Issuu on Google+

fraternidade reconstrutora antoniana Jornal do Santuário Santo Antônio do Valongo - Janeiro/Fevereiro de 2014 - Ano I - Edição nº 8

santuário

374

Valongo celebra Fé: anos de evangelização Eder Blanco

Sacerdócio

Curiosidade

Balanço

Freis comemoram Você conhece a aniversário de ordenação origem do Valongo? PÁGINA 3

Venha conosco nesta peregrinação!

PÁGINAS 4 e 5

Sucesso marca 20ª Exposição de Presépios PÁGINA 6

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

França, Portugal e Israel (18 dias)

Saída prevista: 10 de outubro|2014 Orientador: Frei Rozântimo Antunes Costa OFM Santuário Santo Antônio do Valongo

Rua Platina, 1549 • Tatuapé • SP • Tel (11) 2294.7140 cinthetur@cinthetur.com.br • www.cinthetur.com.br Santuário Santo Antônio do Valongo – Santos Tel (13) 3219.1481 • ssavalongo@uol.com.br


2

Janeiro/Fevereiro de 2014

Expediente

Palavra do

Reitor

Novos Tempos

Faz dez anos que cheguei à cidade de Santos, vim para dar minha pobre e pequena contribuição ao Santuário Santo Antônio do Valongo e, nesses últimos anos, na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, no Morro São Bento. Porém, quero fazer meus comentários sobre o bairro do Valongo e o Santuário de Santo Antônio. Quando cheguei, vi uma comunidade atuante, animada, como sempre, com nova força de fraternidade constituída. Mas também uma comunidade de autoestima um pouco abalada, por conta da realidade social do bairro do Valongo, bem como, com alguns desapontamentos sobre lideranças que por aqui passaram. Naquele tempo, iniciava-se um programa proposto pelo poder público, especialmente da Prefeitura, o Programa “Alegra Centro”. Muitas ações foram saindo do papel. Outras, com certeza, ainda terão que ser concretizadas. Por parte do Santuário, quero agradecer ao poder público pelo apoio e ajuda que sempre tive quando solicitei. Pela realidade do bairro, a questão da administração do Santuário sempre foi possível com os recursos dos benfeitores, das espórtulas e donativos. Os recursos são

Dia do Senhor

O jornal do FRA é uma publicação do Santuário Santo Antônio do Valongo Reitor e Pároco: Frei André Becker/ OFM Vigário: Frei Rozântimo Costa Realização: Pastoral da Comunicação do Santuário Santo Antônio do Valongo Jornalistas responsáveis: Fernanda Felix e Eduardo Caetano Diagramação: Diego Silva Rubido (13) 9123-1806 Tiragem: 3.000 exemplares Impressão: Grafinorte S.A (43) 3420-7777

suficientes para a manutenção do existente, não possibilitando grandes investimentos. Para 2014 temos pela frente a missão de elaborar um projeto de amplo restauro do complexo Valongo, ou seja, o Santuário e todo o complexo de edificações da Ordem Franciscana Secular. Certamente teremos apoio de empresas para essa empreitada. Estamos animados pela revitalização do bairro, pela chegada do Museu Pelé, a sede da Petrobras, a obra da Odebrecht, as intervenções

da CPFL, da Prefeitura e muitas outras obras que certamente virão para dar um novo impulso nesta região da Cidade. A comunidade eclesial necessita também de se organizar para a realidade desses novos tempos. Precisa estar atenta a um novo público, que nesse ano começará a circular no bairro, cerca de duas mil pessoas. É preciso planejar ações para os que nos procurarem no Santuário. Frei André Becker - Reitor do Santuário

A comunidade cristã

Terminadas as festas de Natal e Epifania, seguem alguns domingos chamados “comuns” durante o ano. Com a Quarta-feira de Cinzas começa a Quaresma e, assim, seguem os demais tempos litúrgicos – Páscoa, Pentecostes e novamente Advento. Observar estes tempos litúrgicos é uma característica do cristão. Afinal, o que demonstra que alguém é cristão? Há muitas atitudes que mostram, exteriormente, que alguém é cristão: sem dúvida, a vida de justiça, de caridade, de solidariedade, generosidade, enfim levar uma vida de virtudes pregadas por Cristo. Nota-se, porém, que tais virtudes também são observadas por pessoas que não são cristãs, pessoas que nem foram batizadas. Isto demonstra que a graça de Deus é oferecida a todos. Mas nós, cristãos, temos outros sinais que nos identificam, como os sete sacramentos. Professamos que Cris-

