Page 1

12 de Junho de 2018 | Número 2248

Destaque do dia

Seções

Pág. - 19 CUT Bahia eletricitários

apoia

greve

dos

Pág. - 20 Eletricitários aderem à greve de 72 horas e param em todo país

Diário Oficial Pág. 3

Clipping Pág.

Artigos/ Notícias Pág.

Agenda Pág.


Sumário SEÇÃO 1 – DOU: MTE/SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO ....................... 3 SEÇÃO 3 – INEDITORIAIS ......................................................................................................4 CLIPPPING .............................................................................................................................. 14 NOTÍCIAS ................................................................................................................................ 19

2|Página


SEÇÃO 1 – DOU: MTE/SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO 12 de Junho de 2018, DOU, SEÇÃO I, Nº 111.

NÃO HOUVE PUBLICAÇÃO NO DOU NO DIA 12 DE JUNHO DE 2018

3|Página


SEÇÃO 3 – INEDITORIAIS 12 de Junho de 2018, DOU, SEÇÃO 3, Nº 111 pág. 164 COMISSÃO PRÓ FUNDAÇÃO DO SINDICATO DOS TRABALHADORES NA AGRICULTURA FAMILIAR DE PEDRA BRANCA/PB EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL O Agricultor e Presidente da Comissão Pró-fundação do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar de Pedra Branca/PB (SINTRAF), o Sr. Janduy Martins, brasileiro, viúvo, agricultor familiar, inscrita no CPF/MF de nº. 183.900.801-68, DAP nº SDW183900801680902170640, residente e domiciliada no Sítio Pitombeira, s/nº, zona rural, Itaporanga/PB, CEP: 58.780-000 no exercício da liberdade assegurada nos Artigos 511 e seguintes CLT, de acordo com a Portaria nº. 326/13 e 671/15 e enunciado 62 do TEM, convoca o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pedra Branca /PB, com sede na Av. Antônio de Sousa Oliveira, s/n, centro Pedra Branca PB, CEP; 58.790-000, inscrito no CNPJ/MF nº 02.747.771/0001, bem como todos os Trabalhadores e as Trabalhadoras na Agriculta Familiar, Proprietários ou não, incluindo os Aposentados Ativos e Inativos, os Assentados, Arrendatários, Cessionários, Comodatários, Extrativistas Artesanais, Meeiros, Parceiros, Possuidores ou Usufrutuários que trabalhem individualmente ou em regime de economia familiar, assim entendido o trabalho dos membros da mesma família, indispensável á própria subsistência e executado em condições de mutua dependência e colaboração, ainda que com a ajuda eventual de terceiros, conforme o Decreto Lei Nº 1.166/71 ate o limite de 2 (dois) módulos rurais do município de Pedra Branca /PB para a Assembleia de Dissociação "categoria" e Fundação do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agriculta Familiar de Pedra Branca /PB ( SINTRAF), a ser realizado no dia 08 de julho as 09h:00 min em primeira convocação e as 09h: 30 a segunda convocação com qualquer numero de participante nas dependências do Clube Municipal, na Rua Presidente João Pessoa, s/nº, Centro, Pedra Branca/PB, CEP: 58.790-000 para trata da seguinte ordem do dia; 1- Dissociação da categoria profissional e especifica dos agricultores familiares do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pedra Branca/PB; 2 - Fundação do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar de Pedra Branca/PB - (SINTRAF); 3 Leitura e Aprovação do seu Estatuto Social; 4 - Eleição, apuração e posse de sua Diretoria e membros do Conselho Fiscal; 5 - Fixação das mensalidades sociais e demais contribuições para o custeio da referida nova entidade; 6 Autorização para a mesma subscrever a fundação ou ratificação da fundação da FETRAF-PB; 7- Filiação a CUT, ACONTRAFE BRASIL E FETRAF-PB; 8Assunto gerais de interesse da categoria. Pedra Branca-PB, 7 de junho de 2018. JANDUY MARTINS 4|Página


