Issuu on Google+

REVISTA DA COMUNIDADE

1


EDITORIAL Você pode transformar a vida de alguém!

ÍNDICE

04

Visão

06

Liderança

Amor por aqueles que ainda vivem sem conhecer a Deus. Esperança de que todos nós possamos nos unir no projeto de aquisição e expansão do Vale da Graça Hotel Fazenda - Um espaço para transformação de vidas.

08

Deus Agindo

A Comunidade da Graça Sede deu um passo de fé, amor e esperança. Fé no que Deus pode fazer na vida das pessoas.

Nesta edição você vai conhecer um pouco do Vale da Graça. O projeto é grande e de impacto na vida das pessoas. Por isso contamos com sua participação e investimento. Você pode transformar a vida de alguém. Wagner Fernandes, pr.

Uma igreja família, vivendo o amor de Cristo, alcançando o próximo e formando discípulos Comunidade da Graça Sede Rua Eponina, 390 - V. Carrão - (11) 2090-1800 Para saber o endereço de outras igrejas acesse: www.comuna.com.br/endereco-das-igrejas

EXPEDIENTE Produção: Comunidade da Graça Sede Pastor Presidente: Carlos Alberto de Quadros Bezerra Pastor Responsável: Wagner Fernandes Jornalista Responsável: Fabiana Lima - MTB 58739 Coordenação e Revisão: Paulo Alexandre Sartori Redação: Elisabete Mazi Projeto Gráfico e Editoração: André Rinaldi Assistente de Criação: Gustavo Jitsuchaku Contato Publicitário: Gabriela Rosaneli Tiragem: 10.000 exemplares Foto Capa: Alexandre Shus Os anúncios contidos nessa edição são de única e exclusiva responsabilidade dos anunciantes, não tendo a Igreja Comunidade da Graça nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo e veracidade dos mesmos. Interessados em anúnciar na próxima edição,

midia@comuna.com.br | 11 3588 0575

10

Eles Andaram com Jesus

11

Fundação CG

12

Ponto de Vista

14

Igreja Família

18

Capa

22

Arte e Cultura

24

Saúde

26

Reflexão


VISÃO

Comunhão: um estilo de vida por Carlos Alberto Bezerra, pr.

“Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só”

A

Bíblia sinaliza que o fim dos tempos será marcado notadamente por um esfriamento do amor e um aumento da iniqüidade – do pecado. Os sinais já são evidentes nos nossos dias. Ninguém duvida mais que os seres humanos estão mais frios, insensíveis e isolados. A luta pela sobrevivência e a expectativa que o mundo globalizado despertou nas pessoas reforçou o interesse materialista dos homens. Em Gênesis 1.31 lemos: “Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom. Houve tarde e manhã, o sexto dia”. No início era tudo muito bom. Mas em Gênesis 2.18 encontramos pela primeira vez na Bíblia a expressão não é bom. Mas, o que não era bom num cenário perfeito como aquele? Observe o texto: “Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só”. Ninguém melhor do que o Criador para saber que o homem não é um ser independente e isolado. Na essência do homem, e isso foi plano intencional de Deus, há um clamor interno por comunhão; uma necessidade real de comungar os mesmos ideais, crenças ou opiniões com outras pessoas. Em síntese, o homem carece de uma vida em comunidade. 4

REVISTA DA COMUNIDADE

A comunhão é uma das bases da Igreja. E foi assim desde o início. A Bíblia revela a comunhão como um dos quatro pilares da igreja primitiva. “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.” Atos 2.42 Quem pensa que o ser humano tem um desejo natural por comunhão está totalmente equivocado. O pecado original de Adão e Eva trouxe conseqüências terríveis para a humanidade. A comunhão entre o Criador e o ser criado foi drasticamente modificada. Gênesis 3.10 mostra o primeiro casal com medo e escondido de Deus. A desobediência produziu uma consciência perturbada e uma dificuldade de relacionar-se livremente com o Deus Santo. A única possibilidade de volta ao estilo natural de comunhão com Deus e com o próximo está na pessoa do Senhor Jesus Cristo. Não pode haver comunhão sem que o homem creia e aceite sua morte e ressurreição juntamente com Cristo: a morte para a vida egoísta e a ressurreição para uma vida em comunidade. O texto de 2 Coríntios 5.14 a 18 é objetivo neste sentido: “Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para


que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo. E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação.” No estado original de pecado, sem uma experiência de vida em Cristo, nossa tendência é de continuar escondidos; nas trevas. O apóstolo João afirma que Deus é luz (1 João 1.5); e que se dissermos que temos comunhão com Deus, mas andamos nas trevas, somos mentirosos (1 João 1.6). Andar nas trevas é andar na prática do pecado, escondendo-nos de Deus e das pessoas, mantendo coisas escondidas na nossa vida. A pessoa em pecado não consegue afirmar: “minha vida é um livro aberto”. Jamais! O verso 7 de 1 João é libertador; ele trás o segredo para uma vida purificada. O primeiro passo é andar na luz; ou seja, não permitir que pecados ocultos, que coisas escondidas nos impeçam de viver para Deus e para as pessoas. A dignidade de uma vida com propósito está no fato de jogarmos fora todo o lixo de pecados que fomos admitindo na nossa vida; coisas terríveis que fomos jogando para baixo do tapete da nossa existência. O segundo passo, conseqüência do andar na luz, é manter comunhão com os irmãos. O resultado maravilhoso deste processo espiritual é a purificação dos nossos pecados através do sangue de Jesus. Que obra gloriosa de Deus em nós! Como é triste ver o homem criado à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1.26) desconhecendo o poder transformador da comunhão. A equação é simples: uma vida de trevas e de compromisso com o pecado, com coisas escondidas, impede a comunhão e a purificação que só Jesus faz. Mas há uma saída e uma esperança. “Deus faz que o solitário more em família; tira os cativos para a prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril.” Salmo 68.6 Abra o seu coração para o Evangelho; ele é o poder de Deus para uma vida nova e em comunhão com o Pai Celestial, seus familiares e amigos REVISTA DA COMUNIDADE

