESMA. Não podemos esquecer de que o tempo de Quaresma é um tempo de penitência; tempo de austeridade, que irá se manifestar tanto na ornamentação do templo como no canto. É preciso que se destaque tal austeridade, a fim de melhor salientar a alegria que se torna transbordante na Páscoa. Esse o motivo pelo qual não se recita nem se canta o glória, e nem sequer o aleluia, em celebração alguma, incluindo solenidades e as festas. Os instrumentos musicais não acompanham os cantos de maneira ”FESTIVA”, sendo apenas liberados para sustentar o canto, como convém ao caráter penitencial desse tempo; ou seja, o acompanhamento tem uma função predominantemente “prática” (sustentar o tom, ritmo

e andamento). Os tecladistas, podem usar mais o timbre de órgão, piano,... os violonistas podem usar mais o toque dedilhado... oferecendo assim um acompanhamento mais suave, que realce as vozes, favorecendo a meditação. No quarto domingo da quaresma, denominado domingo laetare, são permitidos os toques “FESTIVOS” dos instrumentos acompanhando os cantos que antecipam e ensaiam a festa final. O texto dos cantos Os grandes temas que devem estar contidos nos textos da Quaresma devem refletir as diversas diretrizes da Quaresma atual. Os cantos sobre o tema do pecado e do perdão são abundantes. É uma diretriz que se desenvolveu bastante, porém na Quaresma temos de cantar algo mais, além do pecado e do perdão. A Páscoa de Jesus, o passo (passagem, paixão) do Senhor deve estar sempre no horizonte de nossos cantos. O tema do êxodo, em virtude do que tem de movimento e de

Objetivo 1. Celebrar a caminhada pastoral e sacramental da Paróquia São José 2. Resgatar os acontecimentos marcantes 3. Resgatar a contribuição dos agentes de pastoral (bispos, padres e leigos) 4. Favorecer a conscientização da vida eclesial 5. Organizar o acervo: memória paroquial (documentos, fotografias, testemunhos) Passos 1. Organizar equipe: representantes das pastorais, movimentos e serviços 2. Convidar colaboradores: grupos de serviços, organismos públicos 3. Encaminhar a divulgação das atividades 4. Incentivar a elaborar de trabalhos de pesquisa (escolas, universidade, instituições)

dinamismo. O próximo, a solidariedade com os necessitados, como abertura para os irmãos; a escuta atenta e meditativa da Palavra com abertura para Deus. Há ainda outros temas, como o deserto, com sua travessia e sua experiência de liberdade; a montanha sagrada, com sua escalada para chegar à Páscoa; os sacramentos pascais: a recordação viva do nosso batismo; a água (a mulher samaritana), a luz ( o cego de nascença), a vida (ressurreição de Lázaro). Todos esses temas assinalam o sentido do catecumenato na Quaresma. A conversão, a nova aliança, a renovação batismal etc. Todos esses temas mostramnos quais os aspectos da Quaresma que mais se desenvolveram e quais as lacunas existentes. Na hora de programar a liturgia, eles irão ajudar a saber quais deles teremos que dar ênfase para que o canto convirja para as leituras, orações, ritos, tempo litúrgico, de tal maneira que possamos conseguir o objetivo que nos pro-

Ordenações presbiterais A

pós a ordenação diaconal, ocorrida no final de 2011, três diáconos serão ordenados presbíteros nos meses de fevereiro e março deste ano. Lussamir será ordenado dia 19 de fevereiro em Araruna; Rômullo, dia 2 de março, em Cambé; e Gianny será ordenado dia 9 de março em Londrina. Conheça mais os novos padres: Lussamir Rogério de Souza Nascimento: 03/11/1979 Local de nascimento: Curitiba-PR Idade: 32 anos Lussamir Rogério de Souza

Atividades 1. Avaliação da caminhada litúrgico-pastoral: comunidade e CPP 2. Lançamento do Ano da Memória: 8 de dezembro de 2011 3. Organização da Sala da Memória (torre direita, fundos) 4. Estudo e reflexão da Carta de São Paulo aos Filipenses 5. Retomar as festividades da Festa de São José a nível paroquial 6. Reestruturar o presbitério da catedral diocesana 7. Realizar a campanha de doação: Livro Ouro

pusemos: que o povo cristão se prepare cada vez mais para poder celebrar e viver melhor a Páscoa de Jesus, vale dizer, que a comunidade se incorpore a seu Senhor, Cristo Jesus, em seu passo pascal. Além da proposta da CF 2012, temos os cantos do Hinário Litúrgico – CNBB – LITURGIA XIV “Ditoso o povo que sabe aclamar-te” (Sl 89,16); Orígenes irá escrever: “DITOSO AQUELE QUE COMPREENDER O SIGNIFICADO DOS CANTOS”. Um grade abraço e feliz 2012 a todos!

Lilian Aparecida G. Hanel - Coordenadora diocesana de Liturgia e coordenadora de canto da catedral de Campo Mourão lilianbgh@gmail.com

Página 13

Fevereiro / 2012

Ingresso no seminário: 14/02/2003 Estudo: Iniciou com o propedêutico em Taubaté-SP, na congregação dos padres do Sagrado Coração de Jesus, no ano de 2003. Cursou Filosofia em Cuiabá-MT, no Instituto Eclesiástico Dom Aquino Correa (Sedac), nos anos de 2004 e 2005. Realizou um ano chamado postulantado, no Seminário São Judas Tadeu, em Terra BoaPR, no ano de 2006. Em 2007, ingressou no Seminário Diocesano Nossa Senhora de Guadalupe, pertencente à diocese de Campo Mourão. Entre os anos de 2008 e 2011, cursou Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Paraná - campus Londrina, residindo no Seminário Dom Virgílio de Pauli, em Cambé-PR. Ordenação: Dia 19 de fevereiro de 2012, às 9h, na paróquia Santo Antonio de Araruna. Primeira missa: Presidirá no mesmo dia às 19h30, na igreja matriz de Araruna. Atuação: Trabalhará como vigário paroquial na paróquia Nossa Senhora das Graças em Engenheiro Beltrão. Mensagem: Caros amigos e irmãos em Cristo, após nove anos de preparação para o sacerdócio, chegou este dia tão sonhado e esperado, dia que marca o término de uma etapa e o início de uma nova fase.

Todo começo é marcado por uma série de novidades, descobertas e, sobretudo, aprendizado, aliás, este é constante em nossa vida. Conto muito com vossas orações e ajuda, para que possa configurar o meu ministério sacerdotal segundo o coração de Cristo. Quero caminhar junto com vocês, buscando sempre mais a santidade, descobrindo a vontade de Deus em nossas vidas, e buscando realizála dia-a-dia. Quero frequentar junto de vós, a escola de Maria, a Mãe das Graças, aquela que “guardava todos os fatos, e meditava sobre eles em seu coração” (Lc 2,19). Esta paróquia (Nossa Senhora das Graças de Engenheiro Beltrão) é conhecida por ter abrigado vários padres no início de seu ministério, e todos guardam o mais profundo carinho por vós. Eu, nestes poucos dias que estou presente em vosso meio, pude experimentar a acolhida, a amizade e o carinho que dispensam para com os padres. Confesso a todos vocês a minha alegria e gratidão por ser enviado a trabalhar nesta paróquia, que tem como padroeira a Mãe do Senhor, com o título de Nossa Senhora das Graças, por quem sempre tive a mais profunda devoção em todos estes anos de preparação para o sacerdócio, e que sempre me acompanhou em todos os instantes de minha vida. Ao contemplá-la com os braços abertos derramando graças sobre todos aqueles que as pedem, invoco a sua materna proteção, e suplico por sua intercessão, sobre esta paróquia e sobre cada família beltrãoense, abundantes graças e bênçãos do céu. Fraterno abraço! À querida diocese de Campo Mourão, e a sua Excelência Reverendíssima dom Francisco Javier, dirijo a minha prece de gratidão por me acolher, me formar durante todos estes anos, e confirmar minha vocação ao sacerdócio, pois “Deus chama, e a Igreja confirma este chamado”. Nesta diocese sou chamado a ser um “humilde trabalhador”. Quero, de todo o coração, dedicar o melhor de mim em cada ação que realizar e somar forças na missão de evangelizar. Conto com as orações e a ajuda de todos os fiéis, e do presbitério desta diocese, para que possa cumprir com fidelidade a missão que o Senhor me confiar. Que o Nosso padroeiro São José, interceda por nós, e seja nosso auxílio nesta jornada. São José, homem justo segundo o coração de Deus, rogai por nós!

Rômullo Ramos Gonçalves Nascimento: 19/03/1980 Local de nascimento: Itaocara-RJ Idade: 31 Rômullo Ramos Gonçalves

Ingresso no seminário: 06/02/2002 Estudo: Iniciou na na diocese de Nova Friburgo-RJ e, em fevereiro de 2007, na diocese de Campo Mourão. Cursou Filosofia no Instituto “Sedes Sapientiae”, Campos dos Goytacazes-RJ e Bacharelado em Teologia na PUC-PR, em Londrina. Ordenação: Dia 2 de março de 2012, às 19h30, em Cambé-PR. Primeira missa: Dia 4 de março, às 19h30, em Itaocara-RJ. Atuação: Paróquia São Pedro de Paraná do Oeste e paróquia São João Batista de Moreira Sales. Mensagem: Meu coração e meus pensamentos já estão voltados para esta comunidade onde aguardo ansiosamente estar. Saber que esta será a primeira comunidade onde exercerei meu ministério me enche de expectativas e esperanças. Deixo, desde já, a todos vocês o meu afetuoso abraço e o sincero desejo de que os dias e momentos que passarmos juntos nos tornem verdadeiros amigos e irmãos. Com minha bênção, diácono Rômullo. ***************** Gianny José Gracioso Bento Nascimento: 18/05/1977 Local de nascimento: Carlópolis-PR Idade: 34 Ingresso no seminário: Fevereiro de 1999. Ingressou na diocese de Campo Mourão em 05/10/2007. Estudo: Primário em Carlópolis; Ensino Médio (Magistério), em Londrina; Filosofia, em Apucarana; e Teologia, em Londrina. Como seminarista, recebeu a formação de Postulado e Noviciado em Porto Alegre-RS, enquanto pertencia à congregação dos Missionários de São Carlos

Borromeu, conhecidos como padres Carlistas ou Escalabrinianos. Ordenação: Dia 9 de março de 2012, às 19h30, no Santuário Nossa Senhora Aparecida, arquidiocese de Londrina. Primeira missa: Dia 10 de março, às 19h, no mesmo Santuário. Atuação: Paróquia Santa Teresinha em Campina da Lagoa e será o assessor diocesano do SAV. Mensagem:   É com grande alegria que recebi a minha primeira destinação  para ser bom pastor junto ao rebanho de Campina da Lagoa e pela obra das vocações em nossa diocese. Com espírito missionário e o desejo de realizar a vontade do Senhor neste ministério dEle recebido, agradeço a todos que já estão me acolhendo. Desejo aprender com nosso povo e meu irmão no ministério, Pe. Pedro Speri, a fidelidade no serviço e no carisma do padre diocesano em ser “Bom Pastor” onde formos enviados. Que Deus nos abençoe! São José e Santa Teresinha, interceda sempre por nós todos!   

Gianny José Gracioso Bento

“Que a nossa profunda amizade e o testemunho comum dos ensinamentos de Cristo possam acelerar os progressos rumo a uma resolução das diferenças que restam” Votos de Bento XVI no encontro com a delegação ecumênica da Igreja Luterana da Finlândia, ocorrido dia 19 de janeiro


Página 12

Fevereiro / 2012

Capela é elevada a quase-paróquia A

Auto de Natal, apresentado pelo Grupo de Jovens Anjos de Resgate, em dezembro

Igreja em reforma

AO homenageia Pe. Lúcio

Clero avalia trabalhos ao longo de 2011

O AO - Apostolado da Oração da paróquia São Judas Tadeu de Terra Boa, realizou uma homenagem ao Pe. Waldomiro Lúcio Tardivo Filho, que deixa de ser o assessor do movimento. A coordenação diocesana do AO esteve presente.

nas reuniões e eventos” declararam as integrantes da equipe diocesana do AO Maria Célia Cabral e Zenaide. Elas também disseram que os ensinamentos e testemunho do Pe. Lúcio foram de uma importância muito grande.

“Agradecemos e nos sensibilizamos pelo seu zelo, amor e dedicação ao Sagrado Coração de Jesus. Foram cinco anos junto ao movimento com orientações, orações e participação

“Deus agora o chama para outra missão, muito bela, e outras pessoas também merecem conhecê-lo, para conhecer e amar o Sagrado Coração de Jesus”, concluem as coordenadoras.

Homenagem do Apostolado da Oração

Especialização na área de Comunicação O Pe. Sidinei Teixeira Gomes e o seminarista Adilson Naruishi, fizeram a terceira e última etapa da especialização de Comunicação, em São Paulo. A primeira etapa foi em janeiro de 2011; a segunda, em julho do mesmo ano. Esta etapa foi de 16 a 28 de janeiro de 2012.  O SEPAC - Serviço à Pastoral da Comunicação oferece o curso de pós-graduação Lato sensu Cultura e Meios de Comunicação, uma abordagem teórico e prática, em convênio com a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.  

capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada no jardim Orly que faz parte do Jardim Copacabana, na saída para Araruna, foi elevada a quase-paróquia, no dia 25 de janeiro. A capela pertencia à paróquia Nossa Senhora Aparecida (Santuário). Na mesmaCaminhada data, será empossado o Pe. pelas Carlos ruas Alberto Rodrigues de Barbosa Ferrazda Silva como administrador, que era pároco da paróquia São Pedro de Roncador. A quase-paróquia tem 3 capelas: Santa Terezinha, Santa Lúcia e do Asilo. Já há pastorais e movimentos em funcionamento, bem como uma boa estrutura física, como salas para catequese, salão de eventos e escritório paroquial. A igreja está em reforma.

Clero diocesano reunido

A última reunião do ano do clero da diocese de Campo Mourão, realizada dia 29 de dezembro, contou com a presença do bispo dom Francisco Javier Delvalle Paredes e do coordenador da CDAE - Coordenação Diocesana da Ação Evangelizadora Pe. Gaspar Gonçalves da Silva. O encontro foi no Centro Diocesano de Formação, no Lar Paraná. Além de uma avaliação do ano, houve a apresentação de como estão sendo executados os projetos referentes a cada uma das prioridades do 19° PDAE - Plano Diocesano da Ação Evangelizadora. O 19° PDAE teve as 3 prioridades: Catequese, Família

Professora Dra. Joana T. Puntel e Pe.Sidinei

e Juventude, definidas na 33ª Assembleia da Diocese de Campo Mourão, realizada dia 12 de setembro de 2010. Após o período de elaboração do mesmo, aconteceu o seu  lançamento oficial no dia 19 de junho de 2011, durante uma celebração eucarística na catedral São José, em Campo Mourão. Na noite do mesmo dia, as coordenações das pastorais da diocese estiveram reunidas. O assunto foi também referente ao 19° PDAE. Houve um balanço do ano e o planejamento para os trabalhos em 2012. Os coordenadores definiram atividades para a elaboração do calendário 2012.

Página 05

Fevereiro / 2012

Novena de Natal na Catequese Bilíngue Especial A

Catequese Bilíngue Especial para surdos encerrou seus encontros de formação e evangelização em 2011, com a preparação para o Natal. A novena em preparação contempla a caminhada da Igreja, centrada nas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Catequistas Greice e Raquel em encontro Na diocese de com os catequizandos surdos Campo Mourão, a Ação Catequética e Evangelizadora de 2001, a eleita diretora da Escodos Surdos acontece na sua cultura la Especial Espaço Aberto, Rossana e na sua língua: LIBRAS - Língua Eliza Hodniuk assumiu uma firme Brasileira de Sinais e estende-se à e nobre postura de compromisso e comunidade pela participação nas parceria com a Pastoral dos Surdos, celebrações bilíngues, tendo por fi- favorecendo de todas as formas posnalidade: “...Aprofundar o primei- síveis para que o trabalho se realiro anúncio do Evangelho, conhe- zasse. A Catequese Especial ganhou cer, acolher, celebrar e vivenciar o forças em Campo Mourão e se tormistério de Deus manifestado em nou referência, destacando-se pelo sublime trabalho e organização das Jesus Cristo...”( CR 43 ) A catequese para os surdos teve catequistas Greice, Madalena, Neuinício no ano 2000, com Rodrigo sa e Raquel, pelo apoio das famílias, Barbosa e Raquel Soares. No ano da comunidade e da diocese.

Jovens da diocese participam da missão Jesus no Litoral O Ministério Jovem da RCC Renovação Carismática Católica realizou o 9° Jesus no Litoral do Paraná. A diocese de Campo Mourão se fez presente com 20 jovens, no período de 26 de dezembro a 5 de janeiro. De todas as dioceses do estado, cerca de 500 pessoas integraram a equipe de missionários.

“Os jovens se reúnem para levar a Boa Nova, anunciar o amor de Deus a todos. Durante dez dias eles abrem mão de sua rotina, família, amigos, trabalho e outras atividades para viver a essência do Evangelho”, disse Reinaldo Batista, coordenador do Ministério Jovem da RCC na diocese de Campo Mourão.