COMISSÃO PRÓ-FUNDAÇÃO SINDICATO INTERMUNICIPAIS DOS TRABALHADORES OPERACIONAIS, ADMINISTRATIVOS EM SEGURANÇA, VIGILÂNCIA PATRIMONIAL, VIGILÂNCIA ELETRÔNICA E VIGILÂNCIA ORGÂNICA DE CARUARU E REGIÃO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL O Coordenador da Comissão Pró-Fundação do Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores Vigilantes e demais empregados das empresas de segurança e vigilância, segurança pessoal e patrimonial, empregados em escolas de curso de formação especialização e aperfeiçoamento de vigilantes, empregados das empresas de vigilância orgânicas, empregados em empresas de vigilância eletrônica. Nos municípios de Caruaru, Águas Belas, Agrestina, Alagoinha, Altinho, Amaraji, Angelim, Arcoverde, Barra de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Bonito, Brejão, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Cachoeirinha, Caetés, Calçado, Camocim de São Félix, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Cupira, Custódia, Frei Miguelinho, Garanhuns, Gravatá, Iati, Ibirajuba, Itaíba, Jaqueira, Jataúba, Jucati, Jupi, Jurema, Lajedo, Lagoa dos Gatos, Lagoa do Ouro, Panelas, Palmeirina, Paranatama, Pedra, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Saloá, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Benedito do Sul, São Caetano, São João, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Terezinha, Toritama, Tupanatinga, Vertentes, Venturosa e Vertente do Lério, do Estado de Pernambuco, João Rodrigues Florêncio, CPF 774.882.294-87 e PIS122.96086.72.4, residente à Rua Boaventura, 192, bairro Petrópolis - Caruaru/PE, CEP: 55.210-530, endereço para correspondência. Convoca todos os trabalhadores e profissionais Vigilantes e demais empregados enquadrados nas categorias retro mencionadas, na base territorial dos municípios acima nominados todos no Estado de Pernambuco à participarem da Assembleia Geral de Fundação do Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores Vigilantes e demais empregados das empresas de segurança e vigilância, segurança pessoal e patrimonial, empregados em escolas de curso de formação especialização e aperfeiçoamento de vigilantes, empregados das empresas de vigilância orgânicas, empregados em empresas de vigilância eletrônica., nos municípios de Caruaru, Águas Belas, Agrestina, Alagoinha, Altinho, Amaraji, Angelim, Arcoverde, Barra de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Bonito, Brejão, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Cachoeirinha, Caetés, Calçado, Camocim de São Félix, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Cupira, Custódia, Frei Miguelinho, Garanhuns, Gravatá, Iati, Ibirajuba, Itaíba, Jaqueira, Jataúba, Jucati, Jupi, Jurema, Lajedo, Lagoa dos Gatos, Lagoa do Ouro, Panelas, Palmeirina, Paranatama, Pedra, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Saloá, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Benedito do Sul, São Caetano, São João, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Terezinha, Toritama, Tupanatinga, Vertentes, Venturosa e Vertente do Lério, do Estado de Pernambuco, a ser realizada no dia 13 de julho de dois mil e dezoito na sala de reunião na Rua Azevedo Coutinho, 297 - Petrópolis - Caruaru/PE. CEP: 55.240.530, às dezoito horas e trinta minutos (18h:30min), em primeira convocação com metade mais um dos trabalhadores na base, e as dezenove horas(19h00min), em segunda e última convocação com quaisquer número de trabalhadores da base presentes para apreciar e deliberar sobre os seguintes ordens do dia: a) Aprovação ou não da Fundação do Sindicato Intermunicipal dos Vigilantes dos Municípios acima mencionados; b) – Aprovação do Estatuto; c) - Aprovação do sistema de custeio da entidade; d) - Eleição e Posse da Diretoria. Caruaru-PE, 8 de junho de 2018. JOÃO RODRIGUES FLORÊNCIO Presidente da Comissão Pró fundação CPF 774.882.294-87/PIS: 122.96083.72.4

5|Página


EDITAL DE 8 DE JUNHO DE 2018 CANCELAMENTO DO EDITAL DE 11 DE MAIO DE 2018 O Coordenador da Comissão Pró-Fundação do Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores Vigilantes e demais empregados das empresas de segurança e vigilância, segurança pessoal e patrimonial, empregados em escolas de curso de formação especialização e aperfeiçoamento de vigilantes, empregados das empresas de vigilância orgânicas, empregados em empresas de vigilância eletrônica de Caruaru e Região , João Rodrigues Florêncio, CPF 774.882.294-87, no uso de suas atribuições, torna público para conhecimento dos interessados que decidiu tornar sem efeito a Publicação do edital na data de 11/05/2018 (onze de maio de dois mil e dezoito) no Diário Oficial da União na seção 3, página 163. Motivo: Portaria nº 32, de 30 de maio de 2018, seção 1, página 116 da Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho. JOÃO RODRIGUES FLORÊNCIO Presidente da Comissão 12 de Junho de 2018, DOU, SEÇÃO 3, Nº 111 pág. 169 SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAL DE CAROLINA – MA CNPJ Nº 04.756.657/0001-34 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAL DE CAROLINA - MASISPOMAC, por seu representante Deurivan Gomes da Silva inscrito no CPF nº 25748483300 e no PASEP nº 12273362759-01, residente e domiciliado à Rua Coelho Paredes, 331 - Centro, Carolina/Maranhão, CEP: 65980-000 no uso de suas atribuições legais conforme disposição do Estatuto Social da entidade e nos termos da Portaria nº 326/2013 do MTE convoca todos os membros da categoria dos profissionais da educação e demais integrantes do quadro de servidores da rede pública Municipal e Câmara de Vereadores do Município de Carolina, Estado do Maranhão, para participarem da Assembleia Geral Extraordinária de Ratificação de Fundação da Entidade, a ser realizada no dia 07 de Julho de 2018, na Câmara Municipal de Carolina, localizado à Avenida Elias Barros, 504, Centro, na cidade de Carolina, Estado do Maranhão, às 19h, em primeira convocação e às 19:30h em segunda convocação com qualquer número de participantes para tratarem da seguinte ordem do dia: 1) Ratificação de Fundação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais- SISPOMAC; 2) Leitura e Aprovação do Estatuto Social; 3) Eleição, Apuração dos Votos e Posse da Diretoria, Conselho Fiscal e Suplentes; 4) Discutir e Aprovar Filiação à Federação dos Trabalhadores da Administração e do Serviço Públicos Municipais do Estado do Maranhão - FETRAM/CUT-MA, à Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal - CONFETAM/CUT e a Central Única dos Trabalhadores - CUT; 5) Outros assuntos. Carolina-MA, 8 de junho de 2018. DEURIVAN GOMES DA SILVA Presidente do Sindicato 6|Página