5


LIDERANÇA

Paixão

A décima segunda qualidade de um líder por John C. Maxwell

“Quando um líder age com paixão, geralmente recebe paixão como resposta.” John C. Maxwell

N

Nosso assunto hoje é John Schnatter da Papa John’s Pizza. A chave de seu sucesso? Paixão. Pizza é a vida de Schnatter, e ele leva isso muito a sério. Sua filosofia é: “Concentre-se naquilo que você faz bem; e faça melhor do que qualquer outra pessoa”. O que ele faz bem é liderar a empresa que mais cresce no mundo nesse ramo de negócio. Está sempre envolvido nas atividades. Ele visita lojas diariamente, trabalha numa cozinha fazendo pizza quando necessário. “Quando tinha 22 anos e falava do meu sonho de abrir um negócio de pizza, as pessoas achavam que eu estava louco”. Em sete anos esse homem cheio de paixão abriu l.600 casas. Atualmente, ele inaugura 30 lojas por mês. Uma franquia foi aberta no México, e ele tem planos de expandir para a Venezuela, Porto Rico e outros mercados fora dos Estados Unidos. Ele explica seu crescimento explosivo: “Para somar, lidere seguidores – para multiplicar, lidere líderes”. John Schnatter não pretende parar até que lidere a maior rede de venda de pizzas do mundo. É bem provável que consiga, porque ele ama e se dedica ao que 6

REVISTA DA COMUNIDADE

Texto extraído do livro As 21 indispensáveis qualidades de um líder, de John Maxwell - Adaptado por Wagner Fernandes À venda na livraria da Comunidade Sede - (11) 2090.1814

faz. Ninguém pode ser bem sucedido a menos que ame o que faça. Mais da metade de todos os grandes executivos das empresas listadas na revista Fortune tiveram média C na universidade. Quase 75% de todos os presidentes americanos estavam entre os piores alunos de classe. Mais de 50% de todos os empresários milionários nunca concluíram o curso superior. O que permite a pessoas aparentemente comuns alcançarem grandes coisas? A resposta é paixão. Nada pode substituir a paixão na vida de um líder.


1

2

3 4

A paixão é o primeiro passo para a realização. Seu desejo determina seu destino. Pense em grandes líderes e ficará impressionado pela paixão deles: Gandhi pelos direitos humanos, Churchill pela liberdade, Martin Luther King Jr pela igualdade e Bill Gates pela tecnologia. Qualquer um que tenha uma vida além da comum possui um grande desejo. Desejo fraco traz resultados fracos, assim como uma fogueira pequena gera pouco calor. A paixão aumenta a sua força de vontade. Conta-se que um jovem desapaixonado aproximou-se do filósofo grego Sócrates e disse despreocupadamente: ‘- Ó grande Sócrates, venho a ti para obter conhecimento’. O filósofo levou o jovem até a praia, entrou com ele no mar e o afundou algumas vezes perguntando o que ele queria e a resposta sempre era conhecimento. Da última vez que o mergulhou, o jovem finalmente respondeu ofegante: ‘- Ar! Quero ar!’ O filósofo respondeu: ‘- Quando você desejar o conhecimento tanto quando deseja o ar, você o terá.’ Não existe substituto para a paixão. Ela é o combustível da vontade. A paixão transforma você. Se você seguir sua paixão, sem dúvida se tornará uma pessoa mais dedicada e produtiva. Isso aumenta sua capacidade de causar impacto nos outros. Sua paixão terá mais influência que sua personalidade. A paixão torna o impossível possível. Um fogo no coração eleva tudo na vida. Um líder com grande paixão e poucas habilidades sempre supera um líder com muitas habilidades e desapaixonado. Você não poderá iniciar um incêndio em sua casa, igreja, trabalho, a menos que o fogo esteja queimando primeiro em você.

Para aumentar a paixão: Examine sua temperatura. Quanto de paixão você tem pela vida e trabalho? Pergunto a vários colegas e cônjuge como eles avaliam seu nível de entusiasmo. A paixão é o diferencial em sua vida. Acredite nisso! Volte a seu primeiro amor. Lembre-se da época em que estava iniciando a carreira ou quando era criança. O que te estimulava? Avalie sua vida e carreira à luz desses amores antigos. Associe-se a pessoas com paixão. Se você perdeu a chama, aproximese de alguns incendiários. A paixão é contagiosa. Mantenha um contato regular com pessoas que possam contagiá-lo.

