Issuu on Google+

Trabalhando com a HP-12C Ligando a máquina Use a tecla ON, no ângulo inferior esquerdo do teclado. Se aparecer no visor um número diferente de zero, limpe o visor usando a tecla CLX (2ª fileira de baixo para cima, 5ª coluna). Fixando o número de casas decimais para os cálculos. Inserindo a vírgula decimal. Adaptando a função calendário. Agora, pressione a tecla f e depois a tecla 2. Isso faz com que a máquina passe a oferecer respostas com duas casas decimais. Se você precisa de mais precisão, pode usar f seguido de 3, de 4 ou de qualquer tecla até 9. Se você fizer f 0, a máquina usará números inteiros, sem fração decimal nenhuma. Observe que sua máquina mostra, quando ligada, um visor 0.00. É que nos EUA, a vírgula decimal que usamos é um ponto, enquanto o nosso ponto separador de milhares é uma vírgula. Para usar a vírgula decimal a que você está acostumado, desligue a máquina. Agora pressione e mantenha pressionada a tecla ON. Aperte e mantenha pressionada a tecla •. Solte as duas teclas. Agora você verá no visor 0,00. No Brasil, usamos a sequência DIA – MÊS – ANO para as datas. Outros países usam a sequência MÊS – DIA – ANO. Vamos impor à máquina nosso jeito. Faça g seguido da tecla 4 (observe as letras D.MY em azul na oblíqua da tecla 4). Pronto. A máquina escreve datas igual a você. Efetuando operações básicas Queremos somar 2 + 3. Faça 2, depois ENTER, depois 3, depois +. Seu visor vai mostrar o resultado: 5,00. Para fazer 2 – 3, siga a mesma sequência, exceto no último passo. Em vez de +, aperte -. O visor mostra o resultado: — 1,00. Observe o número negativo. Para fazer 2 x 3, ou 2 ÷ 3, basta trocar a tecla que comanda a operação. Assim, 2 ENTER 3 x, resulta em 6,00. 2 ENTER 3 ÷, resulta em 0,67. Conhecendo o teclado e suas funções


Observe no teclado da HP 12C que cada tecla apresenta, além de letras ou símbolos em branco na parte de cima, letras ou símbolos em azul na parte oblíqua e letras ou símbolos em amarelo no fundo do teclado, acima da tecla. Enfim, cada tecla da máquina serve para coisas diferentes, dependendo do plano de trabalho. E como se muda o plano de trabalho ? Usando as teclas f (para as funções em amarelo) ou g (para as funções em azul). Se você, por exemplo, teclar 24, depois g, depois a tecla i (fileira superior, 2ª posição da esquerda para a direita), obterá no visor o resultado 2,00. Esse resultado corresponde à operação 24 ÷12. Agora, observe que, na parte oblíqua da tecla i aparece em azul exatamente 12÷. Se você, ao invés da tecla i como acima, teclar n, o resultado será 288,00. Isso corresponde a 24 x12. A função azul da tecla n é exatamente 12x. Limpando as memórias da calculadora A HP 12C possui uma série de alternativas de limpeza de memórias. No uso normal, podemos trabalhar com as memórias de visor, operacionais, financeiras e de programas. Para apagar a informação na memória de visor, basta teclar CLX. Para apagar as memórias operacionais (pilha), basta teclar f Σ, o que também apaga as memórias estatísticas. Para apagar as memórias financeiras, faça f FIN. Uma operação que só deve ser feita com muito cuidado é f REG. Isso limpa todas as memórias da calculadora, inclusive as de linhas de programação. Entretanto, para apagar os programas é necessário pressionar ON e — ao mesmo tempo, liberando depois ON. Isso apaga TODOS os programas da máquina, exceto os residentes que já tenham vindo de fábrica. Logo, tenha cuidado com o acionamento da tecla —. Calculando potências, inversos e raízes Se você quer calcular 1,053, basta fazer 1,05 ENTER 3 yx. Resulta 1,16. Se você precisa de 1/9, basta fazer 9 seguido de 1/x. Resulta 0,11. Para calcular a raiz quadrada de 1,21, é suficiente fazer 1,21 g y x. Observe que g yx opera a raiz quadrada (símbolo em azul). Para calcular a raiz cúbica de 1,331, a HP trabalha calculando 1,331 1/3. Logo, deveremos fazer 1,331 ENTER 3 1/x yx. O resultado é 1,10, como se espera.