SINDICATO DOS TÉCNICOS E AUXILIARES EM RADIOLOGIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO E REGIÃO – SINTAR EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA O Presidente do Sindicato dos Tecnólogos, Técnicos e Auxiliares em Radiologia de São José do Rio Preto e Região, fazendo uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto Social e por Lei, convoca todos os profissionais integrantes da categoria dos tecnólogos, técnicos e auxiliares em radiologia, associados ou não, empregados das Prefeituras Municipais e suas autarquias, com REGIME CLT, na base territorial deste sindicato, que exerçam funções dessa categoria diferenciada dos tecnólogos, técnicos e auxiliares em radiologia, do Governo do Estado de São Paulo (Fazenda Pública do Estado de São Paulo) e suas autarquias, FUMES - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE MARÍLIA, FAMAR - FUNDAÇÃO DE APOIO À FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA, que exerçam funções dessa categoria diferenciada dos tecnólogos, técnicos e auxiliares em radiologia e também das empresas pertencentes às categorias patronais representadas pelos sindicatos SINDHOSP - Sindicato dos Hospitais, Clinicas, Casas de Saúde, Laboratórios de Pesquisas e Analises Clinicas e demais Estabelecimentos de serviços de saúde do Estado de São Paulo, SINDHORP- Sindicato dos Hospitais Clinicas, Casas de Saúde, Laboratórios de Pesquisas e Analises Clinicas e demais estabelecimentos de serviços de saúde de Ribeirão Preto e Região, SINDHOSFILPPTE - Sindicatos das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Filantrópicos de Presidente Prudente, SINDHOSFIL-RP - Sindicatos das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Filantrópicos de Ribeirão Preto e Região, SINDHOSFIL - Sindicato das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo, SINBFIR - Sindicato das Instituições Beneficentes, Filantrópicas e Religiosas de São José do Rio e Região, SINAMGE - Sindicato Nacional das Empresas de Medicina de Grupo, SINPAVETSindicato Patronal do Médicos Veterinários do Estado de São Paulo, SINOG - Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo, Sindicatos dos Odontologistas da Região de São José do Rio Preto, SINCOOMED - Sindicato Nacional Das Cooperativas De Serviços Médicos, UNIMED DE BEBEDOURO COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO, UNIMED DE LINS COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO, UNIMED DE ARAÇATUBA COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO, UNIMED DE JABOTICABAL COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO, UNIMED DE ARARAQUARA COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO, UNIMED DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO, estabelecidas com suas sedes, filiais ou unidades de prestação de serviços inerentes à radiologia, na base territorial deste sindicato, que compreendem os municípios de Adolfo, Altair, Álvares Florence, Américo de Campos, Andradina, Aparecida D'Oeste, Araçatuba, Araraquara, Ariranha, Assis, Auriflama, Bady Bassitt, Bálsamo, Barretos, Bebedouro, Bilac, Birigui, Borborema, Buritama, Cajobi, Cardoso, Catanduva, Cedral, Catigüá, Cosmorama, Dobrada, Dolcinópolis, Estrela D'Oeste, Fernandópolis, Floreal, General Salgado, 7|Página


