Page 1

Media Kit -2009

O jornal Brasileiras & Brasileiros ĂŠ uma empresa em atividade nos Estados Unidos desde 1994.


Da utopia ao sucesso

A idéia parecia utópica: lançar, na terra da tecnologia, um veículo de comunicação impressa com distribuição gratuita em todos os Estados americanos. O veículo, produzido numa língua “estranha”, seria destinado a uma pequena etnia, à época quase inexistente nas estatísticas. Era sabido que o projeto exigiria trabalho de sol a sol, compromisso social, idealismo e paciência quanto ao retorno financeiro. Que, para dar certo, o projeto teria de ser escravo da qualidade, da imparcialidade, da pontualidade. Perseguir o “erro zero” em todos os campos do trabalho era condição sine qua non. Um jornal brasileiro nos Estados Unidos? Quanta pretensão, diziam os mais céticos, principalmente aqueles que não entendiam que os desafios da comunicação são puro deleite para os verdadeiros profissionais da área. Como a história mostra que as idéias vêm à mente para serem postas em prática, e que toda grande criação já foi esboço na mente do criador, eis que em julho de 1994 a “utopia” cede lugar à realização, e o primeiro exemplar do jornal Brasileiras & Brasileiros chega às ruas. Passados 15 anos de muito trabalho e noites em claro, o B&B -como é conhecido entre as comunidades nos EUA-, é hoje um veículo sólido, maduro, detentor de alcance inédito na história da presença brasileira nos EUA. Com uma equipe de profissionais em sintonia com a idéia original e disposta a produzir um veículo de qualidade incontestável, o B&B registra níveis progressivos de aceitação, os quais podem ser comprovados pelos pedidos de assinatura gratuita, que partem, cada vez com mais intensidade, de todos os 50 Estados americanos.

|| BRASILEIRAS & BRASILEIROS, INC.


Concepção editorial A concepção editorial do B&B mostra total sintonia com as expectativas do leitor imigrante. Está dividida em quatro partes principais: Comunidade, Imigração, Mundo e Variedades. Cada seção conta com pelo menos cinco sub-editorias, divididas conforme geografia e/ ou especificidade do conteúdo apresentado. Em Comunidade, por exemplo, mostramos a força da presença brasileira em todo o território americano, com entrevistas, coberturas de eventos, aberturas de novos negócios e perfis de compatriotas que se destacam em todas as áreas. A seção Variedades traz assuntos como Esportes, Literatura, Música e Culinária, enquanto Imigração e Mundo reservam as principais novidades nas respectivas áreas de interesse. Com responsabilidade e cuidado na coleta de dados e produção dos textos, os jornalistas e colaboradores do B&B assinam um produto sério, que se destaca em qualidade e dinâmica dos veículos étnicos de proposta similar nos EUA.

Movimentando idéias

É importante mencionar que o B&B não se limita à pura exposição dos fatos. Mais do que isso, o jornal se preocupa em entreter e despertar o senso crítico do leitor, através de análises contextuais desenvolvidas pelos redatores tanto nos Estados Unidos como no Brasil. O B&B conta ainda com colaboradores fixos, especializados em diferentes áreas, mas sempre com formação voltada à comunicação social e/ou envolvimento em atividades comunitárias.

|| BRASILEIRAS & BRASILEIROS, INC.

Alcance, periodicidade e distribuição

O B&B é mensal. Quase 10.000 exemplares são enviados, sem nenhum custo, para residências e escritórios em todos os EUA. A postagem é oficialmente auditada pelos Correios dos Estados Unidos (USPS-United States Postal Service com registro #018-834). A administração do jornal oferece aos anunciantes uma cópia do “Statement of Ownership”, documento oficial que comprova o número de jornais postados anualmente. Sem sombra de dúvida, a listagem do B&B é a mais atualizada e abrangente do entre os periódicos étnicos do país.

Um diretório nacional

É fundamental destacar que o B&B é um dos veículos de comunicação de maior vida útil entre os leitores. Ao contrário das publicações semanais e quinzenais -geralmente dispensadas após a leitura-, o B&B permanece o mês inteiro circulando e repercutindo entre os brasileiros nos EUA. Além do fato de as reportagens e artigos serem produzidos numa linguagem de revista -o que estende a validade da informação-, o B&B assumiu a função de uma espécie de diretório, onde o leitor tem acesso às informações sobre as melhores empresas brasileiras em atividade no mercado, as quais, via de regra, são parceiras comerciais do B&B. Outro fator de maximização da vida útil do B&B é o “Balcão”, uma seção de classificados pessoais gratuitos* e Module 8** de pequenas empresas. Ali o leitor tem acesso a um amplo banco de interação imediata, que vai desde anúncios de móveis, carros, casas e eletrodomésticos até promoções de microempresas e prestadores de serviços. Para publicar anúncios grátis no Balcão, basta enviar texto com a descrição do produto e um meio de contato para bbclassi@ bellsouht.net. * Anúncios de até 20 palavras são grátis apenas para pessoas físicas; pessoas jurídicas ou prestadores de serviço pagam US$ 20 pelo mesmo espaço ** Os anúncios Module 8 serão cobrados conforme tabela em vigência. Ver ítem “Tabela de Preços”.

