Issuu on Google+

Ficha de Verificação e Compreensão da Leitura Língua Portuguesa – 5º ano Nome _________________________ N.º _____ Turma ____ Data ____/____/______ Avaliação ________________ Enc. Educação ________________ Professora: Dina Gonçalves de Jesus

Pedro Alecrim A- Após uma leitura atenta da obra, responde, de forma clara e correta, às questões que se seguem. 1. Quem escreveu esta obra? Esta obra foi escrita por António Mota. 2. Como se chamam os dois amigos que são as personagens principais? Os dois amigos chamam-se Pedro e Nicolau. 3. A aldeia onde vivem chama-se… a) Pragal b) Bombarral c) Pinhal 4. A acção começa quando num dia em que terminam as aulas e começa a confusão… a) Para saírem das salas. b) Para saírem da escola. c) Para apanharem o autocarro. 5. Um dos colegas de Pedro, o Luís, não corre como os outros. Porquê? O Luís não corre porque sabe que há um grupinho que lhe guardará o lugar nas filas de trás.


Ficha de Verificação e Compreensão da Leitura Língua Portuguesa – 5º ano 6. Em dias de provas, o Luís aparecia na escola todo “encadernado”, ou seja, de gravatinha e cinto largo, camisinha de cerimónia. Qual era a razão de tanta preocupação? Apesar de ele afirmar que tinha muito respeito pelos momentos de avaliação, o seu verdadeiro objectivo era esconder copianços dentro das mangas da camisa. 7. Luís e o narrador da nossa história tiveram problemas mas depois até acabaram por ser amigos. Explica esta afirmação reportando-te ao que sabes da história. Na verdade esta relação começou mal pois Luís insultava Pedro e até lhe deu uns murros quando este tentou fazer-lhe frente. No entanto, um dia Luís andava muito triste e Pedro quis saber a razão dessa tristeza e Luís acabou por fazer dele seu confidente. A partir daí tornaram-se amigos. 8. O narrador desta história é também a personagem principal. Como se designa este tipo de narrador? Trata-se de um narrador participante. 9. Pedro e Nicolau têm de andar um bom bocado até chegarem à sua aldeia. Um dia deparam-se com uma poça de água com uma grande quantidade de cabeçudos. Nicolau inventa uma história que acaba por não se confirmar pois os cabeçudos eram afinal rãs. Este episódio ensina-lhes como lição que…

a)

Não se deve julgar uma situação de forma precipitada.

b)

É muito triste ser analfabeto.

c)

As aparências enganam.

10. Completa o excerto com as palavras que podes encontrar na caixa de texto abaixo. Os meninos desta aldeia têm uma vida que não se limita a andar na escola. Martinho, por exemplo, toma conta do pomar da mãe para que esta possa


Ficha de Verificação e Compreensão da Leitura Língua Portuguesa – 5º ano tratar da lida da casa. A mãe mal sabe ler mas contas é com ela. À noite vigia atentamente o estudo do filho. O próprio Pedro, mal entra em casa, pousa a pasta e corre pois o campo tem várias tarefas à sua espera. Só faz os deveres depois de jantar. Não é um bom aluno, de vez em quando tem negativas, mas lá se vai aguentando. negativas – Martinho – lida – Pedro – deveres – contas - campo

11. Pedro e Nicolau fizeram uma sociedade que durou três meses e que lhes permitiria ficarem milionários. 11.1.

Qual era o plano dos dois amigos? O plano era venderem no pomar da mãe de Martinho molhos de agriões primeiro, depois outros tipos de legumes, para angariarem dinheiro com que mais tarde haveriam de comprar um bilhete de lotaria do Natal.

11.2. Foram bem sucedidos? O que aconteceu? Conseguiram juntar uma bela maquia que esconderam numa lata de leite em pó dentro do tronco de uma árvore, compraram o bilhete de lotaria mas não lhes saiu o prémio. Acabou por ser uma grande desilusão para os dois amigos. 12. Pedro tem dois irmãos mais novos. Como se chamam? a) b) c)

Martinho e Joana Jacinto e Rita Jacinto e Rosália

13. O irmão de Pedro tem duas características especiais: a) É meio gago e muito doente b) É meio gago e muito curioso c) É meio gago e muito medroso


Ficha de Verificação e Compreensão da Leitura Língua Portuguesa – 5º ano

14. Pedro tem muitas dificuldades em adaptar-se à nova escola. Assinala as dificuldades que ele refere ter sentido. a) Entender onde ficam as salas b) Lista interminável de livros e materiais c) Compreender as palavras novas d) Estar atento por causa do barulho e) Comprar a senha para a cantina f) Não ter a noção do tempo g) Não conhecer quase ninguém 15. No seu núcleo familiar também há problemas, principalmente porque um deles começa a revelar problemas de saúde. De quem se trata e o que se passa? Trata-se do pai de Pedro que com cada vez mais frequência vomitava e passava longos períodos de cama, muito debilitado e exigindo cuidados constantes. 16. Que consequência traz esta doença para o dia-a-dia de Pedro? Pedro fica muito preocupado e por vezes tem dificuldade em dormir preocupado com o pai, a mãe e os irmãos. Para além disso, é ele que tem de assumir as tarefas do campo e tratar dos animais. 17. Apesar de tudo, Pedro tem ainda tempo para ouvir as confidências dos amigos. Foi o que aconteceu com Luís. Resume o problema apresentado por Luís e que o trazia muito preocupado. Luís andava muito abatido pois os pais tinham decidido separar-se depois de muitas discussões. O pai entretanto começou um relacionamento com outra mulher, Adelaide, e Luís não queria conhecê-la pois via que a mãe estava a sofrer com a situação. Luís só desejava que tudo voltasse atrás, que os pais estivessem de novo juntos e contentes.