Getulina, Guapiaçú, Guaraci, Guarani D'Oeste, Guararapes, Ibirá, Ibitinga, Icem, Ilha Solteira, Indiaporã, Itajobi, Itápolis, Jaboticabal, Jaci, Jales, José Bonifácio, Lavínia, Lins, Macaubal, Macedônia, Magda, Marília, Matão, Meridiano, Mendonça, Mira-Estrela, Mirassolândia, Mirandópolis, Mirassol, Monte Alto, Monte Azul Paulista, Monte Aprazível, Neves Paulista, Nhandeara, Nipoã, Nova Aliança, Nova Granada, Nova Luzitânia, Novo Horizonte, Olímpia, Onda Verde, Ouroeste, Orindiúva, Palestina, Palmares Paulista, Palmeira D'Oeste, Paraíso, Paranapuã, Paulo de Faria, Pedranópolis, Penápolis, Pereira Barreto, Pindorama, Pirangi, Planalto, Pongaí, Populina, Potirendaba, Poloni, Pontes Gestal, Reginópolis, Riolândia, Rubinéia ,Sales, Santa Adélia, Santa Albertina, Santa Fé do Sul, Santa Clara do D´Oeste, Santa Rita D´Oeste, São João das Duas Pontes, São José do Rio Preto, Severinia, Sud Mennucci, Tabapuã, Tanabi, Taquaritinga ,Três Fronteiras, Turmalina, Ubarana, Uchoa, União Paulista, Urânia, Urupês, Valentim Gentil, Valparaíso e Votuporanga, para participarem da Assembleia Geral Ordinária, a ser realizada no dia 29 de junho de 2018, em sua sede, na Rua São João, 2085, na Vila Zilda, na cidade de São José do Rio Preto/SP., às 19h00min em primeira convocação com a presença da maioria absoluta dos integrantes da categoria, ou segunda e ltima convocação, às 20h00min com a presença de 1/3 (um terço) dos associados em condições de votar, com a exigência em ambas convocações para aprovação ou rejeição de votos concordes de 2/3 dos associados presentes, conforme Estatuto Social e na forma do artigo 859 da CLT, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: a) Pauta de Reivindicações de negociação visando o estabelecimento de acordo de Convenção Coletiva de 2018/2020. A presente norma coletiva de trabalho terá vigência de 2 (dois) anos para todas as cláusulas, com início em 1º de dezembro de 2018 e término em 30 de novembro de 2020, exceto para a 1ª cláusula, que terá vigência de 1 (um) ano, com início em 1º de dezembro de 2018 e término em 30 de novembro de 2019. Data base 01 de Dezembro; b) Autorização para ajuizamento do processo de Dissídio Coletivo de natureza econômica, se necessário; c) Fixação de contribuição da organização sindical (assistencial e confederativa) em especial de seu aparelhamento para futuras negociações, fiscalização do cumprimento da norma que forem estabelecidas, representação da categoria, defesa dos interesses coletivos e direitos individuais, conforme deliberação e aprovação determinada pela Assembleia, a ser descontada em folha de pagamento de todos os trabalhadores da categoria, que sejam associados ou não; d) Outros assuntos do interesse da categoria. São José do Rio Preto-SP, 11 de junho de 2018 JOSÉ CARLOS FERRAZ Diretor- Presidente.

8|Página


12 de Junho de 2018, DOU, SEÇÃO 3, Nº 111 pág. 170 SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE CERÂMICA PARA CONSTRUÇÃO NOS ESTADOS DE GOIÁS E TOCANTINS – SINTICER EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Vimos pelo presente edital, convocar os membros da diretoria, conselho fiscal e todos os filiados do Sindicato dos trab. Na ind. de cerâmica p/ const. dos estados de GO/TO CNPJ: 01.230.580/0001-76. Em gozo de seus direitos sindicais, conforme previsão estatutária para assembleia que será realizada na sede do mesmo, a avenida senador José Lourenço dias nº 237- centro Anápolis - Go, no dia 15/06/2018 (sexta feira) às 15:00 horas em 1ª convocação, não havendo quórum, em 2ª convocação, iniciara 30min após, com qualquer número de associados e termino as 17:00 hs. Para deliberarem sobre as seguintes ordens do dia: Discussão e aprovação da prestação de contas do exercício de 2017 e assuntos gerais. Anápolis-Go. 11 de junho de 2018. BENEDITO TEODORO CORRÊA Diretor Presidente. SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS GRÁFICAS, EDITORIAIS, JORNAIS, REVISTAS, ENVELOPES, CARTONAGEM, SERIGRAFIA E FORMULÁRIOS CONTÍNUOS DO ESTADO DE PERNAMBUCO EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA O Presidente do SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS GRÁFICAS, EDITORIAIS, JORNAIS, REVISTAS, ENVELOPES, CARTONAGEM, SERIGRAFIA E FORMULÁRIOS CONTÍNUOS DO ESTADO DE PERNAMBUCO, o Senhor IRAQUITAN JOSÉ DA SILVA, CPF: 275.610.974-68, RG 2.101.316, SSP-PE, com endereço para recebimento de correspondências na Rua do Veiga, 201, Bairro Santo Amaro, CEP 50.040-110, RECIFE/PE, no uso de suas atribuições, CONVOCA os integrantes da Categoria Profissional dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas Editoriais, Jornais, Revistas, Envelopes, Cartonagem, Serigrafia e Formulários Contínuos, da Comunicação Gráfica e dos Serviços Gráficos; nas Indústrias da Gravura, do Acabamento e dos Serviços Gráficos; trabalhadores em indústrias de carimbos e clicherias em geral; trabalhadores em empresas de produtos impressos em serigrafia (silk-screen); trabalhadores em indústrias de formulários contínuos convencionais e eletrônicos e em dados variáveis; trabalhadores em indústrias de produtos gráficos editoriais; trabalhadores em indústrias de produtos gráficos para acondicionamento; embalagens impressas por qualquer processo em geral; trabalhadores em indústrias de etiquetas adesivas impressas por qualquer processo; trabalhadores em reprografia em geral e impressão digital eletrônica (gráficas rápidas (cópias em impressoras tipo xerox) - impressão digital híbrida em dados variáveis, reprografia; trabalhadores em empresas de serviços gráficos em brindes promocionais e dos trabalhadores em empresas de produtos gráficos comerciais e promocionais e impressos para fins publicitários; trabalhadores em empresas de impressos de segurança - reprografia, tendo como definição as etapas das atividades gráficas de préimpressão, impressão e acabamento gráfico, usando os sistemas de impressão que utilizam as tecnologias digital e eletrônica, híbrida e com 9|Página


