Issuu on Google+

B E L O H O R I Z O N T E

P R I M E I R A E D I Ç Ã O

Abril 2012

As empresas pedem que o candidato envie um portfólio antes da entrevista.

Portfólio x Emprego

Portfólio 18

Os Vingadores

A graça do filme está nos personagens e não nos efeitos. Cultura 38

Qualificação

Coneça a seguir os cursos disponíveis no mercado Mercado de Trabalho 22

Designer de Moda

Desenho industrial e artes gráficas dentro da moda. Moda e Design 30

Mídias Sociais

Descubra o poder que elas exercem nos dias atuais. Tecnologia 8


e t n e i d e Exp Jornal RetrôAtivo Edição nº1

Editor Chefe Rangel Sales Projeto Gráfico Anderson Rezende, Dayanne Francielle, Dimas Rosa, João Alves, Lívia Maria, Lucas Starling Impressão Senai - Cecoteg Tiragem 10.000 Exemplares Mensais Distribuição Gratuita Circulação Belo Horizonte e região

O Jornal não se responsabiliza por conceitos, idéias ou opiniões expressas em matérias assinadas ou pagas, por não condizerem com o pensamento deste jornal, contudo, às pública, por serem manifestações da liberdade de expressão e de responsabilidade de quem às escreve.

2

Projeto Gráfico

Rangel Sales( Direção) Anderson Rezende Dayanne Francielle Dimas Rosa João Alves Lívia Marina Lucas Starling

Tecnologia

Alexandre Cunha Jessica Rayane Vanessa Katia Wanderson Pires

Mercado de Trabalho

Cultura

Portfólio

Moda e Design

Débora Printy Geraldo Cabloco Jéssica Neves Kamila Moreno

Cleber Monteiro Renata Alberta Thaís Ailana Wellington Felipe

Heron Braz Karol Oliveira Larissa Miranda Roney Araújo

Bruno Filipe Erick Melo Luísa Carvalho Thiago Meira


o i r á Sum Editorial

A

A notícia como metodologia de ensino

credite. Apesar de não parecerem, as próximas páginas são um mero trabalho escolar. Não que mero seja a melhor palavra a ser utilizada para descrever o resultado apresentado. Fruto da criatividade e da habilidade técnica dos alunos do segundo módulo do Curso Técnico em Comunicação Visual do Senai/Cecoteg de Belo Horizonte, turma TCV-48. O desafio foi mais do que um mero trabalho em grupo, mas sim, produzir uma publicação editorial com acabamento profissional unindo seis equipes e fazê-las colaborar mutuamente. Nesta tarefa não estava em questão quem era o professor ou quem era o aluno, pois seguindo o paradigma contemporâneo da educação, o professor exerce seu papel mediador. Sendo assim, as equipes produziram cada qual de sua maneira seu conteúdo, imbuídas pelo objetivo comum de reproduzir a rotina de trabalho da redação de um jornal. Foram determinadas as editorias cada qual com seu responsável, o que facilitou o diálogo profissional entre as editorias. Todas dependiam de alguma forma da editoria de arte, que ficou responsável por desenvolver o projeto gráfico da publicação, além de supervisionar e orientar o trabalho de diagramação da equipe. Cada equipe foi responsável pela qualidade gráfica e ela exequidade dos cadernos de sua editoria. O sucesso dessa tarefa é de total responsabilidade do empenho e dedicação dos alunos que assumiram o posto de profissionais. E este professor, editor ou mero mediador sente-se extremamente realizado pela oportunidade de transformar sua experiência profissional em uma atividade acadêmica, que por sua vez tornou-se novamente em experiência profissional. Parabéns a todos. O orgulho é pouco para descrever minha satisfação. Rangel Sales Instrutor de Formação Técnica – Senai/Cecoteg

Tecnologia

Portfólio

Mercado de Trabalho

Moda e Design

Cultura

04 12 20 28 36 3


o l o

cn

e T

a i g

Ficatiunt harum destio eati delestotat. Onsequi volupta pel ipis sum inciis mos iunt od molorestiis nusapit qui blant qui dio to incitate volorrore net assimoloris mincte volorpore necerci lictatem dolupta consequam et, sunt aut lab invenda des errore, soluptas molor aut untem endi quodit quid minis dolor sundi ut lita alignation ratem. Neque nobis enecum eicturi buscipidit quatibusant estrum harum rerrovit occullo reprorrum volorende et et moloruptae magnimus prae volupta dunt modignati delenis explit volutem et fugiae niscium et, iducillatur? Porent es que verehendia nihit volupta culpa ne nobis earume omniendi tet ellitame et illam iunt, siminve rnatinciis inci accum latius ulparum fuga. Quiae etus. Nectatiist, consequ aerumqui consequam quos aut lam volut lab iduntes equibus, samus, nus, te simporepuda evercillam, quodis sum ditate pro mos ut eata aut alique as pliquaesto elitem nosam fugiti omnia volorum qui tor aut lam faccaestia di sunt. Nonet harchillatus non cum a velent. Elestruntia que exces ero corrum fugiae nusdam, tet veri con nobitam aut accullandant ad quundi velluptae porporum volut dolorit eateniam fugia il id ut fugiae. Et ullatiisque volupta

4

R E T R Ă” A T I V O

O novo Windows

“O Windows 8 veio para unir PCs, tablets e smartphones.�


A B R I L

2 0 1 2

C

onstruído sobre a base do Windows 7, o 8 consegue inovar sem deixar de lado o carisma e a confiabilidade do sistema anterior.O Windows 8 foi completamente adaptado (ou projetado) para as telas de toque, seu menu de instalação é totalmente visual e vem com botões de navegação. O menu iniciar, com a interface gráfica Metro, ganhou o aspecto das telas iniciais de smartphones. Nela, os botões têm muito mais espaço e podem ser redimensionados. Eles representam um app (aplicativo pequeno de uso específico) ou programa instalado. O novo menu responde bem aos cliques, mas fica evidente que é voltado para telas de toque. Então, quando usamos o mouse, sente-se o desconforto. Os olhos percorrem muito mais a tela, até que um atalho seja localizado. Depois, ainda precisamos levar o cursor do mouse até lá. Algo que fica mais natural com uma tela touch screen, ou seja, sensível ao toque. A nova Área de Trabalho, não apresenta mais o botão com o logotipo do sistema. Apesar da mudança, a manipulação da área continua a mesma. Para chamar o menu Iniciar, basta levar o ponteiro do mouse até o canto direito da tela. Em seguida, é só clicar no botão Start da aba lateral, que aparece com efeito. Ao acionar o Internet Explorer pelo menu Iniciar, ele exibe os sites totalmente em tela inteira. Para colocar um endereço ou mudar as configurações, é só clicar com o botão direito na parte superior ou inferior de sua tela. Mas se você tiver dificuldade em se acostumar ao novo visual,basta seguir até o menu Iniciar, abrir a Área de Trabalho e abrir o Internet Explorer pelo botão localizado na barra do sistema. Desta forma, o navegador abre com o visual que já estamos acostumados. O Windows 8 já traz uma série de apps: para verificar o clima, manipular calendário, armazenar arquivos online, entre outras tarefas. Mas o usuário já tem à disposição a nova Windows Store, onde é possível obter novos apps e jogos. Cada aplicativo possui uma descrição, que informa se é ele é grátis ou pago (aos moldes da App Store e do Android Market).Ao visitar a Windows Store, já é possível encontrar diversos jogos e pequenos aplicativos, todos prontos para instalação. Infelizmente, fechar os apps nem sempre é fácil, porque não há um botão para fechá-lo. A nova versão do Windows 8 impressionou pela leveza dos movimentos, das janelas e demais objetos visuais. Porém, o novo menu Iniciar e as ações do sistema ficaram desconfortáveis para usar com o mouse. Apesar dos problemas, testar o Windows 8 é uma experiência única. Depois de usar arquivos ou chamar a Área de Trabalho, percebemos que ainda estamos num Windows. Mas ao usar apps ou o menu Iniciar; parece ser um sistema totalmente diferente - e que tem futuro.

Pr� e Contras Prós • • • • • •

Mudanças de tela ocorrem com mais naturalidadez; O Internet Explorer ocupa a tela inteira, deixando-a totalmente dedicada para o conteúdo do site; Gerenciador de tarefas informa a conexão consumida pelos programas; É mais fácil jogar, se comunicar e obter aplicativos; Compatível com aplicativos do Windows 7; Detecta drivers de rede sem fio durante a instalação;

Contras • • • • •

Não há mais o menu Iniciar convencional; Alguns Apps só fecham com Alt + F4; A troca de abas precisa de atalhos do teclado. Não pode ser feita pelo mouse; Desconfortável para usar com o mouse; Exige uma conta da Live para entrar no Window;

5


o l o

n c e

T

a i g

R E T R Ô A T I V O

Apresentando Wii U

N

a CES 2012, Nintendo deixa games de lado e mostra ‘experiências’. Recurso permite interagir com vídeo em 360 graus por meio do joystick. A intenção da Nintendo é mostrar como é jogar em duas telas em um console doméstico, algo que deu muito certo com os jogos nas duas telas do Nintendo DS e, agora, no 3DS. O primeiro é o videogame portátil mais vendido de todos os tempos, com mais de 151 milhões de unidades vendidas. O Wii U tem um design muito similar ao Wii. Ele só é um pouco mais comprido e com bordas arredondadas. E conta com um controle no formato de tablet. Ele apresenta duas alavancas analógicas, essenciais para jogos de tiro em primeira pessoa (quando você não vê o personagem, apenas a arma, como se a estivesse segurando). Além disso, há dois botões de ombro, dois gatilhos, os tradicionais botões de ação, 4 deles, e um direcional digital. A tela sensível ao toque é o diferencial. Com ela, o jogador pode interagir diretamente com o jogo, realizando alguma ação nela, até acessar diferentes informações. De olho na telinha Este foi o foco da primeira “experiência” com o Wii U. O jogo consistia em 3 amigos em um labirinto e um quarto, munido do controle-tablet, que tinha que fugir deles. O jogador em fuga não olha para a televisão e, sim, para a tela do joystick, que mostra o mapa do labirinto e onde estão os adversários, além de apresentar uma pequena tela de jogo. Os outros gamers usam Wii Remotes, controles do Wii original que são compatíveis com o Wii U, para caçá-lo. Embora seja um game muito curto, é bastante divertido jogar em equipe para caçar o fugitivo, uma vez que os jogadores são obrigados a conversar e se ajudar para vencer a partida.

6


A B R I L

2 0 1 2

Nintendo pretende, com seu novo console Wii U, superar o sucesso de vendas de seu antecessor Wii.

Ao jogar como quem foge, a experiência muda bastante. Ver a posição dos adversários ajuda e dá uma agonia grande vê-los se aproximando. Vence quem pegar o fugitivo dentro do tempo determinado. Num segundo teste foi apresentado um game de tiro em terceira pessoa, com a câmera mostrando o personagem pelas costas. Quem jogava com o Wii Remote e a extensão Nunchuck tinha que caçar uma nave espacial que voava pelo cenário repleto de obstáculos do usuário que tinha o controle-tablet. Nada muito diferente do que já foi visto em games do Wii. Entretanto, ao jogar como a nave usando o novo joystick, o resultado é muito mais interessante. Somado ao fato de ter que usar as duas alavancas analógicas para fazer a nave andar para frente e para trás, para a direita e para a esquerda e para cima e para baixo, era necessário girar o controle para os lados para movimentar a câmera e a mira para atacar os outros jogadores tudo isso visualizando a imagem do jogo na tela sensível ao toque do controle. É muito mais difícil controlar um game desta maneira mas, ainda assim, é uma tarefa que permite uma interação maior com o jogo. 360 graus A terceira experiência foi a mais interessante em termos de tecnologia, já que não se tratava de um jogo. Foi colocado um vídeo na tela em que parecia que se estava andando em cima de um carro do serviço Street View, dos mapas do Google. Enquanto o vídeo era reproduzido, no controle aparecia a mesma imagem, com a dife-

rença de que, ao girar o periférico para os lados, a câmera se movia 360 graus. Era possível, ainda, ampliar a imagem para ver detalhes como nomes de ruas ou pressionar um botão para ver o que acontecia nas “costas” do usuário. A aplicação é bastante interessante e pode ser usada tanto para o uso no Street View, por exemplo, ou para algo ainda mais grandioso. Pense em assistir a um filme que teve cenas gravadas com a câmera de 360 graus. Em uma batalha, por exemplo, o espectador teria a opção de ver a cena por outros ângulos diretamente na tela do tablet, apenas movimentando-o para os lados, para cima e para baixo. Ainda é incerto se Nintendo vai mesmo lançar o Wii U em 2012. Mas ela está tomando todo o cuidado para tornar inéditas as “experiências”

de seu novo console. Se continuar neste caminho e continuar usando a mesma criatividade vista em alguns jogos do Wii, o novo aparelho já tem meio caminho andado para ser bem recebido. A E3, feira que acontece entre 5 e 7 de junho em Los Angeles, nos Estados Unidos, terá o lançamento do console da Nintendo Wii U, afirmou a empresa. O anúncio do console virá acompanhado por mais detalhes de mais um número da franquia Super Mario Bros, jogo horizontal que levou o encanador italiano até a fama.Os fãs, que aguardam ansiosos, terão algumas dúvidas sanadas no evento, exemplo é o poder do console. Muitos dizem que o Wii U terá gráficos menos poderosos que Xbox 360 e Playstation 3, que já estão no mercado.