Alguns integrantes da equipe da diocese

Assim começaram os ministros da eucaristia na diocese a Sagrada Congregação dos Hoje toda paróquia tem Sacramentos pedindo: uma equipe de leigos que 1º - que leigos escolhidos ajudam o padre na distribuipossam distribuir a comunhão ção da eucaristia nas Missas, nas capelas importantes onde presidem o Culto da Palavra o Santíssimo fica conservado. com a distribuição da euca2º - que a Superiora das ristia na ausência do sacercasas Religiosas possa distridote e levam a comunhão buir às suas Irmãs, na ausêneucarística para os doentes. cia do padre. Inicialmente não tinham um 3º - que na Matriz onde fica nome próprio, depois foram Dom Eliseu Simões Mendes, primeiro bispo de um sacerdote só ‘ele possa se chamados de Ministros ExCampo Mourão; Pe. Henrique Estevão Groenen e fazer ajudar por um leigo’. traordinários da Palavra e integrantes da primeira ou de uma das primeiras Esperamos que a resposta da Eucaristia e atualmente, investiduras de MECEs da diocese chegue para a Semana Santa. Ministros Extraordinários Os vigários interessados poClero e das Religiosas, datado de 19 da Comunhão Eucarística. Também a formação adequada para de fevereiro de 1969, está anotado: dem já encaminhar os seus pedidos “LEIGOS ESCOLHIDOS PODE- para cada caso”. O bispo diocesano esse serviço eclesial foi se aprimorando através do tempo, cada vez RÃO DISTRIBUIR A SANTA CO- era o Dom Eliseu Simões Mendes. Em um seguinte Relatório da Reumais apropriado às necessidades de MUNHÃO. Durante a Reunião Geral do clero nião do Clero e das Religiosas, dacada momento. Tudo começou com a abertura li- o pedido foi feito por um vigário em tado de 5 a 8 de maio de 1969, entúrgica propiciada pelo Concílio Va- nome de diversos colegas no sen- contramos: “Dia 6 – Ao iniciar a reunião o Pe. ticano II, que aconteceu em Roma, tido de permitir a certos leigos esentre 1962 e 1965. Estamos, portan- colhidos, nas capelas, de distribuir Yvo fez a leitura do relatório da reuto, começando a celebrar os 50 anos a comunhão nas grandes festas na nião do Conselho Presbiteral realizada no dia 17 de abril. de seu início. Foi nesse clima que os ausência do Padre. O texto é o seguinte: O Sr. Bispo respondeu que estava padres puderam pedir ao bispo dioAnotações do secretário da reucesano a permissão para que leigos de acordo, mas que para dar licenauxiliassem na distribuição da euca- ça ele mesmo tinha que recorrer a nião: Pe. José Rohde. (itens de 1 a 5) ristia nas missas com muitas pesso- Roma. 6) Foi dada a conhecer a resposJá Sua Excia. dirigiu uma carta as. Em um Relatório da Reunião do

ta favorável ao pedido feito em vista de permitir a religiosos, religiosas ou leigos de distribuir a santa Comunhão, na ausência do Padre”. E entre as conclusões práticas desta Reunião do Clero e das Religiosas: “Estão previstos dois cursos de preparação dos leigos escolhidos pelos vigários. Uma vez conhecidos os beneficiários dessa licença, eles serão reunidos em Campo Mourão e Umuarama para preparação à responsabilidade”. Foi assim que, a partir de 1969, nossa Diocese contou com a valiosa presença de leigos encarregados de ajudar na distribuição da eucaristia e na celebração dos cultos na ausência dos padres. (Se você participou desta primeira preparação, comunique sua experiência à Coordenação Diocesana da Ação Evangelizadora).

Pe. Luiz Antonio Belini, pároco de Quinta do Sol


Página 06

Fevereiro / 2012

Fraternidade dos Pobres de Jesus Cristo (Fraternidade Missionária “O Caminho”)

J

esus todo, todo de Jesus. Esta é a frase que abrange e resume todo o Carisma dos Pobres de Jesus Cristo. Há em nós uma profunda vontade e até quem sabe uma ousada pretensão, de querer Jesus por inteiro e de ser d’Ele também por inteiro. Somos uma obra que nasceu a fim de servir aqueles e aquelas que a sociedade já desacreditou, já não tem mais nenhuma esperança de uma vida nova e restaurada. Servimos aos pobres em seus diversos rostos e “gritos”: os moradores de rua, os encarcerados, os dependentes quimicos, homens e mulheres em situação de prostituição, idosos abandonados nas ruas, etc... Para nós, eles nos revelam a face de Jesus que disse: “cada vez que fizestes isso a um desses pequeninos foi a mim que o fizestes” e ainda: “estive preso e fostes me visitar, nu e me vestistes, estive com fome e me destes de comer, fui estrangeiro e me abrigastes...” Somos uma comunidade constituída por irmãos e irmãs religiosos, alguns futuros sacerdotes, leigos associados, juventude “Resgata-me”, etc.

Algumas integrantes da comunidade

Temos 10 anos de existência e de incansável serviço aos pobres e à Santa Mãe Igreja. Nossos fundadores são: Pe. Gilson Sobreiro e Irmã Serva e nossos patronos são: São Francisco e Santa Clara de Assis, São Paulo Apostolo e São Miguel Arcanjo. Professamos os santos Conselhos Evangélicos (Votos) de Pobreza, Castidade, Obediência e ainda, um quarto voto específico de nossa comunidade que se trata da Disponibilidade. Tudo isso buscamos viver com uma radicalidade que nos leva a não só mergulharmos no Evangelho como também torná-lo vivo em meio a este

mundo que se encontra tão sedento de testemunhos de santidade. Hoje contamos com 42 casas sendo que duas delas se encontram no Paraguai, uma na Bolívia e uma nos Estados Unidos. Atualmente, em toda a nossa Obra são atendidos, semanalmente, 4950 pobres em situação de rua e egressos, que nos procuram para fazer higiene pessoal, tomar café, almoçar, fazer triagem, atingindo uma média de 19.800 por mês. Contamos também com nossas Casas de Acolhida “Filhos Prediletos”, lugares especificos para o tratamento e recuperação da dependência química. Nosso dia-a-dia divide-se em momentos de oração, adoração, reparação, Santa Missa, meditação do Santo Rosário, trabalhos manuais e domésticos, serviço aos pobres, formação… O jovem que deseja abraçar nossa vida passa por um processo de acom-

Padre da diocese participa de encontro nacional de assessores da juventude O Pe. Ediberto Henrique de Mercena, assessor do Setor Juventude da diocese, participou do 2º Encontro Nacional de Responsáveis Diocesanos e de Assessores da Juventude, realizado em Vargem Grande do Sul-SP, de 1° a 4 de dezembro. Nos quatro dias de trabalhos, os padres, religiosos, religiosas e leigos, se debruçaram sobre o Documento 85 da CNBB “Evangelização da Juventude - Desafios e perspectivas pastorais” e o Documento 94 da CNBB - DGAE - Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2011- 2015 (DGAE). Entre os assuntos, houve uma reflexão sobre a JMJ - Jornada Mundial da Juventude de 2013, de modo particular a pré-jornada, que acontecerá no Brasil, culminando com a Semana Missionária Jovem, e que preparará todo o Brasil para a Jornada que tem como tema: “Ide, fazei discípulos en-

uma reunião com os coordenadores e assessores do Setor Juventude do Regional Sul 2, onde foram definidas as datas em que a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora passarão pelas dioceses paranaenses. A diocese de Campo Mourão receberá a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora no dia 11 de fevereiro de 2013. O Pe. Ediberto convoca a todos os jovens, padres, religiosos, religiosas e todo o povo de Deus Pe. Ediberto com dom Eduardo, presidente da diocese a, desde já, abraçada Comissão Episcopal Pastoral para a rem, juntamente com a Igreja do Juventude e Pe. Sávio, assessor nacional Brasil, este grande evento que é a Jornada Mundial da Juventude, tre todas as nações” (Mt 28, 19). Foi celebrado também o primei- que acontecerá em julho/2013. Exisro ano do site Jovens Conectados te um desejo do Regional Sul 2 de (www.jovensconectados.org.br), que enviar 100 mil jovens, representando tem como objetivo responder a exi- o Paraná. “Com certeza também nós gência da evangelização através das estaremos enviando jovens de todas as paróquias de nossa diocese”, desredes sociais. No mesmo encontro aconteceu taca o Pe. Ediberto.

panhamento que vai de seis meses a um ano. Depois disso ele é admitido como vocacionado interno e as outras etapas que sucedem: aspirantado, postulantado e noviciado. Ao final dessa última etapa, que tem duração de dois anos, professa publicamente os Conselhos Evangélicos. Somos extremamente felizes por ser o que somos e estamos crescendo consideravelmente na medida em que nos impele o Espirito Santo de Deus. Como já dizia nosso Pai Seráfico São Francisco de Assis: “depois que eu comecei a viver o Evangelho, muitos me seguiram”, assim também nós queremos continuar vivendo a mesma vida de Jesus sem excluir nada, para podermos seguir amando a Nosso Senhor na pessoa de cada pobre, e servindo o Reino de Deus na figura de Sua Santa Igreja. Na diocese de Campo Mourão temos uma “Capela de Adoração Perpétua” onde nos dedicamos a adoração 24 horas por dia, todos os dias. Estamos localizadas na Vila Carolo há mais de 5 anos e esperamos que os amigos leitores venham conhecer esse “Solo Eucarístico” pessoalmente. Capela Santa Paula Elizabete BR 369, Km 01 - Vila Carolo Caixa Postal 404 CEP: 87300-970 - Campo Mourão, PR Tel.: (44) 3523-0806 ancilladomine@ocaminho.org.br

Ano Jubilar: peregrinação da imagem Peregrinação

Fazendo parte do Ano Jubilar da paróquia São Francisco de Assis, a imagem do padroeiro foi conduzida pelas capelas da mesma. Fizeram parte da  peregrinação as seguintes capelas:  Santa Clara,  Nossa Senhora Aparecida (fundos da Usina),  Nossa Senhora de Fátima (Fazenda Montenegro),  Nossa Senhora Aparecida (Granja Nordeste), Nossa Senhora Aparecida (Vila Guarujá) e Sagrado Coração de Jesus (Cama Patente).

Página 11

Fevereiro / 2012

Diocese de Campo Mourão realiza a 3ª Gincana da Juventude em Ubiratã

O

s jovens católicos da região de Campo Mourão terão um domingo de carnaval diferente. A diocese de Campo Mourão, por meio do Setor Juventude e da paróquia Santo Antônio de Ubiratã, promove a 3ª edição da Gincana da Juventude. O evento, que tem por objetivo congregar fraternalmente os grupos juvenis da região, será realizado no dia 19 de fevereiro, a partir das 8h da manhã, no Ginásio de Esportes de Ubiratã. Com encenações teatrais, dança, música, e provas-surpresa, os jovens refletirão sobre a problemática apresentada pela Campanha da Fraternidade 2012, cujo tema está associado à Saúde Pública no Brasil. Também haverá um quiz bíblico e concurso de fantasias de material reciclado. Na abertura, haverá a celebração de uma Missa Jovem.

Representantes da diocese de Campo Mourão

encerramento com a banda Estância Divina: grupo musical católico famoso por evangelizar através dos gêneros musicais do Rio Grande do Sul. A intenção com a realização deste baile gaúcho é a de proporcionar aos jovens uma alternativa sadia de diversão e um contato maior com as tradições culturais brasileiras, sem drogas.

A Gincana da Juventude é uma das atividades propostas no 19º Plano Diocesano da Ação Evangelizadora, documento que pretende dinamizar as ações da Igreja, priorizando a Juventude, a Família e a Catequese. A participação no evento é aberta a todos os grupos Serão premiadas as três melho- juvenis cristãos da região. O regures equipes e a torcida mais ani- lamento completo está disponível mada. Antes do anúncio dos ven- no site www.diocesecampomoucedores, porém, haverá show de rao.com.br.

Encerramento do 3º Módulo da Escola Bíblico-Catequética Emaús A equipe da Pastoral Catequética da diocese participou do encerramento do 3º Módulo da Escola Bíblico-Catequética Emaús, realizado de 12 a 15 de janeiro, na Casa de Cursilhos, em Curitiba. A Escola Bíblico-Catequética Emaús do Regional Sul II, Curitiba-PR, proporciona formação aos catequistas e agentes de pastoral para atuar como formadores nas dioceses, comunicando eficazmente a mensagem de JESUS CRISTO - SUA PESSOA, PEDAGOGIA, MÉTODO E METAS. A Escola atende as exigências do Projeto de Formação de Catequistas do Regional Sul II, tendo em vista a Catequese de Inspiração Catecumenal. Este projeto vem de en-

Que a saúde se difunda sobre a terra (cf. Eclo 38,8) Nesse ano, o tema proposto para a Campanha da Fraternidade é “Fraternidade e a Saúde Pública”, com o lema: “Que a saúde se difunda sobre a terra” (cf. Eclo 38,8). A saúde integral é o que mais se deseja. Há muito tempo, ela vem sendo considerada a principal preocupação e pauta reinvidicatória da população brasileira, no campo das políticas públicas. A Campanha da Fraternidade, celebrada na quaresma, intensifica o convite à conversão. Ela contribui incisivamente para que este processo ocorra e alargue o horizonte da vivência da fé, na medida em que traz, para a reflexão eclesial, temas de cunho social, portadores de sinais de morte, para suscitar ações trans-

formadoras, segundo o Evangelho. Nesse sentido, a Pastoral da Saúde em todo o Brasil, não só durante a Quaresma, mas durante todo o ano de 2012, volve suas ações em conjunto com as Pastorais Sociais em todas as paróquias para enfrentar os grandes desafios à ação evangelizadora e inspirado em belos princípios como o da universalidade transformar o SUS para que ele venha de fato ser modelo para o mundo, como foi criado, cuja proposta é atender a todos, indiscriminadamente. Infelizmente, ele ainda não conseguiu ser implantado como todos almejam, sobretudo aos mais necessitados. Entendendo ser um anseio da população, especialmente da mais carente, um atendimento de saúde digno e de qualidade, a Campanha da Fraternidade 2012 aborda o tema da saúde, conforme os objetivos a seguir propostos:

a. Disseminar o conceito de bem viver e sensibilizar para a prática de hábitos de vida saudável: b. Sensibilizar as pessoas para os serviços aos enfermos, o suprimento de suas necessidades e a integração na comunidade; c. Alertar para a importância da organização da pastoral da saúde nas comunidades: criar onde não existe, fortalecer onde está incipiente e dinamizá-la onde não existe; d. Difundir dados sobre a realidade da saúde no Brasil e seus desafios, como sua estreita relação com os aspectos sócio-culturais de nossa sociedade; e. Despertar nas comunidades a discussão sobre a realidade da saúde pública, visando à defesa do SUS e a reivindicação do seu justo funcionamento; f. Qualificar a comunidade para acompanhar as ações de gestão

contro ao 19º Plano Diocesano da Ação Evangelizadora da diocese de Campo Mourão. A carga horária é de 120 horas e contempla os eixos Bíblico-Catequético, Metodológico-Catequético e Litúrgico-Catequético. “Nosso obrigado a Deus por essa graça recebida, pela dedicação da equipe de formadores, seus familiares. Também agradecemos o apoio da diocese, o nosso assessor Pe. José Carlos Kraus Ferreira, aos padres, vigários paroquiais e, em especial, a dom Francisco Javier, nosso bispo, que sempre esteve em sintonia conosco”, declarou Maria do Carmo Caires Machado, coordenadora diocesana da Pastoral Catequética.

pública e exigir a aplicação dos recursos públicos com transparência, especialmente na saúde. Como Assessor/Executivo da Pastoral da Saúde da Paróquia Nossa Senhora das Candeias, vamos dar nossa contribuição não só aos nossos agentes, mas a todos os interessados com informações específicos sobre esse assunto. Essas informações foram extraídas do Texto-Base.

João Alves Maciel Assessor/Executivo da Pastoral da Saúde da paróquia Nossa Senhora das Candeias de Goioerê joaoalvesmaciel@gmail.com


Página 10

Fevereiro / 2012

Cristo é Nosso Show 2011

O

Santuário Nossa Senhora Aparecida realizou mais uma edição do Cristo é Nosso Show. Foi nos dias 26 e 27 de novembro, no parque de exposições de Campo Mourão. O evento que, em 2003 contou com cerca de 1.500 participantes, recebeu cerca de 10 mil pessoas, em 2011. Após a abertura do evento, com uma missa, presidida pelo Pe. Delci, houve o 1º Acampamento de Música e Oração, realizado pelo Setor Juventude da diocese. Houve vigília durante toda a noite. Ao longo do domingo (27), os participantes puderam escolher os assuntos de maior interesse, pois o Cristo é Nosso Show é organizado em tendas com temáticas variadas. No final da tarde do domingo, o Pe. Robson de Oliveira, CssR, da Basílica do Divino Pai Eterno, presidiu uma missa, a qual foi transmitida pela Rede Vida de Televisão. Esta contou com a presença de cerca de 7 mil pessoas.

Paróquia apoia mobilização

O Dízimo de A a Z

Bispos e padres em Umuarama

O

Pe. Delci da Conceição Filho, missionário da Pequena Missão para Surdos

A paróquia Santo Antonio de Ubiratã apoiou a I Mobilização Ubiratã no Combate ao Álcool e às Drogas, realizada no dia 10 de dezembro. A CCEV - Comunidade Casa Esperança e Vida e CAPS - Centro de Atenção Psicossocial de Ubiratã, realizaram o movimento. Aproximadamente 250 pessoas percorreram a Av. Nilza de Oliveira Pepino, avenida central, no manifesto que teve, também, o apoio da Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo da mobilização foi chamar a atenção da sociedade para um problema grave que não é mais privilégio somente de grandes cidades. Além disso, informar onde procurar ajuda, quando a família percebe que tem um dependente químico e/ou de álcool, dentro de casa. A organização da mobilização agradece a todos os parceiros que possibilitaram a sua realização: Missão Pelicano; Pastorais da Criança, Família, Juventude; Vicentinos; Projeto Ubiratã Mais Ativa; Igreja Assembleia de Deus; Rotary Club; Conselho de Segurança e Polícia Militar. Onde procurar ajuda: CAPS I: Telefone (44) 3543-2995, Rua Nossa Senhora Aparecida, 638. Atendimento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. CCEV: Site: www.ccev.com.br - Rua Nossa Senhora Aparecida, Centro Catequético, fundos da Igreja Matriz. Reuniões às quartas-feiras, das 20h às 22h.

Apresentação do Senhor

portante e significativo nos primeiros momentos do Menino Jesus no seio da Família de Nazaré, que consta no relato dos evangelistas, fazendo referência ao cumprimento da lei de Moisés. Conforme São Lucas, quarenta dias após o nascimento de Jesus, Nossa Senhora e São José tomaram a iniciativa em levar o Menino a Jerusalém, com o propósito de oferecerem-no ao Senhor. Naquele momento, um homem justo e piedoso, chamado Simeão exclamou: os meus olhos viram a que Tu, Senhor, preparastes em louvor dos povos: Luz para iluminar as nações e glória de Israel teu povo. A festa da Apresentação do Senhor começou a ser celebrada na Igreja Oriental, ainda na antiguidade e, somente a partir do sécu-

lo décimo, começou ser celebrada aqui no Ocidente como a Purificação da Bem Aventurada Virgem Maria e incluída, entre as festas de Nossa Senhora. Mas, com a revisão do Calendário Romano, no ano de 1969 foi transformada na Festa da Apresentação do Senhor, porque se tratava de um mistério de Cristo. Ao mesmo tempo, também, é um mistério de sua mãe Maria Santíssima. A Igreja nos convida a celebrar, igualmente, a Jesus em sua manifestação e a Maria em sua purificação. A bênção e a procissão com as velas acesas, antes da Missa, constituem profunda simbologia, dando brilho e significado a essa grande festa. A exemplo de Maria e José, vamos levar nossos filhos à Igreja e apresentá-los constantemente a Deus para que lhe sejam fiéis. Si-

gamos a Jesus, que se submeteu às leis, para nos dar exemplo e tenhamos coragem de, a exemplo de Simeão, proclamá-lo como “luz para iluminar as nações e a glória de Israel, teu povo”. Nossa Senhora de Belém, Rogai por Nós! Viva e reine Jesus em nossos corações!

