Issuu on Google+

REVISTA DA COMUNIDADE

1


EDITORIAL

ÍNDICE

Adeus ano velho, feliz ano novo... Hoje estamos às portas do desconhecido. Diante de nós estende-se um ano inteiramente novo; vamos conquistá-lo a cada dia. Quem poderá dizer o que temos pela frente? Que mudanças virão, que novas experiências, que necessidades? Mas aqui está a mensagem do nosso Pai celeste – mensagem de ânimo, de conforto, de contentamento: “Mas a terra que passais a possuir é terra de montes e de vales; das chuvas dos céus beberás as águas; terra de que cuida o Senhor, vosso Deus; os olhos do Senhor, vosso Deus, estão sobre ela continuamente, desde o princípio até ao fim do ano.” Deuteronômio 11.11-12 Sim, do Senhor vem toda nossa provisão. Nele encontramos a fonte que nunca seca; mananciais e ribeiros que jamais se estancarão. Em Cristo está a promessa cheia da graça que nos vem do Pai. E se Ele é a fonte das misericórdias, nunca nos faltará misericórdia. Confiemos apenas. O Pai vem perto, para tomar a nossa mão e guiarnos hoje pelo caminho. Será um bom, um abençoado ano novo! Feliz Ano Novo! Wagner Fernandes, pastor

Uma igreja família, vivendo o amor de Cristo, alcançando o próximo e formando discípulos Comunidade da Graça Sede Rua Eponina, 390 - V. Carrão - (11) 2090-1800 Para saber o endereço de outras igreja acesse: www.comuna.com.br/igrejas

EXPEDIENTE Produção: Comunidade da Graça Sede Pastor Presidente: Carlos Alberto de Quadros Bezerra Pastor Responsável: Wagner Fernandes Jornalista Responsável: Fabiana Lima - MTB 58739 Coordenação e Revisão: Paulo Alexandre Sartori Redação: Elisabete Mazi Projeto Gráfico e Editoração: André Rinaldi Assistente de Criação: Gustavo Jitsuchaku Contato Publicitário: Gabriela Rosaneli Tiragem: 10.000 exemplares Os anúncios contidos nessa edição são de única e exclusiva responsabilidade dos anunciantes, não tendo a Igreja Comunidade da Graça nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo e veracidade dos mesmos. Interessados em anúnciar na próxima edição,

midia@comuna.com.br | 11 3588 0575

04

Visão

06

Liderança

08

Deus Agindo

10

Eles Andaram com Jesus

12

Fundação CG

14

Igreja Família

16

Arte e Cultura

20

Capa

24

Saúde

28

Especial


VISÃO

GCEM: uma bênção na minha casa por Osmar Misael Dias, pr.

Deus criou-nos para viver em família. “Deus faz que o solitário more em família; tira os cativos para a prosperidade; só os rebeldes habitam em terra estéril.” Salmo 68.6

E

le criou nossa casa para ser um local de abrigo para uma família, um símbolo de proteção, comunhão, renovação, convivência pacífica e abençoada. Porém, nosso maior inimigo, Satanás, que nos odeia, tenta por todas as formas destruir este sonho do coração de Deus em relação à nossa casa. Ele promove confusão, desgaste e conflitos para que a maldição se perpetue através das famílias.

A arca da Aliança em Jerusalém e o Templo de Salomão No início de seu reinado, Davi ordenou que a arca fosse trazida para Jerusalém, onde ficaria guardada em uma tenda permanente no distrito chamado Cidade de Davi. Com o passar do tempo, Davi tomou consciência de que a arca, para ele símbolo da presença de Deus na Terra, habitava numa tenda, enquanto ele mesmo vivia em um palácio. Então começou a planejar e esquematizar a construção de um grande Templo. 4

REVISTA DA COMUNIDADE

As Escrituras Sagradas registram que a casa que recebeu a arca da Aliança no Velho Testamento foi grandemente abençoada, pois a arca simbolizava a presença de Deus. “Naquele dia, Davi teve medo de Deus e se perguntou: ‘Como vou conseguir levar a arca de Deus?’ Por isso desistiu de levar a arca para a cidade de Davi. Em vez disso, levou-a para a casa de Obede-Edom, de Gate. A arca de Deus ficou na casa dele por três meses, e o Senhor abençoou sua família e tudo o que possuía.” 1 Crônicas 13.12-14

A arca da Aliança apontava para a presença de Cristo na Nova Aliança Através dos princípios da Nova Aliança (Novo Testamento) contidos na Bíblia, sabemos que Deus não habita em templos (prédios) feitos por mãos humanas, mas sim nas pessoas que foram remidas, regeneradas pelo poder da morte e ressurreição de Cristo.


“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” 1 Coríntios 3.16 “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” 1 Coríntios 6.19 Portanto, hoje nós somos o templo onde Deus habita. Sendo assim, onde formos Ele irá dentro de nós e ali se manifestará. Quando nos ajuntamos num determinado lugar, Cristo está conosco; pois Ele mesmo nos prometeu que onde houvesse duas ou três pessoas reunidas em seu nome, Ele estaria ali e se manifestaria. Hoje, na Nova Aliança, a fonte de poder e revelação de Deus está no Corpo de Cristo, Sua Igreja. “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18.20 Por isso, Ele nos comissionou para andar por todos os lugares levando sua paz, levando esperança, fé e provocando milagres. “Quando entrarem numa casa, digam primeiro: ‘Paz seja nesta casa’. Se houver ali um homem de paz, a paz de vocês repousará sobre ele; se não, ela voltará para vocês. Fiquem naquela casa, e comam e bebam o que lhes derem, pois o trabalhador merece o seu salário. Não fiquem mudando de casa em casa. Quando entrarem numa cidade e forem bem recebidos, comam o que for posto diante de vocês. Curem os doentes que ali houver e digam-lhes: ‘O Reino de Deus está próximo de vocês.’” Lucas 10.5-9

Quando entrarem numa casa, digam primeiro: ‘Paz seja nesta casa’. Se houver ali um homem de paz, a paz de vocês repousará sobre ele; se não, ela voltará para vocês.