7


o l o

cn

Te

a i g

R E T R Ô A T I V O

O poder das mídias sociais

H

oje, poder acompanhar todo e qualquer comentário gerado nas mídias sociais é bom para qualquer empresa. Afinal, assim como uma marca pode ser promovida, também pode se tornar vulnerável por meio do conteúdo dessas páginas. Todas ou quase todas as empresas estão nas redes sociais, diretamente ou indiretamente, por tanto, monitorar informações é fundamental. Surge então a questão: Sim ou não às redes sociais?

Ficatiunt harum destio eati delestotat. Onsequi volupta pel ipis sum inciis mos iunt od molorestiis nusapit qui blant qui dio to incitate volorrore net assimoloris mincte volorpore necerci lictatem dolupta consequam et, sunt aut lab invenda des errore, soluptas molor aut untem endi quodit quid minis dolor sundi ut lita alignation ratem. Neque nobis enecum eicturi buscipidit quatibusant estrum harum rerrovit occullo reprorrum volorende et et moloruptae magnimus prae volupta dunt modignati delenis explit volutem et fugiae niscium et, iducillatur? Porent es que verehendia nihit volupta culpa ne nobis earume omniendi tet ellitame et illam iunt, siminve rnatinciis inci accum latius ulparum fuga. Quiae etus. Nectatiist, consequ aerumqui consequam quos aut lam volut lab iduntes equibus, samus, nus, te simporepuda evercillam, quodis sum ditate pro mos ut eata aut alique as pliquaesto elitem nosam fugiti omnia volorum qui tor aut lam faccaestia di sunt. Nonet harchillatus non cum a velent. Elestruntia que exces ero corrum fugiae nusdam, tet veri con nobitam aut accullandant ad quundi velluptae porporum volut dolorit eateniam fugia il id ut fugiae. Et ullatiisque volupta

8

Apesar de muito se falar nessa questão, ainda há uma grande confusão sobre como utilizar as mídias sociais a favor de uma organização. Para a maioria, basta criar uma conta corporativa no Twitter e está resolvido. No entanto, o marketing nas mídias sociais vai muito além. Ele pode ser dividido em dois grupos de atividades: o gerenciamento da presença nas mídias sociais, onde estabelecemos o quê e como a empresa deve falar com o mercado nessas plataformas, e o monitoramento, que controla o que o mercado está falando sobre a companhia. Esses dois grupos de atividades são completamente distintos e independentes. Mesmo que sua empresa não queira estar presente nas mídias sociais, os internautas irão falar sobre ela. Fechar os olhos para o que está sendo dito é uma decisão muito perigosa. Por isso, as companhias devem fazer as duas coisas. Ao gerenciar a presença, deve-se definir uma estratégia para fazer parte da conversa dos usuários, de preferência, criando ações que permitam que os próprios usuários disseminem conteúdo positivo sobre a sua marca. Já no monitoramento, o foco é ouvir e agir para corrigir problemas de processos internos e, eventualmente, intervir junto ao cliente muito rapidamente. Essas práticas vêm se mostrando muito eficientes não somente para estabelecer um con-


A B R I L

2 0 1 2

Mesmo que sua empresa não queira estar presente nas mídias sociais, os internautas irão falar sobre ela

tato mais próximo com os clientes, como se tornou uma ferramenta certeira de mensuração do perfil de seu público. O Social Media Monitor, novo monitor de mídias sociais criado pela Chleba Agência Digital, otimiza o mapeamento dessas informações, enquanto possibilita análises por diversos ângulos. O foco é auxiliar as companhias na melhoria contínua de seus processos e na elaboração de estratégias de marketing cada vez mais direcionadas, baseado nos resultados pesquisados. Todas as informações geradas no Twitter, Google Blog Search, Google News, YouTube, Yahoo Respostas, Flickr, e Facebook, Blogs e até mesmo no site Reclame Aqui podem ser literalmente escaneadas e analisadas pelo Social Media Monitor. Dentre as vantagens desta ferramenta está a organização dos dados por meio de filtros que podem desconsiderar ou promover as citações em manifestações. Estas podem ser classificadas por tipo (positivo ou negativo), por categoria (relato de insatisfação, comprometimento de imagem, etc), grau de importância (alto, médio, baixo) e se requer intervenção ou não. Além disso, é possível acessar relatórios instantâneos de todo e qualquer movimento na conta do usuário da Social Media Monitor e baixar o Cubo de Dados, que permite a análise dos dados em planilhas dinâmicas do Excel. Entre os fatores que podem ser identificados pelo monitoramento das mídias sociais estão as falhas nos processos de atendimento a clientes ou em produtos, avaliação do impacto positivo

de elogios, identificação de melhorias nos produtos e serviços através das informações postadas pelos internautas e até a identificação de clientes potenciais. Por exemplo, se um cliente fizer um post no Twitter reclamando do prazo de entrega de uma loja virtual, o lojista pode informá-lo sobre o status do pedido e dar um benefício pela inconveniência do atraso. Com esta conduta, há uma boa chance do cliente postar um comentário positivo sobre a atitude da empresa. Para o mercado, em especial empresas com produtos e serviços de consumo em massa, é mais do que necessário monitorar as mídias sociais. Em primeiro lugar, para a identificação de indícios que a permita adequar seus processos e produtos de forma contínua de forma muito mais ágil do que por meio de pesquisas. Em segundo, para identificar crises ainda em fase inicial e, por fim, para intervir rapidamente e solucionar problemas de clientes insatisfeitos.

9


a

o n c

i g lo

Te

R E T R Ô A T I V O

Android e iOS x Windows Phone

A plataforma chegou para competir com iPhones e Androids, já estabelecidos no mercado há algum tempo.

A

s interfaces de iPhones e Androids são bastante parecidas: ícones pequenos que podem ser organizados a gosto do usuário.No iPhone é possível criar pastas para agrupar os aplicativos de uma mesma categoria e não há muito mistério no uso. No Android,legais são os fundos de tela animados. Nos dois casos, os sistemas de vídeo, mapas e buscas são alimentados pelo Google. A história muda bastante no Windows Phone: blocos maiores substituem a maioria dos ícones. A interface Ficatiunt da plataforma harum da destio Microsoft eati delestotat. é também mais intuitiva Onsequi e diferente volupta de pel tudoipis quesum já vimos inciis em mossmariunt tphones. Os mapasnusapit e pesquisas providos pelotoBing, od molorestiis qui são blant qui dio inconcorrente diretonet do Google. citate volorrore assimoloris mincte volorpore No quesito os Androidset,fisunt cam um necerci lictatemdesempenho, dolupta consequam aut pouquinho para Isso porque enquanto é um lab invenda destrás. errore, soluptas moloriPhone aut untem endi quodit quid minis dolor sundi ut lita alignation ratem. Neque nobis enecum eicturi buscipidit quatibusant estrum harum rerrovit occullo reprorrum volorende et et moloruptae magnimus prae volupta dunt modignati delenis explit volutem et fugiae niscium et, iducillatur? Porent es que verehendia nihit volupta culpa ne nobis earume omniendi tet ellitame et illam iunt, siminve rnatinciis inci accum latius ulparum fuga. Quiae etus. Nectatiist, e acordo consequ com umaerumqui relatório da empresa consequam Iboquos aut lam ovolut iduntes samus, pe NetRatings, Brasil lab fechou o ano equibus, de 2011 com 79,9 milhões nus, te simporepuda de pessoas comevercillam, acesso à internet. quodis sum Isso inclui ditate procomo mos ut eata auttrabalho, alique asescolas, pliquaesto eliteme locais domicílios, lan houses nosamlocais. fugiti omnia volorum qui tor aut lam facoutros caestia O número di sunt.representa um crescimento de 2% em Nonet harchillatus nondecum a velent. relação ao terceiro trimestre 2011, de 8% sobre o Elestruntia que2010 exces eromilhões), corrum efugiae mesmo período em (73,9 de 19%nusem dam, tet veri(67,5 con milhões). nobitamOs autambientes accullandant ad relação a 2009 casa e traquundi velluptae porporum volutpela dolorit eatebalho foram os principais responsáveis expansão do niamdefugia il id utnofugiae. Et2011. ullatiisque volupta total internautas Brasil em

só – e estamos falando do último modelo, o 4S – existem centenas de aparelhos Android, feitos por dezenas de empresas, cada um com seu hardware, quantidade de memória, processador gráfico e tudo mais. E, como essa velocidade depende tanto do sistema operacional quanto da qualidade do aparelho usado, não há como garantir o melhor desempenho em todos os aparelhos. Para completar, vários testes independentes comprovaram que o processador A5 do iPhone 4S é mais rápido do que qualquer Android... Como a Apple controla tanto o hardware quanto o software, a integração é perfeita. Ao que tudo indica, o pessoal da Microsoft resolveu seguir caminho parecido ao da Apple. O principal objetivo da Apple e da Microsoft em fazer algo mais fechado é garantirem que o usuário vai ter a função de telefone sem-

pre disponível, vai ter o celular funcionando da maneira que ele espera que funcione, sem que o desenvolvedor possa chegar lá e deletar as coisas aleatoriamente.

Internet no Brasil

País fechou o ano de 2011 com 79,9 milhões de pessoas com acesso à web, incluindo domicílios, trabalho, escolas, lan houses e outros locais

D

10

O uso da internet em casa ou no local de trabalho também se manteve em crescimento em 2012. No primeiro trimestre, o acesso nestes dois ambientes atingiu 66 milhões de pessoas. Destas, com acesso, 48,7 milhões foram usuárias ativas em fevereiro - um aumento de 18% sobre o montante de fevereiro de 2011 (41,4 milhões). Considerando somente o acesso residencial, o total chegou a 62,6 milhões. Dessas pessoas com acesso domiciliar, 39,7 milhões utilizaram a web diariamente em fevereiro de 2012. O crescimento foi de 18% sobre os 33,7 milhões de fevereiro de 2011 e de 40% sobre

os 28,6 milhões de fevereiro de 2010. Isso se dá pela expansão do número de pessoas com mais banda larga. Segundo a NetRatings, em dois anos, a quantidade de usuários ativos com mais de 2 Mbps cresceu mais de 300% no Brasil. A faixa de banda larga mais popular entre os brasileiros é a que vai entre 512 Kbps até 2 Mbps, utilizada por 45% dos usuários. Na sequência, aparece a faixa de 2 a 8 Mbps, utilizada por 27% dos internautas, seguida da faixa de 128 a 512 Kbps, utilizada por 13% de quem se conecta à web.


A B R I L

2 0 1 2

O que é Cloud Computing A realidade sobre cloud computing pode parecer apenas misteriosa. Antes de entrar nesta fronteira nebulosa em TI, é importante separar sensacionalismo de realidade.

C

loud. O nome faz lembrar as imagens de uma névoa obscura sempre fora do nosso alcance. A realidade sobre cloud computing pode parecer apenas misteriosa. Antes de entrar nesta fronteira nebulosa em TI, é importante separar sensacionalismo de realidade. Cloud computing é uma ferramenta poderosa e importante para os negócios de hoje mas, assim como qualquer ferramenta, deve ser usada corretamente para oferecer seus reais benefícios, levará tempo para entender completamente os riscos e benefícios associados à cloud, desafiar as suposições comuns e percepções incorretas, e tomar decisões com base em informações que beneficiem suas organizações e clientes. Embora provedores tenham melhorado a segurança de dados e a privacidade consideravelmente desde o começo, preocupações persistentes sobre acessos de dados proprietários, localização e transferência continuam a limitar sua adoção distribuída. A flexibilidade do sistema em geral é outra preocupação com clouds públicas. Adicionalmente, apagões em vários provedores de cloud provavelmente são razões suficientes para desencorajar alguns negócios que dependem de disponibilidade de rede fixa para sobrevivência. Se a sua empresa mudar para um provedor cloud externo, o risco de um apagão simplesmente é transferido de seu data center para o do provedor. A única mudança é o controle. Em seu data center próprio, você controla a infraestrutura e disponibilidade de sua rede e dados. Este

controle, é claro, traz consigo diversos problemas de propriedade e responsabilidade que podem ter sido um fator da mudança para cloud em primeiro lugar. O controle significa responsabilidade, e a carga de responsabilidade por garantir a disponibilidade de rede é algo que alguns gerentes de TI prefeririam não ser responsáveis. Se você muda para cloud, o controle da proteção da infraestrutura de seus dados é transferido para o provedor cloud. É importante revisar o registro de disponibilidade do data center do provedor e a infraestrutura de TI antes de fazer a mudança. É bem possível que a infraestrutura do data center provedor seja mais robusta do que a sua, mas pesquise antes de mudar para garantir a ideal integridade, responsabilidade e fortes acordos relacionados aos níveis de serviços. Se a sua organização optar por cloud privada, pode ganhar uma medida de proteção de falhas de servidor único, mas o dano causado por um apagão total de data center continua sendo destruidor. Manter uma infraestrutura robusta de resfriamento e energia é critico para suportar uma cloud privada e o gerenciamento da infraestrutura e monitoramento do data center torna-se ainda mais crítico. Finalmente, é importante lembrar que simplesmente mudar para cloud não elimina a preocupação com o downtime ou com o dano que um

“Cloud computing é uma ferramenta poderosa e importante para os negócios de hoje ...”

apagão pode causar aos seus negócios. Os clientes lembrarão da sua falha de rede e não do fato de que a falha foi culpa de seu provedor cloud. Este é um argumento comum para a adoção de cloud, mas dependendo das aplicações que você planeja suportar com a cloud, isso pode ou não ser verdade. Pelo menos a curto prazo, é provável que uma transição para cloud seja muito trabalhosa. Os negócios que mudam para esse modelo de trabalho fazem isso para atender uma necessidade específica e alavancar recursos anteriormente indisponíveis (especialmente servidores) que, por meio da cloud, estão disponíveis por demanda. Mas adaptar serviços cloud às necessidades específicas de seu negócio requer uma transferência de cultura que pode ser difícil de gerenciar. Mesmo quando a configuração é adequada, classificar o que pode e o que não pode ser mudado para cloud é um processo que demanda tempo. O aumento da eficiência operacional pode ser a luz no fim do túnel, mas não é um túnel curto. Não há dúvidas a respeito de economias de custo que podem ser atingidas por meio da adoção de cloud. Utilizadas de maneira correta, as economias parecem prováveis mas, como sempre, são os detalhes que fazem a diferença.