to é Salvador do mundo, Deus feito homem. Que Nossa Senhora é mãe de Deus e que está no céu de corpo e alma. E, assim, muitas verdades que são próprias do cristão. Além disso, para nós cristãos o domingo tem um significado especial: é o Dia do Senhor. Neste dia, os cristãos se reúnem. Nós formamos uma comunidade. Reunimos-nos em assembleia. “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estarei no meio deles” (MT 18,20). Portanto, ir à missa aos domingos, ou ir ao culto, não é apenas entrar na igreja junto com os outros e lá dentro fazer suas orações sozinhos ou ficar sem fazer nada; não é reunião em comunidade. Em comunidade as pessoas rezam junto, cantam, se cumprimentam. São Paulo diz: “fomos batizados num só espírito, para formarmos um só corpo” (1 cor 12,13).

Ir à missa é uma dádiva do cristão, pois domingo sem missa, semana sem graça! Quem não se reúne para celebrar o Dia do Senhor é um cristão falho. Aos poucos vai perdendo a fé que recebeu no batismo. E oferecemos mais, as missas de louvor, com identidade da Renovação Carismática Católica (RCC) às quartas-feiras. Neste período estamos fazendo a novena de Nossa Senhora Desatadora dos Nós. E as terças-feiras com bênção e pães de Santo Antônio. Enfim, muito oferecemos para os homens e mulheres de boa vontade! A reunião litúrgica manifesta e faz crescer a Igreja-comunidade. Manifesta e faz crescer a união entre nós e com Deus. Ela é sacramento de nossa união: sinal e instrumento (E fr. Lone Buyst. E. L. 5 p. 35) Frei Rozântimo Antunes Costa

Santuário Santo Antônio do Valongo Largo Marquês de Monte Alegre, 13 Valongo – Santos (SP) Telefone: 3219-1481 e-mail: ssavalongo@uol.com.br Horários da secretaria: Segunda-feira: Santuário fechado De terça a sábado, das 8 às 19 horas Horários de missa: Terça-feira: 12, 15 e 19 horas (com distribuição do pão de Santo Antônio) Quarta-feira: 19h30 (Missa de louvor) Domingo: 8 e 19 horas Última quinta-feira de cada mês: Missa de Santo Antônio de Santana Galvão, às 12 e 15 horas Missa do Sagrado Coração de Jesus: 1ª sexta-feira do mês, às 19 horas Paróquia Nossa Senhora da Assunção Praça São Bento, s/n Morro São Bento – Santos (SP) CEP: 11082-310 – Telefone: 3235-1277 e-mail: paroquiadaassuno@yahoo.com.br Horários da secretaria: De terça a sábado, das 14 às 19 horas Horários de missa: Missa de louvor: 1ª segunda-feira do mês – 20 horas Terça-feira, quinta-feira e sábado – 19 horas Domingo – 8h30 e 19 horas Missa Sagrado Coração de Jesus 1ª sexta-feira do mês, às 19 horas Missa de Santo Antônio de Santana Galvão - toda última quinta-feira do mês, às 19 horas

Missa no Mosteiro de São Bento (Museu de Arte Sacra de Santos) Rua Santa Joana D’Arc, 795 Morro do São Bento Domingo: 11h30


3

Janeiro/Fevereiro de 2014

sacerdócio

Anos de dedicação ao Senhor: Freis celebram aniversário de ordenação dotes aos 27 anos de idade, respectivamente. É uma bênção e um prazer tê-los conosco nos passando suas experiências, seus ensinamentos, suas palavras, pelo perdão, bênçãos, homilias e consagrações onde celebram o “verdadeiro sacrifício do Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo”. Queremos agradecer ao PAI a vida e vocação de cada um, por ter deixado tudo, pais, irmãos, a vida pessoal, para se dedicar ao serviço do Reino, ao serviço de todos os que precisam de PAZ E BEM.

No último dia 17 de janeiro, os sacerdotes celebraram juntos missa em comemoração à data

Parabéns por este dia em que foram ordenados SACERDOTES DE CRISTO, ESCOLHIDOS E ELEITOS POR DEUS, para tão grande e Digno Ministério. Parabéns por esse dom tão grandioso, por meio do qual todos os dias eles tornam presente, na EUCARISTIA, o próprio DEUS que os Consagrou, os Escolheu e os Enviou, e que esse DEUS continue a ser a FORÇA, a CORAGEM e a LUZ no caminhar de cada um a cada dia. Sintam-se agraciados pelo Dom de sua Graça, Ternura e Misericórdia, permanecendo com Jesus, Sacerdote para sempre. Que muitas bênçãos sejam derramadas, que tenham muita saúde, todo o nosso carinho, nosso respeito e o nosso reconhecimento pela importância desses dois padres na história deste Santuário. Parabéns e muitas felicidades dos Amigos da Comunidade do Santuário Santo Antonio do Valongo. Valdelice dos Santos Silva

recordar

é viver

Em janeiro de 2011, os Freis André e Rozântimo já haviam se encontrado no Valongo para celebrar juntos o aniversário de ordenação. Na oportunidade, Frei Rozântimo comemorava 24 anos de sacerdócio e Frei André, 30