GCEM: uma bênção na minha casa! Para tornar isso prático, no mês de Janeiro de 2011, nossos GCEMs (Grupos de Comunhão, Edificação e Multiplicação) adotarão uma estratégia muito simples e poderosa para cumprirmos o mandamento do Senhor Jesus, de levar a Igreja (Corpo de Cristo, que somos nós) para outras casas, a fim de que provem da presença de Deus e recebam os milagres que Ele deseja realizar em nossas casas. Princípio “Quando entrarem numa casa, digam primeiro: Paz a esta casa. Curem os doentes que ali houver e digamlhes: O Reino de Deus está próximo de vocês.” Lucas 10.5 e 9 Estratégia •

Em Janeiro nossos GCEMs serão itinerantes.

Cada membro do GCEM deve procurar o Dirigente e pedir para que o GCEM vá até sua casa no mês de Janeiro.

Cada Supervisor deverá acompanhar o processo e orientar.

Os Encontros do GCEM devem ser feitos em no máximo 1h00.

O foco será ministrar uma bênção especial para a família anfitriã.

Não fique de fora. Inscreva-se neste projeto e convide seus familiares e amigos para estarem na sua casa quando receber o grupo.


LIDERANÇA

Iniciativa

A décima qualidade de um líder por John C. Maxwell

“O sucesso parece estar ligado á ação. Pessoas bem-sucedidas mantêm-se ativas. Elas cometem erros, mas não desistem.” Conrad Hilton, executivo de hotelaria

“Dentre todas as coisas que um líder deve temer, a complacência é a que deveria encabeçar a lista.”

K

John C. Maxwell

emmons Wilson sempre teve iniciativa. Começou a trabalhar com sete anos e nunca mais parou. Começou vendendo revistas, jornais, pipoca, algodão e trabalhou como guarda-livros. Ganhou dinheiro com máquinas de fliperama e distribuição de refrigerantes. Conseguiu economizar dinheiro para construir uma casa para sua mãe. Foi quando descobriu que a construção civil tinha muito potencial. Entrou nesse ramo e sua iniciativa rendeu-lhe muito dinheiro. Mas em 1951, quando foi passar férias com a família em Washington, ele percebeu a crise em que se encontrava a hotelaria americana. Decidiu fazer alguma coisa sobre isso. “Vamos para casa iniciar uma rede de hotéis familiares, em cujo nome se possa confiar”, disse ele à esposa. Seu objetivo era construir 400 hotéis. A esposa riu. Quando retornou a Memphis, Wilson contratou um projetista para ajudá-lo a planejar o primeiro hotel. Queria que fosse limpo, simples e facilmente identificável, que tivesse tudo de que ele e sua família sentiram falta quando 6

REVISTA DA COMUNIDADE

Texto extraído do livro As 21 indispensáveis qualidades de um líder, de John Maxwell - Adaptado por Wagner Fernandes À venda na livraria da Comunidade Sede - (11) 2090.1814

viajaram, incluindo piscina e uma televisão em cada quarto. No ano seguinte ele abriu o primeiro hotel com o nome Holiday Inn. Em 1959 já possuía 100 hotéis. Com o sistema de franquia, em 1964, chegou a 500 hotéis. Em 1968, 1000 hotéis. Em1972, um Holiday Inn era inaugurado em algum lugar do mundo a cada 72 horas. A rede ainda continuava a crescer em 1979, quando Wilson se afastou da liderança da empresa por causa de um ataque cardíaco. “Eu passei tanta fome quando jovem”, disse, “que tinha de fazer


algo para sobreviver. Quando me aposentei depois do ataque cardíaco, fui para casa descansar. Durou cerca de um mês”. Simplesmente é muito difícil para um homem de iniciativa permanecer inativo.

Que qualidades capacitam os líderes a fazer as coisas acontecerem?

1

Eles sabem o que querem. “O ponto de partida de qualquer empreendimento é o desejo.” Napoleon Hill. Se você deseja ser um líder eficiente, deve saber o que quer. Esta é a única maneira de você reconhecer a oportunidade quando ela surgir.

2

Eles se esforçam pela ação. Quem tem iniciativa não espera que outros o motivem. Sabem que é sua responsabilidade se esforçar além do limite confortável. E fazem disso uma prática regular.

3

Eles correm mais riscos. Pessoas pró-ativas sempre correm riscos. Elas reconhecem que a falta de iniciativa trás prejuízos imensuráveis. “Há riscos e custos para um programa de ação, mas são muito menores do que os riscos e os custos da confortável inércia” John F. Kennedy.

4

Eles cometem mais erros. A boa notícia para os que têm iniciativa é que eles fazem as coisas acontecerem; a má notícia é que cometem muitos erros. Se você deseja conquistar grandes coisas como líder, deve ter iniciativa e estar disposto a correr riscos.

Para melhorar sua iniciativa:

Mude sua mentalidade. Se você não tem iniciativa, reconheça que o problema está em você, e não nos outros. Identifique porque você hesita em agir. Os riscos o assustam? Sente-se desencorajado por fracassos do passado? Você não percebe o potencial que as oportunidades oferecem? Descubra a fonte de sua hesitação e tente resolvê-la. Você não poderá avançar exteriormente até que seja capaz de fazê-lo interiormente. Dê o próximo passo. Todo mundo tem uma grande idéia debaixo do chuveiro. Apenas algumas pessoas saem do chuveiro, enxugamse e concretizam a idéia. Não pare até transformar uma oportunidade em realidade.

Reflexão

Você tem iniciativa? Está sempre alerta para as novas oportunidades. Está disposto a avançar com base em seus melhores instintos? Ou analisa tudo indefinidamente? Lee Iacocca, expresidente da Chrysler, disse: “Até a decisão correta torna-se errada se tomada tarde demais”. Qual foi a última vez em que você tomou a iniciativa de fazer algo significativo em sua vida?