“... deve ser usada corretamente para oferecer seus reais benefícios...” 11


o i l ó

tr f

o P

Nick name: Anjo. Nessa matéria conheceremos um pouco sobre esse respeitado ilustrador belorizontino

12

R E T R Ô A T I V O

Sérgio Luiz Rum am volorum nihicte officab il modigen ditibus quissint endis non cusdam doluptaque dis iume sitiatur, volo tem etur, consed unt.Diu et vit conesenium destia quodienatus, noni et vigite ta num aur ad in nonfing ulture pere aucerestricupio


A B R I L

2 0 1 2

Quem é o “Anjo”

N

Ra sant arum quo quodi optae et quis renimet volorer iossunt imporit iaspernatur? Igenihic tem de sinihil mil intius ulpa parum que sim venis maximaio magnatat doluptam inullenda quiandusa quas natur alique pa delessi odi dera comnis ex ex eium nemporum invenimet alias pore nem ipidunt que magnis ab is volori doloribus, vellabo. Nam, officil iquatas ese nis asperist, to omnimai onsendam re et ipsuntio que volor aut eaquibus soluptum rem eatur, tem a doluptatur, ipsant, eatur alitiuntiume nestotaspiet vel mos neturehent. Opti conse repersperro estessi nctat. Tibus non et magnisi taturen imporepel ex est prore, corerfe riberunt, nem diati odi audae volore, ut ipiciis magnatiumque nonsequ aessequ

F

izemos um bate bola com o ilustrador passando – lhe algumas perguntas sobre sua vida profissional e sua visão sobre a ilustração nos dias de hoje. Quando você percebeu que desenhar para você deixou de ser brincadeira e virou coisa séria? Não sei, sempre levei desenho muito a sério, sempre quis buscar evolução. Quais suas influências e inspirações? Anfonse Molinne, Akira Toryama, Hayaou Myazaki, Paolo Eleoteri Sirpieri, Manara, Kenishi Sonoda, é muita gente kkkk. Tudo, minha liberdade me permite. Quais materiais você usa? Tudo, minha liberdade me permite. Desde de café integral a barro.

atasimos andiam ameniti re vellam, quam qui con rectios amus et liquatium re simolor eprovidem rem quiassi non nullati andunt. Epudis etum eos quia illorpos aut andelitas voluptaquos exceat lat esti doluptat accaes alis pelibusamet ius sim aruptat apit, cor sitiis veniant volo cus nim verspel idesequi solum intur sus et aut aut que nonsequiae. Ut am si temo magnihillor alit, sumquae endanda dolorro et dollat. Me dolum que natum reces volupta quamendi unto dolor as dem quae in nobis est, comnihilis re pro volorep erist, omnis reperia quaeperum ea volupiscipis quam sincia es mod essi aliquia ssimi, samus in nienis quo mostium quam fuga. Ut hariore odi doluptae pore dolenectia dent, quaspero

Qual o estilo do seus traços e por que escolheu esse? Já estudei vários estilos, tenho certa facilidade de migrar para qualquer traço, mas hoje minha veia é mangá e graffiti. Sobre a Fábrica dos Sonhos... A Fábrica dos Sonhos no início era uma crew de graffiti, mas foi se passando o tempo e sentimos a necessidade de algo mais. Viramos assim um ponto de cultura voltado para quadrinhos ilustrações e graffiti. Um grupo interessado a passar informação de qualidade para interessados em geral. Quais seus animes e desenhos favoritos? A lista é muito grande mas as obras do Gibli são um caso a parte.

ascido em Belo Horizonte Sérgio Luiz, o Anjo, vem se destacando desde pequeno com suas ilustrações estilo mangá e es dolenectam eium hit ele aut éommolor iatempo no seus grafites. Hoje muito respeitado reperum eum nemineiro seni offiparticipando cto int la cenário cultural e expondo seus trabalhos em vários eventos. Sérgio foi um dos membros do extinto fan clube Tomodachi, fan clube formado por fans de anime e cultura japonesa, lá ele já se destacava pelos seus traços no mangá. Mais tarde ele criou a escola de quadrinhos Fábrica dos Sonhos que participa anualmente dos eventos de anime que vem se multiplicando em Belo Horizonte.

Você acha que a tecnologia vai exterminar as artes feitas no papel? Grandes designers hoje da atualidade, tem um conceito foda de desenhos e artes plásticas, então se você quiser fazer um diferencial na área TEM QUE SABER DESENHAR E DOMINAR. E não se ensina a máquina a desenhar.

13


o i l ó

R E T R Ô A T I V O

tr f

o P

Rum am volorum nihicte officab il modigen ditibus quissint endis non cusdam doluptaque dis iume sitiatur, volo tem etur, consed unt.Diu et vit conesenium destia quodienatus, noni et vigite ta num aur ad in nonfing ulture pere aucerestricupio

Daniel Silva De fotos sensuais à infantis, conheça um pouco dos trabalhos de Daniel José Rodrigues, um jovem e talentoso fotógrafo mineiro.

14


A B R I L

2 0 1 2

Quem é o “Anjo”

N

Ra sant arum quo quodi optae et quis renimet volorer iossunt imporit iaspernatur? Igenihic tem de sinihil mil intius ulpa parum que sim venis maximaio magnatat doluptam inullenda quiandusa quas natur alique pa delessi odi dera comnis ex ex eium nemporum invenimet alias pore nem ipidunt que magnis ab is volori doloribus, vellabo. Nam, officil iquatas ese nis asperist, to omnimai onsendam re et ipsuntio que volor aut eaquibus soluptum rem eatur, tem a doluptatur, ipsant, eatur alitiuntiume nestotaspiet vel mos neturehent. Opti conse repersperro estessi nctat. Tibus non et magnisi taturen imporepel ex est prore, corerfe riberunt, nem diati odi audae volore, ut ipiciis magnatiumque nonsequ aessequ

S

ua história na fotografia começou há quase 2 anos atrás , em setembro de 2010, quando finalmente comprou sua primeira câmera , depois de juntar a grana necessária pôde realizar esse sonho, pois sempre teve essa vocação. Ficou um tempo só praticando, desenvolvendo as técnicas e aprendendo-a aos poucos, chamava suas amigas pra fotografar e assim já ia pegando jeito para dirigir uma sessão fotográfica. Depois de quase um ano começou a divulgar que estava fotografando festas e fazendo coberturas em eventos menores, ia a festas que reuniam os jovens e assim ia divulgando aos poucos o seu trabalho, sempre postando as fotos na internet...

atasimos andiam ameniti re vellam, quam qui con rectios amus et liquatium re simolor eprovidem rem quiassi non nullati andunt. Epudis etum eos quia illorpos aut andelitas voluptaquos exceat lat esti doluptat accaes alis pelibusamet ius sim aruptat apit, cor sitiis veniant volo cus nim verspel idesequi solum intur sus et aut aut que nonsequiae. Ut am si temo magnihillor alit, sumquae endanda dolorro et dollat. Me dolum que natum reces volupta quamendi unto dolor as dem quae in nobis est, comnihilis re pro volorep erist, omnis reperia quaeperum ea volupiscipis quam sincia es mod essi aliquia ssimi, samus in nienis quo mostium quam fuga. Ut hariore odi doluptae pore dolenectia dent, quaspero

Logo se desligou do emprego e começou a se dedicar em tempo integral à fotografia, com um dinheiro que juntou montou o seu estúdio, com o nome de Estúdio DS que é a abreviação de Daniel Silva, ele que começou em sua casa mesmo, depois passou pra casa da sua irmã que virou sua sócia, ela com o investimento financeiro e ele com a habilidade fotográfica. Hoje quando está quase completando 2 anos de fotografia já conseguiu levar o seu estúdio para o centro da cidade de Congonhas, com o apoio do seu irmão, começando assim mais uma nova etapa. E agora saiu um pouco da divulgação na internet e começo a investir em panfletos e anúncios em rádio, atingindo assim um público que ainda não conhecia.

ascido em Belo Horizonte Sérgio Luiz, o Anjo, vem se destacando desde pequeno com suas ilustrações estilo mangá e es dolenectam eium hit ele aut éommolor iatempo no seus grafites. Hoje muito respeitado reperum eum nemineiro seni offiparticipando cto int la cenário cultural e expondo seus trabalhos em vários eventos. Sérgio foi um dos membros do extinto fan clube Tomodachi, fan clube formado por fans de anime e cultura japonesa, lá ele já se destacava pelos seus traços no mangá. Mais tarde ele criou a escola de quadrinhos Fábrica dos Sonhos que participa anualmente dos eventos de anime que vem se multiplicando em Belo Horizonte.

“E graças a Deus vai dando resultado. Espero poder em breve estar registrando os melhores acontecimentos da vida de cada um... Com inovação sempre, em busca de criatividade e é claro profissionalismo”.

15


o i l fó

t r o

P

R E T R Ô A T I V O

Dicas sobre portfólio

Jogue fora seu currículo. Esqueça o currículo mesmo que online. Com um bom portfólio ninguém vai querer saber se você estudou na faculdade X ou Y, nem se você fez curso de inglês, muito menos o número do seu RG (tem gente que ainda põe isso). O selecionador vai se concentrar no que pode fazer por ele. No lugar disso faça um resumo do seu perfil em cinco ou seis linhas, pense como o Twitter, onde 140 caracteres bastam para mandar uma mensagem. 2ª Não seja pato. É uma regra das boas agências não contratar profissionais patos. O pato é um dos poucos animais da natureza que sabem andar, nadar e voar, de revista, de vídeo, de web e afins por incrível que pareça vai ter menos chance no mercado. O melhor é se es-

16

pecializar naquilo que você melhor se encaixa. Se mesmo assim você insistir nesta idiotice eclética por necessidade financeira faça portfólios diferentes em sites diferentes onde quem visita um não tem como saber da existência do outro. Por exemplo, Ilustração, Design, Publicidade, etc. 3ª Tenha senso crítico. Coloque no seu portfólio apenas as melhores peças que você foi capaz de produzir. Tudo bem que você passou noites em claro fazendo esses materiais e quando prontos são como um filho para você, mas nem todos nascem com a sua cara, ou a cara de como você quer parecer, então esconda o teste de DNA e negue qualquer envolvimento, diga que é filho do cliente. Aliás, se o cliente aprovou provavelmente não serve para seu portfólio. Todos bons designers e publicitários tem 80% a 100% de seus


A B R I L

2 0 1 2

6 dicas que te ajudarão a criar e divulgar seu portfólio para o mercado de trabalho

portfólios formados por peças fantasmas, por que você quer ser diferente? 4ª Não basta ser fantasma, tem que causar espanto. Esta é a regra que todo mundo quer, que é a de fazer as melhores peças. Não existe uma fórmula ou um segredo para se fazer um bom portfólio. O que existe é muito trabalho, dedicação, tentativas e muitos erros. Só assim você poderá chegar a algum resultado. Não plageie, mas você pode buscar inspiração em sites ou blogs especializados. Assuntos Criativos (lógico), Choco La Design, Marketing na Cozinha, Design on the Ro-

cks, Ads of the World,Puta Sacada, Bem Legaus, Caligraffiti, Espaço, Design in Box, Design Blog. 5ª Como apresentar online? A não ser que você seja web designer, você não tem obrigação nenhuma de ter o site mais bonito da web.Você pode usar álbuns simples de fotos como o Picasa ou o Flickr. Não aconselhável o uso de blogs. Eles têm a vantagem do selecionador poder assinar o RSS (o que quase nunca acontece), mas pecam pelo layout. Se optar pelo blog busque templates mais bonitos e bem feitos. 6ª Poupe o tempo do selecionador. Provavelmente o selecionador também será seu futuro diretor de arte e o que ele menos quer

é um subalterno que o faça perder tempo. Como ele é um cara ocupado com tantos jobs em sua mesa, clientes te dando dor de cabeça e uma lista de portfólios para ver em sua caixa de entrada. Mostre que você é direto e prático desde antes dele te conhecer. Faça um portfólio objetivo com apenas 10 a 15 peças. Estas regras ainda são fazer as alterações acima e enviar novamente.