Amani Spachinski de Oliveira é professor, escritor, poeta e contista. Membro da Academia Mourãoense de Letras e Associação Mourãoense de Escritores. E-mail: amanispachinski@yahoo.com.br

OFERTA

O Dízimo é complementado pelas ofertas feitas durante as celebrações ou outras ocasiões especiais. Enquanto o dízimo tem a característica da regularidade – mensal –, as ofertas são feitas de forma espontânea, segundo a generosidade e as possibilidades de cada um. Quanto mais uma comunidade tem consciência do significado do dízimo, tanto mais é generosa nas ofertas. Ser dizimista é contribuir fielmente com o dízimo e fazer das ofertas uma ocasião a mais para tornar a comunidade em tudo evangelizadora.

Mobilização contra as drogas

Palco do evento

É preciso fazer uma reflexão com mais profundidade e consistência sobre os momentos fortes e marcantes da vida de Jesus aqui na Terra. Isso exige que tenhamos consciência formada e clara sobre os fatos, legitimamente, registrados na Sagrada Escritura e fé inocente e pura, não ingênua, prepotente e interesseira, considerando e aceitando esses acontecimentos, como verdadeiros mistérios do Cristianismo e de nossa Religião Católica. Assim, devemos compreender a Festa da Apresentação do Senhor, que a Igreja nos propõe a celebração, no dia 2 de fevereiro, que embora esteja fora do Tempo de Natal no Calendário Litúrgico, trata-se de um fato que faz parte desse período tão im-

Página 07

Fevereiro / 2012

Bispos da província se reúnem em Umuarama T

endo como objetivo avaliar a caminhada, os bispos das dioceses que compõem a Província Eclesiástica de Maringá se reuniram dia 26 de outubro, em Umuarama. O encontro foi na residência episcopal. Da diocese de Campo Mourão, participaram o bispo diocesano dom Francisco Javier Delvalle Paredes; Pe.

Luca Pelis, vigário-geral e o Pe. Gaspar Gonçalves da Silva, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora. Bispos, padres responsáveis pela ação evangelizadora e vigário-geral de cada diocese, trataram de assuntos de interesse da província, partilharam experiências e viveram um momento de convivência entre os líderes das

respectivas dioceses. Participaram também os bispos: dom Anuar Battisti, arcebispo de Maringá; dom frei João Mamede Filho, bispo de Umuarama e dom Geremias Steinmetz, bispo de Paranavaí. Fonte: Portal da Arquidiocese de Maringá.

Fraternidade e Saúde para Todos Que a saúde se difunda sobre a terra! (Eclo 38,8) Mais uma vez a CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil apresenta um tema profético para ser refletido na Campanha da Fraternidade de 2012 (CF-2012). Ao escolher como tema: “A Fraternidade e Saúde Pública”, e como lema: “Que a saúde se difunda sobre a Terra”, a Igreja do Brasil propõe um aprofundamento sobre uma das feridas de nossa sociedade. Realmente a precariedade de nossa saúde pública é manchete dos nossos jornais e realidade da vida da maioria dos brasileiros. Ao escolher este tema a Igreja está ajudando a sociedade e as autoridades a discutir sobre essa realidade. Esse assunto é de interesse de todos os brasileiros, pois a saúde tem sido muito mal tratada pelos governos de todas as es-

feras e a população sofre para conseguir um atendimento de qualidade, isso quando consegue... O objetivo geral dessa campanha será promover ampla discussão sobre a realidade da  saúde no Brasil  e das políticas públicas da área, para contribuir na qualificação, no fortalecimento e na consolidação do  SUS, em vista da melhoria da qualidade dos serviços, do acesso e da vida da população. Todos os anos a Campanha da Fraternidade traz temas que merecem serem discutidos e afetam a população em geral. Já há alguns anos a Campanha é aberta à participação de todas as religiões cristãs, com isso sua abrangência fica muito maior. A campanha será lançada no dia 22 de fevereiro de 2012, data em que a Igreja Católica comemora o início da Quaresma (tempo litúrgico de conversão em que os fiéis devem

se preparar para a festa da Páscoa). O Coordenador do Instituto de Pastoral Regional (Ipar), padre Lindomar Silva, relatou sobre situação da saúde hoje no Brasil. “A saúde é vista por muitos não mais como um direito do cidadão e, sim, como mercado. Parece que hoje só quem a possui são os que detêm dinheiro”, criticou. Segundo o texto base da Campanha da Fraternidade 2012 o objetivo geral é “refletir sobre a realidade da saúde no Brasil em vista de uma saúde saudável, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos enfermos e mobilizar por melhorias públicas no sistema público de saúde”. Muitas ações concretas podem ser desencadeadas em todos os níveis, exigindo a melhoria do atendimento dos doentes, melhor condição de trabalho para os profissionais da saúde, seriedade no uso dos recursos públicos aplicados

N

NASCIMENTO O dízimo pertence à comunidade, assim como as ofertas; ela os tem para levar o Evangelho a todas as pessoas. É importante que aqueles que são os responsáveis pela sua aplicação digam à comunidade, de forma clara e inequívoca, onde os bens da comunidade estão sendo utilizados. Ser dizimista é ter interesse pela prestação de contas feita à comunidade. Pe. Cristovam Iubel Editora Pão e Vinho Colaboração: Assessor diocesano da Pastoral do Dízimo Diácono Artur Baretta

a saúde pública, bem como educação da população para a melhoria da saúde preventiva. Uma grande ação concreta culmina no domingo de Ramos com o Dia Nacional da Coleta Solidária, uma arrecadação em dinheiro feita pelos fiéis para ajudar a melhorar a saúde, destinando os recursos prioritariamente a mudanças nas políticas públicas em relação à saúde. Que o Espírito de Deus ilumine a todos!

Maria Joana Titton Calderari membro da Academia Mourãoense de Letras, graduada Letras UFPR, especialização Filosofia-FECILCAM e Ensino Religioso-PUCmajocalderari@yahoo.com.br


Página 08

Fevereiro / 2012

A última etapa da Escola Diaconal, de 2011, aconteceu nos dia 3 e 4 de dezembro, em Campo Mourão. O docentes foram dom Francisco Javier, dando sequência ao módulo Os Evangelhos Sinóticose e Pe. Luiz Antonio Belini, com a Antropologia Teológica. O Grupo de Oração Bom Pastor da paróquia São João Batista de Peabiru, realizará o 1° Luau com Cristo e Kairós. Será nos dias 4 e 5 de fevereiro.

Houve Primeira Eucaristia na paróquia São Pedro de Corumbataí do Sul, no dia 19 de novembro, com a participação de 56 crianças e pré-adolescentes. A missa foi presidida pelo pároco Pe. Ediberto Henrique de Mercena

Na capela Imaculada Conceição, em Piquirivaí, houve primeira Eucaristia no dia 3 de dezembro. A capela pertence à paróquia Sagrada Família do Cohapar

Página 09

Fevereiro / 2012

Jovens da Pastoral da Juventude e crianças da Infância Missionária realizaram uma encenação na paróquia São João Batista de Peabiru, na noite de Natal

Envio de jovens ao 10ª ENPJ - Encontro Nacional da Pastoral da Juventude, que aconteceu de 8 a 15 de janeiro, em Maringá. O envio fui durante uma missa na paróquia Nossa Senhora de Fátima de Nova Cantu

Noite de Natal na paróquia Nossa Senhora das Candeias de Goioerê

Pe. Genivaldo Barboza, atual pároco da paróquia Divino Espírito Santo, no Jardim Aeroporto, durante uma missa na Bahia, com presença de dom Ottorino Assolari, bispo da diocese de Serrinha-BA

A PJ - Pastoral da Juventude da diocese de Campo Mourão se reuniu no dia 22 de janeiro, na paróquia São Francisco de Assis, em Campo Mourão, para a primeira reunião do ano. Wanderley Mafra, coordenador Diocesano da PJ, convidou representantes de paróquias onde já há a referida Pastoral e naquelas onde esta poderá ser implantada.  

Confirmação de 70 pessoas na paróquia Santa Rita de Cássia, no Jardim Alvorada, durante missa presidida por dom Francisco Javier, no dia 10 de dezembro. Houve também a bênção da cruz, colocada recentemente na torre da nova igreja

A paróquia São Francisco de Assis da Vila Teixeira realizou a investidura de 5 novos MECEs - Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística, durante a celebração da solenidade da Mãe de Deus e Dia Mundial da Paz

Na paróquia São Pedro de Roncador houve investidura de novos MECEs. Foi no dia 18 de dezembro, durante uma missa presidida pelo Pe. Carlos Alberto Rodrigues da Silva Na paróquia Santa Teresinha de Campina da Lagoa, houve Primeira Comunhão, no dia 26 de novembro, durante uma celebração eucarística presidida pelo pároco Pe. Pedro Speri

O Pe. Jorge Pereira da Silva, pároco da paróquia São José de Rancho Alegre d’Oeste e o Pe. Paulo da paróquia São João Batista de Peabiru, participaram do 2º Encontro Regional da Liga das Mães de Schoenstatt, no dia 27 de novembro em Londrina-PR. Estiveram reunidas 170 mães

Os padres da diocese de Campo Mourão, juntamente com o bispo dom Francisco Javier Delvalle Paredes, realizaram uma peregrinação ao Santuário de Santa Paulina, em Nova Trento-SC. Foi no dia 21 de novembro

A Paróquia São José de Rancho Alegre d’Oeste realizou o 2º Encontro de Casais, no dia 11 de dezembro. O encontro teve a presença do casal pregador Valdomiro e Margaretti, coordenadores do Setor Família da Renovação Carismática Católica de Cascavel. Um total de 30 casais participaram do encontro

O grupo de jovens JUAC - Jovens Unidos no Amor de Cristo da paróquia Nossa Senhora de Fátima de Nova Cantu realizou o Natal com as crianças carentes da cidade. Houve brincadeiras, dança, teatro, presentes e lanche

Missa de Natal na paróquia Nossa Senhora I. Conceição de Mamborê Os vicentinos da paróquia Sagrado Coração de Jesus de Jussara distribuíram cestas natalinas, aos carentes, no dia 22 de dezembro. Os alimentos foram arrecadados na comunidade

Missa de Natal na paróquia São Francisco de Assis de Campo Mourão

A Ordem Franciscana Secular da capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro realizou retiro anual, no dia 18 de dezembro, em uma chácara, no município de Mamborê. O retiro foi conduzido pelo diácono Lussamir Rogério de Souza. A missa de encerramento foi presidida pelo Pe. Ricardo Arica Ferreira, orientador espiritual da Ordem

A Pastoral da Sobriedade do Regional Sul 2, se reunirá dia 31 de março, em Curitiba. O convite aos coordenadores diocesanos, é feito pelo Coordenador estadual da Pastoral da Sobriedade José Augusto Soavinski. Entre os diversos assuntos, será avaliada a caminhada e definidas as datas para encontros e cursos. O papa Bento XVI visitará o México de 23 a 26 de março e, de 26 a 28 do mesmo mês, visitará Cuba. Fonte: Rádio Vaticano Uma equipe do Regional Sul II da CNBB visitou Guiné-Bissau, em dezembro. Atendendo ao convite de dom Pedro Zilli, bispo da diocese de Bafatá, Ir. Dirce Gomes da Silva Icp, coordenadora do COMIRE Conselho Missionário Regional, mais 3 membros do Conselho; Elaine Aparecida Machado, coordenadora da IAM - Infância Missionária Regional; Pedro Lang, coordenador do COMIPRO de Curitiba e Erlei Gusso, tesoureiro do COMIRE/COMIDI de Londrina, desembarcaram no dia 5 de dezembro no Aeroporto de Bissau, capital do país. A Missão principal foi conhecer a diocese de Bafatá para que a mesma torne, no futuro, um Projeto Missionário além da fronteira do Regional Sul II. Fonte: CNBB - Regional Sul II Tendo como tema “Crise Capitalista, Justiça Social e Ambiental”, acontece o FST - Fórum Social Temático 2012, em janeiro, em Porto Alegre. O evento foi organizado por um grupo de movimentos ligados ao FSM - Fórum Social Mundial. Fonte: Rádio Vaticano Bento XVI marcou a Festa de Santa Inês, dia 21 de janeiro, com um rito centenário, que é a bênção dos carneiros, que terão suas lãs utilizadas para a confecção do Pálio. Este é uma estola de lã branca com seis cruzes pretas bordadas e que expressa a unidade com o sucessor de Pedro. Fonte: News.va A logomarca oficial da JMJ - Jornada Mundial da Juventude 2013 será lançada no dia 1° de fevereiro de 2012. Fonte: Rádio Aparecida

Quarta-Feira de Cinzas na História do Cristianismo No dia 22 de fevereiro a Igreja iniciará o tempo da Quaresma com a tradicional celebração da Quarta-feira de Cinzas. Aspecto peculiar desta cerimônia litúrgica é a imposição das cinzas sobre a cabeça dos fiéis. As raízes dessa prática devem ser buscadas no Antigo Testamento. Com efeito, para a experiência religiosa do povo hebreu, a cinza foi constantemente compreendida em dimensão penitencial (cf. Jr 6,26; 25,34). No cristianismo antigo ela integrou o desenvolvimento da disciplina penitencial, com o objetivo de readmitir os fiéis pecadores ao seio da comunidade eclesial. A partir do ano 300 as cinzas foram empregadas pela Igreja no tratamento dos pecadores públicos. No séc. VII já se identificava em al-

gumas dioceses européias, a celebração do ritual público da Quarta-feira de Cinzas no início da Quaresma. Na ocasião, os penitentes públicos (que haviam cometido delitos graves), recebiam a cinza sobre a cabeça e tinham seus nomes escritos na lista penitencial da comunidade. O bispo lhes impunha penitências, que variavam em duração e forma, segundo a condição de cada pessoa e o regimento das dioceses. Geralmente a absolvição era concedida na Quinta-feira Santa, para que o penitente pudesse celebrar com dignidade o Sagrado Tríduo da paixão, morte e ressurreição do Senhor. Na Idade Média a ênfase sobre os pecados pessoais conduziu ao relativo obscurecimento na avaliação dos delitos pú-

blicos. Por isso, já no séc. XI a imposição das cinzas foi simplificada e destinada a todos os membros da paróquia. Este é o uso que chegou até nossos dias. Cumpre notar, porém, que atualmente o ritual das cinzas é interpretado segundo o convite de Jesus: “Cumpriu-se o tempo e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1,15). As cinzas a serem utilizadas na celebração, devem ser confeccionadas com os ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior. Se estes ramos sinalizaram a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém (cf. Mt 21,8), sua cinza sobre a cabeça dos cristãos aponta para o itinerário a ser percorrido por eles, até a venerável celebração da

Páscoa do Senhor. Portanto, mediante a conversão simbolizada pelas cinzas, o cristão concretiza sua peregrinação rumo à Jerusalém celeste (cf. Ap 21,2). Em contrapartida, esta celebração também chama a atenção para a efemeridade da vida humana, “como flor que se abre e logo murcha” (Jó 14,2). A lembrança de que somos pó não pode gerar experiências de medo e angústia. Desta recordação devem brotar atitudes de esperança e sinais de fé sincera. Por isso, nessa Quaresma, sejamos orientados pelo conselho de São Paulo aos coríntios: “Não sabeis que um pouco de fermento leveda toda a massa? Purificai-vos do velho fermento para serdes nova massa, já que sois sem fermento. Pois nossa

Páscoa, Cristo, foi imolado. Celebremos, portanto, a festa, não com velho fermento, nem com fermento de malícia e perversidade, mas com pães ázimos: na pureza e na verdade” (1Cor 15,7-8). Deus não exige obras extraordinárias, mas deseja atitudes significativas que nos convertam em cristãos de fato, capazes de amar-nos uns aos outros com a “ternura de Cristo Jesus” (Fl 1,8). Abençoada Quaresma a todos!

Seminarista Alfredo Rafael Belinato Barreto, 3º ano de Teologia


Página 08

Fevereiro / 2012

A última etapa da Escola Diaconal, de 2011, aconteceu nos dia 3 e 4 de dezembro, em Campo Mourão. O docentes foram dom Francisco Javier, dando sequência ao módulo Os Evangelhos Sinóticose e Pe. Luiz Antonio Belini, com a Antropologia Teológica. O Grupo de Oração Bom Pastor da paróquia São João Batista de Peabiru, realizará o 1° Luau com Cristo e Kairós. Será nos dias 4 e 5 de fevereiro.

Houve Primeira Eucaristia na paróquia São Pedro de Corumbataí do Sul, no dia 19 de novembro, com a participação de 56 crianças e pré-adolescentes. A missa foi presidida pelo pároco Pe. Ediberto Henrique de Mercena

Na capela Imaculada Conceição, em Piquirivaí, houve primeira Eucaristia no dia 3 de dezembro. A capela pertence à paróquia Sagrada Família do Cohapar

Página 09

Fevereiro / 2012

Jovens da Pastoral da Juventude e crianças da Infância Missionária realizaram uma encenação na paróquia São João Batista de Peabiru, na noite de Natal

Envio de jovens ao 10ª ENPJ - Encontro Nacional da Pastoral da Juventude, que aconteceu de 8 a 15 de janeiro, em Maringá. O envio fui durante uma missa na paróquia Nossa Senhora de Fátima de Nova Cantu

Noite de Natal na paróquia Nossa Senhora das Candeias de Goioerê

Pe. Genivaldo Barboza, atual pároco da paróquia Divino Espírito Santo, no Jardim Aeroporto, durante uma missa na Bahia, com presença de dom Ottorino Assolari, bispo da diocese de Serrinha-BA

A PJ - Pastoral da Juventude da diocese de Campo Mourão se reuniu no dia 22 de janeiro, na paróquia São Francisco de Assis, em Campo Mourão, para a primeira reunião do ano. Wanderley Mafra, coordenador Diocesano da PJ, convidou representantes de paróquias onde já há a referida Pastoral e naquelas onde esta poderá ser implantada.  