Ação diária O general Billy Mitchell, oficial de carreira do exército norte-americano, foi destacado para um campo de aviação em l9l6. Foi ali que aprendeu a pilotar aviões, o que se tornou a paixão de sua vida. Embora os aviões tivessem desempenhado um papel pouco importante na Primeira Guerra Mundial, ele pôde perceber o potencial do poderio aéreo. Depois da guerra, iniciou uma campanha para convencer os militares a criar uma força aérea. Apresentou várias demonstrações do que os aviões podiam fazer, mas encontrou forte resistência. Frustrado, em l925, forçou o exército a levá-lo à corte marcial. Um ano depois, deixou a corporação. Somente depois da Segunda Guerra Mundial, Mitchell foi perdoado e condecorado postumamente com a Medalha de Honra. Ele estava disposto a pagar qualquer preço para fazer o que sabia estar certo. E você? REVISTA DA COMUNIDADE

7


DEUS AGINDO

8 de Março Dia Internacional da Mulher por Suely Bezerra, pra.

A arte de ser mulher

E

ntre os temas de maior controvérsia nas últimas décadas do século XX, a emancipação, os direitos e o papel da mulher certamente foi um dos assuntos mais discutidos. Palavras como feminismo, machismo e liberação feminina, até então desconhecidas, passaram a fazer parte do cotidiano das pessoas e da mídia em geral. Não só surgiram palavras novas sobre a mulher como se forjou uma identidade completamente nova. Hoje, no Brasil e no mundo, podemos observar um contraste: a mulher conquistando posições cada vez mais importantes nas empresas e na política; mas, por outro lado, contemplamos lares completamente destruídos. Há mulheres influentes em todas as profissões. Atualmente é comum encontrarmos juízas, delegadas, empresárias, médicas etc. Mas temos visto também o aumento do número de mulheres agredidas física e emocionalmente por seus maridos e patrões. 8

REVISTA DA COMUNIDADE

A crueldade cresce a cada dia contra a mulher. Umas são abandonadas pelos seus maridos com filhos pequenos, doentes e fragilizadas. Outras são abusadas sexualmente desde a sua tenra idade. O resultado não poderia ser diferente: a mulher moderna tem sofrido com depressão, estresse e doenças psicoemocionais.

O que diz a Bíblia acerca da mulher? Tenho observado que as mulheres que aparecem nas Escrituras eram completamente seguras e capacitadas, tinham responsabilidades, e se tornaram parte importante na construção e desenvolvimento da história de muitas pessoas. As mulheres ocuparam lugares estratégicos e importantes. Deus não quer que a mulher se sinta inferior ou debaixo de um domínio injusto. Porém, olhando para a Bíblia, vemos que a esposa se encaixa perfeitamente nos planos do marido (1 Pedro 3.1) e deixa para ele o lugar de autoridade no lar (Efésios 5.22).


De nenhuma forma Deus nos vê como uma pessoa sem valor. Porém, temos que ter equilíbrio em todas as coisas. A arte de ser mulher é reconhecermos o nosso lugar e florescermos onde Deus nos colocou como ajudadora idônea.

Algumas Mulheres da Bíblia: •

Débora e Jael: Heroínas e militares

Ester: Rainha

Febe: Diaconisa e ajudadora

Abigail: Intercessora

Priscila: Mestre na Palavra

Evódia e Sindique: Dirigentes espirituais na igreja de Filipos

Mulheres na ressurreição de Jesus: Lucas 23.55

O que siguinifica ser mulher? Mãe Seu desejo é produzir, conservar e nutrir a vida. Amante O amor é a existência da mulher. Para ela, amar e ser amada é viver. O lar É uma extensão dela, onde pode usar de toda sua criatividade. Subjetiva Os sentimentos vêm primeiro. Pessoal Dá mais importância a pessoas do que a coisas. Romântica Seu estado de ânimo e o ambiente têm muito a ver com sua resposta ao desejo sexual. Amorosa Dependente, sensível, tem necessidade de comunicação. Detalhista Impressiona-se com as coisas pequenas. Intuitiva Sabe das coisas sem ser informada, tem um instinto natural, vê os perigos antes. Variável Seu estado emocional muda com mais freqüência e rapidez.

Seguidora Sente-se segura quando pode depender de um homem responsável. Ela quer o amor de seu esposo, tempo de qualidade e carinho. A mulher sempre foi e cada vez mais é o elemento estabilizador em uma família. Por isso a Bíblia diz que a mulher sábia edifica a sua casa e a tola com as próprias mãos a destrói. Provérbios 14-1 Deus sabe e capacitou a mulher para isso. Por isso, neste 8 de março, parabenizamos todas as mulheres pelo seu Dia Internacional!

+

História

No dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos em Nova Iorque fizeram uma greve para reivindicar melhores condições de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas e a fábrica foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas. Em 1910, na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem a estas mulheres. REVISTA DA COMUNIDADE

9


ELES ANDARAM COM JESUS

Fanny Crosby por Paulo Alexandre Sartori

Cega desde criança, ela tornou-se a maior autora de hinos sacros da História.