17


o i l fó

t r o

P

T

R E T R Ô A T I V O

Portfólio x emprego

er qualificações e trabalhar em grandes empresas são importantes para conseguir o emprego ideal. Mas as companhias pedem cada vez mais que o candidato comprove sua experiência na área. Por isso, profissionais de diversas áreas estão montando portfólios com exemplos de seus trabalhos com o objetivo de se diferenciar durante um processo de seleção. Na hora de montar um portfólio, é importante destacar os melhores projetos. Segundo Ângela Valéria, gerente do site de busca de empregos Carreira Fashion, em especial nas áreas de criação é bem muito apresentar os projetos que realizou. “As empresas pedem que o candidato envie um portfólio antes da entrevista, junto com o currículo. É o melhor material para mostrar seu estilo de trabalho.”

18

Segundo Luciano Tarde, coordenador do curso de pós-graduação em design estratégico da Escola Superior de Propaganda e Marketing do Rio de Janeiro (Espm-RJ), o portfólio é importante para avaliar a trajetória do profissional na área. “O recrutador vai analisar tanto sua experiência como seus potenciais. Se é um profissional de recursos humanos, ele não tem como avaliar seus projetos, mas como você montou o seu portfólio, seus potenciais.” Por isso, é fundamental que o profissional também coloque suas habilidades como pessoa, pois a imagem também será avaliada. Segundo Gabriel França, diretor de criação da agência de publicidade Grupo Scama, é comum as empresas se depararem com candidatos com formações parecidas, que acabam tendo um desempenho parecido também nas entrevistas. “Os recrutadores


A B R I L

2 0 1 2

“Você pode fazer uma apresentação em papel ou virtual. Mas em qualquer das opções é fundamental saber quais os projetos relevantes que devem ser mostrados e o modo como apresentá-los. O portfólio também passa a imagem da pessoa”

precisam ver um pouco mais. Saber como aquele profissional trabalha e o que é capaz de fazer.” Além disso, a importância do portfólio vem crescendo com o fato de que hoje as pessoas mudam de emprego mais rapidamente. “Os profissionais ficam em média dois anos em uma empresa. Com isso, muitas vezes pessoas de 30 anos já passaram por pelo menos cinco lugares. Elas têm um leque maior de projetos. O portfólio ajuda a apresentar seus diferentes conhecimentos e experiências”, afirma Ângela. No currículo, o profissional lista as empresas pelas quais já passou e o que fez em cada uma. Mas muitas pessoas não conseguem colocar isso

no currículo de forma objetiva. “Assim, começa a surgir à necessidade de algo que conte seus projetos mais importantes”, afirma Ângela. Montar um portfólio é uma forma de conseguir entender um pouco qual é a real produção daquela pessoa. “A própria montagem já mostra algum tipo de capacidade seletiva, se ela sabe escolher quais os melhores projetos para colocar na apresentação”, destaca França. Alguns itens são essenciais em um portfólio: melhores trabalhos, informações para contato, fotos dos projetos – no caso de arquitetos, designers e engenheiros –, breves descrições do que realizou e textos elaborados pelo profissional,

para profissões como jornalismo ou outras relacionadas à escrita. As apresentações podem ser feitas tanto em Power Point – no caso de haver ilustrações – como também em formato de texto, apenas descrevendo todos os projetos. “Você pode fazer uma apresentação em papel ou virtual. Mas em qualquer das opções é fundamental saber quais os projetos relevantes que devem ser mostrados e o modo como apresentá-los. O portfólio também passa a imagem da pessoa”, destaca Ângela.

19


de

R E T R Ô A T I V O

o o d a lh c er aba M r T

O crescimento do Mercado At magni ommolor ibeario ipiciae nemolor estrum harum fugit ut pro berore con core, sunti saeperchit fuga. Volupta tquost, aut porecto tatusa cumquas cus es ditin rem rest int pro quam, que volupta ssequi quo maio. Nam repel mi, optaquid eum aut quae nos dolores eius undandi tempor autemos eosam culparc hictota eaquo eume voluptatet enda qui debis apiet fugit voluptat vendellandia venis essit peritat ut earum rat voluptatios as magnist, aut estisint.

O Brasil é o terceiro país, atrás do Japão e Índia, no ranking Eperum quatet ium quidenti res que que aborda a atdifi culdade con plibus, aut eosse volorae eaquae doluptas re de contratação de mão-deque pliquiae explaut quatur re nusam qui nisque rehentem harchic iendist oreptat eceritis dolupta -obra qualificada.

20


A B R I L

A

o longo da década passada, a economia brasileira passou por uma série de transformações, com reflexos no funcionamento do mercado de trabalho. O país iniciou a década inaugurando um processo de abertura comercial, que se consolidaria com a adoção do Plano Real. Abandonava-se o modelo econômico anterior, pautado na substituição de importações, para se adotar uma estratégia “internacionalista” de desenvolvimento, voltada à integração competitiva da economia brasileira à economia internacional, após décadas de elevado protecionismo, predominando a visão de que a abertura econômica proporcionaria ganhos em termos de eficiência produtiva, crescimento econômico e bem-estar. A economia brasileira tem passado por constante transformaçőes. Portanto, conhecer e acompanhar o movimentos que orientam estas mudanças é de suma importância no sentido de desenvolver mecanismos através do quais se possa avançar para um melhor aprimoramento da condiçőes de vida dentro do País. Importante também se fa conhecer as diferenças regionais dentro do território brasileiro. O Brasil é o terceiro país, atrás do Japão e Índia, no ranking que aborda a dificuldade de contratação de mão-de-obra qualificada. Um em cada três empresários brasileiros está sentindo essa falta de profissionais, sobretudo os de nível técnico, operários, engenheiros, assistentes administrativos, secretárias, motoristas, contadores, TI, mecânicos e vendedores. Para driblarem o problema, algumas empresas vêm investindo em universidades corporativas para formarem seus empregados. Em 2011, cerca de 40% do total de novas vagas de emprego criadas no Brasil estão em São Paulo, com 119 133 deles criados só em Abril. Além da Capital, Campinas e Bauru também se destacam nessa oferta de trabalho. A maioria dos postos é preenchida por trabalhadores de até 29 anos, com ensino médio e cujo salário médio é de R$ 1100,00. Os setores mais dinâmicos na geração de empregos são a indústria de transformação, agricultura, pecuária, exrativismo, pesca, transporte, armazenamento e correios .

2 0 1 2

Em 2011,cerca de 40% do total de novas vagas de emprego criadas no Brasil estão em São Paulo.

sedo, Cat, noc reme in deris? Mulessit, inteatus, se nihil habem probut arena, conitiam in se et nonem, Ti. Ondi perdisquem de iam uteat. Enimus constil tam plicion publice teri ine esuli sent? quo manum orum il consus, vatempervis. Vali in vitrur locutelius in re audeatus, nonstortus num is, nostratum tatasti milibunt omaior haequisquem furbisu ltodiis pon hilis sente audam oporarei pro, consica econdeps, consult oriontemquam menterferfec mei iam Romnit; esim aus, Catat, cae pernir publicio es At vicuris, nena, qua dentil viverfit, nost nocaeto nost? Ex sesulintrum publis sin det ne am nos At publis. Otiam te poena, Catu se paritam diisse inam num in spio iam in intrae rena, nosti, norae aret Catiam te, senditati, capere fit, furo acte pat L. Aximil hossult udelice ropublius. medest vatabut De Catum octussentere cutuam omnesfato,ponihi, uma pesquisa da Asap indica que 8 solum pes10consultum hoctum es ori, consumpara em cada funcionários recebem proposta rebus moddeademprego, nimus mulla Ti. To mudarem masnita, só cerca demus, 25%nidecarum imiurei cri conferu aritela nemus les saem, o que indica a dervirt preocupação das emcum presasopubliu com assenihi retenção libuspe de talentos, redees aturorbis por meio de vius, iliem, reais egit? de Opici inePere lab açõescontil comohostant os aumentos salário, ou seja, com índices acima da inflação. Portanto, o desemprego está em baixa (de 12,1 para cerca de 6,3%), e as contratações com carteira assinada, em alta. Outra novidade do mercado de trabalho brasileiro é a expansão das contratações de pessoas acima dos 47 anos de idade. Por outro lado, o Governo teme que os maiores salários impliquem aumento da inflação.

in repudanienem ad quia voluptur simagna.

21


R E T R Ô A T I V O

e d o o d ca alh r e ab M r T

Qualificação O

profissional em Design Gráfico busca soluções para problemas específicos do ser humano, considerando-o a figura principal da sua abordagem. O designer cria objetos numa linguagem caracterizada pela diferenciação e identificação baseadas num determinado propósito, levando em conta as necessidades dos consumidores segundo aspectos sócio-culturais e sócio-econômicos do contexto. O design gráfico é uma atividade técnica, intelectual e criativa que se relaciona não apenas com a produção de imagens, mas também com a análise de problemas de comunicação e com a organização e os métodos para apresentação de soluções visuais.

Este profissional é preparado para desenvolver projetos em áreas de atuação diversas relacionadas ao design gráfico tais como projetos gráficos editoriais, identidade coorporativa, tipografia, interfaces gráficas, projetos de sinalização, material promocional, embalagens e websites, entre outros.

Conheça

a seguir

os tipos de cursos

de design

disponíveis no mercado 22


A B R I L

2 0 1 2

O designer cria objetos numa linguagem caracterizada pela diferenciação e identificação baseadas num determinado propósito, levando em conta as necessidades dos consumidores segundo aspectos sócio-culturais e sócio-econômicos do contexto.

NÍVEL SUPERIOR - Bacharelado Duração média de 4 anos, com apresentação de Trabalho de conclusão de curso(TCC). O curso de bacharelado em Design pode oferecer habilitações em Design gráfico, Marketing, Design industrial ou Web design. O currículo abrange disciplinas como ergonomia, história, desenho técnico e artístico, mercadologia, sociologia, modelagem, comunicação visual, editoração eletrônica e fotografia, entre outras. O curso de Design gráfico pode aparecer também, em algumas instituições, com uma habilitação do curso de Artes visuais, sendo que outros cursos, como Arquitetura e Urbanismo, Artes Plásticas, Produção Editorial ou Desenho Industrial, também oferecem formação para a atuação nesta área.

NÍVEL SUPERIOR - Tecnólogo Duração entre 2 e 4 anos. Os cursos tecnológicos na área de Design Gráfico são: Artes Gráficas, Artes Plásticas, Design do Produto e Internet. O currículo básico é composto por disciplinas nas áreas de estética, sociologia, história da arte, informática aplicada, comunicação visual, desenho técnico e artístico, metodologia e psicologia aplicada. Dependendo da área de concentração de estudos, os cursos englobam disciplinas mais específicas, como design do produto e tecnologia de materiais, para o curso de Design do Produto; cenografia e figurino para o tecnólogo em Artes Plásticas; editoração eletrônica e tratamento de imagens para o curso de Artes Gráficas.

NÍVEL MÉDIO - Curso Técnico Duração de 1 a 2 anos. Os cursos técnicos na área de Design Gráfico se apresentam mais como uma especialização, pois o aluno deve estar cursando ou já ter concluído o ensino médio. Existem vários cursos que oferecem habilitações em áreas correlatas do Design Gráfico, entre eles podemos citar: Técnico em Produção Digital – Web e Multimídia, Técnico em Produção Gráfica e o Técnico em Design Gráfico, propriamente dito.

23


e d o o d ca alh r e ab M r T

R E T R Ô A T I V O

Freelancers

V

ocê ja se sentiu curioso para saber como é o dia-a-dia de um designer produtivo? Pois bem, abaixo está um exemplo da agenda de um profissional freelancer, que sabe dividir seu tempo de maneira inteligente. Veja e se inspire:

9:00

Hora de acordar. Temos um dia longo pela frente. Freelancer ou não, a rotina matinal precisa ser saudável. Tomar um café da manhã reforçado ajuda a engatar o cérebro na segunda marcha, assim como um bom banho e uma higiene corporal básica. Talvez não seja má idéia um pouco de exercício físico também, faz seu cérebro liberar os químicos certos, ajuda na oxigenação do sangue e no geral contribui para uma vida mais saudável. Verificar e-mail antes de sair da cama, jamais! Não existe motivo para se estressar logo cedo antes de fazer sua rotina matinal.