conteúdo variável, flexoffset, ploter, holografia, talho doce, jato de tinta, relevografia, flexografia, tipografia, letterset, litografia, offset, retogravura, calcografia, tampografia, serigrafia por estênceis (silk-screen) hot-stamping, transfer, alta frequência, aplicação de alto e baixo relevo - compreendendo os produtos resultantes das atividades e dos segmentos gráficos como: livros, revistas, guias, manuais, rótulos convencionais, rótulos com efeitos especiais, etiquetas, etiquetas autoadesivas, decalques; embalagens cartotécnicas semi-rígidas convencionais, cartuchos, embalagens semirígidas convencionais com efeitos especiais; embalagens laminadas em papelão ondulado, embalagens sazonais; embalagens impressas em suportes rígidos não celulósicos; embalagens flexíveis laminadas; embalagens flexíveis impressas, para produtos alimentícios, farmacêuticos, vestuário, embalagens flexíveis em laminados plásticos impressos por qualquer processo, polímeros, rótulos plásticos encolhíveis, laminados sacos e sacolas; embalagens flexíveis impressas em geral; embalagens impressas metálicas em processo litográfico, metalgráfica, (folhas de flan, etiquetas metálicas em pano, alumínio, couro, plástico, pvc); sacolas, pôsteres e cartazes, catálogos promocionais, relatórios de empresas, tablóides e folhetos publicitários, malas diretas, folhetos, folders, banners, kits promocionais, displays, móbiles e materiais de ponto de venda e de mesa, displays e materiais de ponto de venda de chão, calendário de mesa, calendário de parede, cartão de mensagem, convites, diplomas, cartões de visita, materiais de papelaria, envelopes, formulários contínuos, plano, jato, contínuo e mailer, impressos de segurança, cheques, boletos de cobrança, carnês de cobrança, cartões magnéticos, vale (ticket), refeição, vale-transporte, alimentação, pedágio, transportes (metrô-ônibus-trem), identificação, cartão de crédito, telefônico e impressão eletrônica em geral; cadernos, agendas, jogos (baralhos, quebra-cabeças); cardápios, produtos para festa, papel de parede; sinalização; loterias; jogos promocionais; cheques; boletos de cobrança; carnês de cobrança; booklet; faturas telefônicas; extratos e faturas de cartões; cartões magnéticos e eletrônicos; cartas de cobrança; holerites; extratos de contas e outros, confeccionados conforme os sistemas de impressão acima citados, entre outros produtos gráficos existentes; e dos exercentes de todas as atividades descritas da C.B.O. - Classificação Brasileira de Ocupações do MTE, no Grupo 9.2 e do Grande Grupo 7, nos Códigos 7661 - Pré- Impressão, 7662- Impressão, 7663 - Acabamento Gráfico, Cartográfico, Flexográfico, Acabamento Digital Gráfico, 2149-30 - Tecnólogo em produção gráfica, Tecnólogo gráfico, e 2624-10 - Desenhista industrial gráfico (designer gráfico) Tecnólogo em design gráfico, e todas as atividades e produtos dos segmentos gráficos impressos mencionados - CNAE - Indústria da Transformação, CONCLA, (Grupos 17.3, 17.4, 18.1 e 18.2 e como informação e comunicação Grupo 58.2 do PRODLIST) - Impressão e Reprodução de Gravações, Atividades de Impressão, das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas classificadas no 3º grupo do plano da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Comunicação e Publicidade, acabamento, expedição, remessa, entregadores, encartes manual e automáticos e os trabalhadores que desenvolvem atividades gráficas nas oficinas e dos departamentos gráficos das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas, e como Categoria Profissional Gráfica Diferenciada nos termos do Artigo 511 da CLT, Processo MTPS 319819/73, DOU de 03/10/1974, página 11.231, independentemente da atividade principal da empresa, situadas na Base Territorial de todo Estado de Pernambuco. A comparecerem na Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada às 10:00 horas do dia 14 de Julho de 2018, na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas, Editoriais, Jornais, Revistas, Envelopes, Cartonagem, Serigrafia e Formulários Contínuos do Estado de Pernambuco, CNPJ 09.769.258/0001-21, na Rua do Veiga, 201, Bairro Santo Amaro, CEP 50.040-110, RECIFE/PE, em 1ª convocação e em 2ª convocação, observando o quórum para deliberação determinado pelo artigo 13, § 1º de seu Estatuto Social a fim de adequação à Portaria MTE nº 10 | P á g i n a