A

vida de Frances Jane Crosby (18201915), ou simplesmente Fanny, é tão impressionante quanto a qualidade e quantidade de seus hinos e poemas. Ao todo são quase nove mil composições que incentivam a mudança de vida de pecadores, encorajam cristãos e inspiram toda a humanidade até os dias de hoje. Que segurança! Sou de Jesus! Eu já desfruto o gozo da luz. Sou por Jesus herdeiro de Deus; Ele me leva à glória dos céus. Canta, minha alma! Canta ao Senhor! Rende-Lhe sempre ardente louvor! Nascida em Nova Iorque, Fanny tinha pouco mais de um mês de vida quando sofreu uma infecção nos olhos. Um médico receitou cataplasmas de mostarda quente e o efeito foi desastroso: ela ficaria cega pelo resto da vida. A menina teve então de acostumar-se às dificuldades, ao mesmo tempo em que demonstrava uma habilidade incomum para compor poesias. Naquela época, a mensagem do Evangelho foi plantada no coração da jovem Fanny, por intermédio de sua avó. Era ela quem passava horas lendo a Bíblia para a menina. Aos 15 anos ela entrou para o Instituto de Cegos de Nova Iorque, onde voltaria anos 10

REVISTA DA COMUNIDADE

depois para ensinar Inglês e História. Como aluna e professora, Fanny passou 35 anos na mesma escola. Em 1858, Fanny casou-se. Apaixonada por crianças e motivada pela perda irreparável de seu único filho, ela dedicou-se também a compor canções infantis. “Achei que as crianças tinham de entender as letras, e as melodias teriam de ser simples também.” Participante ativa da Igreja Metodista sua convicção cristã não lhe permitia a melancolia. Ao contrário, sua marca era a alegria. Como de hábito, Fanny iniciava seu trabalho dedicando horas à oração. Como ela não tinha habilidades musicais, seus poemas tornaram-se canções pelas mãos de vários músicos cristãos. Dentre os seus hinos, um dos mais conhecidos e cantados é Que Segurança. Apesar da sua deficiência física, Fanny foi uma mulher de extraordinária capacidade e de uma fé inabalável. Sua vida foi a prova de que dificuldade alguma pode conter a unção de Deus sobre seus filhos, levando-os a uma vida de amor e serviço. Quando morreu, aos 94 anos, amigos e parentes escreveram na lápide de sua sepultura: ‘Ela fez o máximo que pôde’.

Para saber

+

Ouça a canção ‘Que Segurança’ digitando “João Alexandre Que Segurança” em www.youtube.com


FUNDAÇÃO COMUNIDADE DA GRAÇA

Policlínica Cáritas Fazendo a diferença na vida de muitos!

A

Policlínica Cáritas é um dos primeiros projetos da Fundação e vem realizando cerca de 8.800 atendimentos por ano.

ção de receita médica. O atendimento é realizado toda 2ª e 6ª feira, das 14h00 às 16h00.

Trata-se de uma clínica com atendimento à população de baixa renda por meio do serviço voluntário de profissionais da saúde que primam pela qualidade no atendimento aos pacientes. Dentre as especializações, temos: •

Odontologia

Pediatria

Ginecologia

Psicologia

Fonoaudiologia

Psicopedagogia

Fisioterapia

Além do atendimento de especialidades médicas, a Fundação continua com a Farmácia que é mantida através do recebimento de doações da comunidade e empresários e conta com 1 farmacêutico, 1 técnico de farmácia e três atendentes voluntários. A Farmácia atende e distribui medicamentos gratuitamente à população carente, mediante apresenta-

Você pode ajudar

+

Precisamos de parceiros para o desenvolvimento deste programa. Existem diversas áreas de atuação para o profissional que queira fazer parte de nosso quadro de voluntários. Saiba mais a respeito da Fundação no site www.fcg. org.br ou envie-nos seu currículo através do email fcg@fcg.org.br Participe! Você pode fazer a diferença na vida de muitas pessoas. REVISTA DA COMUNIDADE

11


PONTO DE VISTA

O deputado estadual evangélico mais votado da capital

M

elhor vereador de São Paulo, Bezerra Jr. consagrase como o deputado estadual evangélico mais votado na capital. Neste mês, Carlos Bezerra Jr. deixará a Câmara Municipal de São Paulo. Vereador por 10 anos – 3 mandatos consecutivos –, o pastor e médico foi eleito deputado estadual nas últimas eleições, com 107.837 votos, e, a partir do dia 15 de março dará seqüência a seu trabalho na Assembléia Legislativa. Após ser apontado como o vereador evangélico com mais eleitores em números absolutos em todo o Brasil, em 2008, Bezerra Jr. saiu das urnas, no ano passado, como o deputado estadual evangélico mais votado na capital neste ano. “Recebi o resultado com humildade. Minha responsabilidade como político e como cristão aumenta ainda mais.”, afirmou. Carlos Bezerra Jr. se notabilizou por criar leis que defendem os excluídos. “A fé no contexto da vida pública é um balizador fundamental de nossos valores. E essa mesma fé é que tem de nos levar a agir, a combater a injustiça e toda forma de opressão, principalmente contra aqueles que não podem se defender”, afirma.

Em 10 anos, leis que mudaram a vida dos paulistanos Desde que ingressou na vida pública, em 2000, Bezerra Jr. apresentou cerca de 150 projetos e liderou a bancada do PSDB por três vezes. Ele é autor da lei que criou o Programa Mãe Paulistana, principal política para saúde da mulher da capital 12

REVISTA DA COMUNIDADE

Após ocupar o 1º lugar entre os vereadores paulistanos, parlamentar foi eleito deputado estadual com mais de 100 mil votos e agora seguirá seu trabalho na Assembléia - SP


paulista; e do Programa de Combate à Violência Infanto-Juvenil, que está protegendo cerca de 150 mil crianças contra a pedofilia e os maus-tratos.

de São Paulo e exerceu a medicina voluntariamente, levando atendimento ginecológico gratuito a mulheres de regiões pobres da cidade.