Ação Diária:

Em l947, Lester Wunderman foi demitido arbitrariamente de seu cargo de publicitário. Entretanto, o jovem sabia que poderia aprender muito com o líder da agência, Max Sackheim. Na manhã seguinte, Wunderman voltou à agência e trabalhou como sempre fizera – só que sem remuneração. Sackheim o ignorou por um mês, mas finalmente procurou o jovem e lhe disse: “Certo, você venceu. Nunca conheci um homem que quisesse um emprego mais do que dinheiro”. Wunderman prosseguiu e tornou-se um dos mais bem-sucedidos publicitários do século. Você terá de tomar medidas corajosas hoje para alcançar seu potencial amanhã. REVISTA DA COMUNIDADE

7


DEUS AGINDO

Vamos Orar? por Suely Bezerra, pra.

Se desejamos ver mudanças significativas na nossa vida, família, Igreja e até mesmo no país, a oração é o melhor caminho. Colocando este príncipio em prática, muitas mudanças acontecerão

O que é oração?

A oração é uma conversa com Deus. Uma conversa envolve mais de uma pessoa. A nossa parte na conversa pode incluir pedidos, louvor, confissão, a expressão de ansiedades etc. A oração é um diálogo, e não simplesmente um monólogo. Portanto, na oração, existem também momentos nos quais Deus quer falar conosco. Mas como Deus fala conosco? Entre tantas outras maneiras, Deus fala através da sua Palavra: “Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.” 2 Timóteo 3.16-17 A leitura da Bíblia e a oração não podem ser entendidas como um exercício meramente místico do nosso relacionamento com Deus. Elas são o elemento básico de todo o processo de um relacionamento primordial com Deus. 8

REVISTA DA COMUNIDADE

Diferentes tipos de oração

Confissão Em nossa oração não pode faltar confissão. Ela é importante, pois é a ponte que nos purifica de todo o pecado, nos dando livre acesso ao nosso Deus. Confessar nossos pecados é um pré-requisito para receber perdão e purificação do Senhor. Há uma relação perfeita entre perdão e confissão. “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” 1 João 1.9 Louvor Louvar ao Senhor significa falar bem de Deus, com exuberância e entusiasmo, a outras pessoas e ao próprio Deus. É exaltar as virtudes de Deus e seus poderosos feitos. É inquestionavelmente certo que o louvor atrai a presença de Deus. Embora Ele esteja presente em todos os lugares, há uma manifestação distinta de Sua competência que ocorre no âmbito do louvor: “Porém Tu és Santo, Tu que habitas entre os louvores de Israel.” Salmo 22.3


Intercessão Os intercessores são aqueles que fazem a ligação entre a misericórdia de Deus e a necessidade humana. Intercessão é o amor nos joelhos, é colocar-se na brecha em favor de outra pessoa. A intercessão atrai a misericórdia de Deus para a necessidade humana. “E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse...” Ezequiel 22.30 Ações de Graças São muitas as razões para darmos ações de Graças ao nosso Deus. Tudo de bom que recebemos e tudo o que é perfeito, veio Dele, continua sendo bom e nunca mudará. No Salmo 103 descobrimos outras muitas razões para dar graças a Deus. Jesus se indignou com a ingratidão. E não ser grato é sinal de orgulho e vaidade no coração. “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” 1 Tessalonicenses 5.18 Jejum Jejuar implica uma negação da necessidade de alimentação no período em que a pessoa concentra toda a sua atenção na busca de Deus. É uma escolha de abster-se da comida, de bebida ou de sono para intensificar a oração ou para se humilhar diante de Deus. “Então, apregoei ali um jejum (...), para nos humilharmos perante o nosso Deus, para lhe pedirmos jornada feliz para nós, para nossos filhos e para tudo o que era nosso.” Esdras 8.21

É por isso que a Bíblia nos ensina em 1 Tessalonicenses 5.17

Orai sem cessar. Vamos orar?

Tempo particular de Oração A palavra de Deus nos ensina em 1 Pedro 2:2 que depois da nossa experiência de novo nascimento somos bebês que precisam se alimentar para crescer e desenvolver. É necessário a disciplina de um tempo diário com Deus em oração e leitura de Sua Palavra. A isso chamamos “vida devocional”. Nosso período devocional deve abranger os tipos de oração que citamos no texto ao lado. No nosso dia-a-dia existem muitas vozes falando ao mesmo tempo. A voz de Deus, das pessoas, das nossas emoções e vontades e até mesmo a voz do inimigo. O mais importante é saber identificar qual dessas vozes é a de Deus, e isso só é possível desenvolvendo intimidade com Ele. Essa intimidade se dá por meio do tempo que gastamos em comunhão. Se quiser ter uma vida devocional com qualidade e frutífera, você precisa: •

De tempo adequado para orar e estudar a Bíblia. É como se fosse uma hora marcada. Um tempo pré-determinado, específico. Escolha o melhor horário.

Um lugar definido, quieto e longe do telefone.

Um plano. É muito importante ter um plano ao se encontrar com o Senhor. Por exemplo: uma lista de pedidos de oração; um caderno de anotações; leitura sistemática da Bíblia; leitura de um bom livro, que irá edificar; aparelho de som para ouvir uma música que edifique

Peça ao Senhor que lhe mostre o melhor tempo, o melhor horário, o melhor lugar e plano para desenvolver sua vida devocional.

REVISTA DA COMUNIDADE

9


ELES ANDARAM COM JESUS

Charles Spurgeon

por Paulo Alexandre Sartori

Sua excelência na pregação das Escrituras Bíblicas lhe deram o título de ‘O Príncipe dos Pregadores’.

Se formos fracos em nossa comunhão com Deus, seremos fracos em tudo.

U

m casal de pastores foi viver na Inglaterra fugindo de uma perseguição aos protestantes em vários países da Europa, Em 1834 nasceu um de seus filhos, chamado Charles Spurgeon. Após um período de dúvidas e angústias, aos 15 anos, Spurgeon teve uma experiência pessoal de conversão a Cristo. Logo em seguida, ele começou a distribuir folhetos nas ruas e a ensinar a Bíblia na escola dominical para crianças em Cambridge.

Tabernáculo Metropolitano, com capacidade para 12 mil ouvintes.