326/2013, com a finalidade de deliberar sobre a seguinte Ordem do Dia: I) Alteração do Estatuto Social da entidade no que tange à descrição da categoria representada; II) Alteração Estatutária no que tange à Base Territorial do Estado de Pernambuco; III) Alteração da denominação do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas, Editoriais, Jornais, Revistas, Envelopes, Cartonagem, Serigrafia e Formulários Contínuos do Estado de Pernambuco, para Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Gráfica, da Comunicação Gráfica e dos Serviços Gráficos do Estado de Pernambuco; IV) Aprovação e Consolidação do novo Estatuto Social; e V) Outros assuntos gerais de interesse da categoria. Recife-PE, 11 de Junho de 2018 IRAQUITAN JOSÉ DA SILVA CPF nº 275.610.974-68 Presidente do Sindicato SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS AGRICULTORAS FAMILIARES DE PENAFORTE

AGRICULTORES

E

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Penaforte /CE, inscrito no CNPJ sob o nº 07.414.881/0001-36, com sede à Rua Vitória Novais, Nº 419, CEP: 63280000, Penaforte /CE, convoca pelo presente Edital todos os membros da categoria profissional dos trabalhadores rurais agricultores e agricultoras familiares aqueles que, ativos ou aposentados, proprietários ou não, exerçam suas atividades no meio rural individualmente ou em regime de economia familiar, nos termos do Decreto Lei 1166/1971, no Município de Penaforte - CE, a participarem da Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se em primeira convocação no dia 10 de Julho de 2018, na sede da entidade supra citada, às 08:00 (oito) horas, em primeira convocação, ou em segunda convocação às 09:00 (nove) horas, observando o quórum estatutário, com a finalidade de tomarem parte, discutirem a ao final deliberarem a respeito da seguinte Ordem do Dia: 1) Alteração estatutária, para alterar a redação no Parágrafo Primeiro, do Artigo 1° (primeiro), que define a categoria profissional representada para acrescentar a expressão "nos termos do Decreto Lei 1.166/1971, em área igual ou inferior a 02 (dois) módulos rurais, no Município de Penaforte - Ceará"; 2) Outros assuntos relacionados ao item anterior. MANOEL BEZERRA VITAL, Presidente do Sindicato, CPF: 779.841.103,-87, NIT: 1.1996019656, Endereço: Sitio Retiro, CEP: 63280000 Penaforte - CE, 8 de Junho de 2018. MANOEL BEZERRA VITAL Presidente do Sindicato

11 | P á g i n a


SINDICATO DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS RURAIS DE SENADOR POMPEU EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Senador Pompeu/CE, inscrito no CNPJ sob o nº 05.674.213/0001-12, com sede à Rua Antônio Soares, 179 - Caracará, CEP: 63.600-000 - Senador Pompeu/CE, convoca pelo presente Edital todos os membros da categoria profissional dos trabalhadores rurais agricultores familiares: aqueles que, ativos ou aposentados, proprietários ou não, exerçam suas atividades no meio rural individualmente ou em regime de economia familiar, nos termos do Decreto Lei 1166/1971, no Município de Senador Pompeu - CE, a participarem da Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se em primeira convocação no dia 07 de Julho de 2018, na sede da entidade supra citada, às 07:30 (sete horas e trinta), em primeira convocação, ou em segunda convocação às 08:00 (oito) horas, observando o quórum estatutário, com a finalidade de tomarem parte, discutirem a ao final deliberarem a respeito da seguinte Ordem do Dia: 1) Alteração estatutária, para alterar a redação no Parágrafo Primeiro, do Artigo 1° (primeiro), que define a categoria profissional representada para acrescentar a expressão "nos termos do Decreto Lei 1.166/1971, em área igual ou inferior a 02 (dois) módulos rurais, no Município de Senador Pompeu - Ceará"; 2) Outros assuntos relacionados ao item anterior. IVANCELIO MOREIRA CANUTO, Presidente do Sindicato, CPF: 009.971.203-20, NIT: 168.75830.17-6, Endereço: Rua Antonio Soares, 223 - Caracará -, CEP: 63.600-000. Senador Pompeu-CE, 8 de junho de 2018. IVANCELIO MOREIRA CANUTO Presidente do Sindicato

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS AGRICULTORES E AGRICULTORAS FAMILIARES DE SAO LUIS DE MONTES BELOS E AURILANDIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de São Luis de Montes Belos e Aurilândia-Go, inscrito no CNPJ sob o nº 02.321.586/0001-11 com endereço Rua R-3, n°465, St. Popular, CONVOCA pelo presente EDITAL toda a categoria dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Ativos, Inativos e Aposentados Rurais: Agricultores e Agricultoras Familiares dos Municípios de São Luis de Montes Belos e Aurilândia-Go, para participarem da Assembléia Geral Extraordinária do SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS AGRICULTORES E AGRICULTORAS FAMILIARES DE SÃO LUIS DEMONTES BELOS E AURILANDIA-GO a ser 12 | P á g i n a


realizada no dia 06 de Julho de 2018, na (sede do sindicato Rua R-3, n°465, St. Popular), às 13h00min horas, em primeira convocação e em segunda e ultima convocação às 13h30min horas, observando o quórum Estatutário para tratar da seguinte ordem do dia: 1) Alteração Estatutária para: a) alterar a sua representação sindical profissional, para a categoria dos trabalhadores rurais agricultores e agricultoras familiares proprietários ou não, que exerçam suas atividades no meio rural, individualmente ou em regime de economia familiar, nos termos do Decreto Lei 1.166/1971,em área igual ou inferior a 02 módulos rurais, ativos e aposentados, nos Municípios de São Luis de Montes belos e Aurilândia b) Outros assuntos pertinentes a mudança estatutária. São Luis de Montes Belos-GO, 7 de junho de 2018. ELIAMAR RODRIGUES DOS SANTOS Presidente