Fotos Elaine Rodrigues

D

ia 17 de janeiro é um dia muito especial para a comunidade do Santuário Santo Antônio do Valongo, pois os nossos queridos freis André e Rozântimo celebram aniversário de ordenação sacerdotal. Antes de tudo, ao celebrarmos o aniversário sacerdotal, celebramos a vida de Cristo e a plenitude do sacerdócio de Frei André Becker e Frei Rozântimo Antunes Costa. Para nós é uma alegria enorme, e, por uma coincidência, celebrarmos no mesmo dia essa data tão especial. Claro que em anos diferentes, pois são 33 anos de vida sacerdotal de Frei André, ordenado em 17 de janeiro de 1981; e 27 anos de vida sacerdotal de Frei Rozântimo, ordenado em 17 de janeiro de 1987. E, por outra coincidência, foram ordenados sacer-


“Acolhei-vos, pois, uns aos ou como o Cristo vos acolheu, pa glória de Deus...” (Rm 15,7)

26 DE JANEIRO

374 anos do Santuário Santo Antônio do Valongo

O

cana, sacerdotes que atendem pessoas que necessitam da Palavra de Deus, silêncio para meditação e oração, beleza arquitetônica que eleva o espírito, lindas cerimônias de casamentos e batizados, e celebrações eucarísticas de encontro profundo com Deus. Ainda numa linguagem simbólica: a terra acolhe a semente e esta produz

frutos, produz vida, graças ao calor do encontro. O Santuário do Valongo também é como a terra que acolhe: o encontro da pessoa que visita com o lugar sagrado produz vida. Na oração, reflexão, conversa ou aconselhamento, o visitante descobre que Deus está mais próximo do que pensava. Há uma imagem que circula na in-

ternet de um bebê dormindo tranq lamente numa mão em concha, com se fosse a mão de Deus acolhendo co amor e ternura aquele pequeno ser. Santuário do Valongo é como e concha, é esse aconchego, onde o sitante, o peregrino, pode se sentir n mãos de Deus. Ana Maria Rodrigues Lima

Rafael Vaz

melhor gesto para acolher o amigo que chega é o abraço. O Santuário Santo Antônio do Valongo quer ser assim: como aquele que abraça todos os que chegam neste solo sagrado. O Santuário não tem braços para isso, mas tem Santo Antônio com sua bengala e sua relíquia, o perfume da espiritualidade francis-

Especial

Papa Francisco Televendas: (13) 3231-2474

Livraria Loyola www.livrarialoyola.com.br

contato@floresdemaio.com.br

(13) 3221-3808 Decoração em Eventos Rua da Constituição, 416 Vl. Mathias - Santos/SP

floresdemaiodecoracaoemeventos@blogspot.com


utros, ara a )

Fotos Elaine Rodrigues

quimo om .O essa vinas

Valongo: 374 anos de Evangelização Graças a Santo Antônio não foi possível, num momento histórico (1860) em que a Companhia da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí pretendia adquirir o espaço no qual o Santuário está situado, que a nossa igreja se acabasse. A ação estava em comum acordo com os frades, mas os operários, ao tentarem remover a imagem do santo, não tiveram êxito, pois ele se tornou tão pesado que foi impossível movê-lo. Se não fosse esse milagre, nosso Santuário não estaria mais aqui e não haveria aniversário. Na época, esse fato se propagou pela Cidade, ocasionando até conversões, como a de uma senhora inglesa protestante, o mesmo motivou o povo a efetuar protestos em altos brados, contra a pretensão do pessoal da Estrada. O povo saiu vencedor e a imagem de Santo Antônio continuou intacta até hoje. Nessa ocasião, o santo foi homenageado pelo Visconde de Embaré através do oferecimento a ele de sua bengala, símbolo de seu apoio a causa que lutava pela permanência da igreja e seu patrono.