Suas pregações eram tão eletrizantes e intensas que, dois anos depois de seu primeiro sermão, Spurgeon, então com 20 anos, foi convidado a assumir o púlpito da Igreja Batista de Park Street Chapel, em Londres. O desafio para aquele jovem era imenso.

Desde o início do ministério, seu talento para a exposição dos textos bíblicos foi considerado extraordinário. Spurgeon pregou para cerca de dez milhões de pessoas. A importância dele como pregador só encontra parâmetros em seus trabalhos impressos. Ele escreveu 135 livros e editou uma revista mensal. Seus vários comentários bíblicos ainda são muito lidos.

Localizada em uma área privilegiada da cidade, Park Street Chapel havia sido uma das maiores igrejas da Inglaterra. Mas naquele momento, o edifício, com 1.200 lugares, contava com uma platéia de pouco mais de cem pessoas. Apesar disso, havia ali um grupo de fiéis que nunca cessou de orar por um avivamento. Nos anos que se seguiram, o templo, antes vazio, não suportava a audiência, que chegou a dez mil pessoas, somada a assistência de todos os cultos da semana. Logo, as instalações do templo ficaram inadequadas, e, por isso, foi construído o grande 10

REVISTA DA COMUNIDADE

Muitas congregações, um seminário e um orfanato foram estabelecidos. Com o passar do tempo, Charles Spurgeon se tornou uma celebridade mundial. Recebia convites para pregar em outras cidades da Inglaterra, bem como em outros países como França, Escócia, Irlanda, País de Gales e Holanda. Spurgeon pregava de 8 a 12 vezes por semana.

Até o último dia de pastorado, Spurgeon batizou 14.692 pessoas. Na ocasião em que ele morreu - 11 de fevereiro de 1892, seis mil pessoas leram diante de seu caixão o texto de sua conversão, Isaías 45.22a: “Olhai para mim e sereis salvos, vós todos os termos da terra.”

+

Para saber

Além de vários livros editados, conheça o site: www.projetospurgeon.com.br


REVISTA DA COMUNIDADE

11


FUNDAÇÃO COMUNIDADE DA GRAÇA

Tempo de Abençoar Fundação Comunidade da Graça fecha o ano com mais de 700 mil atendimentos.

D

ezembro é um mês de muitas festividades e confraternizações, porém nos programas da Fundação estas festas são instrumentos que utilizamos com o propósito de abençoar pessoas. Em todos os programas foram realizados vários eventos, onde a Palavra de Deus foi propagada.

O “Papai do Céu – Mudando destinos através da oração”, por exemplo, não se trata apenas do cumprimento de uma programação onde crianças são apadrinhadas para ganhar roupas, calçados e brinquedos. Este evento é realizado com o intuito de alcançar tanto as crianças, quanto seus familiares; é um momento em que os trazemos para nossas igrejas, onde uma palavra é ministrada e uma oração é feita por sua identidade e destino. Nosso ideal é alcançar estas famílias, sinalizando o Reino de Deus. Nas festas de encerramento de nossas creches, toda a programação é feita com base na Palavra de Deus. E já é sabido que vidas foram alcançadas através de uma música, ou até mesmo de uma oração. É assim que trabalhamos: pró Reino de Deus, pois ações sociais, em nosso ponto de vista, estão atreladas ao Reino e, portanto, não nos calamos. 2010 foi um ano de muitas conquistas para o Reino. Pessoas foram salvas, famílias foram restauradas e destinos mudados. Deus se move através de nossas orações e ações. Que em 2011, possamos fazer mais e alcançar ainda outras pessoas, pois “... aquele que ganha almas é sábio.” Provérbios 11.30b Junte-se a nós. Faça parte deste trabalho. Com certeza Deus usará você também! Fotos: Luiz Fernando Silva 12

REVISTA DA COMUNIDADE


Como posso ajudar a Fundação? 1 - Ajuda financeira

Tornando-se um mantenedor da Fundação Comunidade da Graça. Assim você proverá os recursos necessários para dar continuidade a cada projeto que temos desenvolvido. As doações podem ser feitas através de depósito bancário nas seguintes contas:

Banco Bradesco Ag. 772 - C/C 220-8

Banco ITAÚ Ag. 467 - C/C 65935-5

2 - Voluntariado Através da capacitação profissional ou habilidades, prestando serviços a comunidade através das nossas atividades.

3 - Apoio com doações diversas Tudo o que você possa ceder aos que mais necessitam será distribuído nos diferentes programas de ajuda social que a Fundação promove: Móveis, equipamentos, roupas, alimentos. Sem intermediários. A sua doação chega diretamente às pessoas carentes. Para mais informações sobre todas as formas de ajuda, e onde entregar as suas doações, entre em contato com a Fundação: email: voluntariado@fcg.org.br ou pelo telefone: (11) 2672-3232. www.fcg.org.br

REVISTA DA COMUNIDADE

13


IGREJA FAMÍLIA

Formação de Líderes por Carlos Alberto Antunes, pr.

Preparando pessoas para cumprir a Grande Comissão por Wagner Fernandes, pr.

O

dirigente bem sucedido é aquele que prepara outras pessoas para serem líderes de GCEM (Grupo de Comunhão, Edificação e Multiplicação). Por isto ele deve ter como prioridade máxima formar novos líderes através de um relacionamento individual com seus auxiliares. Ao cuidar bem dos seus auxiliares, pastoreando-os e ensinando-os como ajudar e liderar pessoas, todo o grupo será beneficiado. Os auxiliares irão repetir o que o seu dirigente fizer com eles. Sem isto a missão da Igreja de fazer discípulos jamais se cumprirá.