Assinatura gratuita

O B&B oferece serviço permanente de assinatura gratuita nos EUA. Uma vez cadastrado, o leitor passa a receber, sem qualquer ônus, os exemplares mensais do jornal, no endereço desejado. O cadastro pode ser efetuado por telefone (407.855.9541); por e-mail (bbclassi@bellsouth.net); online na página www.jornalbb.com; e por correio, através de cupom disponível em qualquer edição. O endereço para envio do formulário preenchido é 5534 Hansel Ave., Orlando-FL, 32809. O B&B é uma das únicas publicações que pagam pelo caríssimo serviço “Address Correction Request” dos Correios dos EUA, sistema que comunica a administração do jornal sobre correções nos dados postais dos assinantes, gerando cancelamentos automáticos de assinatura para endereços que venham a se tornar inativos. Isso diminui a margem de erro da listagem do jornal para cerca de 2%, porcentagem ínfima em relação aos 25% registrados pelas publicações via correio que não pagam pelo serviço.


Público

|| BRASILEIRAS & BRASILEIROS, INC.

Profissão

Considerando as atividades desenvolvidas tanto no Brasil como nos Estados Unidos, 8,21% dos assinantes são professores, 4,78% comerciantes, 4,5% empresários, 3,3% vendedores, 3% advogados, 2,74% enfermeiros, 2,1% administradores e 2% dentistas. Missionários, corretores, agentes de viagem, analistas de sistemas, aposentados, jornalistas, médicos, veterinários, publicitários, donas-decasa e estudantes respondem, juntos, por 35% do público que mantém assinatura do B&B. Entre os demais profissionais cadastrados estão aeroviários, arquitetos, artistas plásticos, biólogos, contadores, desenhistas, garçons, modelos, policiais, químicos e supervisores de multinacionais.

√ √

Perfil, gênero, faixa etária e escolaridade

O jornal B&B é basicamente desenvolvido para brasileiros que imigraram para os Estados Unidos, e que procuram se manter atualizados sobre assuntos pertinentes às duas culturas. O interesse pelo jornal estende-se também a cidadãos americanos que, por motivos diversos, visam estreitar vínculo com a linguagem ou modus vivendi brasileiros. Empresários instalados no Brasil -de ambas as nacionalidades-, que efetuam negócios na América também representam significativa parcela do público leitor. Dos assinantes do jornal, 52% são homens com faixa etária predominante entre 18 e 55 anos. Quarenta e oito por cento são mulheres do mesmo perfil etário. Dez por cento das assinaturas estão em nome de empresas estabelecidas nos EUA. Entre as pessoas físicas, 34% têm nível superior de escolaridade; 44% têm nível secundário e cerca de 20% nível básico.

Estado brasileiro

Entre os quase 10.000 assinantes do jornal Brasileiras e Brasileiros, 30% são do Estado de São Paulo, 19% do Rio de Janeiro, 11,7% de Minas, 6,5% do Paraná e 4,5% de Goiás. Os nordestinos também apreciam a publicação: 6% são assinantes nascidos em Pernambuco, 4% na Bahia, 2,1% no Ceará e cerca de 2% na Paraíba. Os demais Estados brasileiros, somados, respondem pelos outros 22,2% do total do público leitor.

Região - EUA

Dos residentes que recebem o B&B em casa, 29% vivem na Flórida Central. Outros 40% espalham-se pelo restante da região Sudeste; 12% vivem na região Central, 6% na região do Pacífico, 7% na região Nordeste e 6% na região Sudoeste dos Estados Unidos. Há leitores do B&B em todos os Estados, incluindo o Havaí!

college

High- School

Technician Retired


Artigos e reportagens

|| BRASILEIRAS & BRASILEIROS, INC.

√ Prazos e especificações Artigos e reportagens de colaboradores devem ser apresentados para análise até o dia 10 de cada mês, para que possam ser virtualmente aproveitados na edição subsequente. - O prazo limite para a inserção de novos anúncios na edição subsequente é dia 20 de cada mês. - A equipe de produção do B&B, formada por publicitários e desenhistas gráficos, oferece, como cortesia, o desenvolvimento de qualquer anúncio baseado na idéia do cliente. - Pequenas alterações (preço, telefone, endereço, etc.) em anúncios previamente publicados devem ser solicitadas até o dia 20 e estão isentas de cobrança extra. - Alterações estruturais (mudança de layout, imagens ou cores) devem ser solicitadas até o dia 20 e são sujeitas a cobrança extra. - Todo anúncio enviado para publicação (bem como imagens ou materiais de propriedade do cliente que venham a ser usados na confecção de anúncios), deve respeitar os seguintes padrões técnicos: formato .PDF, extensão .AI (save as Macintosh file), extensão .PSD (save as Macintosh file) ou extensão .JPEG, com resolução de 200 DPI em CMYK. Para envio de texto salvar em formato .DOC. Em caso de dúvida, contatar o departamento de produção e desenho gráfico.

Jornal

técnicas

&

Brasileiras & Brasileiros, Inc. 5534 Hansel Avenue, Orlando-FL, 32809 Tels. (407) 855-9541 Fax (407) 855-6135 www.jornalbb.com

JORNAL BB MEDIA KIT 2008  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you