Page 1

AUTOFAGO LAPINHA [ r. accioly @

&

DA p. michelotto@ ]

PERSONAGENS: Maria [ = M] Joseph [= J] ( pronuncia-se com o F final...) Nuvem [=N] Anjo [=A] Amém [= Am] Duplos [ Mamulengo de Corda ] Voz [ Narrador [=Vn] [ Violeiro [=Vv] [ Duplos [=D1/ D2 etc..] Voz Off [= Nelson Rodrigues ] A CENA SE PASSA EM BETHLEHEM, OCUPANDO 3 ESPAÇOS: CENA 1 : ESTRADA CENA 2 : ESTRADA EM CLOSE CENA 3 : LAPINHA

Voz ocupa um banquinho para tocar viola e manejar bonecos de corda. A ação algumas vezes é duplicada "em close", pelos mamulengos.


Vv - [ Ouverture acústica : refrão final...] MJ-

Vamos, Joseph, fugir ... Para onde, Maria, ir??! ( Brincalhão) Shall we go to Piripiri ? M- Depressa, puxa o Amén JVamos com o vento Sul M- Onde farei a cesariana ? JNo Presépio!.. M- Tenho medo de vaca!... JNão chores, Darling ( com ternura) Sweepstake de Deus! MCaí na ilegalidade Porque, modéstia à parte Trago uma trindade no ventre... Vn- Naqueles tempos bicudos Ainda não havia barriga de aluguel!... [ T ] D1- Maria e Joseph avançam em direção ao Presépio. D2- Algumas palavras de inglês conhecendo A família sagrada partiu. sem saudades levar para as bandas do mar D1- Vermelho. D2- Na poeira da madrugada cruzou o olival um escaravelho Vn- ( anunciando uma marca:) MARIA E JOSÉPH PARAM [ Maria e Joseph continuam lentamente] D2- Um escaravelho!... D1- ( assentimento) D2- cruzou o olival?!! D1- (assentimento) D1- [ Aponta a cena a D2 que acompanha absorto e entende.] Vn- MARIA E JOSEPH PAREM ! JQuantas dracmas serão precisas? D1- Exclamou o castíssimo espôso... JPara esta viagem em torno da lei do mundo?... VN- Estamos no século II ou IV da fundação de Roma... J[imediatamente] E eu só tenho "argent de poche"! MNão vai faltar, Joseph, não vai faltar! JNa verdade Deus ajuda... ( á parte para D1 e D2 )...aos ricos! M- Sonhei que os Serafins estão bordando uma estrêla surda para Herodes não ver... [ T] Quero Reis, magos, trenzinhos e monjolos e o retrato de Shirley Temple porque o menino vem


este mundo salvar... D1- O Vento distribuia algodão pelos açudes... D2- [Olhando ao longe] E fazia dançar a areia ?! Vn- [ interrompendo os dois, rápido] Joseph espancou o burrinho e riu: J- Belo mundo ele vem salvar! Vn- Já havia naquele tempo pouco leite para os bebês!... JSe faltar grana Eu aposto a milhar no burro... Eu...eu... dou um viva ao faraó Hitler antes que ele faça comigo o pogrom que fez com Moisés!... N- Oportunista ! Vn- [ imediatamente] - gritou uma Nuvem![T] D1- Joseph fingia que não ouvia JA vida é um buraco, enquanto não vier, Maria, a socialização dos meios de produção! ABêsta! Vn- [ imediatamente] - gritou um anjo. [T] D1- São José seguiu pensando que os anjos geralmente são reacionários D2- e as Nuvens, provocadoras!.. CENA 02

O NASCIMENTO

[ Enquanto Joseph e Maria se colocam no fundo e a criança nasce, Cantador faz entremeio ] Vn:

Jesus nasceu em Bethleem Nasceu também por aqui Nasceu em Tamataí Por Guarabira também D1: Nessa viagem de trem Vêi prá cá num pé de vento Não encontrando aposento D2: Dormiu na casa do Cabo Comeu cuscus com quiabo "Diz o Novo testamento"!


CENA O3 VIGÍLIA DO MUNDO

[ Joseph saiu no meio da cantoria. Volta com a roupa suja de feno, trazendo boi, cabrita e bichos em brinquedos de madeira, para o menino.] [ Maria, entada ao lado da manjedoura, está olhando fixamente para a platéia, à espera. Joseph chega a seu lado, Maria sacode carinhosamente algumas palhas de feno da roupa de seu marido ] [ T ]

J: M: J: M:

J: M: J: M: J: M: J: M:

[ Com voz suave] Cansada?.. [ Com evidente cansaço ] [Sussurra:] Não.. [ Preocupado] Ele não queria dormir de novo?... [ Preocupada] Não, não queria... [T] [ Joseph e Maria levantam a cabeça e param os olhos no ar, em direção à platéia, como que à espera.] [T] Joseph dá uma olhadela na manjedoura, por sobre os ombros de Maria. Volta à posição. Dá outra olhadela...] Mas... ainda está acordado! [ Continua olhando fixo para a platéia, um ponto acima das cabeças, à espera.] [Tempo curto] Cansada?... Cansada... [ Coloca a mão na manjedoura como que para ninar o menino e fazê-lo adormecer.] [ Imediatamente após o gesto de Joseph] Deixa-o, Joseph!... Mas... ele não dorme?! É, Joseph. [Tempo de uma respiração] ELES não dormem nunca!! [Maria e Joseph abaixam a cabeça em direção ao berço. Sorriem cansados. O rosto vai voltando gradualmente à expressão normal, apenas os olhos vão se abrindo em espanto e quedam bem abertos, observando. À espera.] [ Tempo longo ]


CENA O4 GRAN FINALE Vn: [ Dedilhando a viola ] Sei quando jesus nasceu Num dia de quarta-feira Eu fui uma testemunha Sentado na cabeceira D2: São José chegou com um facho de miolo de aroeira... VN: Jesus nasceu em Belém Conseguiu sair dali D1: Passou por Tamataí D2: Por Guarabira também D1: Nessa viagem de trem Foi pará neste aposento Passado o Entroncamento D2: Drumiu na casa do Cabo Jantô cuscus cum quiabo D1: "Diz o Novo testamento"! Maria amou eles bem D2: mamando por sob o manto deus pai , filho e esprito santo D1: E às veiz José também! Vn: Cuidaram eles do Amén Que desceu do firmamento anjo em forma de jumento D1: versado em filastromia filasofo em parturia... [ Tempo curtíssimo, como um breque] Vn [ Arrastado] Jesus nasceu em Belém Caicó e Picuí E acabou, bem-belém nascendo também aqui... Bem-belém bem-belém Belem-belem belelem.. [ O refrão de sinos vai caindo em surdina como para acompanhamento de voz] VOZ OFF: "Vem da aragem noturna um cheiro de estrêlas...." [Exercício: pesquisar texto de Nelson Rodrigues que começa assim e deixá-lo correr em off!!!] Vn [com platéia :] " bem-belém bem-belém... CORTINA


(* Escrita no Natal de 1994, para o nascimento de Lucas F. Accioly Michelotto* )


AUTOFAGO DA LAPINHA  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you