Relator da CPI da Pedofilia em 2009, o agora deputado estadual eleito ainda estruturou o 1º Observatório da Infância de SP. “Pretendo levar para todo o Estado de SP algumas dessas iniciativas, que tiveram impacto positivo na capital. Tenho certeza de que estendê-las aos municípios do interior trará avanços importantes”, adiantou. Também são projetos seus o veto à distribuição de sacolinhas plásticas no comércio paulistano e a elevação em quase 1000% da multa aos bares que venderem bebidas alcoólicas a adolescentes.

Compromissos reafirmados

Antes da política, o serviço voluntário Antes mesmo de se candidatar pela primeira vez, Carlos Bezerra Jr. já conhecia de perto a realidade das periferias. Ele trabalhou por mais de dez anos em ambulatórios e hospitais da rede pública de saúde

Após a vitória na eleição, Carlos Bezerra Jr. divulgou carta de agradecimento em que falou dos valores que o levaram à política. “Reafirmo meus compromissos com as grávidas pobres, com as crianças e adolescentes vítimas da pedofilia, com os portadores de necessidades especiais etc. E, acima de tudo, reafirmo meu compromisso de combater o bom combate”, ressaltou. Também como ação de agradecimento, Bezerra Jr. produziu um vídeo para falar de sua gratidão pela confiança e pelos votos. O conteúdo está disponível na internet.

Para saber

+

Acesse: www.carlosbezerrajr.com.br/obrigado.php

REVISTA DA COMUNIDADE

13


IGREJA FAMÍLIA

UBERMENSCH O Homem Transbordante por Gilberto Dalmaso, pr.

Ser amigo é ter uma afeição pura e desinteressada, que o tempo não pode consumir

É

melhor ser amigo do que ter amigos, pois Amigo é aquele com quem podemos pensar em na primeira situação não há cobranças, a voz alta (Ellen G.White), que nos aceita do jeito reciprocidade fica em segundo plano e, não que somos, de forma incondicional, que não nos menos importante, não gera expectativas, cobra nada, mas quer que cresçamos e venhamos as quais, muitas vezes, a transbordar no conhecimento e Para sermos e podem não ser correspondidas nas realizações. Homem limitado, termos amigos devido ao tempo, à distância, a outros imperfeito, mas acima de tudo preciosos precisamos sincero, que mesmo errando compromissos etc. desenvolver os nossos busca sempre acertar. Acerto esse Ser amigo é ter uma afeição pura que produz em nós crescimento, relacionamentos e desinteressada, que o tempo crescimento que gera frutos – e o com mais propósito não pode consumir. A verdadeira ciclo da vida se refaz, esse é o ideal. e intensidade, e para amizade, amizade madura, produz paz, liberdade. Independente de isso é preciso provocar Para sermos e termos amigos momentos especiais, preciosos precisamos desenvolver quanto tempo demora um reencontro, a atitude será de continuidade do resgatar o prazer que os nossos relacionamentos com diálogo: “Onde é que paramos nossa há, por exemplo, em mais propósito e intensidade, e para conversa?”. Sabemos que aquele a lembrar das histórias isso é preciso provocar momentos quem chamamos de amigo sempre especiais, resgatar o prazer que e dos “causos” do estará, mesmo que distante, nos há, por exemplo, em lembrar passado fortalecendo e nos dando segurança. das histórias e dos “causos” do Charles R. Swindoll, em seu livro Davi - um homem passado. Com razão disse Bill Thrall, “nossa segundo o coração de Deus, diz que Davi tinha verdadeira identidade não pode ser totalmente amigos que foram como “árvores protetoras” em conhecida sem interagir com os outros”. Todos tempo de angústia da alma. Nos momentos de nós temos pontos cegos que apenas as outras tribulações, inquietações e lutas, sabemos a quem pessoas conseguem ver. recorrer. Amigo é um porto seguro. 14

REVISTA DA COMUNIDADE


São muito bons os momentos de festa. Trazem-nos alegria, prazer, e nas rodas de conversa e brincadeiras interagimos e temos oportunidades de crescer: “O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate.” (Provérbios 15.13). Nesses momentos temos a tendência de querer demonstrar o super-homem que gostaríamos de ser. Mas quem é esse super-homem? Na visão do pensador Rubem Alves, a melhor tradução para “ubermensch” (termo alemão para super-homem) seria “homem transbordante”, um ser humano tão rico interiormente que chega a transbordar, como se fosse uma fonte. Onde ele estiver as pessoas sempre serão tocadas. Qual é o ideal desse homem transbordante? Ser simples como uma criança! Mas o que é a amizade? Disse o poeta: “é coisa pra se guardar no lado esquerdo do peito”. A amizade é a simplicidade de se relacionar com o outro. Seja amigo nas horas difíceis, cultive a amizade. Não se encolha. Não se afaste dos outros. Aproxime-se e seja gentil. Disse Julio Schwantes: “A cortesia é para a engrenagem social o que o lubrificante é para uma máquina. Previne as fricções inúteis que tanto dificultam o trato de uns para com os outros.” Deixe transbordar esse homem gentil que há em você. Dê demonstrações de amizade, mas não espere ser correspondido; compreenda que nem todos têm o entendimento que você tem. Eles também são limitados e estão em aperfeiçoamento, como você. Não pode ser amigo quem não ama incondicionalmente (Confira I Coríntios 13).