A Origem

Valongo já foi... HOSPITAL! O lugar onde está situado nosso querido Santuário já foi um hospital. Isso aconteceu quando a Irmandade da Santa Casa e do Conselho da Sociedade Filantrópica solicitou uma parte do convento para estabelecer o Hospital da Caridade, em 16 de janeiro de 1834, não havendo informe sobre a duração exata desta ocupação. Claudia Gonzaga e Cleide Augusto

O nome Valongo se origina de um local existente na cidade do Porto (Portugal), do qual imigrantes se estabeleceram na citada região com suas abastadas famílias. Assim, o local ganhou impulso e isso fez com que, a pedido do povo santista, a Câmara solicitasse a fundação de um Convento Franciscano, em 1638. Assim sendo, o Custódio Frei Manuel, foi encarregado da escolha do local, já em 1639. Verificou este, que havia um lugar no qual à frente corria, vindo do lado do morro, um riacho na direção da atual rua São Bento, o qual se alargava no final, tornando-se ancoradouro de canoas. Mediante o estudo, concluiu que esse era o local ideal para a edificação do Convento Franciscano e sua construção contou com o acesso feito por uma ponte, que foi demolida anos mais tarde em virtude da canalização e aterramento do riacho denominado São Bento.

Mercado da Ione TUDO COM O MELHOR PREÇO

Tel. (13) 3219.2601 Rua Brigadeiro Newton Braga, 16 Morro da Penha . Saboó . Santos


6

Janeiro/Fevereiro de 2014

20ª edição

M

ais de sete mil fiéis prestigiaram a 20ª Exposição de Presépios Internacionais, realizada no Santuário Santo Antônio do Valongo entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014. Foram milhares de pessoas da comunidade e turistas encantados, que oraram e se emocionaram diante da mostra. Em mais de 50 presépios montados, os materiais foram variados, como cristal, papel, madeira e até um simples pano. Seria injusto intitular o mais bonito. Porém, teve um que chamou bastante a atenção dos visitantes. Foi o presépio com peças em movimento, trazido do Rio de Janeiro, que contou toda a história cristã da salvação desde a concepção até Belém, no nascimento de Jesus. “O presépio é o renascimento de Jesus. O primeiro presépio foi idealizado por São Francisco de Assis, no século XIII. Nós, francis-

canos, mantemos a tradição, não apenas pela arte de cada presépio, mas para reviver o Natal”, explicou o Frei Rozântimo, idealizador da exposição. O encerramento da mostra, propositalmente, aconteceu no dia 26 de janeiro, mesma data em que o Santuário comemorou 374 anos e a cidade de Santos, completou 468 anos. A Petrobras, o Grupo Mendes e a Prefeitura de Santos são patrocinadores da ação.

Fotos Elaine Rodrigues

Exposição de Presépios do Valongo atrai milhares de pessoas

Juliana Molinari

errata Na edição nº 6 - Out/Nov de 2013, Página 2, Tema: “Reflexão” - Finados... - 5º parágrafo: Em lugar de “sem fé”, lê-se “com fé”.

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, visitou a exposição; a comunidade também marcou presença na mostra


7

Janeiro/Fevereiro de 2014

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2014

“É para a liberdade que Cristo nos libertou (gl, 5,1)

Fraternidade e tráfico humano”

T

odos os anos, desde 1964, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realiza uma CAMPANHA DA FRATERNIDADE COM OS SEGUINTES OBJETIVOS: 1. Despertar o espírito comunitário e cristão do Povo de Deus, na busca do bem comum; 2. Educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor; 3. Renovar a consciência da responsabilidade de todos para evangelizar em vista de uma sociedade justa e solidária. Os temas da Campanha da Fraternidade surgiram da necessidade da renovação interna da Igreja e do cristão (19641972). Daí, a Igreja passou a se preocupar com a realidade social do povo (1973-1984). Mais recentemente, a Igreja se volta para situações existenciais do povo brasileiro, que causam sofrimento e morte (1985-2013). O tema de 2013 foi sobre a juventude: “Eis-me aqui, envia-me”. - QUAL O OBJETIVO DA CAMPANHA? O Objetivo da CF 2014 é: “Identificar as práticas de trá-

fico humano em suas várias formas e denunciá-las como violação da dignidade e da liberdade

humanas, mobilizando cristãos e pessoas de boa vontade para erradicar este mal com vista ao