Recursos para o cálculo de percentuais Para calcular o percentual de um número: seja obter 12% de 345. Faça 345 ENTER 12 %. Resultado: 41,40. Para obter a variação percentual entre dois números: seja calcular o ganho obtido em um imóvel adquirido por R$ 34.000 e vendido por R$ 37.500,00. Faça 34000 ENTER 37500 ∆%. Resultado no visor: 10,29. Calcule quanto um número representa percentualmente de outro. Faça 46 ENTER 33 %T. Resultado: 71,74. O que quer dizer que 33 é igual a 71,74% de 46. Limpando visor e memórias Você já sabe que a tecla CLX limpa o visor. Esse recurso pode ser usado sempre que você digitar um número de forma equivocada pois só o visor é zerado. Se você usar f seguido de FIN, apagará as memórias financeiras da máquina. Agora f seguido de REG (amarelo da tecla CLX) limpa todas as memórias de entrada da máquina. Veja: tecle 1 ENTER 2 ENTER 3 ENTER 4. Agora faça CLX. Observe que o 4 some do visor e aparece um 0,00. Mas o 1, o 2 e o 3 ficaram armazenados. (Para se certificar disso, aperte 1 vez a tecla R ↓. 3. Outra vez a tecla de rolagem R↓. Aparece o 2. Outra vez e aparece o 1. Outra vez e aparece o 0,00 de novo. Pois bem. Agora faça f REG. Tente rolar a memória. Só aparece o mesmo 0,00). Outras memórias da HP 12 C têm formas dedicadas para sua limpeza. Evite usálas sem saber o que está programado na sua máquina. Calendário A HP 12 C tem bons recursos para trabalhar com datas. Em primeiro lugar, verifique se no visor de sua máquina aparece, em letras pequenas, D.MY. Se sim, isso quer dizer que sua máquina está preparada para trabalhar com entrada de dados de calendário no sistema que usamos no Brasil, ou seja, dia-mês-ano. Caso contrário, se não aparece D.MY, é preciso corrigir a situação pois nesse modo a máquina está no formato americano M.DY. Basta você fazer g seguido de 4 (observe que na oblíqua da tecla 4 aparece em azul D.MY. Para retornar à convenção americana, faça g seguido de 5.


Para que a máquina possa operar corretamente com datas, é preciso que ela esteja pronta para operar com 6 casas decimais. É só fazer f 6, conforme já exposto. Para calcular o número de dias entre duas datas basta: digitar a data de referência (passada), dar ENTER, digitar a data futura e fazer g EEX (observe na oblíqua desta tecla ∆DYS). Por exemplo, para saber quantos dias existem entre 26 de agosto de 1954 e 22 de outubro de 1999, temos que digitar 26 · 081954 (é obrigatório digitar o ponto depois de dar entrada no dia) ENTER 22 · 101999. O resultado é: 16.493. Se você usar como referência uma data mais avançada que a segunda, o número de dias será mostrado como negativo. Outra facilidade da HP 12C é conhecer qual a data futura (e o dia da semana) x dias depois de uma data de referência. Por exemplo, qual a data e que dia da semana aconteceu 134 dias depois de 21.10.98 ? Basta fazer: 21·101998 ENTER 134 g CHS (observe DATE na oblíqua). No visor aparece 4.03.1999 4. Isso quer dizer 4 de março de 1999, quinta-feira (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 correspondem a segunda, terça, quarta, quinta, sexta, sábado e domingo, respectivamente). Se você quiser saber em que data foi contratada uma aplicação de 60 dias que vence em 22.10.1999, o que fazer ? Digite 22 · 101999 ENTER 60 CHS g DATE. Resultado: segunda-feira 23 de agosto de 1999. Observe que você entrou com o número de dias (60) seguido de CHS, ou seja, lançou –60. Claro, você procurou 60 dias antes da data de referência. Agora, se você pretende saber só qual o dia da semana correspondente a uma data, por exemplo, 24 de agosto de 1954, basta fazer o procedimento acima, digitando-a como data de referência e pedindo data e dia de semana zero dias depois dela. Como ? Faça 24 · 081954 ENTER 0 g DATE. A resposta do visor é 24.08.1954 2. Ou seja, Getúlio morreu em uma terça-feira. Operando com períodos fracionários Freqüentemente você vai precisar usar em suas operações períodos fracionários de tempo. Para avisar isso à HP 12C, você deverá se certificar de que o visor apresenta, em tamanho pequeno, uma letra C. Se não, faça STO EEX. Certifique-se que o C está no visor. Mantenha a calculadora neste modo de cálculo. Operando em regime de juros simples. Operações elementares.