REVISTA DA COMUNIDADE

15


CAPA

18

REVISTA DA COMUNIDADE


REVISTA DA COMUNIDADE

19


UM ESPAÇ TRANSFORMAÇ Comunidade da Graça Sede deu mais um passo importante no alvo de cuidar bem das pessoas. A nobreza de um projeto depende do quanto ele está alinhado às necessidades do ser humano. Está comprovado que Deus não ama coisas; Deus ama pessoas. Todo ideal relacionado ao cuidado do próximo, tem caráter espiritual e divino. O Vale da Graça é um sonho antigo do coração do pastor Carlos Alberto de Quadros Bezerra, fundador e presidente da Comunidade da Graça. Ele vem nutrindo essa esperança no coração de sua equipe pastoral e de toda a igreja que o acompanha há quase cinqüenta anos. Deus atendeu ao desejo do coração do pastor Carlos Alberto. No dia 26 de fevereiro, mês passado, o ministério da Comunidade da Graça confirmou a compra de um espaço que havia sido planejado e construído originalmente para treinamento de jogadores de futebol. O foco agora será no treinamento e capacitação de novos atletas para Cristo. O Vale da Graça Hotel Fazenda fica em Porto Feliz, a 120 Km de São Paulo, numa área de 72.000 m2. Além da área verde com vistas magníficas, o novo Vale da Graça tem um auditório para convenções, refeitório com cozinha industrial, piscinas, dois campos de futebol, salão de jogos, academia, quartos com ar condicionado, área livre para realização de dinâmicas de grupos, cultos de fogueira, e toda uma estrutura necessária para o início de um projeto de apoio ao programa de orientação e capacitação daqueles que querem envolver-se como o maior de todos os projetos da Terra: o reino de Deus.


ÇO PARA ÇÃO DE VIDAS É uma conquista de todos os membros da Comunidade da Graça. A utilização do Vale da Graça vai reunir grupos de interesse dos mais variados. Lá acontecerão encontros de libertação para novos membros que passarão pelo batismo nas águas. Encontros para recepção de novos membros vindos de outros ministérios. Encontros específicos para esposas de pastores, mulheres em geral, crianças, juniores, adolescentes, jovens, homens, casais e líderes nos mais variados segmentos da estrutura da igreja. Os benefícios serão incalculáveis. A tarefa principal da igreja deve ser o aperfeiçoamento dos santos para o bom desempenho do serviço a Deus e aos homens (Efésios 4.12). A igreja precisa dedicar tempo e qualidade no treinamento e desenvolvimento de seus membros. Parece que temos mais facilidade de entender isso no universo das empresas; do setor produtivo. Mas a Bíblia mostra no Novo Testamento o trabalho de Jesus com seus discípulos e uma doutrina voltada para o aperfeiçoamento das pessoas no serviço para Deus. O Vale da Graça vem para contribuir com a transformação de vidas pelo poder de Deus. O desafio é grande, mas a igreja vem demonstrando força e espírito de equipe nesses anos todos. Você também pode participar. Há tanta gente investindo dinheiro no que não é essencial e duradouro. A Comunidade da Graça está abrindo mais esta oportunidade para que você ajude... Faça a diferença investindo em pessoas, em Deus.

SEJA UM NEEMIAS E AJUDE NO PROJETO DE AQUISIÇÃO E EXPANSÃO DO VALE REVISTA DA COMUNIDADE

21


ARTE E CULTURA

André Paganelli O talento musical a serviço da adoração

M

úsico saxofonista e atualmente um dos e três coletâneas, um DVD ao Vivo gravado na casa nomes mais prestigiados como instru- de espetáculos Via Funchal em São Paulo, além mentista em nosso país, André Paganelli de participações em diversos álbuns de cantores e lançou o CD Instrumental Praise 8 na bandas consagradas. Também é escritor do livro “O Comunidade da Graça Sede, no dia 23 Perfil do Adorador” lançado em 2009 na Assembléia de fevereiro, como parte da programação do Proje- Legislativa do Estado de São Paulo, e ganhador do to Atitude. Este projeto propõe juntar, Prêmio ARETÉ (ASEC), na 21ª Bienal Cada nota musical, num mesmo evento, ação social para do Livro 2010 em São Paulo. emitida pelo sax de arrecadação de alimentos com muita Paganelli tem como música e adoração. Estudou na Universidade Livre de objetivo exaltar a Música (ULM-SP) e também é BaO CD, que já está à venda, ficou pron- pessoa e a obra daquele charel em Teologia pela Faculdade to o ano passado e faz parte de uma de Teologia Boa Vista, formado pelo que é o criador da série bem sucedida de instrumentais música e o inspirador Seminário Bíblico Palavra da Vida em produzidos pela Aliança. A proposta Atibaia, SP e mestrado em Teologia das mais belas dos Praise’s é selecionar louvores cocom ênfase em escatologia pela Comelodias que o ouvido nhecidos e fazer versões instrumenhen University & Theological Seminahumano já escutou tais, para que o público identifique ry - Los Angeles, CA, USA. Foi cona melodia. “É um CD de adoração instrumental e sagrado em 2004 ao ministério da Palavra e está desse trabalho destaco as músicas: Deus de pro- inscrito na Ordem dos Pastores Batistas do Brasil. messas, Meu respirar, Vim para adorar-te, Eu te amo tanto”, comentou André. Em seus 13 anos de ministério (1998-2011) André tem rompido fronteiras alcançando em suas turnês Paganelli tem hoje uma carreira vitoriosa iniciada em várias cidades no Brasil, Estados Unidos, Suíça, In1998, sendo conhecido como o “Kenny G brasilei- glaterra, Portugal, Itália, Espanha, França e Israel. ro”. Tem 14 CDs lançados, sendo 11 álbuns inéditos Em 2009 foi o ganhador do Troféu Talento, maior 22

