Issuu on Google+

          Enquadramento do BIGPROTO

O mercado mundial tem vindo a crescer no que respeita às baixas séries de produção. O facto do consumidor cada vez mais apostar em produtos originais e únicos, tem levado ao uso de técnicas que rentabilizam estas características. O Nylon RIM é uma técnica adequada para baixas séries de produção, apresentando o material boas propriedades e sendo facilmente polimerizado. O processo utiliza baixas pressões podendo portanto, usar-se moldes “aligeirados” (em materiais alternativos). O processo de RIM de Nylon é inovador, não havendo grande informação relativamente ao modo como se processa o enchimento do molde, como progride a reação química e quais as pressões e temperaturas que se irão gerar durante o processo. Para este processo, também as funções de abertura e fecho do molde têm que ser devidamente pensadas de modo a agilizar tanto quanto possível essas operações garantindo, simultaneamente, que o molde não seja danificado e que as peças não apresentem empenos indesejáveis resultantes de deformações do molde ou marcas resultantes de um incorreto posicionamento das partes móveis O uso de materiais poliméricos para fabrico de moldes de grandes dimensões e/ou pequenas séries é um tema que tem levantado interesse investigacional dentro da comunidade científica e industrial. De facto, a produção de moldes em resinas vazadas apresenta grande potencial, pois permite produzir rapidamente peças moldadas com custos de fabrico razoáveis. A junção das duas tecnologias, a moldação por injeção reativa em moldes de resina vazados, é uma aposta de baixo custo, requisito fundamental para baixas cadências de produção. O projeto BIGPROTO, promovido pela empresa MP TOOL, tem como principal objetivo desenvolver o know-how necessário à injeção a baixa pressão de Nylon (RIM de Nylon), o que possibilita o fabrico de protótipos e pequenas séries de peças de muito grandes dimensões, com um desempenho em serviço melhorado e a mais baixo custo, que se traduzirá numa diferenciação positiva no mercado internacional. Assim, os principais objetivos a atingir prendem-se com o desenvolvimento de materiais, equipamentos e tecnologias que permitam o fabrico de protótipos ou de pequenas séries de peças plásticas de grandes dimensões por Moldação por Injeção Reação de Nylon.

                                                   

 

   1 


No que se refere materiais, as formulações dos novos materiais serão desenvolvidas a partir da caprolactona. A baixa viscosidade dos materiais, quando comparada com a viscosidade de materiais utilizados no RIM convencional de poliuretano, permitirá a utilização de elevadas percentagens de cargas ou de materiais de reforço, com as correspondentes vantagens na vertente de custo ou de resistência, respetivamente. Além disso, o Nylon é um material que pode ser reciclado/reaproveitado com alguma facilidade, o que constitui uma mais-valia adicional para o tipo de produto que se pretende desenvolver. No que se refere a equipamentos e tecnologias para fabrico de protótipos ou pequenas séries de peças plásticas, serão concebidos dois equipamentos protótipo, um à escala laboratorial e outro à escala industrial, para mistura do monómero com os catalizadores, ativadores e demais aditivos e para a injeção das formulações resultantes em moldes protótipo. Serão definidas boas práticas para o projeto de moldes de grandes dimensões para RIM de Nylon e desenvolvidas cadeias diretas e indiretas para fabrico de moldes protótipo em materiais poliméricos, incluindo a maquinação direta de masters e de moldes, e o fabrico indireto de moldes em silicone e em resinas epoxídicas reforçadas. Serão realizados casos de estudo para otimização das diferentes vertentes do desenvolvimento e para demonstração do mérito das soluções.

                                                                                     

 

   2 


1.1. Enquadramento BIGPROTO