Confirmação de 70 pessoas na paróquia Santa Rita de Cássia, no Jardim Alvorada, durante missa presidida por dom Francisco Javier, no dia 10 de dezembro. Houve também a bênção da cruz, colocada recentemente na torre da nova igreja

A paróquia São Francisco de Assis da Vila Teixeira realizou a investidura de 5 novos MECEs - Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística, durante a celebração da solenidade da Mãe de Deus e Dia Mundial da Paz

Na paróquia São Pedro de Roncador houve investidura de novos MECEs. Foi no dia 18 de dezembro, durante uma missa presidida pelo Pe. Carlos Alberto Rodrigues da Silva Na paróquia Santa Teresinha de Campina da Lagoa, houve Primeira Comunhão, no dia 26 de novembro, durante uma celebração eucarística presidida pelo pároco Pe. Pedro Speri

O Pe. Jorge Pereira da Silva, pároco da paróquia São José de Rancho Alegre d’Oeste e o Pe. Paulo da paróquia São João Batista de Peabiru, participaram do 2º Encontro Regional da Liga das Mães de Schoenstatt, no dia 27 de novembro em Londrina-PR. Estiveram reunidas 170 mães

Os padres da diocese de Campo Mourão, juntamente com o bispo dom Francisco Javier Delvalle Paredes, realizaram uma peregrinação ao Santuário de Santa Paulina, em Nova Trento-SC. Foi no dia 21 de novembro

A Paróquia São José de Rancho Alegre d’Oeste realizou o 2º Encontro de Casais, no dia 11 de dezembro. O encontro teve a presença do casal pregador Valdomiro e Margaretti, coordenadores do Setor Família da Renovação Carismática Católica de Cascavel. Um total de 30 casais participaram do encontro

O grupo de jovens JUAC - Jovens Unidos no Amor de Cristo da paróquia Nossa Senhora de Fátima de Nova Cantu realizou o Natal com as crianças carentes da cidade. Houve brincadeiras, dança, teatro, presentes e lanche

Missa de Natal na paróquia Nossa Senhora I. Conceição de Mamborê Os vicentinos da paróquia Sagrado Coração de Jesus de Jussara distribuíram cestas natalinas, aos carentes, no dia 22 de dezembro. Os alimentos foram arrecadados na comunidade

Missa de Natal na paróquia São Francisco de Assis de Campo Mourão

A Ordem Franciscana Secular da capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro realizou retiro anual, no dia 18 de dezembro, em uma chácara, no município de Mamborê. O retiro foi conduzido pelo diácono Lussamir Rogério de Souza. A missa de encerramento foi presidida pelo Pe. Ricardo Arica Ferreira, orientador espiritual da Ordem

A Pastoral da Sobriedade do Regional Sul 2, se reunirá dia 31 de março, em Curitiba. O convite aos coordenadores diocesanos, é feito pelo Coordenador estadual da Pastoral da Sobriedade José Augusto Soavinski. Entre os diversos assuntos, será avaliada a caminhada e definidas as datas para encontros e cursos. O papa Bento XVI visitará o México de 23 a 26 de março e, de 26 a 28 do mesmo mês, visitará Cuba. Fonte: Rádio Vaticano Uma equipe do Regional Sul II da CNBB visitou Guiné-Bissau, em dezembro. Atendendo ao convite de dom Pedro Zilli, bispo da diocese de Bafatá, Ir. Dirce Gomes da Silva Icp, coordenadora do COMIRE Conselho Missionário Regional, mais 3 membros do Conselho; Elaine Aparecida Machado, coordenadora da IAM - Infância Missionária Regional; Pedro Lang, coordenador do COMIPRO de Curitiba e Erlei Gusso, tesoureiro do COMIRE/COMIDI de Londrina, desembarcaram no dia 5 de dezembro no Aeroporto de Bissau, capital do país. A Missão principal foi conhecer a diocese de Bafatá para que a mesma torne, no futuro, um Projeto Missionário além da fronteira do Regional Sul II. Fonte: CNBB - Regional Sul II Tendo como tema “Crise Capitalista, Justiça Social e Ambiental”, acontece o FST - Fórum Social Temático 2012, em janeiro, em Porto Alegre. O evento foi organizado por um grupo de movimentos ligados ao FSM - Fórum Social Mundial. Fonte: Rádio Vaticano Bento XVI marcou a Festa de Santa Inês, dia 21 de janeiro, com um rito centenário, que é a bênção dos carneiros, que terão suas lãs utilizadas para a confecção do Pálio. Este é uma estola de lã branca com seis cruzes pretas bordadas e que expressa a unidade com o sucessor de Pedro. Fonte: News.va A logomarca oficial da JMJ - Jornada Mundial da Juventude 2013 será lançada no dia 1° de fevereiro de 2012. Fonte: Rádio Aparecida

Quarta-Feira de Cinzas na História do Cristianismo No dia 22 de fevereiro a Igreja iniciará o tempo da Quaresma com a tradicional celebração da Quarta-feira de Cinzas. Aspecto peculiar desta cerimônia litúrgica é a imposição das cinzas sobre a cabeça dos fiéis. As raízes dessa prática devem ser buscadas no Antigo Testamento. Com efeito, para a experiência religiosa do povo hebreu, a cinza foi constantemente compreendida em dimensão penitencial (cf. Jr 6,26; 25,34). No cristianismo antigo ela integrou o desenvolvimento da disciplina penitencial, com o objetivo de readmitir os fiéis pecadores ao seio da comunidade eclesial. A partir do ano 300 as cinzas foram empregadas pela Igreja no tratamento dos pecadores públicos. No séc. VII já se identificava em al-

gumas dioceses européias, a celebração do ritual público da Quarta-feira de Cinzas no início da Quaresma. Na ocasião, os penitentes públicos (que haviam cometido delitos graves), recebiam a cinza sobre a cabeça e tinham seus nomes escritos na lista penitencial da comunidade. O bispo lhes impunha penitências, que variavam em duração e forma, segundo a condição de cada pessoa e o regimento das dioceses. Geralmente a absolvição era concedida na Quinta-feira Santa, para que o penitente pudesse celebrar com dignidade o Sagrado Tríduo da paixão, morte e ressurreição do Senhor. Na Idade Média a ênfase sobre os pecados pessoais conduziu ao relativo obscurecimento na avaliação dos delitos pú-

blicos. Por isso, já no séc. XI a imposição das cinzas foi simplificada e destinada a todos os membros da paróquia. Este é o uso que chegou até nossos dias. Cumpre notar, porém, que atualmente o ritual das cinzas é interpretado segundo o convite de Jesus: “Cumpriu-se o tempo e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1,15). As cinzas a serem utilizadas na celebração, devem ser confeccionadas com os ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior. Se estes ramos sinalizaram a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém (cf. Mt 21,8), sua cinza sobre a cabeça dos cristãos aponta para o itinerário a ser percorrido por eles, até a venerável celebração da

Páscoa do Senhor. Portanto, mediante a conversão simbolizada pelas cinzas, o cristão concretiza sua peregrinação rumo à Jerusalém celeste (cf. Ap 21,2). Em contrapartida, esta celebração também chama a atenção para a efemeridade da vida humana, “como flor que se abre e logo murcha” (Jó 14,2). A lembrança de que somos pó não pode gerar experiências de medo e angústia. Desta recordação devem brotar atitudes de esperança e sinais de fé sincera. Por isso, nessa Quaresma, sejamos orientados pelo conselho de São Paulo aos coríntios: “Não sabeis que um pouco de fermento leveda toda a massa? Purificai-vos do velho fermento para serdes nova massa, já que sois sem fermento. Pois nossa

Páscoa, Cristo, foi imolado. Celebremos, portanto, a festa, não com velho fermento, nem com fermento de malícia e perversidade, mas com pães ázimos: na pureza e na verdade” (1Cor 15,7-8). Deus não exige obras extraordinárias, mas deseja atitudes significativas que nos convertam em cristãos de fato, capazes de amar-nos uns aos outros com a “ternura de Cristo Jesus” (Fl 1,8). Abençoada Quaresma a todos!

Seminarista Alfredo Rafael Belinato Barreto, 3º ano de Teologia


Página 10

Fevereiro / 2012

Cristo é Nosso Show 2011

O

Santuário Nossa Senhora Aparecida realizou mais uma edição do Cristo é Nosso Show. Foi nos dias 26 e 27 de novembro, no parque de exposições de Campo Mourão. O evento que, em 2003 contou com cerca de 1.500 participantes, recebeu cerca de 10 mil pessoas, em 2011. Após a abertura do evento, com uma missa, presidida pelo Pe. Delci, houve o 1º Acampamento de Música e Oração, realizado pelo Setor Juventude da diocese. Houve vigília durante toda a noite. Ao longo do domingo (27), os participantes puderam escolher os assuntos de maior interesse, pois o Cristo é Nosso Show é organizado em tendas com temáticas variadas. No final da tarde do domingo, o Pe. Robson de Oliveira, CssR, da Basílica do Divino Pai Eterno, presidiu uma missa, a qual foi transmitida pela Rede Vida de Televisão. Esta contou com a presença de cerca de 7 mil pessoas.

Paróquia apoia mobilização

O Dízimo de A a Z

Bispos e padres em Umuarama

O

Pe. Delci da Conceição Filho, missionário da Pequena Missão para Surdos

A paróquia Santo Antonio de Ubiratã apoiou a I Mobilização Ubiratã no Combate ao Álcool e às Drogas, realizada no dia 10 de dezembro. A CCEV - Comunidade Casa Esperança e Vida e CAPS - Centro de Atenção Psicossocial de Ubiratã, realizaram o movimento. Aproximadamente 250 pessoas percorreram a Av. Nilza de Oliveira Pepino, avenida central, no manifesto que teve, também, o apoio da Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo da mobilização foi chamar a atenção da sociedade para um problema grave que não é mais privilégio somente de grandes cidades. Além disso, informar onde procurar ajuda, quando a família percebe que tem um dependente químico e/ou de álcool, dentro de casa. A organização da mobilização agradece a todos os parceiros que possibilitaram a sua realização: Missão Pelicano; Pastorais da Criança, Família, Juventude; Vicentinos; Projeto Ubiratã Mais Ativa; Igreja Assembleia de Deus; Rotary Club; Conselho de Segurança e Polícia Militar. Onde procurar ajuda: CAPS I: Telefone (44) 3543-2995, Rua Nossa Senhora Aparecida, 638. Atendimento: Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. CCEV: Site: www.ccev.com.br - Rua Nossa Senhora Aparecida, Centro Catequético, fundos da Igreja Matriz. Reuniões às quartas-feiras, das 20h às 22h.

Apresentação do Senhor

portante e significativo nos primeiros momentos do Menino Jesus no seio da Família de Nazaré, que consta no relato dos evangelistas, fazendo referência ao cumprimento da lei de Moisés. Conforme São Lucas, quarenta dias após o nascimento de Jesus, Nossa Senhora e São José tomaram a iniciativa em levar o Menino a Jerusalém, com o propósito de oferecerem-no ao Senhor. Naquele momento, um homem justo e piedoso, chamado Simeão exclamou: os meus olhos viram a que Tu, Senhor, preparastes em louvor dos povos: Luz para iluminar as nações e glória de Israel teu povo. A festa da Apresentação do Senhor começou a ser celebrada na Igreja Oriental, ainda na antiguidade e, somente a partir do sécu-

lo décimo, começou ser celebrada aqui no Ocidente como a Purificação da Bem Aventurada Virgem Maria e incluída, entre as festas de Nossa Senhora. Mas, com a revisão do Calendário Romano, no ano de 1969 foi transformada na Festa da Apresentação do Senhor, porque se tratava de um mistério de Cristo. Ao mesmo tempo, também, é um mistério de sua mãe Maria Santíssima. A Igreja nos convida a celebrar, igualmente, a Jesus em sua manifestação e a Maria em sua purificação. A bênção e a procissão com as velas acesas, antes da Missa, constituem profunda simbologia, dando brilho e significado a essa grande festa. A exemplo de Maria e José, vamos levar nossos filhos à Igreja e apresentá-los constantemente a Deus para que lhe sejam fiéis. Si-

gamos a Jesus, que se submeteu às leis, para nos dar exemplo e tenhamos coragem de, a exemplo de Simeão, proclamá-lo como “luz para iluminar as nações e a glória de Israel, teu povo”. Nossa Senhora de Belém, Rogai por Nós! Viva e reine Jesus em nossos corações!

Amani Spachinski de Oliveira é professor, escritor, poeta e contista. Membro da Academia Mourãoense de Letras e Associação Mourãoense de Escritores. E-mail: amanispachinski@yahoo.com.br

OFERTA

O Dízimo é complementado pelas ofertas feitas durante as celebrações ou outras ocasiões especiais. Enquanto o dízimo tem a característica da regularidade – mensal –, as ofertas são feitas de forma espontânea, segundo a generosidade e as possibilidades de cada um. Quanto mais uma comunidade tem consciência do significado do dízimo, tanto mais é generosa nas ofertas. Ser dizimista é contribuir fielmente com o dízimo e fazer das ofertas uma ocasião a mais para tornar a comunidade em tudo evangelizadora.

Mobilização contra as drogas

Palco do evento

É preciso fazer uma reflexão com mais profundidade e consistência sobre os momentos fortes e marcantes da vida de Jesus aqui na Terra. Isso exige que tenhamos consciência formada e clara sobre os fatos, legitimamente, registrados na Sagrada Escritura e fé inocente e pura, não ingênua, prepotente e interesseira, considerando e aceitando esses acontecimentos, como verdadeiros mistérios do Cristianismo e de nossa Religião Católica. Assim, devemos compreender a Festa da Apresentação do Senhor, que a Igreja nos propõe a celebração, no dia 2 de fevereiro, que embora esteja fora do Tempo de Natal no Calendário Litúrgico, trata-se de um fato que faz parte desse período tão im-

Página 07

Fevereiro / 2012

Bispos da província se reúnem em Umuarama T

endo como objetivo avaliar a caminhada, os bispos das dioceses que compõem a Província Eclesiástica de Maringá se reuniram dia 26 de outubro, em Umuarama. O encontro foi na residência episcopal. Da diocese de Campo Mourão, participaram o bispo diocesano dom Francisco Javier Delvalle Paredes; Pe.

Luca Pelis, vigário-geral e o Pe. Gaspar Gonçalves da Silva, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora. Bispos, padres responsáveis pela ação evangelizadora e vigário-geral de cada diocese, trataram de assuntos de interesse da província, partilharam experiências e viveram um momento de convivência entre os líderes das

respectivas dioceses. Participaram também os bispos: dom Anuar Battisti, arcebispo de Maringá; dom frei João Mamede Filho, bispo de Umuarama e dom Geremias Steinmetz, bispo de Paranavaí. Fonte: Portal da Arquidiocese de Maringá.

Fraternidade e Saúde para Todos Que a saúde se difunda sobre a terra! (Eclo 38,8) Mais uma vez a CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil apresenta um tema profético para ser refletido na Campanha da Fraternidade de 2012 (CF-2012). Ao escolher como tema: “A Fraternidade e Saúde Pública”, e como lema: “Que a saúde se difunda sobre a Terra”, a Igreja do Brasil propõe um aprofundamento sobre uma das feridas de nossa sociedade. Realmente a precariedade de nossa saúde pública é manchete dos nossos jornais e realidade da vida da maioria dos brasileiros. Ao escolher este tema a Igreja está ajudando a sociedade e as autoridades a discutir sobre essa realidade. Esse assunto é de interesse de todos os brasileiros, pois a saúde tem sido muito mal tratada pelos governos de todas as es-

feras e a população sofre para conseguir um atendimento de qualidade, isso quando consegue... O objetivo geral dessa campanha será promover ampla discussão sobre a realidade da  saúde no Brasil  e das políticas públicas da área, para contribuir na qualificação, no fortalecimento e na consolidação do  SUS, em vista da melhoria da qualidade dos serviços, do acesso e da vida da população. Todos os anos a Campanha da Fraternidade traz temas que merecem serem discutidos e afetam a população em geral. Já há alguns anos a Campanha é aberta à participação de todas as religiões cristãs, com isso sua abrangência fica muito maior. A campanha será lançada no dia 22 de fevereiro de 2012, data em que a Igreja Católica comemora o início da Quaresma (tempo litúrgico de conversão em que os fiéis devem

se preparar para a festa da Páscoa). O Coordenador do Instituto de Pastoral Regional (Ipar), padre Lindomar Silva, relatou sobre situação da saúde hoje no Brasil. “A saúde é vista por muitos não mais como um direito do cidadão e, sim, como mercado. Parece que hoje só quem a possui são os que detêm dinheiro”, criticou. Segundo o texto base da Campanha da Fraternidade 2012 o objetivo geral é “refletir sobre a realidade da saúde no Brasil em vista de uma saúde saudável, suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos enfermos e mobilizar por melhorias públicas no sistema público de saúde”. Muitas ações concretas podem ser desencadeadas em todos os níveis, exigindo a melhoria do atendimento dos doentes, melhor condição de trabalho para os profissionais da saúde, seriedade no uso dos recursos públicos aplicados

N

NASCIMENTO O dízimo pertence à comunidade, assim como as ofertas; ela os tem para levar o Evangelho a todas as pessoas. É importante que aqueles que são os responsáveis pela sua aplicação digam à comunidade, de forma clara e inequívoca, onde os bens da comunidade estão sendo utilizados. Ser dizimista é ter interesse pela prestação de contas feita à comunidade. Pe. Cristovam Iubel Editora Pão e Vinho Colaboração: Assessor diocesano da Pastoral do Dízimo Diácono Artur Baretta

a saúde pública, bem como educação da população para a melhoria da saúde preventiva. Uma grande ação concreta culmina no domingo de Ramos com o Dia Nacional da Coleta Solidária, uma arrecadação em dinheiro feita pelos fiéis para ajudar a melhorar a saúde, destinando os recursos prioritariamente a mudanças nas políticas públicas em relação à saúde. Que o Espírito de Deus ilumine a todos!

Maria Joana Titton Calderari membro da Academia Mourãoense de Letras, graduada Letras UFPR, especialização Filosofia-FECILCAM e Ensino Religioso-PUCmajocalderari@yahoo.com.br


Página 06

Fevereiro / 2012

Fraternidade dos Pobres de Jesus Cristo (Fraternidade Missionária “O Caminho”)

J

esus todo, todo de Jesus. Esta é a frase que abrange e resume todo o Carisma dos Pobres de Jesus Cristo. Há em nós uma profunda vontade e até quem sabe uma ousada pretensão, de querer Jesus por inteiro e de ser d’Ele também por inteiro. Somos uma obra que nasceu a fim de servir aqueles e aquelas que a sociedade já desacreditou, já não tem mais nenhuma esperança de uma vida nova e restaurada. Servimos aos pobres em seus diversos rostos e “gritos”: os moradores de rua, os encarcerados, os dependentes quimicos, homens e mulheres em situação de prostituição, idosos abandonados nas ruas, etc... Para nós, eles nos revelam a face de Jesus que disse: “cada vez que fizestes isso a um desses pequeninos foi a mim que o fizestes” e ainda: “estive preso e fostes me visitar, nu e me vestistes, estive com fome e me destes de comer, fui estrangeiro e me abrigastes...” Somos uma comunidade constituída por irmãos e irmãs religiosos, alguns futuros sacerdotes, leigos associados, juventude “Resgata-me”, etc.