24

10:00

Estamos bem acordados? Perfeito. Hora de pegar uma xícara de café, ligar o computador e verificar os e-mails. É neste momento que você suspira: são 40 e-mails não lidos. Por sorte, 10 são mensagens de spam que você pode deletar imediatamente, mais ainda restam 30 e-mails de atuais clientes, clientes futuros e antigos clientes. Comece pelo mais antigo (aquele cliente que manda e-mail as 2 da manhã e outro as 4, te questionando por que você ainda não respondeu o primeiro – dormir pra quê, né?). Se o e-mail pode ser resolvido em 5 minutos, faça a tarefa agora. Caso demore mais, adicione uma tarefa na sua lista de afazeres e, se quiser, responda apenas ao cliente que você vai resolver esse problema ainda hoje (só para ele ficar tranquilo que você recebeu a mensagem). Vá fazendo este processo com cada e-mail. Dá pra resolver em 5 minutos? Faça agora. Não dá? Adicione na lista de tarefas. O e-mail não é do seu departamento ou é um serviço que outra pessoa faz? Delegue o trabalho.

11:00

Hora de fechar o seu e-mail e se concentrar na lista de tarefas. Fechar o e-mail é importante, pois não vai tirar a sua atenção do trabalho que você precisa fazer agora. Você só vai verificar se chegou novas mensagens mais tarde. Se você trabalha com telefone, veja se outra pessoa pode atender para informar que você está ocupado. Quanto menos interrupções você tiver na próxima hora, mais produtivo você será. Na sua lista de tarefas, ordene todas da mais importante para a menos importante (ou seja, aquela tarefa que pode esperar até o final da tarde para ser feita). Depois, ordene as tarefas de acordo com o tempo que vão levar pra fazer e da dificuldade em fazê-las. Eu prefiro sempre deixar as mais chatas (porém mais rápidas) no topo da lista pra acabar logo com elas. Isso vai de cada designer. Com isto feito, hora de trabalhar. Pessoalmente, gosto da técnica Pomodoro – 25 minutos de trabalho (chamado de “um pomodoro”), pausa de 5 minutos e a cada 4 “pomodoros”, uma pausa maior de 15 a 30 minutos até acabar aquela tarefa.


A B R I L

12:00

Pausa obrigatória para o almoço. Mesmo se você não estiver com muita fome, prefira comer algo mais leve – como frutas ou sementes. Aliás, mesmo se estiver morrendo de fome, não vá se empanturrar para não dar aquela “leseira pós-almoço” – assim o seu cérebro não vai querer que você durma enquanto ele digere a comida pesada que você comeu. Se possível, não coma na frente do computador. Saia no sol – e se estiver chovendo, pelo menos levante e vá comer em outro lugar. Caminhe um pouco pelo escritório, atualize seu Twitter, Facebook ou o que quiser. Relaxe.

13:00

Hora de voltar a trabalhar. Feche suas redes sociais e abra o seu e-mail para ver se mais algo chegou. Repita o processo que você fez de manhã. Novas tarefas devem ser adicionadas ao fim da lista para que você não prejudique os clientes da parte da manhã.

14:00

2 0 1 2

De volta para a lista de tarefas. Precisa desenvolver um logo novo? Abra o briefing do cliente, pegue um papel e lápis e rascunhe novas idéias. Gostou de uma idéia? Procure outra. Achou 10 idéias fantásticas, vá eliminando algumas que não seguem o briefing (ou que você não saberia como defender na apresentação final). Abre Illustrator, vetoriza tudo, cria a apresentação, pensa numa boa defesa, releia, corrija, espere o Illustrator travar, comece a rezar para que você tenha salvo, abra novamente, dê graças a Odin que você salvou, exporte em PDF e prepare o e-mail para o cliente. Desenvolver um site? Briefing, lápis e papel, wireframe, apagar, outro wireframe, apagar, wireframe ideal, Photoshop, criar interface, apagar, voltar pro lápis e papel, criar outro wireframe, Photoshop de novo, criar interface, colocar conteúdo fictício, xingar o cliente pois ele mandou o logo com tamanho de 100 por 50 pixels dentro de um arquivo do Word, mandar e-mail educado pro cliente pedindo o logo em formato vetorial com 300 dpi, xingar o micreiro que criou aquele logo horrível que vai destruir o seu layout, deixar o Photoshop travar…e por aí vai. Resumindo: trabalhe.

17:00

Tá na hora de verificar novamente o e-mail, separar o que pode ser feito ainda hoje do que deve ir pra lista de tarefas de amanhã. E depois disto, hora de voltar ao trabalho. E-mails que vierem depois deste horário são dos clientes que ou acham que você não faz nada mais da vida além de trabalhar, ou que sabe que ele não vai receber resposta até amanhã de manhã.

20:00

Ninguém é de ferro. Após 10 horas de trabalho, está na hora de dar uma descansada – assumindo que aquele layout que é pra amanhã já foi feito. Virar a noite trabalhando nunca é uma boa idéia, mas as vezes é necessário e por isto já escrevi sobre como virar a noite e ainda manter-se produtivo. E lembre-se: se você está virando a noite com muita frequencia, está na hora de rever sua política de preços e de trabalho.

22:00

Imaginei que você ía pular o meu conselho de descansar. Mas tudo bem. Já são 12 horas de trabalho, e chega por hoje. Desta vez, estou falando sério. Saia da frente do computador, vá ler um livro ou adote um hobby. Dê um tempo para o seu cérebro descansar e te dar uma boa noite de sono. E uma dica mega-importante: sob hipótese nenhuma verifique os seus e-mails ou atenda o telefone neste horário. Apesar de ser um designer, você é um ser humano.

25


e d o o d a lh c er aba M r T

R E T R Ô A T I V O

Dicas que você precisa Sim, é uma vida instável: Um mês você pode estar trabalhando feito condenado, no próximo você pode estar mendigando por trabalho. Isso é perfeitamente normal. Por isso, sempre guarde uns 10%-25% do que você ganhar em uma poupança para aquele mês onde o trabalho é escasso e as contas são muitas. Se conseguir um cliente, mantenha-o: No mundo do marketing, custa cinco vezes mais adquirir um cliente novo do que manter um já existente. Você precisa ter paciência e boa educação com seus clientes novos, além de puxar o saco. Um cliente chato que paga bem, ainda é um cliente que paga bem. Clientes que pagam pouco trazem prejuízos: Se você trabalha 10 horas por um cliente que te paga o equivalente a trabalhar por 5 horas, arranje uma desculpa e livre-se dele ou suba seu preço. Trabalhar de mais e ganhar de menos traz sérios prejuízos. Corra atrás: O freelancer é o profissional que mais corre atrás das coisas, especialmente de clientes. Você que vai ter que ir em eventos, entregar seu cartão a quem parece estar interessado, correr atrás de clientes com um mau design e convencer ele de contratar você como um novo designer. Acredite: seu mês vai ser dividido em dois: metade para fazer os trabalhos, a outra metade para correr atrás de novos trabalhos.

26


A B R I L

2 0 1 2

saber sobre a vida freelancer Agora que você sabe como é a vida de freelancer, é hora de começar a trabalhar. Mas por onde começar? O que você precisa ter? Aonde procurar por trabalho? Tenha um portfólio: Seja um arquivo .pdf, um blog, um página de Flickr ou DeviantArt. Qualquer lugar onde você possa hospedar seus trabalhos. Não adianta você ser o melhor do mundo se você não demonstra que é. Tenha contatos: Contatos são a coisa mais valiosa no mundo hoje em dia. Se você conhece alguém que conhece outro que precisa de uma peça gráfica, fale com seu conhecido para arranjar um encontro. Informe a todos seus conhecidos sobre o que você faz. Eventualmente, alguém que precise de algo vai acabar sabendo de você. Faça-se conhecido: Participe de fóruns, blogs, grupos de discussão, eventos, etc. Faça seu nome uma marca. Não há sensação melhor do que você chegar para um futuro cliente, se apresentar e ele dizer “Conheço teu nome de algum lugar…”. Faça as pessoas lembrarem do seu nome. Seja criativo para isso.

Networking... valioso Networking é importante: Isso é quase o mesmo do que “tenha contatos”. Mas isso é ter contato com outros freelancers na sua área. Não é raro de um freelancer receber várias ofertas de trabalhos e não conseguir fazer todos, então muitas vezes ele terá que repassar o trabalho a outra pessoa. Você pode ser essa outra pessoa. Tenha um bom contrato: Saiba como fazer um bom contrato. Existem milhares de modelos na web, é só procurar. O contrato é o que vai garantir o seu trabalho e a honestidade do seu cliente. Saiba tarifar de acordo: É complicado chegar a um preço bom, mas já escrevi dois artigos sobre isso aqui: “Quanto cobrar” e “Cobrar por hora ou cobrar valor fixo?“. Leituras recomendadas. Esses são os pontos importantes a se levar em conta na vida freelancer. Existem muitas outras coisas, mas você aprende isso com o tempo (errar faz parte).

Entenda e faça entender o que você faz: Explique para as pessoas o que é design, diga porque você é bom nisso. Acredite que você é o mehor; as pessoas são influenciadas pelas opiniões de outras, então possivelmente eles vão acabar achando também que você é o melhor.

27


e e a a oMdod iiggnn M eess DD

R E T R Ô A T I V O

Designer de moda Cecília Lima “Meu maior desafio ainda é ser vista com mais respeito pelas pessoas que não são do meio”

28


A AB BR RI IL L DDE E 2 20 01 12 2

F

ormada em Design e Negócios da Moda e pós-graduada em Jornalismo de Moda e estilo de Vida. Antes de se envolver com a moda cursou a faculdade de Letras onde adquiriu o hábito de leitura e a paixão pela arte e a escrita. Cecília cursou ainda Relações Públicas onde se aprofundou na teoria da comunicação e nas relações humanas. Mas sua verdadeira paixão sempre foi a moda, contudo morando em Recife não houve a oportunidade de estudar academicamente esse tema. Chegando em São Paulo em 2002 dedicou-se a moda de corpo e alma, e hoje diz que conseguiu conciliar tudo que aprendeu em uma única área. Hoje Cecília leciona em uma escola de moda, formando profissionais de consultoria de imagem, também conhecido como. Personal Stylist, é também colunista regular do Site da Sigbol Fashion. Além de contribuir com diversas publicações e sites de moda, presta consultoria de imagem para empresas, realizando palestras, workshops e cursos.Seu projeto mais recente e ousado é sem

P

ara as meninas, vestidinhos mais soltos com silhueta em A e camisetas tipo bata podem ser complementados por ponchos nos dias mais frios. Os casacos nessa coleção estão mais compridos, na altura dos vestidos. Outra novidade para as meninas são as malhas e tricôs em efeito degradê, atingindo um efeito sombreado.Já para os meninos, os looks são valorizados pelas golas e decotes diferenciados, que tomam uma forma mais quadrada. Na parte de baixo, o xadrez aparece em destaque, assim como os Cardigans. As calças jogger, com inspiração no universo esportivo, são trazidas para um momento mais urbano e apresentam conforto adicional. Casacos e parkas são

dúvida o portal de Jornalismo de Moda que está formatando junto com sua sócia, Carla Palmieri,o site contemplará uma TV ON DEMAND. O endereço eletrônico Closetonline, é todo um espaço voltado para um público que trabalha ou estuda moda. O que faz um designer de moda? Como é o seu dia-a-dia? Bem essa é uma pergunta difícil, um dos mitos de se formar em Design de Moda é que todos costumam achar que você é um estilista ou apenas um profissional de criação. No programa no qual sou produtora executiva o Closet, tratamos de desmistificar isso, pois existem muitas profissões ligadas à moda e a maioria delas não necessariamente na área de desenvolvimento de produto. Então uma pessoa formada em moda pode atuar, no desenvolvimento, no comercio, na produção ou na divulgação de um produto de moda. Eu por exemplo, sou professora, atuo como jornalista, produtora e consultora de imagem,

além de um monte de outras funções que acabo agregando por causa do programa. Meu dia-a-dia não tem rotina, uma coisa peculiar de quem trabalha com moda é ausência de rotina para alguns é ótimo, outros não conseguem conciliar tão bem, às vezes estou na frente do computador até as quatro da manhã, terminando uma pauta, uma palestra ou uma aula. Qual foi seu maior desafio na profissão? Na verdade meu maior desafio ainda é ser vista com mais respeito pelas pessoas que não são do meio, muitos ainda acham que passo o dia preocupa em harmonizar um “look” e esquecem todo o processo que envolve esse setor, além de toda parte criativa e por que não dizer artística as pessoas esquecem que através das suas roupas podemos contar a historia da humanidade e até mesmo analisar seu comportamento, que mesmo aqueles que são avessos a moda de alguma forma estão emitindo uma opinião e manifestando um posição, isso acontece o tempo todo na historia da humanidade.

Green by Missako As cores vermelho, �ul e amarelo estão em destaque nessa temporada.

os complementos perfeitos para quando os termômetros caírem.A malharia presente na coleção de inverno 2012 foi trabalhada como tecido plano, e por isso apresenta um acabamento mais primoroso. Outra novidade são as jaquetas que contém PET reciclado em sua composição. Calças jeans com liocel contribuem para o conforto e mobilidade das crianças.Entre os acessórios novos estão os cachecóis em formato de circulo, sem abertura, facilitando assim a utilização pelos pequenos. Os oxfords para as meninas aparecem com uma barra em T no peito do pé, proporcionando estabilidade e conforto.As cores vermelho, azul e amarelo estão em destaque nessa temporada.