Preparar novos líderes envolve: Desenvolver um relacionamento pessoal com estas pessoas (discipulado um a um). Treiná-los nas habilidades para liderar um grupo (treinamento no GCEM).. Enviá-lo para receber ensino bíblico no curso do CTL nível I. 14

REVISTA DA COMUNIDADE

Discipulado um-a-um O discipulado se dá em um relacionamento informal, onde o dirigente ajuda o auxiliar a viver na prática as prioridades da vida cristã. O dirigente deverá desenvolver uma confiança e amizade cada vez maior com seu auxiliar, que lhe dê liberdade para tratar das suas áreas de fraqueza. Tudo isto precisa ser regado com muita intercessão, ações de graças e jejum pelo auxiliar. Encontramos na vida do apóstolo Paulo muitos exemplos da intensidade com que ele orava pelos seus discípulos (Efésios 2.15-23). Mas o grande exemplo disso foi dado por Jesus. Se não fosse pela sua intercessão, todos os discípulos, especialmente Pedro, teriam naufragado na crise da sua prisão e morte na cruz (Lucas 22.31-34 e João 17.9). Portanto, o discipulado um-a-um envolve não apenas relacionamento pessoal, mas também uma constante vida de oração do dirigente pelo auxiliar, pois sem isto, muitas vezes um auxiliar que hoje está cheio de entusiasmo e muito desafiado, amanhã poderá estar totalmente desmotivado por causa dos ataques do maligno, das lutas e tribulações.


Treinamento no GCEM

Para capacitar seu auxiliar a desenvolver com sucesso as funções de um GCEM, o dirigente deverá treiná-lo nas seguintes tarefas: •

Evangelizar e ganhar vidas para Cristo;

Fazer contato com as pessoas que se decidiram por Cristo, através das fichas de integração;

Integrar novos convertidos, compartilhando o livrete Bem-Vindo à Família e o livro Formando Discípulos;

Visitar pessoas que estejam necessitando de um cuidado especial;

Participar do planejamento do grupo de eventos de oração, comunhão e evangelização;

Se envolver na comunicação e contato com as pessoas do GCEM durante a semana.

Na parte final do treinamento no GCEM o auxiliar deverá dirigir encontros do grupo. Para dirigir estes encontros, o dirigente deve ter aplicado anteriormente os quatro passos do treinamento: Observação, Assistência, Supervisão e Envio. Estes encontros dirigidos pelo auxiliar devem ser avaliados pelo dirigente, que prestará contas destas avaliações ao seu supervisor e pastor de área. As avaliações do dirigente também deverão ser comunicadas pessoalmente ao seu auxiliar, sempre no espírito de edificar com amor, prudência e sabedoria.

Ensino bíblico no CTL

Nesta área, o dirigente deverá se certificar que seu auxiliar em treinamento está participando assiduamente das aulas no CTL e desenvolvendo os trabalhos requeridos. Por outro lado, no aspecto subjetivo, o dirigente deverá avaliar o estado de ânimo do seu auxiliar em relação ao curso: se ele está desafiado, alegre, motivado ou se alguma coisa está lhe desanimando. Ao desenvolver este roteiro, o dirigente não será responsabilizado sozinho pelo sucesso do treinamento do seu auxiliar, pois em todo tempo o seu supervisor e pastor de área estarão acompanhando, orientando e ajudando na preparação do novo dirigente. Essa é uma tarefa que exige a participação de toda a comunidade, através de todos os níveis de liderança. É importante lembrar que ao mesmo tempo em que o dirigente estiver discipulando o seu auxiliar, ele também será discipulado, recebendo intercessão da parte de seus líderes. REVISTA DA COMUNIDADE

15


ARTE E CULTURA

Novo CD do pr. Adhemar de Campos “Salvação Poderosa” é o 21o. trabalho do seu ministério

O

Pastor Adhemar de Campos, músi- Os trabalhos com o novo CD começaram em 2005 e co, compositor de mais de 500 can- foi gravado ao vivo em Londrina, com participações ções e versionista de mais de 100, de: Ronaldo Bezerra, Rodrigo Campos e Jonatas cantadas por várias igrejas dentro e Liasch. “Eu tinha dois projetos em andamento. Esse fora do Brasil, como “Grande é o Se- CD era um deles, gravado naquele ano, com o objetinhor”, e pastor auxiliar na Igreja Co- vo de destacar a adoração na sua essência. Fizemos munidade da Graça alguns ensaios, oramos e executamos Naqueles dias estava o trabalho”, comentou Pr. Adhemar. Sede, lançou seu novo CD “Salvação Poderosa”. Esse é o seu 21° traba- forte no coração do Paslho, desde quando começou a gravar tor a ênfase na pessoa Naqueles dias estava forte no corano ano de 1985. e obra de Cristo. “Sem- ção do Pastor a ênfase na pessoa e pre me vi atraído por obra de Cristo. “Sempre me vi atraíA história do pastor confunde-se do por este tema, por isso lia a Bíblia este tema, por isso lia a buscando informações que me inspicom a história da música gospel no Brasil, tanto que na década de 1970 Bíblia buscando infor- rassem e fortalecessem nesse sentiele era um dos únicos produtores de mações que me inspi- do. O resultado está no CD”. cânticos evangélicos, com grande rassem e fortalecessem projeção. É pioneiro em produções O CD possui dez músicas. Uma delas nesse sentido. ao vivo e também tornou-se escritor, O resultado está no CD”. é de autoria do seu filho mais velho com três livros lançados: “Adoração Rodrigo – a letra é um forte apelo ao e Avivamento”, “O Poder da Música a Serviço da compromisso com o Rei Jesus e o Reino, uma versão Adoração” e “Adoração, um Estilo de Vida”. Suas do clássico “Mensagem da Cruz” e as oito restantes músicas e versões marcaram a música gospel na- são do próprio pastor. “Eu gostei de todas as músicas, cional. Hoje é um dos maiores referenciais da mú- mas há uma que me chama muito a atenção: ‘Teus sica cristã do Brasil e recentemente completou 30 sonhos’, porque fala de uma realidade de vida cristã anos de ministério. que desejo experimentar todos os dias”, comentou. 16

REVISTA DA COMUNIDADE


O ambiente ao vivo, as ministrações fortes, as letras, o conteúdo, os temas, a simplicidade dos arranjos e a centralidade em Cristo, para o Pr. Adhemar, fizeram toda a diferença nesse novo trabalho.

A idéia é que através da cruz vemos a salvação que há em Cristo e através do céu temos a esperança de que Ele vai voltar.