REVISTA DA COMUNIDADE


premiação concedida no gospel nacional. No mesmo ano recebeu Menção Honrosa pela Ordem dos Músicos do Brasil por seu profícuo desempenho profissional e valiosa dedicação à música, como Arte e Cultura, na sua mais cristalina forma. Cada nota musical, emitida pelo sax de Paganelli tem como objetivo exaltar a pessoa e a obra d’Aquele que é o Criador da música e o inspirador das mais belas melodias que o ouvido humano já escutou. Sua sincera expectativa é que, tangidos pela mensagem do Evangelho puro, cada ouvinte seja transformado, pela fé em Cristo, num instrumento Dele, apresentando ao mundo um espetáculo de vida nova e feliz, um espetáculo tão lindo quanto as mais belas melodias já executadas.

O QUE VOCÊ PRECISA EM PLANEJADOS VOCÊ ENCONTRA NA INOVART. Área de Serviço Cozinhas Closet Dormitórios Banheiros Home Office Home Theater Projetos

Envie seu projeto e solicite um orçamento sem compromisso.

Rua Dr. Zuquim, 608 - Santana - São Paulo - SP - Fone: 011 - 2971.0344

DA COMUNIDADE A v . G u i l h e r m e C o t c h i n g 8 9 0 - V i l a M a r i a - S ã o P a u l o - S P - F o n e : 0 1 1 - 2 3 6 2REVISTA .9880 www.inovartplanejados.com.br - grupo@inovartplanejados.com.br

23


SAÚDE

A alimentação desenvolvendo a fala por. Dra. Loreine de Farias

Para um bom desenvolvimento da fala por Wagner é necessário, entre outros, Fernandes, pr. que o método de alimentação seja adequado desde o nascimento

E

xistem diversas formas do ser humano se expressar, tais como: escrever, andar e falar; e cada uma tem o momento apropriado para acontecer. Aprender a falar é um processo minucioso. A criança deve estar preparada física e emocionalmente para ordenar seus pensamentos e transformá-los em um ato motor.

No início da vida, a criança tem necessidade de sucção (dedo, chupeta e outros hábitos orais), no entanto, quando prolongada causa danos à área fonoarticulatória. Uma criança que apresenta alteração em qualquer dessas estruturas orais poderá desenvolver formas de mastigação alterada, como: mastigar pouco, mastigar de um lado só, amolecer o alimento em vez de triturá-lo.

Para um bom desenvolvimento da fala é necessário, entre outros, que o método de alimentação seja adequado desde o nascimento, visto que, ao pronunciarmos os sons, usamos muitos dos órgãos utilizados na alimentação (lábios, língua, bochechas e palato).

Além disso, poderá desenvolver problemas relacionados às disfunções oclusivas (mordida aberta, mordida cruzada) e disfunção de ATM. Nesse caso, necessitará de um acompanhamento médico e ortodôntico.

É fundamental estimular o aleitamento exclusivo no seio até os seis meses, pois além de fortalecer o vínculo afetivo da criança e ser subsídio primordial à nutrição é importante para desenvolver o amadurecimento da musculatura dos órgãos fonoarticulatórios. Ao nascer, há uma retração de mandíbula para favorecer a passagem do bebê pelo canal vaginal, e é durante a amamentação no seio que a criança coordena e equilibra essas forças musculares, deslocando a mandíbula para frente durante a sucção. 24

REVISTA DA COMUNIDADE

Deve-se oferecer às crianças, alimentos que auxiliem no aumento de tonicidade desses músculos, como bolachas mais durinhas, frutas (maçã, pêra), carnes e legumes crus, evitando alimentos que desmancham na boca. As modificações na alimentação têm como objetivo exercitar os órgãos da fala e o preparo para a aceitação do alimento sólido (por volta de um ano) e posteriormente (aproximadamente aos 18 meses) de uma dieta parecida com a de um adulto.


Não podemos nos esquecer que cada criança tem seu ritmo de desenvolvimento, devendo-se levar em consideração todo seu repertório de vida. No entanto, é fundamental estar atento ao desenvolvimento da linguagem e da fala e, em caso de alguma desordem, encaminhar para uma avaliação mais precisa com de um profissional da Fonoaudiologia.

Quadro Fonêmico: O que esperar?

18

b

m

anos

2

p

t

d

anos

2

meses

6

k

G nh

anos

3

meses

6

ch

j

4

L

lh

r

meses

anos

5

anos

n

R

aquisição completa

*Os dados podem variar de uma criança para outra

Para saber

+

Loreine de Farias - Fonoaudióloga Especialista em Educação com Enfoque em Linguagem E-mail: coordenacaodeinclusao@colegiointegrar.com.br REVISTA DA COMUNIDADE

25


REFLEXÃO

Se o fardo é leve, por que está pesado? por Ronaldo Bezerra, pr.

