Issuu on Google+

CET-FAESA TECNÓLOGO EM GESTÃO COMERCIAL E RECURSOS HUMANOS

ARIANA RAMOS SANTOS DAYANE DA SILVA OLIVEIRA DIEGO DOS SANTOS SILVA ELAINE SANTIAGO JOSELIA COSTA PIN MARCOS GLEIDSON ROSILENE LIMA MOREIRA VITOR SANTANA PEREIRA

SEMINÁRIO SOBRE O LIVRO NÃO NASCEMOS PRONTOS! PROVOCAÇÕES FILOSÓFICAS (MARIO SERGIO CORTELLA)

VITÓRIA 2013/2


ARIANA RAMOS SANTOS DAYANE DA SILVA OLIVEIRA DIEGO DOS SANTOS SILVA ELAINE SANTIAGO JOSELIA COSTA PIN MARCOS GLEIDSON ROSILENE LIMA MOREIRA VITOR SANTANA PEREIRA

SEMINÁRIO SOBRE O LIVRO NÃO NASCEMOS PRONTOS! PROVOCAÇÕES FILOSÓFICAS (MARIO SERGIO CORTELLA)

Seminário sobre o livro Não Nascemos Prontos! Provocações Filosóficas (Mario Sergio Cortella): apresentado à profª Terezinha De Jesus Lyrío Loureiro da disciplina Comportamento Organizacional.

VITÓRIA 2013/2


SEMINÁRIO SOBRE O LIVRO NÃO NASCEMOS PRONTOS! PROVOCAÇÕES FILOSÓFICAS (MARIO SERGIO CORTELLA) INTRODUÇÃO “Gente não nasce pronta e vai se gastando; gente nasce não-pronta e vai se fazendo.” Se nascêssemos tendo conhecimento seriamos muito limitados porque isso nos obriga a apenas repetir, nunca a criar, inovar, modificar. Devemos ir atrás de outras indagações, observar com outros olhares que não podemos ter a certeza que já temos a posse do conhecimento. No decorrer da vida temos que fazer escolhas e aceitar o resultado daquilo que se escolheu. A escolha pode ter sido correta ou não. A vida na cidade está corrida, levando as pessoas a estarem cada vez mais ocupadas, sem tempo para família, amizade, relacionamentos em geral. Usam o pouco tempo que lhes restam com coisas fúteis e esquecem-se da essência da vida. Essa leitura nos traz inúmeras reflexões do cotidiano, que por sua vez nos levam a pensar o porquê das coisas, das pessoas, dos costumes e do comportamento da sociedade.


NÃO NASCEMOS PRONTOS

“O SÁBIO NÃO É O HOMEM QUE FORNECE AS VERDADEIRAS RESPOSTAS; É O QUE FORMULA AS VERDADEIRAS PERGUNTAS”.


SÁBIA CONSCIÊNCIA O ser humano por sua própria existência, busca incessantemente desvendar o desconhecido, dessa forma, ele se imagina desvendando um sentido, uma resposta do porque existe. O tempo nessa busca poderá ser seu aliado ou não, a caminhada poderá ser longa se mal aproveitada ou cheia de sabedorias se estiver aberto ao adquiri-la; mas será que terá um final? Conseguirá chegar a algum lugar? Será que terá companhias? Terá forças pra seguir em frente? O tempo irá mais rápido do que ele? Perguntas, questionamentos e dúvidas poderão atrapalhar o caminho. Enfim, o mistério o fascina.


“HÁ UMA ANGÚSTIA PRESENTE NA NECESSIDADE DE FAZER ESCOLHAS E, MAIS AINDA, TER DE ACEITAR O RESULTADO DAQUILO QUE SE ESCOLHEU.”