Ficha de Verificação e Compreensão da Leitura Língua Portuguesa – 5º ano 18. Um dia Pedro volta da escola e o pai tinha sido hospitalizado. Quando o vai visitar ao hospital, Pedro faz planos para lhe dizer muitas coisas mas não consegue fazer. Porque achas que isso aconteceu? Pedro tinha a intenção de lhe contar muitas coisas mas, quando chegou ao hospital ficou admirado com tudo o que viu e teve receio de preocupar o pai. Além disso, a hora da visita passou a correr e quando ele se preparava para começar a conversar, tiveram que sair. 19. No entanto, o pai promete-lhe… a) Voltar para casa depressa para o ajudar no trabalho do campo. b) Ensiná-lo a tocar cavaquinho. c) Levá-lo a um baile de Carnaval. 20. Quando chegam as férias, os dois amigos enchem-se de alegria. Pedro e Nicolau passam de ano, Luís reprova bem como muitos outros meninos. Por que razão achas que há tantas reprovações na escola destes meninos? Penso que havia tantas reprovações porque aqueles meninos antes e depois da escola tinham a seu cargo tarefas ligadas ao campo. Ficavam muito cansados e não tinham grande motivação para o estudo. Para além do mais não viam grande relação entre o que aprendiam na escola e o seu dia-a-dia. 21. Entretanto o estado do pai de Pedro agrava-se e ele acaba por morrer. Durante o funeral, entre tanta dor, há um pormenor que ele guardará para sempre na memória: a) O desfile de sons b) O desfile de rostos c) O desfile de mãos d) O desfile de cores 22. Pedro não aguentou e fugiu correndo para onde pudesse ficar só. Porque achas que ele teve esta atitude? Pedro era apenas uma criança que estava a passar por um momento muito doloroso. A dada altura não aguentou mais e procurou refugiar-se num local


Ficha de Verificação e Compreensão da Leitura Língua Portuguesa – 5º ano que lhe permitisse estar só, reflectir e chorar a sua perda sem ninguém a olhar-lhe para as reacções.

23. Entretanto a vida continua… e a história também. Assinala as afirmações seguintes como verdadeiras ou falsas tendo em conta o que leste. Nicolau deixa a escola e vai trabalhar para um café na cidade.

V

O café para onde irá trabalhar fica na cidade do Porto. Foi o pai de Nicolau quem lhe arranjou este emprego. Nicolau escreve a Pedro em guardanapos de papel.

F F

O irmão de Nicolau está desempregado. Isabel, a cunhada, está grávida e trabalha numa fábrica. O barulho foi o aspeto que mais incomodou Nicolau na cidade. A primeira tarefa de Nicolau no café foi lavar pires e chávenas. Com o dinheiro que ganhou, Nicolau comprou uma máquina fotográfica, um rádio pequenino e uma camisa de manga curta.

V F

V V F

V

24. Pedro, ao ser questionado sobre o que irá fazer no futuro, responde que… a)

Talvez continue a estudar para ser professor.

b)

Talvez continue a trabalhar nas terras pois ele é o homem da casa.

c)

Talvez vá para as obras aprender a ser trolha.

25. Pedro recebe também notícias do Luís que lhe escreve um postal numa estranha linguagem. Afinal era uma mensagem em código. Qual fora a técnica usada por Luís? Luís escreveu-lhe num código que consistia em acrescentar no final de cada palavra, alternadamente, as partículas –vef e –vof.

26. Também Pedro resolve responder em código. Que técnica escolhe? Pedro opta por escrever cada palavra ao contrário, só se podia ler da direita para a esquerda.


Ficha de Verificação e Compreensão da Leitura Língua Portuguesa – 5º ano 27. Como as cordas do cavaquinho se partem, Pedro pede ajuda ao tio Trindade que faz com ele um acordo. Que consequências dele resultam para Pedro, em termos de futuro? Este acordo feito entre os dois vai ser decisivo para Pedro pois em casa do tio Trindade ele vai iniciar a aprendizagem da sua profissão. Será aprendiz de ferreiro o que significa que também ele irá abandonar os estudos. 28. Gostaste de ler este livro? Justifica a tua resposta. Resposta livre. 29. Indica três aspectos que te tenham impressionado neste livro e refere os motivos das tuas escolhas. Resposta livre.

Bom trabalho! A professora: Dina Maria Gonçalves de Jesus


Pedro Alecrim