13 | P á g i n a


CLIPPPING Edital de resultado de eleição ...  Veículo: Agora São Paulo  Seção: Mundo Canal: - CUT Pág: A13 Tipo: Impresso

Sindicato dos farmacêuticos do estado do Rio de Janeiro  Veículo: Expresso da Informação - RJ  Seção: Economia Canal: - CUT Pág: 6 Tipo: Impresso

14 | P á g i n a


Sindicato Metabase de Itabira e Região  Veículo: Hoje em Dia - BH  Seção: Primeiro Plano Canal: - CUT Pág: 9 Tipo: Impresso

15 | P á g i n a


Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Itumbiara - Goiás  Veículo: O Popular - Goiânia  Seção: Classificados Canal: - CUT Pág: 17 Tipo: Impresso

16 | P á g i n a


EDITAL DE COMUNICAÇÃO DE PRORROGAÇÃO E REABERTURA DE PROCESSO ELEITORAL  Veículo: A Tarde - BA  Seção: Brasil Canal: - CUT Pág: B5 Tipo: Impresso

Eleição Sindical  Veículo: Correio - Salvador  Seção: Economia Canal: - CUT Pág: 11 Tipo: Impresso

17 | P á g i n a


Sindicato dos Servidores...  Veículo: Correio - Salvador  Seção: Esporte Canal: - CUT Pág: 11 Tipo: Impresso

18 | P á g i n a


NOTÍCIAS

CUT Bahia apoia greve dos eletricitários 10/06/2018

A mobilização é nacional Escrito por: CUT Bahia com informações da Ascom Sinergia A Central Única dos Trabalhadores da Bahia convoca, em caráter de urgência, as entidades filiadas para comparecerem a CHESF, na Avenida Paralela, nos dias 11, 12 e 13 de junho, a partir das 7 horas para fundamental apoio a GREVE DOS ELETRICITÁRIOS BRASILEIROS. A paralisação de 72 horas é uma reação de enfrentamento da categoria a proposta apresentada pelos representantes da Eletrobras nesta quinta-feira (7), na 5ª rodada de negociação que não garante as clausulas essenciais contra o processo de privatização da Eletrobras que está em curso. Houveram avanço no retorno das clausulas 6ª e 7ª que garantem o emprego e a não demissão em massa. No entanto, ainda não contempla a cláusula 8º, que trata da discussão prévia com os sindicatos da alteração das IN’s vigentes e a cláusula 18º, política de transferência.

DIGA NÃO A PRIVATIZAÇÃO DA CHESF, DA ELETROBRAS E DO RIO SÃO FRANCISCO. PARTICIPEM! AGENDA DE MOBILIZAÇÃO 11, 12 e 13.06 – Greve de 72h 11.06 – Aniversário da Eletrobras 11.06 – Audiência Pública na Comissão do PL 1917/15, às 15h. Câmara dos Deputados. 11.06 – Audiência Pública na Comissão de Fiscalização e Controle, às 11h, Plenário 9 da Câmara dos Deputados, sobre os impactos da privatização da Eletrobras e das empresas distribuidoras.

19 | P á g i n a


Eletricitários aderem à greve de 72 horas e param em todo país 11/06/2018

Decisão do TST de obrigar o comparecimento de 75% dos funcionários nas unidades não impediu que greve atingisse seu objetivo: a luta contra a privatização da Eletrobras Escrito por: Rosely Rocha, especial para Portal CUT

Os trabalhadores e trabalhadoras do sistema Eletrobras aderiram à paralisação das atividades em defesa da empresa e contra o processo de privatização comandado pelo golpista e ilegítimo de Michel Temer (MDB-SP). A greve de 72 horas teve início a zero hora dessa segunda-feira (11). “A paralisação é um sucesso”, diz o diretor jurídico do Sindicato dos Urbanitários do Maranhão (STIU-MA) e coordenador do Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE), Wellington Araújo Diniz. Segundo ele, “há um total envolvimento dos trabalhadores que querem defender a Eletrobras”. A luta da categoria, explica o dirigente, não é apenas em relação ao trabalho, é pelo planejamento energético estratégico do país, por um preço justo cobrado do consumidor, pelo manejo da água, pela segurança de nossas fronteiras com a presença do estado brasileiro nesses locais. Mesmo com a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) em obrigar o comparecimento de 75% dos funcionários do setor para que os serviços essenciais sejam mantidos, o CNE viu com “bons olhos”, a maneira como a paralisação foi tratada pelo juiz do TST, Maurício Godinho Delgado.