29


e a od ign M es D

R E T R Ô A T I V O

Designer de moda O

designer de moda é o profissional que usa suas habilidades, imaginação e criação gráfica para a confecção de desenhos modelo nas mais diversas áreas, como roupas, acessórios, decoração, etc. Esses profissionais mantém suas experiências pessoais como referências que agregam valor as suas criações e interferências nos processos criativos ou produtivos, a partir da junção de conceitos, gostos, sensibilidade, tendências, conhecimentos, embasamentos científicos e muita técnica. Sua busca deve transpor os limites do mundo fashion, abrangendo pesquisas nas mais variadas áreas, de maneira globalizada. Diferentemente de um estilista - profissional que lida com o mercado e com a marca a ser atribuída às peças confeccionadas - o designer de moda é o fornecedor de material para a composição de desfiles, de ambientes decorativos, etc.

30


A B R I L

D E

2 0 1 2

“Especialista que trabalha com desenho industrial e artes gráficas dentro do universo da moda”

Quais as características necessárias para ser um designer de moda? • liderança • criatividade • ser pesquisador • saber trabalhar em equipe • ter habilidades manuais • conhecimento da anatomia humana • ser conhecedor da história da arte • observar de comportamentos Qual a formação necessária para ser um designer de moda? Hoje as faculdades e escolas de ensino técnico propõem vários cursos de Moda e Design que podem ter duração de 2 a 4 anos. As disciplinas como história da arte, modelagem, corte e costura etc, podem contribuir e aprimorar muito as habilidades natas de cada designer. Após o término dos cursos superiores, existem os cursos de especialização, que distinguem as variações entre design de moda, gráfico, industrial, etc. É fundamental para um bom designer o conhecimento das metodologias de pesquisa, tecnologias e processos, principalmente de modelagem e costura, para que possa estar sempre aprimorando suas habilidades e percepções, voltadas para o desenvolvimento dentro do mercado atual. Não apenas do produto, mas com as interfaces do ambiente de trabalho, estruturas, métodos, materiais, decoração, embalagem, podendo interferir até na fase de projeção no mercado, mídia, marketing e publicidade.

Principais atividades O designer de moda pode atuar em diversas atividades, como na própria confecção de novos modelos direcionados à desfiles ou venda, e também na produção terceirizada, ou seja, fabricação de roupagem para outras marcas e/ou empresas. O designer deve procurar os tecidos, fabricá-los, vendê-los ou reproduzi-los. Numa ordem lógica dos procedimentos da confecção, o designer atribui: • procura do tecido ou material • desenho e criação de modelos • corte e costura (no caso de roupas) • Áreas de atuação e especialidades O designer pode atuar nas seguintes áreas: Ateliês de alta costura: participando de todo o processo de produção de uma peça de roupa e acessório, desde o corte até o acabamento final. Pesquisa • pesquisas de público alvo • pesquisas de mercado • pesquisas de tendências mundiais e locais • pesquisa de tecidos e estamparia Desenvolvimento e criação • desenvolvimento de produtos • desenvolvimento de estampas • desenvolvimento de etiquetas • desenvolvimento de embalagens • criação de novas marcas e logotipos

31


e a od ign M es D

R E T R Ô A T I V O

Fabricação • fabricação de roupas • fabricação de acessórios Produção • produção de desfiles • produção de catálogos • produção de banners • produção de “looks” para comerciais • produção de vitrines e lojas Mercado de trabalho Há grande crescimento de mercado para um profissional de design de moda, uma vez que a demanda por produtos relacionados ao mundo da moda cresceu progressivamente nos últimos anos. Atualmente, como o profissional não atua somente na produção de roupas, a procura para se ter um designer de moda é cada vez maior. Apesar da concorrência acentuada, um designer pode facilmente se destacar dos outros

32

profissionais pela criatividade. O mercado tem procurado profissionais que tenham bastante prática, por isso estar sempre em contato com a profissão é muito importante. Curiosidades O assentamento de Çatalhüyük, na Anatólia, datada de 6700 anos a.C (porção asiática da Turquia e européia da Trácia), é a primeira comunidade que se tem registros sobre o modo como as mulheres exerciam maior influência do que os homens, no papel de “dona de casa”. Esse povoamento dava grande importância à moda, de acordo com as jóias de cobre e chumbo, os tecidos coloridos, as fivelas de cintos e os tapetes ricamente adornados e manufaturados usados por eles. Além disso, os humanos se cobriam com peles de animais para se proteger do frio e, com o tempo, essa roupagem se tornou símbolo de poder e status.


A B R I L

A evolução desses adornos deu origem ao que vemos nas civilizações do Egito, Grécia e Roma antigos, com roupas leves e soltas, adequadas ao ambiente e à temperatura. Os acessórios e jóias eram feitos de ouro, cobre ou chumbo, conseguidos nos leitos dos rios. Durante o período Bizantino de ocupação, a nobreza se distinguia por utilizar a cor roxa, que derivava de um pigmento especial e raro, que somente o alto poder tinha poder de aquisição. Os plebeus eram caracterizados pela cor azul, que era conseguido através do álcool exeplido na uréia humana. É durante a Idade Média que surgem produtos para clarear e colorir a pele das mulheres, o que hoje é conhecido como base para pele e batom. O século subseqüente caracterizou-se por uso de espartilhos nas mulheres, com a visão e obejtivo de atraente para os homens. Era muito comum, também, o uso da peruca branca, por parte da nobreza e do clero, e a peruca colorida,

D E

2 0 1 2

geralmente castanha, para os burgueses. As classes abastadas não utilizavam esses acessórios. O século XX começou com uma concepção de estilo completamente diferente, e, com o advento da Revolução Industiral inglesa no final do século XIX, as tendências e modelos passaram a ter grande influência internacional em todos os níveis, e a mudança de estilos passou a decorrer de década para década - não mais de século para século, ou período histórico. Introduziu-se uma maquiagem mais forte, roupas um pouco mais decotadas e menos proibitivas às mulheres. Nas décadas que sobrevieram, a moda continuou exercendo seu papel sobre a sociedade, mas, voltava-se também para o mercado de criação/ exposição de marcas e tendências, não necessariamente adeptas pela população fora das passarelas. As roupas continuaram sendo utilizadas como forma de beleza e status mas, também, como maneira de identificação de personalidade e estilo pessoal.

33


e a od ign M es D

R E T R Ô A T I V O

Design no esporte

O jogo de camisa e calção da Nike, úmido ou seco, é mais leve do que as versões anteriores.

N

ike Elite 51 é o nome do novo uniforme do Super Bowl que possui um sistema de vestuário completamente integrado. As principais característicasdo uniforme são: Mais leve: O jogo de camisa e calção da Nike, úmido ou seco, é mais leve do que as versões anteriores; Tecnologia flywire: Elimina camadas, reduz o peso e proporciona caimento perfeito; Ventilação de malha localizada: Provê zonas de resfriamento para proporcionar uma ótima termorregulação; Resistência localizada: Material elástico de alta tenacidade, para caimento leve e resistente;

Corte Proporciona mais mobilidade: Materiais elásticos e hidrofóbicos de quatro vias proporcionam maior liberdade de movimentos quando úmidos ou secos; Tecido confotável de lycra para todos os números: Tecido elástico de quatro vias compatível com o sistema de numeração; Estofo com camada Básica customizável: Camada básica Nike Pro Combat Hyperstrong com estofo Deflex leve e integrado, oferece proteção flexível e customizável; Estofo de flex: Proteção contra impactos leves e flexíveis integrada às áreas superiores mais vulneráveis a choques.

Novos uniformes do Super Bowl

Garotas �pográficas

A cada mês, uma de suas mulheres ilustradas apresenta uma tipografia, sendo que os caracteres são ancorados pela inicial de seus nomes.

“S

ão 12 fontes que você precisa conhecer. 12 tipografias que fizeram história. E que ninguém seria demitido ao usá-las no trabalho. 12 garotas que irão te apresentar a esse mundo maravilhoso”. É mais ou menos assim que o ilustrador italiano Simone Massoni apresenta sua série Chicks & Types, que é um calendário para deixar 2012 mais apimentado. A cada mês, uma de suas mulheres ilustradas apresenta uma tipografia, sendo que os caracteres são ancorados pela inicial de seus nomes.

34

Massoni, que é um designer visual independente, e que começou a carreira como ilustrador infantil, apresenta a cada mês uma de suas garotas com uma tipografia, sendo que cada um dos caracteres é ancorado pela inicial de seus nomes. Cada tipo (DIN, Avant Garde, Rockwell, Helvetica e Bickham são apenas alguns dos exemplos) tem sua própria personalidade e suas próprias curvas sensuais. Não é fácil acabar se apaixonando por um diferente a cada semana ... Falando sobre os tipos de letra, é claro.

Chicks and Types


A B R I L

D E

2 0 1 2

Design com moda

A arte gerada pela junção dos segmentos moda e design chega ao alcance da sociedade. The Mountain Não é segredo para fashionista algum que a “The Mountain” é uma das mais famosas marcas de camisetas. Com estampas sempre muito originais, a marca ganhou o mundo e hoje é sinônimo de qualidade e beleza. A novidade são as T-shirts com efeito em três dimensões, que mostram o rosto de animais selvagens como se estivessem saindo do corpo de quem as usa. Porquinhos, leões, pets, cães ferozes, gorilas, dinossauros, tubarões, elefantes, são muitas as opções a escolher. As camisetas THE MOUNTAIN possuem um acabamento com costura dupla reforçada, em tecido 100% algodão. Depois do tingimento elas são lavadas e secas, para chegarem até o consumidor final confortáveis e prontas para usar. Esse processo único tira a cor da pintura da camiseta e deixa apenas a cor da tinta, colorindo o algodão em sua essência. Produtos químicos nocivos ao corpo não são utilizados.

Camiseta Monstro A bL33n Store é famosa por suas camisetas diferenciadas. Uma das suas modas são essas camisetas que tem rostos de monstros desenhados na parte interna da camiseta, transparecendo no lado de fora dela quando você usa. Mas o mais legal é que você pode levantar a camiseta e colocá-la no rosto como uma máscara. Mouth Man O design das camisetas Mouth Man é único e patenteado. Cada peça é estampada com tintas eco-friendly de quatro cores, para acentuar os detalhes dos grafismos, o tecido é esporte,100% poliéster reciclado, e ainda recebe um acabamento com fator de proteção ultravioleta de 50+. Vejam que legal essa linha de moletons e camisetas de uma marca chamada Mouth Man! A estampa no peito troca de sentido quando as pessoas que vestem cruzam os braços, revelando outra coisa

The Mountains

Camiseta Monstro

Mouth Man

35


a r u

R E T R Ô A T I V O

t l u

C

L� Herman� At magni ommolor ibeario ipiciae nemolor estrum harum fugit ut pro berore con core, sunti saeperchit fuga. Volupta tquost, aut porecto tatusa cumquas cus es ditin rem rest int pro quam, que volupta ssequi quo maio. Nam repel mi, optaquid eum aut quae nos dolores eius undandi tempor autemos eosam culparc hictota eaquo eume voluptatet enda qui debis apiet fugit voluptat vendellandia venis essit peritat ut earum rat voluptatios as magnist, aut estisint. Eperum at quatet ium quidenti res que con plibus, aut eosse volorae eaquae doluptas re que pliquiae explaut quatur re nusam qui nisque rehentem harchic iendist oreptat eceritis dolupta qui dolorep tatiist et quatis re is quat qui dolore adi cum, quis nimus rerum remporest, od molor

36

adi similluptam facerum eum fugiae. Equo berate rem que velenia ndicaes ectur? Asperci enitincium et laciatiae sim cor sincipsantur mi, odi cum aliquun tiorum nus adigenient, quia nem est aut adis eris qui ressed qui si de nulparchicim nos denditi orpost volore qui ditat rem. Itatet ommolup tation repelibuscit fugit quam fuga. Itatecto occatem dolorum faccus mintio omniscias vellestinis estiae magnationsed qui dolupta tiuribus, omnimpor alitior eperupt atenis aut optur alit, quid eumquatque nonsequi officit, ium num ea quoditaquiat ad quas ipsum quiaecti od mo tem aturibus, et ut quaerumqui consed es eum quaecti adis ipici consequodi idem aut aspeliquid molore, si odisci ium dolorum harum quam ea pa num rerumque sunda de quo quisUlessinc fac tem dessolus.

A turnê que passará por onze cidades chega à Belo Horizonte no dia 19 de maio, em um show comemorativo aos 15 anos do início do grupo.