As teclas fundamentais para cálculos em regime de juros simples são: PV, capital inicial, present value em inglês N, tempo, sempre em dias i, taxa de juros, sempre a anual, expressa em forma percentual f INT, valor dos juros simples (cálculo racional) f INT +, montante. A HP 12C raciocina sempre com aplicações. Então, é conveniente usar sempre o capital inicial como negativo. Esse módulo de cálculo é muito elementar. Só opera em uma direção, qual seja: dados o capital inicial, a taxa de juros simples anual, os dias da aplicação, calcula os juros e o montante. Por exemplo, 13.453,00 aplicados a uma taxa de juros simples de 60% a.a. por 63 dias. Faça f REG para limpar as memórias. Agora, 13453 CHS PV 60 i 63 n f INT e verá no visor 1.412,57 (valor dos juros simples). Se você teclar agora +, o visor mostrará 14.865,57 (montante=capital inicial+juros). Verifique que a HP 12C usa o ano de 360 dias (convenção comercial). Se você precisar fazer cálculos distintos dos acima, terá que usar as fórmulas. Com os mesmos dados acima, por exemplo, poder-se-ia obter o valor inicial conhecido o montante que foi calculado pela máquina. Faríamos, lembrando que o valor inicial é dado pelo montante dividido por (1 + ni), 0,6 ENTER 360 ÷ 63 X 1 + 1/X ENTER 14865,57 X. Isso leva a: 13.453,00. Operando em regime de juros compostos. Operações elementares. Aqui vamos utilizar as seguintes teclas: n, i, PV, PMT (prestação constante, payment amount em inglês), FV (valor futuro, montante, future value em inglês). A HP 12C calcula os elementos não conhecidos do fluxo de caixa. Em um cálculo de prestações, por exemplo, lança-se n, i, PV e pede-se PMT. Façamos o cálculo do valor da prestação mensal para um empréstimo de R$ 5.000,00, a uma taxa de juros de 4,5% a.m., sendo 12 o número de pagamentos. Basta fazer: 5000 CHS PV 4,5 i 12 n PMT. Resulta 548,33. Suponha agora que não sabemos quanto é a taxa, mas sabemos o valor das 12 prestações e do empréstimo. Faça: 548,33 PMT 5000 CHS PV 12 n i. Resultado ? Claro: 4,5. Para saber quanto acumulamos em um título de capitalização no qual recolhemos prestações mensais de R$ 175,00, durante 36 meses, com uma taxa de 1% ao mês, fazemos: 175 CHS PMT 36 n 1 i FV. Resultado: R$ 7.538,45. Observe que


este valor é o saldo da aplicação imediatamente após o 36º depósito de R$ 175,00. Planilha de amortização de empréstimos pelo sistema Price. A HP 12C pode evoluir completamente a planilha de amortização de um financiamento pelo sistema Price, francês ou de prestações constantes. Como ? Suponhamos um empréstimo de R$ 100.000,00 a uma taxa de juros de 5,83% ao semestre a ser liquidado em 4 prestações semestrais. Primeiro, calcule a prestação como no exemplo anterior, ou seja 100000 PV 5,83 i 4 n PMT. Sai –28.746,89. Essa é a prestação. Agora, faça: 1 n f AMORT ................ 5.830,00 (parcela de juros na 1ª prestação) x ↔ y ..................................... 22.916,89 (parcela de amortização idem) RCL PV .............................. 77.083,11 (saldo devedor após a 1ª prestação) Repita a operação.


manualdahp12c677