20 | P á g i n a


“O juiz considerou ‘nobre’ o objetivo dos trabalhadores e entendeu a importância da Eletrobras para toda a população. Por isso, não considerou a greve abusiva – ao contrário do governo golpista que queria declarar não somente esta greve ilegal, como as futuras greves contra a privatização da Eletrobras”, analisa Wellington Diniz. Para ele, o juiz pediu o comparecimento de 75% dos trabalhadores porque a própria categoria afirmou que não prejudicaria os serviços essenciais, mas não informou qual o percentual de funcionários necessários ao funcionamento da empresa. “Entramos agora com um embargo de declaração para saber do juiz do TST, se esses 75% se referem ao total de funcionários do sistema ou só da manutenção e, assim “liberar” o setor administrativo para que a adesão ao movimento seja maior”, diz o dirigente do CNE.

Balanço da Eletrobras contradiz direção da empresa

O último balanço da Eletrobras expôs a contradição entre o que fala a direção e os resultados econômicos positivos da empresa. Segundo publicação no próprio Twitter da Eletrobras, o sistema de geração elétrica cresceu 7% e as receitas de geração aumentaram em 13,4%. A empresa também comemorou a conclusão com dois meses de antecedência da maior linha de transmissão da América Latina com 2092 km de extensão, além do alcance de 95% da capacidade instalada de energia limpa. “A Eletrobras está voltando a valorizar a própria empresa. Há algum tempo vinha divulgando que estava quebrada. Os próprios dados demonstram que somos a maior e melhor empresa de energia elétrica do país e sua privatização é um erro porque ela é lucrativa”, afirma Wellington Diniz.

Categoria se reúne com o presidente da Câmara amanhã (12) Está marcado para essa terça-feira (12), às 11 horas, em Brasília, um encontro dos eletricitários com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na pauta, a discussão sobre o processo de privatização da Eletrobras. “Tivemos avanços importantes para paralisar a venda da estatal, mas como Maia é quem decide a pauta da Câmara Federal, queremos demonstrar os equívocos na proposta do governo. Queremos construir uma proposta de não privatização. Sabemos que a concorrência é desleal e, por isso, o papel da Eletrobras perante a sociedade deve ser outro, não visando apenas o lucro exorbitante”, alerta o dirigente.

O sistema Eletrobras As usinas da Eletrobras vendem a energia elétrica mais barata do Brasil, porque conseguem produzir eletricidade de forma eficiente com custos baixíssimos e 87% de sua produção é à base de água. Enquanto a população paga em média R$0,68 por KWh, as grandes empresas pagam R$ 0,07 por KWh. Com a privatização, a ANEEL já reconheceu

21 | P á g i n a


que estes preços serão revisados e aumentados pelo menos 30% em contratos que tendem a 30 anos de duração.

Greve dos eletricitários ganha apoios O Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas divulgou nesta segunda-feira (11), uma nota em defesa da greve na Eletrobras. “Assim como vem ocorrendo em empresas públicas de diversos segmentos, há um evidente interesse do governo golpista de Michel Temer em desmontar, precarizar e privatizar o patrimônio público brasileiro, envolvendo nesse processo empresas, bens e serviços. A energia elétrica, assim como o petróleo, é estratégica para a soberania e desenvolvimento do País, e a venda dessas empresas deixa os brasileiros mais pobres e à mercê de interesses internacionais”, diz trecho da nota. O Frente Brasil Popular também divulgou nota em apoio à luta dos eletricitários. Segundo a entidade, desde a chegada do atual presidente Wilson Pinto, a Eletrobras sofre ataques diários com tentativas de privatização. “O povo brasileiro não pode pagar mais essa conta. O governo de Michel Temer e sua base querem que o país volte ao tempo dos “apagões” da gestão do tucano Fernando Henrique Cardoso. Se a Eletrobras for vendida, os interesses que estarão à frente da política de preço será o do lucro. Como ficarão programas sociais como o Luz para Todos, a energia elétrica para os hospitais, escolas, universidades, nas empresas? Se tiver que pagar mais na conta de luz, serão os empregos que serão novamente atacados”, diz a Frente Brasil Popular. (*) Matéria publicada originalmente no portal da CUT Brasil

22 | P á g i n a


CUT - CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES Secretaria de Organização e Política Sindical Ari Aloraldo do Nascimento Secretário Nacional Eduardo Lirio Guterra Secretário de Organização Adjunto Claudio de Oliveira Peronico Assessor João Bravin Assessor Amélia Maria Motta da Hora Assistente

Contato periscopio@cut.org.br (61) 3251-9380 – CLAUDIO (61) 3251-9364 – AMÉLIA (11) 2108-9119 - BRAVIN

23 | P á g i n a

Periscópio Sindical nº 2248 de 12 de Junho de 2018  
Periscópio Sindical nº 2248 de 12 de Junho de 2018  
Advertisement