resgate da vida dos filhos e das filhas de Deus. - COMO SE CHEGOU A ESSE TEMA, QUAL IMPORTÂNCIA DE DISCUTIR ESSE ASSUNTO? Chegou-se a este tema, por meio da análise da sociedade que foi evidenciando os sujeitos dos temas da Campanha da Fraternidade desde sua origem (1964) e de características que foram aparecendo na sociedade recentemente. Um ponto muito importante existente na sociedade desde há muito tempo é o da mobilidade humana, ou das migrações. A migração de homens e mulheres vem acontecendo desde que a humanidade existe. Basta ver a história. Importantes são os motivos da mobilidade humana: buscar trabalho, sobrevivência, segurança (fugindo de situações perigosas), necessidade de educação e de estudo, assim como de promoção humana. Muitos foram migrando oferecendo suas características pessoais de trabalho, apesar de não terem as condições necessárias para exercer uma profissão com

perfeição suficiente. Outros foram escravizados e não tiveram ocasião de escapar de uma situação humanamente indigna. Deviam trabalhar não só de graça, como também não tendo oportunidade de fugir. Dentro deste processo de mobilidade humana, foi aparecendo a busca de prazeres sexuais desregrados ou a busca de dinheiro e de recursos através da entrega da beleza e das atrações físicas e sexuais, como um recurso para viver ou para sobreviver. - QUAL A EXPECTATIVA COM RELAÇÃO AO ENCONTRO REGIONAL? A expectativa é a de analisar as situações existentes na sociedade em geral e a de propor meios e recursos para que se evitem situações que propiciem a decadência e a exploração de pessoas, que estejam privadas de possibilidades de defesa. O objetivo é mobilizar cristãos e pessoas de boa vontade para erradicar este mal, com vista ao resgate da vida de filhos e filhas de Deus. “É PARA A LIBERDADE QUE CRISTO NOS LIBERTOU” (Gál. 5,1). Dom Jacyr Francisco Braido

Celebração

Missa comemorativa de aniversário do Santuário

Fotos Elaine Rodrigues

Para comemorar a caminhada de 374 anos de fé, partilha e vida em comunidade do Santuário Santo Antônio do Valongo, foi celebrada uma missa comemorativa pelo aniversário de um dos mais tradicionais templos franciscanos da Cidade na manhã do dia 26 de janeiro – data em que a igreja foi fundada. A celebração foi presidida por Frei André e contou também com a participação de Frei Rozântimo, que deixou uma mensagem a todos no encerramento. Tratava-se de um dia de festa, já que na data também é aniversário de Santos e a comunidade celebrou ainda as bodas de ouro do casal Floripes e Dilmar (Naná), que são integrantes da comunidade.

seja benfeitor do Ao Santuário de Santo Antônio do Valongo Desejo colaborar com as pastorais e obras de evangelização, tornando-me benfeitor, doando mensalmente uma quantia, de, no mínimo (R$ 5,00), através da ficha bancária do FRA.

Nome: Nasc.: / / Endereço: Bairro: Cidade: CEP: Telefone: ( ) Cel: ( ) e-mail: Em todas as missas rezadas neste Santuário, você será lembrado!


8

Janeiro/Fevereiro de 2014

Visita às obras da nova sede da Petrobras

Frei André, Frei Rozântimo, o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, secretários da Prefeitura e líderes da comunidade do Valongo visitaram as obras da nova sede da Petrobras

Fotos Elaine Rodrigues

Aconteceu

Novena de Nossa Desatadora dos Nós

Todas as quartas-feiras, às 19h30, a comunidade do Santuário celebra a missa de louvor. Atualmente, está sendo feita a novena de Nossa Senhora Desatadora dos Nós. A fé em Maria e na Eucaristia são as características das celebrações. O encerramento será em 2 de março, às 15 horas, com a Tarde de Louvor

Missa de Natal

Muita alegria e emoção marcaram a missa de Natal do Santuário Santo Antônio do Valongo, que mobilizou a comunidade e evangelizou milhares de lares de Santos e Região, sendo transmitida pela TV Santa Cecília

Festa de Natal das Crianças

O Santuário e a Pastoral da Criança realizaram duas festas especiais de Natal para as crianças da comunidade e entorno, levando aos pequenos uma mensagem de esperança e do espírito natalino

André Soares

Educafro abre inscrições para curso pré-vestibular comunitário

O projeto Educafro, curso de pré-vestibular comunitário para afrodescendentes e carentes, realiza inscrições para a turma de 2014 de 1 a 9 de fevereiro, no período da tarde. As inscrições acontecem nas dependências da Ordem Franciscana Secular (OFS) do Valongo (Largo Marquês de Monte Alegre, 13 – Valongo). Os documentos necessários são cópia do RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de escolaridade, comprovante de renda de todas as pessoas da casa, uma foto 3x4.

André Soares

Acontece


FRA nº 8