Algumas integrantes da comunidade

Temos 10 anos de existência e de incansável serviço aos pobres e à Santa Mãe Igreja. Nossos fundadores são: Pe. Gilson Sobreiro e Irmã Serva e nossos patronos são: São Francisco e Santa Clara de Assis, São Paulo Apostolo e São Miguel Arcanjo. Professamos os santos Conselhos Evangélicos (Votos) de Pobreza, Castidade, Obediência e ainda, um quarto voto específico de nossa comunidade que se trata da Disponibilidade. Tudo isso buscamos viver com uma radicalidade que nos leva a não só mergulharmos no Evangelho como também torná-lo vivo em meio a este

mundo que se encontra tão sedento de testemunhos de santidade. Hoje contamos com 42 casas sendo que duas delas se encontram no Paraguai, uma na Bolívia e uma nos Estados Unidos. Atualmente, em toda a nossa Obra são atendidos, semanalmente, 4950 pobres em situação de rua e egressos, que nos procuram para fazer higiene pessoal, tomar café, almoçar, fazer triagem, atingindo uma média de 19.800 por mês. Contamos também com nossas Casas de Acolhida “Filhos Prediletos”, lugares especificos para o tratamento e recuperação da dependência química. Nosso dia-a-dia divide-se em momentos de oração, adoração, reparação, Santa Missa, meditação do Santo Rosário, trabalhos manuais e domésticos, serviço aos pobres, formação… O jovem que deseja abraçar nossa vida passa por um processo de acom-

Padre da diocese participa de encontro nacional de assessores da juventude O Pe. Ediberto Henrique de Mercena, assessor do Setor Juventude da diocese, participou do 2º Encontro Nacional de Responsáveis Diocesanos e de Assessores da Juventude, realizado em Vargem Grande do Sul-SP, de 1° a 4 de dezembro. Nos quatro dias de trabalhos, os padres, religiosos, religiosas e leigos, se debruçaram sobre o Documento 85 da CNBB “Evangelização da Juventude - Desafios e perspectivas pastorais” e o Documento 94 da CNBB - DGAE - Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2011- 2015 (DGAE). Entre os assuntos, houve uma reflexão sobre a JMJ - Jornada Mundial da Juventude de 2013, de modo particular a pré-jornada, que acontecerá no Brasil, culminando com a Semana Missionária Jovem, e que preparará todo o Brasil para a Jornada que tem como tema: “Ide, fazei discípulos en-

uma reunião com os coordenadores e assessores do Setor Juventude do Regional Sul 2, onde foram definidas as datas em que a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora passarão pelas dioceses paranaenses. A diocese de Campo Mourão receberá a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora no dia 11 de fevereiro de 2013. O Pe. Ediberto convoca a todos os jovens, padres, religiosos, religiosas e todo o povo de Deus Pe. Ediberto com dom Eduardo, presidente da diocese a, desde já, abraçada Comissão Episcopal Pastoral para a rem, juntamente com a Igreja do Juventude e Pe. Sávio, assessor nacional Brasil, este grande evento que é a Jornada Mundial da Juventude, tre todas as nações” (Mt 28, 19). Foi celebrado também o primei- que acontecerá em julho/2013. Exisro ano do site Jovens Conectados te um desejo do Regional Sul 2 de (www.jovensconectados.org.br), que enviar 100 mil jovens, representando tem como objetivo responder a exi- o Paraná. “Com certeza também nós gência da evangelização através das estaremos enviando jovens de todas as paróquias de nossa diocese”, desredes sociais. No mesmo encontro aconteceu taca o Pe. Ediberto.

panhamento que vai de seis meses a um ano. Depois disso ele é admitido como vocacionado interno e as outras etapas que sucedem: aspirantado, postulantado e noviciado. Ao final dessa última etapa, que tem duração de dois anos, professa publicamente os Conselhos Evangélicos. Somos extremamente felizes por ser o que somos e estamos crescendo consideravelmente na medida em que nos impele o Espirito Santo de Deus. Como já dizia nosso Pai Seráfico São Francisco de Assis: “depois que eu comecei a viver o Evangelho, muitos me seguiram”, assim também nós queremos continuar vivendo a mesma vida de Jesus sem excluir nada, para podermos seguir amando a Nosso Senhor na pessoa de cada pobre, e servindo o Reino de Deus na figura de Sua Santa Igreja. Na diocese de Campo Mourão temos uma “Capela de Adoração Perpétua” onde nos dedicamos a adoração 24 horas por dia, todos os dias. Estamos localizadas na Vila Carolo há mais de 5 anos e esperamos que os amigos leitores venham conhecer esse “Solo Eucarístico” pessoalmente. Capela Santa Paula Elizabete BR 369, Km 01 - Vila Carolo Caixa Postal 404 CEP: 87300-970 - Campo Mourão, PR Tel.: (44) 3523-0806 ancilladomine@ocaminho.org.br

Ano Jubilar: peregrinação da imagem Peregrinação

Fazendo parte do Ano Jubilar da paróquia São Francisco de Assis, a imagem do padroeiro foi conduzida pelas capelas da mesma. Fizeram parte da  peregrinação as seguintes capelas:  Santa Clara,  Nossa Senhora Aparecida (fundos da Usina),  Nossa Senhora de Fátima (Fazenda Montenegro),  Nossa Senhora Aparecida (Granja Nordeste), Nossa Senhora Aparecida (Vila Guarujá) e Sagrado Coração de Jesus (Cama Patente).

Página 11

Fevereiro / 2012

Diocese de Campo Mourão realiza a 3ª Gincana da Juventude em Ubiratã

O

s jovens católicos da região de Campo Mourão terão um domingo de carnaval diferente. A diocese de Campo Mourão, por meio do Setor Juventude e da paróquia Santo Antônio de Ubiratã, promove a 3ª edição da Gincana da Juventude. O evento, que tem por objetivo congregar fraternalmente os grupos juvenis da região, será realizado no dia 19 de fevereiro, a partir das 8h da manhã, no Ginásio de Esportes de Ubiratã. Com encenações teatrais, dança, música, e provas-surpresa, os jovens refletirão sobre a problemática apresentada pela Campanha da Fraternidade 2012, cujo tema está associado à Saúde Pública no Brasil. Também haverá um quiz bíblico e concurso de fantasias de material reciclado. Na abertura, haverá a celebração de uma Missa Jovem.

Representantes da diocese de Campo Mourão

encerramento com a banda Estância Divina: grupo musical católico famoso por evangelizar através dos gêneros musicais do Rio Grande do Sul. A intenção com a realização deste baile gaúcho é a de proporcionar aos jovens uma alternativa sadia de diversão e um contato maior com as tradições culturais brasileiras, sem drogas.

A Gincana da Juventude é uma das atividades propostas no 19º Plano Diocesano da Ação Evangelizadora, documento que pretende dinamizar as ações da Igreja, priorizando a Juventude, a Família e a Catequese. A participação no evento é aberta a todos os grupos Serão premiadas as três melho- juvenis cristãos da região. O regures equipes e a torcida mais ani- lamento completo está disponível mada. Antes do anúncio dos ven- no site www.diocesecampomoucedores, porém, haverá show de rao.com.br.

Encerramento do 3º Módulo da Escola Bíblico-Catequética Emaús A equipe da Pastoral Catequética da diocese participou do encerramento do 3º Módulo da Escola Bíblico-Catequética Emaús, realizado de 12 a 15 de janeiro, na Casa de Cursilhos, em Curitiba. A Escola Bíblico-Catequética Emaús do Regional Sul II, Curitiba-PR, proporciona formação aos catequistas e agentes de pastoral para atuar como formadores nas dioceses, comunicando eficazmente a mensagem de JESUS CRISTO - SUA PESSOA, PEDAGOGIA, MÉTODO E METAS. A Escola atende as exigências do Projeto de Formação de Catequistas do Regional Sul II, tendo em vista a Catequese de Inspiração Catecumenal. Este projeto vem de en-

Que a saúde se difunda sobre a terra (cf. Eclo 38,8) Nesse ano, o tema proposto para a Campanha da Fraternidade é “Fraternidade e a Saúde Pública”, com o lema: “Que a saúde se difunda sobre a terra” (cf. Eclo 38,8). A saúde integral é o que mais se deseja. Há muito tempo, ela vem sendo considerada a principal preocupação e pauta reinvidicatória da população brasileira, no campo das políticas públicas. A Campanha da Fraternidade, celebrada na quaresma, intensifica o convite à conversão. Ela contribui incisivamente para que este processo ocorra e alargue o horizonte da vivência da fé, na medida em que traz, para a reflexão eclesial, temas de cunho social, portadores de sinais de morte, para suscitar ações trans-

formadoras, segundo o Evangelho. Nesse sentido, a Pastoral da Saúde em todo o Brasil, não só durante a Quaresma, mas durante todo o ano de 2012, volve suas ações em conjunto com as Pastorais Sociais em todas as paróquias para enfrentar os grandes desafios à ação evangelizadora e inspirado em belos princípios como o da universalidade transformar o SUS para que ele venha de fato ser modelo para o mundo, como foi criado, cuja proposta é atender a todos, indiscriminadamente. Infelizmente, ele ainda não conseguiu ser implantado como todos almejam, sobretudo aos mais necessitados. Entendendo ser um anseio da população, especialmente da mais carente, um atendimento de saúde digno e de qualidade, a Campanha da Fraternidade 2012 aborda o tema da saúde, conforme os objetivos a seguir propostos:

a. Disseminar o conceito de bem viver e sensibilizar para a prática de hábitos de vida saudável: b. Sensibilizar as pessoas para os serviços aos enfermos, o suprimento de suas necessidades e a integração na comunidade; c. Alertar para a importância da organização da pastoral da saúde nas comunidades: criar onde não existe, fortalecer onde está incipiente e dinamizá-la onde não existe; d. Difundir dados sobre a realidade da saúde no Brasil e seus desafios, como sua estreita relação com os aspectos sócio-culturais de nossa sociedade; e. Despertar nas comunidades a discussão sobre a realidade da saúde pública, visando à defesa do SUS e a reivindicação do seu justo funcionamento; f. Qualificar a comunidade para acompanhar as ações de gestão

contro ao 19º Plano Diocesano da Ação Evangelizadora da diocese de Campo Mourão. A carga horária é de 120 horas e contempla os eixos Bíblico-Catequético, Metodológico-Catequético e Litúrgico-Catequético. “Nosso obrigado a Deus por essa graça recebida, pela dedicação da equipe de formadores, seus familiares. Também agradecemos o apoio da diocese, o nosso assessor Pe. José Carlos Kraus Ferreira, aos padres, vigários paroquiais e, em especial, a dom Francisco Javier, nosso bispo, que sempre esteve em sintonia conosco”, declarou Maria do Carmo Caires Machado, coordenadora diocesana da Pastoral Catequética.

pública e exigir a aplicação dos recursos públicos com transparência, especialmente na saúde. Como Assessor/Executivo da Pastoral da Saúde da Paróquia Nossa Senhora das Candeias, vamos dar nossa contribuição não só aos nossos agentes, mas a todos os interessados com informações específicos sobre esse assunto. Essas informações foram extraídas do Texto-Base.

João Alves Maciel Assessor/Executivo da Pastoral da Saúde da paróquia Nossa Senhora das Candeias de Goioerê joaoalvesmaciel@gmail.com


Página 12

Fevereiro / 2012

Capela é elevada a quase-paróquia A

Auto de Natal, apresentado pelo Grupo de Jovens Anjos de Resgate, em dezembro

Igreja em reforma

AO homenageia Pe. Lúcio

Clero avalia trabalhos ao longo de 2011

O AO - Apostolado da Oração da paróquia São Judas Tadeu de Terra Boa, realizou uma homenagem ao Pe. Waldomiro Lúcio Tardivo Filho, que deixa de ser o assessor do movimento. A coordenação diocesana do AO esteve presente.

nas reuniões e eventos” declararam as integrantes da equipe diocesana do AO Maria Célia Cabral e Zenaide. Elas também disseram que os ensinamentos e testemunho do Pe. Lúcio foram de uma importância muito grande.

“Agradecemos e nos sensibilizamos pelo seu zelo, amor e dedicação ao Sagrado Coração de Jesus. Foram cinco anos junto ao movimento com orientações, orações e participação

“Deus agora o chama para outra missão, muito bela, e outras pessoas também merecem conhecê-lo, para conhecer e amar o Sagrado Coração de Jesus”, concluem as coordenadoras.

Homenagem do Apostolado da Oração

Especialização na área de Comunicação O Pe. Sidinei Teixeira Gomes e o seminarista Adilson Naruishi, fizeram a terceira e última etapa da especialização de Comunicação, em São Paulo. A primeira etapa foi em janeiro de 2011; a segunda, em julho do mesmo ano. Esta etapa foi de 16 a 28 de janeiro de 2012.  O SEPAC - Serviço à Pastoral da Comunicação oferece o curso de pós-graduação Lato sensu Cultura e Meios de Comunicação, uma abordagem teórico e prática, em convênio com a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.  

capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada no jardim Orly que faz parte do Jardim Copacabana, na saída para Araruna, foi elevada a quase-paróquia, no dia 25 de janeiro. A capela pertencia à paróquia Nossa Senhora Aparecida (Santuário). Na mesmaCaminhada data, será empossado o Pe. pelas Carlos ruas Alberto Rodrigues de Barbosa Ferrazda Silva como administrador, que era pároco da paróquia São Pedro de Roncador. A quase-paróquia tem 3 capelas: Santa Terezinha, Santa Lúcia e do Asilo. Já há pastorais e movimentos em funcionamento, bem como uma boa estrutura física, como salas para catequese, salão de eventos e escritório paroquial. A igreja está em reforma.

Clero diocesano reunido

A última reunião do ano do clero da diocese de Campo Mourão, realizada dia 29 de dezembro, contou com a presença do bispo dom Francisco Javier Delvalle Paredes e do coordenador da CDAE - Coordenação Diocesana da Ação Evangelizadora Pe. Gaspar Gonçalves da Silva. O encontro foi no Centro Diocesano de Formação, no Lar Paraná. Além de uma avaliação do ano, houve a apresentação de como estão sendo executados os projetos referentes a cada uma das prioridades do 19° PDAE - Plano Diocesano da Ação Evangelizadora. O 19° PDAE teve as 3 prioridades: Catequese, Família

Professora Dra. Joana T. Puntel e Pe.Sidinei

e Juventude, definidas na 33ª Assembleia da Diocese de Campo Mourão, realizada dia 12 de setembro de 2010. Após o período de elaboração do mesmo, aconteceu o seu  lançamento oficial no dia 19 de junho de 2011, durante uma celebração eucarística na catedral São José, em Campo Mourão. Na noite do mesmo dia, as coordenações das pastorais da diocese estiveram reunidas. O assunto foi também referente ao 19° PDAE. Houve um balanço do ano e o planejamento para os trabalhos em 2012. Os coordenadores definiram atividades para a elaboração do calendário 2012.

Página 05

Fevereiro / 2012

Novena de Natal na Catequese Bilíngue Especial A

Catequese Bilíngue Especial para surdos encerrou seus encontros de formação e evangelização em 2011, com a preparação para o Natal. A novena em preparação contempla a caminhada da Igreja, centrada nas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Catequistas Greice e Raquel em encontro Na diocese de com os catequizandos surdos Campo Mourão, a Ação Catequética e Evangelizadora de 2001, a eleita diretora da Escodos Surdos acontece na sua cultura la Especial Espaço Aberto, Rossana e na sua língua: LIBRAS - Língua Eliza Hodniuk assumiu uma firme Brasileira de Sinais e estende-se à e nobre postura de compromisso e comunidade pela participação nas parceria com a Pastoral dos Surdos, celebrações bilíngues, tendo por fi- favorecendo de todas as formas posnalidade: “...Aprofundar o primei- síveis para que o trabalho se realiro anúncio do Evangelho, conhe- zasse. A Catequese Especial ganhou cer, acolher, celebrar e vivenciar o forças em Campo Mourão e se tormistério de Deus manifestado em nou referência, destacando-se pelo sublime trabalho e organização das Jesus Cristo...”( CR 43 ) A catequese para os surdos teve catequistas Greice, Madalena, Neuinício no ano 2000, com Rodrigo sa e Raquel, pelo apoio das famílias, Barbosa e Raquel Soares. No ano da comunidade e da diocese.

Jovens da diocese participam da missão Jesus no Litoral O Ministério Jovem da RCC Renovação Carismática Católica realizou o 9° Jesus no Litoral do Paraná. A diocese de Campo Mourão se fez presente com 20 jovens, no período de 26 de dezembro a 5 de janeiro. De todas as dioceses do estado, cerca de 500 pessoas integraram a equipe de missionários.

“Os jovens se reúnem para levar a Boa Nova, anunciar o amor de Deus a todos. Durante dez dias eles abrem mão de sua rotina, família, amigos, trabalho e outras atividades para viver a essência do Evangelho”, disse Reinaldo Batista, coordenador do Ministério Jovem da RCC na diocese de Campo Mourão.

Alguns integrantes da equipe da diocese

Assim começaram os ministros da eucaristia na diocese a Sagrada Congregação dos Hoje toda paróquia tem Sacramentos pedindo: uma equipe de leigos que 1º - que leigos escolhidos ajudam o padre na distribuipossam distribuir a comunhão ção da eucaristia nas Missas, nas capelas importantes onde presidem o Culto da Palavra o Santíssimo fica conservado. com a distribuição da euca2º - que a Superiora das ristia na ausência do sacercasas Religiosas possa distridote e levam a comunhão buir às suas Irmãs, na ausêneucarística para os doentes. cia do padre. Inicialmente não tinham um 3º - que na Matriz onde fica nome próprio, depois foram Dom Eliseu Simões Mendes, primeiro bispo de um sacerdote só ‘ele possa se chamados de Ministros ExCampo Mourão; Pe. Henrique Estevão Groenen e fazer ajudar por um leigo’. traordinários da Palavra e integrantes da primeira ou de uma das primeiras Esperamos que a resposta da Eucaristia e atualmente, investiduras de MECEs da diocese chegue para a Semana Santa. Ministros Extraordinários Os vigários interessados poClero e das Religiosas, datado de 19 da Comunhão Eucarística. Também a formação adequada para de fevereiro de 1969, está anotado: dem já encaminhar os seus pedidos “LEIGOS ESCOLHIDOS PODE- para cada caso”. O bispo diocesano esse serviço eclesial foi se aprimorando através do tempo, cada vez RÃO DISTRIBUIR A SANTA CO- era o Dom Eliseu Simões Mendes. Em um seguinte Relatório da Reumais apropriado às necessidades de MUNHÃO. Durante a Reunião Geral do clero nião do Clero e das Religiosas, dacada momento. Tudo começou com a abertura li- o pedido foi feito por um vigário em tado de 5 a 8 de maio de 1969, entúrgica propiciada pelo Concílio Va- nome de diversos colegas no sen- contramos: “Dia 6 – Ao iniciar a reunião o Pe. ticano II, que aconteceu em Roma, tido de permitir a certos leigos esentre 1962 e 1965. Estamos, portan- colhidos, nas capelas, de distribuir Yvo fez a leitura do relatório da reuto, começando a celebrar os 50 anos a comunhão nas grandes festas na nião do Conselho Presbiteral realizada no dia 17 de abril. de seu início. Foi nesse clima que os ausência do Padre. O texto é o seguinte: O Sr. Bispo respondeu que estava padres puderam pedir ao bispo dioAnotações do secretário da reucesano a permissão para que leigos de acordo, mas que para dar licenauxiliassem na distribuição da euca- ça ele mesmo tinha que recorrer a nião: Pe. José Rohde. (itens de 1 a 5) ristia nas missas com muitas pesso- Roma. 6) Foi dada a conhecer a resposJá Sua Excia. dirigiu uma carta as. Em um Relatório da Reunião do

ta favorável ao pedido feito em vista de permitir a religiosos, religiosas ou leigos de distribuir a santa Comunhão, na ausência do Padre”. E entre as conclusões práticas desta Reunião do Clero e das Religiosas: “Estão previstos dois cursos de preparação dos leigos escolhidos pelos vigários. Uma vez conhecidos os beneficiários dessa licença, eles serão reunidos em Campo Mourão e Umuarama para preparação à responsabilidade”. Foi assim que, a partir de 1969, nossa Diocese contou com a valiosa presença de leigos encarregados de ajudar na distribuição da eucaristia e na celebração dos cultos na ausência dos padres. (Se você participou desta primeira preparação, comunique sua experiência à Coordenação Diocesana da Ação Evangelizadora).