A B R I L

2 0 1 2

P

ara a alegria dos fãs, a banda Los alguns sorrisos Brasil afora que anuncio: 2012 Hermanos anunciou a volta aos palcos em 2012! será ano de turnê dos Los Hermanos! A turnê que passará por onze cidades chega à Belo Estamos realmente muito felizes por ter Horizonte no dia 19 de maio, e promete matar a conseguido viabilizar isto, sobretudo no ano em saudade do público em show comemorativo aos que comemoramos um evento tão signifcativo.” 15 anos do início do grupo.A A Banda formada por banda Atus poentelum faz dupla apresentação morte, nosteris. em “Tocar Ti. Bus, num com � Herman� Marcelo Camelo, Rodrigo convolus ad rene dem iam erfecerei sendetis, vis, BH me epublis. sobe aoPublist palco do esidees Chevrolet mo vidinatus pata Amarante, Brunopubli Medina dit? Anum et? Verbesc erteri ingulica in e é lavar sempre” ad const? Equons nosmaio. senaturo pres pubia alma Hall nos dias 19 efur, 20 de Barba temL. causado diorum obsenatis cieRodrigo et, ellaben aritraet LesA publicae turnê ni terá caeinício a rei fi em caesis Recife, hil ta vitravo, ut esin frisson es entre os fãs desde suli citiferbit, quam nossum vis, que acienihino sedo,Festival Cat, noc “Abril reme pro in deris? Rock” Mulessit,Rodrigo inteatus, Amarante o occi anúncio da novaienintea turnê. lis eo, Catilnes auctum ius bonvocc dia se nihil 20 de habem abril,probut e segue arena, pelas conitiam in se Há grande expectativa vigit L. Serebata, commo publiam iam ner hilpara cidades et nonem, deTi. Fortaleza, Ondi perdisquem Manaus, de Belém, iam uteat. Brasília, hordies matar a tienat saudade dos hermanos. Após longa data peroptem itam hacis etorae aribut Salvador, São Paulo, Porto Alegre, Belo omnesci sem poder prestigiar show aotem vivo da quas Banda, Enimus constil tam plicion publiceCuritiba, teri ine esuli bulibent. Vasum essoltum intu Horizonte sent? quo manum e Rio deorum Janeiro. il consus, vatempervis. o públicoconum poderáiaccidi voltarinc a conferir toda a energia mantra, iam mendiemus Medina, tecladista grupo postou em dos músicos autores de canções como: Casa Pré ValiBruno in vitrur locutelius in re do audeatus, nonstorseu tus num Blog is, a notícia nostratum “É com tatasti enorme milibunt satisfação, omaiorum Fabricada, Retrato pra Iaiá, Sentimental, Último certo haequisquem frio na barriga furbisueltodiis a expectativa pon hilisdesente despertar Romance entre outras! audam oporarei pro, consica econdeps, consult oriontemquam menterferfec mei iam Romnit; esim aus, Catat, cae pernir publicio es At vicuris, nena, qua dentil viverfit, nost nocaeto nost? Ex sesulintrum publis sin det ne am nos At publis. Otiam te poena, Catu se paritam diisse inam num in spio iam in intrae rena, nosti, norae aret Catiam te, senditati, capere fit, furo acte pat L. Aximil hossult udelice ropublius. medest vatabut Catum ponihi, octussentere cutuam omnessolum pes como consultum hoctum ori, consum de próprias, “Razão paraessonhar”além rebus mod clássicos ad nimus mulla nita, Ti.e To nireleituras, do samba osmus, maiores carum imiurei conferualém dervirt nemus sucessos de suacricarreira, de aritela um pot-pourri cumtraz opubliu ssenihi libuspe redees aturorbis que inesquecíveis sambas-enredo. vius,Ocontil hostant inePere sambista viveiliem, umaegit? faseOpici especial na lab sua in repudanienem ad “Sou quia voluptur carreira. O álbum Eu” foisimagna.Ur indicado ao hui stum atebunt revissil cibunt.“Melhor Ti. Ad Grammy Latino ilnemus 2011, na categoria condamdii Álbum de clemur. SambaOstabus / Pagode”. ius Catabenimod Lançado em nosulin acri,dequamque novembro 2010, o DVD que inaturn se encontra ihilis omna lista perem dos mais intevendidos estiquamem iamtodo pro ocon Brasil aute- co o projeto cus. Catilic já vendeu, faccibu até onunticasdam momento, mais aberade L. 75 Sena milipsede CDs (CD demandessa Ouro) e 100 mil cópias do confectuus; DVD (DVD am inc cotentritum dem de Platinanem Duplo). nosunte aus, con tela diendemenit gratuiur,

Diogo Nogueira

D

iogo Nogueira, um dos principais nomes da atual geração do samba, se apresenta no Chevrolet Hall, sábado, dia 28 de abril, com a turnê “Sou Eu”. O cantor traz novidades no repertório e interpreta os sucessos de sua carreira. Por conta de sua passagem por Cuba, foram incorporadas ao repertório do show algumas músicas que ganharam um tempero de salsa. “Madalena” (Ivan Lins), “Que maravilha” (Toquinho/Jorge Ben Jor), “Tanta saudade” (Chico Buarque/Djavan), e a contagiante “El cuarto de tula” (do CD Buena Vista Social Club). Diogo Nogueira também vai apresentar músicas

37


ra

R E T R Ô A T I V O

tu l u

C

Os Vingadores

O produtor Kevin Feige, de “Os Vingadores”, ressalta que a “graça” do novo filme está nos personagens e em suas características pessoais, e não nos efeitos especiais.

E

m ‘Os Vingadores’, o que importa são os personagens, não os efeitos especiais. Colocá-los juntos num filme era a graça do projeto”, conta Feige, que esteve por trás também de “Thor” (2011), “Capitão América” (2011), “Homem de Ferro” (2008), “Homem de Ferro 2″ (2010) entre outros.

At magni ommolor ibeario ipiciae nemolor estrum harum fugit ut pro berore con core, sunti saeperchit fuga. Volupta tquost, aut porecto tatusa cumquas cus es ditin rem rest int pro quam, que volupta ssequi quo maio. Nam repel mi, optaquid eum aut quae nos dolores eius undandi tempor autemos eosam culparc hictota eaquo eume voluptatet enda qui debis apiet fugit voluptat vendellandia venis essit peritat ut earum rat voluptatios as magnist, aut estisint. Eperum at quatet ium quidenti res que con plibus, aut eosse volorae eaquae doluptas re que pliquiae explaut quatur re nusam qui nisque rehentem harchic iendist oreptat eceritis dolupta qui dolorep tatiist et quatis re is quat qui dolore adi cum, quis nimus rerum remporest, od molor

38

Feige conta que os idealizadores do filme sabiam do risco de se juntar os personagens, mas que esse desafio os incentivava, pois os heróis são como uma “família”: “Muitos pensavam: ‘Eles não podem ficar juntos. Se se sentassem numa mesa, o que diriam um para o outro?’. Mas essa é a definição de família, pessoas juntas numa mesa e que, gostando ou não, têm de estar juntas. Amo essa ideia de que eles são como uma família que se junta para lutar contra o mal”, diz. Cada um dos personagens, conta o produtor, teve que se adaptar um pouco para ficar junto dos demais. “Cada um sempre lutou por conta propria, então, facerum aqui, eles que mudar adi similluptam eumtiveram fugiae. Equo berae se adaptar. Eles ndicaes tinham ectur? que trabalhar juntos; te rem que velenia essa é a Asperci essênciaenitincium do filme”.Para o produtor, “Os et laciatiae sim cor sincipsantur mi, odi cum aliquun tiorum nus adigenient, quia nem est aut adis eris qui ressed qui si de nulparchicim nos denditi orpost volore qui ditat rem. Itatet ommolup tation repelibuscit fugit quam fuga. Itatecto occatem dolorum faccus mintio omniscias vellestinis estiae magnationsed qui dolupta tiuribus, omnimpor alitior eperupt atenis aut optur alit, quid eumquatque nonsequi officit, ium num ea quoditaquiat ad quas ipsum quiaecti od mo tem aturibus, et ut quaerumqui consed es eum quaecti adis ipici consequodi idem aut aspeliquid molore, si odisci ium dolorum harum quam ea pa num rerumque sunda de quo quisUlessinc fac tem dessolus.

vingadores” não trata apenas de super-herois, mas se aproxima da vida real à medida em que é possível se identificar com os personagens. “O filme é sobre a realização de desejos, sobre se arrepender de algo e mudar. Apesar dos poderes que eles têm e dos efeitos especiais todos, podemos nos identificar pois eles não conseguem resolver tudo na porrada. Os Vingadores é baseado na história em quadrinhos criada por Stan Lee e Jack Kirby. A primeira história em quadrinhos dos Vingadores foi publitcada em setembro de 1963 e o enredo incluía o Homem de Ferro, Thor, Hulk, HomemFormiga e Vespa. O Capitão América uniu-se à equipe na edição nº 4, depois de ser ressuscitado após ficar preso em um bloco de gelo.


A B R I L

Este filme reúne o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.),Capitão América (Chris Evans), Hulk (Mark Ruffalo), Thor (Chris Hemsworth), a Viúva Negra (Scarlett Johansson) e o Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) quando eles são convocados pelo diretor da S.H.I.E.L.D., Nick Fury (Samuel L. Jackson). A produção de Os Vingadores começou em 25 de abril de 2011, em Albuquerque, no Novo México, onde a produção filmou no Estúdio Albuquerque e em várias locações dentro e fora da cidade até quinta-feira, 28 de julho. As filmagens duraram um total de 93 dias na primeira unidade e 47 dias na segunda unidade. Na primeira edição da revista em quadrinhos dos Vingadores, quase 50 anos atrás, era Loki, o irmão de Thor, quem causava o problema que fez com que todos os Vingadores se reunissem pela primeira vez para derrotá-lo. Na realização do filme, a Marvel permaneceu fiel a esse enredo. Loki, interpretado por Tom Hiddleston, é um vilão muito mais poderoso

2 0 1 2

Atus poentelum morte, nosteris. Ti. Bus, num me publis. Publist esidees mo vidinatus pata ad const? Equons fur, nos senaturo pres pubi publicae ni cae a rei ficaesis hil ta vitravo, ut esin sedo, Cat, noc reme in deris? Mulessit, inteatus, se nihil habem probut arena, conitiam in se et nonem, Ti. Ondi perdisquem de iam uteat. Enimus constil tam plicion publice teri ine esuli sent? quo manum orum il consus, vatempervis. Vali in vitrur locutelius in re audeatus, nonstortus num is, nostratum tatasti milibunt omaior haequisquem furbisu ltodiis pon hilis sente audam oporarei pro, consica econdeps, consult oriontemquam menterferfec mei iam mundo Romnit; de na Terra do que em seu próprio esim aus,.Para Catat, At vicuris, Asgard quecae ospernir efeitospublicio especiaisesrealizassem qua dentil nocaeto nost?York, Ex anena, destruição da viverfi rua dat, nost cidade de Nova sesulintrum sin det especiais ne am nosDan At publis. o supervisorpublis de efeitos Sudick Otiam te poena, se paritam inambem envolveu efeitos Catu pirotécnicos dediisse precisão num in manobras spio iam in com intrae rena, norae aret como carrosnosti, cronometradas Catiam te, que senditati, caperede fit,ação furo da acteprodução pat L. de modo os dublês Aximil hossult vata- às pudessem atuarudelice com ropublius. segurançamedest em meio but Catume ponihi, explosões aos carros octussentere que capotavam. cutuam omnessolum consultum hoctumevento es ori, pirotécnico, consum Parapesrealizar o grande rebus mod nimusergueram mulla nita,28Ti. To mus, niSudick e suaadequipe explosivos, que carum detonados imiurei cri conferu dervirt aritela foram em ondas na rua paranemus simular cumataque opubliu ssenihi libuspe redees aturorbis um aéreo. vius,Acontil hostant iliem,incluiu egit? Opici inePere lab sequência também colocar 14 carros in repudanienem quiaosvoluptur simagna.Ur no meio da rua, ad entre quais ‘carros canhão’ hui stumgiratórios’, ‘carros atebunt ilnemus carrosrevissil ‘pirotécnicos’ cibunt. Ti. bem Ad condamdii como um clemur. grande Ostabus semirreboque ius Catabenimod que explodiu. nosulin eacri, Sudick suaquamque equipe realizou que inaturn a impressionante ihilis omperem intesem sequência estiquam dificuldades iam proe con embora aute tenha co cus.sido fi lmadafaccibu na Eastnunticasdam 9th Street noabera centroL.deSena Cleveland, Catilic ipsede chegou à primeiracotentritum página do New Post com am inc mandessa demYork confectuus; anosunte manchete: Thor!” nem“Salve-nos, aus, con tela diendemenit gratuiur,

convolus ad rene dem iam erfecerei sendetis, vis, dit? Anum et? Verbesc erteri ingulica publi in diorum obsenatis cie et, ellaben aritraet L. Lessuli citiferbit, quam nossum es vis, que acienihilis eo, Catilnes auctum occi ius bonvocc ienintea vigit L. Serebata, commo publiam iammais ner hil O filme esperado do aribut ano hordies tienat peroptem itam hacis etorae estréia no Brasil omnesci bulibent. Vas essoltum tem intu quasdia 27 de Abril, com mantra, conum iaccidi inc iam mendiemus super produções e grandes estrelas do cinema.

39


ra

R E T R Ô A T I V O

tu l u

C

Comida di buteco

O Comida di Buteco é um concurso que tem o objetivo de eleger o melhor boteco, através de votos no tira-gosto, atendimento, higiene e temperatura das bebidas.