DESTINO UM CONFORTÁVEL DESEJO E então, nos deparamos com o destino, ele talvez ditará regras ou será mais fácil; dependendo do que buscamos, colocarmos a culpa ou a vitória sobre ele. Teremos liberdade caso a escolha seja através do imaginário, do intocável. Os resultados trarão angústia que poderão se transformar em desgosto, inquietação, por culpa dos fatos, por culpa talvez da natureza. Se não para ser conhecido como o culpado pelas desordens do universo pra que nos serviria o destino?. Difícil é sair zona de conforto para bater de frente com o destino e com o que ele traz, e se reagimos provocaremos reações.


“O QUE LEVA UM SER HUMANO A ACREDITAR EM PROFECIAS OU A SEGUIR DETERMINADAS CRENÇAS?”


ALEGRIA: AS BRUXAS CONTINUAM SOLTAS O homem se transporta para o desconhecido, se predispõe a cultuar o que talvez ele nem conheça de fato, e no mês de novembro, na antiguidade isso era realidade, por meio de festas e celebrações religiosas, para comemorar um novo ciclo vital. Rituavam através de fogueiras, velas, bruxas e demônios. O cristianismo, porém, crescia e para impor alguma autoridade à medida que crescia socialmente e economicamente a igreja criou então o "Dia dos Santos" cultuando as almas e por consequência veio o "Dia dos Finados" uma homenagem aos mortos. Crenças são crenças, e não são esquecidas, com isso se fortaleceu ainda mais as comemorações do povo europeu que atribuiu ao dia das suas comemorações, fantasias e máscaras dando sentido ao que conhecemos como Halloween.


“DOMAR O TEMPO NÃO É MATÁ-LO, É VIVÊ-LO!”


UM PERSISTENTE CIO Temos tão pouco tempo e tanto a perder ou a viver, depende da escolha de cada um; o tempo pode ser saboreado em pequenas quantidades ou devorado e quase sem gosto, e ao final ainda ficaremos com a sensação de que ainda tínhamos muito a fazer. Se analisarmos bem, temos o tempo em nossas mãos, mãos que poderão controlar esse tempo através da leitura. Ah! Como um livro pode nos dar o poder do tempo, o poder de ter em mãos uma prazerosa e construtiva leitura. A leitura nos traz prazer solitário, o desvendar por que não do desconhecido, tantas coisa nos trazem uma boa leitura: mistérios, emoções, sentimentos que só poderemos viver uma vez, porque a leitura tem também o poder do tempo, o tempo de não podermos voltar nunca mais a saborear o gosto anterior sentido pela primeira experiência ao ler um livro nunca antes lido. E viva ao poder do cio e do aliado tempo.


CONCLUSÃO Concluímos que o livro ''Não nascemos prontos'' Provocações Filosóficas, de Mario Sergio Cortella apresenta crônicas que discutem diversos temas à luz da filosofia. O livro é a união entre a filosofia e o cotidiano. O autor faz esta relação nos ensaios que tratam de assuntos como sábia consciência, destino, crenças e o persistente cio. Em sábia consciência, trata a busca sobre o desconhecido, reconhecer que precisa ser reconhecido. Para conseguir sabedoria, é preciso buscá-la como estudar, filosofar e pensar. Em destino, é uma desculpa que colocamos a culpa em cima de alguém ou alguma coisa, e não em nós mesmos. Alegria retrata a religião e os costumes. A necessidade do ser humano acreditar em algo que existe ou não, de descobrir o futuro ou passado. Por fim, o persistente cio, controlar o tempo através da leitura. Um bom livro que te instiga que faça querer lê-lo pela primeira vez, de novo, e que não acabe. Aquele livro que você não esta satisfeito, porque aquilo não é o limite da obra, e faz querer saber sempre mais.

Fonte das imagens: Google Imagens - https://www.google.com.br/imghp?ie=UTF-8&hl=ptBR&tab=wi&ei=XQ5kUqucB6HWiwKksoGQBQ&ved=0CAMQqi4oAg


SEMINÁRIO SOBRE O LIVRO NÃO NASCEMOS PRONTOS! PROVOCAÇÕES FILOSÓFICAS (MARIO SERGIO CORTELLA)