Pe. Luiz Antonio Belini, pároco de Quinta do Sol


Página 04

Fevereiro / 2012

Aberto o ano jubilar da paróquia São José

Encontro do clero diocesano

Teve início dia 8 de dezembro o ano jubilar, referente aos 70 anos de criação da paróquia São José, que é a Catedral da diocese de Campo Mourão. A criação da paróquia foi no dia 8 de dezembro de 1942.

Dom Francisco Javier Delvalle Paredes

O

s padres da diocese de Campo Mourão estiveram reunidos, dia 1° de dezembro, na chácara de propriedade da mãe do Pe. Pedro Speri, localizada às margens da rodovia entre Campo Mourão e Araruna. O início do encontro foi com uma celebração eucarística, presidida pelo bispo diocesano dom Francisco Javier Delvalle Paredes. “Suas palavras foram profundas e de muito entusiasmo quanto a nossa caminhada diocesana”, declarou um dos padres participantes. Na ocasião da celebração, dom Javier partilhou uma carta que escreveu aos padres e que teve como tema

“Com a ternura de Cristo” (Ef 1,8). “Quero, com muita simplicidade e sinceridade, expressar os meus agradecimentos pela dedicação e entrega, vezes até histórica, no serviço do Reino e pela felicidade à vocação. Muito obrigado mesmo! (...)”, disse o bispo da diocese de Campo Mourão. “Foi um momento que os padres se sentiram, de fato com o pastor, que tem um amor muito grande pelas ovelhas e pela causa do reino”, destacou outro padre. Houve outro momento que foi propriamente de confraternização, com espaço para conversas e diversão. O encontro foi concluído com um almoço.

Canto na Quaresma Caríssimos irmãos e irmãs! Neste reinício de nossa reflexão Litúrgico/Musical, retomo o CANTO LITÚRGICO NA QUARESMA. Não podemos esquecer de que o tempo de Quaresma é um tempo de penitência; tempo de austeridade, que irá se manifestar tanto na ornamentação do templo como no canto. É preciso que se destaque tal austeridade, a fim de melhor salientar a alegria que se torna transbordante na Páscoa. Esse o motivo pelo qual não se recita nem se canta o glória, e nem sequer o aleluia, em celebração alguma, incluindo solenidades e as festas. Os instrumentos musicais não acompanham os cantos de maneira ”FESTIVA”, sendo apenas liberados para sustentar o canto, como convém ao caráter penitencial desse tempo; ou seja, o acompanhamento tem uma função predominantemente “prática” (sustentar o tom, ritmo

e andamento). Os tecladistas, podem usar mais o timbre de órgão, piano,... os violonistas podem usar mais o toque dedilhado... oferecendo assim um acompanhamento mais suave, que realce as vozes, favorecendo a meditação. No quarto domingo da quaresma, denominado domingo laetare, são permitidos os toques “FESTIVOS” dos instrumentos acompanhando os cantos que antecipam e ensaiam a festa final. O texto dos cantos Os grandes temas que devem estar contidos nos textos da Quaresma devem refletir as diversas diretrizes da Quaresma atual. Os cantos sobre o tema do pecado e do perdão são abundantes. É uma diretriz que se desenvolveu bastante, porém na Quaresma temos de cantar algo mais, além do pecado e do perdão. A Páscoa de Jesus, o passo (passagem, paixão) do Senhor deve estar sempre no horizonte de nossos cantos. O tema do êxodo, em virtude do que tem de movimento e de

Objetivo 1. Celebrar a caminhada pastoral e sacramental da Paróquia São José 2. Resgatar os acontecimentos marcantes 3. Resgatar a contribuição dos agentes de pastoral (bispos, padres e leigos) 4. Favorecer a conscientização da vida eclesial 5. Organizar o acervo: memória paroquial (documentos, fotografias, testemunhos) Passos 1. Organizar equipe: representantes das pastorais, movimentos e serviços 2. Convidar colaboradores: grupos de serviços, organismos públicos 3. Encaminhar a divulgação das atividades 4. Incentivar a elaborar de trabalhos de pesquisa (escolas, universidade, instituições)

dinamismo. O próximo, a solidariedade com os necessitados, como abertura para os irmãos; a escuta atenta e meditativa da Palavra com abertura para Deus. Há ainda outros temas, como o deserto, com sua travessia e sua experiência de liberdade; a montanha sagrada, com sua escalada para chegar à Páscoa; os sacramentos pascais: a recordação viva do nosso batismo; a água (a mulher samaritana), a luz ( o cego de nascença), a vida (ressurreição de Lázaro). Todos esses temas assinalam o sentido do catecumenato na Quaresma. A conversão, a nova aliança, a renovação batismal etc. Todos esses temas mostramnos quais os aspectos da Quaresma que mais se desenvolveram e quais as lacunas existentes. Na hora de programar a liturgia, eles irão ajudar a saber quais deles teremos que dar ênfase para que o canto convirja para as leituras, orações, ritos, tempo litúrgico, de tal maneira que possamos conseguir o objetivo que nos pro-

Ordenações presbiterais A

pós a ordenação diaconal, ocorrida no final de 2011, três diáconos serão ordenados presbíteros nos meses de fevereiro e março deste ano. Lussamir será ordenado dia 19 de fevereiro em Araruna; Rômullo, dia 2 de março, em Cambé; e Gianny será ordenado dia 9 de março em Londrina. Conheça mais os novos padres: Lussamir Rogério de Souza Nascimento: 03/11/1979 Local de nascimento: Curitiba-PR Idade: 32 anos Lussamir Rogério de Souza

Atividades 1. Avaliação da caminhada litúrgico-pastoral: comunidade e CPP 2. Lançamento do Ano da Memória: 8 de dezembro de 2011 3. Organização da Sala da Memória (torre direita, fundos) 4. Estudo e reflexão da Carta de São Paulo aos Filipenses 5. Retomar as festividades da Festa de São José a nível paroquial 6. Reestruturar o presbitério da catedral diocesana 7. Realizar a campanha de doação: Livro Ouro

pusemos: que o povo cristão se prepare cada vez mais para poder celebrar e viver melhor a Páscoa de Jesus, vale dizer, que a comunidade se incorpore a seu Senhor, Cristo Jesus, em seu passo pascal. Além da proposta da CF 2012, temos os cantos do Hinário Litúrgico – CNBB – LITURGIA XIV “Ditoso o povo que sabe aclamar-te” (Sl 89,16); Orígenes irá escrever: “DITOSO AQUELE QUE COMPREENDER O SIGNIFICADO DOS CANTOS”. Um grade abraço e feliz 2012 a todos!

Lilian Aparecida G. Hanel - Coordenadora diocesana de Liturgia e coordenadora de canto da catedral de Campo Mourão lilianbgh@gmail.com

Página 13

Fevereiro / 2012

Ingresso no seminário: 14/02/2003 Estudo: Iniciou com o propedêutico em Taubaté-SP, na congregação dos padres do Sagrado Coração de Jesus, no ano de 2003. Cursou Filosofia em Cuiabá-MT, no Instituto Eclesiástico Dom Aquino Correa (Sedac), nos anos de 2004 e 2005. Realizou um ano chamado postulantado, no Seminário São Judas Tadeu, em Terra BoaPR, no ano de 2006. Em 2007, ingressou no Seminário Diocesano Nossa Senhora de Guadalupe, pertencente à diocese de Campo Mourão. Entre os anos de 2008 e 2011, cursou Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Paraná - campus Londrina, residindo no Seminário Dom Virgílio de Pauli, em Cambé-PR. Ordenação: Dia 19 de fevereiro de 2012, às 9h, na paróquia Santo Antonio de Araruna. Primeira missa: Presidirá no mesmo dia às 19h30, na igreja matriz de Araruna. Atuação: Trabalhará como vigário paroquial na paróquia Nossa Senhora das Graças em Engenheiro Beltrão. Mensagem: Caros amigos e irmãos em Cristo, após nove anos de preparação para o sacerdócio, chegou este dia tão sonhado e esperado, dia que marca o término de uma etapa e o início de uma nova fase.

Todo começo é marcado por uma série de novidades, descobertas e, sobretudo, aprendizado, aliás, este é constante em nossa vida. Conto muito com vossas orações e ajuda, para que possa configurar o meu ministério sacerdotal segundo o coração de Cristo. Quero caminhar junto com vocês, buscando sempre mais a santidade, descobrindo a vontade de Deus em nossas vidas, e buscando realizála dia-a-dia. Quero frequentar junto de vós, a escola de Maria, a Mãe das Graças, aquela que “guardava todos os fatos, e meditava sobre eles em seu coração” (Lc 2,19). Esta paróquia (Nossa Senhora das Graças de Engenheiro Beltrão) é conhecida por ter abrigado vários padres no início de seu ministério, e todos guardam o mais profundo carinho por vós. Eu, nestes poucos dias que estou presente em vosso meio, pude experimentar a acolhida, a amizade e o carinho que dispensam para com os padres. Confesso a todos vocês a minha alegria e gratidão por ser enviado a trabalhar nesta paróquia, que tem como padroeira a Mãe do Senhor, com o título de Nossa Senhora das Graças, por quem sempre tive a mais profunda devoção em todos estes anos de preparação para o sacerdócio, e que sempre me acompanhou em todos os instantes de minha vida. Ao contemplá-la com os braços abertos derramando graças sobre todos aqueles que as pedem, invoco a sua materna proteção, e suplico por sua intercessão, sobre esta paróquia e sobre cada família beltrãoense, abundantes graças e bênçãos do céu. Fraterno abraço! À querida diocese de Campo Mourão, e a sua Excelência Reverendíssima dom Francisco Javier, dirijo a minha prece de gratidão por me acolher, me formar durante todos estes anos, e confirmar minha vocação ao sacerdócio, pois “Deus chama, e a Igreja confirma este chamado”. Nesta diocese sou chamado a ser um “humilde trabalhador”. Quero, de todo o coração, dedicar o melhor de mim em cada ação que realizar e somar forças na missão de evangelizar. Conto com as orações e a ajuda de todos os fiéis, e do presbitério desta diocese, para que possa cumprir com fidelidade a missão que o Senhor me confiar. Que o Nosso padroeiro São José, interceda por nós, e seja nosso auxílio nesta jornada. São José, homem justo segundo o coração de Deus, rogai por nós!

Rômullo Ramos Gonçalves Nascimento: 19/03/1980 Local de nascimento: Itaocara-RJ Idade: 31 Rômullo Ramos Gonçalves

Ingresso no seminário: 06/02/2002 Estudo: Iniciou na na diocese de Nova Friburgo-RJ e, em fevereiro de 2007, na diocese de Campo Mourão. Cursou Filosofia no Instituto “Sedes Sapientiae”, Campos dos Goytacazes-RJ e Bacharelado em Teologia na PUC-PR, em Londrina. Ordenação: Dia 2 de março de 2012, às 19h30, em Cambé-PR. Primeira missa: Dia 4 de março, às 19h30, em Itaocara-RJ. Atuação: Paróquia São Pedro de Paraná do Oeste e paróquia São João Batista de Moreira Sales. Mensagem: Meu coração e meus pensamentos já estão voltados para esta comunidade onde aguardo ansiosamente estar. Saber que esta será a primeira comunidade onde exercerei meu ministério me enche de expectativas e esperanças. Deixo, desde já, a todos vocês o meu afetuoso abraço e o sincero desejo de que os dias e momentos que passarmos juntos nos tornem verdadeiros amigos e irmãos. Com minha bênção, diácono Rômullo. ***************** Gianny José Gracioso Bento Nascimento: 18/05/1977 Local de nascimento: Carlópolis-PR Idade: 34 Ingresso no seminário: Fevereiro de 1999. Ingressou na diocese de Campo Mourão em 05/10/2007. Estudo: Primário em Carlópolis; Ensino Médio (Magistério), em Londrina; Filosofia, em Apucarana; e Teologia, em Londrina. Como seminarista, recebeu a formação de Postulado e Noviciado em Porto Alegre-RS, enquanto pertencia à congregação dos Missionários de São Carlos

Borromeu, conhecidos como padres Carlistas ou Escalabrinianos. Ordenação: Dia 9 de março de 2012, às 19h30, no Santuário Nossa Senhora Aparecida, arquidiocese de Londrina. Primeira missa: Dia 10 de março, às 19h, no mesmo Santuário. Atuação: Paróquia Santa Teresinha em Campina da Lagoa e será o assessor diocesano do SAV. Mensagem:   É com grande alegria que recebi a minha primeira destinação  para ser bom pastor junto ao rebanho de Campina da Lagoa e pela obra das vocações em nossa diocese. Com espírito missionário e o desejo de realizar a vontade do Senhor neste ministério dEle recebido, agradeço a todos que já estão me acolhendo. Desejo aprender com nosso povo e meu irmão no ministério, Pe. Pedro Speri, a fidelidade no serviço e no carisma do padre diocesano em ser “Bom Pastor” onde formos enviados. Que Deus nos abençoe! São José e Santa Teresinha, interceda sempre por nós todos!   

Gianny José Gracioso Bento

“Que a nossa profunda amizade e o testemunho comum dos ensinamentos de Cristo possam acelerar os progressos rumo a uma resolução das diferenças que restam” Votos de Bento XVI no encontro com a delegação ecumênica da Igreja Luterana da Finlândia, ocorrido dia 19 de janeiro


Página 14

Fevereiro / 2012

Novo vigário geral da diocese e sua função O

Pe. Aédio Odilon Pego é o vigário geral da diocese de Campo Mourão, a partir de janeiro de 2012. O Jornal Servindo perguntou ao Pe. Aédio sobre a função e sobre como deverá ser o seu trabalho na diocese. Jornal Servindo: Qual a função de vigário geral? Pe. Aédio: O Direito Canônico diz que o bispo deve constituir um vigário geral que lhe ajude no governo da diocese. O vigário geral é, portanto, um colaborador direto do bispo, que o auxilia em questões pastorais e administrativas. O bispo pode exercer o poder executivo pessoalmente através do vigário geral, conforme diz o Direito. JS: Qual será a sua ênfase no trabalho diocesano, assumindo a função de vigário geral? Pe. Aédio: Será na Pastoral Presbiteral, pois acredita-se que padres mais unidos são padres mais felizes. JS: Em que consiste a Pastoral Presbiteral? Pe. Aédio: A compreensão que a Igreja tem hoje sobre o modo de ser presbítero é eminentemente fraternal, isto é, não se entende mais que um padre viva seu ministério de forma fechada, isolada e distante dos irmãos presbíteros. O padre tem sua dimensão humana; tem suas necessidades, impulsos, desejos, reações, fraquezas, dons e virtudes. Ele precisa sentir-se bem consigo mesmo, e

cultivar bons relacionamentos. Dom Javier, em sintonia com toda a Igreja, quer que em nossa diocese seja dinamizada a Pastoral Presbiteral. Isto significa desenvolver um projeto que promova maior cuidado da dimensão humana, relacional, espiritual e pastoral dos padres. JS: O que já está sendo feito para promover mais essa convivência entre os integrantes do clero? Pe. Aédio: Estamos construindo a casa do clero no Seminário São José. Um espaço para facilitar o encontro, o lazer e a interação entre os padres. Há um passeio anual, futebol mensal, e uma série de outras atividades conjuntas entre o clero, como reuniões, retiros, cursos, mutirão de confissões, etc. Há a necessidade de se investir em momentos de intimidade com o Senhor, através de leitura orante, meditação, silêncio, contemplação, louvor, onde os irmãos presbíteros, juntamente com o bispo possam renovar o vigor e a motivação para o serviço do Reino. A essência da vida do padre é a caridade pastoral. É fundamental que o padre esteja bem consigo mesmo, e apoiando uma fecunda espiritualidade.

Só assim ele poderá exercer com dinamismo sua missão. JS: Como isso deverá acontecer? Pe. Aédio: Para articular tudo isso, o coordenador do clero e o vigário geral buscarão iniciativas e momentos que favoreçam aos padres um melhor cultivo de si e um relacionamento mais próximo entre si e com o bispo. O povo gosta de ver os padres se encontrando, unidos e alegres. A mãe Igreja se alegra vendo seus filhos sacerdotes em comunhão, compartilhando as alegrias e as cruzes da vida sacerdotal. Breve biografia do vigário geral Aédio Odilon Pego nasceu no dia 12 de fevereiro de 1971, em Quinta do Sol-PR. Seus pais haviam vindo de Minas Gerais. Estudou o Primeiro Grau no mesmo município. Em 1986, ingressou no Seminário São José, onde foi recebido pelo reitor Pe. Ademar Oliveira Lins. Teve o incentivo do então bispo diocesano dom Virgilio de Pauli. Cursou Filosofia no Seminário Nossa Senhora da Glória e Teologia no Seminário Paulo VI em Londrina. Também estudou em Jundiaí-SP. Após ser ordenado diácono, em 4 de janeiro de 1998, foi residir na paróquia de Janiópolis. Foi ordenado presbítero dia 12 de setembro de 1998, em Quinta do Sol. Além de Janiópolis, trabalhou em Mamborê, Mandaguaçu, Cambé (Seminário dom Virgilio de Pauli), Ivailândia e Jardim Aeroporto, em Campo Mourão.