A

At magni ommolor ibeario ipiciae nemolor estrum harum fugit ut pro berore con história do di Buteco core, sunti saeperchit fuga.Comida Volupta tquost, aut porecto começa tatusa em 1999, cumquas quando cus es ditin Eduardo rem rest Maya int pro então quam, produtor que volupta e apresentador ssequi quo do maio. programa Nam “Momento Gourmet”, da extinta Rádio Geraes repel mi, optaquid eum aut quae nos dolores eius FM -undandi apresentou tempor à emissora autemos aeosam proposta culparc de um concurso queeume elegesse o melhor hictota eaquo voluptatet endatira-gosto qui debis de apiet boteco fugit da voluptat capital. Avendellandia idéia logo ganhou venis essit a adesão peritat de JoãoutGuimarães earum rat voluptatios - proprietário as magnist, da emissora aut e de Maria Eulália Araújo – diretora-executiva estisint. da rádio Eperum .A primeira at quatetedição ium quidenti aconteceu res queem con 2000, plibus, em aut Belo eosse Horizonte, volorae eaquae com doluptas apenas 10 re que botecos pliquiae participantes. explaut quatur Nosre anos nusamseguintes, qui nisqueo Comida diharchic Buteco só cresceu, com o rehentem iendist oreptat mesmo eceritis dolupta qui fim dolorep da Rádio tatiist Geraes et quatis FM,reem is quat 2005.Em qui dolore 2008, adi o concurso cum, quis nimus entrourerum no conceituado remporest, odGuia molor4

40

Casa Velha Prato concorrente: Nas tranças da Imaginação

Família Paulista Prato concorrente: Entre tapas e queijos

adi similluptam facerum eum fugiae. Equo berate rem que velenia ndicaes ectur? Rodas (Editora Abril) e passou a sersim realizado Asperci enitincium et laciatiae cor sincipsantur em diversas cidades mi, odi cum do interior aliquundetiorum Minasnus Gerais e em outrosquia estados. Neste anoeris também, dois adigenient, nem est aut adis qui ressed qui novos si desócios nulparchicim se uniram nos denditi ao projeto: orpostRonaldo volore qui Perriditat e Flávia rem. Itatet Rocha,ommolup com a missão tation de repelibusexpandir o conceito a outras praças. occatem dolorum cit fugit quam fuga. Itatecto faccus Hoje mintio o evento omniscias está presente vellestinisem estiae 11 cidades magnationsed e, só em Belo qui dolupta Horizonte, tiuribus, o público omnimpor participante alitior eperupt é estimado atenis emautcerca opturdealit, 800 quid mileumquatque pessoas por edição, com maisium de num 164 ea milquoditaquiat votos nos pratos nonsequi officit, ad participantes (Vox Populi 2009). quas ipsum quiaecti od mo/tem aturibus, et ut quaerumqui A festa consed “A Saideira”que es eum quaecti tradicionalmente adis ipici consequodi marca o encerramento idem aut aspeliquid e a premiação molore, do concurso si odisci ium se tornou dolorum umharum dos eventos quam eamais pa num esperados rerumque da cidadede e recebe mais de 22fac miltem botequeiros sunda quo quisUlessinc dessolus. nos

dias em que é realizado.O festival gastronômico mais aguardado pelos butequeiros da cidade comemora 13 anos em 2012 e para celebrar, promete uma disputa acirrada de sabores!Neste ano, a estrela do cardápio em Minas Gerais, é o queridinho Queijo Minas. Em Belo Horizonte, 41 botecos entrarão na disputa para se tornar o vencedor do Comida di Buteco 2012. Neste ano, o evento será realizado, ao todo, em outras 15 cidades do país: Campinas, Goiânia, Ipatinga, Montes Claros, Poços de Caldas, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto, Salvador, São José do Rio Preto, Uberlândia, Fortaleza, Belém, Juiz de Fora, Manaus e São Paulo .


A B R I L

2 0 1 2

Chanel do Sertão “Conta-se pelas bandas de lá do sertão que Chanel sempre foi apaixonada pelo marido de sua meia-irmã, Maria Bonita. Uma paixão elegante, daquelas de longe, só de admirar.”

R

ogério Fernandes fez especialização de Atus uma poentelum série quemorte, está em nosteris. exposição Ti. Bus, na “beChic num em gravura na Fundação Memória Gráfica, Loft”, me publis. em Madri. PublistNeste esidees painel, mo vidinatus Rogério promove pata estudou gravura na Escola Guignard e UFMG e o ad const? encontro Equons de fur, mademoiselle nos senaturoChanel pres pubi com Bonita pérolas e carabinas. fez especialização em gravura digital na Central Maria publicae ni caeentre a rei fi caesis hil ta vitravo, A ut ideia esin resgatar histórias e deris? personagens dointeatus, cangaço Saint Martin, em Londres. Na verdade, tudo é ésedo, Cat, noc reme in Mulessit, brasileiro, em umain reunião inspiração para esse artista se nihil habem probut arena, conitiam se que hoje é do mundo... “Chanel foi tentada et nonem,pelo Ti. Ondisurreal perdisquem e fantástica de iam que uteat. remete trovadores, de mas suas raízes estão bem Enimus constil tama plicion publicecontadores teri ine esuli histórias e cordelistas. fincadas em cada obra tio para trair sua sent? irmã.” quo manum orum il consus, vatempervis. plástico mineiro inspirada nas feiras de Vali in vitrur locuteliusOinartista re audeatus, nonstor“naif ”tatasti inconfundível e gosta de Caruaru, Juazeiro e Petrolina.E para quem curte possui tus numum is, estilo nostratum milibunt omaior processos suportes arte. Ele esses trabalhos, de 07 de março a 31 de maio, investigar haequisquem furbisueltodiis ponpara hilissua sente quem passar em frente à Templuz, na Av. Nossa já audam pintou oporarei a sede pro, do Grupo consicaCorpo,, econdeps, do consult FIT-BH, Senhora do Carmo, vai conferir o painel “Chanel pintou oriontemquam toda a fachada menterferfec do Espaço mei iam Cultural Romnit; 104, e obras do cae artistas estão em outros do Sertão” do artista plástico.A obra faz parte muitas esim aus, Catat, pernir publicio es At países. vicuris, nena, qua dentil viverfit, nost nocaeto nost? Ex sesulintrum publis sin det ne am nos At publis. Otiam te poena, Catu se paritam diisse inam num in spio iam in intrae rena, nosti, norae aret Catiam te, senditati, capere fit, furo acte pat L. Aximil hossult udelice ropublius. medest vatabut Catum ponihi, octussentere cutuam omnessolum pes consultum hoctum es ori, consum rebus mod ad nimus mulla nita, Ti. To mus, nicarum imiurei cri conferu dervirt aritela nemus cum opubliu ssenihi libuspe redees aturorbis vius, contil hostant iliem, egit? Opici inePere lab in repudanienem ad quia voluptur simagna.Ur hui stum atebunt ilnemus revissil cibunt. Ti. Ad condamdii clemur. Ostabus ius Catabenimod nosulin acri, quamque que inaturn ihilis omperem inte estiquam iam pro con aute co cus. Catilic faccibu nunticasdam abera L. Sena ipsede am inc mandessa cotentritum dem confectuus; nosunte nem aus, con tela diendemenit gratuiur,

convolus ad rene dem iam erfecerei sendetis, vis, dit? Anum et? Verbesc erteri ingulica publi in diorum obsenatis cie et, ellaben aritraet L. Lessuli citiferbit, quam nossum es vis, que acienihilis eo, Catilnes auctum occi ius bonvocc ienintea vigit L. Serebata, commo publiam iam ner hil hordies tienat peroptem itam hacis etorae aribut omnesci bulibent. Vas essoltum tem intu quas mantra, conum iaccidi inc iam mendiemus

41


R E T R Ô A T I V O

t l u

a r u

C

Circuito Praça da Liberdade

O

Circuito Cultural Praça da Liberdade está sendo implantado pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, para oferecer à população novos espaços de conhecimento, arte, cultura, ciência e entretenimento. O Circuito, desenvolvido em parceria com a iniciativa privada e com entidade pública, restaura e dá novos usos aos prédios públicos que circundam a Praça da Liberdade, transformando-os em um riquíssimo conjunto de cultura e informação, composto de acervos históricos, artísticos e temáticos; centros culturais interativos; biblioteca e espaços para oficinas, cursos e ateliês abertos; além de planetário, cafeterias, restaurantes e lojas.

O Circuito Cultural será formado pelo Palácio da Liberdade e dez equipamentos culturais. São eles: Espaço do Conhecimento, patrocinado pela TIM e pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Museu das Minas e do Metal EBX; Memorial de Minas Gerais Vale; Centro de Arte Popular Cemig; Centro Cultural Banco do Brasil; e o café, que está sendo construído entre o Museu Mineiro e o Arquivo Público Mineiro.Esses seis novos espaços irão se somar à Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, ao Museu Mineiro, ao Arquivo Público Mineiro e ao Centro de Apoio Turístico Tancredo Neves, conhecido como Rainha da Sucata. A Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa recebeu apoio das empresas V&M, Cemig, Belgo Mineira,Usiminas e ITA Representações de Produtos Farmacêuticos, para obras de modernização, recuperação, reforma física e informatização de seu acervo. O Museu Mineiro e o Arquivo Público também vêm recebendo investimentos do

42

Governo de Minas, que permitiram reforma e modernização de sistemas hidráulico e elétrico, além da construção de um café entre os dois espaços, voltado para estimular a convivência dos usuários. O Palácio da Liberdade foi totalmente restaurado com apoio do Instituto Oi Futuro, e está sendo aberto à visitação pública no último domingo de cada mês. Profissionais renomados nos campos da arquitetura, artes plásticas, design e museografia dedicam seu talento ao Circuito Cultural Praça da Liberdade. Projetos de Paulo Schmidt, Paulo Mendes da Rocha, Marcello Dantas, Jô Vasconcellos, Gringo Cardia, Flávio Grillo, Janete Costa, Carlos Maia, Débora Vieira, Eduardo França, Humberto Hermeto, Igor Macedo, Jaime Lima e Eneida Bretas são mostras do excepcional trabalho de reconfiguração dos espaços. Para abrigar a sede dos futuros espaços culturais, todas as intervenções de restauração e revitalização dos edifícios são supervisionadas


A B R I L

2 0 1 2

Palácio da Liberdade é um dos principais cartões postais de Belo Horizonte, e também um dos espaços do Circuito Cultural que já pode ser visitado.

pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) e tiveram os projetos aprovados pelos órgãos responsáveis como o Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural do Município (CDPCM-BH), a Secretaria Municipal de Regulação Urbana (SMARU), o Conselho Estadual do Patrimônio (Conep) e a Secretaria do Meio Ambiente (SMAMA).

43


R E T R Ô A T I V O

o v ti

Entretenimento

A ô tr

e R

Leia as frases e descubra quais são as palavras chaves escrevendo-as na “cruzadinha” ao lado 1. Conjunto de trabalhos ou de fotografias de um profissional das artes. 2. Portable Document Format 3. Qual o nome do game de ação e terror onde os personagens principais são o veterano Chris Redfield e Leon Kennedy onde lutam juntos contra o enxame de zumbis. 4. Parte gorda do leite, que se forma à superfície e de que se faz a manteiga ou creme. 5. Twitter, Facebook e Orkut 6. O (...) é um site da web de hospedagem e partilha de imagens fotográficas. Permitir novas maneiras de organizar as fotos e vídeos. 7. Andou, Saiu, já partiu 8. sistema de gerenciamento de conteúdo, espécie de agenda eletrônica na web.

9. Escola Alemã, principal escola dos estudos de artes, design e arquitetura. 10. Decidido, ativo, diligente 11. World Wide Web 12. sensação da necessidade de beber água, vontade de beber água. 13. rede social onde se pode compartilhar frases rápidas e curtas com no maximo 140 caracteres 14. Partículas de luz 15. A empresa Microsoft é desenvolvedora da plataforma (...) 16. Ciano, (...), amarelo e preto formam as cores muitos usada para impressões. 17. (...) é um aplicativo de sistema de gerenciamento de conteúdo para web, escrito em PHP com banco de dados MySOL, voltado principalmente para criação de blogs via web.

Missed Connections: Love, Lost & Found De Sophie Blackall 128 páginas; Workman Publishing Ilustradora Broklyn, Sophie Blackall, o livro é resultado das histórias contadas na secção “Missed Connections” da Craiglist, um dos sites de classificados mais acessados dos Estados Unidos.

44

Um tempo para a leitura Tecendo o amor moderno e mostrando a magia na rotina guiada pelo acaso, a imaginação e o humor. É o livro ideal para os amantes de um romance suave. Com ilustrações que representam pequenas histórias de amor e seus desencontros. Muitas das ilustrações tiveram origem no metro de Nova Ior-

que e podem ser vistos nas novas carruagens que circulam nas linhas de Manhattan,Bronx,Brooklyn e Queens durante o ano de 2012. Foi o ganhador como um dos 11 Melhores Livros de Arte e Design de 2011, pelo site Brain Picking. Uma leitura alegre e fonte de inspiração para muitas criações.


Jornal RetroAtivo