“O meu jugo é suave e o meu fardo é leve” Mateus 11:30

Para saber

+

acesse o site: www.ronaldobezerra.com.br

A

grande verdade da vida cristã é que não é pesado servir ao Senhor, pelo contrário, é motivo de alegria e prazer. João disse que os mandamentos do Senhor não são pesados.

Por outro lado, muitos se sentem pesados, cheios de cargas e estão cansados de servir a Deus, pensam que é muito duro e difícil ser um cristão. Mas Jesus disse: “O meu jugo é suave e o meu fardo é leve” (Mt 11:30).

Quando os mandamentos de Deus se tornam pesados para nós?

1

Quando a religião impõe exigências que não têem nada a ver com Deus. A religião coloca sobre nós exigências que nem o próprio Deus requer. O resultado é que a carga religiosa se torna mais pesada do que deveria ser. São tantas leis e exigências, que chega um ponto da vida cristã, que já não sabemos mais se é bom ou ruim servir ao Senhor.

2

Quando a religião desenvolve um sistema para agradar a Deus na base da causa e efeito. Entendemos Deus da seguinte maneira: “Se você fizer tal coisa, você terá a sua recompensa, para o bem ou para o mal”. O resultado é que passamos a cumprir os mandamentos por medo, interesse e não com alegria. 26

REVISTA DA COMUNIDADE

3

Quando olhamos para Deus muito mais como um Juíz do que como um Pai. Infelizmente vemos o Senhor como um juíz austero e duro que passa leis que nos são impostas, e não como um pai que deseja o nosso bem e nos alerta com amor sobre os riscos que podemos correr.

4

Quando criamos mecanismos de defesa que desenvolvemos em nós mesmos. Exemplo: o que ora muito e trabalha pouco é impaciente com o que trabalha muito e não ora e vice-versa. O resultado disso é que os nossos relacionamentos se tornam cada vez mais problemáticos, pesados e por isso muitos dizem que é difícil servir a Deus.

Como podemos viver uma vida cristã sem peso? 1- Nascendo de novo (vs. 1). A restauração da nossa natureza aos propósitos iniciais de Deus é o que torna os mandamentos leves. 2- Amando a Deus (vs. 2 e 3). Quando amamos a Deus o nosso serviço a Ele se torna leve. 3- Confiando no caráter de Deus (vs. 4). A única dimensão de fé que torna o nosso serviço a Deus leve, é a fé que descansa no caráter de Deus. Esta é a fé que vence o mundo e torna os mandamentos de Deus não penosos.


ANUNCIANTES

REVISTA DA COMUNIDADE

27


ANUNCIANTES

28

REVISTA DA COMUNIDADE


ANUNCIANTES

REVISTA DA COMUNIDADE

29


ANUNCIANTES

CLASSIFICADOS E.L.T TRANSPORTES RÁPIDOS

AULAS DE INGLÊS Personalizadas, em sua residência ou trabalho, individuais ou pequenos grupos, dias e horários de sua preferência. Silvana 9757-6437 3542-8116

Entregas e Coletas com qualidade Eliomar 3435 0471 / 7585 0467 Nextel 936*27032 eliomardesousasantos@ yahoo.com.br

NATURA

SEGUROS MARLI RAHIJ

Produtos Natura pronta entrega. Consultoria de beleza. Atendimento personalizado. Várias opções de presentes. Ligue: (11) 3542-1618 9245 4181 ANDRÉA

Auto, residência, Empresa ,Consorcio e Planos de Saúde. LG N. Sra. do Bom Parto, 74 Tatuapé mrahij@terra.com.br 2097-3068 / 9556-4956

PSICÓLOGA Elisabete M. Paula Depressão, síndrome do Pânico, dependência química, TOC, terapia de casal e outros Pça. Sampaio Vidal, 265 - 7 and, V.Formosa tel. 94474026 30

SHALLON ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE Escrituração: Contábil, processamento de dados R. Jacirendi, 391 Tatuapé/SP 2295 1657 / 2294 4527 Contato: Clóvis

REVISTA DA COMUNIDADE

CONSULTORIA de Produtos de Tratamentos e Cuidados com a Pele Seja cliente ou consultora Agende sua visita Vera 4411 6536 / 7341 3178 veranb@gmail.com

CAMILA CRESPI Advogada Cível, família e consumidor. Consultoria empresarial. Rua Pará, 50 cj. 13 Higienópolis SP 8012 4718 3258 9855 camilacresi@adv.oabsp. org.br

ADVOGADO Irineu Uebara OAB/SP 163871 Civil, Trabalhista, Familiar Direito a serviço daJustiça 11 20812613 Rua Pimenta Bueno, 232 Belenzinho uebaraadvogados@ hotmail.com

TATIANA CARVALHO Drenagem linfática Esfoliação Corporal Massagem modeladora Massagem relaxante Para sua comodidade, fazemos atendimento à domicilio 7735 5410 tatty.cary@ hotmail.com

IVAN SOLUÇÕES IMOBILIÁRIAS

Compra, venda, locação? Fale com quem tem experiência e credibilidade 2849-7400 7859-5899 www. ivansolucoesimobiliarias. com.br CRECI 76239

ASSESSORIA CONTABIL FERNANDES Daniely Assis - Contadora Fiscal Contábil Pessoal IR PF Av Cons. Carrão 2918 Sl 24 20933915 93432438 daniely_1705@hotmail. com


32

REVISTA DA COMUNIDADE


Revista da Comunidade nº 13