Encontro Nacional da Pastoral da Juventude A diocese de Campo Mourão participou do 10° ENPJ - Encontro Nacional da Pastoral da Juventude, realizado em Maringá, de 8 a 15 de janeiro. O encontro é realizado a cada três anos e reúne jovens e assessores da PJ de todas as dioceses do Brasil. O objetivo é refletir, partilhar e celebrar a vida e a caminhada dos grupos de jovens. A diocese de Campo Mou-

rão enviou três delegados e uma equipe de 11 jovens de várias paróquias, que contribuíram na organização do encontro. “Esta foi uma participação significativa para os jovens da Pastoral da Juventude da diocese de Campo Mourão, que puderam viver momentos de extrema importância, para sua caminhada”, declarou o coordenador diocesano da PJ Wanderley Mafra.

PJ da diocese no 10° ENPJ

Sequência da Escola Bíblico-Catequética No ano passado (2011), foi realizado o 1º módulo da Escola Diocesana Bíblico-Catequética “Água Viva”, em todos os 5 decanatos da diocese, organizado pela Equipe Diocesana da Pastoral Catequética e da Equipe de

Formadores da Diocese. Neste ano, acontecerão os módulos 2, 3, 4 e 5. A programação para o 2° módulo começa dia 29 de janeiro, no decanato de Iretama; dia 18 de fevereiro será no decanato de Campo Mourão;

25 de fevereiro, Engenheiro Beltrão; e dia 24 de março, no decanato de Goioerê. O cronograma de todos os módulos, que acontecerão neste ano, está no site www.diocesecampomourao.com.br.

Transferências de padres Estão definidas algumas transferências de padres na diocese de Campo Mourão, neste início de 2012:

Página 03

Fevereiro / 2012

Pastoral da Comunicação diocesana realiza primeiro encontro

mentou os objetivos da Pascom nas paróquias e na diocese. Edson Lima falou sobre Pastoral de Comunicação e imprensa. Vilson Olipa, coordenador do Jornal Servindo, falou sobre os trabalhos do Jornal e do portal da diocese, na internet. Na parte da tarde, Amani Spachinski de Oliveira falou sobre relações humanas, ética e motivação aplicadas à Pastoral da Comunicação. Na sequência, houve a distribuição de algumas funções, para o bom funcionamento da Pascom, na diocese. Além da coordenação diocesana, foram escolhidos coordenadores decanais. Além do Pe. Sidinei, compareceram o Pe. Edinaldo Velozo da Silva e Pe. Wagner Zacarias Rufino, de Peabiru.

Pascom reunida

O Pe. Ricardo Arica Ferreira assume como pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima de Quarto Centenário. A missa de posse é dia 27 de janeiro. Ele continuará sendo reitor do Seminário São José de Campo Mourão. O pároco de Quarto Centenário, Pe. José Gonçalves de Almeida, assume como pároco da paróquia São Pedro de Roncador. Sua posse é dia 26 de janeiro. O Pe. Carlos Alberto Rodrigues da Silva, deixa a paróquia São Pedro de Roncador e assume a quase-paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Campo Mourão, no dia 25 de janeiro. O Pe. Genivaldo Barboza, que trabalha na diocese de SerrinhaBA, desde sua ordenação, em 25 de fevereiro de 2007, retorna à diocese. Ele será pároco da paróquia Divino Espírito Santo, no Jardim Aeroporto, Campo Mourão, com posse marcada para o dia 8 de fevereiro. O Pe. Aédio Odilon Pego será vigário-geral da diocese. O Pe. Sidinei Teixeira Gomes deixa a paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição de Mamborê, e será vigário paroquial da catedral São José, em Campo Mourão. Sua apresentação acontece dia 29 de janeiro. Os três diáconos, irão para três diferentes paróquias, após a ordenação presbiteral, que acontecerá em fevereiro e março: o diácono Lussamir Rogério de Souza, irá para a paróquia Nossa Senhora das Graças de Engenheiro Beltrão; o diácono Rômulo Ramos Gonçalves irá para as paróquias São João Batista de Moreira Sales e São Pedro de Paraná do Oeste; e o diácono Gianny José Gracioso Bento, trabalhará na paróquia Santa Teresinha de Campina da Lagoa.

A

Pascom - Pastoral da Comunicação, em implantação na diocese, teve o seu primeiro encontro no dia 11 de dezembro, no Centro Catequético de Campo Mourão. Compareceram 52 pessoas, representando 19 paróquias. Após a abertura, com uma oração

conduzida pela Pe. Sidinei Teixeira Gomes, houve a acollhida, feita por Amani Spachinski de Oliveira. Ele falou da importância da comunicação e que um grande comunicador foi Jesus Cristo. A primeira palestra foi ministrada pelo assessor da Pascom, Pe.

Avaliação do Jornal Servindo

O

Jornal Servindo solicita a sua colaboração, no sentido de responder ao questionário abaixo, e que poderá ser fotocopiado ou recortado, para ser preenchido. Após, solicitamos a gentileza de entregá-lo no escritório de sua paróquia.  O objetivo é saber sua opinião para que este meio de comunicação seja sempre mais útil a todos os diocesanos. Não é necessário colocar o nome no questionário.   Apenas uma alternativa em cada questão, deverá ser assinalada. 1 - Gênero: (  ) Mulher      (  ) Homem 2 - Sua idade está na faixa (  ) Abaixo de 12 anos    (  ) De 12 a 19 anos     (  ) 20 anos ou mais 3 - Grau de escolaridade ( ) Ensino Fundamental incompleto ( ) Ensino Fundamental completo ( ) Ensino Médio incompleto ( ) Ensino Médio completo ( ) Superior incompleto ( ) Superior completo 4 - Quanto aos assuntos abordados pelos colunistas, do ponto de vista de formação: (  ) Interessantes      (  ) Médios    (  ) Fracos em conteúdo 5- Quanto às matérias (informações gerais) (  ) Diversificadas e interessantes    (  ) Diversificadas mas não interessantes     (  ) Interessantes mas não diversificadas      (  ) Médias      (  ) Fracas 6 - Na sua opinião o Jornal Servindo é (  ) Ótimo    (  ) Bom     (  ) Razoável     (  ) Fraco    (  ) Péssimo 7 - Frequência de leitura ( ) 1 vez no mês ( ) De vez em quando 8 - Sugestões para melhoria do Jornal Servindo:   9 - Observações:  

Obrigado por sua participação e colaboração. Equipe Jornal Servindo

Mantenha-se atualizado quanto aos assuntos da Igreja, da Diocese e de sua paróquia, visitando constantemente o site:

Sidinei Teixeira Gomes. Ele falou sobre as diferentes formas de comunicação, bem como uma rápida história da comunicação, no mundo. Falando diretamente aos secretários paroquiais, lembrou da importância de procurar ter um perfil de comunicador. Apresentou e co-

www.diocesecampomourao.com.br

FEVEREIRO / 2012 DIA

1ª LEITURA

SALMO

01

2Sm 24,2.9-17

Sl 32

2ª LEITURA

EVANGELHO COR Mc 6,1-6

02

Ml 3,1-4

Sl 24

03

Eclo 47,2-11

Sl 18,31-51

04

1Rs 3,4-13

Sl 119,1-14

05

Jó 7,1-7

Sl 147

06

1Rs 8,1-13

Sl 132

07

1Rs 8,22-30

Sl 84

Mc 7,1-13

08

1Rs 10,1-10

Sl 37

Mc 7,14-23

09

1Rs 11,4-13

Sl 106,1-40

Mc 7,24-30

10

1Rs 11,29-32.12,19

Sl 81

Mc 7,31-37

11 12

Hb 2,14-18

Lc 2,22-40 Mc 6,14-29 Mc 6,30-34

1Cor 9,16-19.22-23

Mc 1,29-39 Mc 6,53-56

1Rs 12,26-32.13,33-34 Sl 106,1-22

Mc 8,1-10

Lv 13,1-2.44-46

Sl 32

1Cor 10,31-11,1

Mc 1,40-45

13

Tg 1,1-11

Sl 119,67-76

Mc 8,11-13

14

Tg 1,12-18

Sl 94

Mc 8,14-21

15

Tg 1,19-27

Sl 15

Mc 8,22-26

16

Tg 2,1-9

Sl 34

Mc 8,27-33

17

Tg 2,14-26

Sl 112

Mc 8,34-9,1

18

Tg 3,1-10

Sl 12

Mc 9,2-13

19 Is 43,18-19.21-22.24b-25

Sl 41

2Cor 1,18-22

20

Tg 3,13-18

Sl 19

Mc 9,14-29

21

Tg 4,1-10

Sl 55

Mc 9,30-37

22

Jl 2,12-18

Sl 51

23

Dt 30,15-20

Sl 1

Lc 9,22-25

2Cor 5,20-6,2

Mc 2,1-12

Mt 6,1-6.16-18

24

Is 58,1-9a

Sl 51

Mt 9,14-15

25

Is 58,9b-14

Sl 86

Lc 5,27-32

26

Gn 9,8-15

Sl 25

27

Lv 19,1-2.11-18

Sl 19

Mt 25,31-46

28

Is 55,10-11

Sl 34

Mt 6,7-15

29

Jn 3,1-10

Sl 51

Lc 11,29-32

1Pd 3,18-22

Mc 1,12-15


Página 02

Fevereiro / 2012

Palavra do Bispo Queridos amigos, Filhos e Filhas de Deus! Paz e alegria em Cristo Nosso Senhor! Ao iniciarmos este novo ano, procuremos revestir-nos da luz e da paz do Salvador e com a força da esperança, abrir nossos braços para acolher o dom de Deus que com certeza será derramado abundantemente sobre cada um de nós, pois acreditamos que somos amados por Ele. Depois de uma breve pausa reiniciemos nossas atividades e com renovado entusiasmo estamos disponíveis, para integrar-nos como Igreja nos acontecimentos significativos da cidade e das pastorais, participando com responsabilidade. A nossa diocese celebra com alegria e gratidão os 70 anos da paróquia São José, Catedral diocesana, ela é a mãe das Igrejas Católica na Diocese de Campo Mourão, onde se encontra o bispo, sinal de comunhão com o papa e demais Igrejas presentes no mundo todo. Este será um acontecimento que nos ajudará a fortalecer nossa comunhão fraterna e eclesial. Outro acontecimento de grande significado para nossa diocese é a ordenação Presbíteral de nossos diáconos, Rômullo, Lussamir e Gianny. Eles vêm para se integrar no Presbitério diocesano e contribuir nos trabalhos ao serviço do Reino. Agradeçamos a Deus por tão grande dádiva e aproveito esta ocasião para continuar pedindo orações para as diversas vocações para o serviço da Igreja. É com grande otimismo e alegria que viemos constatando as forças de nossas lideranças (padres, religiosos e leigos) para colocar em ação os projetos e propostas de nosso Plano da Ação Evangelizadora. Já bem no fim do ano passado, na última reunião geral do clero, foram apresentados os eventos que acontecerão para a realização das prioridades. Participemos com fé, abertos a ação do Espírito Santo dos diversos eventos que serão realizados a nível diocesano, decanal e paroquial. Eles serão as

Expediente Diretor: Dom Francisco Javier Delvalle Paredes Assessor: Pe. Sidinei Teixeira Gomes Coordenador: Vilson Olipa (44) 9958-9797 Colunistas: • Pe. Luiz Antônio Belini • Amani Spachinski • Maria Joana Titton Calderari • Seminarista Alfredo Rafael Belinato Barreto • Lilian Aparecida G. Hanel • João Alves Maciel

CALENDÁRIO – FEVEREIRO - 2012

Editorial O ano começa com importantes acontecimentos na diocese, como ordenações sacerdotais e a criação de uma quase-paróquia. Nesta edição do Jornal Servindo, você saberá mais sobre os três diáconos que serão ordenadores presbíteros em fevereiro e março deste ano. Falando de história, saberemos quando os MECEs começaram a atuar na diocese, lendo a coluna do Pe. Luiz Antonio Belini. O Jornal Servindo é mensal, mas ao longo de todo o mês, pode-se obter informações diárias da diocese, acessando o portal www. diocesecampomourao.com.br. Neste ano, tanto o Jornal Servindo quanto o portal da diocese na internet, se propõem a levar informações de todas as paró-

oportunidades e os espaços que temos para vivenciar e testemunhar nossa fé madura e comprometida, lembrando sempre que o serviço pastoral, qualquer que seja, é o espaço que o Senhor nos concede para partilhar com Ele da realização do seu Reino. Dessa maneira somos colaboradores do Senhor. Ainda neste ano daremos início à Visita Pastoral. Iniciaremos pela paróquia Nossa Senhora das Graças em Barbosa Ferraz, no dia 7 de maio de 2012. A Visita Pastoral é conhecida como a visita do bispo diocesano por um tempo mais prolongado numa comunidade paroquial e durante a qual, o bispo, auxiliado pelo pároco e demais lideranças, irá conhecer melhor a realidade da paróquia. Estes e outros eventos e desafios iremos encarar com fé na certeza de que o Senhor sempre está conosco, pois Ele nos escolheu. Acredito que é muito oportuno lembrar aqui a exortação do Apóstolo aos Colossenses: “Como escolhidos de Deus, santos e amados, vistam-se de sentimentos de compaixão, bondade, humildade, mansidão, paciência. Suportem-se uns aos outros e se perdoem mutuamente, sempre que tiverem queixa contra alguém. Cada um perdoe o outro, do mesmo modo que o Senhor perdoou vocês. E acima de tudo, vistam-se com o amor, que é o laço da perfeição. Que a paz de Cristo reine no coração de vocês.” (Cl 3, 12-15a)

DIA

quias. Dizemos isso, pois no ano anterior, tivemos paróquias com poucas notícias. Queremos receber a colaboração de todas as secretarias paroquiais, coordenações e paroquianos, para que os meios de comunicação da diocese sejam mais ricos em informações e, desta forma, os diocesanos, melhor informados. Queremos saber sua opinião sobre o Jornal Servindo. Há um questionário na página 3. Solicitamos a gentileza de que este seja preenchido e entregue às secretarias paroquiais. Nas edições de fevereiro e março, não haverá o suplemento, devido aos encontros da Campanha da Fraternidade. Um ótimo 2012 a todos!

A intenção geral é para que todos os povos tenham acesso à água e aos recursos necessários ao sustento quotidiano. Fevereiro / 2012 Intenção missionária: Para que o Senhor sustente o esforço dos profissionais de saúde das regiões mais pobres no serviço aos doentes e aos idosos.

Um abraço fraternal e paternal para todos e que o Senhor nos abençoe. Participantes do estudo sobre a CF 2012

Realizado estudo sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2012 Representantes de 22 paróquias compareceram na formação sobre o tema da CF - Campanha da Fraternidade 2012. O encontro foi no dia 4 de dezembro, no Centro de Formação do

Dom Francisco Javier Delvalle Paredes Bispo diocesano de Campo Mourão

Página 16

Editoração Eletrônica: Jonas Rodrigues. - 44 3025-2036 / Mamborê 9145-1499 / 9915-3400 Paróquia: Nossa Senhora Imaculada Conceição Localização: Av. Manoel Francisco da Silva, 653 - Cx. Postal 13 - Telefone/ Fax: (44) 3568-1268 e 9832-9004 - CEP 87.340-000 - Mamborê - PR E-mail: paroquiamambore@hotmail.com Página na internet: www.paroquiamambore.com.br Número de capelas: 15 Data de criação: 01/10/1956 Pároco: Pe. Francisco Dantas de Carvalho, 51 anos de idade e 12 anos de ordenação. Secretários paroquiais: Ademir Machado e Édipo José Carneiro Resnizéke

Tiragem: 11 mil exemplares. Impressão: Grafinorte. Histórico A presença da Igreja teve início no dia 1934, com a celebração de uma missa na residência de Fermino Manoel Nogueira, presidida pelo Pe. Paulo Tschorm, S. V. D., pároco de Guarapuava, na época. No ano de 1938 Léo Guimarães construiu a primeira capela em honra de Nossa Senhora Aparecida. Tratava-se de uma promessa feita por ele. Esta media 3 x 4 metros e foi benzida pelo Pe. Aloísio Jacobi, S. V. D., de Campo Mourão. A primeira missa com Confirmação foi em outubro de 1940, e contou com a presença de dom Manoel Koenner e do Pe. Aloísio Jacobi. A segunda capela localizava-se na atual Praça das Flores, no local onde está o Ginásio de Esportes Livino Krauze. Para a construção da mesma, Augusto Mendes dos Santos trouxe a madeira de Campo Mourão de carroça. Sua inauguração foi em 12 de dezembro de 1944. No início dos anos cinquenta, teve início a construção da terceira capela, no local onde está a atual igreja matriz. Houve época na qual o padre passava apenas duas vezes por ano no povoado. Este, saía de Guarapuava a cavalo e visitava as comunidades até Foz do Iguaçu. Os moradores eram responsáveis pelo transporte dos pertences. Por exemplo: quando se sabia que o padre estava na Tapera de Sinhá Ana Coita (atual Campina

Fevereiro / 2012

Fevereiro / 2012

JORNAL

SERVINDO

Padroeira: Nossa Senhora Imaculada Conceição

Pe. Francisco Dantas de Carvalho, pároco desde 2004

do Amoral), alguém ia ao seu encontro, a cavalo, e levava mais um animal para trazer os objetos do sacerdote. Esta pessoa era denominada “próprio”. Com a conclusão da primeira casa paroquial, em maio de 1956, houve a criação da paróquia, em 1º de outubro do mesmo ano. O Pe. Guilherme Matt S.V.D. foi o primeiro pároco de Mamborê. A atual igreja foi construída na década de 1970. Estes foram os párocos e vigários paroquiais que trabalharam em Mamborê ao longo da história: A sigla S. V. D. significa Sociedade do Verbo Divino e, S. J., Sociedade de Jesus (Jesuítas). 1º Pároco - Pe. Guilherme Matt, S. V. D., empossado em 01/02/57. 2º Pároco - Pe. Leopoldo Jarek, S. V. D., empossado em 01/02/59. 3º Pároco - Pe. José Sauer, diocesano, empossado em 06/01/62. 4º Pároco - Pe. José Ely, S. J., empossado em 24/01/65. 5º Pároco - Pe. Arnaldo Beckemcamp, S. J., empossado em 23/04/66. Vigário paroquial - Pe. Libino Steffen,

S. J., em 12/05/66. 6º Pároco - Pe. Libino Steffen, S. J., empossado em 10/1966. 7º Pároco - Pe. Fernando Seidel, S. J., empossado em 02/1967. Vigário paroquial - Pe. Antônio Strieder, S. J., em 10/1967. Vigário paroquial - Pe. José Rohde, S. J., em 1968. Vigário paroquial - Pe. Inácio Kraemer, S. J., em 07/1968. Vigário paroquial - Pe. Ervino Schmitt, S. J., em 02/1969. Vigário paroquial - Pe. Aloysio Augusto Ternus, S. J., em 03/04/74 Escolástico - Fr. Sereno Boesing, S. J., em 1977. 8º Pároco - Pe. Vendelino Mueller, S. J., empossado em 26/02/78. 9º Pároco - Pe. Huberto Melz, S. J., empossado em 17/02/80. Vigário paroquial - Pe. Aloysio Augusto Ternus, S. J., retorna em 06/03/80. 10º Pároco - Pe. Arthur Frantz, S. J., empossado em 13/06/92. 11º Pároco - Pe. Leopoldo Benno Petry S. J., empossado em 22/02/98. Vigário paroquial - Pe. Guido José Stahl,

As assinaturas do Jornal Servindo podem ser feitas nas secretarias paroquiais.