REVISTA DA COMUNIDADE

17


por Wagner Fernandes, pr


CAPA

por Carlos Alberto de Quadros Bezerra, pr

O novo ano trás novas oportunidades. Mas há quem queira apagar de vez o ano que passou. Nós, seres humanos, somos assim; desejamos o tempo todo esquecer o que foi ruim. Não há nada de errado nisso. Mas o perigo é ficar olhando para trás e perder de vista a necessidade de se organizar para o futuro; de visualizar o que pode ser bom. Jesus repartiu conosco um fundamento da administração que vale a pena conferir. “Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la? Pois se lançar o alicerce e não for capaz de terminá-la, todos os que a virem rirão dele, dizendo: “Este homem começou a construir e não foi capaz de terminar”. Lucas 14:28 a 30. Com base neste conceito transformador, quero estimular você e toda a sua família a confiar em Deus e colocar no papel alguns alvos para 2011. Ficaremos surpresos com os resultados! 20

REVISTA DA COMUNIDADE


REVISTA DA COMUNIDADE

21


E

stamos no início de um novo ano. Época de termos nossos sonhos renovados, novos projetos estabelecidos e trabalharmos por um futuro melhor. Há quem diga que “quem não planeja, planeja errar”. Precisamos parar e refletir sobre como temos conduzido nossa vida até aqui, e decidir quais mudanças e novas atitudes precisamos tomar para alcançar os objetivos que desejamos. “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.” Jeremias 29.11 Segue abaixo uma maneira simples de colocar no papel as suas expectativas para o ano de 2011.

Projetando 2011

1 2 3

Pegue um caderno, agenda ou folha de papel, lápis, caneta e régua. Coloque no alto da folha o título: Meus Alvos para 2011. Divida com a régua em quatro espaços na vertical com os seguintes subtítulos:

. . . .

Meus Alvos Espirituais Meus Alvos Pessoais Meus Alvos em Família Meus Alvos Financeiros


Alvos Espirituais Representa uma relação de novos desafios no relacionamento com Deus na pessoa do Senhor Jesus Cristo. Exemplos:

. . .

Em 2011 vou ler por 20 minutos todos os dias a minha Bíblia. Orarei todos os dias de manhã com o meu cônjuge.

Representa uma relação de novos desafios nas áreas de conhecimento, física e de relacionamentos afetivos. Exemplos:

. .

Em 2011 vou comprar e ler um livro a cada dois meses.

. .

Farei hidroginástica uma vez por semana.

Farei caminhada pelas manhãs no mínimo de meia hora – segundas, quartas e sextasfeiras.

Toda segunda-feira mandarei um e-mail motivacional para as pessoas que amo.

Alvos em Família Representa uma relação de novos desafios na área familiar. Exemplos:

.

Farei um controle financeiro rígido de todos os meus gastos mês a mês para evitar entrar no limite do cheque especial ou cartões cujo juros são pesados.

4 5

Quando terminar de completar a relação nas áreas específicas, destaque os seus alvos que são mais importantes enumerando-os por ordem de prioridade. Procure realizar e respeitar a ordem que você mesmo estabeleceu. Faça uma oração ao Senhor Deus em nome de Jesus Cristo pedindo-lhe ajuda em seu planejamento, alvos e conquistas.

6

Reveja estes alvos semanalmente e faça os ajustes necessários na medida em que o ano avançar.

7

Na passagem de 2011 para 2012 agradeça ao Senhor pelas realizações e projetos conquistados e apresente novos desafios diante do Senhor para o futuro.

Toda sexta-feira à noite programarei com meu cônjuge um tempo juntos para namorar. As férias com toda a família este ano será uma viagem de sete dias para conhecer a cidade de... Toda semana terei um papo de qualidade com cada um de meus filhos.

Alvos Financeiros Representa todos os desafios de melhoria financeira pessoal e familiar.

.

Farei o curso X ou Y para poder receber uma nova promoção na empresa que trabalho.

Vou me colocar à disposição do meu pastor para ajudá-lo nos desafios da igreja.

Alvos Pessoais

. .

. .

até o final do ano eu tenha um capital de R$ 6.000,00 + juros para que eu possa...

Em 2011 eu farei o possível para fazer uma poupança de R$ 500,00 por mês para que

Deus abençoe sobremaneira a sua vida e a sua família. Nossa oração é que Deus lhe dê muita sabedoria e entendimento para começar e terminar mais um ano na presença do nosso amado Deus. Lembre-se: Deus nos prometeu “estar conosco todos os dias...”.

Feliz Ano Novo! REVISTA DA COMUNIDADE

23


SAÚDE

Cuidados com a pele no verão Dra. Lígia Maria S. Camargo

Você quer ter uma pele por oWagner Fernandes, pr. saudavel ano todo? Cuide agora.

A

pele é o maior órgão do nosso corpo, com características incríveis: em um dia quente, um indivíduo adulto pode produzir mais de 10 litros de suor para ajudar a regular a temperatura do corpo e constantemente produz novas células e descarta as velhas num ritmo de 50.000 células por minuto, além de desempenhar funções importantes como proteger órgãos, fazer a defesa contra germes e permitir o sentido do tato. Portanto vale muito a pena cuidar deste precioso órgão, principalmente no verão devido à maior exposição ao sol. Como a incidência dos raios ultravioleta está mais agressiva no nosso planeta, recomendamos que todas as pessoas, com os mais diversos fototipos de pele, estejam atentas aos seguintes cuidados:

No mundo, um milhão de pessoas desenvolve algum tipo de câncer de pele por ano (fonte: American Cancer Society). Portanto observe o aparecimento de manchas ou pintas suspeitas, seguindo o chamado ABCD das lesões de pele:

24

REVISTA DA COMUNIDADE

Cuidados com a pele

1 2 3 4

Tenha uma boa noite de sono, ao menos 8 horas por dia, para que a pele descanse. Beba bastante líquido durante o dia; é a maneira mais eficiente de hidratar a pele. Use chapéus, camisetas e barracas de algodão ou lona (elas absorvem 50% da radiação ultravioleta, enquanto que nas de náilon 95% ultrapassam este material). Utilize filtros solares todas as manhãs, com fator solar (FPS) no mínimo 15, e reaplique a cada 2 horas no rosto e em todas as áreas do corpo que ficarão expostas à luz (solar ou artificial). Este bom hábito deve começar na infância, já que os efeitos nocivos do sol acumulamse ao longo da vida.