Página

Que a saúde se difunda sobre a terra

Capela construída nos anos 50, no local onde está a atual igreja matriz. A foto foi feita por Lourival Vieira, irmão de Nivaldo Vieira (Vadico). Acervo de Teresinha Santos Vieira

Site: www.diocesecampomourao.com.br Permite-se a reprodução total ou parcial do material veiculado no Jornal Servindo, desde que citada a fonte.

Diocese de Campo Mourão - Paraná Ano 23 - Fevereiro / 2012 / Nº 233

S. J. 12 º Pároco - Pe. Francisco Dantas de Carvalho, empossado em 2004 Vigário paroquial - Pe. Aédio Odilon Pego, chegou em 2004 Vigário paroquial - Pe. João Batista Rodrigues Vigário paroquial - Pe. Luiz da Silva Andrade, deixou a paróquia em 02/2010 Vigário paroquial - Pe. Sidinei Teixeira Gomes Vigário paroquial - Durvalino Rodrigues de Oliveira

(cf.Eclo 38,8)

Dia da padroeira A paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição celebrou a sua padroeira com uma missa, na manhã do dia 8 de dezembro de 2011. Houve Confirmação, investidura de MECEs - Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística e almoço de confraternização. O pároco de Mamborê Pe. Francisco Dantas de Carvalho foi delegado, pelo bispo diocesano dom Francisco Javier, para ministrar o Sacramento da Confirmação e para a investidura de 4 novos MECEs. Um total de 140 pessoas foram confirmadas. No final da missa houve a coroação da imagem da padroeira de Mamborê. No salão paroquial aconteceu o almoço festivo de confraternização. Como de costume, não houve a venda de bebidas alcoólicas.

Capela é elevada a quase-paróquia Página 12

Informações pelo e-mail/MSN: jornalservindo@hotmail.com Igreja matriz atual

Dom Virgílio de Pauli e Pe. Huberto Melz S.J., em 1990

Capela, inaugurada em 1944, localizada na atual Praça das Flores

Investidura de novos MECEs

Missa no dia da padroeira: 8 de dezembro de 2011

Confirmação no dia da padroeira

Coroação da imagem da padroeira

Ordenações Presbiteriais

Paróquia do mês: Mamborê

Página 13

Página 16

Página 15

Fevereiro / 2012

Lar Paraná, em Campo Mourão. O tema da CF 2012 é “Fraternidade e Saúde Pública” e, o lema, “Que a saúde se difunda sobre a terra!” Eclo 38,8.

Capa

O cartaz atualiza o encontro do Bom Samaritano com o doente que necessita de cuidado (Lc 10,29-37). A mão do profissional da saúde, segurando as mãos da pessoa doente, afasta a cultura da morte e visibiliza a acolhida entre irmãos (o próximo). A alegria do encontro retratado no cartaz recorda aos profissionais da saúde que foram escolhidos para atualizarem a atitude do Bom Samaritano em relação aos enfermos. Mobiliza os gestores do sistema de saúde a se empenharem para possibilitar atendimento digno e saúde para todos. Que a saúde se difunda sobre a terra.

QUEM

O QUE

PARA QUEM

3e4

COMIPRO

Encontro IAM e Jovens Miss.

3a5

CURSILHO

Jovem misto

CDF - Lar Paraná

4

SETOR FAMÍLIA

Preparar subsídios

Infância, Adolescência e Juventude Missionária Jovens convidados (masculino e feminino) Equipe de assessoria da família

4

COMIPRO

Reunião Provincial

Equipes dos COMIDIs

Par. Div. Esp. Santo Maringá

4

APOSTOLADO Reunião Diocesana Coordenadores Paroquiais

ONDE Maringá

A DEFINIR

Centro Catequético - C.M.

4e5

DIÁCONOS

Escola Diaconal

Aspirantes ao Diaconato Permanente

Seminário São José

5

IAM – INFÂNCIA E ADOLESC. MISSION.

Formação Missionária

Catequistas e Responsáveis adultos pela IAM nas paróquias

Capela N. S. P. Socorro Jd. Copacabana

6

EQ. DE ASSESSORIA

Preparar material sobre meses temáticos para Setor Família

Equipe de assessoria da Família

Cúria

9

CLERO

Afetividade e Espiritualidade

Padres do Decanato – Eng. Beltrão

Arauruna - Chácara do Diácono

11

CEBs

11

SETOR FAMÍLIA

11 e 12

CATEQUESE

11 e 12

RCC

18

CATEQUESE

Reunião Diocesana Coordenadores Paroquiais Reunião preparar material Encontro Diocesano

Equipe de Assessoria

Cúria

Coordenadores Paroquiais

CDF - Lar Paraná

Retiro / Assembleia

Servos em geral Assembléia: Coordenadores Paroquiais

A DEFINIR

Formação 2º Módulo

Decanato de Campo Mourão

Lar Paraná - C. Mourão

ORDENAÇÃO PRESBITERAL – DIÁCONO LUSSAMIR ROGÉRIO DE SOUZA

19 19

PJB

25

CATEQUESE

26

RCC

26

P. DA SAÚDE

Centro Catequético

Araruna

Gincana de Integração Formação 2º Módulo Oficina de Intercessão

?

?

Decanato de Eng. Beltrão

Eng. Beltrão

Decanato de Juranda

Juranda

Encontro Decanal

Decanato de Campo Mourão

CDF - Lar Paraná

Aniversários - FEVEREIRO 2012 PADRES E DIÁCONOS 01 - Pe. Carlos Alberto Rodrigues da Silva - Nascimento 02 - Pe. Deniz Aparecido Ferreira - Ordenação 02 - Pe. Roberto Carlos Reis - Ordenação 08 - Pe. Jurandir Coronado Aguilar - Nascimento 09 - Pe. Jorge Pereira da Silva - Ordenação 11 - Pe. Edinaldo Velozo da Silva - Ordenação 11 - Pe. José Gonçalves de Almeida - Ordenação 11 - Pe. Waldomiro Lúcio Tardivo Filho, SCJ - Nascimento 12 - Pe. Ivan Luiz Walter - Ordenação 13 - Pe. José Maria Mendonça - Nascimento 14 - Pe. Nilson Reis Gonçalves - Ordenação 15 - Pe. José Carlos Kraus Ferreira - Ordenação 17 - Pe. Paulo Roberto de Lima - Ordenação 17 - Pe. Valdecir Liss - Ordenação 18 - Pe. Ediberto Henrique de Mercena - Ordenação 19 - Pe. Ricardo Arica Ferreira - Ordenação 19 - Pe. Sidinei Teixeira Gomes - Nascimento 21 - Pe. Gessi de Matos - Nascimento 25 - Pe. Genivaldo Barbosa - Ordenação

RELIGIOSAS 01 - Irmã Gabriela Belli - Nascimento 01 - Irmã Marcia Cavalcante - Nascimento 02 - Irmã Alice Follmann - Profissão 02 - Irmã Carmelita Inez Rossato Piovesan - Profissão 02 - Irmã Maria Luísa Santi - Profissão 02 - Irmã Maria Ruedell - Profissão 06 - Irmã Elisângela Ramos de Souza - Nascimento 11 - Irmã Maria Beatriz Fernandes - Profissão 20 - Ir. Rosinei - Nascimento 23 - Ir. Helen Makiyama - Nascimento 24 - Irmã Erlaine S. Souza - Nascimento SEMINARISTAS 07 - André Arnaldo Rodrigues Camilo

www.diocesecampomourao.com.br Mantenha-se atualizado quanto aos assuntos da Igreja, da Diocese e de sua paróquia, visitando constantemente o site www.diocesecampomourao.com.br

Balancete Novembro / 2011 MANUTENÇÃO DA CÚRIA E IMÓVEIS Sanepar, Copel, Oi! e Correio....................................1.290,35 Locação Sistema Contab./Folha Pgto. .........................352,53 Encargos Soc.: INSS+FGTS+PIS+IRRF.................. 11.312,61 Combustível...............................................................1.160,15 Fundo de Reserva....................................................17.826,50 Côngruas/Salários....................................................25.881,14 Plano de Saúde..........................................................2.520,00 Capela Santa Paula Elisabete Cerioli...........................648,98 Mensalidade do Prever...................................................35,00 Vales Transportes..........................................................384,00 M S Guaiume Segurança Monitorada.............................80,00 Despesas com Cartório...................................................86,40 Materiais de Escritório...................................................220,80 Théos Informática-Prog. SGCP.......................................61,20 J M Grande (Bandeiras).............................................1.054,00 HDI Seguros S/A Parc. 02/03 e 04 (Uno)...................1.002,08 Contribuição p/ Seminarista............................................50,00 Advocacia Andrade e Rodrigues................................2.500,00 Despesas Mat. limpeza/Café (Cúria) ..........................127,98 Atlântico CM-Terrenos Jd Botânico II ......................12.000,00 Tribunal Eclesiástico......................................................545,00 Manutenção e conservação de imóveis........................160,00 Reforma da Cúria.....................................................28.572,26 Despesas materiais didático e religioso..........................86,97 Doação Escola Diaconal ...........................................1.090,00 Lavanderia São Paulo.....................................................80,00 Curso (Pe. Aédio/Gerson/Ricardo/Valdecir) ..............1.200,00 Despesas c/ viagem p/ Curso IATES............................900,00 Fiorella Panificadora......................................................293,84 Jantar dos Diáconos...................................................3.205,14 Assinatura Jornal Tribuna..............................................143,00 Despesas com veículos.............................................1.828,00 Viagem do bispo a Brasília (reunião CNLB)..................768,00 Despesas com viagens .............................................2.022,65 ...............................................................................119.488,58 RESIDÊNCIA EPISCOPAL Oi!, Copel e Sanepar.....................................................786,00 Salários...................................................................... 1.611,96 Manutenção de máquinas e computadores..................100,00 TV a Cabo Campo Mourão Ltda ..................................148,50 Assinatura UOL ..............................................................25,30 Valgás..............................................................................90,00 Alimentação................................................................1.850,29 Móveis e utensílios domésticos . ...............................1.059,85 Manutenção e conservação de imóveis.....................1.399,26 ...................................................................................7.071,16 OUTROS (Água, luz, telefone, etc.) Seminário São José - Campo Mourão..........................269,99 Centro Past. Dom Virgílio de Pauli................................427,49 Centro Past. Dom Eliseu...............................................517,63 ...................................................................................1.215,11 OUTROS (Repasse da Cúria) Semin. Proped. São José - Campo Mourão...............8.000,00 Semin. de Teologia Dom Virgílio - Cambé................16.740,00 Semin. de Filosofia N. S. Guadalupe - Maringá.......12.555,00 .................................................................................37.295,00 RESUMO GERAL Saldo em 30/11/11...................................................50.911,80 Entradas Contribuição das Paróquias...................................127.806,50 Contribuição Ref. 13º Salário...................................10.651,00 Crisma........................................................................8.450,00 Reembolso Encargos-Pis/Secraso/Senalba..............1.497,01 Reembolso Correio/Labore...........................................201,40 Reembolso Cartório........................................................86,40 Venda Veículo Besta Parcela 02/02...........................1.000,00 Reembolso Almoço do Clero.........................................650,50 Resgate Fundo de Reserva.....................................28.572,26 ...............................................................................178.915,07 Saldo anterior + entradas............................. 229.826,87 Saídas Manutenção da Cúria e Imóveis............................. 119.488,58 Residência Episcopal.................................................7.071,16 Centro Pastoral Dom Virgílio de Pauli...........................427,49 Centro de Pastoral Dom Eliseu.....................................517,63 Seminário São José......................................................269,99 Seminário Propedêutico São José C. Mourão ..........8.000,00 Seminário Filosofia N. Sra. Guadalupe - Mgá..........12.555,00 Seminário de Teologia Dom Virgílio - Cambé...........16.740,00 ...............................................................................165.069,85


Página 16

Fevereiro / 2012

Mamborê Paróquia: Nossa Senhora Imaculada Conceição Localização: Av. Manoel Francisco da Silva, 653 - Cx. Postal 13 - Telefone/ Fax: (44) 3568-1268 e 9832-9004 - CEP 87.340-000 - Mamborê - PR E-mail: paroquiamambore@hotmail.com  Página na internet:  www.paroquiamambore.com.br Número de capelas: 15 Data de criação: 01/10/1956 Pároco: Pe. Francisco Dantas de Carvalho, 51 anos de idade e 12 anos de ordenação. Secretários paroquiais: Ademir Machado e Édipo José Carneiro Resnizéke Histórico A presença da Igreja teve início no dia 1934, com a celebração de uma missa na residência de Fermino Manoel Nogueira, presidida pelo Pe. Paulo Tschorm, S. V. D., pároco de Guarapuava, na época. No ano de 1938 Léo Guimarães construiu a primeira capela em honra de Nossa Senhora Aparecida. Tratava-se de uma promessa feita por ele. Esta media 3 x 4 metros e foi benzida pelo Pe. Aloísio Jacobi, S. V. D., de Campo Mourão. A primeira missa com Confirmação foi em outubro de 1940, e contou com a presença de dom Manoel Koenner e do Pe. Aloísio Jacobi. A segunda capela localizava-se na atual Praça das Flores, no local onde está o Ginásio de Esportes Livino Krauze. Para a construção da mesma, Augusto Mendes dos Santos trouxe a madeira de Campo Mourão de carroça. Sua inauguração foi em 12 de dezembro de 1944. No início dos anos cinquenta, teve início a construção da terceira capela, no local onde está a atual igreja matriz. Houve época na qual o padre passava apenas duas vezes por ano no povoado. Este, saía de Guarapuava a cavalo e visitava as comunidades até Foz do Iguaçu. Os moradores eram responsáveis pelo transporte dos pertences. Por exemplo: quando se sabia que o padre estava na Tapera de Sinhá Ana Coita (atual Campina

Fevereiro / 2012

JORNAL

SERVINDO

Pe. Francisco Dantas de Carvalho, pároco desde 2004

do Amoral), alguém ia ao seu encontro, a cavalo, e levava mais um animal para trazer os objetos do sacerdote. Esta pessoa era denominada “próprio”. Com a conclusão da primeira casa paroquial, em maio de 1956, houve a criação da paróquia, em 1º de outubro do mesmo ano. O Pe. Guilherme Matt S.V.D. foi o primeiro pároco de Mamborê. A atual igreja foi construída na década de 1970. Estes foram os párocos e vigários paroquiais que trabalharam em Mamborê ao longo da história: A sigla S. V. D. significa Sociedade do Verbo Divino e, S. J., Sociedade de Jesus (Jesuítas). 1º Pároco - Pe. Guilherme Matt, S. V. D., empossado em 01/02/57. 2º Pároco - Pe. Leopoldo Jarek, S. V. D., empossado em 01/02/59. 3º Pároco - Pe. José Sauer, diocesano, empossado em 06/01/62. 4º Pároco - Pe. José Ely, S. J., empossado em 24/01/65. 5º Pároco - Pe. Arnaldo Beckemcamp, S. J., empossado em 23/04/66. Vigário paroquial - Pe. Libino Steffen,

S. J., em 12/05/66. 6º Pároco - Pe. Libino Steffen, S. J., empossado em 10/1966. 7º Pároco - Pe. Fernando Seidel, S. J., empossado em 02/1967. Vigário paroquial - Pe. Antônio Strieder, S. J., em 10/1967. Vigário paroquial - Pe. José Rohde, S. J., em 1968. Vigário paroquial - Pe. Inácio Kraemer, S. J., em 07/1968. Vigário paroquial - Pe. Ervino Schmitt, S. J., em 02/1969. Vigário paroquial - Pe. Aloysio Augusto Ternus, S. J., em 03/04/74 Escolástico - Fr. Sereno Boesing, S. J., em 1977. 8º Pároco - Pe. Vendelino Mueller, S. J., empossado em 26/02/78. 9º Pároco - Pe. Huberto Melz, S. J., empossado em 17/02/80. Vigário paroquial - Pe. Aloysio Augusto Ternus, S. J., retorna em 06/03/80. 10º Pároco - Pe. Arthur Frantz, S. J., empossado em 13/06/92. 11º Pároco - Pe. Leopoldo Benno Petry S. J., empossado em 22/02/98. Vigário paroquial - Pe. Guido José Stahl,

Página

Que a saúde se difunda sobre a terra

Capela construída nos anos 50, no local onde está a atual igreja matriz. A foto foi feita por Lourival Vieira, irmão de Nivaldo Vieira (Vadico). Acervo de Teresinha Santos Vieira

Padroeira: Nossa Senhora Imaculada Conceição

Diocese de Campo Mourão - Paraná Ano 23 - Fevereiro / 2012 / Nº 233

S. J. 12 º Pároco - Pe. Francisco Dantas de Carvalho, empossado em 2004 Vigário paroquial - Pe. Aédio Odilon Pego, chegou em 2004 Vigário paroquial - Pe. João Batista Rodrigues Vigário paroquial - Pe. Luiz da Silva Andrade, deixou a paróquia em 02/2010 Vigário paroquial - Pe. Sidinei Teixeira Gomes Vigário paroquial - Durvalino Rodrigues de Oliveira

(cf.Eclo 38,8)

Dia da padroeira A paróquia Nossa Senhora Imaculada Conceição celebrou a sua padroeira com uma missa, na manhã do dia 8 de dezembro de 2011. Houve Confirmação, investidura de MECEs - Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística e almoço de confraternização. O pároco de Mamborê Pe. Francisco Dantas de Carvalho foi delegado, pelo bispo diocesano dom Francisco Javier, para ministrar o Sacramento da Confirmação e para a investidura de 4 novos MECEs. Um total de 140 pessoas foram confirmadas. No final da missa houve a coroação da imagem da padroeira de Mamborê. No salão paroquial aconteceu o almoço festivo de confraternização. Como de costume, não houve a venda de bebidas alcoólicas.

Capela é elevada a quase-paróquia Página 12 Igreja matriz atual

Dom Virgílio de Pauli e Pe. Huberto Melz S.J., em 1990

Capela, inaugurada em 1944, localizada na atual Praça das Flores

Investidura de novos MECEs

Missa no dia da padroeira: 8 de dezembro de 2011

Confirmação no dia da padroeira

Coroação da imagem da padroeira

Ordenações Presbiteriais

Paróquia do mês: Mamborê

Página 13

Página 16

Jornal Servindo - Fevereiro de 2012  

Jornal Servindo - Fevereiro de 2012 - Diocese de Campo Mourão-Paraná-Brasil