Notando qualquer destas alterações você deve consultar um dermatologista o mais rápido possível.

A B C D

5

Assimetria – uma metade diferente da outra. Bordas irregulares – ou seja, contornos mal definidos.

6

Cor variável – várias cores numa mesma lesão (preta, castanho, branca, avermelhada ou azul). Diâmetro maior que 6 mm.

7

Cuidando bem da sua pele, curta o verão!

Faça limpeza de pele, mesmo se você não usa maquiagem, para eliminar as secreções naturais da pele e os agentes externos, como poluentes. Dê preferência a banhos curtos e mornos sem utilizar sabonetes em excesso, que ressecam a pele e podem irritá-la, evitando esfregá-la com esponjas, e secar suavemente com toalha macia. Passe creme hidratante em até 3 minutos após terminar o banho, pois os poros estarão abertos, tornando a hidratação da pele mais eficaz. As peles secas ou normais devem utilizar cremes específicos. As peles oleosas ou mistas também perdem água e os hidratantes que devem ser utilizados são na forma de gel, gel-creme ou loções cremosa oil-free. Nas peles sensíveis evite produtos que contenham fragrâncias fortes, álcool ou pigmentos artificiais.

8

Tenha uma dieta saudável, rica em fibras e pobre em gorduras.

9

Não fume; há correlação direta entre fumo e danos à pele.

10

Faca um auto-exame de toda a sua pele com a ajuda de espelhos, não esquecendo de examinar as costas e plantas dos pés.

REVISTA DA COMUNIDADE

25


26

REVISTA DA COMUNIDADE


REVISTA DA COMUNIDADE

27


ESPECIAL

As festas dos cristãos eventos significativos Por Wagner Fernandes, pr. por Wagner Fernandes, pr.

“Depois, foram Moisés e Arão e disseram a Faraó: Assim diz o Senhor, Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto”

N

Na edição anterior falamos sobre os valores que perdemos nas festas. Lembramos que o conceito de festa começou com Deus. “Depois, foram Moisés e Arão e disseram a Faraó: Assim diz o Senhor, Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto” Êxodo 5:1. Considerando que as festas existem para comemorar uma determinada conquista, como deixar de fora Aquele que foi responsável direto pelo êxito obtido? Faz parte da cultura bíblica e cristã tributar a Deus a glória devida ao Seu nome (Salmo 29:2). Os filhos de Deus, considerados todos aqueles que se entregaram incondicionalmente a Cristo (João 1:12-13) e ganharam novo coração e nova natureza (Ezequiel 36:26-28; 2 Pedro 1:4), têm um desejo natural de agradar a Deus em tudo (1 Tessalonicenses 4:1); inclusive nas festas que realizam. A partir destes fundamentos iniciais, queremos dar algumas sugestões para a realização de festas sob duas perspectivas: 1. Que exaltem a Deus por Sua bondade; e 2. Que tenham o propósito claro de abençoar os convidados, permitindo que saiam alegres e com um estímulo espiritual para a vida (uma Palavra de Deus; uma mensagem de esperança). 28

REVISTA DA COMUNIDADE

Preparando o ambiente para uma festa Receber pessoas é uma arte; não dá para ser de qualquer jeito, exige cuidados especiais, sensibilidade e amor. Deus ama as pessoas; Ele as criou. A preparação de um ambiente, seja um salão ou mesmo uma casa, requer cuidados.

1

Estabeleça um equilíbrio entre número de convidados e espaço físico disponível (ninguém gosta de ficar num lugar desagradável por falta de espaço e acomodação). Boas festas têm um caráter mais particular; sem multidões. Concentrese nas pessoas mais íntimas e próximas. Elas aproveitarão melhor a festa junto com você. Fora o benefício de gastar menos dinheiro com menos pessoas e mais qualidade.


Jesus afirmou categoricamente que a Palavra de Deus, o conteúdo da Bíblia, é como uma semente. (Confira Lucas 8:5 a 15). No verso 11 Jesus afirma: “... a semente é a Palavra de Deus”. A palavra semente tem relação direta com sêmen (líquido fecundante). Então concluímos que a Palavra de Deus tem capacidade de gerar vida em alguém. O apóstolo Pedro afirmou que fomos gerados de novo pela Palavra (1 Pedro 1:23). O apóstolo Paulo estimulou a linguagem dos cristãos em torno da Palavra: “Falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais” Efésios 5:19. Enquanto a nossa palavra simplesmente comunica alguma coisa, a Palavra de Deus transforma os ouvintes. Considerando a relevância da Palavra de Deus, é fundamental que as pessoas que organizam a festa usem de toda criatividade para que as Escrituras sejam compartilhadas com a pessoa homenageada e também seus convidados. Pode haver um álbum, cartões, ou caderno apropriado para as pessoas oferecem trechos das Escrituras para edificação da pessoa homenageada. Em festas de 15 anos, com os 15 casais de amigos (que devem ser pessoas que marcaram positivamente a vida do aniversariante – cabendo inclusive a participação de gente adulta: uma professora, um médico da família, um pastor, um líder espiritual, etc.), o ambiente é muito propício para a profecia bíblica (afirmar determinada promessa das Escrituras para a pessoa homenageada). Isso vale para chás de bebês, chás de cozinha, bodas, aniversários ou qualquer outra festa. Conceber a Palavra de Deus como item fundamental numa festa é como conceber a presença do próprio Deus na festa. As pessoas serão inevitavelmente abençoadas.

2 3

4 5

6

Opte por um ambiente bem arejado. Precisamos de correntes de ar; ambientes sufocantes espalham vírus e doenças. Faça um convite que já dê o tom da festa. Use um tema. Considerando que tudo que os cristãos fazem visa agradar a Deus, formalize no convite que a festa será de ações de graças por tal acontecimento. O tema da festa (aniversário, bodas, chá de bebê e de cozinha, despedida de solteiro etc.), pode ser um trecho de um versículo bíblico que expresse uma idéia de exaltação ou gratidão a Deus. As pessoas saberão que a festa terá o momento da descontração e também um tempo cerimonial de louvor a Deus. Alguém pode ler um trecho das Escrituras, alguém pode cantar ou tocar uma música cristã e orar para que Deus continue abençoando as pessoas homenageadas. Escolha cores claras para a decoração do ambiente (flores, cartazes, balões, toalhas, objetos, ou tipos infantis), tornam qualquer ambiente muito agradável Use músicas cristãs na festa. Não permita um som muito alto que fira os tímpanos das pessoas ou as impeça de conversar. Há uma infinidade de grupos musicais cristãos de excelente qualidade, tanto nacional como estrangeiro, incluindo músicas infantis. Há diversas opções de CDs ou DVDs para aqueles que têm um projetor de imagens. Evite bebidas alcoólicas na festa. Para muitos isso é inaceitável. Mas este é o padrão cristão para festas. As bebidas alcoólicas em festas aumentaram drasticamente o número de adolescentes e jovens viciados. Milhares de crianças assistem seus pais bebendo e mais tarde desenvolverão o mesmo hábito, podendo chegar ao alcoolismo (a porta de entrada para as drogas). Há casamentos em que os noivos brindam as bodas e os convidados participam com uma taça de champanhe ou vinho. Mas a oferta de bebida o tempo todo pode comprometer

REVISTA DA COMUNIDADE

29


Os encontros de Natal e de Fim de Ano não podem transformar-se em meros encontros de comes-e-bebes; o objetivo deve ser mais sublime. As pessoas precisam ser mais valorizadas; alianças de amizade precisam ser renovadas. Os Amigos Secretos são excelentes oportunidades para reafirmar a nova identidade e destino das pessoas com a afirmação da Palavra de Deus para as pessoas. É inadmissível que tais encontros festivos não privilegiem um tempo de qualidade onde as pessoas possam olhar nos olhos umas das outras e reafirmarem mutuamente o compromisso de amor e serviço para o novo ano.

a festa com a embriaguez das pessoas. A alegria produzida pelo Espírito Santo torna a festa um lugar inesquecível. Já a alegria produzida pela embriaguez cria um ambiente de falsidade e confusão.

7

8

Uma festa com a finalidade de exaltar a Deus e abençoar as pessoas produz um ambiente de encorajamento e esperança. Quem de nós não precisa disso?

Comemorações dos aniversários de casamento Anos Bodas de:

Anos Bodas de:

10

Estanho

30

Pérola

11

Aço

35

Coral

12

Seda

40

Esmeralda

13

Renda

45

Rubi

14

Cobre

50

Ouro

15

Cristal

65

Platina

20

Porcelana

70

Diamante

25

Prata

75

Brilhante

30

REVISTA DA COMUNIDADE

9

Coloque pessoas acolhedoras para recepcionar os convidados. Esta tarefa honrosa pode ficar por conta dos donos da festa ou por pessoas por eles autorizadas. Nem todos têm graça para isso. Pessoas bem recebidas tendem a aproveitar melhor a festa. Quem não gosta de um sorriso, aperto de mão ou abraço acolhedor na entrada de uma festa? Escolha um lugar adequado para acomodar os presentes. Os salões geralmente têm esta prática, mas ela também vale para uma festa realizada em casas ou chácaras. Presentes espalhados por vários lugares podem sugerir desordem e “enfeiar” a festa. Uma pessoa pode ficar responsável por guardar e identificar os presentes com os nomes das pessoas que os trouxeram. Dentro do possível, opte por um cardápio saudável na festa. Lanches frios, sucos, frutas, verduras, legumes, carne branca, sorvete diet, água e refrigerantes de baixa caloria em temperatura agradável. Refrigerante quente estraga qualquer festa.


ANUNCIANTES

REVISTA DA COMUNIDADE

31


ANUNCIANTES

32

REVISTA DA COMUNIDADE


ANUNCIANTES

REVISTA DA COMUNIDADE

33


ANUNCIANTES

CLASSIFICADOS SEGUROS MARLI RAHIJ

ESCOLA DE MÚSICA DESENHO E PINTURA

ESTAMPARIA LÍRIO DOS VALES

Auto, residência, Empresa ,Consorcio e Planos de Saúde. LG N. Sra. do Bom Parto, 74 Tatuapé mrahij@terra.com.br 2097-3068 / 9556-4956

Violão - Guitarra - Teclado Piano - Baixo Bateria e Canto Desenho artístico (Mangá) Pintura em tela 2421- 8526/ 3436- 2094 Guarulhos

Estampamos em geral. Fabricamos mesa corrida. e flash cure 21543669 80419310 David ou Laís estampariarteslv@hotmail. com

ADVOGADO

IVAN SOLUÇÕES IMOBILIÁRIAS

NATURA Produtos Natura pronta entrega. Consultoria de beleza. Atendimento personalizado. Várias opções de presentes. Ligue: (11) 3542-1618 9245 4181 ANDRÉA

JEAN TOCANTINS ADVOGADO Família, Cível, Trabalhista Consultoria Imobiliária Praça da Sé 411, 3ª andar, sala 4 - Centro, SP 3101-1226 - 81503825 80209015 jean_tocantins@yahoo. com.br 34

SHALLON ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE Escrituração: Contábil, processamento de dados R. Jacirendi, 391 Tatuapé/SP 2295 1657 / 2294 4527 Contato: Clóvis

REVISTA DA COMUNIDADE

Irineu Uebara OAB/SP 163871 Civil, Trabalhista, Familiar Direito a serviço daJustiça 11 20812613 Rua Pimenta Bueno, 232 Belenzinho uebaraadvogados@ hotmail.com

Compra, venda, locação? Fale com quem tem experiência e credibilidade 2849-7400 7859-5899 www. ivansolucoesimobiliarias. com.br CRECI 76239


36

REVISTA DA COMUNIDADE


Revista da Comunidade nº 11